Português. Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas. Professor Arthur Scandelari.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Português. Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas. Professor Arthur Scandelari."

Transcrição

1 Português Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas e Explicativas Professor Arthur Scandelari

2

3 Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS: RESTRITIVAS E EXPLICATIVAS 1. (FUNRIO IF-BA 2016) As comunicações que partem dos órgãos públicos federais devem ser compreendidas por todo e qualquer cidadão brasileiro. Para atingir esse objetivo, há que evitar o uso de uma linguagem restrita a determinados grupos. Não há dúvida que um texto marcado por expressões de circulação restrita, como a gíria, os regionalismos vocabulares ou o jargão técnico, tem sua compreensão dificultada. (Manual de Redação da Presidência da República) Sobre o trecho transcrito acima é correto afirmar que seu primeiro período tem uma oração a) subordinada adjetiva. b) reduzida de infinitivo. c) subordinada adverbial. d) coordenada assindética. e) subordinada substantiva. Orações subordinadas Substantiva Adjetiva Adverbial Orações adjetivas Exercem função sintática de adjetivo. Exemplos: A redação que você escreveu está ótima! Teresina, que é uma capital, fica longe do mar. 3

4 Características Introduzidas por pronome relativo. Exemplos: Tenho o retrato que procuram. Esta é a pessoa à qual me referi. Voltando à questão 1 As comunicações que partem dos órgãos públicos federais devem ser compreendidas por todo e qualquer cidadão brasileiro. O primeiro período tem uma oração a) subordinada adjetiva. b) reduzida de infinitivo. c) subordinada adverbial. d) coordenada assindética. e) subordinada substantiva. 2. (FUNCAB CREA-AC 2016) A oração destacada em Mas, qual não foi a surpresa dos seus habitantes quando se veio a verificar nela um dos repugnantes crimes DE QUE SE TEM MEMÓRIA! é subordinada: a) adverbial causal. b) adverbial consecutiva. c) substantiva objetiva indireta. d) adjetiva restritiva. e) substantiva completiva nominal. Orações adjetivas Explicativas Restritivas Exemplos Explicativa: com vírgula. Exemplo: Elis, cujo talento era notável, viveu pouco. Restritiva: sem vírgula. Exemplo: O teatro onde passamos a noite será reformado. 4

5 Português Orações Subordinadas Adjetivas: Restritivas, Explicativas Prof. Arthur Scandelari Voltando à questão 2 A oração destacada em Mas, qual não foi a surpresa dos seus habitantes quando se veio a verificar nela um dos repugnantes crimes DE QUE SE TEM MEMÓRIA! é subordinada: a) adverbial causal. b) adverbial consecutiva. c) substantiva objetiva indireta. d) adjetiva restritiva. e) substantiva completiva nominal. 3. (CESPE TCE-SC 2016)... a integridade é mais do que a ausência de corrupção, pois envolve aspectos positivos que, em última análise, influenciam os resultados da administração, e não apenas seus processos. a) Seria mantido o sentido restritivo da oração iniciada pelo pronome que se fosse inserida uma vírgula imediatamente após a palavra positivos. ( ) Certo ( ) Errado Atenção! Vírgula altera o sentido. Compare: O homem que é forte luta contra a natureza. O homem, que é forte, luta contra a natureza. Voltando à questão 3... a integridade é mais do que a ausência de corrupção, pois envolve aspectos positivos que, em última análise, influenciam os resultados da administração, e não apenas seus processos. a) Seria mantido o sentido restritivo da oração iniciada pelo pronome que se fosse inserida uma vírgula imediatamente após a palavra positivos. ( ) Certo ( ) Errado 4. (ESAF ANAC 2016) A Secretaria de Aviação Civil divulgou recentemente a pesquisa O Brasil que voa Perfil dos Passageiros, Aeroportos e Rotas do Brasil, o mais completo levantamento sobre transporte aéreo de passageiros do País. Assinale a opção que apresenta explicação correta para a inserção de que é antes do segmento grifado no texto. a) Prejudica a correção gramatical do período, pois provoca truncamento sintático. b) Transforma o aposto em oração subordinada adjetiva explicativa. c) Altera a oração subordinada explicativa para oração restritiva. d) Transforma o segmento grifado em oração principal do período. e) Corrige erro de estrutura sintática inserido no período. 5

