INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo"

Transcrição

1 INSTALAÇÃO E USO DO GOOGLE APP ENGINE PLUGIN utilizando o Eclipse Galileo Requisitos de Ambiente: Desenvolvido por: Fabrício Alves e Daniela Claro contato: Java 1.6 Google App engine Plugin Sumário: A partir da versão do Google App Engine é possível utilizar java.soap.xml e JAX-B para desenvolver um servidor SOAP. Este tutorial visa construir uma simples aplicação que recebe como parâmetro uma temperatura medida em Farenheit e devolve se este tempo é considerado Frio ou Quente. 1. Abra o Wizard de Criação de novo projeto, clicando no botão Google Service and Development Tools que se encontra na Barra de Ferramentas. Figura 1: Criando um novo Projeto de Aplicação web do App Engine Dê ao projeto o nome WeatherSOAPServer e insira o valor com.example no campo Package. Desmarque a opção Use Google Web Toolkit. Figura 2: Nomeando o Serviço Perceba que a classe WeatherSOAPServerServlet.java foi criada automaticamente. Esta classe será importante futuramente, pois gerencia as requisições feitas ao servidor. 2. Crie dentro do pacote com.example a classe ClimaInfo, clicando com o botão direito sobre o pacote e escolhendo a opção New > Class.

2 Figura 3: Criação de Classe Nós vamos manter esta classe muito simples. Ela terá apenas o método comoestaotempo: public class ClimaInfo { public String comoestaotempo(int temperatura){ if(temperatura > 30){ return "Quente"; else if(temperatura < 15){ return "Frio"; else{ return "Agradavel"; 3. Adicione as anotações de WebService, presentes no pacote javax.jws.webmethod. Tais anotações serão levadas em consideração no momento de criação do WSDL. import javax.jws.webmethod; import public class ClimaInfo public String comoestaotempo(int temperatura){ if(temperatura > 30){ return "Quente"; else if(temperatura < 15){ return "Frio"; else{ return "Agradavel";

3 Apesar do Google App Engine não suportar a utilização de JAX-WS no SOAP Server, iremos utilizá-lo para criar o arquivo wsdl automaticamente. 4. Vamos utilizar o wsgen, programa contigo no java JDK (à partir da versão 1.6), que gera wsdl a partir de anotações feitas no código. Além disso, o wsgen gera os POJOS, que são as classes que serão responsáveis pelo request e response. Entre na interface de comandos, acesse o diretório do projeto criado (workspace/weathersoapserver/) e cole o seguinte comando: wsgen -cp ".\war\web-inf\classes" -wsdl -keep -r ".\war" -d ".\war\web-inf\classes" -s ".\src" com.example.climainfo Este comando é explicado da seguinte forma: A opção -cp indica onde o wsgen irá encontrar o arquivo ClimaInfo.class para gerar o WSDL. A opção -r indica onde o wsdl será gerado. A opção -d indica onde serão colocados os arquivos.class gerados. A opção -s indica onde serão colocados os arquivos fontes dos POJOS gerados. Por fim, a última opção indica qual será a classe que será transformada em Serviço Web. Selecione o projeto e pressione a tecla f5, para que os arquivos gerados sejam vistos dentro do Eclipse. 5. Coloque a URL de request do serviço dentro do WSDL. Abra o WSDL gerado, dentro do diretório war, e veja que o campo location, possui o valor REPLACE_WITH_ACTUAL_URI. Tal URI é o ponto de acesso para o serviço, ou seja, a URI da sua aplicação no Google App Engine. Geralmente esta URI é formada por <application-id>.appspot.com. <service name="climainfoservice"> <port name="climainfoport" binding="tns:climainfoportbinding"> <soap:address location="http://<application-id>.appspot.com/weathersoapserver"/> </port> </service> 6. Codificar um Adapatador que faça a ligação entre os POJOS gerados e a o verdadeiro código do Serviço Web. Obs: arquivo fonte presente em import com.example.jaxws.comoestaotempo; import com.example.jaxws.comoestaotemporesponse; public class ClimaInfoAdaptador { private ClimaInfo climainfo = new ClimaInfo(); public ComoEstaOTempoResponse comoestaotempo(comoestaotempo request){ int temperatura = request.getarg0(); String comoestaotempo = climainfo.comoestaotempo(temperatura); ComoEstaOTempoResponse response = new ComoEstaOTempoResponse(); response.setreturn(comoestaotempo); return response;

