WHITEPAPER. Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WHITEPAPER. Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente"

Transcrição

1 WHITEPAPER Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente

2 Sumário Executivo As comunicações sem fio são um habilitador chave da rede elétrica inteligente emergente. Embora a rede inteligente esteja longe de ser completa, as empresas de serviços públicos essenciais implementaram milhões de medidores inteligentes e estão aproveitando comunicações sem fio de duas vias para transmitir os dados de uso com precisão, implementar a consciência de energia e os programas de resposta a demanda e executar outros aplicativos da rede elétrica inteligente. Conectividade do medidor inteligente e outras comunicações da Neighborhood Area Network (NAN) podem ocorrer sobre o espetro licenciado de maneira privada ou sobre o espectro de 900 MHz livre de licença. Com experiência limitada na operação das próprias redes sem fio privadas e uma abundância de mensagens de marketing de alguns fornecedores de sistemas licenciados, algumas empresas de serviços públicos essenciais podem incorretamente atribuir vantagens significativas a soluções que usam o espectro licenciado de maneira privada. Entre os mitos de mais destaque estão: Mito nº 1: soluções licenciadas evitam interferência, tornando-as mais robustas que as soluções não licenciadas. Realidade: quaisquer comunicações sem fio, sejam licenciadas ou não licenciadas, enfrentam o risco de interferência. Reclamações de interferência nas faixas não licenciadas de 900 MHz são amplamente exageradas, e implementações de tecnologia, como Frequency Hopping Spread Spectrum (FHSS), mitigam os problemas de interferência restantes. Mito nº 2: soluções licenciadas são mais seguras que as não licenciadas. Realidade: a segurança não está relacionada a se o sistema sem fio opera em um espectro licenciado ou não licenciado. Na verdade, soluções licenciadas que operam em frequências fixas frequentemente estão suscetíveis a interferência maliciosa. Uma solução não licenciada bem projetada oferece maior proteção contra interferência intencional ou jamming. Mito nº 3: o espectro não licenciado assegura uma garantia de disponibilidade de longo prazo. Realidade: as licenças de espectro duram apenas por um tempo fixo, sem garantia de que estarão disponíveis no futuro. Dado o uso comercial disseminado do espectro não licenciado, seu futuro é quase incerto. Mito nº 4: porque as soluções licenciadas podem transmitir a altas potências, elas fornecem uma vantagem de custo automática que resulta da necessidade de menos infraestrutura de rede. Realidade: soluções licenciadas têm outros custos ocultos que aumentam o custo total de propriedade, enquanto uma solução não licenciada bem projetada reduz os custos operacionais e de capital. Perdidos em muitos desses argumentos falsos para o avanço do uso do espectro licenciado de maneira privada estão são quatro, mas convincentes, fatos sobre o espectro não licenciado: Espectro não licenciado: É regulamentado pela FCC Oferece suporte a comunicações de empresas de serviços públicos essenciais há quase duas décadas É usado para outras comunicações cruciais É adequado para ambientes urbanos densos e rurais esparsos Até o momento, a maioria dos medidores inteligentes implementados nos Estados Unidos usa o espectro não licenciado. O motivo para o sucesso esmagador dessa abordagem é simples: em comparação com soluções que contam com o espectro licenciado de maneira privada, as soluções que usam o espectro não licenciado são a opção mais confiável, comprovada e de baixo custo para comunicações de rede elétrica inteligente. A Silver Spring Networks é um provedor líder na solução de rede elétrica inteligente cuja plataforma de comunicações, baseada no espectro de 900 MHz não licenciado, foi selecionada para ativar mais de 17 milhões de medidores inteligentes nos Estados Unidades e outros países. 2

3 Licenciado e não licenciado Duas opções para comunicações da rede elétrica inteligente O espectro de frequência de rádio (RF) é um recurso escasso. Para maximizar o uso desse recurso, a maioria dos países tem agências do governo incumbidas de alocar e gerenciar o espectro. Nos Estados Unidos, a Federal Communications Commission (FCC) administra todo o uso não governamental do espectro. Até o momento, a FCC não reservou ou indicou nenhum espectro especificamente para aplicações de empresas de serviços públicos essenciais. Portanto, comunicações sem fio para a rede elétrica inteligente devem ocorrer dentro das alocações do espectro comercial existente da FCC. Falando de um modo geral, o espectro comercial nos Estados Unidos é dividido em duas categorias - licenciado e não licenciado. Com o espectro licenciado, as empresas compram licenças de espectro da FCC, obtendo acesso exclusivo a certas frequências dentro da área geográfica. A FCC permite que sistemas de rádio licenciados usem transmissões de alta potência em suas frequências designadas. Um pequeno número de fornecedores de rede elétrica inteligente usa o espectro licenciado entre 700 e 960 MHz. O espectro licenciado é um recurso escasso que é difícil e caro de adquirir em grandes blocos. Em função dessas restrições, A maioria dos esses fornecedores frequentemente possuem apenas alguns khz de espectro, fornecendo apenas alguns poucos canais. fornecedores de rede A FCC também alocou grandes quantidades de espectro não de ponta aproveita o licenciado para uso comercial que está disponível sem custo. O espectro não licenciado inclui a faixa de 900 MHz ISM, espectro não licenciado estendendo-se de 902 a 928 MHz, e as faixas de 2,4 GHz e na faixa de 900 MHz. 5 GHz. Para minimizar a interferência, a FCC restringe a potência máxima de transmissão para dispositivos não licenciados e exige o uso de tecnologias de espectro disseminado. 900 MHz fornece características de propagação superiores, permitindo que o sinal viaje distâncias mais longas e penetre obstruções melhor que sinais em outras frequências não licenciadas. Por esses motivos, a maioria dos fornecedores líderes em rede elétrica inteligente oferece Infraestrutura de Medição Avançada (AMI) e outras soluções de rede elétrica inteligentes para rádios operando dentro da faixa de 900 MHz. Mitos Comuns Sobre o Espectro Licenciado elétrica inteligente Até recentemente, a maioria das empresas de serviços públicos essenciais tinha experiência limitada ou nenhuma experiência na criação e operação de suas próprias redes de RF privadas de grande escala. Ao mesmo tempo, os fornecedores de sistemas do espectro licenciado estavam ávidos para posicionar a escolha da RF licenciada como uma vantagem chave. Como resultado, algumas empresas de serviços públicos essenciais podem incorretamente atribuir certos benefícios a sistemas que usam o espectro licenciado privadamente. Entre os mitos mais comuns estão: Mito nº 1: soluções licenciadas evitam interferência, tornando-as mais robustas que as soluções não licenciadas. Com qualquer forma de comunicações sem fio, a interferência é uma preocupação importante. A interferência atua como ruído em um sistema sem fio, impedindo que dois dispositivos possam escutar um ao outro. Os fornecedores que usam o espectro licenciado alegam que são imunes a essas interferências porque têm acesso exclusivo às suas frequências atribuídas. A verdade, porém, é que nenhum sistema sem fio está imune a interferência. Na realidade, sistemas licenciados são especialmente suscetíveis a um tipo de interferência conhecido como interferência fora da faixa. 3

