Louvores a O SEGREDO DAS EMPRESAS SUSTENTÁVEIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Louvores a O SEGREDO DAS EMPRESAS SUSTENTÁVEIS"

Transcrição

1

2 Louvores a O SEGREDO DAS EMPRESAS SUSTENTÁVEIS «Nos últimos anos tenho pensado sobre a necessidade de uma obra essencial, apresentada num único volume, sobre os negócios verdes. Agora, já não necessito de o fazer porque Gil Friend conseguiu escrevê-lo. O Segredo das Empresas Sustentáveis é simplesmente o melhor livro sobre o assunto.» Alex Steffen, editor de Worldchanging.com e autor de Worldchanging: A User s Guide for the 21st Century «Já não basta falar é tempo de agir. Este é um livro intemporal com conselhos práticos para as empresas que estão preparadas para dar esse passo.» David Douglas, director executivo responsável sobre Sustentabilidade na Sun Microsystems «O melhor guia sobre econegócios que li neste século.» John Elkington, empreendedor, co-fundador de Environmental Data Services, SustainAbility e Volans Ventures «Prático, inspirador, orientado para as soluções e simples sem ser simplista. Um livro essencial para descobrir as oportunidades ecológicas para a sua empresa ou startup». Christina Page, directora de Estratégia Climática e Energética da Yahoo! Inc. «A Revolução Industrial deu origem a um século de consumo de recursos que, sabemos hoje, não pode continuar. Gil Friend estabelece um plano de acção para um século de sustentabilidade um crescimento económico que protege as nossas carteiras e o nosso planeta em doses iguais para todas as gerações futuras.» Terry Tamminen, da Pegasus Capital Advisors e ex-secretário da Agência de Protecção Ambiental na Califórnia

3 «Se existe um livro que seja a mãe de todos os livros sobre econegócios, é este. Gil Friend fornece informações à prova de totós tanto para os líderes de startups como para os de grandes organizações. Se este livro fosse de leitura obrigatória em todos os programas de MBA, o nosso futuro estaria no caminho certo.» Joseph B. Malki, fundador da GreenCities Event Series; co-fundador, sócio e director executivo de Desenvolvimento de Negócios da Seven-Star, Inc. «Gil Friend não só apresenta argumentos convincentes para a adopção urgente dos princípios de sustentabilidade empresarial como estabelece um plano de acção prático e compreensível.» Gene Kahn, vice-presidente e director executivo responsável sobre Sustentabilidade Global da General Mills, Inc. «O Segredo das Empresas Sustentáveis é brilhante, visionário e totalmente exequível. Este livro está repleto de uma sabedoria preciosa adquirida com esforço e através da experiência prática. Poderá pagar milhares de euros a um consultor para obter esta informação ou poderá comprar este livro e ter essa sabedoria filtrada na ponta dos dedos.» Ocean Robbins, fundador e director da Youth for Environmental Sanity (YES!) e autor de Choices for Our Future «O mundo está a mudar rapidamente trazendo para a linha da frente a necessidade da sustentabilidade e de negócios verdes. O que é extraordinário no livro de Gil Friend é a sua clareza. Este livro é um ponto de viragem no sentido de saber criar negócios e empresas responsáveis.» Eric Corey Freed, responsável pela organicarchitect e autor de Green Building & Remodeling for Dummies «Quer já tenha um negócio verde ou esteja num processo de transformação de uma empresa tradicional num econegócio, O Segredo das Empresas Sustentáveis está repleto de pérolas de sabedoria prática que pode usar já hoje.» Ina Pockrass, CEO da Transcendentist, Inc.

4 «Este livro tem tudo aquilo que não sabia perguntar sobre os econegócios e que não se pode dar ao luxo de ficar sem saber! Imagine se por cada licença de actividade empresarial emitida fosse dado um exemplar deste livro como leitura obrigatória para o sucesso. Ora aí está um pacote de incentivos que as empresas poderiam aproveitar.» L. Hunter Lovins, presidente da Natural Capitalism Solutions; professora na Presidio School of Management, São Francisco, Califórnia; co-autora de Natural Capitalism «Os negócios tradicionais estão a destruir os ecossistemas dos quais dependem as nossas economias e as nossas civilizações. Não nos podemos dar ao luxo de não tornar os nossos negócios verdes. Felizmente, Gil Friend apresenta-nos um plano forte e prático para um progresso sustentável e de recuperação.» Lester R. Brown, presidente do Earth Policy Institute; premiado pelo MacArthur Fellowship, o prémio para génios; autor de Plan B 3.0: Mobilizing to Save Civilization «Graças a O Segredo das Empresas Sustentáveis a desculpa habitual de que não percebo nada disso e é muito controverso, para se manter na obscuridade, desapareceu». Carl Pope, director executivo do Sierra Club «Este é um guia definitivo de um especialista amplamente reconhecido. Qualquer empresa com ambições ecológicas poderá aprender a repensar, a reorganizar-se e a reposicionar a sua marca para assegurar a sua sustentabilidade a longo prazo com sucesso.» Hazel Henderson, futurista, produtora da série televisiva Ethical Markets e autora de Ethical Markets: Growing the Green Economy

