CAMPUS NOVA IGUAÇU CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAMPUS NOVA IGUAÇU CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA"

Transcrição

1 As atividades práticas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética são desenvolvidas nos seguintes Laboratórios da Universidade Iguaçu Campus Nova Iguaçu: - Laboratórios de Informática; - Farmácia Universitária; - Laboratório de Anatomia; - Laboratório de Habilidades e Simulação; - Laboratório de Práticas em Estética. Os laboratórios têm como objetivo oferecer treinamento prático para aprendizagem do conteúdo das disciplinas. A política de utilização obedece rigorosamente à carga horária curricular, embora haja estímulo à participação do aluno para estudo livre. Existe uma gerência geral dos laboratórios para tratar dos assuntos administrativos e técnicos, além do pré-preparo das aulas. As principais diretrizes dos laboratórios são uma permanente manutenção e atualização que obedecem ao cronograma de prioridades de atendimento às necessidades dos programas de ensino e pesquisa A seguir são descritos os laboratórios utilizados pelos cursos com suas principais características e elenco dos equipamentos. A missão dos laboratórios multidisciplinares é apresentar ao acadêmico um contato prático das ciências experimentais para consolidação do conhecimento técnico cientifico. 1

2 Sala de Preparo (Esterilização) 15,27 m2 É o local onde são preparadas as aulas práticas feitas em todos os laboratórios, desde o preparo dos materiais e equipamentos que serão utiliza-os nas aulas até o preparo de soluções e reagentes. Os serviços prestados pela Sala de Preparo atendem a todas as disciplinas ministradas no nosso complexo laboratorial e também aos docentes e discentes que necessitem dos nossos serviços. O professor agenda sua aula antecipadamente com a equipe responsável pelo laboratório. Na Sala de Preparo, o material solicitado é preparado com antecedência e levado ao seu respectivo laboratório. Assim, na hora da aula com os acadêmicos, a atividade já está pronta para ser colocada em prática. Sala de Preparo 15,27m 2 Equipamentos destilador 01 reservatório de água destilada 01 bancadas 02 lavador de pipetas 01 armários de madeira para vidrarias 03 mesa 01 cadeiras 04 2

3 3

4 Laboratório de Anatomia Humana -250m 2 Laboratório de Anatomia Humana 250m 2 Equipamentos Macas para Cadáveres 51 Bancos de madeira 83 Bancos de ferro com assento de 209 madeira Armários para Peças Anatômicas 05 Peças do Museu 99 Armários Diversos 21 Baldes para Peças Grandes 16 Baldes para Peças Pequenas 64 Facas 02 Formão 03 Arco serra 01 Fatiador de cérebro 02 Pinças Anatômicas 06 Pinças dente de rato 03 Porta Agulha 04 Tesoura bico fino 02 Tesoura romba 02 Cabo de bisturi nº 4 03 Lâmina para bisturi 31 Fio de Sutura 69 Estojo para material de dessecação 03 Macas para Cadáver (Carrinho) 03 Mesa para professor 03 Cadeiras 06 Serra de Fita 01 Negatoscópio 04 Mesa grande 01 Tonéis de alumínio 02 Escada 01 Tinta para tecido 29 Pinceis Nº

5 Laboratório de Anatomia Humana 250m 2 Equipamentos EPI (Equipamento de proteção 02 individual) Bandejas 02 Aventais 03 Extintores 02 Quadro Negro 05 Torneiras 11 Ventiladores 13 Ar condicionado 01 Bebedouro 01 Quadro de avisos 03 Câmera Frigorífica 01 Geladeira 01 Farmácia Universitária Os estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade Iguaçu fazem visitas técnicas à Farmácia Universitária para conhecer a produção, a aplicação e aprender a identificar alterações dos produtos utilizados na prática do manuseio. A Farmácia Universitária é um projeto de extensão do Curso de Farmácia da Universidade Iguaçu UNIG foi criada como parte do Projeto Político-pedagógico do Curso, a fim de ser um espaço de ensino, treinamento, estágio curricular e extracurricular e pesquisa para os estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação e também como local de reflexão das práticas farmacêuticas, servindo como ponte entre o ensino, a pesquisa e a extensão. A localização estratégica da Farmácia Universitária permite o atendimento da demanda considerável que representa a população residente na Baixada Fluminense e municípios adjacentes dependentes do Sistema Único de Saúde (SUS). 5

6 Tem como missão prestar serviço à comunidade ao manipular medicamentos alopáticos e fitoterápicos e ao realizar Orientação Farmacêutica no ato da dispensação destes medicamentos. Além disso, ela oferece Estágio Supervisionado Obrigatório em Manipulação aos estudantes do Curso de Farmácia da UNIG, dando a eles a oportunidade de vivenciar a profissão farmacêutica, ao colocar em prática os conhecimentos obtidos durante as aulas, estimulando sua capacidade formadora de opinião, bem como desenvolver soluções criativas frentes aos desafios inerentes a profissão, sempre priorizando a ética profissional. Sua estrutura oferece condições de manipular medicamentos sólidos, semi-sólidos e líquidos, além de possibilitar a realização de processos que monitoram a qualidade dos medicamentos manipulados, graças aos seguintes laboratórios: Laboratórios Laboratório de sólidos Laboratório de semi-sólidos (cosmetologia) Laboratório de líquidos Laboratório de controle de qualidade físico-químico Laboratório de controle de qualidade microbiológicos A Farmácia Universitária é administrada pelo Coordenador do Curso de Farmácia e conta com uma equipe formada por um administrador, um farmacêutico responsável técnico, supervisão de um docente da área de dispensação, manipulação e atenção farmacêutica, os quais atuam conjuntamente contribuindo na definição de prioridades e metas. Dentre as atividades realizadas pela Farmácia Universitária podemos destacar os serviços farmacêuticos, tais como: a dispensação de medicamento, realizada segundo os critérios de assistência farmacêutica atuais na orientação na utilização dos mesmos, buscando contribuir para o correto seguimento do 6

7 tratamento e a conseqüente obtenção do resultado esperado; a manipulação de medicamentos e cosméticos, aviando produtos sob prescrição médica, incluindo cápsulas, xaropes, pomadas, soluções e cosméticos como cremes, loções géis, xampus, condicionadores capilares, sabonetes e protetores solares. Mais do que uma preocupação constante na Farmácia Universitária, a qualidade faz parte da rotina da equipe. São realizados controle da qualidade da matéria-prima, processo de manipulação e do produto final, com o objetivo de garantir medicamentos e cosméticos com características constantes que atendam às necessidades do paciente, tanto no que se refere ao produto em si, quanto nos serviços prestados. A Farmácia-Escola UNIG tem por finalidade: I - servir como campo de ensino, estágio curricular e extracurricular e pesquisa para os estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação em Farmácia; II - servir como campo de aperfeiçoamento para os profissionais relacionados com a assistência farmacêutica; III - prestar assistência e atenção farmacêutica à comunidade universitária; IV - servir como campo de ensino prático de compra, comercialização de especialidades farmacêuticas, cosméticos e correlatos para atender a comunidade universitária; V - servir como campo de ensino prático de compra e comercialização de matérias-primas para a elaboração de produtos manipulados e seu controle para atender a comunidade universitária; VI - manter controle de estoque, informatizado e atualizado, de matériasprimas, produtos farmacêuticos e cosméticos; VII - proporcionar meios para o desenvolvimento de pesquisas científicas e projetos de extensão; 7