4 7. Criar um Gerenciador entre a requisição e o Adaptador. Quando a requisição SOAP é feita para o servidor, a única coisa que é passada é um XML contendo o soapbody. Este soapbody informa quais os argumentos e seus valores. No entanto, é necessário que haja uma classe que recupere este XML e saiba qual serviço chamar. Caso o Google App Engine suportasse JAX-WS ou AXIS, este passo não seria necessário. Obs: arquivo fonte presente em import java.util.iterator; import javax.xml.bind.jaxb; import javax.xml.namespace.qname; import javax.xml.soap.messagefactory; import javax.xml.soap.saajresult; import javax.xml.soap.soapbody; import javax.xml.soap.soapelement; import javax.xml.soap.soapexception; import javax.xml.soap.soapfault; import javax.xml.soap.soapmessage; import javax.xml.transform.dom.domsource; import com.example.jaxws.comoestaotempo; public class ClimaInfoSoapHandler { private static final String NAMESPACE_URI = "http://example.com/"; private static final QName COMO_ESTA_O_TEMPO_QNAME = new QName(NAMESPACE_URI, "comoestaotempo"); private MessageFactory messagefactory; private ClimaInfoAdaptador climainfoadapter; public ClimaInfoSoapHandler() throws SOAPException { messagefactory = MessageFactory.newInstance(); climainfoadapter = new ClimaInfoAdaptador(); public SOAPMessage handlesoaprequest(soapmessage request) throws SOAPException { SOAPBody soapbody = request.getsoapbody(); Iterator iterator = soapbody.getchildelements(); Object responsepojo = null; while (iterator.hasnext()) { Object next = iterator.next(); if (next instanceof SOAPElement) { SOAPElement soapelement = (SOAPElement) next; QName qname = soapelement.getelementqname(); if (COMO_ESTA_O_TEMPO_QNAME.equals(qname)) { responsepojo = handlecomoestaotemporequest(soapelement); break; SOAPMessage soapresponse = messagefactory.createmessage(); soapbody = soapresponse.getsoapbody(); if (responsepojo!= null) { JAXB.marshal(responsePojo, new SAAJResult(soapBody)); else { SOAPFault fault = soapbody.addfault(); fault.setfaultstring("unrecognized SOAP request."); return soapresponse; private Object handlecomoestaotemporequest(soapelement soapelement) { ComoEstaOTempo comoestaotemporequest = JAXB.unmarshal(new DOMSource(soapElement), ComoEstaOTempo.class); return climainfoadapter.comoestaotempo(comoestaotemporequest); 8. Informar ao Servlet o que fazer quando for uma requisição SOAP. Todas as requisições feitas ao servidor são gerenciadas pelo Servlet. Logo, é necessário informá-lo que deverá chamar o handler quando a requisição for SOAP. Sendo assim, dentro do servlet vamos criar

5 uma função dopost() que realizará esta chamada. Obs: arquivo fonte presente em import java.io.ioexception; import java.io.inputstream; import java.io.outputstream; import java.util.enumeration; import java.util.stringtokenizer; import javax.servlet.http.httpservlet; import javax.servlet.http.httpservletrequest; import javax.servlet.http.httpservletresponse; import javax.xml.soap.messagefactory; import javax.xml.soap.mimeheaders; import javax.xml.soap.soapexception; import public class WeatherSOAPServerServlet extends HttpServlet { static MessageFactory messagefactory; static ClimaInfoSoapHandler soaphandler; static { try { messagefactory = MessageFactory.newInstance(); soaphandler = new ClimaInfoSoapHandler(); catch (Exception ex) { throw new RuntimeException(ex); public void doget(httpservletrequest req, HttpServletResponse resp) throws IOException { resp.setcontenttype("text/plain"); resp.getwriter().println("hello, public void dopost(httpservletrequest req, HttpServletResponse resp) throws IOException { try { // Get all the headers from the HTTP request MimeHeaders headers = getheaders(req); // Construct a SOAPMessage from the XML in the request body InputStream is = req.getinputstream(); SOAPMessage soaprequest = messagefactory.createmessage(headers, is); // Handle soapreqest SOAPMessage soapresponse = soaphandler.handlesoaprequest(soaprequest); // Write to HttpServeltResponse resp.setstatus(httpservletresponse.sc_ok); resp.setcontenttype("text/xml;charset=\"utf-8\""); OutputStream os = resp.getoutputstream(); soapresponse.writeto(os); os.flush(); catch (SOAPException e) { throw new IOException("Exception while creating SOAP message.", static MimeHeaders getheaders(httpservletrequest req) { Enumeration headernames = req.getheadernames(); MimeHeaders headers = new MimeHeaders(); while (headernames.hasmoreelements()) { String headername = (String) headernames.nextelement(); String headervalue = req.getheader(headername); StringTokenizer values = new StringTokenizer(headerValue, ","); while (values.hasmoretokens()) { headers.addheader(headername, values.nexttoken().trim());

