A PROPOSTA DA INDÚSTRIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A PROPOSTA DA INDÚSTRIA"

Transcrição

1 Aprimoramento do Licenciamentoi Ambiental A PROPOSTA DA INDÚSTRIA

2 Aprimoramento do Licenciamento Ambiental Pesquisa CNI principais problemas enfrentados

3 Pesquisa CNI Realizada com as 27 Federações de Indústria Respostas de 25 Federações Temas abordados 1 Processo (procedimento) 2 Licenciamento e instrumentos de planejamento 3 Estudos ambientais e audiências públicas 4 Compensação ambiental 5 Lei Complementar Instrumentos de monitoramento 7 Licença ambiental e outras políticas 8 Diversos

4 Resultados da Pesquisa CNI Incompatibilidade entre as normas nacionais, estaduais e municipais Classificação do empreendimento com base no porte e potencial poluidor em todos os estados: parâmetros não são homogêneos Prazo para obtenção de cada licença: até 28 meses Processo completo do licenciamento chega a 7 anos Validade das licenças: de 1 a 8 anos Flt Falta de clareza e uniformização i na dfiiã definição do conteúdo dos estudos ambientais: muito genéricos

5 Resultados da Pesquisa CNI Descentralização do licenciamento União Estados Municípios: i fl falta implementar convênios e eliminar i a sobreposição nas ações de fiscalização Taxas para obtenção das licenças: altas e sem critérios objetivos para sua definição Manifestação de outros órgãos envolvidos impedem o andamento todos processosde licenciamento c e Condicionantes extrapolam o caráter ambiental e são elaboradas semcritériostécnicos

6 Resultados da Pesquisa CNI Uso de instrumentos tos de planejamento e em escala a incompatível com o licenciamento Forte influência do Ministério Público: manifestações anulam a decisão do órgão licenciador e alteram a classificaçãodo empreendimento Tratamento diferenciado para micro e pequenas empresas

7 Aprimoramento do Licenciamento Ambiental NECESSIDADE DE UMA NORMA GERAL

8 Diversidade de normas que tratam do tema (nível federal) Lei nº 6.938/81 (PNMA) Decretos nº /83, /90 Resoluções Conama 1/86, 237/97, 9/87, 312/02 Portarias Interministeriais nº 419, 420, 421 e 422/11 Lei nº 9.985/00 (SNUC) e Decretos 4.340/02 e 6.848/09 Lei nº 9.433/97 (PNRH) Lei nº /10 (PNRS) Lei nº /12 (Novo Código Florestal) Lei nº /09 (PNMC) LC 140/11

9 Avanços da LC 140/11 (i) (ii) (iii) (ii) (iii) (v) (vi) define critérios de competência para o licenciamento ambiental de alguns empreendimentos e remete os demais a atos executivos dos respectivos entes fd federativos veda a exigência de licenciamento por mais de um ente federativo confere plena autonomia ao órgão licenciador para tomar as decisões finais no processo de licenciamento atribui ao ente federativo licenciador a competência para autorizar a supressão de vegetação decorrente de licenciamentos ambientais o valor das taxas de licenciamento ambiental devem ser proporcionais ao custo e à complexidade do serviço público prestado eventuais complementações oriundas da análise do empreendimento devem ser comunicadas pelo órgão licenciador de uma única vez ao empreendedor caso haja mais de um auto de infração lavrado para uma mesma conduta, prevalece aquele lavrado pelo órgão licenciador

10 Aprimoramento do Licenciamento Ambiental PROPOSTA DE DIRETRIZES

11 Estrutura e Gestão 1. Instituição e fortalecimento dos instrumentos de cooperação previstos na LC 140/11 2. Fortalecimento dos órgãosambientais 3. Autonomia do órgão ambiental licenciador como condutor do processo de licenciamento 4. Informatização integrada de todo o processo de licenciamentoambientali t l 5. ART para laudos ou pareceres emitidos por técnicos de órgãosexternos ao Sisnama

12 Procedimentos 6. Compatibilização de regras e procedimentos dos entes federativos, considerando porte, potencial poluidor e natureza 7. Aprimoramento do licenciamento e definição de modalidades diferenciadas para diversas classificações dos empreendimentos 8. Simplificação do licenciamento de micro e pequenas empresas (autodeclaratório) 9. Simplificação do licenciamento para empreendimentos de baixo impacto 10. Criação de um balcão único para os procedimentos administrativos necessários para a emissão das licenças

13 Procedimentos 11. Adoção de procedimentos mais céleres: Racionalização do processo Criação de incentivos aos empreendimentos que adotem medidas voluntárias Renovação automática da LO 12. Relação direta entre condicionantes e impactos identificados no EIA 13. Regime especial para empreendimentos de infraestrutura de interesse social e utilidade pública

14 Procedimentos 14. Transparência e proporcionalidade na composição da taxa de licenciamentoi 15. Adequação de normas estaduais e municipais para evitar distorções nos valores exigidos para a compensação ambiental 16. Dedução de outras medidas compensatórias do valor da compensação ambiental 17. Participação do empreendedor, no caso de interesse, na destinação dos recursos da compensação ambiental 18. Autonomia para a atuação preventiva e imediata em caso de acidentes ou em situações de emergência

