PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO"

Transcrição

1 PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO Criado em 2006, o é responsável por gerenciar o investimento social do Grupo HSBC Brasil e tem como missão contribuir para o desenvolvimento das comunidades em que o HSBC está presente através do investimento social e o emprego de tempo e talento dos nossos colaboradores. Como o desenvolvimento das comunidades passa pelo desenvolvimento das pessoas, o busca efetivar parcerias com organizações socioambientais e investir no desenvolvimento dos seus gestores todos os anos. Além do investimento direto em projetos, investimos também na formação das lideranças dessas organizações oferecendo cursos com conteúdos construídos sob medida e também oferecendo uma equipe para apoiar os nossos parceiros. Compreendemos que a nossa força comercial pode ser uma grande aliada no desenvolvimento socioambiental das comunidades brasileiras. Por isso, envolvemos a nossa rede de colaboradores e de clientes. Nossos colaboradores participam da seleção dos nossos futuros parceiros, assim como do acompanhamento da própria execução dos projetos selecionados. Nossa estratégia é baseada na troca de experiências, aperfeiçoamento de conhecimento, profissionalização e nas mudanças sociais. Se a sua organização tem interesse em participar da rede de parceiros do não deixe de se inscrever. Vamos unir esforços para fomentar o desenvolvimento econômico local e a geração de renda, de forma inclusiva. 1. Foco da seleção Será aceita a inscrição de projetos sob responsabilidade de organismos não governamentais e comunitários, legalmente constituídos no país, sem fins lucrativos, e que atuem no Terceiro Setor Brasileiro e que cumpram integralmente todos os demais requisitos presentes neste Regulamento. Organismos governamentais podem apresentar projetos por meio de suas fundações e associações. Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

2 Poderão inscrever-se projetos novos ou em andamento que tenham como foco principal a seguinte linha de ação: Negócios Inclusivos: são empreendimentos autogestionários constituídos por pessoas em vulnerabilidade social que buscam inserção econômica, transformação social e preservação ambiental. Autogestão: modo de gestão em que todos os trabalhadores decidem coletivamente e são remunerados de acordo com sua dedicação de trabalho. Os projetos apresentados devem prever a criação ou consolidação de NEGÓCIOS INCLUSIVOS como estratégia de redução da vulnerabilidade social, para o desenvolvimento socioeconômico de comunidades e geração de renda dos beneficiários do projeto. As comunidades nas quais NEGÓCIOS INCLUSIVOS são realizados tem os fluxos econômicos locais melhorados, em razão da geração local de renda, produzem localmente e criam um ambiente propício para o consumo local. Os projetos inscritos nessa seleção devem desenvolver uma atuação transformadora e empoderamento comunitário, por meio de iniciativas sociais inovadoras, mobilizadoras e abrangentes, permitindo o envolvimento da comunidade. Nesta seleção, os projetos serão avaliados em relação à viabilidade sócio-econômicaambiental dos NEGÓCIOS INCLUSIVOS propostos, levando em consideração os indicadores apresentados, tais como, o aumento de renda dos participantes, faturamento mensal, número de pessoas atendidas, entre outros. 2. Investimento Nesta seleção serão contemplados 8 (oito) projetos que receberão R$ ,00 (quarenta mil reais) cada um, em parcela única, e a consultoria por 12 (doze) meses da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas. A liberação do recurso será realizada após o recebimento e a aprovação de toda a documentação solicitada e assinatura do contrato entre a organização e o Instituto HSBC Solidariedade. Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

