CRONÔMETRO MICROPROCESSADO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRONÔMETRO MICROPROCESSADO"

Transcrição

1 O equipamento possui um display de alta resolução e 6 botões: CRONÔMETRO MICROPROCESSADO (43) LONDRINA PR 1 - Introdução O Cronômetro Microprocessado é um sistema destinado ao controle, aquisição e processamento de dados de experimentos físicos relacionados a fenômenos tais como Movimento Retilíneo Uniformemente Variado (MRUV), movimento pendular, queda livre, dentre outros. O equipamento conta com 6 entradas para sensores óticos, os quais realizam a detecção de passagem de corpos. Baseando-se em leituras dos sinais desses sensores e em alguns parâmetros definidos pelo usuário, o equipamento é capaz de calcular com precisão os valores de tempo, velocidade e aceleração de corpos em movimento. O controle dos modos de operação do Cronômetro e a exibição dos dados adquiridos é feita através de uma interface composta por 6 botões e um display gráfico de alta resolução. O uso dessa interface é simples e intuitiva. O Cronômetro Microprocessado pode ser utilizado em diversos experimentos, sem a necessidade de montagens e configurações demasiadamente complexas, e eliminando o uso de diversos outros equipamentos e recursos, tais como cronômetros e softwares de cálculo. Como a aquisição dos dados é automatizada, a precisão dos resultados é muito maior. 2 Painel frontal / Painel traseiro A imagem a seguir ilustra o painel principal do equipamento, indicando cada um de seus botões: 1 LIGA/DESLIGA Liga/desliga o equipamento. 2 ELETROÍMÃ Libera a bobina que prende o corpo, iniciando o seu movimento. 3 ENTER Permite entrar no modo de ajuste dos valores dos parâmetros. 4 UP Altera o modo de operação ou o valor do parâmetro. 5 DOWN Altera o modo de operação ou o valor do parâmetro. 6 ESC Sai do modo de ajuste de parâmetros ou limpa todos os valores registrados. O painel traseiro conta com sete conectores (para as versões sem USB) ou oito conectores (nos modelos com USB). O conector da esquerda é o conector para a fonte de alimentação e acionamento do eletroímã. Em seguida, se encontram seis conectores para sensores óticos, nomeados em ordem crescente da esquerda para a direita (S1 a S6). No modelo com USB, o conector dedicado se encontra entre a fonte e o sensor S1. 3 Instalando o equipamento Antes da utilização do Cronômetro Microprocessado, é extremamente importante que este seja devidamente instalado e conectado. Durante a instalação, é importante que o equipamento e sua fonte estejam desconectados da tomada. Este será o último passo a ser realizado na montagem do Cronômetro. Primeiramente, devem ser conectados os sensores óticos ao equipamento, seguindo a indicação dos conectores na imagem presente logo acima. Caso esteja sendo utilizada a versão com comunicação USB, o equipamento pode ser ligado a um computador através de um cabo apropriado. Em seguida, o Cronômetro Microprocessado pode ser conectado à sua fonte de alimentação, através do cabo de 6 vias destinado a essa finalidade. O conector destinado a esse cabo é semelhante ao conector dos 1

