E N T I D A D E P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L MUNICIPIO DE MORA DO ANO 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "E N T I D A D E P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L MUNICIPIO DE MORA DO ANO 2013"

Transcrição

1 PÁGINA : 1 1. Funções gerais , , , , , , , Serviços gerais de , , , , , , ,53 administração pública Administração geral , , , , , , , / INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E OUTRA CM 2006/01/ /12/ , , , , , , ,78 IMAGEM / COMISSÃO MUNICIPAL DE OUTRA CM 2006/01/ /12/ ,00 500,00 515,00 531,00 547, ,00 HIGIENE, SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO / FORMAÇÃO PROFISSIONAL OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , Segurança e ordem públicas , , , , , , , Protecção civil e luta , , , , , , ,22 contra incêndios / APOIO AO ATENDIMENTO OUTRA CM 2007/01/ /12/ , , , , , , ,00 PERMANENTE / ENCARGOS COM SEGUROS OUTRA CM 2007/01/ /12/ , , , , , , , / COMISSÃO MUNICIPAL DE OUTRA CM 2007/01/ /12/ ,00 500,00 515,00 531,00 547, ,00 PROTECÇÃO CIVIL / COMISSÃO MUNICIPAL DE OUTRA CM 2007/01/ /12/ ,00 500,00 515,00 531,00 547, ,00 PROTECÇÃO DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS 2. Funções sociais , , , , , , , Educação , , , , , , , Ensino não superior , , , , , , / OFICINA MUNICIPAL DA OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 CRIANÇA / CANTINAS ESCOLARES OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , Serviços auxiliares de , , , , , , ,37 ensino Serviços auxiliares de ensino / TRANSPORTES ESCOLARES OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , / OUTROS APOIOS E SUBSÍDIOS OUTRA CM 2005/01/ /12/ ,00 500,00 515,00 531,00 547, , / APOIOS E SUBSÍDIOS OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , / AÇÃO SOCIAL ESCOLAR OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 A TRANSPORTAR , , , , , , ,12

2 PÁGINA : 2 A TRANSPORTAR , , , , , , , / PROLONGAMENTO DE HORÁRIO DO OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 PRÉ-ESCOLAR DE MORA 2.2. Saúde 3.650, , , , , , Serviços individuais de 3.650, , , , , ,00 saúde Serviços individuais de saúde / ACÇÕES DE APOIO AOS OUTRA CM 2005/01/ /12/ ,00 650,00 670,00 690,00 711, ,00 CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE / RASTREIOS DE SAÚDE OUTRA CM 2011/01/ /12/ , , , , , , Segurança e acção sociais , , , , , , , Acção social , , , , , , , / CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , / APOIO ÀS ASSOCIAÇÕES DE OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , ,00 REFORMADOS / DEFICIENTES OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , / OFICINA DOMICILIÁRIA OUTRA CM 2009/01/ /12/ , , , , , , / CARTÃO MUNICIPAL DA OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , ,92 JUVENTUDE / APOIO ÀS ASSOCIAÇÕES OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , ,00 JUVENIS / ESPAÇO INTERNET OUTRA CM 2010/01/ /12/ ,00 500,00 515,00 531,00 547, , / PROGRAMA DE APOIO AOS OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , ,33 JOVENS DESEMPREGADOS / REDE SOCIAL DO CONCELHO DE OUTRA CM 2012/01/ /12/ , , , , , ,00 MORA / FESTA DE ANIVERSÁRIO DO OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO / MÊS DO IDOSO OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , / MÊS DA JUVENTUDE OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , Habitação e serviços 2.680, , , , , , ,30 colectivos Habitação 1.000, , , , , , ,00 A TRANSPORTAR , , , , , , ,93