15 Instrumentos de Planejamento 19. Geração de documentos de referência para orientar de forma clara, objetiva e conclusiva a realização do estudo exigido, com a participação do setor 20. Uniformização de conceitos e regras para orientar audiências e consultas públicas 21. Uso efetivo de instrumentos de planejamento que orientem, simplifiquem e agilizem o licenciamento ambiental e reduzam a subjetividade dos critérios que orientam a emissão das licenças

16 O que a indústria espera É urgente a necessidade de reformulação de políticas fundamentadas em comando e controle Licenciamento deve ser instrumento de promoção do desenvolvimento pautado na sustentabilidade: compatibilização do desenvolvimento socioeconômico com a proteção do meio ambiente Urgência no aperfeiçoamento do instrumento de licenciamento ambiental: mais ágil, transparente e eficaz Decisões técnicas devem conferir estabilidade e segurança Decisões técnicas devem conferir estabilidade e segurança jurídica

17 Proposições Legislativas Câmara Projeto de Lei 3.729/2004 (11 apensos), normas para o licenciamento ambiental PautaMínimadeprojetosprioritáriosdaCNI.Matériaempautana Comissão de Agricultura, com proposta de substitutivo, apresentada pelo relator dep. Moreira Mendes (PSD/RO), que acrescenta diversos avanços à regulamentação atual. Senado: Diversos projetos abordam o licenciamento sob a ótica do processo licitatório (PLS 401/2013) ou do licenciamento de setores específicos (PLS 179/2009 e PLC 119/2013). Em geral acrescentam novos requerimentos e etapas ao processo de licenciamento. Projeto de interesse da indústria: PLS 179/2009 melhora o planejamento e o licenciamento ambiental de empreendimentos estratégicos de geração hidráulica de energia incluídos no PPA.

18 OBRIGADO! Shelley Carneiro Gerente Executivo de Meio Mi Ambiente e Sustentabilidade t d

LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais ROTEIRO 1. Problemática sobre o Licenciamento 2. Tendências sobre o licenciamento 3. Seguros ambientais: legislação 4. Conclusões

Leia mais

Audiência Pública - CME

Audiência Pública - CME Audiência Pública - CME Dificuldades dos Órgãos Ambientais na Emissão de Licenças e seus Impactos nos Empreendimentos dos Setores Elétrico e Mineral do País Câmara dos Deputados Comissão de Minas e Energia

Leia mais

Licenciamento Ambiental de Grandes Empreendimentos, Povos Indígenas, Comunidades Tradicionais e Quilombolas

Licenciamento Ambiental de Grandes Empreendimentos, Povos Indígenas, Comunidades Tradicionais e Quilombolas Licenciamento Ambiental de Grandes Empreendimentos, Povos Indígenas, Comunidades Tradicionais e Quilombolas DIRETRIZES PARA POLI TICAS PU BLICAS E PRA TICAS EMPRESARIAIS PARA INSTALAC A O E OPERAC A O

Leia mais

Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários. Victor Bassetti Martinho 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários. Victor Bassetti Martinho 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários Victor Bassetti Martinho 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP Curriculum vitae 2 Victor Bassetti Martinho Engenheiro Ambiental graduado

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PL 3729/ /agosto/2016

DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PL 3729/ /agosto/2016 LICENCIAMENTO AMBIENTAL PL 3729/2004 26/agosto/2016 1. Projeto de Lei nº 3729/2004 Deputado Luciano Zica PT/SP e outros 2. Ementa: Dispõe sobre o licenciamento ambiental, regulamenta o inciso IV do 1º

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL FUNDAMENTAÇÃO LEGAL:

LICENCIAMENTO AMBIENTAL FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: LICENCIAMENTO AMBIENTAL FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei 6938/81 (PNMA), art. 9º, inc. IV Dec. 99.274/90, art. 7, inc. I Resolução CONAMA 001/86 e 237/97 e 006/86 CF/88 art. 225 (proteção e prevenção) Art. 2º

Leia mais

Legislação Ambiental Aplicada a Parques Eólicos. Geógrafa - Mariana Torres C. de Mello

Legislação Ambiental Aplicada a Parques Eólicos. Geógrafa - Mariana Torres C. de Mello Legislação Ambiental Aplicada a Parques Eólicos Geógrafa - Mariana Torres C. de Mello mariana@ctgas.com.br CAPÍTULO 4 e Estudo de Impacto Ambiental Mariana Torres C. de Mello - mariana@ctgas.com.br : O

Leia mais

Art. 3º A Fundação Estadual de Meio Ambiente-Pantanal, expedirá as seguintes Licenças Ambientais:

Art. 3º A Fundação Estadual de Meio Ambiente-Pantanal, expedirá as seguintes Licenças Ambientais: Publicada no Diário Oficial nº 5.546, de 10 de julho de 2001. LEI Nº 2.257, DE 9 DE JULHO DE 2001. Dispõe sobre as diretrizes do licenciamento ambiental estadual, estabelece os prazos para a emissão de

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul

Estado do Rio Grande do Sul LEI MUNICIPAL N 2013 Disciplina os procedimentos necessários para emissão de Licenças Ambientais e os valores referentes às Taxas de Licenciamento e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE, no