3 Investimento na Participação nos Cursos de Capacitação As entidades deverão prever a inclusão dos valores abaixo especificados no custo do projeto. Esse custo refere-se à participação nos cursos de capacitação de projetos que são obrigatórios para as entidades selecionadas: - Viagem 1 para Curitiba-PR (ida e volta) e 4 (quatro) dias de hospedagem para 2 (dois) representantes da entidade no Curso de Gestão e Comunicação, que será realizado no início da parceria. Os orçamentos deverão ter limites de despesas individuais, conforme abaixo: - Alimentação limitada a R$100,00 (cem reais) por dia. - Hospedagem limitada a R$200,00 (duzentos reais) por dia. - Transporte (dentro da cidade) durante o período de estadia limitado a R$75,00 (setenta e cinco reais). 3. Instruções para a Inscrição Os projetos deverão ser formatados conforme o formulário disponível no site Projetos fora do padrão disposto no site não serão avaliados e serão descartados. Os projetos deverão ser encaminhados (uma cópia impressa e uma cópia digital em CD) até o dia 10 de agosto de 2012 para o colaborador da unidade do HSBC (Padrinho ou Madrinha ver item 4 abaixo) para seu parecer. Ele será o responsável por enviar o projeto ao. É permitida a inscrição de mais de um projeto por cada proponente. Organizações já apoiadas ou anteriormente apoiadas pelo Instituto HSBC Solidariedade poderão enviar novos projetos, desde que apresentem ampliação e ou aprimoramento do projeto anteriormente apoiado. Devem também estar regularmente em dia com a prestação de contas, documentações e relatórios técnicos. Não serão aceitas as inscrições que não atendam a todos os requisitos deste regulamento, nem aquelas que forem apresentadas fora dos prazos aqui previstos. 1 A entidade deve optar pelo meio de transporte (ônibus, avião) observando a relação custo x benefício. Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

4 O ato de inscrição pressupõe plena concordância com os termos deste Regulamento. 4. Padrinhos e Madrinhas O Programa Padrinhos e Madrinhas é uma iniciativa do Programa HSBC de Voluntariado que tem como objetivo envolver o colaborador nos projetos apoiados pelo, para que eles se envolvam mais com a comunidade local e possam contribuir positivamente com os resultados do projeto e com outras iniciativas desenvolvidas pela organização social. Acreditamos que o trabalho voluntário colabora com o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas, além de promover o envolvimento com as questões socioambientais da comunidade. A instituição para inscrever o projeto nesta seleção deverá, obrigatoriamente, ter um padrinho/madrinha de uma agência, unidade ou departamento do Grupo HSBC. A entidade social deverá contatar um colaborador do Grupo HSBC (Agências HSBC, Unidades Losango, Departamentos e HSBC Global Technology Brazil) para apresentar o seu projeto e convidar o colaborador para representá-lo no processo de seleção e acompanhamento junto ao. O colaborador deverá estar em uma unidade HSBC a no máximo 70 km distante do local onde o projeto será desenvolvido. 5. Processo de Seleção Nesse processo seletivo teremos a participação ativa das entidades proponentes, dos colaboradores do Grupo HSBC/Losango, dos Superintendentes Regionais e Heads de Áreas e do corpo técnico do. Para facilitar a compreensão do fluxo dessa seleção dividimos a responsabilidade de cada público por cor sendo: Responsabilidade das entidades participantes Responsabilidade das agências ou departamentos do HSBC/Losango Responsabilidade dos Superintendentes Regionais e Heads das unidades administrativas Responsabilidade do Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

5 Etapas do processo Seletivo Após ter tomado conhecimento do regulamento desse edital, as entidades interessadas em participar do processo seletivo deverão: 1. Baixar o formulário modelo Seleção Geração de Renda 2012 para inscrição de projetos que está disponível no site: 2. Preencher o formulário conforme as instruções fornecidas no próprio documento. 3. Procurar uma agência do HSBC/Losango ou um departamento do Grupo HSBC Brasil, em caso de unidades administrativas, para apresentação do seu projeto. Indicamos que ao dirigir-se às agências procure diretamente o gerente titular para apresentar seu projeto. Você pode conferir os endereços das agências do HSBC/Losango no site 4. Os colaboradores do HSBC/ Losango irão receber os projetos e, se possível, visitar as entidades. Após esse processo irão realizar um pré-comitê, a fim de selecionar apenas 01 (uma) iniciativa que seguirá no processo seletivo. O colaborador que irá apadrinhar o projeto deverá fazer uma análise do projeto na última folha do formulário de inscrição. 5. As agências/unidades do Grupo HSBC/Losango deverão encaminhar o projeto selecionado para o superintendente regional, em caso de agências, ou para o Head da área em caso de unidades. Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