3 PÁGINA : 3 A TRANSPORTAR , , , , , , , / CAMPANHA DA CAL OUTRA CM 2002/01/ /12/ , , , , , , , Abastecimento de água 6.000, , , , , ,00 Abastecimento de água / CONTROLE DA QUALIDADE DE OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , ,00 ÁGUA Resíduos sólidos 2.000, , , , , , / CAMPANHAS DE SENSIBILIZAÇÃO OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , Protecção do meio ambiente 1.680, , , , , , ,30 e conservação da natureza / CAMPANHA "MORA CONCELHO OUTRA CM 2007/01/ /12/ , , , , , , ,52 FLORIDO" / CAMPANHA "MORA CONCELHO OUTRA CM 2007/01/ /12/ , , , , , , ,78 AMIGO DA ÁRVORE" / GABINETE TÉCNICO FLORESTAL OUTRA CM 2012/01/ /12/ , , , , , , Serviços cultur , , , , , , ,70 Serviços culturais recreativos e religiosos Cultura , , , , , , , / APOIO AO MOVIMENTO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , ,70 ASSOCIATIVO / APOIO À ASSOCIAÇÃO DOS OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , ,00 AMIGOS DO CONCELHO DE MORA / APOIO À ACÇÃO E DINAMIZAÇÃO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , ,83 CULTURAL / GRANDE PRÉMIO DE FOTOGRAFIA OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , ,00 INTERNACIONAL DE MORA / FESTIVAL MÚSICAS NO RIO, OS OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 OUTROS SONS DO FLUVIÁRIO Desporto, recreio e lazer , , , , , , , / APOIO À ESCOLA DE NATAÇÃO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , ,00 MUNICIPAL / APOIO À ANIMAÇÃO DESPORTIVA OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , / APOIO AO DESPORTO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , ,50 A TRANSPORTAR , , , , , , ,26

4 PÁGINA : 4 A TRANSPORTAR , , , , , , , / APOIO À REALIZAÇÃO DE OUTRA CM 2006/01/ /12/ , , , , , , ,98 GRANDES EVENTOS DESPORTIVOS / ESCOLA DO DESPORTO OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , , / DINAMIZAÇÃO E OCUPAÇÃO DOS OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , ,00 TEMPOS LIVRES DOS JOVENS 3. Funções económicas , , , , , , , Transportes e comunicações 4.232, , , , , , ,74 Transportes e comunicações Transportes rodoviários 4.232, , , , , , , / CARREIRA MUNICIPAL OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , Comércio e turismo , , , , , , , Mercados e feiras , , , , , , , / PROMOÇÃO DE EVENTOS E OUTRA CM 2010/01/ /12/ , , , , , , ,70 FEIRAS TEMÁTICAS / FEIRAS ANUAIS OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , , / PROMOÇÃO DOS MERCADOS E OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , ,00 FEIRAS / MOSTRA GASTRONÓMICA DA CAÇA OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , / FESTA DO VINHO EM CABEÇÃO OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , / S. MARTINHO EM PAVIA OUTRA CM 2013/01/ /12/ , , , , , , Turismo 3.434, , , , , , , / PROMOÇÃO DE PERCURSOS OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , ,79 MEGALÍTICOS / ACÇÕES DE DIVULGAÇÃO OUTRA CM 2005/01/ /12/ , , , , , , ,20 TURÍSTICA DO CONCELHO / CONSELHO MUNICIPAL DE OUTRA CM 2011/01/ /12/ ,00 500,00 520,00 530,00 550, ,00 TURISMO TOTAL GERAL , , , , , , ,13 FASES DE EXECUCÇÃO 0 - NÃO INICIADA 1 - COM PROJECTO TÉCNICO 2 - ADJUDICADA 3 - EXECUÇÃO FÍSICA ATÉ 50% 4 - EXECUÇÃO FÍSICA SUPERIOR A 50% 5 - PROJECTO CONTÍNUO

5 PÁGINA : CONCLUÍDA P - Em de de Em de de

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L MUNICÍPIO DE ALMEIRIM DO ANO 2012

E N T I D A D E P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L MUNICÍPIO DE ALMEIRIM DO ANO 2012 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 196.000,00 196.000,00 196.000,00 1.2. Segurança e ordem públicas 196.000,00 196.000,00 196.000,00 1.2.1. Protecção civil e luta 196.000,00 196.000,00 196.000,00 contra incêndios

