Juntos formamos a grande família SIEMACO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Juntos formamos a grande família SIEMACO"

Transcrição

1 FILIADO À BOLETIM INFORMATIVO DO SIEMACO SP SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSEIO E CONSERVAÇÃO E LIMPEZA URBANA DE SÃO PAULO FEVEREIRO 2013 Juntos formamos a grande família SIEMACO Já vamos pelo segundo mês do ano novo e as lutas continuam as mesmas. O que alenta, é que a disposição da categoria e o empenho da equipe de assessores e profissionais que tra- Moacyr Pereira balham no Sindicato, vamos conseguir novos avanços. Começamos o ano com um reajuste de 9,42% nos pisos salariais de quinze funções normatizadas da categoria. Para as demais funções, os reajustes foram superiores à inflação do período e as melhorias na PLR e Cesta Básica, por exemplo, foram iguais para todos os trabalhadores. O ano começa e os desafios também. As companheiras que muitas vezes são os chefes da família, ainda sofrem com a violência doméstica e com o assédio moral e sexual em muitos locais de trabalho. O medo e a necessidade de ganhar o sustento ainda às impedem de denunciar seus agressores. Temos que fazer valer a Lei Maria da Penha e lutar para que as companheiras denunciem as agressões e consigam um tempinho para, juntos com as responsáveis pela Secretaria da Mulher no Sindicato, possam discutir seus problemas. Por outro lado, vamos continuar com a velha luta para que os companheiros corram menos risco de estresse, que pode causar lesões e inúmeros problemas de saúde relacionados ao trabalho. Com satisfação o trabalhador corre menos risco de afastamentos do trabalho. Isto já está mais que provado. Para chegar lá conto com a participação dos companheiros e companheiras em todas as convocações do Sindicato. Seja para engrossar a luta, para discutir os problemas da categoria ou simplesmente para um papo em família. Afinal, juntos formamos a grande família SIEMACO. Moacyr Pereira é o presidente do Siemaco - SP. Tabela de Salários e benefícios 2013 Reajuste de 9,42% nos pisos salariais, Cesta Básica e PPR. Tíquete Refeição no valor unitário de R$7,00 Piso Salarial Mínimo Copeira Limpador de Vidros Recepcionista Porteiro / Controlador de Acesso / Assemelhado Aux. Departamento Pessoal Zeladoria em Próprios Públicos Dedetizador / Assemelhado R$ 755,00 R$ 777,00 R$ 854,03 R$ 846,03 R$ 916,98 R$ 846,03 R$ 996,92 R$ 903,03 Técnico em Desentupimento Auxiliar em Desentupimento Auxiliar em Manutenção Demais Funções Hidrojatista (pressão acima de psi) Operador de Varredeira Motorizada Operador de Vácuo R$ 1.018,48 R$ 755,00 R$ 801,50 R$ 801,50 R$ 976,78 R$ 1.081,68 R$ 1.114,24

2 2 Resultado Atenção para a data do recebimento com o reajuste As empresas deverão efetuar o pagamento dos salários de janeiro/2013 reajustados com 9,42% até o (5º) quinto dia útil do mês de Fevereiro/2013, bem como o pagamento reajustado sobre os benefícios em cada data de seu fornecimento. Confira como ficaram os valores dos benefícios e reajuste nas demais faixas salariais cujo as funções não constam na tabela PARA QUEM GANHA ACIMA DE R$ 1.510,00, O REAJUSTE SERÁ ESCALONADO E APLICADO DA SEGUINTE FORMA: 1) PARA QUEM GANHA ENTRE R$ 1.510,00 E R$ 4.017,90: a) aplica-se 9,42% sobre o valor de R$ 1.510,00; b) aplica-se 6,28% sobre a parcela salarial entre R$ 1.510,01 até R$ 4.017,90; O reajuste salarial total será a soma do resultado de a + b adicionado ao salário percebido em Exemplo: salário percebido em = R$ 2.000,00. a) 9,42% x R$ 1.510,00 = R$ 142,24; b) 6,28% x R$ 490,00 (R$ 2.000,00 R$ 1.510,00) = R$ 30,77 Resultado: (a) R$ 142,24 + (b) R$ 30,77 + R$ 2.000,00 = R$ 2.173,01 SALÁRIO DE LÍDERES DE SETOR Os trabalhadores que exercem função de encarregado, líder e/ou assemelhado, a Cláusula Terceira da Convenção Coletiva de Trabalho determina acréscimo sobre o piso salarial profissional de sua respectiva função, por grupo d empregados supervisionados. a) Responsável por até 10 empregados valor equivalente ao salário normativo da área mais 10%. b) Responsável por 11 a 20 empregados valor equivalente ao salário normativo da área mais 20%. c) Responsável por 21 a 30 empregados valor equivalente ao salário normativo da área mais 30%. d) Responsável por mais de 30 empregados valor equivalente ao salário normativo da área mais 50%. CESTA BÁSICA: R$74,88 TÍQUETE REFEIÇÃO: R$7,00 PPR: R$188,75 (em duas parcelas de R$ 94,37). 2) PARA QUEM GANHA ACIMA DE R$ 4.017,90: a) aplica-se 9,42% sobre o valor de R$ 1.510,00: b) aplica-se 6,28% sobre o valor de R$ 2.507,89, correspondente a parcela salarial entre R$ 1.510,01 e R$ 4.017,90 c) aplica-se 5,95% sobre a parcela salarial complementar a R$ 4.017,91; O reajuste salarial total será a soma do resultado de a + b + c adicionado ao salário percebido em Exemplo: salário percebido em = R$ 5.000,00. a) 9,42% x R$ 1.510,00 = R$ 142,24; b) 6,28% x R$ 2.507,90 (R$ 4.017,90 - R$ 1.510,00) = R$ 157,49 c) 5,95% x R$ 982,10 (R$ 5.000,00 - R$ 4.017,90) = R$ 58,43 Resultado: (a) R$ 142,24 + (b) R$ 157,49 + (c) R$ 58,43 + R$ 5.000,00 = R$ 5.358,16. Fique atento ao pagamento do PPR/2013 As empresas deverão fazer a apuração do período de Julho à Dezembro de 2012, com o pagamento até o dia 10 do mês subsequente, ou seja, no mês de Janeiro Se a empresa onde você trabalha ainda não efetuou o pagamento, faça valer o seu direito. Denuncie ao Sindicato!

3 3 Empresa: PRUSERV Setor: CEPAM - USP é uma dor de cabeça Empresa: Europa Service Mal contratada e ao menor preço, a empresa PRU- SERV COM. SERV. de LIM- PEZA LTDA vem dando uma dor de cabeça terrível aos trabalhadores que prestam serviços no CEPAM Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal-USP. Desde outubro do ano passado, tornou-se constante os atrasos nos pagamentos dos salários e benefícios desses colaboradores. Os pagamentos só acontecem após paralisações feitas pelo Sindicato que, inclusive, tem acionado os responsáveis pelo contra- Expediente Sede: Alameda Eduardo Prado, 648 Santa Cecília CEP Fone: Subsede: Rua Dr. Carlos Augusto de Campos, 165 Santo Amaro CEP Presidente Moacyr Pereira Supervisão Wagner Antonelli Jornalista Responsável to. Estranhamente a empresa vem exigindo que os empregados trabalhem de graça. O Sindicato não vai medir esforços para fazer valer os direitos dos trabalhadores e acabar com a exploração. Quem contratar mal, vai pagar duas vezes. Os constantes atrasos garantem aos trabalhadores multas diárias e isso nós vamos cobrar no final, pois o CEPAM, solidariamente, tem responsabilidades. Está claro que existem falhas no cumprimento do contrato, como exige a Justiça do Trabalho. Benedito Ap. da Silva (MTB ) Impressão JCL Tiragem Exemplares Todos os meses o SIEMACO recebe inúmeras reclamações contra a empresa Europa Service. São denúncias referentes a atrasos no pagamento dos salários, vale transporte, cesta básica, férias vencidas e em dobro e recolhimentos de FGTS. A Europa Service mantém postos de trabalho com 12 horas diárias de trabalho e, além de não respeitar seus empregados, abusa do seu poder diretivo e chega até a impedir que Empresa: Artlimp, desde o mês de outubro do ano passado, vinha atrasando o pagamento de salários e benefícios. Em dezembro, os trabalhadores também não viram a cor do 13º. Exigindo respeito aos seus diretos dos trabalhadores, acompanhados pelo Sindicato, promoveram várias paralisações. Em contato com eles peçam demissão quando encontram novo emprego. Na sede da empresa, onde os plantonistas aguardam diariamente pela indicação do local de trabalho, o relógio de ponto está quebrado e o controle é feito pelo porteiro da base que também é o responsável pela guarda dos cartões e pelos apontamentos de presença dos plantonistas. O Sindicato está de olho na empresa. Empresa: Artlimp Denúncia: Falta de pagamentos, Benefícios e PPR. o contratante ficamos sabendo que empresa está em vias de encerrar o contrato, por isso o pouca caso. Outra empresa já está no local e alguns trabalhadores já foram admitidos pela nova empresa. Os trabalhadores prejudicados foram orientados pelo Sindicato a ingressar com ações na Justiça do Trabalho.

4 4 Empresa: Liderança Limpeza e Conservação Setor: Braspress. As modernas instalações e a tecnologia de ponta dessa importante empresa de logística não serve em nada para os trabalhadores que fazem a limpeza em suas dependências já que um mesmo local é usado como refeitório, vestiário e depósito de produtos químicos e outros utensílios para limpeza. O local encontra-se em um porão ou embaixo de uma escada, contrariando o bom senso e a legislação vigente. O SIEMACO já encaminhou solicitação de mesa redonda no Ministério do Trabalho para solucionar a situação. Empresa: Dalkia Setor: Hospital São Luiz Depósito de produtos químicos e outros utensílios para limpeza servem de refeitório e vestiário para os trabalhadores da Liderança Limpeza e Conservação. Além de armários quebrados, o vestiário do setor estava com uma infiltração de água. Questionada pelo Sindicato, a empresa pediu prazo de 60 dias para total regularização da situação. O Sindicato pressionou e a solução apareceu. Mexeu com você. Mexeu com o Sindicato Agora Antes

5 Seus direitos Coluna Jurídica 5 Dúvidas???... Tire isso da cabeça! Férias: De quantos dias deverão ser as férias, no caso de o trabalhador faltar injustificadamente mais de 5 vezes ao ano? Resposta: Até 05 faltas injustificadas, o trabalhador terá direito aos 30 dias de férias. De 06 à 14 faltas injustificadas, terá direito à 24 dias de férias. De 15 à 23 faltas injustificadas, terá direito à 18 dias de férias. De 24 à 32 faltas injustificadas, terá direito à 12 dias de férias. Acima de 32 faltas injustificadas, o trabalhador perde o direito as férias. Feriado Trabalhado Quem trabalha no feriado, independente das escalas 4x2, 5x1, 5x2, 6x1 e 12x36, tem direito a receber o dia com acréscimo? Resposta: Sim, independentemente de qual seja a escala de trabalho, o dia deverá ser computado com valor de 100% de acréscimo sobre a hora normal trabalhada. No caso da empresa não efetuar o pagamento com o devido acréscimo, o trabalhador deverá ter além da folga já garantida, mais um dia de folga. Jornada Diária de trabalho Nas escalas 4x2, 5x1, 5x2, 6x1 é permitido trabalhar 12 horas diárias? Resposta: De acordo com o Termo de Compromisso pelo Combate à Jornada de Trabalho de 12 horas diárias, instituído pelo o MTE- Ministério do Trabalho e Emprego, desde Junho / 2010, com exceção da escala 12 x 36, não serão permitidas as jornadas de 12 horas diárias trabalhadas nas escalas 4 x 2, 5 x 1, 5 x 2, 6 x 1. Período noturno O adicional noturno deve ser pago a partir de qual horário? Existe algum adicional? Resposta: O adicional noturno é computado somente no horário das 22:00 às 05:00 e deve ser acrescido com no mínimo de (20% de adicional) sobre a hora normal trabalhada. O SIEMACO disponibiliza pra você companheiro (a), mais uma forma de orientar, esclarecer e tirar dúvidas que ocorrem no seu dia a dia. Agora, além do atendimento telefônico e das fiscalizações que são efetuadas nos locais de trabalho, você também poderá obter informações enviando o seu para o nosso Departamento Jurídico. Cresce a violência contra a mulher A violência contra a mulher não escolhe idade ou classe social nem escolaridade. A violência doméstica contra as mulheres continua preocupante. Os números são estarrecedores e demonstram que uma em cada cinco diz já ter sofrido algum tipo de agressão. A violência doméstica não escolhe idade ou classe social. Em São Paulo uma pesquisa coordenada pelo Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CEFEMEA) demonstrou que, 29% das mulheres entrevistadas que já tiveram relações íntimas com homens afirmaram que já foram vítimas de agressões físicas ou sexuais cometidas por um parceiro. Uma forma de mudar o panorama é a participação feminina em todos os níveis da sociedade. Na política, por exemplo, dois anos após a eleição da primeira mulher presidente do Brasil, a participação das mulheres cresceu e ganhou espaço na política. Em relação a 2008, foram eleitas 30% a mais de prefeitas, e nas câmaras de vereadores a presença feminina aumentou em 17%. Estes dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) podem parecer animadores, mas o espaço ocupado por mulheres nos poderes executivos e legislativos ainda é minúsculo e o tema continua sendo criticado. A presença de mulheres no legislativo brasileiro é bem menor do que na maioria dos países. Em um levantamento com parlamentos do mundo inteiro, a média é de 20% do poder legislativo federal ser composto por mulheres. Em um ranking de 190 países, o Brasil aparece ocupando o 119 posto. À frente do Brasil estão os países da Europa, Oceania e quase toda a América (exceto Haiti e Panamá). Os dados são da Inter-Parliamentary Union, organização que reúne os parlamentos de 162 países. A Lei Maria da Penha, aprovada em 22 de setembro de 2006, alterou o Código Penal Brasileiro, aumentando a punição para os agressores, atribuindo tempo maior de reclusão e facilitando a prisão preventiva de criminosos. Considerada uma das três melhores leis do mundo pelo Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher, a norma foi batizada em homenagem à biofarmacêutica Maria da Penha Fernandes, que ficou paraplégica após sofrer duas tentativas de assassinato por parte de seu ex-marido.

6 6 Empresa: MOSCA / MOPP Solidariedade Setor: HOSPITAIS MANDAQUI / EMÍLIO RIBAS No dia 12 de dezembro, como faz todos os anos, o coral, formado por trabalhadores, fez emocionante apresentação para os pacientes dos HOSPITAL EMÍLIO RIBAS e HOSPITAL DO MANDAQUI. No programa, músicas natalinas. Com habilidade, o coral, acompanhado pelo SIEMACO, percorreu os hospitais distribuindo rosas e levando carinho aos pacientes internados. HOSPITAL EMÍLIO RIBAS HOSPITAL DO MANDAQUI. Empresa: Betalimp Comércio e Serviços Ltda. Tomador: Merck Sharp & Dhome Unidade Alexandre Dumas. Eleição de CIPA EMPRESA: Dalkia Setor: Ambulatório de Especialidades EMPRESA: Dalkia Tomador: SANTA CASA EMPRESA: Brasanitas Setor: Pátio Jabaquara

