A Bíblia e a Sua Inspiração Divina. William R. Downing

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Bíblia e a Sua Inspiração Divina. William R. Downing"

Transcrição

1

2 A Bíblia e a Sua Inspiração Divina William R. Downing.

3 Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary By W. R. Downing Copyright 2008 O presente volume consiste somente em um excerto da obra supracitada Publicado por P.I.R.S. PUBLICATIONS Um Ministério da Sovereign Grace Baptist Church (www.sgbcsv.org) Publicações Impressas nos Estados Unidos da América ISBN Todos os direitos reservados somente ao autor. Nenhuma parte deste livro deve ser reproduzida em qualquer forma que seja sem a permissão prévia do autor. Tradução por Hiriate Luiz Fontouro Revisão por Paul Cahoon, Benjamin Gardner, Albano Dalla Pria e Erci Nascimento Edição Inicial por Calvin G. Gardner Revisão Final por William Teixeira e Camila Rebeca Almeida Edição Final e Capa por William Teixeira Imagem da Capa: São Paulo perante o Areópago, por Rafael (Domínio Público) 1ª Edição: Fevereiro de 2016 As citações bíblicas usadas nesta tradução são da versão Almeida Corrigida Fiel ACF Copyright 1994, 1995, 2007, 2011 Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil. Publicado em Português como fruto de uma parceria entre os websites oestandartedecristo.com e PalavraPrudente.com.br, com a graciosa permissão do amado autor W. R. Downing (Copyright 2008) e do amado, saudoso e agora glorificado, Calvin G. Gardner.

4 A Bíblia e a Sua Inspiração Divina Por William R. Downing [Excerto de Um Catecismo de Doutrina Bíblica, por William R. Downing Parte II] Pergunta 7: O que é a Bíblia? Resposta: A Bíblia é a revelação especial de Deus para o homem, em forma escrita. 2 Timóteo 3:16-17: Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; 17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. Veja também: Êxodo 17:14; 24:12; 31:18; Lucas 24:25-27, 45-47; João 5:45-47; Hebreus 1:1-3; 2 Pedro 1:20-21; 3: Comentário A palavra Bíblia deriva da palavra Grega livro. Ela ocorre como a primeira palavra do Novo Testamento em Grego: O livro (biblos) da geração de Jesus Cristo... (Mateus 1:1). É a partir desta ocorrência que temos a nossa palavra portuguesa Bíblia, que agora se refere a toda a Palavra de Deus escrita. A Bíblia é tanto um livro quanto uma biblioteca de sessenta e seis livros que compõem o cânon da Escritura. As Escrituras formam um todo não-contraditório (coerente), unificado, como a própria Palavra do Deus vivo escrita (preservada em forma escrita). A Bíblia também é conhecida como Escritura, ou As Escrituras. A palavra significa escritos (Gr. graphai) e refere-se especialmente à Palavra de Deus em forma escrita a Palavra de Deus escrita e preservada para nós. A fórmula encontrada setenta e uma vezes no Novo Testamento: Está escrito, significa que ela está escrita com plena e inalterada autoridade. A vida Cristã é composta de dois aspectos, o objetivo e o subjetivo. O objetivo é revelado na verdade das Escrituras como o padrão de crença e conduta; o aspecto subjetivo é a nossa experiência pessoal, que deve derivar e refletir o aspecto objetivo. Separados da Escritura, nós seríamos deixados inteiramente com o aspecto subjetivo. Todos se tornariam necessariamente relativistas (sem fim, palavra de autoridade, com exceção da força da

5 experiência individual), empíricos (todo julgamento seria baseado na experiência apenas), existenciais (completamente subjetiva e tendendo para o irracionalismo ou emocionalismo) e pragmáticos (aquilo que funciona melhor é correto). Assim, o mais emocional ou místico seria o mais espiritual, e as personalidades mais fortes ou mais persistentes determinariam a direção do Cristianismo. A única salvaguarda para tais desvios é a Palavra de Deus escrita devidamente compreendida e corretamente interpretada (Salmos 119:105; Isaías 8:20; João 17:17; 2 Timóteo 2:15). A finalidade de todo estudo da Bíblia é a verdade doutrinária. Alguém simplesmente não conhece as Escrituras até que ele chegue consistentemente ao seu ensino doutrinário, e reciprocamente, ninguém conhece a Doutrina Cristã como deveria, a não ser que ele a entenda biblicamente. É o ensino doutrinário da Escritura que deve governar nosso pensamento, guiar nossas vidas e reger sobre nossas emoções. Alguns poderiam contestar um Cristianismo intelectual, preferindo uma abordagem mais simplista ou devocional, não percebendo que o devocional se legítimo em tudo deve derivar do doutrinário, e o doutrinário da hermenêutica, e a hermenêutica da exegese (exata leitura do texto). Muitos parecem querer uma religião coração e não uma religião cabeça, que muitas vezes se torna um zelo que não convém e sem o conhecimento adequado. Irracionalidade não é espiritualidade, nem o sentimento é a base adequada para a fé ou prática. Nós devemos entender que a ignorância da verdade Divina, o irracionalismo religioso e uma aversão à doutrina e a um estudo e aprendizagem sérios, não são virtudes Cristãs nem características que devam ser imitadas. Como Deus fez o homem com um coração e um cérebro, e o fez vertical com o cérebro acima de seu coração, nós preferimos um equilíbrio necessário como reflexo da concepção Divina. As emoções devem ser responsivas à verdade Divina, nunca causativas. O Apóstolo Paulo escreveu a uma de suas mais queridas igrejas: E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o discernimento, para que aproveis as coisas excelentes... (Filipenses 1:9-10). E para outra assembleia: Eu... não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações: Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação (Efésios 1:15-17). E o Apóstolo Pedro não concluiu a sua última epístola com as palavras: Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo... (2 Pedro 3:18)? Por que estudar a Bíblia? A seguir estão as principais razões corretas: (1) glorificar a Deus, (2) estar em comunhão com Cristo, (3) conhecer a vontade de Deus, (4) ser obediente a Deus, (5) crescer em direção à maturidade espiritual, (6) promover a nossa santificação, (7) preparar para o ministério da Palavra, (8) compreender o nosso propósito, (9) manter a