Leia mais

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública PÁGINA : 1 1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 230.507,00 230.507,00 230.507,00

Leia mais

1. Funções Gerais 20.810,54 17.270,49 119.750,00 119.750,00 100.000,00 100.000,00 100.000,00 78.000,00 535.831,03

1. Funções Gerais 20.810,54 17.270,49 119.750,00 119.750,00 100.000,00 100.000,00 100.000,00 78.000,00 535.831,03 PÁGINA : 1 1. Funções Gerais 20.810,54 17.270,49 119.750,00 119.750,00 100.000,00 100.000,00 100.000,00 78.000,00 535.831,03 1.1. Serviços Gerais de 20.810,54 17.270,49 113.850,00 113.850,00 100.000,00

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA DO ANO 2009

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 200.000,00 200.000,00 200.000,00 1.1. 180.000,00 180.000,00 180.000,00 1.1.1. ADMINISTRAÇÃO GERAL 180.000,00 180.000,00 180.000,00 1.1.1. 01 2005 ADMINISTRAÇÃO GERAL 55.000,00

Leia mais

FREGUESIA DE AVENIDAS NOVAS

FREGUESIA DE AVENIDAS NOVAS Ano: 0 () F. de Financiamento () () 0 0 0 00000 Funcões Gerais.,00.,00.,00.,00.0.,00 0 0000 Serviços Gerais da Administração Pública.,00.,00.,00.,00.0.,00 000 Administração Geral.,00.,00.,00.,00.0.,00

Leia mais

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1 PÁGINA : 1 1. FUNCOES GERAIS 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00 7.095.218,46 1.1. SERVICOS GERAIS DE 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO

III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO PIDDAR 2009 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 111 III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO PIDDAR 2010 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 113 Quadro I Programação do Investimento por Programas

Leia mais

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE S ANO CONTABILÍSTICO 2011 Pagina : 1 1. FUNÇOES GERAIS 239.200,00 505.000,00 744.200,00 177.311,45 177.311,45 74.13 23.83 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 232.200,00

Leia mais

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : 1 1. FUNÇOES GERAIS 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 1.1.1. ADMINISTRAÇAO GERAL 1.1.1. 01 2002 I 1 AQUISIÇAO/REPARAÇAO DE OUTRO MATERIAL

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19 PÁGINA : 1 DESPESAS D (PREVISÃO) 1. FUNÇOES GERAIS 132.059,77 470.000,00 470.000,00 157.250,00 107.500,00 62.700,00 929.509,77 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 93.277,77 410.000,00 410.000,00 147.250,00 97.500,00

Leia mais

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.851.000,00 1.851.000,00 860.000,00 280.000,00 2.991.000,00 1.1. Serviços gerais de administração pública 1.601.000,00 1.601.000,00 610.000,00 2.241.000,00 1.1.1. 1.1.1.1.

Leia mais

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1 Pagina : 1 1. Funções gerais 610.500,00 610.500,00 334.850,49 334.850,49 54.85 54.85 1.1. Serviços gerais de administração pública 525.500,00 525.500,00 334.640,59 334.640,59 63.68 63.68 1.1.1. Administracao

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL OBJECTIVO DO PDSS ACTIVIDADE/ACÇÃO PARCEIROS ENVOLVIDOS PARCEIRO RESPONSÁVEL INDICADORES DE AVALIAÇÃO EXECUÇÃO TEMPORAL SOLIDARIEDADE SOCIAL Reforçar o apoio alimentar concelhio Melhorar o conhecimento

Leia mais

1.1.1. 0103/070109 04 2002 142 AQUISICAO E REPARACAO DE OUTRA 100.0 CM 2014/01/01 2014/12/31 9 5.000,00 5.000,00 5.000,00

1.1.1. 0103/070109 04 2002 142 AQUISICAO E REPARACAO DE OUTRA 100.0 CM 2014/01/01 2014/12/31 9 5.000,00 5.000,00 5.000,00 MUNICIPIO SAO DO ANO 2014 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 114.600,00 114.600,00 114.600,00 1.1. Serviços gerais de 52.200,00 52.200,00 52.200,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 52.200,00

Leia mais

INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS

INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS Está em curso um inquérito, promovido pela ANMP, sobre as despesas municipais com acções de carácter social que ultrapassam as competências

Leia mais

FORMAÇÕES MODULARES CERTIFICADAS INVESTIR HOJE NA FORMAÇÃO PARA ESTAR MAIS PREPARADO AMANHÃ. Associação para o Desenvolvimento de Peniche

FORMAÇÕES MODULARES CERTIFICADAS INVESTIR HOJE NA FORMAÇÃO PARA ESTAR MAIS PREPARADO AMANHÃ. Associação para o Desenvolvimento de Peniche FORMAÇÕES MODULARES CERTIFICADAS INVESTIR HOJE NA FORMAÇÃO PARA ESTAR MAIS PREPARADO AMANHÃ Associação para o Desenvolvimento de Peniche O que são as Formações Modulares Certificadas As Formações Modulares

Leia mais

Plano de Acção 2014. Rede Social

Plano de Acção 2014. Rede Social Plano de Acção 2014 Rede Social Março/2014 Elaborado por: Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Avis - Agrupamento de - Centro de Emprego e Formação Profissional de Portalegre/Serviço de

Leia mais

MUNICIPIO DE CALHETA DO ANO 2016

MUNICIPIO DE CALHETA DO ANO 2016 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 415.272,00 415.272,00 331.772,00 78.772,00 78.772,00 157.540,71 1.062.128,71 1.1. Serviços gerais de 400.272,00 400.272,00 325.772,00 78.772,00 78.772,00 157.540,71 1.041.128,71

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr. JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.ª Guadalupe Tel. e Fax: 266 781 165 Tel.: 266 747 916 email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

Execução Anual das Grandes Opções do Plano

Execução Anual das Grandes Opções do Plano das Grandes Opções do Plano 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E ENSINO BÁSICO 01 01 /1 Infraestruturas de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano 01 01 /1 1 Centro Escolar de Caria 0102 07010305 E

Leia mais

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac.

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac. Eixo 3 do PRODER Dinamização das zonas Rurais Englobam no eixo 3 do PRODER Abordagem Leader as seguintes Medidas e Acções Medida 3.1 Diversificação da Economia e Criação de Emprego 3.1.1 Diversificação

Leia mais

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1 CLA SIFICAÇÃO ECONÓMICA PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO PREÂMBULO O projecto Estarreja COMpartilha surge da necessidade que se tem verificado, na sociedade actual, da falta de actividades e práticas de cidadania. Traduz-se numa relação solidária para com o

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) O plano plurianual de investimentos para 2009 tem subjacente um planeamento financeiro que perspectiva a execução dos

Leia mais

Grelha de Análise SWOT (Strengths (forças); Weaknesses (fraquezas); Opportunities (oportunidades), Threats (ameaças))... Factores Endógenos

Grelha de Análise SWOT (Strengths (forças); Weaknesses (fraquezas); Opportunities (oportunidades), Threats (ameaças))... Factores Endógenos Problemática Essencial I Envelhecimento Demográfico - Apoio Domiciliário do Centro de Saúde com viatura cedida pela Câmara Municipal. - Iniciativas da Câmara Municipal com o objectivo de proporcionar momentos

Leia mais

REALIZAÇÃO DO II FÓRUM PARTICIPATIVO

REALIZAÇÃO DO II FÓRUM PARTICIPATIVO REALIZAÇÃO DO II FÓRUM PARTICIPATIVO Ao vigésimo dia do mês de Janeiro de dois mil e dez, pelas dezoito horas, realizou-se no Município da Lousã a reunião do II Fórum Participativo com a presença de Carlos