5 O SEGREDO DAS EMPRESAS SUSTENTÁVEIS A vantagem das estratégias verdes Gil Friend

6 O SEGREDO DAS EMPRESAS SUSTENTÁVEIS A vantagem das estratégias verdes Autor Gil Friend Editor Centro Atlântico Colecção Desafios Tradução Carla Mendonça e Pedro Cotrim Revisão e copydesk Catarina Nascimento Rodrigues Revisão técnica Jorge Nascimento Rodrigues Consultora Susana Xará Capa e paginação António J. Pedro Impressão e acabamento Papelmunde SMG, Lda 1.ª edição: Outubro de 2009 ISBN: Depósito Legal: /09 Authorized translation from the English language edition, entitled TRUTH ABOUT GREEN BUSINESS, THE, 1st Edition by GIL FRIEND, published by Pearson Education, Inc, publishing as Que Publishing, Copyright 2009 by Natural Logic, Inc. All rights reserved. No part of this book may be reproduced or transmitted in any form or by any means, electronic or mechanical, including photocopying, recording or by any information storage retrieval system, without permission from Pearson Education, Inc. PORTUGUESE language edition published by CENTRO ATLÂNTICO, LDA., Copyright Inicialmente publicado pela Pearson Education, Inc, como Que Publishing. Copyright 2009 por Natural Logic, Inc. Reservados todos os direitos da versão portuguesa por Centro Atlântico, Lda. Qualquer transmissão ou reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Centro Atlântico, Lda. Ap V. N. Famalicão, Portugal Tel

7 Dedico este livro a meu pai, Chaim H. Friend, que me incentivou a pensar. Que a sua memória seja uma bênção.

8

9 Introdução 11 Parte I O segredo sobre os negócios verdes Verdade 1 O que é um negócio verde? 15 Verdade 2 Porquê tornar verde o seu negócio? 19 Verdade 3 Como fazer a abordagem para se «tornar verde» 23 Verdade 4 Porquê agora? 27 Verdade 5 As alterações climáticas e a sua empresa 33 ÍNDICE Parte II O segredo da estratégia verde Verdade 6 Lucro e propósito 41 Verdade 7 Quão verde é suficiente? 45 Verdade 8 Legislação verde 49 Parte III O segredo das operações verdes Verdade 9 Segredos à vista desarmada 53 Verdade 10 Eco-eficiência: boa para os negócios e para o ambiente 57 Verdade 11 Desperdício? Nem pensar! Elimine os não-produtos 63 Verdade 12 As eco-auditorias podem guiar o seu caminho 69 Verdade 13 Funcionar de forma magra e verde 75 Verdade 14 Pegada de carbono 79 Verdade 15 Reduzir a sua pegada de carbono 85 Parte IV O segredo do marketing verde Verdade 16 Marcas e mensagens verdes 91 Verdade 17 Criar uma sólida certificação verde 95 Verdade 18 Argumentos do marketing verde 101 Verdade 19 Chegar aos consumidores conscienciosos 105 Parte V O segredo dos produtos e dos serviços verdes Verdade 20 O que torna um produto verde? 111 Verdade 21 Recolha de produtos 117 Verdade 22 Do produto ao serviço 123 Verdade 23 O que torna um serviço verde? 127 Parte VI O segredo do design verde Verdade 24 Biomimetismo aprender com a vida 131 Verdade 25 Reduzir a pegada do seu produto 137 Verdade 26 De berço a berço 141 Verdade 27 Desenhar como a natureza o faz 147 Verdade 28 A inovação é a essência do verde 151

10 Parte VII O segredo de uma política de aquisições verdes Verdade 29 Compras prioritariamente ecológicas 157 Verdade 30 Gestão da cadeia de abastecimentos e de parcerias 163 Verdade 31 Scorecards de fornecimentos 167 Verdade 32 Superar a fasquia 171 Parte VIII O segredo dos edifícios verdes Verdade 33 Certificação LEED para edifícios verdes 175 Verdade 34 Os custos de um edifício verde 181 Verdade 35 Os edifícios verdes melhoram a produtividade 187 Verdade 36 Design integrador para a construção verde 191 Parte IX O segredo das TI verdes Verdade 37 Os computadores e a electrónica 195 Verdade 38 Criar centros de dados mais eficientes 201 Verdade 39 Como as TI o podem motivar a tornar-se verde 205 Parte X O segredo da gestão verde Verdade 40 Envolver os colaboradores 209 Verdade 41 Envolver os stakeholders 213 Verdade 42 Manter-se a par 217 Verdade 43 Incentivos aos colaboradores 221 Verdade 44 Sistemas de gestão ambiental 225 Parte XI O segredo das finanças verdes Verdade 45 Lucros, valor e risco 229 Verdade 46 Contabilidade baseada na realidade 235 Verdade 47 Investir no verde e atrair investimentos verdes 239 Verdade 48 Esquemas de comercialização e compensação de emissões 243 Verdade 49 Dever fiduciário 249 Parte XII A verdade sobre o futuro verde? Verdade 50 A certeza num mundo incerto 255 Verdade 51 Planeamento por cenários 259 Verdade 52 À prova do futuro 265 Referências 269 Centro de Recursos 281 Agradecimentos 284 Sobre o autor 285 Sobre os colaboradores 287

