Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical A língua portuguesa no ensino superior O novo acordo ortográfico...

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico..."

Transcrição

1 Sumário I A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1 A língua portuguesa no ensino superior... 3 POR QUE ESTUDAR PORTUGUÊS NO ENSINO SUPERIOR... 5 Concepções de gramática... 6 O novo acordo ortográfico OBJETIVOS DO ACORDO ORTOGRÁFICO NOVAS REGRAS ORTOGRÁFICAS Mudanças no alfabeto Desaparecimento do trema Mudanças nas regras de acentuação Uso do hífen Classes gramaticais SUBSTANTIVO Classificação dos substantivos Simples e compostos Primitivos e derivados Flexão dos substantivos ARTIGO ADJETIVO Adjetivos primitivos Adjetivos derivados Adjetivos simples Adjetivos compostos Classes gramaticais II PRONOMES Pronomes pessoais Pronomes de tratamento Pronomes possessivos... 47

2 viii SUMÁRIO Pronomes demonstrativos Pronomes indefinidos Pronomes interrogativos Pronomes relativos NUMERAL Numerais cardinais Numerais ordinais Numerais multiplicativos Numerais fracionários Numerais coletivos VERBO Flexões verbais Atividades da Parte I II A gramática e o estudo das relações entre as palavras Classes gramaticais III INTERJEIÇÃO PREPOSIÇÃO E CONJUNÇÃO Preposições Conjunções ADVÉRBIO Classificação dos advérbios Termos essenciais da oração FRASE ORAÇÃO SUJEITO Sujeito simples Sujeito composto Sujeito oculto (elíptico ou desinencial) Sujeito indeterminado Oração sem sujeito (sujeito inexistente) PREDICADO Predicado verbal

3 SUMÁRIO ix Predicado nominal Predicado verbo-nominal Predicação verbal e complementos verbais VERBOS INTRANSITIVOS VERBOS TRANSITIVOS Verbo transitivo direto Verbo transitivo indireto Verbo de ligação Vozes verbais, aposto e vocativo VOZES VERBAIS Voz ativa Voz passiva Voz reflexiva Aposto e vocativo Atividades da Parte II III Relações de sentido no interior do período Orações coordenadas: período composto por coordenação A INDEPENDÊNCIA DAS RELAÇÕES DE COORDENAÇÃO ORAÇÕES COORDENADAS SINDÉTICAS Coordenadas sindéticas aditivas Coordenadas sindéticas adversativas Coordenadas sindéticas alternativas Coordenadas sindéticas conclusivas Coordenadas sindéticas explicativas ORAÇÕES COORDENADAS ASSINDÉTICAS Orações subordinadas substantivas: período composto por subordinação ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Orações subordinadas subjetivas Orações subordinadas substantivas objetivas diretas Orações subordinadas objetivas indiretas

4 x SUMÁRIO Orações subordinadas completivas nominais Orações subordinadas substantivas predicativas Orações subordinadas apositivas Orações subordinadas adverbiais: período composto por subordinação ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS CAUSAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS CONSECUTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS CONCESSIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS COMPARATIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS CONFORMATIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS FINAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS PROPORCIONAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS TEMPORAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS CONDICIONAIS Orações subordinadas adjetivas: período composto por subordinação ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS RESTRITIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS EXPLICATIVAS Atividades da Parte III IV Dúvidas gramaticais e a construção do parágrafo padrão Pontuação VÍRGULA PONTO-FINAL PONTO E VÍRGULA DOIS-PONTOS PONTO DE INTERROGAÇÃO PONTO DE EXCLAMAÇÃO RETICÊNCIAS ASPAS TRAVESSÃO PARÊNTESES

5 SUMÁRIO xi Parágrafo Usos da crase REGRAS PRÁTICAS Use a crase Não use a crase USOS FACULTATIVOS DA CRASE Usos dos porquês POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ Atividades da Parte IV Respostas das atividades Referências Índice

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01 SUMÁRIO Capítulo 1 PERÍODO SIMPLES... 01 Frase... 02 Oração... 02 Oração coordenada... 03 Oração justaposta... 03 Oração principal... 03 Oração reduzida... 03 Oração relativa... 03 Oração subordinada...