Leia mais

Conselho de Parceiros

Conselho de Parceiros Conselho de Parceiros 26 de Novembro de 2010 Centro Cultural e de Congressos de Aveiro 15 de Outubro de 2010 - Centro Cultural e de Congressos de Aveiro Acção 1 - Intervenção Psicossocial Acompanhamento

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL 2014 Aprovado na reunião do Plenário de 11.06.2014 16 de janeiro Workshop e assinatura de protocolo com CIG Público-alvo: comunidade no geral Local: Edifício Paço dos Concelho

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Inicial ANO FINANCEIRO DE 2010 Câmara Municipa l DATAS DAS DELIBERAÇÕES Asse mbleia Municipal Revisã o Alteração Observações: E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U

Leia mais

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto Eventos Eixo I Emprego, Formação e Qualificação Acção: Bom Porto - Gabinete de Empregabilidade e Empreendedorismo: Uma das acções do projecto consiste na criação de um Gabinete de atendimento na área da

Leia mais

Piscinas - Inscrições/preçário

Piscinas - Inscrições/preçário Piscinas - Inscrições/preçário Inscrições Para se inscrever nas aulas de natação municipal deverá dirigir-se à Secretaria das Piscina Municipal Documentos: Ficha de inscrição, 1 fotografia, fotocópia do

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O D E A C T I V I D A D E S M U N I C I P A L DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO PÁGINA : 1 2. FUNÇÕES SOCIAIS 294.765,04 66.575,50 1.451.453,00 1.451.453,00 1.812.793,54 2.1. EDUCAÇÃO 247.595,04 66.000,00 1.123.723,00 1.123.723,00 1.437.318,04 2.1.1. ENSINO NÃO SUPERIOR 247.595,04

Leia mais

JOGOS TRADICIONAIS. Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico. População idosa. Elementos que integram os clubes desportivos do Município

JOGOS TRADICIONAIS. Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico. População idosa. Elementos que integram os clubes desportivos do Município Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico População idosa Elementos que integram os clubes desportivos do Município JOGOS TRADICIONAIS Projecto de dinamização de jogos tradicionais. Promove a prática

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

2002/2003 Educação e Formação em Números 2002/2003

2002/2003 Educação e Formação em Números 2002/2003 2002/2003 Educação e Formação em Números 2002/2003 ÍNDICE ENSINO NÃO SUPERIOR...2 NÚMERO DE ALUNOS (POR FREQUÊNCIA)...2 NÚMERO DE PROFESSORES (POR PESSOA)...2 NÚMERO DE ESTABELECIMENTOS DE ENSINO...3 FORMAÇÃO...4

Leia mais

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art. 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais

Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais No seguimento do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (regulado pela portaria n.º396/2007 de 2 de abril e com alterações

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Trajectórias de envelhecimento Após os 65 anos de idade a estimulação cognitiva diminui significativamente. A diminuição da estimulação desencadeia/agrava o declínio

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

PAREDES DE COURA INTRODUÇÃO

PAREDES DE COURA INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Após a elaboração do Plano de Desenvolvimento Social, definindo as linhas orientadoras de intervenção social até ao final de 2009, procedemos agora à formulação de um Plano de Acção para esse

Leia mais

Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional. Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010

Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional. Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010 Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional e Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010 Nome: Centro Social de Cultura e Recreio da Silva Natureza Jurídica: Associação - Instituição

Leia mais

Município de Mora. Balanço do Mandato

Município de Mora. Balanço do Mandato Município de Mora Balanço do Mandato 2009-2011 1ª Edição 2012 Propriedade, Edição e Coordenação Câmara Municipal de Mora Texto, Fotografia e Concepção Gráfica Gabinete de Informação da Câmara Municipal

Leia mais

Ação Social e Inclusão

Ação Social e Inclusão Ação Social e Inclusão Ação Social O campo de actuação da Ação Social compreende, em primeira instância, a promoção do bem estar e qualidade de vida da população e a promoção duma sociedade coesa e inclusiva,

