Combinando AngularJS com Java EE. Rodrigo Cândido da

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Combinando AngularJS com Java EE. Rodrigo Cândido da Silva @rcandidosilva"

Transcrição

1 Combinando AngularJS com Java EE Rodrigo Cândido da

2 About Me Software Architect JUG Leader do GUJavaSC Contatos

3 Agenda Arquitetura Rich Client RESTful Web Services Java EE 7 JAX-RS WebSocket JSON-P AngularJS Demo

4 Client-side vs. Server-side Server-side Tudo é processado no servidor Mais stateful Fraca escalabilidade Client-side Complexo e dinâmico Mais stateless Maior escalabilidade

5 Ascenção do Javascript O debate cliente leve' vs cliente pesado' é antigo Frameworks web server-side mandaram por um tempo (Struts, Spring, MVC, JSF) Ajax foi uma mudança suave para o client-side (GWT, Vaadin) Rich clients estão voltando voltaram, graças ao JavaScript/HTML5 Motores Javascript melhoraram muito Melhores ferramentas desenvolvimento Melhores padrões (CSS3, HTML5, Websocket)

6 Arquitetura Rich Client

7 Arquitetura Rich Client Similar a arquiteturas cliente/servidor Client responsável pela UI, input, validação, lógica e estado Server responsável pela lógica de negócio, modelo de domínio, persistência Web/HTTP é a cola que conecta client e server Protocolos de comunicação comuns REST na maioria dos casos WebSocket quando precisa de comunicação full-duplex Ferramentas Javascript suportam REST muito bem, mas ainda não WebSocket O formato comum (talvez ideal?) de troca de dados é JSON

8 Arquitetura REST

9 Arquitetura REST Características: Protocolo cliente/servidor sem estado (HTTP) Operações bem definidas (GET, POST, PUT) Sintaxe universal para identificação de recursos (URL) Transferência de informações em formato padrão (XML, HTML, JSON) Web Services que seguem a arquitetura REST são denominados RESTful

10 RESTful Web Services

11 HATEOAS Hypermedia As The Engine of Application State Clientes somente precisam saber a URI root da aplicação e os media types utilizados Descrevem o estado atual da aplicação e como navegar para o próximo estado

12 Java EE é uma ótima plataforma server-side para esta arquitetura

13 Java EE History J2EE 1.3 CMP, Connector Architecture J2EE 1.4 Web Services Mgmt, Deployment, Async Connector Java EE 5 Ease of Development, EJB 3, JPA, JSF, JAXB, JAX-WS, StAX, SAAJ Java EE 6 Pruning, Extensibility Ease of Dev, CDI, JAX-RS Web$Profile$ $ Servlet 3, EJB 3.1 Lite! Java EE 7! JMS 2, Batch, TX, Concurrency, Interceptor, WebSocket, JSON! JAX-RPC, CMP/ BMP, JSR 88 Web$Profile$ $ JAX-RS 2!

14 Java EE 7

15 Java EE + JavaScript JavaScript/HTML5 JAX-RS Java API for WebSocket Java API for JSON JAXB EJB 3 Servlet CDI Bean Validation JPA JMS JTA JCA

16 JAX-RS Suporte a RESTful em Java API padronizada Programação declarativa Abstrações para implementação no server e client Serviços implementados via POJO Configuração @Consumes, etc Plugável e extensível Providers, filters, interceptors, validators Suporte a processamento assíncrono Integrado com as tecnologias do Java EE

17 @ApplicationPath Define a URI para ser utilizada pelo endpoint Determina acesso ao serviço via HTTP GET Determina acesso ao serviço via HTTP POST Determina acesso ao serviço via HTTP PUT Determina acesso ao serviço via HTTP DELETE Determina acesso ao serviço via HTTP HEAD Define o mapeamento do valor informado na URI para um determinado parâmetro de método Define o mapeamento do valor informado na query string para um determinado parâmetro de método Define um determinado MIME type para recebimento de dados pelo serviço Define um determinado MIME type para envio de dados pelo serviço Define um determinado componente para auxiliar no JAX- RS runtime. Determina o root path de uma aplicação JAX-RS

18 Manipulação de Parâmetros Além há outras cinco anotações que permitem extrair informação de um Extraem dados de um query string Extrai dados de um formulário Extrai dados de cookies (pares Extrai dados de cabeçalhos Extrai dados de segmentos de URL

19 Validação de Dados Os dados enviados para métodos em classes de resource podem ser validados através da API Bean Validation, que é configurada @Consumes(MediaType.APPLICATION_FORM_URLENCODED) public int ano) private String imdbcode;