4 O espectro licenciado é dividido em canais que são empilhados um ao lado do outro, com espaçamento limitado entre eles. Transmissores potentes e ruidosos, como sistemas de pager legados, frequentemente ocupam os canais diretamente adjacentes àqueles licenciados por fornecedores de rede elétrica inteligente. A energia de RF desses sistemas potentes cria interferência quando sai para os canais adjacentes. Esse efeito é análogo a uma rodovia estreita em que os carros podem rodar para pistas adjacentes. Contribuindo para esse problema está o fato de que essa interferência fora da faixa é permitida, desde que os transmissores transgressores estejam operando dentro da diretriz estabelecida pela FCC quando licenciaram o espectro. Batalhas legais complexas que levam muito tempo para serem solucionadas podem resultar. O teste de espectro por empresas de serviços públicos essenciais e muitas implementações de rede elétrica inteligente mostraram consistentemente uma falta de ruído na faixa de 900 MHz não licenciada. No início dos anos 2000, muitos sistemas de rádio públicos usados pela polícia e pelos bombeiros começou a enfrentar problemas de interferência. Esses sistemas operavam em frequências licenciadas da FCC a 800 MHz, que coincida de estar exatamente ao lado de frequências atribuídas à Nextel Communications. Conforme a Nextel expandiu sua ocupação nacional desenvolvendo rádios mais potentes, ela começou a prejudicar os sistemas de rádio públicos nos canais adjacentes. Dada a estrutura da faixa, nenhuma solução fácil foi possível, e por fim levou à FCC vários anos para solucionar o problema. Em julho de 2004, a FCC emitiu sua decisão tão esperada para reorganizar completamente a faixa de 800 MHz e afastar a Nextel dos sistemas de rádio públicos. Apesar dos riscos de interferência dentro do espectro licenciado, alguns participantes do setor argumentam que o espectro de 900 MHz não licenciado não é adequado para comunicações de rede elétrica inteligente em função dos desafios de interferência. Eles argumentam que o número maior de dispositivos compartilhando esse espectro cria quantidades significativas de ruído e interferência na faixa. Na realidade, os testes de espectro realizados pelas empresas de serviços públicos essenciais com muitas implementações da rede elétrica inteligente em grande escala comprovaram que o ruído não é um problema de alta importância. Vários fatores respondem pela relativa falta de ruído na faixa de 900 MHz não licenciada: Dispositivos mudando para frequências superiores - Nos últimos anos, muitos dispositivos domésticos e novas tecnologias que não precisam transmitir distâncias longas passaram para as faixas de espectro não licenciado maiores a 2,4 GHz e 5 GHz, incluindo redes domésticas sem fio. Prevalência de dispositivos de baixa potência - Muitos dos dispositivos que não operam a 900 MHz, como telefones sem fio, operam a níveis de potência muito baixos para economizar vida útil da bateria. Dispositivos de potência menor geram menos ruídos dentro da faixa. Quando o ruído está presente, um sistema não licenciado bem projetado ainda pode fornecer comunicações robustas. Empresas de serviços públicos essenciais considerando soluções que operam no espectro não licenciado buscaram sistemas que oferecem os seguintes recursos: Troca rápida de frequência através de muitos canais para superar a interferência de outras origens Protocolos de comunicações que reduzem a probabilidade de colisões ao transmitir Uma arquitetura de rede com malha autoformada para rotear ao redor de áreas de RF ruidosas Mito nº 2: soluções licenciadas são mais seguras que soluções não licenciadas. O espectro não está relacionado à arquitetura de segurança. De fato, é possível para os fornecedores de sistemas operando em espectros licenciados ou não licenciados projetar um sistema inseguro. Uma segurança forte não vem das características da faixa de frequência, mas das medidas específicas que o fornecedor implementa para proteger suas comunicações dentro da faixa. 4

5 Muitas das técnicas que tornam soluções de 900 MHz não licenciadas bem projetadas robustas contra interferência de segundo pano também fornecem proteção contra interferência maliciosa. Troca de frequência, uma tecnologia desenvolvida primeiramente para o setor militar, troca rapidamente o sinal através de um grande número de canais ao longo da faixa do espectro. É extremamente difícil de causar interferência intencional em sistemas que usam essa técnica, uma vez que ninguém sabe quando estará transmitindo em um frequência em particular. Em contraste, sistemas licenciados frequentemente operam em apenas algumas poucas frequências devido à dificuldade e ao custo de adquirir um espectro privado. As empresas de serviços públicos essenciais devem estar cientes de que sistemas que operam dessa maneira impõem um risco em potencial à segurança. Considere que todas as informações de alocação de frequência da FCC estão disponíveis ao público. Equipado com essas informações, um aspirante a invasor com equipamento de rádio trivial poderia rapidamente causar interferência nessas frequências e interromper com sucesso as comunicações na rede elétrica inteligente. As empresas de serviços públicos essenciais não devem confundir segurança de RF com segurança de rede elétrica inteligente. Ataques similares ocorreram no passado. Em 2006, uma corte no Sul da Califórnia sentenciou um homem a sete anos de prisão por repetidamente interferir em sistemas de rádio da polícia operando em frequências licenciadas. Porque os sistemas de frequência fixa são tão fáceis de sofrer interferência intencional, nenhuma instituição militar no mundo usa essa forma de comunicação sem fio. Mais importante, as empresas de serviços públicos essenciais não devem confundir segurança de RF com segurança de rede elétrica inteligente. Embora seja importante uma proteção de camada física forte, todos os sistemas da rede elétrica inteligente exigem múltiplas camadas de segurança para fornecer a proteção adequada. Além da segurança de RF, uma solução de rede elétrica inteligente completa deve fornecer os seguintes mecanismos de segurança: Proteção de firmware Certificados de segurança Proteção de camada de link Proteção de camada de aplicativo Proteção de borda LAN-WAN Proteção das áreas administrativas Mito nº 3: o espectro não licenciado assegura uma garantia de disponibilidade de longo prazo. Licenças do espectro da FCC não são permanentes. Fornecedores de rede elétrica inteligente que possuem um espectro licenciado devem continuamente renovar suas licenças sob o risco de perder o espectro. Além disso, a FCC pode realocar o espectro para outros usos e já fez isso no passado. Nos anos 1990s, a FCC reatribuiu o espectro privado usado por cerca de links de micro-ondas de ponto a ponta na faixa de MHz para criar espaço para novas redes de celular nacionais. As operadoras de link de micro-ondas beneficiadas, que incluíam várias empresas de serviços públicos essenciais, foram compensadas por seus custos par trocar o equipamento para outras frequências. Entretanto, em muitos casos, as beneficiadas têm apenas um período de dois anos para negociar esses custos e entregar a faixa. As empresas de serviços públicos essenciais implementando equipamento de rede elétrica inteligente baseado no espectro licenciado hoje pode enfrentar problemas de realocação similares no futuro. Um problema separado, mas relacionado, pode surgir quando um fornecer de rede elétrica inteligente não detém de fato o espectro, mas aluga o direito de usar um espectro controlador por um terceiro. Esses contratos criam riscos de disponibilidade adicionais para as empresas de serviços públicos essenciais. Um desacordo, por exemplo, quanto aos termos comerciais entre o provedor da solução de rede elétrica inteligente e o proprietário do espectro pode levar a uma interrupção temporária do serviço ou mesmo à necessidade de abandonar a faixa permanentemente. 5

6 No panorama de espectro em constante evolução, a disponibilidade futura de espectro não licenciado para aplicações de empresas de serviços públicos essenciais é quase certa. Desde que a FCC abriu pela primeira vez a faixa de 900 MHz em 1985, o espectro não licenciado pavimentou o caminho para muitas novas tecnologias inovadoras e é usado por milhões de dispositivos. Realocar o espectro usado por esses muitos dispositivos é praticamente impossível e, se houver alguma alteração, a FCC disponibilizará ainda mais espectro não licenciado nos próximos anos. Mito nº 4: porque as soluções licenciadas podem transmitir a altas potências, elas fornecem uma vantagem de custo automática que resulta da necessidade de menos infraestrutura de rede. A FCC permite que sistemas licenciados transmitam a níveis de potência mais altos que sistemas não licenciados. Porque sinais mais potentes viajam mais longe, a maioria dos fornecedores da rede elétrica inteligente usando o espectro licenciado adotou uma rede uma arquitetura de rede baseada em torre. Com esse tipo de arquitetura de rede, os medidores comunicam-se diretamente com o equipamento de rádio montado em torres altas que podem estar a milhas de distância. Soluções licenciadas podem ter custos ocultos frequentemente não revelados durante a determinação do preço da proposta. Fornecedores licenciados ressaltam as vantagens de custo dessa abordagem apontando para a ausência de equipamento de rede adicional necessário entre o medidor e a torre. Entretanto, essas soluções fortes têm custos ocultos frequentemente não revelados durante a determinação do preço da proposta, aumentando significativamente o custo total geral de propriedade. Esses custos incluem: Custos da torre As torres de rádio são caras para construir, frequentemente custando mais de US$ para uma única torre atendendo lares. Em ambientes em que á montanhas ou outras obstruções bloqueando o sinal, as empresas de serviços públicos essenciais podem precisar construir torres apenas para alcançar um pequeno número de clientes. Lacunas de cobertura Os níveis de potência mais altos dos sistemas licenciados normalmente ainda não alcançam os medidores localizados em porões no sobsolo ou em prédios de altura média e alta. Nesses casos, as empresas de serviços públicos essenciais são forçadas para continuar com a leitura manual do medidor. Custos do espectro As demanda por espectro aumentam a cada ano, o que está aumentando o seu custo. As empresas de serviços públicos essenciais que contam com o espectro licenciado podem sofrer esses aumentos de custo conforme continuam a implementar novos aplicativos de rede elétrica inteligente. Um sistema não licenciado bem projetado minimiza a quantidade de infraestrutura de rede que as empresas de serviços públicos essenciais precisam para implementar sem criar nenhum desses desafios adicionais. Para reduzir os custos totais do sistema, as empresas de serviços públicos essenciais procuram soluções não licenciadas que oferecem as seguintes características: Rádios oferecendo a potência mais alta permitida para penetrar em paredes, porões e outras áreas difíceis de escutar Medidores que atuam como relés de rede para impulsionar o alcance do sinal e melhorar a cobertura Suporte para grandes números de medidores em um único ponto de retirada de rede para reduzir os custos de infraestrutura associados com pontos de retirada excessivos Quatro fatos sobre o espectro não licenciado Faltam em muitas discussões sobre o uso do espectro não licenciado pelas empresas de serviços públicos essenciais estão várias realidades importantes sobre sua operação que beneficiam as empresas de serviços públicos essenciais. 6

