PLANO DE ACÇÃO Março 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE ACÇÃO 2009. Março 2009"

Transcrição

1 PLANO DE ACÇÃO Março Plano Acção

2 Plano Acção Acções Actividas Elaborar e aprovar o Plano Acção Actualização do Diagnóstico Social do Concelho Reuniões trabalho para elaborar o Plano Acção Apresentação, análise e aprovação do Plano Acção Reuniões trabalho para finir estratégias actualização do Diagnóstico Recolha dados estatísticos Reuniões trabalho para efectuar a actualização e o tratamento dados Elementos do Elementos do e do CLAS Elementos do Elementos do Elementos do e dos Grupos Trabalho Entidas Núcleo Executivo Entidas Conselho Local Acção Social do Cadaval Entidas Núcleo Executivo Entidas Núcleo Executivo Entidas Núcleo Executivo CLASC e Página Internet para as IPSS s do Concelho Elaborar uma página tipo para as IPSS s do Concelho que não disponham ste Técnicos Informática IPSS s instrumento Plano Acção

3 Plano Acção Acções Actividas Acções sensibilização e informação no âmbito da Prevenção Primária das Toxicopendências, dirigidas aos Auxiliares Acção Educativa Projecto Prevenção Primária das Toxicopendências Cada 1 Vale + Realização Acções Prevenção, dirigidas aos Auxiliares Acção Educativa Realização Acções Prevenção, dirigidas aos Professores Técnicos Centro Respostas Integradas Oeste Técnicos Centro Respostas Integradas Oeste do do do do Instituto da Droga e da Toxicopendência; Instituto da Droga e da Toxicopendência; IDT, I.P. - Centro Respostas Integradas do Oeste; ; EB 2,3 do Cadaval; c/ 3º Ciclo EB Montejunto IDT, I.P. - Centro Respostas Integradas do Oeste EB 2,3 do Cadaval c/ 3º Ciclo EB Montejunto Plano Acção

4 Acções Actividas Elaborar o Plano Desenvolvimento Social do Concelho Promover Cursos Reuniões trabalho para finir estratégias elaboração do PDS Reuniões trabalho para elaborar o PDS Apresentação e aprovação do PDS Formalização um Centro Novas Oportunidas no Concelho Plano Acção Oferta formativa da APAS Pedagógica Inicial Formadores (para obtenção do CAP) Curso reciclagem/actualização formadores (renovação do CAP) Curso Técnico/a Agrícola Técnicas Produção Agrícola 4500 h (Nível III) Grupos Trabalho c/ 3º Ciclo EB Montejunto c/ 3º Ciclo EB Montejunto Entidas Núcleo Executivo Conselho Local Acção Social c/ 3º Ciclo EB Montejunto Plano Acção

5 Plano Acção Acções Actividas Formações modulares na área da Produção Agrícola e Animal A finir Reconhecimento, Validação e Certificação Competências A finir Oferta formativa da Promover Cursos CEF Jardinagem DREL CEF Instalação e Reparação Computadores Profissional Informática Gestão Profissional Informática Professores Formadores DREL Empresas locais/regionais Gestão Plano Acção

6 Plano Acção Acções Actividas Oferta formativa da (cont.) Promover Cursos Profissional Restauração variante Bar Profissional Marketing CEF a finir Profissional a finir Pós-laboral Profissional Técnico Gestão Profissional Higiene e Segurança no Trabalho Professores Formadores Professores Formadores DREL DREL DREL Empresas locais/regionais DREL Empresas locais/regionais EFA B3 Plano Acção

7 Plano Acção Acções Actividas Pós-laboral EFA B3 EFA B3 EFA Secundário Promover Cursos EFA Secundário EFA Secundário CET Aplicação Informática Gestão CET Aplicação Informática Gestão, Instituto Politécnico Torres Vedras, Instituto Politécnico Torres Vedras CET Gestão Turismo CEF Curso Educação e para Jovens; Profissional: Nível Secundário EFA Educação e Adultos; CET Curso Especialização Tecnológica (nível superior) Plano Acção

8 Plano Acção Acções Actividas Oferta formativa da Associação Empresarial Formações modulares nas Promover Cursos áreas comércio, gestão e administração, secretariado e trabalho administrativo, enquadramento/organização na empresa, marketing e A finir AECC e outras entidas formadoras QREN AECC e outras entidas formadoras publicida, indústrias alimentares, protecção do ambiente, audiovisuais e produção dos média e ciências informáticas. RVCC ao nível do 4º, 6º, 9º e 12º anos escolarida. Plano Acção

9 Plano Acção Acções Actividas Oferta formativa da Junta Freguesia do Cadaval Formações modulares nas Junta Promover Cursos áreas gestão e organização das empresas, relacionamento interpessoal, aplicações informáticas e gestão res, legislação laboral e gestão administrativa. Junta Freguesia Cadaval outras entidas formadoras do e Entidas Formadoras Freguesia do Cadaval Associação Murteirense Cultura, Língua inglesa (iniciação), Desporto e documentação Solidarieda administrativa, comunicação Social oral e escrita. Plano Acção

