ÍNDICE. Índice Apresentação. Mapa de Localização. Certificado de Conformidade PROJECTO E ENGENHARIA-GRANDES OBRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. Índice Apresentação. Mapa de Localização. Certificado de Conformidade PROJECTO E ENGENHARIA-GRANDES OBRAS"

Transcrição

1

2

3 ÍNDICE Certificado de Conformidade Índice Apresentação PROJECTO E ENGENHARIA-GRANDES OBRAS FILTRAÇÃO DESFERRIZAÇÃO REMOÇÃO DE ARSÉNIO DESCALCIFICAÇÃO DESNITRIFICAÇÃO FILTRAÇÃO MULTIMÉDIA E EM CARVÃO ACTIVADO PRODUÇÃO DE AGUA PURA OSMOSE INVERSA PERMUTA IONICA CONTROLO E DESINFECÇÃO ÁGUAS RESIDUAIS ETAR S INDÚSTRIAIS ETAR S DOMÉSTICAS / SEPARADORES DE GORDURAS / HIDROCARBONETOS DEPÓSITO DE ÁGUAS RECUPERAÇÃODE ÁGUA DA CHUVA GESTÃO DE ÁGUAS INDUSTRIAIS TORRES DE ARREFECIMENTO CALDEIRAS CIRCUITO FECHADO SISTEMAS DOMÉSTICOS DIVERSOS (Produtos Químicos; Test Kits e Serviços de Análise) Mapa de Localização

4 Especialistas em Tratamento de Água Fundada em 1995 e actualmente sediada na Póvoa de Varzim, a é uma empresa especializada no ramo do Tratamento de Águas (potável, industrial e de processo) e Efluentes Industriais. Contando actualmente com 18 colaboradores a full-time e 3 a part-time, actuamos em todo o território nacional quer ao nível de Câmaras Municipais, Indústrias e particulares. Ano após ano, a tem tido um crescimento considerável das suas actividades, fruto de uma aposta persistente no uso das mais modernas técnicas/equipamentos disponíveis no mercado bem como na contínua formação do seu quadro técnico. Procuramos, desde a nossa fundação, parcerias estratégicas com grandes empresas estrangeiras do sector do tratamento de águas e orgulhamo-nos de ser, actualmente, o maior distribuidor/parceiro nacional da GE WATER / OSMONICS (Produtos Autotrol/ Aquamatic, etc.) uma das maiores empresas a nível mundial no ramo do Tratamento de Águas, com sede nos EUA., LDA - Parque Industrial de Laúndos, Lote A LAÚNDOS (Póvoa de Varzim) Tel Fax: MEMBER

5 Projecto e Engenharia Grandes Obras RAR REFINARIAS DE AÇÚCAR REUNIDAS, S.A. Refinaria de Açúcar Porto Produção de Água Ultra Pura via Permuta Ioníca (Dúplex) Vista geral de todo o sistema instalado Vista geral do sistema de desmineralização Desgasificador Quadro eléctrico de toda a instalação Projecto e execução de estação automática de desmineralização de água de caldeiras, totalmente controlada à distância (PC) via protocolo TCP/IP Tanque de neutralização de 50 m 3 incluído no projecto Caudal de trabalho: 40 m 3 /h (sistema dúplex)

6 Projecto e Engenharia Grandes Obras CONDOMINIO DAS MANGUEIRINHAS Área habitacional Luanda - Angola Tratamento de Água por Osmose Inversa para Consumo Humano Vista geral da Osmose antes de ser expedida para Angola Painel de Controle e Comando Vista do Quadro Eléctrico Vista lateral do Equipamento instalado em Angola Central de Tratamento para abastecimento de água para consumo humano para zona habitacional. Baseada em Osmose Inversa (21 membranas 4040), projectada e assemblada pela Aquaquímica nas nossas instalações. Pré-tratamento constituído por micro-filtração, desferrização e descalcificação. Caudal de água tratada: L/h

7 Projecto e Engenharia Grandes Obras GOVERNO DE ANGOLA Kuimba Província do Zaire - Angola Filtração Multimédia e Desinfecção Vista geral do kit Frente de Válvulas Controladores Sistema de Pressurização Pormenor do Quadro Eléctrico Kit de tratamento para abastecimento de água potável da povoação de Kuimba, com montagem prévia nos nossos armazéns e remontagem no local da instalação. Princípio de funcionamento: - Captação de água em 2 cacimbas, a trabalhar em alternado - Pré-oxidação com Hipoclorito - Doseamento de Floculante - Filtração Multimédia em dois passos - Pós-desinfecção com Hipoclorito - Distribuição para ponto de consumo, que serve as 15 mil pessoas da povoação Caudal: 10 m 3 /hora

8 Projecto e Engenharia Grandes Obras (cont.) Estação de Tratamento de Água kit já instalado e em funcionamento Pormenor das tubagens Comparação da água à saída e à entrada

9 Projecto e Engenharia Grandes Obras (cont.) Captação de água numa das cacimbas Único ponto de consumo de toda a aldeia Povoação de Kuimba

10 Projecto e Engenharia Grandes Obras HIKMA FARMACÊUTICA Indústria Farmacêutica Sintra Osmose Inversa Industrial Dois equipamentos em paralelo Vista frontal de uma das Osmoses nas instalações do cliente (antes da montagem) Detalhe do Painel de Comando Equipamentos já montados Reservatórios de água tratada e Filtro de Areia Quadro eléctrico Instalação de dois equipamentos de Osmose Inversa, em paralelo, para obtenção de água de processo, necessária para a produção de injectáveis Caudal: 3,2m 3 /h x 2

11 Projecto e Engenharia Grandes Obras SAPA PORTUGAL, S.A. GRUPO ANODIL Extrusão e Distribuição de Alumínio Cacém Produção de Água Ultra Pura via Desmineralização (Dúplex) Vista geral dos filtros (parte frontal e posterior) Frente de Válvulas Pormenor do sistema instalado Filtro Dual Multimédia e Carvão Activado (Pré-Tratamento) Tanques de Regenerantes Produção de água ultra pura para acabamentos de alumínio através de desmineralização dúplex Caudal de trabalho: 12 m 3 /h

12 Projecto e Engenharia Grandes Obras PAULO OLIVEIRA, S.A. Indústria de Lanifícios Covilhã Filtração Multimédia Vista geral da instalação Vista posterior Pormenor da Central de Bombagem Quadro eléctrico com consola de operação para comando local/remoto via TCP/IP Três filtros multimédia em paralelo para filtração da água proveniente de 7 captações distintas, para produção de água de processo Caudal: 75 a 100 m 3 /h (volume diário: 1000 a 1500 m 3 )

13 Projecto e Engenharia Grandes Obras SAMPAIO & CASTRO WASSER Tratamento de Água Carvalhos Filtração / Descalcificação Vista geral do equipamento Projecto e desenho Planta de implementação dos equipamentos Filtro Multimédia Aqua F30 AT ; Filtro Carvão Activado Acqua CA 30 AT ; Descalcificador Duplex Acqua DD 30 AV 2 x ; Estrutura em Skid ; Grupo de Pressurização

14 Projecto e Engenharia Grandes Obras CAETANO COATINGS, S.A Pintura e acabamento de peças sector automobilístico Carregado Permuta Iónica Vista geral dos equipamentos Vista frontal dos controladores dos desmineralizadores Vista frontal do quadro eléctrico com consola gráfica Detalhe do sistema da consola gráfica de comando Desmineralização e recirculação da água de uma nova linha de pintura. Caudal -> L/h. Central totalmente automática comandada por PLC + consola tipo touch panel marca Beijer Pré-tratamento: filtração multimédia. Pós-tratamento: microfiltração + desinfecção por radiação UV

15 Projecto e Engenharia Grandes Obras CONSTANTINOS, S.A Demolha e embalagem (ultracongelados) de Bacalhau Ventosa Torres Vedras Osmose Inversa Industrial Vista geral dos equipamentos Vista do Descalcificador Vista geral da máquina de Osmose Vista do pré-tratamento por microfiltração e UV Desmineralização da água de um furo por Osmose Inversa, para uso no novo túnel de demolha e embalagem. Caudal de tratamento -> L/h; Pré-tratamento: descalcificação, desinfecção por radiação UV, anti-incrustante e microfiltração 5 µm. Póstratamento com doseamento de Hipoclorito de sódio e incrementador de ph.

16 Filtração MUNICÍPIO DE VALPAÇOS Sistema do Cadouço Abastecimento Público e Gestão de Águas Residuais Valpaços Desferrização Vista Geral Pormenores equipamentos Abastecimento Público de água. Remoção de ferro com Resina Desferrizadora com oxidação através de doseamento de Hipoclorito de sódio Desferrizador Acqua G 18 AT 170 de 2 Caudal de 5 m 3 /h

17 Filtração LIP LAVANDARIAS INDUSTRIAIS DE PORTUGAL, LDA Lavandaria Industrial Maia Desferrização Vista geral do Desferrizador e das Bombas Vista geral com tanque de água tratada Pormenor da Central de Bombagem Frente de Válvulas e respectivo Controlador Desferrização de água de 5 furos com resina greensand Caudal: 8 m 3 /h

18 Filtração GERMEN, S.A. Moagem de Cereais Senhora da Hora Matosinhos Desferrização Desferrizador Pormenor do by-pass ao contador Remontagem de Equipamentos Desferrizador e remontagem de equipamentos de filtração já existentes Caudal: 3,5 m 3 /h

19 Filtração ADEGA DE TABUAÇO CAVES VALE DO RODO, C.R.L. Adega Cooperativa Tabuaço Desferrização, Filtro CA, Microfiltração e Desinfecção por UV Desferrizador Microfiltração + UV Filtro de Carvão Activado Quadro Eléctrico Tratamento de água para utilização na lavagem de garrafas de vinho Caudal da instalação: 2 m 3 /h

20 Filtração C. DA SILVA VINHOS, S.A. Produtor Vinícola Régua Desferrização, Filtração Multimédia e Desinfecção Vista geral da localização Filtro multimédia Bombas doseadoras de Hipoclorito Pormenor das ligações Quadro eléctrico Tratamento da água de duas captações diferentes (furo e água do rio) para utilização na lavagem de garrafas e cubas de vinho Desferrização da água do furo e encaminhamento para um depósito onde esta, misturada com a água do poço (por tratar), é posteriormente sujeita a filtração multimédia e desinfecção Caudais: 2,7 m 3 /h (desferrização) e 5,5 m 3 /h (filtração multimédia)

21 Filtração LAURINDO GONÇALVES DUARTE Tratamento de Água para Habitação e Rega Pinhão Oliveira de Azeméis Desferrização + Filtração de Carvão Activado Vista geral do equipamento Desferrização com Manganese Greensand Plus (Filtro Desferrização G 18 AT ) com pré- Oxidação usando Hipoclorito de Sódio Polimento com Carvão Activado (Filtro Carvão Activado, CA 14 AT ) Caudal de água tratada: 4 m 3 /h

22 Filtração DONFER Indústria Têxtil Oliveira de Azeméis Desferrização + Filtração de Carvão Activado Vista geral do equipamento Desferrização de um furo com elevada concentração em ferro e manganês. Baseado em oxidação, filtração com resina Greensand, através de filtro automático. Desinfecção através de doseamento proporcional de Hipoclorito de sódio. Polimento do ferro e remoção de matéria Orgânica com filtro de carvão activado automático Para caudal de 2,5 m 3 /h.

23 Filtração JOSÉ ALVES DA CRUZ Cliente particular Gens - Gondomar Desferrização + Desinfecção Vista geral do equipamento Desferrização de um furo com elevada concentração em ferro e manganês. Baseado em oxidação, filtração com resina Greensand, através de filtro automático. Desinfecção através de doseamento proporcional de Hipoclorito de sódio. Para caudal de 2,5 m 3 /h.

24 Filtração MONTE DO GRILO Habitação Mértola Desferrização Vista geral do equipamento Remoção de Ferro Equipamento Instalado: G21AT210 Abastecimento geral de água para habitação que possui piscina

25 Filtração EUROSCUT NORTE Manutenção de Auto-Estradas Aveleda Remoção de Benzeno, Ferro e Manganês Vista geral da instalação Torre de Arejamento para a remoção de Benzeno ( conseguindo-se passar de 98 µg de Benzeno na água bruta para valores inferiores a 1 µg na água tratada) Filtro equipado com válvula automática para a remoção de Ferro e Manganês. Desinfecção de água por Hipoclorito de Sódio Caudal de tratamento de 2 m 3 /h

26 Filtração OUTROS CLIENTES CLIENTE ACTIVIDADE TIPO DE TRATAMENTO CAUDAL NOMINAL ADEGA COOPERATIVA DE VIANA DO CASTELO Caves Vinícolas Desferrização 4 m 3 /h ÁGUAS DE PAREDES, S.A. Paredes Sistemas de Abastecimento de Águas Desferrização 7,9 m 3 /h ÁGUAS DE VALONGO, S.A. Valongo - Ermesinde Sistemas de Abastecimento de Águas Desferrização + Filtração Carvão Activado 3,4 m 3 /h 3,4 m 3 /h C. MUNICIPAL DE AMARANTE Amarante C. MUNICIPAL DE MURÇA Murça IMPORVENDA Famalicão LUCIO S Vila do Conde PAIVA & GÉNIO Aveiro PIETEC CORTIÇAS, S.A. Fiães Câmara Municipal Desferrização 6 m 3 /h Câmara Municipal Desferrização 4 m 3 /h Indústria do Bacalhau Desferrização + UV 30 m 3 /h Construção Civil Desferrização 3,4 m 3 /h Indústria de Refrigerantes Desferrização 10 m 3 /h Corticeira Desferrização (Birm) 4,5 m 3 /h SANINDUSA 1, LDA Aveiro Indústria de Sanitários Desferrização + Filtração Carvão Activado 15 m 3 /h 6 m 3 /h SPIE BATIGNOLLES EUROPE Folhadela Vila Real VIDROMARQUES Ermesinde Construção Civil Desferrização 4 m 3 /h Indústria de Vidro Duplo Desferrização 1,6 m 3 /h

27 Filtração CEREALIS Industria Alimentar Maia Remoção de Arsénio / Ferro Vista geral do equipamento E.T.A. para remoção de Arsénio, Ferro e Manganês Caudal de 7 m 3 /h

28 Filtração Remoção de Arsénio Vista geral da instalação Minério de Arsénio presente no solo Modelo de filtro com frente de válvulas MEPS Maria Emília Pereira Soares e Filhos, L.da. Industria Alimentar Remoção de Arsénio através do equipamento A 24 AT 300 Caudal: 5700 L/h CÂMARA MUNICIPAL DE VALPAÇOS Freguesia de Carrazedo Remoção de Arsénio através do equipamento A 13 AT 70 Caudal: 2,5 m 3 /h CÂMARA MUNICIPAL DE VALPAÇOS Freguesia de Paradela Freguesia de Curveira Remoção de Arsénio através do equipamento A 16 AT Caudal: 5 m 3 /h

29 Filtração CÂMARA MUNICIPAL DE AMARANTE Serviços Municipalizados de Água e Saneamento Remoção de Arsénio através do equipamento A 18 AT Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Caudal: L/h CÂMARA MUNICIPAL DE CELORICO Serviços Municipalizados de Água e Saneamento Remoção de Arsénio através do equipamento A 24 AT 300 Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Caudal: L/h CÂMARA MUNICIPAL DE CHAVES Freguesia de Vilas Boas Remoção de Arsénio através do equipamento A 14 AT /2 Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Caudal: 2 m 3 /h CÂMARA MUNICIPAL DE TAROUCA (Via Revendedor) Remoção de Arsénio através do equipamento A 16 AT Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Caudal: 2500 L/h

30 Filtração CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Freguesia de S. João de Fontoura Remoção de Arsénio Filtro Removedor de Arsénio Vista geral da instalação Depósito de 3500 L de água tratada Bomba Doseadora Projecto e execução da estação automática de remoção de arsénio. Remoção de Arsénio através do equipamento A 18 AT Caudal de trabalho: 2500 L/h

31 Filtração CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE Sistema de tratamento de água para abastecimento público. Freguesia de Cantim Remoção de Arsénio Filtro Removedor de Arsénio Vista geral da instalação Depósito de 1000Lde água tratada Grupo de pressurização Projecto e execução da estação automática de remoção de arsénio. Remoção de Arsénio através do equipamento A 14 AT /2 Caudal de trabalho: 2000 L/h

32 Filtração CÂMARA MUNICIPAL DE RESENDE Abastecimento Público Freguesia de Feirão Remoção de Arsénio Desinfecção com Hipoclorito de Sódio Doseamento de G03 e A 16 AT 125 de 1 Abastecimento Público de água. Remoção de Arsénio com doseamento de G03e desinfecção de água com sistema de doseamento de Hipoclorito de sódio. Removedor de Arsénio Acqua A 16 AT 125 de 1 Caudal de 2 m 3 /h

33 Filtração MUNICIPIO DE AMARES Gestão e Abastecimento Publico de Água Amares Remoção de Arsénio Esquema da instalação Central de Tratamento de água para abastecimento público ETA para a remoção de mineral Arsénio. O caudal de tratamento de projecto está dimensionado para 2 m 3 /h.

34 Filtração HOSPITAL S.JOÃO DE DEUS Hospital Vila Nova de Famalicão Descalcificação e Tratamento da Caldeira Vista Geral do Equipamento Remodelação da Instalação, do Descalcificador, Bombas Doseadoras e Depósitos de Produtos Químicos Controlo Analítico da água da caldeira, com visita mensal de técnico para verificação e correcção das dosagens Superfície de aquecimento da caldeira de 25 m 2 Doseamento de WB ph, WB 10 e WB 40 Descalcificador de 60 Litros de resinas

35 Filtração AQUALUZ HOTEL Hotelaria Lagos Filtração e Descalcificação Vista geral do equipamento E.T.A. composta por Filtro Cintropur NW75, Filtração (470 litros de meio) e Descalcificação (470 litros de resina Caudal de 9 m 3 /h Abastecimento Geral de todo o Hotel

36 Filtração CFP - Centro Produção Comercialização Hortofrutícola, Lda Produção e Conservação Fruta Bombarral Filtração e Descalcificação Detalhe do Cintropur Vista geral do equipamento Pré-tratamento de Osmose Inversa de 4m 3 /h, composta por Filtro Cintropur NW75, Filtração (470 litros de meio) e Descalcificação (470 litros de resina) Caudal de 9 m 3 /h

37 Filtração DEBAIXO DA LUPA Revenda de Equipamentos de Tratamento de Água (Lisboa) Évora (Seminário) Descalcificação Vistas Gerais do Equipamento: Garrafa 16 x 65 com válvula 278 e controlador Logix 740 Caudal da tratamento: 3,5 m 3 /h; Descalcificação da água de um furo para abastecimento e rega com 350 ppm de dureza total; Pós-desinfecção com doseamento de Hipoclorito de sódio (Cloro).

38 Filtração FELIX TERMICA Revenda de Equipamentos de Tratamento de Água (Torres Vedras) Torres Vedras (Ginásio Polidesportivo) Descalcificação Descalcificador: Garrafa 21 x 62 com válvula Magnum CV 2 e controlador Logix 762 Tratamento da água de um furo com uma dureza elevada. Caudal de tratamento -> 8 m 3 /h; Pré-tratamento com filtro Cintropur NW 50 (2 ) x 150 µm; Pós-tratamento com filtro Cintropur NW 50 (2 ) x 25 µm;

39 Filtração J. FREITAS E FERNANDO Captação de Águas (Lisboa) Lisboa Descalcificação Descalcificador: Garrafa 24 x 72 com válvula Magnum CV 2 e controlador Logix 762 Tratamento da água de um furo para fins industriais com dureza elevada. Caudal de tratamento -> 6 m 3 /h; Pré-tratamento com 2 x filtros Cintropur NW 50 (2 ) x 150 µm, rede lavável; Pós-tratamento com 2 x filtros Cintropur NW 50 (2 ) x 25 µm;

40 Filtração MOTAFRA Construção civil Quinta da Marinha - Lisboa Descalcificação Duplex Detalhe do pré-tratamento Vista geral do equipamento Detalhe das válvulas 278 e do controlador 764 Tratamento da água de um furo para rega com dureza e ferro elevados. Caudal de tratamento -> L/h; Descalcificadores Duplex Hi-Flow: 24 x 24 hr de água tratada sem interrupções; Pré-tratamento com filtro Cintropur NW 32 (1 1/4 ) x 150 µm, rede lavável; Pós-tratamento com filtro Cintropur NW 32 (1 1/4 ) x 25 µm.

41 Filtração SONDAGENS AFONSO UNIPESSOAL Empresa de Captação de Águas Santarém Descalcificação DUPLEX HI-FLOW Vista Geral do Equipamento: Garrafas 16 x 65 com válvulas 278 e controlador Logix 764 Caudal da tratamento: 5 m 3 /h; Descalcificação da água de um furo particular para rega com 450 ppm de dureza total; Sistema Duplex Hi-Flow, modelo Acqua D16 AV 2 x125 L 24 x 24 hr de água descalcificada, sem interrupções.

42 Filtração WATERCARE, LDA Tratamento de Água Alverca Descalcificação Duplex Vista geral do equipamento Descalcificador DD21AV2x210 Equipamento instalado na reposição de água de um Condensador Evaporativo na região de Coimbra

43 Filtração SOLAR DA VACARIÇA Soc. Exploração Turismo Agricola Mealhada Descalcificação Descalcificador Carvão Activado Descalcificação da água do furo. Encaminhamento para reservatório de 18 m 3 com desinfecção por Hipoclorito de sódio. Água usada para rega. Água de consumo humano passa por carvão activado (decloração). Consumo diário: 10m 3.

44 Filtração DTE, S.A. (Lojas Modelo) Instalações Eléctricas, Hidráulicas e AVAC Braga Descalcificação Vista geral do equipamento e da linha de leitura de cloro e recirculação Vista geral de uma das instalações realizadas, no caso o Modelo da Lixa Linha de recirculação de água aos dois depósitos de água potável Controlo de cloro directo, com controlador de fluxo Doseamento de cloro na recirculação em função de Set-point pré-definido

45 Filtração OUTROS CLIENTES CLIENTE ACTIVIDADE TIPO DE TRATAMENTO CAUDAL NOMINAL CARVOEIRO GOLF Praia do Carvoeiro - Lagoa Condomínio fechado de luxo com campos de golfe Descalcificação Dúplex 6 m 3 /h CASINO DA PÓVOA (VARZIM SOL) Póvoa do Varzim SOLASTIQUE, S.A. Barcelos Casino Descalcificação 1,2 m 3 /h Tinturaria Descalcificação Dúplex 4 m 3 /h

46 Filtração EMAS, Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, EEM Organismo Oficial Beja Desnitrificação Vista geral do sistema de tratamento Pré-filtração de sedimentos Desnitrificador Filtro desnitrificador duplex (tanque de salmoura: volume 3.000l). Pré-filtração de sedimentos e Desnitrificação de água de um furo para posterior abastecimento de uma povoação. Para caudal de 16 m 3 /h.

47 Filtração LAVANDARIA MÓNICA Lavandaria Industrial Caldas das Taipas Filtração Multimédia + Filtração de Carvão Activado Vista geral do equipamento Pormenor do Controlador das Válvulas de Diafragma Pormenor das Válvulas de Diafragma Filtração Multimédia ACQUA F 42 DIAF Filtração em Carvão Activado ACQUA CA 42 DIAF Reaproveitamento de Água da ETAR (instalação de filtros Multimédia e Carvão Activado à saída da ETAR) Caudal de água tratada: 20 m 3 /h

48 Filtração FLUXICÁLCULO Tecnologias Industriais e Ambientais, Lda Instalador Rio Tinto Filtração de Carvão Activado Vista geral do equipamento Filtro de Carvão Activado, modelo ACQUA CA 21 AT 210, 2 Caudal de água tratada: 5 m 3 /h

49 Filtração ROCA, S.A Fábrico 1 Fábrica de Artigos Sanitários Leiria Filtração Multimédia Duplex Vista Geral do Equipamento: sistema duplex com garrafas 30 x 72, válvulas Magnum CV 2 e controladores Autotrol 962 Caudal da tratamento: 20 m 3 /h (máx); Filtração da água de um furo para abastecimento de toda a fábrica n.º 1; Lavagem,com água limpa, por tempo, volume ou diferença de pressão, o que ocorrer primeiro.

50 Filtração ROCA, S.A Fábrica 2 Fábrica de Artigos Sanitários Leiria Filtração Multimédia Duplex Vista Geral do Equipamento: sistema duplex com garrafas 30 x 72, válvulas Magnum CV 2 e controladores Logix 764 Caudal da tratamento: 20 m 3 /h (máx); Filtração da água de um furo para abastecimento de toda a fábrica n.º 2; Lavagem,com água limpa, por tempo, volume ou diferença de pressão, o que ocorrer primeiro.

51 Filtração Filtração Multimédia VALOR SUL, S.A. Loures Empresa de Tratamento de Resíduos Urbanos FILTRAÇÃO MULTIMÉDIA Sistema de tratamento para remoção de sedimentos com funcionamento totalmente automático comandado através de um stager electrónico. Caudal: 11 m 3 /h MALHAS EICAL, LDA Barcelos Indústria de Vestuário FILTRAÇÃO MULTIMÉDIA Sistema de tratamento da água do rio para utilização no processo de fabrico (tinturaria e lavagens). Caudal: 10 m 3 /h ANGOLAVES, LDA Angola (via Revendedor) Aviário FILTRAÇÃO MULTIMÉDIA Sistema de tratamento da água com Filtração Multimédia, Filtração em Carvão Activado e pós Desinfecção, para usos diversos. Caudal: 5 m 3 /h

52 Filtração OUTROS CLIENTES CLIENTE ACTIVIDADE TIPO DE TRATAMENTO CAUDAL NOMINAL CEMOPOL, LDA Pombal Indústria da Celulose Filtração Multimédia 4 m 3 /h

53 Produção de Água Pura VIDROMARQUES, LDA. Industria de Vidro Duplo Ermesinde Osmose Inversa Vista lateral do Equipamento Osmose RO 1150 Abastecimento da linha de produção de vidro duplo e laminado. Baseada em Osmose Inversa (4 membranas 40*40 a 15 bar), toda ela produzida/manufacturada pela Aquaquímica nas nossas instalações Pré tratamento por Desferrização, Filtração por Carvão Activado, Descalcificação Duplex e Microfiltração, Caudal de água tratada: 1200 L/h

54 Produção de Água Pura AP ÁGUAS DE PAREDES Gestão e Abastecimento Público de Água Pública Paredes Osmose Inversa Vista geral do equipamento Descalcificador Dúplex Vista do Quadro Eléctrico Central de Tratamento para abastecimento. Baseada em Osmose Inversa (15 membranas 40*40 a 15 bar), toda ela produzida/manufacturada pela Aquaquímica nas nossas instalações Pré-tratamento por desferrização, descalcificação, microfiltração, correcção de ph e recloração de água Caudal de água tratada: 4500 L/h OUTROS CLIENTES

55 Produção de Água Pura LUIS CAMPOS E CUNHA Cliente Particular Torres Vedras Osmose Inversa Vista geral do equipamento Detalhe de ligação Painel de controlo Sistema de Tratamento de água com elevada salinização para abastecimento de habitação particular de grande dimensão (modelo de Osmose Inversa RO 220) Caudal nominal de 220 L/h

56 Produção de Água Pura AGRIREGA Particular Torres Vedras Osmose Inversa Vista geral do equipamento Detalhe do painel de controlo Detalhe de ligações entre housings Sistema de tratamento de água para abastecimento de uma habitação de luxo com elevado consumo de água. Caudal a tratar 1700 L/h

57 Produção de Água Pura AQUAPONTO L.da Tratamento de água Algarve Osmose Inversa Vista geral do equipamento Detalhe do quadro eléctrico Painel de controlo Sistema de Tratamento de água para consumo humano de uma habitação a partir de água com elevada concentração em sais minerais Caudal de 330 L/h

58 Produção de Água Pura ARSOPI S.A. Indústria Metalomecânica de Renome Nacional Vale de Cambra Osmose Inversa Vista geral da instalação Detalhe da parte de trás da máquina Osmose Inversa Detalhe da frente da máquina Osmose Inversa Central de Tratamento de Água Ultra Pura para ensaios Hidráulicos dos equipamentos produzidos (depósitos para Industria Alimentar, Nuclear, etc.). Baseada em Osmose Inversa (12 membranas 40*40 a 15 bar), toda ela produzida/manufacturada pela Aquaquímica nas nossas Instalações. Pré tratamento por microfiltração, filtro multimédia e ajuste de ph o pós-tratamento (após RO) com 2 leitos mistos em paralelo para obtenção de condutividade final abaixo de 1µS/cm. Caudal de água Ultra Pura produzida pela estação = 3 m 3 /h

59 Produção de Água Pura CEREALIS, S.G.P.S. (Ex-MASSAS MILANEZA) Indústria Alimentar Maia Osmose Inversa Máquina de Osmose Pormenores da Máquina Filtro de Areia Produção de água osmotizada necessária para o fabrico de massa alimentar (água de processo), com pré-filtro de areia e sistema de dosagem de produtos químicos (anti-incrustação e anulação de cloro) Caudal de trabalho: 0,5 m 3 /hora

60 Produção de Água Pura BASCOL, S.A. Empresa de Construção Civil Coimbra Osmose Inversa Vista geral da máquina Detalhe do painel de comando Vista posterior da máquina Pormenores do sistema Sistema utilizado para dessalinização da água de um poço que abastece o sistema de rega Caudal de trabalho: 2,1 m 3 /hora

61 Produção de Água Pura COSMOPACK Indústria de Cosméticos Ovar Osmose Inversa Vista geral do equipamento Manómetros Detalhe Traseiro da Máquina Sistema de tratamento de água para produção de loções, champôs, cremes, sabonetes entre outros produtos. Caudal de 500 L/h

62 Produção de Água Pura UNIVERSIDADE CATÓLICA DE VISEU Viseu Osmose Inversa Vista geral da Pré-Tratamento Vista geral da Osmose Pormenores da Instalação Sistema de Osmose Inversa com o objectivo de produzir água de muito elevada qualidade, por remoção de compostos em suspensão e por separação de substâncias de baixa massa molecular dissolvidas Equipamento que abastece o laboratório de medicina dentária da universidade o mais sofisticado e bem equipado da Europa Caudal de trabalho: 6m 3 /hora

63 Produção de Água Pura Osmose Inversa FIT FOMENTO DA INDÚSTRIA DE TOMATE, S.A. Setúbal Indústria Alimentar (transformadora de tomate) OSMOSE INVERSA INDUSTRIAL Sistema de tratamento para obtenção de água utilizada no processo de fabrico. Caudal: 1,6 m 3 /h THDA, LDA Custóias - Matosinhos Empresa de Implantação de Estações de Lavagem a Alta Pressão OSMOSE INVERSA COMERCIAL Para tratamento da água utilizada nas estações de lavagem a altas pressões que a empresa fabrica, nomeadamente sistemas de lavagem automóvel. Caudal: 500 L/h SANINDUSA 1, LDA Aveiro Indústria de Sanitários OSMOSE INVERSA COMERCIAL (RO 177) Sistema de tratamento para obtenção de água utilizada no processo de fabrico. Caudal: 177L/h

64 Produção de Água Pura AEDENA Alimentação Consciente Indústria de Alimentar Reguengos de Monsaraz Osmose Inversa Descalcificador Duplex (Acqua D13AT 2 x 70) Desinfecção e controlo e reposição de cloro Filtração por Carvão Activado e Osmose Inversa Desinfecção final por Ultra-Violeta Produção de água osmotizada para produção de alimentos de soja com descalcificador D13AT2X70 e posterior desinfecção com respectivo controlo e reposição no primeiro armazenamento. De seguida a água passa por carvão activado e osmose inversa e passa pela última desinfecção por ultra-violeta (UV 1200). Caudal de trabalho: 2 m 3 /h

65 Produção de Água Pura HIDROMECANELECTRICA, LDA Instalador Cartaxo Osmose Inversa Pré-tratamento Frente de válvulas Vista geral da Osmose Bomba de osmose Microfiltração Painel de Controle Sistema de tratamento de água para consumo humano de duas povoações no Alentejo, a partir de 2 captações subterrâneas com elevada concentração de sais minerais. População total = 750 hab. Sistema de tratamento constituído por filtro de sedimentos, osmose inversa, sistema de dosagem de produtos químicos (anti-incrustação e anulação de cloro) e ultra-violeta (Caudal máx. = 20 m 3 /h) Caudal de trabalho: 3,7 m 3 /h

66 Produção de Água Pura AGRIREGA Revenda de Equipamentos de Tratamento de Água (Torres Vedras) Santarém (Estufa de Flores) Osmose Inversa Detalhe da máquina de Osmose Inversa modelo RO 850 Pré-tratamento: Garrafa 13 x 54 com válvula 268 e controlador Logix 740 Tratamento da água de um furo com água salina. Caudal de tratamento -> 850 L/h; Pré-tratamento: descalcificação, doseamento anti-incrustante Osmotrat 10 e microfiltração 5 µm; Tratamento principal por Osmose Inversa para remoção da salinidade excessiva.