6 6. Os superintendentes regionais/heads deverão escolher entre todos os projetos recebidos apenas 05 (cinco) que prosseguirão no processo seletivo. Na última folha do formulário existe um campo para a assinatura do Superintendente Regional/Head, que assinada e carimbada demonstrará concordância na indicação dos projetos. Após escolha e assinatura, os projetos deverão ser encaminhados para o A/C: Eloir Santos. Projetos sem a assinatura dos Superintendentes Regionais/Heads serão desclassificados do processo. Os projetos recebidos pelo serão considerados finalistas. Eles serão avaliados conforme os critérios administrativos e técnicos informados neste regulamento. Uma comissão avaliadora irá analisar os projetos e classificá-los de acordo com a eficiência dos mesmos. Os projetos melhor pontuados serão submetidos à escolha final do Comitê de Sustentabilidade que escolherá 60 a serem apoiados. 6. Cronograma da Seleção Lançamento do Edital 02/07/2012 Período de preenchimento do formulário e entrega do projeto na agência do HSBC/Losango ou departamentos Período de pré-comitê nas agências e departamentos do HSBC/Losango Período de coleta de assinatura nos formulários dos Superintendentes Regionais ou Heads de departamento e envio para o Instituto HSBC Solidariedade. Data limite para recepção dos projetos no Instituto HSBC Solidariedade Período de avaliação dos projetos finalistas pela comissão avaliadora 02/07/2012 a 10/08/ /08/2012 a 22/08/ /08/2012 a 31/08/ /09/ /09/2012 a 28/09/2012 Comitê de Sustentabilidade 08/11/2012 Divulgação dos projetos vencedores 14/11/2012 Envio do Plano de Trabalho 30/11/2012 Envio da Documentação para efetivação da parceria 30/11/2012 Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

7 7. Seleção dos Projetos 7.1 Responsabilidade das agências ou departamentos do HSBC/Losango Cada agência ou departamento deverá realizar um pré-comitê, indicando apenas 01 projeto que deverá ser encaminhado ao seu respectivo Superintendente Regional ou Head. 7.2 Responsabilidade dos Superintendentes Regionais e Heads das unidades administrativas Dos projetos recebidos, cada Superintendente Regional ou Head deverá indicar 05 projetos, que serão enviados ao. 7.3 Responsabilidade do Os projetos serão analisados pela Comissão de Seleção, composta por representantes do e do Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas ITCP/FGV, além de especialistas em investimento social e profissionais do terceiro setor conceituados com experiência comprovada em avaliação de projetos sociais. A) Análise administrativa: essa etapa é eliminatória e será verificado se o formulário foi preenchido corretamente e se todos os itens obrigatórios foram contemplados no projeto. São eles: Entidade Estruturada. A instituição deve ser legalmente constituída e com toda a documentação solicitada neste Regulamento atualizada, possuir suas obrigações legais em dia, possuir certidão negativa de débito - CND, possuir uma equipe com conhecimento e experiência na área do projeto submetido à seleção atuação, apresentar um histórico de experiência no seu ramo de atuação. Ter um padrinho/madrinha de uma agência ou departamento do HSBC, Losango ou HSBC Global Technology Brazil. Nesta etapa também será analisado se o projeto: Não tem características religiosas ou envolvimento com partidos políticos. Não solicitar recursos apenas para manutenção da entidade. B) Análise Técnica: o conteúdo dos projetos será verificado pontuando-os conforme os seguintes critérios: Afinidade do projeto com o objetivo da seleção de projetos: quanto o projeto poderá contribuir para redução da vulnerabilidade de crianças e Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

8 adolescentes aliadas ao desempenho escolar, por meio de metodologias comprovadamente eficientes para o alcance dos resultados do projeto. Articulação: é a capacidade de a entidade proponente realizar parcerias locais, visando potencializar as ações do projeto, o aumento da apropriação das ações pela comunidade viabilizando as transformações desejadas. Continuidade: elementos que favoreçam a sustentação econômica e organizacional da instituição, bem como a continuidade do projeto e de seus resultados em longo prazo. Relação Custo-Eficiência: é a relação entre os resultados e a aplicação de recursos (materiais, humanos e financeiros). Essa relação será analisada considerando o montante de recursos aplicados na geração dos resultados propostos (produtos ou serviços). Critérios de Pontuação: Os avaliadores atribuirão pontos a cada um dos critérios citados nas análises administrativa e técnica, apresentando um parecer sucinto que justifique a pontuação. O avaliador também fará uma avaliação geral do projeto. O critério Afinidade do projeto com o objetivo da seleção, terá caráter eliminatório. Os demais critérios possuem igual importância entre si e o mesmo peso. 7.4 Responsabilidade do Comitê de Sustentabilidade Os projetos melhor qualificados nas etapas anteriores serão apresentados ao Comitê de Sustentabilidade do HSBC, presidido pelo CEO, que ratificará a decisão final ou irá propor alterações. A decisão do Comitê de Sustentabilidade é soberana. 8. Contrato Para formalizar o apoio financeiro com as instituições selecionadas será firmado um Contrato de Doação com Encargos com a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas ITCP/FGV ou outro parceiro designado, de acordo com o modelo utilizado pelo. A instituição selecionada terá o prazo máximo de 15 (quinze) dias, contados da data da comunicação do apoio, para apresentar os seguintes documentos OBRIGATÓRIOS: Contrato Social / ata de constituição/ estatuto social; Cartão do CNPJ; Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