8 VIII - realizar cursos especiais na área de Ciências Farmacêuticas, respeitadas as competências do colegiado, relativamente à matéria acadêmica; IX - contribuir para o exercício da assistência farmacêutica e para educação da comunidade, juntamente com os órgãos federais, estaduais, municipais e autárquicos. LISTA DE EQUIPAMENTOS DA FARMÁCIA UNIVERSITÁRIA LABORATÓRIO / DISCIPLINAS ÁREA CONTRUIDA (m 2 ) Farmácia Universitária UNIG 200 Sólidos DESCRIÇÃO Farmácia Universitária QUANTIDADE Ar Condicionador Central- Marca TOTALINE 01 Armário 2 portas -ARQUIVO 01 Balança Analitica-MARTE 01 Capela com Exaustão 02 Capela de Exaustão 01 Computador 01 Estabilizador- TECPOWER 01 Geladeira- CONSUL 01 Impressora- EPSON LQ Monitor-SAMSUNG 02 Prateleiras de aço 02 Termohigrômetro 02 8

9 Semi-sólidos, líquidos DESCRIÇÃO QUANTIDADE Agitador Mecânico- QUIMIS 01 Ar Condicionador CONSUL Balança Analítica- EXPLORER 01 Balança Semi-Analítica- MARTE 01 Banho Maria- NOVA ÉTICA 01 Estufa de Secagem- ODONTOBRÁS 01 Máquina de Envase- ERLI 01 Mix- WALITA 01 Osmose Reversa- LIQUATEC 01 Termohigrômetro 01 Zeladora- TECNOFARMA 01 Setor de compressão DESCRIÇÃO QUANTIDADE Amassadeira 01 Drageadeira 01 Estufa de Secagem 01 Granulador 01 Máquina Rotativa 16 punções 01 Misturador em V 01 Setor de encapsulação semi-automática DESCRIÇÃO QUANTIDADE Ar Condicionador CONSUL Balança Analítica- MARTE 01 Blistadeira- ART BLISTERS 02 Maquína de Encapsulação- ERLI 01 Misturador em V- MARCONI 01 9

10 Setor de controle de qualidade DESCRIÇÃO QUANTIDADE Ar Condicionador CONSUL Armários de aço grande 03 Armários de aço- modelo arquivo 02 Bico de Bunsen 01 Bomba de vácuo- QUIMIS 01 Bomba de vácuo- QUIMIS 01 Capela de Exaustão- QUIMIS 01 Centrífuga- CIENTEC 01 Computador- PC INTEL 01 Desintegrador- NOVA ÉTICA 01 Dessecador 01 Dissolutor- NOVA ÉTICA 01 Durômetro- NOVA ÉTICA 01 Espectrofotômetro- FEMTO 01 Estufa Bacteriológica- QUIMIS 01 Estufa de Secagem -QUIMIS 01 Friabilômetro- NOVA ÉTICA 01 Geladeira CONSUL 01 Geladeira Electrolux 01 Impressora- HP 640C 01 Monitor- SAMSUNG 01 Mufla- QUIMIS 01 Nobreak- NET 01 Paquímetro 01 Placa de Agitação- QUIMIS 01 Polarímetro- QUIMIS 01 Ponto de Fusão- QUIMIS 01 PHmetro- QUIMIS 01 Termohigrômetro 02 Viscosímetro- MARTERS 01 10

11 Laboratório de Anatomia Humana 250 m 2 Equipamentos EQUIPAMENTO QUANTIDADE Mesas para Cadáveres 35 Bancos para Alunos 100 Armários para Peças Anatômicas 05 Peças do Museu 99 Armários Diversos 05 Baldes para Peças Grandes 30 Baldes para Peças Pequenas 30 Instrumental para Dissecação 05 Bisturis/Pinças/Tesouras Macas para Cadáver (Carrinho) 01 Mesa (G) par Professor 01 Cadeiras 06 Serra de Fita 01 Negatoscópio 04 Mesa (Sala de Pesquisa) 02 11

12 Laboratórios de Informática A Universidade Iguaçu disponibiliza para seus estudantes 6 (seis) laboratórios de informática com computadores com acesso à internet, em que docentes e discente podem otimizar o conteúdo prático e proporcionando a transversalidade do conhecimento. Todos os cursos da Universidade Iguaçu têm acesso aos laboratórios de Informática e aos computadores da Biblioteca Central. A política de utilização obedece a carga horária curricular, embora haja estímulo à participação do aluno para estudo livre. Estes laboratórios estão disponíveis para os alunos durante todo o expediente de funcionamento da Universidade nos três turnos - e possuem programas de diversas categorias instalados, em conformidade com as licenças disponíveis, acesso a mídias magnéticas, microcomputadores equipados com sistema multimídia, rede local e acesso à internet. Os equipamentos de informática têm sua manutenção feita por técnicos contratados pela UNIG. Nos laboratórios de informática atuam também técnicos que cuidam da instalação de softwares e dos equipamentos durante a utilização pelos alunos, sob supervisão de uma gerência geral dos laboratórios para tratar dos assuntos administrativos e técnicos. Aos estudantes de Universidade Iguaçu são disponibilizados 138 computadores distribuídos pelos Laboratórios listados abaixo, sendo que deste total, 25 (vinte e cinco) computadores estão instalados na Biblioteca Central. 12

13 Política de Utilização Os laboratórios podem ser utilizados por professores e alunos da Universidade. O horário de funcionamento do laboratório é de 8h às 22h, de segunda-feira à sexta-feira. Política de Atualização A política de atualização dos laboratórios de informática é feita da seguinte forma: Os softwares da Microsoft, exceto o Microsoft Office, são atualizados de acordo com o programa Microsoft MSDNAA. A UNIG fez assinatura deste programa em outubro de 2007; Os softwares livres são instalados mediante solicitação do professor; A versão de Linux escolhida foi solicitada pelo professor de Sistemas de Operacionais; A aquisição de software é feita de acordo com a necessidade da disciplina. Em reunião de colegiado de curso, em conjunto com o professor, é decidido o software que será trabalhado com a turma durante o período letivo, desde que não esteja estipulado no ementário da disciplina. 13