7 Norma Regulamentadora 24 Saúde e Segurança Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho Desde o inicio das atividades do Departamento de Saúde e Segurança do Trabalhador, o sindicato deparou-se com diversas situações irregulares nos locais DE TRABA- LHO, PRINCIPALMENTE em vestiários e refeitórios. INFELIZMENTE É COMUM A falta de armários para todos os TRABALHADORES, ENCONTRA- MOS MUITOS vestiários sem divisão por sexo (ONDE HOMENS E MULHERES DIVIDEM O MESMO ESPAÇO PARA TROCA DE ROU- PAS), materiais e produtos de limpeza amontoados, vestiário sendo usado também como refeitório e diversas outras condições irregulares e desagradáveis. O Sindicato já regularizou diversos ambientes EXIGINDO MELHO- RIAS das empresas e contratantes. ONDE ENCONTRAMOS RE- SISTÊNCIA LEVAMOS AO CO- NHECIMENTO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO ATRAVÉS DE MESA REDONDA E PEDIDOS DE FISCALIZAÇÃO. ESSAS AÇÕES VISAM BUS- CAR UMA MAIOR QUALIDADE DO AMBIENTE DE TRABALHO E LUTAR CONTRA O DESCASO A QUE SÃO SUBMETIDOS OS TRABALHADORES DE NOSSA CATEGORIA. Portanto se o local onde você trabalhador presta serviço não possuir refeitório e vestiário separados, limpos e organizados denuncie para que possamos entrar em ação e proporcionar um ambiente mais saudável e digno. Setor: HOSPITAL DO MANDAQUI CAT - Comunicação de Acidente de Trabalho Conforme a Lei 8213 de 24/07/1991 acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho. A Lei também caracteriza como acidente de trabalho o acidente sofrido a caminho da empresa ou RETORNANDO para casa (ACIDENTE DE TRAJE- TO). A doença desencadeada devido ao trabalho e outras situações TAMBÉM PODEM SER ASSIM CONSIDERADAS. De acordo com a mesma lei A empresa deverá comunicar o acidente do trabalho à Previdência Social até o 1º (primeiro) dia útil seguinte ao da ocorrência e, em caso de morte, de imediato, à autoridade competente. Este acidente é comunicado através do formulário conhecido como CAT onde constam as informações do acidentado e sobre o acidente. O CAT deve ser preenchido mesmo que não haja afastamento (atestado médico). EM MUITOS CASOS AS EMPRESAS SÃO NEGLIGENTES E NÃO FOR- NECEM O DOCUMENTO AO TRABALHADOR E NÃO COMUNICAM A PRE- VIDÊNCIA SOCIAL. É importante ressaltar que NA RECUSA POR PARTE DA EMPRESA, o Sindicato poderá fazê-lo, resguardando assim o direito dos trabalhadores. PARA ISSO É NECESSÁRIO QUE HAJA A SOLICITAÇÃO DE PREEN- CHIMENTO POR UM MÉDICO DO TRABALHO. 7 No dia 07 novembro, representantes do SIE- MACO se reuniram com os representantes da Empresa MOSCA juntamente com o responsável pelo contrato de prestação de serviços gestão, a fim de solucionar as péssimas condições de manutenção da estrutura física das instalações ocupadas pelos empregados que prestam serviços nas dependências do HOSPITAL DO MANDAQUI. O responsável pelo contrato se comprometeu, até o final de fevereiro em espaço disponibilizado pelo contratante, efetuar a transferência dos trabalhadores para acomodações apropriadas para refeições, troca de roupas e a guarda de seus pertences. Fiação exposta, sujeira e rachaduras.

8 8 CLÍNICAS CENTRO Rua Vitorino Carmilo, Santa Cecília Fone/Fax: (11) / ZONA LESTE I - ARTUR ALVIM Rua Dr. Moacyr Tavolaro, Artur Alvim Fone/Fax: (11) / LAZER Colônia de Férias - BERTIOGA Fone: (11) Fone: (11) Fone: ZONA LESTE II - GUAIANAZES Rua Dr. Maria Pena, Guaianazes Fone/Fax: (11) / ZONA SUL - SANTO AMARO Rua João de Genova, 13 - Santo Amaro Fone/Fax: (11) / Para fazer reservas ou obter informações ligue: Tel: 0xx CRECHE Fone: (11) Fone: (11) Fone: (11) Fone: (11) Foto ASA Fone: (11) CCI AIDA VISCONDE BASTOS RUA CRISTAIS, 66 TATUAPÉ SP FONE: FAX Fone: (11) ÓPTICA Popular Av. S. Miguel, Ponte Rasa Fone: (11) Fone: (11) Escola de Cabeleireiro Júlia Fone: (11) Central: Rua Pirineus, 20 - Santa Cecília São Paulo (próxima à Estação do Metrô Marechal Deodoro). Telefone: (11) Subsede Santo Amaro: Rua Dr. Carlos Augusto de Campos, 165 Confira os cursos que são oferecidos Qualificação Profissional PORTARIA COPA ENCARREGADO MOTIVAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO DE EQUIPES SUPERVISÂO, LIDERANÇA E PRÁTICA LIMPEZA DE VIDROS TRATAMENTO DE PISOS (com aula prática) LIMPEZA HOSPITALAR (com base no manual hospitalar da ANVISA) RECEPCÃO E ATENDIMENTO MARKETING PESSOAL E ANÁLISE DE CURRÍCULO (preparação para o mercado de trabalho) TÉCNICA DE LIMPEZA PROFISSIONAL (com aula prática) PRÁTICAS PROFISSIONAIS DE SUSTENTABILIDADE NA LIMPEZA AMBIENTAL E OFICINA DE COMPOSTAGEM CAPACITAÇÃO EM JARDINAGEM Inglês 0 inglês é o idioma mais utilizado no mundo. Todos os dias nós convivemos com uma série de palavras em inglês, como por exemplo: jeans, delivery, stress, hot dog, hamburger, rock etc. Daí percebemos a importância e influência que essa língua exerce sobre a nossa cultura. Na Copa do Mundo em 2014 e nas Olimpíadas em 2016, o inglês será muito importante para conquistar boas oportunidades. CURSO BÁSICO DE 6 MESES. GARANTA LUGAR! SEGURANÇA PREVENTIVA PARA PORTEIROS Carga horária: 20 horas Obs: Este curso é específico para profissionais da área e que já tenham certificado de curso em Portaria. INFORMÁTICA A informática está presente em todos os lugares e, a cada ano, tem crescido e se tornado bastante exigida no mercado de trabalho. Curso básico em 6 meses, aulas 100% práticas em moderno laboratório de informática. INFORME-SE!

8,61% de reajuste para trabalhadores em asseio.

8,61% de reajuste para trabalhadores em asseio. Asseio e conservação Boletim Informativo do Siemaco-SP - Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo Fevereiro 2014 1959 2014

Leia mais

Asseio e conservação. Pag.8. Pag.7. Pag.3 Pag.4 SECRETARIA DA MULHER DO SIEMACO. Campanha pelo fim da violência contra a mulher.

Asseio e conservação. Pag.8. Pag.7. Pag.3 Pag.4 SECRETARIA DA MULHER DO SIEMACO. Campanha pelo fim da violência contra a mulher. Asseio e conservação Boletim Informativo do Siemaco-SP - Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo Dezembro 2013 2014 Amplie

Leia mais

Saúde do Bancário. Guia de direitos

Saúde do Bancário. Guia de direitos Saúde do Bancário Guia de direitos 1 Expediente: Publicação do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região. Presidente: Jeferson Boava. Diretora de Imprensa: Maria Aparecida da Silva. Jornalista: Jairo

Leia mais

Categoria é homenageada com monumento em São Paulo

Categoria é homenageada com monumento em São Paulo Filiado a Fevereiro -20 11-60.000 exp. Categoria é homenageada com monumento em São Paulo A Praça Marechal Deodoro, no centro de São Paulo, foi o local escolhido por nós para que toda a categoria recebesse

Leia mais

Programa de Educação Continuada chega ao sétimo ano com novidades

Programa de Educação Continuada chega ao sétimo ano com novidades Especial Asseio e Conservação ABRIL - 20 12-60.000 exp. Programa de Educação Continuada chega ao sétimo ano com novidades Ao completar sete anos de atividades, o Programa de Educação Continuada, uma parceria

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO SUSCITANTE: SINDICATO DOS PSICÓLOGOS NO ESTADO DE SÃO PAULO - SINPSI-SP, Entidade Sindical Profissional, com registro no MTb sob nº012.228.026.60-5 e inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Caro colega. Gustavo Moreno Frias Diretor de Saúde

Caro colega. Gustavo Moreno Frias Diretor de Saúde Caro colega Nesta Cartilha estão as principais perguntas sobre LER, CAT e Direitos, que os bancários fazem seja por telefone ou contato direto no local de trabalho. É um verdadeiro guia rápido e contou

Leia mais

Lei Maria da Penha. Pelo fim da violência. ulher. contra a

Lei Maria da Penha. Pelo fim da violência. ulher. contra a Lei Maria da Penha Pelo fim da violência ulher contra a Ligação gratuita, 24 horas, para informações sobre a Lei Maria da Penha e os serviços para o atendimento às mulheres em situação de violência. Lei

Leia mais

COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SUPERVISÃO DE SAÚDE OCUPACIONAL

COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SUPERVISÃO DE SAÚDE OCUPACIONAL COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SUPERVISÃO DE SAÚDE OCUPACIONAL NORMA INTERNA NA OCORRÊNCIA DE ACIDENTE DE TRABALHO 2012 1 SUMÁRIO I Apresentação 03 II Objetivo 03 III Informações gerais 04 IV- Preenchimento

Leia mais

SIEMACO CONQUISTA REAJUSTE DE 11,73%

SIEMACO CONQUISTA REAJUSTE DE 11,73% Asseio e conservação Boletim Informativo do Siemaco-SP - Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo Dezembro 2014/Janeiro 2015

Leia mais

O sindicato que é a cara do trabalhador!

O sindicato que é a cara do trabalhador! SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EDIfícios e condomínios, em empresas de prestação de serviços em asseio, conservação, higienização, desinsetização, portaria, vigia e dos cabineiros de belo horizonte Rua Jaceguai,

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO E AFINS DO ESTADO DA BAHIA

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO E AFINS DO ESTADO DA BAHIA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 2014-2015 DOS EMPREGADOS DA EMPRESA ADINOR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ADITIVOS LTDA. 1ª Cláusula - REAJUSTE SALARIAL A Empresa reajustará o salário de seus empregados em 100% (cem

Leia mais

Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois

Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois Lei MARIA DA PENHA 3 anos depois Três anos depois, lei Maria da Penha diversifica perfil de mulheres que procuram ajuda contra violência doméstica. Quais são os resultados trazidos pela lei Maria da Penha?

Leia mais

Rua Jaceguai, 164 Prado BH-MG 31 2104 5899 www.sindeac.org.br sindeac@sindeac.org.br. convenção coletiva empregados em conservadoras 2014

Rua Jaceguai, 164 Prado BH-MG 31 2104 5899 www.sindeac.org.br sindeac@sindeac.org.br. convenção coletiva empregados em conservadoras 2014 SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EDIfícios e condomínios, em empresas de prestação de serviços em asseio, conservação, higienização, desinsetização, portaria, vigia e dos cabineiros de belo horizonte Rua Jaceguai,

Leia mais

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 CNPJ: 61.460.077/0001-39 / INSCR: 105.657.106.110 Gestão

Leia mais

Asseio e conservação. Siemaco elege seis representantes titulares no Conselho Gestor. CRST Centros de Referência em Saúde do Trabalhador. Pag.

Asseio e conservação. Siemaco elege seis representantes titulares no Conselho Gestor. CRST Centros de Referência em Saúde do Trabalhador. Pag. Asseio e conservação Boletim Informativo do Siemaco-SP - Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo Novembro 2013 CRST Centros

Leia mais

O Sindicato que é a cara do trabalhador!

O Sindicato que é a cara do trabalhador! SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EDIfícios e condomínios, em empresas de prestação de serviços em asseio, conservação, higienização, desinsetização, portaria, vigia e dos cabineiros de belo horizonte Rua Jaceguai,

Leia mais

Assédio Sexual. No Local de Trabalho. Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03

Assédio Sexual. No Local de Trabalho. Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03 Assédio Sexual No Local de Trabalho Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03 No início de tudo está a questão de Gênero Desde que nascemos, recebemos uma grande carga cultural que destaca - e distancia

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Suscitante: Sindicato dos Corretores de Planos de Saúde Médicos e Odontológicos no Estado de São Paulo, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 09.606.143/0001-16, com sede à Rua Conselheiro

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR004589/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR057715/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.013061/2013-75 DATA DO

Leia mais

Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches

Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches 2013 Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches Sindicato SETH São José do Rio Preto O Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de São José

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 Suscitante: Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo, com sede à Rua Rondinha, 72/78, Chácara Inglesa, São Paulo, S.P, CEP: 04140-010, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO

CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO Objetivo: Mostrar os direitos e os deveres de cada um: atribuições, responsabilidades, o que é permitido e o que é vedado, bem como expor aspectos

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002217/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053080/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.035134/2010-15 DATA DO

Leia mais

ADITAMENTO DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

ADITAMENTO DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO Pelo presente instrumento, de um lado: SINDICATO DOS SECURITÁRIOS DO RIO GRANDE DO NORTE, inscrito no CNPJ/MF sob o n 35.296.193/0001-54, com o registro sindical n DTN 24390.000613/91, com sede na Rua

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS

ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS Pelo presente termo de Acordo Coletivo de Trabalho, e de acordo com a convenção Coletiva de Trabalho conforme cláusulas específicas celebraram

Leia mais

CLÁUSULA 1ª - DATA BASE Fica reconhecida e garantida como data-base da categoria a data de 1º de março.

CLÁUSULA 1ª - DATA BASE Fica reconhecida e garantida como data-base da categoria a data de 1º de março. PAUTA DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO FIRMADO ENTRE O SINDICATO DOS SERVIDORES EM CONSELHOS E ORDENS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL E ENTIDADES COLIGADAS E AFINS DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO SINDICOES-ES E

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2000/2001

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2000/2001 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2000/2001 Acordo Coletivo de Trabalho que entre si fazem, de um lado, a Federação Única dos Petroleiros e os seguintes sindicatos: Sindicato do Ramo Químico/Petroleiro do Estado

Leia mais

Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013

Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 1 2 Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Notícias Bancárias Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Sindicato está sempre presente nas conquistas dos trabalhadores bancários

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005920/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024432/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.002845/2015-54 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001554/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032670/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023032/2010-49 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 8 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001959/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 19/09/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046033/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023134/2012-26

Leia mais

Salários são reajustados em

Salários são reajustados em ABRIL - 2012-10.000 exp. o comemora Dia Internacional da Mulher Salários são reajustados em a Internacional da Mulher reuniu cerca de 2 mil pessoas no região por centenas de entidades, entre partidos políticos,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000358/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 16/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039171/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001331/2014-04 DATA DO

Leia mais

DISSÍDIO COLETIVO PROCESSO TRT/SP Nº 20280200500002004

DISSÍDIO COLETIVO PROCESSO TRT/SP Nº 20280200500002004 DISSÍDIO COLETIVO PROCESSO TRT/SP Nº 20280200500002004 PELO PRESENTE INSTRUMENTO E NA MELHOR FORMA DE DIREITO, DE UM LADO O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM CASAS DE DIVERSÕES DE SÃO PAULO E REGIÃO, ENTIDADE

Leia mais

NORMA CORPORATIVA DEPARTAMENTO PESSOAL

NORMA CORPORATIVA DEPARTAMENTO PESSOAL 1. OBJETIVO Estabelecer a sistemática para rotinas de Departamento Pessoal. 2. DEFINIÇÕES TRCT: Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho. DP: Departamento Pessoal; DP Central: Departamento Pessoal de

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001633/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/04/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017942/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.001682/2013-16 DATA DO

Leia mais

Manual Prático Trabalhista e Previdenciário

Manual Prático Trabalhista e Previdenciário Manual Prático Trabalhista e Previdenciário Qual é o prazo para pagamento dos salários dos empregados? R: O pagamento deve ser realizado até o 5º dia útil do mês seguinte. Esta deve ser a data em que deve

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte

Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PROPOSTA DE ACORDO COLETIVO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO CONTRATADOS PELOS CAIXAS ESCOLARES 2014/2015 A presente Pauta de Reivindicações, elaborada pela categoria profissional

Leia mais

Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05

Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05 R Em Foco UT BRASIL CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES CUT Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05 Em Foco 02 setembro/2012 Greve surte efeito Chega

Leia mais

NOVA LEI DAS DOMESTICAS

NOVA LEI DAS DOMESTICAS NOVA LEI DAS DOMESTICAS DEVERES DAS DOMÉSTICAS Se a doméstica trabalhar menos que o contrato, posso descontar do salário? O desconto é linear? Independentemente de trabalhar menos, ela recebe o mesmo valor

Leia mais

Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria?

Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria? Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria? Quando o assunto é aposentadoria, é comum surgir à questão: como se manter financeiramente após o término da idade ativa? A Previdência Social é um

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/resumo/resumovisualii.. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001782/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/09/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO:

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE www.departamentopessoalonline.com - 3 -

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE www.departamentopessoalonline.com - 3 - ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO...

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RN000390/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060523/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46217.008181/2013-19

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000433/2008 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/10/2008 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR015947/2008 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.032963/2008-13 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE001186/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/09/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR054961/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.013060/2015-81 DATA DO

Leia mais

A Lei 6.019/74 que trata da contratação da mão de obra temporária abrange todos os segmentos corporativos ou há exceções?

A Lei 6.019/74 que trata da contratação da mão de obra temporária abrange todos os segmentos corporativos ou há exceções? LUANA ASSUNÇÃO ALBUQUERK Especialista em Direito do Trabalho Advogada Associada de Cheim Jorge & Abelha Rodrigues - Advogados Associados O CONTRATO TEMPORÁRIO DE TRABALHO São as conhecidas contratações

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL RIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL RIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁ RIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016

CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016 A seguir reproduzimos as cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho entre o SINPROCIM e SINDPRESP, em relação a convenção anterior. REAJUSTE SALARIAL A partir de 1º de março

Leia mais

Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB

Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB AULA 10: Seguro Desemprego : art. 7º, II da CRFB Amparo legal: art. 7º, II da CRFB. * urbanos e rurais: Lei nº 7.998/90, Lei nº 8.900/94 e Resolução do CODEFAT 467/05. * domésticos: artigo 6º-A da Lei

Leia mais

SINDICATO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E EMPREGADOS EM

SINDICATO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E EMPREGADOS EM CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA VIGÊNCIA DE 1º DE FEVEREIRO DE 2.005 A 31 DE JANEIRO DE 2.006, CELEBRADA ENTRE O ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE DO ESTADO DO MARANHÃO-SINPEEES/MA E O SINDICATO DE HOSPITAIS,

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000812/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 19/06/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017988/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.002440/2009-54 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001621/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR020706/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.008089/2011-29 DATA DO

Leia mais

Como contratar seu empregado

Como contratar seu empregado MEI - Microempreendedor Individual: Como contratar seu empregado O que você precisa para contratar o seu empregado? Para você que já se tornou MEI Microempreendedor Individual e precisa contratar um empregado,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO Por este instrumento, de um lado, representando os empregados, o SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DE CUIABÁ e VARZEA GRANDE, e do outro lado, representando os empregadores

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP002509/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/03/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR012013/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46262.000742/2015-40

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP006002/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030110/2015 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado.

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado. REFERÊNCIA: CLARO S/A PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE TELEFONIA FIXA E MÓVEL (OPERADORAS) PARA NEGOCIAÇÃO UNIFICADA DOS SINDICATOS FILIADOS À FENATTEL

Leia mais

Manual de Recursos Humanos

Manual de Recursos Humanos Manual de Recursos Humanos Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho Organização Social de Cultura 1 Finalidade: Disponibilizar princípios básicos de gestão de pessoal que devem

Leia mais

NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013.

NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013. NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013. GARANTIA DA DATA BASE Fica estabelecido primeiro de maio como data base da categoria REAJUSTE SALARIAL

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002716/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 16/11/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064091/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.006426/2015-78 DATA DO

Leia mais

25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres. Carta de Brasília

25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres. Carta de Brasília Anexo VI 25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres Carta de Brasília Na véspera do Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres nós, trabalhadoras dos

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000955/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028972/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009094/2013-61 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001773/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 19/05/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR025025/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.003092/2014-17

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011 SINDICATO TRABS ENTIDADES SINDICAIS DO ESTADO M GERAIS, CNPJ n. 17.498.775/0001-31, neste ato representado(a) por seu Secretário Geral, Sr(a). MARIA DE LOURDES VIEIRA

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000145/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 31/01/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR080680/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.001357/2014-74 DATA

Leia mais

Combate e prevenção à violência contra a mulher

Combate e prevenção à violência contra a mulher Combate e prevenção à violência contra a mulher O CIM - Centro Integrado de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar - tem por objetivo fazer valer a Lei n.º 11.340/06, Lei Maria da

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061795/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46219.010162/2010-81 DATA DO PROTOCOLO: 27/10/2010 SINDICATO DOS EMPREGADOS EM CASAS DE DIVERSOES DE SAO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP012425/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/10/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060338/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46263.004405/2014-31 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000558/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 31/03/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR016845/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46301.000581/2015-81

Leia mais

ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP.

ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. O Sindicato dos farmacêuticos no Estado de São Paulo SINFAR, entidade sindical de primeiro grau, com Carta Sindical processo nº MTIC 362.322

Leia mais

Manual de Integração

Manual de Integração Manual de Integração Introdução A partir de agora, você faz parte da família Bella Arte, o que é muito importante para todos nós. Sua integração será feita por meio deste manual, onde abordaremos vários

Leia mais

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região.

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região. FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NO COMÉRCIO DE MINÉRIOS E DERIVADOS DE PETRÓLEO NO ESTADO DE SÃO PAULO 01 - REAJUSTE SALARIAL PAUTA DE REIVINDICAÇÕES SIREGÁS 2012/2013 As Empresas concederão, a todos os empregados

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000882/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028482/2011 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: TO000023/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/04/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017571/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46226.009193/2012-62

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000220/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 02/06/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR027997/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46206.006330/2010-83 DATA

Leia mais

INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME.

INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME. INVOCK SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA-ME. CARTA DE APRESENTAÇÃO Estamos encaminhando nosso portfólio na intenção de apresentar nossa empresa. Após estudo e análise do mercado no segmento de Segurança, Segurança

Leia mais

GLOBAL BUSINESS SERVICES-GBS BRASIL. Gestão de Contratistas Brasil. Data de aprovação 10/06/2014. Aprovadores:

GLOBAL BUSINESS SERVICES-GBS BRASIL. Gestão de Contratistas Brasil. Data de aprovação 10/06/2014. Aprovadores: Regulamento GLOBAL BUSINESS SERVICES-GBS BRASIL Empresa Endesa Brasil Enel Green Power Caráter Âmbito Gestão de Contratistas Brasil Endesa Brasil Data de aprovação 10/06/2014 REGULAMENTO DE GESTÃO DE CONTRATISTA

Leia mais

MANUAL DOS DIREITOS DOS COMERCIÁRIOS

MANUAL DOS DIREITOS DOS COMERCIÁRIOS 3. SALÁRIO 3.1 RECEBIMENTO DO SALÁRIO No comércio o pagamento de salários ocorre de várias formas. Alguns empregadores fazem o depósito em conta corrente e fornecem o comprovante de pagamento discriminando

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000776/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/05/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR015125/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46305.000402/2014-94 DATA

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS Page 1 of 10 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE000608/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029924/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.009880/2013-16

Leia mais

CARTILHA ORIENTATIVA FREQUÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS CELETISTAS DA FUNDEPES LOTADOS NO HUPAA. Saúde como Instrumento no Âmbito da UFAL.

CARTILHA ORIENTATIVA FREQUÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS CELETISTAS DA FUNDEPES LOTADOS NO HUPAA. Saúde como Instrumento no Âmbito da UFAL. Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa FUNDEPES Coordenação Administrativo-Financeira COAF Departamento de Gestão de Pessoas DGP CARTILHA ORIENTATIVA FREQUÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS

Leia mais

material escolar Asseio e conservação Pag.11 Kits complementares de estão sendo distribuídos pelo Siemaco. Veja como adquirir.

material escolar Asseio e conservação Pag.11 Kits complementares de estão sendo distribuídos pelo Siemaco. Veja como adquirir. Asseio e conservação BLETIM INFRMATIV D SIEMAC-SP - SINDICAT DS TRABALHADRES EM S DE PRESTAÇÃ DE SERVIÇS DE ASSEI E CNSERVAÇÃ E LIMPEZA URBANA DE SÃ PAUL utubro 2012 Kits complementares de material escolar

Leia mais

Desde 2013, nove direitos já estavam valendo, como hora extra e jornada de trabalho de 8 horas diárias (veja mais detalhes abaixo).

Desde 2013, nove direitos já estavam valendo, como hora extra e jornada de trabalho de 8 horas diárias (veja mais detalhes abaixo). 02/06/2015 07h40 - Atualizado em 02/06/2015 13h01 Regulamentação dos direitos das domésticas é publicada Trabalhadoras terão adicional noturno, seguro-desemprego e mais 5 direitos. Emenda constitucional

Leia mais

Módulo Recursos Humanos

Módulo Recursos Humanos Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO AERO AGRÍCOLA 2006/2007

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO AERO AGRÍCOLA 2006/2007 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO AERO AGRÍCOLA 2006/2007 Que fazem de um lado, o SINAERO Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Empresa de Táxi Aéreo, Aeroclubes, Aviação Agrícola e de Garimpo, Prestadores

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DE 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DE 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DE 2013/2014 ACORDO COLETIVA DE TRABALHO QUE ENTRE SI FAZEM DE UM LADO O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE SEGUROS PRIVADOS E CAPITALIZAÇÃO E DE AGENTES AUTÔNOMOS DE SEGUROS

Leia mais

SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015

SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 SEESS - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE CONTAGEM, BETIM E REGIÃO. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 Entre o SEES - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA 2009/2010 Convenção Coletiva de Trabalho que firmam entre si, de um lado, o SINDICATO DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO DO ESTADO DA BAHIA - SINEPE-BA, com sede a Av. Antônio Carlos Magalhães,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG000363/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR002753/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.000337/2015-27 DATA DO

Leia mais

DEPARTAMENTO PESSOAL

DEPARTAMENTO PESSOAL DEPARTAMENTO PESSOAL DÚVIDAS MAIS FREQUENTES 1 1. Documentos necessários para admissão Para o processo de admissão, o novo funcionário deverá apresentar a relação de documentos abaixo: *Carteira de Trabalho

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR003056/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 23/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039599/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.008706/2014-39

Leia mais

CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO

CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO Projeto Legalize sua doméstica e pague menos INSS = Informalidade ZERO CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO Realização Jornal Diario de Pernambuco

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR002151/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/08/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR026676/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.010071/2009-72 DATA DO

Leia mais

PAUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CLÁUSULAS ECONÔMICAS

PAUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CLÁUSULAS ECONÔMICAS PAUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CLÁUSULAS ECONÔMICAS Cláusula 01 - ABRANGÊNCIA A presente Convenção Coletiva de Trabalho abrangerá todos os Empregadores e Empregados das categorias econômicas

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEGUNDA REGIÃO.

EXMO. SR. DR. JUIZ PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEGUNDA REGIÃO. EXMO. SR. DR. JUIZ PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEGUNDA REGIÃO. Processo TRT/SP no20308200600002004 O SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE SÃO PAULO, Suscitante, e o SINDICATO DAS EMPRESAS

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 8 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RO000020/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/02/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR007017/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46216.000322/2012-76

Leia mais

Apostila de 13 Salário. Capacitação e Treinamento 1

Apostila de 13 Salário. Capacitação e Treinamento 1 Apostila de 13 Salário Capacitação e Treinamento 1 Conteúdo 1. DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO... 3 1.1. Contagem de Avos... 3 1.2. Primeira Parcela Pagamento até 30/11... 3 1.3. Empregados não disponíveis durantes

Leia mais