11 Introdução Sobre a razão deste livro constatamos hoje em dia que os negócios verdes são, progressivamente, os grandes negócios. Motivados pelas expectativas do mercado, pelas mudanças climáticas, pelas modificações dos regulamentos legais ou pelo simples comprometimento de se fazer a coisa certa, os negócios verdes têm-se deslocado rapidamente da periferia para o palco central e trazem consigo a promessa de um negócio real e não hipotético qualquer que seja a sua dimensão ou sector. INTRODUÇÃO Ser verde não tem apenas a ver com o ambiente. Representa uma nova forma de olhar para o seu negócio e para os desafios que representa uma nova forma de olhar que tanto pode trazer para a linha da frente os riscos como as oportunidades. Ser verde promete jogar ao nível da micro-escala ou seja, a empresa individual, com oportunidades directas de poupar dinheiro aos proprietários, accionistas e colaboradores de uma empresa, ao diminuir os gastos supérfluos na utilização excessiva dos recursos. E ao nível da macro-escala isto é, nas economias nacionais, regionais e municipais, com impacto nos postos de trabalho, no desenvolvimento económico, nas balanças de pagamentos e na qualidade de vida. E talvez seja o motor necessário para nos arrancar da actual crise financeira, ao direccionar o investimento para novas energias económicas e infra-estruturas novas e limpas. Este não é um livro sobre amantes de árvores com sonhos rapsódicos (embora não haja nada de errado com os sonhos), mas sim sobre as realidades evidentes das empresas e sobre o inovador caminho que está a começar a ser trilhado pelas melhores empresas mundiais, sejam elas de grande ou pequena dimensão. É um livro que apresenta um destilar dos meus quase 40 anos de experiência nos sectores empresariais, governamentais e na sociedade civil, procurando estabelecer uma ponte entre os comummente assumidos, mas inteiramente falsos, conflitos entre as empresas e o ambiente. E apresenta lições formadas ao longo dos meus dez anos enquanto fundador e CEO da Natural Logic, uma consultora sobre estratégia empresarial que teve a honra de trabalhar com clientes tão diversificados como a Hewlett-Packard e a Odwalla, a Conair, a Levi Straus & Co., a cidade de Berkeley, na Califórnia, 11

12 e o Banco Mundial, que me permitiram aplicar as ideias no laboratório do mundo real. O Segredo das Empresas Sustentáveis foi elaborado para que o leitor conseguisse dominar estas grandes ideias tornando-as mais simples, práticas, lucrativas e concisas. É um livro intencionalmente breve, focalizado e directo ao assunto, sem pretensões enciclopédicas (embora se faça referência a alguns livros de cariz mais enciclopédico no anexo sobre os recursos disponível online em Este livro está organizado em 12 partes (juntamente com os anexos disponíveis para descarga gratuita em title/ ) que resumem os temas fundamentais que o leitor necessita compreender para orientar o seu negócio neste sentido. Essas partes incluem 52 verdades concisas que lhe fornecem as orientações sobre os passos a seguir e que questões deverá explorar para pôr as ideias em prática. É óbvio de forma lucrativa. Como usar este livro a obra é composta por módulos e é flexível. Sinta- -se à vontade para lê-lo do princípio ao fim ou para saltar algumas partes com base naquilo que mais lhe interessa; vai reparar que irá encontrar muitos temas recorrentes e material que se encontra interligado. Não é apenas um livro curto. Está inevitavelmente incompleto. A área dos negócios verdes está em constante mudança. A verdade é que as melhores técnicas e tecnologias estão a evoluir diariamente. Como tal, nenhum livro sobre o assunto poderá estar completo e actualizado durante muito tempo. Este livro estava actualizado no momento em que o escrevi e não estará no momento em que o leitor o ler. Fiz três coisas para colmatar essa consequência: 1. Fundamentei as especificidades do «como fazer» com princípios básicos intemporais que o ajudem a pensar de forma sensata sobre a melhor forma de aplicar estas Verdades em situações de inevitável mudança; 2. Forneci um anexo designado «Recursos» com referência a livros- -chave que lhe permitem aprofundar o assunto e a endereços para alguns sítios na Web que eu próprio utilizo para ficar actualizado nesta área. Poderão encontrar esse anexo em title/ ; 12

13 3. Convido-o a visitar-me online em através do meu blogue e no Tweetstream em Poderá registar-se para assistir a seminários presenciais e via Web que o levam mais longe neste assunto; para participar em debates comigo, com a minha equipa e com outros leitores que estejam a lidar com desafios semelhantes aos seus; e descobrir como a Natural Logic poderá ajudá-lo com serviços de consultoria, formação, coaching e outras ferramentas no seu trajecto para tornar o seu negócio mais verde, lucrativo e gerador de satisfação. INTRODUÇÃO 13