Leia mais

JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais,

JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, DECRETO Nº 55.149, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 Dá nova redação a dispositivos do Decreto nº 47.400, de 4 de dezembro de 2002, que regulamenta disposições da Lei nº 9.509, de 20 de março de 1997, referentes

Leia mais

SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS. Ricardo Carneiro

SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS. Ricardo Carneiro SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS Ricardo Carneiro APROVEITAMENTO DOS RECURSOS MINERAIS E DOS POTENCIAIS HIDRÁULICOS APROVEITAMENTO DOS RECURSOS MINERAIS E DOS POTENCIAIS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO CAMPUS CUIABÁ-BELA VISTA DEPARTAMENTO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO CAMPUS CUIABÁ-BELA VISTA DEPARTAMENTO DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO CAMPUS CUIABÁ-BELA VISTA DEPARTAMENTO DE ENSINO PLANO DE ENSINO SEMESTRE LETIVO 2013/1 CURSO Superior de Tecnologia

Leia mais

Licenciamento ambiental: Distribuição de competências e responsabilidades

Licenciamento ambiental: Distribuição de competências e responsabilidades Licenciamento ambiental: Distribuição de competências e responsabilidades II Seminário Setorial Legislação Ambiental para o Setor Elétrico Édis Milaré 29.08.2011 milare@milare.adv.br www.milare.adv.br

Leia mais

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO AMBIENTAL PROF.ª ERIKA BECHARA

XXII EXAME DE ORDEM DIREITO AMBIENTAL PROF.ª ERIKA BECHARA XXII EXAME DE ORDEM DIREITO AMBIENTAL PROF.ª ERIKA BECHARA Meio ambiente na CF/88 A Constituição Federal reconhece e declara: O meio ambiente ecologicamente equilibrado é essencial à sadia qualidade de

Leia mais

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF DECRETO Nº 36.992, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015 Estabelece a nova tabela de preços cobrados pelos serviços solicitados ao Instituto do Meio

Leia mais

DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE (publicado no dia 02/07/2009)

DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE (publicado no dia 02/07/2009) DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE 2009. (publicado no dia 02/07/2009) Estabelece diretrizes para revisão das normas regulamentares do Conselho Estadual de Política Ambiental COPAM especialmente

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 A PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA, nomeada por Decreto de 5 de maio de 2015, publicado

Leia mais

A Gestão Ambiental no Setor Ferroviário Brasileiro: Sustentabilidade, Licenciamento Ambiental Federal

A Gestão Ambiental no Setor Ferroviário Brasileiro: Sustentabilidade, Licenciamento Ambiental Federal Ministério do Meio Ambiente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Diretoria de Licenciamento Ambiental - DILIC A Gestão Ambiental no Setor Ferroviário Brasileiro: Sustentabilidade,

Leia mais

Decisão de Diretoria CETESB nº 153 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014

Decisão de Diretoria CETESB nº 153 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014 Decisão de Diretoria CETESB nº 153 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014 Dispõe sobre os Procedimentos para o Licenciamento Ambiental com Avaliação de Impacto Ambiental

Leia mais

Lei Complementar n 140/11. Competências: Licenciamento e Fiscalização

Lei Complementar n 140/11. Competências: Licenciamento e Fiscalização Lei Complementar n 140/11 Competências: Licenciamento e Fiscalização Características Iniciais Fixou normas, nos termos dos incisos III, VI e VI do caput e do parágrafo único do artigo 23 da CF. Cooperação

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA. Renato das Chagas e Silva Engenheiro Químico Divisão de Controle da Poluição Industrial FEPAM

GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA. Renato das Chagas e Silva Engenheiro Químico Divisão de Controle da Poluição Industrial FEPAM GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA Renato das Chagas e Silva Engenheiro Químico Divisão de Controle da Poluição Industrial FEPAM LEI FEDERAL 6938/81 DECRETO FEDERAL 99274/90 BASE PARA GESTÃO AMBIENTAL obrigatoriedade

Leia mais

Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016.

Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016. Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016. Esta Instrução Normativa estabelece os procedimentos para o licenciamento e a regularização ambiental de Instalações Radiativas a serem realizados

Leia mais

Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo. O ordenamento do processo de AIA

Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo. O ordenamento do processo de AIA Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo FOGLIATTI, Maria Cristina. Avaliação de impactos ambientais. Rio de Janeiro: Editora Interciência Ltda, 2004. SANCHEZ, Luis Henrique.