14 Laboratórios de Informática Os equipamentos de informática são interligados em rede e com livre acesso à Internet. Além disto, há uma política de constante atualização de equipamentos e dos títulos de software. Laboratório I Este laboratório possui vinte e nove computadores em um espaço de 76,50m 2. A seguir está a especificação completa do laboratório. Características Processador Intel Pentium dual-core 2.0 Ghz, com placa de vídeo Intel, 160 Gb de HB, 2 Gb de RAM, placa de som on board, gravador de DVD e Monitor LCD Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 25 Estabilizadores 30 No-Break APC 01 Rack p/ Switch 01 Switch SMC de 24 portas 02 Jack panel com 24 portas 0 Aparelho de ar-condicionado 02 Mesa para computador 30 Cadeiras 60 Quadro branco 01 Lâmpada de Emergência 01 14

15 Laboratório II Este laboratório possui dezoito computadores em um espaço de 40,30 m 2. A seguir está a especificação completa do laboratório. Características Processador Intel Pentium IV 3,06Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼, Monitor LCD 15 Processador Intel Pentium IV 3,06Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive de DVDRW e drive de disquete ¼, Monitor LCD Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 02 Estabilizadores 19 No-Break APC 01 Rack p/ Switch 01 Switch Planet de 24 portas 01 Jack panel com 24 portas 0 Aparelho de ar-condicionado 01 Bancada p/ Computador 03 Cadeiras 40 Quadro branco 01 Lâmpada de Emergência 01 15

16 Laboratório III Este laboratório possui dezoito computadores em um espaço de 38,61 m 2. A seguir está a especificação completa do laboratório. Características Processador Intel Pentium IV 3,06Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼, Monitor LCD 15 Processador Intel Pentium IV 3,06Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive de DVDRW e drive de disquete ¼, Monitor LCD Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 02 Estabilizadores 19 No-Break APC 0 Rack p/ Switch 01 Switch SMC de 24 portas 01 Jack panel com 24 portas 0 Aparelho de ar-condicionado 01 Bancada p/ computador 03 Cadeiras 40 Quadro branco 01 Lâmpada de Emergência 01 16

17 Laboratório IV O laboratório ocupa 50,70 m 2, onde estão distribuídos vinte e sete computadores com a seguinte especificação. Características Processador Intel Pentium IV 2.8Ghz, com placa de vídeo Via, 80Gb de HB, 512 Mb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼. Monitor LCD 15 Processador Intel Pentium IV 2.8Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1 Gb de RAM, placa de som on board, gravador de DVD e drive de disquete ¼. Monitor LCD Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 02 Estabilizadores 28 No-Break APC 01 Rack p/ Switch 01 Switch D-Link de 24 portas 01 Switch Planet de 24 portas 01 Jack panel com 24 portas 01 Aparelho de ar-condicionado 02 Mesa para computador 30 Cadeiras 60 Quadro branco 01 Lâmpada de Emergência 01 17

18 Laboratório V Estão disponíveis vinte e quatro computadores em 52,65 m 2. A especificação dos equipamentos está na tabela abaixo. Características Processador Intel Pentium IV 2.8Ghz, com placa de vídeo Via, 40Gb de HB, 256 Mb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼, Monitor LCD 15 Processador Intel Pentium IV 2.8Ghz, com placa de vídeo Via, 40Gb de HB, 256 Mb de RAM, placa de som on board, drive de DVDRW, Monitor LCD Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 01 Estabilizadores 25 No-Break APC 01 Rack p/ Switch 01 Switch D-Link de 24 portas 01 Switch Furukawa de 24 portas 01 Aparelho de ar-condicionado 01 Bancadas p/ computador 04 Cadeiras 49 Quadro branco 01 18

19 Laboratório de Multimídia Este laboratório possui 19,50 m 2 com nove computadores. Os computadores possuem a seguinte especificação: Características Processador Intel Pentium IV 2.8Ghz, com placa de vídeo Via, 40Gb de HB, 256 Mb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼, Monitor LCD 15 Processador Intel Pentium IV 3,0Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive gravador de DVD, Monitor LCD 15 com audio embutido Outros Equipamentos Drive de gravador de CD\DVD 02 Estabilizadores 09 No-Break APC 0 Rack p/ Switch 0 Hub 3Com de 24 portas 01 Jack panel com 24 portas 0 Aparelho de ar-condicionado 01 Mesa para computador 08 Cadeiras 17 Quadro branco 01 Lâmpada de Emergência 01 Impressora HP 695C 01 Scanner 01 19

20 Servidores dos Laboratórios: Características Processador Intel Pentium IV 3,06Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 1Gb de RAM, placa de som on board, drive de CD 52x e drive de disquete ¼, Monitor CRT 15 Processador Intel Pentium Dual-Core 1,6Ghz, com placa de vídeo Via, 160Gb de HB, 2Gb de RAM, placa de som on board, drive de DVDRW e drive de disquete ¼, Monitor CRT Laboratório de Manutenção de Hardware, Eletrônica e Automação Este laboratório possui um espaço de 48 m 2. A seguir está a especificação completa do laboratório. Equipamento/Componentes Osciloscópio Minipa MO MHz 06 Multimetro Digital Minipa MDM Fonte de Alimentação Simétrica MPS Gerador de Sinais Minipa MFG Gravador de EPROM Minipa 01 Kit de ferramentas 06 Placas Pront-o-Labor 06 FPAI 100 Field point (rede industrial) 01 FPAO 200 Field point (rede industrial) 01 FPDI 300 Field point (rede industrial) 01 FPDO 400 Field point (rede industrial) 01 Placa de Redes Ethernet 10/ Hub de 8 portas 10/ Conectores RJ MTS de Cabo Par Trançado 50 Alicate para Climpar RJ Leitor de Códigos de Barra 01 Scaner para leitura de impressão digital (biometria) 01 Móveis e Utensílios Bancadas 06 Bancos 02 Quadro branco 01 20

21 LABORATÓRIO DE PRÁTICAS EM ESTÉTICA Este laboratório oferece aos estudantes do curso a oportunidade de realizar a prática de atendimento prevista em cada um dos módulos profissionais, objetivando garantir a vivência prática das técnicas e/ou conhecimentos desenvolvidos nas disciplinas do módulo em curso. LABORATÓRIO DE PRÁTICA EM ESTÉTICA QUANTIDADE EQUIPAMENTOS 01 Aparelho de Corrente Russa (Stimulus Face) 01 Aparelho de Endermoterapia 02 Aparelho de Microcorrente facial 01 Aparelho de Microcorrente Galvânica 01 Aparelho de som 01 Aparelho Eletroestimulador (Sikuto) 02 Aparelhos de ar condicionado 01 Armário de 02 portas 01 Armário de 03 portas 08 Armários tipo bancada para colocar produtos e/ou aparelhos para procedimento 01 Banco alto 02 Bandejas plásticas para os pés 01 Biombo de 03 divisórias 04 Cadeiras 01 Caixa de Inox contendo bicos esterilizados diversos (microcorrente) 02 Cristaleiras 01 Escada com 02 degraus de ferro 01 Escada com 02 degraus de madeira 01 Frigobar 01 Laser compact 01 Lixeira de plástico comum 06 Lixeiras de plástico com pedal 01 Maca dobrável 03 Macas fixas para massagem corporal 04 Macas para massagem facial 03 Mantas corporais 01 Mesa de ferro com rodas 01 Mesa de ferro sem rodas 01 Mesa de recepção 21

