Plano de Ação Plano de Ação 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Ação 2015. Plano de Ação 2015"

Transcrição

1 Plano de Ação

2 PLANO DE AÇÃO DOCUMENTO ELABORADO PELO: Núcleo Executivo da Rede Social do Concelho do CONTACTOS: Câmara Municipal do Rede Social do Concelho do Av. Dr. Francisco Sá Carneiro Tel / Fax: janeiro de

3 Eixo de Desenvolvimento I Promoção das atividades económicas. Aumentar o desenvolvimento económico no concelho. Aumentar o nível de qualificação profissional da população do concelho. Rede Emprego Ativo (Serviço Descentralizado) Divulgação de ofertas de emprego e qualificação; Apoio à procura ativa de emprego; Divulgação de medidas de inserção; Programas de treino de competências pessoais e sociais; Apoio na orientação profissional e vocacional; GEPE - Grupo de entreajuda para a procura de emprego. Dinamizar a nível local o surgimento de atividades geradoras de criação de emprego próprio; Apoio técnico a projetos empreendedores; Plano de estímulo ao empreendedorismo jovem. janeiro a Equipa CLDS+ Melhor Instituto de Emprego e Formação Profissional - Centro Norte Gabinete de Inserção Profissional Câmara Municipal do Juntas de Freguesia do Concelho do Empresas do Concelho Associação Industrial da Região

4 Eixo de Desenvolvimento I Promoção das atividades económicas. Aumentar o desenvolvimento económico no concelho. Aumentar o nível de qualificação profissional da população do concelho. Feira da Juventude Capacitar + Divulgar oferta educativa e formativa de entidades da região; Informar os jovens para os seus direitos e deveres enquanto cidadãos europeus; Informar sobre os projetos de intercâmbio existentes, no âmbito do programa Erasmus+; Informar e sensibilizar para os projetos de voluntariado europeu no âmbito do Serviço de Voluntariado Europeu (SVE) março Equipa CLDS+ Melhor Agrupamento de Escolas do ; Cenfin; Cencal; Gabinae; Megaexpansão; IEFP Santarém, Centro de Formação Profissional; IPL, Instituto Politécnico de Leiria; Europe Direct ; Associação Juvenil de Peniche; Associação Check-in; Centro de Recuperação de Animais Selvagens; Associação Energia Sustentável; Instituto Português do Desporto e Juventude

5 Eixo de Desenvolvimento I Promoção das atividades económicas. Aumentar o desenvolvimento económico no concelho. Aumentar o nível de qualificação profissional da população do concelho. IEFP - Centro Norte; Volta de Apoio ao Emprego de divulgação de oportunidades concretas de emprego e de apoio à empregabilidade. abril Melhor ; Europe Direct Gabinete de Inserção Profissional; Câmara Municipal do ; Juntas de Freguesia; Empresas do Concelho; AIRO Europe Direct

6 Eixo de Desenvolvimento I Promoção das atividades económicas. Aumentar o desenvolvimento económico no concelho. Aumentar o nível de qualificação profissional da população do concelho. Divulgação de medidas de Sessões de divulgação de Técnica do GIP Câmara Câmara Municipal do apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional, através do Gabinete de Inserção medidas de apoio ao emprego para desempregados do concelho janeiro a Técnicos do Centro de Emprego de Municipal IEFP Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) - Centro de Emprego de Profissional Apoio técnico às empresas Norte Norte do concelho no âmbito do acesso aos programas de emprego Formação Profissional Realização de ações de janeiro a IEFP IEFP IEFP formação vocacionadas para Entidades Entidades externas desempregados externas

7 Eixo de Desenvolvimento II Família+ Ação dirigida a alunos e famílias Participar para Educar/Formar. Garantir à população o acesso a informação sobre as respostas e serviços existentes no concelho. Diminuir a taxa de insucesso escolar no concelho. Momentos Família + Sessões lúdicas entre pais/cuidadores e filhos, com a finalidade de fomentar a criação de vínculos afetivos estáveis entre pais e filhos. janeiro a Equipa CLDS+ Melhor Escolas do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas do Associações de Pais do Concelho do Capacitar + Alunos do 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas do Jogo Aventura na Vila Dinamização de um jogo que trabalha as competências sociais e emocionais das crianças e adolescentes. janeiro a Melhor Agrupamento de Escolas do Capacitar + Alunos do 1º Ciclo ao secundário. A Despensa Pedagógica Ferramenta pedagógica de capacitação para uma melhor resolução de algumas problemáticas, como por exemplo, violência entre pares, baixa resistência à frustração, falta de referências sociais, culturais, entre outros. janeiro a Melhor Agrupamento de Escolas do