10 Plano Acção Acções Actividas Promover Cursos Oferta formativa da Junta Freguesia do Cadaval Reconhecimento, Validação Junta F. Centro Junta F. e Certificação Cadaval Centro Emprego Cadaval Competências (3º Ciclo e Secundário) Emprego Almeirim Almeirim Centro Emprego Almeirim Oferta Formativa da Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural do Concelho do Cadaval Associação para o Associação para o Curso Animador Sócio- Desenvolvim. Desenvolvim. Cultural (Educação e Social e Cultural Social e Adultos - Nível do Concelho do Cultural do Secundário) Cadaval Concelho do Cadaval QREN Associação para o Desenvolvim. Social e Cultural do Concelho do Cadaval Plano Acção

11 Plano Acção Acções Actividas Rastreios (diabetes, hipertensão, Colesterol) Técnicos Centro Saú Juntas Freguesia Centro Saú Juntas Freg. Centro Saú Juntas Freg. C. Acções Educação para a Saú Técnicos Centro Saú Juntas Freguesia Centro Saú Juntas Freguesia Centro Saú Juntas Freg. C. Estilos Vida Saudáveis Actividas sportivas Projecto Educação para a Saú Projecto Promoção para a Saú Animadores Desportivos Professores Professores Ministério da Educação Ministério da Educação c/ 3º Ciclo EB Montejunto EB 2,3 do Cadaval Projecto Básico Serviço Saú Suplementar Núcleo do Cadaval da Cruz Vermelha Portuguesa Núcleo do Cadaval da Cruz Vermelha Portuguesa PRODER Núcleo do Cadaval da Cruz Vermelha Portuguesa Centro Saú Plano Acção

12 Plano Acção Acções Actividas J F M A M J J A S O N D Re Espaços Internet, Leitura e Convívio intergeracional Apresentar Candidatura ao QREN Técnicas da QREN Jornadas Intermunicipais Promover iniciativas Certificada Intermunicipais (Metodologias Diagnóstico, Metodologias Intervenção Social Integrada, Concepção e Gestão A finir Comunida Intermunicipal do Oeste Municípios da Comunida Intermunicipal do Oeste Projectos em Parceria, Monitorização e Avaliação Projectos, Planeamento) Plano Acção

13 Plano Acção Acções Actividas Implementação um Municípios da Observatório Interconcelhio Desenvolvimento Social A finir Comunida Intermunicipal do Oeste Promover Intermunicipais iniciativas Técnicas responsáveis Municípios Cadaval, Municípios Cadaval, específica para A finir pelos Locais Bancos Lourinhã e Torres Vedras Lourinhã e Torres Vedras voluntários Voluntariado Outras Outras entidas entidas formadoras formadoras Comemoração do Dia Técnicas Municípios Municípios Internacional do Voluntário em parceria com outros responsáveis pelos Bancos Cadaval, Bombarral, Cadaval, Bombarral, Bancos Locais Locais Lourinhã e Lourinhã e Voluntariado Voluntariado Torres Vedras Torres Vedras Plano Acção

14 Plano Acção Acções Actividas GNR Juntas Sessões sensibilização à Realização acções Destacamento Freguesia população idosa para as prevenção/segurança no Territorial GNR Dest. questões segurança âmbito do Programa Idosos Alenquer Territorial em Segurança Alenquer GNR Acções sensibilização e Destacamento informação dirigidas aos pais Territorial e alunos Uma nova Promoção acções GNR Alenquer pendência Internet sensibilização para os perigos da Internet Destacamento Territorial Alenquer EB 2,3 do Cadaval Divulgar na Página Entidas do Entidas do Internet da Re Social do Envio das acções a divulgar Conselho Conselho Cadaval acções promovidas pelas Entidas Parceiras, para o da Re Social do Cadaval Local Acção Social Local Acção Social que concorram para o do Cadaval do Cadaval senvolvimento social local Plano Acção

15 Plano Acção

PLANO DE ACÇÃO 2006-2007

PLANO DE ACÇÃO 2006-2007 PLANO DE ACÇÃO 2006-2007 PLANOS DE ACÇÃO POR EIXOS DE DESENVOLVIMENTO EIXO I PROMOÇÃO DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Acções Actividades Operacionalizar a Associação Empresarial do Concelho Criação de uma página

Leia mais

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010 Almada o teu futuro passa por aqui Oferta Formativa Profissionalizante Ano Lectivo 2010/2011 Oferta Formativa Profissionalizante Almada o teu futuro passa

Leia mais

Projecto co-financiado pelo FSE

Projecto co-financiado pelo FSE CLAS DE MONDIM DE BASTO PLANO DE ACÇÃO 2012 REDE SOCIAL DE MONDIM DE BASTO Projecto co-financiado pelo FSE ÍNDICE ÍNDICE DE TABELAS... 3 CAPÍTULO I... 4 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO II... 6 PLANO DE ACÇÃO