9 Ata da eleição diretoria atual; Copia CPF e RG do representante legal da Instituição Copia CPF e RG do responsável técnico do projeto Certidões Negativas de Débitos (CNDs) Municipal, Estadual e Federal. Quando aplicável: Alvará de funcionamento; Procuração (quando for o caso); No caso de construção, documentação comprobatória da situação regular do terreno. IMPORTANTE: O não envio de qualquer um dos documentos acima listados como OBRIGATÓRIOS implicará na IMPOSSIBILIDADE de formalização da parceria. Instituições que não apresentarem qualquer um dos documentos no prazo acima estipulado serão automaticamente desqualificadas. O repasse do valor somente ocorrerá após a formalização do Contrato entre a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas ITCP/FGV ou outro parceiro designado pelo Instituto HSBC e a Instituição selecionada. As organizações selecionadas deverão, em caráter obrigatório, enviar para a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares relatórios técnicos semestrais, acompanhados de fotos e demais documentos aplicáveis, das atividades desenvolvidas e resultados obtidos, assim como relatório financeiro. Caberá ao a validação e aprovação final de ambos os relatórios. Os modelos dos relatórios serão enviados após seleção dos projetos. Os projetos aprovados receberão incubação à distância, via internet, da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas, parceira do nesta iniciativa. Para mais informações sobre o processo de incubação ver O acompanhamento dos projetos será realizado por meio da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares, que passará a contatar as entidades selecionadas com Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

10 frequência, fazendo com que os resultados e impactos gerados pelos projetos sejam melhor acompanhados por nossa rede de colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros engajados. Além disso, o DMA Núcleo de Desenvolvimento, Monitoramento e Avaliação de Projetos do também estabelecerá contato com a entidade executora do projeto. Na formalização dos projetos selecionados, a sua entidade será devidamente comunicada sobre os procedimentos ocorridos durante o período da parceria. 9. Prestação de Contas Todas as organizações selecionadas por meio deste Processo de Seletivo deverão prestar contas dos projetos de acordo com os modelos que serão devidamente informados pelo e/ou pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Getúlio Vargas. 10. Informações Adicionais As decisões referentes a este processo de Seleção são soberanas, não cabendo qualquer recurso sobre as deliberações do. Em caso de dúvida, elas serão discutidas e examinadas e, se necessário, contatado o responsável pela instituição. A organização apoiada autoriza automaticamente o a divulgar em qualquer meio de comunicação, imagens, nomes, voz e trabalho escrito relacionados ao projeto aprovado. O se reserva o direito de publicar, por tempo indeterminado, na íntegra ou parte, todos os projetos inscritos em qualquer veículo de comunicação. As propostas não são devolvidas aos proponentes, sendo que as aprovadas serão arquivadas e as propostas não selecionadas serão destruídas. Seleção Foco Comunidade / Geração de Renda

PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO Criado em 2006, o é responsável por gerenciar o investimento social do Grupo HSBC Brasil e tem como missão contribuir para

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO - 1 - PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar o investimento social

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos sociais. O edital destina-se às organizações

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para a seleção de projetos que contribuam para o

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

REGULAMENTO DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS. Prêmio Consulado da Mulher EDITAL - 2016

REGULAMENTO DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS. Prêmio Consulado da Mulher EDITAL - 2016 REGULAMENTO DE SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS Prêmio Consulado da Mulher EDITAL - 2016 1. APRESENTAÇÃO 1.1. O Instituto Consulado da Mulher, ação social da marca Consul, torna público que estão abertas as

Leia mais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais Disposições Gerais As inscrições dos projetos serão aceitas com a entrega física do projeto, acompanhado de CD ROM com a versão digitalizada, nos escritórios das Regionais da CEMAR (relação ANEXO I), ou

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Versão Fevereiro 2015 APRESENTAÇÃO Criado em 2006, o Instituto Morena Rosa de Sustentabilidade, Cultura e Desenvolvimento Humano (IMR) é responsável por gerenciar o investimento

Leia mais

Conjunto EDITAL N.º 025/2014 PROEPI/IFPR - RETIFICADO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN)

Conjunto EDITAL N.º 025/2014 PROEPI/IFPR - RETIFICADO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) EDITAL N.º 025/2014 PROEPI/IFPR - RETIFICADO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Paraná

Leia mais

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância Edital Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância 1. OBJETIVO 1.1. Este edital tem o objetivo de apoiar financeiramente projetos de extensão universitária voltados a ações para o desenvolvimento

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA)

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Escola de Engenharias e Ciências Exatas, torna público o presente Edital, pelo

Leia mais

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE INCLUSÃO DIGITAL AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 02, DE 4 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA COMPUTADORES PARA INCLUSÃO A União, por intermédio da Secretaria de Inclusão

Leia mais

II Chamada Pública de Projetos Comunitários No. 1/2016

II Chamada Pública de Projetos Comunitários No. 1/2016 II Chamada Pública de Projetos Comunitários No. 1/2016 A Tabôa Fortalecimento Comunitário é uma entidade sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo e o fortalecimento das organizações de base comunitária.

Leia mais

Edital Instituto Sabin - 01/2015

Edital Instituto Sabin - 01/2015 Edital Instituto Sabin - 01/2015 Seleção pública de iniciativas empreendedoras socioambientais inovadoras para parceria com o Instituto Sabin O Instituto Sabin, torna público o presente Edital e convoca

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 Instituto Marca de Desenvolvimento Socioambiental - IMADESA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 >> Leia com atenção o Edital antes de preencher o formulário para apresentação de projetos. I.

Leia mais

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN)

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Paraná (IFPR),

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO FEVEREIRO DE 2011 Telefones: (66) 3422 2461 / 6710 1 1. Apresentação da Incubadora de Empresas I-deia A Incubadora I-deia

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE PROCESSO SELETIVO REGULAMENTO

INVESTIMENTO SOCIAL CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE PROCESSO SELETIVO REGULAMENTO INVESTIMENTO SOCIAL CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE PROCESSO SELETIVO REGULAMENTO Objetivo da Seleção.A infância brasileira precisa de cuidados. Diversos relatórios têm apontado que o país conquistou

Leia mais

2. QUEM PODE PARTICIPAR

2. QUEM PODE PARTICIPAR EDITAL 1. Edital Instituto Walmart 1.1. Este edital é uma iniciativa do Instituto Walmart com o objetivo de identificar, reconhecer e estimular o desenvolvimento de projetos por organizações da sociedade

Leia mais

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4139, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. Regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer e o Incentivo ao Esporte e Lazer e dá outras providências. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no

Leia mais

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS sicoobcentro.com.br POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS Cooperativa de Crédito *Esta Política de Apoio a Projetos Sociais é baseada no projeto da Cooperativa Sicoob Credip* ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...3

Leia mais

ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos

ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos Os projetos a serem apresentados deverão obedecer ao roteiro proposto. Deverão ser executados no prazo máximo de 12 (doze) meses, contados a partir da data

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

VIII Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade. Roteiro para Elaboração de Projetos Sociais

VIII Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade. Roteiro para Elaboração de Projetos Sociais VIII Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade Roteiro para Elaboração de Projetos Sociais quem pode participar Pessoas jurídicas, não-governamentais e sem fins lucrativos tais como: associações,

Leia mais

ESTADO DO ACRE Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE

ESTADO DO ACRE Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE O Governo do Estado do Acre, por intermédio da Fundação de Cultura e Comunicação, no âmbito do Acordo de Cooperação firmado

Leia mais

EDITAL DE INTERCÂMBIO REGULAMENTO

EDITAL DE INTERCÂMBIO REGULAMENTO EDITAL DE INTERCÂMBIO Programa IberCultura Viva I EDIÇÃO 2015 O Programa IberCultura Viva, iniciativa intergovernamental para o fortalecimento das culturas e das comunidades da região ibero-americana criado

