2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1"

Transcrição

1 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1

2 Polícia Judiciária Luísa Proença Chefe de Área de Projetos, Inovação e Conhecimento 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 2

3 Algumas questões de partida Porque precisamos de inovar? Que desafios / que ameaças enfrentam as sociedades? Qual o papel das entidades a quem cabe prevenir e combater as ameaças que todos enfrentamos no dia a dia? Como estão preparadas para fazer face às ameaças? Que meios humanos e financeiros estão à sua disposição? Como financiar a constante evolução científica e tecnológica? 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 3

4 As ameaças Crime grave e organizado Terrorismo e ciberterrorismo Cibercrime Criminalidade económica e financeira Tráfico de droga Crimes contra menores através da Internet: pornografia e pedofilia 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 4

5 Os desafios Prevenir o crime: Recursos humanos altamente qualificados e capazes de identificar as ameaças e desencadear o processo interno de neutralização da ameaça; Permanente especialização dos recursos humanos formação especializada contínua; Meios tecnológicos adequados: sistemas e tecnologias de informação e comunicação inovadores avançados, que permitam rapidamente recolher e relacionar informação de múltiplas fontes (padrões, alertas); Cooperação Policial - partilhar informação e conhecimento; Alinhar a estratégia de inovação com as necessidades para antecipar as ameaças e enfrentar os desafios espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 5

6 Os desafios Investigar e combater o crime: O papel da Ciência Forense, como apoio ao sistema de Justiça, através das várias disciplinas: Biologia, toxicologia, local do crime, lofoscopia, incêndio e explosão, balística, resíduos de disparo, documentos, escrita manual, informática forense O papel das unidades de análise de informação produção de intelligence O papel das unidades de prevenção e apoio tecnológico O papel da cooperação policial Elevado nível de conhecimento e especialização dos recursos humanos - procura da excelência científica; Elevado grau de exigência em equipamentos das várias disciplinas forenses; Necessidade de dispor de sistemas de informação que facilitem a ação humana; Troca de informação e mobilidade dos vários intervenientes representação nos vários fora europeus e internacionais espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 6

7 Inovação e Investigação Criminal 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 7

8 O que é INOVAÇÃO? Innovation is the ability of individuals, companies and entire nations to continuously create their desired future John Kao, Innovation Nation (2007) 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 8

9 OMG!!! CAOS!!! You cannot plan good ideas, but sure you can create an environment to stimulate the diversity of the total process. It is and will stay the fuzzy front end of innovation! Solução 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 9

10 Da Ideia à implementação Modelação Desenho preliminar Análise do desenho Geração de ideias Ideation Refinamento Visualização do desenho Identificação do problema Simulação da solução Implementação Desenvolvimento do projeto Marketing e comunicação Financiamento Planeamento e gestão de projeto 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 10

11 Múltiplos fatores Disseminação Cultura organizacional Estratégia Tecnologia Departamento de inovação INOVAÇÂO desenvolvimento organizacional Reconhecimen to e recompensa Criatividade Empowerment Formação Papéis / Novas funções Planeamento 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 11

12 Facilitadores da Inovação Cultura Capacidade para assumir o risco Estratégia Gestão de ideias: da ideia à definição do projeto Formação Recursos humanos Recursos financeiros 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 12

13 Constrangimentos à inovação Excessiva burocracia Demasiadas regras, nomeadamente em matéria de contratação pública Legislação pouco fomentadora de uma cultura de inovação Hierarquia organizacional vs hierarquia da inovação e dos projetos Orçamentos insuficientes Baixo nível de empowerment Medo do risco 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 13

14 The ultimate risk is not taking a risk - Gunilla von Platen 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 14

15 Financiar a Inovação na PJ Fontes de financiamento Nível europeu Nível nacional 7th Framework Programme (FP7) Horizon 2020: ICT, Secure societies ISEC Prevention of and Fight against Crime E-Justice FSI - Fundo de Segurança Interna Hercule II e III (OLAF Office de Lute Anti-fraud) EuropeAID ERASMUS + Orçamento de Estado Portugal espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 15

16 Projetos PJ 7th Framework Programe Como Parceiro: INSEC CyberROAD ECOSSIAN SIIP Handhold CAPER Innovation and Research in SECurity Organizations Development of the Cyber crime and Cyber terrorism research ROADmap European Control System Security Incident Analysis Network Speaker Identification Integrated Project HANDHeld OLfactory Detector Collaborative Information Acquisition Processing Exploitation and Reporting Como Observador ou membro do Advisory Board: INNOSEC E-POOLICE Innovation and research within SECurity organizations Early Pursuit against Organised crime using EnvirOnmental Scanning, the Law and IntelligenCE Systems LASIE Large Scale Information Exploitation of Forensic Data 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 16

17 Projetos PJ 7th Framework Programe Principais áreas internas (end-users) envolvidas: Área de Projetos, Inovação e Conhecimento Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo Laboratório de Polícia Científica Unidade de Telecomunicações e Informática Unidade Informação Criminal Unidade de Prevenção e Apoio Tecnológico 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 17

18 Projetos PJ OLAF / ISEC / JUST OLAF-HERCULE II e III: SIAF Sistema de Interceções Anti-Fraude COMfacSys Perícia informática ISEC: PIU-PT (PNR) PT-PRÜM EuroGuard Passenger Information Unit Novo sistema AFIS troca de informação com os Estados membros Combate ao tráfico de droga JUST: POSEIDON Entidades internas envolvidas como end-user: Unidade Telecomunicações e Informática Unidade Informação Criminal Laboratório de Polícia Científica Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 18

19 Projetos PJ Horizonte 2020 Iniciado em fevereiro 2015: Realising an Applied Gaming Eco-system (Digital games, RAGE gamification, applied games, serious games) Aprovados e com Início a partir do corrente mês : LAW-TRAIN TRILLION FORENSOR CARISMAND Mixed-reality environment for training teams in joint investigative interrogation-intelligent interrogation training simulator TRusted, CItizen - LEA coilaboration over social Networks FOREnsic evidence gathering autonomous sensor Culture And RISkmanagement in Man-made And Natural Disasters Participou em mais 12 consórcios, cujas propostas não obtiveram financiamento espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 19