6 pureza da igreja, (10) edificar os outros, (11) evangelizar os não-convertidos, (12) defender inteligentemente a fé e (13) se preparar para a eternidade. Você é um amante e estudioso da Bíblia? Pergunta 8: Quais são os termos importantes acerca da Bíblia como a Palavra de Deus escrita? Resposta: Os termos importantes acerca da Bíblia como a Palavra de Deus escrita são: inspiração, autoridade, infalibilidade, inerrância, suficiência, canonicidade e iluminação. Comentário Se a Bíblia é a própria Palavra de Deus preservada em forma escrita e ela é então há certas coisas que são necessariamente verdadeiras: A Bíblia é a Palavra inspirada de Deus, e não apenas a obra ou as palavras dos homens. Porque a Bíblia é a própria Palavra de Deus, ela é plena em autoridade, a autoridade mais alta. Assim também a própria Palavra de Deus escrita, é infalível incapaz de errar e sem engano. Assim também a Palavra de Deus escrita, inspirada, plena em autoridade e infalível, é necessariamente inerrante ou sem erro e totalmente verdadeira em todos os aspectos. Porque a Bíblia é a própria Palavra de Deus e totalmente confiável em todos os aspectos, ela é suficiente como nossa única regra de fé (aquilo em que devemos acreditar) e prática (como devemos viver). Deus achou por bem autenticar e preservar certos livros e não outros. Juntos eles formam o cânon ou corpo da verdade Divina que nós chamamos de a Bíblia ou as Escrituras. O processo pelo qual apenas estes certos livros foram devidamente reconhecidos é chamado de canonização da Escritura. A verdadeira natureza da inspiração Divina, autoridade, infalibilidade e inerrância necessariamente determina a preservação das Escrituras ao longo dos tempos nos idiomas originais como a própria Palavra de Deus. Há mais três termos importantes com os quais alguém deve estar familiarizado: exegese, hermenêutica e aplicação. Exegese (mostrar o significado do texto significado da palavra, gramática e sintaxe na língua original) refere-se à leitura do texto, ou seja, ela responde à pergunta: O que o texto diz?. Hermenêutica é a ciência de interpretação. Ela responde à pergunta: O que o texto quer dizer? (Lucas 10:26). Aplicação refere-se ao texto da Escritura, uma vez que ele pode ser aplicado a uma determinada situação: Como esta passagem é ou pode ser legitimamente aplicada às nossas modernas era e situação?.

7 A aplicação deriva da interpretação. Uma distinção necessária deve ser feita entre a interpretação e a aplicação. Se estas estão confusas, então alguém pode acreditar que a aplicação é a interpretação, e, assim, ser impossibilitado de entender verdadeiramente uma determinada passagem. Algumas pregações violam este princípio e conduzem a malentendidos e confusões. Pergunta 9: O que se entende por inspiração das Escrituras? Resposta: Inspiração é a obra de Deus sobre os corações, mentes e mãos dos homens para nos dar a própria Palavra de Deus em forma escrita. 2 Timóteo 3:16: Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça. 2 Pedro 1:20-21: Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. 21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. Veja também: Isaías 8:20; 1 Coríntios 2:9-14; Hebreus 1:1-3. Comentário O termo inspiração deriva do Latim inspiro, respirar para dentro, referindo-se aos autores humanos. A questão real, no entanto, é que as próprias Escrituras são inspiradas por Deus, ou seja, soprada por Deus (theopneustos) 2 Timóteo 3:16. A grande verdade da revelação Divina é que Deus falou aos homens (Hebreus 1:1-3). Ele não só falou aos homens, mas falou em termos compreensíveis. A grande verdade da inspiração é que esta revelação é preservada e protegida como a própria Palavra de Deus escrita. A inspiração é a influência sobrenatural exercida sobre os escritores sagrados pelo Espírito de Deus, em virtude da qual os seus escritos são a própria Palavra de Deus. Assim, a inspiração Divina se estende aos próprios escritos. Qualquer visão de inspiração Divina, que não se refira ao verdadeiro texto como inspirado, é tanto inadequada quanto defeituosa. A inspiração é desta forma tanto verbal (estende-se às verdadeiras palavras, e, portanto, às nuances de gramática e sintaxe nas línguas originais) quanto plena (completa ou igual em todo). Há uma nítida diferença entre uma tradução e uma versão. O excesso de versões modernas torna esta discussão necessária. A tradução estrita começa com a língua original e, ao passo que, expressando-se em outro idioma, mantém-se o mais próximo possível do texto

8 no idioma original com suas complexidades gramaticais, de sintaxe e expressões idiomáticas mesmo ao sacrifício de estilo. Uma versão difere de uma tradução na medida em que ela é uma versão de uma tradução anterior, em uma segunda língua, ela usa a gramática, sintaxe e expressões dessa segunda língua e torna muito maiores as concessões para a suavidade da leitura e da expressão do pensamento. Em suma, uma tradução se detém mais perto da linguagem original, enquanto que uma versão se detém mais de perto da segunda língua. Na medida em que uma determinada tradução ou versão expressa o pensamento e a verdade da língua original, tal tradução ou versão é a autoridade da Palavra de Deus. Isto leva necessariamente à consideração das expressões idiomáticas de uma língua, a incapacidade de alguns idiomas secundários em expressar a plenitude do original, e uma determinada fidelidade à gramática, sintaxe, contexto e teologia do texto. Muitas versões modernas são totalmente inadequadas, uma vez que elas não se baseiam em qualquer texto dado, mas são, na realidade, paráfrases, e algumas realmente mudam o sentido do texto e por isso alteraram o seu ensinamento doutrinário. Não há substituto para um conhecimento e um estudo das línguas originais. A inspiração Divina da Escritura é a pressuposição primária do Cristianismo. Ela é a religião Divinamente revelada e, portanto, permanece única entre as religiões do mundo. As Escrituras são então o pou sto (Lit: um lugar onde eu possa ficar ) ou ponto de referência para o Cristão. O Cristianismo Bíblico é o Teísmo Cristão, ou seja, a verdade do Triuno, o Deus autorrevelado das Escrituras. Toda fé posterior (aquilo que deve ser crido) e prática (como nós devemos viver) derivam desta verdade. As Escrituras são, portanto, a nossa única regra de fé e prática. Que importância vital é então, tanto conhecê-la quanto interpretá-la corretamente. A Escritura é sua regra de fé e prática? ORE para que o ESPÍRITO SANTO use este Catecismo para trazer muitos ao conhecimento salvífico de JESUS CRISTO para a glória de DEUS PAI! Sola Scriptura! Soli Deo Gloria!