Leia mais

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito...

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito... Sumário Capítulo 1 Ortografia.... 1 1. Regras de acentuação gráfica...1 1.1. Acentuação dos vocábulos monossilábicos...1 1.2. Acentuação dos vocábulos oxítonos...1 1.3. Acentuação dos vocábulos paroxítonos...2

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

4. Ação recíproca 5. Outras três funções do se 6. Vozes verbais e transitividade verbal 7. Contextualizando a teoria 8. Exercícios

4. Ação recíproca 5. Outras três funções do se 6. Vozes verbais e transitividade verbal 7. Contextualizando a teoria 8. Exercícios SUMÁRIO CAPÍTULO 1 ACENTUAÇÃO GRÁFICA 1. Diferença entre acento tônico e acento gráfico 2. Palavras tônicas e palavras átonas 3. Classificação da palavra pela posição da vogal tônica 4. Timbre da vogal

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I FONOLOGIA CAPÍTULO 1 ACENTUAÇÃO... 23 CAPÍTULO 2 ORTOGRAFIA... 29

SUMÁRIO PARTE I FONOLOGIA CAPÍTULO 1 ACENTUAÇÃO... 23 CAPÍTULO 2 ORTOGRAFIA... 29 SUMÁRIO PARTE I FONOLOGIA CAPÍTULO 1 ACENTUAÇÃO... 23 1. Introdução... 23 2. Regras de acentuação gráfica... 23 2.1. Proparoxítonas... 23 2.2. Paroxítonas... 23 2.2.1. Observações... 24 2.3. Oxítonas...

Leia mais

Quadro de conteúdos. Apoema GRAMÁTICA. Projeto

Quadro de conteúdos. Apoema GRAMÁTICA. Projeto Quadro de conteúdos Projeto Apoema GRAMÁTICA 1 Unidade 1 Unidade 2 Unidade 3 6 o ano A COMUNICAÇÃO Linguagem e língua Tipos de linguagem Gênero de texto: notícia e reportagem Gênero de texto: HQ e tirinha

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova...

Sumário. Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova... PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio

Leia mais

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo Português, língua materna 16 Português, língua padrão 17 Outras variedades do português 18 Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

ÍNDICE 1 A LÍNGUA 2 SONS DA LÍNGUA

ÍNDICE 1 A LÍNGUA 2 SONS DA LÍNGUA 1 A LÍNGUA 1. Língua padrão, 9 Variedades sociais, situacionais, geográficas, 9 Exercícios 1, 14 2. Língua portuguesa no mundo, 15 Variedade europeia, variedade brasileira, variedades africanas, 15 Exercícios

Leia mais

parte I Gramática do Discurso Capítulo 1 Comunicação e enunciação Capítulo 4 Capítulo 2 Capítulo 3

parte I Gramática do Discurso Capítulo 1 Comunicação e enunciação Capítulo 4 Capítulo 2 Capítulo 3 parte I Gramática do Discurso Capítulo 1 Comunicação e enunciação 1. Comunicação e enunciação 11 1.1. Acto de comunicação/enunciação 11 1.2. Sujeitos do acto de comunicação/enunciação 11 1.3. Enunciado

Leia mais

Sumário. Primeira Parte. Tipos de palavras...5 Regras gerais...5 Casos especiais...6 Dupla prosódia...8 Pronúncia duvidosa...8 Exercícios...

Sumário. Primeira Parte. Tipos de palavras...5 Regras gerais...5 Casos especiais...6 Dupla prosódia...8 Pronúncia duvidosa...8 Exercícios... Sumário Primeira Parte PRIMEIRA LIÇÃO POESIA MATEMÁTICA... 2 GRAMÁTICA Acentuação gráfica... 5 Tipos de palavras...5 Regras gerais...5 Casos especiais...6 Dupla prosódia...8 Pronúncia duvidosa...8 Exercícios...8

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração.