20 Projetos / fontes de financiamento Fundo de Segurança Interna Combate ao crime grave e organizado Programa Nacional a aguardar aprovação pela Comissão Europeia Ações da União candidaturas apresentadas em janeiro-fevereiro 2015 Ações Diretas - candidaturas apresentadas em janeiro-fevereiro espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 20

21 FSI - Ações da União Fundo de Segurança Interna Designação Descrição Tema ALEFA Att4LEA FLaR BALDER CUMULUS ECTERS Association of Law Enforcement Forensic Accountants Network Automatic Transcription and Translation for LEAs prevenção do radicalismo e extremismo violento First Line against radicalisation Modelling online and real world human actions through behavioural and open source analysis Forensic private cloud to store and remote-analyse digital evidence Establishment and Development of new EU Cybercrime Centres of Excellence Prevenção e combate ao crime económico, financeiro, ambiental e corrupção Prevenção do radicalismo e extremismo violento Prevenção do radicalismo e extremismo violento Combate ao cibercrime e abuso sexual de crianças Combate ao cibercrime e abuso sexual de crianças Combate ao cibercrime e abuso sexual de crianças 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 21

22 FSI - Ações da União / Ações Diretas Fundo de Segurança Interna Designação Descrição Tema PHARMA- CRAWLER PIU.net PWGT ESTP CRACKING Focused web crawling from multiple sources for the detection of ilegal online pharmacies Pilot programme for data Exchange of the Passenger Information Units. Crypto Communication System ENLETS Security Technology and Procurement Counter-Radicalism across the Cyberspace KINGdom Combate ao cibercrime e abuso sexual de crianças Troca de informação entre entidades de aplicação da lei (Law Enforcement) Troca de informação entre entidades de aplicação da lei (Law Enforcement) European Network of Law Enforcement Technology Services Combate ao radicalismo no ciberespaço 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 22

23 Objetivos estratégicos da EU vs programas de trabalho H Secure Societies: Disaster Resilience; Fight against Crime and Terrorism; Border Security and external security; Digital Security: Cybersecurity, Privacy and trust: Fundo de Segurança Interna: Combate ao crime transnacional grave e organizado, incluindo o terrorismo Prevenção e combate ao crime; Troca de informação; Formação; Apoio à vítima; Avaliação do risco e da ameaça; Riscos e crises espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 23

24 H2020: Secure societies Work Program: Disaster Resilience: Safeguarding and securing society, including adapting to climate change: Crisis management and civil protection Disaster Resilience and climate change Critical infrastructure protection Communication Technologies and Interoperability Ethical/Societal Dimension Fight against Crime and Terrorism Forensics Law enforcement capabilities Urban Security Ethical/Societal Dimension Fast Track to Innovation Border Security and external security Border crossing points, information management, supply chain security,... Digital Security: Cybersecurity, Privacy and trust Privacy, access control, trust eservices, Secure information sharing espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 24

25 H2020: Alguma informação útil Primeiros concursos (calls): 2014 resultados início 2015; Vários concursos em 2015: ICT (março 2015), Secure Societies (agosto 2015); Programas de trabalho bianuais: ; ; Todos os projetos em consórcio mínimo 3 entidades de 3 Estados membros; Participação de Universidades, PME, entidades de Investigação & Desenvolvimento, Utilizadores finais; Países elegíveis: Estados Membros, Países Associados, Países em Desenvolvimento, Entidades Internacionais de interesse europeu (ex: Interpol); Transversalidade das TIC; Conjugação de vários temas de diferentes pilares espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 25

26 H2020: Abordagem integrada Ciclo completo da INOVAÇÂO: Investigação de base; Tecnologia I&D; Demonstração; Prototipagem; Validação de larga escala; Ações de Piloto; Mercado (Deployment) espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 26

27 O Horizonte 2020 acrescenta uma fase muito importante, em relação ao anterior Quadro (FP7) colocação no mercado Ciência Investigação aplicada Desenvolvimento Demonstração Colocação no mercado (Deployment) Papel reforçado dos end-users 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 27

28 Participação em consórcio Encontrar parceiros; Integrar consórcio; Elaborar (colaborar na elaboração) e submeter Proposta; Aprovação e financiamento; Negociação; Consortium Agreement (CA): DESCA Development of a Simplified Consortium Agreement standard recomendado pela UE e pela generalidade das organizações com experiência nos Framework programes anteriores. (Entre o coordenador e os vários Parceiros; Grant Agreement entre a CE e o coordenador do consórcio; Fixação da data oficial de arranque do projeto Kick off meeting (participação obrigatória) espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 28

29 Como participar? Fazer novos amigos e trabalhar com eles é a melhor maneira de integrar consórcios, de preferência bons consórcios; A complementaridade e o equilíbrio são muito importantes: Diferentes EM não mais do que 30% do mesmo EM; Equilíbrio geográfico (diferentes EM, diferentes regiões da Europa); Diferentes tipos de entidade Universidades, R&D, PME, utilizadores finais; Equilíbrio do género; Atenção às questões da proteção de dados; Atenção aos aspetos éticos, legais e societais espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 29

30 Tipos de Ações RIA Research and Innovation Action Minimo 3 entidades de 3 EM/Países associados Taxa de financiamento: 100% (máx. 25% custos indiretos) Duração habitual: 36 a 48 meses Financiamento médio da CE: 2 a 5 Mio. EUR Objetivo: Investigação em colaboração IA Innovation Action Mínimo 3 entidades de 3 EM/Países associados Taxa de financiamento: 100% (70% para empresas; máx. 25% custos indiretos) Duração habitual: 30 a 36 meses Financiamento médio da CE: 2 a 5 Mio. EUR Objetivo: preparar novos produtos, processos e serviços 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 30