20 Conversão de Dados ParamConverterProvider pode ser utilizado para gerenciar a conversão de objetos customizados Object para String e vice-versa Por exemplo, pode ser utilizado para produzir um objeto java.util.date a partir de uma String public class MyBeanConverterProvider implements ParamConverterProvider public <T> ParamConverter<T> getconverter( Class<T> clazz, Type type, Annotation[] annotations) { if (clazz.getname().equals(mybean.class.getname())) { return new ParamConverter<T>() public T fromstring(string value) public String tostring(t bean) {... ; return null;

21 Tratamento de Exceções Geração e lançamento da exceção public Item String itemid) { Item i = getitems().get(itemid); if (i == null) { throw new CustomNotFoundException("Item, " + itemid + ", is not found"); return i; Exemplo de definição de exceção customizada public class CustomNotFoundException extends WebApplicationException { public CustomNotFoundException() { super(responses.notfound().build());

22 Filtros e Interceptadores

23 Filtros Filtros podem ser server side e/ou client side ContainerRequestFilter, ContainerResponseFilter ClientRequestFilter, ClientResponseFilter public class AuthorizationRequestFilter implements ContainerRequestFilter public void filter(containerrequestcontext requestcontext) throws IOException { final SecurityContext securitycontext = requestcontext.getsecuritycontext(); if (securitycontext == null!securitycontext.isuserinrole("privileged")) { requestcontext.abortwith(response.status( Response.Status.UNAUTHORIZED).entity("User cannot access the resource.").build());

24 Interceptadores Existem dois tipos de interceptors (Reader e Writer) annotation is the name Compress public class @Compress public String getverylongstring() public class GZIPWriterInterceptor implements WriterInterceptor public void aroundwriteto(writerinterceptorcontext context) throws IOException, WebApplicationException {...

25 pode ser utilizado para injetar diversos objetos contextuais disponíveis em uma requisição ou resposta HTTP Objetos da Servlet API ServletConfig ServletContext HttpServletRequest HttpServletResponse Objetos da JAX-RS API Application UriInfo Request HttpHeaders SecurityContext Request UriInfo public HttpHeaders headers) { String m = request.getmethod(); URI ap = uriinfo.getabsolutepath(); Map<String, Cookie> c public SecurityContext sc) { String userid = sc.getuserprincipal().getname(); if (sc.isuserinrole("admin")) {...

26 Hypermedia Support JAX-RS oferece um modelo para suportar HATEOAS por meio de suporte à hypermedia Em cada mensagem de resposta, deve ser incluído os links para a próxima mensagem Utilizando este suporte, a aplicação consegue definir todo o modelo de navegação "application/xml") public Response create(article article) { Article created = articledao.create(article); return Response.ok(created).link("link-URI", "link-rel").links(producelinks(created)).build(); private Link[] producelinks(article article) {...

27 Integração com CDI JAX-RS integra-se muito bem com as tecnologias da plataforma Java Enterprise, especialmente com os componentes EJBs e CDI. CDI beans podem ser injetados diretamente nos resources. Providers e Application terão comportamento public class CdiBeanResource MyOtherCdiBean bean; // CDI public String getit() { return bean.getit();

28 Integração com EJB Exemplo de integração com public interface public public class StatelessEjbResource implements LocalEjb public String getit() { return "Hi Stateless!";

29 Cache Control JAX-RS suporta configurações para controle de caching de responses HTTP por meio da public Response int id) { Article article = articledao.findbyid(id); CacheControl cachecontrol = new CacheControl(); cachecontrol.setmaxage(60); return Response.ok(article).cacheControl(cacheControl).build();

30 Chamadas Assíncronas Possibilita o processamento multithread no servidor, aumentando o seu throughput Libera a thread do servidor para executar outras indica que o método será executado de maneira assíncrona Possível configurar public class AsyncResource public void final AsyncResponse asyncresponse) { new Thread(new Runnable() {...).start();

31 WebSocket Oferece comunicação bi-direcional (full-duplex) através de uma simples conexão TCP Inicia através de um hand-shake através do protocolo HTTP, mas as conversações utilizam o protocolo WebSockets. Suporte requisições assíncronas Perfeito para aplicações como chat e jogos Utiliza as tecnologias web existentes

32 WebSocket Connected! open open Client message error message message message Server close Disconnected

33 WebSocket Client Remote Endpoint Session Message Handler Client Remote Endpoint Internet Session Message Handler WebSocket Endpoint Client Remote Endpoint Session Message Handler

34 REST vs. WebSocket

35 Java API for WebSocket Programação declarativa com anotações Client and server-side @OnError, Session, Remote Plugável e extensível Encoders, decoders, sub-protocols Lifecycle callback handlers Permite empacotá-los em aplicações Java EE

36 Java API for WebSocket Define o endpoint do servidor WebSocket para conexão pelos /chat ) public class ChatServer public void onopen(session peer) public void onclose(session peer) public void message(string message, Session client) throws IOException public void error(session session, Throwable t) {...