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. SINTAXE Período Composto Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. O período composto pode ser período composto por coordenação ou subordinação. Período composto por subordinação No período

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas Revisão para o Simulado da 2ª bimestral Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas 1) ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS A oração subordinada substantiva tem valor de substantivo

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

SUMÁRIO FONÉTICA. A nossa língua. 1.1 Introdução. 1.2 Gramática. 1.3 Fonética. 1.3.1 Aparelho fonador. 1.4 Estudo das vogais e dos encontros vocálicos

SUMÁRIO FONÉTICA. A nossa língua. 1.1 Introdução. 1.2 Gramática. 1.3 Fonética. 1.3.1 Aparelho fonador. 1.4 Estudo das vogais e dos encontros vocálicos SUMÁRIO I FONÉTICA Capítulo 1 FONÉTICA E FONOLOGIA A nossa língua 1.1 Introdução 1.2 Gramática 1.3 Fonética 1.3.1 Aparelho fonador 1.4 Estudo das vogais e dos encontros vocálicos 1.5 Classificação das

Leia mais

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG O DIRETOR ACADÊMICO ADMINISTRATIVO DA FACULDADE GUANAMBI, no uso de suas atribuições legais, e entendendo

Leia mais

PEQUENA GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS BRASILEIRO

PEQUENA GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS BRASILEIRO SUB Hamburg PEQUENA GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS BRASILEIRO Ataliba T. de Castilho Vanda Maria Elias v Ê2> editoracontexto mt SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 13 1. O QUE SE ENTENDE POR LÍNGUA Estudando a língua portuguesa

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia Educação de Jovens e Adultos.

Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia Educação de Jovens e Adultos. Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia Educação de Jovens e Adultos. Referencial Curricular de Língua Portuguesa Educação de Jovens e Adultos 2010. 2ª ETAPA OBJETIVOS GERAIS DA LÍNGUA PORTUGUESA

Leia mais

Português Gradual. Profissionais e estudantes que necessitam fortalecer os conhecimentos básicos da língua portuguesa

Português Gradual. Profissionais e estudantes que necessitam fortalecer os conhecimentos básicos da língua portuguesa Português Gradual Público-alvo: Profissionais e estudantes que necessitam fortalecer os conhecimentos básicos da língua portuguesa Conteúdo: Classes gramaticais - artigos, substantivos, adjetivos, advérbios,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA FICHA INFORMATIVA FRASE SIMPLES/FRASE COMPLEXA COORDENAÇÃO/SUBORDINAÇÃO A frase pode conter uma ou mais orações. A cada oração corresponde uma forma verbal expressa

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 17

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 17 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I EDITAIS E PLANO DE ESTUDOS EDITAIS... 23 1. Introdução... 23 2. Plano de estudos... 23 3. Editais... 24 3.1. TRT 2 São Paulo FCC (prova aplicada em 2014)... 24 3.2. TRF

Leia mais

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

HISTORIAS EM QUADRINHOS, TIRINHAS, PIADAS, BILHETES, CARTAS,E-MAIL. Classe de palavras: substantivo primitivo e derivado; Adjetivos

HISTORIAS EM QUADRINHOS, TIRINHAS, PIADAS, BILHETES, CARTAS,E-MAIL. Classe de palavras: substantivo primitivo e derivado; Adjetivos 4 ANO 1 BIMESTRE 2 BIMESTRE 3 BIMESTRE 4 BIMESTRE CONTOS DE FADAS, FÁBULAS,LENDAS Leitura/gêneros, Classe de palavras: substantivos comuns, próprios, coletivos *** Encontro vocálico e consonantal. Dígrafos

Leia mais

Orações Subordinadas. Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321)

Orações Subordinadas. Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321) Orações Subordinadas d Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321) Professora Simone 2 Período Composto por Subordinação É aquele formado por uma oração principal e uma ou mais orações subordinadas;