9 OUTRAS LEITURAS QUE RECOMENDAMOS Baixe estes e outros e-books gratuitamente no site oestandartedecristo.com. 10 Sermões R. M. M Cheyne Adoração A. W. Pink Agonia de Cristo J. Edwards Batismo, O John Gill Batismo de Crentes por Imersão, Um Distintivo Neotestamentário e Batista William R. Downing Bênçãos do Pacto C. H. Spurgeon Biografia de A. W. Pink, Uma Erroll Hulse Carta de George Whitefield a John Wesley Sobre a Doutrina da Eleição Cessacionismo, Provando que os Dons Carismáticos Cessaram Peter Masters Como Saber se Sou um Eleito? ou A Percepção da Eleição A. W. Pink Como Ser uma Mulher de Deus? Paul Washer Como Toda a Doutrina da Predestinação é corrompida pelos Arminianos J. Owen Confissão de Fé Batista de 1689 Conversão John Gill Cristo É Tudo Em Todos Jeremiah Burroughs Cristo, Totalmente Desejável John Flavel Defesa do Calvinismo, Uma C. H. Spurgeon Deus Salva Quem Ele Quer! J. Edwards Discipulado no T empo dos Puritanos, O W. Bevins Doutrina da Eleição, A A. W. Pink Eleição & Vocação R. M. M Cheyne Eleição Particular C. H. Spurgeon Especial Origem da Instituição da Igreja Evangélica, A J. Owen Evangelismo Moderno A. W. Pink Excelência de Cristo, A J. Edwards Gloriosa Predestinação, A C. H. Spurgeon Guia Para a Oração Fervorosa, Um A. W. Pink Igrejas do Novo Testamento A. W. Pink In Memoriam, a Canção dos Suspiros Susannah Spurgeon Incomparável Excelência e Santidade de Deus, A Jeremiah Burroughs Infinita Sabedoria de Deus Demonstrada na Salvação dos Pecadores, A A. W. Pink Jesus! C. H. Spurgeon Justificação, Propiciação e Declaração C. H. Spurgeon Livre Graça, A C. H. Spurgeon Marcas de Uma Verdadeira Conversão G. Whitefield Mito do Livre-Arbítrio, O Walter J. Chantry Natureza da Igreja Evangélica, A John Gill Natureza e a Necessidade da Nova Criatura, Sobre a John Flavel Necessário Vos é Nascer de Novo Thomas Boston Necessidade de Decidir-se Pela Verdade, A C. H. Spurgeon Objeções à Soberania de Deus Respondidas A. W. Pink Oração Thomas Watson Pacto da Graça, O Mike Renihan Paixão de Cristo, A Thomas Adams Pecadores nas Mãos de Um Deus Irado J. Edwards Pecaminosidade do Homem em Seu Estado Natural Thomas Boston Plenitude do Mediador, A John Gill Porção do Ímpios, A J. Edwards Pregação Chocante Paul Washer Prerrogativa Real, A C. H. Spurgeon Queda, a Depravação Total do Homem em seu Estado Natural..., A, Edição Comemorativa de Nº 200 Quem Deve Ser Batizado? C. H. Spurgeon Quem São Os Eleitos? C. H. Spurgeon Reformação Pessoal & na Oração Secreta R. M. M'Cheyne Regeneração ou Decisionismo? Paul Washer Salvação Pertence Ao Senhor, A C. H. Spurgeon Sangue, O C. H. Spurgeon Semper Idem Thomas Adams Sermões de Páscoa Adams, Pink, Spurgeon, Gill, Owen e Charnock Sermões Graciosos (15 Sermões sobre a Graça de Deus) C. H. Spurgeon Soberania da Deus na Salvação dos Homens, A J. Edwards Sobre a Nossa Conversão a Deus e Como Essa Doutrina é Totalmente Corrompida Pelos Arminianos J. Owen Somente as Igrejas Congregacionais se Adequam aos Propósitos de Cristo na Instituição de Sua Igreja J. Owen Supremacia e o Poder de Deus, A A. W. Pink Teologia Pactual e Dispensacionalismo William R. Downing Tratado Sobre a Oração, Um John Bunyan Tratado Sobre o Amor de Deus, Um Bernardo de Claraval Um Cordão de Pérolas Soltas, Uma Jornada Teológica no Batismo de Crentes Fred Malone Sola Scriptura Sola Gratia Sola Fide Solus Christus Soli Deo Gloria

10 2 Coríntios 4 1 Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; 2 Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade. 3 Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. 4 Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. 5 Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus. 6 Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. 7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós. 8 Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. 9 Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; 10 Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos; 11 E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal. 12 De maneira que em nós opera a morte, mas em vós a vida. 13 E temos portanto o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos. 14 Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco. 15 Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus. 16 Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. 17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; 18 Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.

Um Apetite Espiritual. Anne Dutton

Um Apetite Espiritual. Anne Dutton Um Apetite Espiritual Anne Dutton Traduzido do original em Inglês Anne Dutton's Letters on Spiritual Subjects A spiritual appetite By Anne Dutton Via: GraceGems.org Tradução por Myllena Melo Revisão por

Leia mais

A Rainha das Graças. Thomas Watson

A Rainha das Graças. Thomas Watson A Rainha das Graças Thomas Watson Traduzido do original em Inglês The queen of graces By Thomas Watson Via: GraceGems.org Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira 1ª Edição: Dezembro

Leia mais

A Obra do Espírito Santo No Chamado Eficaz. William R. Downing

A Obra do Espírito Santo No Chamado Eficaz. William R. Downing A Obra do Espírito Santo No Chamado Eficaz William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism

Leia mais

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: C o n c l u s ã o. Charles Ray

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: C o n c l u s ã o. Charles Ray Uma Biografia de Susannah Spurgeon: C o n c l u s ã o Charles Ray Traduzido do original em Inglês MRS. C.H. SPURGEON A biography of Susannah Spurgeon By Charles Ray, 1905 A presente tradução consiste somente

Leia mais

A Obra da Criação de Deus. William R. Downing

A Obra da Criação de Deus. William R. Downing A Obra da Criação de Deus William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary

Leia mais

foi destruída pela Obra Redentora do Senhor Jesus Cristo? William R. Downing

foi destruída pela Obra Redentora do Senhor Jesus Cristo? William R. Downing A Lei foi destruída pela Obra Redentora do Senhor Jesus Cristo? William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in

Leia mais

No Contexto da Redenção

No Contexto da Redenção Eleição e Predestinação Divinas No Contexto da Redenção William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form

Leia mais

Aflições. Anne Dutton

Aflições. Anne Dutton Aflições Anne Dutton Traduzido do original em Inglês Anne Dutton's Letters on Spiritual Subjects Furnace By Anne Dutton Via: GraceGems.org Tradução por Camila Francine Revisão por Camila Almeida Capa por

Leia mais

A Total Desejabilidade. de Jesus Cristo. John Flavel

A Total Desejabilidade. de Jesus Cristo. John Flavel A Total Desejabilidade de Jesus Cristo John Flavel Traduzido do original em Inglês Christ Altogether Lovely By John Flavel O presente volume consiste somente em um excerto da obra supracitada Via: PuritanSermons.com

Leia mais

Como o Espírito Santo Aplica a Redenção Adquirida pela Senhor Jesus Cristo? William R. Downing

Como o Espírito Santo Aplica a Redenção Adquirida pela Senhor Jesus Cristo? William R. Downing Como o Espírito Santo Aplica a Redenção Adquirida pela Senhor Jesus Cristo? William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible

Leia mais

O Espírito Santo Na CFB1689. Matthew Brennan

O Espírito Santo Na CFB1689. Matthew Brennan O Espírito Santo Na CFB1689 Matthew Brennan Traduzido do original em Inglês Holy Spirit in Second London Baptist Confession Circular Letter 2006 ARBCA By Matthew Brennan Via: ARBCA.com (Association of

Leia mais

Como Nós Podemos Conhecer a Deus? William R. Downing

Como Nós Podemos Conhecer a Deus? William R. Downing Como Nós Podemos Conhecer a Deus? William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with

Leia mais

Cinco Aspectos Essenciais do Ministério Pastoral. Thomas Hicks

Cinco Aspectos Essenciais do Ministério Pastoral. Thomas Hicks Cinco Aspectos Essenciais do Ministério Pastoral Thomas Hicks Traduzido do original em Inglês Five Essential Aspects of Pastoral Ministry By Tom Hicks Via: Founders.org Tradução por Antonio e Jennifer

Leia mais

Jesus Cristo: Profeta, Sacerdote e Rei. William R. Downing

Jesus Cristo: Profeta, Sacerdote e Rei. William R. Downing Jesus Cristo: Profeta, Sacerdote e Rei William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism

Leia mais

Cultivando Homens Para A Plantação De Igrejas. John Giarrizzo

Cultivando Homens Para A Plantação De Igrejas. John Giarrizzo Cultivando Homens Para A Plantação De Igrejas John Giarrizzo Traduzido do original em Inglês Cultivating Men For Church Planting Circular Letter 2000 ARBCA By John Giarrizzo Via: ARBCA.com (Association

Leia mais

Issuu.com/oEstandarteDeCristo

Issuu.com/oEstandarteDeCristo Sinais e Frutos Da Eleição A. W. Pink Traduzido do original em Inglês The Doctrine of Election By A. W. Pink A presente publicação consiste em um excerto da obra supracitada Via: ChapelLibrary.org Copyright

Leia mais

A Bíblia e Seus Atributos. William R. Downing

A Bíblia e Seus Atributos. William R. Downing A Bíblia e Seus Atributos William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary

Leia mais

Uma Exposição De I João 2:2. A. W. Pink

Uma Exposição De I João 2:2. A. W. Pink Uma Exposição De I João 2:2 A. W. Pink Traduzido do original em Inglês The Sovereignty of God: Appendix IV - 1 John 2:2 By A. W. Pink Via: EternalLifeMinistries.org Tradução por Timóteo Werner Revisão

Leia mais

O BATISMO INFANTIL E O PRINCÍPIO REGULADOR DO CULTO

O BATISMO INFANTIL E O PRINCÍPIO REGULADOR DO CULTO O BATISMO INFANTIL E O PRINCÍPIO REGULADOR DO CULTO FRED A. MALONE Traduzido do original em Inglês Infant Baptism and the Regulative Principle of Worship By Fred A. Malone Via: GraceSermons.com Tradução

Leia mais

O PACTO DA GRAÇA MIKE RENIHAN

O PACTO DA GRAÇA MIKE RENIHAN O PACTO DA GRAÇA MIKE RENIHAN Traduzido do original em Inglês Covenant of Grace Circular Letter 2001 ARBCA By Dr. Mike Renihan Via: ARBCA.com (Association of Reformed Baptist Churches of America) Tradução

Leia mais

Os Cinco Pontos do Calvinismo & a Teologia Pactual. Tom Hicks

Os Cinco Pontos do Calvinismo & a Teologia Pactual. Tom Hicks Os Cinco Pontos do Calvinismo & a Teologia Pactual Tom Hicks Traduzido do original em Inglês The Five Points of Calvinism and Covenant Theology By Tom Hicks Via: Founders.org Tradução e Capa por William

Leia mais

Encorajamento e Defesa do Uso de Catecismos Bíblicos. William R. Downing

Encorajamento e Defesa do Uso de Catecismos Bíblicos. William R. Downing Encorajamento e Defesa do Uso de Catecismos Bíblicos William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form

Leia mais

O Incomparável e Irrecusável Chamado de Cristo para Mulheres. Thomas Vincent

O Incomparável e Irrecusável Chamado de Cristo para Mulheres. Thomas Vincent O Incomparável e Irrecusável Chamado de Cristo para Mulheres Thomas Vincent Traduzido do original em Inglês Christ s Call To Young Women By Thomas Vincent O presente volume consiste somente em um excerto

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. Family Workship. By A. W. Pink. Via: GraceGems.org. Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira

Traduzido do original em Inglês. Family Workship. By A. W. Pink. Via: GraceGems.org. Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira A. W. Pink Traduzido do original em Inglês Family Workship By A. W. Pink Via: GraceGems.org Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira 1ª Edição: Fevereiro de 2015 Salvo indicação

Leia mais

O MITO DO LIVRE-ARBÍTRIO. Walter J. Chantry

O MITO DO LIVRE-ARBÍTRIO. Walter J. Chantry O MITO DO LIVRE-ARBÍTRIO Walter J. Chantry Traduzido do original em Inglês Myth of Free Will By Walter J. Chantry Via: APuritansMind.com Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila Almeida

Leia mais

Homem e Mulher, Deus os Criou à Sua Imagem

Homem e Mulher, Deus os Criou à Sua Imagem Homem e Mulher, Deus os Criou à Sua Imagem John Piper Traduzido do original em Inglês Male and Female He Created Them in the Image of God By John Piper Via: DesiringGod.org Copyright 2015 Desiring God

Leia mais

O que é o Pecado? William R. Downing

O que é o Pecado? William R. Downing O que é o Pecado? William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary By W.