37 Java API for WebSocket Exemplo de cliente em JavaScript var wsuri = "ws://" + document.location.hostname + ":" + document.location.port + document.location.pathname + "chat"; var websocket = new WebSocket(wsUri); websocket.onopen = function(evt) { onopen(evt) ; websocket.onmessage = function(evt) { onmessage(evt) ; websocket.onerror = function(evt) { onerror(evt) ;

38 JSON JavaScript Object Notation {id:123, cidade: Paris, voos:[ M344, J919 ] Pode ser codificado diretamente em String e processado com métodos como split(), substring(), indexof() dentre outros Java EE 7 disponibiliza um API para construir objetos JSON e para converter strings JSON em mapas É um par de APIs de baixo nível (não é mapeamento objeto- JSON) Existem várias implementações que fazem mapeamento (binding) objeto-json automático (não são parte do Java EE) MOXy, Jettison, Jersey, Jackson, etc.

39 Java API for JSON API para parser e geração de objetos JSON definida pelo Java EE Object Model API - javax.json Análogo a DOM: estrutura em árvore; I/O streaming via decorators JsonObject: representa um objeto JSON JsonArray: representa um array JSON Leitura e gravação usando JsonReader e JsonWriter JSON Streaming API - javax.json.stream Análogo a SAX: leitura sequencial (baixo nível) JsonParser: permite ler um stream JSON e capturar eventos JsonGenerator: métodos para criar uma estrutura JSON

40 Java API for JSON JSON Object Model API JsonArray value = Json.createArrayBuilder().add(Json.createObjectBuilder().add("type", "home").add("number", " ") ).add(json.createobjectbuilder().add("type", "fax").add("number", " ") ).build(); [ ] { "type": "home, "number": " ", { "type": "fax, "number": " "

41 Java API for JSON JSON Streaming { "firstname": "John", "lastname": "Smith", "age": 25, "phonenumber": [ { "type": "home", "number": " ", { "type": "fax", "number": " " ] Event event = parser.next(); event = parser.next(); event = parser.next(); String name = parser.getstring(); // START_OBJECT // KEY_NAME // VALUE_STRING // "John

42 JAXB JAXB beans permitem reutilizar o mesmo JavaBean para gerar representações JSON e XML no public class MyJaxbBean { public String name; public public MyJaxbBean getmybean() { return new MyJaxbBean("Agamemnon", 32); {"name":"agamemnon", "age":"32"

43 AngularJS é uma ótima alternativa para implementação Web rich client

44 AngularJS Framework JavaScript MVW* client-side para desenvolver aplicações web modernas e dinâmicas A primeira versão open-source foi liberada em 2010 e desde então ele é mantido pela Google e pela comunidade Aproximadamente 2 releases mensais, projeto altamente ativo O que faz o AngularJS ser especial?

45 AngularJS Google Trends

46 AngularJS Jobs Trends indeed.com dice.com

47 AngularJS Diferenciais Organização da bagunça no client-side Views, modules, controllers, services, providers, etc Reutilização de código e modularidade (DRY) Killer Features Two-way data binding Dependency Injection Controllers, Services Directives, Filters, Templates, etc Integração natural com REST, SOA, SOFEA Ótima testabilidade

48 AngularJS Two-way data binding

49 AngularJS Dependency Injection.controller('LoginController', function($scope, $rootscope, $location, $http, $cookiestore, LoginService) { $scope.login = function () { LoginService.authenticate($.param({username: $scope.username, password: $scope.password), function (user) { $rootscope.user = user; $http.defaults.headers.common[xauth] = user.token; $cookiestore.put('user', user); $location.path("/"); ); ; )

50 AngularJS Controllers var myapp = angular.module('myapp',[]); myapp.controller('greetingcontroller', ['$scope', function($scope) { $scope.greeting = "Hola!"; ]); <div ng-controller="greetingcontroller"> {{ greeting </div>