6 return headers; 9. Por fim, realizar a publicação no Google App Engine. Clique com o botão direito sobre o projeto e escolha Google > App Engine Settings. No campo Application ID, vamos colocar o ID da aplicação, criada anteriormente. Referências: [1] HOW TO: Build a SOAP Server and a SOAP Client on Google App Engine, disponível em: último acesso em 23/11/2011

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

Tutorial Jogo da Velha WEB

Tutorial Jogo da Velha WEB Tutorial Jogo da Velha WEB Criação do Projeto 1- Inicie o Eclipse 2- Crie um novo projeto Web dinâmico. 3- Na tela seguinte, digite o nome do projeto e caso no campo Target Runtime não estiver aparecendo

Leia mais

Executando comandos do Sistema Operacional em uma aplicação WEB Java

Executando comandos do Sistema Operacional em uma aplicação WEB Java Executando comandos do Sistema Operacional em uma aplicação WEB Java Criei uma aplicação muito simples que demonstra como um Servlet pode invocar uma classe que efetua um comando qualquer no sistema operacional.

Leia mais

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Programação Na Web Servlets: Como usar as Servlets 1 António Gonçalves Agenda Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Exemplo: Hello World Output: Texto, HTML e hora local. Compilar uma Servlets

Leia mais

Java na WEB Servlet. Sumário

Java na WEB Servlet. Sumário 1 Java na WEB Servlet Objetivo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Utilizar Servlets para gerar páginas web dinâmicas. Utilizar Servlets para selecionar páginas JSPs. Utilizar Servlets como elemento

Leia mais

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Juliane Menin Orientanda Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Roteiro Introdução e Objetivos Fundamentação Teórica Especificação

Leia mais

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti. Mini-Tutorial Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.br 1. Introdução O objetivo deste trabalho é mostrar de forma prática como

Leia mais

4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME

4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME 4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME O Sistema de Apoio Policial tem como objetivo facilitar o trabalho da Polícia Militar. Utilizando tecnologias recentes descritas nos capítulos anteriores, este sistema propõe

Leia mais

J550 Integração com Bancos de Dados

J550 Integração com Bancos de Dados J550 Integração com Bancos de Dados Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Objetivos Este módulo apresenta estratégias para conectar servlets com a camada de dados usando um DAO - Data

Leia mais

Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva

Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva 1. O que são Serviços Web (Web Services)? Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva A ideia central dos Web Services parte da antiga necessidade

Leia mais

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans O objetivo deste exercício é criar um projeto apropriado para desenvolver um contêiner que você resolva utilizar. Uma vez criado o projeto,

Leia mais

OWL-S Composer. MATE15 - Tópicos Especiais em Banco de Dados III. 17 de Julho de 2013. Marco Antonio Almeida 1 e Daniela Barreiro Claro 2

OWL-S Composer. MATE15 - Tópicos Especiais em Banco de Dados III. 17 de Julho de 2013. Marco Antonio Almeida 1 e Daniela Barreiro Claro 2 MATE15 - Tópicos Especiais em Banco de Dados III OWL-S Composer 17 de Julho de 2013 Marco Antonio Almeida 1 e Daniela Barreiro Claro 2 1 marco062@dcc.ufba.br 2 dclaro@ufba.br MOTIVAÇÃO E HISTÓRICO MOTIVAÇÃO

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Servlets A tecnologia Servlet foi introduzida pela Sun Microsystems em 1996, aprimorando e estendendo a funcionalidade e capacidade de servidores Web. Servlets é uma API para