Leia mais

Sintaxe do período composto

Sintaxe do período composto Lição 9 Sintaxe do período composto Estudo do Período Na lição 8, fizemos uma análise interna da oração. Examinamos os termos essenciais, os integrantes e os acessórios e, para isso, utilizamos exemplos

Leia mais

Gramática Eletrônica

Gramática Eletrônica Lição 5 Classes de palavras Na elaboração de um texto escrito, utilizamos palavras para exprimirem nossas idéias. De acordo com a idéia que expressam, as palavras são agrupadas, na nossa língua, em dez

Leia mais

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período)

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período) Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período) VALE: 2 pontos OBS: Devolver o TD 1 a professora no dia 16/04/09 (quinta-feira). Usar caneta azul ou preta. Não use 1- Em 1991, por ocasião da visita

Leia mais

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Amarrando as idéias COESÃO Introdução ao conceito de coesão Introdução aos mecanismos básicos de coesão Ordem das palavras

Leia mais

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO (NUPEX) EDITAL 04/2015 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO (NUPEX) EDITAL 04/2015 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG O DIRETOR ACADÊMICO ADMINISTRATIVO DA FACULDADE GUANAMBI, no uso de suas atribuições legais, e entendendo a função da OFINICA DE APERFEIÇOAMENTO como atividade que visa suprir

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29 SUMÁRIO CAPÍTULO I ORTOGRAFIA... 29 1. Ditongo... 31 2. Formas variantes... 35 3. Homônimos e parônimos... 36 4. Porque, por que, por quê, porquê... 44 5. Hífen... 45 6. Questões desafio... 50 CAPÍTULO

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

ÍNDICE. Capítulo 1 - Fonética e fonologia. Capítulo 11 - A frase

ÍNDICE. Capítulo 1 - Fonética e fonologia. Capítulo 11 - A frase ÍNDICE Capítulo 1 - Fonética e fonologia Fonética e fonologia; fonema e som; fonema e letra... 13 Representa9ao gráfica dos fonemas, nome das letras do alfabeto portugues, vogal e semivogal, consoante...............................................................

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar LÍNGUA PORTUGUESA

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar LÍNGUA PORTUGUESA Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar LÍNGUA PORTUGUESA A proposta O ensino da língua materna no Material Didático Positivo é entendido como uma interação viva com as forças sociais,

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

NOMENCLATURA GRAMATICAL BRASILEIRA (NGB)

NOMENCLATURA GRAMATICAL BRASILEIRA (NGB) NOMENCLATURA GRAMATICAL BRASILEIRA (NGB) Uniformização e simplificação da Nomenclatura Gramatical Brasileira, de acordo como trabalho aprovado pelo Sr. Ministro Clóvis Salgado, elaborado pela Comissão

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º DOMÍNIOS A AVALIAR INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Tipo 1 Leitura, Educação Literária, Gramática e Escrita. Testes de avaliação (leitura, educação literária, gramática e escrita) DOMÍNIO COGNITIVO (COMPETÊNCIAS

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto

Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto TRANSITIVO DIRETO Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto TRANSITIVO INDIRETO Precisa de um complemento

Leia mais

MARÇO. Avaliação de História: 8º Anos Conteúdo: Revolução Inglesa, Iluminismo e Revolução Industrial.

