REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA"

Transcrição

1 REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação no curso de formação técnica em testes de software para pessoas com deficiência. Neste instrumento são apresentadas as informações e os procedimentos para inscrição, seleção, matrícula e realização do curso. Os cursos fazem parte do Programa de Formação de Capital Humano do Porto Digital cujo objetivo é capacitar e certificar os colaboradores das empresas embarcadas no Parque Tecnológico Porto Digital, bem como gerar capital humano qualificado para suprir a necessidade de contratação das empresas do parque. Com isso, espera-se ampliar a empregabilidade dos beneficiados e aumentar a oferta de capital humano qualificado para as empresas do Porto Digital, o que possibilita o aumento de seus níveis de competitividade nos mercados nacional e internacional. A ação faz parte do Projeto de Consolidação do Parque Tecnológico Porto Digital, financiado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) através do convênio no /2010 e pela Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia SECTEC através de Contrato de Gestão. 2. CURSO OFERECIDO E INFORMAÇÕES GERAIS O NGPD propõe a realização de um programa de formação técnica em testes de software de forma dotar as empresas de TIC e de Economia Criativa de profissionais qualificados nas ferramentas e técnicas de teste de software, bem como promover a inclusão profissional de pessoas com deficiência através do aumento de sua empregabilidade. Para isso serão oferecidos cursos de Teste de Software voltados para pessoas com 3 tipos de deficiências: intelectual, visual e auditiva. Cada curso será focado nas necessidades especiais de cada tipo citado. Este regulamento tratará das informações sobre o curso voltado para pessoas com deficiência intelectual. Seguem abaixo mais informações sobre o curso em questão: Testes de Software O que é? O curso de teste de software pretende formar alunos capazes de conduzir projetos de planejamento, produção e avaliação de softwares adequados à demanda da sociedade. Objetivo Prover um treinamento em fundamentos de teste de software a fim de: Conscientizar sobre a importância do teste independente Apresentar o ciclo de vida do teste Conhecer as principais técnicas estáticas e dinâmicas de teste Conhecer as habilidades necessárias para execução das atividades Aprender como gerenciar o teste Conhecer as principais ferramentas de suporte para o teste

2 Testes de Software Carga horária do curso oferecido 60 horas Será ofertada, neste momento, 1 (uma) turma voltada ao público com deficiência intelectual, com o total de 20 vagas disponíveis. O curso terá duração de aproximadamente 03 (quatro) meses (ver item 12 Cronograma). As aulas serão ministradas por empresa competente contratada pelo NGPD, em salas localizadas no território do Porto Digital e serão disponibilizados aos alunos infraestrutura e material didático. As aulas da turma ocorrerão conforme abaixo: Turma Teste de Software 3 Pessoas com deficiência intelectual Dia/Horário Terças e Quintas das 9h às 12h Eventualmente, em semanas que ocorrer feriado, as aulas poderão acontecer na sexta-feira da mesma semana 3. CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO Para participar do curso, o interessado tem que possuir deficiência intelectual. 4. INSCRIÇÃO A inscrição deverá ser realizada através dos seguintes passos: Preencher Formulário de Inscrição Eletrônico O interessado deverá preencher o Formulário de Inscrição Eletrônico, informando os dados solicitados. O NGPD não se responsabiliza por informações incorretas nos formulários, sendo o candidato ou seu representante responsável por informar os dados corretos. Além disso, os candidatos inscritos serão responsáveis por conferir periodicamente suas respectivas caixas de entrada do informado no formulário, pois todo contato entre inscritos e o NGPD acerca de processo seletivo, matrícula e demais assuntos referentes ao curso, serão realizados através dos s informados. O NGPD não se responsabiliza por mensagens encaminhadas automaticamente para spam. 5. PROCESSO SELETIVO A seleção dos candidatos se dará através dos critérios abaixo. Quanto mais critérios atendidos, melhor classificado será o candidato. 1. Uso de tecnologias Dentre todos os inscritos serão primeiramente classificados os que possuírem experiência prévia no uso de tecnologias, como por exemplo, computadores e celulares.

3 2. Formação na área de TIC Posteriormente, serão classificados os candidatos que possuírem cursos na área de Tecnologia da Informação e Comunicação. Os cursos devem ser informados por à empresa contratada pelos telefones (81) e (81) ou pelos s e devendo ser devidamente comprovados durante a matrícula através da apresentação da cópia dos respectivos certificados. 3. Experiência de trabalho na área de TIC Após a classificação por formação na área de TIC, serão classificados os candidatos que possuem alguma experiência de trabalho, também na área de Tecnologia da informação e Comunicação. As experiências informadas deverão ser devidamente comprovadas através da apresentação de cópia das folhas pertinentes da Carteira de Trabalho ou declaração emitida pela empresa, devidamente assinada pelo responsável legal da mesma. Os documentos comprobatórios deverão ser entregues no ato da matrícula. 4. Ordem de inscrição Todos os candidatos também serão classificados de acordo com o tempo de experiência de trabalho comprovado na sessão anterior. As pessoas que não foram selecionadas no primeiro momento por indisponibilidade de vagas, farão parte da lista de remanejamento e poderão ser chamadas em caso de desistência de outro estudante (ver abaixo Regras de Remanejamento no item 7). Caso não hajam candidatos selecionados suficientes para preencher as vagas, contando com a lista de remanejamentos, o NGPD poderá também mobilizar pessoas de outras entidades e participantes do ecossistema do Porto Digital para concorrerem às vagas remanescentes. Maiores detalhes a respeito da seleção poderão ser comunicados oportunamente pelo NGPD ou pela instituição responsável pela realização da capacitação. 6. MATRÍCULA Os selecionados serão contactados pela empresa, devendo efetuar a matrícula, presencialmente ou por meio de representante, apresentando os seguintes documentos no local e período indicados: a. Cópia do Documento de Identidade ou cópia de documento com foto e número de CPF, equivalente nos termos da Lei; b. Documentos comprobatórios de qualificação ou trabalho, conforme descrito no item 5. Considerando que a oportunidade de capacitação de mão de obra do Porto Digital é subsidiada, e que o número de vagas é limitado, impossibilitando contemplar todos os interessados, o aluno, ao se matricular, assumirá o compromisso de comparecer a todas as aulas ministradas. 7. REMANEJAMENTOS Estudantes não selecionados no primeiro momento por indisponibilidade de vagas poderão ser chamados até decorrido 25% das aulas do curso, em caso de desligamento ou desistência de um estudante matriculado. A empresa contratada entrará em contato com o primeiro candidato da lista de remanejamento, que terá 01 (um) dia útil para responder. Caso não haja manifestação, o candidato será removido da lista e será contatado o candidato seguinte, segundo ordem de classificação, que também terá 01 (um) dia útil para apresentar resposta, e assim por diante. É importante salientar que os alunos remanejados perderão conteúdo de aulas dos dias anteriores ao remanejamento e, por isso, absorverão as faltas relativas a este período anterior ao seu

4 ingresso nas aulas e deverão acompanhar atentamente as suas faltas no curso, pois devem ter, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) de frequência no total das aulas do curso. 8. FALTAS, DESISTÊNCIAS E DESLIGAMENTOS O limite de faltas é de 25% das horas de aulas totais do curso. O estudante que exceder este limite será desligado do curso a fim de dar oportunidade a outros estudantes no remanejamento de vagas. Além disso, um aluno pode desistir sem ônus até o limite estabelecido. Em ambos os casos, de desligamento ou de desistência, o aluno ou responsável fica obrigado a apresentar justificativa dirigida ao NGPD em formulário próprio que deve ser solicitado à empresa contratada e entregue à mesma durante o período de aulas até o dia 30 do mês em que o fato ocorreu. A justificativa será analisada para aprovação ou não pelo NGPD. Serão abonadas apenas faltas justificadas por motivos de força maior, tais como doença, férias e licenças, desde que comprovadas por documento legalmente válido. Faltas por motivos de trabalho ou não devidamente comprovadas, não serão abonadas. Serão consideradas apenas as justificativas enviadas até o dia 30 do mês em que a falta ocorreu. 9. CERTIFICADO DE CONCLUSÃO Ao final do curso, o NGPD, através da empresa contratada, oferecerá para alguns candidatos o certificado de conclusão do curso. Os certificados serão expedidos pelo Porto Digital e pela empresa contratada exclusivamente para os alunos que: a) Obtiverem frequência mínima de 75% E b) Obtiverem média final superior ou igual a 6, RESPONSABILIDADES DO NGPD 1. Contratar empresa para realizar as capacitações nas áreas demandadas; 2. Gerenciar o Curso de Formação Técnica em Testes de Software para Pessoas com Deficiência inscrições, processo seletivo, matrícula, desligamentos e desistências; 3. Definir dias e horários das aulas e das turmas; 4. Comunicar aos alunos via as informações básicas sobre a capacitação; 5. Fornecer toda infraestrutura e todo material didático necessário para capacitação; 6. Realizar as capacitações; 7. Fornecer certificados de conclusão das capacitações. DOS ALUNOS 1. Acessar aos s enviados pelo NGPD ou pela empresa contratada (checando periodicamente caixa de entrada e spam); 2. Para aqueles que não possuem , é necessário estar atento ao telefone informado no ato da inscrição e atender aos telefonemas da empresa contratada ou do NGPD;

5 3. Realizar a matrícula presencialmente ou enviar representante, mediante apresentação dos documentos descritos no item 6. Matrícula; 4. Frequentar pelo menos 75% das aulas ministradas; 5. Apresentar ao NGPD justificativa para eventual caso de desligamento ou desistência. 11. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Inscrições 16/09 a 27/09/2015 Resultado Final 28/09/2015 Matrícula 29/09/ das 9h às 12h Início das aulas A partir de 01/10/2015 Término das aulas (previsão) 10/12/ INFORMAÇÕES ADICIONAIS Dúvidas a respeito do conteúdo deste regulamento deverão ser dirigidas para o ou telefone O NGPD, ao seu critério, poderá divulgar a pergunta e a resposta. A qualquer tempo, o presente regulamento poderá ser revogado, anulado ou modificado, no todo ou em parte, por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza. O NGPD reserva-se o direito de resolver os casos omissos e as situações não previstas nesta chamada pública. APOIO:

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS 2016.1 DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS 2016.1 DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS 2016.1 DO PORTO DIGITAL Parque Tecnológico 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID.

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID. REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID. 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) e Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Atento às demandas dos colaboradores das empresas embarcadas, e por entender a importância da continuidade do aprendizado

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 02/2014

CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA O (IFG) faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão abertas no período de 06 a 20 de agosto de 2014, as inscrições

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA O CURSO DE EXTENSÃO CINE EDUCAÇÃO HORÁRIOS

CHAMADA PÚBLICA PARA O CURSO DE EXTENSÃO CINE EDUCAÇÃO HORÁRIOS CHAMADA PÚBLICA PARA O CURSO DE EXTENSÃO CINE EDUCAÇÃO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) Câmpus Cidade de Goiás faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão

Leia mais

EDITAL N. 01, DE 28 DE AGOSTO DE 2013

EDITAL N. 01, DE 28 DE AGOSTO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS PROJETO NÚCLEO DE LÍNGUAS NucLi EDITAL N. 01, DE 28 DE AGOSTO DE 2013 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM),

Leia mais

Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA

Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA Edital de Seleção de Candidatos ao Programa de Mestrado em Gestão de Negócios Faculdade FIA VAGAS REMANESCENTES Ano Letivo de 2016 O Programa de Mestrado em Gestão de Negócios torna público o edital de

Leia mais

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS

Leia mais

4.1 O curso oferece 20 vagas e destina-se a inscrever os alunos no curso de xadrez do Projeto A Grande Jogada.

4.1 O curso oferece 20 vagas e destina-se a inscrever os alunos no curso de xadrez do Projeto A Grande Jogada. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO, Campus São Raimundo das Mangabeiras DIRETORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Núcleo de Educação a Distância UAB/UFU

Universidade Federal de Uberlândia Núcleo de Educação a Distância UAB/UFU CHAMADA PÚBLICA 02/2010 Processo Seletivo simplificado para contratação de tutores a distância temporários. O Núcleo de Educação a Distância NEAD da Universidade Federal de Uberlândia em parceria com o

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 443, de 1º de dezembro de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto de Química,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 16/2015 Aprova o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade a Distância Vestibular 2º Semestre de 2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO,

Leia mais

EDITAL Nº. 120, DE 22 E JUNHO DE 2016

EDITAL Nº. 120, DE 22 E JUNHO DE 2016 O Reitor do INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE - IFFluminense, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo de Ingresso

Leia mais

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração EDITAL DO VESTIBULAR 2/2011 O Diretor Geral da Faculdade FIA de Administração e Negócios, no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio do presente Edital, torna público o edital

Leia mais

PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PUBLICIDADE E PROPAGANDA Manual do Candidato STRONG ESAGS Formando Vencedores C INEP / ME vestibularesags.com.br Santo André Santos Nicole Stoiani, aluna de Adm e estagiária da Scania. PREZADO CANDIDATO, Você está prestes a se

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação e formação de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº 04/2013 sob contratação em regime CLT (Consolidação das Leis

Leia mais

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato.

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato. EDITAL Nº 11/2015, de 28 de abril de 2015 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE ENSINO PARA INGRESSO NO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO, DO PROFUNCIONÁRIO CURSOS A DISTÂNCIA

Leia mais

MBA EM GESTÃO PÚBLICA

MBA EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO PÚBLICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016 Leia atentamente este edital. Você deverá concordar com todo o texto antes de se inscrever no processo

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 A Faculdade Católica Recife torna público aos

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO Capitulo I Do Programa Art.1 O presente regulamento do Programa de Monitoria estabelece as regras para o exercício da monitoria por alunos regularmente matriculados

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições faz saber

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação de TUTOR (PRESENCIAL)

Leia mais

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Comunicado de Processo Seletivo INTERNO Nº 003/2015

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Comunicado de Processo Seletivo INTERNO Nº 003/2015 TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Comunicado de Processo Seletivo INTERNO Nº 003/2015 O SESI Piauí, assessorado pelo IEL, torna pública a realização do Processo Seletivo Interno nº 003/2015 destinado a

Leia mais

DIREÇÃO GERAL DIREÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO UNIDADE ACADÊMICA IV COORDENAÇÃO DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

DIREÇÃO GERAL DIREÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO UNIDADE ACADÊMICA IV COORDENAÇÃO DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS DIREÇÃO GERAL DIREÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO UNIDADE ACADÊMICA IV COORDENAÇÃO DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS EDITAL Nº 01, DE 08 DE JANEIRO DE 2015 OFERTA DE TURMAS DE EXTENSÃO EM LÍNGUAS

Leia mais

EDITAL 002/2016 PROCESSO SELETIVO DOUTORADO PPGEM 2016-01 CURSO: DOUTORADO EM ENGENHARIA MECÂNICA

EDITAL 002/2016 PROCESSO SELETIVO DOUTORADO PPGEM 2016-01 CURSO: DOUTORADO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL 002/2016 PROCESSO SELETIVO DOUTORADO PPGEM 2016-01 CURSO: DOUTORADO EM ENGENHARIA MECÂNICA RESUMO DO EDITAL Ano: 2016 Semestre: 01 Coordenador do Programa: Edson José Soares Data do edital (por

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E CRITÉRIOS PARA PROCESSO SELETIVO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS EM PERNAMBUCO PROUPE

MANUAL DE NORMAS E CRITÉRIOS PARA PROCESSO SELETIVO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS EM PERNAMBUCO PROUPE MANUAL DE NORMAS E CRITÉRIOS PARA PROCESSO SELETIVO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS EM PERNAMBUCO PROUPE 1. DA FINALIDADE DO PROUPE 1.1 O Programa Universidade para

Leia mais

2. DOS CURSOS E REQUISITOS DE ACESSO 2.1. 2.1.1. - EAD)

2. DOS CURSOS E REQUISITOS DE ACESSO 2.1. 2.1.1. - EAD) EDITAL Nº 01/2015 - IFAP PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO NÍVEL MÉDIO NA FORMA SUBSEQUENTE NA MODALIDADES A DISTÂNCIA (EAD) /2º SEMESTRE DE 2015 A Coordenação de Polo EAD

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO EDITAL Nº 01/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO EDITAL Nº 01/2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO CAMPUS FLORESTA Rua Projetada, s/n Caetano II CEP: 56400-000

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ Campus de Acaraú COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL IFCE Nº 01/2016 CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE TRABALHADORES O Diretor-Geral

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO (lato sensu) CAPITULO I DA CONSTITUIÇÃO, NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS DOS CURSOS

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO (lato sensu) CAPITULO I DA CONSTITUIÇÃO, NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS DOS CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA R E I T O R I A Rua Esmeralda, 430-97110-060 Faixa Nova Camobi Santa

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Gabinete do Secretário Gabinete de Gestão de Capacitação e Formação. Edital nº.

Estado de Goiás Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Gabinete do Secretário Gabinete de Gestão de Capacitação e Formação. Edital nº. Edital nº. 003/2013 Edital de abertura de inscrições para ingresso aos Cursos do Programa de Qualificação Profissional em Línguas Inglês e Espanhol, processo seletivo 2013. A Sectec faz saber que, no período

Leia mais

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco FACEPE convida as universidades públicas de Pernambuco, federais ou estaduais,

Leia mais

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO EDITAL PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO/ADMISSÃO DE ALUNOS PARA ATIVIDADES EXTRACURRICULARES NO COLÉGIO SANTA MARIA/2016. A Diretoria Geral da e a Diretoria Geral do Colégio Santa Maria estabelecem as normas

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA EDITAL Nº 063/2014 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA AIRTON LUIS COSSETIN, Prefeito do município de Ajuricaba/RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2015 Continuado

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2015 Continuado O Diretor da Faculdade de Jaguariúna, no uso de suas atribuições legais e obedecendo ao disposto na legislação pertinente, torna públicas as normas que regulamentam o Processo Seletivo 2015 Continuado,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Regulamento Específico do Curso de Especialização em Gestão e Tecnologia de Produção de Edifícios - CEGT CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

Leia mais

SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO 1. OBJETIVOS O objetivo geral da Semana Universitária da Prefeitura Municipal de São Paulo é colaborar para a formação de estudantes universitários

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014

REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014 REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014 REGULAMENTO PARA ABERTURA DE INSCRIÇÕES E REALIZAÇÃO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES, PELO AGENTE DE INTEGRAÇÃO SUPER ESTÁGIOS LTDA ME, PARA INGRESSO NO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº. 086/2012 sob contratação em regime CLT (Consolidação das

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 A Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins FAPTO, personalidade jurídica de direito privado, CNPJ: 06.343.763/0001-11, situada à Orla 14, Praia da

Leia mais

EDITAL nº 02/2016. 2 DO CALENDÁRIO ACADÊMICO: 2.1 O curso de Especialização em Bioética será oferecido:

EDITAL nº 02/2016. 2 DO CALENDÁRIO ACADÊMICO: 2.1 O curso de Especialização em Bioética será oferecido: EDITAL nº 02/2016 A Diretora Geral da Faculdade Canção Nova, no uso de suas atribuições legais, torna público aos interessados que estarão abertas as inscrições do Processo Seletivo para o preenchimento

Leia mais

Formação de nível médio ou superior. Experiência mínima de 1 (um) ano no magistério básico, técnico ou superior.

Formação de nível médio ou superior. Experiência mínima de 1 (um) ano no magistério básico, técnico ou superior. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL Campus Rio Grande REDE ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (e-tec BRASIL) EDITAL Nº 01, DE 29 DE JANEIRO DE 2014

Leia mais

EDITAL 006/2013 DG/CEPR

EDITAL 006/2013 DG/CEPR EDITAL 006/2013 DG/CEPR CONCESSÃO DE VAGAS GRATUITAS POR PROCESSO SELETIVO ELETRÔNICO (VIA INTERNET) PARA A 1ª SÉRIE (ANO) DO CURSO BÁSICO DO CENTRO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS (CELEM) PARA O ANO

Leia mais

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 2/2015 O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital contendo as normas referentes ao Processo Seletivo para o

Leia mais

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) O DIRETOR DE IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 - PROEX

EDITAL Nº 02/2016 - PROEX EDITAL Nº 02/2016 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE DE CURSOS DE INGLÊS, FRANCÊS, ALEMÃO E ESPANHOL. 1.1 A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA EDITAL DE SELEÇÃO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL PARA O PROJETO CURSO DE ESTUDOS DE IDIOMAS - CEI 2016.1 A PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO divulga, por meio do presente

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO Instituto Federal do Espírito Santo IFES Programa de pré-incubação do Núcleo Incubador Campus Colatina e Itapina Edital de Seleção de Empreendimentos de Base Tecnológica - Nº 01/2014 Os Diretores Gerais

Leia mais

Edital n.º 001/2015. 2. Do quadro de vagas 2.1 Serão disponibilizadas 168 vagas, conforme Quadro 01 Quadro de Vagas abaixo:

Edital n.º 001/2015. 2. Do quadro de vagas 2.1 Serão disponibilizadas 168 vagas, conforme Quadro 01 Quadro de Vagas abaixo: Edital n.º 001/2015 Processo Seletivo para Ingresso no Curso Técnico de Nível Médio em Logística, Informática para Internet, Química e Redes de Computadores. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico,

Leia mais

INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE UNIDADE JACAREPAGUÁ EDITAL DE SONDAGEM PARA INGRESSO - DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO 1º ANO DO ENS. Fundamental - 2015

INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE UNIDADE JACAREPAGUÁ EDITAL DE SONDAGEM PARA INGRESSO - DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO 1º ANO DO ENS. Fundamental - 2015 2 EDITAL DA SONDAGEM PARA INGRESSO NO INSTITUTO NOSSA SENHORA DA PIEDADE O Instituto Nossa Senhora da Piedade é uma escola acolhedora e atualizada, cuja preocupação é preparar seus alunos para o futuro.

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 - PROEX

EDITAL Nº 001/2015 - PROEX EDITAL Nº 001/2015 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE CURSO DE ITALIANO NÍVEL BÁSICO 1.1 A Universidade Federal

Leia mais

I DAS VAGAS. As vagas oferecidas para o Pré-Vestibular Social perfazem o total de 100 (cem).

I DAS VAGAS. As vagas oferecidas para o Pré-Vestibular Social perfazem o total de 100 (cem). EDITAL SECT N. 15/2009 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO VISANDO AO PREENCHIMENTO DAS VAGAS DO PRÉ-VESTIBULAR SOCIAL DO MUNICÍPIO DE RIO DAS OSTRAS A Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua assinatura. São Bernardo do Campo, 14 de março de 2013 PROF. DR. MARCIO DE MORAES REITOR

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua assinatura. São Bernardo do Campo, 14 de março de 2013 PROF. DR. MARCIO DE MORAES REITOR RESOLUÇÃO CONSUN Nº 04/2013 Aprova Edital do Processo Seletivo do Programa de integralização de créditos para a conclusão do Curso Superior de Teologia 2º semestre de 2013 na modalidade a distância O Conselho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE A Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal de

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 15/2015 Aprova o Edital do Processo Seletivo do Programa de Integralização de Créditos para a Conclusão do Curso Superior de Teologia Vestibular 2º semestre de 2015 O REITOR

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 301/CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 24 DE JUNHO DE 2016 Dispõe sobre a participação de servidores do Tribunal Superior do Trabalho em ações de educação corporativa

Leia mais

CNPJ: 10.482.039/0001-46

CNPJ: 10.482.039/0001-46 EDITAL FUNAEPE Nº 27/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR PARA ATUAR NO PROJETO Tentáculos Cursinho Pré-Vestibular da UFGD A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA TÍTULO I INTRODUÇÃO GERAL Art. 1 - Este regulamento estabelece as atribuições, responsabilidades e normas específicas do Programa

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL PROGRAMA

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira Vice-Coordenadora: Prof. Dra. Jeni Silva Turazza Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 1º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Saddo Ag Almouloud Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Barbara Lutaif Bianchini Estarão abertas, no período de 01/10/2014 a 24/10/2014, as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA Edital de seleção de Mestrado Edital 01/2010 Ingresso: 2011 Este edital estabelece as regras para

Leia mais

5. Um mesmo aluno não poderá integrar mais de uma equipe.

5. Um mesmo aluno não poderá integrar mais de uma equipe. Regulamento Desafio FACAMP DESAFIO DA BOLSA DE VALORES BM&F BOVESPA O DESAFIO FACAMP 2016 Desafio da Bolsa de Valores BM&F BOVESPA, realizado pela FACAMP - Faculdades de Campinas tem por finalidade principal

Leia mais

Edital do Processo Seletivo

Edital do Processo Seletivo Edital do Processo Seletivo EDITAL GERAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PRÉ UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL 2016 A prefeitura municipal de São Mateus do Maranhão, por meio da secretaria

Leia mais

INFORMATIVO CURSO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL NO SIAFE-RIO (EXOFIC-01 E EXOFIC-02)

INFORMATIVO CURSO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL NO SIAFE-RIO (EXOFIC-01 E EXOFIC-02) GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA INFORMATIVO CURSO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL NO SIAFE-RIO (EXOFIC-01 E EXOFIC-02) 1. OBJETIVO Atualizar, aperfeiçoar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA EDITAL DE SELEÇÃO DE SERVIDORES PARA A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL - GESTÃO DE PROJETOS SOCIAIS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS - EDITAL EGP Nº 003/2016 A Secretaria Municipal de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 002/2008

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 002/2008 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLATINA Secretaria Municipal de Recursos Humanos PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 002/2008 A Prefeitura Municipal de Colatina ES, através do Secretário

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial - autorizado pela Portaria SERES/MEC nº 387 de 23/09/2011 - DOU 26/09/2011 p.

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial - autorizado pela Portaria SERES/MEC nº 387 de 23/09/2011 - DOU 26/09/2011 p. FACULDADE FACCENTRO Credenciada pela Portaria SERES/MEC nº 483, de 16/12/2011 D.O.U. de 19/12/2011 EDITAL nº 003, de 01 de novembro de 2012. PROCESSO SELETIVO 2013/1 A Faculdade FACCENTRO, mantida pelo

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 06/2012/SES/CEFOR-PB A Secretaria do Estado da Saúde, através do CEFOR-PB, torna público para conhecimento dos interessados a realização de PROCESSO

Leia mais

EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES

EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES EDITAL PROPI Nº 009/2014 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS (PET-QUÍMICA/ PUCRS)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS (PET-QUÍMICA/ PUCRS) Aos alunos do Curso de Química industrial e Licenciatura desta Universidade: O (PET) do Curso de Química desta Universidade, nos termos das disposições das normativas aplicáveis, abre este Edital de Seleção

Leia mais

Edital n.º 006/2011/PNAP/UAB/PROPESQ/REITORIA

Edital n.º 006/2011/PNAP/UAB/PROPESQ/REITORIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA REITORIA PRÓ-REITORIA DE POS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPESQ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - DIRED UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB PROGRAMA NACIONAL DE FORMAÇÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA.

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA. PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA AS SECRETARIAS MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA.

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SENAC/SC Nº 674/2013

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SENAC/SC Nº 674/2013 COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SENAC/SC Nº 674/2013 O SENAC/SC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de Santa Catarina - torna público processo seletivo para atuar nas cidades da Região

Leia mais