Leia mais

!" # # # $ %!" " & ' ( 2

! # # # $ %!  & ' ( 2 !"# # #$ %!" "& ' ( 2 ) *+, - 3 . / 4 !" 0( # "!#. %! $""! # " #.- $ 111.&( ( 5 # # 0. " % * $(, 2 % $.& " 6 # #$ %% Modelo (Encapsula o estado da aplicação) Implementado como JavaBeans Responde a consulta

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Implementando MVC Nível 1 Prof. Daniel Caetano Objetivo: Preparar o aluno para construir classes de entidade com

Leia mais

Trabalhando com Servlet

Trabalhando com Servlet Trabalhando com Servlet Primeiro Servlet O primeiro passo a ser dado é criar uma classe Java como qualquer outra. Essa nova classe criada deve estender a classe abstrata HttpServlet pertencente ao pacote

Leia mais

Programação na Web. Servlets Leitura dos Parâmetros e Cabeçahos

Programação na Web. Servlets Leitura dos Parâmetros e Cabeçahos Programação na Web Servlets Leitura dos Parâmetros e Cabeçahos 1 Criar um Formulário HTML Fórmulário: GetForm.html A Sample

Leia mais

Faculdades Integradas Santa Cruz. Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados

Faculdades Integradas Santa Cruz. Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados Faculdades Integradas Santa Cruz Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados 2009 Introdução O objetivo deste tutorial é apresentar os conceitos de estruturação de um projeto

Leia mais

Tutorial. Começando a Criar Aplicativos SMS

Tutorial. Começando a Criar Aplicativos SMS Tutorial Começando a Criar Aplicativos SMS Para começar Neste tutorial você vai entender como criar e integrar um aplicativo SMS usando a Brazapp. Para uma melhor compreensão, passaremos por todos os passos:

Leia mais

Implementar um exemplo de relacionamento entre classes um para muitos (1:N) e um para um (1:1). Sistema para uma Promotora de Evento Agenda Anual

Implementar um exemplo de relacionamento entre classes um para muitos (1:N) e um para um (1:1). Sistema para uma Promotora de Evento Agenda Anual Aula 09 Objetivo Implementar um exemplo de relacionamento entre classes um para muitos (1:N) e um para um (1:1). Sistema para uma Promotora de Evento Agenda Anual Banco de Dados 1. Crie um novo projeto

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais

Aplicativos Web com Orientação a Objetos

Aplicativos Web com Orientação a Objetos Objetivo: Praticar o relacionamento entre classe um para muitos implementando um exemplo de carrinho de compras de produtos. Diagrama de Classes - Model 1. Crie um banco de dados chamado produtos e um

Leia mais

Exercícios de Revisão Java Básico

Exercícios de Revisão Java Básico Exercícios de Revisão Java Básico (i) Programação básica (estruturada) 1) Faça um programa para calcular o valor das seguintes expressões: S 1 = 1 1 3 2 5 3 7 99... 4 50 S 2 = 21 50 22 49 23 48...250 1

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

Configuração de Cliente de Web Service HTTPS

Configuração de Cliente de Web Service HTTPS Configuração de Cliente de Web Service HTTPS Envio de registros civis ao SIRC através de Central de Registros Civis Configurando_Cliente_de_Web_Service_HTTPS.odt 1 de 20 Histórico de Revisões Data Versão

Leia mais

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows Programação II Programação para a Web Christopher Burrows Apache Tomcat O Apache Tomcat é um Servlet Container desenvolvido pela Apache Software Foundation. Implementa as tecnologias Java Servlets e Java

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Servlets Servlet Aplicação Java que é executada no servidor que estende a capacidade do servidor Web Alternativa Java para os scripts CGI Gerenciado

Leia mais

Objetivo do programa: Implementação de um analisador de Logs do Servidor Web com base nos requisitos da unidade curricular de Estatística.

