Criptografia e Segurança de Comunicações. Comunicações SPAM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Criptografia e Segurança de Comunicações. Comunicações SPAM"

Transcrição

1 Curiosidade, não faz parte da avaliação Criptografia e Segurança de Comunicações SPAM SPAM : 1/10 SPAM introdução (1) SPAM 1 mensagem não solicitada, dividida por Boato ( Hoax ): história falsa para benifício do lançador (ex: alegada informação de onda de calor/ciclone, por forma a regressar mais cedo do emprego) Corrente ( Chain ): promessa de prejuízo ao receptor se não reenviar mensagem a um número mínimo de outras pessoas, ou benefício se reenviar a mensagem. Propaganda de produtos: ex: venda de medicamentos (Viagra, ) Conto do vigário ( Scam ): oportunidade enganosa (ex: carta de Nigéria) HAM mensagem legítima de 1 Marca de carne enlatada, da empresa Hormel, acrónimo de Shoulder of Pork and ham. SPAM : 2/10

2 SPAM introdução (2) [1978] Convites para recepção enviados a todos os utilizadores da Arpanet na Costa oeste dos USA. [1988] Primera cadeia a solicitar contribuições para um fundo escolar enviada a muitos newsgroups. [18 Jan 1994] Primeiro SPAM global, com todos os newsgroups a receber a mensagem Global Alert for All: Jesus is Coming Soon, seguido em Abril pelo Green Card Lottery Final One. Segundo a Spamhaus, SPAM representa 90% do a circular (em Out 2007 estimado volume diário de 183 biliões de s)! Por vezes a mensagem não é enviada directamente à vitima. Ela é enviada a um utilizador inexistente, com From substituído pela vítima. O servidor de envia à vítima um aviso com conteúdo da mensagem rejeitada. SPAM : 3/10 SPAM - arquitectura (1) Tal como no DoS, mensagens SPAM são enviadas por máquinas comprometidas - botnet. 1. Operador de botnet infecta, por virus ou verme, um bot num nó (passa a comprometido). 2. Nó comprometido liga-se a um servidor de comando e controlo C&C. 3. Spammer adquire, ao operador de botnet, acesso a C&Cs. 4. Spammer instroi, via servidor C&C, os nós comprometidos a enviar Spam (ou ataques DoS). SPAM : 4/10

3 SPAM - arquitectura (2) Cerca de 80% do SPAM gerado por 500/600 Spammers, registados em Exemplo: Alan Ralsky Possuia 20 computadores. Controlava 190 servidores C&C. Enviava 650 mil mensages/hora. Registou 250 milhões de endereços. Recebia $500 por cada milhão de mensagens. Segundo Eric Allman State of the Spam em USENIX Spammers de topo recebem, cada um, $100K/mês Legislação não intimida os maiores spammers comerciais. Nota: ROKSO=Register of Known Spam Operations SPAM : 5/10 SPAM - arquitectura (3) Estudos revelam que 80% de PCs se encontram comprometidos. Exemplo: Bobax (bot que ataca por buffer overflow no MS LSASS) detectado em mais de 100K nós. Apenas 4% dos nós comprometidos, conhecidos, não são Windows. Nota: maior parte dos utilizadores domésticos e empresas prefere Windows. Cerca de 8% do SPAM provém de nós não Windows. Nota: servidores, com maior tempo de ligação, preferencialmente não Windows. Maior número de nós comprometidos nos EUA e na China. A maior parte dos nós comprometidos envia pequenas quantidades de SPAM. Nota: ISP mantêm listas negras, que cortam acesso a nós com elevado SPAM. Listas de nós comprometidos são designados por RBL-Realtime Blackhole List. CONCLUSÂO: SPAM vai continuar, a única solução possível é adoptar estratégias de diminuição do problema! SPAM : 6/10

4 SPAM recolha de endereços (1) Spammers recolhem endereços ( harvest ) em diversos locais Varrimento de páginas WWW por web crawlers Respostas a ofertas e concursos afixados na Web. Virus que consultam agendas de utilizador. Endereços de autores em artigos (Journals, imprensa,...) NB pessoal! recebia diariamente à volta de 40 Spam, e o número saltou para mais de 100 quando em 2007 publiquei um artigo no Computer Networks Mensagens enviadas para UseNet. Listas recolhidas por outros Spammers. SPAM : 7/10 SPAM recolha de endereços (1) Extracto de um a publicitar spammer Date: Tue, 25 Mar :30: From: Programa de envio de s [...] Subject: 50 Euros - Programa de envio de s COMPLETO Até o dia 26/03/2008, você poderá adquirir o melhor programa de envio de s do mercado em PORTUGAL e outros países, em um dos 5 novos pacotes com desconto exclusivo. Com o Magic Seven, você envia s para qualquer provedor, sem limite de quantidade e sem bloqueios, com IP protegido, com velocidade de até s por hora. [...] SPAM : 8/10

5 SPAM combate (1) 1. Disfarce endereços- address munging (nomeadamente em páginas Web) Substituição de separadores por texto Substituição de texto por imagens, designadamente reenvio de nounce pelo leitor. 2. Silêncio: se responder à opção remove me, está a fornecer ao Spammer informação crucial Seu endereço de é real. O seu correio é lido por humanos. 3. Instalação de filtros Razor o primeiro de grande divulgação (1988) SpamAssassin adoptado no servidor WWW Apache, adaptativo por métodos estatísticos. SPAM : 9/10 SPAM combate (2) Um bom filtro deve evitar: Falsos positivos ( válido catalogado como SPAM) devem ser inferiores a 0.02% Falsos negativos (SPAM catalogado como válido) devem ser inferiores a 8% Efeitos negativos do SPAM: Sobrecarga de tráfego e nas caixas de correio. Perda de tempo dos receptores na determinação e eliminação de mensagens. Prejuízo nos que caem no conto do vigário. Nota [2008]: aumento do mercado asiático, aliado a um combate mais eficaz no mercado ocidental a spammers não acompanhado pelos administradores de sistemas asiáticos, tem levado ao aumento da percentagem de SPAM em língua oriental. SPAM : 10/10

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico Enviar correio eletrónico não solicitado em massa (SPAM) a outros utilizadores. Há inúmeras participações de spammers utilizando sistemas comprometidos para enviar e-mails em massa. Estes sistemas comprometidos

Leia mais

Criptografia e Segurança

Criptografia e Segurança Criptografia e Segurança das Comunicações Ferramentas de protecção AV e AS Prof RG Crespo Criptografia e Segurança das Comunicações Protecção AV e AS : 1/40 Detecção de virus (1) No mercado existem programas

Leia mais

Combate ao Spam no Brasil SPAM. Tipos de Spam. Correntes: Boatos e lendas urbanas. Propagandas. Ameaças, brincadeiras e difamação.

Combate ao Spam no Brasil SPAM. Tipos de Spam. Correntes: Boatos e lendas urbanas. Propagandas. Ameaças, brincadeiras e difamação. Combate ao Spam no Brasil SPAM Spam é o termo usado para referir-se aos e-mails não solicitados, que geralmente são enviados para um grande número de pessoas O que são spam zombies? Spam zombies são computadores

Leia mais

Software de Telecomunicações. Virus informáticos:2ª parte. WindowsNT história

Software de Telecomunicações. Virus informáticos:2ª parte. WindowsNT história Software de Telecomunicações Virus informáticos:2ª parte Prof RG Crespo Software de Telecomunicações Virus-II : 1/48 WindowsNT história O conhecido sistema operativo da MicroSoft passou por fases distintas:

Leia mais

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL Informática para pais correio eletrónico O correio eletrónico, ou e-mail (abreviatura de electronic mail ), permite o envio de uma mensagem para uma ou várias pessoas em qualquer

Leia mais

Prevenção. Como reduzir o volume de spam

Prevenção. Como reduzir o volume de spam Prevenção Como reduzir o volume de spam A resposta simples é navegar consciente na rede. Este conselho é o mesmo que recebemos para zelar pela nossa segurança no trânsito ou ao entrar e sair de nossas

Leia mais

Diego Ramon Gonçalves Gonzalez João Vitor Costa Pércia Tiago Afonso Monteiro

Diego Ramon Gonçalves Gonzalez João Vitor Costa Pércia Tiago Afonso Monteiro Diego Ramon Gonçalves Gonzalez João Vitor Costa Pércia Tiago Afonso Monteiro Spam é o nome dado a uma mensagem eletrônica não solicitada.. Também tem sido utilizado para a propagação de vírus, afetando

Leia mais

Mais de 40% do spam tem como objectivo roubar informação pessoal, incluindo dados financeiros

Mais de 40% do spam tem como objectivo roubar informação pessoal, incluindo dados financeiros Mais de 40% do spam tem como objectivo roubar informação pessoal, incluindo dados financeiros Lisboa, 21 de Agosto de 2013 As notificações de falha de entrega de e-mails são novo isco de spam O volume

Leia mais

SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS

SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS SPAM: COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS NÃO SOLICITADAS 1. INTRODUÇÃO Com o desenvolvimento da Internet, surgiu a possibilidade de se enviarem mensagens por correio electrónico, de forma quase instantânea e a

Leia mais

Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança

Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança Quando o Spam se torna um Incidente de Segurança - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança - CAIS Novembro de 2003 RNP/PAL/0201 2003 RNP Sumário Introdução Spam: um pouco de história A Evolução

Leia mais

COMUNICADO DE IMIMPRENSA

COMUNICADO DE IMIMPRENSA COMUNICADO DE IMIMPRENSA RELATÓRIO ANUAL DE SPAM 2012 Spam caiu 8,2% em 2012, atingindo o nível mais baixo dos últimos 5 anos As categorias tradicionais de spam estão a migrar para as redes sociais. Alguns

Leia mais

Privacidade.

Privacidade. <Nome> <Instituição> <e-mail> Privacidade Agenda Privacidade Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Privacidade (1/3) Sua privacidade pode ser exposta na Internet: independentemente da sua

Leia mais

Segurança de Redes & Internet

Segurança de Redes & Internet Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Video Institucional Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Agenda Cenário atual e demandas Boas práticas: Monitoramento Firewall

Leia mais

António Manuel de Jesus Pais

António Manuel de Jesus Pais Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL António Manuel de Jesus Pais Rua José Carlos de Melo, 154, 4D, 2810-239 Laranjeiro (Portugal) +351 210 173 291 +351 919 418 618 redinpais@gmail.com http://redin.com.pt

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

Configuração do Outlook para o servidor da SET

Configuração do Outlook para o servidor da SET Configuração do Outlook para o servidor da SET Selecione Ferramentas + Contas... no seu Outlook Express. Clique no botão Adicionar + Email, para acrescentar uma nova conta, ou no botão Propriedades para

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA COMUNICADO DE IMPRENSA Os Trojans Zeus ressurgem e já representam 26,2% dos programas maliciosos no email As redes sociais continuam no primeiro posto da estatística das organizações mais atacadas pelos

Leia mais

Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp

Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp Daniela Barbetti daniela@unicamp.br GTS-26 11 de dezembro de 2015 São Paulo, SP Agenda: CSIRT Unicamp Rede de dados da Unicamp Uso de flows no tratamento

Leia mais

Política de privacidade do Norton Community Watch

Política de privacidade do Norton Community Watch Política de privacidade do Norton Community Watch Data de início: 5 de agosto de 1999 Última atualização: 16 de abril de 2010 O que é o Norton Community Watch? O Norton Community Watch permite que os usuários

Leia mais

Políticas de Segurança

Políticas de Segurança Políticas de Segurança A MANDIC S/A, por princípios e filosofia de atuação, em concordância com as mais relevantes práticas e órgãos não-governamentais da Internet mundial, declara ser totalmente intolerante

Leia mais

9.1. A Net Server Brasil Hospedagem de Sites possui uma política de tolerância zero em relação a e-mails comerciais não solicitados.

9.1. A Net Server Brasil Hospedagem de Sites possui uma política de tolerância zero em relação a e-mails comerciais não solicitados. 9. POLÍTICA ANTI-SPAM 9.1. A Net Server Brasil Hospedagem de Sites possui uma política de tolerância zero em relação a e-mails comerciais não solicitados. 9.2. Ao utilizar os nossos serviços você se compromete

Leia mais

ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM

ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM Paulo Manoel Mafra Departamento de Automação e Sistemas Universidade Federal de Santa Catarina 88040-900 Florianópolis - SC mafra@das.ufsc.br ANÁLISE DE FERRAMENTAS

Leia mais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Segurança na Internet Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Segurança de Computadores Senhas Engenharia Social Vulnerabilidade Códigos Maliciosos Negação de Serviço 2 Segurança de Computadores

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

Retrospectiva na área de segurança

Retrospectiva na área de segurança - RNP Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança - CAIS Novembro de 2003 RNP/PAL/0198 2003 RNP Sumário Apresentação Retrospectiva 2003 Tipos de ataques mais comuns no ano 2003 Panorama atual na área

Leia mais

M anual: e-m ail M arketing

M anual: e-m ail M arketing M anual: e-m ail M arketing Introdução Obrigado por ter contratado nosso servico de E-mail marketing LojasVirtuais.NET. Procuramos criar um manual que sirva como uma referencia rápida para você. Como sempre

Leia mais

Instruções Básicas de Instalação - Mozilla Thunderbird

Instruções Básicas de Instalação - Mozilla Thunderbird Instruções Básicas de Instalação - Mozilla Thunderbird Passo a passo da instalação do Thunderbird Introdução O Thunderbird é o leitor de email produzido pela fundação mozilla. O Thunderbird foi projetado

Leia mais

ChasqueMail O e mail da UFRGS

ChasqueMail O e mail da UFRGS ChasqueMail O e mail da UFRGS Alexandre Marchi, Everton Foscarini, Rui Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Rua Ramiro Barcelos, 2574 Portao K Porto Alegre

Leia mais

Internet. Professor: Francisco Silva

Internet. Professor: Francisco Silva Internet e Serviços Internet A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

para que quando a resposta que provenha da Internet pudesse ser permitida, ou seja, pudesse acessar o computador do usuário. Em outras palavras, o

para que quando a resposta que provenha da Internet pudesse ser permitida, ou seja, pudesse acessar o computador do usuário. Em outras palavras, o FIREWALL É utilizado para impedir que informações indesejadas entrem em uma rede ou em um computador doméstico. Em uma grande rede não é um método substituto à segurança de um servidor, mas complementar,

Leia mais

Estratégias de controle de envio de e mail para ISPs

Estratégias de controle de envio de e mail para ISPs Danton Nunes (danton@inexo.com.br) InterNexo Ltda., São José dos Campos, SP março de 2003 Apresentado à 15ª reunião do GTER, São Paulo, SP O Problema O envio massivo de mensagens não solicitadas e impertinentes

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

A mensagem é quebrada em pacotes, e cada pacote pode trafegar por diversos caminhos diferentes POP3 e SMTP trafegam informação em texto claro Nos EUA

A mensagem é quebrada em pacotes, e cada pacote pode trafegar por diversos caminhos diferentes POP3 e SMTP trafegam informação em texto claro Nos EUA Segurança em Comunicações Segurança de E-Mail Carlos Sampaio Segurança de E-Mail: E-Mail Clássico A mensagem é quebrada em pacotes, e cada pacote pode trafegar por diversos caminhos diferentes POP3 e SMTP

Leia mais

Microsoft Security Intelligence Report

Microsoft Security Intelligence Report Microsoft Security Intelligence Report Volume 12 JULHO DEZEMBRO DE 2011 CONCLUSÕES PRINCIPAIS www.microsoft.com/sir Microsoft Security Intelligence Report Este documento destina-se apenas a fins informativos.

Leia mais

CONFIGURAÇÕES PARA AUTENTICAÇÃO

CONFIGURAÇÕES PARA AUTENTICAÇÃO CONFIGURAÇÕES PARA AUTENTICAÇÃO ALL IN MAIL CRIAR NOVO ENVIO ANIVERSÁRIO SÉRIE MANUAIS DA FERRAMENTA ALL IN MAIL INTRODUÇÃO As configurações para autenticação de envio de e-mail marketing são premissas

Leia mais

Mecanismos de Autenticação dos Emails

Mecanismos de Autenticação dos Emails Mecanismos de Autenticação dos Emails De uma forma generalizada, pode-se identificar os seguintes problemas relacionados com a autenticidade dos emails: Envio de mensagens não solicitadas (spam), que pode

Leia mais

E por que, mesmo seguindo as melhores práticas, isso acontece?

E por que, mesmo seguindo as melhores práticas, isso acontece? Entregabilidade Caixa de Spam é um termo que causa calafrios em todos que trabalham com email marketing. Mesmo quando seguimos as melhores práticas de email, ainda assim pode acontecer de não conseguirmos

Leia mais

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede Algumas especificações técnicas 1 Bibliografia: REBELO, Manuel Ferreira Soares Textos de Apoio da Acção de Formação Internet e Word Web: Novos Espaços

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdo 2 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerenciar assinatura...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como me certificar de

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma 6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma empresa. Diferente do senso comum o planejamento não se limita

Leia mais

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS Com o objetivo de manter um alto nível no serviço de e-mails, a SOPHUS TECNOLOGIA disponibiliza soluções voltadas para cada necessidade de seus clientes.

Leia mais

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas virtuais 1 Vírus A mais simples e conhecida das ameaças. Esse programa malicioso pode ligar-se

Leia mais

PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h

PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h PROTEGENDO-SE DAS PRAGAS VIRTUAIS 20h Luiz Henrique QUEMEL AGENDA BLOCO I - AÇÃO Conceitos Básicos Internet, firewall TCP/IP, DNS, NAT BLOCO II - REAÇÃO Malwares. Correção e prevenção. Segurança doméstica

Leia mais

CLAIN 2008. Fraude Eletrônica. Moises J Santos. Internet Banking

CLAIN 2008. Fraude Eletrônica. Moises J Santos. Internet Banking CLAIN 2008 Fraude Eletrônica Moises J Santos Fraude Eletrônica Definição Fraude Subterfúgio para alcançar um fim ilícito, ou ainda, o engano dolosamente provocado, o malicioso induzimento em erro ou aproveitamento

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Serviços básicos da internet

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Mercados em potencial de serviços Serviços da Web ftp,http,email,news,icq! Mercados em potencial de serviços FTP IRC Telnet E-mail WWW Videoconferência

Leia mais

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Preservação da: confidencialidade: Garantia de que o acesso à informação seja obtido somente por pessoas autorizadas. integridade: Salvaguarda da exatidão

Leia mais

Política de Utilização Aceitável (PUA)

Política de Utilização Aceitável (PUA) Política de Utilização Aceitável (PUA) HOST TUGATECH Host TugaTech HOST.TUGATECH.COM.PT HOST@TUGATECH.COM.PT A Política de Utilização Aceitável (PUA) do Host TugaTech é disponibilizada com o objetivo de

Leia mais

Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-)

Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-) Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-) Cristine Hoepers cristine@cert.br Klaus Steding-Jessen jessen@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de

Leia mais

02/07/2013. Definição de Rede. Compartilhando Dados. Usos de uma Rede NOÇÕES DE REDE: CONCEITOS BÁSICOS

02/07/2013. Definição de Rede. Compartilhando Dados. Usos de uma Rede NOÇÕES DE REDE: CONCEITOS BÁSICOS 2 Definição de Rede NOÇÕES DE REDE: CONCEITOS BÁSICOS Conjunto de tecnologias que conectam computadores Permite comunicação e colaboração entre usuários Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima

Leia mais

Histórico. Francis Bacon desenvolve o alfabeto binário.

Histórico. Francis Bacon desenvolve o alfabeto binário. internet História 1605 Francis Bacon desenvolve o alfabeto binário. Queria camuflar mensagens. Usou as letras a e b que substituídas por 0 e 1, cerca de meio século depois pelo o filósofo alemão Gottfried

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Tecnologias de Informação e Comunicação Introdução Internet? Introdução 11-03-2007 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2 Internet Introdução É uma rede global de computadores interligados que comunicam

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Introdução à Internet: história

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática CARTILHA DE INFORMÁTICA SEÇÃO TÉCNICA DE INFORMÁTICA PUSP-P Nº 002 - SETEMBRO/2014 TEMA: GOLPES POR EMAIL "NA DÚVIDA NÃO CLIQUE" RELEMBRANDO: Na cartilha nº 001 lançada em Julho de 2014 escrevemos dicas

Leia mais

Agenda. 1 Absoluto Web. 2 - E-mail Marketing. - quem somos

Agenda. 1 Absoluto Web. 2 - E-mail Marketing. - quem somos E-mail Marketing Agenda 1 Absoluto Web - quem somos Você irá ver nas próximas páginas: 2 - E-mail Marketing - o que é - nossa base - vantagens - nossa base - tipos de e-mail marketing - teste, envio e

Leia mais

Indice. Registo 3. Menu 5. Serviços 6. Este tuturial é propriedade da Atlantic Gate. 2

Indice. Registo 3. Menu 5. Serviços 6. Este tuturial é propriedade da Atlantic Gate. 2 Tuturial Indice Registo 3 Menu 5 Serviços 6 Este tuturial é propriedade da Atlantic Gate. 2 1. Registo Para fazer o registo no portal Atlantic Gate deverá fazê-lo no local abaixo indicado na figura com

Leia mais

Implementando Políticas ANTI-SPAM

Implementando Políticas ANTI-SPAM POP-RS / CERT-RS Implementando Políticas ANTI-SPAM Émerson Virti emerson@tche.br Resumo Motivação - Problemática do Spam Os Remetentes Formas de Controle de Spam Controlando Spam no POP-RS Conclusões Reunião

Leia mais

Segurança na Rede UFBA

Segurança na Rede UFBA Dia Mundial de Segurança da Informação Segurança na Rede UFBA Roberto Ferreira Prado Quaresma UFBA - Números UFBA (2001) 58 cursos de graduação 39 mestrados 16 doutorados 30 cursos de especialização/ano

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores Pragas Virtuais 1 Pragas Virtuais São programas desenvolvidos com fins maliciosos. Pode-se encontrar algumas semelhanças de um vírus de computador com

Leia mais

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais.

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. Sobre as práticas recomendadas para que a utilização da internet seja realizada

Leia mais

Resultados do uso dos protocolos SPF, Greylisting e DK

Resultados do uso dos protocolos SPF, Greylisting e DK Resultados do uso dos protocolos SPF, Greylisting e DK Danton Nunes, InterNexo Ltda. danton.nunes@inexo.com.br Rodrigo Botter, Telar Engenharia e Comércio rodrigo.botter@telar.com.br 1/12 Estudos de caso:

Leia mais

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet.

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet. Nettion Security & Net View Mais que um software, gestão em Internet. Net View & Nettion Security Mais que um software, gestão em Internet. A Net View e a Nettion Security Software se uniram para suprir

Leia mais

Tecnologias e Políticas para Combate ao Spam

Tecnologias e Políticas para Combate ao Spam Tecnologias e Políticas para Combate ao Spam Cristine Hoepers Klaus Steding-Jessen Rubens Kühl Jr. CT-Spam Comissão de Trabalho sobre Spam do Comitê Gestor da Internet no Brasil http://www.cgi.br/ Reunião

Leia mais

Questão de prova. Questão de prova

Questão de prova. Questão de prova Programa que permite organizar mensagens eletrônicas de um usuário da Internet, através da ordenação em pastas, envio e recebimento das mensagens. Exemplos: Outlook Express Ms Outlook Windows Live Mail

Leia mais

Compromisso anti-spam da INFRAREDE e de seus clientes

Compromisso anti-spam da INFRAREDE e de seus clientes Política anti-spam Deve-se entender política para os fins do presente como sendo uma série de medidas para a obtenção de um fim. O fim pretendido pela empresa INFRAREDE Soluções Tecnológicas é o combate

Leia mais

Entregabilidade nos provedores A entregabilidade é um grande desafio para as ações de e-mail marketing no mercado brasileiro. Confira dicas para

Entregabilidade nos provedores A entregabilidade é um grande desafio para as ações de e-mail marketing no mercado brasileiro. Confira dicas para provedores A entregabilidade é um grande desafio para as ações de e-mail marketing no mercado brasileiro. Confira dicas para aumentar a entregabilidade nos provedores Hotmail, Gmail e Yahoo!Mail. provedores

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB 1 -DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de 70 (setenta) licenças de software antivírus coorporativo para

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DICAS Aguinaldo Fernandes Rosa Especialista em Segurança da Informação Segurança da Informação Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

SPAM: Levantando uma discussão

SPAM: Levantando uma discussão SPAM: Levantando uma discussão Por: Fernando Verissimo Novembro/2003 Todos nós estamos recebendo muitas mensagens de correio eletrônico indesejadas. Isso vem nos irritando muito. Nos irrita por vários

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 6 Segurança na Camada de Aplicação Obtenção de Acesso não Autorizado via Malwares Vírus, Worms, Trojan e Spyware Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br

Leia mais

VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY

VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY OVERVIEW Desafio Muitos dos maiores comprometimentos de segurança atualmente começam com um único ataque de email que explora vulnerabilidades da web. Na

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático Conteúdos Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático O desejo de comunicar é a essência das redes. As pessoas sempre desejaram corresponder entre si através

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Usando um firewall para ajudar a proteger o computador A conexão à Internet pode representar um perigo para o usuário de computador desatento. Um firewall ajuda a proteger o computador impedindo que usuários

Leia mais

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales Firewall Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales O que é Firewall? Firewall pode ser definido como uma barreira de proteção, que controla o tráfego de dados entre seu computador e a Internet (ou entre a

Leia mais

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 2 Conteúdo F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 Gerenciar assinatura...4 1.2 Como me certificar de que o computador está protegido...4

Leia mais

COMBATE AO SPAM UMA ABORDAGEM RADICAL

COMBATE AO SPAM UMA ABORDAGEM RADICAL COMBATE AO SPAM UMA ABORDAGEM RADICAL José Roberto Bollis Gimenez UNG / UNESP jroberto@unesp.br (endereço restrito) O Problema do SPAM Roteiro da Palestra Alternativas possíveis para combater o SPAM Alternativas

Leia mais

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc. Endereços IP Endereços IP IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.) precisam ter endereços. Graças

Leia mais

Criptografia e Segurança das Comunicações. IPsec

Criptografia e Segurança das Comunicações. IPsec Criptografia e Segurança das Comunicações IPsec IPsec : 1/27 Introdução (1) Os datagramas IP do nível de rede da pilha de protocolos v4 são inseguros! Endereço fonte pode ser mistificado ( spoofed ). Conteúdo

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdos 2 Conteúdos Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerir subscrição...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como ter a certeza de que

Leia mais

CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM

CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 1.1. As presentes condições tem por objeto a Hospedagem, sem exclusividade, dos Conteúdos de propriedade do CONTRATANTE na revenda NETPCHOST compartilhados

Leia mais

reputação da empresa.

reputação da empresa. Segurança premiada da mensageria para proteção no recebimento e controle no envio de mensagens Visão geral O oferece segurança para mensagens enviadas e recebidas em sistemas de e-mail e mensagens instantâneas,

Leia mais

Internet - A rede Mundial

Internet - A rede Mundial Internet - A rede Mundial Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br O que é? Qual a sua história? Como funciona? Como está organizada? Quais os serviços? Como acessar? Quais os cuidados? Qual

Leia mais

Sistemas Informáticos

Sistemas Informáticos Sistemas Informáticos Sistemas Distribuídos Eng.ª Sistemas de Informação Escola Superior de Tecnologia e Gestão - IPVC Ano Lectivo 2005-2006 1.º Semestre 1 - nos Sistemas Distribuídos - Necessidade de

Leia mais

www.ufmg.br/dti Filtros Antispam Centro de Computação CECOM Divisão de Infraestrutura de Serviços - DIS

www.ufmg.br/dti Filtros Antispam Centro de Computação CECOM Divisão de Infraestrutura de Serviços - DIS www.ufmg.br/dti Filtros Antispam Centro de Computação CECOM Divisão de Infraestrutura de Serviços - DIS Agenda Funcionalidades pretendidas para nova solução Software IBM Lotus Protector Solução implantada

Leia mais

Integração entre o PROSEG e o PSGIS Uma abordagem no. tratamento de incidentes de segurança da informação. Parte 2. Elaboradores:

Integração entre o PROSEG e o PSGIS Uma abordagem no. tratamento de incidentes de segurança da informação. Parte 2. Elaboradores: Integração entre o PROSEG e o PSGIS Uma abordagem no tratamento de incidentes de segurança da informação Parte 2 Elaboradores: - Cristiane Gomes e Thiago Moraes/SUPGS - João Emílio e Maria do Carmo/COGSI

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo 1. OBJETO ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 047/2013 TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para a prestação de serviço de gerenciamento de campanhas de comunicação e marketing via correio eletrônico,

Leia mais

16. Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma vantagem dos Sistemas Operacionais com interface gráfica:

16. Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma vantagem dos Sistemas Operacionais com interface gráfica: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO 7 INFORMÁTICA QUESTÕES DE 16 A 35 16. Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma vantagem dos Sistemas Operacionais com interface gráfica: a) Possibilita a ativação de vários

Leia mais

AKNA SOFTWARE. Configurações. de DNS

AKNA SOFTWARE. Configurações. de DNS AKNA SOFTWARE Configurações de DNS ÍNDICE Introdução... 03 SPF... 03 DKIM... 03 CNAME... 04 Obtenção de parâmetros... 05 Via alertas do sistema... 05 Via menu do sistema... 06 Passo a passo da configuração...

Leia mais