Leia mais

O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL

O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL NLA-SP Núcleo de Licenciamento Ambiental da Superintendência do Ibama em São Paulo ESTRUTURA DO IBAMA ESTRUTURA REGIMENTAL DECRETO Nº 6.099,

Leia mais

Infraestrutura e Meio Ambiente no Brasil

Infraestrutura e Meio Ambiente no Brasil Infraestrutura e Meio Ambiente no Brasil Ronaldo Seroa da Motta (Professor da UERJ) Isaque Regis Ouverney (Mestrando da UERJ) Seminário: Gargalos e Soluções na Infraestrutura Brasileira FGV/IBRE, Rio de

Leia mais

Aspectos Jurídicos do Licenciamento Ambiental

Aspectos Jurídicos do Licenciamento Ambiental ABINEETEC 2007 26 de abril Palácio das Convenções do Anhembi Aspectos Jurídicos do Licenciamento Ambiental Antonio Fernando Pinheiro Pedro Pinheiro Pedro Advogados Direito ao Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

CONGRESSO ECOGERMA Acordo de Paris. Gestão da água e oportunidades OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA O SETOR

CONGRESSO ECOGERMA Acordo de Paris. Gestão da água e oportunidades OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA O SETOR CONGRESSO ECOGERMA 2016 Acordo de Paris Gestão da água e oportunidades OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA O SETOR FIESP, Câmara de Comércio e Indústria Brasil Alemanha, Lanxess São Paulo, 19.10.2016 - 80

Leia mais

Regulatory Compliance What is required to be done?

Regulatory Compliance What is required to be done? Regulatory Compliance What is required to be done? Setembro de 2016 Regulatory Compliance What is required to be done? According to the Environment Agency Setembro de 2016 Sumário 1. Papel da União 2.

Leia mais

PROCEDIMENTOS CO-PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS NO ESTADO DO PARANÁ. São Paulo, 04 de novembro de 2004

PROCEDIMENTOS CO-PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS NO ESTADO DO PARANÁ. São Paulo, 04 de novembro de 2004 PROCEDIMENTOS CO-PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS NO ESTADO DO PARANÁ São Paulo, 04 de novembro de 2004 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Resolução CONAMA Nº 264/99, dispõe sobre o co-processamento de resíduos sólidos; Resolução

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO

SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO Audiência Pública em 14/6/16 Na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados Adão Francisco de Oliveira Secretário de Estado da Educação do Tocantins

Leia mais

S UMÁRIO. Capítulo 1 Meio Ambiente Doutrina e Legislação...1. Questões...6 Gabaritos comentados...8

S UMÁRIO. Capítulo 1 Meio Ambiente Doutrina e Legislação...1. Questões...6 Gabaritos comentados...8 S UMÁRIO Capítulo 1 Meio Ambiente...1 1. Doutrina e Legislação...1 1.1. Conceito de meio ambiente... 1 1.2. Classi icação didática do meio ambiente... 3 1.3. O meio ambiente no art. 225 da CF/88... 4 Questões...6

Leia mais

Discutir os problemas relacionados ao licenciamento ambiental de empreendimentos;

Discutir os problemas relacionados ao licenciamento ambiental de empreendimentos; Brasília, 12 de abril de 2011 OBJETIVOS Discutir os problemas relacionados ao licenciamento ambiental de empreendimentos; Avaliar o cumprimento dos prazos de emissão de licenças de empreendimentos de energia;

Leia mais

(do Sr. Alceu Moreira) O Congresso Nacional decreta: Capítulo I. Das Disposições Preliminares

(do Sr. Alceu Moreira) O Congresso Nacional decreta: Capítulo I. Das Disposições Preliminares PROJETO DE LEI N O, DE 2014 (do Sr. Alceu Moreira) Dispõe sobre o licenciamento ambiental, regulamenta o inciso IV do 1º do art. 225 da Constituição Federal, e dá outras providências. O Congresso Nacional

Leia mais

Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE. O Papel da ANEEL. 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE. Eduardo Ellery Diretor

Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE. O Papel da ANEEL. 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE. Eduardo Ellery Diretor Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE O Papel da ANEEL 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE Eduardo Ellery Diretor Sumário O Papel da ANEEL I. Competências II. Características III. Relacionamento e participação

Leia mais

Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira

Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira São Paulo, 1 de agosto de 2016 ROTEIRO Instituições e Atribuições do Estado Quem faz o que? Constituição Federal Competências

Leia mais

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES 1. Direitos de terceira geração 1.1 Introdução 1.2 Direitos difusos 1.3 Direitos coletivos stricto sensu 1.4 Direitos individuais homogêneos 2. Meio ambiente: definição e

Leia mais

Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Brasil: Uma Contribuição para o Debate

Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Brasil: Uma Contribuição para o Debate Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Brasil: Uma Contribuição para o Debate XIV Reunião da ARIAE Salvador, BA Abril 2010 Garo Batmanian Banco Mundial Objetivos Contribuir para o

Leia mais

ANÁLISE INTERDISCIPLINAR DOS PROCESSOS DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS

ANÁLISE INTERDISCIPLINAR DOS PROCESSOS DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE ANÁLISE INTERDISCIPLINAR DOS PROCESSOS DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS SANTOS, Sara Vasconcelos dos PRATES,

Leia mais

Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil

Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil Introdução ao Brazil ~ 205 milhões de habitantes 5.565 municípios Área: 8.502.728,27 Km² ~15% da Água Potável do Planeta A maior biodiversidade

Leia mais

Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento B

Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento B CNM Meio Ambiente 2012 Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento Básico. 3. Política de Resíduos

Leia mais

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS FÓRUM POPULAR DO ORÇAMENTO DO RIO DE JANEIRO LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS François E. J. de Bremaeker Consultor da Associação Transparência Municipal Gestor

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DA LEI DE SEGURANÇA DE BARRAGENS