Objetivo do programa: Implementação de um analisador de Logs do Servidor Web com base nos requisitos da unidade curricular de Estatística. Objetivo do programa: Implementação de um analisador de Logs do Servidor Web com base nos requisitos da unidade curricular de Estatística. package ProjetoIntegrador; import java.io.bufferedreader; import

Leia mais

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web:

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web: Web Browser como o processo cliente Servidor web com páginas estáticas Vs Aplicações dinâmicas para a Web: 1 Cliente Web browser HTTP porto 80 Servidor web... JDBC RMI XML... Base de Dados Aplicação em

Leia mais

Java para WEB. Servlets

Java para WEB. Servlets Servlets Servlets são classes Java que são instanciadas e executadas em associação com servidores Web, atendendo requisições realizadas por meio do protocolo HTTP. Servlets é a segunda forma que veremos

Leia mais

Web Services em Java. Web Services JAX-WS. NetBeans 5.5. Criação de WS no NetBeans 5.5. Criação de WS no NetBeans 5.5

Web Services em Java. Web Services JAX-WS. NetBeans 5.5. Criação de WS no NetBeans 5.5. Criação de WS no NetBeans 5.5 Web Services Pós-Graduação em Tecnologias para o Desenvolvimento de Aplicações WEB Prof. Web Services em Java JAX-WS (Java API for XML Web Services): Esconde a complexidade em montar um envelope SOAP Converte

Leia mais

Versão 1.0.0. Manual de Integração NFE (WebService)

Versão 1.0.0. Manual de Integração NFE (WebService) Versão 1.0.0 Manual de Integração NFE (WebService) Conteúdo 1. Conceitos... 4 1.1. Nota Fiscal Eletrônica de Serviços... 4 1.2. Recibo Provisório de Serviços (RPS)... 4 1.3. Certificado Digital... 4 1.4.

Leia mais

Introdução. Servlet. Ciclo Vida. Servlet. Exemplos. Prof. Enzo Seraphim

Introdução. Servlet. Ciclo Vida. Servlet. Exemplos. Prof. Enzo Seraphim Introdução Servlet Ciclo Vida Exemplos Servlet Prof. Enzo Seraphim Visão Geral São objetos de uma subclasse de javax.servlet (javax.servlet.httpservlet). Possuem um ciclo de vida. Incluem em seu código,

Leia mais

J550. Model View Controller

J550. Model View Controller J550 Model View Controller 1 Design de aplicações JSP Design centrado em páginas Aplicação JSP consiste de seqüência de páginas (com ou sem beans de dados) que contém código ou links para chamar outras

Leia mais

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005 Java Básico Matrícula de Alunos Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br Novembro/2005 Objetivos OO: trocar mensagens entre os objetos Exception: tratar exceções Análise: implementar

Leia mais

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1 Servlets 2 1 Plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068): Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado (não mantém sessão aberta) Funcionamento (simplificado):

Leia mais

Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex

Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex Autor: Roberto Lourenço de Oliveira Júnior Email: robertojr at comp dot ufla dot br Página pessoal: http://alunos.dcc.ufla.br/~robertojr O Jasper Report

Leia mais

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado Resposta exercício 1: Configuração arquivo web.xml helloservlet br.com.exercicios.helloservlet

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Fundamentos de Servlets. Conceitos e ciclo de vida Classes e Interfaces da API Exemplos de Servlets

Fundamentos de Servlets. Conceitos e ciclo de vida Classes e Interfaces da API Exemplos de Servlets Fundamentos de Servlets Conceitos e ciclo de vida Classes e Interfaces da API Exemplos de Servlets Common Gateway Interface Aplicações Geração de documentos com conteúdo dinâmico Produzir resultados em

Leia mais

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão Programação Na Web Sessão II António Gonçalves Índice Visão geral da API Sessão Obter dados sobre uma sessão Extrair informação sobre uma Sessão Adicionar Dados a uma sessão 1 Programação Na Web Motivação

Leia mais

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Resumo Neste tutorial serão apresentados conceitos relacionados a Servlets. Ele inicial como uma breve introdução do funcionamento

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano Programação Servidor em Sistemas Web 1 Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano INTRODUÇÃO Na maior parte deste curso foram estudados serviços desenvolvidos com o uso de tecnologias Servlet. Entretato,

Leia mais

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10 Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina

Leia mais

Conexão Socket na MIDP

Conexão Socket na MIDP Conexão Socket na MIDP A comunicação entre diferentes sistemas é comum na programação, e esta regra não desaparece na construção de aplicativos para pequenos dispositivos e, consequentemente, com o Java

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Agenda 1. 2. Web Container TomCat 2 3 J2EE permite criar aplicações Web dinâmicas (com conteúdo dinâmico)