51 AngularJS Services var services = angular.module( "myapp.services", ["ngresource"]); services.factory("loginservice", function($resource) { return $resource(":action", {, { authenticate: { method: "POST", params: {"action": "authenticate", headers: { Content-Type": "application/json" ); );

52 JavaScript Tools

53 Demo Java EE + AngularJS https://github.com/rcandidosilva/javaee-javascript

54 Conclusões Clientes Javascript/HTML5 estão conquistando desenvolvedores Comunicação entre cliente e servidor em JSON via REST ou WebSocket Java EE funciona muito bem como backend para clientes ricos em Javascript, especialmente JAX-RS, Java API para WebSockets, e JSON-P Enjoy it ;)

55 Perguntas?

56 Muito rodrigocandido.me

Java EE 7 In Action. Rodrigo Cândido da Silva @rcandidosilva http://about.me/rcandidosilva

Java EE 7 In Action. Rodrigo Cândido da Silva @rcandidosilva http://about.me/rcandidosilva Java EE 7 In Action Rodrigo Cândido da Silva @rcandidosilva http://about.me/rcandidosilva Agenda! GUJavaSC! Java EE 7! Plataforma Java EE! Web Socket API 1.0! Batch API 1.0! Concurrency Utilities! JSON

Leia mais

NOME DA APRESENTAÇÃO

NOME DA APRESENTAÇÃO 25 DE MAIO @MICROSOFT Novidades de Java EE 7 Ernest Duarte NOME DA APRESENTAÇÃO Nome (Nick no Fórum) About me! Nickname na Comunidade Ernest Duarte Profissão Instrutor em Ciências e Tecnologias Numéricas

Leia mais

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1 Servlets 2 1 Plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068): Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado (não mantém sessão aberta) Funcionamento (simplificado):

Leia mais

WOW Mobile Rui Miguel Miranda Ramos

WOW Mobile Rui Miguel Miranda Ramos WOW Mobile Rui Miguel Miranda Ramos Programa 1. Plataforma WOW 2. WOW Mobile 3. API do WOW 4. Clientes 5. Conclusões Plataforma WOW Plataforma WOW Issue tracking system Motor de workflow flexível Plataforma

Leia mais

Experiência em missão crítica de missão crítica

Experiência em missão crítica de missão crítica 2 / 17 Experiência em missão crítica de missão crítica Pioneira no ensino de Linux à distância Parceira de treinamento IBM Primeira com LPI no Brasil + de 30.000 alunos satisfeitos Reconhecimento internacional

Leia mais

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o a r t i g o Pedro Henrique S. Mariano (pedro.mariano@caelum.com.br) técnologo em Análise e Desenvolvimento de Sofware pela FIAP, possui as certificações SCJP 6 e SCRUM master.trabalha como consultor e

Leia mais

Evolução guiada por APIs. com REST para modernizar seu legado

Evolução guiada por APIs. com REST para modernizar seu legado Evolução guiada por APIs Option #2 híbrida Criando uma arquitetura com REST para modernizar seu legado Rodrigo Engenheiro de Software na CI&T. Atuou na criação da FIFA World Cup 2014 Happiness Flag da

Leia mais

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON)

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON) Márcio Koch 1 Currículo Formado na FURB em Ciência da Computação Pós graduado em Tecnologias para o desenvolvimento de aplicações web Mestrando em Computação Gráfica na UDESC Arquiteto de software na Senior

Leia mais

MÓDULO. Linguagem de Programação para Web 2

MÓDULO. Linguagem de Programação para Web 2 MÓDULO Linguagem de Programação para Web 2 Distribuição das Disciplinas de Programação para Web LPW 1: MVC Servlets JSP LPW2: Visão geral do JEE, JSF MVC, Facelets, PrimeFaces,... Padrões de projeto relacionadas

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) J2EE () Sumário Introdução J2EE () APIs J2EE Web Container: Servlets e JSP Padrão XML 2 J2EE é Uma especificação para servidores

Leia mais

TDC2012. EJB simples e descomplicado, na prática. Slide 1

TDC2012. EJB simples e descomplicado, na prática. Slide 1 TDC2012 EJB simples e descomplicado, na prática Slide 1 Palestrantes Kleber Xavier Arquiteto Senior / Globalcode kleber@globalcode.com.br Vinicius Senger Arquiteto Senior / Globalcode vinicius@globalcode.com.br

Leia mais

Aplicando Web Services REST com a API JAX-RS

Aplicando Web Services REST com a API JAX-RS Aplicando Web Services REST com a API JAX-RS Rodrigo Araújo dos Santos Edigar A. Diniz Júnior Resumo Este artigo visa apresentar a tecnologia REST que representa uma alternativa ao desenvolvimento de Web

Leia mais

EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br

EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br Você Gosta do EJB? O EJB esteve por muito tempo na berlinda do mundo Java É pesado... É complicado... Código muito

Leia mais

Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1

Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1 Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1 Um pouquinho de história - 2 Padrões - 4 Arquitetura - 4 Componentes - 5 Contentores - 6 Serviços - 7 Protocolos de rede - 9 Empacotamento - 9 Java Standard Edition

Leia mais

Projecto Integrador. Introdução ao REST. Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1

Projecto Integrador. Introdução ao REST. Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1 Projecto Integrador Introdução ao REST Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1 Notas Imagens do livro: G. Alonso et. Al. Web Services: Concepts, Architectures

Leia mais

REST Um Estilo de Arquitetura de Sistemas Distribuídos

REST Um Estilo de Arquitetura de Sistemas Distribuídos REST Um Estilo de Arquitetura de Sistemas Distribuídos Márcio Alves de Araújo¹, Mauro Antônio Correia Júnior¹ 1 Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Monte Carmelo MG Brasil

Leia mais

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES Hugo Henrique Rodrigues Correa¹, Jaime Willian Dias 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil hugohrcorrea@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

Prova Específica Cargo Desenvolvimento

Prova Específica Cargo Desenvolvimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Educação Aberta e a Distância CEAD/UFPI Rua Olavo Bilac 1148 - Centro CEP 64.280-001 Teresina PI Brasil Fones (86) 3215-4101/ 3221-6227 ; Internet: www.uapi.edu.br

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM MARÇO / 2015 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Mini-curso Gratuito Globalcode Slide 1

Mini-curso Gratuito Globalcode Slide 1 Mini-curso Gratuito Slide 1 Mini-curso Gratuito Introdução Enterprise Java Beans (EJB) 3.0 Slide 2 Agenda Plataforma Java EE Conceitos Iniciais (EJB) Session Bean Message-Driven Bean (MDB) Java Persistence

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com. Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.br 08/2014 Agenda Introdução Conceitos Web Service Por que utilizar

Leia mais

Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda

Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda Agenda Apresentação Contexto do mercado Soluções para Java 5+ Soluções para Java 2 Conclusões Apresentação Saulo Arruda (http://sauloarruda.eti.br) Trabalha com

Leia mais

Projecto Integrador. Introdução ao REST. Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1

Projecto Integrador. Introdução ao REST. Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1 Projecto Integrador Introdução ao REST Material de suporte às aulas de Proj. Integrador (Nuno Preguiça) Copyright DI FCT/ UNL / 1 Notas Imagens do livro: G. Alonso et. Al. Web Services: Concepts, Architectures

Leia mais

JSF e PrimeFaces. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul

JSF e PrimeFaces. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul JSF e PrimeFaces Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Agenda Introdução Desenvolvimento Web Java Server Faces Exercício 2 Introdução Ao longo dos anos diversas linguagens de programação foram

Leia mais

Framework. Marcos Paulo de Souza Brito João Paulo Raittes

Framework. Marcos Paulo de Souza Brito João Paulo Raittes Framework Marcos Paulo de Souza Brito João Paulo Raittes Sobre o seu surgimento A primeira versão do spring foi escrita por Rod Johnson em 2002, quando ele estava Lancando o seu livro Expert One-on-One

Leia mais

Web Services REST. Sistemas Distribuídos. Mauro Lopes Carvalho Silva. Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo

Web Services REST. Sistemas Distribuídos. Mauro Lopes Carvalho Silva. Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão Objetivos Nesta aula

Leia mais

EJB 3.1: A Community Update

EJB 3.1: A Community Update EJB 3.1: A Community Update Reza Rahman Autor, EJB 3 in Action Expert Group Member, Java EE 6 and EJB 3.1 Fundador, Cognicellence Julho de 2008 1 EJB 3.0: Revisão Breve > As grandes mudanças > EJB simplificado

Leia mais

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Arquiteturas de Aplicações Web Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Aplicações Convencionais vs. Web Aplicações convencionais Escritas usando uma linguagem de programação (ex.: Java) Sites de

Leia mais

SUMÁRIO REST. REST + OAuth. Cliente em Java Processamento de respostas JSON

SUMÁRIO REST. REST + OAuth. Cliente em Java Processamento de respostas JSON SUMÁRIO REST Cliente em Java Processamento de respostas JSON REST + OAuth Material de suporte às aulas de Sistemas Distribuídos de Nuno Preguiça Copyright DI FCT/ UNL / 1 REST WEB SERVICES: CLIENTE Criar