Leia mais

O Batismo Cristão. William R. Downing

O Batismo Cristão. William R. Downing O Batismo Cristão William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary By W.

Leia mais

AS DEZ VIRGENS - PARTE I AS VIRGENS PRUDENTES E AS LOUCAS

AS DEZ VIRGENS - PARTE I AS VIRGENS PRUDENTES E AS LOUCAS AS DEZ VIRGENS - PARTE I AS VIRGENS PRUDENTES E AS LOUCAS. Traduzido do original em Inglês Lecture I The Ten Virgins, Part 1 By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em dois volumes, The Works of The

Leia mais

A Oração e o Seu Significado na Vida do Crente. William R. Downing

A Oração e o Seu Significado na Vida do Crente. William R. Downing A Oração e o Seu Significado na Vida do Crente William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism

Leia mais

Nas Tuas Mãos Entrego o Meu Espírito. R. M. M Cheyne

Nas Tuas Mãos Entrego o Meu Espírito. R. M. M Cheyne Nas Tuas Mãos Entrego o Meu Espírito. R. M. M Cheyne Traduzido do original em Inglês Into Thine Hand I Commit My Spirit By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the

Leia mais

O Poder Conservador das. Doutrinas da Graça. Thomas J. Nettles

O Poder Conservador das. Doutrinas da Graça. Thomas J. Nettles O Poder Conservador das Doutrinas da Graça Thomas J. Nettles Traduzido do original em Inglês The Conserving Power of the Doctrines of Grace By Tom J. Nettles Via: ReformedReader.org Tradução por Filipe

Leia mais

A Trindade. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. William R. Downing

A Trindade. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. William R. Downing A Trindade O Pai, o Filho e o Espírito Santo William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism

Leia mais

As Marcas e Bênçãos das Ovelhas de Cristo

As Marcas e Bênçãos das Ovelhas de Cristo As Marcas e Bênçãos das Ovelhas de Cristo. R. M. M Cheyne Mas vós não credes porque não sois das minhas ovelhas, como já vo-lo tenho dito. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me

Leia mais

Os Padrões Doutrinários e Práticos Para a Membresia De Uma Igreja Local Segundo A Bíblia e a CFB1689. James M. Renihan

Os Padrões Doutrinários e Práticos Para a Membresia De Uma Igreja Local Segundo A Bíblia e a CFB1689. James M. Renihan Os Padrões Doutrinários e Práticos Para a Membresia De Uma Igreja Local Segundo A Bíblia e a CFB1689 James M. Renihan Traduzido do original em Inglês The Doctrinal and Practical Standards for Local Church

Leia mais

O Senhor Jesus Cristo: O Redentor Dos Eleitos de Deus. William R. Downing

O Senhor Jesus Cristo: O Redentor Dos Eleitos de Deus. William R. Downing O Senhor Jesus Cristo: O Redentor Dos Eleitos de Deus William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form

Leia mais

As Escrituras Sagradas São a Palavra de Deus Escrita. William R. Downing

As Escrituras Sagradas São a Palavra de Deus Escrita. William R. Downing As Escrituras Sagradas São a Palavra de Deus Escrita William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form

Leia mais

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: A Fundação de O Fundo para Livros. Charles Ray

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: A Fundação de O Fundo para Livros. Charles Ray O Uma Biografia de Susannah Spurgeon: A Fundação de O Fundo para Livros Charles Ray Traduzido do original em Inglês MRS. C.H. SPURGEON A biography of Susannah Spurgeon By Charles Ray, 1905 A presente tradução

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. The Fight of Faith. By A. W. Pink. Via: ChapelLibrary.org

Traduzido do original em Inglês. The Fight of Faith. By A. W. Pink. Via: ChapelLibrary.org A. W. Pink Traduzido do original em Inglês The Fight of Faith By A. W. Pink Via: ChapelLibrary.org Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila Almeida 1ª Edição: Fevereiro de 2015 Salvo indicação

Leia mais

UM VERDADEIRO MAPA DO ESTADO MISERÁVEL DO HOMEM POR NATUREZA

UM VERDADEIRO MAPA DO ESTADO MISERÁVEL DO HOMEM POR NATUREZA UM VERDADEIRO MAPA DO ESTADO MISERÁVEL DO HOMEM POR NATUREZA Christopher Love Traduzido do original em Inglês A True Map of Man's Miserable Estate by Nature By Christopher Love Via: PuritanSermons.com

Leia mais

Sobre a Pregação do Evangelho. William R. Downing

Sobre a Pregação do Evangelho. William R. Downing Sobre a Pregação do Evangelho William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary

Leia mais

O Amor Eletivo de Deus

O Amor Eletivo de Deus O Amor Eletivo de Deus. R. M. M Cheyne Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça... (João 15:16) Traduzido do original

Leia mais

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: V i u v e z. Charles Ray

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: V i u v e z. Charles Ray Uma Biografia de Susannah Spurgeon: V i u v e z Charles Ray Traduzido do original em Inglês MRS. C.H. SPURGEON A biography of Susannah Spurgeon By Charles Ray, 1905 A presente tradução consiste somente

Leia mais

A Ceia do Senhor. William R. Downing

A Ceia do Senhor. William R. Downing A Ceia do Senhor William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary By W.