8 Eixo de Desenvolvimento II Participar para Educar/Formar. Garantir à população o acesso a informação sobre as respostas e serviços existentes no concelho. Diminuir a taxa de insucesso escolar no concelho. Capacitar + Alunos do 2º Ciclo ao Secundário Ação de sensibilização: Para e com a Comunidade Escolar Especiais: Todos Somos Especiais? Unidade Multideficiência janeiro a junho Melhor Agrupamento de Escolas do STOP: Violência no Namoro Comunidade Escolar Ação de sensibilização e informação para as questões da igualdade de género e violência nos relacionamentos março GNR Melhor GNR GNR APAV Centro de Saúde do Associação Raízes Agrupamento de Escolas do (AEC) "Uma Aventura: À Descoberta dos Direitos da Criança Alunos do 2º e 3º ciclo Peddy-paper sobre os direitos da criança Férias da Páscoa/Férias de Verão GNR Melhor AEC Câmara Municipal do GNR AEC Câmara Municipal do GNR AEC Câmara Municipal do

9 Eixo de Desenvolvimento II "Abril, Mês da Prevenção dos Maus Tratos Infantis Comunidade em geral " INFORMA" Comunidade em geral Participar para Educar/Formar. Garantir à população o acesso a informação sobre as respostas e serviços existentes no concelho. Diminuir a taxa de insucesso escolar no concelho. de sensibilização e informação sobre o papel da comunidade na prevenção do abuso infantil Publicação periódica de atividades desenvolvidas pela em meios de comunicação abril Ao longo do ano GNR CNPCJR IAC Centro de Saúde do AEC Câmara Municipal do -Grupo de comunicação GNR CNPCJR Câmara Municipal do "Prevenção de consumos" Crianças, jovens, comerciantes e comunidade em geral informais de sensibilização e informação no âmbito da prevenção do consumo de substâncias lícitas, como o álcool e o tabaco e o consumo de substâncias psicoativas. Ao longo do ano GNR GNR GNR SICAD Centro de Saúde do

10 Eixo de Desenvolvimento II O dia a dia da Parentalidade Programa de Educação Parental Pais e/ou cuidadores em geral Participar para Educar/Formar. Garantir à população o acesso a informação sobre as respostas e serviços existentes no concelho. Diminuir a taxa de insucesso escolar no concelho. Ação de formação sob o formato de tertúlia e de sessões lúdico-pedagógicas (intervenção socioeducativa) Ao longo do ano GNR CNPCJR IAC Centro de. Saúde AEC "O desafio da prevenção e intervenção..." ASU Atividades Ação de informação e sensibilização sob o formato de "Mesa redonda", composta por várias sessões com diferentes temáticas (Violência doméstica; diagnóstico de maus tratos Sessão de Ao longo do ano em horário póslaboral. GNR Melhor GNR Equipa CLDS+ Melhor GNR Câmara Municipal do AEC CNPCJR IAC Centro.de Saúde Outras entidades do concelho ISS, I.P. ISS, I.P. Instituto da Segurança Social, Socialmente Úteis informação/divulgação sobre maio IP; Atividades Socialmente Úteis Câmara Municipal do IPSS's

11 Eixo de Desenvolvimento III Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Saúde + Alunos do 1º Ciclo ao Secundário Somos VIPS Sessões de prevenção sobre as seguintes temáticas: igualdade de género, violência nos relacionamentos, bullying, prevenção de comportamentos de risco (substâncias psicoativas, ist s), gravidez na adolescência, identidade sexual, saúde alimentar e inteligência emocional. janeiro a Melhor Agrupamento de Escolas do Saúde + Comunidade em geral (Serviço descentralizado) Workshops: Prevenção de Comportamentos de Risco janeiro a Melhor Juntas de Freguesia do Concelho Centro de Serviço descentralizado pelas Freguesias do Concelho Serviço de Psicologia e Serviço Social janeiro a Melhor Juntas de Freguesia do Concelho Centro de Saúde do Agrupamento de Escolas do Câmara Municipal do

12 Eixo de Desenvolvimento III Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Associativismo Associações do Concelho do Dinamização núcleo de apoio ao associativismo Dia Aberto (dia Aberto com animação musical a toda a população do Concelho) janeiro a março, junho, setembro e Melhor Movimento Associativo do Concelho Câmara Municipal do Festejos Anuais - ASAVIDA (Abertos à Comunidade) Caminhadas Arraial de São Pedro junho e setembro ASAVIDA ASAVIDA Junta Freguesia Vermelha junho Mercadinho dos Avós novembro

13 Eixo de Desenvolvimento III Tarde de Culinária Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Criar interação entre as crianças que frequentam o Espaço Gerações e os idosos institucionalizados do concelho; Promover troca de Associação para o Associação para experiências e aprendizagens janeiro e Desenvolvimento o entre estes dois grupos; fevereiro Social e Cultural Desenvolvimento do Concelho do Social e Cultural Desenvolver a motricidade fina do Concelho do da população idosa; Promover a divulgação da Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural do Concelho do e angariação de fundos ASAVIDA Centro Social Paroquial de Lamas Associação de Solidariedade Montejunto Santa Casa da Misericórdia