67 Produção de Água Pura SRA Detergentes Fábrica Produtos Químicos (detergentes, lava-tudo, etc.) Carregado Osmose Inversa Máquina de Osmose Inversa e Descalcificador Duplex no pré-tratamento Detalhes do equipamento Desmineralização da água pública. Caudal de tratamento -> 500 L/h; Pré-tratamento: descalcificação e microfiltração 5 µm; Tratamento principal por Osmose Inversa para remoção da salinidade.

68 Produção de Água Pura VIDREIRA DE MIRANDELA Indústria de Vidro/ Vidro Duplo Mirandela Osmose Inversa Vista geral dos equipamentos Vista geral da instalação Detalhe da frente da máquina Osmose Inversa Equipamento de Osmose Inversa de produção de água para máquina de vidro duplo Pré-tratamento através de descalcificador Caudal de água produzida pela osmose: 100 L/h Tanque de acumulação de água osmotizada de 1000 litros

69 Produção de Água Pura LUSOTEMPRA, LDA Indústria de Vidro Duplo Maia Osmose Inversa Vista geral dos equipamentos RO 500 Abastecimento da linha de produção de vidro laminado. Baseada em Osmose Inversa (2 membranas 40*40 a 15 bar), toda ela produzida/manufacturada pela Aquaquímica nas nossas instalações e montagem em chassis em inox Pré tratamento por: Filtração por Carvão Activado, Descalcificação, Microfiltração e Dosagem de protectores de Membranas de Osmose Caudal de água tratada: 500 l/h

70 Produção de Água Pura MUNICIPIO DE ODEMIRA Organismo Oficial Odemira Osmose Inversa Equipamento de Osmose Inversa Vista geral do Sistema de tratamento Sistema de tratamento de água para consumo humano de uma povoação Luzianes Gare, a partir de 1 captação subterrânea com elevada concentração de sais minerais. Sistema de tratamento constituído por filtro de sedimentos, sistema de dosagem de produtos químicos (anti-incrustação e correcção de ph), microfiltração e osmose inversa. Caudal de trabalho: 0,5 m 3 /h

PRODUTOS EQUIPAMENTOS CONSUMÍVEIS CATÁLOGO PRODUTOS E SERVIÇOS

PRODUTOS EQUIPAMENTOS CONSUMÍVEIS CATÁLOGO PRODUTOS E SERVIÇOS PRODUTOS EQUIPAMENTOS CONSUMÍVEIS CATÁLOGO PRODUTOS E SERVIÇOS SISTEMAS DE FILTRAÇÃO FILTROS DOMÉSTICOS E COMERCIAIS Uma gama muito versátil de filtros para o tratamento de água, equipados com válvulas

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

Águas do Douro e Paiva SA O novo ciclo da água Complexo de Lever

Águas do Douro e Paiva SA O novo ciclo da água Complexo de Lever Águas do Douro e Paiva SA O novo ciclo da água Complexo de Lever Página 1 Complexo de Lever é responsável pelo abastecimento de água a mais de 1,4 O milhões de habitantes de 13 municípios Accionistas da

Leia mais

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79 Serviço Standard Serviço Especial Peso (Kg) 1 2 3 4 5 Entrega até às 18:00H GRUPOL10H GRUPOL13H GRUPOLSAB GRUPOLMA Entrega até às 10:00H do dia seguinte Entrega até às 13:00H do dia seguinte Entrega ao

Leia mais

Introdução. Sistemas. Tecnologia. Produtos e Serviços

Introdução. Sistemas. Tecnologia. Produtos e Serviços Introdução Apresentamos nosso catálogo técnico geral. Nele inserimos nossa linha de produtos que podem ser padronizados ou de projetos desenvolvidos para casos específicos. Pedimos a gentileza de nos contatar

Leia mais

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal Information on the videoconferencing equipment in the courts Portugal No Court name & city Equipment type and make 1 Abrantes Tribunal Judicial 3 2 Abrantes Tribunal do Trabalho 1 3 Águeda Juízo de Instrução

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRAULICAS, REDE DE AGUA E ESGOTOS

INSTALAÇÕES HIDRAULICAS, REDE DE AGUA E ESGOTOS INSTALAÇÕES HIDRAULICAS, REDE DE AGUA E ESGOTOS Obras executadas: Conduta de abastecimento de água em aço inox AISI 316 DN114x2 na instalação do sistema de bombagem para a rede de rega do Novo Estádio

Leia mais

A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano

A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A legislação nacional relativa à qualidade da água para consumo humano

Leia mais

Tratamento de Água para Abastecimento

Tratamento de Água para Abastecimento Tratamento de Água para Abastecimento Prof. Dr. Jean Carlo Alanis Usos da água As águas são usadas ou consumidas pelo homem de várias maneiras. As águas são classificadas em dois grupos: - consuntivo;

Leia mais

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada BRAGANÇA VILA REAL PORTO BRAGA VIANA DO CASTELO ARCOS DE VALDEVEZ 10 de Maio de 2003 14h e 30m Braga Casa dos Crivos Orfeão de Braga CAMINHA 10 de Maio

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Rua de Santa Margarida, n.º 6 4710-306 Braga Tel: 253 204 250 Fx: 253 204 259

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPDJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Antiga Estação de Comboios Av. D. João IV Urgeses 4810-534 Guimarães Tel.

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES PARA UM USO MAIS EFICIENTE DA ÁGUA NO CICLO URBANO. Poupança de água e reutilização de águas cinzentas P.N.U.E.A.

CONTRIBUIÇÕES PARA UM USO MAIS EFICIENTE DA ÁGUA NO CICLO URBANO. Poupança de água e reutilização de águas cinzentas P.N.U.E.A. CONTRIBUIÇÕES PARA UM USO MAIS EFICIENTE DA ÁGUA NO CICLO URBANO Poupança de água e reutilização de águas cinzentas Mestrado em Engenharia do Ambiente Orientação do Prof. Doutor Mário Valente Neves 1 P.N.U.E.A.

Leia mais

TABELA DE PREÇOS 2014

TABELA DE PREÇOS 2014 TABELA DE PREÇOS 2014 ECODEPUR - Tecnologias de Protecção Ambiental, Lda Urbanização da Chã Av. 21 de Junho, n.º 103 Apartado 8 2435-087 Caxarias PORTUGAL T. +351 249 571 500 F. +351 249 571 501 geral@ecodepur.pt

Leia mais

Tirar o melhor partido da sua água de refrigeração com a ProMinent Soluções completas para o tratamento da água de refrigeração

Tirar o melhor partido da sua água de refrigeração com a ProMinent Soluções completas para o tratamento da água de refrigeração Tirar o melhor partido da sua água de refrigeração com a ProMinent Soluções completas para o tratamento da água de refrigeração Printed in Germany, PT PM 009 04/06 P MT23 0 04/06 P B Tratamento da água

Leia mais

DESDE O PROJECTO PARA SEMPRE

DESDE O PROJECTO PARA SEMPRE SOLUÇÕES QUE FUNCIONAM DESDE O PROJECTO PARA SEMPRE PROJECTAMOS EXECUTAMOS CERTIFICAMOS PRESTAMOS MANUTENÇÃO QUEM SOMOS TECAUTEL Tecnologias, Automação e Electricidade, Lda. Parque Industrial de Sequeira

Leia mais

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies Gianfranco Verona DESCARTE ZERO NUMA CABINE DE PINTURA SKIMMERFLOT Para o tratamento e a reutilização de águas provenientes

Leia mais

ETAR de Ermesinde e Alfena. Capacidade de Tratamento: Breve descrição do tratamento:

ETAR de Ermesinde e Alfena. Capacidade de Tratamento: Breve descrição do tratamento: ETAR de Ermesinde e Alfena A ETAR de Ermesinde foi projectada para tratar os efluentes urbanos provenientes da zona poente do Concelho de Valongo, abrangendo as freguesias de Ermesinde e Alfena. Esta ETAR

Leia mais

Salher Ibérica, S. L. Salher Guadalajara Salher Portugal Salher Polska Salher France Salher México S.A.c.v.

Salher Ibérica, S. L. Salher Guadalajara Salher Portugal Salher Polska Salher France Salher México S.A.c.v. www.salher.com Quem Somos -A SALHER é uma empresa de origem espanhola, fundada em 1980. -Por mais de 30 anos, a SALHER teve como principal objectivo o fabrico e desenvolvimento de sistemas de depuração

Leia mais

GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS. José dos Santos Santiago (*)

GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS. José dos Santos Santiago (*) GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS José dos Santos Santiago (*) RESUMO: Apresenta-se, neste artigo, a metodologia a seguir para gerir, tratar a reutilizar os efluentes industriais,

Leia mais

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS 1 ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ 2 ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM 3 AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO 4 ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS

Leia mais

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS Notas: 1 O conselho geral deliberou, em reunião de 15 de outubro, nos termos do n.º 2 do artigo 11.º do EOSAE, agregar as delegações distritais de Beja, Évora e Portalegre numa

Leia mais

TRATAMENTO DE CHORUME

TRATAMENTO DE CHORUME TRATAMENTO DE CHORUME Com tecnologias de alta performance e custos compatíveis com o mercado brasileiro 6 de Agosto, 2014 Sede do CREA, Rio de Janeiro, Brasil O QUE É CHORUME? Lixiviação de água durante

Leia mais

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC)

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Serviços Prestados : Alteração de Elementos da Carta de Condução Revalidação da Carta de Condução Posto de Atendimento ao Cidadão - PAC Abrantes Praça Raimundo Soares,

Leia mais

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA?

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? 2 C. Predial 1 VISEU NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 BRAGANÇA NÃO 0 C. Civil/Predial/Comercial 2 VILA NOVA DE CERVEIRA NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 VIANA DO CASTELO

Leia mais

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010)

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) ÍNDICE 1 Objectivo... 3 2 Porquê esta legislação?... 3 3 Quem está abrangido?... 3 4 Quais os equipamentos abrangidos?... 3 5 Dúvidas frequentes... 5 5.1 Equipamentos

Leia mais

Reuso de Água na ArcelorMittal Tubarão. Maio /2015

Reuso de Água na ArcelorMittal Tubarão. Maio /2015 Reuso de Água na ArcelorMittal Tubarão Maio /2015 A empresa produtora de aço Número um no mundo PERFIL Líder nos principais mercados, entre eles o de automóveis, construção, eletrodomésticos e embalagens.

Leia mais

CATÁLOGO DOS PRODUTOS QUIMICOS

CATÁLOGO DOS PRODUTOS QUIMICOS CATÁLOGO DOS PRODUTOS QUIMICOS COMERCIALIZADOS PELA: Polímeros Catiônicos (Polieletrólitos) Funções e Benefícios Os Polímeros catiônicos comercializados pela AUTON têm alto poder de floculação, sendo utilizados

Leia mais

SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA

SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA Paginação.indd 1 10/03/18 16:21 SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAME 1. CONCEPÇÃO DA INFRAESTRUTURA A ETAR da Boavista contempla o tratamento

Leia mais

N o m e a ç õ e s Jogo Hora Visitado / Visitante Pavilhão Arbitros (1 / 2)

N o m e a ç õ e s Jogo Hora Visitado / Visitante Pavilhão Arbitros (1 / 2) Camp. Nac. Juniores - Sul D 3 de abril de 2014 1301 21:30 Paço d'arcos Benfica Paço d'arcos Jorge Ventura (Lisboa) 4 de abril de 2014 Camp. Nac. Juniores - Norte B 1242 22:15 Académico Carvalhos Porto

Leia mais

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética ÁGUEDA AGUIAR DA BEIRA ALBERGARIA-A-VELHA ALBUFEIRA ALCÁCER DO SAL ALCANENA ALCOBAÇA ALCOCHETE ALCOUTIM ALENQUER ALFÂNDEGA DA FÉ ALJEZUR ALJUSTREL ALMADA ALMEIDA ALMEIRIM ALMODÔVAR ALTER DO CHÃO AMADORA

Leia mais

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal Ricardo Fernandes 1, Rui Gama 2, Cristina Barros 3 1) Departamento de Geografia da Faculdade

Leia mais

Case Study Boavista Golf. Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe.

Case Study Boavista Golf. Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe. Case Study Boavista Golf Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe. Introdução Portugal é considerado, por muitos especialistas, um dos melhores lugares para

Leia mais

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS ABRANTES ALGUEIRÂO ALJUSTREL ALMADA ALVERCA ANGRA DO HEROÍSMO AVEIRO BARCELOS BARREIRO AGOSTINHO J.G. FIGUEIRAS PEDRO GEIRINHAS UNIPESSOAL, LDA ELECTRO CRUZ DIMATECNICA,LDA

Leia mais

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015 O projeto O Projeto Heróis da Água é promovido pela EMAS de Beja e pela Câmara Municipal de Beja, enquadra-se na área da sensibilização e educação ambiental. O projeto mantem-se pelo 3.º ano e continua

Leia mais

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Nome Loja Cidade Distrito ÁGUEDA PINGO DOCE ÁGUEDA Distrito Aveiro ALBERGARIA-A-VELHA RUA ALBERGARIA A VELHA Distrito Aveiro AVEIRO GLICÍNIAS

Leia mais

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos presentes

Leia mais

Fórum anual da m obilidade transfronteiriça

Fórum anual da m obilidade transfronteiriça Fórum anual da m obilidade transfronteiriça Formação para o emprego: experiências de êxito entre Estremadura e Portugal Cáceres, 23 de Fevereiro de 2010 O IEFP I.P. - Missão O Instituto do Emprego e Formação

Leia mais

Desinfecção de Água. Indústria de Bebidas

Desinfecção de Água. Indústria de Bebidas Desinfecção de Água Indústria de Bebidas Tecnologia, inovação, melhoria contínua, confiabilidade e excelência. É isso que faz da TECHFILTER uma empresa moderna e diferenciada, especializada em sistemas

Leia mais

Centrais Elevatórias de Efluentes

Centrais Elevatórias de Efluentes Centrais Elevatórias de Efluentes Série Ambibox A P L I C A Ç Õ E S Elevação para a rede pública de colectores Indústria Povoações Loteamentos habitacionais Parques de Campismo Garagens Caves, etc... C

Leia mais

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS www.inatel.pt FUNDAÇÃO INATEL TURISMO PARA TODOS PORTUGAL 2013 Desde 267 INCLUI: TRANSPORTE TERRESTRE + 5 NOITES ALOJAMENTO, REFEIÇÕES, PASSEIOS, ANIMAÇÃO E SEGURO. Descubra o que Portugal tem de melhor

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

ETAPAS DE UM TRATAMENTO DE EFLUENTE

ETAPAS DE UM TRATAMENTO DE EFLUENTE ETAPAS DE UM TRATAMENTO DE EFLUENTE Estação de Tratamento de Efluente (ETE) compreende basicamente as seguintes etapas: Pré-tratamento (gradeamento e desarenação), Tratamento primário (floculação e sedimentação),

Leia mais

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213 ECODEPUR DEPURWASH Sistema de Tratamento e v1.2-200213 Reciclagem de Águas de Lavagem ENQUADRAMENTO A água potável é um bem cada vez mais escasso, e deverão ser efectuados todos os esforços para preservar

Leia mais

ETAR de Valongo, Campo e Sobrado. Capacidade de Tratamento: Descrição do Tratamento

ETAR de Valongo, Campo e Sobrado. Capacidade de Tratamento: Descrição do Tratamento ETAR de Valongo, Campo e Sobrado A Estação de Tratamento de Águas Residuais de Valongo, Campo e Sobrado foi projectada para tratar os efluentes da zona nascente do Concelho de Valongo, abrangendo as freguesias

Leia mais

" O Tratado de Lisboa" Sessões de Informação e Debate

 O Tratado de Lisboa Sessões de Informação e Debate ABRIL 2008 3ª 1 18h30 LVT Lisboa Lisboa Centro Jean Monnet Dr. Carlos Medeiros 4ª 2 5ª 3 18h30 LVT Lisboa Lisboa Centro Jean Monnet Dr. Carlos Medeiros 6ª 4 S 5 D 6 2ª 7 14h00 LVT Lisboa Lisboa Escola

Leia mais

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE Profissional de Vila Real VILA REAL TORRE DE MONCORVO A2000 ARDAD Centro de Emprego do Baixo Ave VILA NOVA DE FAMALICÃO ACIP SANTO TIRSO Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS

Leia mais

INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO

INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

Leia mais

Currículo da Empresa Pichelaria Jaime Soares Gomes Unipessoal, Lda

Currículo da Empresa Pichelaria Jaime Soares Gomes Unipessoal, Lda 2011 Currículo da Empresa Pichelaria Jaime Soares Gomes Unipessoal, Lda WWW.PJAIMEGOMES.COM GERAL@PJAIMEGOMES.COM PICHELARIA JAIME SOARES GOMES UNIPESSOAL, LDA CURRÍCULO DA EMPRESA P á g i n a 2 EMPRESA

Leia mais

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15)

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15) Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 201 (atualizada em 201-0-15) Guarda 0 21 - Audiovisuais e Produção dos Media Técnico/a de Desenho Gráfico Guarda 2-Set-1 Médio Tejo 2 21 - Audiovisuais

Leia mais

QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04)

QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04) QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04) Z3 ENTRE DOURO E VOUGA (21) AVEIRO (01) VISEU (18) Z4 COIMBRA (06) LEIRIA (10) Z5 CASTELO

Leia mais

Hotel Conde de Águeda Contacto Praça Conde de Agueda, AGUEDA, Aveiro, Portugal Teléfono: +351234610390, Fax: +351234610399

Hotel Conde de Águeda Contacto Praça Conde de Agueda, AGUEDA, Aveiro, Portugal Teléfono: +351234610390, Fax: +351234610399 Aveiro / Portugal AQUA HOTEL (SPA & Wellness) Ra Aquilino Ribeiro 1, OVAR, Aveiro, Portugal Teléfono: +351256575105, Fax: +351256575107 Hotel Conde de Águeda Praça Conde de Agueda, AGUEDA, Aveiro, Portugal

Leia mais

Catálogo de. Preços 08/09. tratamento de águas. Especialista Europeu em tratamento de águas

Catálogo de. Preços 08/09. tratamento de águas. Especialista Europeu em tratamento de águas Catálogo de Preços 08/09 tratamento de águas Especialista Europeu em tratamento de águas WE HAVE THE EXPERIENCE WE CARE ABOUT WATER Editorial Queremos servi-lo sempre melhor Estimados Clientes, A Pollet

Leia mais

ESTUDO DO IMPACTE AMBIENTAL

ESTUDO DO IMPACTE AMBIENTAL ENERGIN AZÓIA Empresa de Cogeração Industrial, S.A. CENTRAL DE COGERAÇÃO A INSTALAR NA SOLVAY PORTUGAL (PÓVOA DE SANTA IRIA, VILA FRANCA DE XIRA) ESTUDO DO IMPACTE AMBIENTAL RESUMO NÃO TÉCNICO Maio de

Leia mais

APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES

APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES Elisabete Peres Bertolo Engenheira Civil Mestre em Engenharia do Ambiente Aproveitamento da água das chuvas numa casa australiana (Apostolidis, 2003). Museu

Leia mais

Concelho Escola Nome do curso ciclo Duração

Concelho Escola Nome do curso ciclo Duração Almada Escola Profissional de Almada cv1 auto 3 1 Almada Escola Profissional de Almada cv2 auto 3 1 Alvito Escola Profissional de Alvito Hotelaria e Turismo 3 2 Amadora Escola Profissional Gustave Eiffel

Leia mais

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo Norte Santa Maria da Feira Escola Secundária de Santa Maria da Feira Agrupamento de Escolas Doutor Ferreira de Almeida, Santa Maria da Feira Vale de Cambra Agrupamento de Escolas das Dairas, Vale de Cambra

Leia mais

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos

Leia mais

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Por expressa determinação do Código Administrativo, no seu artigo 6.º, a classificação

Leia mais

CET 303 Química Aplicada. Relatório: Visita técnica Estação de tratamento de água ETA 3 Capim Fino, em Piracicaba. Data da visita: 02.04.

CET 303 Química Aplicada. Relatório: Visita técnica Estação de tratamento de água ETA 3 Capim Fino, em Piracicaba. Data da visita: 02.04. Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia - FT Curso de Especialização em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável CET 303 Química Aplicada Relatório: Visita técnica Estação de tratamento

Leia mais

Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade

Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade Acampamento ocasional Câmara Municipal de Braga Acampamento

Leia mais

11º Congresso Mundial de Esterilização 7º Simpósio Internacional de Esterilização e Controle de Infecção Hospitalar

11º Congresso Mundial de Esterilização 7º Simpósio Internacional de Esterilização e Controle de Infecção Hospitalar 11º Congresso Mundial de Esterilização 7º Simpósio Internacional de Esterilização e Controle de Infecção Hospitalar Qualidade da Água: Como definir a escolha do tratamento de água? Consultoria - Acquasoft

Leia mais

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL NUTS3-region NUTS2-region irrigation Area actually (ha) irrigated (ha) Alentejo Central Alentejo 42 675 22 287 Alentejo Litoral Alentejo 40 289 14 427 Alto Alentejo Alentejo 39 974 20 993 Baixo Alentejo

Leia mais

Osmose Inversa Domestica Modelo PROLINE

Osmose Inversa Domestica Modelo PROLINE Osmose Inversa Domestica Modelo PROLINE Água sem odor e sabor A osmose reversa é o processo pelo qual se transforma a água da torneira em água de boa qualidade e com mineralização baixa. Consiste na passagem

Leia mais

REUSO PLANEJADO DA ÁGUA: UMA QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA...

REUSO PLANEJADO DA ÁGUA: UMA QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA... REUSO ÁGUA: INTELIGÊNCIA... PLANEJADO DA UMA QUESTÃO DE CONSUMO DE ÁGUA doméstico Indústria Agricultura 18,60% 8,00% 22,40% 22,00% 59,00% 70,00% Brasil Mundo Consumo mundial = 3.240 km 3 / ano Consumo

Leia mais

Encanador. 4) Número de Aulas: O trabalho será realizado em cinco etapas, divididas em aulas a critério do professor.

Encanador. 4) Número de Aulas: O trabalho será realizado em cinco etapas, divididas em aulas a critério do professor. Encanador 1) Objetivos Gerais Aprofundar os conhecimentos sobre o profissional que tem como um dos focos de trabalho a água e o saneamento básico, assim como problemas que podem ocorrer quando houver sinistros

Leia mais

Lista de Membros Ativos Grupo Unifloresta

Lista de Membros Ativos Grupo Unifloresta 1 de 6 Albino Pereira da Silva Albergaria-a-Velha Aveiro Alcides de Castro Martins Albergaria-a-Velha Aveiro Alexandrina Ribau Lopes Ramos Aveiro Aveiro Aníbal Custódio Martins Marques Águeda Aveiro António

Leia mais

III ENCONTRO TÉCNICO PONTA DELGADA. 19 de Maio de 2000 TOMO II

III ENCONTRO TÉCNICO PONTA DELGADA. 19 de Maio de 2000 TOMO II III ENCONTRO TÉCNICO PONTA DELGADA 19 de Maio de 2000 TOMO II ÍNDICE Pág. 1 Introdução... 1 2 Caracterização de uma Água... 2 3 Legislação... 3 3.1 Disposições Gerais... 3 3.2 Águas Doces Superficiais

Leia mais

Capítulo I Água potável, mineral e de mesa

Capítulo I Água potável, mineral e de mesa Ciência Alimentar e Saúde Composição de Alimentos II Capítulo I Água potável, mineral e de mesa Água Potável deve ser transparente, sem cor, sem odor, livre de microorganismos patogénicos (baixo em microorganismos

Leia mais

Entidades Intermunicipais. Entidade Intermunicipal Designação Munícipios População. Comunidade Intermunicipal do Alto Minho

Entidades Intermunicipais. Entidade Intermunicipal Designação Munícipios População. Comunidade Intermunicipal do Alto Minho Intermunicipal Intermunicipal Intermunicipal Área Metropolitana Intermunicipal Intermunicipal do Alto Minho Intermunicipal do Cávado Área Metropolitana do Porto Intermunicipal do Ave Intermunicipal do

Leia mais

Itinerários Complementares

Itinerários Complementares Itinerários Complementares Viana do Castelo IC28 Bragança IC14 Braga Trofa Vila do Conde Santo Tirso Paços de Ferreira IC25 Matosinhos IC1 IC23 IC2 Espinho Paredes Valongo Porto IC24 Gondomar IC29 Porto

Leia mais

Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net

Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net Amigas das Pessoas Idosas Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net Associação Valorização Intergeracional e Desenvolvimento Activo Amigas das Pessoas Idosas cidades I Estudo nacional sobre amigabilidade

Leia mais

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Albufeira Loja de Albufeira Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127 Alcobaça Agente ACORDO - COMÉRCIO DE EQUIPA Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Seg. a Sex.

Leia mais

Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas

Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas EMPRESA CANDIDATA TÍTULO DISTRITO INCENTIVO ATRIBUÍDO (ESCUDOS) Soberania

Leia mais

Protecção e Revestimentos de Betão, Lda.

Protecção e Revestimentos de Betão, Lda. Protecção e Revestimentos de Betão, Lda. A NOSSA HISTÓRIA A aplitinta surge no mercado em Março de 1990 com a actividade principal de Pinturas de Construção Civil, apoiada na consolidação profissional

Leia mais

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA)

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA) 0 SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA) ENQUADRAMENTO A ECODEPUR entende a Concepção/Construção de uma E.T.A.R. como um conjunto integrado de Operações Unitárias

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP)

CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP) CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA - IV REGIÃO (SP) Princípios de reúso de água na indústria Ministrante: Química Industrial Ana Elisa S. Caravetti Gerente de projetos especiais da Kurita do Brasil Contatos:

Leia mais

Tratamento de ar. Filtros Série Delta Exemplos de aplicação. Filtro coal. Grosso Tipo H ou Filtro coal. Fino Tipo D. Filtro Tipo G

Tratamento de ar. Filtros Série Delta Exemplos de aplicação. Filtro coal. Grosso Tipo H ou Filtro coal. Fino Tipo D. Filtro Tipo G Filtros Delta Exemplos de aplicação Qual o filtro Delta utilizado e para que aplicação? Os reservatórios de ar devem ser instalados antes e / ou depois do secador. filtro de aspiração refrigerante reservatório

Leia mais

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 Portaria n.º 273/2009 de 18 de Março O Programa do XVII Governo Constitucional define que «o sistema [de saúde] deve ser reorganizado a todos

Leia mais

1986 2000 2013 VALORES

1986 2000 2013 VALORES HISTÓRIA Motivado pelo espírito empreendedor e acreditando num futuro de oportunidades, em 1986 o fundador da JDF deu início a suas atividades como uma pequena oficina de manutenção de máquinas. No início

Leia mais

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013 Distrito Concelho Escola Cursos Turmas 1º Ano Turmas 2º Ano Turmas 3º Ano Total turmas Aveiro Arouca ES de Arouca Animador Sociocultural 1 1 Aveiro Oliveira de Azeméis EBS Ferreira de Castro, Oliveira

Leia mais

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA 133 1. Caixa Central e Empresas do Grupo CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, C.R.L. Tel.: 213 809 900 Fax: 213 8 861 CRÉDITO AGRÍCOLA INFORMÁTICA - SISTEMAS DE

Leia mais

REFERÊNCIAS DE PROJETOS DE RECICLAGEM...8

REFERÊNCIAS DE PROJETOS DE RECICLAGEM...8 Índice EP ENGENHARIA DO PROCESSO...4 NOSSA ESTRUTURA DE PROJETOS E ADMINISTRATIVA...5 ESTRUTURA LABORATORIAL - EP ANALÍTICA...6 LABORATÓRIOS DE ANÁLISES AMBIENTAIS...7 REFERÊNCIAS DE PROJETOS DE RECICLAGEM...8

Leia mais

GUIA DE PROJECTO E OBRA

GUIA DE PROJECTO E OBRA GUIA DE PROJECTO E OBRA Processos Prediais Direcção de Engenharia 2010 ÍNDICE 1. Âmbito de Aplicação e Objectivos... 3 2. Competências e Responsabilidades... 3 2.1 Projectista... 3 2.2 ÁGUAS DO SADO...

Leia mais

Feiras de Coleccionismo e Velharias. Localidade Morada Horário Mais Informações/Contactos. 10h00 22h00. 10h00 18h30. 8h00 13h00.

Feiras de Coleccionismo e Velharias. Localidade Morada Horário Mais Informações/Contactos. 10h00 22h00. 10h00 18h30. 8h00 13h00. 1º SÁBADO DO MÊS Abrantes Praça Barão da Batalha 09h00 13h00 Alverca do Ribatejo Coimbra Convento de Santa Clara a Velha 10h00 22h00 Feira Sem Regras Figueira da Foz R João de Lemos Passeio Sul, Jardim

Leia mais

o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas

o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas OS DESAFIOS DA IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE REUTILIZAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS EM PORTUGAL ÉVORA 2012 Who we are CASO PRÁTICO 1 (piloto) REUTILIZAÇÃO

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ÁGUAS DO VOUGA

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ÁGUAS DO VOUGA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ÁGUAS DO VOUGA Tiago PARENTE 1 Fausto OLIVEIRA 2, RESUMO A promoção pela eficiência energética tem sido uma das medidas impostas pelas actuais políticas europeias com o objectivo

Leia mais

Oxidação + remoção por precipitação química

Oxidação + remoção por precipitação química ETA - ESQUEMA DE TRATAMENTO PARÂMETROS A ACTUAR OPERAÇÕES OU PROCESSOS UNITÁRIOS Ferro/manganésio Turvação Parâmetros microbiológicos Sólidos suspensos totais Equilíbrio calco-carbónico Oxidação da matéria

Leia mais

RESÍDUOS DE EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS

RESÍDUOS DE EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS Ministério da A g r i c u l t u r a, do Desenvolvimento Rural e das Pescas ficha técnica DRAEDM Direcção Regional de Agricultura de Entre-Douro e Minho 105 Autores Paula Cunha - Eng.ª Ambiente Fernando

Leia mais

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Abertura ao regime de acesso ao apoio financeiro a

Leia mais

Poupe água... e dinheiro Armazene e utilize a água da chuva Reservatórios para utilização em jardim Reservatórios para enterrar Compostagem de jardim Porque se deve armazenar e utilizar a água da chuva?

Leia mais

Apresentação da Empresa Company Presentation

Apresentação da Empresa Company Presentation Apresentação da Empresa Company Presentation Página 2 Página 3 Página 4 Página 6 Identificação Historial A ELBAI... Obra Realizada Galeria Fotográfica Identificação da Empresa Uma empresa do grupo ELBAI

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO EN 109 Km 160,3 2425-737 Ortigosa Leiria ; Telf, 244616073 / Fax: 244616074 E-mail: geo@tubofuro,pt www.tubofuro.pt Apresentação Os Separadores de Gorduras são construídos

Leia mais

LEVANTAMENTO DA SITUAÇÃO DE DESCARGA DE ÁGUAS RESIDUAIS INDUSTRIAIS DAS EMPRESAS SEDIADAS NOS PARQUES INDUSTRIAIS DE ADAÚFE E CELEIRÓS

LEVANTAMENTO DA SITUAÇÃO DE DESCARGA DE ÁGUAS RESIDUAIS INDUSTRIAIS DAS EMPRESAS SEDIADAS NOS PARQUES INDUSTRIAIS DE ADAÚFE E CELEIRÓS LEVANTAMENTO DA SITUAÇÃO DE DESCARGA DE ÁGUAS RESIDUAIS INDUSTRIAIS DAS EMPRESAS SEDIADAS NOS PARQUES INDUSTRIAIS DE ADAÚFE E CELEIRÓS Gabriela RIBEIRO 1,2 ; Eugénio FERREIRA 2 ; Cristina AMORIM 1 ; Raquel

Leia mais

TRATAMENTO DE ÁGUA PARA CALDEIRAS DE ALTA PRESSÃO. Palavras chaves: geração de vapor, cogeração, tratamento químico, arraste volátil.

TRATAMENTO DE ÁGUA PARA CALDEIRAS DE ALTA PRESSÃO. Palavras chaves: geração de vapor, cogeração, tratamento químico, arraste volátil. TRATAMENTO DE ÁGUA PARA CALDEIRAS DE ALTA PRESSÃO Palavras chaves: geração de vapor, cogeração, tratamento químico, arraste volátil. Eng ARNO ROTHBARTH INTRODUÇÃO Nos dias atuais, onde o meio ambiente,

Leia mais