2 sensores óticos, porém, o seu formato garante que ele possa ser encaixado apenas no terminal destinado à fonte de alimentação. Os cabos utilizados para as conexões dos sensores e da fonte são flexíveis o bastante para permitir boa portabilidade ao cronômetro, o que pode ser muito útil em um laboratório didático. O eletroímã também pode ser conectado à fonte de alimentação. O eletroímã deve ser ligado através do conector rosqueado de duas vias. O conector utilizado garante uma maior segurança ao usuário do equipamento, já que ele evita o contato direto com os terminais do eletroímã. Isso é muito importante, tendo em vista o fato de que caso este seja desconectado enquanto ainda estiver energizado, o eletroímã pode induzir tensões muito altas entre esses terminais. Os terminais para alimentação do eletroímã apresentam uma polaridade definida. Entretanto, o conector só pode ser encaixado de uma única maneira à fonte de alimentação, o que garante que não ocorra uma ligação indevida do eletroímã. Para evitar que o conector se solte indevidamente, este deve estar bem pressionado e rosqueado na fonte de alimentação. O próximo passo é ajustar a fonte de alimentação para adequá-la à tensão fornecida pela rede elétrica. A seleção 110/220 Volts é feita através de uma pequena chave presente em sua lateral. É extremamente importante que o equipamento seja ligado de maneira correta. Caso contrário, ele poderá sofrer danos irreversíveis. Após serem feitas as conexões corretamente, o Cronômetro pode ser ligado, pressionando-se o botão LIGA/DESLIGA. 4 Operando o equipamento Assim que equipamento for ligado, o usuário pode selecionar um dos modos de operação disponíveis, bastando pressionar as teclas UP/DOWN até encontrar a opção desejada. Caso seja necessário ajustar algum parâmetro do modo escolhido, o usuário deve pressionar a tecla ENTER para entrar no modo de ajuste e alterar o parâmetro através dos botões UP/DOWN. O parâmetro ajustado é exibido em destaque no display. Se o valor desejado estiver muito longe do valor atual, o usuário pode manter pressionado o botão UP ou DOWN. Depois de alguns instantes pressionado, o valor do parâmetro passa a ser incrementado ou decrementado mais rapidamente. Caso o modo possua mais de um parâmetro, o usuário pode pressionar novamente a tecla ENTER para realizar o ajuste dos próximos valores. Caso o usuário pressione o botão ESC, o equipamento imediatamente sai do modo de ajuste dos parâmetros. Entretanto, os valores não são salvos na sua memória interna e serão perdidos assim que o Cronômetro for desligado. Para que os valores sejam salvos, é necessário pressionar o botão ENTER passando por todos os parâmetros até que, após o último parâmetro, o Cronômetro saia do modo de ajuste. Desse modo, os valores são salvos na memória interna do Cronômetro, podendo ser utilizados novamente após o equipamento ser desligado. Para iniciar um experimento, basta que o usuário pressione o botão ELETROIMÃ, o qual acionará o eletroimã por um tempo de até 10 segundos. Caso o botão seja pressionado enquanto o eletroimã está acionado, o mesmo será desligado, o corpo começará a se deslocar e a contagem do tempo é iniciada. Se mantido em modo automático, o eletroimã fica acionado durante 10 segundos e desliga automaticamente, iniciando a contagem do tempo. O Cronômetro Microprocessado também pode ser utilizado em experimentos que não envolvam o eletroímã. Em todos os modos, o início da contagem se dá também a partir do primeiro pulso no sensor 1. Ou seja, no momento em que um objeto obstruir o feixe de luz do sensor 1, a contagem é iniciada, sem que seja necessário o uso do eletroímã. Um detalhe interessante do Cronômetro Microprocessado é que, quando este inicia uma contagem, todos os dados adquiridos são temporizados. Sendo assim, mesmo que o usuário inicie uma contagem no modo de Queda livre, por exemplo, todos os outros modos também exibirão dados. Em alguns casos, tais 2

3 dados extras podem não ter validade nenhuma, mas a visualização de todos os dados pode ser muito interessante em determinadas situações. Para desligar o equipamento, basta pressionar o botão LIGA/DESLIGA. 5 Modos de operação O Cronômetro Microprocessado apresenta 8 modos de operação, descritos detalhadamente a seguir. Também são exibidas ilustrações que indicam como cada modo é apresentado no display do equipamento. 10 tempos Nesse modo, o equipamento utiliza apenas um sensor. O display exibe duas colunas com 10 valores cada, sendo que a primeira coluna (T01 a T10) indica o tempo em que ocorre cada passagem do objeto pelo sensor, e a segunda coluna (t1 a t10) mostra o tempo que foi necessário para o objeto passar através do sensor. Uma característica que distingue o modo 10 tempos dos demais é que o usuário pode utilizar o próprio botão ENTER como um sensor extra. A cada momento que o botão for pressionado, o equipamento interpreta como um dado válido de um sensor. pelo sensor. Desse modo, a primeira passagem após o objeto ser solto é considerada válida, enquanto que a segunda passagem (que ocorre na volta do objeto) é desprezada. A terceira passagem (no sentido de ida) é novamente considerada válida. Os valores exibidos no display consideram apenas o tempo entre as passagens válidas. Periódico Permite o estudo de movimentos periódicos. O display exibe na primeira coluna (T1 a T10) os tempos transcorridos entre cada passagem do objeto pelo sensor, enquanto que a segunda coluna (f1 a f10) mostra a respectiva frequência, tendo como base o valor da primeira coluna. Ao contrário do modo Pêndulo, nesse modo todas as passagens pelo sensor são registradas. Elástico O modo Elástico é destinado ao estudo de colisões elásticas. Esse modo utiliza 4 sensores (sensores 0 a 3) e possui dois parâmetros. O parâmetro d01 deve ser configurado para indicar a distância em milímetros entre os sensores 0 e 1, enquanto que o mesmo deve ser feito no parâmetro d23 em relação à distância entre os sensores 2 e 3. Pêndulo O modo Pêndulo permite a verificação de movimentos pendulares. O display exibe duas colunas, sendo que a primeira (T1 a T10) indica o tempo entre as passagens válidas do objeto pelo sensor, e a segunda coluna (f1 a f10) exibe a frequência de oscilação do pêndulo, determinada a partir dos valores da primeira coluna. Nesse modo, são exibidos três valores de tempo e três valores de velocidade. A primeira linha de valores mostra o tempo entre a passagem do corpo móvel pelos sensores 0 e 1 (T01) e a velocidade média nesse deslocamento (Vm01), antes que ocorra o choque com o segundo corpo. É importante observar que no modo Pêndulo, são consideradas válidas as passagens ímpares do objeto A segunda linha mostra o tempo de volta do corpo após a colisão (T10) e a sua velocidade média (Vm10) enquanto que a terceira linha exibe o tempo de deslocamento entre os sensores 2 e 3 (T23) do corpo que foi atingido e a sua velocidade média (Vm23). 3