Leia mais

Rede Social PLANO DE AÇÃO

Rede Social PLANO DE AÇÃO Rede Social PLANO DE AÇÃO 2011 R E D E SOCIAL DO CONCELHO DE VILA DO BISPO 1 Rede Social Rede Social do Concelho de Vila do PLANO DE ACÇÃO 2011 Ficha Técnica Entidade Promotora: Câmara Municipal de Vila

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

1.3. Envelhecimento Activo. 1.4. Plano de Actividades dirigido à população Idosa. 1.5. Semana Sénior

1.3. Envelhecimento Activo. 1.4. Plano de Actividades dirigido à população Idosa. 1.5. Semana Sénior Rede Social de Pombal de Pombal Largo do Cardal 3100-440 Pombal Plano de Acção Ano 2011 Prioridade 1- (PNAI) (Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que asseguremos seus direitos

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010. Acções Calendarização Recursos Humanos Recursos Materiais. Dirigentes das IPSS`s. Outras Entidades Locais

PLANO DE ACÇÃO 2010. Acções Calendarização Recursos Humanos Recursos Materiais. Dirigentes das IPSS`s. Outras Entidades Locais PLANO DE ACÇÃO 2010 EIXOI PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO IDOSOS OBJECTIVO GERAL: Requalificação de Equipamentos e Serviços sociais de Apoio a Idosos Objectivos específicos Acções Calendarização

Leia mais

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval.

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. GAL Grupo de Acção Local, reconhecido pelo Ministério da Agricultura

Leia mais

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 Documento elaborado pelo: Conselho Local de Acção Social do Concelho do Núcleo

Leia mais

SEMINÁRIO REDE SOCIAL: PLANEAR PARA INTERVIR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: GERADORES DE UM FLUXO CONTINUO DE INFORMAÇÃO

SEMINÁRIO REDE SOCIAL: PLANEAR PARA INTERVIR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: GERADORES DE UM FLUXO CONTINUO DE INFORMAÇÃO SEMINÁRIO REDE SOCIAL: PLANEAR PARA INTERVIR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: GERADORES DE UM FLUXO CONTINUO DE INFORMAÇÃO CONCEITO Sistema de informação Sistema, tanto manual como automático, composto por pessoas,

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE VIANA DO ALENTEJO. Relatório de Avaliação do Plano de Acção 2009

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE VIANA DO ALENTEJO. Relatório de Avaliação do Plano de Acção 2009 CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE VIANA DO ALENTEJO Relatório de Avaliação do Plano de Acção 2009 Aprovado em Reunião Plenária a 22/11/2010 ÍNDICE Nota Introdutória 3 1. Eixo 1 Família e Comunidade 4 2.

Leia mais

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação Rede Social de Pombal de Pombal Plano de Acção Ano 2011 Avaliação Prioridade 1- (PNAI) (Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que asseguremos seus direitos básicos de cidadania)

Leia mais

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Promoção da Saúde A promoção da saúde é o processo que permite capacitar as pessoas a melhorar e a aumentar o controle sobre a sua saúde (e seus determinantes

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO-2009

PLANO DE FORMAÇÃO-2009 PLANO DE FORMAÇÃO-2009 - Associação Vicentina- Formação Modular Certificada (Destinatários: ) UFCD 4278- Animador- Perfil e Estatuto Profissional (25H) UFCD 4279- Animação Sociocultural- Áreas de Intervenção

Leia mais

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17 CLAS de Boticas ÍNDICE Introdução página 2 Resumo do página 3 Eixo I Promoção da Qualidade de Vida de Grupos Vulneráveis página 7 Eixo II Qualificação e Empreendedorismo página 13 Eixo III Dinamização

Leia mais

Responsabilidade Social na Câmara Municipal de Lisboa

Responsabilidade Social na Câmara Municipal de Lisboa Direcção Municipal de Recursos Humanos Responsabilidade Social na Semana da Responsabilidade Social, Lisboa 03 a 07 Maio 2010 Sumário da Apresentação Quem Somos Programas de Apoio à Comunidade Iniciativa

Leia mais

SEMINÁRIO RUCI - MARKETING E BRANDING REGIONAL

SEMINÁRIO RUCI - MARKETING E BRANDING REGIONAL A ADAE E AS DINAMICAS DE DESENVOLVIMENTO LOCAL - IDENTIDADE, TURISMO, ANIMAÇÃO, ECONOMIA, SOCIAL, CULTURAL, FORMAÇÃO.. SEMINÁRIO RUCI - MARKETING E BRANDING REGIONAL Antonio Lucas Presidente da ADAE ADAE

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2008. 25 Março 08

PLANO DE ACÇÃO 2008. 25 Março 08 PLANO DE ACÇÃO 2008 25 Março 08 INTRODUÇÃO O Plano de Acção do CLASA tem vindo a referenciar-se às ideias de aprofundamento da cultura de partenariado e promoção do desenvolvimento social do concelho.