REGULAMENTAÇÃO DA LEI DE SEGURANÇA DE BARRAGENS REGULAMENTAÇÃO DA LEI DE SEGURANÇA DE BARRAGENS Carlos Motta Nunes XXVIII SNGB Rio de janeiro, outubro de 2011 QUEM É ESSA ANA? AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS ANA BRASÍLIA -DF A AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS -

Leia mais

RESOLUÇÃO CONAMA Nº 237 DE 19 DE DEZEMBRO DE 1997

RESOLUÇÃO CONAMA Nº 237 DE 19 DE DEZEMBRO DE 1997 RESOLUÇÃO CONAMA Nº 237 DE 19 DE DEZEMBRO DE 1997 Revisa procedimentos e critérios utilizados no licenciamento ambiental, de forma a incorporar ao sistema de licenciamento os instrumentos de gestão ambiental

Leia mais

Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG

Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG Seminário Mineração, Energia, Petróleo e Gás Belo Horizonte 10.04.2013

Leia mais

LEI Nº 760 DE 18 DE ABRIL DE 2011

LEI Nº 760 DE 18 DE ABRIL DE 2011 LEI Nº 760 DE 18 DE ABRIL DE 2011 Dispõe sobre o Fundo Municipal de Meio Ambiente do Município de Paranatinga. CAPÍTULO I Do Fundo Municipal de Meio Ambiente Art. 1º Fica instituído o Fundo Municipal de

Leia mais

POLÍTICA DE REGULAÇÃO DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Regulação das Empresas Eletrobras

POLÍTICA DE REGULAÇÃO DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Regulação das Empresas Eletrobras Política de Regulação das Empresas Eletrobras Versão 1.0 08/12/2014 1 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Conceitos... 3 3. Princípios... 3 4. Diretrizes... 4 5. Responsabilidades... 5 6. Disposições Gerais...

Leia mais

FINANCIAMENTO FEDERAL

FINANCIAMENTO FEDERAL FINANCIAMENTO FEDERAL SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE O art. 198 da CF preconiza que as ações e serviços públicos de saúde - asps integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único organizado

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2007 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA FEPAM

RESOLUÇÃO Nº 02/2007 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA FEPAM 1 RESOLUÇÃO Nº 02/2007 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA FEPAM Dispõe sobre a padronização dos procedimentos para licenciamento e cobrança do ressarcimento dos custos das licenças ambientais. Ad Referendum

Leia mais

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS XXV CONGRESSO BRASILERIO DE SERVIDORES DE CÂMARAS MUNICIPAIS V ENCONTRO NACIONAL DE VEREADORES Aracajú julho de 2010 LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS François E.

Leia mais

Encontro da Frente Parlamentar em Defesa da Infra- estrutura Nacional

Encontro da Frente Parlamentar em Defesa da Infra- estrutura Nacional Encontro da Frente Parlamentar em Defesa da Infra- estrutura Nacional Agenda Legislativa do Setor Elétrico Painel Meio Ambiente Silvia M Calou Diretora Executiva ABCE fundada há 72 anos 64 associadas Cachoeira

Leia mais

Marcos Recentes o Lei Complementar 140/11 o Leis Florestais o Federal: /12 o Estadual: /13

Marcos Recentes o Lei Complementar 140/11 o Leis Florestais o Federal: /12 o Estadual: /13 Perspectivas para o licenciamento ambiental no Estado de Minas Gerais Germano Vieira Assessor SEMAD Subsecretaria de Gestão e Regularização Ambiental Integrada SEMAD Introdução Dinâmica da legislação ambiental

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16.

LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16. LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16. Este ato esteve fixado no painel de publicação no período de 31/05/2016 a 30/06/2016. Graziele Natividade Mat. 610 Responsável. Autoriza a contratação temporária de excepcional

Leia mais

Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental. Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo

Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental. Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo Curso de Formação em Licenciamento e Fiscalização Ambiental Marconi Vieira da Silva Engenheiro Ambiental Hybsen Silva Pinheiro Engenheiro Agrônomo LICENCIAMENTO AMBIENTAL Licenciamento Ambiental Procedimento

Leia mais

EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. - EPL. JULIANA KARINA PEREIRA SILVA Gerente de Meio Ambiente

EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. - EPL. JULIANA KARINA PEREIRA SILVA Gerente de Meio Ambiente EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. - EPL JULIANA KARINA PEREIRA SILVA Gerente de Meio Ambiente 26 de maio de 2017 EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA S.A. - EPL EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGÍSTICA

Leia mais

Licenciamento Ambiental Federal - Setor de Energia -

Licenciamento Ambiental Federal - Setor de Energia - MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Diretoria de Licenciamento Ambiental DILIC Licenciamento Ambiental Federal - Setor de Energia - 76ª

Leia mais

Resolução SMA nº 49 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014

Resolução SMA nº 49 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014 Resolução SMA nº 49 DE 28/05/2014 Norma Estadual - São Paulo Publicado no DOE em 29 mai 2014 Dispõe sobre os procedimentos para licenciamento ambiental com avaliação de impacto ambiental, no âmbito da

Leia mais

Federação desigual. Assimetrias regionais. Região PIB População Território Região Sudeste 55,41% 42% 10,60% Região Norte 5,40% 8% 45,20%