31 Tipos de Ações CSA Coordination & Support Actions funding rate 100% (máx. 25% indirect costs) Mínimo uma entidade (se o tópico não estabelecer de outro modo) Taxa de financiamento: 100% (máx. 25% custos indiretos) Duração típica: 12 a 30 meses Financiamento médio da CE: 0,5 a 2 Mio. EUR Objetivo: analisar e definir medidas (normalização, ) - não há investigação. O IVA não recuperável passa a ser elegível! 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 31

32 Principais benefícios ISEC / OLAF / JUST / EuropAID / Aquisição e implementação de soluções prontas a utilizar: tecnologia, sistemas de informação, viagens, eventos, custos indiretos (água, luz, espaços, limpeza, comunicações, ). Fundo de Segurança Interna Aquisição e implementação de soluções prontas a utilizar (idêntico ao ponto anterior), incluindo recursos humanos. FP7 e Horizonte 2020 Envolvimento em consórcios altamente competentes em matéria de investigação científica e desenvolvimento tecnológico; Pagamento de recursos humanos, viagens, conferências, equipamentos, custos indiretos,...; Conhecimento; Rede de contactos com os melhores da Europa; Participação no desenvolvimento de novos produtos, inovadores, que façam a diferença na entidade end-user (e na Europa); Estar entre os melhores da União Europeia; Utilização do novo produto desenvolvido, a custo zero espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 32

33 Algumas observações finais Alinhamento estratégico Estratégia da Comissão Europeia para a segurança no espaço europeu: prevenção e combate ao crime grave e organizado Estratégia nacional: prioridades nacionais Estratégia da organização para a prevenção e combate, alinhada com a Estratégia de Inovação Gestão das várias oportunidades de financiamento da inovação face aos projetos identificados 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 33

34 Sugestão final Definir e desenvolver uma estratégia de inovação na organização, podendo utilizar os resultados do projeto europeu INSEC, como suporte à formulação e desenvolvimento dessa estratégia: Innovation Management Model, assente em 30 medidas INSEC Open Innovation Platform: Hub para tecnologias e serviços inovadores adequados a entidades de segurança Procurar parceiros e soluções tecnológicas Encontrar materiais de suporte à formação Encontrar as etapas do desenvolvimento de um ciclo de inovação e desenvolvimento na organização espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 34

35 Links dos projetos FP7 e H https://www.epoolice.eu espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 35

36 MUITO OBRIGADA! 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 36

37 Juntos, partilhamos eficiência

Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT Oportunidades mobilizadoras do Horizonte 2020

Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT Oportunidades mobilizadoras do Horizonte 2020 Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT Oportunidades mobilizadoras do Horizonte 2020 Fernando Duarte Carvalho NCP e Delegado Nacional ao Tema Segurança do H2020, GPPQ Gabinete de Promoção do Programa

Leia mais

Oportunidades para as PME no Horizonte 2020

Oportunidades para as PME no Horizonte 2020 Oportunidades para as PME no Horizonte 2020 Marta Candeias Ponto de Contato Nacional NMP e PME PME, empreendedores, inovação no centro da Estratégia EU2020 Horizonte 2020 COSME Fundos Regionais H2020 (2014-2020)

Leia mais

Horizonte 2020 Financiamento europeu para Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (2014-2020)

Horizonte 2020 Financiamento europeu para Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (2014-2020) Horizonte 2020 Financiamento europeu para Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (2014-2020) Eduardo Maldonado Coordenador dos Pontos de Contacto Nacional Estratégia Europa 2020 Objectivos:

Leia mais

Introdução ao Horizonte 2020

Introdução ao Horizonte 2020 Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I Introdução ao Horizonte 2020 Maria João Fernandes mariajoao.fernandes@fct.pt IPCB, Castelo Branco 28 de Janeiro de 2015 Estratégia UE2020 Uma estratégia para

Leia mais

7º Programa-Quadro de I&DT (2007-2013)

7º Programa-Quadro de I&DT (2007-2013) 7º Programa Quadro Tema ENERGIA O 7ºPrograma Quadro e o PPQ Eduardo Maldonado Coordenador dos Pontos de Contacto Nacionais 7º Programa-Quadro de I&DT (2007-2013) Promoção da carreira de investigação e

Leia mais

Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME. Horizonte 2020

Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME. Horizonte 2020 Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME PME, empreendedores, inovação no centro da Estratégia EU2020 COSME Fundos Regionais Da Investigação Fundamental ao Mercado Pilares

Leia mais

Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança

Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança Horizonte 2020 Programa-Quadro de Investigação e Inovação (2014-2020) 2020) Maria da Graça a Carvalho IPO, Lisboa 9 Maio 2013 Mundo Multipolar na investigação

Leia mais

Horizonte 2020: Financiamento para empresas na área da Saúde - Oportunidades no Sector das TIC, Biotecnologia, Farmacêutica e Afins

Horizonte 2020: Financiamento para empresas na área da Saúde - Oportunidades no Sector das TIC, Biotecnologia, Farmacêutica e Afins Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I Horizonte 2020: Financiamento para empresas na área da Saúde - Oportunidades no Sector das TIC, Biotecnologia, Farmacêutica e Afins João Mil-Homens Lisboa,

Leia mais

Cidades e Comunidades Inteligentes: oportunidades de financiamento no Horizonte 2020

Cidades e Comunidades Inteligentes: oportunidades de financiamento no Horizonte 2020 Cidades e Comunidades Inteligentes: oportunidades de financiamento no Horizonte 2020 CONVENÇÃO - Low Carbon de um OesteSustentável Ana Raposo (ana.raposo@fct.pt) 10 de Julho de 2014 Horizonte 2020 - Novidades

Leia mais

Horizonte 2020. Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT)