14

15 VERDADE 1 Título blal O dal que ald é al um dla d ald al negócio dal dal dald verde? la d

16 Não é só o clima que está a ficar mais quente o mesmo está a acontecer com as empresas verdes. Os termos «verde», «sustentável», «responsabilidade social» e «triple bottom line 1» ficaram na berra, aparecem de repente em toda a parte, desde a imprensa especializada à mais generalista, nas prateleiras dos supermercados e nos anúncios de emprego. O verde está na moda. Já assim era mesmo antes de Barack Obama se ter tornado Presidente dos EUA. Verificamo-lo na publicidade que é feita aos produtos, na crescente preocupação das empresas com a «pegada de carbono», no investimento de 25 mil milhões de dólares da GE na sua iniciativa Ecomagination 2, e nas ordens de sustentabilidade emitidas pela Wal-Mart aos seus mais de 60 mil fornecedores 3. O que é novidade é a escala actual das actividades, não a tendência. Por exemplo, a minha empresa, a Natural Logic, há dez anos que trabalha no sentido de tornar as empresas e as economias verdes. Ajudamos as empresas a obter lucros, edificar marcas e ganhar vantagem competitiva, ao mesmo tempo que as auxiliamos a reduzir o desperdício, o impacto ambiental e os riscos. Pessoalmente, trabalho na área dos negócios verdes há cerca de 40 anos. Mas os que são os negócios verdes? O que torna um negócio verde? Existem inúmeras definições, algumas mais significativas que outras. Considero que ser verde pode significar que uma actividade empresarial: reduz os impactos ambientais negativos; obedece às regulações ambientais; tem uma campanha de marketing verde eficiente; publica um relatório sobre a Responsabilidade Social da empresa; tem bons sistemas de gestão ambiental; está certificada pelas normas ISO ou suas congéneres; consegue sustentar indefinidamente as suas operações no futuro; enriquece o mundo onde actua. 16

17 A minha definição de um negócio verde seria resumidamente a seguinte (para uma definição mais completa, veja a Verdade 4, «Porquê Agora?»): faz sentido tanto a curto como a longo prazo (ver Verdades 50 a 52, que debatem os futuros verdes ); faz sentido em si mesmo, para os seus proprietários e colaboradores e para os sistemas vivos que os suportam; funciona de forma sustentada, limpa e verde (ver Verdade 13, «Funcionar de forma sustentada e verde»); faz uso do verde para produzir lucros e vantagem competitiva, reduzindo, em simultâneo, os riscos (ver Verdade 45, «Lucros, Valor e Riscos»); prospera incorporando as leis da natureza no coração da empresa ou organização. Os dias em que se distinguia «fazer a coisa certa» de «negócios são negócios» estão a chegar ao fim. Os líderes empresariais de amanhã e os de hoje procuram os dois objectivos: o sucesso empresarial e os benefícios sociais, em suma, fazer dinheiro e fazer sentido. Nas palavras do CEO da GE, Jeff Immelt: «Verde é verde» 4. Os líderes empresariais de amanhã e os de hoje procuram os dois objectivos: o sucesso empresarial e os benefícios sociais, em suma, fazer dinheiro e fazer sentido. VERDADE 1 PARTE I O SEGREDO SOBRE OS NEGÓCIOS VERDES O QUE É UM NEGÓCIO VERDE? O que não é o problema do verde é abranger apenas o que se refere ao ambiente. Mas a sustentabilidade viver e ter uma actividade empresarial que não esgote o potencial das gerações futuras refere-se habitualmente ao triple bottom line (TBL), que reúne economia, ambiente e benefícios sociais. Como poderemos verificar neste livro, os benefícios sociais não se reduzem a «fazer o Bem». Referem-se a um caminho para criar valor empresarial significativo e duradouro (ver Verdade 45). Mas mais importante que isso, o presumível conflito entre empresa e ambiente é totalmente falso. 17

18 O verde não é uma panaceia. Querer ser verde e até mesmo consegui-lo não garante o sucesso empresarial. O verde não é uma panaceia. Querer ser verde e até mesmo consegui-lo não garante o sucesso empresarial. Continuam a ser necessários bons produtos e serviços, um desempenho impecável e uma comunicação integrada com os clientes elementos de que depende um grande negócio. O verde não substitui nenhum deles, mas pode fornecer um poderoso princípio organizativo para as empresas do século XXI (ver Verdade 52, «À Prova do Futuro»).