14 Eixo de Desenvolvimento III Dia da Mulher - Caminhada para elas Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Promover a qualidade de vida e interação entre as mulheres do concelho; 8 de março Promover aulas de zumba e Associação para o Associação para dança. Desenvolvimento o Social e Cultural Desenvolvimento do Concelho do Social e Cultural do Concelho do Delegação do da Cruz Vermelha Portuguesa Ginásio Conquista CLDS+ Câmara Municipal do União de Freguesias do e Pêro Moniz Bombeiros Voluntários do

15 Eixo de Desenvolvimento III Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. lúdico-pedagógicos com crianças Colónia de Férias Sol Amigo Sessão de Cinema A definir Câmara Municipal Câmara Municipal Câmara Municipal Câmara Municipal do Passeio Anual Férias da Páscoa Câmara Municipal Sensibilização e informação Instituto da Segurança Social, junto das entidades IP; Monitorização do plano de emergência social, vertente alimentar na modalidade de Recolha, análise e tratamento estatístico maio ISS, IP e IPSS's ISS, IP e Câmara Municipal do Juntas de Freguesia do concelho Cantinas e FEAC Encontros periódicos com IPSS's IPSS's as entidades com intervenção na área alimentar

16 Eixo de Desenvolvimento III Projeto Envelhecer Vivendo Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Hora do Conto nas IPSS s Ida ao Teatro de Revista do Grupo Gente Gira Passeio Anual IPSS s Tasquinhas dos Avós Dia dos Avós fevereiro a março 26 março 4 de julho 23 de julho Câmara Municipal Câmara Municipal e IPSS s Câmara Municipal e IPSS s Câmara Municipal Câmara Municipal Câmara Municipal IPSS s e Câmara Municipal do Centro Social Paroquial de Alguber Centro Social Paroquial de Lamas Cáritas Paroquial de Vilar Santa Casa da Misericórdia do ASAVIDA Campus Social do Olival Associação de Solidariedade Montejunto Sessão de Cinema 10 de setembro

17 Eixo de Desenvolvimento III Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Projeto Envelhecer Vivendo Tarde Sénior no Certame Adiafas Atividade na Piscina Municipal Ação de Informação/Sensibilização sobre Doença de Parkinson Elaboração de trabalhos com materiais reciclados para a exposição de Natal promovida pelo Município outubro janeiro a Aguarda confirmação novembro/ IPSS s IPSS s Câmara Municipal Utentes IPSS s Câmara Municipal IPSS s Câmara Municipal IPSS s Câmara Municipal IPSS s e e Câmara Municipal do Centro Social Paroquial de Alguber Centro Social Paroquial de Lamas Cáritas Paroquial de Vilar Santa Casa da Misericórdia do ASAVIDA Campus Social do Olival Associação de Solidariedade Montejunto

18 Eixo de Desenvolvimento III Implementação de uma resposta na área da multideficiência Dinamizar para integrar. Promover hábitos de vida saudáveis na população do concelho. Adequar as respostas sociais às necessidades da população do concelho. Elaboração do projeto de construção do Centro de atividades ocupacionais janeiro a Santa Casa da Misericórdia do Santa Casa da Misericórdia do Câmara Municipal do

19 Transversais Desenvolvimento de ações Câmara Municipal do que visam o ISS, I. P. Policiamento de Proximidade acompanhamento semanal Juntas de Freguesias do de idosos do concelho Concelho do. Visa fazer chegar o Posto da GNR do à casa dos cidadãos mais idosos e janeiro a 20 militares GNR Câmara Municipal do com mobilidade reduzida. Posto Móvel através do recebimento domiciliário da participação crime.

20 Transversais Reuniões de trabalho para Núcleo Executivo Núcleo Executivo definir estratégias de atualização do documento Reuniões com os grupos de Alguns elementos Entidades do CLAS Atualização do Diagnóstico Social do Concelho trabalho Recolha, análise e março a NE Outros Núcleo Executivo Núcleo Executivo tratamento de dados estatísticos Apresentação e aprovação Núcleo Executivo Entidades do CLAS do documento

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018 Plano de Ação 2015-2018 Eixo de Intervenção 1 Emprego, Formação e Qualificação a) Estabelecimento da Parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P., com o objetivo de facilitar os processos

Leia mais

Rede Social PLANO DE AÇÃO

Rede Social PLANO DE AÇÃO Rede Social PLANO DE AÇÃO 2011 R E D E SOCIAL DO CONCELHO DE VILA DO BISPO 1 Rede Social Rede Social do Concelho de Vila do PLANO DE ACÇÃO 2011 Ficha Técnica Entidade Promotora: Câmara Municipal de Vila

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2014

PLANO DE AÇÃO 2013/2014 Plano de Ação 2013/ PLANO DE AÇÃO 2013/ 1 Plano de Ação 2013/ Eixo de Desenvolvimento: Promover a qualificação escolar/profissional, o empreendedorismo e a empregabilidade. Objetivo geral: Dinamização

Leia mais

Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais

Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais Enquadramento dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social Mais No seguimento do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (regulado pela portaria n.º396/2007 de 2 de abril e com alterações

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

Entidades parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de Borba): Maria do Carmo Cavaco Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba

Entidades parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de Borba): Maria do Carmo Cavaco Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba 2015 PLANO DE AÇÃO Elaborado no âmbito do Programa Rede Social Plano de Ação do Concelho de 2015 s parceiras (Núcleo Executivo do CLAS de ): António Anselmo - Sofia Alexandra Dias - Crispim Francisco Lopes

Leia mais

Curriculum Vitae. Informação pessoal. Graça, Tânia. Experiência profissional. Apelido / Nome(s)

Curriculum Vitae. Informação pessoal. Graça, Tânia. Experiência profissional. Apelido / Nome(s) Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido / Nome(s) Morada Rua Ricardo Durão,79 2090-137 Alpiarça Telemóvel 926944712 Correio electrónico taniagraca@gmail.com Nacionalidade Portuguesa de nascimento 26.08.1982

Leia mais

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 Documento elaborado pelo: Conselho Local de Acção Social do Concelho do Núcleo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 PLANO DE AÇÃO O presente plano de ação engloba um conjunto de ações consideradas relevantes para a execução do Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 (PDS) e para o funcionamento da Rede Social de Aveiro,

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2006-2007

PLANO DE ACÇÃO 2006-2007 PLANO DE ACÇÃO 2006-2007 PLANOS DE ACÇÃO POR EIXOS DE DESENVOLVIMENTO EIXO I PROMOÇÃO DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Acções Actividades Operacionalizar a Associação Empresarial do Concelho Criação de uma página

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013 2015 AVALIAÇÃO O Plano de Desenvolvimento Social constitui um documento estratégico concelhio em matéria social, e integra, a um nível local, os problemas prioritários

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Promoção da Saúde A promoção da saúde é o processo que permite capacitar as pessoas a melhorar e a aumentar o controle sobre a sua saúde (e seus determinantes

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 Eixo de Desenvolvimento I: Emprego/Desemprego Desenvolver medidas com vista à redução do desemprego, ao aumento da estabilidade no emprego e facilitadores do ingresso dos

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010. Acções Calendarização Recursos Humanos Recursos Materiais. Dirigentes das IPSS`s. Outras Entidades Locais

PLANO DE ACÇÃO 2010. Acções Calendarização Recursos Humanos Recursos Materiais. Dirigentes das IPSS`s. Outras Entidades Locais PLANO DE ACÇÃO 2010 EIXOI PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO IDOSOS OBJECTIVO GERAL: Requalificação de Equipamentos e Serviços sociais de Apoio a Idosos Objectivos específicos Acções Calendarização

Leia mais

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação Rede Social de Pombal de Pombal Plano de Acção Ano 2011 Avaliação Prioridade 1- (PNAI) (Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que asseguremos seus direitos básicos de cidadania)

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2012. Rede Social do Crato. Joana Curinha

PLANO DE ACÇÃO 2012. Rede Social do Crato. Joana Curinha PLANO DE ACÇÃO 2012 Rede Social do Crato Joana Curinha 2 3 O QUE É? O Plano de Acção é um documento anual que se desenha a partir das linhas de intervenção definidas no Plano de Desenvolvimento Social.

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17 CLAS de Boticas ÍNDICE Introdução página 2 Resumo do página 3 Eixo I Promoção da Qualidade de Vida de Grupos Vulneráveis página 7 Eixo II Qualificação e Empreendedorismo página 13 Eixo III Dinamização

Leia mais

Câmara Municipal de Almeida PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA

Câmara Municipal de Almeida PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA PROGRAMA REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ALMEIDA 2008 ÍNDICE Considerações Gerais 3 PROJECTOS DO EIXO 1: Melhorar as Condições de Vida dos Idosos e sua Integração na Comunidade 1.1 PCHI Programa

Leia mais

Projecto co-financiado pelo FSE

Projecto co-financiado pelo FSE CLAS DE MONDIM DE BASTO PLANO DE ACÇÃO 2012 REDE SOCIAL DE MONDIM DE BASTO Projecto co-financiado pelo FSE ÍNDICE ÍNDICE DE TABELAS... 3 CAPÍTULO I... 4 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO II... 6 PLANO DE ACÇÃO

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2012

PLANO DE ATIVIDADES 2012 PROMOÇÃO DA CIDADANIA SÉNIOR Grupo de trabalho pessoas idosas, envelhecimento e intergeracionalidade PLANO DE ATIVIDADES 2012 Peniche Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século

Leia mais

Rede Social Plano de Ação 2015

Rede Social Plano de Ação 2015 Rede Social Plano de Ação 2015 1 R E D E SOCIAL DO CONCELHO DE VILA DO BISPO Rede Social Rede Social do Concelho de Vila do Bispo PLANO DE AÇÃO 2015 Ficha Técnica Entidade Promotora: Câmara Municipal de

Leia mais

Plano de Acção 2014. Rede Social

Plano de Acção 2014. Rede Social Plano de Acção 2014 Rede Social Março/2014 Elaborado por: Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Avis - Agrupamento de - Centro de Emprego e Formação Profissional de Portalegre/Serviço de

