Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO"

Transcrição

1 Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO O Município de Santa Maria da Feira, no âmbito do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local, doravante designado por (PEPAL), promove treze estágios, nos seguintes termos: 1- Destinatários: São destinatários dos estágios os jovens com idade igual ou inferior a 29 anos (inclusive), que reúnam, cumulativamente, as seguintes condições: 1.1.Estejam à procura do primeiro emprego ou sejam desempregados à procura de novo emprego, que se encontrem numa das seguintes situações: a) Nunca tenham tido registo de remunerações em regimes de proteção social de inscrição obrigatória e não se encontrem inscritos em qualquer sistema de ensino ou formação profissional a tempo inteiro; b) Estejam Inscritos nos serviços de emprego do Instituto de Emprego e da Formação Profissional (IEFP,I.P.), na qualidade de desempregado Que possuam qualificação de nível superior, correspondendo pelo menos, ao grau de licenciatura (nível 6). 2 - Quota de estágios reservados a candidatos portadores de deficiência: são atribuídos dois estágios a candidatos portadores de deficiência, nos termos do Despacho n.º 1402/2015, de Áreas de estágio e formação exigidas Referência estágio Área Número de estagiários pretendidos Habilitação literária exigida 1 Diretor de Cena 1 Gestor de Projeto 2 (fundraising) 1 3 Designer 1 Licenciatura em Teatro: variante/especialidade de Produção e Direção de Cena das artes do espetáculo ou formação superior equivalente; Licenciatura e /ou Mestrado em Economia; Licenciatura e /ou Mestrado em Design, Novas Tecnologias da Comunicação e/ou Multimédia; Licenciatura em Ciência da Comunicação ou Jornalismo nas variantes de Comunicação, Cultura e Artes ou comunicação estratégica; 4 Assessor de Imprensa 1 5 Gestor de Redes Socais 1 Licenciatura em Marketing;

2 Licenciatura em Administração e /ou Administração e /ou Administração Pública 6 Administração Pública 1 Informática 7 (Administração de sistemas) 1 Licenciatura na área de Informática (Administração de sistemas); 8 Arquitetura 2 Mestrado integrado em Arquitetura; Desenho Licenciatura em Arquitetura ou 9 2 Engenharia Civil; 10 Psicologia 1 Licenciatura Psicologia; 11 Gestão 1 Licenciatura em Gestão e Marketing; 4 - Planos de Estágio Dotar os estagiários de competências técnicas nas diversas áreas, que poderão vir a ser uma maisvalia para o mesmo em termos de integração no mercado de trabalho Diretor de Cena: - Qualificar a produção de conteúdos inéditos; - Estimular as novas profissões e empregos criativos no contexto das artes do espetáculo; - Capacitar as estruturas locais de criação e produção artística; - Integrar as associações culturais e criativos locais, através das produções próprias, na oferta cultural dos equipamentos culturais municipais; - Incrementar a relação entre as instituições de formação, a autarquia e a comunidade; - Produzir conhecimento técnico e artístico no contexto da produção e direção de cena; - Favorecer o contacto entre os profissionais do setor público e o setor empresarial; - Gerar diferenciação e valor acrescentado através da produção de conteúdos de programação inéditos com recursos endógenos; Gestor de Projeto: - Incrementar a sustentabilidade das atividades dos equipamentos, eventos, produtos culturais do Município de Santa Maria da Feira; - Promover o desenvolvimento do setor cultural e criativo, dos equipamentos e projetos culturais do Município de Santa Maria da Feira; - Definir objetivos e estratégias enquadradas nas políticas culturais do Município de Santa Maria da Feira; - Identificar e caraterizar as diferentes fontes de financiamento nacionais, comunitárias e internacionais segundo a tipologia dos projetos e organizações culturais; - Identificar e caraterizar os principais programas de financiamento de projetos, organizações e atividades culturais.

3 4.3 - Designer: - Desenvolver o posicionamento da marca, a notoriedade e a visibilidade, dos equipamentos, eventos, produtos e oferta cultural do Município; - Criar e executar conteúdos gráficos e multimédia para a promoção dos equipamentos e das atividades culturais; - Produzir portfolios que possibilitem o acesso à informação detalhada das produções próprias a eventuais compradores de espetáculos ou interessados no acolhimento da sua itinerância, caso esta ocorra; - Desenvolver a diferenciação dos acessórios de comunicação e conteúdos multimédia dos produtos e equipamentos culturais; - Promover a captação de públicos para um espetáculo ou a uma exposição, de acordo com a lotação do espaço e do tipo de projeto; - Desenvolver a promoção de projetos e equipamentos culturais reconhecidos pelo público; Assessor de Imprensa: - Desenvolver o posicionamento da marca, a notoriedade e a visibilidade, dos equipamentos, eventos, produtos e oferta cultural do Município; - Elaborar um Plano de Comunicação especializado na área da Cultura e Artes; - Promover a normalização dos processos de comunicação com o exterior e elaboração dos dossiers de imprensa das produções inéditas; - Produzir portfolios que possibilitem o acesso à informação detalhada das produções próprias a eventuais compradores de espetáculos ou interessados no acolhimento da sua itinerância, caso esta ocorra; - Desenvolver a diferenciação na comunicação dos produtos e equipamentos culturais através de dossiers de imprensa, conferências de imprensa e press releases especializados; - Promover a captação de públicos para um espetáculo ou a uma exposição, de acordo com a lotação do espaço e do tipo de projeto; - Desenvolver a promoção de projetos e equipamentos culturais reconhecidos junto do público; Gestor de Redes Sociais: - Desenvolver o posicionamento da marca, a notoriedade e a visibilidade, dos equipamentos, eventos, produtos e oferta cultural e turística do Município; - Promover a humanização da marca Santa Maria da Feira; - Promover a identificação e segmentação de um público-alvo e de tendências no setor cultural e turístico;

4 - Garantir a presença em diversos canais de comunicação com uma estratégia de comunicação proactiva e diferenciadora; - Promover a captação de públicos para um espetáculo, ação do serviço educativo, a uma exposição ou a qualquer outro evento cultural ou turístico; - Desenvolver a promoção de projetos e equipamentos culturais e turísticos junto do público; - Monitorizar o buzz do mercado da concorrência; - Articular a missão dos equipamentos com os interesses da comunidade; - Identificar potenciais embaixadores da Marca Brand Envagelists ; - Criar relações entre os equipamentos, produtos e serviços e os utilizadores / consumidores Administração e/ou Administração Pública ou Gestão: - Assegurar a Gestão de meios e Inventário dos serviços; - Organizar Mapas de Manutenção de Equipamentos Municipais; - Monotonizar a informação pública; - Promover a melhor organização administrativa dos serviços Especialista de Informática: - Garantir a alta disponibilidade das ferramentas de modo a promover a existência de todas as condições informáticas de suporte aos projetos de dinamização Económica e Apoio Social no Concelho Arquitetura: - Elaborar peças gráficas de projeto (desenho/autocad); - Elaborar simulações 3D; - Apoiar na elaboração de documentos técnicos: memórias descritivas, cadernos de encargos, processos e licenciamento Desenhador: - Elaborar peças gráficas de projeto (desenho/autocad); - Elaborar simulações 3D; - Apoiar na elaboração de documentos técnicos: memórias descritivas, cadernos de encargos, processos e licenciamento Psicologia: - Aumentar a articulação entre o mundo da educação/formação e o mercado de trabalho. - Incentivar a ligação Empresa/ escolas. - Aumentar as dinâmicas de fomento na aprendizagem ao longo da vida.

5 - Criar e implementar medidas de apoio à formação profissional no local de trabalho/estágios em áreas com potencial crescimento. - Aumentar as qualificações e competências dos trabalhadores. - Criar e desenvolver instrumentos para apoiar programas de incentivo à inovação, mudança e competitividade. - Estimular o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores, transferência de tecnologia com vista a promover a especialização inteligente Gestão e Marketing: - Assegurar a Gestão de meios e Inventário dos serviços; - Organizar Mapas de Manutenção de Equipamentos Municipais; - Dinamizar Página no sítio; - Monotonizar a informação pública. - Promover a melhor organização administrativa dos serviços. 5 - Duração do estágio 12 meses, não prorrogável. 6 - Remuneração Ao estagiário é concedida, por cada um dos meses de duração do estágio, uma bolsa de estágio de montante correspondente a 1,65 vezes o indexante de apoios sociais (IAS), sendo que o valor do IAS é de 419,22. a) Outras condições oferecidas Subsídio de refeição e seguro que cubra os riscos de eventualidades que ocorram durante o estágio. 7 - Local dos Estágios Os estágios decorrem nos serviços do Município de Santa Maria da Feira. 8 - Formalização de candidatura As candidaturas deverão ser dirigidas ao Sr. Presidente da Câmara, Dr. Emidio Sousa, e apresentadas nos serviços de atendimento, sito no Edifício dos Paços do Concelho, ou remetidas através de correio registado com aviso de receção, ao Município de Santa Maria da Feira, mediante o preenchimento de formulário disponível na página eletrónica Ao qual deverá anexar-se toda a documentação exigida e referida na alínea a) Documentos a apresentar. As candidaturas deverão referir expressamente a referência de estágio a que se candidata, não sendo consideradas as candidaturas que não identifiquem corretamente esta referência.

6 No caso de se candidatar a mais de que uma área de estágio, deverá proceder à formalização de uma candidatura para cada um dos mesmos. a) Documentos a apresentar Com o formulário de candidatura, deverão ser apresentados os seguintes documentos, sob pena de exclusão: 1) Fotocópia legível do bilhete de identidade, do número identificação fiscal ou cartão do cidadão; 2) Cópia de documento comprovativo de morada; 3) Declaração da Segurança Social da qual consta o registo de remunerações ou a não existência do mesmo; 4) Fotocópia legível do documento comprovativo das habilitações literárias onde conste a respetiva classificação; 5) Fotocópia legível dos documentos comprovativos das ações de formação frequentadas e ministradas de onde conste a data de realização e duração das mesmas; 6) Curriculum atualizado, datado e assinado. 7) Fotocópia legível de comprovativo da incapacidade igual ou superior a 60% (apenas no caso dos candidatos que assinalaram pretender beneficiar do regime previsto na lei). 9 - Prazo de candidaturas As candidaturas podem ser apresentadas durante o prazo de 8 (oito) dias úteis a contar da data de publicitação do respetivo aviso de abertura Procedimento de seleção O recrutamento e a seleção dos candidatos será efetuado, nos termos do artigo 8º do Decreto-Lei 166/2014, de 6 de novembro e artigo 7 da Portaria 254/2014, de 9 de dezembro, pelo Júri nomeado por despacho do Sr. Presidente da Câmara, para cada uma das áreas de estágio, o qual definiu os seguintes métodos de seleção: Avaliação curricular, com ponderação de 40% Entrevista profissional de seleção, com ponderação de 60% Valoração dos métodos de seleção a) Avaliação curricular Será expressa numa escala de 0 a 20 valores com a valoração até as centésimas, de acordo com a fórmula a seguir indicada. A ponderação para a valoração final será de 40%. AC = 2HA+ 3CFO + 3FP + 2EP 10 Sendo que:

7 AC = avaliação curricular HA = habilitações académicas CFO = classificação final obtida FP = Formação profissional EP = Experiência profissional 1. Habilitações académicas (HA) Habilitações Académicas de grau exigido à data de candidatura 15 valores; Mestrado em estreita relação com a área de estágio a que se candidata - 18 valores; Doutoramento em estreita relação com a área de estágio a que se candidata - 20 valores; 2. Classificação Final Obtida (CFO) Será ainda considerada a classificação final obtida na licenciatura/mestrado que habilita o candidato para o estágio. 3. Formação Profissional (FP) - apenas será considerada a formação profissional que respeite as áreas de formação e aperfeiçoamento profissional relacionadas com a área de estágio. Este parâmetro será avaliado até ao máximo de 20 valores, da seguinte forma: - Sem ações de formação frequentadas ou não relacionadas com a área 8 valores; - Por cada ação de formação de duração < a 35 horas acresce 1 valor por cada ação; - Por cada ação de formação de duração > a 35 horas acresce 2 valores por cada ação. Apenas serão consideradas ações comprovadas por certificados ou diplomas que indiquem expressamente o número de horas ou de dias de duração da ação. Sempre que do respetivo certificado não conste o número de horas de duração da ação, considerar-se-á cada dia de formação como equivalente a sete horas e cada semana a cinco dias. 4. Experiência Profissional (EP) - pretende-se determinar a qualificação dos candidatos para os estágios em causa, ou seja, o grau de adequação entre as funções/atividades já exercidas pelo candidato e a área do estágio. Apenas será contabilizado como tempo de experiência profissional o correspondente ao desenvolvimento em funções inerentes à área de estágio, que se encontre devidamente comprovado: - Experiência inferior a 1 ano 10 valores; - Experiência igual a 1 ano e inferior a 2 anos 15 valores; - Experiência superior a 2 anos - 20 valores. Os candidatos que obtenham uma valoração inferior a 9,5 valores, no método de seleção Avaliação Curricular, consideram-se excluídos do procedimento, não lhes sendo aplicado o método seguinte.

8 b) Entrevista profissional de seleção Terá aproximadamente uma duração de 20 minutos da qual será elaborada uma ficha individual contendo o resumo dos temas abordados, os parâmetros de avaliação e a classificação obtida em cada um deles, devidamente fundamentada. Os parâmetros de avaliação da entrevista profissional de seleção incidirão sobre os seguintes itens: conhecimento das funções para o exercício da atividade; experiência; motivação; perfil pessoal e cultural. A entrevista profissional de seleção será avaliada segundo os níveis classificativos de Elevado, Bom Suficiente, Reduzido e Insuficiente, aos quais correspondem, respetivamente, as classificações de 20, 16, 12, 8 e 4 valores. O resultado final é obtido através da média aritmética simples das classificações dos parâmetros avaliar, a ponderação para a valoração final será de 60%. Em caso de igualdade na lista de ordenação final dos candidatos, dar-se-á preferência aos candidatos residentes no concelho de Santa Maria da Feira. Será considerado excluído do procedimento o candidato que tenha obtido uma valoração inferior a 9,50 valores em qualquer um dos métodos de seleção ou falte à sua realização Júris: Refª 1, 2, 3, 4 e 5 António Gil Alves Ferreira, Vereador do Pelouro da Cultura, Turismo, Bibliotecas e Museus, Etelvina Maria Mendonça Araújo, Chefe Divisão Bibliotecas e Arquivo e Maria Nazaré Ferreira Martins, Chefe Divisão Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional; Refª 6 Vitor Carlos Latourrette Marques, Vereador do Pelouro de Obras Municipais, Proteção Civil, Ambiente e Saúde, Maria Nazaré Ferreira Martins, Chefe Divisão Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional e Isabel Maria Silva Sousa Lopes, Chefe Gabinete Gestão de Frotas e Equipamentos; Refª 7 Helena Maria Sá Portela, Vereadora do Pelouro de Administração e Finanças, Paulo Jorge Anes Andrade Silva, Chefe Divisão Sistemas Informação e Maria Nazaré Ferreira Martins, Chefe Divisão Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional; Refª 8 e 9 José Manuel Silva Oliveira, Vereador do pelouro de Planeamento, Urbanismo e Transportes, Pedro Nuno Castro Silva, Diretor Departamento planeamento e Urbanismo e Nuno Filipe Tavares Pinheiro, Chefe Divisão Planeamento. Refª 10 Cristina Manuela Cardoso Tenreiro, Vereadora do pelouro da Educação, Desporto e Juventude, Andreia Daniela Coelho santos, Chefe Divisão Educação e Teresa Joana Pinho Ferreira, Técnica Superior. Refª 11 - Vitor Carlos Latourrette Marques, Vereador do Pelouro de Obras Municipais, Proteção Civil, Ambiente e Saúde, Maria Nazaré Ferreira Martins, Chefe Divisão Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional e Filipe Miguel Milheiro Leite Pinto, Técnico Superior.

9 12 - Legislação aplicável Decreto-Lei 166/2014, de 6 de novembro, Portarias 254/2014, de 9 de dezembro, 256/2014, de 10 de dezembro e 265/2014, de 17 de dezembro Notificações dos candidatos em cada uma das fases do procedimento Todas as notificações serão efetuadas para o endereço de correio eletrónico indicado no curriculum vitae e através da página eletrónica do município de Santa Maria da Feira: (separador avisos) Informação adicional: Os presentes procedimentos de seleção são considerados urgentes, pelo que não haverá lugar a audiência dos interessados. Paços do Município de Santa Maria da Feira, 12 de março de 2015 (Emidio Sousa, Dr.)

1 - Destinatários: Apenas serão financiados os estágios em que os jovens cumpram os seguintes requisitos:

1 - Destinatários: Apenas serão financiados os estágios em que os jovens cumpram os seguintes requisitos: Programa de Estágios Profissionais na Administração Local Aviso Nos termos do nº do art.º 6º do D.L. nº 66/204, de 06 de novembro, conjugado com o art.º 3º da Portaria 254/204, de 9 de dezembro, torna-se

Leia mais

MUNICÍPIO DE IDANHA-A-NOVA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE IDANHA-A-NOVA Câmara Municipal ASO PEPAL - PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL Eng.º ARMINDO MOREIRA PALMA JACINTO, Presidente da de Idanhaa-Nova, torna público, nos termos e para os efeitos do n.º do artigo 6.º

Leia mais

AVISO Nº1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL (PEPAL- 5ª EDIÇÃO)

AVISO Nº1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL (PEPAL- 5ª EDIÇÃO) AVISO Nº1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL (PEPAL- 5ª EDIÇÃO) 1. ENTIDADE PROMOTORA Designação: Câmara Municipal de Barrancos Morada: Praça do Município nº2, 7230-030 Barrancos

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Código da Oferta: OE201507/0294 Tipo Oferta: Procedimento Concursal para Cargos de Direção Estado: Activa Nível Orgânico: Câmaras Municipais Organismo Câmara Municipal de Matosinhos

Leia mais

AVISO 1/2015 Oferta de estágios

AVISO 1/2015 Oferta de estágios AVISO 1/2015 Oferta de estágios O Município de Lousada promove estágios no âmbito do Programa Estágios Profissionais na Administração Local (PEPAL), com as seguintes características: 1 - Destinatários:

Leia mais

Aviso OFERTA DE ESTÁGIOS

Aviso OFERTA DE ESTÁGIOS Aviso OFERTA DE ESTÁGIOS Estão abertas candidaturas para a realização de estágios no Município da Batalha, no âmbito da 5ª Edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local (PEPAL), nos

Leia mais

Referência E) - 1 Posto de Trabalho para a carreira e categoria de Técnico Superior (Planeamento Regional e Urbano); Referência F) - 1 Posto de

Referência E) - 1 Posto de Trabalho para a carreira e categoria de Técnico Superior (Planeamento Regional e Urbano); Referência F) - 1 Posto de A V I S O Procedimento concursal comum para constituição de relação jurídica de emprego público por tempo determinado contrato de trabalho em funções públicas por tempo determinado para ocupação de seis

Leia mais

3 - Local de trabalho Jardim de Infância de Salsas, Concelho de Bragança - Departamento de Educação Social e Cultural, do Município de Bragança.

3 - Local de trabalho Jardim de Infância de Salsas, Concelho de Bragança - Departamento de Educação Social e Cultural, do Município de Bragança. Publique-se no Diário da Republica, O Presidente da Câmara AVISO N.º 9/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATACÃO EM REGIME DE CONTRATO DE TRABALHO EM FUNCÕES PÚBLICAS POR TEMPO DETERMINADO/ TERMO

Leia mais

Município de Estarreja Aviso

Município de Estarreja Aviso Município de Estarreja Aviso Procedimento concursal comum para constituição de relação jurídica de emprego em contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, para preenchimento de dez

Leia mais

possuam vínculo de emprego público, informam prévia e obrigatoriamente a entidade empregadora pública do posto de trabalho que ocupam e da posição

possuam vínculo de emprego público, informam prévia e obrigatoriamente a entidade empregadora pública do posto de trabalho que ocupam e da posição Aviso n.º 13105/2014. DR II Série n.º 228 de 25 de novembro e no Jornal Correio da Manhã Texto Publicado em Jornal Oficial: Aviso Abertura de procedimentos concursais comuns para constituição de relação

Leia mais

AVISO Nº 46/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATAÇÃO

AVISO Nº 46/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATAÇÃO Câmara Municipal Núcleo de Recrutamento e Selecção AVISO Nº 46/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATAÇÃO DE UM TÉCNICO SUPERIOR ESPECIALISTA DE INFORMÁTICA, EM REGIME DE CONTRATO INDIVIDUAL DE

Leia mais

Título: Regime jurídico do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local

Título: Regime jurídico do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local Título: Regime jurídico do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local Autor: Eurico Santos, Advogado Correio eletrónico do Autor: euricosantos@sapo.pt N.º de Páginas: 15 páginas Formato:

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Caracterização da Oferta Requisitos de Admissão Código da Oferta: OE201511/0119 Tipo Oferta: Procedimento Concursal Comum Estado: Activa Nível Orgânico: Ministério da Educação

Leia mais

Publique-se no Diário da Republica, O Presidente da Câmara AVISO N.º 11/2011

Publique-se no Diário da Republica, O Presidente da Câmara AVISO N.º 11/2011 Publique-se no Diário da Republica, O Presidente da Câmara AVISO N.º 11/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATACÃO EM REGIME DE CONTRATO DE TRABALHO EM FUNCÕES PÚBLICAS POR TEMPO DETERMINAVEL/TERMO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 157/2015 de 11 de Novembro de 2015

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 157/2015 de 11 de Novembro de 2015 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 157/2015 de 11 de Novembro de 2015 Considerando que na Região Autónoma dos Açores, à semelhança do País, regista-se um elevado número de jovens

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Diário da República, 1.ª série N.º 55 19 de Março de 2010 889 Unidas. Deberá notificar a la otra parte la conclusión de este procedimiento de registro y comunicarle el número de registro atribuido. Hecho

Leia mais

5.ª EDIÇÃO DO PEPAL REGRAS E ORIENTAÇÕES

5.ª EDIÇÃO DO PEPAL REGRAS E ORIENTAÇÕES 5.ª EDIÇÃO DO PEPAL REGRAS E ORIENTAÇÕES Índice 1. ENQUADRAMENTO LEGAL... 3 2. OBJECTIVOS... 3 3. ENTIDADES PROMOTORAS... 3 4. PRÉ-CANDIDATURA DAS ENTIDADES PROMOTORAS... 4 5. LOCAL DA REALIZAÇÃO DOS ESTÁGIOS...

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO AVISO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO AVISO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO AVISO 1. Nos termos da alínea g) do nº 1 do artigo 21 da Lei nº 3/2004 de 15 de Janeiro, do artigo 20º e do nº 2 do artigo 21º da Lei nº 2/2004, de 15 de Janeiro, com

Leia mais

Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior

Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior DESPACHO CONJUNTO Ministro de Estado, das Actividades Económicas e do Trabalho, Ministro de Estado e da Presidência e Ministra Ciência e Ensino Superior Considerando a Decisão da Comissão nº C (2004) 5735,

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTALEGRE

MUNICÍPIO DE MONTALEGRE Procedimento concursal comum para a ocupação de diversos postos de trabalho em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado No uso da competência conferida pelo artigo 68º

Leia mais

AVISO n.º 10470/2015

AVISO n.º 10470/2015 AVISO n.º 10470/2015 1 Em conformidade com o disposto no Decreto-Lei n.º 124/99, de 20 de abril, em especial nos artigos 10.º, 15.ºe 24.º, faz-se público que, por despacho do Reitor da Universidade de

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Código da Oferta: OE201507/0293 Tipo Oferta: Procedimento Concursal para Cargos de Direção Estado: Activa Nível Orgânico: Câmaras Municipais Organismo Câmara Municipal de Matosinhos

Leia mais

Projeto do Regulamento Orgânico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Projeto do Regulamento Orgânico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Projeto do Regulamento Orgânico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições gerais Art.º 1.º Habilitação O Regulamento Orgânico da FCUL assenta nos preceitos da legislação

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO Concurso interno de acesso geral para a categoria de especialista de informática de grau 2, nível 1 da carreira de especialista de informática,

Leia mais

Acta n.º 2. ---------- 2.1 Avaliação curricular e prova de conhecimentos 60% ----------------------

Acta n.º 2. ---------- 2.1 Avaliação curricular e prova de conhecimentos 60% ---------------------- Acta n.º 2 -------- Aos Vinte e Um dias do Mês de Abril do Ano de Dois Mil e Dez, pelas Dez horas, reuniu, nos Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viseu, o Júri do procedimento concursal para

Leia mais

Regulamento. do Mestrado em Gestão Ambiental

Regulamento. do Mestrado em Gestão Ambiental Regulamento do Mestrado em Gestão Ambiental Artigo 1º O Instituto Superior Dom Afonso III (INUAF), concede o grau de Mestre em Gestão Ambiental. Artigo 2º Objectivos Gerais O curso de Mestrado em Gestão

Leia mais

( DR N.º 191, Série I 2 Outubro 2008 2 Outubro 2008 )

( DR N.º 191, Série I 2 Outubro 2008 2 Outubro 2008 ) LEGISLAÇÃO Portaria n.º 1103/2008, de 2 de Outubro, Estabelece o regime de concessão dos apoios técnicos e financeiros das medidas INOV-JOVEM, INOV Contacto, INOV Vasco da Gama, INOV-ART e INOV Mundus

Leia mais

GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES Decreto Regulamentar Regional n.º 20/2014/A de 23 de Setembro de 2014

GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES Decreto Regulamentar Regional n.º 20/2014/A de 23 de Setembro de 2014 GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES Decreto Regulamentar Regional n.º 20/2014/A de 23 de Setembro de 2014 Subsistema de Incentivos para o Desenvolvimento Local Na prossecução da política de crescimento, de emprego

Leia mais

Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC)

Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC) Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC) Impulso Jovem Aviso de Abertura de Convite Público para Apresentação de Candidaturas Sistema de Apoio

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONCHIQUE CÂMARA MUNICIPAL. Acta n.º 1

MUNICÍPIO DE MONCHIQUE CÂMARA MUNICIPAL. Acta n.º 1 Acta n.º 1 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÕES JURÍDICAS DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO TENDO EM VISTA O PREENCHIMENTO DE POSTOS DE TRABALHO NA CARREIRA DE ASSISTENTE

Leia mais

Recrutamento de um técnico superior jurista para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015. Regulamento do Concurso

Recrutamento de um técnico superior jurista para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015. Regulamento do Concurso Recrutamento de um técnico superior jurista para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015 Regulamento do Concurso 1 A AMT pretende recrutar um técnico superior jurista para o desempenho

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Caracterização da Oferta Requisitos de Admissão Código da Oferta: OE201510/0371 Tipo Oferta: Concurso Externo Estado: Activa Nível Orgânico: Ministério da Saúde Orgão / Serviço:

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016

Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016 FICHA TÉCNICA INOVAR 2020 Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016 Introdução O INOVAR 2020, Sistema de Incentivos

Leia mais

JORNAL OFICIAL Terça-feira, 9 de julho de 2013

JORNAL OFICIAL Terça-feira, 9 de julho de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 9 de julho de 2013 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DO PLANO E FINANÇAS E DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS Despacho conjunto n.º 50/2013 Requalificação

Leia mais

Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.)

Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) Regulamento dos Estágios de Formação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) É atribuição do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P. (INSA, I. P.) no sector da

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 7 de outubro de 2015. Série. Número 154

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 7 de outubro de 2015. Série. Número 154 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 7 de outubro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS Portaria n.º 184/2015 Cria e regula o funcionamento

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 41 1 de Março de 2010 575. Artigo 25.º. Artigo 20.º

Diário da República, 1.ª série N.º 41 1 de Março de 2010 575. Artigo 25.º. Artigo 20.º Diário da República, 1.ª série N.º 41 1 de Março de 2010 575 Artigo 20.º Oferta formativa e monitorização 1 A oferta formativa destinada aos activos desempregados é assegurada através de cursos de educação

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 31 de julho de 2015. Série. Número 138

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 31 de julho de 2015. Série. Número 138 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 31 de julho de 2015 Série Suplemento Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA MADEIRA Aviso n.º 206/2015 Lista final dos candidatos admitidos e excluídos

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Doutoramento (M/F)

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Doutoramento (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Doutoramento (M/F) 1. IDENTIFICAÇÃO DAS BOLSAS A CONCURSO O Programa de Doutoramento NeurULisboa- Integrative Neuroscience, abre concurso para a atribuição de 6 Bolsas

Leia mais

Regulamento Interno. Conselho Local de Ação Social da. Rede Social do Seixal

Regulamento Interno. Conselho Local de Ação Social da. Rede Social do Seixal Regulamento Interno do Conselho Local de Ação Social da Rede Social do Seixal PREÂMBULO A Rede Social, criada pela Resolução do Conselho de Ministros (RCM) n.º 197/97, de 18 de novembro e, posteriormente,

Leia mais

Empreendedorismo Negócios

Empreendedorismo Negócios CONCURSO DE IDEIAS Empreendedorismo Negócios Enquadramento O Concurso de Ideias apresenta como objetivo desenvolver o espírito empreendedor da população em geral, contribuindo desta forma para a promoção

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Psicologia e Educação

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Psicologia e Educação UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Psicologia e Educação REGULAMENTO DO MESTRADO EM SUPERVISÃO PEDAGÓGICA (2º CICLO) Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através do Departamento

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Administração e Política Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 104/2015 de 15 de Julho de 2015

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 104/2015 de 15 de Julho de 2015 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 104/2015 de 15 de Julho de 2015 Considerando que um dos objetivos do Programa do XI Governo Regional assenta no fomento de medidas de apoio ao

Leia mais

1 Bolsa de Investigação

1 Bolsa de Investigação 1 Bolsa de Investigação Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação no âmbito do projeto de Investigação, intitulado Mapa da Habitação: Reflexão crítica sobre a arquitetura

Leia mais

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão)

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão) Regulamento Interno O presente regulamento aplica-se a todos os Cursos de formação concebidos, organizados e desenvolvidos pelo Nucaminho - Núcleo dos Camionistas do Minho, com o objetivo de promover o

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Formação de Professores Tema: Educação Especial 16 17 Edição Instituto de Educação da

Leia mais

Mestrado Integrado em Medicina

Mestrado Integrado em Medicina Ao abrigo do disposto na alínea a) do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, com a redação dada pelo Decreto-Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, e no exercício da competência conferida pela

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições Gerais

CAPÍTULO I Disposições Gerais PROPOSTA DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE ATRIBUIÇÃO DE APOIOS A PESSOAS COLETIVAS E/OU SINGULARES COM ATUAÇÃO RECREATIVA, CULTURAL, DESPORTIVA, SOCIAL OU DE OUTRA NATUREZA Preâmbulo A Constituição da República

Leia mais

AVISO DE OFERTA PÚBLICA DE TRABALHO PARA SUPRIMENTO DE NECESSIDADES TRANSITÓRIAS PARA O ANO ESCOLAR 2010-2011 (M/F)

AVISO DE OFERTA PÚBLICA DE TRABALHO PARA SUPRIMENTO DE NECESSIDADES TRANSITÓRIAS PARA O ANO ESCOLAR 2010-2011 (M/F) AVISO DE OFERTA PÚBLICA DE TRABALHO PARA SUPRIMENTO DE NECESSIDADES TRANSITÓRIAS PARA O ANO ESCOLAR 2010-2011 (M/F) Dá-se conhecimento que, pelo prazo de 3 (três) dias úteis, contados a partir do dia 20

Leia mais

Edital Concurso Professor Associado

Edital Concurso Professor Associado Para publicação na Página da UAb Edital Concurso Professor Associado Por despacho de treze de Julho de dois mil e onze do Reitor da Universidade Aberta, pela competência conferida pela alínea a) do n.º

Leia mais

Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo

Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo Regulamento de Apoio ao Movimento Associativo As associações são a expressão do dinamismo e interesse das populações que entusiasticamente se dedicam e disponibilizam em prol da causa pública. As associações

Leia mais

Empreender no Feminino Projecto IDEIA Empreendedorismo e Gestão Empresarial

Empreender no Feminino Projecto IDEIA Empreendedorismo e Gestão Empresarial O projecto Empreender no Feminino resulta de uma candidatura apresentada pela AEP Associação Empresarial de Portugal à Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género na Tipologia de Intervenção 7.6 Apoio

Leia mais

MEDIDAS DE APOIO À CONTRATAÇÃO

MEDIDAS DE APOIO À CONTRATAÇÃO Medida Estímulo 2013 CONTACTOS: Porto Gold Finance, Lda. Tel/Fax: 22 986 24 00 e-mail: comercial@pgf.pt MEDIDAS DE APOIO À CONTRATAÇÃO Se pretende dinamizar o seu negócio não perca esta oportunidade. Sem

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL.

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL. INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL Edição 2015-2017 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005, de pelo 22 de Fevereiro,

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 242 11 de dezembro de 2015 36031

Diário da República, 2.ª série N.º 242 11 de dezembro de 2015 36031 Diário da República, 2.ª série N.º 242 11 de dezembro de 2015 36031 os candidatos que tenham obtido uma valoração inferior a 9,5 valores num dos métodos ou fases, não lhe sendo aplicado o método ou fase

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Mestrados do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver programas

Leia mais

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal ACTA DA 2.ª REUNIÃO DO JÚRI DO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE 1 TÉCNICO SUPERIOR, LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO (REF.A), EM REGIME DE CONTRATO DE

Leia mais

Atribuição de Bolsas de Estudo aos Alunos do Ensino Superior. Preâmbulo

Atribuição de Bolsas de Estudo aos Alunos do Ensino Superior. Preâmbulo Regulamento Municipal de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Alunos do Ensino Superior Preâmbulo O desenvolvimento das sociedades democráticas exige cada vez mais políticas educativas que promovam uma efectiva

Leia mais

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração:

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração: EngIQ Programa de Doutoramento em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química Uma colaboração: Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação (AIPQR) Universidade de Aveiro Universidade

Leia mais

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada Com o apoio de Programação e Gestão Cultural EAB Escola de Estudos Avançados das Beiras Programação Instalações da EAB, Edifício Expobeiras, Parque Industrial de Coimbrões, Viseu Contacto Ana Henriques

Leia mais

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO. Artigo 1.º Coordenador de Curso

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO. Artigo 1.º Coordenador de Curso REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO Artigo 1.º Coordenador de Curso 1. A coordenação pedagógica e científica de um curso de formação não graduada cabe, em regra, a um docente

Leia mais

Mapa de Pessoal do Município de Guimarães - 2015

Mapa de Pessoal do Município de Guimarães - 2015 Mapa de Pessoal do Município de Guimarães - 15 Justificação da necessidade/atividade a desenvolver em 15 Efetivos 1 16 1 7 6 Proc.Con.Dec Técnico Superior: Instalação do serviço de gestão de informação

Leia mais

AVISO CONCURSO PARA BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

AVISO CONCURSO PARA BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVISO CONCURSO PARA BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma bolsa de gestão de ciência e tecnologia no âmbito do CIDEEFF Centro de Investigação em Direito

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-2014) EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo

Leia mais

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Lucinda Maria Correia Lucas dos Santos Lopes Data de Nascimento: 20.07.1963 2. HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO (Aprovado na 6ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal realizada em 18 de Março de 2003, na 2ª Sessão Extraordinária de Assembleia Municipal, realizada

Leia mais

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DATA: Segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 NÚMERO: 252 SÉRIE I, 4º SUPLEMENTO EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DIPLOMA: Portaria n.º 432-B/2012 SUMÁRIO:

Leia mais

Prémio Inovação Valorpneu 2014. Regulamento. Índice

Prémio Inovação Valorpneu 2014. Regulamento. Índice Regulamento Prémio Inovação Valorpneu 2014 Índice Artigo 1º... 2 Denominação... 2 Artigo 2º... 2 Objetivos... 2 Artigo 3º... 2 Âmbito... 2 Artigo 4º... 2 Destinatários... 2 Artigo 5º... 3 Prémios a atribuir...

Leia mais

Artigo 1.º Criação. Artigo 2.º Âmbito de aplicação. Artigo 3.º Objetivos do curso. Artigo 4º Regras sobre a admissão no ciclo de estudos

Artigo 1.º Criação. Artigo 2.º Âmbito de aplicação. Artigo 3.º Objetivos do curso. Artigo 4º Regras sobre a admissão no ciclo de estudos UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Ciências do Desporto REGULAMENTO DO MESTRADO EM CIÊNCIAS DO DESPORTO (2º CICLO) Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através do Departamento

Leia mais

Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho

Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho Decreto-Lei nº 24/2007 De 30 de Julho A estratégia de desenvolvimento sustentável e harmonioso do país, tendo por paradigma a melhoria contínua das condições de vida dos cabo-verdianos, só pode ser bem

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO Anúncio para convite à apresentação de currículos para constituição de uma base de recrutamento 1 com vista à contratação de monitores de investigação a tempo parcial,

Leia mais

Direcção Geral da Administração Pública. Processo de Selecção da 7ª Edição do Programa de Estágios Profissional na Administração Pública

Direcção Geral da Administração Pública. Processo de Selecção da 7ª Edição do Programa de Estágios Profissional na Administração Pública Direcção Geral da Administração Pública Processo de Selecção da 7ª Edição do Programa de Estágios Profissional na Administração Pública 1. Destinatários O Programa de Estágios Profissionais na Administração

Leia mais

ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO

ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO ATA Nº1 DA REUNIÃO DO JÚRI DEFINIÇÃO DE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, PONDERAÇÕES E CLASSIFICAÇÃO Aos 12 dias do mês de Agosto de dois mil e quinze, reuniu na Câmara Municipal de Mora, o júri do procedimento concursal

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA RECRUTAMENTO TÉCNICO SUPERIOR

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA RECRUTAMENTO TÉCNICO SUPERIOR 1 AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA RECRUTAMENTO TÉCNICO SUPERIOR CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO SUPERIOR Procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 1 posto de trabalho em regime de contrato de trabalho

Leia mais

Regulamento Municipal para a Concessão de Apoios ao Associativismo. Preâmbulo

Regulamento Municipal para a Concessão de Apoios ao Associativismo. Preâmbulo MUNICIPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ Regulamento Dr. Francisco Rodrigues de Araújo, Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez: Faz público que a Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez, na sua sessão

Leia mais

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE. Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas PARTE C. Terça-feira, 17 de Agosto de 2010 Número 159

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE. Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas PARTE C. Terça-feira, 17 de Agosto de 2010 Número 159 II SÉRIE DIÁRIO DA REPÚBLICA Terça-feira, 17 de Agosto de 2010 Número 159 ÍNDICE SUPLEMENTO PARTE C Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas Autoridade de Gestão do PRODER: Aviso

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal Divisão Jurídica e Administrativa (DIJA) DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 19 DE ABRIL DE 2016 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão de Desenvolvimento Social Epígrafe 9.2.

Leia mais

Contributo do CENTRO 2020 para a COMPETITIVIDADE e INTERNACIONALIZAÇÃO das PME. Ana Abrunhosa - Presidente CCDRC

Contributo do CENTRO 2020 para a COMPETITIVIDADE e INTERNACIONALIZAÇÃO das PME. Ana Abrunhosa - Presidente CCDRC Contributo do CENTRO 2020 para a COMPETITIVIDADE e INTERNACIONALIZAÇÃO das PME Ana Abrunhosa - Presidente CCDRC O PO Regional Centro 2014-2020 por EIXOS 9,79% 2,48% Eixo 9 Reforçar a rede urbana Eixo 8

Leia mais

TEXTO ATUALIZADO. Artigo 1.º Objeto

TEXTO ATUALIZADO. Artigo 1.º Objeto Diploma: Portaria n.º 204-B/2013, de 18 de junho Sumário: Cria a medida Estágios Emprego Alterações: Portaria n.º 375/2013, de 27 de dezembro, altera o artigo 3.º e as alíneas a), b) e c) do n.º 1 do artigo

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Caracterização da Oferta Código da Oferta: OE201503/0098 Tipo Oferta: Procedimento Concursal Comum Estado: Activa Nível Orgânico: Ministério da Educação e Ciência Orgão / Serviço:

Leia mais

3 Anos de AD de pelo menos normal 2004 2001 2002 2003 2005 2002 2003 2004 2006 2003 2004 2005

3 Anos de AD de pelo menos normal 2004 2001 2002 2003 2005 2002 2003 2004 2006 2003 2004 2005 ASSUNTO: RECURSOS HUMANOS Concursos de promoção relativos aos anos de 2004, 2005 e 2006 Técnico Superior Assessor Por deliberação do Conselho Diretivo, de 25 de maio de 2015, foi autorizada a abertura

Leia mais

AVISO BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT)

AVISO BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) AVISO BOLSA DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) O Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I.P./IPMA abre concurso, no prazo de 10 (dez) dias úteis a contar da data de publicação deste anúncio,

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO

TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO TURISMO DE PORTUGAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO GERAL DA FORMAÇÃO INDICE 1 NOTA PRÉVIA 3 2 LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA 4 3 PLANO DE FORMAÇÃO 4 4 FREQUÊNCIA DE ACÇÕES DE FORMAÇÃO 6

Leia mais

Município de ALMADA Normas e condições de acesso Página 1 de 7

Município de ALMADA Normas e condições de acesso Página 1 de 7 Município de ALMADA Normas e condições de acesso Página 1 de 7 Programa FINICIA Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de ALMADA Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objetivo) Pretende-se

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 21 de julho de 2014 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Despacho n.º 196/2014 Aprova o Calendário Escolar dos estabelecimentos

Leia mais

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK ege Programa de Especialização em Gestão Empresarial Edição Centro 2014 É melhor ter muitas ideias e algumas estarem erradas do que nunca errar por falta de ideias. Edward de

Leia mais

AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015

AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015 AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015 Procedimento de Seleção para recrutamento de Técnicos no âmbito do Programa de Atividades de Enriquecimento Curricular do 1.º Ciclo de Ensino Básico

Leia mais

EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BGCT) ATRIBUIÇÃO DE 6 (SEIS) BOLSAS DE GESTÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA No âmbito de protocolo celebrado com a Fundação de Ciência e

Leia mais

Artigo 1.º. Âmbito e objeto

Artigo 1.º. Âmbito e objeto PROJETO DE REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA A SELEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO E SUA INTEGRAÇÃO NO ROTEIRO NACIONAL DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO DE INTERESSE ESTRATÉGICO Artigo 1.º

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título)

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) Divisão de Educação / Divisão de Ação Sociocultural PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) (Preencher com clareza e

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA HORAS DE LIMPEZA

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA HORAS DE LIMPEZA AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA HORAS DE LIMPEZA 1. Em cumprimento com o previsto no n.º 1 do artigo 19.º da Portaria n.º 83-A/2009 de 22 de janeiro, torna-se público que se encontra aberto, pelo prazo

Leia mais

GABINETE DA MINISTRA DA REFORMA DO ESTADO E DA DEFESA NACIONAL DECRETO-LEI QUE APROVA O REGIME DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS (ANTE-PROJECTO)

GABINETE DA MINISTRA DA REFORMA DO ESTADO E DA DEFESA NACIONAL DECRETO-LEI QUE APROVA O REGIME DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS (ANTE-PROJECTO) GABINETE DA MINISTRA DA REFORMA DO ESTADO E DA DEFESA NACIONAL DECRETO-LEI QUE APROVA O REGIME DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS (ANTE-PROJECTO) PRAIA, 17 DE ABRIL DE 2009 NOTA JUSTIFICATIVA Sendo globalmente

Leia mais

Programa de apoio à construção ou renovação de campos de relvado sintético em instalações desportivas Candidaturas e critérios de atribuição do apoio

Programa de apoio à construção ou renovação de campos de relvado sintético em instalações desportivas Candidaturas e critérios de atribuição do apoio Programa de apoio à construção ou renovação de campos de relvado sintético em instalações desportivas Candidaturas e critérios de atribuição do apoio Artigo 1.º (Destinatários) 1 - Poderão candidatar-se

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Despacho Normativo Nº 30/2002 de 23 de Maio Ao abrigo do disposto no n.º 6 da Resolução nº 76/2002, de 2 de Maio determino: É aprovado o Regulamento do programa Mobilidade e

Leia mais

Portaria 1191/2003, de 10 de Outubro

Portaria 1191/2003, de 10 de Outubro Portaria 1191/2003, de 10 de Outubro Regula a concessão de apoios a projectos que dêm lugar à criação de novas entidades que originam a criação liquida de postos de trabalho Na apresentação do respectivo

Leia mais

Presidente do Instituto Politécnico da Guarda

Presidente do Instituto Politécnico da Guarda Pós-Graduações A formação ao longo da vida é hoje uma necessidade indiscutível que constitui uma oportunidade a não perder por parte da instituição. A aposta nas pós-graduações deve ser incrementada, e

Leia mais

EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Normas de Funcionamento. da Componente de Apoio à Família (CAF)

EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Normas de Funcionamento. da Componente de Apoio à Família (CAF) EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR Normas de Funcionamento da Componente de Apoio à Família (CAF) A educação pré-escolar destina-se a todas as crianças com idades compreendidas entre os 3 anos e a idade de ingresso

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Reforçar a Competitividade das Empresas

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Reforçar a Competitividade das Empresas AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL DA 2014-2020 (MADEIRA 14-20) EIXO PRIORITÁRIO 3 Reforçar a Competitividade das Empresas PRIORIDADE DE INVESTIMENTO (PI) 3.b Desenvolvimento

Leia mais