19 VERDADE 2 Porquê tornar verde o seu negócio?

20 Sobre o Autor Gil Friend é fundador, presidente e CEO da Natural Logic, uma empresa que disponibiliza serviços de consultoria em estratégia, implementação e medição do desempenho dirigidos às empresas e comunidades que pretendem prosperar incorporando as leis da natureza nos seus centros de decisão. Sendo um ecologista de sistemas e um estratega empresarial com quase 40 anos de experiência na área, Friend combina experiência em gestão com criação de conteúdos únicos, que vão desde a estratégia, à ecologia de sistemas, ao desenvolvimento económico, à gestão cibernética, passando pela formulação de políticas públicas. A revista Tomorrow considerou-o «um dos consultores líderes do país em termos de gestão ambiental um verdadeiro especialista que combina uma sofisticação teórica com um know-how prático e exequível». É um dos membros fundadores do Sustainable Business Council, faz parte do corpo executivo da OpenEco.org e do conselho da CleanFish, WattBot e Green World Campaign, e foi o Conselheiro sobre Tecnologias Limpas do Presidente da Câmara de São Francisco. Fez parte da equipa de administração do Governador da Califórnia, desenvolvendo os primeiros programas e políticas sustentáveis, foi membro fundador do pioneiro Internet Institute for Global Communications, fundador e Director Executivo da Foundation for the Arts of Peace e co-fundador e co-director do Institute for Local Self-Reliance, um think-and-do-tank líder na ecologia urbana e desenvolvimento económico, onde desenvolveu pela primeira vez, há 35 anos, a actual tendência dos «telhados verdes». Realiza frequentes palestras sobre estratégia empresarial e políticas de sustentabilidade e escreve para o The New Bottom Line (na Web em: www. natlogic.com/new-bottom-line), onde sugere novas perspectivas estratégicas empresariais e ambientais. Contribuiu com capítulos para diversos livros, incluindo Worldchanging: A User s Guide to the 21st Century, Sustainable Enterprise Report, Sustainable Enterprise Fieldbook, Sustainable Food Systems e Stepping Stones. É autor de um livro a sair brevemente: Profit on Purpose: Risk, Fiduciary Duty and the Laws of Nature. SOBRE O AUTOR 285

21 Tem um mestrado em ecologia de sistemas da Universidade de Antióquia, na Califórnia, é cinturão negro em Aikido e é um praticante experiente do Passo Natural, um sistema de gestão ambiental. 286

22 Sobre os colaboradores Nicholas Kordesch é analista de sustentabilidade na Natural Logic, onde coloca a sua experiência em ciências ambientais, ecologia industrial, estratégia empresarial e responsabilidade social corporativa ao dispor de um leque alargado de clientes e serviços. As experiências anteriores de trabalho de Kordesch incluem investigação nos laboratórios de patologia florestal e micologia da Universidade de Berkeley, na Califórnia, um estágio na secção de soluções ambientais da Applied Materials e produtor de conteúdos na start-up do mundo greenweb [web do verde ] Greeniacs.com. Ele obteve o seu diploma de mestrado na Escola Donald Bren de Gestão e Ciências Ambientais na Universidade de Santa Barbara, Califórnia, onde concentrou os seus estudos em gestão ambiental em empresas e concluiu uma tese de mestrado em planeamento por cenários para o centro de concepção de veículos da Volvo. Kordesch tem, também, um diploma em ciências ambientais pela Universidade de Berkeley. SOBRE OS COLABORADORES Benjamin Privitt é gestor operacional da Natural Logic e traz um «vigor híbrido» à equipa, reorganizando os processos internos e coordenando o desenvolvimento das operações na empresa. Trabalhou, anteriormente, como gestor de projectos multimédia, coordenador, copywritter e produtor de programas da GraceCom Media, que integra a área de comunicação e conteúdos do grupo GraceCom. Também trabalhou como gestor de produção da Mal Warwick Associates, uma empresa verde certificada que cria campanhas de angariação de fundos e de direct mail para organizações sem fins lucrativos. Privitt é candidato ao MBA no Bainbridge Graduate Institute, estando a desenvolver um estudo de empresas sustentáveis focalizadas em sistemas alimentares e agrícolas. 287

23 Simplesmente, as melhores ideias A VERDADE E NADA MAIS QUE A VERDADE O SEGREDO NA GESTÃO DE PESSOAS Stephen P. Robbins ISBN: O SEGREDO DAS BOAS DECISÕES Robert E. Gunther ISBN: O SEGREDO DAS APRESENTAÇÕES DE SUCESSO James O Rourke ISBN: OS SEGREDOS DA MENTE DOS CONSUMIDORES Michael Solomon ISBN:

24

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves Sistema Integrado de Gestão Evento IDC PME 24.set.2008 Carlos Neves Agradecimentos Carlos Neves - 24.Set.08 2 Sumário 1. Oportunidades e desafios para as PME 2. Os projectos SI/TI e a Mudança 3. Perspectivas

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Outlook Express 6. Reservados

Leia mais

Pramod J. Sadalage Martin Fowler

Pramod J. Sadalage Martin Fowler Pramod J. Sadalage Martin Fowler Novatec Authorized translation from the English language edition, entitled NOSQL DISTILLED: A BRIEF GUIDE TO THE EMERGING WORLD OF POLYGLOT PERSISTENCE, 1st Edition, 0321826620

Leia mais

Exemplos de Boas Práticas de RSE

Exemplos de Boas Práticas de RSE Exemplos de Boas Práticas de RSE 7.4. Pritchard Englefield Filme sobre a RSE na comunidade Resumo A empresa Pritchard Englefield foi fundada em 1848. Está sediada na City de Londres (Grã-Bretanha). A Pritchard

Leia mais

SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão

SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão SOBRE GESTÃO * A Definição de Gestão Chegar a acordo sobre definições de qualquer tipo pode ser uma tarefa de pôr os cabelos em pé, e um desperdício de tempo. Normalmente requer compromissos por parte