Leia mais

Prática em Laboratório N.01 Criando um Serviço Web via Console

Prática em Laboratório N.01 Criando um Serviço Web via Console Prática em Laboratório N.01 Criando um Serviço Web via Console O objetivo criar um serviço Web via console usando apenas um editor de texto. Obtenha os arquivos da Prática N.01 Você deve recuperar os arquivos

Leia mais

Lista de exercícios I - RESPOSTAS Servlets e banco de dados

Lista de exercícios I - RESPOSTAS Servlets e banco de dados www.posse.ueg.br Home Page: http://www.posse.ueg.br/index.php/conexao-ueg/meuperfil/userprofile/ronaldo Dado o diagrama de classe abaixo: Lista de exercícios I - RESPOSTAS Servlets e banco de dados 1.

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

Java Servlets. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Java Servlets. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Java Servlets Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Especificação/IDE/Implementação Esse curso foi preparado em 03/2015 usando a seguinte especificação, IDE e implementação Especificação Java

Leia mais

Configurando uma aplicação Struts

Configurando uma aplicação Struts Configurando uma aplicação Struts Instalando os Softwares 1. NetBeans IDE 5.0 2. Java Standard Development Kit (JDK ) version 1.4.2 or 5.0 Criando uma nova aplicação Struts 1. Click File > New Project.

Leia mais

Java Server Pages. Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet. Figura 1 Modelo 2

Java Server Pages. Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet. Figura 1 Modelo 2 Java Server Pages Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet Figura 1 Modelo 2 A implementação desta arquitectura, com um controlador que direcciona a execução de s, de Servlets e de JavaBeans,

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Web Services utilizando JAX-WS

Web Services utilizando JAX-WS Web Services utilizando JAX-WS JAX-WS Facilitar o uso da API JAX-RPC e do modelo de implantação Anotações baseados em JSR-181 Exemplo Básico: Anotações: @WebService @WebMethod @WebParam @WebResult Exemplo

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o conceito aplicações orientada a serviços via web Apresentar o papel dos contentores

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Consulta de endereço através do Cep

Consulta de endereço através do Cep --------------------------------------------------------------------------------------------- Por: Giancarlo Fim giancarlo.fim@gmail.com Acesse: http://giancarlofim.wordpress.com/ ---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Uma introdução ao Google App Engine com GWT

Uma introdução ao Google App Engine com GWT : : www.mundoj.com.br : : Uma introdução ao Google App Engine com GWT Desenvolvendo Java em Cloud Computing. Luiz Felipe Gomes Teixera É desenvolvedor Java na IPNET Soluções com ênfase em aplicações em

Leia mais

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível.

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Caso de estudo O cartão fidelidade Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Definição em JAVA da classe CartaoFidelidade, que deverá apresentar uma funcionalidade semelhante

Leia mais

Java Web. Ricardo Terra rterrabh [at] gmail.com

Java Web. Ricardo Terra rterrabh [at] gmail.com Java Web Ricardo Terra rterrabh [at] gmail.com Ricardo Terra (rterrabh [at] gmail.com) Java Web Outubro, 2008 1 CV Nome: Ricardo Terra Email: rterrabh [at] gmail.com www: ricardoterra.com.br Twitter: rterrabh

Leia mais

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel Acesso a Banco Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel As conexões em Java são feitas através de uma ponte que implementa todas as funcionalidades que um banco de dados padrão deve

Leia mais

Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Extensão de servidor escrita em Java Podem ser usados para estender qualquer tipo de aplicação do modelo requisição- resposta Todo servlet implementa a

Leia mais

Passando dados binários para um serviço Web

Passando dados binários para um serviço Web Prática em Laboratório N.03 Passando dados binários para um serviço Web Observação: Você não pode utilizar o GlassFish v3 para essa prática pois ele não reconhece o atributo wsdllocation para serviços

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Uma abordagem utilizando a ferramenta de design ireport PABLO BRUNO DE MOURA NÓBREGA Fortaleza CE, fevereiro de 2009 http://pablonobrega.wordpress.com

Leia mais

PROJETO FRAMEWORK - CELEPAR PAGINAÇÃO DE DADOS EM APLICAÇÕES JAVA PARA INTERNET

PROJETO FRAMEWORK - CELEPAR PAGINAÇÃO DE DADOS EM APLICAÇÕES JAVA PARA INTERNET PROJETO FRAMEWORK - CELEPAR PAGINAÇÃO DE DADOS EM APLICAÇÕES JAVA PARA INTERNET Janeiro 2005 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Definição Título do Documento: Controle de Exceções em

