EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)"

Transcrição

1 EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) O DIRETOR DE IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO -, no uso de suas atribuições legais, dispostas na Lei nº /2008 e na Portaria nº 91 publicada no Diário Oficial da União de 02/05/2013, considerando ainda a Lei Nº de 23/12/2009, o Decreto n de 19/07/2010, publicado no Diário Oficial da União de 20/07/2010, assim como o Decreto nº de 30/12/2010, conforme disposto nos itens a seguir, torna público o Processo de Seleção de Estudantes para monitores do curso Técnico em Informática no 2º semestre de DO CRONOGRAMA 1.1. O Processo de Seleção de monitores remunerados ocorrerá nas datas e etapas estabelecidas no Quadro 1. Etapas Data e Local Lançamento do Edital nº 017/ /10/2014 Inscrições 13/10/2014 a 14/10/2014 Entrevista/Análise do Histórico 15/10/2014 Divulgação do resultado final 16/10/2014 Quadro 1: Cronograma do Processo de Seleção 2. DAS VAGAS 2.1. O Quadro 2 apresenta a relação das disciplinas/áreas, número de vagas, categoria das vagas, curso de oferta das disciplinas e a(s) disciplina(s) que deve(m) ter sido cursada(s) anteriormente pelo candidato(a).

2 Disciplinas/Áreas Turno Número de vagas Categoria da vaga Lógica de Programação / Fundamentos da Informática Diurno 2 VOLUNTÁRIA Manutenção de Computadores / Operação de Computadores Diurno 2 VOLUNTÁRIA Matemática Aplicada Diurno 1 VOLUNTÁRIA Curso da disciplina/área 1º período do curso Técnico em Informática Inglês Técnico Diurno 1 VOLUNTÁRIA Quadro 2. Relação das disciplinas/áreas, número de vagas, categoria das vagas, curso de oferta das disciplinas. DO PROGRAMA DE MONITORIA 2.2. A monitoria a ser exercida por estudantes regularmente matriculados nos cursos superiores do IF Goiano Câmpus Campos Belos em colaboração com os docentes responsáveis pelas respectivas disciplinas/áreas, visa alcançar os seguintes objetivos: a) melhorar o nível de aprendizado dos estudantes, promovendo contato mais estreito entre discentes e docentes e com o conteúdo da(s) disciplina/área(s) envolvida(s); b) propiciar ao monitor a oportunidade de enriquecimento didático-científico, capacitando-o a desenvolver melhor as atividades de ensino, pesquisa e extensão, em especial a típica atividade docente inerente à sua formação; c) propiciar ao monitor a oportunidade de desenvolvimento científico e cultural; permitindo-lhe ampliar a convivência com pessoas de interesses diversificados; d) oportunizar ao estudante a preparação e o direcionamento profissional técnico e/ou

3 docente, nas várias áreas de interesse, visando seu treinamento em serviço, exploração de aptidões intelectuais e ampliação das oportunidades profissionais; e) oferecer aos estudantes de cada curso oportunidades de complementação e aprofundamentos de conteúdos nas diversas disciplinas/áreas; f) tornar a monitoria parte integrante do processo educativo dos estudantes que a exercem e a frequentam. 3. DOS REQUISITOS PARA A PARTICIPAÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA 3.1. São requisitos básicos para o estudante participar do Programa de Monitoria do IF Goiano Câmpus Campos Belos: a) ser estudante regularmente matriculado em um dos cursos de Técnicos do IF Goiano Câmpus Campos Belos; b) ter disponibilidade de tempo para atender as atividades programadas; c) não acumular qualquer modalidade de bolsa ou atividade remunerada; d) ser aprovado na seleção para monitoria É vedado ao estudante o exercício cumulativo de Monitoria de Ensino; 3.3. É vedado ao estudante que estiver cumprido pena disciplinar grave ou gravíssima, assumir as atividades de monitoria de ensino. 4. DAS INSCRIÇÕES 4.1. As inscrições para o candidato à monitoria deverão ser feitas na Coordenação Geral de Administração e Planejamento, das 7h às 17h, no período estipulado pelo Quadro 1 do Item 1.1.

4 4.2. O Candidato deverá apresentar a seguinte documentação: a) ficha de inscrição devidamente preenchida (Anexo I); b) declaração de matrícula em algum curso Técnico do IF Goiano Câmpus Campos Belos; c) histórico escolar do Ensino Médio, para os candidatos matriculados no 1º período do seu curso em 2014/2. d) fotocópia da carteira de identidade e CPF; e) Declaração do Anexo II devidamente assinada; f) Termo de Compromisso devidamente assinado (Anexo III) Em nenhuma hipótese serão aceitas inscrições com documentação pendente. 5. DOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO 5.1. O processo de seleção de monitores será conduzido sob a responsabilidade da Comissão de Seleção A seleção será constituída das fases especificadas no Quadro 3. Professor regente Entrevista Conhecimentos, habilidades e competências específicas e/ou um (0 a 10 ligadas ao conteúdo programático da disciplina/área para a professor ou pontos) qual se pleiteia a monitoria. técnico administrativo Análise do Histórico Escolar (0 a 10 pontos) Média Geral OBS.: Para candidatos matriculados no 1º período em 2014/2 será analisada a média geral do Ensino Médio. Quadro 3. Síntese das fases da seleção de monitores remunerados. Comissão de Seleção

5 5.3. Cada candidato poderá receber uma nota entre 0 a 30 pontos, correspondente ao somatório das fases especificadas no quadro Em caso de empate, será aprovado o candidato de maior idade. 6. DOS RECURSOS E DISPOSIÇÕES FINAIS 6.1. Será admitido pedido de recursos em todas as etapas do processo de seleção de monitores remunerados Os recursos deverão estar devidamente fundamentados, de acordo com o formulário no Anexo IV, e dirigidos à Comissão de Seleção, observado o prazo de 24 horas da realização das atividades especificadas no Quadro Depois de recebidas as interposições de recursos, a Comissão de Seleção terá um prazo de até 24 horas para publicar sua decisão A Comissão de Seleção resguarda o direito de alterar o cronograma deste edital em função de quaisquer eventualidades que possam ocorrer ao longo do processo seletivo Considera-se que todos os candidatos e docentes regentes envolvidos neste processo seletivo possuem pleno conhecimento de suas atribuições dispostas no Regulamento do Programa de Monitoria de Ensino do IF Goiano, disponível em: A constatação, a qualquer tempo, de informação falsa na documentação correspondente,

6 faz nulo todo o procedimento em relação ao candidato, sem prejuízo das demais providências cabíveis A participação nas atividades de monitoria, por parte dos monitores, não gera nenhum tipo de vínculo empregatício com o IF Goiano As atividades de monitoria, para cada monitor selecionado, estão previstas para iniciar em 20 de outubro de 2014 e finalizar em 19 de dezembro de Em caso de cancelamento da atividade de monitoria, esta deverá seguir as especificações do Regulamento do Programa de Monitoria de Ensino do IF Goiano É vedado ao professor regente designar ou autorizar o monitor a ministrar aulas que compõem a carga horária da disciplina e corrigir avaliações A inscrição do candidato no processo seletivo implica em conhecimento e aceitação tácita das condições estabelecidas no presente edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento Ao final do exercício da monitoria os estudantes receberão certificados, contendo nome da disciplina, período do exercício e carga horária exercida no âmbito do Programa de Monitoria Os casos omissos e eventuais pendências serão analisados e julgados pela Comissão de Seleção, em primeira instância, pela Coordenação Geral de Adm. E Planejamento, em segunda instância e pela Direção de Implantação, em terceira instância.

7 CAMPOS BELOS, 10 de outubro de KENNEDY DE ARAÚJO BARBOSA Diretor de Implantação Port. Nº. 91 D.O.U de 02/05/2013

8 ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) Nome: RG: CPF: Monitoria para a qual pretende concorrer: ( ) VOLUNTÁRIA Número de matrícula: Área para a qual se pleiteia vaga: Assinatura do(a) candidato(a) CAMPOS BELOS,, de de COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO Nome do(a) inscrito(a): Inscrição realizada em / /2014 e recebida por Assinatura de quem efetuou a inscrição

9 ANEXO II DECLARAÇÃO EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) Eu,, matrículan.º, estudante do curso, do Instituto Federal Goiano Câmpus Campos Belos, declaro que, se aprovado para a vaga de monitoria VOLUNTÁRIA não acumularei qualquer tipo de bolsa, nesta ou em outra instituição pública ou privada, e que tenho disponibilidade de carga horária de 12 horas semanais para dedicação às atividades de monitoria, sem prejuízo das atividades acadêmicas. Também declaro que não possuirei qualquer vínculo empregatício de qualquer natureza e que não estou cumprindo nenhuma falta disciplinar de natureza grave ou gravíssima. Afirmo que as informações prestadas no âmbito do Edital nº 17/2014 são verdadeiras, estando ciente de que a não comprovação de qualquer dado fornecido inviabiliza a minha inscrição. Declaro, por fim, conhecer e concordar integralmente com o presente edital e com o regulamento que rege este processo de seleção. CAMPOS BELOS-GO, de de Assinatura do(a) candidato(a)

10 ANEXO III TERMO DE COMPROMISSO EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) Eu, estudante regularmente matriculado no Curso de aprovado no processo seletivo de Monitoria (Edital nº 17/2014), comprometo-me a: I. Exercer as atividades de monitoria na área II. Cumprir 12 horas semanais, presenciais, a fim de realizar atividades ligadas à monitoria, desenvolvendo essa atividade com ética. OBSERVAÇÕES: 1. De acordo com o Art. 3º do Regulamento do Programa de Monitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do IF Goiano, é vedado ao monitor a realização de atividades de responsabilidade exclusiva do professor, tais como controle de frequência e dos conteúdos no diário de classe, elaboração e correção de provas, regência de classe e as de caráter administrativo. 2. Conforme o art. 4º do Regulamento do Programa de Monitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do IF Goiano, as atividades programadas para o monitor não poderão estar sobrepostas ao seu horário de aula do semestre em que esteja matriculado. SÃO ATRIBUIÇÕES DE MONITOR: Colaborar com o docente no desempenho de tarefas didáticas, tais como: preparação de aulas práticas, aplicação de exercícios, trabalhos escolares e outros de natureza similar; I. Cumprir as horas semanais de trabalho conforme consta no Edital e de acordo com o calendário pré-determinado pelo professor responsável; II. Cooperar no atendimento e orientação aos alunos, visando sua adaptação e maior integração no IF Goiano; III. Identificar eventuais falhas na execução do processo de ensino, propondo ao professor medidas alternativas; IV. Apresentar relatório mensal ao professor da disciplina. Este TERMO, bem como esta atividade de monitoria não produz nenhum vínculo posterior entre o ALUNO MONITOR e o IF GOIANO -.

11 Declaro, ainda, concordar com as Normas estabelecidas no Regulamento do Programa Monitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do IF Goiano, fixadas pela Resolução nº 15, de 29 de abril de Por estar de acordo com as condições previstas no Regulamento do Programa de Monitoria, expressas no Edital nº 17/2014 e neste Termo de Compromisso, assino o presente. Assinatura do estudante CAMPOS BELOS-GO, / /2014

12 ANEXO IV FORMULÁRIO DE RECURSO (PREENCHER EM DUAS VIAS) EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) À Comissão de Seleção designada para a condução do processo de seleção de monitores de que trata o Edital nº 17/2014 do IF Goiano Câmpus Campos Belos. Nome: Área: Data: Justificativa Razões da solicitação do recurso: Assinatura do(a) autor(a) do recurso OBS.: Preencher com letra de forma e entregar este formulário à Comissão de Seleção.

EDITAL Nº 05 CRFI /IFB, DE 08 DE MARÇO DE 2016

EDITAL Nº 05 CRFI /IFB, DE 08 DE MARÇO DE 2016 EDITAL Nº 05 CRFI /IFB, DE 08 DE MARÇO DE 2016. SELEÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO PROGRAMA DE MONITORIA DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL 1º SEMESTRE/2016 O Diretor Geral do Campus Riacho Fundo,

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés Regulamento do Programa de Monitoria para os cursos de Graduação A Monitoria é uma atividade Acadêmica dos cursos de Graduação que visa dar oportunidade de aprofundamento vertical de estudos em alguma

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA DA FESAR

MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA DA FESAR MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA DA FESAR Elaborado por: Georgia Miranda Tomich Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESAR Redenção 2014 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 JUSTIFICATIVA...3 PROGRAMA DE MONITORIA...4

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA São Paulo 2010 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES Considerando o artigo 84 da LDB nº 9.394/96 o qual estabelece que: Os discentes da educação superior poderão ser aproveitados em tarefas de ensino e pesquisa

Leia mais

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO EDITAL N 007, DE 31 DE MARÇO 2015 SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

TORNA PÚBLICO. EDITAL Nº 01/2016 e-tec

TORNA PÚBLICO. EDITAL Nº 01/2016 e-tec EDITAL Nº 01/2016 e-tec A, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica e da Coordenação de Tecnologia na Educação, do da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, no uso das suas atribuições,

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG EDITAL Nº 03/2016, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016. PROCESSO SELETIVO PARA REMOÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO E DOCENTES ENTRE AS UNIDADES DO IFSUDESTEMG O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

EDITAL Nº 051/RIFB, DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA (PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU)

EDITAL Nº 051/RIFB, DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA (PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU) EDITAL Nº 051/RIFB, DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA (PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU) 1. DA ABERTURA 1.1 O REITOR PRÓ TEMPORE DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO

PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE ENSINO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE ENSINO Regulamento do Programa de Monitoria de Ensino aprovado pelo Conselho Superior do IFS através da Resolução nº 07/CS/2011. Aracaju/SE

Leia mais

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL FACULDADE UNIGRAN CAPITAL PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA ACADÊMICA DE ENSINO E EXTENSÃO PARA OS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL NA CATEGORIA DE MONITOR VOLUNTÁRIO PARA O 2016.1. EDITAL

Leia mais

UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015

UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015 UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015 PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA A Pró-Reitora de Graduação, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o disposto

Leia mais

FACAM FACULDADE DO MARANHÃO SOMAR SOCIEDADE MARANHENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA CNPJ 04.855.275/0001-68 GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO ENSINO A DISTÂNCIA

FACAM FACULDADE DO MARANHÃO SOMAR SOCIEDADE MARANHENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA CNPJ 04.855.275/0001-68 GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO ENSINO A DISTÂNCIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 01/2015 ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade do Maranhão - FACAM, através da Coordenação do curso de Administração,

Leia mais

SELEÇÃO PARA CURSO DE EXTENSÃO PREPARATÓRIO PARA A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA

SELEÇÃO PARA CURSO DE EXTENSÃO PREPARATÓRIO PARA A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA SELEÇÃO PARA CURSO DE EXTENSÃO PREPARATÓRIO PARA A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano) Câmpus Campos Belos faz saber a todos os

Leia mais

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 O SUPERINTENDENTE da Fundação Pró-IFF, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, por tempo

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Diretoria de Gestão de Pessoas PROCESSO SELETIVO PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO EDITAL N 01/2014. Reitoria

IF SUDESTE MG REITORIA Diretoria de Gestão de Pessoas PROCESSO SELETIVO PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO EDITAL N 01/2014. Reitoria EDITAL N 01/2014 Reitoria A do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições, considerando a Lei 11.788/2008, publicada no DOU de 26/09/2008

Leia mais

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO PROSUP/CAPES MESTRADO EM DIREITO - 1º SEMESTRE/2014

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO PROSUP/CAPES MESTRADO EM DIREITO - 1º SEMESTRE/2014 EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE SOLICITAÇÃO DE BENEFÍCIO PROSUP/CAPES MESTRADO EM DIREITO - 1º SEMESTRE/2014 1. A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Direito (Mestrado) da Universidade de Marília - UNIMAR,

Leia mais

1 DO PROGRAMA DE MONITORIA DO IFPE 1.1 OBJETIVO GERAL

1 DO PROGRAMA DE MONITORIA DO IFPE 1.1 OBJETIVO GERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIREÇÃO DE ENSINO DO CAMPUS RECIFE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA DOS CURSOS TÉCNICOS CAMPUS RECIFE EDITALn

Leia mais

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012 Manual do Candidato Processo Seletivo 40 2012 Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas IFES - Guarapari O CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO ATIVIDADE DATA HORÁRIO LOCAL Publicação do Edital 25/07/2012

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2016 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL Nº. 001/2016 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 18ª COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL VALTER NUNES DE ALENCAR CÓDIGO DA ESCOLA: 23244720 CNPJ: 07.954.514/0721-18 ARARIPE

Leia mais

EDITAL N. 003/2014 PROCESSO Nº. 23225.000159/2014-07 CÂMPUS JUIZ DE FORA

EDITAL N. 003/2014 PROCESSO Nº. 23225.000159/2014-07 CÂMPUS JUIZ DE FORA EDITAL N. 003/2014 PROCESSO Nº. 23225.000159/2014-07 CÂMPUS JUIZ DE FORA A do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições, considerando a

Leia mais

EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014.

EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014. EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE PIBID / UFRR A Universidade Federal de Roraima UFRR, por meio

Leia mais

EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013.

EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013. EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES DOCENTES I E PROFESSORES DOCENTES II QUE IRÃO DESENVOLVER ATIVIDADES JUNTO A REDE DE ENSINO DESTA DO MUNICÍPIO

Leia mais

Edital Nº 003/ 2013 DE 03 DE ABRIL DE 2013

Edital Nº 003/ 2013 DE 03 DE ABRIL DE 2013 Edital Nº 003/ 2013 DE 03 DE ABRIL DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO PRONATEC O Diretor Geral do (IFPE) -

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ A Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes Sociedade Semear, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE MONITORIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO COMISSÃO GESTORA DO PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições faz saber

Leia mais

EDITAL Nº 007/ 2013 DE 14 DE NOVEMBRO DE 2013

EDITAL Nº 007/ 2013 DE 14 DE NOVEMBRO DE 2013 EDITAL Nº 007/ 2013 DE 14 DE NOVEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO O Diretor Geral do Instituto Federal

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO INTERNO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO INTERNO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO INTERNO INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO INTERNA PARA TUTOR(A) DO PROGRAMA PROINFO INTEGRADO EDITAL Nº 01/2015 SECRETÁRIO DE ESTADO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 01 CONSEPE, DE 5 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº. 01 CONSEPE, DE 5 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº. 01 CONSEPE, DE 5 DE MARÇO DE 2015. Regulamenta o Programa de Monitoria da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) e revoga as Resoluções CONSEPE nº 09/2013; 10/2014

Leia mais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Edital Nº 14/2015 - PROPA PROGRAMA DE APOIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA (UFSB) EM CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Curso de Administração

Curso de Administração EDITAL Nº 64, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. A DIRETORA DO CÂMPUS DE PARANAÍBA, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais; e considerando a Resolução COEG nº

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO SÃO LOURENÇO/2014 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a monitoria,

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 20.01.005 1/10 1. FINALIDADE Formalizar e disciplinar os procedimentos para a concessão de bolsas de extensão universitária destinadas a discentes da UFTM, oriundas de recursos financeiros da própria instituição.

Leia mais

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES SERVIÇO PÚBLICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS DIRETORIA GERAL DO CAMPUS MANAUS CENTRO COORDENAÇÃO

Leia mais

2. DOS CURSOS E REQUISITOS DE ACESSO 2.1. 2.1.1. - EAD)

2. DOS CURSOS E REQUISITOS DE ACESSO 2.1. 2.1.1. - EAD) EDITAL Nº 01/2015 - IFAP PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO NÍVEL MÉDIO NA FORMA SUBSEQUENTE NA MODALIDADES A DISTÂNCIA (EAD) /2º SEMESTRE DE 2015 A Coordenação de Polo EAD

Leia mais

www.queroserprofessor.

www.queroserprofessor. www.queroserprofessor. Documento Revisado em março de 2011 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. O QUE É A MONITORIA? 3. OBJETIVOS DA MONITORIA 4. CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR DA MONITORIA 5. INSCRIÇÃO 6. ATRIBUIÇÕES

Leia mais

EDITAL Nº 15, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES BOLSISTAS DO CURSO SUPERIOR BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

EDITAL Nº 15, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES BOLSISTAS DO CURSO SUPERIOR BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA BR 349 - Km 14 Zona Rural - Caixa Postal 34

Leia mais

EDITAL N 03/2015/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESCOBRINDO A LÍNGUA INGLESA

EDITAL N 03/2015/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESCOBRINDO A LÍNGUA INGLESA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Campus Limoeiro do Norte, torna pública a abertura do Edital para seleção de 15 candidatos da comunidade externa e da comunidade interna

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS DIREÇÃO GERAL EDITAL INTERNO Nº01/2015/DG - IFAL CÂMPUS SÃO MIGUEL DOS CAMPOS A Direção Geral

Leia mais

EDITAL COPE/PROME/NUPEX/FAMAZ 2015-2B-ENGENHARIA CIVIL CONCESSÃO DE VAGAS NO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA DE ENSINO (PROME)

EDITAL COPE/PROME/NUPEX/FAMAZ 2015-2B-ENGENHARIA CIVIL CONCESSÃO DE VAGAS NO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA DE ENSINO (PROME) FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZÔNIA - FAMAZ NÚCLEO GESTOR DE PESQUISA E EXTENSÃO NUPEX COORDENADORIA DE PESQUISA - COPE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA DE ENSINO - PROME EDITAL COPE/PROME/NUPEX/FAMAZ

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE EDITAL Nº 22/2016 Proaes DAE PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL BOLSA Pró-Inclusão 2016

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº 13 /2012. De 27 de novembro de 2012.

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº 13 /2012. De 27 de novembro de 2012. GOVERNO DE SERGIPE EDITAL Nº 13 /2012 De 27 de novembro de 2012. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PARA OS CENTROS EXPERIMENTAIS DE ENSINO MÉDIO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das

Leia mais

EDITAL Nº 05/2012 BOLSA DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO ALUNO MONITOR

EDITAL Nº 05/2012 BOLSA DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO ALUNO MONITOR EDITAL Nº 05/2012 BOLSA DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO ALUNO MONITOR O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Campus Petrolina Zona Rural, no uso da competência

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA A Direção Acadêmica torna pública a inscrição para docentes e estudantes da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza FAMETRO,

Leia mais

EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2014/1 PARA INGRESSO EM CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2014/1 PARA INGRESSO EM CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÕNIA CAMPUS VILHENA DEPARTAMENTO DE ENSINO EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1 A Faculdade Unida da Paraíba, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura ASPEC com sede em João Pessoa, PB, torna públicas as regras de funcionamento do sistema de Monitoria no Curso de Graduação,

Leia mais

EDITAL PRGDP Nº 29/2014

EDITAL PRGDP Nº 29/2014 EDITAL PRGDP Nº 29/2014 A PRGDP/UFLA, no uso de suas atribuições, e considerando a Lei nº 11.091, de 12/01/2005, Decreto nº 5.707, de 23/02/2006 e a Resolução CUNI nº 56 de 29/10/2013, torna público que

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM PESQUISA AÇÃO PARA A MELHORIA NA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BÁSICA - FAPEAL /CAPES/ UNEAL

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM PESQUISA AÇÃO PARA A MELHORIA NA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BÁSICA - FAPEAL /CAPES/ UNEAL ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP Fone: (82) 3521-3379. E-mail: propep@uneal.edu.br PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM

Leia mais

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014

EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014 EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014 Dispõe sobre o procedimento de seleção de alunos ao Programa de Monitoria do Curso de Administração da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Contagem e dá outras providências.

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO Capitulo I Do Programa Art.1 O presente regulamento do Programa de Monitoria estabelece as regras para o exercício da monitoria por alunos regularmente matriculados

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação de TUTOR (PRESENCIAL)

Leia mais

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 Universidade Católica de Pelotas Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 O Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais, no Programa de Pós-Graduação em Política Social, seleciona professor para o

Leia mais

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*.

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL Campus Rio Grande REDE ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (e-tec BRASIL) EDITAL Nº 01, DE 13 DE AGOSTO DE 2014

Leia mais

EDITAL Nº 016/2013 DG/IF SUDESTE MG

EDITAL Nº 016/2013 DG/IF SUDESTE MG EDITAL Nº 016/2013 DG/IF SUDESTE MG Dispõe sobre o Processo de Seleção para os encargos de Apoio Acadêmico e Administrativo e para formação de cadastro reserva para atuarem no Programa Bolsa-formação do

Leia mais

Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC

Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS, NA MODALIDADE DOCENTE PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE

Leia mais

EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 2014

EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 2014 EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 14 O SUPERINTENDENTE da Fundação Pró-IFF, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, por tempo determinado,

Leia mais

EDITAL N 014 DE 03 DE JULHO 2015

EDITAL N 014 DE 03 DE JULHO 2015 EDITAL N 014 DE 03 DE JULHO 2015 O DIRETOR-GERAL SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO -, no uso de suas atribuições conferidas pela Portaria nº 228, publicada no DOU de 26 de junho de 2015, torna público

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 04/2015 - CÂMPUS CHAPECÓ CHAMADA PÚBLICA 2015 Edital de Abertura de Vagas para Monitoria de Ensino e Bolsistas para Laboratórios e Serviços Administrativos RETIFICAÇÃO - 1 EXECUÇÃO: ABRIL/2015

Leia mais

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRO-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL

Leia mais

EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal da Integração Latino-

Leia mais

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 Usando as atribuições que lhe confere o regimento

Leia mais

SELEÇÃO PARA PROGRAMA ESPECÍFICO DE ATENÇÃO SECUNDÁRIA DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE

SELEÇÃO PARA PROGRAMA ESPECÍFICO DE ATENÇÃO SECUNDÁRIA DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE SELEÇÃO PARA PROGRAMA ESPECÍFICO DE ATENÇÃO SECUNDÁRIA DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA 05/205 CURSOS SUPERIORES A Diretora-Geral do Campus Alegre do Instituto Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CÂMPUS URUTAÍ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CÂMPUS URUTAÍ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CÂMPUS URUTAÍ EDITAL Nº 03 DE 11 DE JANEIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA TÍTULO I INTRODUÇÃO GERAL Art. 1 - Este regulamento estabelece as atribuições, responsabilidades e normas específicas do Programa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL Nº 018/2012 CAMPUS JIPARANÁ

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA

EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CANDIDATOS PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO DO PARFOR-UEPA A Magnífica Reitora da Universidade do Estado do Pará, no uso de suas atribuições

Leia mais

Edital nº 10 de 22 de maio de 2015.

Edital nº 10 de 22 de maio de 2015. PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS DO O Diretor Geral do Campus São Luís Monte Castelo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, no uso de suas atribuições

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação e formação de

Leia mais

* Serão destinadas 02 (duas) vagas para pessoas com necessidades educacionais especiais, conforme Decreto Nº. 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

* Serão destinadas 02 (duas) vagas para pessoas com necessidades educacionais especiais, conforme Decreto Nº. 3.298, de 20 de dezembro de 1999. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI EDITAL Nº 004, DE 07 DE MAIO DE 2012. Dispõe sobre o Processo Seletivo para ingresso em

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO. EDITAL N 08 /2015 De 07 de maio de 2015

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO. EDITAL N 08 /2015 De 07 de maio de 2015 SEETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PARA OS CENTROS EXPERIMENTAIS DE ENSINO MÉDIO O SEETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Ministério da Educação. Campus Londrina Diretoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Tecnologia na Educação

Ministério da Educação. Campus Londrina Diretoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Tecnologia na Educação EDITAL Nº 01/2014- etec (COTED-LD) A Diretoria de Graduação e Educação Profissional, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica e da Coordenação de Tecnologia na Educação, do da, no uso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 09, DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 09, DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 09, DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016. EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA A COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO - CEAD Nº 009/2013 Seleção Simplificada de Tutores Presenciais modalidade Educação

Leia mais

EDITAL N 03/2016/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESVENDANDO A LÍNGUA INGLESA

EDITAL N 03/2016/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESVENDANDO A LÍNGUA INGLESA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Campus Limoeiro do Norte, torna pública a abertura do edital para seleção de 10 candidatos da comunidade externa e da comunidade interna

Leia mais

PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE

PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE EDITAL SEDU Nº 052/2013 PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE A SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CONVIDA OS ESTUDANTES DOS CURSOS DE LICENCIATURA PLENA CONSTANTES NO ANEXO III DESTE EDITAL A SE INSCREVEREM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS RECIFE DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS RECIFE DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS RECIFE DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO 1 DA APRESENTAÇÃO EDITAL Nº 001/2016 - DPE PROGRAMA

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014.

EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014. EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014. RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR, PROFESSOR ORIENTADOR E SUPERVISOR DE ESTÁGIO PARA O PARFOR/UESPI 2014.1. A Pró-Reitoria

Leia mais

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h.

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE A Direção Geral do Campus de Maracanaú, através da Coordenação Local do Pronatec no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL Nº 002/DEPSI/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 2015 1

EDITAL Nº 002/DEPSI/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 2015 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ACADÊMICA PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA EDITAL Nº 002/DEPSI/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA

Leia mais

EDITAL N 02/2015/COEXT CURSO DE EXTENSÃO PROFICIÊNCIA LEITORA EM INGLÊS

EDITAL N 02/2015/COEXT CURSO DE EXTENSÃO PROFICIÊNCIA LEITORA EM INGLÊS O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Campus Limoeiro do Norte, torna pública a abertura do Edital para seleção de 20 candidatos da comunidade externa e da comunidade interna

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA UNIVERSIDADE DA MATURIDADE DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA UNIVERSIDADE DA MATURIDADE DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA UNIVERSIDADE DA MATURIDADE DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA EDITAL N.º 01/2016, 19 de janeiro de 2016. A Universidade de Brasília torna pública

Leia mais

Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB)

Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB) Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB) Ilma. Srª. Diretora da Faculdade de Políticas Públicas Tancredo Neves / CBH / UEMG

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DO IFMS Campo Grande - MS 2014 PROGRAMA DE MONITORIA DO IFMS Capítulo I DA APRESENTAÇÃO Art. 1º O presente Programa estabelece as finalidades, objetivos, atribuições e normas para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Projeto Monitoria CAp 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Projeto Monitoria CAp 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO Projeto Monitoria CAp 2014 1. Definição O Projeto Monitoria CAp é uma ação institucional que abre mais um espaço de aprendizagem

Leia mais

Programa de Atividades de Monitoria

Programa de Atividades de Monitoria Programa de Atividades de Monitoria CAPÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS DA MONITORIA Art. 1º A atividade de monitoria é desenvolvida por discentes para aprimoramento do processo de ensino e aprendizagem,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITAORIA ACADÊMICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITAORIA ACADÊMICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITAORIA ACADÊMICA CAPÍTULO I - DO OBJETO Art. 1º - O objeto do Regulamento do Programa de Monitoria Acadêmica (PMA) do Curso de Administração consiste em estabelecer critérios

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Serviço Social

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Serviço Social PROCESSO SELETIVO PARA TUTORES A DISTÂNCIA: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Setor de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Serviço Social EDITAL 001/2013 A Universidade Estadual de Ponta Grossa,

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 67, DE 10 DE JULHO DE 2013

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 67, DE 10 DE JULHO DE 2013 O Diretor Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Caxias, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 10/07/2013 a 25/07/2013

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Sistema Universidade Aberta do Brasil UAB Edital Inscrições para o processo seletivo de candidatos para o Curso de Especialização em LOGÍSTICA,

Leia mais

EDITAL Nº 142 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2015 ORIENTAÇÕES PARA MATRÍCULA DOS(AS) CANDIDATOS(AS) APROVADOS(AS) NO EXAME DE SELEÇÃO/VESTIBULAR IFPE 2016

EDITAL Nº 142 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2015 ORIENTAÇÕES PARA MATRÍCULA DOS(AS) CANDIDATOS(AS) APROVADOS(AS) NO EXAME DE SELEÇÃO/VESTIBULAR IFPE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO REITORIA EDITAL Nº 142 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2015 ORIENTAÇÕES PARA MATRÍCULA DOS(AS) CANDIDATOS(AS) APROVADOS(AS)

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU RESOLUÇÃO N.º 507/2007 Publicada no D.O.E. de 08/09-12-2007, pág. 24 Altera a Resolução Nº. 634/04 CONSEPE, que aprova o Regulamento de

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ O Diretor Geral do Campus JI-PARANÁ, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia IFRO, no uso de

Leia mais

EDITAL Nº /2014. 1.3. É vedada a efetivação de mais de uma inscrição em nome do mesmo candidato, em função diferente.

EDITAL Nº /2014. 1.3. É vedada a efetivação de mais de uma inscrição em nome do mesmo candidato, em função diferente. EDITAL Nº /2014 A PREFEITURA MUNICIPAL DE FORTALEZA, através da Secretaria de Esporte e Lazer, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a Lei Municipal nº 053/2007 e o Decreto Municipal

Leia mais

EDITAL Nº 047/2013/CAMPUS GURUPI/IFTO, DE 04 DE OUTUBRO DE 2013.

EDITAL Nº 047/2013/CAMPUS GURUPI/IFTO, DE 04 DE OUTUBRO DE 2013. EDITAL Nº 047/2013//IFTO, DE 04 DE OUTUBRO DE 2013. PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSAS, PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (LATO E STRICTO SENSU), DESTINADO AOS SERVIDORES DO QUADRO PERMANENTE DO -

Leia mais

EDITAL NCDH Nº 08/2013 Processo seletivo simplificado para tutor/a. Apoio ao Curso de Extensão em Educação em Direitos Humanos a Distância

EDITAL NCDH Nº 08/2013 Processo seletivo simplificado para tutor/a. Apoio ao Curso de Extensão em Educação em Direitos Humanos a Distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Rede Nacional de Formação Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica Pública UNIVERSIDADE

Leia mais

EDITAL UNIFEBE nº 18/15

EDITAL UNIFEBE nº 18/15 EDITAL UNIFEBE nº 18/15 O Reitor do Centro Universitário de Brusque -UNIFEBE, no uso de suas atribuições estatutárias, em especial, as constantes no inciso XXI do artigo 22 do Estatuto, por meio da Coordenação

Leia mais

Art. 2º - Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução UnC- CONSEPE 099/2004 e as disposições em contrário.

Art. 2º - Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução UnC- CONSEPE 099/2004 e as disposições em contrário. RESOLUÇÃOUnC-CONSEPE018/209 Aprova Regulamento do Programa de Monitoria, para a Universidade do Contestado UnC O Reitor da Universidade do Contestado, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 25

Leia mais