6 Diferença Pronome relativo: retoma termo anterior. Exemplo: A estrela que vi era única. Conjunção integrante: substituível por isto. Exemplo: Espero que seja feliz. Aposto: equivale a substantivo. Exemplo: A escultura, obra de Camille, é fascinante. Oração adjetiva: equivale a adjetivo. Exemplo: A escultura, que foi criada por Camille, é fascinante. Voltando à questão 4... pesquisa O Brasil que voa, o mais completo levantamento sobre transporte aéreo de passageiros do País. Explicação para a inserção de que é antes do segmento grifado: a) Prejudica a correção gramatical do período, pois provoca truncamento sintático. b) Transforma o aposto em oração subordinada adjetiva explicativa. c) Altera a oração subordinada explicativa para oração restritiva. d) Transforma o segmento grifado em oração principal do período. e) Corrige erro de estrutura sintática inserido no período. Gabarito: 1. A 2. D 3. Errado 4. B 6

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari Português Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS:

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Relação entre um elemento subordinante (palavra, constituinte ou oração) e uma oração subordinada. As orações subordinadas podem ser: adverbiais

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte I Conceitos

Leia mais

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Funções do substantivo Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Orações desenvolvidas São introduzidas por uma conjunção integrante (que,se); ou introduzidas por pronome

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS ORAÇÕES DESLOCADAS OU OU ADJUNTOS. INTERCALADAS;

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADJETIVAS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADJETIVAS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADJETIVAS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADJETIVAS Profª. Raquel Freitas

Leia mais

Português. Termos Integrantes da Oração: Objeto Direto, Objeto Indireto e Agente da Passiva. Professor Arthur Scandelari

Português. Termos Integrantes da Oração: Objeto Direto, Objeto Indireto e Agente da Passiva. Professor Arthur Scandelari Português Termos Integrantes da Oração: Objeto Direto, Objeto Indireto e Agente da Passiva Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO: OBJETO DIRETO,

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESTUDOS Você merece se preparar com os melhores! Resolução de Provas 002 Português Essencial para Concurso PROFESSOR: Alexandre Amorim Leia o texto abaixo para responder aos itens de 1

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br Professor Jailton www. professorjailton.com.br Período Composto por Subordinação Oração Subordinada Substantiva Oração Subordinada Adjetiva Oração Subordinada Adverbial Funções do substantivo Sujeito Objeto

Leia mais

Português. Complemento Nominal, Adjunto Adnominal, Adjunto Adverbial, Aposto e Vocativo. Professor Arthur Scandelari.

Português. Complemento Nominal, Adjunto Adnominal, Adjunto Adverbial, Aposto e Vocativo. Professor Arthur Scandelari. Português Complemento Nominal, Adjunto Adnominal, Adjunto Adverbial, Aposto e Vocativo Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português COMPLEMENTO NOMINAL 1. (QUADRIX CRESS-PR 2015)

Leia mais

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas.

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. As orações subordinadas podem ser: 1. Substantivas exercem na principal uma função própria do substantivo.

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESTUDOS Você merece se preparar com os melhores! Resolução de Provas 003 Gramática Aplicada ao Texto PROFESSOR: Alexandre Amorim PREPARAÇÃO INTENSIVA Caro (a) aluno (a), O tempo passa muito

Leia mais

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS OU ADJUNTOS. ORAÇÕES

Leia mais

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PERÍODO COMPOSTO 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Oração principal (incompleta) Oração subordinada substantiva (aquilo que falta na or. Principal)

Leia mais

QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O

QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O Pág. 40 Ex. 1 a) Referem-se aos cães: Alimento no Oriente; companheiro no Ocidente; o melhor amigo do homem; cães; eles; cachorro;

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

PONTUAÇÃO. PONTUAÇÃO DO PERÍODO SIMPLES

PONTUAÇÃO.  PONTUAÇÃO DO PERÍODO SIMPLES PONTUAÇÃO GRAMÁTICA PONTUAÇÃO As regras de pontuação se baseiam, em sua maioria, nas regras de análise sintática, portanto saber pontuação requer conheciento prévio da sintaxe. PONTUAÇÃO DO PERÍODO SIMPLES

Leia mais

Português. Uso dos Dois-pontos e do Ponto e Vírgula. Professor Arthur Scandelari.