Federação desigual. Assimetrias regionais. Região PIB População Território Região Sudeste 55,41% 42% 10,60% Região Norte 5,40% 8% 45,20% Federação desigual Assimetrias regionais Região PIB População Território Região Sudeste 55,41% 42% 10,60% Região Norte 5,40% 8% 45,20% Região Centro-oeste 9,57% 7% 18,90% Região Nordeste 13,40% 28% 18,20%

Leia mais

Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Fundação Estadual de Proteção Ambiental. Sistema Online de Licenciamento (SOL)

Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Fundação Estadual de Proteção Ambiental. Sistema Online de Licenciamento (SOL) Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Fundação Estadual de Proteção Ambiental Sistema Online de Licenciamento (SOL) CRONOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO SOL Sistema Online de Licenciamento (SOL)

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LICENCIAMENTO AMBIENTAL (Legislação, Órgãos Fiscalizadores e Resoluções CONAMA) Profª. Nayra Yumi Tsutsumoto ÓRGÃOS FISCALIZADORES A Lei N.º 6938/1981, com base nos incisos VI e VII do Art. 23 e no Art.

Leia mais

Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015

Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015 Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015 Define a tipologia das atividades que causam ou possam causar impacto ambiental de âmbito local, nos termos

Leia mais

Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo

Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo Paula Lavratti Escola Superior de Direito Municipal Porto Alegre, 11 de abril de 2012. Objetivos da LC 140 e a fiscalização

Leia mais

Papel do Município no Licenciamento Ambiental

Papel do Município no Licenciamento Ambiental Papel do Município no Licenciamento Ambiental Vivian do Carmo Bellezzia Advogada Mestranda em Direito Ambiental pela ESDHC Especialista em Direito Público pela PUC-MINAS Especialista em Filosofia pela

Leia mais

PREVENÇÃO. You created this PDF from an application that is not licensed to print to novapdf printer (http://www.novapdf.com)

PREVENÇÃO. You created this PDF from an application that is not licensed to print to novapdf printer (http://www.novapdf.com) PREVENÇÃO I CONTEXTO II A PRÁTICA III DESAFIOS I CONTEXTO I CONTEXTO 1. LEI Nº 9.433/1997 - Política Nacional de Recursos Hídricos - PNR Art. 1º Fundamentos... Bacia hidrográfica unidade territorial para

Leia mais

O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde

O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde O SUS LEGAL A partir das leis que ainda não foram cumpridas e que determinam a estrutura e funcionamento do SUS: Propostas do ministério da saúde Brasília, 25/01/2017 Lei 141 Art. 30. Os planos plurianuais,

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEMA N.º 001/2006

RESOLUÇÃO CONSEMA N.º 001/2006 RESOLUÇÃO CONSEMA N.º 001/2006 Aprova a Listagem das Atividades Consideradas Potencialmente Causadoras de Degradação Ambiental passíveis de licenciamento ambiental pela Fundação do Meio Ambiente FATMA

Leia mais

Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Secretário Gabinete COPAM e CERH Assessoria Jurídica Auditoria Setorial Assessoria de Comunicação Social Assessoria de

Leia mais

Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 3ª Região Fiscal. Divisão de Interação com o Cidadão DIVIC/RF03.

Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 3ª Região Fiscal. Divisão de Interação com o Cidadão DIVIC/RF03. Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 3ª Região Fiscal Divisão de Interação com o Cidadão DIVIC/RF03 REDESIMPLES: Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ Secretaria Municipal de Obras Diretoria de Obras Particulares LOTE Área menor ou igual a 12.000m 2 Área maior que 12.000m 2 onerada com a destinação de área livre de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA CRONOGRAMA DE CURSOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA - 2013 CUSTO LOCAL INSCRIÇÕES INFORMAÇÕES Gratuitos.

Leia mais

Ordenamento jurídico ambiental e o Estado indutor de políticas públicas. Patrícia Iglecias

Ordenamento jurídico ambiental e o Estado indutor de políticas públicas. Patrícia Iglecias Ordenamento jurídico ambiental e o Estado indutor de políticas públicas Patrícia Iglecias Contexto histórico Meio técnico, científico e informacional: ciência aliada à tecnologia e à informação na base

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

GESTÃO AMBIENTAL DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS GESTÃO AMBIENTAL DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS FAPESB - 31 de outubro de 2011 Foto: Nilton Souza Artigo 225 CF-1988: Foto: Nilton Souza

Leia mais

DECRETO Nº , DE 4 DE SETEMBRO DE 2013.

DECRETO Nº , DE 4 DE SETEMBRO DE 2013. DECRETO Nº 18.395, DE 4 DE SETEMBRO DE 2013. Cria a Câmara Municipal de Compensação Ambiental, em conformidade com a Lei Complementar nº 679, de 26 de agosto de 2011 que institui o Sistema Municipal de

Leia mais

Prefeitura Municipal de IBIRUBÁ-RS. DEPARTAMENTO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE Gestão Ambiental Municipal

Prefeitura Municipal de IBIRUBÁ-RS. DEPARTAMENTO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE Gestão Ambiental Municipal ^ Prefeitura Municipal de IBIRUBÁ-RS DEPARTAMENTO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE Gestão Ambiental Municipal IBIRUBÁ Noroeste do RS - Região do Alto Jacuí População: 18.690 (Censo 2007) Área Territorial: 611,81

Leia mais

Fundos Municipais de Saúde e a Lei Complementar Considerações. Curitiba, 03 de abril de 2013.