22 LABORATÓRIO DE PRÁTICA EM ESTÉTICA QUANTIDADE EQUIPAMENTOS 01 Mesa para anamnese 01 Mesa para retroprojetor 02 Mesas de ferro 01 Pia 01 Porta-algodão de inox grande 01 Porta-gaze de inox médio 03 Quadro de cortiça 01 Suporte de sabonete líquido 02 Suportes toalha de papel 02 Vaporizadores faciais Biblioteca Central - BC A Biblioteca Central (BC), como órgão coordenador do Sistema de Bibliotecas, está subordinada diretamente à Pró-Reitoria, e é dirigida Por um(a) bibliotecário(a)-chefe com registro no Conselho Regional de Biblioteconomia Hoje situada em seu novo prédio, BC compreende uma área de 22

23 2.498,04m2 divididos em três pavimentos, acessíveis pela entrada principal por escada e rampa. A BC possui elevadores, bebedouros, banheiros comuns e adaptados. Dispõe ainda de 25 computadores com acesso à Internet e salão de estudos (590,65 m2) com 50 meses e capacidade para 200 usuários. Existem ainda 06 (seis) salas para estudo em grupo com uma área total de 93,38m2, que se destinam à realização de trabalhos, com capacidade de 05 (cinco) usuários em cada sala e ainda, 21(vinte e uma) baias, para estudos individuais. Constituída inicialmente pela integração dos acervos das Bibliotecas das Faculdades de Ciências Biológicas e da Saúde, de Ciências Jurídicas e Sociais Aplicadas, de Educação e Letras e de Ciências Exatas e Tecnológicas, a Biblioteca Central da UNIG foi fundada em 10 de junho de 1972, e recebeu a denominação Biblioteca Central Nair Fortes Abu-Merhy em homenagem à educadora que contribuiu, de forma incontestável, para a promoção e o desenvolvimento da educação nacional. 23

24 Na estrutura orgânica, o Sistema de Bibliotecas combina coleções impressas, audiovisuais e magnéticas, recursos humanos especializados e ambientes físico, com o propósito de transferir informações aos alunos, professores e funcionários técnico-administrativos ligados ao ensino fundamental e médio, de graduação e de pós-graduação da Instituição, contribuindo decisivamente para a consecução de seus objetivos e o integral cumprimento da missão da Universidade Iguaçu. 24

25 Acervo do Curso O acervo é informatizado e tombado junto ao patrimônio da IES. Acervo - Livros Existentes - Biblioteca Central Campus Nova Iguaçu 3.11 Laboratório didático especializado - serviços Os laboratórios didáticos empregados no Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética possuem política de atualização, manutenção e utilização. Há funcionários dedicados a estes laboratórios, de modo a oferecer apoio técnico aos usuários nas aulas práticas. 25

26 Funcionários dos Laboratórios de Informática Campus I NOME Vinícius Machado Lima Carlos Henrique da Silva Figueiredo Patrícia Peixoto Tavares da Silva Fernanda Pereira dos Santos Data de Contratação 13/02/2006 Experiência profissional Programador 07 anos e 04 meses 27/01/ meses ESCOLARIDADE Superior / Médio / Básico Superior Completo Eng. da Computação Técnico de Informática. CARGO Completo / Incompleto Completo Completo Função Programador Aux. Adm 20/02/ meses Ensino médio Completo Aux. Adm 23/09/ meses Ensino médio Completo Aux. Adm 26

27 Funcionários da Farmácia Universitária Campus I NOME Célia Cristina da Silva Santos Dilcea Mesquita Ferreira Eliane de Araújo Lima Bley Elisangela Correa Vieira Jorge Rabello Kelly Farias Rodrigues Mauro de Carvalho Sena da Silva Rosane Oliveira da Silva Medeiros Sueli da Silva Freire Data de Contratação Experiência profissional 02/08/ anos e ESCOLARIDADE Superior / Médio / Básico Ensino Fundamental CARGO Completo / Incompleto Incompleto SETOR Aux. de Serv. Gerais 05/05/ anos Ensino Médio Completo Aux. Adm 07/02/ /03/ /02/ /11/ /03/ /07/ anos e 03 meses 01 ano 02 meses 14 anos 03 meses 02 anos 06 meses 10 anos 02 meses 26 anos 10 meses 04/02/ meses Ensino Médio Ensino Médio Ensino Médio Ensino Superior Farmácia Ensino Médio Completo Completo Completo Completo Completo Técn. em Manipulação Aux. em Manipulação Aux. em Manipulação Farmacêutica responsável Técn. em Manipulação Ensino Médio Completo Recepcionista Ensino Superior Farmácia Completo Farmacêutica 27

28 Funcionários do Laboratório de Habilidades Campus I NOME Katiana Lima Vilas Boas Moreira Ivanete de Oliveira Cristiane Freire Miranda Data de Contrata ção 01/02/ /07/ /08/20 12 Experiência profissional 03 anos e 03 meses 10 meses 01 ano 09 meses ESCOLARIDADE Superior / Médio / Básico Ensino Superior Farmácia Ensino Superior Farmácia Ensino Médio Completo / Incompleto Completo Completo Completo CARGO Enfermeira Enfermeira Aux. de Serv. Gerais Funcionários do Laboratório de Anatomia Campus I NOME Cezar Mariano de Souza Data de Contratação Experiência profissional 04/05/ anos ESCOLARIDADE Superior / Médio / Básico Ensino Fundamental Jorge Antonio 03/02/ anos 03 meses Primário Jorge Ventura Souza Marcos Antonio Alves Azizi 15/03/ anos e 02 meses Ensino Fundamental Completo / Incompleto Incompleto Completo 14/04/ anos 01 mês Mestrado Completo CARGO Aux. Técnico Aux. Técnico Aux. Técnico Professor Téc. Resp. Funcionários dos Laboratórios de Prática em Estética Campus I NOME Alex Sandro Rodrigues Baiense Data de Contratação 04/08/2008 Experiência profissional 05 anos e 09 meses ESCOLARIDADE Superior / Médio / Básico Especialização em Análises Clínicas Completo / Incompleto Completo CARGO Professor Téc. Responsável 28