Leia mais

CONFERÊNCIA: O futuro dos territórios rurais. - Desenvolvimento Local de Base Comunitária. Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial

CONFERÊNCIA: O futuro dos territórios rurais. - Desenvolvimento Local de Base Comunitária. Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial 5 Augusto Ferreira Departamento Técnico - CONFAGRI MINHA TERRA - Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local 20.Set.2013 Hotel da Estrela

Leia mais

Análise SWOT. Área: Território. Rede Social. - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais

Análise SWOT. Área: Território. Rede Social. - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais Área: Território - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais - Dinamização da Exploração dos Recursos Naturais para Actividades Culturais e Turísticas - Localização Geográfica

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos (signação da autarquia local) Município Valença do Plano Plurianual Investimentos (unida: ) 01 FUNÇÕES GERAIS 01 001 SERVIÇOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 01 001 2010/1 AQUISIÇÃO, CONSTRUÇÃO, CONSERVAÇÃO

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 INDICE NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4 Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 Eixo de Desenvolvimento 2: Empregabilidade de Formação Profissional... 13 Eixo

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE MONTALEGRE DO ANO 2008

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE MONTALEGRE DO ANO 2008 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.060.000,00 1.060.000,00 1.060.000,00 1.1. Serviços gerais de 990.000,00 990.000,00 990.000,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 990.000,00 990.000,00 990.000,00

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de iniciativa por parte da população Jovem.

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de iniciativa por parte da população Jovem. Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 12-04-2012 16:46 Projeto Escolhas inclusão social 8. Emprego /Inovação / Empreendedorismo OBSTÁCULOS/ DESAFIOS Falta de

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) Neste orçamento, o Município ajustou, as dotações para despesas de investimento, ao momento de austeridade que o país

Leia mais

MUNICíPIO DE MORTÁGUA

MUNICíPIO DE MORTÁGUA MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Orçamento MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Município Mortágua Grans Opções do Plano do ano (valores em euros) Obj. Prog. Projecto Ano / Nº Acção Código Classificação

Leia mais

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612 001 - CÂMARA MUNICIPAL 001 - CÂMARA MUNICIPAL 01 Legislativa 01031 Ação Legislativa 010310001 LEGISLATURA ATUANTE Total Total Página 1 de 15 002 - GABINETE DO PREFEITO 001 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração

Leia mais

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7 3.1.1. Diversificação de Actividades Não-Agrícolas na Exploração Descrição Apoio a iniciativas empresariais promotoras do saber fazer tradicional Apoio a actividades lúdicas de carácter inovador nas explorações

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

Câmara Municipal de Almeida PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA

Câmara Municipal de Almeida PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA 2008 ÍNDICE Considerações Gerais 3 PROJECTOS DO EIXO 1: Melhorar as Condições de Vida dos Idosos e sua Integração na Comunidade 1.1 PCHI Programa

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

MAPA DE PESSOAL - 2012 (art.º 5.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro e art.º 3.º do Decreto-Lei n.º 209/2009, de 03 de Setembro)

MAPA DE PESSOAL - 2012 (art.º 5.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro e art.º 3.º do Decreto-Lei n.º 209/2009, de 03 de Setembro) MAPA DE PESSOAL - 202 (art.º 5.º da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro e art.º.º do Decreto-Lei n.º 209/2009, de 0 de Setembro) GERAL, FINANÇAS E MODERNIZAÇÃO Decreto-Lei n.º 05/09, de 2/0. DEPARTAMENTO

Leia mais

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS SOCIAIS

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS SOCIAIS EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS SOCIAIS Actividades Calendarização Recursos Humanos / Parceiros Recursos Materiais Organização Responsável 1. 1.1 Definição do projecto Centro de Recursos Educativos. 1.2 Contacto

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO QUADRO I - RECEITA ORÇAMENTÁRIA POR CATEGORIA E FONTE 1. RECEITAS CORRENTES 3.770.007.000 Receita Tributária 976.512.000 Receita de Contribuições 251.081.000 Receita Patrimonial 76.136.000 Receita de Serviços

