Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.powermatic.com.br"

Transcrição

1

2 TETO RADIANTE SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO POR TETO RADIANTE HENRIQUE CARLOS PINTO

3 TETO RADIANTE SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO POR TETO RADIANTE Existem três fenômenos para transferência de calor: - CONVECÇÃO - CONDUÇÃO - RADIAÇÃO. A utilização deste último para remover a maior parte do calor resulta na redução da vazão de ar insuflado

4 FUNCIONAMENTO Sistema Convencional Sistema Teto Radiante AR EXTERNO AR EXTERNO CALOR LATENTE + CALOR SENSÍVEL FAN COIL APENAS SENSÍVEL LATENTE + PARTE DO SENSÍVEL FAN COIL A vazão de ar é calculada para retirar 100% do calor sensivel por convecção Placas geladas tiram de 70% a 80% do calor sensível por radiação (ondas eletromagnéticas que não ocupam volume e não necessitam de ar para remover calor) O Fancoil envia uma pequena parcela de ar frio e seco que higieniza e tira o saldo do calor sensível por convecção. CENTRAL DE ÁGUA GELADA CENTRAL DE ÁGUA GELADA

5 SISTEMA CONVENCIONAL SISTEMA TETO RADIANTE FC FC FC FC FC Dutos maiores Entre Forro Maior Dutos menores Entre Forro menor CENTRAL DE ÁGUA GELADA CENTRAL DE ÁGUA GELADA Menor quantidade de Fancoils: Áreas de Casas de Máquinas podem ser utilizadas para outras finalidades

6 DESIGN Podem ser utilizados pequenos difusores integrados ao forro Ar de retorno: Quando existir, será canalizado por dutos, permitindo a limpeza Nos sistemas convencionais, sempre há circulação do ar de retorno pelo entre-forro

7 CONSUMO DE ENERGIA PARA OS DIFERENTES SISTEMAS DE AR Distribuição de Frio Carga Instalada em KW 47 Sistema Convencional AHU +VAV Sistema de Teto Radiante (Água) Sistema de insuflamento pelo piso AHU + VAV : m³/h Obra Real : Vazões de Ar Ins. Piso : m³/h Teto Radiante : m³/h

8

9 PLACA RADIANTE Placas metálicas: padrões de mercado Dimensão padrão de 1250x625 mm ou outras medidas a critério do arquiteto Permite tanto água fria, quanto água quente

10 INSTALAÇÃO DA PLACA RADIANTE Simples, rápida e de fácil adequação a layouts, pois usa mangueira de engate rápido Permite a instalação de luminárias, rede de sprinklers, sonofletores e outros Valorização do empreendimento com um forro metálico visualmente limpo e sem a necessidade dos arcaicos difusores de ar condicionado

11 INSTALAÇÃO DA PLACA RADIANTE

12 HOSPITAL DANTE PAZANESE ÁREA DE LEITOS

13 BANCO SAFRA - PAVIMENTO DA PRESIDÊNCIA Combinação de gesso radiante com viga radiante

14 VIGA FRIA SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO POR VIGA FRIA

15 FORRO RADIANTE (OU VIGA FRIA) - Em sistemas radiantes, há a necessidade de canalizar o ar de retorno por meio de dutos específicos e, com isso, é possível obter limpeza e higienização dos canais de ar, tanto do insuflamento, quanto do retorno. - Em ambientes onde se tem o controle total das fontes de calor latente, é possível eliminar a necessidade de ar retornando ao fancoil sem desperdiçar energia. - Este sistema conta com 100% de ar externo, com as taxas por ocupante determinadas pela ABNT, eliminando a recirculação de ar e, consequentemente, de vírus, bactérias e outros microorganismos nos ambientes, gerando grande eficiência na qualidade do ar interno (conceito hospitalar).

16 BENEFÍCIOS 50% de redução de energia elétrica da distribuição de frio Redução e padronização de equipamentos Redução da área da Casa de Máquinas Redução do vão do entre forro (pode existir maior pé direito, mais pavimentos na mesma cota de altura ou redução do edifício mantendo-se o pé direito projetado) Eliminação total de ruídos e jatos de ar Conforto térmico homogêneo Grande facilidade e rapidez na manutenção preventiva, corretiva e preditiva Curto tráfego pelo fluxo de ar de vírus e outros microorganismos indesejáveis Eliminação do pequeno Fancoil dos leitos hospitalares

17 VILÃO AR CIRCULADO PELO VÃO DO ENTRE FORRO OU DO ENTRE PISO Conforme a ABNT ( Qualidade do Ar Interno): Toda a rota de circulação de ar deve ser passível de limpeza e higienização e, se possível, de uso exclusivo. Sabe-se que é no vão do entre forro ou do entre piso que se acumula poeiras e restos alergênicos de insetos. O Sistema de Radiação é o único que permite a canalização exclusiva, tanto no insuflamento, quanto no retorno.