29 RECURSOS HUMANOS DA BIBLIOTECA DE NOVA IGUAÇU BIBLIOTECÁRIO CHEFE: NESTOR ANTONIO DE SOUZA SOARES INTEGRAL FUNCIONÁRIOS GRAU DE ESCOLARIDADE HORÁRIO DE TRABALHO ALESSANDRA CAVALCANTI SILVA DE OLIVEIRA GRADUADA 08h 13h / 14h 18h ANDRESSA LOPES DE AZEVEDO LEITE SUPERIOR - CURSANDO 07h 11h / 12h 16h ARIELY DE SOUZA SANTOS ALVES NÍVEL MÉDIO 13h 16h / 17h 22h BIANCA DAMIANA VIZZONI DA SILVA GRADUAÇÃO 13h 15:30 / 16:30 22h DÉBORA MENDES MOREIRA DA SILVA GRADUAÇÃO 08h 12h / 13h 17h ELIANA DE MORAES VASCONCELLOS ENSINO MÉDIO 08h 12h / 12:30 14h EMERSON DIAS FARIA ENSINO MÉDIO 13h 17h / 18h 22h JÉSSICA PEIXOTO BARBOZA SUPERIOR - CURSANDO 13h 15:30 / 16:30 22h LUCIANA BOUÇAS FERNANDES Bibliotecária ESPECIALIZAÇÃO 08h 12h / 13h 17h MAURO JOSÉ CARDOSO GOMES SUPERIOR - CURSANDO 07:30 12h/13h 16h JOVEM APRENDIZ ALINE DA SILVA MÁXIMO ENSINO MÉDIO 08h 10h/ 10:15 12h MARCELLA FRANCISCO DA SILVA CARRILHO ENSINO MÉDIO 08h 10h/ 10:15 12h MICHELE DO NASCMENTO OLIVEIRA- ENSINO MÉDIO ENSINO MÉDIO 08h 10h/ 10:15 12h 29

LABORATÓRIO / DISCIPLINAS

LABORATÓRIO / DISCIPLINAS LABORATÓRIO / DISCIPLINAS Laboratório de Farmacotécnica: Farmacotécnica, Cosmetologia e Farmacotécnica Homeopática e Fitoterápica. ÁREA CONTRUIDA (m 2 ) 80 Multidisciplinar I: Biofísica, Toxicologia, Fisiologia

Leia mais

LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU ESTRUTURA DO ESAJUR/NPJ

LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU ESTRUTURA DO ESAJUR/NPJ UNIVERSIDADE IGUAÇU CURSO DE DIREITO CAMPUS NOVA IGUAÇU LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU Para o desempenho de suas atividades, os alunos do nono e décimo períodos, dispõem de toda a infraestrutura necessária

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos - UNIG- Nova Iguaçu - possui infraestrutura suficiente e adequada ao número de vagas

Leia mais

UNIVERSIDADE IGUAÇU CAMPUS ITAPERUNA CURSO DE DIREITO LABORATÓRIOS

UNIVERSIDADE IGUAÇU CAMPUS ITAPERUNA CURSO DE DIREITO LABORATÓRIOS LABORATÓRIOS ITAPERUNA, Julho/2015 ESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA ASSOCIADOS AO 1 INTRODUÇÃO Os laboratórios que servem ao curso de Direito têm como objetivo oferecer treinamento prático, auxílio

Leia mais

UNIG UNIVERSIDADE IGUAÇU

UNIG UNIVERSIDADE IGUAÇU Curso de Engenharia Civil da Universidade Iguaçu Campus Nova Iguaçu O Curso de Engenharia Civil da Universidade Iguaçu Campus Nova Iguaçu - possui infraestrutura e materiais suficientes e adequados ao

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto de Educação do Cariri IDEC EMENTA: Credencia o Instituto de Educação do Cariri IDEC e reconhece o curso Técnico em Enfermagem na cidade do Crato, até 31.12.2012. RELATOR: José Batista

Leia mais

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48 LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Como apoio às suas atividades didáticas, o curso de Tecnologia em Jogos Digitais conta com uma excelente infraestrutura de laboratórios. 01 20 Processador pentium core 2 duo

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Marketing

Curso Superior de Tecnologia em Marketing Curso Superior de Tecnologia em Marketing O Curso Superior de Tecnologia em Marketing - UNIG- Nova Iguaçu - possui infraestrutura suficiente e adequada ao número de vagas e ao funcionamento das disciplinas,

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA 1 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos A sala da Coordenação dos Cursos Superiores do IF Baiano,

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA ROTEIRO DE INSPEÇÃO EM AMBULATÓRIO ESTABELECIMENTO: DATA DA INSPEÇÃO:

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL

LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL Laboratório de Hidráulica Ambiental Localização: Bloco "M" 223 Área: 70,38 m² Módulo para Experimentos e Perda de Carga: - 01 Reservatório (300L); - 01 Grupo Motor Bomba;

Leia mais

NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010

NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010 NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010 1. MATERIAIS Os materiais que ficam no laboratório são de uso exclusivo dos professores e alguns de uso exclusivo da coordenação

Leia mais

Publicado no DOE de 10/10/2015 pela Portaria SEE nº 4026/2015, de 09/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 114/2015-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/10/2015

Publicado no DOE de 10/10/2015 pela Portaria SEE nº 4026/2015, de 09/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 114/2015-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/10/2015 INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DE SERRA TALHADA AESET/FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE SERRA TALHADA - FAFOPST ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS COM HABILITAÇÃO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

I RELATÓRIO: 3428/2013, de 02/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 34/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 15/04/2013

I RELATÓRIO: 3428/2013, de 02/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 34/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 15/04/2013 INTERESSADA: ESCOLA E CURSO PROFISSIONALIZANTE DE INFORMÁTICA E ELETRÔNICA RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS: TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA E TÉCNICO EM INFORMÁTICA EIXO TECNOLÓGICO:

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR SANTA RITA LTDA (Código e-mec:18961 Código Mantenedora:

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR SANTA RITA LTDA (Código e-mec:18961 Código Mantenedora: FACULDADE ANGLO-AMERICANO DE CHAPECÓ-FAACH (Câmpus Faculdade Santa Rita de Chapecó Código e-mec: 1067886) Credenciada pela Portaria Ministerial nº 337, de 24 de março de 2010, com aditamento ao credenciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Faz-se necessário que o dimensionamento

Leia mais

REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA UNISSA

REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA UNISSA REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA UNISSA Tem o presente regulamento a função de nortear as ações e procedimentos necessários ao bom funcionamento dos laboratórios de informática, bem como

Leia mais

DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO

DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO N o DEPENDÊNCIAS METRAGEM (m 2 ) 01 Secretária 16,41 m 2 02 Diretoria Geral 7,77 m² 03 Sala dos es 54,74 m 2 EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS 03 Gabinetes com teclado, mouse 03 Estabilizador

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA EDITAL N.º 002/ 2010. ANEXO III DESCRIÇÃO DOS CARGOS CARGO: 012- Ajudante Geral Requisitos: Conhecimentos gerais na área Atribuições do cargo: Proceder a limpeza

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico Etec: Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA

5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA 5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA A estrutura física existente, utilizada pelo Colégio Sant Ana e IESSA (período noturno), está situada no centro da cidade de Ponta Grossa sito a Rua Pinheiro Machado nº

Leia mais

INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA. Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos

INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA. Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos 1 INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos A sala da Coordenação dos Cursos Superiores do IF Baiano,

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Sem certificação técnica

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Sem certificação técnica Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Com a finalidade de oferecer uma completa infraestrutura em tecnologia aos seus alunos, a Faculdade Ideal dispõe de nove Laboratórios de Informática que arregimentam com o que

Leia mais

TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS

TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS ÓRGÃO / LOCALIZAÇÃO: PA NOVA ALIANÇA DESCANSO MÉDICO TERREO Nº BP Descrição do Bem Cor Modelo Marca Nº de Série Capacidade 004291 ROUPEIRO FIXO COM

Leia mais

Introdução. Laboratórios de informática

Introdução. Laboratórios de informática Descrição da infraestrutura física destinada aos cursos, incluindo laboratórios, equipamentos instalados, infraestrutura de informática e redes de informação. Introdução Relação de laboratórios, oficinas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPELA DE SANTANA M I N U T A D E C O N T R A T O

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPELA DE SANTANA M I N U T A D E C O N T R A T O M I N U T A D E C O N T R A T O Termo de contrato que celebram o Município de Capela de Santana e para aquisição de materiais permanentes para o ESF Parecí. São partes do presente instrumento: MUNICÍPIO,

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 CAPÍTULO III 5 DA INFRAESTRUTURA 5 Seção I 6 Das Dependências 6 Seção II 6 Do Hardware e Software 6 Seção III 7 Das Manutenções 7

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional PERFIL PROFISSIONAL / IDENTIFICAÇÃO DA OCUPAÇÃO: Ocupação: Educação Profissional: Nível da Qualificação: Área Tecnológica: Competência Geral: Requisitos de Acesso: MONTADOR E REPARADOR DE COMPUTADORES

Leia mais

TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS

TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS TERMO DE RESPONSABILIDADE SOBRE A GUARDA DE BENS MÓVEIS ÓRGÃO / LOCALIZAÇÃO: UBS NOVA ALIANÇA HIPERDIA / SERVIÇO SOCIAL TERREO Nº BP Descrição do Bem Cor Modelo Marca Nº de Série Capacidade 005375 CADEIRA

Leia mais

6.2. Laboratórios LABORATÓRIO / DISCIPLINAS

6.2. Laboratórios LABORATÓRIO / DISCIPLINAS 6.2. Laboratórios As atividades práticas do Curso de Medicina são desenvolvidas em Laboratórios Específicos e Multidisciplinares da Universidade Iguaçu Campus Nova Iguaçu. LABORATÓRIO / DISCIPLINAS ÁREA

Leia mais

ESCOLA DE ENFERMAGEM REGIMENTO

ESCOLA DE ENFERMAGEM REGIMENTO ESCOLA DE ENFERMAGEM REGIMENTO Organização Administrativa e Técnica TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E TÉCNICA CAPÍTULO I DA ESTRUTURA FUNCIONAL Art. 7º A organização administrativa e técnica da

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS ESPECIALIZADOS DA ÁREA DE SAÚDE

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS ESPECIALIZADOS DA ÁREA DE SAÚDE REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS ESPECIALIZADOS DA ÁREA DE SAÚDE I. Objetivos do Regulamento dos Laboratórios Especializados da Área de Saúde 1. Fornecer um guia geral e regras básicas consideradas mínimas

Leia mais

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO CAPÍTULO I DO PRÊMIO Art. 1º. O Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do CNPq, do Grupo Gerdau, da Fundação

Leia mais

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016 Edição N 153 Caderno I. ESTADO DA BAHIA Câmara Municipal de Catu

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016 Edição N 153 Caderno I. ESTADO DA BAHIA Câmara Municipal de Catu Onde lê-se: LOTE III Aviso aos interessados em participar do Pregão Presencial Nº 08/2016 do termo de referencia do referido edital 3. Estabilizador 3.1. Configuração única 5 unidades Leia-se: LOTE III

Leia mais

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO 1. ÂMBITO O Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil) dispõe

Leia mais

I RELATÓRIO: 212/2015, de 19/01/2015. PARECER CEE/PE Nº 138/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 29/12/2014

I RELATÓRIO: 212/2015, de 19/01/2015. PARECER CEE/PE Nº 138/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 29/12/2014 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CEPRO RECIFE/PE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL E DO CURSO TÉCNICO EM PRÓTESE DENTÁRIA EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE E SAÚDE,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Projeto REUNI Novos Cursos Para que a implantação e

Leia mais

PESQUISA INSTITUCIONAL CAMPUS RIO DE JANEIRO. Cursos Técnicos Integrado ao Ensino Médio

PESQUISA INSTITUCIONAL CAMPUS RIO DE JANEIRO. Cursos Técnicos Integrado ao Ensino Médio PESQUISA INSTITUCIONAL CAMPUS RIO DE JANEIRO Cursos Técnicos Integrado ao Ensino Médio PESQUISA INSTITUCIONAL IFRJ - CAMPUS RIO DE JANEIRO CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 1 Capa

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 1/3. Convênio: Centro Integrado de Operações de Segurança do Estado de Roraima CIOpS/RR

PLANO DE TRABALHO 1/3. Convênio: Centro Integrado de Operações de Segurança do Estado de Roraima CIOpS/RR PLANO DE TRABALHO 1/3 Convênio: Centro Integrado de Operações de Segurança do Estado de Roraima CIOpS/RR 1 - DADOS CADASTRAIS Órgão/Entidade Proponente GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA CNPJ 84.2.2/00-26 Endereço

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

RELAÇÃO DE LABORATÓRIO PARA O CURSO DE GEOGRAFIA A DISTÂNCIA - EAD/FINOM

RELAÇÃO DE LABORATÓRIO PARA O CURSO DE GEOGRAFIA A DISTÂNCIA - EAD/FINOM RELAÇÃO DE LABORATÓRIO PARA O CURSO DE GEOGRAFIA A DISTÂNCIA - EAD/FINOM 1. Laboratório didático especializado em qualidade: Laboratório de Estudos da Educação a Distância - LAED O Laboratório de Estudos

Leia mais

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011.

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro

Leia mais

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná LEI R Nº 63, de 13 de julho de 2015 Procede à desafetação e autoriza a doação de bens imóveis e móveis de propriedade do Município de Toledo à Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) Campus

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão

Leia mais

INTERESSADO: Instituto de Assistência Social IASOCIAL

INTERESSADO: Instituto de Assistência Social IASOCIAL Câmara da Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto de Assistência Social IASOCIAL EMENTA: Renova o reconhecimento do Curso Técnico em Saúde Bucal (antigo Técnico em Higiene Dental) do Instituto

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro de Educação EFIVEST Ltda. EMENTA: Credencia o Centro de Educação Efivest LTDA, nesta capital, e reconhece o Curso Técnico em Segurança do Trabalho Eixo Tecnológico: Segurança, até 31

Leia mais

Despesas de Custeio. 1.1. Material de Apoio Pedagógico. Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura

Despesas de Custeio. 1.1. Material de Apoio Pedagógico. Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura Despesas de Custeio 1.1. Material de Apoio Pedagógico Ábaco educativo Alfabeto móvel Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura Bloco lógico Conjunto de trânsito (educativo) Disco de fração Software

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO PRETO PATRIMÔNIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO PRETO PATRIMÔNIO Praça Barão do Rio Branco, 12 Pilar Ouro Preto MG 35400 000 Cria a Superintendência de Tecnologia da Informação dentro da estrutura administrativa do Executivo Municipal. O povo do Município de Ouro Preto,

Leia mais

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual?

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual? 1 Qual o nosso contexto atual? Atualmente, vivemos em uma sociedade que é movida pela moeda informação! No nosso dia-a-dia, somos bombardeados por inúmeras palavras que na maioria das vezes é do idioma

Leia mais

Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS E USUÁRIOS. CAPÍTULO I Dos Objetivos

Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS E USUÁRIOS. CAPÍTULO I Dos Objetivos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL CATALÃO UNIDADE ACADÊMICA ESPECIAL DE MATEMÁTICA E TECNOLOGIA Regulamento do Laboratório de Controle Operacional - LCO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013 Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 23 Etec de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa

Leia mais

I RELATÓRIO: 4801, de 11/05/2010 PARECER CEE/PE Nº 34/2010-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/03/2010

I RELATÓRIO: 4801, de 11/05/2010 PARECER CEE/PE Nº 34/2010-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/03/2010 INTERESSADOS: CENTROS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JOAQUIM NABUCO I e II ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS - EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO GERAL AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2015 Março de INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA

Leia mais

O suporte técnico pode melhorar o desempenho do sistema e reduzir o tempo de paralisação;

O suporte técnico pode melhorar o desempenho do sistema e reduzir o tempo de paralisação; Descrição do Plano de Serviço Serviços de Suporte Técnico HP SmartFriend Visão geral: O HP SmartFriend o ajuda a solucionar uma grande variedade de problemas técnicos em seu Computador Pessoal (PC). O

Leia mais

Padrões de Qualidade para Cursos de Graduação em Economia

Padrões de Qualidade para Cursos de Graduação em Economia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ECONOMIA Padrões de Qualidade para Cursos

Leia mais

ANEXO I-A CATÁLOGO DE SERVIÇOS

ANEXO I-A CATÁLOGO DE SERVIÇOS 1 SERVIÇOS DE INFORMÁTICA ITEM Serviço Descrição Grau de Severidade Tempo Máximo para solução (Horas) Previsão Ocorrências/ Mês 1 Caixa Postal - configuração Este serviço refere-se ao auxílio na utilização

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto Ateneu CV&C EMENTA: Credencia o Instituto Ateneu CV&C e reconhece os cursos Técnico em Contabilidade e Técnico em Segurança do Trabalho na cidade de Fortaleza, até 31.12.2012. RELATOR:

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 06/02/2006 (*) Portaria/MEC nº 418, publicada no Diário Oficial da União de 06/02/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

www.fia.com.br/biblioteca Mantenedora Fundação Instituto de Administração Mantida Faculdade FIA de Administração e Negócios

www.fia.com.br/biblioteca Mantenedora Fundação Instituto de Administração Mantida Faculdade FIA de Administração e Negócios GUIA DO USUÁRIO Mantenedora Fundação Instituto de Administração Mantida Faculdade FIA de Administração e Negócios Diretor Geral Prof. Dr. Maurício Jucá de Queiroz Copyright 2012 by Kleber Zornoff Manrubia

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5.154/04 e Lei Federal nº 11.741/2008) PLANO DE CURSO Área: Manutenção Mecânica

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU agosto / 2010 1 REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Sumário TÍTULO I - DA NATUREZA E DAS FINALIDADES... 3 CAPÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL, REDES E ARQUITETURA DE COMPUTADORES

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL, REDES E ARQUITETURA DE COMPUTADORES PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL, REDES E ARQUITETURA DE COMPUTADORES Responsável: Prof. Paulo Henrique Gonçalves Coordenador geral: profa. Milene

Leia mais

IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR

IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR IV SEMINÁRIO DE ARQUITETURA E ENGENHARIA HOSPITALAR CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR IV Seminário de Engenharia e Arquitetura Hospitalar 26 a 28 de março de 2008 HUPES, Salvador-BA Apresentado em 27 de março

Leia mais

Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC)

Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC) INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS CONCÓRDIA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CENTRO DE PRÁTICAS CLÍNICAS E CIRÚRGICAS Regulamento do Bloco Cirúrgico do Centro de Práticas Clínicas e Cirúrgicas (CPCC) Dispõe

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA COMPOSIÇÃO DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE OFERTA DE CURSOS AVSEC E FUNCIONAMENTO DE CENTRO DE INSTRUÇÃO

INSTRUÇÕES PARA COMPOSIÇÃO DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE OFERTA DE CURSOS AVSEC E FUNCIONAMENTO DE CENTRO DE INSTRUÇÃO INSTRUÇÕES PARA COMPOSIÇÃO DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE OFERTA DE CURSOS AVSEC E FUNCIONAMENTO DE CENTRO DE INSTRUÇÃO Visando a aperfeiçoar as análises dos processos de autorização de oferta de cursos

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO?

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO? PERGUNTAS FREQUENTES O que é PROINFO? O Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo) é um programa educacional criado pela Portaria nº 522/MEC, de 9 de abril de 1997, para promover o uso pedagógico

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 Prezado(a) Aluno(a): Estas normas foram elaboradas com o objetivo de fornecer subsídios

Leia mais

É a parte física de um computador, formada por peças e circuitos eletrônicos que ficam dentro do Gabinete (Torre). Existem diversos tipos de

É a parte física de um computador, formada por peças e circuitos eletrônicos que ficam dentro do Gabinete (Torre). Existem diversos tipos de É a parte física de um computador, formada por peças e circuitos eletrônicos que ficam dentro do Gabinete (Torre). Existem diversos tipos de HARDWARE, segue abaixo, alguns dos HARDWARES INTERNOS do computador:

Leia mais

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI Os professores que atuam tempo integral na Universidade do Extremo Sul Catarinense contam com

Leia mais

ESTADO DO PARÁ MAPA DEMONSTRATIVO P. P. Nº 074/2015 (SUPRIMEN. E EQUIP. DE INFORMATICA)

ESTADO DO PARÁ MAPA DEMONSTRATIVO P. P. Nº 074/2015 (SUPRIMEN. E EQUIP. DE INFORMATICA) ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO ARAGUAIA MAPA DEMONSTRATIVO P. P. Nº 074/2015 (SUPRIMEN. E EQUIP. DE INFORMATICA) ITEM QNT. UND. DISCRIMINAÇÃO DOS PRODUTO/SERVIÇOS EMPRESA UNIT. VALOR

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Informática Básica Conceitos Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Conceitos INFOR MÁTICA Informática INFOR MAÇÃO AUTO MÁTICA Processo de tratamento da informação

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Regulamento TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento objetiva normalizar os aspectos de funcionamento da estrutura e administração da Biblioteca Júlio Bordignon da. TÍTULO II DOS

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO FACULDADE DE BAURU PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS BAURU 2014 PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS. 1. INTRODUÇÃO A Faculdade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ambiente, Saúde e Segurança Componente Curricular: Boas Práticas em Laboratório

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Integrado ao Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Integrado ao Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091.01 Município: São Carlos Escola Estadual Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

Fonte: Universidade Federal do Paraná. Sistema de Bibliotecas. Biblioteca Central. Departamento de Bibliotecas e Documentação

Fonte: Universidade Federal do Paraná. Sistema de Bibliotecas. Biblioteca Central. Departamento de Bibliotecas e Documentação Sigla Código Nome da Biblioteca Banheiros adaptados Bebedouros e lavabos adaptados Entrada/Saída com dimensionamento Banheiros com leiautes adaptados (lavatórios, espelhos, barras de apoio, vasos, papeleiras,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FFB FACULDADE FARIAS BRITO

REGIMENTO INTERNO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FFB FACULDADE FARIAS BRITO REGIMENTO INTERNO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FFB FACULDADE FARIAS BRITO Fortaleza CE 2010 Laboratórios de Informática A Faculdade Farias Brito tem um forte compromisso com a competência de seu

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE INSCRIÇÃO EM CURSO PRESENCIAL PROMOVIDO PELA FNQ. PAGAMENTO - considerações. Importante! TRANSFERÊNCIAS DE TURMA

TERMOS E CONDIÇÕES DE INSCRIÇÃO EM CURSO PRESENCIAL PROMOVIDO PELA FNQ. PAGAMENTO - considerações. Importante! TRANSFERÊNCIAS DE TURMA TERMOS E CONDIÇÕES DE INSCRIÇÃO EM CURSO PRESENCIAL PROMOVIDO PELA FNQ PAGAMENTO - considerações A confirmação da inscrição nos cursos e eventos presenciais promovidos pela FNQ, por meio do portal (www.fnq.org.br)

Leia mais

I RELATÓRIO: 6030/2014, de 10/12/2014 PARECER CEE/PE Nº 115/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2014

I RELATÓRIO: 6030/2014, de 10/12/2014 PARECER CEE/PE Nº 115/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2014 INTERESSADA: POLITEC CARUARU/PE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO - EIXO TECNOLÓGICO: SEGURANÇA, NA MODALIDADE PRESENCIAL, COM ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR RELATOR:

Leia mais

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 INSTITUIÇÃO PROPONENTE: Ministério da Educação CNPJ: 00.394.445/0124-52 SETOR RESPONSÁVEL PELO PROJETO: Secretaria de Educação Básica(SEB) ENDEREÇO: Esplanada dos Ministérios,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PARA UTILIZAÇÃO DOS LABORATORIOS DE ENSINO -UNIFLU- CAMPUS II ODONTOLOGIA DE CAMPOS

REGIMENTO INTERNO PARA UTILIZAÇÃO DOS LABORATORIOS DE ENSINO -UNIFLU- CAMPUS II ODONTOLOGIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO PARA UTILIZAÇÃO DOS LABORATORIOS DE ENSINO -UNIFLU- CAMPUS II ODONTOLOGIA DE CAMPOS MANTENEDORA: Fundação Cultural de Campos Rua Tenente Coronel Cardoso, 349 Centro de Campos dos Goytacazes

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA EMENTA: Reconhece o curso de Graduação Tecnológica em Estética e Cosmética da Universidade Estadual Vale do Acaraú, em caráter Experimental, com validade

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS

REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS Aprovado através da Resolução nº 06/CMS/2010, de 09 de março de 2010, Ananindeua PA Capítulo I DO CADASTRAMENTO

Leia mais

PROMOVENDO ATIVIDADES RELACIONADAS À HIGIENE PESSOAL NO ENSINO FUNDAMENTAL

PROMOVENDO ATIVIDADES RELACIONADAS À HIGIENE PESSOAL NO ENSINO FUNDAMENTAL PROMOVENDO ATIVIDADES RELACIONADAS À HIGIENE PESSOAL NO ENSINO FUNDAMENTAL Renata Fonseca Bezerra¹, Eliete Alves de Sousa¹, Paloma Rodrigues Cunha¹, Larissa Costa Pereira¹, Francisco Cleiton da Rocha²

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: André /

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: André / PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Aplicativos Informatizados Eixo Tecnológico: Ambiente Saúde e

Leia mais

Tecnologia em redes de computadores. Estudos de casos. Nome: Felipe santos do santos Disciplina: Redes I Professor: Eduardo Maroñas Monks

Tecnologia em redes de computadores. Estudos de casos. Nome: Felipe santos do santos Disciplina: Redes I Professor: Eduardo Maroñas Monks Tecnologia em redes de computadores Estudos de casos Nome: Felipe santos do santos Disciplina: Redes I Professor: Eduardo Maroñas Monks Contratante: Ademar de Barros Jr. (pessoa física) Exigências do cliente

Leia mais

Planejamento Estratégico da Coordenação do Curso de Graduação em Psicologia

Planejamento Estratégico da Coordenação do Curso de Graduação em Psicologia Planejamento Estratégico da Coordenação do Curso de Graduação em Psicologia Apresentação: O curso de Psicologia da UFPR foi criado em 1976. Até hoje se apresenta como o único curso público e gratuito de

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Casa de Nossa Senhora da Paz Ação Social Franciscana UF: SP ASSUNTO: Credenciamento da Universidade São Francisco,

Leia mais

ANEXO I. Área física mínima para UPA

ANEXO I. Área física mínima para UPA ANEXO I ÁREA FÍSICA DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA Para o planejamento e a definição da área física mínima e dos ambientes necessários na Unidade de Pronto Atendimento - UPA, foram levados em consideração

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: APOIO EDUCACIONAL

EIXO TECNOLÓGICO: APOIO EDUCACIONAL EIXO TECNOLÓGICO: APOIO EDUCACIONAL Relação de s Apoio Educacional Código Capacitação 808 Auxiliar Administrativo de Secretaria Escolar 896 Auxiliar de Biblioteca Código Habilitação Técnica de Nível Médio

Leia mais