Leia mais

Rede Social PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO

Rede Social PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO PRÉ DIAGNÓSTICO SOCIAL PARTICIPADO CONCELHO DE FAFE Com este documento pretende-se, antes de mais, efectuar uma breve e sucinta caracterização do Concelho de Fafe seguido de

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais:

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: PROGRAMA AÇÃO 2015 O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: - Preservar a identidade da Instituição, de modo especial no que respeita a sua preferencial ação junto das pessoas, famílias e grupos

Leia mais

Ecoclubes. Juventude no Presente. Defesa do Ambiente. Associação dos Amigos do Mindelo para a. VIII Encontro Regional de Educação Ambiental

Ecoclubes. Juventude no Presente. Defesa do Ambiente. Associação dos Amigos do Mindelo para a. VIII Encontro Regional de Educação Ambiental Ecoclubes Associação dos Amigos do Mindelo para a Defesa do Ambiente VIII Encontro Regional de Educação Ambiental Furnas, S. Miguel, Açores 2006 Juventude no Presente A Visão Procura-se jovem com um profundo

Leia mais

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Exercício

Leia mais

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PONTA DO SOL DO ANO 2009

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PONTA DO SOL DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 84.620,00 84.620,00 84.620,00 1.1. Serviços gerais de administração pública 29.620,00 29.620,00 29.620,00 1.1.1. Administracao geral 29.620,00 29.620,00 29.620,00 1.1.1. SO/0707

Leia mais

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII 01 Legislativa 3.000.000 52.200.000 55.200.000 01031 Ação Legislativa 7.834.000 7.834.000 010310028 ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 7.834.000 7.834.000 01122 Administração Geral 3.000.000 38.140.000

Leia mais

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se! Uma mão, um amigo Casa do Povo de Relíquias Através da realização de atividades lúdicas, visitas domiciliárias, apoio na alimentação e acompanhamento

Leia mais

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações:

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações: Nr Área Recomendação Valido Abstenh o-me C/6 E/7 F/7 Voluntariado Aproveitar espaços sem utilização para fazer jardins, espaços para convívio e locais de desporto para a população. Promover a limpeza dos

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO Lei complementar nº 109/2014 Coremas-PB, 10 de dezembro de 2014. Altera a Lei nº 74/2013, desmembrando a Secretaria de Juventude

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

Plano de Actividades para 2010

Plano de Actividades para 2010 Plano de Actividades e Orçamento para 00 Plano de Actividades e Orçamento para 00. Introdução Plano de Actividades para 00 A Direcção dos ATÓMICOS, que tomou posse em 6 de Março de 008, para cumprir o

Leia mais

BOLETIM MUNICIPAL INFO-MAIL. Junho 2009. www.cm-vilareal.pt

BOLETIM MUNICIPAL INFO-MAIL. Junho 2009. www.cm-vilareal.pt BOLETIM Junho 2009 www.cm-vilareal.pt MUNICIPAL INFO-MAIL Mensagem do Presidente 2009 não será um ano fácil para Portugal. Assistimos ao agravamento dos problemas sociais com o crescimento da pobreza,

Leia mais

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 Documento elaborado pelo: Conselho Local de Acção Social do Concelho do Núcleo

Leia mais

ORÇAMENTO E GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA 2015

ORÇAMENTO E GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA 2015 ANÁLISE DO ORÇAMENTO E GRANDE OPÇÕES DO PLANO Para o ano económico de 2015, o Município perspetiva um orçamento global 26.954.700, o que representa um aumento de 8,6% relativamente ao ano transacto. Este

Leia mais

Código Especificação Projetos Atividades Operações Total Especiais

Código Especificação Projetos Atividades Operações Total Especiais 01 Legislativa 031 Ação Legislativa 0001 AÇÃO LEGISLATIVA 24.000.00 426.000.00 450.000.00 02 Judiciária 124 Controle Interno 0021 ADMINISTRAÇÃO GERAL 65.000.00 65.000.00 04 Administração 062 Defesa do