18 VANTAGENS DO FORRO RADIANTE CARGA ELÉTRICA NA DISTRIBUIÇÃO DO FRIO Redução de 42% (conforme o slide 8) VÃO ENTRE FORRO PÉ DIREITO QUALIDADE DO AR QUANTIDADE DE EQUIPAMENTOS NIVEL DE RUÍDO ZONAS DE DESCONFORTO READEQUAÇÃO DE LAYOUTS NOVOS LIMPEZA DOS DUTOS Redução de 60 a 80cm para 25 a 35cm Pode ser mais baixo devido ao menor entre forro, gerando prédio mais baixo ou ganhando, em média, um andar em cada dez Melhor, pois a distância trafegada por vírus e outros microorganismos indesejável é menor Menor, pois permite o agregamento de diversas UTA s em UTA s condensadas, gerando redução do custo de implantação, menor custo de manutenção e peças sobressalentes Imperceptível (sistema convencional 40 a 50 Db) Não há jatos de ar e o frio é distribuído por quase toda área de forro Muito fácil, pois os tubos de água possuem diâmetros pequenos Dutos de insuflamento e retorno

19 Gastos operacionais com insumos utilizados e perdas com vazamentos Instalação de 1000TR e m² em operação por 269 dias no ano das 07h30 às 18h00 (HP das 17h30 às 19h00 SISTEMA ENERGIA ELÉTRICA ÁGUA PERDAS DE AR TOTAL CONVENCIONAL R$ R$ R$ R$ , , , ,00 ESPECIAL R$ R$ R$ R$ , ,00 (1) , ,00 ELETROPAULO Tarifa Verde: Sub-Grupo A4 (2,3 a 25 kv) SABESP Consumo acima de 50m³/mês PERDAS POR VAZAMENTOS DE AR: - CONVENCIONAL 20 % - ESPECIAL 05 % (1) Já abatido o valor correspondente a água recuperada

20 ALGUMAS OBRAS COM FORRO RADIANTE E/OU VIGA FRIA NO MUNDO

21 REGIÕES DE CLIMAS QUENTES E ÚMIDOS Escritórios da JTC, em Cingapura Escritórios da JW&R, em Sharjan Emirados Árabes Unidos Edifício Sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro

22 BRASIL SÃO PAULO TORRE PEDROSO 2001 TORRE FARIA LIMA 2002 BANCO SAFRA 2003 HOSPITAL DANTE PAZZANESE 2005 LAB. NACIONAL DE LUZ SÍNCROTRON 2005 INSTITUTO DR. ARNALDO 2006 EDIFÍCIO SANTA CATARINA 2006 EDIFÍCIO ICON 2006 HEATING COOLING 2007 RIO DE JANEIRO PETROBRÁS (EDIFÍCIO SEDE) 2005 TJRJ 2006 CABERJ 2013 EDIFÍCIO R.B OUTROS MUSEU I. CAMARGO (RS) 2006 PETROBRÁS VITÓRIA (ES) 2007 SHOPPING NORT (RN) 2009 SHOPPING PAULISTA (PE) 2013

23 ESTÚDIOS DE RÁDIO E TV (EXCESSIVO CALOR DE EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO SENSIBILIDADE NA CAPTAÇÃO DO SOM) SUÍÇA ECBLPTT Estúdio de rádio REUTERS Estúdio TA MEDIA AG Escritório TELE ZURCÍ Estúdio de TV CANAL 3 Estúdio de TV RÁDIO DE TRÁFEGO TURÍSTICO DA SUÍÇA Estúdio de rádio ALEMANHA DEUTSCHE WELL Estúdio de rádio e sala de edição DEUTSCHLAND RÁDIO (Berlim) Sala de rádio MDR HÖRFUNKENTRALE Escritório e estúdio de rádio OUTROS CHANNEL IV (REINO UNIDO) Sala de reunião e estúdio de rádio DONG FENG NEWS AGENCY (CHINA) Shangai Media Center NIELSEN PARIS (FRANÇA) Escritório e estúdio de rádio

24 AEROPORTOS SUÍÇA - AEROPORTO DE ZURIQUE SWISS - Sala de espera executiva, centro de operações, escritório, lounge e simulador de voo CROSSAIR Flight Service Kitchen (área de comissaria) HOLANDA - AMSTERDÃ AEROPORTO DE SCHIPOL Escritórios AEROPORTO DE ELBA Torre de Controle OUTROS AEROPORTO DE GATWICK (Londres Inglaterra) AEROPORTO DE ORLY (Paris França) AEROPORTO DE DRESDEN (Alemanha) Torre de Controle

25 EMPREENDIMENTOS, ESCRITÓRIOS E LOJAS DE ALTO PADRÃO ALEMANHA LUFTHANSA BMW COMMERZ BANK MESSE TOWER SUÍCA CARTIER JEWELERS NESTLÉ ORBE SWIISS LIFE INSURANCE CIBA GEIGY REINO UNIDO ESTÚDIOS WARNER BROTHERS GROVESNOR PLACE OUTROS CHICAGO METALLIC BÉLGICA ABN AMRO BANK HOLANDA JW&R TRADING EMIRADOS ÁRABES

26 DATA CENTERS / CALL CENTERS INSTALAÇÕES: SUÍÇA UNION BANK CREDIT SUISSE FIRST BOSTON GOLDMAN SACHS ZÜRICH TÓKIO MITSUBISHI BANK CS/SKA CHUR IBM ZÜRICH PTT LOCARNO PTT LUCERNA PTT BERNA TELEPHONE CALL CENTERS UBS/SBG FLURPARK ALEMANHA GOLDMAN SACHS FRANKFURT DEUTCH BANK OTTO VER SAND HAMBURGO DATA COMMUNICATIONS CENTER OUTROS GOLDMAN SACHS MILÃO - ITÁLIA ABN AMRO BANK HOLANDA RODOBANK HOLANDA INVENSYS ESTADOS UNIDOS HITACHI JAPÃO

27 HOSPITAIS BRASIL INSTITUTO DR. ARNALDO SÃO PAULO INSTITUTO DANTE PAZANESE SÃO PAULO SUÍÇA BURG DORF REGIONAL HOSPITAL FOYER LÊS VOIRETS UMBAU MEDICAL CENTER CLÍNICA ODONTOLÓGICA DO AEROPORTO DE ZURIQUE OUTROS HAMBURG CENTER NEUROBIOLOGIE ALEMANHA HOHENEMS HOSPITAL ÁUSTRIA JANSSEN PHARMACEUTICA BÉLGICA HOSPITAL REGIONAL COOK COUNTRY CHICAGO/EUA HOSPITAL CARL HAYDEN PHOENIX/EUA

28 ÁREA FINANCEIRA 61 UNIDADES UNION BANK SWITZERLAND 23 UNIDADES CREDIT SUISSE 06 UNIDADES ABN AMRO BANK 03 UNIDADES GOLDMAN SACHS ING BANK 02 UNIDADES MORGAN STANLEY RABOBANK 01 UNIDADE BANCO SAFRA BOLSA DE VALORES DE ZURIQUE COMMERZBANK DEUTSCHEBANK MERRILL LYNCH MITSUBISHI BANK NOMURA BANK

29 SISTEMAS C/ RADIAÇÃO X SISTEMAS APENAS C/ AR AVALIAÇÃO DO GREEN BUILDING E ASHRAE

30 ASHRAE Este site é assinado por Robert V. Hedman, E.I.T., profissional certificado pelo Leed GB e membro da Ashrae Enfatiza problemas no Sistema Todo-Ar Indica que o sistema mais favorável para solucionar problemas é o de painéis radiantes. Cita ainda que os sistemas radiantes começaram a se expandir nos EUA no fim de 2007 Aqui no Brasil estes sistemas começaram a ser implantados em 1999 e, atualmente, já a mais de 100 mil m² implantados, incluindo 3,8 mil m² no edifício-sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro, em operação desde OUTROS LINKS ÚTEIS

31 AGRADECEMOS A SUA PRESENÇA!

TETO RADIANTE SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO POR TETO RADIANTE O que é ar condicionado? É CONDICIONAR AS MOLÉCULAS DE AR QUE PREENCHEM UM AMBIENTE A DETERMINADOS E PRÉ ESTABELECIDOS REQUISITOS DE: PUREZA MOVIMENTAÇÃO

Leia mais

Condicionamento de Ar

Condicionamento de Ar Condicionamento de Ar Instituto Federal de Brasília Sumário Introdução Tipos de Condicionadores de ar Vantagens e desvantagens Introdução Refrigeração por Compressão de Vapor Introdução Refrigeração por

Leia mais

DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA

DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA SEGUINDO A NBR 16401 HENRIQUE CARLOS PINTO PARA FALARMOS EM COMO UM DUTO PODE INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA, TEMOS QUE OBSERVAR O QUANTO

Leia mais

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO Uma APLICAÇÃO PARA CADA NECESSIDADE www.rehau.pt Construção Automóvel Indústria A REABILITAÇÃO, UMA SOLUÇÃO COM SISTEMAS PARA O AQUECIMENTO E O ARREFECIMENTO POR SUPERFÍCIES

Leia mais

4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO

4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO 35 4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO Em uma instalação de ar condicionado quando o circuito de refrigeração estiver desligado, teremos uma instalação de ventilação simples, onde são controlados

Leia mais

ISSN 1981-4232. Aquecimento Ventilação Ar Condicionado Automação Refrigeração ea. engenharia arquitetura R$ 6,00 PÁTIO MALZONI BUSCA O LEED GOLD

ISSN 1981-4232. Aquecimento Ventilação Ar Condicionado Automação Refrigeração ea. engenharia arquitetura R$ 6,00 PÁTIO MALZONI BUSCA O LEED GOLD + ISSN 1981-4232 Aquecimento Ventilação Ar Condicionado Automação Refrigeração ea engenharia arquitetura R$ 6,00 C lim atização & Refrigeração Ano XI Nº 140 abril de 2012 PÁTIO MALZONI BUSCA O LEED GOLD

Leia mais

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas Engº. Marcos Casado Diretor Técnico Comercial Sustentech Coordenador MBA Construções Sustentáveis INBEC/UNICID

Leia mais

Caderno de projetos para blindagens de ressonância magnética

Caderno de projetos para blindagens de ressonância magnética Caderno de projetos para blindagens de ressonância magnética A blindagem de ressonância magnética é um componente fundamental para o bom funcionamento do complexo sistema de ressonância magnética (MRI).

Leia mais

Sustentabilidade e Facilites. Prepared for: O ar condicionado de alto. desempenho em edifícios. comerciais CAPÍTULO. Metodologia

Sustentabilidade e Facilites. Prepared for: O ar condicionado de alto. desempenho em edifícios. comerciais CAPÍTULO. Metodologia II Seminário de Sustentabilidade e Facilites 2010 Prepared for: O ar condicionado de alto desempenho em edifícios comerciais CAPÍTULO 1 Metodologia Capítulo 1 Eficiência Correspondência ou adequação de

Leia mais

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto Ar Condicionado Linha Mini Split VOCÊ CRIA O AMBIENTE, NÓS CRIAMOS O CLIMA. CASSETE piso teto Linha Completa para o Conforto Térmico Cassete Apresentação Os aparelhos Cassete são discretos tanto por seu

Leia mais

Climatização eficiente com termoacumulação para produção abaixo de 10 TR. Por Carlos de Holanda, Fábio Cezar Beneduce, Rubens Herbster e Thiago Neves*

Climatização eficiente com termoacumulação para produção abaixo de 10 TR. Por Carlos de Holanda, Fábio Cezar Beneduce, Rubens Herbster e Thiago Neves* 46 Capítulo XII Climatização eficiente com termoacumulação para produção abaixo de 10 TR Por Carlos de Holanda, Fábio Cezar Beneduce, Rubens Herbster e Thiago Neves* Atualmente, o custo da energia elétrica

Leia mais

O SEU PAINEL DE AQUECIMENTO RADIANTE

O SEU PAINEL DE AQUECIMENTO RADIANTE 2011 Marca: Heatwafer Modelo: HW1 Área Aquecida: 3-4 m3 Consumo: 80 W O SEU PAINEL DE AQUECIMENTO RADIANTE Custo por 1 hora: 0,01 Custo por 24 Horas: 0,17 Dimensões (p*w*h): 35*200*300 mm HEATWAFER * baseado

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Especificações Construtivas Os climatizadores (Fan Coil Tosi Baby) foram projetado vizando obter maior vida útil, performance adequada e facilidade de instalação, operação

Leia mais

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Tipos de Expansão : Ciclo Frigorífico * Expansão Direta: O Refrigerante Troca Calor Diretamente com o Ar a ser condicionado. Expansão Direta

Leia mais

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial ersores de Freqüência na Refrigeração Industrial Os inversores de freqüência possuem um vasto campo de aplicações dentro da área de refrigeração industrial. São utilizados nas bombas de pressurização,

Leia mais

Evaporadores. Ciclo de refrigeração

Evaporadores. Ciclo de refrigeração Evaporadores Ciclo de refrigeração Evaporadores Função Extrair calor do meio a ser resfriado (ar, água ou outra substância). Processo Mudança de estado do gás refrigerante, da fase líquida para a fase

Leia mais

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 S DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 1 - Curso de Simulação de Edificações com o EnergyPlus (Edição 1) 8 e 9 de março 15 e 16 de março 5 e 6 de abril 19 e 20 de abril 2 - Curso de Psicrometria

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves CTE CONSULTORIA EM GREEN BUILDING DOS 203 EMPREENDIMENTOS CERTIFICADOS LEED, O CTE PRESTOU CONSULTORIA PARA 95

Leia mais

Projeto Demonstrativo para o Gerenciamento Integrado no Setor de Chillers

Projeto Demonstrativo para o Gerenciamento Integrado no Setor de Chillers Projeto Demonstrativo para o Gerenciamento Integrado no Setor de Chillers COMISSIONAMENTO EM SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE AR E DE ÁGUA GELADA Leonilton Tomaz Cleto Yawatz Engenharia Mauricio Salomão Rodrigues

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

AR CONDICIONADO SOLAR

AR CONDICIONADO SOLAR ISO 9001 : 2008 Engenharia do Ar Condicionado De 08/04/2013 a 12/04/2013 Capítulo Especial sobre AR CONDICIONADO SOLAR Local: Hotel Windsor Guanabara Av. Presidente Vargas, 392 Centro Rio de Janeiro RJ

Leia mais

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade.

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Realização: Parceiro: Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Cesar Ramos - Gerente de projetos da Yuny Incorporadora Daniel Gallo - Gerente

Leia mais

RESPIRE SAÚDE SANITIZAÇÃO para aparelhos de AR-CONDICIONADO

RESPIRE SAÚDE SANITIZAÇÃO para aparelhos de AR-CONDICIONADO RESPIRE SAÚDE SANITIZAÇÃO para aparelhos de AR-CONDICIONADO QUALIDADE DE Somos a primeira em no seguimento de pre limpeza, higienização aparelhos de ar-condi a remoção. Sim, nossa ra possibilita a realiz

Leia mais

Funcionamento de uma Torre de Resfriamento de Água

Funcionamento de uma Torre de Resfriamento de Água Funcionamento de uma Torre de Resfriamento de Água Giorgia Francine Cortinovis (EPUSP) Tah Wun Song (EPUSP) 1) Introdução Em muitos processos, há necessidade de remover carga térmica de um dado sistema

Leia mais

Soluções de Confinamento Knürr para Data Centers Eficientes

Soluções de Confinamento Knürr para Data Centers Eficientes Soluções de Confinamento Knürr para Data Centers Eficientes Pense Verde! Sofrendo com problemas como esse? Melhores Práticas Organizar fileiras de racks em corredores frios / quentes Colocar as unidades

Leia mais

Sermos reconhecidos por oferecer serviços de excelência. Visão

Sermos reconhecidos por oferecer serviços de excelência. Visão A EMPRESA O corpo técnico da DANNENGE atua a mais de 34 anos na elaboração e implementação de projetos de engenharia, para os segmentos industrial, comercial e residencial, no comércio e representação

Leia mais

Projetos de Cogeração e Climatização a gás natural Eficiência do sistema. Eng.º J. C. Felamingo (Union Rhac) jcf@unionrhac.com.br

Projetos de Cogeração e Climatização a gás natural Eficiência do sistema. Eng.º J. C. Felamingo (Union Rhac) jcf@unionrhac.com.br Projetos de Cogeração e Climatização a gás natural Eficiência do sistema Eng.º J. C. Felamingo (Union Rhac) jcf@unionrhac.com.br Cogeração: Definição Cogeração é a produção simultânea de energia elétrica

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ESPECIALIZAÇÃO em ENGENHARIA de SEGURANÇA do TRABALHO Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho (3ª Aula) Prof. Alex Maurício Araújo Recife - 2009 VGD

Leia mais

Cogeração. Rochaverá Corporate Towers. 10Julho2012

Cogeração. Rochaverá Corporate Towers. 10Julho2012 Cogeração Rochaverá Corporate Towers 10Julho2012 AGENDA A Ecogen: Modelo de Negócio; Principais Aplicações; Clientes; Por quê Ecogen?. Soluções energéticas para Edifícios e Shoppings; Case de Sucesso:

Leia mais

Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br

Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Distribuição de gás natural em São Paulo Comgás Gás Brasiliano Gás Natural SPS Citygates Existentes

Leia mais

O chuveiro elétrico. continua. sendo um problema no período de ponta! Demanda de energia é problema para a ANEEL. Prof. Racine T. A.

O chuveiro elétrico. continua. sendo um problema no período de ponta! Demanda de energia é problema para a ANEEL. Prof. Racine T. A. Aquecimento solar de água em habitações de interesse social Prof. Racine T. A. Prado Demanda de energia é problema para a ANEEL O chuveiro elétrico continua O chuveiro elétrico permanece um problema no

Leia mais

Sistemas de Ar Condicionado

Sistemas de Ar Condicionado Sistemas de Ar Condicionado Eng. Dr. Fúlvio Vittorino IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo Objetivo Processos e equipamentos mecânicos para: Resfriar ou Aquecer; Desumidificar

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min ISO 9001 : 2008 Modernização (Retrofit) de Sistemas de Ar Condicionado De 22/10/2012 a 26/10/2012 Local: Hotel a definir Rio de Janeiro Carga Horária: 40 horas Horário: das 8h30min às 17h30min Objetivo:

Leia mais

AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS

AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS P O U P A R AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO Caso tenha ar condicionado nos quartos ou áreas comuns do empreendimento,

Leia mais

MERCOFRIO 2000 CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL

MERCOFRIO 2000 CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL MERCOFRIO 2000 CONGRESSO DE AR CONDICIONADO, REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO E VENTILAÇÃO DO MERCOSUL ANÁLISE COMPARATIVA DAS TAXAS TRANSFERÊNCIA DE CALOR EM SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO DO TIPO VOLUME DE AR CONSTANTE

Leia mais

CONDICIONADOR DE AR LG. Climatizando com arte. Setembro/05

CONDICIONADOR DE AR LG. Climatizando com arte. Setembro/05 CONDICIONADOR DE AR LG Climatizando com arte Setembro/05 CONDICIONADOR DE AR LG O toque perfeito para decoração de interiores. ART COOL Mirror ART COOL Panel ART COOL Wide 02 03 O condicionador de ar LG

Leia mais

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim.

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim. O que é CALMAT? CALMAT é um aparelho para tratamento físico das águas calcárias, que elimina os inconvenientes das incrustações causadas pelos sais de cálcio e magnésio. Além disso, remove as incrustações

Leia mais

EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES

EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES UMA UMA BASE BASE FORTE FORTE PARA PARA EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES UMA FUNDAÇÃO SÓLIDA A eficiência energética é o alicerce sobre a qual se constrói edifícios melhores, para hoje

Leia mais

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS DA CONCEPÇÃO E IMPLANTAÇÃO À GESTÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E SEUS DESAFIOS: MEGACONDOMINIOS, CONDOMINIOS INTELIGENTES, MIX-USED E OUTRAS TENDENCIAS PALESTRANTE:

Leia mais

Qualidade de Ar Interior com equipamentos e projeto inteligente.

Qualidade de Ar Interior com equipamentos e projeto inteligente. Qualidade de Ar Interior com equipamentos e projeto inteligente. Palestrante: Ciro Cruz Global Product Manager, Johnson Controls Johnson Controls - FEBRAVA 2015 Seminário Técnico Setembro 23, 2015-10:45

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL: DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE

ALVENARIA ESTRUTURAL: DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE ALVENARIA ESTRUTURAL: BLOCOS DE CONCRETO DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE O uso de alvenaria como sistema estrutural já vem sendo usado a centenas de anos, desde as grandes

Leia mais

EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS.

EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS. EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS. A ARCOGEN ENERGY é especializada em soluções de engenharia para climatização e automação em médios e grandes ambientes, além de geração

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS ITUAÇÃO FÍICA PARA COCEÃO DE EPAÇO COMERCIAI Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações e egurança

Leia mais

Dando continuidade à serie de matérias sobre as especificações

Dando continuidade à serie de matérias sobre as especificações Técnica Especificações Técnicas de edifícios comerciais: Ar condicionado Dando continuidade à serie de matérias sobre as especificações técnicas, falaremos sobre o tema Ar condicionado. Outros temas desta

Leia mais

PARA PROJETOS, INSTALAÇÕES, MANUTENÇÕES E AUTOMAÇÕES.

PARA PROJETOS, INSTALAÇÕES, MANUTENÇÕES E AUTOMAÇÕES. PARA PROJETOS, INSTALAÇÕES, MANUTENÇÕES E AUTOMAÇÕES. CHAME: (92) 3651-2088 (92) 3651-1865 (92) 3346-1865 (92) 3343-8834 (92) 3343-8852 TECNOAR ASSESSORIA TÉCNICA E COM. DA AMAZÔNIA LTDA Rua Visconde de

Leia mais

PORTFÓLIO. Os principais serviços oferecidos são:

PORTFÓLIO. Os principais serviços oferecidos são: PORTFÓLIO A JCT Manutenção é uma empresa voltada à execução de serviços em áreas de utilidades em empresas industriais e comerciais. A gama de serviços abrange desde o projeto de instalações até a manutenção

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

Engenharia Gerencial. A cogeração como alternativa aos desafios energéticos

Engenharia Gerencial. A cogeração como alternativa aos desafios energéticos A cogeração como alternativa aos desafios energéticos A visão corrente de que o Brasil possui um dos maiores parques de energia hidrelétrica do mundo, nos afasta de uma realidade um pouco distante disto.

Leia mais

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES PROJETOS DE HOSPITAIS SUSTENTÁVEIS EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES É importante destacar os benefícios de um edifício sustentável. Os green buildings podem ser definidos pelas seguintes

Leia mais

Fundamentos de Engenharia Solar. Racine T. A. Prado

Fundamentos de Engenharia Solar. Racine T. A. Prado Fundamentos de Engenharia Solar Racine T. A. Prado Coletores Solares Um coletor solar é um tipo específico de trocador de calor que transforma energia solar radiante em calor. Duffie; Beckman Equação básica

Leia mais

Projetistas Interiores Débora Aguiar Arquitetura idea! Arquitetura + Design A Idea! atua no Ceará na área de projetos de arquitetura desde 2007. Sob a direção dos arquitetos Fabián Salles e Geraldo Duarte,

Leia mais

C.GlassR. Ficha técnica. www.t2g.com.br

C.GlassR. Ficha técnica. www.t2g.com.br C.GlassR Ficha técnica Avenida Neyde Modesto de Camargo, 151 Sistema de Envidraçamento- C.Glass (Channel Glass) by T2G Descrição: O Sistema C.Glass é composto por per s de vidros autoportantes, e ao contrário

Leia mais

Índice 1.0. HISTÓRICO DO AR CONDICIONADO... 4 2.0. CONCEITOS FUNDAMENTAIS... 6. 2.1. Calor... 6 2.2. Intensidade... 7 2.3. Quantidade de Calor...

Índice 1.0. HISTÓRICO DO AR CONDICIONADO... 4 2.0. CONCEITOS FUNDAMENTAIS... 6. 2.1. Calor... 6 2.2. Intensidade... 7 2.3. Quantidade de Calor... 1 Introdução O Ar Condicionado Central possui uma série de detalhes para que ele funcione de acordo com o esperado. Um bom projeto, uma instalação criteriosa, além evidentemente de equipamentos eficientes

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações

Leia mais

Vantagens da Instalação de Painéis Solares de Tubos de Vácuo

Vantagens da Instalação de Painéis Solares de Tubos de Vácuo Vantagens da Instalação de Painéis Solares de Tubos de Vácuo Porquê usar o sol como fonte de energia? O recurso solar é uma fonte energética inesgotável, abundante em todo o planeta e principalmente no

Leia mais

Quem Somos. Energy Service Company ou CONCEITO ESCO. Empresa de Serviços de Conservação de Energia

Quem Somos. Energy Service Company ou CONCEITO ESCO. Empresa de Serviços de Conservação de Energia Quem Somos ESCO QUEM SOMOS CONCEITO Energy Service Company ou Empresa de Serviços de Conservação de Energia Empresa de engenharia multidisciplinar cujo foco é a realização de projetos de eficiência energética

Leia mais

Armazenamento de energia

Armazenamento de energia Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica 3 º. trimestre, 2015 A energia solar é uma fonte de energia dependente do tempo. As necessidades de energia

Leia mais

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM BIM SINCO IMPLANTAÇÃO BIM CASOS DE SUCESSO SINCO BIM PROCESSO INTEGRADO Sinco Empresa 26 Anos no mercado da construção

Leia mais

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA Definição Recurso geotérmico -Fluidos e formações geológicas do sub-solo, de temperatura elevada, cujo calor seja suscetível de aproveitamento

Leia mais

Planejamento de Data Centers Instalações de Climatização

Planejamento de Data Centers Instalações de Climatização Logo da Empresa Planejamento de Data Centers Instalações de Climatização Eng. Eduardo Grecco Evolução das Salas de Processamento CPD s Mainframes 500 W/m2 ambiente a 22 o C Data Center Corredores quentes

Leia mais

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental Eco Houses / Casas ecológicas Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental IDHEA - INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICA Conceito:

Leia mais

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão CPAS Climatizador Self Contained de Precisão O Climatizador Self Contained de Precisão é uma unidade evaporadora que incorpora compressor, evaporador, ventilador e instrumentação de proteção e controle.

Leia mais

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TODA DIFUSORES PARA LUMINÁRIAS O conjunto de difusão de ar completamente embutido, contribui para um visual leve e sem distorções. Sua flexibilidade própria,

Leia mais

Um novo conceito de espaço corporativo

Um novo conceito de espaço corporativo Um novo conceito de espaço corporativo Imagem Ilustrativa TIJUCA LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA Rua São Francisco Xavier, 111 Maracanã - Tijuca O cenário ideal para o seu negócio em uma das áreas comerciais

Leia mais

TORRE DE. Engenharia mecânica. Adriano Beraldo Daniel Alves Danilo Di Lazzaro Diogenes Fernandes Paulo Berbel

TORRE DE. Engenharia mecânica. Adriano Beraldo Daniel Alves Danilo Di Lazzaro Diogenes Fernandes Paulo Berbel TORRE DE RESFRIAMENTO Engenharia mecânica Adriano Beraldo Daniel Alves Danilo Di Lazzaro Diogenes Fernandes Paulo Berbel FIGURA 01: Introdução São equipamentos utilizados para o resfriamento e reaproveitamento

Leia mais

Higienização de Sistemas e em Redes de Dutos de Ar Condicionado

Higienização de Sistemas e em Redes de Dutos de Ar Condicionado Higienização de Sistemas e em Redes de Dutos de Ar Condicionado Eng. Leonardo Cozac Splits Aparelhos de Janela Centrais: self contained ou fancoil 2 3 Limpeza do Sistema Renovação do Ar Filtragem do Ar

Leia mais

Fachadas Bioclimáticas

Fachadas Bioclimáticas Fachadas Bioclimáticas Automatização para maior conforto ambiental e economia de energia Edifício tradicional da rede combate as cargas para garantir o conforto! Natural da rede Interna Cargas Consequências

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil Gabriela Ferreira da Silva Companhia Paulista de Força e Luz gabrielaf@cpfl.com.br Eficiência

Leia mais

Ar Condicionado. Tipos de aparelhos

Ar Condicionado. Tipos de aparelhos Ar Condicionado As pessoas passam, porventura, até cerca de 90 % das suas vidas nos espaços confinados, seja nas suas residências, no trabalho, nos transportes ou mesmo em espaços comerciais. A questão

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 2/3 (segundo de três) Período: de 01/03/2010 a 17/05/2010. AS Manutenção de Ar Condicionado Ltda. Tecnoklima

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 2/3 (segundo de três) Período: de 01/03/2010 a 17/05/2010. AS Manutenção de Ar Condicionado Ltda. Tecnoklima Universidade Federal de Santa Catarina Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Mecânica Coordenadoria de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica CEP 88040-970 - Florianópolis - SC - BRASIL www.emc.ufsc.br/estagiomecanica

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

- ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO

- ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO ABRAVA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE REFRIGERAÇÃO, AR CONDICIONADO, VENTILAÇÃO E AQUECIMENTO - APRESENTAÇÃO DA ABRAVA - APRESENTAÇÃO DE CASE - ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO - ENGENHARIA DE SISTEMAS TÉRMICOS

Leia mais

Projetando um. Futuro Sustentável.

Projetando um. Futuro Sustentável. Projetando um Futuro Sustentável. UMA NOVA FORMA DE PENSAR. UMA NOVA FORMA DE PENSAR O TODO. UTILITASfuncional Todo projeto tem a finalidade de transformar ideias e necessidades dos clientes em resultados

Leia mais

Afinal de contas, as decisões mais importantes de Minas Gerais merecem ser tomadas no melhor clima.

Afinal de contas, as decisões mais importantes de Minas Gerais merecem ser tomadas no melhor clima. A TUMA Desde 1971 no segmento de engenharia térmica e ar condicionado, a TUMA desenvolve projetos com alto nível técnico, visando atender as particularidades de cada cliente e atingir um elevado nível

Leia mais

Tecnologia de Sistemas Prediais de Ar Condicionado e a Conservação de Energia

Tecnologia de Sistemas Prediais de Ar Condicionado e a Conservação de Energia Assuntos: 1 Sustentabilidade segundo ASHRAE 90.1 2 Impactos em Arquitetura Prédio Altos 3 Aspectos para Definir Tipo de Sistema de Ar Condicionado TEKNIKA Projetos e Consultoria Ltda Por: Raul José de

Leia mais

VENTILAÇÃO E ILUMINAÇÃO NATURAL CONFORTO TÉRMICO PARA AUMENTO DA PRODUTIVIDADE LENTES DELKER DE ACRÍLICO PRISMÁTICO DURAPLEX DE ALTO IMPACTO DA PLASKOLITE PLASKOLITE PLASKOLITE é a principal fabricante

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO ISOCRET ESTRUTURA /REVESTIMENTO

SISTEMA CONSTRUTIVO ISOCRET ESTRUTURA /REVESTIMENTO Sistema Construtivo Fabricado de acordo com a ISO 9002 Conforto as normas ASTM( EUA) e ABNT (Brasil). Comprovada em testes de desempenho realizados pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo

Leia mais

Macrolocalização. Conj. Nacional MASP. Parque Trianon. FIESP Reserva Cultura. Top Center FENAC. Hosp. Beneficência Porturguesa. Hosp.

Macrolocalização. Conj. Nacional MASP. Parque Trianon. FIESP Reserva Cultura. Top Center FENAC. Hosp. Beneficência Porturguesa. Hosp. LOCALIZAÇÃO Macrolocalização Conj. Nacional MASP Parque Trianon FIESP Reserva Cultura FENAC Top Center Hosp. Beneficência Porturguesa Hosp. Osvaldo Cruz Shopping Paulista Centro Cultural Hospital do Coração

Leia mais

Configuração espacial promove conforto e facilita integração

Configuração espacial promove conforto e facilita integração Athié Wohnrath Associados Projetos e Gerenciamento Categoria arquitetura corporativa Configuração espacial promove conforto e facilita integração Rasgo na laje permitiu inserção de escada As instalações

Leia mais

Condensação. Ciclo de refrigeração

Condensação. Ciclo de refrigeração Condensação Ciclo de refrigeração Condensação Três fases: Fase 1 Dessuperaquecimento Redução da temperatura até a temp. de condensação Fase 2 Condensação Mudança de fase Fase 3 - Subresfriamento Redução

Leia mais

Para a revitalização da mais tradicional casa de espetáculos brasileira, a TUMA utilizou tecnologia de ponta e trouxe uma climatização de última

Para a revitalização da mais tradicional casa de espetáculos brasileira, a TUMA utilizou tecnologia de ponta e trouxe uma climatização de última Para a revitalização da mais tradicional casa de espetáculos brasileira, a TUMA utilizou tecnologia de ponta e trouxe uma climatização de última geração ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Camarins

Leia mais

A maneira mais inteligente de aquecer água.

A maneira mais inteligente de aquecer água. A maneira mais inteligente de aquecer água. A JAMP O uso consciente de energia é um dos princípios que rege as atividades da JAMP, responsável pela introdução no País de soluções inovadoras no campo de

Leia mais

Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego

Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego Elevadores de Passageiros Conhecimentos iniciais: Normas da ABNT NORMA NBR - 5666 Elevadores Elétricos - Terminologia NORMA NBR - NM 207 Elevadores

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1/3 (primeiro de três) Período: de 05/01/2010 a 01/03/2010. AS Manutenção de Ar Condicionado Ltda. Tecnoklima

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1/3 (primeiro de três) Período: de 05/01/2010 a 01/03/2010. AS Manutenção de Ar Condicionado Ltda. Tecnoklima Universidade Federal de Santa Catarina Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Mecânica Coordenadoria de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica CEP 88040-970 - Florianópolis - SC - BRASIL www.emc.ufsc.br/estagiomecanica

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO:

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: Adequações frente às s normas de desempenho. Marcelo Moacyr Diretor de Engenharia, Construção e Relacionamento 1 Escolha do Sistema Construtivo 2 Avaliações

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica:

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica: EQUIPAMENTOS Transferência mecânica: Objetivos do equipamento: a) Garantir o acesso seguro à piscina para qualquer pessoa, b) Previnir possíveis riscos de acidente nas transferências ou manipulações, c)

Leia mais

1º SIACS SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL AR CONDICIONADO E GESTÃO ENERGÉTICA

1º SIACS SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL AR CONDICIONADO E GESTÃO ENERGÉTICA 1º SIACS SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL AR CONDICIONADO E GESTÃO ENERGÉTICA PALESTRANTE Eng. Tulio Marcus Carneiro de Vasconcellos Formado em Engenharia Mecânica pela UFMG

Leia mais

The art of handling. Energia

The art of handling. Energia The art of handling Energia A arte em eficiência energética através do manuseio do ar Devido ao aumento constante dos preços da energia e da necessidade de proteger o meio ambiente, está se tornando cada

Leia mais

Global Vida - Companhia de Seguros Vida, SA Av. Duque de Avila, 171, 1069-031 Lisboa Capital Social 9.000.000 euros Contribuinte nº 502105070

Global Vida - Companhia de Seguros Vida, SA Av. Duque de Avila, 171, 1069-031 Lisboa Capital Social 9.000.000 euros Contribuinte nº 502105070 Fundo : RG-PPR 1 VALORES MOBILIÁRIOS COTADOS 6.737.919,21 0,00 106.754,34 7.529.146,99 1.1 Mercado de Cot. Oficiais de Bolsa Valores Port. 2.000.919,21 0,00 29.577,97 2.221.124,75 1.1.1 Títulos de Dívida

Leia mais

É PERMITIDO O USO DE CALCULADORA PADRÃO NÃO MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CORPO

É PERMITIDO O USO DE CALCULADORA PADRÃO NÃO MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CORPO MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CORPO DE ENGENHEIROS DA MARINHA / CPCEM/2013) É PERMITIDO O USO DE CALCULADORA PADRÃO NÃO CIENTÍFICA E RÉGUA ESCALÍMETRO

Leia mais

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO.

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO E DESIGN DISCIPLINA: CONFORTO AMBIENTAL 1 ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. ARQUITETOS: KAZUYO SEJIMA E

Leia mais

Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada

Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada Válvula de controle Ambiente 2 Sumidouro de calor Bomba d água Ambiente 1 Sistema de ar condicionado do tipo água gelada Classificação: Sistema multi-zona

Leia mais

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Será que é resistente? Aceita qualquer revestimento? E se molhar? Esse mar de dúvidas invade

Leia mais

Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF

Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF O SISTEMA C é o tipo de sistema estrutural para forros removíveis mais utilizado no mundo, combinando rapidez e simplicidade na instalação com preço econômico.

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Exemplos de projetos e políticas públicas Pegada ecológica Imagem: Jornal Bahianorte Evolução da Pegada Ecológica Imagem: miriamsalles.info Nosso padrão de produção Imagem:

Leia mais

A VERITAS. Evita que ventania, chuva, poluição, poeira e areia entre no ambiente:

A VERITAS. Evita que ventania, chuva, poluição, poeira e areia entre no ambiente: A VERITAS Desde 1954, a Mineoro vem trazendo ao mercado soluções inovadoras na área de segurança, controle de acesso e indústria. Com tecnologia e P&D 100% nacionais e na busca por apresentar novos produtos

Leia mais

Sistemas de Climatização

Sistemas de Climatização Sistemas de Climatização PROFESSOR: FÁBIO FERRAZ 1 SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO Climatizar ambientes - processo de tratamento de ar em recintos fechados, de modo a controlar simultaneamente a sua temperatura,

Leia mais

A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido.

A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido. 16 3 PSICROMETRIA A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido. 3.1 CARTA PSICROMÉTRICA É um ábaco que permite representar graficamente as evoluções

Leia mais