Leia mais

UM CHAMADO À SEPARAÇÃO. A. W. Pink

UM CHAMADO À SEPARAÇÃO. A. W. Pink UM CHAMADO À SEPARAÇÃO A. W. Pink Traduzido do original em Inglês A Call to Separation By A. W. Pink Via: EternalLifeMinistries.org Tradução e Capa William Teixeira Revisão por Camila Almeida 1ª Edição:

Leia mais

A Guide to Fervent Prayer

A Guide to Fervent Prayer Traduzido do original em Inglês A Guide to Fervent Prayer By A. W. Pink A presente tradução consiste somente no Capítulo 10 da obra supracitada Via: PBMinistries.org (Providence Baptist Ministries) Tradução

Leia mais

Christ s Call To Young Women

Christ s Call To Young Women THOMAS VINCENT Traduzido do original em Inglês Christ s Call To Young Women By Thomas Vincent Via: ChapelLibrary.org Chapel Library Tradução e Capa por Camila Almeida Revisão por William Teixeira 1ª Edição:

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. The Call of Abraham. By R. M. M'Cheyne. Via: EternalLifeMinistries.org

Traduzido do original em Inglês. The Call of Abraham. By R. M. M'Cheyne. Via: EternalLifeMinistries.org Traduzido do original em Inglês The Call of Abraham By R. M. M'Cheyne Via: EternalLifeMinistries.org Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira 1ª Edição: Dezembro de 2014 Salvo indicação

Leia mais

CRISTO SE OFERECE COMO SALVADOR PARA TODA A RAÇA HUMANA

CRISTO SE OFERECE COMO SALVADOR PARA TODA A RAÇA HUMANA CRISTO SE OFERECE COMO SALVADOR PARA TODA A RAÇA HUMANA. Traduzido do original em Inglês Christ Offers Himself a Saviour to all the Human Race By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único:

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. John s Vision. By R. M. M'Cheyne

Traduzido do original em Inglês. John s Vision. By R. M. M'Cheyne A VISÃO DE JOÃO. Traduzido do original em Inglês John s Vision By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's Church,

Leia mais

A Body of Practical Divinity Book 4 Chapter 1 Of the Respective Duties of Husband and Wife

A Body of Practical Divinity Book 4 Chapter 1 Of the Respective Duties of Husband and Wife John Gill Traduzido do original em Inglês A Body of Practical Divinity Book 4 Chapter 1 Of the Respective Duties of Husband and Wife By John Gill Via: PBMinistries.org (Providence Baptist Ministries) Tradução

Leia mais

Um Equilíbrio Bíblico:

Um Equilíbrio Bíblico: Um Equilíbrio Bíblico: Pregando Para A Mente E O Coração Tom Lyon Traduzido do original em Inglês A Biblical Balance: Preaching to the Mind and Heart Circular Letter 2002 ARBCA By Tom Lyon Via: ARBCA.com

Leia mais

Dez Razões Pelas Quais É Errado Tirar a Vida De Crianças por Nascer

Dez Razões Pelas Quais É Errado Tirar a Vida De Crianças por Nascer Dez Razões Pelas Quais É Errado Tirar a Vida De Crianças por Nascer John Piper Traduzido do original em Inglês Ten Reasons Why It Is Wrong to Take the Life of Unborn Children By John Piper Via: DesiringGod.org

Leia mais

Pai Nosso: A Oração Modelo. William R. Downing

Pai Nosso: A Oração Modelo. William R. Downing Pai Nosso: A Oração Modelo William R. Downing. Traduzido do original em Inglês A Catechism on Bible Doctrine (Version 1.7) An Introductory study of Bible Doctrine in the Form of a Catechism with Commentary

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. Cross-Bearing. By A. W. Pink. Via: GraceGems.org. Tradução e Capa por Camila Almeida Revisão por William Teixeira

Traduzido do original em Inglês. Cross-Bearing. By A. W. Pink. Via: GraceGems.org. Tradução e Capa por Camila Almeida Revisão por William Teixeira A. W. Pink Traduzido do original em Inglês Cross-Bearing By A. W. Pink Via: GraceGems.org Tradução e Capa por Camila Almeida Revisão por William Teixeira 1ª Edição: Março de 2015 Salvo indicação em contrário,

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. Trust in The Lord. By R. M. M'Cheyne

Traduzido do original em Inglês. Trust in The Lord. By R. M. M'Cheyne CONFIAI NO SENHOR. Traduzido do original em Inglês Trust in The Lord By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's

Leia mais

O DISCIPULADO NO TEMPO DOS PURITANOS

O DISCIPULADO NO TEMPO DOS PURITANOS O DISCIPULADO NO TEMPO DOS PURITANOS Winfield Bevins Traduzido do original em Inglês Discipleship in the Puritan Era By Winfield Bevins Via: Founders.org Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por

Leia mais

For What, And How We Are To Pray & The Necessity Of Secret Prayer

For What, And How We Are To Pray & The Necessity Of Secret Prayer Traduzido do original em Inglês For What, And How We Are To Pray & The Necessity Of Secret Prayer By Thomas Boston Via: Monergism.com & Ilyston.wordpress.com Tradução e Capa por William Teixeira Revisão

Leia mais

A TERRÍVEL CONDIÇÃO DOS HOMENS NATURAIS

A TERRÍVEL CONDIÇÃO DOS HOMENS NATURAIS A TERRÍVEL CONDIÇÃO DOS HOMENS NATURAIS. Traduzido do original em Inglês The Fearful Condition Of Natural Men By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert

Leia mais

Nova Estrutura do Curso: Avisos

Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso Disciplinas de Teologia Sistemática: Introdução a Teologia Sistemática Doutrina de Deus Teontologia Doutrina do Ser Humano Antropologia Doutrina

Leia mais

TUDO DE GRAÇA C. H. SPURGEON

TUDO DE GRAÇA C. H. SPURGEON TUDO DE GRAÇA C. H. SPURGEON Traduzido do original em Inglês All Of Grace Sermon Nº 3479 The Metropolitan Tabernacle Pulpit Volume 61 By C. H. Spurgeon Via SpurgeonGems.org Adaptado a partir de The C.