Português. Uso dos Dois-pontos e do Ponto e Vírgula. Professor Arthur Scandelari. Português Uso dos Dois-pontos e do Ponto e Vírgula Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português USO DOS DOIS-PONTOS E DO PONTO E VÍRGULA 1. (FGV Pref. de Paulínia 2016) Os fantasmas

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO As orações podem ser constituídas da seguinte forma: Períodos simples» são aqueles formados por uma só oração. Exemplo: O mar estava calmo. (Aparece apenas um verbo: estava. Logo, período

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Português INSS 2015/2016. MARATONA REDAÇÃO OFICIAL Professora Luciane Sartori

Português INSS 2015/2016. MARATONA REDAÇÃO OFICIAL Professora Luciane Sartori Português INSS 2015/2016 MARATONA REDAÇÃO OFICIAL Professora Luciane Sartori Contatos: Email: lucianesartori@bol.com.br Site: www.sartoriprofessores.com.br Facebook: Luciane Sartori III Página do Facebook:

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS / COLOCAÇÃO PRONOMINAL1. Na frase E quando Larissa se agita, é para desobedecer ao pai ou à mãe., temos como incorreta:

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBSTANTIVAS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBSTANTIVAS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBSTANTIVAS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBSTANTIVAS Profª. Raquel

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Objetivos Compreender a relação sintática na construção do texto: orações subordinadas substantivas Conteúdos Oração

Leia mais

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS 1) (I) Certo: o pronome relativo refere-se ao substantivo anterior. (II) Errado: nesse caso, LOGO é adjunto adverbial de tempo, e PORTANTO, conjunção conclusiva. (III) Certo: o sentido permaneceria igual,

Leia mais

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I

CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I Questão: Todas : As provas são diferente uma da outra, sendo assim, considero o recurso indeferido. QUESTÃO: 13 QUESTÃO: 14 RESULTADO: CANCELAMENTO da referida questão,

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

Questões Comentadas Língua Portuguesa

Questões Comentadas Língua Portuguesa Maria Augusta Guimarães de Almeida Questões Comentadas Língua Portuguesa CESPE - FCC - FGV - CESGRANRIO - VUNESP - ESAF 1ª edição Recife PE 2016 QUESTÕES CESPE 1 - A vida do Brasil colonial era regida

Leia mais

CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA

CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA ATUALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA (PORTUGUÊS E REDAÇÃO INSTRUMENTAIS) 1. ORTOGRAFIA - uso de s, ss, sc, ç, ch, lh etc 2. REDAÇÃO DE CORRESPONDÊNCIAS ELETRÔNICAS

Leia mais

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO SUJEITO 01 1. comemorações 2. imagem 3. rio 4. soldados 5. major/coronel 6. quem 7. ninguém 8. alto-falantes 9. trocos 10. Tio 02 1. (3) 2. (2) 3. (1) 4. (2) 5.

Leia mais

Orações subordinadas 8º ano f. Professora: Allana Rauana Almeida Cortez.

Orações subordinadas 8º ano f. Professora: Allana Rauana Almeida Cortez. 8º ano f Professora: Allana Rauana Almeida Cortez. Definição: adjetivas exercem função sintática de um adjetivo, ou seja, de um adjunto adnominal. Introduzidas pelos pronomes relativos que, cujo, quem,

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Conjunções e Período Composto

Conjunções e Período Composto Instituto Galeno Eliz Junqueira Conjunções e Período Composto CONJUNÇÕES COORDENATIVAS 1)Aditivas: O agricultor colheu o trigo e o vendeu. e,nem, não só, mas também... 2)Adversativas: Querem ter dinheiro,

Leia mais

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples André Gazola A vírgula é um dos elementos que causam mais confusão na Língua Portuguesa. Pouca gente sabe, ao certo, onde deve e onde não deve

Leia mais

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui.

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. 4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. Obs.: Na inversão, aparecerá a vírgula se houver predicativo pleonástico. Ex.: Professor, eu já o fui. predicativo: professor.

Leia mais

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329)

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Orações Subordinadas d Adjetivas Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Professora Simone 2 Orações Subordinadas Adjetivas A sua história assustadora será contada para todos assustadora

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Amarrando as idéias COESÃO Introdução ao conceito de coesão Introdução aos mecanismos básicos de coesão Ordem das palavras

Leia mais

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO

PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO PROF. MARCO ANTONIO MACARRÃO QUESTÃO 01: CESPE CPRM 2013) Quando isso ocorre, os clientes que já haviam contratado o serviço continuam no direito de usá-lo, mas a operadora não pode aceitar novos beneficiários

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Estudo das Orações Só pode haver oração

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

Subordinação X Coordenação

Subordinação X Coordenação ORAÇÕES COORDENADAS Prof. Daniel Subordinação X Coordenação A coordenação se caracteriza por independência sintática: - Reitor da USP declara que os funcionários não receberão aumento. (OSSOD) - Reitor

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

Português. Colocação Pronominal. Professor Arthur Scandelari.