4 Inelástico Nesse modo, são exibidos os valores obtidos pelo equipamento no estudo de colisões inelásticas. No modo Inelástico, são utilizados 4 sensores (sensores 0 a 3) e é necessário configurar 4 parâmetros. O parâmetro d01 deve ser configurado com a distância entre os sensores 0 e 1, enquanto que d23 deve ser ajustado com a distância entre os sensores 2 e 3. velocidades médias do corpo no seu deslocamento entre dois sensores adjacentes. Queda livre Esse modo é destinado a experimentos relacionados ao estudo da Queda livre. São utilizados até 6 sensores no modo Queda livre O modo Queda livre possui duas telas distintas para exibição de dados. Existem sete parâmetros que podem ser configurados pelo usuário: os parâmetros d01 a d06 e t_bobina. Os valores de d01 a d06 devem ser configurados com distância entre o ponto de lançamento do corpo e o sensor correspondente (S1 a S6). No modo Inelástico, são exibidos dois valores de tempo e dois valores de velocidade. A primeira linha se refere ao tempo que o corpo móvel leva para percorrer a distância entre os sensores 0 e 1 antes do choque (T01) e a sua velocidade média nesse deslocamento (Vm01). A segunda linha exibe os dados obtidos após a colisão: o tempo entre a passagem do corpo atingido através dos sensores 2 e 3 e a velocidade média nesse deslocamento. O parâmetro t_bobina é um ajuste de precisão, relacionado ao tempo necessário para o eletroímã se desmagnetizar após a corrente que passa por ele ser reduzida a zero. Tal valor pode ser ajustado de modo a minimizar os erros causados por essa diferença entre o momento em que o eletroímã é desligado e o momento em que o corpo começa a se deslocar. O ajuste dos parâmetros é feito pressionando-se o botão ENTER e alterando o valor através dos botões UP/DOWN. Quando o botão ENTER é pressionado pela primeira vez, o usuário entra no modo de ajuste de d01. Para que os outros parâmetros sejam alterados, basta pressionar ENTER novamente. MRU / MRUV Nesse modo, podem ser estudados o Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) e o Movimento Retilíneo Uniformemente Variado (MRUV). Nesse modo, são utilizados os 6 sensores do Cronômetro Microprocessado. O modo MRU / MRUV possui um parâmetro a ser configurado, indicado por "d" no display, o qual determina a distância entre sensores adjacentes. Para alterar o parâmetro, o usuário deve pressionar ENTER, alterar seu valor através de UP/DOWN e pressionar ENTER novamente. São exibidos três tipos de dados no display. Nas linhas superiores da coluna da esquerda, são exibidos os valores T01 a T06, os quais indicam os tempos em que o corpo passa por cada um dos sensores. Na coluna da direita, os valores T01 a T56 indicam os tempos que o corpo leva para percorrer a distância entre dois sensores adjacentes. Nas três colunas inferiores, são exibidas as Diversos valores são exibidos nas duas telas do modo. Na primeira tela, são exibidos os tempos entre o lançamento do corpo e o momento em que este passa pelos sensores (T01 a T06) e as velocidades médias entre o lançamento e a passagem pelo sensor (Vm01 a 4

5 Vm06). Na segunda tela, são mostradas as velocidades instantâneas na passagem em cada sensor (Vf1 a Vf6), as acelerações calculadas entre cada sensor e a origem (a01 a a06) e as velocidades médias entre as passagens por sensores adjacentes (Vm01 a Vm56). Velocidades Nesse modo, podem ser monitoradas as velocidades instantâneas de um corpo na passagem por cada um dos sensores. Esse modo utiliza os 6 sensores e possui um parâmetro, o qual deve se configurado com o diâmetro do objeto em milímetros. Na coluna à esquerda do display, é exibido tempo transcorrido entre o lançamento do objeto e sua passagem por cada um dos sensores (T1 a T6), enquanto que na coluna da direita é mostrada a velocidade instantânea do corpo na passagem por cada um dos sensores. Esse valor leva em consideração o tempo de passagem e o tamanho do objeto. Especificações da bobina: Indutância: 1,02 H Resistência: 370 Ω Especificações do sistema: 6 Especificações Precisão da unidade de tempo (segundo): 4 casas decimais (100 μs) Precisão da unidade de velocidade (m/s): 4 casas decimais Precisção da unidade de aceleração (m/s 2 ): 4 casas decimais 5

MANUAL DE INSTRUÇÕES DEMARCADOR RODOVIÁRIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES DEMARCADOR RODOVIÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES DEMARCADOR RODOVIÁRIO MDMR-3P/III 1 Equipamento Fabricado por: SENSORES INDUSTRIAIS MAKSEN LTDA Rua José Alves, 388 Mogi Guaçu - SP CNPJ 04.871.530/0001-66 I.E. 455.095.131.110 www.maksen.com.br

Leia mais

Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br KDE50. Kit Didático de Eletrônica

Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br KDE50. Kit Didático de Eletrônica Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br KDE50 Kit Didático de Eletrônica MANUAL Jul / 2011 Sumário 1.Descrição Geral...2 2.Composição

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

Manual de Operação e Instalação. Microterminal TCP/IP MT740. versão 1.0

Manual de Operação e Instalação. Microterminal TCP/IP MT740. versão 1.0 Manual de Instalação e Operação MT740 1/16 Manual de Operação e Instalação Microterminal TCP/IP MT740 versão 1.0 Manual de Instalação e Operação MT740 2/16 Índice Descrição 3 Reconhecendo o Terminal 5

Leia mais

Controlador Automatizador CAP-1

Controlador Automatizador CAP-1 Controlador Automatizador CAP-1 Guia de Referência 1 Sumá rio 1 Introdução... 3 2 Especificações Técnicas... 3 2.1 Itens Inclusos... 4 3 Controle Remoto... 4 3.1 Funcionalidades das Teclas... 4 4 Conexões...

Leia mais

Manual de operações e instruções

Manual de operações e instruções Manual de operações e instruções Transmissor e Indicador de Vazão de Ar TIVA Com display LCD Rua Cincinati, 101 - São Paulo -SP Tel. / Fax (011) 5096-4654 - 5096-4728. E-mail: vectus@vectus.com.br Para

Leia mais

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO O temporizador programável tem como função básica monitorar o tempo e acionar sua saída de acordo com programação previamente realizada

Leia mais

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764 Manual do Usuário A GPTRONICS está capacitada a fabricar produtos de excelente qualidade e oferecer todo o suporte técnico necessário, tendo como objetivo

Leia mais

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação.

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação. Apresentação 1 Display LCD 2 Tecla + (aumentar) 3 Tecla Seleção 4 Tecla (diminuir) 5 Tecla Motor manual 6 Tecla Reset contador 7 Led Indica painel ligado 8 Led resistência ligada 9 Led Prensa ligada 10

Leia mais

Mapeamento de memória e programação da IHM do controlador CP-WS41/8DO8DI4AO2AI2TAI

Mapeamento de memória e programação da IHM do controlador CP-WS41/8DO8DI4AO2AI2TAI Comércio e Manutenção de Produtos Eletrônicos Manual CP-WS1 Mapeamento de memória e programação da IHM do controlador CP-WS41/8DO8DI4AO2AI2TAI PROXSYS Versão 1.0 Março-2013 Controlador Industrial CP-WS1

Leia mais

Display de Propaganda. Manual Usuário Rev. 1.1

Display de Propaganda. Manual Usuário Rev. 1.1 Display de Propaganda Manual Usuário Rev. 1.1 Janeiro 2011 1 ATENÇÃO: Antes de utilizar o equipamento, leia atentamente este manual para sua correta configuração e manuseio imprescindíveis para sua adequada

Leia mais

Seu manual do usuário HP PAVILION B1400 http://pt.yourpdfguides.com/dref/852176

Seu manual do usuário HP PAVILION B1400 http://pt.yourpdfguides.com/dref/852176 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP PAVILION B1400. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

CM4020/M. Controlador do Fator de Potência. Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3

CM4020/M. Controlador do Fator de Potência. Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3 Controlador do Fator de Potência CM4020/M Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3 Embrasul Indústria Eletrônica Ltda Av. Bahia, 684 - Porto Alegre - RS - Brasil 90240-551 Fone: (51) 3358.4000 - Fax: (51)

Leia mais

MANUAIS DE INSTRUÇÃO

MANUAIS DE INSTRUÇÃO MANUAIS DE INSTRUÇÃO ESPECIFICAÇÕES O DIMMER RACK 12 CANAIS CBI é fabricado para cumprir com as especificações do mercado de iluminação profissional, iluminação cênica, decorativa, shows, eventos e iluminação

Leia mais

Guia do Usuário. Registrador de Dados de Pressão barométrica / Umidade e Temperatura Modelo SD700

Guia do Usuário. Registrador de Dados de Pressão barométrica / Umidade e Temperatura Modelo SD700 Guia do Usuário Registrador de Dados de Pressão barométrica / Umidade e Temperatura Modelo SD700 Introdução Parabéns pela sua compra do Registrador de Dados de Pressão barométrica/umidade/temperatura Extech

Leia mais

Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000. www.acenodigital.com.br. Rua Porto Alegre, 212 Jd. Agari 43 3027-2255 Cep: 86.

Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000. www.acenodigital.com.br. Rua Porto Alegre, 212 Jd. Agari 43 3027-2255 Cep: 86. Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000 Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000 Este manual apresenta o funcionamento e os procedimentos de configuração e instalação dos painéis Aceno Digital, modelos

Leia mais

Modem e rede local. Guia do Usuário

Modem e rede local. Guia do Usuário Modem e rede local Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso. As únicas garantias para produtos

Leia mais

3.5 SAÍDAS DE CONTROLE * Saída 1: Saída do Compressor. Saída à relé, máx. 2A, carga resistiva. * Saída 2: Saída do degelo.

3.5 SAÍDAS DE CONTROLE * Saída 1: Saída do Compressor. Saída à relé, máx. 2A, carga resistiva. * Saída 2: Saída do degelo. (63(&,,&$d (6 1Ë9(/'(352*5$0$d 2 &$5$&7(5Ë67,&$6 O MJS é um controlador digital microcontrolado projetado para aplicações de refrigeração, atuando no controle do compressor, nos ciclos de degelo, nos ventiladores

Leia mais

Registrador de Dados de CO 2 /Umidade/Temperatura

Registrador de Dados de CO 2 /Umidade/Temperatura Guia do Usuário Registrador de Dados de CO 2 /Umidade/Temperatura Modelo SD800 Introdução Parabéns pela sua compra do Registrador de Dados de CO 2 /Temperatura/Umidade Extech SD800. Este aparelho mede,

Leia mais

Manual de Instruções. Posicionador e Incrementador Modelo PIS-01/72. Cód.: Frontal. Conexões Elétricas. Introdução

Manual de Instruções. Posicionador e Incrementador Modelo PIS-01/72. Cód.: Frontal. Conexões Elétricas. Introdução Introdução Características Técnicas O posicionador e incrementador Samrello é um equipamento utilizado para o comando de posicionamento dos eixos em máquinas e processos, em diversas áreas e aplicações.

Leia mais

CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7"

CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7 CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7" 1. CARACTERÍSTICAS Tela de LCD com 7 polegadas Resolução de 480 x 234 pixels Controle remoto com alcance de até 3m para controle total das funções

Leia mais

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Manual do Usuário Versão 3.9f 2 ÍNDICE PÁG. 1 APRESENTAÇÃO...03 2 DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO...04 2.1 ROTINA INICIAL DE AVALIAÇÃO DA REDE ELÉTRICA...04 2.2 TROCA DE

Leia mais

AOM-7694 MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-7694: www.asaelectronics.

AOM-7694 MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-7694: www.asaelectronics. MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO Características do modelo AOM-7694: Painel de LCD colorido padrão automotivo de alto desempenho de 7 polegadas Entrada A/V

Leia mais

Capítulo 1 Sobre Seu Plotter Cortador de Vinil

Capítulo 1 Sobre Seu Plotter Cortador de Vinil Capítulo 1 Sobre Seu Plotter Cortador de Vinil 1.1 Inspeção Inicial Antes de configurar sua plotter de recorte, desembale cuidadosamente e inspecione o que você recebeu na embalagem comparando o conteúdo

Leia mais

Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P

Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P 1. Introdução ao Tablet PC 1.1 Diagrama geral do Tablet PC Diagrama Frontal: Figura 1-1. Diagrama Lateral: Figura 1-2 Diagrama Traseiro: Figura 1-3 1.2 Tablet PC - Uso

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130 V.1.01 / Revisão 4 ÍNDICE Item Página 1. Introdução...01 2. Características...01

Leia mais

Comprador: Endereço: Cidade: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da venda: / / ID: P18407 - Rev. 1

Comprador: Endereço: Cidade: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da venda: / / ID: P18407 - Rev. 1 A instalação por outrem implicará em exclusão da garantia em decorrência de defeitos causados pela instalação inadequada. Somente técnico autorizado está habilitado a abrir, remover, substituir peças ou

Leia mais

Manual do Usuário REV 2.0 MMD1 VSI VERSÃO 1.0 OPERAÇÃO

Manual do Usuário REV 2.0 MMD1 VSI VERSÃO 1.0 OPERAÇÃO Manual do Usuário REV 2.0 MMD1 VSI VERSÃO 1.0 OPERAÇÃO Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de alta confiabilidade, projetado e construído dentro dos mais rígidos padrões de qualidade. A MEDLIQ

Leia mais

3.2 DIMENSÕES PLACA IHM: * Peso aproximado: 205g. * Dimensões para fixação na parte interna da parede: 120,8x120, 8x5,2 mm.

3.2 DIMENSÕES PLACA IHM: * Peso aproximado: 205g. * Dimensões para fixação na parte interna da parede: 120,8x120, 8x5,2 mm. 3. ESPECIFICAÇÕES 4.1 MODO DE OPERAÇÃO 3.1 GERAIS * Displays touchscreen; * Controle de dia e hora via RTC (Real-Time Clock), com bateria interna; * Duas agendas com memória para até 56 eventos (liga/desliga)

Leia mais

Micro Terminal IDTECH

Micro Terminal IDTECH Micro Terminal IDTECH Versão: 5.0.8 Micro Terminal IDTECH O Micro Terminal IDTech é um equipamento que possui uma estrutura de hardware e software completa para aplicações em automação comercial. Contém

Leia mais

Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema.

Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema. Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema. 1) Materiais a serem utilizados - Para realizar este procedimento deve-se estar de posse dos seguintes itens:

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BOMBAS

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BOMBAS MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BOMBAS Configuração e Instalação de Hardware e Bombas Página 1 Manual de Configuração e Instalação de Hardware e Bombas Junho de 2008 Revisão 1.2(Primeira Edição Setembro de 2007)

Leia mais

Modem e Redes Locais. Número de Peça: 383057-202. Outubro de 2005

Modem e Redes Locais. Número de Peça: 383057-202. Outubro de 2005 Modem e Redes Locais Número de Peça: 383057-202 Outubro de 2005 Sumário 1 Modem Interno Utilização do Cabo de Modem....................... 2 Utilização de um Adaptador de Cabo de Modem Específico para

Leia mais

hardwarecar.com.br 1 Tecla para acionamento do freio de largada e Reset dos cronômetros e Mapas. 4 Teclas para navegação e programações.

hardwarecar.com.br 1 Tecla para acionamento do freio de largada e Reset dos cronômetros e Mapas. 4 Teclas para navegação e programações. Tecla para acionamento do freio de largada e Reset dos cronômetros e Mapas. 4 Teclas para navegação e programações. A saída do chicote esta localizada na parte traseira ou inferior do. hardwarecar.com.br

Leia mais

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO MONITOR LCD DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO para Mac Versão 1.0 Modelos aplicáveis PN-L802B/PN-L702B/PN-L602B Conteúdo Introdução...3 Requisitos do sistema...3 Configuração do computador...4

Leia mais

Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC

Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC Manual do usuário Antes de tentar conectar ou operar este produto, por favor, leia atentamente estas instruções. ÍNDICE 1. PRECAUÇÕES --------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Atenção ainda não conecte a interface em seu computador, o software megadmx deve ser instalado antes, leia o capítulo 2.

Atenção ainda não conecte a interface em seu computador, o software megadmx deve ser instalado antes, leia o capítulo 2. Atenção ainda não conecte a interface em seu computador, o software megadmx deve ser instalado antes, leia o capítulo 2. Interface megadmx SA Firmware versão 1, 2 e 3 / software megadmx 2.000 (Windows/MAC

Leia mais

Manual de Operação e Configuração Versão Dosador de Óleo 1.1. Dosador de Óleo PESO EXATO

Manual de Operação e Configuração Versão Dosador de Óleo 1.1. Dosador de Óleo PESO EXATO Manual de Operação e Configuração Versão Dosador de Óleo 1.1 Dosador de Óleo PESO EXATO DEZEMBRO / 2009 2 ÍNDICE 1 MENU F1:... 4 1.1 Programação do peso do Óleo a ser dosado... 4 2 MENU F2... 5 2.1 Quantidade

Leia mais

MANUAL DO USUARIO DIMMER ENERGY L.E.D Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO. Manual do Usuário Versão 1

MANUAL DO USUARIO DIMMER ENERGY L.E.D Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO. Manual do Usuário Versão 1 Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO Manual do Usuário Versão 1 Página 2 de 11 Índice 1. INTRODUÇÃO...2 2. DESCRIÇÃO...2 3. POSICIONAMENTO/MEDIDAS/INDICADORES...3/4

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44 Versão 0.xx / Rev. 03 Índice Ítem Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

Manual Balanças Kids. Balança Pesadora Kids Manual do Usuário. www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1

Manual Balanças Kids. Balança Pesadora Kids Manual do Usuário. www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1 Balança Pesadora Kids Manual do Usuário www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1 Indice 1. Instalação 2. Localização da Funções 3. Ligando a Balança 4. Operação 5. Configurações 6. Mensagens