Leia mais

NÃO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO

NÃO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO NÃO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO Traduzido do original em Inglês Not Ashamed Of The Gospel By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister

Leia mais

Uma Palavra aos Pais. A. W. Pink

Uma Palavra aos Pais. A. W. Pink Uma Palavra aos Pais A. W. Pink Traduzido do original em Inglês A Word to Parents By A. W. Pink Via: ChapelLibrary.org Chapel Library Tradução por Camila Almeida Revisão e Capa por William Teixeira 1ª

Leia mais

Como Cristo é Totalmente Desejável? John Flavel

Como Cristo é Totalmente Desejável? John Flavel Como Cristo é Totalmente Desejável? John Flavel Traduzido do original em Inglês Christ Altogether Lovely By John Flavel O presente volume consiste somente em um excerto da obra supracitada Via: PuritanSermons.com

Leia mais

La Iglesia: Huerto y Fuente Cerrada de Cristo

La Iglesia: Huerto y Fuente Cerrada de Cristo Traduzido do Espanhol La Iglesia: Huerto y Fuente Cerrada de Cristo Por R. M. M'Cheyne Via: IglesiaReformada.com Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila Almeida 1ª Edição: Dezembro de 2014

Leia mais

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Vida Madura. Charles Ray

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Vida Madura. Charles Ray Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Vida Madura Charles Ray Traduzido do original em Inglês MRS. C.H. SPURGEON A biography of Susannah Spurgeon By Charles Ray, 1905 A presente tradução consiste somente

Leia mais

UMA TEOLOGIA PARA A PLANTAÇÃO DE IGREJAS. P or G ordon Ta ylor Ha nk Ras t Da vid C a mpbe ll, J im D undas J ohn M ille r B ra d S wyga rd

UMA TEOLOGIA PARA A PLANTAÇÃO DE IGREJAS. P or G ordon Ta ylor Ha nk Ras t Da vid C a mpbe ll, J im D undas J ohn M ille r B ra d S wyga rd UMA TEOLOGIA PARA A PLANTAÇÃO DE IGREJAS P or G ordon Ta ylor Ha nk Ras t Da vid C a mpbe ll, J im D undas J ohn M ille r B ra d S wyga rd Traduzido do original em Inglês A Theology of Church Planting

Leia mais

O Catecismo Batista de. William Collins e Benjamin Keach

O Catecismo Batista de. William Collins e Benjamin Keach O Catecismo Batista de William Collins e Benjamin Keach Traduzido do original em Inglês Benjamin Keach's Catechism By William Collins and Benjamin Keach Via: ReformedReader.org Tradução por Camila Rebeca

Leia mais

In Memoriam: A Song of Sighs

In Memoriam: A Song of Sighs Traduzido do original em Inglês In Memoriam: A Song of Sighs By Susannah Spurgeon Via: GraceGems.org Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila Almeida 1ª Edição: Dezembro de 2014 Salvo indicação

Leia mais

Eu, o Senhor, Te Chamei em Justiça. R. M. M Cheyne

Eu, o Senhor, Te Chamei em Justiça. R. M. M Cheyne Eu, o Senhor, Te Chamei em Justiça. R. M. M Cheyne Traduzido do original em Inglês I The Lord Have Called Thee In Righteousness By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons

Leia mais

Se Alguém Tem Sede. R. M. M Cheyne

Se Alguém Tem Sede. R. M. M Cheyne Se Alguém Tem Sede. R. M. M Cheyne Traduzido do original em Inglês If Any Man Thirst By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister

Leia mais

NA CASA DO OLEIRO. A. W. Pink

NA CASA DO OLEIRO. A. W. Pink NA CASA DO OLEIRO A. W. Pink Traduzido do original em Inglês In the Potter's House By A. W. Pink Via: EternalLifeMinistries.org Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila Almeida 1ª Edição:

Leia mais

TU QUE HABITAS NOS JARDINS

TU QUE HABITAS NOS JARDINS TU QUE HABITAS NOS JARDINS. Traduzido do original em Inglês Thou That Dwellest In The Gardens By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne

Leia mais

AS DEZ VIRGENS - PARTE II AS VIRGENS ADORMECEM

AS DEZ VIRGENS - PARTE II AS VIRGENS ADORMECEM AS DEZ VIRGENS - PARTE II AS VIRGENS ADORMECEM. Traduzido do original em Inglês Lecture I The Ten Virgins, Part 2 By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em dois volumes, The Works of The Late Rev.

Leia mais

AQUIETAI-VOS E SABEI QUE EU SOU DEUS

AQUIETAI-VOS E SABEI QUE EU SOU DEUS AQUIETAI-VOS E SABEI QUE EU SOU DEUS Traduzido do Espanhol Estad Quietos, y Conoced que Yo Soy Dios Por Jonathan Edwards Via: IglesiaReformada.com Tradução e Capa por William Teixeira Revisão por Camila

Leia mais

Entreat Me Not To Leave Thee

Entreat Me Not To Leave Thee Traduzido do original em Inglês Entreat Me Not To Leave Thee By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's Church,

Leia mais

AS DEZ VIRGENS - PARTE IV PRUDENTES E A DESGRAÇA DAS VIRGENS LOUCAS

AS DEZ VIRGENS - PARTE IV PRUDENTES E A DESGRAÇA DAS VIRGENS LOUCAS AS DEZ VIRGENS - PARTE IV A BEM-AVENTURANÇ A DAS VIRGENS PRUDENTES E A DESGRAÇA DAS VIRGENS LOUCAS. Traduzido do original em Inglês Lecture I The Ten Virgins, Part 4 By R. M. M'Cheyne Extraído da obra

Leia mais

UMA TERRA MUITO BOA.

UMA TERRA MUITO BOA. UMA TERRA MUITO BOA. Traduzido do original em Inglês An Exceeding Good Land By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St.