Leia mais

Service Oriented Architecture SOA

Service Oriented Architecture SOA Service Oriented Architecture SOA Arquitetura orientada aos serviços Definição: Arquitetura de sistemas distribuídos em que a funcionalidade é disponibilizada sob a forma de serviços (bem definidos e independentes)

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS Edi Carlos Siniciato ¹, William Magalhães¹ ¹ Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edysiniciato@gmail.com,

Leia mais

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) J820 Testes de interface Web com HttpUnit Helder da Rocha (helder@acm.org) O que é HttpUnit API Java para comunicação com servidores HTTP Permite que programas construam e enviem requisições, e depois

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma

Leia mais

Service Oriented Architecture SOA

Service Oriented Architecture SOA Service Oriented Architecture SOA Arquitetura orientada aos serviços Definição: Arquitetura de sistemas distribuídos em que a funcionalidade é disponibilizada sob a forma de serviços (bem definidos e independentes)

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

Tecnologias Web. Java Enterprise Edition

Tecnologias Web. Java Enterprise Edition Tecnologias Web Java Enterprise Edition Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução Java Enterprise Edition (JEE): Plataforma de tecnologias para o desenvolvimento de aplicações corporativas distribuídas. É uma

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 Sistemas Web na JEE OBJETIVO DO MÓDULO Arquitetura Web em aplicações JEE Conceitos iniciais Desenvolvimento Web Aplicações web tornam-se mais e mais importantes Mais e mais

Leia mais

Fabio Velloso Lançamento WildFly 8

Fabio Velloso Lançamento WildFly 8 Fabio Velloso Agenda Introdução e objetivos Java EE 7 WildFly 8 Conclusão Agenda Introdução e objetivos Java EE 7 WildFly 8 Conclusão Fabio Velloso Bio Bacharel em Ciência da Computação - UFSCar MBA FGV

Leia mais

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCC-0263 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

J2EE. J2EE - Surgimento

J2EE. J2EE - Surgimento J2EE Java 2 Enterprise Edition Objetivo: Definir uma plataforma padrão para aplicações distribuídas Simplificar o desenvolvimento de um modelo de aplicações baseadas em componentes J2EE - Surgimento Início:

Leia mais

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Programação Na Web Servlets: Como usar as Servlets 1 António Gonçalves Agenda Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Exemplo: Hello World Output: Texto, HTML e hora local. Compilar uma Servlets

Leia mais

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Prática: 1 - A plataforma JEE (Java Enterprise Edition) UBI, DI, Paula Prata SDTF T01 1 Arquitectura

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Por quê JSP? Com Servlets é fácil Ler dados de um formulário Recuperar dados de uma requisição Gerar informação de resposta Fazer gerenciamento

Leia mais

Enterprise Java Beans (III)

Enterprise Java Beans (III) Enterprise Java Beans (III) Professor: Diego Passos UFF dpassos@ic.uff.br Baseado no material original cedido pelo Professor Carlos Bazilio Última Aula Disponibilização do EJB no container. Arquivo descritor.

Leia mais

Arquitetura de uma Webapp

Arquitetura de uma Webapp Arquitetura de uma Webapp Arquitetura J2EE Containers e componentes MVC: introdução Frederico Costa Guedes Pereira 2006 fredguedespereira@gmail.com Plataforma J2EE World Wide Web e a Economia da Informação

Leia mais

Escrevendo meu primeiro porlet. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br

Escrevendo meu primeiro porlet. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Escrevendo meu primeiro porlet Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Para quem tiver interesse a 4Linux está lançando os seguintes cursos: Desenvolvendo Portlets Java EE Desenvolvimento de

Leia mais

INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo

INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo Requisitos de Ambiente: Desenvolvido por: Fabrício Alves e Daniela Claro contato: fabufbc@dcc.ufba.br, dclaro@ufba.br Java 1.6

Leia mais

4 - Padrões da Camada de Integração. Introdução

4 - Padrões da Camada de Integração. Introdução Padrões de Projeto J2EE J931 Padrões da Camada de Integração Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br Introdução A camada de integração encapsula a lógica relacionada com a integração do sistema

Leia mais

Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST

Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST Jhonatan Wilson Aparecido Garbo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil jhowgarbo@gmail.com jaime@unipar.br

Leia mais

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Java Enterprise Edition by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Enterprise Edition Architecture O que é Java Enterprise Edition? Java EE é uma plataforma que reune diversas especificações relacionadas a computação

Leia mais

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br WebWork 2 João Carlos Pinheiro jcpinheiro@cefet-ma.br Versão: 0.5 Última Atualização: Agosto/2005 1 Agenda Introdução WebWork 2 & XWork Actions Views Interceptadores Validação Inversão de Controle (IoC)

Leia mais

Spring: Um suite de novas opções para Java EE

Spring: Um suite de novas opções para Java EE Spring: Um suite de novas opções para Java EE Alberto J Lemos (Dr. Spock) Instrutor Globalcode Ricardo Jun Taniguchi Instrutor Globalcode 1 Agenda > Sobre o Spring Framework > Escopo de integração com

Leia mais

Java para WEB. Servlets

Java para WEB. Servlets Servlets Servlets são classes Java que são instanciadas e executadas em associação com servidores Web, atendendo requisições realizadas por meio do protocolo HTTP. Servlets é a segunda forma que veremos

Leia mais

RestFull WebServices. Rafael Nunes Arquiteto de Software / Instrutor Globalcode. Globalcode Open4Education

RestFull WebServices. Rafael Nunes Arquiteto de Software / Instrutor Globalcode. Globalcode Open4Education RestFull WebServices Rafael Nunes Arquiteto de Software / Instrutor Globalcode 1 REST Integrando aplicações e disponibilizando serviços sem complicar a vida de ninguém. 2 Agenda > Integrando Aplicações

Leia mais

Fundamentos da Plataforma Java EE. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Fundamentos da Plataforma Java EE. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Fundamentos da Plataforma Java EE Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Como a plataforma Java EE trata o SERVIÇO DE NOMES Serviço de Nomes Num sistema distribuído os componentes necessitam

Leia mais

Explorando os novos recursos de EJB 3.1. Fabio Velloso fabio@soujava.org.br

Explorando os novos recursos de EJB 3.1. Fabio Velloso fabio@soujava.org.br Explorando os novos recursos de EJB 3.1 Fabio Velloso fabio@soujava.org.br Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/br/ Fabio Velloso

Leia mais

Desenvolvimento WEB em JAVA. Palestrante: Lourival F. de Almeida Júnior

Desenvolvimento WEB em JAVA. Palestrante: Lourival F. de Almeida Júnior Desenvolvimento WEB em JAVA Palestrante: Lourival F. de Almeida Júnior Agenda Introdução Servlet Arquitetura de Software Velocity Struts Conclusão Referências Introdução (antes) Programador Produto Introdução

Leia mais

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCE-557 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013 A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização do Desenvolvimento Tecnológico na UERJ

Leia mais

J550 Testes em Aplicações Web com Cactus

J550 Testes em Aplicações Web com Cactus J550 Testes em Aplicações Web com Cactus Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Sobre este módulo Este módulo descreve um framework - o Jakarta Cactus - que pode ser utilizado para testar

Leia mais

Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4. Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema?

Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4. Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema? Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4 API SUPERLÓGICA Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema? www.superlogica.com 0800 709 6800 https://github.com/superlogica/api

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Integrações e o ecossistema Java. Fabric8 ao Resgate!

Integrações e o ecossistema Java. Fabric8 ao Resgate! Integrações e o ecossistema Java Fabric8 ao Resgate! Quem sou eu? Leandro O. Gomes blog.leandrogomes.com @leandro_gomes 7 anos de estrada Arquiteto de Software na Owse no Rio de Janeiro Apaixonado por

Leia mais

Ricardo R. Lecheta. Novatec

Ricardo R. Lecheta. Novatec Ricardo R. Lecheta Novatec Copyright 2015 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra, mesmo parcial, por qualquer

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 USANDO O JSF Continuação Interdependência e Injeção Instâncias de Managed Beans podem conversar entre si para dividir o processamento das requisições dos usuários de acordo

Leia mais

Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com

Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com Single Page Apps com AngularJS Patrick Augusto Gonçalves pkgoncalves@gmail.com Vamos Começar do Começo O que são Single Page Apps? Por que usar? O que eu ganho com isso? Modelo Clássico de Aplicações Web

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Web Services. (Introdução)

Web Services. (Introdução) Web Services (Introdução) Agenda Introdução SOA (Service Oriented Architecture) Web Services Arquitetura XML SOAP WSDL UDDI Conclusão Introdução Comunicação distribuída Estratégias que permitem a comunicação

Leia mais

Enterprise Java Beans

Enterprise Java Beans Enterprise Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior DCC PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-O que é um Enterprise Java Bean? O Entertprise Java Bean (EJB) é um componente server-side

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS Emanuel M. Godoy 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil godoymanel@gmail.com,

Leia mais

Web Services REST JAX-RS

Web Services REST JAX-RS Web Services REST JAX-RS Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Agenda Principais tecnologias envolvidas Testando os serviços desenvolvidos JAX-RS Principais anotações JAX-RS Principais anotações

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Servlets A tecnologia Servlet foi introduzida pela Sun Microsystems em 1996, aprimorando e estendendo a funcionalidade e capacidade de servidores Web. Servlets é uma API para

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

Arquitetura JEE Introdução à Camada de Negócios: Enterprise Java Beans (EJB) Marcos Kalinowski (kalinowski@ic.uff.br)

Arquitetura JEE Introdução à Camada de Negócios: Enterprise Java Beans (EJB) Marcos Kalinowski (kalinowski@ic.uff.br) Arquitetura JEE Introdução à Camada de Negócios: Enterprise Java Beans (EJB) (kalinowski@ic.uff.br) Agenda Arquiteturas Web em Java (Relembrando) Arquitetura Java EE Introdução a Enterprise Java Beans

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Servlets Servlet Aplicação Java que é executada no servidor que estende a capacidade do servidor Web Alternativa Java para os scripts CGI Gerenciado

Leia mais

Mini-curso Gratuíto. http://vofficejava.googlecode.com/

Mini-curso Gratuíto. http://vofficejava.googlecode.com/ Mini-curso Gratuíto http://vofficejava.googlecode.com/ Slide 1 Mini-curso Gratuíto Certificação em Java: Vale a Pena? Slide 2 Palestrante Rodrigo Cândido da Silva rcandidosilva@gmail.com Trabalha: Arquiteto

Leia mais

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Requisitos Linguagem Java; Linguagem SQL; Noções de HTML; Noções de CSS; Noções de Javascript; Configuração do ambiente JDK APACHE TOMCAT MySQL Instalando o JDK Instalando

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR WEBSERVICES EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR WEBSERVICES EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB WEBSERVICES Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender o que é um WebService e sua utilidade Compreender a lógica de funcionamento de um WebService Capacitar

Leia mais

Web Technologies. Tópicos da apresentação

Web Technologies. Tópicos da apresentação Web Technologies Tecnologias de Middleware 2004/2005 Hugo Simões hsimoes@di.fc.ul.pt 1 A Web Tópicos da apresentação Tecnologias Web para suporte a clientes remotos (Applets,CGI,Servlets) Servidores Aplicacionais

Leia mais

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Software cliente: browser e outros Protocolo HTTP Infraestrutura de transporte

Leia mais

Enterprise Java Bean. Enterprise JavaBeans

Enterprise Java Bean. Enterprise JavaBeans Enterprise Java Bean Introdução Elementos do Modelo Enterprise JavaBeans A especificação do Enterprise JavaBeansTM (EJB) define uma arquitetura para o desenvolvimento de componentes de software distribuídos

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados

Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados Sérgio Oliveira Campos Contrato N : 2008/000514 Sumário 1 Introdução 1 2 Bibliotecas Utilizadas 2 2.1 Reconhecimento de Texto

Leia mais

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB)

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB) Uma Introdução à Arquitetura Francisco C. R. Reverbel 1 Copyright 1998-2006 Francisco Reverbel O Object Request Broker (ORB) Via de comunicação entre objetos (object bus), na arquitetura do OMG Definido

Leia mais

JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA

JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA ESPECIALISTA EM GESTÃO E DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA JSF Controle de Acesso Antes de iniciarmos este assunto, é importante conhecermos a definição de autenticação

Leia mais

Prof. Fellipe Araújo Aleixo fellipe.aleixo@ifrn.edu.br

Prof. Fellipe Araújo Aleixo fellipe.aleixo@ifrn.edu.br Prof. Fellipe Araújo Aleixo fellipe.aleixo@ifrn.edu.br A arquitetura Enterprise JavaBeans é uma arquitetura de componentes para o desenvolvimento e a implantação de aplicativos de negócio distribuídos

Leia mais

Uma introdução ao Google App Engine com GWT

Uma introdução ao Google App Engine com GWT : : www.mundoj.com.br : : Uma introdução ao Google App Engine com GWT Desenvolvendo Java em Cloud Computing. Luiz Felipe Gomes Teixera É desenvolvedor Java na IPNET Soluções com ênfase em aplicações em

Leia mais

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Módulo 07: Outros Componentes Autor: Rodrigo Hjort Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia / Curitiba www.frameworkdemoiselle.org.br Modificado

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais