Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)"

Transcrição

1 Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

2 PERÍODO COMPOSTO 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Oração principal (incompleta) Oração subordinada substantiva (aquilo que falta na or. Principal) Ninguém sabia se ela chegaria a tempo. SUJ VTD OD

3 É importante que todos façam os exercícios. VL PS SUJ Exercem funções próprias dos substantivos: SUJEITO / OBJETO DIRETO / OBJETO INDIRETO / COMPLEMENTO NOMINAL / PREDICATIVO / APOSTO O que e o se, neste caso, classificam-se como CONJUNÇÕES INTEGRANTES.

4 2. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS - Vêm introduzidas por pronomes relativos. Pronomes relativos são conectivos DIFERENTES das conjunções, pois além de unir duas informações (orações), retomam um elemento já mencionado anteriormente (termo antecedente).

5 Observe: Reencontrei vários amigos com quem havia estudado. Reencontrei vários amigos. (oração principal) Havia estudado com eles. (oração subordinada) A casa onde morávamos foi demolida. A casa foi demolida. (oração principal) Morávamos nela (na casa). (oração subordinada)

6 INVARIÁVEIS Que (universal) Quem (pessoas) Quando (tempo) VARIÁVEIS O(a)(s) qual(is) (referência) Cujo(a)(s) (posse) Quanto(a)(s) Como (modo) Onde (lugar)

7 Exemplos do mau uso dos pronomes relativos: A garota que falei (dela) pra você é muito inteligente. (Inadequado) A garota de quem lhe falei é muito inteligente. (Adequado) Esta é uma situação onde devemos ter cuidado. (Inadequado) Vivemos em um país onde impera a corrupção. (Adequado) Aquela é a garota que os pais (dela) viajaram. (Inadequado) Aquela é a garota cujos pais viajaram. (Adequado)

8 Emprego formal dos pronomes relativos: Os livros o professor fez referência são ótimos. (a que) (aos quais) Não são muitas as pessoas realmente confio. (em que) (em quem) (nas quais) A cidade I estivemos ano passado não é a mesma II iremos nessas férias. I- (onde) (em que) (na qual) / II- (aonde) (a que) (à qual) Pedro, irmão trabalha comigo, é hoje um grande amigo. (cujo)

9 3. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS Tipos de oração subordinada adverbial: CaCo5FTP

10 CIRCUNSTÂNCIAS EXPRESSAS PELAS ORAÇÕES ADVERBIAIS 1.Causa fato motivador ; ocorre primeiro ("como", "já que", "uma vez que", "visto que etc.) Como a chuva foi muito forte, as ruas ficaram alagadas. 2.Consequência fato resultante ; efeito (termos intensivos "tão, tal, tanto(a), tamanho(a)" + que ) A chuva foi tão forte que as ruas ficaram alagadas.

11 3.Concessão fora do normal; contraria a lógica; exceção. ("embora, "conquanto, "ainda que, mesmo que, apesar de que") Ainda que toda a turma tenha pedido mudança, o professor manteve a data da prova.

12 4.Condição necessária para a realização de um outro fato. ("se, "caso, contanto que, desde que, a menos que, uma vez que ) Uma vez que você aceite a proposta, assinaremos o contrato. 5.Comparação ("como, "tão... como", "mais (do) que", "menos (do) que") Ele dorme como um urso (dorme).

13 6.Conformidade regra, caminho ou modelo para a execução do fato principal. ( "conforme, "como, consoante e segundo" ) Segundo reza a Constituição, todos os cidadãos têm direitos iguais. 7.Finalidade objetivo; resultado pretendido. ("a fim de que, "que" e "porque = para que ) Fez tudo para que eu não obtivesse bons resultados. (= porque eu não obtivesse...)

14 8.Tempo ("quando, enquanto, assim que, logo que, desde que") "Quando você foi embora, fez-se noite em meu viver. (Tempo e causa) Às vezes, uma oração temporal pode trazer implícita outra relação semântica. Observe: "Quando tiver tempo, resolverei aquele problema. (Tempo e condição) "Quando todos reclamavam do calor, desliguei o ar condicionado. (Tempo e concessão)

15 9.Proporção variação simultânea de dois fatos. ( à medida que, quanto mais...,mais..., conforme ) Quanto mais estudamos, mais dúvidas temos. À medida que subíamos a montanha, o frio aumentava. 10. Modo só ocorre na forma reduzida. Aquele homem ficou rico vendendo livros. Ela foi embora da festa sem se despedir de ninguém.

16 4. ORAÇÕES COORDENADAS Sintaticamente independentes; classificam-se em assindéticas (sem conjunção) e sindéticas (com conjunção). Cheguei, vi, venci! Entrou em combate, lutou heroicamente e morreu. Ele falou bem; todavia, não foi como eu esperava. Ou muito me engano ou você não gostou do filme. Você foi injusto com ela; deve, pois, desculpar-se. Filho, venha para dentro de casa, pois está muito frio.

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1 PERÍODO COMPOSTO PROFESSORA: FERNANDA SANTOS 1 CONJUNÇÃO É a palavra ou locução invariável que liga orações ou termos semelhantes da mesma oração. Exemplos: ANÁLISE DO QUE Todos os alunos disseram que

Leia mais

Patrícia Rocha Lopes

Patrícia Rocha Lopes Patrícia Rocha Lopes Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. Dessa forma, pode exprimir circunstância de tempo, finalidade, causa,

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes 2012 São Subordinadas Substantivas as orações equivalentes a substantivos dos períodos simples. Exemplos: Período simples: Substantivo (núcleo do OD) Quero a sua presença

Leia mais

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. Locução Conjuntiva - Duas ou mais palavras empregadas com

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LINGUAGENS GRAMÁTTICA: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PROF.º PAULO SCARDUA APOSTILA 3: CAPÍTULO 11 DEFINIÇÃO Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto

Leia mais

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

ANÁLISE SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS

ANÁLISE SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS ANÁLISE SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS CONCEITUANDO Há na Língua Portuguesa, palavras que retomam ou substituem outras, garantindo a síntese e a coesão textual. A palavra que, entre muitos de seus empregos,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

derrota: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Ele admitiu a derrota.

derrota: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Ele admitiu a derrota. Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra derrota: Ele admitiu a derrota. suj VTD função: núcleo do objeto direto classe: substantivo

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Cheguei atrasado, PORQUE o trânsito estava caótico. Oração assindética Conjunção coordenativa Oração coordenada

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte I Conceitos

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

Orações subordinadas substantivas e adjetivas

Orações subordinadas substantivas e adjetivas Orações subordinadas substantivas e adjetivas Sintaxe do período simples Os termos podem ser compostos por: Substantivos (Sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito, complemento nominal

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329)

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Orações Subordinadas d Adjetivas Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Professora Simone 2 Orações Subordinadas Adjetivas A sua história assustadora será contada para todos assustadora

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Português. Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas. Professor Arthur Scandelari.

Português. Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas. Professor Arthur Scandelari. Português Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS: RESTRITIVAS E EXPLICATIVAS 1. (FUNRIO

Leia mais

Conjunções Subordinativas

Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas São aquelas que ligam duas orações, sendo uma delas dependente da outra. A oração dependente, introduzida pelas conjunções subordinativas, recebe o nome

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Período Composto Período Composto Coordenação Subordinação Orações subordinadas São orações sintaticamente dependentes uma das outras. As orações subordinadas

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas.

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. As orações subordinadas podem ser: 1. Substantivas exercem na principal uma função própria do substantivo.

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição 1. Grupo relacional: preposição e conjunção PREPOSIÇÃ O CONJUNÇÃO Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos,

Leia mais

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS 1. Leia o texto abaixo para responder a questão - Em "Estima-se que os jogos das 32 seleções serão vistos por três milhões de torcedores nos 12 estádios que

Leia mais

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação Tutora: Ariana de Carvalho Orações coordenadas As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Funções do substantivo Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Orações desenvolvidas São introduzidas por uma conjunção integrante (que,se); ou introduzidas por pronome

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br Professor Jailton www. professorjailton.com.br Período Composto por Subordinação Oração Subordinada Substantiva Oração Subordinada Adjetiva Oração Subordinada Adverbial Funções do substantivo Sujeito Objeto

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicativo do sujeito e predicativo do objeto

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais A oração subordinada adverbial desempenha a função de adjunto adverbial: indica uma circunstância em que ocorre a ação do verbo da oração à qual se liga. Observe: Normalmente

Leia mais

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO SUJEITO 01 1. comemorações 2. imagem 3. rio 4. soldados 5. major/coronel 6. quem 7. ninguém 8. alto-falantes 9. trocos 10. Tio 02 1. (3) 2. (2) 3. (1) 4. (2) 5.

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma CONJUNÇÕES As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma relação de dependência ou de simples coordenação.

Leia mais

M O R F O L O G I A P R O N O M E S R E L A T I V O S

M O R F O L O G I A P R O N O M E S R E L A T I V O S P R O N O M E S R E L A T I V O S PRONOMES RELATIVOS: São pronomes que retomam um substantivo (ou outro pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. CARACTERÍSTICAS: Os pronomes

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel Freitas Sampaio ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais

Orações subordinadas adverbiais Orações subordinadas adverbiais São aquelas que exercem a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal Naquele momento, senti uma das maiores emoções da minha vida. Adjunto adverbial de tempo

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais.

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais. Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel Orações Subordinadas Adverbiais Caicó RN 2018 CLASSIFICAÇÃO CLASSIFICAÇÃO ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS SÃO

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

Revisão para a P2 9º ANO

Revisão para a P2 9º ANO Revisão para a P2 9º ANO Gênero textual: CRÔNICA A crônica é uma gênero textual que tem por base fatos que acontecem em nosso cotidiano. Como se estivesse em uma conversa informal, o cronista tende a dialogar

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Relação entre um elemento subordinante (palavra, constituinte ou oração) e uma oração subordinada. As orações subordinadas podem ser: adverbiais

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA RECUPERAÇÃO FINAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 6º ANO/EF VESPERTINO Prof. RAFAEL - Substantivo; - Adjetivo; - Artigo; - Numeral; - Pronome; - Verbos. - Cap. 10: Propriedades da água estados físicos da água, ciclo da água e estação de tratamento. -

Leia mais

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Estudo das Orações Só pode haver oração

Leia mais

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Conceito A vírgula marca uma pausa de pequena duração. Emprega-se não só para separar elementos de uma oração, mas também orações de um só período. Emprego da vírgula

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação Língua portuguesa Professora Iara Martins Exercícios Período composto por coordenação e subordinação 1. O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é: a. Subordinativa causal

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Língua Portuguesa Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Analise as orações: 1. Triste estou: o amigo comigo não está. 2. Ele começou a rir todos gargalharam. 3. Acordei: cinco estações tinham ficado

Leia mais

Polícia Militar Sergipe

Polícia Militar Sergipe Polícia Militar Sergipe A análise do emprego dos tempos verbais em Há algum tempo, venho estudando as piadas (1º ) revela que, semanticamente, as duas formas em destaque indicam, nessa ordem, as noções

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESTUDOS Você merece se preparar com os melhores! Resolução de Provas 003 Gramática Aplicada ao Texto PROFESSOR: Alexandre Amorim PREPARAÇÃO INTENSIVA Caro (a) aluno (a), O tempo passa muito

Leia mais

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS ORAÇÕES DESLOCADAS OU OU ADJUNTOS. INTERCALADAS;

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Ensino Fundamental 9º ano Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração

Leia mais

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo.

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. Análise linguística formação do modo imperativo. Identificar e compreender a formação do modo imperativo do verbo.

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Período Composto por Subordinação

Período Composto por Subordinação Período Composto por Subordinação Todo período composto por subordinação contém uma oração principal, acompanhada de uma ou mais orações subordinadas. A oração principal é a que encerra o sentido fundamental

Leia mais

Orações coordenadas. As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa o espetáculo. As luzes apagam-se; abrem-se as cortinas; e começa o espetáculo.

Orações coordenadas. As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa o espetáculo. As luzes apagam-se; abrem-se as cortinas; e começa o espetáculo. Orações coordenadas Observe: As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa o espetáculo. O período é composto de três orações: As luzes apagam-se; abrem-se as cortinas; e começa o espetáculo. As orações,

Leia mais

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Objetivos Compreender a relação sintática na construção do texto: orações subordinadas substantivas Conteúdos Oração

Leia mais

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL Profª Giovana Uggioni Silveira ADJUNTO ADNOMINAL É o termo da oração que acompanha e modifica um substantivo, conferindo-lhe características e atributos. Artigos,

Leia mais

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE MORFOLOGIA X SINTAXE 1 TRANSITIVIDADE VERBAL OU PREDICAÇÃO VERBAL 1- VERBOS NOCIONAIS (significativos) ação, fenômeno e movimento VI, VTD, VTI ou VTDI 2- VERBOS RELACIONAIS (não-significativos) estado,

Leia mais

Quadro dos Pronomes Relativos. a qual cuja quanta. as quais cujas quantas

Quadro dos Pronomes Relativos. a qual cuja quanta. as quais cujas quantas Quadro dos Pronomes Relativos Variáveis Masculino Feminino Invariáveis o qual cujo quanto os quais cujos quantos a qual cuja quanta as quais cujas quantas quem que onde Veja: Eu fiz um trabalho, o trabalho

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte.

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Exemplo: O jogo será no domingo. O jogo decidirá o campeonato. Reunindo

Leia mais

Prof. Eduardo Pereira Machado

Prof. Eduardo Pereira Machado Prof. Eduardo Pereira Machado Período Simples Todos esperam sua volta. Período Composto Todos esperam que você volte. A comparação entre ambas permite concluir que: 1. No período simples, a função de objeto

Leia mais

Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL

Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL Operações com números naturais: adição, subtração, multiplicação, divisão,

Leia mais

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE O QUE É UMA CONJUNÇÃO? Do ponto de vista semântico é uma palavra que traz um sentido nela implícito ( ou mais de um); [exceto a conjunção integrante, que não traz

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas

Orações Subordinadas Substantivas Orações Subordinadas Substantivas As Orações Subordinadas exercem uma função sintática em relação a uma outra oração, chamada oração principal e que pede complemento. Existem diversos tipos de Orações

Leia mais

wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui opasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg Professor: Itamar Cossi

wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui opasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg Professor: Itamar Cossi qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq PRONOMES RELATIVOS wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui opasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg

Leia mais

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente Aula 18 Termos essenciais da oração II Professor Guga Valente O meu tempo O meu tempo O meu tempo não é o seu tempo. O meu tempo é só meu. O seu tempo é seu e de qualquer pessoa, até eu. O seu tempo é

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração.

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. SINTAXE Período Composto Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. O período composto pode ser período composto por coordenação ou subordinação. Período composto por subordinação No período

Leia mais

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL Profª Giovana Uggioni Silveira ADJUNTO ADNOMINAL É o termo da oração que acompanha e modifica um substantivo, conferindo-lhe características e atributos. Artigos,

Leia mais

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO S V C ADJ. ADV. Simples Composto Oculto Indeterm. * oração sem sujeito VI VTD VTI VTDI VL *LV (verbo ser/estar + verbo no particípio) Ø OD OI OD + OI PS AG. da PASSIVA

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

PREDICATIVO DO OBJETO. A vitória tornou eleito o vereador.

PREDICATIVO DO OBJETO. A vitória tornou eleito o vereador. PREDICATIVO DO OBJETO A vitória tornou eleito o vereador. Façamos, pois, a análise sintática: SUJEITO = A vitória PREDICADO = tornou eleito o vereador OBJETO DIRETO = o vereador PREDICATIVO DO OBJETO=

Leia mais

Língua Portuguesa Material de apoio Professor Douglas Wisniewski

Língua Portuguesa Material de apoio Professor Douglas Wisniewski 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são respectivamente: a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo; c) de ligação transitivo

Leia mais

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido Linguagem Língua portuguesa Preposição e sua construção de sentido Conceito Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função

Leia mais

Quando desprovidas de conjunções coordenativas, são denominadas orações coordenadas assindéticas:

Quando desprovidas de conjunções coordenativas, são denominadas orações coordenadas assindéticas: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR JEAN AQUINO ORAÇÕES COORDENADAS E CONJUNÇÕES COORDENATIVAS O período composto por coordenação é formado por orações sintaticamente independentes, denominadas orações coordenadas:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: argumentação; tese; conectivos; coesão. Texto Gerador

PALAVRAS-CHAVE: argumentação; tese; conectivos; coesão. Texto Gerador APERFEIÇOAMENTO EM LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA - 3 EM Aluno: ALEXANDRA DA SILVA CALDAS Grupo:02 SÉRIE: 3º Ano BIMESTRE: 3º CICLO: 2º TUTOR(A): TATIANA FREIRE DE MOURA Tarefa: Roteiro de Atividades Original

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria.

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria. Comparativas Introduzem uma ideia de comparação. Esta comparação pode ser de superioridade, igualdade ou inferioridade. As conjunções mais comuns são (DO) QUE, COMO, CONFORME. Ex.: Agi conforme você agiu.

Leia mais