Português. Colocação Pronominal. Professor Arthur Scandelari. Português Colocação Pronominal Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português COLOCAÇÃO PRONOMINAL PARTE 1 1. (CESGRANRIO IBGE 2016) A posição do pronome se destacado atende às exigências

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande Revisão para 2ª série p2 Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande O que é? Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo. Os pronomes relativos (que, o qual, a qual, os quais, as quais, quem,

Leia mais

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA

Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Ensino Médio O EMPREGO DA VÍRGULA Conceito A vírgula marca uma pausa de pequena duração. Emprega-se não só para separar elementos de uma oração, mas também orações de um só período. Emprego da vírgula

Leia mais

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari.

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari. Português Sujeito Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português SUJEITO PARTE 1 1. (ESAF MPOG 2015) Quando, em 2001, Facundo Manes regressou a seu país, a Argentina, depois de concluir

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Profª. Raquel Freitas Sampaio

Profª. Raquel Freitas Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PONTUAÇÃO Profª. Raquel Freitas Sampaio 1 TIPOS DE PONTUAÇÃO Sinais que indicam que a frase não foi concluída: a vírgula (,) o ponto e vírgula (;) o travessão ( ) os dois pontos

Leia mais

Português TIPOS DE QUE FLÁVIA RITA COUTINHO SARMENTO (31) FACEBOOK.COM/PROFESSORAFLAVIARITA TWITTER.COM/PROFAFLAVIARITA

Português TIPOS DE QUE FLÁVIA RITA COUTINHO SARMENTO  (31) FACEBOOK.COM/PROFESSORAFLAVIARITA TWITTER.COM/PROFAFLAVIARITA TIPOS DE QUE Português FLÁVIA RITA COUTINHO SARMENTO WWW.FLAVIARITA.COM (31)3296-0590 FACEBOOK.COM/PROFESSORAFLAVIARITA TWITTER.COM/PROFAFLAVIARITA Rua Mato Grosso 306/ Sl 101 Barro Preto - Belo Horizonte

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Texto: O Sabor da Palavra. José Afonso Ferraz

LÍNGUA PORTUGUESA. Texto: O Sabor da Palavra. José Afonso Ferraz LÍNGUA PORTUGUESA Texto: O Sabor da Palavra José Afonso Ferraz Você já parou para pensar nas múltiplas faces de que se reveste uma língua? Há muitas e específicas formas ou faces como se fossem roupas,

Leia mais

I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!)

I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!) Português Professores: Daiana 3ª Série Período Composto por Coordenação e Subordinação I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!) 1-Todos querem o mesmo destino: que atinjamos

Leia mais

CONCURSO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE/2014 FORMULÁRIO DE RESPOSTA AOS RECURSOS - DA LETRA PARA A LETRA

CONCURSO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE/2014 FORMULÁRIO DE RESPOSTA AOS RECURSOS - DA LETRA PARA A LETRA QUESTÃO: 01 Na argumentação, a autora recorre a todas as estratégias arroladas na questão, exceto a indicada pelo Gabarito. Assim, por exemplo, a dados estatísticos: aqui, dois terços dos usuários ainda

Leia mais

PONTUAÇÃO. Prof. Flaverlei A. Silva

PONTUAÇÃO. Prof. Flaverlei A. Silva PONTUAÇÃO Prof. Flaverlei A. Silva Pontuação indica na escrita as várias possibilidades de entonação da fala, além de ajudar a expressão de pensamentos, sentidos e emoções, tornando mais clara e precisa

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO(A): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de exercícios Questão 01 Leia com atenção o texto abaixo: revelava a ncia, por

Leia mais

TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA.

TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA. ATIVIDADE PARA O MÊS DE ABRIL PROFESSORA MARILÉA F. DA ROCHA TURMAS DO 1º ANO LÍNGUAPORTUGUESA. EMPREGO DA VÍRGULA. http://www.portuguesfacil.net/regras simples faceis usar virgula/ 1. Use a vírgula para

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

PORTUGUÊS - 2 o ANO MÓDULO 52 ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS

PORTUGUÊS - 2 o ANO MÓDULO 52 ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS PORTUGUÊS - 2 o ANO MÓDULO 52 ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Fixação 1) Classifique a oração subordinada que ocorre no terceiro quadrinho da tira abaixo: Fixação F 2) Classifique a oração subordinada

Leia mais

Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre

Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre Colégio: Nome: Número: Turma: Data: Parte A Conhecimentos gramaticais 1. Leia esta tirinha e responda às questões propostas.

Leia mais

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS AULAS CURSO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFCCE) - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO - REGULAR Poderá haver substituições de professores, ficando a critério da coordenação pedagógica

Leia mais

Funções do Pronome Relativo Professora Cândida França

Funções do Pronome Relativo Professora Cândida França Funções do Pronome Relativo Professora Cândida França Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Exemplos: O

Leia mais

Vírgula. A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso

Vírgula. A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso PONTUAÇÃO (cont.) Vírgula A vírgula assinala falta ou desvio de ligação sintática no discurso Nem a toda pausa corresponde uma vírgula, nem a toda vírgula corresponde uma pausa. LUFT, Celso Pedro. A vírgula.

Leia mais

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação Tutora: Ariana de Carvalho Orações coordenadas As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa

Leia mais

Português. Flexão de Voz (Ativa, Passiva, Reflexiva) Professor Arthur Scandelari.

Português. Flexão de Voz (Ativa, Passiva, Reflexiva) Professor Arthur Scandelari. Português Flexão de Voz (Ativa, Passiva, Reflexiva) Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português FLEXÃO DE VOZ (ATIVA, PASSIVA, REFLEXIVA) Vozes verbais 1. (CESPE Pref. de São Paulo-SP

Leia mais

RECURSO GABARITO JUSTIFICATIVA DA BANCA EXAMINADORA

RECURSO GABARITO JUSTIFICATIVA DA BANCA EXAMINADORA MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE SELEÇÃO E INGRESSO RECURSO GABARITO JUSTIFICATIVA DA BANCA EXAMINADORA CONCURSOS PÚBLICOS Nº 559, 560, 561, 562, 563, 564,

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

PORTUGUÊS PROF. LUIS LADEIRA SENADO FEDERAL

PORTUGUÊS PROF. LUIS LADEIRA SENADO FEDERAL PORTUGUÊS PROF. LUIS LADEIRA SENADO FEDERAL AULA 6 CONJUNÇÕES - São palavras que têm a função de unir duas orações num período. Neste caso, estabelecem relações de coordenação ou de subordinação. - Podem,

Leia mais

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte.

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Exemplo: O jogo será no domingo. O jogo decidirá o campeonato. Reunindo

Leia mais

PONTUAÇÃO. Proibida Obrigatória Facultativa. separar. isolar. Relação Lógica Elemento acidental. Uma vírgula pode. A vírgula pode ser

PONTUAÇÃO. Proibida Obrigatória Facultativa. separar. isolar. Relação Lógica Elemento acidental. Uma vírgula pode. A vírgula pode ser PONTUAÇÃO A vírgula é um sinal gráfico, portanto independente dos aspectos respiratórios. Uma vírgula pode A vírgula pode ser ou separar isolar Proibida Obrigatória Facultativa São duas noções que governam

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo Gramática 2º ano

Programa de Retomada de Conteúdo Gramática 2º ano Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, Rua Cantagalo 305, 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo Gramática 2º ano

Leia mais

Valor modal e aspetual.

Valor modal e aspetual. ÍNDICE GERAL Índice de conteúdos 4 Apresentação 6 Ficha 1 7 Subclasses de palavras. Ficha 2 12 Classes Palavras convergentes. Ficha 3 17 Subclasses de palavras. Orações coordenadas. Ficha 4 22 Ficha 5

Leia mais

Português. Crase. Professor Arthur Scandelari.

Português. Crase. Professor Arthur Scandelari. Português Crase Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CRASE PARTE 1 1. (CESPE TCE-PA 2016) O verdadeiro problema é a dificuldade do setor público de adaptar suas despesas

Leia mais

CURSO INTENSIVO MÓDULO 15 PONTUAÇÃO

CURSO INTENSIVO MÓDULO 15 PONTUAÇÃO EXERCÍCIOS 1) Os empresários expuseram seus problemas com extrema objetividade. (PERÍODO NA ORDEM DIRETA). 2) Os empresários, com extrema objetividade, expuseram seus problemas. (ADJUNTO ADVERBIAL DE MODO

Leia mais

Funções do que e do se

Funções do que e do se Funções do que e do se Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim de que

Leia mais

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO (NUPEX) EDITAL 04/2015 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO (NUPEX) EDITAL 04/2015 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG O DIRETOR ACADÊMICO ADMINISTRATIVO DA FACULDADE GUANAMBI, no uso de suas atribuições legais, e entendendo a função da OFINICA DE APERFEIÇOAMENTO como atividade que visa suprir

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais