CTI Viva: uma proposta de pesquisa multidisciplinar e multimídia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CTI Viva: uma proposta de pesquisa multidisciplinar e multimídia"

Transcrição

1 CTI Viva: uma proposta de pesquisa multidisciplinar e multimídia Robson Bastos da Silva 1 Resumo Este projeto de pesquisa, elaborado por pesquisadores do Núcleo de Pesquisa e Estudos em Comunicação (NUPEC), linha Mídia Regional, visa ao resgate da trajetória da Companhia Taubaté Industrial (CTI), que se configurou como uma das maiores indústrias têxteis da América Latina na primeira metade do século 20. O trabalho, que envolve professores, alunos e profissionais da Universidade de Taubaté, se propõe a registrar a história da empresa, com vistas principalmente ao C.T.I. Jornal, um veículo jornalístico produzido entre os anos de 1937 e 1946, que se manifestava como instrumento de controle e vigilância do operariado. Palavras-chave História; Companhia Taubaté Industrial; C.T.I. Jornal. Abstract This research project, elaborated by researchers from NUPEC Núcleo de Pesquisa e Estudos em Comunicação (Center for Communication Studies and Research), in the area of Regional Media, aims at retrieving the course of CTI Companhia Taubaté Industrial (Taubaté Industrial Company) which turned up to be one of the largest textile industries of Latin America in the early 20 s. The work, involving professors, students and professionals from the University of Taubaté, intends to record the history of the company, mainly the C.T.I. Jornal, a journalistic media produced from 1937 to 1946, which enacted as a control and surveillance instrument toward the workers. Key-words History; Taubaté Industrial Company; C.T.I. Jornal. 1 Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Coordenador do NUPEC. Professor do Departamento de Comunicação de Comunicação Social e do Mestrado em Lingüística Aplicada, ambos da Universidade de Taubaté, e professor da Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos (SP).

2 Introdução O Núcleo de Pesquisa e Estudos em Comunicação (NUPEC), especialmente a linha de investigação denominada Mídia Regional, está consciente da riqueza de informações da região na qual está inserido, que abrange as cidades da Serra da Mantiqueira, do Litoral Norte do Estado de São Paulo e do Vale do Paraíba, desde Guararema, na Grande São Paulo, até Queluz, na divisa com o Estado do Rio de Janeiro. Taubaté, cidade onde o NUPEC desenvolve a maior parte de seus estudos, ficou conhecida durante muitos anos pela atuação da Companhia Taubaté Industrial (CTI), uma das maiores indústrias têxteis da América Latina, que encerrou suas atividades há mais de 20 anos. Os prédios onde funcionavam seus teares hoje são ocupados por edifícios residenciais e comerciais, e por departamentos da Universidade de Taubaté. A torre principal, ocupada pelo setor de assistência social da Prefeitura, mantém em funcionamento um relógio, que há mais de 50 anos informa as horas regularmente. Este projeto de pesquisa pretende recuperar a trajetória da CTI e transformá-la em um acervo multimídia, capaz de perpetuar a história da empresa e servir como referência para professores, alunos, pesquisadores e estudiosos das diversas áreas das Ciências Sociais. Procura também dar especial atenção ao veículo jornalístico da Companhia C.T.I. Jornal, considerado como um dos primeiros house organs 1 do Brasil. A proposta ainda abarca uma análise do jornalismo empresarial praticado pela CTI nas décadas de 1930 e Com base nas edições do C.T.I. Jornal, publicadas de 1937 até 1942, a pesquisa deve observar matérias, artigos e editoriais, cujo enfoque principal era o operariado e suas relações com a empresa. O objetivo é discutir a estratégia utilizada para disseminar a ideologia empresarial e governamental da época. Nas primeiras observações realizadas em cima desse material, constatouse que o C.T.I. Jornal procurava educar o operariado, convencendo-o, por meio de argumentos racionais ou emocionais, sobre a melhor forma de se tornar um bom empregado, cidadão e membro da família ceteiense. Nesse contexto, revela-se o distanciamento entre a classe operária e os industriais na luta pelos problemas cotidianos, os ideais da atividade produtiva, e os reflexos da Segunda Guerra, período em que Getúlio Vargas estava no poder. Desenvolver as questões da política trabalhista e do papel do trabalhador nesse período, inclui discutir o autoritarismo e a censura imposta nas relações sociais, levando-se em conta que a classe operária fez sérias pressões ao governo, no sentido de conquistar direitos trabalhistas, tendo, por outro lado, empresários que resistiam aos benefícios concedidos e, outros, que reproduziam o discurso do governo, ao mesmo tempo em que reivindicavam ação do Estado, no sentido de favorecê-los. Com base nessas argumentações, a pesquisa irá fazer uma reflexão sobre o papel desempenhado pelo C.T.I. Jornal, como modelo de comunicação entre o empresariado e os empregados na primeira metade do século 20. Serão também analisadas as estratégias empresariais utilizadas pelo veículo para diminuir os conflitos e proporcionar soluções de interesse patronal. Essas informações servirão para novos estudos e para auxiliar docentes e discentes nas disciplinas regulares dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade de Taubaté. 1 House organs são publicações jornalísticas voltadas para o público interno das empresas. Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

3 Sobre os objetivos O objetivo geral deste projeto de pesquisa é analisar os sistemas de comunicação existentes em Taubaté, nas primeiras quatro décadas do século passado, do ponto de vista da forma e do conteúdo, além de suas implicações na cultura popular da região. Quanto aos objetivos específicos, enumera-se: 1) Estimular e apoiar pesquisas de Iniciação Científica, incentivando a participação de alunos, professores e demais pesquisadores. 2) Identificar e analisar a natureza e as diversas tendências dos processos de comunicação regionais. 3) Instrumentalizar o conhecimento adquirido, para que ele seja utilizado como recurso didático-pedagógico nos cursos de graduação e pós-graduação. 4) Desenvolver formas que divulguem a produção científica, consolidando estudos por meio da publicação dos resultados em revistas especializadas. 5) Possibilitar trabalhos de extensão, utilizando as informações levantadas do grupo em seminários, cursos, palestras, exposições etc. Metodologia Além da pesquisa bibliográfica, o projeto utilizará dois tipos de levantamento: o documental e o oral. Num primeiro momento, o trabalho deve ser realizado em bibliotecas, museus, jornais, rádios e arquivos públicos ou privados. A segunda etapa consistirá na coleta de depoimentos de história de vida das pessoas que participaram, ou que tenham conhecimento de algum fato relevante ligado ao objeto de estudo. Os procedimentos devem seguir os seguintes passos: 1) Levantamento bibliográfico: identificação de livros, apostilas e pesquisas realizadas sobre a história dos meios de comunicação na região. 2) Coleta de dados: identificação de fontes. Produção de fotos, vídeo e áudio, que seguirão as técnicas e métodos pré-determinados de abordagem. 3) Fontes primárias: pesquisa em jornais, revistas e audiovisuais. 4) Entrevistas: serão efetuados contatos pessoais e levantamentos de história de vida. As entrevistas serão roteirizadas, para que tenham um padrão uniforme. 5) Organização dos dados: transcrição, catalogação, seleção e arquivamento do material. Estes deverão seguir o seguinte processo: a) fichário bibliográfico (resumo das principais informações de livros, revistas, jornais e entrevistas); b) fichário de trabalho (deverá conter descrições, sínteses e observações, que servirão para a elaboração dos relatórios de trabalho. Também poderão colaborar com os apontamentos, que mais tarde fornecerão subsídios para cursos e seminários); c) transcrição de fitas (arquivo e transcrição de fitas de áudio e vídeo, utilizadas em pesquisa qualitativa); d) arquivo fotográfico (material identificado e catalogado por assuntos ligados a temas e sub-temas). Como resultado deste processo, os pesquisadores analisarão os dados coletados, para que seja elaborado um relatório final sobre todo o material. Além disso, o NUPEC pretende disseminar a informação obtida em publicações de natureza científica, produção de documentários em vídeo e áudio e exposição fotográfica, nas diversas cidades pesquisadas e a divulgação do material na Internet. Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

4 Plano de Trabalho Para a realização do projeto proposto, foi elaborado um plano de pesquisa que compreende os seguintes itens: 1) Identificação das fontes (igrejas, cartórios, museus, escolas, fundações, institutos geográficos e históricos, centros culturais e pessoas). 2) Gravação de entrevistas e depoimentos em áudio e vídeo. 3) Análise da bibliografia sobre pesquisa em comunicação e áreas afins. 4) Catalogação e documentação do material pesquisado através de inventário, registro fotográfico, gravação fonográfica e produção de vídeo. 5) Veiculação no site do Departamento de Comunicação Social da Universidade de Taubaté, em jornais, em rádios, em TVs, além da publicação do material levantado. Todas essas etapas ainda se subdividem nas seguintes atvidades, que deverão ser realizadas por todos os participantes do projeto: 1) Levantamento de livros e do material técnico; mapeamento das localidades a serem pesquisadas; seleção e treinamento dos auxiliares de pesquisa; elaboração dos instrumentos para a coleta de dados; elaboração de um vídeo-documentário e de um rádio-documentário sobre a história da CTI. 2) Realização das entrevistas; aplicação dos questionários; processamento das informações colhidas; realização de seminários; exposição fotográfica; publicação de um periódico; exibição do vídeo; transmissão do programa de rádio; relatório parcial dos resultados; avaliação do desempenho da pesquisa. 3) Processamento das informações; análise do material coletado; discussão sobre os dados; elaboração do relatório final; publicação dos resultados finais; apresentação dos documentários em mídia impressa (livro) e eletrônica (vídeo e através de infovias); participação em congressos e em simpósios. Equipe envolvida 1) Professores Profa. Ms. Edilene Maia Almeida: Mestre em Comunicação e Mercado pela Fundação Cásper Líbero e especialista em Teorias da Comunicação pela mesma instituição. Profa. Ms. Eliane Freire de Oliveira: Doutoranda e Mestre em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Prof. Gersom Mário de Abreu: Mestrando em Lingüística Aplicada pela Universidade de Taubaté e Bacharel em Comunicação Social pela mesma instituição. Prof. Ms. Maurílio do Prado Láua: Mestre em Lingüística Aplicada pela Universidade de Taubaté e Especialista em Comunicação Social pela mesma instituição. Prof. Dr. Moacir José dos Santos: Doutor e Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista. Profa. Dra. Monica Francchi Carniello: Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Mestre em Comunicação e Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

5 Prof. Dr. Robson Bastos da Silva: Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Profa. Ms. Viviane Fushimi Veloso: Mestre em Ciências da Comunicação e Especialista em Gestão de Processos Comunicacionais pela Universidade de São Paulo. 2) Jornalistas profissionais Francisco de Assis: Pós-graduando em Jornalismo Cultural pela Universidade Metodista de São Paulo e Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Silas Gauzélia: Especialista em Comunicação, Novas Tecnologias e Educação pela Universidade de Taubaté e Bacharel em Comunicação Social pela mesma instituição. 3) Alunos Graduandos dos cursos de Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Relações Públicas; discentes do curso de Tecnologia em Webdesign da Unitau. Bibliografia básica ABREU, M. M. Taubaté: de núcleo irradiador de bandeirismo a centro industrial e universitário do Vale do Paraíba. Aparecida, SP: Santuário, ANDRADE, A. C. A.; ABREU, M. M. História de Taubaté através de textos. Taubaté, SP: Prefeitura Municipal de Taubaté/Minerva, BAHIA, J. Jornal, História e Técnica. São Paulo: Ática, BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Editorial Presença, CERTEAU, M. A escrita da história. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, CUNHA, T. C. C. Jornal de empresa: criação, elaboração e administração. São Paulo: STS, DINES, A. O papel do jornal: uma releitura. 4. ed. São Paulo: Summus, FAUSTO, B. História concisa do Brasil. São Paulo: EDUSP/Imprensa Oficial, FERREIRA, M. N. Imprensa Operária no Brasil. São Paulo: Ática, FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, As palavras e as coisas: uma arqueologia das Ciências Humanas. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes: Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

6 . A arqueologia do saber. 6. ed. Rio de Janeiro: Forense Universiária, GOMES, M.R. Jornalismo e ciências da linguagem. São Paulo: Hacker Editores/ EDUSP, HELLER, A. O cotidiano e a história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, HOFF, E.; RIBEIRO, S. M. P. O perfil empresarial do C.T.I. Jornal. Acervo Mídia Regional: Revista do Núcleo de Pesquisa e Estudos em Comunicação da Universidade de Taubaté. Taubaté, SP, n. 1, p , 1º sem LEME, M. S. A ideologia dos industriais brasileiros: Petrópolis: Vozes, MARCONDES FILHO, C. (Org.). Imprensa e Capitalismo. São Paulo: Kairós, Comunicação e jornalismo: a saga dos cães perdidos. São Paulo: Hacker Editores, MELLO JÚNIOR, A. Imprensa Taubateana. Taubaté, SP: Egetal, Resenha. Taubaté, SP: Prefeitura Municipal de Taubaté, MICELI, P. C. Além da fábrica: o projeto industrialista em São Paulo, São Paulo: Federação Nacional das Indústrias do Estado de São Paulo, PALMA, J. Jornalismo empresarial. 2. ed. Porto Alegre: Sagra DC Luzzatto, REGO, F.G.T. Jornalismo empresarial: teoria e prática. São Paulo: Summus, RICCI, F. História econômica e história de empresa: possibilidades de pesquisa no Vale Paraíba Paulista. Revista Ciências Humanas. Universidade de Taubaté, Taubaté, SP, n. 1. p , ROCCO, M. T. F. A linguagem autoritária. São Paulo: Brasiliense, SCHWARTZMAN, S. (Org.). Estado Novo, um auto-retrato. Brasília: UNB, SODRÉ, N. W. História da Imprensa no Brasil. 2, ed. Rio de Janeiro: Graal, TORQUATO, G. Cultura, poder, comunicação e imagem: fundamentos da nova empresa. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, Tratado de comunicação organizacional e política. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

7 VARGAS, G. Getúlio Vargas: Diário ( ). São Paulo/ Rio de Janeiro: Siciliano/ Fundação Getúlio Vargas, Acervo On-line de Mídia Regional, ano 11, vol. 6, n. 6, p.47-53, mai/ago

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS DO GEPHE - GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM CAMPINA GRANDE PARAIBA

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS DO GEPHE - GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM CAMPINA GRANDE PARAIBA GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS DO GEPHE - GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM CAMPINA GRANDE PARAIBA Autora: Regina Coelli Gomes Nascimento - Professora do curso de História

Leia mais

Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II

Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II Anderson Zotesso Rodrigues: Anderson Zotesso é mestre em Comunicação

Leia mais

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL UNITAU - Universidade de Taubaté CBH-PS Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul Trabalho realizado

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

Regimento Interno. Capítulo I Da natureza da Renoi. Capítulo II Dos objetivos da Renoi

Regimento Interno. Capítulo I Da natureza da Renoi. Capítulo II Dos objetivos da Renoi Rede Nacional de Observatórios de Imprensa Capítulo I Da natureza da Renoi Regimento Interno Art. 1º - A Rede Nacional de Observatórios de Imprensa Renoi - é uma rede de organizações e pessoas que atuam

Leia mais

Núcleo de Comunicação e Educação Popular (NCEP)

Núcleo de Comunicação e Educação Popular (NCEP) Núcleo de Comunicação e Educação Popular (NCEP) Mostra Local de: Curitiba Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Universidade Federal

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP Resumo O 2ª Opinião - Espaço cultural é um jornal-laboratório que vem sendo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HORÁRIO DE AVALIAÇÃO ALTERNATIVA/ SEMESTRAL 1º SEMESTRE 2015

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HORÁRIO DE AVALIAÇÃO ALTERNATIVA/ SEMESTRAL 1º SEMESTRE 2015 Curso: JORNALISMO Período: 1º Período: Matutino Turma: M Horário de Aula Disciplina: Planejamento e Design Grafico Professor (a): Viviane Fushimi Horário de Aula Disciplina: História da Comunicação Professor

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM PERNAMBUCO: 13 ANOS DE HISTÓRIA

NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM PERNAMBUCO: 13 ANOS DE HISTÓRIA NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM PERNAMBUCO: 13 ANOS DE HISTÓRIA Margarete Maria da Silva meghamburgo@yahoo.com.br Graduanda em Pedagogia e membro do NEPHEPE Universidade Federal de

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003029A - História da Comunicação

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003029A - História da Comunicação Curso null - null Ênfase Identificação Disciplina 0003029A - História da Comunicação Docente(s) Vinicius Martins Carrasco de Oliveria Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE 1 INTRODUÇÃO A Biblioteca Paulo Ernesto Tolle é mantida pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP, uma das mais antigas

Leia mais

A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades de Extensão Universitária

A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades de Extensão Universitária Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA INICIAÇÃO CIENTÍFICA FONTES DO JORNALISMO IMPRESSO EM CAMPO GRANDE

PROJETO DE PESQUISA INICIAÇÃO CIENTÍFICA FONTES DO JORNALISMO IMPRESSO EM CAMPO GRANDE Gerson Luiz Martins PROJETO DE PESQUISA INICIAÇÃO CIENTÍFICA FONTES DO JORNALISMO IMPRESSO EM CAMPO GRANDE A contribuição da Reportagem, Assessorias e Agências para a formação do jornal diário. Equipe

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

PERFIL DA VAGA: GERENTE DE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS

PERFIL DA VAGA: GERENTE DE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS O Instituto Akatu é uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o Consumo Consciente. PERFIL DA VAGA: PERFIL GERAL DA FUNÇÃO

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR CONSULTORIA DE MARKETING MARKETING

Leia mais

Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494

Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494 Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494 APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO Título do projeto: 8ª Semana da Comunicação e

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social A Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG é uma unidade de apoio e assessoramento da Instituição, diretamente ligada ao Gabinete da Reitoria, que dentre suas

Leia mais

ANEXO I CRONOGRAMA DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO ATIVIDADE DATA LOCAL. Período de Inscrições 03/04/2015 em Comunicação e Política Homologação das

ANEXO I CRONOGRAMA DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO ATIVIDADE DATA LOCAL. Período de Inscrições 03/04/2015 em Comunicação e Política Homologação das ANEXO I CRONOGRAMA DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO ATIVIDADE DATA LOCAL De 23/03/2015 a Período de Inscrições 03/04/2015 Homologação das 07/04/2015 inscrições Análise do Currículo Lattes 10/04/2015 Análise do Pré-projeto

Leia mais

EDUNIOESTE CATÁLOGO DE PUBLICAÇÕES REVISTAS CIENTÍFICAS DA UNIOSTE

EDUNIOESTE CATÁLOGO DE PUBLICAÇÕES REVISTAS CIENTÍFICAS DA UNIOSTE UNIOESTE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CONSELHO EDITORIAL DA EDUNIOESTE EDUNIOESTE CATÁLOGO DE PUBLICAÇÕES ===================================== REVISTAS

Leia mais

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. 2ª turma - Fev. 2016. Executivo em Administração. Arcos Dorados

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. 2ª turma - Fev. 2016. Executivo em Administração. Arcos Dorados MBA Executivo em Administração ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 2ª turma - Fev. 20 Arcos Dorados MBA Executivo em Administração ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Sustentabilidade

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

EBSCO Discovery Service (EDS) Guia de Referência

EBSCO Discovery Service (EDS) Guia de Referência EBSCO Discovery Service (EDS) Guia de Referência Tipos de Publicações, Tipos de Documentos, e Tipos de Fontes em EDS EBSCO Discovery Service (EDS) identifica registros por, Tipo de Documento, e Tipo de

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 444 horras/aulla 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais de 5 anos aflorou numa família de empreendedores

Leia mais

Disciplinas Optativas Jornalismo

Disciplinas Optativas Jornalismo Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Jornalismo Disciplinas Optativas Jornalismo Carga horária total de optativas: 930

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana

Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana Projeto de Assessoria de Imprensa 1 Transportadora Americana Ana Carla CANDIDO 2 Gabriela Almeida MINGHINI 3 Maria Juliana Gomes de OLIVEIRA 4 Renata Andrade de RAMOS 5 Marcel José CHEIDA 6 Pontifícia

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MODA

DEPARTAMENTO DE MODA DEPARTAMENTO DE MODA Programa: O FUTURO DO PRESENTE - prospectando moda Coordenador: Sandra Regina Rech / Docente Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas» Comunicação Resumo da Proposta: O programa

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo Ênfase Identificação Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I Docente(s) Angelo Sottovia Aranha Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária Ano Base: 2012 Título do Projeto: CliqueCom site multimídia Tipo de

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora)

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Titulação: Doutora Doutora em Direito Difusos e Coletivos pela Universidade Metropolitana de Santos UNIMES. Mestre em Direito Difusos e Coletivos pela Universidade

Leia mais

TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING "TIME TO TIME" IN HERING'S MUSEUM. Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e

TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING TIME TO TIME IN HERING'S MUSEUM. Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING "TIME TO TIME" IN HERING'S MUSEUM Marli Rudnik Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e uma delas é através do acervo e das exposições dos

Leia mais

O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social. Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2

O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social. Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2 O jornal comunitário como instrumento de reconhecimento social Moema Novais Costa 1 Angelo Sottovia Aranha 2 RESUMO O Voz do Nicéia é um projeto de extensão da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo

Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo ANA EUGÊNIA NUNES DE ANDRADE Jornalista, professora do Curso de Comunicação Social habilitação em Jornalismo, da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás)

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA 1. Atividades Complementares Atividades Complementares são atividades desenvolvidas

Leia mais

Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1

Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1 Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1 Adalberto GÓES 2 Bruna CALASANS 3 Camila OLIVEIRA 4 Franciele VIANA 5 Francyele FRAGA 6 Nara ESPIÑEIRA 7 Resumo O presente trabalho

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário

Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário O Núcleo de Audiovisual e Documentário do CPDOC convida alunos inscritos regularmente em cursos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE Ana Christina Duarte Pires Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal de Pelotas (1989), possui mestrado em Agronomia pela

Leia mais

As práticas do historiador: experiências do Laboratório de Documentação do Curso de História da Universidade Cruzeiro do Sul UNICSUL

As práticas do historiador: experiências do Laboratório de Documentação do Curso de História da Universidade Cruzeiro do Sul UNICSUL As práticas do historiador: experiências do Laboratório de Documentação do Curso de História da Universidade Cruzeiro do Sul UNICSUL Profa. Dra. Ana Barbara A. Pederiva Professora da Universidade Cruzeiro

Leia mais

REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - 2010 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 1 DOS OBJETIVOS GERAIS... 1 CAPÍTULO II... 1 DOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 1 CAPÍTULO III...

Leia mais

PLANO SETORIAL DAS ARTES VISUAIS

PLANO SETORIAL DAS ARTES VISUAIS PLANO SETORIAL DAS ARTES VISUAIS DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Artes Visuais MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS

CORPO DOCENTE DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS CORPO DOCENTE DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS Alcyr de Morisson Faria Neto (Especialista) Regime de Trabalho: Área de conhecimento: Engenharia Qualificação profissional: Arquitetura e

Leia mais

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Sustentabilidade deixou de ser uma escolha e tornou-se premissa fundamental para a competitividade

Leia mais

ETAPAS. 1ª Inscrições. 2ª Seleção. 3ª Palestra Inaugural.

ETAPAS. 1ª Inscrições. 2ª Seleção. 3ª Palestra Inaugural. O PROJETO O curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta atinge a maioridade e chega a sua 18º edição, cada vez mais se consolidando como uma importante porta de entrada de novos profissionais no mercado

Leia mais

XV SEMANA ACADÊMICA FACEQ 20 a 24 de maio de 2013 PROGRAMAÇÃO

XV SEMANA ACADÊMICA FACEQ 20 a 24 de maio de 2013 PROGRAMAÇÃO XV SEMANA ACADÊMICA FACEQ 20 a 24 de maio de 2013 PROGRAMAÇÃO 20 de maio 1- Movimento de Arte Contemporânea de Moçambique MUVART:2004 a 2010. Palestrante: Prof.Ms. Isa Bandeira - Mestre em História e Historiografia

Leia mais

Golpe Militar: A Psicologia e o Movimento Estudantil do Rio Grande do Sul

Golpe Militar: A Psicologia e o Movimento Estudantil do Rio Grande do Sul 1919 X Salão de Iniciação Científica PUCRS Golpe Militar: A Psicologia e o Movimento Estudantil do Rio Grande do Sul Pâmela de Freitas Machado 1, Helena B.K.Scarparo 1 (orientadora) 1 Faculdade Psicologia,

Leia mais

TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013

TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013 TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013 Tabela elaborada pelo Núcleo de Professores Orientadores do PIAC, que se constitui como espaço de organização, divulgação e articulação de Ensino,

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS CURSO DE JORNALISMO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS 1 1 ÁREAS TEMÁTICAS Respeitada a disponibilidade de carga horária dos professores orientadores e a escolha dos alunos,

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais

Anúncios publicitários nos jornais de Taubaté do século 20 1

Anúncios publicitários nos jornais de Taubaté do século 20 1 Anúncios publicitários nos jornais de Taubaté do século 20 1 Monica Franchi CARNIELLO 2 Universidade de Taubaté Francisco de ASSIS 3 Universidade Metodista de São Paulo Resumo O século 20, em função do

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

Portifólio Regina Ramalho

Portifólio Regina Ramalho 1 Portifólio Regina Ramalho Diretora de Comunicação e Editora do Pró Trabalhador Aniger Comunicação janeiro de 2013 até o momento (1 ano 6 meses)aclimação Regina Ramalho- Estratégias de comunicação e Assessoria

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Jornalismo REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Jornalismo REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as Atividades Complementares do Curso de Jornalismo do Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO

Leia mais

Relação de Oficinas XI ENAP 2012. Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 19h15 às 22h15h

Relação de Oficinas XI ENAP 2012. Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 19h15 às 22h15h Relação de Oficinas XI ENAP 2012 Segunda-feira 10 de setembro de 2012 (NOITE) 15h 1) Bullying: estratégias de intervenção Palestrante: Ana Carina Stelko Pereira Formação: Psicóloga, Mestre em Educação

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES A Biblioteca da Faculdade do Guarujá tem por objetivos: - Colaborar em pesquisas e projetos desenvolvidos pelo corpo docente e discente da Faculdade do Guarujá;

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 121.3508.9 ASSESSORIA DE IMPRENSA 5ª 02 34 1º/2011 PROFESSOR (A) ANA LUÍSA SOUZA / FERNANDO PEREIRA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-2 DISCIPLINA: Vida Saudável, Saúde e Prevenção às drogas JP0056 PROFESSOR: Ms. Claudemir Madeira I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária : 30 h II EMENTA Estudo do fenômeno das drogas,

Leia mais

MANUAL DE COMUNICAÇÃO DA EEFEUSP

MANUAL DE COMUNICAÇÃO DA EEFEUSP MANUAL DE COMUNICAÇÃO DA EEFEUSP 1. Introdução A Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFEUSP) é uma instituição pública de ensino superior, integrante da Universidade de São

Leia mais

ROTINAS DE PRODUÇÃO JORNALÍSTICA NO SITE PORTAL COMUNITÁRIO

ROTINAS DE PRODUÇÃO JORNALÍSTICA NO SITE PORTAL COMUNITÁRIO 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) (X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1

Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1 Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1 Juliana Paul MOSTARDEIRO 2 Rondon Martim Souza de CASTRO 3 Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. RESUMO O Projeto Jornalismo

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Publicidade e Propaganda

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Publicidade e Propaganda REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as Atividades Complementares do Curso de Publicidade e Propaganda do Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie CAPÍTULO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4000 - JORNALISMO MISSÃO DO CURSO O curso de Jornalismo do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar o profissional dentro

Leia mais

EIXOS TEMÁTICOS REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

EIXOS TEMÁTICOS REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS EIXOS TEMÁTICOS 1. Cultura, saberes e práticas escolares e pedagógicas na educação profissional e tecnológica: arquivos escolares, bibliotecas e centros de documentação. Para este eixo temático espera

Leia mais

Programa ADAI Projetos Brasileiros

Programa ADAI Projetos Brasileiros Programa ADAI Projetos Brasileiros Brasil 1999 1ª Convocatória Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte: Conservação preventiva de acervo audiovisual. Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami:

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO EDITAL 013/15

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO EDITAL 013/15 FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO EDITAL 013/15 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (2015 2016) PIBIC/CNPq/FAI 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo

Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo Autores: Maria Zaclis Veiga e Élson Faxina Docentes do Centro Universitário Positivo UnicenP Resumo: A Rede Teia de Jornalismo

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO U N I R I O UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REITORA MALVINA TUTTMAN PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (COMSO) Fernanda Soares Coordenadora Gabriel Melo Assistente

Leia mais

Os Veículos de Comunicação Dirigida da Embrapa Soja

Os Veículos de Comunicação Dirigida da Embrapa Soja Os Veículos de Comunicação Dirigida da Embrapa Soja FERREIRA, L.L. 1, GALERANI, G.S.M. 2, 1 Universidade Estadual de Londrina UEL, Cx. Postal 6001 CEP 86051-990 - Londrina - PR, 2 Embrapa Soja O profissional

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4001 Publicidade e Propaganda MISSÃO DO CURSO O curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar

Leia mais

A FORMAÇÃO DE SUJEITOS CRÍTICOS NO ENSINO SUPERIOR: UM POSSÍVEL CAMINHO PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL. Marijara de Lima Monaliza Alves Lopes

A FORMAÇÃO DE SUJEITOS CRÍTICOS NO ENSINO SUPERIOR: UM POSSÍVEL CAMINHO PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL. Marijara de Lima Monaliza Alves Lopes A FORMAÇÃO DE SUJEITOS CRÍTICOS NO ENSINO SUPERIOR: UM POSSÍVEL CAMINHO PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL Marijara de Lima Monaliza Alves Lopes FACULDADE ALFREDO NASSER INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO III PESQUISAR

Leia mais

Título I. Das Finalidades

Título I. Das Finalidades REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA VISCONDE DE SÃO LEOPOLDO Título I Das Finalidades Art. 1º - A biblioteca foi criada em 13 de maio de 1961. A missão é contribuir para a melhoria do ensino, da pesquisa e

Leia mais

Dia 18 de Setembro 2013 (quarta-feira)

Dia 18 de Setembro 2013 (quarta-feira) Dia 18 de Setembro 2013 (quarta-feira) Horário: 8h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição de fotografia Contíguo Distante Local: Galeria LabSG Prédio I Horário: 08h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia Científica Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito e concepção de ciência

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores e Decoração. Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Belo Horizonte MG - Brasil

Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores e Decoração. Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Belo Horizonte MG - Brasil Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores e Decoração Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Belo Horizonte MG - Brasil Área de Interesse: Meio de divulgação via Internet Site na Web

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS EGRESSOS DE ENGENHARIA DE MATERIAIS DA UPM

ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS EGRESSOS DE ENGENHARIA DE MATERIAIS DA UPM Anais do XXXIV COBENGE. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, Setembro de 2006. ISBN 85-7515-371-4 ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS EGRESSOS DE ENGENHARIA DE MATERIAIS DA UPM Leila Figueiredo de Miranda

Leia mais

Figura 1: Estudos de Comunicação 1880 a 1949.

Figura 1: Estudos de Comunicação 1880 a 1949. 12 Figura 1: Estudos de Comunicação 1880 a 1949. Fonte: Marques de Melo (1984) As análises vinculadas à história serão uma marca desses estudos, como demonstra Gisela Goldstein (1984), em pesquisa sobre

Leia mais

81,9(56,'$'(&$7Ï/,&$'(%5$6Ë/,$±8&% 35Ï5(,725,$'(*5$'8$d 2±35* 81,'$'('($32,2','È7,&2('8&$&,21$/±8$'( &225'(1$d 2'(3/$1(-$0(172('8&$&,21$/±&3(

81,9(56,'$'(&$7Ï/,&$'(%5$6Ë/,$±8&% 35Ï5(,725,$'(*5$'8$d 2±35* 81,'$'('($32,2','È7,&2('8&$&,21$/±8$'( &225'(1$d 2'(3/$1(-$0(172('8&$&,21$/±&3( 81,9(56,'$'(&$7Ï/,&$'(%5$6Ë/,$±8&% 35Ï5(,725,$'(*5$'8$d 2±35* 81,'$'('($32,2','È7,&2('8&$&,21$/±8$'( &225'(1$d 2'(3/$1(-$0(172('8&$&,21$/±&3( 3/$12'((16,125('8=,'2±9HUVmRGR$OXQR,'(17,),&$d 2 &8562 Comunicação

Leia mais

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Adriana Preti Nascimento (em licença) Antonio José Vieira Junior

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Adriana Preti Nascimento (em licença) Antonio José Vieira Junior DOCENTES Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Titulação: Doutora Doutora em Direito Difusos e Coletivos pela Universidade Metropolitana de Santos UNIMES. Mestre em Direito Difusos e Coletivos

Leia mais

Traçar um quadro histórico dos estudos de sânscrito desenvolvidos

Traçar um quadro histórico dos estudos de sânscrito desenvolvidos O curso de Sânscrito MARÍA VALíRIA ADERSON DE MELLO VARGAS Traçar um quadro histórico dos estudos de sânscrito desenvolvidos na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São

Leia mais

Modateca PUCPR: criação e organização do acervo de moda na Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Modateca PUCPR: criação e organização do acervo de moda na Pontifícia Universidade Católica do Paraná Modateca PUCPR: criação e organização do acervo de moda na Pontifícia Universidade Católica do Paraná Modateca PUCPR: establishment and organization of the fashion acquis at the Pontifical Catholic University

Leia mais

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG. Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG. Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO 1.1- Entre os dias 26 e 30 de maio de 2014 será realizado, na Faculdade Assis Gurgacz- FAG, o 7º Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias. Promovido

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE Fixa a tabela de pontuação para avaliação de currículo para concurso público na carreira de Magistério Superior da UFPR. 1 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão normativo,

Leia mais

Matrículas abertas - Vagas limitadas

Matrículas abertas - Vagas limitadas MBA em Gestão Empresarial Curso de Pós-Graduação Lato Sensu 384 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Matrículas abertas - Vagas limitadas Objetivos do curso: Capacitar

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB)

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB) CAPÍTULO I - DO NEPEC E SEUS OBJETIVOS Artigo 1º - O presente Regulamento disciplina as atribuições,

Leia mais

MEMÓRIA IFC CAMPUS CONCÓRDIA: 50 ANOS DE REGISTROS E RELATOS

MEMÓRIA IFC CAMPUS CONCÓRDIA: 50 ANOS DE REGISTROS E RELATOS MEMÓRIA IFC CAMPUS CONCÓRDIA: 50 ANOS DE REGISTROS E RELATOS Mary Anne dos SANTOS; Sílvia Fernanda Souza DALLA COSTA; Nelsi SABEDOT; Edimar Sérgio da SILVA; MARIBEL Barbosa da CUNHA; Nauri Inês Fontana;

Leia mais

Um Estudo sobre o papel da Monografia para Economistas no contexto do currículo de Economia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Um Estudo sobre o papel da Monografia para Economistas no contexto do currículo de Economia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Francisco Roberto Barbosa Nery Um Estudo sobre o papel da Monografia para Economistas no contexto do currículo de Economia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRODUÇÃO EDITORIAL RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Repensar o quadro docente,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Vitória,1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES. Tel:(27) 3331-2100

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Vitória,1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES. Tel:(27) 3331-2100 DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS PLANO DE TREINAMENTO Curso: Cursos de Desenvolvimento de Servidores : História das instituições federais de EPT e história da

Leia mais

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~ _áääáçíéå~ `ÉåíêçÇÉfåÑçêã~ çéoéñéêæååá~ DIRETRIZES PARA A SELEÇÃO E AQUISIÇÃO DE LIVROS, MONOGRAFIAS E SIMILARES PARA A BIBLIOTECA DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA/ USP 1. INTRODUÇÃO O fluxo crescente de

Leia mais

uma exposição interativa, onde o público poderá usufruir de diferentes plataformas artísticas fotografias, vídeos, áudios, textos e mapas

uma exposição interativa, onde o público poderá usufruir de diferentes plataformas artísticas fotografias, vídeos, áudios, textos e mapas A Margem Projeto A Margem O projeto prevê o desenvolvimento de uma Expedição audiovisual e jornalística por cidades do interior do estado de São Paulo que são banhadas pelo Rio Tietê, para produzir um

Leia mais