Horizonte 2020. Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) Horizonte 2020 Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) Filipa Duarte Elisabete Pires Pontos de Contacto Nacional de ICT & FET TIC no Horizonte 2020 Liderança Industrial

Leia mais

inovação & nas empresas 2020 competitividade

inovação & nas empresas 2020 competitividade inovação & nas empresas 2020 competitividade FACING THE INNOVATION CHALLENGE Lisboa 02 MARÇO 2016 1 Desafios e oportunidades: fatores críticos de sucesso PRINCIPAIS ALTERAÇÕES SETORES VERSUS CADEIAS DE

Leia mais

Horizonte 2020 Estrutura, organização, aspetos legais e regras de participação Eduardo Maldonado, Coordenador de NCPs (GPPQ-FCT) 27 de Fevereiro de

Horizonte 2020 Estrutura, organização, aspetos legais e regras de participação Eduardo Maldonado, Coordenador de NCPs (GPPQ-FCT) 27 de Fevereiro de Horizonte 2020 Estrutura, organização, aspetos legais e regras de participação Eduardo Maldonado, Coordenador de NCPs (GPPQ-FCT) 27 de Fevereiro de 2014 Horizonte 2020 - Novidades Um único programa que

Leia mais

Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança

Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança Pensar a Investigação na Europa num Mundo em Mudança Horizonte 2020 Programa-Quadro de Investigação e Inovação (2014-2020) Maria da Graça Carvalho LNEG, Lisboa 25 Outubro 2013 Mundo Multipolar na investigação

Leia mais

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal A União Europeia e o apoio às Empresas Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal Abril 2010 Programa-Quadro para a Competitividade e a Inovação (CIP) Programa-Quadro para

Leia mais

Porquê concorrer ao H2020?

Porquê concorrer ao H2020? Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I Porquê concorrer ao H2020? Patrícia Calado Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT 3-4 meses 5 meses 3 meses 1º contacto O que é o H2020 Como funciona?

Leia mais

Projetos Inovadores de Mobilidade Sustentável

Projetos Inovadores de Mobilidade Sustentável Projetos Inovadores de Mobilidade Sustentável Promoção, Financiamento e Apoio Comunitário Rui Dias Camolino Presidente da Direção - ITS Portugal Patrícia Jesus Silva Gestora de Projeto TRANSIS - ITS Portugal

Leia mais

Oportunidades para as PME

Oportunidades para as PME Programa-Quadro de I&I da CE: Horizonte 2020: Oportunidades para as PME Gonçalo Lobo Xavier Delegado Nacional Inovação nas PME e Acesso a Financiamento de Risco Horizonte 2020 -Oportunidades para a indústria

Leia mais

HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO

HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO XX Congresso Nacional da Ordem dos Engenheiros Porto, 17-19 de outubro de 2014 Sebastião Feyo de Azevedo, professor de engenharia química, Reitor da

Leia mais

GPPQ Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de I&DT. 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (2007-2013)

GPPQ Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de I&DT. 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (2007-2013) Sessão de Apresentação de Oportunidades de Financiamento para as PME 7º Programa-Quadro de I&DT da União Europeia Investigação para as PME Margarida Garrido margarida.garrido@gppq.mctes.pt Santarém, Escola

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

Conferência Privacidade, Inovação e Internet. 22 de maio de 2013 Sala 2 da Culturgest

Conferência Privacidade, Inovação e Internet. 22 de maio de 2013 Sala 2 da Culturgest Conferência Privacidade, Inovação e Internet 22 de maio de 2013 Sala 2 da Culturgest Com a Colaboração Patrocinadores Globais APDSI Privacidade, Inovação e Internet Enquadramento Nacional e Europeu sobre

Leia mais

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações.

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. Pós Graduação em Information Security Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. A competitividade

Leia mais

3º Programa de Saúde 2014-2020

3º Programa de Saúde 2014-2020 2014-2020 INFARMED, 25 de junho de 2014 1. Enquadramento estratégico 2. Apresentação 3. Objetivos 4. Prioridades temáticas 5. Ações 6. Beneficiários 7. Tipos de subvenção 8. Regras de financiamento 9.

Leia mais

Horizonte 2020: Oportunidades de financiamento para a Administração Pública. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional dos temas ICT & FET do H2020

Horizonte 2020: Oportunidades de financiamento para a Administração Pública. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional dos temas ICT & FET do H2020 Horizonte 2020: Oportunidades de financiamento para a Administração Pública Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional dos temas ICT & FET do H2020 elisabete.pires@fct.pt Horizonte 2020: Quais os objetivos

Leia mais

Alexandre Marques NCP Assuntos Legais e Financeiros do 7.º PQ da UE

Alexandre Marques NCP Assuntos Legais e Financeiros do 7.º PQ da UE SEMINÁRIO ENERGIAS RENOVÁVEIS MARINHAS EM PORTUGAL O GPQ R S F F 24 de Novembro 2008 Museu da Electricidade Fundação EDP Al d M Alexandre Marques NCP Assuntos Legais e Financeiros do 7.º PQ da UE GPPQ

Leia mais

Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia

Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES)

Leia mais

Horizonte 2020. Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME

Horizonte 2020. Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME H2020 (2014-2020) Três prioridades que se reforçam mutuamente ~79M 7% para o SME Instrument Projetos de uma única PME (ou consórcio

Leia mais

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão Lisboa, 17 de dezembro de 2014 Tópicos: 1. Portugal

Leia mais

Elegibilidade do Brasil no Horizonte 2020 CIÊNCIA DE EXCELÊNCIA

Elegibilidade do Brasil no Horizonte 2020 CIÊNCIA DE EXCELÊNCIA Elegibilidade do Brasil no Horizonte 2020 Horizonte 2020 (H2020) - o Programa Europeu de apoio à Pesquisa, Innovação e Cooperação Internacional - é o maior programa de pesquisa e inovação da União Europeia