Leia mais

Criação de uma aplicação usando Servlets

Criação de uma aplicação usando Servlets Robson Soares Silva (robsonsoares.silva@gmail.com) - graduado em Ciência da Computação pela UFMS, com pós-graduação em Análise de Sistemas pela UFMS e Mestrado em Sistemas Distribuídos pela UFRGS. Professor

Leia mais

Documentação do retorno XML referente projeto Busca Endereço por CEP

Documentação do retorno XML referente projeto Busca Endereço por CEP 1/9 Documentação do retorno XML referente projeto Busca Endereço por CEP Neste documento você encontrará a estrutura do XML que o web service retona e alguns exemplos de como usar. Códigos de Retorno para

Leia mais

AJAX em Java com o Google Web Toolkit

AJAX em Java com o Google Web Toolkit AJAX em Java com o Google Web Toolkit Maurício Linhares de Aragão Junior AJAX rápido, fácil e puro Java com o Google Web Toolkit Introdução O desenvolvimento de aplicações que utilizam o conjunto de tecnologias

Leia mais

INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO Na plataforma Java SE 7, há cerca de 4000 classes e interfaces disponíveis para utilizarmos em nossas aplicações Podemos visualizar a documentação dessas classes e interfaces

Leia mais

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet Avançada 4. Web Services Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt São módulos de aplicações de negócios que expõem as regras do negócio como serviços na Internet através

Leia mais

Programa de Computador que funciona em Rede

Programa de Computador que funciona em Rede Programa de Computador que funciona em Rede professor Robinson Vida Noronha 1 Paradigma Um programa rodando em rede é como uma loja. 2 Uma loja é composta por Vendedores Vendedores 3 Um loja deve servir

Leia mais

Programação em Rede. Servlets. Manipulação de dados de input em Servlets

Programação em Rede. Servlets. Manipulação de dados de input em Servlets Servlets Manipulação de dados de input em Servlets Os dados de um formulário podem ser utilizados para pedidos GET ou POST. Com servlets JAVA esta operação é efectuada pelo método getparameter de HttpServletRequest,

Leia mais

JAVA API FOR XML MESSAGING - JAXM API EM REDE PONTO-A-PONTO

JAVA API FOR XML MESSAGING - JAXM API EM REDE PONTO-A-PONTO JAVA API FOR XML MESSAGING - JAXM API EM REDE PONTO-A-PONTO Daniela Medeiros Cedro Viviane Maria da Conceição de Souza Hélio Augusto Sabóia Moura danielacedro@bol.com.br viviannesouza@hotmail.com heliomoura@larces.uece.br

Leia mais

JAVA COM BANCO DE DADOS PROFESSORA DANIELA PIRES

JAVA COM BANCO DE DADOS PROFESSORA DANIELA PIRES Conteúdo O Projeto... 2 Criação de Pacotes... 4 Factory:... 6 DAO:... 15 GUI (Graphical User Interface ou Interface Gráfica de Cadastro)... 18 Evento SAIR... 23 Evento CADASTRAR... 24 1 O Projeto Arquivo

Leia mais

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos.

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. JDBC CRIANDO O BANCO DE DADOS: Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. CRIANDO O PROJETO JAVA PARA DESKTOP: Crie um projeto Java chamado Prograd Crie um pacote chamado

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Para baixá-lo entre no site : http://www.netduino.com/; Selecione a aba Downloads ; Clique no link: Microsoft Visual C# Express 2010; Por meio desse

Para baixá-lo entre no site : http://www.netduino.com/; Selecione a aba Downloads ; Clique no link: Microsoft Visual C# Express 2010; Por meio desse Para baixá-lo entre no site : http://www.netduino.com/; Selecione a aba Downloads ; Clique no link: Microsoft Visual C# Express 2010; Por meio desse programa será possível conectar-se ao Netduíno. Execute

Leia mais

Manual de Integração SMS

Manual de Integração SMS NG Sistemas Manual de Integração SMS Integração SMS TI 2015 w w w. n g s i s t e m a s. c o m. b r Índice Sumário executivo... 2 Integrações... 3 Desenho da solução.... 6 NG Sistemas 1 Sumário executivo

Leia mais

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing.