Leia mais

O Plano Regional Integra:

O Plano Regional Integra: O Plano Regional Integra: 1. Acções estratégicas de combate à pobreza e exclusão social com efeitos a médio e longo prazo; 2. Acções/eventos com o objectivo de mobilizar e envolver a sociedade civil desenvolvidas

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 205/206 9ºAno Código 40470 Educação para a Cidadania 9º Ano Ano Letivo: 205/ 206 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL 2014 Aprovado na reunião do Plenário de 11.06.2014 16 de janeiro Workshop e assinatura de protocolo com CIG Público-alvo: comunidade no geral Local: Edifício Paço dos Concelho

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

1.3. Envelhecimento Activo. 1.4. Plano de Actividades dirigido à população Idosa. 1.5. Semana Sénior

1.3. Envelhecimento Activo. 1.4. Plano de Actividades dirigido à população Idosa. 1.5. Semana Sénior Rede Social de Pombal de Pombal Largo do Cardal 3100-440 Pombal Plano de Acção Ano 2011 Prioridade 1- (PNAI) (Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que asseguremos seus direitos

Leia mais

Relatório de Avaliação

Relatório de Avaliação PDS Plano de Acção 2005 Relatório de Avaliação Rede Social CLAS de Vieira do Minho Introdução Este documento pretende constituir-se como um momento de avaliação e análise do trabalho que tem vindo a ser

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Página 2 de 29 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Índice Índice de Siglas. 4 Nota Prévia... 5 Exposição e Explicação dos

Leia mais

Proposta de Plano de Ação 2012/2013 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE PENALVA DO CASTELO

Proposta de Plano de Ação 2012/2013 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE PENALVA DO CASTELO Proposta de Plano de Ação 2012/ 1 Proposta de Plano de Ação 2012/ Eixo de Desenvolvimento: Promover a qualificação escolar/profissional, o empreendedorismo e a empregabilidade. Objetivo geral: Dinamização

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, envelhecimento e intergeracionalidade RELATÓRIO DE ATIVIDADES Peniche/2013 1 Envelhecer é um processo diário que necessita de saberes, de experimentações, de partilhas,

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 12-04-2012 16:46 Projeto Escolhas inclusão social 2. Interculturalidade/ Solidariedade Inter-Geracional OBSTÁCULOS/ DESAFIOS

Leia mais

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto Eventos Eixo I Emprego, Formação e Qualificação Acção: Bom Porto - Gabinete de Empregabilidade e Empreendedorismo: Uma das acções do projecto consiste na criação de um Gabinete de atendimento na área da

Leia mais

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Famalicão Cidade Educadora Vila Nova de Famalicão, cidade educadora, aderente ao movimento das Cidades Educadoras,

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto. Instituto de Apoio à Criança Projecto Rua - em Família para Crescer

Ficha de Caracterização de Projecto. Instituto de Apoio à Criança Projecto Rua - em Família para Crescer Ficha de Caracterização de Projecto Instituto de Apoio à Criança Projecto Rua - em Família para Crescer 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto IAC Projecto Rua em Família para Crescer Promotor:

Leia mais

Rede Social no Concelho de Azambuja Plano de Ação 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014

Rede Social no Concelho de Azambuja Plano de Ação 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014 1 EDUCAÇÃO ÁREA ATIVIDADES RESPONSAVEIS PARTICIPANTES/ INTERVENIENTES Calendarização Manter os projetos existentes nos Agrupamentos de Escolas (Fénix, tutorias, Aprender a Estudar,

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009. Março 2009

PLANO DE ACÇÃO 2009. Março 2009 PLANO DE ACÇÃO Março Plano Acção Plano Acção Acções Actividas Elaborar e aprovar o Plano Acção Actualização do Diagnóstico Social do Concelho Reuniões trabalho para elaborar o Plano Acção Apresentação,

Leia mais

_FICHA TÉCNICA PLANO DE AÇÃO 2015. Título Plano de Ação 2015. Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora

_FICHA TÉCNICA PLANO DE AÇÃO 2015. Título Plano de Ação 2015. Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora _FICHA TÉCNICA Título Plano de Ação 2015 Documento elaborado por Núcleo Executivo CLAS da Amadora Ana Moreno Coordenadora Ana Costa & Rute Gonçalves & Sónia Pires Técnicas de Apoio António Venâncio & Helena

Leia mais

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/14 A Coordenadora: Maria do Castelo Nunes da Costa INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo

Leia mais

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 1 2015-2016 Índice - Introdução. 3 - Cronograma 4-5 - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 2 Introdução O Município de Paços de Ferreira, assumindo-se como uma Cidade Educadora, respeitando um

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. CONTRATOS LOCAIS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - CLDS

MINISTÉRIO DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. CONTRATOS LOCAIS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - CLDS Índice Entidade Coordenadora Entidades Executoras Enquadramento Comple.sust do Projecto Objectivos Específicos Acções Acções (cont.) Acções-População-Actividades Metas Recursos Humanos Descrição Rubricas