Fundos Municipais de Saúde e a Lei Complementar Considerações. Curitiba, 03 de abril de 2013. Fundos Municipais de Saúde e a Lei Complementar 141 - Considerações Curitiba, 03 de abril de 2013. Fundos Especiais Base legal: Arts. 71 a 74 Lei 4.320/64 Art. 71: Constitui fundo especial o produto de

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DOS REQUISITOS LEGAIS SOBRE AUDITORIA AMBIENTAL COMPULSÓRIA NOS ESTADOS DA REGIÃO SUL DO BRASIL

ANÁLISE COMPARATIVA DOS REQUISITOS LEGAIS SOBRE AUDITORIA AMBIENTAL COMPULSÓRIA NOS ESTADOS DA REGIÃO SUL DO BRASIL ANÁLISE COMPARATIVA DOS REQUISITOS LEGAIS SOBRE AUDITORIA AMBIENTAL COMPULSÓRIA NOS ESTADOS DA REGIÃO SUL DO BRASIL Sabrina R. Sousa 1, Cibeli Zanatta 2, Roni M. Severis 2 1 IFRS Campus Sertão 2 Universidade

Leia mais

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI Nº 3.729/2004

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI Nº 3.729/2004 COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI Nº 3.729/2004 (Apensos: Projetos de Lei nº s 3.957/2004, 5.435/2005, 5.576/2005, 1.147/2007, 2.029/2007, 358/2011, 1.700/2011, 2.941/2011, 5.716/2013, 5.918/2013,

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA)

Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) 1. CONTEÚDO E INTRODUÇÃO O estabelecimento da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) visa a melhoria da Governança Corporativa e considera,

Leia mais

Gestão de dados de monitoramento para melhor controle ambiental em empreendimentos

Gestão de dados de monitoramento para melhor controle ambiental em empreendimentos Engenheiro Fabio Callia, Coordenador do Nucleo de Licenciamento do IBAMA/SP em 27 de abril de 2017 Gestão de dados de monitoramento para melhor controle ambiental em empreendimentos Os problemas enfrentados

Leia mais

S E N A D O F E D E R A L Gabinete do Senador RONALDO CAIADO PARECER Nº, DE RELATOR: Senador RONALDO CAIADO

S E N A D O F E D E R A L Gabinete do Senador RONALDO CAIADO PARECER Nº, DE RELATOR: Senador RONALDO CAIADO PARECER Nº, DE 2017 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS (CAE), sobre o Projeto de Lei do Senado nº 308, de 2015, de autoria da Senadora Marta Suplicy, que altera a Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998 (Lei

Leia mais

Possibilidade de ocorrência de perdas decorrentes de danos socioambientais.

Possibilidade de ocorrência de perdas decorrentes de danos socioambientais. 1. Conteúdo e Introdução O estabelecimento da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) visa a melhoria da Governança Corporativa e considera, de forma integrada, as dimensões econômica, social

Leia mais

CONSÓRCIOS PÚBLICOS PARA A GESTÃO URBANA. Brasília, 25 de outubro de 2011

CONSÓRCIOS PÚBLICOS PARA A GESTÃO URBANA. Brasília, 25 de outubro de 2011 CONSÓRCIOS PÚBLICOS PARA A GESTÃO URBANA Brasília, 25 de outubro de 2011 CONSÓRCIOS PÚBLICOS PARA A GESTÃO URBANA 1) Conceitos fundamentais 2) Desafios 3) Histórico 4) Consórcios Públicos Federação trina

Leia mais

Painel. Nova Lei de Finanças Públicas: Análise, Sugestões e Propostas. Painelista: Claudiano Manoel de Albuquerque Secretário-Adjunto SOF/MP

Painel. Nova Lei de Finanças Públicas: Análise, Sugestões e Propostas. Painelista: Claudiano Manoel de Albuquerque Secretário-Adjunto SOF/MP Painel Nova Lei de Finanças Públicas: Análise, Sugestões e Propostas Painelista: Claudiano Manoel de Albuquerque Secretário-Adjunto SOF/MP Justificativa para uma Nova Lei de Finanças O que mudou desde

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 110, DE 2010 Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, com auxílio do Tribunal de Contas da União, promova fiscalização e auditoria nos contratos

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA SAÚDE PÚBLICA SUS LEI N /90 AULA 03

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA SAÚDE PÚBLICA SUS LEI N /90 AULA 03 SAÚDE PÚBLICA SUS LEI N. 8.080/90 AULA 03 LEI ORGÂNICA DA SAÚDE 8.080/90 8.142/90 Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços

Leia mais

Professor Drº Remi Castione Representante do PROIFES no FNE

Professor Drº Remi Castione Representante do PROIFES no FNE COMISSÃO DE EDUCAÇÃO 55ª Legislatura - 2ª Sessão Legislativa Ordinária PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA AUDIÊNCIA PÚBLICA DIA 14/06/2016 LOCAL: Anexo II, Plenário 10 Tema : Discussão do "Sistema Nacional de

