Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades:"

Transcrição

1 Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades: Perfil 1 - Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Master) Implantar boas práticas de gerenciamento de serviços na Seplan; Coordenar equipe de consultores; Coletar e analisar dados dos serviços atuais prestados pela SUTIC; Entrevistar servidores e clientes dos serviços de TI da SUTIC; Propor e conduzir reuniões; Realizar workshops; Realizar estudos técnicos; Avaliar os resultados do Projeto. Perfil 2 - Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Sênior) Auxiliar o Consultor Master em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços; Coletar e analisar dados dos serviços atuais prestados pela SUTIC; Entrevistar servidores e clientes dos serviços de TI da SUTIC; Propor e conduzir reuniões; Realizar treinamentos e workshops. Perfil 3 - Consultor em Monitoramento e Controle do SLA dos serviços prestados pela Seplan Coletar e analisar dados de monitoramento dos serviços atuais prestados pela SUTIC; Entrevistar servidores e clientes dos serviços de TI da SUTIC; Realizar estudos técnicos; Propor e conduzir reuniões; Realizar treinamentos e workshops. Propor níveis de SLA para os serviços prestados pela Sutic Perfil 5 - Consultor para revisão, automatização e aperfeiçoamento dos processos de produção do datacenter Coletar e analisar dados dos processos de produção do datacenter da SUTIC para levantamento de necessidades de aperfeiçoamento;.1

2 Propor e conduzir reuniões; Revisar e automatizar processos de produção de datacenter; Documentar as atividades realizadas para o aperfeiçoamento dos processos de produção do datacenter; Capacitar servidores e usuários do sistema; ASPECTOS DA CONTRATAÇÃO 1. Prazo da contratação: até 31 de dezembro de Remuneração: o pagamento será efetuado mediante a comprovação do recolhimento dos encargos previdenciários, trabalhistas e fiscais e autorização do Coordenador Geral do Programa mediante a entrega dos produtos nas porcentagens e prazos descritos abaixo: Perfil 1 Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Master) 1 vaga Produto Prazo Remuneração (% Valor) 1 Projeto de implantação de técnicas de gerenciamento de serviços, contemplando a integração das atividades dos demais consultores 2 Documento contendo: Catálogo de Serviços da SUTIC Estratégia de implantação e operação do catálogo; Indicadores, metas, instrumentos e metodologias de verificação dos níveis de serviços e custos. 3 Relatório Diagnóstico contendo: Levantamento dos serviços em produção Relatório dos recursos e ativos de TI com todas as características técnicas de capacidade e desempenho; Relatório com análise diagnóstica dos recursos e ativos de TI contendo os estudos de disponibilidade detalhados por serviço. 4 Documento de Planejamento: Definição da Estratégia de disponibilidade, capacidade e continuidade dos serviços; 15 dias após a 30 dias após a 60 dias após a 90 dias após a 5% 10%.2

3 Elaboração de indicadores, metas, instrumentos e metodologias de verificação dos níveis de disponibilidade, capacidade e continuidade dos serviços; Definição dos níveis de serviços com os quais a Sutic pode se comprometer por cada tipo de serviço. 5 Documento com especificações técnicas e estudos comparativos de soluções para aquisição dos recursos necessários à implantação do catálogo de serviços. 6 Mapeamento dos macroprocessos alinhados com o catálogo de serviços e SLA acordados 7 Relatório de maturidade contendo: avaliação do nível de maturidade da gestão de capacidade, disponibilidade e continuidade com recomendações para o próximo nível. avaliação do nível de governança da TI com recomendações para o próximo nível. 120 dias após a 150 dias após a 180 dias após a 20% 20% Perfil 2 Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Sênior) 1 vagas Produto Prazo Remuneração (% Valor) 1 - Documento de planejamento para a implementação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços contendo as diretrizes para os processos de contratação e gestão dos níveis de acordos operacionais dos fornecedores. 30 dias após a 2 - Documento contendo a análise dos atuais fornecedores e níveis de acordos operacionais estabelecidos nos s. 3 Proposta de especificação técnica para as contratação de Service Desk 4 Relatório de avaliação financeira dos serviços atuais da Sutic para o estabelecimento de uma linha de base para avaliação. 45 dias após a 60 dias após a 90 dias após a 10% 10%.3

4 5 Mapeamento dos processos necessários aos serviços listados no catálogo de modo a assegurar os níveis de serviços acordados 120 dias após a 6 Análise de custo dos processos implantados para a demonstração transparente da estrutura de custos dos serviços executados. 150 dias após a 7 Desenvolvimento de um plano de continuidade de negócio para cada um dos serviços elencados como críticos pela SUTIC 180 dias após a 20%.4

5 Perfil 3 Consultor em Monitoramento e Controle do SLA dos serviços prestados pela Seplan 1 vaga Produto Prazo Remuneração (% Valor) 1 Relatório com o levantamento de serviços que devem ser monitorados 2 Documento com Estratégia de monitoração dos serviços executados na infraestrutura da Seplan e de boas práticas para monitoração para novas aplicações desenvolvidas pela Sutic. 30 dias após a 45 dias após a 3% 3 Levantamento e especificação dos requisitos para ferramenta livre para monitoramento de aplicações. 4 Relatório de monitoramento de SLA para todos os órgãos usuários de serviços da SUTIC contendo análise de estatísticas mensais dos dados coletados. 5 Elaboração de especificação técnica e de documentos necessários para contratação empresa para manutenção dos serviços de monitoramento 6 Automatização da geração de relatórios de monitoramento de SLA para todos os órgãos usuários de serviços da SUTIC contendo análise de estatísticas mensais dos dados coletados. 7 Especificação técnica de melhorias necessárias para ferramenta de monitoramento 60 dias após a 90 dias após a 120 dias após a 150 dias após a 180 dias após a 12% 20% 20% Perfil 5 Consultor para revisão, automatização e aperfeiçoamento dos processos de produção do Datacenter 1 vaga Produto Prazo Remuneração (% Valor) 1 Documento contendo o mapeamento de processos 30 dias após a 10%.5

6 do centro de dados que se encontram em produção 2 Projeto de definição e otimização dos processos 30 dias após a 3 Proposta de termo de referência para contratação 60 dias após a de empresa para sustentação do centro de dados 4 Relatório técnico com a avaliação de ferramentas livres que possam melhorar a produtividade do centro de dados e relatório com proposta de novos processo para o centro de dados 5 Manuais de procedimentos para otimização dos atendimentos e relatório de execução do projeto de automatização de atividades do centro de dados 6 Relatório com necessidade de investimento para otimização das atividades do centro de dados 7 Especificação técnica para contratação dos serviços adicionais necessários para manutenção do centro de dados em curto, médio e longo prazos. 90 dias após a 120 dias após a 150 dias após a 180 dias após a 5% 20% 20%.6

7 PRODUTOS Os documentos que compões os Produtos deste Termo de Referência deverão ser lógicos e concisos ao relatar os trabalhos realizados, contendo, no mínimo, capa, sumário, introdução, descrição dos serviços, recomendações e resultados. Sempre que pertinente, deverá também conter a metodologia do trabalho realizado e os anexos necessários. O consultor deverá apresentar os produtos do presente Termo de Referência em linguagem clara, para perfeita compreensão. Os produtos deverão ser apresentados em 1 (uma) via, sob a forma de minuta e, uma vez aprovado pela SEPLAN, deverão ser apresentados em sua forma definitiva em 2 (duas) vias. Os produtos deverão ser apresentado também em meio meio digital. CONDIÇÕES GERAIS 3. Este processo seletivo constará de análise e avaliação curricular e entrevista, conforme critérios de avaliação constantes do Anexo I. Os interessados deverão enviar currículo até o dia 27 de julho de 2012, para o endereço: SAIN Projeção H Edifício Sede Codeplan 1º andar. A/C Coordenação de Projetos da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento SEPLAN, 4. O currículo deverá conter, obrigatoriamente: i) identificação do candidato; ii) indicação do Perfil a que concorre; iii) carta de apresentação do candidato e motivação para a candidatura no perfil (máximo de uma lauda); iv) resumo da qualificação acadêmica e técnica; v) resumo das experiências profissionais do candidato; e vi) indicação da pretensão salarial do candidato. 5. Não participarão da seleção os currículos que forem enviados fora do prazo ou não atenderem as condições deste Termo de Referência. 6. O candidato poderá concorrer para mais de um perfil. Para isso, deverá enviar um Currículo (conforme item 2) para cada Perfil a que se candidatar..7

8 7. A Comissão Julgadora, nomeada por meio de ofício específico, será composta por 5 integrantes, lotados na Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Esta comissão fará a pré-seleção dos currículos que contiverem os Requisitos Obrigatórios exigidos neste Termo de Referência. 8. Após análise e com a lista de Candidatos que atendem aos Requisitos Obrigatórios a Comissão Julgadora elaborará a lista classificatória com os Requisitos Desejáveis dos candidatos. 7. A Comissão Julgadora realizará entrevistas com os cinco candidatos melhores classificados de cada perfil. 8. A Comissão Julgadora pontuará o desempenho de cada um conforme critérios constantes no Anexo I. A entrevista terá peso máximo de 30 % no critério de classificação dos candidatos. 9. Após o resultado final da seleção, obedecendo à ordem de classificação, os nomes dos candidatos aprovados em cada perfil serão enviados à Coordenação do Programa - UCP/SEPLAN para homologação do resultado, o qual deverá ser devidamente publicado. 10. Os candidatos aprovados neste processo seletivo deverão comprovar, com documentos originais ou cópias autenticadas, todas as informações declaradas nos currículos. A comprovação é condição sine qua non para a celebração dos s de serviço. 11. Caberá recurso no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da homologação, direcionado à Coordenação do Programa - UCP/SEPLAN que julgará pela procedência ou improcedência do mesmo. 12. Uma vez esgotados os prazos recursais, não caberá mais quaisquer tipos de impugnação administrativa quanto aos atos do Processo Seletivo..8

9 13. O acompanhamento da consultoria será efetuado pela Coordenação do Programa - UCGP/SEPLAN, sob a supervisão direta da SUTIC. 14. A consultoria atuará presencialmente em Brasília-DF, na Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação ou em qualquer órgão do Governo do Distrito Federal. Será responsabilidade do GDF disponibilizar local para reuniões, discussões técnicas e apresentação de produtos, assim como facilitar o acesso do consultor às informações pertinentes para o êxito dos serviços. O trabalho nos órgãos será realizado em dias úteis entre 8:00 e 18:00 horas. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Esta seleção obedecerá ao disposto no Capítulo V - Seleção de Consultores Individuais, das Diretrizes para Seleção e Contratação de Consultores pelos Mutuários do Banco Mundial, de Maio de 2004 (Revisadas em 1º de outubro de 2006), conforme estabelece o Acordo de Empréstimo firmado entre o GDF e o BIRD no dia 10/09/2009, e terá 3 (três) fases: Fase 1 Preparação do Termo de Referência, incluindo as qualificações do profissional que se pretende contratar; Fase 2 Triagem e exame dos Currículos enviados, bem como da documentação comprobatória e entrevista para avaliação das qualificações acadêmicas e profissionais; Fase 3 - Negociação com o melhor colocado e, que deverá incorporar os Termos de Referência e ser adequado aos serviços e ao perfil do profissional selecionado. 1. PRIMEIRA ETAPA TRIAGEM E CLASSIFICAÇÃO DOS CURRÍCULOS A avaliação das Qualificações Acadêmicas e Profissionais dos candidatos que atenderem aos requisitos mínimos será realizada conforme os quesitos indicados nas tabelas de pontuação da qualificação desejável. Os requisitos de qualificação mínima exigido para cada perfil não serão considerados na pontuação. 1.2 Perfil do profissional a ser selecionado.9

10 Perfil 1 Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Master) Qualificação Mínima exigida: Formação: Curso superior devidamente reconhecido pelo MEC. Experiência: Experiência profissional mínima de 3 anos atuando na gestão de serviços de Tecnologia da Informação em instituições públicas ou privadas sendo pelo menos dois deles na gestão de equipes de TIC; Resumo das atividades do perfil: O profissional atuará como líder do projeto de implantação de infraestrutura e processos de gerenciamento de serviços da Seplan. Para isso, espera-se que tenha conhecimento avançado em ITIL e grande experiência na implantação e gestão de serviços de TI. Qualificação Desejável Tipo Pontos Máximo de Pontos Mestrado na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 8 para curso de mestrado completo Curso de especialização lato sensu na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 4 pontos para cada curso de especialização realizado 30 Curso superior na área de informática em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 5 pontos para curso realizado Cursos de curta duração em área afim à contratação 1 ponto a cada 60 horas somadas de cursos na área Publicações 1 ponto para cada artigo publicado em área relacionada às atividades previstas na consultoria Certificação COBIT Certificação ITIL Foundation Certificação ITIL Intermediate Level

11 Certificação ITIL Managing Across the Lifecycle 5 Certificação ITIL Expert Level 7 Certificação ITIL Master Qualification 10 PMP (Project Management Professional) 3 ITIL - Será considerada apenas a certificação de maior graduação. Experiência em gestão de equipes na TIC* 3 pontos a cada ano completo a partir do mínimo exigido. 15 Experiência em gestão de serviços e infraestrutura TIC* 10 pontos a cada ano completo a partir do mínimo exigido. 30 Experiência na área de TIC* 2 pontos para cada ano completo a partir do mínimo exigido. 10 Total de pontuação 100 *pontos não cumulativos. Perfil 2 Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Sênior) Qualificação Mínima exigida: Formação: Curso superior devidamente reconhecido pelo MEC. Experiência: Experiência profissional mínima de 2 anos atuando na gestão de serviços de Tecnologia da Informação ; Resumo das atividades do perfil: O profissional atuará no disgnóstico, planejamento e implantação de processos de gerenciamento de serviços da Seplan. Para isso, espera-se que tenha conhecimento avançado em ITIL e grande experiência na implantação de projetos de gestão de serviços de TI. Qualificação Desejável Tipo Pontos Máximo de Pontos Mestrado na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente 8 para curso de mestrado completo.11

12 reconhecida pelo MEC Curso de especialização lato sensu na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 4 pontos para cada curso de especialização realizado Curso superior na área de informática em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 5 pontos para curso realizado Cursos de curta duração em área afim à contratação 1 ponto a cada 60 horas somadas de cursos na área Publicações Certificação COBIT 4.1 Certificação ITIL Foundation 1 ponto para cada artigo publicado em área relacionada às atividades previstas na consultoria Certificação ITIL Intermediate Level 4 Certificação ITIL Managing Across the Lifecycle Certificação ITIL Expert Level 7 Certificação ITIL Master Qualification PMP (Project Management Professional) 10 3 ITIL - Será considerada apenas a certificação de maior graduação. Experiência em gestão de serviços e infraestrutura TIC* 10 pontos a cada ano completo a partir do mínimo exigido 40 Experiência na área de TIC* 2 pontos para cada ano completo a partir do mínimo exigido 15 Total de pontuação 100 *pontos não cumulativos. Perfil 3 Consultor em Monitoramento e Controle do SLA dos serviços prestados pela Seplan Qualificação Mínima exigida: Formação: Curso de nível superior devidamente reconhecido pelo MEC..12

13 Experiência: Experiência profissional mínima de 3 anos atuando na área de Tecnologia da Informação e comunicação. Qualificação Desejável Tipo Pontos Máximo de Pontos Mestrado na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 8 para curso de mestrado completo Curso de especialização lato sensu na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 4 pontos para cada curso de especialização realizado 20 Curso superior na área de informática em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 5 pontos para curso realizado Cursos de curta duração em área afim à contratação 1 ponto a cada 60 horas somadas de cursos na área Experiência técnica em implementação de sistemas de monitoramento e controle de serviços de redes e de datacenter.* Experiência na implementação de software Livre e/ou participação ativa em comunidades de SL* Experiência de trabalho na área de TI* 5 pontos a cada ano completo 30 4 pontos a cada ano completo 10 2 pontos para cada ano completo 10 Experiência em desenvolvimento e implantação das ferramentas Nagios, Cacti, Zenoss e Zabbix.* 10 pontos por participação em projeto de desenvolvimento em uma das ferramentas. 30 Total de pontuação 100 *pontos não cumulativos. Perfil 5 Consultor para revisão, automatização e aperfeiçoamento dos processos de produção do Datacenter.13

14 Qualificação Mínima exigida: Formação: Curso superior em qualquer área de formação devidamente reconhecido pelo MEC. Experiência: Experiência profissional mínima de 3 anos atuando na área de TI; Qualificação Desejável Tipo Pontos Máximo de Pontos Mestrado na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 8 para curso de mestrado completo Curso de especialização lato sensu na área de informática, administração, economia ou engenharia em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 4 pontos para cada curso de especialização realizado 20 Curso superior na área de informática em instituição devidamente reconhecida pelo MEC 5 pontos para curso realizado Cursos de curta duração em área afim à contratação 1 ponto a cada 60 horas somadas de cursos na área Experiência com servidores de aplicação IIS, Apache, Jboss, Tomcat. Experiência de trabalho na área de virtualização com a utilização das ferramentas Xen ou KVM ou Vmware. Experiência de trabalho com servidores que utilizam os sistemas operacionais Linux e Windows. 5 pontos a cada ano completo 20 5 pontos a cada ano completo 20 5 pontos a cada ano completo 20 Experiência de trabalho com ferramentas de segurança para centro de dados. 5 pontos a cada ano completo 20 Total de pontuação

15 2. SEGUNDA ETAPA ENTREVISTA Após a análise curricular, a comissão de seleção chamará os três melhores colocados da etapa anterior para a realização de uma entrevista. Nessa etapa, o candidato deverá responde a cinco perguntas de caráter teórico e prático. A resposta a cada pergunta será avaliada por cada um dos membros da comissão que atribuirão uma nota ao desempenho do candidato, variando entre o mínimo (O) e o máximo (5). A soma da nota dos avaliadores será a nota final do candidato nessa etapa. O avaliador considerará em sua nota o domínio do candidato em relação a área candidatada e também a desenvoltura do candidato nas respostas. Quadro de avaliação dos candidatos Nome do Candidato: Perfil Candidatado: Avaliador 1 Avaliador 2 Avaliador 3 Avaliador 4 SOMA Pergunta 1 Pergunta 2 Pergunta 3 Pergunta 4 Pergunta 5 NOTA FINAL 3. TERCEIRA ETAPA NOTA FINAL E RESULTADO DA SELEÇÃO.15

16 A nota final da seleção será dada pela fórmula Nota Final = (Nota da Análise curricular) x 0,70 + (Nota da Entrevista) x 0,30 A classificação dos profissionais será consolidada de acordo com os modelos abaixo:.16

17 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA - CGP A classificação dos profissionais será consolidada de acordo com os Modelos I e II abaixo: Nº Nome do Candidato Data de Postagem (Limite: XX/XX/2011) Atendeu aos requisitos mínimos? Pontuação Currículo (MÁX. 100) Pontuação Entrevista (MÁX. 100) Resultado

18 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA - CGP MODELO II AVALIAÇÃO CURRICULAR Nome candidato Qualificação acadêmica Qualificação profissional N o t a f i n a l ( M á x i m o p o n t o s ) 18

19 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA - CGP NORMAS GERAIS A análise das propostas será realizada em duas fases: avaliação curricular e entrevista. A pontuação máxima final do candidato é de 100 pontos. Essa nota é composta de 70% da avaliação obtida na análise curricular e 30% da avaliação obtida na entrevista. Será selecionado o candidato que obtiver a maior pontuação geral, resultante da soma dos pontos de todas as etapas da seleção. A comprovação da escolaridade será feita por meio de diploma expedido por instituição credenciada. A comprovação da Qualificação Profissional dar-se-á pela apresentação de: (i) atestado de capacidade técnica emitido por entidade pública ou privada, que contemple atividade ou trabalho desenvolvido e o período da realização dos trabalhos; (ii) cópia autenticada de de trabalho ou (iii) cópia autenticada da carteira profissional. Em caso de empate, será considerado melhor classificado o consultor que obtiver a maior pontuação nesta ordem: 1. Qualificação profissional; 2. Qualificação acadêmica; 3. For o mais idoso. Padrões de Desempenho O Consultor se obriga a executar os Serviços de acordo com os mais elevados padrões de competência e integridade profissional e ética. Sigilo O Consultor não deverá, no decorrer deste Contrato e por (2) dois anos contados de seu término, divulgar informações confidenciais relativas ao Serviço previsto neste TR, sem o seu prévio e escrito consentimento do GDF. Propriedade do Material 19

20 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA - CGP Todos os estudos, relatórios ou outros materiais elaborados pelo Consultor para o CONTRATANTE, previstos neste TDR, pertencerão exclusivamente ao GDF. O Consultor poderá reter uma cópia de tais documentos, com exceção das licencias de softwares sujeitos a royalties a terceiros utilizados para o desenvolvimento de tais materiais. 20

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

COOPERAÇÃO TÉCNICA NÃO REEMBOLSÁVEL ATN/OC 9736-BR PROGRAMA DE ESTRATÉGIA E PLANO DE AÇÃO PARA A EFETIVIDADE DO DESENVOLVIMENTO NO BRASIL PRODEV

COOPERAÇÃO TÉCNICA NÃO REEMBOLSÁVEL ATN/OC 9736-BR PROGRAMA DE ESTRATÉGIA E PLANO DE AÇÃO PARA A EFETIVIDADE DO DESENVOLVIMENTO NO BRASIL PRODEV COOPERAÇÃO TÉCNICA NÃO REEMBOLSÁVEL ATN/OC 9736-BR PROGRAMA DE ESTRATÉGIA E PLANO DE AÇÃO PARA A EFETIVIDADE DO DESENVOLVIMENTO NO BRASIL PRODEV ACORDO FIRMADO COM O BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 A Agência de Desenvolvimento e Inovação Inova Sorocaba, Organização Social, sediada na Av. Itavuvu, 11.777 Parque Tecnológico, CEP 18.078-005, Sorocaba SP, torna público

Leia mais

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO-ALVO: Os Cursos Técnicos são destinados a todos que estão cursando o 2º ano ou já completaram o Ensino Médio e que desejam aprender uma profissão, entrar no mercado de trabalho ou buscar uma melhor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 846 Altera a denominação do Curso de Especialização em Redes de Computadores, criado pela Resolução CEPEC nº 422, e aprova o novo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 10/04/2013-17:36:08 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1.

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB MINISTÉRIO DA JUSTIÇA MJ CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL Nº 008/2013 CEAD-UNB, DE 25 DE JULHO DE 2013 A diretora

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto Agência: PNUD

Leia mais

II. Na formação continuada de profissionais do magistério, utilizar-se-ão, especialmente, recursos e tecnologias de educação à distância.

II. Na formação continuada de profissionais do magistério, utilizar-se-ão, especialmente, recursos e tecnologias de educação à distância. Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 18/12/2013-10:24:09 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2831 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH A Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, no uso de suas atribuições legais, com a cooperação da Prefeitura municipal de Jataí e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 25/04/2012-15:38:18 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1485 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (61) 2025 3376 / 3114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria Municipal de Educação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria Municipal de Educação EDITAL DE INSCRIÇÃO Nº 001/2015. A Secretária Municipal de Educação de Sete Lagoas, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos incisos I e IV, do art. 111 da Lei Orgânica do Município de Sete

Leia mais

Processo Seletivo: 003/2016 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR

Processo Seletivo: 003/2016 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR Processo Seletivo: 003/2016 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR O SENAC/MS torna público que, nos termos da Resolução SENAC nº 1018/2015, está aberto processo seletivo para contratação de pessoal, nos

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo de Cooperação Técnica nº 1841/OC-BR Projeto: Migração

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO... 2 2. JUSTIFICATIVA... 2 3. OBJETIVO GERAL... 3 4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 5 DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA... 4 6 PRODUTOS E SERVIÇOS... 4 6.1 RELATÓRIO DE SITUAÇÃO

Leia mais

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ.

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. A AFR ASSOCIAÇÃO

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03 RELATÓRIO TÉCNICO CONCLUSIVO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 026/2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 026/2014 O Instituto Agropolos do Ceará, entidade de direito privado e sem fins econômicos, inscrito no CNPJ sob nº 04.867.567/0001-10, qualificado como Organização Social através do Decreto nº 26.528 de 07/03/2002,

Leia mais

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI Os currículos e as fichas de cadastro deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até o dia 16/03/2014.

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA EDITAL GABINETE/DEPEN BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para Formulação de Modelo de Gestão de Inteligência Penitenciária BRASÍLIA, AGOSTO DE 2015 TERMO

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. Do objeto 1.1. Contratação de 01 (uma) empresa especializada em avaliação econômica para realizar a avaliação econômica do valor da marca BRB. 2. Objetivo 2.1. A presente

Leia mais

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO Contratação de Empresas de Consultoria para Prestação de

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO TOR/CAPES/FNDE/MEC Nº 061/2012 1. Projeto: Aprimoramento

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO N 04-2012 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO N 04-2012 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO N 04-2012 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo Sescoop, personalidade jurídica de direito privado,

Leia mais

EDITAL 001/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS POR MEIO DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL 001/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS POR MEIO DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 001/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS POR MEIO DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas - CEAP, em atendimento ao disposto no Convênio

Leia mais

BRA/07/002 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES

BRA/07/002 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECRETARIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO COORDENAÇÃO-GERAL DE MUDANÇAS GLOBAIS DE CLIMA PROCESSO SELETIVO 23/2014 Projeto PNUD BRA/07/002

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº. 086/2012 sob contratação em regime CLT (Consolidação das

Leia mais

SENADO FEDERAL INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO

SENADO FEDERAL INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO SENADO FEDERAL INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO EDITAL Nº 003/2013, de 26 de setembro de 2013. SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM COMUNICAÇÃO LEGISLATIVA PARA O 1º SEMESTRE

Leia mais

Governo do Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MATO GROSSO

Governo do Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MATO GROSSO Resolução Nº 04, de 21 de junho de 2006. Aprova o Regulamento das Bolsas para o Apoio à Pós-Graduação de Instituições Públicas e Privadas de Ensino (MT-PG). O PRESIDENTE DO CONSELHO CURADOR DA FUNDAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2199 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2199 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 10/04/2013-17:33:42 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2199 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 06/2012/SES/CEFOR-PB A Secretaria do Estado da Saúde, através do CEFOR-PB, torna público para conhecimento dos interessados a realização de PROCESSO

Leia mais

Minuta de Termo de Referência

Minuta de Termo de Referência Minuta de Termo de Referência Contratação de serviço para elaboração do mapeamento, análise, propostas e implantação de melhorias nos processos de trabalho da Coordenadoria Geral de Licenciamento Ambiental

Leia mais

CFP/UFCG UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO. Campus de Cajazeiras Paraíba

CFP/UFCG UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO. Campus de Cajazeiras Paraíba CFP/UFCG UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO Campus de Cajazeiras Paraíba EDITAL Nº 51/ SELEÇÃO- PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM PLANEJAMENTO E GESTÃO ESCOLAR, DA UNIDADE ACADÊMICA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, 19 de maio de 2008. Dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM, criado pela lei nº 12.378, de 31 de

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo

Leia mais

EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES.

EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES. EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA)

Leia mais

Termo de Referência - Edital 004/2016

Termo de Referência - Edital 004/2016 PROJETO BRA/10/007 BOAS PRÁTICAS EM REDES NA IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA: SIPIA CONSELHO TUTELAR E SIPIA SINASE WEB Termo de Referência - Edital

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 O Diretor Geral da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais, no uso de

Leia mais

MBA EM GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

MBA EM GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: Marcos Hollerweger COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Jehan Carla Zunino Luckmann COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: Luciana

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 12 BRA/14/011 Contratação de consultoria nacional especializada para produção de subsídios visando ao fortalecimento das ações de saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO INSTITUTO DE MEDICINA SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO INSTITUTO DE MEDICINA SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO EDITAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO INSTITUTO DE MEDICINA SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO - TURMA

Leia mais

1. DA SELEÇÃO: 2. DAS INSCRIÇÕES E ENTREVISTA:

1. DA SELEÇÃO: 2. DAS INSCRIÇÕES E ENTREVISTA: EDITAL Nº 17/2015 SELEÇÃO PÚBLICA PARA A CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL DE TÉCNICOS DE NÍVEL SUPERIOR, EM CARÁTER TEMPORÁRIO, PARA ATENDIMENTO IMEDIATO DE CARÊNCIAS NOS CENTROS DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 22/2016 BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para produção de subsídios voltados ao aperfeiçoamento da Política

Leia mais

EDITAL N 06/2016. Materiais Metálicos 12 Sublinha: Solidificação de Metais e Ligas. 04 Sublinha: Tratamento Térmico

EDITAL N 06/2016. Materiais Metálicos 12 Sublinha: Solidificação de Metais e Ligas. 04 Sublinha: Tratamento Térmico EDITAL N 06/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA DE MATERIAIS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL 03/2016 SELEÇÃO DE TUTOR BOLSISTA

EDITAL 03/2016 SELEÇÃO DE TUTOR BOLSISTA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG SECRETARIA GERAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SEaD EDITAL 03/2016 SELEÇÃO DE TUTOR BOLSISTA A Secretária de Educação a

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia da Mundialização e do Desenvolvimento (PUC-SP / SORBONNE)

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia da Mundialização e do Desenvolvimento (PUC-SP / SORBONNE) EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 1/2013 Coordenador Prof. Dr. José Nicolau Pompeo Vice-Coordenador Prof. Dr. Jason T. Borba Estarão abertas, no período de 01/10/2012 a 30/10/2012, as inscrições para o processo

Leia mais

EDITAL PPGCLIC nº 01/2015 Processo de Seleção para o Curso de Mestrado Acadêmico (ingresso em março de 2016)

EDITAL PPGCLIC nº 01/2015 Processo de Seleção para o Curso de Mestrado Acadêmico (ingresso em março de 2016) EDITAL PPGCLIC nº 01/2015 Processo de Seleção para o Curso de Mestrado Acadêmico (ingresso em março de 2016) A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Psicanálise: Clínica e Cultura, do Instituto de

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2783 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2783 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: ANGELO LUIS MEDEIROS MORAIS Data da impressão: 21/11/2013-18:05:16 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2783 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

As 12 boas práticas da Gestão de Dados Moderna

As 12 boas práticas da Gestão de Dados Moderna As 12 boas práticas da Gestão de Dados Moderna Bergson Lopes contato@bergsonlopes.com.br www.bergsonlopes.com.br Dados do Palestrante Bergson Lopes Rego, PMP é especialista em Gestão de Dados, Gerenciamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA EDITAL PARA A SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS CURSOS TÉCNICOS DO PROGRAMA E-TEC BRASIL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO OEI/TOR/FNDE/CGINF Nº 41/2012 1.

Leia mais

A DIRETORIA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e por deliberação de seus membros,

A DIRETORIA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e por deliberação de seus membros, NORMAS PARA SELEÇÃO SIMPLIFICADA DOS OBJETIVANDO À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA E CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR, MÉDIO E FUNDAMENTAL PARA O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores ATO CONVOCATÓRIO 008 2014 OBJETO: Credenciamento de Examinadores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº 08/2014 - PROCESSO SELETIVO PARA CONSULTORES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº 08/2014 - PROCESSO SELETIVO PARA CONSULTORES ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº 08/2014 - PROCESSO SELETIVO PARA CONSULTORES PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES PARA A EXECUÇÃO DO PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS

CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº012/2013 - SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos

Leia mais

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO EDITAL N. 02/2016 RELATIVO AO TERMO DE PARCERIA N. 035/2016 DO INSTITUTO JURÍDICO PARA EFETIVAÇÃO DA CIDADANIA - MINAS GERAIS PROCESSO DE SELEÇÃO DE COLABORADORES PARA ATUAR NA ÁREA-MEIO DOS PROGRAMAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto Nacional

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto Nacional TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto Nacional 1. Antecedentes e Justificativa O Projeto de Assistência à Implementação do Programa de Apoio à Agenda de Crescimento Econômico Equitativo e Sustentável

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3.

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3. TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em conceitos da biblioteca ITIL V3 - Infrastructure

Leia mais

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Estrutura: 1. Método de elaboração deste Plano de Trabalho e do respectivo Cronograma. 2. Cronograma. 3. Detalhamento das atividades

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ASSESSORIA DE IMPRENSA: Função GERENTE. Assessorar a Diretoria da Ceasa; Promover e divulgar notícias relacionadas a Ceasa; Estreitar o relacionamento da mídia com

Leia mais

FUNDAÇÃO PADRE JOSÉ KOOPMANS CNPJ 11.848.735/0001-96 EDITAL DE ESTÁGIO

FUNDAÇÃO PADRE JOSÉ KOOPMANS CNPJ 11.848.735/0001-96 EDITAL DE ESTÁGIO EDITAL DE ESTÁGIO A FUNDAÇÃO PADRE JOSÉ KOOPMANS no uso de suas atribuições legais torna público e estabelece as normas do processo seletivo para o preenchimento de vaga para estagiário, nos termos a seguir

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A Escola A Escola Superior de Redes da RNP privilegia um ensino totalmente prático. Os laboratórios são montados de forma

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis e SENAI/SC em São José EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis e SENAI/SC em São José EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis e SENAI/SC em São José EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES O Projeto de Cooperação Internacional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), BRA/10/G32 Terceira Comunicação Nacional do Brasil à

Leia mais

EDITAL DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS 2. VAGAS OFERECIDAS, PERÍODO E LOCAL DE REALIZAÇÃO DO CURSO

EDITAL DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS 2. VAGAS OFERECIDAS, PERÍODO E LOCAL DE REALIZAÇÃO DO CURSO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: Marcos Hollerweger COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Jehan Carla Zunino Luckmann COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: Fernanda

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR ODONTOLÓGICO

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR ODONTOLÓGICO DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR ODONTOLÓGICO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo seletivo.

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL 23 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL

EDITAL 23 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL EDITAL 23 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL BRA/12/018 DESENVOLVIMENTO DE METODOLOGIAS DE ARTICULAÇÃO E GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PROMOÇÃO DA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA PROCESSO SELETIVO

Leia mais

EDITAL Nº 003/10 PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO

EDITAL Nº 003/10 PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº 003/10 PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ EDITAL Nº 003/10 DO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES PARA O CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ. A FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ torna

Leia mais

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. ACADÊMICO 2014

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. ACADÊMICO 2014 PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. ACADÊMICO 2014 Os currículos e as fichas de cadastro deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2012 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE.

EDITAL Nº 01/ 2012 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA E EPIDEMIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) INSTITUTO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA EM SAÚDE - IATS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA PARA PROFESSOR PESQUISADOR DA REDE e-tec BRASIL / IF-FARROUPILHA, COM ATUAÇÃO NOS CURSOS TÉC- NICOS DE NÍVEL MÉDIO NA MODALIDADE EAD

SELEÇÃO INTERNA PARA PROFESSOR PESQUISADOR DA REDE e-tec BRASIL / IF-FARROUPILHA, COM ATUAÇÃO NOS CURSOS TÉC- NICOS DE NÍVEL MÉDIO NA MODALIDADE EAD SELEÇÃO INTERNA PARA PROFESSOR PESQUISADOR DA REDE e-tec BRASIL / IF-FARROUPILHA, COM ATUAÇÃO NOS CURSOS TÉC- NICOS DE NÍVEL MÉDIO NA MODALIDADE EAD O Diretor Geral do Campus Panambi do Instituto Federal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2014 O coordenador do programa de pós-graduação em Fitotecnia da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VICE-REITORIA/CENTRO BIOMÉDICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VICE-REITORIA/CENTRO BIOMÉDICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VICE-REITORIA/CENTRO BIOMÉDICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL Edital Nº 02/2014 Processo Seletivo de Tutores para o Curso

Leia mais

Processo Seletivo: 053/2015 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR

Processo Seletivo: 053/2015 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR Processo Seletivo: 053/2015 DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SENAC DR O SENAC/MS torna público que, nos termos da Resolução SENAC nº 1018/2015, está aberto processo seletivo para contratação de pessoal, nos

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS AGRÁRIOS E DESENVOLVIMENTO RURAL PCT FAO UTF/BRA/083/BRA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS AGRÁRIOS E DESENVOLVIMENTO RURAL PCT FAO UTF/BRA/083/BRA TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS NÃO CONTINUADOS TR Nº MODALIDADE PROCESSO SELETIVO CONS NEAD 024/2013 Consultoria por produto FUNDAMENTO LEGAL Decreto nº 5.151/2004; Portaria MRE Nº 717/2006 e Portaria MDA

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LINGÜÍSTICA APLICADA: ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

REGIMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LINGÜÍSTICA APLICADA: ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CAPÍTULO I DAS FINALIDADES REGIMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LINGÜÍSTICA APLICADA: ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º- O Curso de Especialização em Lingüística Aplicada, da Universidade

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA/1123 FNDE -EDITAL Nº 01/2009 1. Perfil: Consultor ESPECIALISTA EM PLANO DE METAS ANALISTA PROGRAMADOR DELPHI - Código 1 - CGETI. 2. Nº de vagas:

Leia mais

Para entrada em 2010/02 O presente Edital foi aprovado pelo Colegiado do curso em Produção Vegetal da Universidade Federal do Tocantins.

Para entrada em 2010/02 O presente Edital foi aprovado pelo Colegiado do curso em Produção Vegetal da Universidade Federal do Tocantins. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS/UFT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CURSO DE MESTRADO EDITAL Nº 01/2010 PGPV/UFT Para entrada em 2010/02 O presente Edital

Leia mais

EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 001/2011

EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 001/2011 GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 001/2011 A Diretora Geral do Núcleo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DOCÊNCIA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL 01/2015

Leia mais

EDITAL - Nº02/2015- Gerência De Recursos Humanos / SENAC - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Recrutamento Externo

EDITAL - Nº02/2015- Gerência De Recursos Humanos / SENAC - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Recrutamento Externo EDITAL - Nº02/2015- Gerência De Recursos Humanos / SENAC - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Recrutamento Externo De acordo com a resolução 1018/2015, que estabelece normas do processo seletivo

Leia mais

EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO

EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO EDITAL N 04/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO A Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - FINATEC, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, por meio

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 18/2014/CONEPE Aprova criação do Programa de Pós-Graduação em Administração

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº 04/2013 sob contratação em regime CLT (Consolidação das Leis

Leia mais