Leia mais

AGENDA MENSAGEM. Outubro

AGENDA MENSAGEM. Outubro Infomail AGENDA do Outubro MENSAGEM C omeçamos este mês de outubro com uma celebração que alcança para nós especial carinho e importância, por tudo o que envolve e significa a celebração do Dia Internacional

Leia mais

Conselho Local de Ação Social de Vila Nova de Cerveira. Núcleo Executivo

Conselho Local de Ação Social de Vila Nova de Cerveira. Núcleo Executivo Conselho Local de Ação Social de Vila Nova de Cerveira Núcleo Executivo 2 CLAS de Vila Nova de Cerveira Plano de Ação de 2015 Índice Nota Prévia... 6 Sumário... 7 Metodologia... 7 Planificação... 8 EIXO

Leia mais

newsletter Incentivar

newsletter Incentivar P r o j e t o I n c e n t i v a r : F a z a T u a E s c o l h a - E 5 G M i r a n d e l a P r o g r a m a E s c o l h a s - 5 ª G e r a ç ã o newsletter Incentivar F e v e r e i r o, 2 0 1 5 Violência

Leia mais

O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o

O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o O Plano de Educação Ambiental 2013 2015 pretende enriquecer a aposta da Câmara Municipal da Maia na Educação Ambiental e na Educação para o Desenvolvimento Sustentável, promovendo a participação de toda

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

ENQUADRAMENTO 2 CORPOS SOCIAIS TRIÉNIO 2007/2009 3 APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE 4 ACTIVIDADES A DESENVOLVER 2007/2008 7 ESTATUTO DE IPSS 8

ENQUADRAMENTO 2 CORPOS SOCIAIS TRIÉNIO 2007/2009 3 APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE 4 ACTIVIDADES A DESENVOLVER 2007/2008 7 ESTATUTO DE IPSS 8 ÍNDICE ENQUADRAMENTO 2 CORPOS SOCIAIS TRIÉNIO 2007/2009 3 APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE 4 ACTIVIDADES A DESENVOLVER 2007/2008 7 ESTATUTO DE IPSS 8 CASINHA DA ROUPA 9 OS RATINHOS DE REBOREDA 10 CRIAÇÃO DA COMISSÃO

Leia mais

XXXII PLENÁRIO DO CLAS DE CASCAIS

XXXII PLENÁRIO DO CLAS DE CASCAIS XXXII PLENÁRIO DO CLAS DE CASCAIS 11 Agosto 2015 Centro Cultural de Cascais Candidatura CLDS 3G Enquadramento Legal - CLDS Os Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 3ª Geração (CLDS3G), atentos

Leia mais

Comissões de Protecção de Crianças as e Jovens. Carregal do Sal

Comissões de Protecção de Crianças as e Jovens. Carregal do Sal Comissões de Protecção de Crianças as e Jovens Carregal do Sal 1 1 Enquadramento Inicial A criança Direitos Legislação 2 A criança a como sujeito de direito Para além m dos direitos humanos reconhecidos

Leia mais

Data: 10 de dezembro de 2015 Local: Auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal Horário: 9.30 horas

Data: 10 de dezembro de 2015 Local: Auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal Horário: 9.30 horas 55.ª Reunião plenária ordinária do Conselho Local de Ação Social do Seixal - Comemorações do Dia dos Direitos Humanos e inauguração da Exposição da Manta da Igualdade Data: 10 de dezembro de 2015 Local:

Leia mais

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS FICHA DO PROJECTO Desporto para todos Nome do Projecto: Sport For All - Desporto e Inovação Objectivos do projecto:. Envolvimento de jovens na criação de um programa inovador de prevenção e integração

Leia mais

Candidatura DLBC Urbano Carcavelos-Parede

Candidatura DLBC Urbano Carcavelos-Parede Associação Humanitária de Bombeiros de Parede Amadeu Duarte Candidatura DLBC Urbano Carcavelos-Parede 25 de Março de 2015 1 Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) OCIDENTAL urbano costeiro rural

Leia mais

Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE

Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE C.A.T.L. do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares Cáritas Diocesana de Coimbra Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE Ano I SABER + de MIM Triénio 2016/2018 Centro A.T.L. do 1º, 2º e 3º ciclo

Leia mais

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL de ODEMIRA 2014-2015 EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação Promover o conhecimento e o acesso dos empresários aos apoios e incentivos no âmbito do empreendedorismo

Leia mais

Crescimento inclusivo

Crescimento inclusivo Crescimento inclusivo - Exemplo Supramunicpal Pacto Empregabilidade CIM Tâmega e Sousa - Exemplo Municipal Plano Municipal Solidário de Penafiel Uma definição conjunto de ações e comportamentos estabelecidos

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO 100

Plano de Atividades GRUPO 100 Plano de s 2013 2014 GRUPO 100 Ao longo do ano: Continuação do Projeto Leitura em Vai e Vem, do P.N.L. Promover a interação do Jardim-de-Infância com a família de forma a incentivar a leitura junto das