7 Fato nº 1: o espectro não licenciado é regulamentado pela FCC. A FCC define regras rígidas para garantir a coexistência de dispositivos não relacionados operando dentro de faixas de frequência não licenciadas. Por exemplo, as regras da FCC Parte 15 determinam que os dispositivos não licenciados não podem transmitir a mais de um watt de potência e devem empregar tecnologia de espectro disseminado. Para dispositivos da rede elétrica inteligente que atendem esses requisitos, as cláusulas de porto seguro da FCC protegem as empresas de serviços públicos essenciais contra reclamações de interferência ou prejuízos por outros usuários do espectro. Fato nº 2: o espectro não licenciado oferece suporte a comunicações de empresas de serviços públicos essenciais há quase duas décadas Desde o início dos anos 1990s, ativações de empresas de serviços públicos essenciais em todo o país aprovaram bilhões de dólares de ativos de empresas de serviços públicos essenciais com imposto recuperável com base no espectro não licenciado. Historicamente, o espectro não licenciado é usado para leitura de medição automatizada de uma via (automated meter reading, AMR) e para sistemas SCADA que precisam comunicar-se com dispositivos de controle de energia implementados através da rede de distribuição de uma empresa de serviços públicos essenciais. Hoje, muitas das maiores implementações de AMI no mundo usam espectro não licenciado, incluindo: Estados Unidos Pacific Gas and Electric Florida Power & Light Pepco Holdings Southern California Edison San Diego Gas & Electric Oncor CenterPoint Energy Canadá Toronto Hydro Hydro One Austrália Jemena CitiPower & Powercor Fato nº 3: o espectro não licenciado é usado para outras comunicações cruciais. Além de atender as necessidades das empresas de serviços públicos essenciais, grandes cidades nos Estados Unidos, como New Orleans, Las Vegas e Spokane, Washington, usam o espectro não licenciado para comunicações de segurança pública, vigilância por vídeo e resposta de emergência a desastres. Fato nº 4: o espectro não licenciado é adequado para ambientes urbanos densos e rurais esparsos. O espectro não licenciado tem um bom desempenho em qualquer ambiente de RF, desde que o sistema seja bem projetado. Para áreas urbanas com níveis mais altos de ruído de RF, receptores sensíveis e técnicas de troca de frequência sofisticadas garantem que o sinal seja transmitido. Em áreas rurais, transmissores de um watt, antenas de longo alcance e equipamento instalado sobre postes pode transmitir um sinal de 900 MHz por vários quilômetros entre os dispositivos. A abordagem da Silver Spring A Silver Spring permite às empresas de serviços públicos essenciais implementar de maneira rápida e financeiramente acessível um amplo conjunto de iniciativas de rede elétrica inteligente. Não importa se a empresa de serviços públicos essenciais começa com Medição Avançada ou Automação de Distribuição ou foca em consumidores com Resposta à Demanda ou projetos de Veículo Elétrico, a Silver Spring entrega a plataforma de rede elétrica inteligente unificada necessária para essas missões serem bem-sucedidas. A Smart Energy Platform (Plataforma de energia inteligente) da Silver Spring incorpora serviços, software e infraestrutura de rede baseada em padrões tudo planejado para a estrutura operacional, modelo de regulamentos, requisitos de terreno e território de serviço e metas de projeto particulares de uma empresa de serviços públicos essenciais. A rede da rede elétrica inteligente consiste em pontos finais inteligentes e infraestrutura de rede que conecta as empresas de serviços públicos essenciais aos seus medidores inteligentes e equipamento DA remoto. Esses dispositivos, operando sobre o espectro de 900 MHz não licenciado, funcionam juntos para criar uma rede de malha altamente redundante autoconfigurada com cobertura universal, segurança forte e a escala e o desempenho exigidos pelas empresas de serviços públicos essenciais. 7

8 A maioria dos provedores de solução para a rede elétrica inteligente usa o espectro de 900 MHz não licenciado. Entretanto, nem todas essas soluções são cridas iguais. Diferentemente de outros fornecedores, a Silver Spring fornece às empresas de serviços públicos essenciais: Comunicações robustas, livres de problemas de interferência. O espectro não licenciado Os rádios da Silver Spring evitam a interferência usando um é a escolha preferida para sofisticado Frequency Hopping Spread Spectrum (FHSS) que comunicações da rede rapidamente troca o sinal através dos 83 canais disponíveis. elétrica inteligente. Os pacotes de dados são altamente otimizados e o tamanho geral do pacote é mantido relativamente pequeno, o que torna as colisões menos prováveis e a recuperação de colisões mais barata, uma vez que menos dados precisam ser transmitidos. No nível da rede, a malha de RF da Silver Spring fornece vários caminhos de comunicações e automaticamente reencaminha o tráfego em torno de áreas de RF ruidosas. Proteção contra ataques de RF e espreita. O uso de FHSS fornece proteção inerente contra interferência intencional e espreita. Cada rádio da Silver Spring tem uma sequência de troca diferente, e os rádios trocam para diferentes canais em qualquer ponto entre 50 a 100 vezes por segundo, tornando extremamente difícil para partes externar rastrear e bloquear o sinal. Menos requisitos de infraestrutura de rede. Os rádios de 900 MHz da Silver Spring incorporam um transmissor de um watt completo, a potência máxima permitida pela FCC. Cada medidor na rede de malha de RF atua como um repetidor, ou relé, para outros medidores na rede, reduzindo muito a necessidade de infraestrutura de rede adicional. Os pontos de acesso da Silver Spring são dispositivos de baixo custo que terminam a malha de RF e conectam-se a uma rede de backhaul da empresa de serviços públicos essenciais. Cada ponto de acesso tem suporte para até pontos finais, então uma empresa de serviços públicos essenciais que oferece suporte para um milhão de clientes implementaria apenas 200 pontos de retirada para atender todos esses clientes. Conclusão Comunicações sem fio da rede elétrica inteligente contam com espectro licenciado privadamente ou não licenciado. Apesar as alegações de alguns participantes do setor, o espectro não licenciado é a opção preferida para comunicações de rede elétrica inteligente. Aproveitando o espectro de 900 MHz não licenciado, a Smart Energy Platform (Plataforma de energia inteligente) da Silver Spring Smart Energy Platform é a escolha mais confiável e de menor custo par as empresas de serviços públicos essenciais realizando Medição Avançada, Automação de Distribuição ou qualquer outra iniciativa de rede elétrica inteligente. Esses fatores respondem pela ampla adoção da solução da Silver Spring em uma variedade de empresas de serviços públicos essenciais no mundo todo. Sobre a Silver Spring Networks A Silver Spring Networks é uma fornecedora de soluções de smart grid que permite às concessionárias de serviços públicos obter eficiência operacional, reduzir as emissões de carbono e dar poder a seus clientes, com novos modelos para monitorar e gerenciar o seu consumo de energia. A Silver Spring fornece hardware, software e serviços que permitem às concessionárias implantar e executar várias soluções de smart grid, incluindo Medição avançada, Resposta à demanda, Automação da distribuição e Geração distribuída em uma única rede unificada. A Smart Energy Platform (Plataforma de energia inteligente) da Silver Spring se baseia em padrões de Internet Protocol (IPv6), permitindo a comunicação bidirecional contínua entre a concessionária de serviços públicos e os dispositivos da rede. A Silver Spring tem várias implantações com concessionárias líderes em todo o mundo, incluindo Baltimore Gas & Electric, CitiPower & Powercor, Florida Power & Light, Jemena Electricity Networks Limited, Pacific Gas & Electric, Pepco Holdings, Inc., United Energy Distribution, entre outras. Para obter mais informações, visite Copyright 2011 Silver Spring Networks. Todos os direitos reservados. Todas as marcas comerciais pertencem a seus respectivos proprietários. Rev. 9/8/11 Sede corporativa 555 Broadway Street Redwood City, CA Telefone Ligação gratuita 8

WHITEPAPER. Segurança da Rede Elétrica Inteligente Mitos vs. Realidade

WHITEPAPER. Segurança da Rede Elétrica Inteligente Mitos vs. Realidade Segurança da Rede Elétrica Inteligente Mitos vs. Realidade Entendendo Ameaças e Como Combatê-las Construir a rede elétrica inteligente exige uma plataforma de rede unificada para interconectar todos os

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

Introdução. Histórico da Silver Spring Networks

Introdução. Histórico da Silver Spring Networks Introdução A Silver Spring Networks agradece a oportunidade de poder enviar à ANEEL alguns comentários em resposta à consulta Implantação de Medição Eletrônica em Baixa Tensão, Nota Técnica nº 0013/2009-SRD/ANEEL

Leia mais

Introdução à família Aprisa SR. Confidencial da empresa

Introdução à família Aprisa SR. Confidencial da empresa Introdução à família Aprisa SR Confidencial da empresa Os produtos Aprisa Duas famílias de produtos Aprisa XE: Conexões por micro-ondas ponto-aponto a longa distância para aplicações exigentes. Aprisa

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Introdução, com algumas características Uma rede sem fios ou uma rede Wireless é uma infraestrutura das comunicações sem fio que permite a transmissão

Leia mais

Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor.

Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor. Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor. Corte os fios e sinta-se confortável com a solução sem fio Air-Fi da Trane. A comunicação sem fio Air-Fi da

Leia mais

Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia

Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia 1 Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia Autor: Kobi Gol Gerente de Desenvolvimento de Negócios e Soluções da RAD Data Communications. 2 As redes das empresas de energia estão

Leia mais

Tecnologia TDMA: Maior Capacidade e Funcionalidade Para Rádio Digital Bidirecional Profissional

Tecnologia TDMA: Maior Capacidade e Funcionalidade Para Rádio Digital Bidirecional Profissional Tecnologia TDMA: Maior Capacidade e Funcionalidade Para Rádio Digital Bidirecional Profissional DOCUMENTO DE REFERÊNCIA Resumo Executivo O rádio bidirecional profissional licenciado está prestes a ter

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Rádio Spread Spectrum Este tutorial apresenta os aspectos técnicos dos Rádios Spread Spectrum (Técnica de Espalhamento Espectral) aplicados aos Sistemas de Transmissão de Dados. Félix Tadeu Xavier de Oliveira

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Manual de Instruções. Rádios para telemetria

Manual de Instruções. Rádios para telemetria Manual de Instruções Rádios para telemetria Waveflow Waveport USB Waveport Bluetooth Suporte Técnico +55 38 3690-9748 +55 38 3690-9722 www.agua.elster.com.br Montes Claros - Minas Gerais -Brasil SUMÁRIO

Leia mais

Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais

Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais Visão Geral Desafio Hoje, os aplicativos da web são um tremendo

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes Noções de Redes: Estrutura básica; Tipos de transmissão; Meios de transmissão; Topologia de redes;

Leia mais

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO Marcelo Pessoa Engenheiro de soluções para saneamento Introdução As indústrias buscam eficiência, aumento da qualidade e a redução de custos. Para alcançar isto investem

Leia mais

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação Objetivo 0 Conceitos 0 Funcionalidades 0 Desafios 0 Experiências de Implantação Smart Grid Conceitos 0 NÃO é só Medição Eletrônica e Telecom!! 0 Envolve conhecimentos sobre: 0 Tecnologia, Padrões, Normas

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Redes Sem Fio Fabricio Breve Tipos de transmissão sem fio Rádio Infravermelho Laser Aplicações Em ambientes internos: Ideal para situações onde não é possível utilizar cabeamento

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

wi4 Fixed Soluções Canopy Ponto-a-Multiponto

wi4 Fixed Soluções Canopy Ponto-a-Multiponto wi4 Fixed Soluções Canopy Ponto-a-Multiponto A tecnologia Canopy é tão simples quanto eficaz A solução Canopy de ponto-a-multiponto é otimizada, simples e eficaz, com assistência integrada de instalação

Leia mais

PROTEÇÃO PERIMETRAL COMPROVADA NOVO SIMPLICIDADE DE PLATAFORMA ÚNICA.

PROTEÇÃO PERIMETRAL COMPROVADA NOVO SIMPLICIDADE DE PLATAFORMA ÚNICA. SISTEMAS DE DETECÇÃO PERIMETRAL MAIS INTELIGENTES MicroPoint II Sistema de Detecção em Cercas MicroTrack II Sistema de Detecção de Cabo Enterrado MicroWave 330 Barreira de Microondas Digital PROTEÇÃO PERIMETRAL

Leia mais

Telemetria para Medição de Consumo Especificações Técnicas

Telemetria para Medição de Consumo Especificações Técnicas Página: 2 / 5 Telemetria para Medição de Consumo Introdução Este documento apresenta as características técnicas da solução de telemetria do consumo de água, gás e energia (e outros medidores com saída

Leia mais

Protocolo wireless Ethernet

Protocolo wireless Ethernet Protocolo wireless Ethernet Conceituar as variações de redes sem fio (wireless) descrevendo os padrões IEEE 802.11 a, b, g e n. Em meados de 1986, o FCC, organismo norte-americano de regulamentação, autorizou

Leia mais

Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400

Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400 comunicaçõesasseguradas Falcon Watch Sistema de Vigilância Remota RF-5400 Melhore os seus sentidos. Falcon Watch Vigilância Remota. Todo o dia. Toda a noite. A Harris sabe da necessidade de ter sistemas

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Soluções de Negócios para o Setor de Serviços Públicos Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcance excelência operacional com fortes soluções de gerenciamento

Leia mais

TOPOLOGIAS E CONCEITOS BÁSICOS SOBRE O PADRÃO IEEE 802.16 (WIMAX) MATHEUS CAVECCI

TOPOLOGIAS E CONCEITOS BÁSICOS SOBRE O PADRÃO IEEE 802.16 (WIMAX) MATHEUS CAVECCI TOPOLOGIAS E CONCEITOS BÁSICOS SOBRE O PADRÃO IEEE 802.16 (WIMAX) MATHEUS CAVECCI Dezembro 2011 INTRODUÇÃO A transmissão de dados via ondas de radio não é novidade, segundo Haykin e Moher, as primeiras

Leia mais

Transmissão de Vídeo Monitoramento. Aplicativo. Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade

Transmissão de Vídeo Monitoramento. Aplicativo. Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade Aplicativo Transmissão de Vídeo Monitoramento Vídeo-Monitoramento de alta qualidade, sem fio e para qualquer localidade Desde o ocorrido em 11 de Setembro, a necessidade de projetos de segurança com vídeo

Leia mais

Advanced Wireless Networks Overview & Configuration. Workshop by Nicola Sanchez

Advanced Wireless Networks Overview & Configuration. Workshop by Nicola Sanchez Advanced Wireless Networks Overview & Configuration Workshop by Nicola Sanchez Microwave Wireless Telecom - Brasil Distribuidor Mikrotik no Brasil Fornecedor de Soluções em Redes Wireless Consultoria e

Leia mais

: O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio

: O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio : O Novo Padrão em Banda Larga Sem Fio As soluções de banda larga sem fio epmp da Cambium Networks são as primeiras a trazer confiabilidade comprovada em campo, sincronização por GPS, escabilidade e desempenho

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Motorola Wireless Broadband. Soluções de acesso de redes Ponto-a-Multiponto (PMP)

Motorola Wireless Broadband. Soluções de acesso de redes Ponto-a-Multiponto (PMP) Motorola Wireless Broadband Soluções de acesso de redes Ponto-a-Multiponto (PMP) A tecnologia Motorola é tão simples quanto eficaz As soluções Ponto-a-Multiponto da Motorola são excelentes, eficazes e

Leia mais

O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid. Brasil & Austrália

O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid. Brasil & Austrália O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid HERING, Ricardo (1), BOARDMAN, Eathan (2) AREVA T&D de Energia Ltda. ULPH, Ian IRU Consulting Pty. Ltd.

Leia mais

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Módulos sem fio para Smart Metering Por Peder Martin Evjen, M.Sc.E.E., Managing Director, Radiocrafts AS A tendência em AMR e Smart Metering é utilizar tecnologia

Leia mais

Meios de Transmissão. Conceito. Importância. É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede.

Meios de Transmissão. Conceito. Importância. É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede. Meios de Transmissão Conceito Importância É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede. Meios de Transmissão Qualquer meio físico capaz de transportar

Leia mais

Sistema de rádio bidirecional digital profissional. Mude para digital

Sistema de rádio bidirecional digital profissional. Mude para digital Sistema de rádio bidirecional digital profissional Mude para digital Por que o rádio bidirecional digital? Mais capacidade do sistema Melhor Produtividade Excelente desempenho em comunicações bidirecionais

Leia mais

Como Montar uma Rede Wireless Passo-a-Passo

Como Montar uma Rede Wireless Passo-a-Passo Outras apostilas em: www.projetoderedes.com.br Como Montar uma Rede Wireless Passo-a-Passo Redes Wireless estão em franco crescimento. Novas redes são implementadas, com soluções mais rápidas, abrangentes

Leia mais

Local Multipoint Distribuition Service (LMDS)

Local Multipoint Distribuition Service (LMDS) Local Multipoint Distribuition Service (LMDS) Este tutorial apresenta a tecnologia LMDS (Local Multipoint Distribuition Service), acesso em banda larga para última milha por meio de rádios microondas.

Leia mais

Como posso gerenciar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade?

Como posso gerenciar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade? RESUMO DA SOLUÇÃO CA SERVICE MANAGEMENT - GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Como posso gerenciar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade? O CA Service Management

Leia mais

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas:

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes Sem Fio Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes sem fio fixa são extremamente bem adequado para implantar rapidamente uma conexão de banda larga, para

Leia mais

Smart Grid pelo preço de AMI

Smart Grid pelo preço de AMI Smart Grid pelo preço de AMI John O Farrell Vice-Presidente Executivo, Desenvolvimento de Negócios Silver Spring Networks California, EUA jofarrell@silverspringnet.com 2008 Silver Spring Networks. All

Leia mais

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM?

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? Porque a Voz na Nuvem? 2 Índice Introdução... 3 Baixo Custo... 4 REQUISITOS MÍNIMOS DE CAPITAL... 4 EQUIPAMENTOS GENÉRICOS... 4 UTILIZAÇÃO DE MAIORES RECURSOS... 4 DESPESAS

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

PANORAMA. O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks.

PANORAMA. O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks. PANORAMA O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks. Exiba um resumo gráfico dos aplicativos na rede, os

Leia mais

Novas Tecnologias para aplicações RF. Alexsander Loula Gerente de Eng. de Aplicações

Novas Tecnologias para aplicações RF. Alexsander Loula Gerente de Eng. de Aplicações Novas Tecnologias para aplicações RF Alexsander Loula Gerente de Eng. de Aplicações Agenda Espectro de frequência As últimas tecnologias de rádio Algumas coisas para ficar de olho 2 ESPECTRO DE FREQUÊNCIA

Leia mais

Camada Física: Meios de transmissão não guiados

Camada Física: Meios de transmissão não guiados Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Meios de transmissão não guiados Transmissão sem Fio Pessoas cada vez mais dependente das redes; Alguns especialistas afirmam

Leia mais

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você conhecerá mais sobre a regulamentação que trata da exposição

Leia mais

Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi

Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 55 Roteiro Definição Benefícios Tipos de Redes Sem Fio Métodos de Acesso Alcance Performance Elementos da Solução

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de Transmissão Aula-03

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de Transmissão Aula-03 UFSM-CTISM Comunicação de Dados Meios de Transmissão Aula-03 Professor: Andrei Piccinini Legg Santa Maria, 2012 Par trançado Cabo coaxial Fibra óptica Meios Não-guiados Transmissão por rádio Microondas

Leia mais

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Composição Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Aterramento Fio de boa qualidade A fiação deve ser com aterramento neutro (fio Terra) trabalhando em tomadas tripolares Fio negativo,

Leia mais

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES + CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES As soluções de impressão térmica de código de barras da Printronix mantêm sua operação funcionando sem

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

Folha de Especificações ASTRO 25 Core

Folha de Especificações ASTRO 25 Core CONFIGURAÇÕES FLEXÍVEIS E ESCALÁVEIS ASTRO 25 CORE Um pequeno povoado ou uma grande cidade um único departamento ou vários órgãos seu sistema de rádio deve adaptar-se às suas necessidades e ao seu orçamento.

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos.

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos. Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Redes Sem Fio Equipamentos de Rede O que já conhecemos. Cabos; Atenas; Tipos de transmissão; 1 O que vamos conhecer. Equipamentos

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS A Internet global A World Wide Web Máquinas de busca Surgiram no início da década de 1990 como programas de software relativamente simples que usavam índices de palavras-chave.

Leia mais

Wireless Network: Comunicação sem fio

Wireless Network: Comunicação sem fio Wireless Network: Comunicação sem fio Objetivos: Identificar os tipos de redes sem fio e a utilização de cada uma delas. Descrever as técnicas de transmissão utilizadas. Descrever as características da

Leia mais

Estudo técnico. Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais

Estudo técnico. Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais Estudo técnico Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais Aumento da segurança da cozinha através da monitoração de gás estratégica Visão geral Cozinhas comerciais são uma das áreas

Leia mais

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta DIMETRA IP Compact uma solução TETRA completa e compacta MOTOROLA - SEU PARCEIRO DE TECNOLOGIA CONFIÁVEL E ATUANTE Uma herança que dá orgulho As soluções TETRA da Motorola alavancam mais de 75 anos de

Leia mais

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada XI SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS 16 a 19 de Agosto de 2015 CAMPINAS - SP Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada Paulo Antunes Souza Wagner Hokama

Leia mais

ACCESSNET -T IP Técnica do sistema TETRA da Hytera. www.hytera.de

ACCESSNET -T IP Técnica do sistema TETRA da Hytera. www.hytera.de Técnica do sistema TETRA da Hytera é a solução abrangente e eficiente para todas as aplicações em transmissão móvel profissional. www.hytera.de Num piscar de olhos Para comunicação TETRA profissional TETRA

Leia mais

Tecnologia da Informação Apostila 02

Tecnologia da Informação Apostila 02 Parte 6 - Telecomunicações e Redes 1. Visão Geral dos Sistemas de Comunicações Comunicação => é a transmissão de um sinal, por um caminho, de um remetente para um destinatário. A mensagem (dados e informação)

Leia mais

Painel MSP. Guia da solução

Painel MSP. Guia da solução Guia da solução Painel MSP Este documento aborda o painel de serviços gerenciados Cisco Meraki, que contém recursos criados especialmente para provedores de serviços gerenciados que oferecem redes gerenciadas

Leia mais

O que são sinais de rádio?

O que são sinais de rádio? Os telefones celulares e outras tecnologias wireless entraram para o nosso cotidiano. Mas será que o uso regular desses aparelhos ou residir perto de uma estação radiobase pode acarretar problemas de saúde?

Leia mais

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA E2 Pauta O que é AMI x AMR? Quais as características com valor agregado de um sistema AMI?

Leia mais

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores ATIVIDADE 1 Definição de redes de computadores As redes de computadores são criadas para permitir a troca de dados entre diversos dispositivos estações de trabalho, impressoras, redes externas etc. dentro

Leia mais

Segurança em redes sem fio Freqüências

Segurança em redes sem fio Freqüências Segurança em redes sem fio Freqüências Carlos Lamb Fausto Levandoski Juliano Johann Berlitz Vagner Dias Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) 16/08/2011 AGENDA INTRODUÇÃO ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO

Leia mais

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010 Redes Inteligentes Como passo inicial do Conceito Smart Grid Belo Horizonte - 11/08/2010 A Rede Elétrica ONS Mercado De Energia NOSSO FOCO Geração Geração renovável Armazenamento Rede de Distribuição Negócio

Leia mais

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Tendências do Setor Energético Mundial Aumento da demanda global Elevação no preço da energia Pressão para o uso de fontes renováveis Aumento da complexidade

Leia mais

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Faça mais com menos Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Índice 2 Descomplicado Concentre seus recursos no crescimento, e não na administração. 1 Ágil Amplie seus negócios

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia PROJETO BÁSICO Serviço de Comunicação Multimídia xxxxxxxxxx, xx de xxxxx de 2009 PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. n 272 da Anatel - SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) O B J E T O SOLICITAÇÃO DE

Leia mais

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS Fabiana da Silva Podeleski Faculdade de Engenharia Elétrica CEATEC podeleski@yahoo.com.br Prof. Dr. Omar Carvalho Branquinho Grupo de Pesquisa

Leia mais

Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014

Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014 REDES WIRELES Prof. Marcel Santos Silva Comunicação Sem Fio Usada desde o início do século passado Telégrafo Avanço da tecnologia sem fio Rádio e televisão Mais recentemente aparece em Telefones celulares

Leia mais

Infra-Estrutura de Redes

Infra-Estrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Infra-Estrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Objetivos: Camada física

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Redes de Computadores Possibilita a conexão entre vários computadores Troca de informação Acesso de múltiplos usuários Comunicação de dados

Leia mais

Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente

Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente White Paper Visão geral da tecnologia Cisco Unified Access: Acesso convergente Introdução Hoje, menos de um por cento de tudo no mundo físico está conectado em rede. Em um futuro próximo o crescimento

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I Redes de Computadores I REDES SEM FIO CARACTERÍSTICAS DE ENLACE LAN S SEM FIO 802.11 Slide 1 Elementos de uma Rede Sem Fio Hospedeiros sem fio Equipamentos de sistemas finais que executam aplicações Enlaces

Leia mais

Redes de Computadores I - Meios de Transmissão. por Helcio Wagner da Silva

Redes de Computadores I - Meios de Transmissão. por Helcio Wagner da Silva Redes de Computadores I - Meios de Transmissão por Helcio Wagner da Silva Classificação Meios guiados: Par trançado. Cabo coaxial. Fibra óptica. Meios Não-guiados: Transmissão por rádio. Microondas. Infravermelho.

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS LÍDER DE MERCADO EM SOLUÇÕES PARA COMUNICAÇÕES A Motorola exerce a liderança em soluções digitais de próxima geração

Leia mais

1 Introduc ao 1.1 Hist orico

1 Introduc ao 1.1 Hist orico 1 Introdução 1.1 Histórico Nos últimos 100 anos, o setor de telecomunicações vem passando por diversas transformações. Até os anos 80, cada novo serviço demandava a instalação de uma nova rede. Foi assim

Leia mais

Comunicação sem fio - antenas

Comunicação sem fio - antenas Comunicação sem fio - antenas Antena é um condutor elétrico ou um sistema de condutores Necessário para a transmissão e a recepção de sinais através do ar Na transmissão Antena converte energia elétrica

Leia mais

TETRA + CRITICAL COMMUNICATIONS ASSOCIATION. Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE. Estudo de Caso: TETRA para uma Operadora Privada

TETRA + CRITICAL COMMUNICATIONS ASSOCIATION. Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE. Estudo de Caso: TETRA para uma Operadora Privada TETRA + CRITICAL COMMUNICATIONS ASSOCIATION Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso: TETRA para uma Operadora Privada Julho-2012 Objetivo Apresentar a experiência da operadora privada LIG-MÓBILE,

Leia mais

Multiplexador. Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação

Multiplexador. Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação Multiplexadores Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação Transmissor 1 Receptor 1 Transmissor 2 Multiplexador Multiplexador Receptor 2 Transmissor 3 Receptor 3 Economia

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

Convivência Banda C Satélite e WiMAX

Convivência Banda C Satélite e WiMAX Convivência Banda C Satélite e WiMAX 16 de agosto de 2011 Interferência na Banda C Sinal satélite ( transmitido a 36.000 km de distância) recebido com potência muito menor que sinal WiMAX (transmitido

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA IT Asset Manager como gerenciar o ciclo de vida de ativos, maximizar o valor dos investimentos em TI e obter uma exibição do portfólio de todos os meus ativos? agility made possible

Leia mais

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução Formalmente, o IP Multimedia Subsystem (IMS) é definido como:... um novo 'domínio' principal da rede (ou

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

Transmissor acústico wireless Rosemount 708

Transmissor acústico wireless Rosemount 708 Folha de dados do produto Rosemount 708 Transmissor acústico wireless Rosemount 708 O monitoramento acústico dos coletores de vapor e das válvulas de alívio de pressão melhoram a eficiência energética

Leia mais

19/09/2009 MEIOS DE COMUNICAÇÃO. REDES E COMUNICAÇÃO DE DADOS George Gomes Cabral FIO DE PAR TRANÇADO

19/09/2009 MEIOS DE COMUNICAÇÃO. REDES E COMUNICAÇÃO DE DADOS George Gomes Cabral FIO DE PAR TRANÇADO MEIOS DE COMUNICAÇÃO No caso de armazenamento de dados, o termo meio significa o meio de armazenamento usado. No contexto atual, meio significa aos fios, cabos e outros recursos para transferência de dados.

Leia mais

Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação

Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação Estudo de caso do cliente Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação A First Wind implementou vigilância por vídeo com base em IP, controles de acesso físicos e soluções de grade conectadas.

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN II O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Todo o material copyright 1996-2009 J. F Kurose e K. W. Ross, Todos os direitos reservados slide 1 2010 2010 Pearson Prentice Hall. Hall. Todos Todos os os direitos

Leia mais

Redes de Computadores sem Fio

Redes de Computadores sem Fio Redes de Computadores sem Fio Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica Faculdade de Engenharia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa Introdução

Leia mais

Protegendo o seu negócio com servidores DNS que se protegem

Protegendo o seu negócio com servidores DNS que se protegem Resumo do produto: A Solução de DNS seguro da Infoblox reduz os ataques aos servidores DNS através do reconhecimento inteligente de vários tipos de ataque e atuando no tráfego de ataque enquanto continua

Leia mais

Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA

Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA TETRA ASSOCIATION Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA Objetivo Compartilhar a experiência da LIG-MÓBILE, operadora brasileira de serviços

Leia mais

Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless!

Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless! Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless! AirWIRE é um dispositivo versátil para interconexão de equipamentos através de uma rede wireless de alta velocidade

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM PROVEDOR DE INTERNET COM A TECNOLGIA WIRELESS

IMPLANTAÇÃO DE UM PROVEDOR DE INTERNET COM A TECNOLGIA WIRELESS IMPLANTAÇÃO DE UM PROVEDOR DE INTERNET COM A TECNOLGIA WIRELESS Rodrigo de Carvalho Ribeiro 1 RESUMO A presente pesquisa foi realizada com o objetivo de identificar como funciona a tecnologia wireless,

Leia mais