Leia mais

Vigilância Remota. Distância não faz diferença

Vigilância Remota. Distância não faz diferença Vigilância Remota Distância não faz diferença Para nossos clientes valiosos, Obrigado por escolher este produto. Você vai se surpreender com as úteis funções que este produto oferece, especialmente pelo

Leia mais

Modem e rede local. Guia do usuário

Modem e rede local. Guia do usuário Modem e rede local Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso. As únicas garantias para produtos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Torquímetro Digital

MANUAL DE INSTRUÇÕES Torquímetro Digital MANUAL DE INSTRUÇÕES Torquímetro Digital 44502/301 Antes da utilização, leia atentamente as instruções das páginas 18 e 19. Versão: DEZEMBRO/2012 Este manual irá ajudá-lo a utilizar todas as funções presentes

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES BANHO SECO DIGITAL MODELOS D1100 E D1200. Representante: Ciencor Scientific Ltda www.ciencor.com.br Fone: (11) 3673-7809

MANUAL DE INSTRUÇÕES BANHO SECO DIGITAL MODELOS D1100 E D1200. Representante: Ciencor Scientific Ltda www.ciencor.com.br Fone: (11) 3673-7809 MANUAL DE INSTRUÇÕES BANHO SECO DIGITAL MODELOS D1100 E D1200 Representante: Ciencor Scientific Ltda www.ciencor.com.br Fone: (11) 3673-7809 1 MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 ESPECIFICAÇÕES GERAIS : Faixa de temperatura

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

Manual de instruções Controlador RGB DMX CRGB-V1

Manual de instruções Controlador RGB DMX CRGB-V1 Manual de instruções Controlador RGB DMX CRGB-V1 Índice - 1 Características técnicas...2-1.1 Instalação...4-2 Menu...4-2.1 Navegando no Menu...5-2.2 Efeitos...6-2.3 Operação...6-3 Configuração DMX 512...7-3.1

Leia mais

Gradual Tecnologia Ltda

Gradual Tecnologia Ltda Geral:...2 Conhecendo o produto:...3 Montagem do Dualtech CPU RS-485/TCP-IP...4 Montagem Dualtech em MODO TCP-IP (Prisma)...6 Montagem Dualtech em MODO RS485 (Las Vegas)...7 1 Geral: Este documento tem

Leia mais

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K Imagem meramente ilustrativa Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K 1 Sumário Apresentação... 3 1. Fixação do Equipamento... 3 2. Estrutura e Funções... 4 3. Conexões... 4 4. Conexão com outros acessórios...

Leia mais

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Índice Capítulo 1: O Produto Acessórios que compõem o produto Função do modelo Capítulo 2: Instalação do Produto Instalação física Conexão a tomada Cabo

Leia mais

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem.

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem. ÍNDICE 1 - INTERFACE/TECLAS... 3 2 - LIGANDO O EQUIPAMENTO... 4 3 - CRIANDO UM WAYPOINT... 4 4 - CRIANDO UMA TRILHA... 7 4.1 Apagando traçados... 7 4.2 Criando Trilhas... 8 - Posicione-se no ponto de partida

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação Motores Energia Automação Tintas PFW01 Controlador Automático do Fator de Potência Manual de Instalação e Operação Atenção Você está utilizando um equipamento que trabalha com tensões elevadas. Atenção

Leia mais

Contador Digital Up/Down

Contador Digital Up/Down MANUAL DE OPERAÇÃO Contador Digital Up/Down C100D HNI Cód. 90.506.1010 Programa Executivo: C100D HNI v.1.0 Modelos: 220VAC, 127VAC, 24VAC e 12VDC e 24VDC 40-000-0129 Rev. A fevereiro 2008. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO:...

Leia mais

OPL9815 Inventário Configurável

OPL9815 Inventário Configurável OPL9815 Inventário Configurável Versão: PXOINCG (OPL9815) 30/09/2015: Revisão 01 Opticon Latin America Versão: INCG - Página 1 1. Funcionalidades... 3 2. Teclas... 3 3. Estrutura de Menus... 4 3. 1. Coleta...