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. 15/11/2009 Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. Crie um novo projeto clicando em arquivo e em novo projeto. Escolha a opção java, aplicativo java

Leia mais

Universidade São Judas Tadeu. Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas. Sistemas de Informação 3ASIN

Universidade São Judas Tadeu. Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas. Sistemas de Informação 3ASIN Universidade São Judas Tadeu Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas Sistemas de Informação 3ASIN Atividade de Tópicos em Desenvolvimento e Banco de Dados Nome: Pedro Augusto Pereira R.A.: 201013018

Leia mais

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Prática: 1 - A plataforma JEE (Java Enterprise Edition) UBI, DI, Paula Prata SDTF T01 1 Arquitectura

Leia mais

Criando um CRUD RESTful com Jersey, JPA e MySQL

Criando um CRUD RESTful com Jersey, JPA e MySQL www.devmedia.com.br [versão para impressão] Link original: http://www.devmedia.com.br/articles/viewcomp.asp?comp=33273 Criando um CRUD RESTful com Jersey, JPA e MySQL Aprenda neste artigo a implementar

Leia mais

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB)

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB) Uma Introdução à Arquitetura Francisco C. R. Reverbel 1 Copyright 1998-2006 Francisco Reverbel O Object Request Broker (ORB) Via de comunicação entre objetos (object bus), na arquitetura do OMG Definido

Leia mais

Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007

Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007 Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007 Nível: Intermediário Este tutorial tem como objetivo criar um simples componente que renderiza uma tag label utilizando recursos

Leia mais

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores 1 Exercícios Exercício 1: Construtores e Testes Analise a classe Conta.java, mostrada na

Leia mais

Drive MySql de conexão para Eclipse

Drive MySql de conexão para Eclipse Drive MySql de conexão para Eclipse de Setembro de 0 Olá, neste artigo iremos focar em como utilizar o drive de conexão do Mysql na IDE eclipse. Veremos passo-a-passo como instalar, o que é uma coisa muito

Leia mais

INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009. Profa. Cecília M. F. Rubira

INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009. Profa. Cecília M. F. Rubira INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009 Profa. Cecília M. F. Rubira Sala 13, cmrubira@ic.unicamp.br Versão: 1.1 Data: 22 de abril de 2009. Estudo de Caso: Sistema de Folha de Pagamento Este

Leia mais

Web Services no JEE 7. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Web Services no JEE 7. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Web Services no JEE 7 Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) O que são Web Services? Web services are client and server applications that communicate over the World Wide Web's (WWW) HyperText

Leia mais

Redes de Computadores - 2010/1

Redes de Computadores - 2010/1 Redes de Computadores - 2010/1 Miniprojeto Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Professor: Magnos Martinello 20 de maio de 2010 1 1 Proposta A proposta do trabalho é reforçar o compreendimento

Leia mais

JSP e Servlet Princípio de MVC

JSP e Servlet Princípio de MVC UNIPÊ Centro Universitário de João Pessoa Desenvolvimento para Web HTTP e Servlets JSP e Servlet Princípio de MVC ducaribas@gmail.com 1 12 JSP e Servlets Desvantagens de JSP e Servlets Servlets Escrever

Leia mais

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr J2EE Exemplo completo Utilização Servlet Instrutor HEngholmJr Page 1 of 9 AT09 Exemplo complete Utilização Servlet Version 1.1 December 5, 2014 Indice 1. BASEADO NOS EXEMPLOS DE CÓDIGO DESTA APOSTILA,

Leia mais

Introdução Conceitos Iniciais Metodologia Web Services Considerações Finais. Introdução. Conceitos Iniciais Metodologia

Introdução Conceitos Iniciais Metodologia Web Services Considerações Finais. Introdução. Conceitos Iniciais Metodologia Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Informática Pós-Graduação em Ciência da Computação WEB SERVICES Objetivo do trabalho; Utilização de ; Alexandra C. P. de Aguiar, Andriele

Leia mais

Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com

Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Versão 0.1 Manual FoRc Última Atualização: Maio/2007 Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Sumário 1. O que é FoRc?... 3 2. O que é Adobe Flex?... 3 3. O que é Ruby on Rails?... 3 4. Flex + Ruby on Rails?...

Leia mais

MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica

MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica Desenvolvimento de Web Services com SOAP. 1. Introdução. Com a tecnologia de desenvolvimento

Leia mais