Leia mais

O Lugar da Leitura no Ministério Pastoral

O Lugar da Leitura no Ministério Pastoral O Lugar da Leitura no Ministério Pastoral P or Dona ld R. Lindbla d Traduzido do original em Inglês The Minister and His Study: The Place of Reading in Pastoral Ministry Circular Letter 2007 ARBCA By Donald

Leia mais

The Doctrine of Election

The Doctrine of Election Traduzido do original em Inglês The Doctrine of Election By A. W. Pink A presente tradução consiste somente no Capítulo 10, Its Blessedness, da obra supracitada Via: PBMinistries.org (Providence Baptist

Leia mais

Sermão Uma Análise Bíblica Sobre o Feminismo Pregado na Noite de 9 de Março de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém

Sermão Uma Análise Bíblica Sobre o Feminismo Pregado na Noite de 9 de Março de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém Sermão Uma Análise Bíblica Sobre o Feminismo Pregado na Noite de 9 de Março de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém Por: Manoel Coelho Jr. A Verdade está na Bíblia ProcurandoVerdadeBiblica.blogspot.com.br

Leia mais

O MARAVILHOSO SIGNIFICADO DO BATISMO

O MARAVILHOSO SIGNIFICADO DO BATISMO O MARAVILHOSO SIGNIFICADO DO BATISMO John Piper Traduzido dos originais em Inglês A Celebration of Baptism, Brothers, Magnify the Meaning of Baptism & Thoughts on Baptism By John Piper Via: DesiringGod.org

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. My Lord and My God. By R. M. M'Cheyne

Traduzido do original em Inglês. My Lord and My God. By R. M. M'Cheyne Traduzido do original em Inglês My Lord and My God By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's Church, Dundee. Via:

Leia mais

Perfect Love Casteth Out Fear

Perfect Love Casteth Out Fear Traduzido do original em Inglês Perfect Love Casteth Out Fear By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's Church,

Leia mais

Levanta-te, Resplandece. R. M. M Cheyne

Levanta-te, Resplandece. R. M. M Cheyne Levanta-te, Resplandece. R. M. M Cheyne Traduzido do original em Inglês Arise, Shine By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister

Leia mais

GRAÇAS FRAGRANTES C. H. SPURGEON

GRAÇAS FRAGRANTES C. H. SPURGEON GRAÇAS FRAGRANTES C. H. SPURGEON Traduzido do original em Inglês Fragrant Graces Sermon Nº 3480 The Metropolitan Tabernacle Pulpit Volume 61 By C. H. Spurgeon Via SpurgeonGems.org Adaptado a partir de

Leia mais

As The Lily Among Thorns, So Is My Love Among The Daughters

As The Lily Among Thorns, So Is My Love Among The Daughters Traduzido do original em Inglês As The Lily Among Thorns, So Is My Love Among The Daughters By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne

Leia mais

CATÁLOGO Knox. Publicações

CATÁLOGO Knox. Publicações CATÁLOGO 2013 Knox Publicações LANÇAMENTOS KNOX PUBLICAÇÕES SOLI DEO GLORIA O SER E OBRAS DE DEUS SOLA SCRIPTURA A DOUTRINA REFORMADA DAS ESCRITURAS IMAGO DEI ANTROPOLOGIA BÍBLICA Trilogia de estudos em

Leia mais

Decadência Espiritual. R. M. M Cheyne

Decadência Espiritual. R. M. M Cheyne Decadência Espiritual. R. M. M Cheyne Traduzido do original em Inglês Gray Hairs Are Upon Him By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne

Leia mais

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Os Dias de Noivado. Charles Ray

Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Os Dias de Noivado. Charles Ray Uma Biografia de Susannah Spurgeon: Os Dias de Noivado Charles Ray Traduzido do original em Inglês MRS. C.H. SPURGEON A biography of Susannah Spurgeon By Charles Ray, 1905 A presente tradução consiste

Leia mais

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM FÉ: Primeiro você coloca o pé, depois Deus coloca o chão. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM Para muitos, a

Leia mais

CRISTO, O SALVADOR QUE ENGRANDECEU A LEI

CRISTO, O SALVADOR QUE ENGRANDECEU A LEI CRISTO, O SALVADOR QUE ENGRANDECEU A LEI. Traduzido do original em Inglês Christ, A Law-Magnifying Saviour By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray

Leia mais

UM CRENTE TEM PRAZER NA LEI DE DEUS

UM CRENTE TEM PRAZER NA LEI DE DEUS UM CRENTE TEM PRAZER NA LEI DE DEUS. Traduzido do original em Inglês A Believer Delights in the Law of God By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray

Leia mais

A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS. Augustus Nicodemus Lopes

A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS. Augustus Nicodemus Lopes A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS Augustus Nicodemus Lopes O ATAQUE LIBERAL Ataques feitos à Bíblia em nossos dias. O ataque do liberalismo teológico. Johan Solomo Semler (séc. XVIII) distinção

Leia mais

O TEMA DA PREGAÇÃO DE JOÃO

O TEMA DA PREGAÇÃO DE JOÃO O TEMA DA PREGAÇÃO DE JOÃO. Traduzido do original em Inglês The Subject of John's Preaching By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne

Leia mais

CONSIDERAI O APÓSTOLO E SUMO SACERDOTE DE NOSSA CONFISSÃO

CONSIDERAI O APÓSTOLO E SUMO SACERDOTE DE NOSSA CONFISSÃO CONSIDERAI O APÓSTOLO E SUMO SACERDOTE DE NOSSA CONFISSÃO. Traduzido do original em Inglês Consider the Apostle and High Priest of our profession, Christ Jesus By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original,

Leia mais

Traduzido do original em Inglês. Do What You Can. By R. M. M'Cheyne

Traduzido do original em Inglês. Do What You Can. By R. M. M'Cheyne FAÇA O QUE PUDER. Traduzido do original em Inglês Do What You Can By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons of the Rev. Robert Murray M'Cheyne Minister of St. Peter's Church,

Leia mais

. A DIFICULDADE E A DESEJABILIDADE DA

. A DIFICULDADE E A DESEJABILIDADE DA . A DIFICULDADE E A DESEJABILIDADE DA C ONVERSÃO. Traduzido do original em Inglês The Difficulty and Desirableness of Conversion By R. M. M'Cheyne Extraído da obra original, em volume único: The Sermons

Leia mais

A SOBERANIA DE DEUS SOBRE O MAL. David Mathis

A SOBERANIA DE DEUS SOBRE O MAL. David Mathis A SOBERANIA DE DEUS SOBRE O MAL David Mathis Traduzido do original em Inglês A 4-Part Series On How To Talk About God's Sovereignty Over Sin By David Mathis Via: DesiringGod.org Copyright 2015 Desiring

Leia mais

Moisés e Hobabe. M. M Cheyne

Moisés e Hobabe. M. M Cheyne Moisés e Hobabe. R. M. M Cheyne Disse então Moisés a Hobabe, filho de Reuel, o midianita, sogro de Moisés: Nós caminhamos para aquele lugar, de que o Senhor disse: Vo-lo darei; vai conosco e te faremos

Leia mais