Leia mais

Ficha de Caracterização das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ)

Ficha de Caracterização das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) Ficha de Caracterização das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) (Ao abrigo da Lei Nº 147/99, de 1 de Setembro- Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo) 1. Identificação da Comissão

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2014

PLANO DE AÇÃO 2013/2014 Plano de Ação 2013/ PLANO DE AÇÃO 2013/ 1 Plano de Ação 2013/ Eixo de Desenvolvimento: Promover a qualificação escolar/profissional, o empreendedorismo e a empregabilidade. Objetivo geral: Dinamização

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas

Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas Certificação Parcial reflexões Mª Luz Pessoa e Costa Centro de Reabilitação Profissional de Alcoitão 09.Julho.2010 Breve Apresentação do CRPA Certificação

Leia mais

Condições de Acesso (preferenciais no caso das UFCD) Referencial Escolar e de Formação. Modalidade. EFA Básico - Equiv. 9º Ano

Condições de Acesso (preferenciais no caso das UFCD) Referencial Escolar e de Formação. Modalidade. EFA Básico - Equiv. 9º Ano Sede: Av. Almirante Reis, 45-1º. - 1150-010 LI SBOA Telefone: 21 816 30 10 Fax: 21 812 30 89 NIPC: 504 797 956 Delegação do Porto: Rua António Granj o, 169-4349-019 PORTO Telefone: 22 539 04 64/5 Fax:

Leia mais

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL 1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL Objectivo Geral Objectivo Especifico Medida Meta Indicador de Eecução % Responsavel Prestar Apoio técnico às CSF Reuniões semestrais com CSF 3 CSF em funcionamento, com

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012 O que é? Um Plano de Desenvolvimento Social é um instrumento de definição conjunta e negociada de objectivos prioritários para a promoção do desenvolvimento social local. Tem em vista não só a produção

Leia mais

Oferta Educativa no Ensino Secundário

Oferta Educativa no Ensino Secundário Oferta Educativa no Ensino Secundário G-Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) A-Cursos Científico- Humanísticos B-Cursos Profissionais F-Ensino Recorrente Ensino Secundário C-Cursos Artísticos

Leia mais

OFERTA FORMATIVA 2012/2013

OFERTA FORMATIVA 2012/2013 OFERTA FORMATIVA 2012/2013 No âmbito da concertação da oferta formativa para o ano lectivo de 2012/2013 da rede concelhia de educação e formação de Barcelos, foi concretizada uma orientação geral para

Leia mais

*B08023049E* Data: 07-03-2008

*B08023049E* Data: 07-03-2008 *B08023049E* C I R C U L A R Nº B08023049E Data: 07-03-2008 Serviço de Origem: DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSUNTOS JURÍDICOS E CONTENCIOSO ENVIADA PARA: Inspecção Geral da Educação Direcções Gerais Direcções

Leia mais

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018 Plano de Ação 2015-2018 Eixo de Intervenção 1 Emprego, Formação e Qualificação a) Estabelecimento da Parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P., com o objetivo de facilitar os processos

Leia mais

PONTO DE SITUAÇÃO DA EXECUÇÃO DOS PLANOS DE ACÇÃO DOS CLAS 2º Semestre 2009

PONTO DE SITUAÇÃO DA EXECUÇÃO DOS PLANOS DE ACÇÃO DOS CLAS 2º Semestre 2009 UNIDADE DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL PONTO DE SITUAÇÃO DA EXECUÇÃO DOS PLANOS DE ACÇÃO DOS CLAS 2º Semestre 2009 CLAS de Torres Novas EIXO DE INTERVENÇÃO ACÇÕES CONCLUIDAS ACÇÕES EM CURSO ACÇÕES SUPRIMIDAS

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO DE EDUCAÇÃO OFERTA FORMATIVA - CICLO DE FORMAÇÃO 2006-2009 ENSINO PRIVADO

CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO DE EDUCAÇÃO OFERTA FORMATIVA - CICLO DE FORMAÇÃO 2006-2009 ENSINO PRIVADO CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO DE EDUCAÇÃO OFERTA FORMATIVA - CICLO DE FORMAÇÃO 2006-2009 ENSINO PRIVADO Distrito Concelho Designação da Entidade Formadora Designação do Curso Leiria Caldas da

Leia mais

Curriculum Vitae. Informação pessoal. Graça, Tânia. Experiência profissional. Apelido / Nome(s)

Curriculum Vitae. Informação pessoal. Graça, Tânia. Experiência profissional. Apelido / Nome(s) Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido / Nome(s) Morada Rua Ricardo Durão,79 2090-137 Alpiarça Telemóvel 926944712 Correio electrónico taniagraca@gmail.com Nacionalidade Portuguesa de nascimento 26.08.1982

Leia mais

Projeto de sensibilização e formação dos profissionais de saúde e utentes relativamente à Diabetes Mellitus

Projeto de sensibilização e formação dos profissionais de saúde e utentes relativamente à Diabetes Mellitus Projeto de sensibilização e formação dos profissionais de saúde e utentes relativamente à Diabetes Mellitus Projecto de sensibilização e formação dos profissionais de saúde Equipa Coordenadora: Dr.ª Leonor

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 PLANO DE AÇÃO O presente plano de ação engloba um conjunto de ações consideradas relevantes para a execução do Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 (PDS) e para o funcionamento da Rede Social de Aveiro,

Leia mais

Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra

Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra O Plano de para o ano de 2006 constitui-se enquanto instrumento de trabalho tendo sido construído com base no Plano Desenvolvimento Social. Apresenta um conjunto

Leia mais

Inventário das Intervenções com Comunidades Ciganas no Baixo Alentejo. Serpa e Beja

Inventário das Intervenções com Comunidades Ciganas no Baixo Alentejo. Serpa e Beja Inventário das Intervenções com Comunidades Ciganas no Baixo Alentejo Serpa e Beja Enquadramento Geral Serpa Referência da Intervenção Projecto Intercool ICDS- Programa Escolhas 4ª geração Território

Leia mais

Relatório de Avaliação

Relatório de Avaliação PDS Plano de Acção 2005 Relatório de Avaliação Rede Social CLAS de Vieira do Minho Introdução Este documento pretende constituir-se como um momento de avaliação e análise do trabalho que tem vindo a ser

Leia mais

Plano de Formação Vida Ativa. Centro de Formação Profissional de Coimbra. Unidade de Formação

Plano de Formação Vida Ativa. Centro de Formação Profissional de Coimbra. Unidade de Formação Candidatos/as com menos do 9º ano de escolaridade. Percurso 1 Percurso 2 Percurso 3 Percurso 4 Percurso 5 UFCD 0350 Comunicação Comunicação assertiva interpessoal- UFCD 0351 Perfil e funções do atendedor

Leia mais

Empreendedorismo Negócios

Empreendedorismo Negócios CONCURSO DE IDEIAS Empreendedorismo Negócios Enquadramento O Concurso de Ideias apresenta como objetivo desenvolver o espírito empreendedor da população em geral, contribuindo desta forma para a promoção

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título)

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) Divisão de Educação / Divisão de Ação Sociocultural PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) (Preencher com clareza e

Leia mais

Conselho Local de Acção Social de Estremoz. Plano de Desenvolvimento Social 2007-2010

Conselho Local de Acção Social de Estremoz. Plano de Desenvolvimento Social 2007-2010 REDE SOCIAL CLASE PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2007-2010 Estremoz Março 2007 Plano Desenvolvimento Social 2007-2010 Março 2007 Siglas AD - Apoio Domiciliário ADI - Apoio Domiciliário Integrado ATL -

Leia mais

APC Associação Portuguesa de Criminologia www.apcriminologia.com. Introdução...2

APC Associação Portuguesa de Criminologia www.apcriminologia.com. Introdução...2 Plano de atividades e orçamento para 2013 Índice Introdução...2 1. Objetivos gerais do plano de actividades.2 2. Atividades previstas para 2013 3 2.1. Divulgação e promoção da licenciatura.4 2.2. Planeamento,

Leia mais

Plano de Acção 2007/2008

Plano de Acção 2007/2008 Conselho Local de Acção Social de Trancoso Junho 2007 Nota de Apresentação O presente documento constitui-se como o primeiro Plano de Acção, elaborado para os anos de 2007/2008, para o Concelho de Trancoso,

Leia mais

A EPA em 20 anos uma sinopse

A EPA em 20 anos uma sinopse A EPA em 20 anos uma sinopse A Escola Profissional de Comércio de Aveiro (EPCA), iniciou a sua atividade, em instalações provisórias, no ano letivo de 1992/1993, com 2 turmas num total de 50 alunos e apenas

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO):

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO): GRUPO TRABALHO: CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO ESTELA SILVA CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO JOANA VERGAS CRUZ VERMELHA PORTUGUESA DÁRIO COSTA GRUPO TRABALHO (ALTERAÇÃO): CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO CONCEIÇÃO

Leia mais

A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção

A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção previstos na Rede Social (Subsidiariedade, Integração, Articulação,

Leia mais

Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso

Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso 64 ÁREA DE INTERVENÇÃO IV: QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO 1 Síntese do Problemas Prioritários Antes de serem apresentadas as estratégias e objectivos para

Leia mais

Filiação: José da Encarnação Correia Cintra e de Liberdade das Dores Ferreira Cintra. Carta de Condução: FA 37991 Ligeiros, Pesados e Motociclos

Filiação: José da Encarnação Correia Cintra e de Liberdade das Dores Ferreira Cintra. Carta de Condução: FA 37991 Ligeiros, Pesados e Motociclos CURRICULUM VITAE Mário José Ferreira Cintra, nasceu em 1954, em Ferragudo, Concelho de Lagoa. Filho de José da Encarnação Correia Cintra, já falecido, marinheiro/pescador e de Liberdade das Dores Ferreira

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL OBJECTIVO DO PDSS ACTIVIDADE/ACÇÃO PARCEIROS ENVOLVIDOS PARCEIRO RESPONSÁVEL INDICADORES DE AVALIAÇÃO EXECUÇÃO TEMPORAL SOLIDARIEDADE SOCIAL Reforçar o apoio alimentar concelhio Melhorar o conhecimento

Leia mais

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH.

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Regras de enquadramento do POPH O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Este documento é orientativo da regulamentação do Programa, não

Leia mais

Normas para atribuição de Prémio de Mérito Melhor Aluno da Freguesia de Loures Ano lectivo 2014/2015. Prémios de Mérito

Normas para atribuição de Prémio de Mérito Melhor Aluno da Freguesia de Loures Ano lectivo 2014/2015. Prémios de Mérito Prémios de Mérito Melhor Aluno da Freguesia de Loures A atribuição do prémio Melhor Aluno da Freguesia de Loures é destinado a incentivar os jovens da Freguesia a empenharem-se nas responsabilidades escolares

Leia mais

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa.

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa. Administração Regional de Saúde do Alentejo, IP Centro de Saúde de Montemor-o-Novo Crescer Saudável O Programa de Educação para a Saúde Crescer Saudável surge no âmbito do Programa Nacional de Saúde r

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social (2010/2012) Plano de Acção 2010

Plano de Desenvolvimento Social (2010/2012) Plano de Acção 2010 1 1- INTRODUÇÃO Depois de serem analisados os problemas e de terem sido definidos prioridades tendo em conta os recursos disponíveis e a possibilidade de intervenção dos parceiros, definiram-se os. Eixos

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS TÉCNICO DE PRODUÇÃO AGRÁRIA VARIANTES: PRODUÇÃO ANIMAL E PRODUÇÃO VEGETAL

CURSOS PROFISSIONAIS TÉCNICO DE PRODUÇÃO AGRÁRIA VARIANTES: PRODUÇÃO ANIMAL E PRODUÇÃO VEGETAL CURSOS PROFISSIONAIS TÉCNICO DE PRODUÇÃO AGRÁRIA VARIANTES: PRODUÇÃO ANIMAL E PRODUÇÃO VEGETAL O/A Técnico/a de Produção Agrária é o/a profissional qualificado/a para constituir uma empresa agropecuária,

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013 2015 AVALIAÇÃO O Plano de Desenvolvimento Social constitui um documento estratégico concelhio em matéria social, e integra, a um nível local, os problemas prioritários

Leia mais

Oferta Formativa por Instituição e Tipo

Oferta Formativa por Instituição e Tipo Oferta Formativa por Instituição e Tipo 2010 / 2011 Escola E.B. 2/3 de Pedrouços Rua D. Amélia Moutinho Alves, Pedrouços Tel. 229 773 950 Fax. 229 773 951 (3) 4425-642 MAIA http://www.basico.maiadigital.pt/nr/exeres/d3deb344-01f1-49eb-b504-462f05f8efd7,frameless.htm

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO FORMAÇÃO, EMPREGO E EMPREENDEDORISMO ATIVIDADES 2010/2011

GRUPO DE TRABALHO FORMAÇÃO, EMPREGO E EMPREENDEDORISMO ATIVIDADES 2010/2011 GRUPO DE TRABALHO FORMAÇÃO, EMPREGO E EMPREENDEDORISMO ATIVIDADES 2010/2011 1 Grupo de Trabalho Formação, Emprego e Empreendedorismo l Composição do Grupo de Trabalho Entidades envolvidas: 12 Entidade

Leia mais

O Plano de Desenvolvimento Social

O Plano de Desenvolvimento Social O Plano de Desenvolvimento Social Introdução O Plano de Desenvolvimento Social (PDS) é um instrumento de definição conjunta e negociada de objectivos prioritários para a promoção do Desenvolvimento Social

Leia mais

Plano de Formação Sensibilização / Informação

Plano de Formação Sensibilização / Informação Plano de Formação 2008 Acção de Formação/ Dinamização Parcerias Partilha de Informação SETEMBRO Última Semana Dirigentes das Dirigentes e - Contactar Dr.ª Rosinha Madeira Saúde da U.A.) União das IPSS

Leia mais

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Experiência da Biblioteca Municipal de Armando Correia Janeiro 8 CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA Direcção Municipal de Desenvolvimento Social Departamento de

Leia mais

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS -------------------- ACTA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO -------------------- -----------------------------------------------ACTA Nº 5---------------------------------------------------- ------Aos trinta

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Barrancos 2007 2009 INTRODUÇÃO

Plano de Desenvolvimento Social de Barrancos 2007 2009 INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O presente documento surge no âmbito do Programa Rede Social, que tem como principal objectivo a articulação e congregação de esforços das entidades públicas e das entidades privadas sem fins

Leia mais

Entidades parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de Borba): Maria do Carmo Cavaco Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba

Entidades parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de Borba): Maria do Carmo Cavaco Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba 2015 PLANO DE AÇÃO Elaborado no âmbito do Programa Rede Social Plano de Ação do Concelho de 2015 s parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de ): António Anselmo - Sofia Alexandra Dias - Crispim Francisco Lopes

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

Oferta Formativa por instituição e tipo

Oferta Formativa por instituição e tipo Oferta Formativa por instituição e tipo Escola E.B. 2/3 de Pedrouços Rua D. Amélia Moutinho Alves, Pedrouços Tel. 229 773 950 Fax. 229 773 951 (3) 4425-642 MAIA Eb23pedroucos@sapo.pt Cursos de Educação

Leia mais

Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ

Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ NOTA TÉCNICA N.º 3 TEMA: Formação Profissional de SST Formação para Técnico de Segurança no Trabalho, Nível 4 de Qualificação, QNQ Formação para Técnico Superior de Segurança no Trabalho, Níveis 6 a 8

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) - Nome(s) Morada(s) Telemóvel Correio(s) electrónico(s) Nacionalidade(s) Data de nascimento Rodrigues, Susana Isabel da Silva e Sousa Rua Alto do

Leia mais

Plano de Acção dos Projectos Estruturantes

Plano de Acção dos Projectos Estruturantes Plano de Acção dos Projectos Estruturantes Eixo I Certificação e Cobertura de Serviços e Equipamentos Sociais PROJECTO: EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS SOCIAIS SUB-PROJECTO: Rede de Famílias de acolhimento para

Leia mais

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 PÁGINA : 1 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL 31.800,00 D E S P E S A S C O R R E N T E S 31.800,00

Leia mais

Plano de Ação 2015. Plano de Ação 2015

Plano de Ação 2015. Plano de Ação 2015 Plano de Ação PLANO DE AÇÃO DOCUMENTO ELABORADO PELO: Núcleo Executivo da Rede Social do Concelho do CONTACTOS: Câmara Municipal do Rede Social do Concelho do Av. Dr. Francisco Sá Carneiro 2550-103 Tel.

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO Preâmbulo O Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo tem por objetivo definir a metodologia e os critérios de apoio da Câmara Municipal da Nazaré

Leia mais

Acção 3.2.2 Serviços Básicos para a População Rural

Acção 3.2.2 Serviços Básicos para a População Rural 1. OBJECTIVOS DAS INTERVENÇÕES Os apoios previstos no âmbito do presente regulamento visam aumentar a acessibilidade a serviços básicos, que constituem um elemento essencial na equiparação dos níveis de

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE OURÉM - CLASO -

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE OURÉM - CLASO - CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE OURÉM - CLASO - CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º Objecto O presente regulamento interno destina-se a definir e dar a conhecer os princípios a que obedece a constituição,

Leia mais

Nós! - criação de Equipas Divulgação do Projecto x A divulgação iniciou-se apenas em Dezembro devido Locais de Voluntariado

Nós! - criação de Equipas Divulgação do Projecto x A divulgação iniciou-se apenas em Dezembro devido Locais de Voluntariado I Eio de Intervenção Grupos Vulneráveis (População Idosa) Ações Atividades Eecutado Iniciado mas eecutado Justificação para a não conclusão/eecução Projeto Menos Sós Mais Elaboração do Projecto Nós! -

Leia mais

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios 19 março 2015 A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Atribuições e Competências das CIM Prossecução dos seguintes fins públicos: (Lei

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. CONTRATOS LOCAIS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - CLDS

MINISTÉRIO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. CONTRATOS LOCAIS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - CLDS Índice Entidade Coordenadora Entidades Executoras Enquadramento Comple.sust do Projecto Objectivos Específicos Acções Acções (cont.) Acções-População-Actividades Metas Recursos Humanos Descrição Rubricas

Leia mais

_FICHA TÉCNICA PLANO DE AÇÃO 2015. Título Plano de Ação 2015. Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora

_FICHA TÉCNICA PLANO DE AÇÃO 2015. Título Plano de Ação 2015. Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora _FICHA TÉCNICA Título Plano de Ação 2015 Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora Ana Moreno Coordenadora Ana Costa & Rute Gonçalves & Sónia Pires Técnicas de Apoio António Venâncio & Helena

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

Plano de Ação 2014. Évora 1

Plano de Ação 2014. Évora 1 Évora 1 Introdução Na sequência da aprovação dos instrumentos conhecimento e planeamento da realida social local, nomeadamente: Diagnóstico Social e Plano Desenvolvimento Social, o Núcleo Executivo do

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS PLANO DE ESTUDOS Componentes de Formação Total de Horas (a) (Ciclo de Formação) Componente de Formação Sociocultural Português

Leia mais

DADOS ESCOLARES 2012-2013 - OFERTA EDUCATIVA SECUNDÁRIO

DADOS ESCOLARES 2012-2013 - OFERTA EDUCATIVA SECUNDÁRIO Agrupamento de Escolas Agualva-Mira Sintra Técnico de Apoio à Infância De Animador Sociocultural Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Tecnológico de Desporto Agrupamento de Escolas

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo

Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão. Preâmbulo Regimento do Conselho Municipal de Educação do Concelho de Marvão Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para

Leia mais

JOGOS TRADICIONAIS. Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico. População idosa. Elementos que integram os clubes desportivos do Município

JOGOS TRADICIONAIS. Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico. População idosa. Elementos que integram os clubes desportivos do Município Alunos das Esc. do 1º Ciclo do Ensino Básico População idosa Elementos que integram os clubes desportivos do Município JOGOS TRADICIONAIS Projecto de dinamização de jogos tradicionais. Promove a prática

Leia mais

Plano de Actividades 2011

Plano de Actividades 2011 Plano de Actividades 2011 Associação de Reabilitação e Integração Ajuda PLANO DE ACTIVIDADES 2011 No ano de 2011, a Direcção da ARIA, continuará a desenvolver a missão estatutária da Instituição, promovendo

Leia mais

Eixo Prioritário III Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial Equipamentos para a Coesão Local Equipamentos Sociais

Eixo Prioritário III Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial Equipamentos para a Coesão Local Equipamentos Sociais Eixo Prioritário III Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial Equipamentos para a Coesão Local Equipamentos Sociais Aviso Apresentação de Candidaturas Equipamentos para a Coesão Local Equipamentos

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social/ Plano de Acção 2005 / 2009

Plano de Desenvolvimento Social/ Plano de Acção 2005 / 2009 Eixos de Desenvolviment o Criar Dinâmicas de Apoio ao Envelheciment o Demográfico Objectivos Gerais/Estratégicos Iniciar até ao final de 2005, as actividades necessárias à criação de: uma Unidade Móvel

Leia mais

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DATA: Segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 NÚMERO: 252 SÉRIE I, 4º SUPLEMENTO EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DIPLOMA: Portaria n.º 432-B/2012 SUMÁRIO:

Leia mais

Oferta Formativa por Instituição e Tipo

Oferta Formativa por Instituição e Tipo Oferta Formativa por Instituição e Tipo 2010 / 2011 Escola E.B. 2/3 de Pedrouços Rua D. Amélia Moutinho Alves, Pedrouços Tel. 229 773 950 Fax. 229 773 951 (3) 4425-642 MAIA http://www.basico.maiadigital.pt/nr/exeres/d3deb344-01f1-49eb-b504-462f05f8efd7,frameless.htm

Leia mais

O Agrupamento de escolas do concelho

O Agrupamento de escolas do concelho O Agrupamento de escolas do concelho de Campo Maior...... Agrupamento de Escolas de Campo Maior A missão do Agrupamento de Escolas de Campo Maior reside na promoção do sucesso educativo e na valorização

Leia mais

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico Relatório 008-009 Colecção Relatórios FICHA TÉCNICA Título Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar e no

Leia mais

CONVÉNIOS E PROTOCOLOS EM VIGOR SOB RESPONSABILIDADE DIRECTA DO IPC.

CONVÉNIOS E PROTOCOLOS EM VIGOR SOB RESPONSABILIDADE DIRECTA DO IPC. CONVÉNIOS E PROTOCOLOS EM VIGOR SOB RESPONSABILIDADE DIRECTA DO IPC. Tipologia IDARC Instituto para o Desenvolvimento Agrário da Região Centro, Universida Aveiro e Universida Coimbra CESPU Cooperativa

Leia mais

PROGRAMA PRODER COOPERAR EM PORTUGUÊS MISSÃO A CABO VERDE ENSINO TÉCNICO-PROFISSIONAL DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL. 14 a 19 de Novembro 2011

PROGRAMA PRODER COOPERAR EM PORTUGUÊS MISSÃO A CABO VERDE ENSINO TÉCNICO-PROFISSIONAL DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL. 14 a 19 de Novembro 2011 PROGRAMA PRODER COOPERAR EM PORTUGUÊS MISSÃO A CABO VERDE ENSINO TÉCNICO-PROFISSIONAL DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 14 a 19 de Novembro 2011 QUEM NÃO SAI DE SUA CASA, CRIA MIL OLHOS PARA NADA A TERRAS DE

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO INTERNO Preâmbulo A Rede Social assenta numa estratégia participada de planeamento, que procura racionalizar e conferir maior eficácia, quer à intervenção dos agentes na aplicação das medidas,

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA 1 de Abril de 2004 População e Sociedade Educação e Formação 2003 (Dados provisórios) APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA No último ano, mais de um milhão e meio de indivíduos com 15 ou mais anos, ou seja, 18,7,

Leia mais

Plano de Acção 2014. Rede Social

Plano de Acção 2014. Rede Social Plano de Acção 2014 Rede Social Março/2014 Elaborado por: Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Avis - Agrupamento de - Centro de Emprego e Formação Profissional de Portalegre/Serviço de

Leia mais