Leia mais

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE)

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE) Identidade Organizacional - Acesso à informação - IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos R O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia

Leia mais

GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS MUNICÍPIOS Seminário Nacional Porto Alegre Março de 2008

GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS MUNICÍPIOS Seminário Nacional Porto Alegre Março de 2008 GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS MUNICÍPIOS Seminário Nacional Porto Alegre Março de 2008 SISNAMA A REGULAMENTAÇÃO DO ART. 23 DA CF E O NOVO PAPEL DO MUNICÍPIO NO SISNAMA Sílvia Cappelli, Procuradora de Justiça-RS

Leia mais

SEAMA SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL NO ESPÍRITO SANTO SEAG SEAMA CONSEMA CONREMAS IDAF IEMA CONRH PREFEITURAS MUNICIPAIS Secretarias Municipais d

SEAMA SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL NO ESPÍRITO SANTO SEAG SEAMA CONSEMA CONREMAS IDAF IEMA CONRH PREFEITURAS MUNICIPAIS Secretarias Municipais d SEAMA LICENCIAMENTO AMBIENTAL NO ES DESAFIOS PARA A SUSTENTABILIDADE PAULO CESAR HARTUNG GOMES GOVERNADOR DO ESTADO Biol. MARIA DA GLÓRIA BRITO ABAURRE SECRETÁRIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS

Leia mais

Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009.

Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009. Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009 http://www.portaldatransparencia.gov.br/ Agenda Transparência Pública Objetivos Legislação Portal da Transparência do Governo Federal O que é Atendimento

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS PROCOMPI : (Programa de Apoio a Competitividade das Micro e pequenas Indústrias) Cerâmica Sustentável é mais vida LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Moisés Vieira Fernandes Eng. Agrônomo

Leia mais

Barragens de Rejeitos de Mineração: Cenário Atual e Proposições

Barragens de Rejeitos de Mineração: Cenário Atual e Proposições Barragens de Rejeitos de Mineração: Cenário Atual e Proposições A Mineração A mineração é a atividade destinada a pesquisar, descobrir, extrair e transformar os recursos minerais em benefícios econômicos

Leia mais

URBANISMO E MEIO AMBIENTE: REFLEXOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO: EIA E EIV

URBANISMO E MEIO AMBIENTE: REFLEXOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO: EIA E EIV URBANISMO E MEIO AMBIENTE: REFLEXOS SOBRE O PLANO DIRETOR INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO: EIA E EIV Vanêsca Buzelato Prestes, procuradora do Município de Porto Alegre mestre em Direito PUC/RS, especialista

Leia mais

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Nota Técnica CGPEG/DILI/IBAMA nº 01/2010. Diretrizes para a elaboração, execução e divulgação dos programas de educação ambiental desenvolvidos regionalmente, nos processos

Leia mais

Prazo para Cumprimento das Obrigações Legais Ambientais 2011

Prazo para Cumprimento das Obrigações Legais Ambientais 2011 Prazo para Cumprimento das Obrigações Legais Ambientais 2011 Para estar em dia com as obrigações legais ambientais, o empreendedor deve realizar suas atividades nos termos em que su a Licença Ambiental

Leia mais

SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Instrução de Serviço n 001/2016 de 12 de maio de 2016 EMENTA: Estabelece as diretrizes para definição do cálculo do valor da Compensação Ambiental dos empreendimentos

Leia mais

Os compromissos do Gestor Municipal de Saúde à luz da Lei Orçamentária Anual; o Plano Municipal de Saúde e Relatório Anual de Saúde

Os compromissos do Gestor Municipal de Saúde à luz da Lei Orçamentária Anual; o Plano Municipal de Saúde e Relatório Anual de Saúde Os compromissos do Gestor Municipal de Saúde à luz da Lei Orçamentária Anual; o Plano Municipal de Saúde e Relatório Anual de Saúde São Paulo, 13 de abril de 2016 No momento em que se aproxima o fim da

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM

AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM MP n. 791 de 25/07/2017 14 de Setembro 2017 Cronologia DNPM / ANM 1934 - Criação do Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM) (Decreto 23.9790); 1960 criação do

Leia mais

Novo modelo de licenciamento. Obras da Construção Civil no Município de Balneário Camboriú SC

Novo modelo de licenciamento. Obras da Construção Civil no Município de Balneário Camboriú SC Novo modelo de licenciamento Obras da Construção Civil no Município de Balneário Camboriú SC Origem Teve seu início antes das eleições municipais de 2016 Compromisso do plano de governo da gestão atual

Leia mais

Transparência Pública. Realizações Projetos e Perspectivas

Transparência Pública. Realizações Projetos e Perspectivas Transparência Pública Realizações Projetos e Perspectivas Marcos da Transparência no Brasil Acesso à informação como direito fundamental LRF Portal da Transparência Páginas de Transparência 2009 LAI remuneração

Leia mais

Licenciamento Ambiental

Licenciamento Ambiental Licenciamento Ambiental - Lilian Ferreira dos Santos - Superintendente de Infra-Estrutura, Mineração, Indústria e Serviços Junho de 2010 O Estado de Mato Grosso Aproximadamente 20000 Empreendimentos cadastrados

Leia mais