MARÇO. Avaliação de História: 8º Anos Conteúdo: Revolução Inglesa, Iluminismo e Revolução Industrial. MARÇO Dia 01 02 03 04 05 06 07 MATUTINO Avaliação de História: 8º Anos Revolução Inglesa, Iluminismo e Revolução Industrial. 08 09 10 MATUTINO Avaliação de Inglês: 1ª Serie E.M. Starter and unid 1; 9º

Leia mais

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Apoio Pedagógico ao Núcleo Comum Tutora: Thais Torres Guimarães thaistorresg@gmail.com O que é SINTAXE? Parte da gramática que se ocupa da combinação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Escola Básica e Secundária de Velas 7.º ANO TURMA: 7º ÁREA: PORTUGUÊS PERÍODO: 1.º SEQUÊNCIA DIDÁTICA 1- TEXTOS DIVERSOS CALENDARIZAÇÃO: 1º PERÍODO (OUTUBRO) DOMÍNIO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

ANEXO 4 ROTEIROS DAS AULAS

ANEXO 4 ROTEIROS DAS AULAS ANEXO 4 ROTEIROS DAS AULAS 160 ESCOLA SECUNDÁRIA/3 PADRE ALBERTO NETO QUELUZ Língua Portuguesa 8.º Ano Turma C Roteiro de Aula Ano lectivo 2009/2010 Unidade didáctica : Oficina de Pontuação Duração : 90

Leia mais

DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) 1º PERÍODO

DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) 1º PERÍODO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) ANO LETIVO: 2013/2014 ANO: 6º CURRÍCULO DA DISCIPLINA: Português CONTEÚDOS 1º PERÍODO Leitura Texto poético. Compreensão. Texto narrativo. Narrador.

Leia mais

PRINCIPAIS DIVERGÊNCIAS ORTOGRÁFICAS ENTRE AS NORMAS PORTUGUESA E BRASILEIRA 26

PRINCIPAIS DIVERGÊNCIAS ORTOGRÁFICAS ENTRE AS NORMAS PORTUGUESA E BRASILEIRA 26 ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 17 A. CONVENÇÕES E ACORDOS ORTOGRÁFICOS....................... 21 PRINCIPAIS DIVERGÊNCIAS ORTOGRÁFICAS ENTRE AS NORMAS PORTUGUESA E BRASILEIRA 26 B. ORTOGRAFIA 27 1. ALFABETO

Leia mais

Aula ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II)

Aula ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II) ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II) META Rever o conceito de oração subordinada substantiva. Discorrer sobre os quatro últimos tipos de orações subordinadas substantivas. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula,

Leia mais

Orações subordinadas substantivas e adjetivas

Orações subordinadas substantivas e adjetivas Orações subordinadas substantivas e adjetivas Sintaxe do período simples Os termos podem ser compostos por: Substantivos (Sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito, complemento nominal

Leia mais

^SABER ESCREVER SABER FALAR

^SABER ESCREVER SABER FALAR Edite Estrela A 376533^ Maria Almira Soares I» fio rw Maria José Leitão / / iòí r ^SABER ESCREVER SABER FALAR Um guia completo para usar correctamente a língua portuguesa 4. a edição DOM OU I XOTE ÍNDICE

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano

LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano 1º Período UNIDADE 0 Ponto de partida Reportagem televisiva - memória - texto narrativo - narrador - argumentação Regulamento A visita de estudo -narrativa Fotografia

Leia mais

Material Didático Impresso CEJA Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Planejamento Eixo Integrador: Cidadania e Trabalho

Material Didático Impresso CEJA Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Planejamento Eixo Integrador: Cidadania e Trabalho Material Didático Impresso CEJA Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Planejamento Eixo Integrador: Cidadania e Trabalho Módulo 1 - Tema Integrador: Identidade Cultural e Diversidade Unidade Disciplina

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 6 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 6 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 6 º Ano Dias de aulas previstos Período 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 13 13 12 13 2.º período 9 9 9 11 11 3.º período 9 10 9 9 10 (As aulas previstas

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase.

SINTAXE DA ORAÇÃO. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE DEVEMOS APRENDER? Identificar e reconhecer os constituintes sintáticos de uma oração (sujeito,

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

Primitivo é o nome que não deriva de outra palavra da língua portuguesa. Exemplos: casa, pedra e jornal.