Leia mais

Aspectos práticos a ter em conta na elaboração de um proposta para PME

Aspectos práticos a ter em conta na elaboração de um proposta para PME Aspectos práticos a ter em conta na elaboração de um proposta para PME Alexandre Marques Ponto Contacto Nacional L&F, PME, SSH e SiS Aspectos Chave a reter 1.Posição das PME no 7ºPQ 2. Cooperação Internacional

Leia mais

HORIZONTE 2020. Aberto para o mundo! O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação. Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação

HORIZONTE 2020. Aberto para o mundo! O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação. Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação HORIZONTE 2020 O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação Aberto para o mundo! Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação A União Europeia 500 milhões de pessoas - 28 países

Leia mais

Aspectos práticos a ter em conta

Aspectos práticos a ter em conta Programa-Quadro de I&I da CE Horizonte 2020: Aspectos práticos a ter em conta 23 de Setembro de 2014 Alexandre Marques NCP Assuntos Legais e Financeiros, PME, Acesso a Financiamento de Risco e EIT 1. Ciclo

Leia mais

ISQ. Redes de sensores em infra-estruturas críticas. CIRA-Critical Infraestrutures and Risk Assessement

ISQ. Redes de sensores em infra-estruturas críticas. CIRA-Critical Infraestrutures and Risk Assessement Uma Rede de Tecnologia e Qualidade ISQ Redes de sensores em infra-estruturas críticas CIRA-Critical Infraestrutures and Risk Assessement CMU Encontro Laboratórios Associados Julho 2008 Manuel Cruz instituto

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa Seventh Research Framework Programme (2007-2013) Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia Virginia Corrêa Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT 1 Gabinete de Promoção do 7º

Leia mais

O que é HORIZONTE 2020?

O que é HORIZONTE 2020? O que é HORIZONTE 2020? Maior Programa Mundial para financiamento da Pesquisa e Inovação 80 bilhões (2014-2020) Responder a crise econômica através de investimentos em empregos, crescimento e inovação

Leia mais

10128/16 cp/mjb 1 DGD 1C

10128/16 cp/mjb 1 DGD 1C Conselho da União Europeia Bruxelas, 13 de junho de 2016 (OR. en) 10128/16 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: Secretariado-Geral do Conselho data: 9 de junho de 2016 para: Delegações n.º doc. ant.: 8770/16,

Leia mais

Newsletter #3 Abril 2014. Apresentação Resultados obtidos O programa Horizon2020

Newsletter #3 Abril 2014. Apresentação Resultados obtidos O programa Horizon2020 Newsletter #3 Abril 2014 Apresentação Resultados obtidos O programa Horizon2020 Apresentação O GetFP7 Potenciar a Participação de Empresas Portuguesas no 7ºPQ IDT&T é um projecto privado, apresentado pela

Leia mais

Sessão Divulgação LIFE Call 2015

Sessão Divulgação LIFE Call 2015 Sessão Divulgação LIFE Call 2015 Subprograma Ambiente: domínios prioritários Ambiente e eficiência de recursos e Governação e informação em matéria de ambiente Isabel Lico Auditório APA - Alfragide 25

Leia mais

Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, nomeadamente os artigos 82. o, n. o 1, 84. o e 87. o, n. o 2,

Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, nomeadamente os artigos 82. o, n. o 1, 84. o e 87. o, n. o 2, 20.5.2014 Jornal Oficial da União Europeia L 150/93 REGULAMENTO (UE) N. o 513/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 16 de abril de 2014 que cria, no âmbito do Fundo para a Segurança Interna, um instrumento

Leia mais

SME Instrument e Fast Track to Innovation

SME Instrument e Fast Track to Innovation Apoio às PME no H2020 SME Instrument e Fast Track to Innovation Horizonte 2020 Apoio às PME no H2020 H2020 (2014-2020) Três prioridades que se reforçam mutuamente ~79M 7% para o SME Instrument Projectos

Leia mais

Programas Europeus. 09 de Julho de 2010 Salão Nobre. Eurodeputada Parlamento Europeu

Programas Europeus. 09 de Julho de 2010 Salão Nobre. Eurodeputada Parlamento Europeu Programas Europeus de Ciência e Inovação 09 de Julho de 2010 Nobre do Instituto Superior Técnico, Lisboa Salão Nobre Maria da Graça Carvalho Eurodeputada Parlamento Europeu ESTRATÉGIA EU2020 CIÊNCIA E

Leia mais

PME s INOVADORAS NO HORIZON 2020 Como Utilizar as Redes Nacionais de Apoio

PME s INOVADORAS NO HORIZON 2020 Como Utilizar as Redes Nacionais de Apoio 2014 APRIL 29 PME s INOVADORAS NO HORIZON 2020 Como Utilizar as Redes Nacionais de Apoio JOSÉ CARLOS CALDEIRA Administrador Executivo do Pólo PRODUTECH Chairman MANUFUTURE NRTP Group EFFRA Board Member

Leia mais

Horizonte 2020 : O que é? Quais os objetivos? Novo programa quadro de investigação e inovação (2014 2020)

Horizonte 2020 : O que é? Quais os objetivos? Novo programa quadro de investigação e inovação (2014 2020) Horizonte 2020 : O que é? Quais os objetivos? Novo programa quadro de investigação e inovação (2014 2020) Características Principais Projetos financiados com base na excelência científica Projetos selecionados

Leia mais

Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I. Orientações para a preparação de uma proposta em colaboração

Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I. Orientações para a preparação de uma proposta em colaboração Orientações para a preparação de uma proposta em colaboração DEVO CONCORRER AO H2020? Não Interesse institucional, regional, nacional? Fundos Europeus Sim Fundos estruturais (nacionais, regionais) Pilar

Leia mais

Aspectos legais e financeiros

Aspectos legais e financeiros Programa-Quadro de I&I da CE Horizonte 2020: Aspectos legais e financeiros 24 de Janeiro de 2014 ANA, Lisboa Alexandre Marques NCP Assuntos Legais e Financeiros, PME, Acesso a Financiamento de Risco e

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

Seventh Research Framework Programme (2007-2013) Paula Galvão paula.galvao@gppq.mctes.pt

Seventh Research Framework Programme (2007-2013) Paula Galvão paula.galvao@gppq.mctes.pt Seventh Research Framework Programme (2007-2013) -Sessão- Oportunidades para as PME no 7º Programa-Quadro de I&DT Paula Galvão paula.galvao@gppq.mctes.pt Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT

Leia mais

GPPQ - Gabinete de Promoção do Programa-Quadro de I&DT HORIZONTE 2020. Oportunidades de financiamento de I&I. Anabela Carvalho GPPQ/FCT

GPPQ - Gabinete de Promoção do Programa-Quadro de I&DT HORIZONTE 2020. Oportunidades de financiamento de I&I. Anabela Carvalho GPPQ/FCT GPPQ - Gabinete de Promoção do Programa-Quadro de I&DT HORIZONTE 2020 Oportunidades de financiamento de I&I Anabela Carvalho GPPQ/FCT GPPQ Gabinete de Promoção do Programa-Quadro Mandato do GPPQ Promoção

Leia mais

Prioridades de Comunicação da nova Comissão Europeia. João Tàtá dos Anjos Assessor de Impresa Representação da Comissão Europeia em Portugal

Prioridades de Comunicação da nova Comissão Europeia. João Tàtá dos Anjos Assessor de Impresa Representação da Comissão Europeia em Portugal Prioridades de Comunicação da nova Comissão Europeia João Tàtá dos Anjos Assessor de Impresa Representação da Comissão Europeia em Portugal A nova "Comissão Juncker" Entrou em funções a 11 de novembro

Leia mais

HORIZONTE 2020 Oportunidades de Financiamento nas áreas do ambiente, agricultura e mar

HORIZONTE 2020 Oportunidades de Financiamento nas áreas do ambiente, agricultura e mar HORIZONTE 2020 Oportunidades de Financiamento nas áreas do ambiente, agricultura e mar Anabela Carvalho Maria João Fernandes Ponto de Contacto Nacional H2020 GPPQ/FCT H2020 Oportunidades no Desafio Societal

Leia mais

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água Porto, 9 de Fevereiro 2012 Paulo Areosa Feio Coordenador Calendário 5 th Report on Economic, Social and Territorial Cohesion & public

Leia mais

Horizonte 2020. Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME

Horizonte 2020. Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME Marta Candeias: marta.candeias@fct.pt Ponto de Contato Nacional NMP e PME PME, inovação no centro da Estratégia EU2020 Horizonte 2020 COSME Fundos Regionais Da Investigação Fundamental ao Mercado Pilares

Leia mais

HORIZONTE 2020 Oportunidades de financiamento para as empresas. Cláudia Oliveira GPPQ/FCT Ponto de Contacto Nacional Horizonte 2020

HORIZONTE 2020 Oportunidades de financiamento para as empresas. Cláudia Oliveira GPPQ/FCT Ponto de Contacto Nacional Horizonte 2020 HORIZONTE 2020 Oportunidades de financiamento para as empresas Cláudia Oliveira GPPQ/FCT Ponto de Contacto Nacional Horizonte 2020 Horizonte 2020 Abordagem integrada a todo o ciclo de I&I TRL 0-3 TRL 4-8

Leia mais

Co-funded by the Prevention of and Fight against Crime Program of the European Union.

Co-funded by the Prevention of and Fight against Crime Program of the European Union. Co-funded by the Prevention of and Fight against Crime Program of the European Union. Projeto ISEC abordagem administrativa contra o crime organizado; Apoiar as autoridades locais europeias no combate

Leia mais

Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT

Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013 Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Fundação da Ciência

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 A Estratégia de Lisboa e o Plano Tecnológico Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 1. Estratégia de Lisboa Estratégia de Lisboa : uma resposta a novos desafios A Globalização e a emergência de novas potências

Leia mais

Horizonte 2020. Ciênciacom e paraa Sociedade. Cláudia Oliveira Ponto de Contacto Nacional Sociedades, Ciência & Sociedade, e PMEs

Horizonte 2020. Ciênciacom e paraa Sociedade. Cláudia Oliveira Ponto de Contacto Nacional Sociedades, Ciência & Sociedade, e PMEs Horizonte 2020 Ciênciacom e paraa Sociedade Cláudia Oliveira Ponto de Contacto Nacional Sociedades, Ciência & Sociedade, e PMEs Objectivos Objectivosdo programaciênciacome para a Sociedade, Artigo3.3b

Leia mais

Ameaças e Riscos Formas de Proteção Investigação Forense. Sérgio Sá Security Practice Director

Ameaças e Riscos Formas de Proteção Investigação Forense. Sérgio Sá Security Practice Director Ameaças e Riscos Formas de Proteção Investigação Forense Sérgio Sá Security Practice Director Riscos Cibernéticos e Informáticos na Internacionalização Porto, 5 Março 2015 Sobre a Unisys A Unisys é uma

Leia mais

ICT Roadshow. Sector TIC. Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016

ICT Roadshow. Sector TIC. Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016 ICT Roadshow Sector TIC Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016 Enquadramento Considerando a projeção que o setor das TIC tem vindo a ter em Portugal, nomeadamente na última década, conjugado com

Leia mais

Programa Quadro para a Competitividade e Inovação. Programa de Apoio às Políticas das Tecnologias da Informação e da Comunicação (CIP ICT PSP)

Programa Quadro para a Competitividade e Inovação. Programa de Apoio às Políticas das Tecnologias da Informação e da Comunicação (CIP ICT PSP) Programa Quadro para a Competitividade e Inovação Programa de Apoio às Políticas das Tecnologias da Informação e da Comunicação (CIP ICT PSP) Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional CIP ICT PSP, ICT,

Leia mais

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves Soluções para SMART CITIES Nuno Alves Agenda Contexto Organizacional Conceito e Objetivos Intergraph Smart Cities 12/7/2014 2014 Intergraph Corporation 2 Intergraph Corporation Intergraph Intergraph helps

Leia mais

Tecnologia e Inovação na era da Informação

Tecnologia e Inovação na era da Informação Tecnologia e Inovação na era da Informação Cezar Taurion Executivo de Novas Tecnologias Chief Evangelist ctaurion@br.ibm.com TUDO EM TEMPO REAL TECNOLOGIA PERVASIVA E COMPUTAÇÃO SOCIAL A SOCIEDADE HIPERCONECTADA

Leia mais

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS Acção 1 1 AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS A B Parcerias Estratégicas na área da Educação, Formação

Leia mais

A Plataforma ArcGIS Suportando a Segurança Nacional

A Plataforma ArcGIS Suportando a Segurança Nacional A Plataforma ArcGIS Suportando a Segurança Nacional O que é Segurança Nacional? Segurança Nacional é proteger e sustentar a nação: População Economia Infraestrutura Fronteiras Prosperidade no seu todo...

Leia mais

Do INTERREG IVC ao INTERREG EUROPE

Do INTERREG IVC ao INTERREG EUROPE European Union European Regional Development Fund Do INTERREG IVC ao INTERREG EUROPE Olivério Graça Correspondente nacional Núcleo de Cooperação Territorial 25 June 2015 INTERREG IVC INTERREG IVC (2007-2013)

Leia mais

Oportunidades para as PME no Horizonte 2020

Oportunidades para as PME no Horizonte 2020 Oportunidades para as PME no Horizonte 2020 10 de Dezembro de 2013 Universidade da Madeira Funchal Alexandre Marques National Contact Point Legal and Financial Issues, Innovation in SMEs, Access to Risk

Leia mais

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015 Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft Lisboa, 30 Outubro 2015 Descrição Título do projeto: VISIT Victim Support for Identity Theft. Financiamento: Comissão Europeia/Directorate General Home Affairs/2013/ISEC/Prevention

Leia mais

Horizonte 2020. Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT)

Horizonte 2020. Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) Horizonte 2020 Pilar II Liderança Industrial Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) Filipa Duarte Elisabete Pires Pontos de Contacto Nacional de ICT & FET TIC no Horizonte 2020 Liderança Industrial

Leia mais

Pedro Príncipe. OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Access

Pedro Príncipe. OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Access Pedro Príncipe OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Universidade de Coimbra, de 2011 Access do 29 7ºde Junho Programa Tópicos 1.O que é o OpenAIRE 2.Projectos do 7º PQ e a Cláusula Especial

Leia mais

HORIZONTE 2020. Aberto para o mundo! O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação. Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação

HORIZONTE 2020. Aberto para o mundo! O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação. Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação HORIZONTE 2020 O Programa da União Europeia para Pesquisa e Inovação Aberto para o mundo! Dr. Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação O que é HORIZONTE 2020? Um programa de financiamento

Leia mais

CRISIS TASS SMART- ER

CRISIS TASS SMART- ER PROJETOS DE I&D EM CURSO CRISIS G-AOC Projetos de I&D TASS SECAIR SMART- ER Projeto CRISIS O CRISIS - Critical Incident Management System Using an Interactive Environment, um projeto do 7º Programa Quadro,

Leia mais

CONFERÊNCIA FINAL EUROPEAN TEXTILE COOPERATION. Covilhã, Museu de Lanifícios da UBI 27/05/2015

CONFERÊNCIA FINAL EUROPEAN TEXTILE COOPERATION. Covilhã, Museu de Lanifícios da UBI 27/05/2015 CONFERÊNCIA FINAL EUROPEAN TEXTILE COOPERATION Covilhã, Museu de Lanifícios da UBI 27/05/2015 Joana Mafalda Dias Investigadora 1 OPORTUNIDADES DE FINANCIAMENTO NA UE Entre os vários domínios contemplados

Leia mais

Sustentabilidade Workshops

Sustentabilidade Workshops www.pwc.pt/academy Workshops PwC s Academy Portefólio de soluções formativas de profissionais para profissionais Workshops As empresas do futuro devem ser capazes de garantir a gestão dos seus pilares

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. Fundos Comunitários geridos pela Comissão Europeia M. Patrão Neves Fundos comunitários: no passado Dependemos, de forma vital, dos fundos comunitários, sobretudo porque somos um dos países da coesão (e

Leia mais

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 COLÓQUIO APCAP 2008 Sistemas e Serviços Inteligentes na Rede Concessionada Rui Camolino 19Jun08 Agenda Plano de

Leia mais

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) Global Health Security Agenda (GHSA) Enquadramento A Plataforma de Resposta

Leia mais

Esta sessão explora o papel das TIC (parte do problema ou da solução?), debatendo, nomeadamente, as seguintes questões:

Esta sessão explora o papel das TIC (parte do problema ou da solução?), debatendo, nomeadamente, as seguintes questões: CONGRESSO DAS COMUNICAÇÕES 08 - TIC E ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS - 11 NOVEMBRO 09H00 10H30 ABERTURA OFICIAL DO CONGRESSO ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS E O FUTURO Segundo o Relatório Stern, caso nada seja feito, os

Leia mais

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015 Apoios às empresas no Norte 2020 Eunice Silva Valença 30.06.2015 SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INOVAÇÃO EMPRESARIAL EMPREENDEDORISMO QUALIFICAÇÃO DE PME INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME I&D Produção de

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT)

Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I Tecnologias da Informação e Comunicação (ICT) João Mil-Homens Castelo Branco 28/01/2015 Liderança em Tecnologias Facilitadoras e Industriais (LEIT) NMP+B TIC

Leia mais

Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT

Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT Direção de Sistemas de Informação 30 de Janeiro, 2013 Contexto da Segurança na EDP 2 O contexto da Segurança na EDP

Leia mais

JORNADAS TÉCNICAS DA CERÂMICA 15

JORNADAS TÉCNICAS DA CERÂMICA 15 JORNADAS TÉCNICAS DA CERÂMICA 15 2º Painel Incentivos à Indústria O papel do IAPMEI na Competitividade do setor Miguel Cruz 26 Novembro de 2015 Apoiar as PME nas suas estratégias de crescimento inovador

Leia mais

Retsudvalget 2013-14 REU Alm.del Bilag 408 Offentligt. National Unit for Drugs Trafficking Fighting

Retsudvalget 2013-14 REU Alm.del Bilag 408 Offentligt. National Unit for Drugs Trafficking Fighting Retsudvalget 2013-14 REU Alm.del Bilag 408 Offentligt National Unit for Drugs Trafficking Fighting Lisbon, September 22, 2014 Proposed agenda The Portuguese Criminal Police The Drugs Trafficking Investigation

Leia mais

COSME - Programa para a Competitividade das empresas e pequenas e médias empresas. Green Business Week - Sessão Financiamento Comunitário

COSME - Programa para a Competitividade das empresas e pequenas e médias empresas. Green Business Week - Sessão Financiamento Comunitário COSME - Programa para a Competitividade das empresas e pequenas e médias empresas Green Business Week - Sessão Financiamento Comunitário Centro Congressos Lisboa 3-Março-2015 COSME Lisboa 2015-03-03 2

Leia mais

3º Programa de Saúde 2014-2020

3º Programa de Saúde 2014-2020 2014-2020 1. Enquadramento estratégico 2. Apresentação 3. Objetivos gerais 4. Prioridades temáticas 5. Ações 6. Beneficiários 7. Tipos de subvenção 8. Regras de financiamento 9. Critérios de elegibilidade

Leia mais

CONHECIMENTO como GERADOR

CONHECIMENTO como GERADOR CONHECIMENTO como GERADOR 2001 Licenciada Bioquímica (Coimbra) 2008 Doutorada Biologia Molecular, Microbiologia e Evolução (Aveiro, Oxford e Barcelona) 2012 MBA Especialização Finanças, Porto Business

Leia mais

Junto se enviam, à atenção das delegações, as conclusões adotadas pelo Conselho Europeu na reunião em epígrafe.

Junto se enviam, à atenção das delegações, as conclusões adotadas pelo Conselho Europeu na reunião em epígrafe. Conselho Europeu Bruxelas, 26 de junho de 2015 (OR. en) EUCO 22/15 CO EUR 8 CONCL 3 NOTA DE ENVIO de: Secretariado-Geral do Conselho para: Delegações Assunto: Reunião do Conselho Europeu (25 e 26 de junho

Leia mais

A DGAE e a Política de Inovação

A DGAE e a Política de Inovação A DGAE e a Política de Inovação Seminário A Criatividade e a Inovação como Factores de Competitividade e Desenvolvimento Sustentável APOCEEP, 9 de Julho de 2009 José António Feu Director do Serviço para

Leia mais

O 7º PROGRAMA QUADRO

O 7º PROGRAMA QUADRO O 7º PROGRAMA QUADRO de I&DT Eduardo Maldonado (Coordenador de NCP) Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Estratégia de Lisboa Conselho Europeu extraordinário de Lisboa (Março de 2000): para

Leia mais

Oportunidades de Financiamento PROJETOS EMPRESARIAIS E OS SISTEMAS DE INCENTIVO

Oportunidades de Financiamento PROJETOS EMPRESARIAIS E OS SISTEMAS DE INCENTIVO Oportunidades de Financiamento PROJETOS EMPRESARIAIS E OS SISTEMAS DE INCENTIVO Hugo Barros UALG Universidade do Algarve Albufeira, 12 de Março 2015 INOVAÇÃO PAPEL CRUCIAL NO CRESCIMENTO ECONÓMICO DOS

Leia mais

O Futuro dos Programas Europeus de Ciência e Inovação Maria da Graça a Carvalho

O Futuro dos Programas Europeus de Ciência e Inovação Maria da Graça a Carvalho O Futuro dos Programas Europeus de Ciência e Inovação Maria da Graça a Carvalho Workshop sobre Políticas de Investigação no Ensino Superior Universidade da Beira Interior 2 Junho 2011 Índice Estratégia

Leia mais

GOVERNAÇÃO. ANEXO B APÊNDICE 1 ADENDA F GOVERNAÇÃO PROTEÇÃO E SALVAGUARDA Atualização janeiro 2015. Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 A 1-F-1

GOVERNAÇÃO. ANEXO B APÊNDICE 1 ADENDA F GOVERNAÇÃO PROTEÇÃO E SALVAGUARDA Atualização janeiro 2015. Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 A 1-F-1 GOVERNAÇÃO ANEXO B APÊNDICE 1 ADENDA F GOVERNAÇÃO PROTEÇÃO E SALVAGUARDA Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 A 1-F-1 Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 A 1-F-2 GOVERNAÇÃO (PROTEÇÃO E SALVAGUARDA)

Leia mais

Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015

Mercado Único Digital Conferência ANACOM Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mário Campolargo Director, NET Futures European Commission

Leia mais

Desafio Societal 3 Energia segura, não poluente e eficiente

Desafio Societal 3 Energia segura, não poluente e eficiente Desafio Societal 3 Energia segura, não poluente e eficiente Ana Raposo ana.raposo@fct.pt Ponto de Contacto Nacional Eunice Ribeiro eunice.ribeiro@fct.pt Ponto de Contacto Nacional Programa de Trabalhos

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 Autor/ Departamento Segurança, Saúde e Sustentabilidade Ambiental Público-alvo

Leia mais

EURES: a rede europeia de emprego

EURES: a rede europeia de emprego EURES: a rede europeia de emprego Conferência: Trabalhar e Viver na Noruega Lisboa (Ordem dos Engenheiros), 1 de novembro de 2013 O que é? EURES uma rede de serviços de emprego e de outras organizações

Leia mais