Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo."

Transcrição

1

2 O que é? Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo. Os pronomes relativos (que, o qual, a qual, os quais, as quais, quem, onde, cujo, cujos, cuja, cujas, quanto, etc.) são os conectivos que iniciam as orações subordinadas adjetivas no período.

3 COMPARE: Assim: Admiro pessoas que se esforçam. Admiro pessoas esforçadas. A oração que se esforçam equivale ao adjetivo esforçadas e desempenha, em relação à oração principal, a mesma função sintática que o adjetivo.

4 COMPARE: O computador japonês causou boas impressões. Adjetivo O computador que é japonês causou boas impressões. Oração subordinada adjetiva É um trabalho emocionante. Adjetivo É um trabalho que emociona. Oração subordinada adjetiva

5 Classificação Dependendo do sentido que as orações subordinadas adjetivas têm no texto, elas podem ser classificadas como: EXPLICATIVAS RESTRITIVAS

6 Classificação Explicativa São as orações que servem para esclarecer melhor o sentido do termo que se refere, explicando detalhadamente sua característica principal. Aparece separada por vírgulas.

7 Exemplos: O problema, que era de fácil resolução, deixou os alunos apreensivos. Oração Principal: O problema deixou os alunos apreensivos. Oração subordinada adjetiva explicativa: que era de fácil resolução

8 Exemplos: O aluno, que era irresponsável, vivia faltando às aulas. Oração Principal: O aluno vivia faltando às aulas Oração subordinada adjetiva explicativa: que era irresponsável

9 Classificação Restritiva Delimita o significado do antecedente. É indispensável ao sentido o período. NÃO vem separada por vírgula.

10 Exemplos: Os políticos que são honestos merecem nosso respeito. Oração Principal: Os políticos merecem nosso respeito Oração subordinada adjetiva restritiva: que são honestos De acordo com a oração não são todos os políticos que merecem respeito, mas apenas um conjunto restrito, ou seja, aqueles que são honestos.

11 Exemplos: Ele implantou o sistema que nós desenvolvemos. Oração Principal: Ele implantou o sistema Oração subordinada adjetiva restritiva: que nós desenvolvemos. A oração que nós desenvolvemos restringe o significado da palavra sistema. Ele não implantou um sistema qualquer e sim um sistema específico, ou seja, o que nós desenvolvemos.

12 Atenção: A oração subordinada adjetiva explicativa é separada da oração principal por uma pausa, que, na escrita, é representada pela vírgula. É comum, por isso, que a pontuação seja indicada como forma de diferenciar as orações explicativas das restritivas: de fato, as explicativas vêm sempre isoladas por vírgulas; as restritivas, não.

13 Orações Adjetivas Reduzidas Quando reduzidas, têm o verbo no infinitivo, no gerúndio, ou no particípio.

14 Orações Adjetivas Reduzidas O louquinho estava parada com um cordão, amarrado na ponta de uma vassoura. oração principal or. Subordinada adjetiva restritiva reduzida A 2ª oração poderia ser desenvolvida, isto é, ser apresentada de outra forma e, ainda assim, expressar a mesma idéia. Observe e compare: O louquinho estava parada com um cordão, que estava amarrado na ponta de uma vassoura. oração principal or. Subordinada adjetiva restritiva desenvolvida As orações subordinadas adjetivas podem ser desenvolvidas ou reduzidas.

15 REDUZIDA DE INFINITIVO Observei um pássaro a cantar harmoniosamente. DESENVOLVIDA Observei um pássaro que cantava harmoniosamente. REDUZIDA DE GERÚNDIO REDUZIDA DE PARTICÍPIO Este é o rio poluído, agonizando por tanta sujeira. Aqui estão os contos avaliados pela comissão julgadora. Este é o rio poluído, que agoniza por tanta sujeira. Aqui estão os contos que a comissão julgadora avaliou.

16 Exercícios P a 4 P P a 4 P. 67 1,2 e 4

17 P. 63 1) Na ordem em que o pronome que aparece: o, garoto, copo d água, gato, gato, caixa de correio, porteiro, pássaros, curto-circuito, lâmpada. 2) Sujeito. 3) Ao picar a cabeça de um garoto, o piolho desencadeia inúmeras ações que, de forma inusitada, culminam com a morte dele próprio.

18 4) a) que retêm o calor da luz solar perto da superfície do planeta / que emitimos / que não tem efeito tóxico nenhum sobre os seres vivos. b) As duas primeiras são restritivas: a 1ª porque se refere a apenas alguns tipos de gases, os que retêm calor da luz solar; a segunda porque se refere a um gás específico, o dióxido de carbono. A 3ª é adjetiva explicativa, porque explicita uma característica própria do gás que emitimos.

19 P. 65 e 66 1) a) que você namorou: oração adjetiva restritiva b) Rapazes. c) Porque Aline não namorou o bairro, e sim os rapazes do bairro.

20 2) a) Sim, pois ela empregou uma oração adjetiva restritiva com a finalidade de restringir o número de rapazes convidados. b) Sim, pois a palavra só também tem sentido de restrição. c) A oração adjetiva restritiva deveria estar entre vírgulas, que na fala seriam marcadas com pausas.

21 3) a) Ela achava que a filha havia tido poucos namorados. b) Descobre que a filha já tivera muitos namorados. 4) As orações adjetivas são responsáveis pela relação de generalização (o todo) e restrição (a parte), em torno da qual o humor da tira foi construído.

22 P. 67 1) que voa, oração subordinada adjetiva restritiva. 2) a) Entre vírgulas, a oração generalizaria o sentido da expressão todo mundo, isto é, no caso todas as pessoas do mundo voariam. b) Não, pois nem todas as pessoas voam ou fazem uso de aviões para voar.

23 4) Conheci dois irmãos, um garoto e uma garota, tímidos, magrelos e meio desajeitados, que se mudaram recentemente para a nossa cidade e estão na minha classe. No começo, ninguém lhes deu muita atenção. Hoje, na aula de computação, eles (que entendem muito do assunto/ que são feras) deram um show e deixaram a turma toda boquiaberta. E eu fiquei caído pela garota. Ai, meu Deus! Tomara que eu seja correspondido!

Orações reduzidas. Bom Estudo!

Orações reduzidas. Bom Estudo! Orações reduzidas Bom Estudo! Orações reduzidas São orações construídas com as formas nominais do verbo infinitivo (terminação em -r), gerúndio (terminação em -ndo) e particípio (terminação em -ado/ -ido),

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS As orações subordinadas substantivas são as palavras

Leia mais

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque.

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. Ex. Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. I) Proporcional: funciona como adjunto adverbial

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO)

NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO) EDITAL N.º 001/2010 PREFEITURA MUNICIPAL DE JURUTI PROVA OBJETIVA: 29 de agosto de 2010 NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO) Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. Confira se

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões de 1 a 11.

Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões de 1 a 11. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A 2 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2013 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Colégio I.L. Peretz Sistema Anglo de Ensino ORAÇÃO SUBORDINADA E ORAÇÃO PRINCIPAL No período: Todos desejavam sua recuperação. verbo complemento do verbo (objeto direto) observamos que: * o verbo, por

Leia mais

ADJETIVAS E ADVERBIAIS

ADJETIVAS E ADVERBIAIS GRAMÁTICA ADJETIVAS E ADVERBIAIS 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS As orações adjetivas são sempre introduzidas por um pronome relativo. Podem ser RESTRITIVAS e EXPLICATIVAS e funcionam, sintaticamente,

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn.

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn. Professor Jailton Adjunto adnominal é o termo da oração que sempre se refere a um substantivo que funciona como núcleo de um termo, a fim de determiná-lo, indeterminá-lo ou caracterizá-lo. adj. adn. adj.

Leia mais

APOSTO E VOCATIVO 8º anos

APOSTO E VOCATIVO 8º anos APOSTO E VOCATIVO 8º anos APOSTO Palavra ou expressão que se relaciona com um termo anterior com a finalidade de esclarecer, explicar ou detalhar melhor esse termo. Junta-se a um substantivo, a um pronome

Leia mais

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 108 Conteúdos:

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 108 Conteúdos: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 108 Conteúdos: Pronomes pessoais do caso Oblíquo O metro O ser humano e os

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII Transformando conhecimentos em valores www.geracaococ.com.br Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE Data: 9/9/2010 PORTUGUÊS

Leia mais

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: português desafio nota: Texto para a questão 1. (Disponível em: )

Leia mais

03. Resposta: E. Página 552 02.

03. Resposta: E. Página 552 02. Orações coordenadas Página 550 a) O aquecimento excessivo do planeta é um fato incontestável [1], por isso muitos países já implantaram programas de redução de poluentes [2], mas / porém / no entanto o

Leia mais

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br 1 CURSO DE PORTUGUÊS ON-LINE AULA 8 ANÁLISE SINTÁTICA OS TERMOS DA ORAÇÃO Oração - conjunto de palavras, com sentido e com a presença obrigatória de um verbo. O sol brilha no horizonte. 1- Termos essenciais:

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação Período é o nome que se dá à frase organizada em orações. Dá-se o nome de oração ao enunciado linguístico construído em torno de um verbo ou de uma locução verbal. O período

Leia mais

O Estudo do Período Composto

O Estudo do Período Composto Série Rumo ao ITA Ensino Pré-Universitário Professor(a) Aluno(a) Tom Dantas Sede Nº TC Turma Turno Data / / Português O Estudo do Período Composto O Período Composto Período composto é a frase organizada

Leia mais

CURSO INTENSIVO MÓDULO 19 PONTUAÇÃO

CURSO INTENSIVO MÓDULO 19 PONTUAÇÃO FRASES FRAGMENTADAS 1)... aborrecido, dificultando, assim,... 2)... costas. Isso resultaria, assim,... 3)... gíria. Ela divide... 4) Coisas assim estão na TV... 5)... competitividade. As agências... 6)...

Leia mais

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto JANELA A U L A 7 Tal pai, tal filho Cenatexto Acabada a assembléia da comunidade de Júpiter da Serra, em que se discutiu a expansão da mineradora, dona Ana volta para casa com o Samuel, seu garotinho.

Leia mais

PREPARAR O EXAME NACIONAL DE MATEMÁTICA

PREPARAR O EXAME NACIONAL DE MATEMÁTICA PREPARAR O EXAME NACIONAL DE MATEMÁTICA PARA TE PREPARARES BEM, DEVES: - Consultar em http://www.iave.pt, a informação prova de exame Matemática A (código 635), Matemática B (código 735), MACS (código

Leia mais

As latinhas também amam

As latinhas também amam As latinhas também amam Um romance a favor da reciclagem Julieta de Godoy Ladeira 4 o ano do Ensino Fundamental Nome: N o Atenção: Data da entrega: / / Valor: 8 pontos (0,5 cada acerto) Capriche! -09a-36s-tc-09

Leia mais

Homens. Inteligentes. Manifesto

Homens. Inteligentes. Manifesto Homens. Inteligentes. Manifesto Ser homem antigamente era algo muito simples. Você aprendia duas coisas desde cedo: lutar para se defender e caçar para se alimentar. Quem fazia isso muito bem, se dava

Leia mais

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER Vejamos os exemplos de concordância do verbo ser: 1. A cama eram (ou era) umas palhas. Isto são cavalos do ofício. A pátria não é ninguém: são todos. (Rui Barbosa).

Leia mais

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS Professora Renata Tosetto COMPREENSÃO TEXTUAL Atente-se sempre ao enunciado segundo o texto, conforme o texto, segundo o autor, de acordo com o autor (texto) nestes

Leia mais

AS NOVELAS E A EDUCAÇÃO

AS NOVELAS E A EDUCAÇÃO Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 8. AS NOVELAS E A EDUCAÇÃO

Leia mais

3º BIMESTRE 2ª Avaliação de Linguagens Aula 145 Revisão e avaliação de Linguagens

3º BIMESTRE 2ª Avaliação de Linguagens Aula 145 Revisão e avaliação de Linguagens 2 3º BIMESTRE 2ª Avaliação de Linguagens Aula 145 Revisão e avaliação de Linguagens 3 Brincadeiras tradicionais Numa sociedade cada vez mais industrializada os jogos de computador e brinquedos eletrônicos

Leia mais

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens PAG - 1 1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item: PORTUGUÊS Considere

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. EDITAL FATEC SENAI nº 02/2014, de 30 de outubro de 2014.. Prezado (a) Candidato (a)

MANUAL DO CANDIDATO. EDITAL FATEC SENAI nº 02/2014, de 30 de outubro de 2014.. Prezado (a) Candidato (a) MANUAL DO CANDIDATO EDITAL FATEC SENAI nº 02/2014, de 30 de outubro de 2014.. Prezado (a) Candidato (a) A FATEC SENAI Campo Grande disponibiliza informações para o processo seletivo dos cursos superiores

Leia mais

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre O que é? São sinais gráficos empregados na língua escrita com o intuito de recuperar recursos específicos

Leia mais

Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II

Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II DISCIPLINA: INGLÊS Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II Vocábulario Fazer frase afirmativano simple present Regras do s, es ies Thereis e There are Imperativo

Leia mais

O que você faria... Liliana e Michele Iacoca

O que você faria... Liliana e Michele Iacoca Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T ata: D 13/8/09 Você já pensou no significado da palavra conviver? Assim como cada pessoa tem suas características físicas, cada um tem também

Leia mais

O objeto direto preposicionado pode ocorrer quando: Estiver representando nomes próprios. Ex.: Sempre quis viajar a Fernando de Noronha.

O objeto direto preposicionado pode ocorrer quando: Estiver representando nomes próprios. Ex.: Sempre quis viajar a Fernando de Noronha. Em alguns casos, o objeto direto pode ser introduzido por preposição: é o chamado objeto direto preposicionado. Nesses casos, o verbo é sempre transitivo direto, e seu complemento é, obviamente, um objeto

Leia mais

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Ivo Barcelos Assumpção, nasci dia 13 do doze de 1954 em Rezende, Estado do Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu estudei engenharia química na UFRJ, entrei

Leia mais

Curso: Fundamental II Disciplina: Língua Professor: Virgilio

Curso: Fundamental II Disciplina: Língua Professor: Virgilio Nome do aluno: Nº: Turma: 8º anos A, B, C, D, E Curso: Fundamental II Disciplina: Língua Professor: Virgilio Portuguesa Bimestre: Tipo de atividade: Atividades de revisão Data: / /2009 3º bimestre Objetivo:

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

COLETA DE DADOS. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo

COLETA DE DADOS. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo COLETA DE DADOS Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo Instrumentos de coleta de dados: Questionários Entrevistas Observação Questionário: É um instrumento que permite

Leia mais

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br AMOSTRA DA OBRA www.editoraferreira.com.br O sumário aqui apresentado é reprodução fiel do livro 2ª edição. Eliane Vieira Análise Sintática Português é simples 2ª edição Nota sobre a autora Sumário III

Leia mais

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 2º ANO/09 SALA: 104 07:30 às 08:20 08:20

Leia mais

Admissão de alunos 2016

Admissão de alunos 2016 Tradição em Excelência Admissão de alunos 2016 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 8⁰ ANO ENSINO FUNDAMENTAL II CIÊNCIAS 1. ORIGEM DA TERRA 1.1. Origem da vida no Planeta Terra (principais teorias). 1.2. Fósseis,

Leia mais

Instruções e Orientações

Instruções e Orientações VESTIBULAR NOVA ULBRA 2010 PROVA 28 DE NOVEMBRO Instruções e Orientações 1. Verifique se este caderno está sem defeito e contém 20 questões objetivas. Caso contrário, peça ao fiscal da sua sala a substituição

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO Não deixe de preencher as informações a seguir: DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação.

A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação. A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação. RECICLAGEM & SUSTENTABILIDADE Não existe prosperidade em lugar sujo. O Mundo Ficou Pequeno de Mais Para Tanto Lixo Como atingir a sustentabilidade

Leia mais

Visite nossa biblioteca! Centenas de obras grátis a um clique! http://www.portaldetonando.com.br

Visite nossa biblioteca! Centenas de obras grátis a um clique! http://www.portaldetonando.com.br Sobre a digitalização desta obra: Esta obra foi digitalizada para proporcionar de maneira totalmente gratuita o benefício de sua leitura àqueles que não podem comprá-la ou àqueles que necessitam de meios

Leia mais

Ortografia e Gramática

Ortografia e Gramática Ortografia e Gramática SINTAXE (do grego syntáxis arranjo, disposição ) É a parte da Gramática que estuda a palavra, não em si, mas em relação às outras, que com ela se unem para exprimir o pensamento.

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL

CONCORDÂNCIA NOMINAL CONCORDÂNCIA NOMINAL Concordância nominal é a concordância de nomes entre si. A que vai nos interessar particularmente é a concordância do adjetivo com o substantivo. Primeiro caso: Preste atenção a este

Leia mais

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Distinguir a relação que se estabelece

Leia mais

AGENDA DIÁRIA. Dia: 10/04/2014 Série: 8ª Turma: A Turno: Matutino Horário Componente Curricular Conteúdo Observação

AGENDA DIÁRIA. Dia: 10/04/2014 Série: 8ª Turma: A Turno: Matutino Horário Componente Curricular Conteúdo Observação Dia: 10/04/2014 Série: 8ª Turma: A Turno: Matutino 1 Geometria/Geraldo 2 Educação Física/Renato Ensaio para o JIM. 3 Português/Catarina 4 Português/Catarina Leitura coletiva da crônica A dança das gerações.

Leia mais

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados.

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. Teste Intermédio de Português Teste Intermédio Português Duração do Teste: 45 min (Caderno 1) + 30 min (pausa) + 45 min (Caderno 2) 28.05.2013 2.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro

Leia mais

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas Português Página 71 3. Complete as frases no caderno com pronomes relativos. a) O livro * peguei da biblioteca é ótimo. b) Os doces de * mais gosto estão fresquinhos! c) A escola * estudo fica perto de

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para a questão 1. TÔ COM FOME. POSSO FAZER

Leia mais

AVALIAÇÕES BIMESTRAIS 3º BIMESTRE CONTEÚDO 6º ANO

AVALIAÇÕES BIMESTRAIS 3º BIMESTRE CONTEÚDO 6º ANO CONTEÚDO 6º ANO Numeral Pronome Verbo Produção textual - Fábula Cap. 10, 11 e 12. A partir de MMC até a última matéria dada CAPÍTULO 9 A SOCIEDADE E A ATMOSFERA. PÁGINAS F1 ATÉ F20. CIÊNCIAS Cap. 19 Pressão

Leia mais

AULA PRÁTICA DE LÍNGUA PORTUGUESA AULA DE VERBOS TURMA CALVET PROF. EDUARDO SABBAG

AULA PRÁTICA DE LÍNGUA PORTUGUESA AULA DE VERBOS TURMA CALVET PROF. EDUARDO SABBAG AULA PRÁTICA DE LÍNGUA PORTUGUESA AULA DE VERBOS TURMA CALVET PROF. EDUARDO SABBAG 1. Na frase: ''Fale bem o português do Brasil.'' O verbo fale está no imperativo afirmativo e indica que o ouvinte é você

Leia mais

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 2º ano

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 2º ano Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 2º ano 1- Conforme estudamos em sala de aula, os substantivos são palavras que dão nomes aos seres, objetos, sentimentos etc. Marque a alternativa que explica

Leia mais

PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula!

PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula! PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula! Bete Masini A pontuação é, sem dúvida, um dos principais elementos coesivos do nosso texto. Certamente, não podemos crer no que muitos já falaram (e ainda falam):

Leia mais

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é que o aluno NÃO DECORE NADA em Língua Portuguesa. Se

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA. Efeito Estufa

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA. Efeito Estufa UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA Efeito Estufa Prof. Nelson Luiz Reyes Marques 3 - Processos de propagação do calor Condução térmica

Leia mais

1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo.

1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo. 1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo. computador mesa livraria órgão lápis bolo pá Monossílabos Dissílabos Polissílabos 2. Separa as sílabas

Leia mais

DICAS PARA FALAR E ESCREVER MELHOR

DICAS PARA FALAR E ESCREVER MELHOR DICAS PARA FALAR E ESCREVER MELHOR 1. CONCORDÂNCIA 2. CRASE 3. PONTUAÇÃO (VÍRGULA) 4. REGÊNCIA 5. DIFICULDADES GERAIS 1 CONCORDÂNCIA 1. Cuidado com verbos que iniciam períodos, assim: CHEGOU, depois de

Leia mais

Movimento da Lua. Atividade de Aprendizagem 22. Eixo(s) temático(s) Terra e Universo. Tema. Sistema Solar

Movimento da Lua. Atividade de Aprendizagem 22. Eixo(s) temático(s) Terra e Universo. Tema. Sistema Solar Movimento da Lua Eixo(s) temático(s) Terra e Universo Tema Sistema Solar Conteúdos Movimentos da Terra e da Lua / movimento aparente dos corpos celestes / referencial Usos / objetivos Ampliação e avaliação

Leia mais

FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA

FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA OFICINA FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA Projeto de Extensão LALETEC Para refletir! Agenda ETAPAS DE UMA PESQUISA 1 O QUE PESQUISAR? assunto Objetivo: Delimitar o tema e listar as respectivas

Leia mais

_ A DIETA VIVA! _ Emagrecer é natural _

_ A DIETA VIVA! _ Emagrecer é natural _ _ A DIETA VIVA! 8 _ Emagrecer é natural _ Da nutricionista Dr. A Ana Bravo _ DietaViva-Paginação_final_2.indd 5 05/02/14 15:57 A DIETA VIVA! Copyright Ana Bravo 2014 desta edição: 2014, Santillana Editores,

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 O ANJO Hans Christian Andersen 3 Contos de Hans Christian Andersen Hans Christian Andersen nasceu em Odensae, em 2 de abril de 1805, e faleceu em Conpenhague em 1875.

Leia mais

RESPOSTAS DOS RECURSOS. Após análise dos recursos, o gabarito, disponibilizado neste site em 20.12.2010, sofreu a seguinte alteração:

RESPOSTAS DOS RECURSOS. Após análise dos recursos, o gabarito, disponibilizado neste site em 20.12.2010, sofreu a seguinte alteração: RESPOSTAS DOS RECURSOS INFORMAÇÃO: Após análise dos recursos, o gabarito, disponibilizado neste site em 20.12.2010, sofreu a seguinte alteração: QUESTÃO 39 da prova para o nível Técnico Subsequente ao

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LABORATÓRIO FARMACÊUTICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR MIGUEL ARRAES S/A LAFEPE CONCURSO PÚBLICO Não deixe de preencher as informações a seguir: DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

IPEM MG. Brinquedo, só com selo do Inmetro pág 4. Etiqueta de eficiência energética veicular, entenda. Ouvidoria: um canal aberto para o cidadão pág 6

IPEM MG. Brinquedo, só com selo do Inmetro pág 4. Etiqueta de eficiência energética veicular, entenda. Ouvidoria: um canal aberto para o cidadão pág 6 IPEM MG Jornal do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais. Outubro/Novembro/Dezembro - 2014. Ano 9. 4ª edição. Brinquedo, só com selo do Inmetro pág 4 Conheça o novo site do Ipem

Leia mais

AGOSTO. A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de. Lisboa.

AGOSTO. A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de. Lisboa. AGOSTO/SETEMBRO Nº.2 AGOSTO A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de Lisboa. Quem, se eu gritar, me ouvirá na hierarquia dos anjos Rainier Maria Rilque

Leia mais

Secas Extremas e Mudanças Climáticas: Mudanças Climáticas e os Impactos na Região Sudeste do Brasil

Secas Extremas e Mudanças Climáticas: Mudanças Climáticas e os Impactos na Região Sudeste do Brasil Secas Extremas e Mudanças Climáticas: Mudanças Climáticas e os Impactos na Região Sudeste do Brasil Jose A. Marengo CEMADEN jose.marengo@cemaden.gov.br IPCC WG1, Chapter 3 (2013) Mudancas observadas na

Leia mais

A Virada: contenido. Lecciones 1-100 de A Virada. A Gente. acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar. Adverbios & Adjetivos

A Virada: contenido. Lecciones 1-100 de A Virada. A Gente. acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar. Adverbios & Adjetivos A Virada: contenido Lecciones 1-100 de A Virada A Gente ACABAR de Adverbios & Adjetivos A gente vai acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar fácil (adjective) facilmente (adverb) Adverbios

Leia mais

PLANO DE AULA SEMANAL

PLANO DE AULA SEMANAL DISCIPLINA: Língua Inglesa SÉRIE: 1ª Série do Ensino Fundamental Turmas: L, M e K TEMPO: 4 aulas de 45 minutos. Para cada turma DATAS: 04/05/2009 / 05/05/2009-11/05/2009 / 12/05/2009-18/05/2009 / 19/05/2009-25/05/2009

Leia mais

O irmão caçula de David Case havia aprendido recentemente

O irmão caçula de David Case havia aprendido recentemente A vista é ótima daqui de cima. Posso olhar do outro lado do mundo e ver tudo. Posso ver, por exemplo, um menino de 15 anos e seu irmão. UM O irmão caçula de David Case havia aprendido recentemente a andar,

Leia mais

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López FUNDAMENTACIÓN: IDIOMA: PORTUGUÊS CONTENIDO TEMÁTICO Llevando en consideración las directrices del Marco Europeo Común de Referencia, el examen será encuadrado en un nivel Intermedio Superior. En este

Leia mais

Por ser um tópico gramatical abordado de modo estritamente normativo, a

Por ser um tópico gramatical abordado de modo estritamente normativo, a 72 Os pronomes pessoais átonos e sua sintaxe de colocação nos livros didáticos Francisco Eduardo Vieira da Silva* Resumo: Neste artigo é verificada a forma como os livros didáticos abordam os pronomes

Leia mais

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa 01. Alternativa (E) Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa Alternativa que contém palavras grafadas de acordo com o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa - VOLP 02. Alternativa

Leia mais

1. (ITA-SP) O plural de terno azul-claro e terno verde-mar é:

1. (ITA-SP) O plural de terno azul-claro e terno verde-mar é: VERIFICAÇÃO TC DISCIPLINA GRAMÁTICA SÉRIE 1º REG. MANHÃ ENSINO EM ETAPA 2ª CHEFE DE DEPARTAMENTO: FRANCISCA BARROS PROFESSORES LUIZA MONTEIRO/BRUNO MAIA/SABRINA PROFESSOR ELABORADOR: LUIZA MONTEIRO ASSINATURA

Leia mais

"A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado se foi triste"

A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado se foi triste "A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado se foi triste" John Ruskin "O Instituto WCF-Brasil trabalha para promover e defender os direitos das crianças e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ COLEGIADO DE BIOLOGIA EaD LICENCIATURA EM BIOLOGIA EaD

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ COLEGIADO DE BIOLOGIA EaD LICENCIATURA EM BIOLOGIA EaD UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ COLEGIADO DE BIOLOGIA EaD LICENCIATURA EM BIOLOGIA EaD ATIVIDADE INTEGRADORA ASSOCIADA A PRÁTICA DE ENSINO Módulo IV Desenvolvimento e Crescimento Estudo do desenvolvimento

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação

Serviço de Psicologia e Orientação Serviço de Psicologia e Orientação Olá eu sou a Clarinha Vamos estudar com a Clarinha A Clarinha chegou a casa para almoçar. Enquanto comia, pensava no teste de História que iria ter no dia seguinte. Ainda

Leia mais

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Evite o cigarro apresentação Depois que foi identificado como problema de saúde pública, o cigarro tem sido combatido em campanhas de comunicação,

Leia mais

Informativo Coopepi. Informativo do Centro Educacional COOPEPI - Outubro - ANO 01 - N O 06. Os alunos Coopepi ajudam a (re)construir a nossa história

Informativo Coopepi. Informativo do Centro Educacional COOPEPI - Outubro - ANO 01 - N O 06. Os alunos Coopepi ajudam a (re)construir a nossa história Informativo Coopepi Informativo do Centro Educacional COOPEPI - Outubro - ANO 01 - N O 06 Os alunos Coopepi ajudam a (re)construir a nossa história 18 anos construindo uma educação de qualidade Editorial

Leia mais

Kaingang: uma criança que cresce em tempo record...

Kaingang: uma criança que cresce em tempo record... Kaingang: uma criança que cresce em tempo record... Nossa infância,cada kaingang ao nascer já estará predestinado a vivenciar um mundo que tem dois fatores lados: primeiro, nascer dentro de uma comunidade

Leia mais

GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA

GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA Prof. Gina Maciel EXERCÍCIO II - O USO DA VÍRGULA 1. Marque a alternativa que corresponde ao uso correto da vírgula neste texto: "Marta queria comprar biscoitos mas não encontrou

Leia mais

PORTUGUÊS FUNDAMENTAL

PORTUGUÊS FUNDAMENTAL PORTUGUÊS FUNDAMENTAL Responda a questão 01 com base no texto abaixo: O bicho Vi ontem um bicho Na imundície do pátio, Catando comida entre os detritos. Quando achava alguma coisa, Não examinava nem cheirava:

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos e Vigia

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos e Vigia CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 002/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE BREVES PROVA OBJETIVA: 15 de janeiro de 2012 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos

Leia mais

CONHECIMENTOS BÁSICOS

CONHECIMENTOS BÁSICOS CONHECIMENTOS BÁSICOS 2 LEIA O TEXTO A SEGUIR PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES DE 01A 04. Mick Jagger é a mais antiga celebridade em atividade contínua no mundo depois do Oscar Niemayer e da Rainha Elizabeth.

Leia mais

PATOS, ASAS E BALÕES

PATOS, ASAS E BALÕES PATOS, ASAS E BALÕES Nível de Ensino/Faixa Etária: Série indicada para o Ensino Fundamental (EF9) de 4º, 5º, 6º e 7º anos. Áreas Conexas: História, Ciências, Geografia, Artes, Língua Portuguesa e Estrangeira.

Leia mais

Escola Pais e Mestres Formando e Informando Salgueiro, 13 de Setembro de 2010.

Escola Pais e Mestres Formando e Informando Salgueiro, 13 de Setembro de 2010. Escola Pais e Mestres Formando e Informando Salgueiro, 13 de Setembro de 2010. X GINCANA CULTURAL DA SOLIDARIEDADE CAMPANHA DO LEITE TEMA: ESCOLA PAIS E MESTRES 10 ANOS SEMEANDO PRINCÍPIOS E VALORES REGULAMENTO

Leia mais

Regra Geral O artigo, o numeral, o adjetivo e o pronome adjetivo concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem.

Regra Geral O artigo, o numeral, o adjetivo e o pronome adjetivo concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem. CONCORDÂNCIA NOMINAL Regra Geral O artigo, o numeral, o adjetivo e o pronome adjetivo concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem. Ex.: Os dois jornais (subst.) publicaram aquelas notícias

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano Departamento de Línguas Currículo de Português - Domínio: Oralidade Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade e complexidade. Registar, tratar e reter a informação. Participar oportuna

Leia mais

Segunda-feira, dia 04 de maio de 2015

Segunda-feira, dia 04 de maio de 2015 Segunda-feira, dia 04 de maio de 2015 Pousamos no pequeno aeroporto de Katmandu um pouco depois das 6 da manhã. Apenas três aviões cargueiros estavam no aeroporto e poucas caixas com produtos para a população.

Leia mais

Dicas: texto mais claro e objetivo

Dicas: texto mais claro e objetivo Nome: Redação 3º º ano Dicas: texto mais claro e objetivo Nº: Mérope Turma: Abr/09 DICAS PARA TORNAR O SEU TEXTO MAIS CLARO E OBJETIVO Use palavras que seu leitor reconheça instantaneamente. As mais fáceis

Leia mais

AVALIAÇÃO DA UNIDADE III PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS

AVALIAÇÃO DA UNIDADE III PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS DA UNIDADE III PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS QUESTÃO 01 (1,0 ponto) Leia atentamente a proposição. O Romantismo era a apoteose do sentimento; O Realismo é a anatomia do caráter. É a crítica do homem. É a arte

Leia mais

SELEÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA CAPTAÇAO DE FUMOS E GASES DE SOLDAGEM

SELEÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA CAPTAÇAO DE FUMOS E GASES DE SOLDAGEM SELEÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA CAPTAÇAO DE FUMOS E GASES DE SOLDAGEM INTRODUÇÃO Atualmente, o problema das emissões de fumos e gases tóxicos nos processos de solda já é bastante conhecido dos engenheiros

Leia mais