Primitivo é o nome que não deriva de outra palavra da língua portuguesa. Exemplos: casa, pedra e jornal. O que e Morfologia? Morfologia é a parte da gramática que estuda as palavras de acordo com a classe gramatical a que ela pertence. Quando nos referimos às classes gramaticais, logo sabemos que se refere

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas. Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM

Orações Subordinadas Substantivas. Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM Orações Subordinadas Substantivas Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM Orações Subordinadas Substantivas Oração subordinada substantiva: é aquela que tem valor de substantivo e exerce, em relação à oração

Leia mais

Conteúdo para as provas do 1º bimestre Fundamental II

Conteúdo para as provas do 1º bimestre Fundamental II Conteúdo para as provas do 1º bimestre Fundamental II 6ºs Anos A e B Matemática - Profª. Marta Teoria dos conjuntos Algarismos romanos Números naturais até página 47 do livro Português - Profª. Cindia

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 SUMÁRIO Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 1.1. Tipos de texto, 22 1.2. Gênero de texto, 26 1.3. Tipos de discurso, 27 1.3.1. Discurso direto, 27 1.3.2. Discurso indireto, 28 1.3.3. Discurso indireto

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1 Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 1º E 2º BIMESTRES

ESTUDO DIRIGIDO 1º E 2º BIMESTRES NOME DO ALUNO: DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): MICHELE PEREIRA Nº: ANO: 9º TURMA: FII9.2 VALOR: 2,0 DATA: / /2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º E 2º BIMESTRES Caro aluno, Ao longo do 1º semestre

Leia mais

COLÉGIO BATISTA DA PENHA Educação Escolar Cristã

COLÉGIO BATISTA DA PENHA Educação Escolar Cristã Conteúdo das avaliações 6º A Período 15 a 19/08 Geografia 15/08 Geologia do planeta Terra Geomorfologia: as formas de relevo Relevo da superfície terrestre Relevo brasileiro: principais características

Leia mais

SÉTIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

SÉTIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco SÉTIMA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto. 1. Introdução ao estudo do Período Composto: Orações Subordinadas e Orações Coordenadas. 2. Orações Subordinadas Substantivas.

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO S DA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS - 1º TRIMESTRE - 6 ANO SS História do surgimento dos números naturais; Sistemas de numeração: egípcio, romano e decimal indo-arábico; Conjuntos dos números naturais, sequência

Leia mais

Introdução: uma palavra inicial para confortar o coração...

Introdução: uma palavra inicial para confortar o coração... Sumário Introdução: uma palavra inicial para confortar o coração... Apresentação... XV XVII 1. Morfologia... 1 1.1. As 10 classes de palavras... 1 1.2. Os grupos de palavras... 2 2. Artigo... 3 2.1. Emprego

Leia mais

Capítulo 1 Fonologia... 1 Capítulo 2 ortografia... 7

Capítulo 1 Fonologia... 1 Capítulo 2 ortografia... 7 Sumário Capítulo 1 Fonologia... 1 1.1. Letra e fonema... 1 1.2. Ditongo... 1 1.2.1. Ditongo decrescente... 1 1.2.2. Ditongo crescente... 1 1.2.3. Ditongo oral... 2 1.2.4. Ditongo nasal... 2 1.2.5. Ditongo

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

9 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL

9 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL Aula ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL META Explicar a função adjetiva do adjunto adnominal, um acessório do núcleo do sujeito e de outros núcleos, mostrando as classes adjuntas. Apresentar a importância

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

Capítulo 1 Fonologia... 1 Capítulo 2 ortografia... 7

Capítulo 1 Fonologia... 1 Capítulo 2 ortografia... 7 Sumário Capítulo 1 Fonologia... 1 1.1. Letra e Fonema...1 1.2. Ditongo...1 1.2.1. Ditongo decrescente...1 1.2.2. Ditongo crescente...1 1.2.3. Ditongo oral...2 1.2.4. Ditongo nasal...2 1.2.5. Ditongo fonético...2

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19

Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19 Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19 Variedades do português 20 Variedades geográficas (europeia

Leia mais

Assunto de Prova da III Unidade Ensino Fundamental II

Assunto de Prova da III Unidade Ensino Fundamental II Assunto de Prova da III Unidade Ensino Fundamental II Redação 5 Série/ 6 Ano - I - Fábula - Interpretação textual II - Diferenças entre Poesia e Poema III - Bilhete - Produção textual IV - "Terra dos Meninos

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Professor(a): Carolina Araújo e Kênia Pessoa Série: 9º ano Turmas: 91, 92, 93 e 94

Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Professor(a): Carolina Araújo e Kênia Pessoa Série: 9º ano Turmas: 91, 92, 93 e 94 COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Língua Portuguesa

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

c) O complemento nominal também se confunde com o adjunto adnominal. As diferenças serão explicitadas quando falarmos de desse termo acessório.

c) O complemento nominal também se confunde com o adjunto adnominal. As diferenças serão explicitadas quando falarmos de desse termo acessório. b) Os estudantes inexperientes podem confundir o complemento nominal o objeto indireto. Essa dúvida é facilmente resolvida. O OI completa o sentido de um verbo e o CN, o de um nome. Ex.: Necessito de ajuda.

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

STJ Iraélcio Ferreira Macedo Néli Luiza Cavalieri Fetzner Nelson Carlos Tavares Junior. LiÇÕES DE GRAMÁTICA APLICADAS AO TEXTO JURíDICO

STJ Iraélcio Ferreira Macedo Néli Luiza Cavalieri Fetzner Nelson Carlos Tavares Junior. LiÇÕES DE GRAMÁTICA APLICADAS AO TEXTO JURíDICO STJ00100136 Iraélcio Ferreira Macedo Néli Luiza Cavalieri Fetzner Nelson Carlos Tavares Junior LiÇÕES DE GRAMÁTICA APLICADAS AO TEXTO JURíDICO Coordenadora Néli Luiza Cavalieri Fetzner 4 a edição revista.

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Variedades linguísticas 2 1.6 Funções da

Leia mais

Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49

Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49 Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49 SOBRE A AUTORA DUDA NOGUEIRA Professora de Língua Portuguesa Gramática e Interpretação de Texto para concursos públicos, pós-graduada

Leia mais

Lista 5 - Língua Portuguesa 1

Lista 5 - Língua Portuguesa 1 Lista 5 - Língua Portuguesa 1 Termos ligados ao nome LISTA 5 - LP 1 - TERMOS LIGADOS AO NOME Termos ligados ao nome Em nosso último Estudo Dirigido, relembramos os termos que aparecem nas orações ligados

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1 Nota sobre o livro Esta gramática passou por uma gestação de mais de trinta anos. Ainda quando eu estava na graduação, na UFRJ, no início dos anos 80, comecei a escrevê-la, antes de tudo para eu mesmo

Leia mais

SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os.

SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os. SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os. * Objeto direto preposicionado: aquele cuja preposição não é exigência

Leia mais

META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações.

META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (I) Aula 3 META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: terminada

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V 172431 ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V 172431 ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Ensino Básico PLNM A2-2º Ciclo Turmas 3º Período Total 5º3 37 75 44 156 6º1 37 75 39 151 - Verbos (modo indicativo Presente, Pretérito Perfeito, Pretérito Imperfeito); - Advérbios e locuções adverbiais;

Leia mais

CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS 1º TRIMESTRE 6º NS

CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS 1º TRIMESTRE 6º NS S PARA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS 1º TRIMESTRE 6º NS História do surgimento dos números naturais, sistema de numeração (egípcio, romano e indo-arábico), dentro do sistema de numeração decimal indo-arábico

Leia mais

PORTUGUÊS III Semestre

PORTUGUÊS III Semestre Universidad Nacional Autónoma de México Facultad de Filosofía y Letras Colegio de Letras Modernas Letras Portuguesas PORTUGUÊS III Semestre 2019-1 Profa. Cristina Díaz Padilla Horário: segunda a sexta

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2017 / 2018 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Textos não literários Notícia Reportagem Texto

Leia mais