Leia mais

PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA EDITAL Nº 01/2015 FUMCULT- PMM SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE ESPETÁCULOS DE TEATRO PARA O PROJETO CIRCUITO NATALINO 2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAPÁ, através

Leia mais

Representação Regional de São Paulo

Representação Regional de São Paulo Publicado no Diário Oficial da União em 02 de janeiro de 2012 EDITAL OCUPAÇÃO DO TEATRO DE ARENA EUGÊNIO KUSNET/2012 O Presidente da Fundação Nacional de Artes Funarte, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 045/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 045/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 045/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO O Instituto Telemar, torna público, para conhecimento dos interessados, que

Leia mais

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016 Página 1 de 8 EDITAL Nº 02/2016 A INCIT - Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá torna público que estarão abertas às inscrições para o processo seletivo de novas startups para o Programa

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica, torna

Leia mais

EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE

EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE Sumário: 1. Apresentação 2. Finalidade do Prêmio 3. A quem se destina 4. Requisitos de elegibilidade para inscrição 5. Critérios de Avaliação 6.

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 1 ÍNDICE CRONOGRAMA ------------------------------------------------------------------------------- 3 CATEGORIAS -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002

EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002 EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002 O Ministério da Ciência e Tecnologia, em cumprimento às recomendações do Comitê Gestor do Programa de Estímulo à Interação Universidade-Empresa

Leia mais

EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014

EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014 EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014 EDITAL PARA TRANSMISSÃO DE METODOLOGIA DE APOIO A MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS A Aliança Empreendedora é uma organização

Leia mais

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA BAHIA INOVAÇÃO REDE DE EMPREENDEDORISMO A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO RAIAR Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS TECNOPUC Parque Científico e Tecnológico da PUCRS Porto Alegre, dezembro

Leia mais

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA CEUT FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SAÚDE, EXATAS E JURÍDICAS DE TERESINA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 003/2014 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 4. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Lançamento do Edital 28 de fevereiro de 2014 Limite para postagem das propostas (conforme item

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições:

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições: EDITAL Nº 049/2015 CHAMADA DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2016 A Diretoria de Pós graduação e Extensão, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Geral do Centro Universitário

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTA PARA PROJETO DE APOIO A INSTALAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS NO BRASIL REFERENTE

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR

EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR EDITAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá apoio financeiro a editoras estrangeiras com o objetivo de promover a participação

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 A Reitoria do, por meio da (PROPPG/IFG), torna público o processo

Leia mais

INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2014

INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2014 INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2014 INTRODUÇÃO O Instituto Rio promove pelo décimo ano consecutivo sua Seleção Anual de Projetos, inaugurada em 2003 como elemento fundamental

Leia mais

Edital Instituto Bancorbrás 01/2015

Edital Instituto Bancorbrás 01/2015 Edital Instituto Bancorbrás 01/2015 O Instituto Bancorbrás, por meio do Projeto Bancorbrás Social torna público o presente edital e convoca as instituições interessadas a enviarem propostas para habilitarem-se

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS PORTARIA N 035, 10 DE JUNHO DE 2008 DISPÕE SOBRE O EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS DA REDE EXECUTORA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS 2.008 O Secretário Municipal de Políticas

Leia mais

EDITAL 002/2015 UNICAFES/SENAES-MTE

EDITAL 002/2015 UNICAFES/SENAES-MTE EDITAL 002/2015 UNICAFES/SENAES-MTE A UNIÃO NACIONAL DE COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA (Unicafes), inscrita no CNPJ sob o n. 07.738.836/0001-37 torna público a abertura de inscrições

Leia mais

Brincar de ler e escrever

Brincar de ler e escrever I Edital FNA 2015 Brincar de ler e escrever A Fundação Negro Amor - FNA foi criada em 2008 e, desde então, desenvolve ações na área socioeducativa e cultural, com foco na promoção da educação infantil

Leia mais

1 Concurso Cartão de Natal - IMEPAC

1 Concurso Cartão de Natal - IMEPAC CONCURSO FOTOGRÁFICO CARTÃO DE NATAL IMEPAC O INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS, situado na Avenida Minas Gerais, 1889, Centro, na cidade de Araguari/MG, inscrita no CNPJ sob o n.º 11.010.877/0001-80,