Leia mais

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Rita Almeida Dias 18 Setembro de 2012 2012 Sustentare Todos os direitos reservados Anterior Próximo www.sustentare.pt

Leia mais

Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas

Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas MEDIA COVERAGE Low Carbon Technology Partnerships initiative Sao Paulo Roundtable, October 7, 2015 Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas Peter White, diretor do Conselho

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite que a FCT me dirigiu para

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

Resumo. O caminho da sustentabilidade

Resumo. O caminho da sustentabilidade Resumo O caminho da sustentabilidade Termos recorrentes em debates e pesquisas, na mídia e no mundo dos negócios da atualidade, como sustentabilidade, desenvolvimento sustentável, responsabilidade empresarial

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Por Tiago Bastos 1 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO ÍNDICE 11. PRESSUPOSTO BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 25 NO ALENTEJO pág. 11.1. Um sistema regional de inovação orientado para a competitividade

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGEM SOBRE O DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL O URBACT permite que as cidades europeias trabalhem em conjunto e desenvolvam

Leia mais

Cidadania Global na HP

Cidadania Global na HP Cidadania Global na HP Mensagem abrangente Com o alcance global da HP, vem sua responsabilidade global. Levamos a sério nossa função como ativo econômico, intelectual e social para as Comunidades em que

Leia mais

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012 Human Resources Human Resources Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012, realizados pela Michael Page. O objectivo dos nossos Estudos de Remuneração

Leia mais

O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050

O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050 O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050 Este Relatório foi possível graças ao generoso apoio da ENECO ISBN 978 2 940443 26 0 Fotografia da capa: Wild Wonders of Europe / Inaki Relanzon /

Leia mais

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA A Inspira, uma joint-venture formalizada em 2006 entre o grupo Blandy, com sede na Madeira e larga experiência

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Campanha - Em casa, poupe energia também! -

Campanha - Em casa, poupe energia também! - - Print - Close - Campanha - Em casa, poupe energia também! - Cidade de Pamplona (região de Navarra) - Spain Uma campanha abrangendo 1600 trabalhadores do Município de Pamplona foi concebida e implementada

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas

Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas 1 Estratégia ambiental dos CTT promove aumento de vendas O lançamento do portefólio Eco veio abrandar a tendência de redução de receitas e pelo terceiro

Leia mais

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido...

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Começar um Blog de Sucesso Formula Negocio Online O Fantástico Treinamento Fórmula

Leia mais

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO 25 de Maio de 2009 PUBLICIDADE Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO Miguel Blanc, CEO do grupo FinagenceAFinagence, que detém a L Agence, Addvoices, Scriptmakers

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Este guia foi produzido como parte da Campanha de Consciencialização Pan-Europeia sobre RSE, uma iniciativa da Comissão Europeia, Directoria

Leia mais

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Geografia A * Análise de Notícias Natureza das notícias: socio-económica Localização temporal: actualidade Localização espacial: Europa Jornal: Expresso Data de edição:

Leia mais

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004)

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) por Mónica Montenegro, Coordenadora da área de Recursos Humanos do MBA em Hotelaria e

Leia mais

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013

Política de Responsabilidade Corporativa. Março 2013 Política de Responsabilidade Corporativa Março 2013 Ao serviço do cliente Dedicamos os nossos esforços a conhecer e satisfazer as necessidades dos nossos clientes. Queremos ter a capacidade de dar uma

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Apresentação ecoinside

Apresentação ecoinside Documento compatível com caracteres ecofont - reduzindo o consumo do seu tinteiro em mais de 20%. Mais informações e download gratuito em www.ecofont.com Apresentação ecoinside Eco-Empreendedorismo: Ideias

Leia mais

Avaliação nos hospitais faz aumentar oferta de formação pós-graduada na área da saúde

Avaliação nos hospitais faz aumentar oferta de formação pós-graduada na área da saúde TEMA DE CAPA FORMAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE Pág: II Área: 26,79 x 37,48 cm² Corte: 1 de 5 Avaliação nos hospitais faz aumentar oferta de formação pós-graduada na área da saúde Em 2010, os administradores

Leia mais

www.canvasacademy.com.br

www.canvasacademy.com.br www.canvasacademy.com.br Em parceria com a Master Coach Paula Quaiser, o Master Coach e empresário Maurício Sampaio, traz para São Paulo o mais inovador método de coaching de carreira: o Canvas Coaching.

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Redução da pegada de carbono por colaborador

Redução da pegada de carbono por colaborador Redução da pegada de carbono por colaborador 1 Redução da pegada de carbono por colaborador As atividades da consultoria jurídica são impulsionadoras de impactos ambientais significativos, sobretudo pelas

Leia mais

As Organizações e os Sistemas de Informação

As Organizações e os Sistemas de Informação As Organizações e os Sistemas de Informação Uma Introdução Luís Paulo Peixoto dos Santos Junho, 2002 Uma organização é uma estrutura complexa e formal cujo objectivo é gerar produtos ou serviços, com ou

Leia mais

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas?

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Professor e consultor Álvaro Camargo explica a importância dos processos de aproveitamento de lições aprendidas nas organizações

Leia mais

Gestão e tecnologia para PME s

Gestão e tecnologia para PME s www.sage.pt Gestão e tecnologia para PME s Sage Porto Sage Lisboa Sage Portugal A longa experiência que temos vindo a acumular no desenvolvimento de soluções integradas de software de gestão para as pequenas

Leia mais

OS MAIORES RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO

OS MAIORES RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO OS RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO CRESCIMENTO GLOBAL DO NEGÓCIO Com a crescente globalização e o crescimento acelerado das economias emergentes, as empresas, independentemente da sua dimensão, estão em

Leia mais

FERRAMENTAS? a alterar, em muitas organizações, um. instrumento tão abrangente como um orçamento

FERRAMENTAS? a alterar, em muitas organizações, um. instrumento tão abrangente como um orçamento O QUE É IMPRESCINDÍVEL NUMA SOLUÇÃO DE ORÇAMENTAÇÃO E PREVISÃO? Flexibilidade para acomodar mudanças rápidas; Usabilidade; Capacidade de integração com as aplicações a montante e a jusante; Garantir acesso

Leia mais

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável O BCSD Portugal Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável é uma associação sem fins lucrativos, de utilidade pública,

Leia mais

Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso

Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso Pedro João 28 de Abril 2011 Fundação António Cupertino de Miranda Introdução ao Plano de Negócios Modelo de Negócio Análise Financeira Estrutura do Plano de

Leia mais

Biomassa Financiar uma Fonte Limpa de Produção Energética

Biomassa Financiar uma Fonte Limpa de Produção Energética Biomassa Financiar uma Fonte Limpa de Produção Energética Carlos Firme 07 de Julho de 2010 Índice 1. A Biomassa no Contexto das Energias Renováveis 2. A Emergência de um novo tipo de investidor 3. Os Economics

Leia mais

Case study. Aumentar o conhecimento, informar a decisão ÍNDICE E.VALUE ENERGIA E CO2 EM PORTUGAL EMPRESA

Case study. Aumentar o conhecimento, informar a decisão ÍNDICE E.VALUE ENERGIA E CO2 EM PORTUGAL EMPRESA Case study 2010 Aumentar o conhecimento, informar a decisão ÍNDICE E.VALUE ENERGIA E CO2 EM PORTUGAL EMPRESA A E.Value S.A. é uma empresa de consultoria e desenvolvimento, com competências nos domínios

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br.

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br. Marketing Ambiental Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. O que temos visto e ouvido falar das empresas ou associado a elas? Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br 2 3 Sílvia

Leia mais

COMO FAZER A TRANSIÇÃO

COMO FAZER A TRANSIÇÃO ISO 9001:2015 COMO FAZER A TRANSIÇÃO Um guia para empresas certificadas Antes de começar A ISO 9001 mudou! A versão brasileira da norma foi publicada no dia 30/09/2015 e a partir desse dia, as empresas

Leia mais

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA ACQUALIVEEXPO Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA Lisboa, 22 de Março de 2012 1 1. Introdução A diplomacia económica é um

Leia mais

COMISSÃO DE DIREITO DO TRABALHO

COMISSÃO DE DIREITO DO TRABALHO 48º Congresso UIA 1 / 5 Setembro 2004 COMISSÃO DE DIREITO DO TRABALHO RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS EM PORTUGAL 3 Setembro 2004 Pedro Botelho Gomes (JPAB - José Pedro Aguiar-Branco & Associados)

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor Prefácio Nesse treinamento vou compartilhar o que os empresários do ramo de SEGURANÇA ELETRÔNICA não compartilham com ninguém, aliás, nenhum empresário quer contar o segredo de suas Empresas, Correto?

Leia mais

Isabel Beja. Gestão Estratégica

Isabel Beja. Gestão Estratégica Isabel Beja Gestão Estratégica Financiamento: Entidade Coordenadora Local Entidade Promotora Objectivos Objectivo Geral A importância de uma correta definição de missão, visão e dos valores da instituição;

Leia mais

Resultados. sitawi. resumo 2009. www.sitawi.com.br

Resultados. sitawi. resumo 2009. www.sitawi.com.br Resultados sitawi resumo 2009 www.sitawi.com.br Carta do CEO Amigos, Este relatório é um 'resumo' do ano que passou. O ano de 2010 já começou com 2009 foi um ano especialmente importante e maior visibilidade

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro.

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. www.accenture.com.br/carreiras www.facebook.com/accenturecarreiras www.twitter.com/accenture_vagas Quem somos A Accenture é uma

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

Você encontra a ultima versão estável do Blender disponível para download na página Get Blender no site oficial.

Você encontra a ultima versão estável do Blender disponível para download na página Get Blender no site oficial. O que é Blender? O Blender é uma ferramenta que permite a criação de vastos conteúdos de 3D. Oferece funcionalidades completas para modelagem, renderização, animação, pós-produção, criação e visualização

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS SOBRE O CURSO O administrador é um profissional com um mercado vasto, pois é um generalista por natureza e pode trabalhar nas mais diversas áreas. O profissional

Leia mais

A alma da liderança Por Paulo Alvarenga

A alma da liderança Por Paulo Alvarenga A alma da liderança Por Paulo Alvarenga A palavra liderança é uma palavra grávida, tem vários significados. Desde os primórdios dos tempos a humanidade vivenciou exemplos de grandes líderes. Verdadeiros

Leia mais

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A Gestão da Inovação Proposta de Utilização do Guia de Boas Práticas de IDI e das ferramentas desenvolvidas no âmbito da iniciativa DSIE da COTEC para o desenvolvimento do sistema

Leia mais

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos O código de ética DBA representa a necessidade de reforço aos valores e à cultura da empresa através da ética. Assim, é fundado nos valores essenciais da corporação e pode ser definido pelas normas padrões

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers O empreendedor Gustavo Caetano discute oportunidades e desafios para start-ups inovadoras no Brasil. Gustavo Caetano é presidente da Samba

Leia mais

Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança

Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança Culture OnLine, 5-7.6 Realidade Empresarial,Globalização da Informação e Segurança Peering down the Wormhole Dr. Susan Hazan Filomena Pedroso Realidade Empresarial em Portugal Incerteza nos mercados recomenda

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Recursos Humanos e Qualidade

Recursos Humanos e Qualidade K Recursos Humanos e Qualidade na Gestão das Organizações do 3.º Sector S. Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009 S. l Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009_Isaque Dias O que é que fazem as Organizações

Leia mais

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online Por Tiago Bastos 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online! Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA 1. ENQUADRAMENTO Nos últimos 3 anos e meio a Câmara Municipal de Lisboa vem desenvolvendo uma estratégia para a valorização económica da cidade e captação de investimento (http://www.cm-lisboa.pt/investir)

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes Sucesso ao Alcance de Todos Pág: 1 de 8 Índice 1. Que posso conseguir com esta oportunidade?...3 2. Tenho de ter exclusividade?...3 3. Será que funciona? Será um negócio de futuro?...4

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL PERFIL Em 1925, surgiu a primeira fábrica de óleos essenciais do Brasil, em Jaraguá do Sul - SC. A autenticidade, a qualidade de seus

Leia mais

2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS

2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS 2º CICLO DE PALESTRAS SODEPAC GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS Msc. Economista Carlos Kibuba INAPEM-MALANJE carloskibuba@hotmail.com GESTÃO DE PEQUENOS NEGÓCIOS CARLOS QUIBUBA REPRESENTANTE PROVINCIAL DO INAPEM-MALANJE.

Leia mais

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli Café com Responsabilidade Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro Vitor Seravalli Manaus, 11 de Abril de 2012 Desafios que o Mundo Enfrenta Hoje Crescimento Populacional Desafios que o Mundo

Leia mais

GESTÃO E MARKETING AMBIENTAL

GESTÃO E MARKETING AMBIENTAL GESTÃO E MARKETING AMBIENTAL Como Prosperar na Economia Verde Expogestão, Joinville, 18/05/2010 Luiz Carlos Pôrto, Eng., MSc. ROTEIRO As oportunidades da economia verde Modelos de gestão: ecoeficiência

Leia mais

Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental A Nestlé, na qualidade de Companhia líder em Nutrição, Saúde e Bem-Estar, assume o seu objectivo

Leia mais

Josh Pauli Revisão técnica Scott White. Novatec

Josh Pauli Revisão técnica Scott White. Novatec Josh Pauli Revisão técnica Scott White Novatec Copyright 2013 Elsevier Inc. All rights reserved. No part of this publication may be reproduced or transmitted in any form or by any means, electronic or

Leia mais

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados;

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados; VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos e electrónicos, oferecendo

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre:

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre: CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS e learning Uma parceria entre: Curso CEAD - Comunicação Empresarial e Análise de Dados NECESSITA DE PREPARAR PROPOSTAS, RELATÓRIOS OU OUTRAS COMUNICAÇÕES

Leia mais

Master in Management for Human Resources Professionals

Master in Management for Human Resources Professionals Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com: Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com APG Um dos principais objectivos da Associação Portuguesa

Leia mais

O que é a Responsabilidade Social Empresarial?

O que é a Responsabilidade Social Empresarial? O que é a Responsabilidade Social Empresarial? 1.5. Campos de acção da RSE Resumo O mundo dos negócios é extremamente heterogéneo. Assim as diferentes abordagens e estratégias sobre responsabilidade compromisso

Leia mais

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA EDP PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA O Grupo EDP Energias de Portugal centra as suas actividades na produção, distribuição e comercialização de energia eléctrica,

Leia mais

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág.

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág. EMPRESAS VIRTUAIS Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com EMPRESAS VIRTUAIS Actualmente, vivemos numa época de grandes mudanças

Leia mais

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas...

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas... APRESENTAÇÃO O incremento da competitividade é um fator decisivo para a maior inserção das Micro e Pequenas Empresas (MPE), em mercados externos cada vez mais globalizados. Internamente, as MPE estão inseridas

Leia mais