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO Página 1 Órgão: 02 - GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração 47.910,60 47.910,60 04.122 Administração Geral 47.910,60 47.910,60 04.122.0071 Modernização Administrativa

Leia mais

O Plano Regional Integra:

O Plano Regional Integra: O Plano Regional Integra: 1. Acções estratégicas de combate à pobreza e exclusão social com efeitos a médio e longo prazo; 2. Acções/eventos com o objectivo de mobilizar e envolver a sociedade civil desenvolvidas

Leia mais

CAMPANHA PAPEL POR ALIMENTOS PROJECTO ESCOLAS 2013/ 2014

CAMPANHA PAPEL POR ALIMENTOS PROJECTO ESCOLAS 2013/ 2014 CAMPANHA PAPEL POR ALIMENTOS PROJECTO ESCOLAS 2013/ 2014 APRESENTAÇÃO Muitos particulares, empresas e instituições já aderiram à Campanha Papel por Alimentos numa importante parceria na luta contra a fome:

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 Eixo de Desenvolvimento I: Emprego/Desemprego Desenvolver medidas com vista à redução do desemprego, ao aumento da estabilidade no emprego e facilitadores do ingresso dos

Leia mais

Aspectos a Abordar. Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt. Porquê Comunicar? Estratégia de Comunicação

Aspectos a Abordar. Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt. Porquê Comunicar? Estratégia de Comunicação Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt Conferência Gestão e Comunicação na Área dos Resíduos Estoril, 22 de Setembro de 2009 1 Aspectos a Abordar Porquê Comunicar?

Leia mais

What We re Doing For Cycling no município do Seixal

What We re Doing For Cycling no município do Seixal What We re Doing For Cycling no município do Seixal SEIXAL Seixal: 94 km2 158 269 habitantes 94 600 empregados e estudantes 47 800 ficam no concelho (50%) Seixal: 94 km2 158 269 habitantes 94 600 empregados

Leia mais

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORDEM DE TRABALHOS.9ª reunião CME Leitura e aprovação da ata da reunião anterior; Apreciação dos projetos educativos desenvolvidos no Município no 3º período do ano letivo

Leia mais

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Lisboa, 20 de Maio 2011 ECOTECA DE OLHÃO Fátima Monteiro . Auxiliar de Serviços Gerais.Técnica Administrativa.

Leia mais

Relatório de Actividades

Relatório de Actividades Escola Superior de Educação de Bragança Pé Verde Projecto de Promoção do Ambiente e Saúde na ESEB Relatório de DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA ANO LECTIVO 2004/2005 Introdução O Departamento de Ciências

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES. Preâmbulo

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES. Preâmbulo REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTES ESCOLARES Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro, estabelece o quadro de atribuições e competências das autarquias locais, relativamente à Educação, em especial

Leia mais

c u r r i c u l u m v i t a e

c u r r i c u l u m v i t a e c u r r i c u l u m v i t a e Informação pessoal Nome Morada Telefone 912079346 Fax Sousa, Cláudia Cristina Assunção Rua Miguel Bombarda, n.º 3, 4ºDto Viseu Correio electrónico floresdelivro@gmail.com

Leia mais

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido.

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2015 ÍNDICE Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. Ações Educação e Formação 2 Ação Social 3 Gestão Participada e Finanças 4 Saúde 5 Desporto 5 Juventude 6 Cultura 6 Turismo

Leia mais

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO 1/5 BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO REGº SM Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Solicito a inserção do presente projecto no Banco Local de Voluntariado

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DO PORTO SANTO DO ANO 2015

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DO PORTO SANTO DO ANO 2015 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 33.356,00 25.856,00 7.500,00 1.002.856,00 677.500,00 380.000,00 2.093.712,00 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 33.356,00 25.856,00 7.500,00 1.002.856,00 677.500,00 380.000,00 2.093.712,00

Leia mais