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS RCC IJUCI/MG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SEÇÃO I DOS PRINCÍPIOS

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS RCC IJUCI/MG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SEÇÃO I DOS PRINCÍPIOS REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS RCC IJUCI/MG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SEÇÃO I DOS PRINCÍPIOS Art. 1º Este regulamento aplica os procedimentos e os princípios observados pelo Instituto

Leia mais

REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009. Mídias Locativas

REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009. Mídias Locativas REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009 Mídias Locativas O Edital Mídias Locativas Vivo arte.mov 2010 é uma iniciativa do arte.mov Festival Internacional de Arte em Mídias Móveis Projeto aprovado

Leia mais

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo:

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo: PROGRAMA VOLUNTARIADO BB APOIO A PROJETOS COM RECURSOS DO FIA EDITAL INTERNO DO PROJETO VOLUNTÁRIOS BB FIA 2015 UNIDADE NEGÓCIOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - UNS APRESENTAÇÃO O Projeto Voluntários

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica

Leia mais

EDITAL 004/2014 Pavilhão da Inovação 2014

EDITAL 004/2014 Pavilhão da Inovação 2014 EDITAL 004/2014 Pavilhão da Inovação 2014 1. DOS OBJETIVOS 1.1. O Pavilhão da Inovação é um espaço físico dentro da FEISMA 2014 evento promovido pela Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria

Leia mais

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO REGULAMENTO Realizadora: Instituto Claro, CNPJ: 10.207.232/0001-79, com sede na Rua Flórida, 1970 andar 5 CEP: 04565-907, Cidade Monções São Paulo/SP. 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO 1.1. O Prêmio Instituto

Leia mais

Prefeitura Municipal de Valença-RJ

Prefeitura Municipal de Valença-RJ Prefeitura Municipal de Valença-RJ Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Valença-RJ EDITAL Nº 01, DE 27 DE JANEIRO DE 2015. Edital para Contratação Temporária de Bandas para apresentação no Carnaval

Leia mais

EDITAL Seleção para apoio a implantação de projetos que contribuam com o Desenvolvimento Territorial

EDITAL Seleção para apoio a implantação de projetos que contribuam com o Desenvolvimento Territorial FUNDO MULTILATERAL DE INVESTIMENTOS PROGRAMA REGIONAL DE FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO LOCAL COM INCLUSÃO SOCIAL- ConectaDEL EDITAL Seleção para apoio a implantação de projetos que contribuam

Leia mais

Reabertura de Inscriçõ es

Reabertura de Inscriçõ es Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá Diretoria de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico EDITAL PIBIC/CNPq/IEPA 2015/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À CAPACITAÇÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

FUNDAÇÃO DE APOIO À CAPACITAÇÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL FACTI/CERTICS-Nº 01/2013 CHAMADA PARA QUALIFICAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE APOIO À APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO CERTICS PARA SOFTWARE 1ª CHAMADA Pessoas Jurídicas sem Finalidade

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Viana - COMDICAVI Lei Municipal Nº. 1214/94

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Viana - COMDICAVI Lei Municipal Nº. 1214/94 EDITAL Nº. 01/2014 - COMDICAVI Dispõe sobre o chancelamento de projetos das entidades não governamentais e órgãos governamentais de atendimento à criança e ao adolescente, para financiamento com recursos

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI, Campus

Leia mais

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado.

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado. EDITAL DE CONCURSO N 002/2015 8 EDITAL DO FUNDO MUNICIPAL DE APOIO À CULTURA A FUNDAÇÃO CULTURAL DE BRUSQUE, inscrita no CNPJ sob o nº 04.894.677/0001-71, com sede na Rua Germano Schaefer, 110 Praça da

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC)

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (PIBIC-Af) EDITAL Nº 004/2015-PROPPG,

Leia mais

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação Universidade de Brasília

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado da e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (ProMD/UnB/FAPDF/2016) BOLSAS REMANESCENTES DO EDITAL ProMD/UnB/FAPDF

Leia mais

1. HISTÓRICO E OBJETIVOS... 2

1. HISTÓRICO E OBJETIVOS... 2 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA SUPERIOR DE DESENHO INDUSTRIAL INCUBADORA DE EMPRESAS DE DESIGN I EDITAL DE SELEÇÃO DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE DESIGN ANO 2012 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO E OBJETIVOS...

Leia mais

EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos

EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, órgão vinculado à Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL EDITAL DE SELEÇÃO E FINANCIAMENTO DE PROJETOS ESCOTEIROS -1/2013 A União dos Escoteiros do Brasil torna público o Edital para seleção e financiamento de projetos escoteiros,

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE 1. DO CONCURSO 1.1. Fica instituído o Concurso Gata do Vale realizado pelo Portal Aconteceu no Vale e TV em Foco, para eleger a garota mais linda dos Vales do Jequitinhonha,

Leia mais

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INGRESSO NA MODALIDADE DE INCUBAÇÃO INTERNA E INCUBAÇÃO EXTERNA Osório 2015 EDITAL nº 01/2015 DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPREENDEDORES

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA Superintendência de Cultura e Sociedade Coordenadoria de Diversidade Cultural

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA Superintendência de Cultura e Sociedade Coordenadoria de Diversidade Cultural Chamada de seleção simplificada para participação na 1º Feira Favela Criativa REGULAMENTO Com os objetivos de: (1) fortalecer as ações culturais já existentes nas comunidades pacificadas e outros territórios

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO COM RECURSOS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS A Fundação Parque Tecnológico Itaipu Brasil, em parceria com a

Leia mais

CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016

CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016 CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016 A Temporada de Projetos do Paço das Artes, um dos programas mais importantes da instituição, abre a Convocatória 2016. A Temporada é um espaço aberto

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá bolsas a tradutores estrangeiros tendo em vista períodos de residência

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Introdução Independentemente do nível de experiência da proponente na elaboração de projetos, o Instituto Cooperforte empresta apoio, orientação e subsídios às Instituições

Leia mais

1 - DA REALIZAÇÃO 2 - DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

1 - DA REALIZAÇÃO 2 - DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO A Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia - Cia Cuca de Teatro torna pública a abertura de inscrições para a Mostra Jovens Talentos da 9ª edição do FENATIFS - Festival Nacional de Teatro

Leia mais

Processo nº. 00461/2013 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO SESI-PR Nº. 144/2013

Processo nº. 00461/2013 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO SESI-PR Nº. 144/2013 O Serviço Social da Indústria, Departamento Regional do Paraná, adiante designado simplesmente SESI-PR, com sede na Avenida Cândido de Abreu, n 200, Centro Cívi co, Curitiba/PR, está promovendo Licitação,

Leia mais

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio 2015 Índice 1. O Natura Musical 2. Tipos de projetos beneficiados 3. Como participar dos editais 4. Qual o caminho até o patrocínio 5. Atendimento aos proponentes Anexos: Contrapartidas e 3 4 6 9 16 17

Leia mais

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos!

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! 2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer: estamos comemorando 10 anos do Programa Parceria Social! Ao longo desses anos o Instituto Embraer pôde,

Leia mais

22o. Prêmio Expressão de Ecologia

22o. Prêmio Expressão de Ecologia 22o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Apresentação para Empreendedore e Interessados do Selo Verde Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Selo Verde

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009.

RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009. RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009. ALTERAR E ESTABELECER NOVAS PROVIDÊNCIAS À RESOLUÇÃO Nº 119/2007 DO CMDCA. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Florianópolis, no

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX EDITAL Nº. 09/2016-PROEX/IFRN

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX EDITAL Nº. 09/2016-PROEX/IFRN 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX EDITAL Nº. 09/2016-PROEX/IFRN SELEÇÃO PÚBLICA PARA APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO EXERCÍCIO 2016

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS EDITAL DE DIVULGAÇÃO Nº. 2, DE 15 DE MARÇO DE 2009. Prêmio de Apoio a Pequenos Eventos Culturais A União, por intermédio do Ministério

Leia mais

EDITAL Nº 001 / 2015

EDITAL Nº 001 / 2015 EDITAL Nº 001 / 2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRO DE ARTISTAS E PROFISSIONAIS DE ARTE E CULTURA DE MOGI DAS CRUZES PARA FOMENTO À CULTURA MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. A Prefeitura

Leia mais

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia EDITAL 01/2016 O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016.

EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016. EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016. OBJETO: RECEBIMENTO DE PROPOSTAS PARA REALIZAÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA A PROGRAMAÇÃO

Leia mais