Leia mais

Junta de Freguesia da Misericórdia PRIMEIRA INFORMAÇÃO ESCRITA DA PRESIDENTE DA JUNTA

Junta de Freguesia da Misericórdia PRIMEIRA INFORMAÇÃO ESCRITA DA PRESIDENTE DA JUNTA PRIMEIRA INFORMAÇÃO ESCRITA DA PRESIDENTE DA JUNTA ÍNDICE pág. PREÂMBULO 3 HABITAÇÃO E OBRAS, ESPAÇO PÚBLICO, TRÂNSITO, ESTACIONAMENTO E SEGURANÇA 3 Habitação e Obras 3 Espaço Público, Trânsito, Estacionamento

Leia mais

Introdução 2 Metodologia 3 Eixos temáticos 4-5 Problemáticas por eixo de intervenção 6 Objetivos e estratégias por eixos 7-8 Conclusão 9

Introdução 2 Metodologia 3 Eixos temáticos 4-5 Problemáticas por eixo de intervenção 6 Objetivos e estratégias por eixos 7-8 Conclusão 9 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL ÍNDICE Introdução 2 Metodologia 3 Eixos temáticos 4-5 Problemáticas por eixo de intervenção 6 Objetivos e estratégias por eixos 7-8 Conclusão 9 1 INTRODUÇÃO O plano de desenvolvimento

Leia mais

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA Fiscalizar os prazos para adaptações previstas no Decreto lei 163 e aplicação de coimas. Campanha de sensibilização para comerciantes, etc. Publicação quais os seus

Leia mais

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas Informação Escrita Nos termos da alínea o) do artº.17º da Lei nº.5-a/2002 de 11 de Janeiro, e no âmbito das suas competências, a Junta de Freguesia de Portimão apresenta à Assembleia de Freguesia, a informação

Leia mais

RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015

RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015 RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015 Elaborado por: Rede Social de 0 Índice Sumário Executivo... 2 Capítulo I - Avaliação do Plano de Ação/2014... 4 Capítulo II - Plano de Ação de 2015... 10

Leia mais

LISTAGEM DOS TEMAS/ATIVIDADES E LOCAIS DE ESTÁGIO Ano letivo: 2015/16

LISTAGEM DOS TEMAS/ATIVIDADES E LOCAIS DE ESTÁGIO Ano letivo: 2015/16 LISTAGEM DOS TEMAS/ATIVIDADES E LOCAIS DE ESTÁGIO Ano letivo: 2015/16 1. Formação contínua de professores Locais: Centro de Formação de Associação de Escolas Nova Ágora, em Coimbra; Centro de Formação

Leia mais

Serviço de Acção Social, Habitação e Solidariedade. Promoção da Cidadania Sénior. Plano de Actividades 2011

Serviço de Acção Social, Habitação e Solidariedade. Promoção da Cidadania Sénior. Plano de Actividades 2011 Serviço de Acção Social, Habitação e Solidariedade.2011 1 Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século XXI - o fenómeno social da velhice - importa conhecer a trajectória de

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL OBJECTIVO DO PDSS ACTIVIDADE/ACÇÃO PARCEIROS ENVOLVIDOS PARCEIRO RESPONSÁVEL INDICADORES DE AVALIAÇÃO EXECUÇÃO TEMPORAL SOLIDARIEDADE SOCIAL Reforçar o apoio alimentar concelhio Melhorar o conhecimento

Leia mais

Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009

Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009 Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009 1 1. ÁREA DE INTERVENÇÃO ACÇÃO SOCIAL Promover a integração social dos grupos socialmente mais vulneráveis * Romper

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2010

Plano Anual de Actividades 2010 Plano Anual de Actividades 2010 Janeiro Fevereiro 24 Horas a Nadar 13 e 14 de Fevereiro 24 Horas a nadar na Piscina Municipal de Tondela; Aberto a toda a comunidade do concelho de Tondela. Março Páscoa

Leia mais

Avaliação do Plano. de Ação. Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde

Avaliação do Plano. de Ação. Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde Avaliação do Plano 2014 de Ação Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde Linhas Orientadoras do Plano de Ação 2014 Parcerias e Articulação Institucional Em 2014 trabalhámos e fizemos parcerias

Leia mais

CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS

CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS Carta do Associativismo da Acção Social 2007 - Anexos CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS 2007 Carta do Associativismo da Acção Social 2007 - Anexos CARTA DO ASSOCIATIVISMO

Leia mais

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico ENQUADRAMENTO INSTITUCIONAL A CAMINHAR Associação Cristã de Apoio Social é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS),

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO Indicações para Operacionalização 2012-2015 O Plano Anual de Atividades do Agrupamento é relevante para toda a Comunidade Educativa. Por ele se operacionalizam

Leia mais

Ramos Coelho, Cristina Maria

Ramos Coelho, Cristina Maria Curriculum EUROPASSE Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada Ramos Coelho, Cristina Maria Avenida Pio XII, Lt A, 5º D, 7300-073 Portalegre Telefone 245362348 / 933410973 Endereço

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

QUAL É O NOSSO OBJETIVO?

QUAL É O NOSSO OBJETIVO? QUAL É O NOSSO OBJETIVO? Criar um Modelo Inovador Sustentável, de participação ativa e compromisso comunitário, de Solidariedade Social Local, de forma a poder transferi-lo a outros contextos de Portugal

Leia mais

Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2. Constituição do Núcleo Executivo 4. Nota Introdutória 5

Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2. Constituição do Núcleo Executivo 4. Nota Introdutória 5 ÍNDICE Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2 Constituição do 4 Nota Introdutória 5 Eixo I Envelhecimento Populacional 7 Eixo II Qualificação e Integração Escolar e Sócio-Profissional

Leia mais

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA O FAZ DE CONTA PROJETO ANUAL DA LUDOTECA ANO LECTIVO 2014/2015 Inês Matos ÍNDICE I- INTRODUÇÃO 3 II- PROJETOS 5 2.1. Semana da Alimentação 4 2.2. Formação Técnica 6 2.3. Acompanhamento às famílias 6 2.4.

Leia mais

Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO. A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte

Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO. A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo

Leia mais

VALNOR comemorou a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos

VALNOR comemorou a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos VALNOR comemorou a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos A Semana Europeia da Prevenção de Resíduos (22 a 30 de novembro) teve por objetivo a promoção do conceito da Prevenção de Resíduos e a realização

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012 O que é? Um Plano de Desenvolvimento Social é um instrumento de definição conjunta e negociada de objectivos prioritários para a promoção do desenvolvimento social local. Tem em vista não só a produção

Leia mais

Plano de Atividades 2016

Plano de Atividades 2016 Plano de Atividades 2016 O Centro Infantil e juvenil da ABLA tem previsto no Plano de Atividades 2016 diversas ações de forma a atingir os objetivos propostos pela Lei de Bases do Sistema Educativo: queremos

Leia mais

2011 2012 AÇÃO DE FORMAÇÃO ARTE FLORAL

2011 2012 AÇÃO DE FORMAÇÃO ARTE FLORAL PLANO DE AÇÃO ANUAL 2012 dezembro de 2011 a junho 2012 AÇÃO DE FORMAÇÃO ARTE FLORAL Público-alvo: Beneficiários Do Rendimento Social de Inserção Nº de Participantes: 16 Horário: 9h00-17h30 Contacto: 249

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS - 2013 - PROJETO DINAMIZADO PELA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE ESPINHO PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO Espinho, 2 de Maio de 2013 ÍNDICE Página Introdução 3

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3 ÍNDICE: 1. Introdução. 1 2. CONTEXTUALIZAÇÃO - Caracterização do meio 2 - Caracterização do espaço ATL... 2 3. Grupo - Caracterização do grupo. 3 - Caracterização da equipa/horário. 3 4. OBJETIVOS: - Objetivos

Leia mais

Objectivos e Actividades

Objectivos e Actividades Objectivos e Actividades O que é a CPCJ? De acordo com o artºº, n.º da Lei n.º47/ 99 de de Setembro: A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens é uma instituição oficial não judiciária, com autonomia

Leia mais

CAPÍTULO X ASSOCIATIVISMO

CAPÍTULO X ASSOCIATIVISMO CAPÍTULO X ASSOCIATIVISMO REDE SOCIAL DE ALCÁCER DO SAL PRÉ-DIAGNÓSTICO 166 1 MOVIMENTO ASSOCIATIVO ASSOCIAÇÃO ALCACERENSE DE SOCORROS MÚTUOS localizada na cidade de Alcácer. Instituição Privada de Solidariedade

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL 2015/2016 A EQUIPA: Fátima Martins, Manuela Parreira, Ana Paula Melo, Vera Moura, Manuela Simões, Anabela Barroso, Elsa Carvalho, Graça

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais

Vera Araújo. Curriculum Vitae

Vera Araújo. Curriculum Vitae Curriculum Vitae Vera Araújo Data de nascimento: 09.03.1986 Localidade: Vila Nova de Famalicão Email: verajoaoaraujo@gmail.com Telemóvel: 919 498 602 Carta de Condução: Categoria B PERFIL PROFISSIONAL

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1

Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1 Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1 1.. 2 3 2. 3. 4 5 6 PLANO DE ATIVIDADES SÓCIO PEDAGÓGICAS COLÉGIO BOMFIM 2015/2016 Datas Atividades Objetivos Responsável Recursos Envolvimento da comunidade

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5.

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5. Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 6. Mobilidade / Acesso à Informação OBSTÁCULOS/ DESAFIOS 6. Mobilidade / Acesso à Informação SOLUÇÃO/MELHORAMENTO 12-04-2012

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional. Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010

Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional. Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010 Plano Anual de Actividades, Conta de Exploração Previsional e Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos 2010 Nome: Centro Social de Cultura e Recreio da Silva Natureza Jurídica: Associação - Instituição

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais