TABELA DE PREÇOS 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TABELA DE PREÇOS 2014"

Transcrição

1 TABELA DE PREÇOS 2014 ECODEPUR - Tecnologias de Protecção Ambiental, Lda Urbanização da Chã Av. 21 de Junho, n.º 103 Apartado Caxarias PORTUGAL T F PROJECTO E FABRICO DE TECNOLOGIAS PARA O TRATAMENTO, REUTILIZAÇÃO, ELEVAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ÁGUA E EFLUENTES Empresa Certificada de acordo com os requisitos da Norma NP EN ISO 9001 QUALIDADE, INOVAÇÃO, PERFORMANCE!

2 MICRO-SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS FOSSAS ESTANQUES ECODEPUR - GAMA FE As Fossas Estanque, tipo Ecodepur são recipientes estanques, destinados ao armazenamento de águas residuais domésticas ou similares. Recomenda-se a utilização das Fossas Estanque, tipo ECODEPUR quando exista proibição de descarga em linha de águas ou solo, por parte da (s) entidade (s) competente (s). Facilidade/Rapidez de instalação e manutenção; Estanqueidade total (devido ao material em que são construídos não existem fugas pelas paredes constituintes, contrariamente ao que se verifica nos sistemas tradicionais construídos em betão, impedindo deste modo qualquer tipo de contaminação); Baixo custo de 1º investimento e instalação; Modelo Tipo Volume D L H He C T Peso P.V.P. FE VT1.5 H ,00 FE VT2.0 V ,02 FE VT3.0 H ,67 FE VT4.0 V ,66 FE VT5.0 H ,21 Ausência completa de odores, através de ventilação adequada; Possibilidade de incorporar sonda de alarme acústica directamente na estrutura do equipamento.

3 MICRO-SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS FOSSAS BIOLÓGICAS ECODEPUR - GAMA BIOFIX Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX, destinam-se à recepção e tratamento avançado de águas residuais domésticas ou similares, através da combinação dos processos de decantação, digestão anaeróbia e filtração biológica aeróbia. Especialmente indicado para vivendas unifamiliares, os sistemas mistos de digestão decantação e filtração biológica aeróbia atingem rendimentos da ordem dos 80% relativamente ao parâmetro CBO5 (Carência Bioquímica de Oxigénio - matéria orgânica), apresentando ainda elevados níveis de remoção de SST (Sólidos Suspensos Totais). Filtro Biológico de elevado rendimento; Elevados níveis de tratamento; Facilidade de instalação/manutenção; Não requerem qualquer tipo de consumo energético. Baixo custo de 1º investimento e instalação; Ausência de odores desagradáveis, com ventilação adequada; Modelo Hab. Volume L I H He Hs C T Peso P.V.P. BIOFIX x ,00 BIOFIX x ,00 BIOFIX x ,00 750x750 BIOFIX x1.415x ,48 BIOFIX x1.415x x ,80

4 MICRO-SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS FOSSAS SÉPTICAS ECODEPUR - GAMA FS As Fossas Sépticas com Cesto de Gradagem, tipo ECODEPUR são recipientes estanques, destinados à recepção e tratamento primário de águas residuais domésticas ou similares, através da combinação dos processos de decantação, digestão anaeróbia e de retenção de sólidos. O sistema é dotado de um cesto de gradagem, com vista a optimizar os níveis de remoção de matéria orgânica e a retenção de sólidos em suspensão. A completa estanqueidade das Fossas Sépticas pré-fabricados, permite através de ventilação adequada, eliminar totalmente os odores desagradáveis. Cesto de Gradagem incorporado para a retenção de sólidos flotáveis; Facilidade de instalação e manutenção; Estanqueidade total; Ausência de consumo energético; Modelo Volume D L H He Hs C T Peso P.V.P. FS VT ,07 FS VT ,07 FS VT ,71 FS VT ,69 FS VT ,24 Baixo custo; Ausência de odores, através de ventilação adequada.

5 MICRO-SISTEMA DE TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS MICRO ETAR ECODEPUR - GAMA OXYBIO Sistema Compacto que integra um Reactor de Lamas Activadas, regime de Baixa Carga (Sistema de Leito Misto Fluidizado) e um Decantador Secundário Lamelar. As características construtivas do Reactor ECODEPUR OXYBIO, associados ao método de arranque aplicado (activação biológica), permitem dispensar a tradicional recirculação de lamas do decantador secundário para o reactor biológico, reduzindo, deste modo, de forma bastante elevada, o consumo de energia associado a sistemas semelhantes. O ECODEPUR OXYBIO possui elevada facilidade de up-grade do Sistema para reutilização do efluente tratado para Rega de acordo com o DL 236/98 de 1 de Agosto e NP4434; O sistema de tratamento foi dimensionado visando dar cumprimento aos Valores Limite de Emissão (VLE) estabelecidos na Legislação Vigente (Dec. Lei n.º 152/97, de 19 de Junho e o Dec. Lei n.º 236/98, de 1 de Agosto) para descarga em Meio Receptor Natural (Água/Solo). Facilidade de Definição da Solução a Adoptar - Plataforma Web; Mínimo Consumo Energético e Impacto Visual; Facilidade de Instalação, Arranque e Manutenção; Ausência de odores desagradáveis; Estanquidade Total (impossibilidade de infiltrações de efluente não tratado); Facilidade de up-grade do Sistema para reutilização do efluente tratado para Rega de acordo com o DL 236/98 de 1 de Agosto e NP4434; Modelo Volume L I H He Hs C T Peso P.V.P. OXYBIO x ,55 OXYBIO x(750x750) ,45 OXYBIO x(750x750) ,50 OXYBIO x(750x1.415) ,50 Promoção e Valorização da Construção; Cumprimento Regulamentação CE; Garantia 5 Anos (Material 100% Reciclável).

6 TRATAMENTO DE ÁGUAS CONTAMINADAS COM ÓLEOS MINERAIS (HIDROCARBONETOS) SEPARADOR DE HIDROCARBONETOS ECODEPUR GAMA DEPUROIL Os equipamentos propostos possuem marcação CE, de acordo com a obrigatoriedade legal que advém da entrada em vigor da Directiva 89/106/CEE dos Produtos de Construção, cumprindo todos os requisitos da Norma Europeia EN 858-1:2002. A produção do equipamento sob condições controladas, a utilização de matériasprimas de qualidade e a inspecção do produto acabado, de acordo com as exigências da norma ISO 9001:2000, garantem a qualidade do produto final. Marcação CE EN858; Elevados níveis de tratamento; Pré-Decantação incorporada; Sistema de Obturação Automática de Segurança Incorporada (sistema maciço anti descalibração); Dispositivo de recolha de amostras incorporada; Tampa de Protecção aos componentes internos; Possibilidade de incorporar by-pass e sonda de alarme acústica e luminosa; Elevada capacidade de armazenamento de produtos separados; Facilidade de instalação e manutenção; Estanqueidade total; Sem consumo energético e de baixo custo. Classe 1 de acordo com a Norma EN858-1:2002 Modelo Volume L I H He Hs C T Peso P.V.P. DEPUROIL NS (Ø) ,25 DEPUROIL NS x ,52 DEPUROIL NS x ,10 DEPUROIL NS x ,46 750x1.415 DEPUROIL NS 10/ x(750x1.415) ,42 DEPUROIL NS x(750x1.415) ,23 750x750 EQUIP. OPCIONAL Sonda de Alarme Acústico e Luminoso 642,86 EQUIP. OPCIONAL Tampas em Ferro Fundido Sob Consulta

7 TRATAMENTO DE ÁGUAS CONTAMINADAS COM ÓLEOS VEGETAIS E ANIMAIS SEPARADOR DE GORDURAS ECODEPUR - GAMA GORTECH Os equipamentos propostos possuem marcação CE, de acordo com a obrigatoriedade legal que advém da entrada em vigor da Directiva 89/106/CEE dos Produtos de Construção, cumprindo todos os requisitos da Norma Europeia EN A produção do equipamento sob condições controladas, a utilização de matériasprimas de qualidade e a inspecção do produto acabado, de acordo com as exigências da norma ISO 9001:2000, garantem a qualidade do produto final. Marcação CE EN1825-1; Pré-Decantação incorporada; Tampa de Protecção dos componentes internos Possibilidade de incorporar by-pass e sonda de alarme acústica e luminosa; Elevada capacidade de armazenamento de produtos separados; Facilidade de instalação e manutenção; Estanquicidade total; Sem consumo energético; Baixo custo; Ausência de odores com ventilação adequada. Modelo Volume L I H He Hs C T Peso P.V.P. GORTECH NS X ,57 GORTECH NS x ,89 GORTECH NS x ,97 750x1.415 GORTECH NS X(750X1.415) ,00 EQUIP. OPCIONAL Tampas em Ferro Fundido Sob Consulta

8 RESERVATÓRIOS PARA ARMAZENAMENTO DE ÁGUA E EFLUENTES RESERVATÓRIOS AÉREOS ECODEPUR - GAMA RA Os Reservatórios Aéreos, tipo ECODEPUR, GAMA RA, são recipientes destinados à recepção de água e efluentes. Facilidade/Rapidez de instalação e manutenção; Estanquicidade total (devido ao material em que são construídos não existem fugas pelas paredes constituintes, contrariamente ao que se verifica nos sistemas tradicionais construídos em betão, impedindo deste modo fugas e qualquer tipo de contaminação); Baixo custo de 1º investimento e instalação. Modelo Tipo Volume L H D C Peso P.V.P. RAV-500 VERTICAL ,23 RAH HORIZONTAL ,00 RAV VERTICAL ,00 RAH HORIZONTAL ,67 RAV VERTICAL ,64 RAH HORIZONTAL ,20

9 RESERVATÓRIOS PARA ARMAZENAMENTO DE ÁGUA E EFLUENTES RESERVATÓRIOS SUBTERRÂNEOS ECODEPUR - GAMA RS Os Reservatórios Subterrâneos, tipo ECODEPUR, GAMA RS, são recipientes destinados à recepção de água e efluentes. Facilidade/Rapidez de instalação e manutenção; Estanquicidade total (devido ao material em que são construídos não existem fugas pelas paredes constituintes, contrariamente ao que se verifica nos sistemas tradicionais construídos em betão, impedindo deste modo fugas e qualquer tipo de contaminação); Baixo custo de 1º investimento e instalação. Modelo Tipo Volume L H D C Peso P.V.P. RSV-500 VERTICAL ,23 RSH HORIZONTAL ,00 RSV VERTICAL ,00 RSH HORIZONTAL ,67 RSV VERTICAL ,64 RSH HORIZONTAL ,20

10 EQUIPAMENTOS DE GRANDES DIMENSÕES PREÇOS SOB CONSULTA CONTACTOS ECODEPUR E.T.A.R S COMPACTAS POLO 1 SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS Urbanização da Chã Av. 21 de Junho n.º 103 Apartado Caxarias SEPARADORES DE GORDURAS POLO 2 GRUPOS DEPURADORES POR LEITO PERCOLADOR Zona Industrial Casal dos Frades Lote Seiça - Ourém FOSSAS SÉPTICAS MONOBLOCO OU DUPLA DECANTAÇÃO CONTACTOS DECANTADORES DE SÓLIDOS TEL FAX WEB

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 v1.4-300312 -281011 Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 APRESENTAÇÃO As Fossa Séptica, tipo ECODEPUR, são recipientes estanques, destinados ao armazenamento de águas residuais

Leia mais

FOSSAS SÉPTICAS. TUBOFURO - Tubos em PVC, S.A.

FOSSAS SÉPTICAS. TUBOFURO - Tubos em PVC, S.A. FOSSAS SÉPTICAS As Fossas são aplicáveis no tratamento biológico de efluentes domésticos (cozinha e casa de banho) sempre que se verifique a impossibilidade de ligação à rede de esgotos municipal. Estes

Leia mais

Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas)

Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas) Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas) APRESENTAÇÃO Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX,

Leia mais

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA)

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA) 0 SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ECODEPUR SBR (E.T.A.R. COMPACTA) ENQUADRAMENTO A ECODEPUR entende a Concepção/Construção de uma E.T.A.R. como um conjunto integrado de Operações Unitárias

Leia mais

Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas)

Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas) v1.2-130312 0 Compactos Fossas/Filtro, tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX Digestores com Filtro Biológico (Fossa Biológicas) APRESENTAÇÃO Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR,

Leia mais

v1.8-060312 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858

v1.8-060312 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858 APRESENTAÇÃO Os Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL, são equipamentos destinados

Leia mais

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F Apresentação Os es de Gorduras e Féculas, tipo EcoAlcance são recipientes estanques, destinados à recepção de águas residuais gordurosas procedentes do uso doméstico ou industrial, originadas pelo manuseamento

Leia mais

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213 ECODEPUR DEPURWASH Sistema de Tratamento e v1.2-200213 Reciclagem de Águas de Lavagem ENQUADRAMENTO A água potável é um bem cada vez mais escasso, e deverão ser efectuados todos os esforços para preservar

Leia mais

SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO NATUR-OIL

SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO NATUR-OIL SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO Os Separadores de Hidrocarbonetos são construídos com base na Norma EN858-1:2002 e cumprem os requisitos legais da Directiva

Leia mais

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos presentes

Leia mais

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX Rev.1 28.04.16 FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX APRESENTAÇÃO Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX, são recipientes estanques, destinados à recepção e tratamento

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO EN 109 Km 160,3 2425-737 Ortigosa Leiria ; Telf, 244616073 / Fax: 244616074 E-mail: geo@tubofuro,pt www.tubofuro.pt Apresentação Os Separadores de Gorduras são construídos

Leia mais

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos

Leia mais

Sector do Meio Ambiente. Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas

Sector do Meio Ambiente. Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas Sector do Meio Ambiente Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas Pág. 2 Introdução Rotomoldagem é um grupo de empresas que se dedica à transformação de polímeros. Estamos inseridos

Leia mais

SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA

SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO ALGARVE ETAR DA BOAVISTA Paginação.indd 1 10/03/18 16:21 SISTEMA MULTIMUNICIPAL DE SANEAME 1. CONCEPÇÃO DA INFRAESTRUTURA A ETAR da Boavista contempla o tratamento

Leia mais

Salher Ibérica, S. L. Salher Guadalajara Salher Portugal Salher Polska Salher France Salher México S.A.c.v.

Salher Ibérica, S. L. Salher Guadalajara Salher Portugal Salher Polska Salher France Salher México S.A.c.v. www.salher.com Quem Somos -A SALHER é uma empresa de origem espanhola, fundada em 1980. -Por mais de 30 anos, a SALHER teve como principal objectivo o fabrico e desenvolvimento de sistemas de depuração

Leia mais

ETAR de Ermesinde e Alfena. Capacidade de Tratamento: Breve descrição do tratamento:

ETAR de Ermesinde e Alfena. Capacidade de Tratamento: Breve descrição do tratamento: ETAR de Ermesinde e Alfena A ETAR de Ermesinde foi projectada para tratar os efluentes urbanos provenientes da zona poente do Concelho de Valongo, abrangendo as freguesias de Ermesinde e Alfena. Esta ETAR

Leia mais

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX Rev.2 10.11.16 FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX APRESENTAÇÃO Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX, são recipientes estanques, destinados à recepção e tratamento

Leia mais

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX

FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX Rev.1 28.04.16 FOSSA BIOLÓGICA ECODEPUR BIOFIX APRESENTAÇÃO Os equipamentos Compactos Fossa/Filtro (Fossa Biológica), tipo ECODEPUR, Gama BIOFIX, são recipientes estanques, destinados à recepção e tratamento

Leia mais

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015 O projeto O Projeto Heróis da Água é promovido pela EMAS de Beja e pela Câmara Municipal de Beja, enquadra-se na área da sensibilização e educação ambiental. O projeto mantem-se pelo 3.º ano e continua

Leia mais

GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS. José dos Santos Santiago (*)

GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS. José dos Santos Santiago (*) GESTÃO, TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE EFLUENTES LÍQUIDOS José dos Santos Santiago (*) RESUMO: Apresenta-se, neste artigo, a metodologia a seguir para gerir, tratar a reutilizar os efluentes industriais,

Leia mais

PROTEJA O AMBIENTE ESTAMOS SEMPRE AO SEU LADO CÁTALOGO DE EQUIPAMENTO AMBIENTAL 2015

PROTEJA O AMBIENTE ESTAMOS SEMPRE AO SEU LADO CÁTALOGO DE EQUIPAMENTO AMBIENTAL 2015 PROTEJA O AMBIENTE ESTAMOS SEMPRE AO SEU LADO CÁTALOGO DE EQUIPAMENTO AMBIENTAL 2015 EQUIPAMENTO OFICIONAL PLATAFORMA PARA CONTENÇÃO DE DERRAMES - BACIAS DE RETENÇÃO GAMA ECOSPILL À RECEPCÇÃO E ARMAZENAMENTO

Leia mais

o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas

o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas o seu parceiro em tecnologias e soluções de tratamento de águas OS DESAFIOS DA IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE REUTILIZAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS EM PORTUGAL ÉVORA 2012 Who we are CASO PRÁTICO 1 (piloto) REUTILIZAÇÃO

Leia mais

FOSSA ESTANQUE DESENHO TÉCNICO DADOS TÉCNICOS. Modelo. (mm) (mm) (mm) (mm) (mm) (l) (mm) FEH - 1000 FEH - 2000 FEH - 3000 110/160 FEH - 5000 110/160

FOSSA ESTANQUE DESENHO TÉCNICO DADOS TÉCNICOS. Modelo. (mm) (mm) (mm) (mm) (mm) (l) (mm) FEH - 1000 FEH - 2000 FEH - 3000 110/160 FEH - 5000 110/160 FOSS ESTNQUE DESENHO TÉNIO Horizontal Vertical Dp DDOS TÉNIOS Modelo V (l) FEH - 1000 1000 1150 1650 1020 940 FEH - 2000 2000 1480 1790 1355 1265 FEH - 3000 3000 1560 2100 1475 /160 1370 FEH - 5000 5000

Leia mais

TABELA PREÇOS 2014 rev02 TABELA DE PREÇOS

TABELA PREÇOS 2014 rev02 TABELA DE PREÇOS TABELA DE PREÇOS DEPÓSITOS HORIZONTAIS HORIZONTAL DE PEQUENA CAPACIDADE Imagem Ref. Vol Diâm Comp Alt Tampa Preço Sup. Preço Ref. Lt mm mm mm mm DHS500 500 750 1250 830 300 192 239 DHS1000 1000 900 1550

Leia mais

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares INDICE Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro G para aspiração directa ou aspiração à distância Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro

Leia mais

AEROTEC SANEAMENTO BÁSICO LTDA.

AEROTEC SANEAMENTO BÁSICO LTDA. INTRODUÇÃO Todo e qualquer sistema de captação e tratamento de efluente doméstico tem como destino final de descarte desse material, direta ou indiretamente, corpos d água como seus receptores. A qualidade

Leia mais

Composição. Paredes. Cobertura. Parafusos. Fundo. Betonagem da base. Juntas

Composição. Paredes. Cobertura. Parafusos. Fundo. Betonagem da base. Juntas Depósitos em Aço Composição Paredes Chapa de aço galvanizada a quente, ondulada em perfil 18/76-R18 de desenho especial que lhe confere grande resistência e capacidade forte da chapa. Isto deve-se essencialmente

Leia mais

INTERAGUA AquaBiox. Tecnologia de Tratamento de Esgotos. AquaBiox MBBR-FL. Unidades Compactas. www.interagua.pt. interagua@interagua.

INTERAGUA AquaBiox. Tecnologia de Tratamento de Esgotos. AquaBiox MBBR-FL. Unidades Compactas. www.interagua.pt. interagua@interagua. INTERAGUA Tecnologia de Tratamento de Esgotos Unidades Compactas FL INTERAGUA FL CARACTERISTICAS GERAIS ETAR compacta em contentor marítimo certificado de 20 ou 40 ; Tipo standard com pré-decantação integrada

Leia mais

Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos

Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO DECIV DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos DISCIPLINA: SANEAMENTO PROF. CARLOS EDUARDO F MELLO e-mail: cefmello@gmail.com

Leia mais

TÉCNICAS DE SEPARAÇÃO DE HIDROCARBONETOS

TÉCNICAS DE SEPARAÇÃO DE HIDROCARBONETOS DE HIDROCARBONETOS INDICE Separador de hidrocarbonetos em PEAD Reforçado 3-15 l/s modelo KESSEL Acessórios para Separadores de hidrocarbonetos em PEAD Reforçado 3-15 l/s modelo KESSEL Separador de hidrocarbonetos

Leia mais

MARETE INDUSTRIAL APLICAÇÕES

MARETE INDUSTRIAL APLICAÇÕES A estação da série é um sistema de tratamento de efluentes industriais de fluxo contínuo com finalidade de lançamento em corpos receptores ou reuso interno, servindo a diversos segmentos industriais. O

Leia mais

Tratamento Secundário. Tratamento Biológico

Tratamento Secundário. Tratamento Biológico Tratamento Secundário Tratamento Biológico Tratamentos Biológicos O 2, Elizabeth Duarte Tratamento Secundário Remoção de matéria orgânica biodegradável por processos biológicos 1- Decomposição da matéria

Leia mais

TRATAMENTOS TERCIÁRIOS DE ÁGUAS RESIDUAIS COM VISTA À REUTILIZAÇÃO

TRATAMENTOS TERCIÁRIOS DE ÁGUAS RESIDUAIS COM VISTA À REUTILIZAÇÃO IX ENCONTRO TÉCNICO ECOATLÂNTICO - FUNCHAL TRATAMENTOS TERCIÁRIOS DE ÁGUAS RESIDUAIS COM VISTA À REUTILIZAÇÃO João Ferreira da Silva 22 de Novembro de 2007 TRATAMENTO SECUNDÁRIO LEGISLAÇÃO Decreto-Lei

Leia mais

v ETAR Compacta, Sistema ECODEPUR FITODEPUR

v ETAR Compacta, Sistema ECODEPUR FITODEPUR v1.3-260312 0 ETAR Compacta, Sistema ECODEPUR FITODEPUR APRESENTAÇÃO As Estações de Tratamento de Águas Residuais (E.T.A.R. Compacta), sistema ECODEPUR FITODEPUR são unidades, compactas e modulares, destinadas

Leia mais

Química das Águas - parte 3

Química das Águas - parte 3 QUÍMICA AMBIENTAL Química das Águas - parte 3 Aula S07 - Purificação de águas poluídas (Tratamento de esgoto) Prof. Rafael Arromba de Sousa Departamento de Química UFJF 2º período de 2013 Recapitulando...

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologia Diploma de Estudos Avançados Engenharia Sanitária e Gestão Integrada de Resíduos. 1º Período

Faculdade de Ciências e Tecnologia Diploma de Estudos Avançados Engenharia Sanitária e Gestão Integrada de Resíduos. 1º Período 1. Plano de estudos: Faculdade de Ciências e Tecnologia Diploma de Estudos Avançados Engenharia Sanitária e Gestão Integrada de Resíduos 1º Período QUADRO N.º 2-Engenharia Sanitária e Gestão Integrada

Leia mais

ETEs COMPACTAS VERTICAIS BIOFIBER

ETEs COMPACTAS VERTICAIS BIOFIBER ETEs COMPACTAS VERTICAIS BIOFIBER APRESENTAÇÃO O tratamento de esgoto nos centros urbanos tem se mostrado um desafio crescente. Devido à área requerida para implantação, bem como dos maus odores característicos

Leia mais

OPERAÇÕES DE LIMPEZA DAS FOSSAS

OPERAÇÕES DE LIMPEZA DAS FOSSAS Página 1 of 7 0 CONTROLO DE REVISÕES... 2 1 OBJECTIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 2 REFERÊNCIAS... 2 3 DEFINIÇÕES... 2 4 ABREVIATURAS... 3 5 PROCEDIMENTO... 3 5.1 LIMPEZA DAS FOSSAS ESTANQUES... 3 5.2 LIMPEZA

Leia mais

Laboratório de Tecnologia Automóvel, Lda.

Laboratório de Tecnologia Automóvel, Lda. Laboratório de Tecnologia Automóvel, Lda. 1/33 O LTA tem como objetivo principal a realização de verificações e ensaios a veículos automóveis de todas as categorias e respetivos componentes. O Laboratório

Leia mais

www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA

www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA Certificação ISO 9001:2008 ACTIVIDADE E SERVIÇOS Engenharia, construção e instalação de equipamentos industriais, destacando-se: - Tratamento de efluentes

Leia mais

SEPARADOR DE GORDURAS ECODEPUR, GORTECH SELF CLEAN

SEPARADOR DE GORDURAS ECODEPUR, GORTECH SELF CLEAN Rev.1_14.10.15 SEPARADOR DE GORDURAS ECODEPUR, GORTECH SELF CLEAN APRESENTAÇÃO Os Separadores de Gorduras, tipo ECODEPUR, modelo GORTECH SELFCLEAN GS 1850-AST são recipientes estanques, destinados à recepção

Leia mais

FOSSA SEPTICA ECODEPUR

FOSSA SEPTICA ECODEPUR Rev.1_21.07.16 FOSSA SEPTICA ECODEPUR APRESENTAÇÃO As Fossas Sépticas tipo ECODEPUR são recipientes estanques, destinados ao armazenamento e tratamento de águas residuais domésticas ou similares, através

Leia mais

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados:

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados: Nota Técnica ARMAZENAGEM DE ÓLEOS USADOS Para efeitos do presente documento, considera-se a definição de óleos usados constante na alínea b) do artigo 2.º do Decreto-lei n.º 153/2003. Define-se reservatório

Leia mais

ETAR de Valongo, Campo e Sobrado. Capacidade de Tratamento: Descrição do Tratamento

ETAR de Valongo, Campo e Sobrado. Capacidade de Tratamento: Descrição do Tratamento ETAR de Valongo, Campo e Sobrado A Estação de Tratamento de Águas Residuais de Valongo, Campo e Sobrado foi projectada para tratar os efluentes da zona nascente do Concelho de Valongo, abrangendo as freguesias

Leia mais

Sumário. manua_pratic_05a_(1-8)_2014_cs4_01.indd 9 26/05/2014 15:40:32

Sumário. manua_pratic_05a_(1-8)_2014_cs4_01.indd 9 26/05/2014 15:40:32 Sumário Apresentação... 15 Capítulo 1 Qualidade da água e saneamento... 17 Referências bibliográficas...24 Capítulo 2... 25 Resumo geral da teoria... 25 2.1 Poluição e contaminação dos recursos hídricos...25

Leia mais

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Atlas Copco Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Uma gama de arrefecedores finais efectivos e de separadores de água em conformidade

Leia mais

REUSO DE ÁGUA A PARTIR DE EFLUENTE TRATADO TÉCNICAS E INOVAÇÕES

REUSO DE ÁGUA A PARTIR DE EFLUENTE TRATADO TÉCNICAS E INOVAÇÕES REUSO DE ÁGUA A PARTIR DE EFLUENTE TRATADO TÉCNICAS E INOVAÇÕES OBTER ÁGUA DE REUSO DE BOA QUALIDADE COMEÇA POR UM SISTEMA TRATAMENTO DE ESGOTOS DE ALTA PERFORMANCE TRATAMENTO PRIMÁRIO: CONSISTE NA SEPARAÇÃO

Leia mais

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS. Engº Ricardo de Gouveia

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS. Engº Ricardo de Gouveia SISTEMAS DE TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS Engº Ricardo de Gouveia SEQÜÊNCIA TÍPICA Tratamento Primário Tratamento Secundário Tratamento Terciário SEQÜÊNCIA TÍPICA Tratamento Primário Grades ou Peneiras

Leia mais

25.11.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 310/11

25.11.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 310/11 PT 25.11.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 310/11 DECISÃO DA COMISSÃO de 18 de Novembro de 2011 que estabelece regras e métodos de cálculo para verificar o cumprimento dos objectivos estabelecidos

Leia mais

TRATAMENTO DE CHORUME

TRATAMENTO DE CHORUME TRATAMENTO DE CHORUME Com tecnologias de alta performance e custos compatíveis com o mercado brasileiro 6 de Agosto, 2014 Sede do CREA, Rio de Janeiro, Brasil O QUE É CHORUME? Lixiviação de água durante

Leia mais

Salher Portugal, L.da Zona Industrial de Vagos, Lotes 44 46, Apartado 139 3844-909 Vagos Telf: (00 351) 234 795 821 Fax: (00 351) 234 795 823

Salher Portugal, L.da Zona Industrial de Vagos, Lotes 44 46, Apartado 139 3844-909 Vagos Telf: (00 351) 234 795 821 Fax: (00 351) 234 795 823 Salher Portugal, L.da Zona Industrial de Vagos, Lotes 44 46, Apartado 139 3844-909 Vagos Telf: (00 351) 234 795 821 Fax: (00 351) 234 795 823 www.salher.com DEPUAÇÃO NATUAL Página Nº 1 ÍNDICE GUPO DEPUADO

Leia mais

Centrais Elevatórias de Efluentes

Centrais Elevatórias de Efluentes Centrais Elevatórias de Efluentes Série Ambibox A P L I C A Ç Õ E S Elevação para a rede pública de colectores Indústria Povoações Loteamentos habitacionais Parques de Campismo Garagens Caves, etc... C

Leia mais

A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano

A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A solução Integrada para o tratamento de Água para Consumo Humano A legislação nacional relativa à qualidade da água para consumo humano

Leia mais

CÂMARA TEMÁTICA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS NBR-12.209 ABNT

CÂMARA TEMÁTICA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS NBR-12.209 ABNT CÂMARA TEMÁTICA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS NORMA BRASILEIRA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDRAULICO SANITÁRIOS DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS NBR-12.209 ABNT Eduardo Pacheco Jordão, Dr.Eng.

Leia mais

Fase de construção do Prolongamento da Linha Vermelha, entre Alameda e São Sebastião

Fase de construção do Prolongamento da Linha Vermelha, entre Alameda e São Sebastião Fase de construção do Prolongamento da Linha Vermelha, entre Alameda e São Sebastião Identificação dos factores ambientais verdadeiramente significativos Descrição do projecto Prolongamento da Linha Vermelha

Leia mais

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES: UPGRADE DE FOSSAS SEPTICAS PARA ETAR COMPACTA

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES: UPGRADE DE FOSSAS SEPTICAS PARA ETAR COMPACTA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES: UPGRADE DE FOSSAS SEPTICAS PARA ETAR COMPACTA Ivo BRAGA 1 RESUMO Desde 1987, a AQUAPOR / LUSÁGUA é um dos principais players do mercado na Gestão de Concessões

Leia mais

CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO

CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO BIOS CLASSE 5 NO X MELHORAR A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É UMA DAS GRANDES METAS DA NOSSA SOCIEDADE NO SÉCULO XXI. A GAMA BIOS, BASEADA NA TECNOLOGIA DA CONDENSAÇÃO É UM DOS

Leia mais

ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS E INDUSTRIAIS COM CARACTERÍSTICAS EQUIVALENTES

ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS E INDUSTRIAIS COM CARACTERÍSTICAS EQUIVALENTES ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS E INDUSTRIAIS COM CARACTERÍSTICAS EQUIVALENTES TECNOLOGIAS DE TRATAMENTO 1. CARACTERÍSTICAS QUALITATIVAS... 1 1.1 - Identificação... 1 1.2 - Determinação...2 1.3 - Notas importantes

Leia mais

APOIO PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO PARCEIROS ESTRATÉGICOS Soluções Tecnoecológicas com ozônio APOIO PARCEIROS ESTRATÉGICOS A BrasilOzônio Localizada no CIETEC/USP Mais de 5 anos de pesquisa; Parcerias com especialistas e grandes centros tecnológicos do país como

Leia mais

Introdução ao Tratamento de Resíduos Industriais

Introdução ao Tratamento de Resíduos Industriais Introdução ao Tratamento de Resíduos Industriais Disciplina : Tratamento de Resíduos Professor : Jean Carlo Alanis Peneiras : Utilizadas para remoção de sólidos finos e/ou fibrosos; Possuem abertura de

Leia mais

CATÁLOGO 2014. Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS

CATÁLOGO 2014. Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS CATÁLOGO 2014 Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS CISTERNAS VERTICAIS Nossa linha de Cisternas Verticais foi desenvolvida para se adaptar às mais diversas estruturas e, atráves de vasos comunicantes,

Leia mais

Eficiência de remoção de DBO dos principais processos de tratamento de esgotos adotados no Brasil

Eficiência de remoção de DBO dos principais processos de tratamento de esgotos adotados no Brasil Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais - AESBE Eficiência de remoção de DBO dos principais processos de tratamento de esgotos

Leia mais

Gestão total da água. Sistemas de tratamento de água e de águas residuais para navios e plataformas marítimas

Gestão total da água. Sistemas de tratamento de água e de águas residuais para navios e plataformas marítimas Gestão total da água Sistemas de tratamento de água e de águas residuais para navios e plataformas marítimas Tecnologias da água Fabricado na Alemanha Longa Experiência A RWO Marine Water Technology é

Leia mais

O processo de tratamento da ETE-CARIOBA é composto das seguintes unidades principais:

O processo de tratamento da ETE-CARIOBA é composto das seguintes unidades principais: 1.0 ETE CARIOBA A Estação de Tratamento de Esgotos Sanitários denominada ETE- CARIOBA é responsável pelo tratamento de esgotos coletados pelo sistema publico de esgotos sanitários na principal bacia da

Leia mais

A experiência da gestão directa

A experiência da gestão directa Gestão da Água em meio urbano no quadro regional, caminho para o futuro? A experiência da gestão directa Modelos de Gestão atuais, as diferentes visões e os resultados atuais. Caracterização do Concelho

Leia mais

DELTA AMBIENTAL Grupo Delta Vinil Estações Compactas de Tratamento de Esgotos Sanitários. Estações Compactas de Tratamento de Esgoto - ECTE

DELTA AMBIENTAL Grupo Delta Vinil Estações Compactas de Tratamento de Esgotos Sanitários. Estações Compactas de Tratamento de Esgoto - ECTE Estações Compactas de Tratamento de Esgoto - ECTE 1) APRESENTAÇÃO A Delta Ambiental oferece diversas opções de, com o intuito de poder adequar a melhor solução em termos de custo/benefício para cada situação

Leia mais

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv Postos de transformação PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv PFS CABINAS SUBTERRÂNEAS PARA POSTOS DE TRANSFORMAÇÃO DESCRIÇÃO A cabina PFS é uma envolvente monobloco de betão

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA 1. Identificação da substância/preparação e da sociedade / empresa Identificação da substância / preparação Nome comercial: LUSO EXTRUDER Código do produto: TPVE 301 Utilização da substância / da preparação:

Leia mais

SANEAMENTO BÁSICO. Remoção e Tratamento de Resíduos - Dejectos

SANEAMENTO BÁSICO. Remoção e Tratamento de Resíduos - Dejectos SANEAMENTO BÁSICO Remoção e Tratamento de Resíduos - Dejectos SANEAMENTO BÁSICO Remoção e Tratamento de Resíduos = Dejectos = Módulo de Saneamento Disciplina de Enfermagem em Saúde Comunitária III Curso

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA PROMINOL P 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Data de emissão: 13 / 03 / 08 Nome do produto: Uso do produto: PROMINOL P Adubo Empresa responsável pela comercialização:

Leia mais

Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho

Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho 1 1. A campanha MET 2. Aquisição de máquinas seguras 3. Utilização de equipamentos de trabalho bem adaptados 4. Locais de trabalho

Leia mais

Gerenciamento e Tratamento de Águas Residuárias - GTAR

Gerenciamento e Tratamento de Águas Residuárias - GTAR Gerenciamento e Tratamento de Águas Residuárias - GTAR Segunda 15 às 17h IC III sala 16 Turma: 2015/1 Profª. Larissa Bertoldi larabertoldi@gmail.com Aula de hoje.. Tratamento Primário Coagulação/Floculação

Leia mais

DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto

DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto Área temática: Saúde Pública/Vigilância Sanitária e Ambiental Trabalho

Leia mais

[SELO ALIMENTO SEGURO]

[SELO ALIMENTO SEGURO] 1 Lista de Verificação Selo Alimento Seguro Lista de Verificação com a finalidade de examinar todos os aspectos relacionados com as instalações, equipamentos, ferramentas, instrumentos utilizados pelas

Leia mais

COMPACTO FOSSA FILTRO. DRENAGEM O escoamento das águas após tratamento será efectuado através de poços de absorção ou trincheiras infiltrantes.

COMPACTO FOSSA FILTRO. DRENAGEM O escoamento das águas após tratamento será efectuado através de poços de absorção ou trincheiras infiltrantes. Conteúdo COMPACTO FOSSA FILTRO...2 Fossa Biológica em Polietileno...3 Fossa Séptica Biológica...4 Fossa Séptica c/ Pré-Filtro e Filtro Carvão Activo...5 Fossa Séptica Estanque c/ Filtro Carvão Activo...6

Leia mais

VAMOS FAZER MENOS LIXO: REDUÇÃO REUTILIZAÇÃO REDUÇÃO, REUTILIZAÇÃO E RECICLAGEM

VAMOS FAZER MENOS LIXO: REDUÇÃO REUTILIZAÇÃO REDUÇÃO, REUTILIZAÇÃO E RECICLAGEM 1 VAMOS FAZER MENOS LIXO: REDUÇÃO, REUTILIZAÇÃO E RECICLAGEM POLÍTICA DOS 3 R S: consiste na aplicação dos seguintes princípios, por ordem de prioridade: REDUÇÃO da quantidade de resíduos produzidos e

Leia mais

Construction. Aparelho pneumático para aplicação de SikaBond -T52 FC. Descrição do produto. Dados do produto

Construction. Aparelho pneumático para aplicação de SikaBond -T52 FC. Descrição do produto. Dados do produto Ficha de Produto Edição de Abril de 2011 Nº de identificação: 99.102 Versão nº 1 SikaBond Dispenser-5400 Aparelho pneumático para aplicação de SikaBond -T52 FC Descrição do produto SikaBond Dispenser-5400

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS E FÉCULAS DE MONTAGEM ENTERRADA

SEPARADORES DE GORDURAS E FÉCULAS DE MONTAGEM ENTERRADA DE MONTAGEM ENTERRADA INDICE Separador de Gorduras em aço inoxidável para montagem enterrada Separador de Gorduras em PEAD para montagem enterrada, para aplicação directa no terreno receptor Zonas de tráfego

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS LAT - ENZIM é o produto indicado para o tratamento de todos os entupimentos de gordura orgânica em canalizações de esgoto e grelhas

Leia mais

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA. Nº. 016/ 2012 CREA/MG E FUNASA Setembro/2013

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA. Nº. 016/ 2012 CREA/MG E FUNASA Setembro/2013 TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Nº. 016/ 2012 CREA/MG E FUNASA Setembro/2013 S Capacitação de Técnicos e Gestores para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico Módulo I Sistema de Esgotamento Sanitário

Leia mais

A CERTIFICAÇÃO DA AGRICULTURA BIOLÓGICA. António Mantas

A CERTIFICAÇÃO DA AGRICULTURA BIOLÓGICA. António Mantas A CERTIFICAÇÃO DA AGRICULTURA BIOLÓGICA António Mantas am@sativa.pt A CERTIFICAÇÃO de um produto (ou de um processo ou de um serviço) é um meio de garantir a sua conformidade com normas e outros documentos

Leia mais

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE GASES - ETALG

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE GASES - ETALG ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE GASES - ETALG Para atender às regulamentações ambientais atuais, os gases emitidos por caldeiras que utilizam bagaço de cana ou outros tipos de biomassa devem,

Leia mais

REUSO PLANEJADO DA ÁGUA: UMA QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA...

REUSO PLANEJADO DA ÁGUA: UMA QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA... REUSO ÁGUA: INTELIGÊNCIA... PLANEJADO DA UMA QUESTÃO DE CONSUMO DE ÁGUA doméstico Indústria Agricultura 18,60% 8,00% 22,40% 22,00% 59,00% 70,00% Brasil Mundo Consumo mundial = 3.240 km 3 / ano Consumo

Leia mais

Sistemas Compactos de Tratamento de Esgotos Sanitários para Pequenos Municípios

Sistemas Compactos de Tratamento de Esgotos Sanitários para Pequenos Municípios Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Jacuí - COAJU III Seminário Estadual sobre os Usos Múltiplos da Água Erechim, 30 de julho de 2010 Sistemas Compactos de Tratamento de Esgotos Sanitários

Leia mais

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar.rigsun. A Rigsun é a nova marca nacional de sistemas solares térmicos.

Leia mais

Numa fossa séptica não ocorre a decomposição aeróbia e somente ocorre a decomposição anaeróbia devido a ausência quase total de oxigênio.

Numa fossa séptica não ocorre a decomposição aeróbia e somente ocorre a decomposição anaeróbia devido a ausência quase total de oxigênio. As fossas sépticas são unidades de tratamento primário de esgoto doméstico nas quais são feitas a separação e a transformação físico-química da matéria sólida contida no esgoto. É uma maneira simples e

Leia mais

Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança

Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança ENQUADRAMENTO O QUE SE PRETENDE? A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Leia mais

Velis, Estilo e design italiano

Velis, Estilo e design italiano VELIS MAIO 2015 1 Velis, Estilo e design italiano Um novo conceito de termoacumulador num perfeito estilo italiano. Super Fino A Ariston encontrou o equilíbrio perfeito entre dimensões compactas, eficiência

Leia mais

CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT

CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT CALDEIRAS DE CHÃO DE CONDENSAÇÃO POWER HT POWER HT MELHORAR A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É UMA DAS GRANDES METAS DA NOSSA SOCIEDADE NO SÉCULO XXI. A GAMA POWER HT, BASEADA NA TECNOLOGIA DA CONDENSAÇÃO É UM

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL GRUPO HENRIQUES, SGPS As empresas que constituem o Grupo HENRIQUES SGPS desenvolvem a sua actividade na área da engenharia, com elevada incorporação tecnológica e industrial.

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Um pouco da nossa história

Um pouco da nossa história Um pouco da nossa história Possui 250 empresas Presente 57 países 119 mil empregados Produtos presente 175 países US$ 63,4 bilhões faturamento Instalada em SP em 1933 Em 1954 mudou-se para SJC 1 milhão

Leia mais

Pág.2. Pag.3. Pág.4. Pág. 5. Pág.6. Pag.7. Pág.8. Pág.9

Pág.2. Pag.3. Pág.4. Pág. 5. Pág.6. Pag.7. Pág.8. Pág.9 INDICE Separador de Gorduras em aço inoxidável para montagem enterrada, para aplicação no interior de cozinhas comerciais Separador de Gorduras em PEAD para montagem enterrada com ou sem aspiração à distância

Leia mais

ÖWAMAT TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS

ÖWAMAT TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS Olhe em volta na sua estação de ar comprimido Uma estação de ar comprimido completa inclui, alem de um compressor, um reservatório, um secador por refrigeração,

Leia mais

Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto.

Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto. Guia de Instalação BIODIGESTOR ECOLIMP 600 L 1.300 L Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto. guia_biodigestor_1397x2159_v02.indd 1 07/06/2010 10:58:54 1.

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E DO MAR

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E DO MAR GESTÃO DE RESÍDUOS NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Enquadramento e soluções tecnológicas 1. Enquadramento geral Os Açores são uma Região Autónoma de Portugal, com o estatuto de região ultraperiférica da

Leia mais

NÍVEIS DE TRATAMENTO DE ESGOTO

NÍVEIS DE TRATAMENTO DE ESGOTO Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-graduação em Engenharia Ambiental NÍVEIS DE TRATAMENTO DE ESGOTO Ricardo Franci Gonçalves Giovana Martinelli da Silva Tratamento de Esgoto Procedimentos

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014

FICHA TÉCNICA. Depósitos Gama S ZB-Solar. www.vulcano.pt. Novembro 2014 Departamento Comercial e Assistência Técnica: Av. Infante D. Henrique, lotes 2E-3E - 1800-220 LISBOA * Tel.: +351.218 500 300 Novembro 2014 FICHA TÉCNICA Depósitos Gama S ZB-Solar www.vulcano.pt FICHA

Leia mais

ELEVAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS

ELEVAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS ELEVAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS Águas Negras Gama Ecolift - Montagem enterrada Figura Memória Descritiva KESSEL Ecolift 1 Com secção superior com tampa rebaixada e ralo sifonado (X) 2 - Com secção

Leia mais