Leia mais

ELLIPTICA RESIDENCIAL E850

ELLIPTICA RESIDENCIAL E850 ELLIPTICA RESIDENCIAL E850 MODELO: Manual do usuário PORTUGUÊS Lista de Partes e Peças ESTRUTURA PRINCIPAL TUBO SUPORTE CENTRAL MANUBRIO FRONTAL MANUBRIO LATERAIS ESTABILIZADOR PLÁSTICO FRONTAL ESTABILIZADOR

Leia mais

LASERTECK LTA450 MANUAL DE USO

LASERTECK LTA450 MANUAL DE USO LASERTECK LTA450 MANUAL DE USO 2014 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 INFORMAÇÕES TÉCNICAS... 3 3 CALIBRAGEM DOS MÓDULOS LASER (AFERIÇÃO E TEMPORIZAÇÃO)... 3 3.1 AFERIÇÃO DO LASER PONTO LONGITUDINAL...3 3.2

Leia mais

CM8000TC. Manual do Usuário

CM8000TC. Manual do Usuário CM8000TC Manual do Usuário R Descrição Geral O CM8000TC é um temporizador microprocessado com 2 setpoints. Possui display a LED de 6 dígitos com escala em horas, minutos e segundos. A programação dos setpoints

Leia mais

Guia do Usuário. Higrotermômetro e Registrador de Dados Modelo SD500

Guia do Usuário. Higrotermômetro e Registrador de Dados Modelo SD500 Guia do Usuário Higrotermômetro e Registrador de Dados Modelo SD500 Introdução Parabéns pela sua compra do Registrador de dados de Temperatura/Umidade Extech SD500. Este aparelho mede, exibe e armazena

Leia mais

Atualizações de Software Guia do Usuário

Atualizações de Software Guia do Usuário Atualizações de Software Guia do Usuário Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. Aviso sobre o produto

Leia mais

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201

Atualização, Backup e Recuperação de Software. Número de Peça: 405533-201 Atualização, Backup e Recuperação de Software Número de Peça: 405533-201 Janeiro de 2006 Sumário 1 Atualizações de Software Recebimento Automático de Atualizações de Software HP...................................

Leia mais

FILMADORA SPORT MANUAL DO USUÁRIO. Todas as Imagens deste manual são meramente ilustrativas.

FILMADORA SPORT MANUAL DO USUÁRIO. Todas as Imagens deste manual são meramente ilustrativas. FILMADORA SPORT MANUAL DO USUÁRIO Todas as Imagens deste manual são meramente ilustrativas. www.orangeexperience.com.br FILMADORA SPORT ÍNDICE Acessórios Encaixe dos Suportes Requisitos do Sistema O

Leia mais

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO INTRODUÇÃO INFORMAÇÃO GERAL 1 O Painel Eletrônico LOHR foi desenvolvido para ser instalado no interior de veículos

Leia mais

CO-6 Medidor de dióxido de carbono (CO2)

CO-6 Medidor de dióxido de carbono (CO2) CO-6 Medidor de dióxido de carbono (CO2) DETECTOR 1. Sensor de temperatura e umidade 2. Sensor de CO2 (parte traseira) 3. display LCD 4. Conector adaptador AC 5. porta RS232 6. Teclado 7. Compartimento

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44 Versão: 1.xx / Rev. 03 ÍNDICE Item Página 1. Introdução... 02 2. Características... 02 3.

Leia mais

Guia do Usuário. Monitor de CO 2 e Registrador de Dados. Modelo CO210. Distributed by MicroDAQ.com, Ltd. www.microdaq.

Guia do Usuário. Monitor de CO 2 e Registrador de Dados. Modelo CO210. Distributed by MicroDAQ.com, Ltd. www.microdaq. Guia do Usuário Monitor de CO 2 e Registrador de Dados Modelo CO210 Introdução Parabéns pela sua compra do Medidor de Dióxido de Carbono Modelo CO210. Esse medidor mede e registra os dados no nível de

Leia mais

Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch

Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch Objetivo Criar uma conexão de console desde um PC até um roteador ou switch usando o cabo apropriado Configurar o HyperTerminal

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES w w w. i n c o t e r m. c o m. b r MANUAL DE INSTRUÇÕES SCAN TERMÔMETROS INFRAVERMELHO SÉRIE /ST - 1000 Medição, Controle e Registro Automação em Análise Laboratório e Pesquisa Praticidade Manual de Instruções

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA PJ-6/PJ-63/ PJ-66/PJ-663 Impressora portátil Para obter mais informações sobre como usar esta impressora, certifique-se de ler o Manual do Usuário da Pocket Jet, fornecido no

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708 Guia Rápido de Instalação VNT 7704 e VNT 7708 Conteúdo 1. Instale o HD... 3 1.1. Instale o HD... 3 2. Conexões... 3 2.1. Vista traseira do DVR de 04 canais... 3 2.2. Vista traseira do DVR de 08 canais...

Leia mais

Modem e rede local. Guia do Usuário

Modem e rede local. Guia do Usuário Modem e rede local Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações contidas neste documento estão sujeitas à alterações sem aviso. As únicas garantias para produtos

Leia mais

Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC

Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC Vídeo Porteiro GVW-201CM/GVP 100CC Manual do usuário Antes de tentar conectar ou operar este produto, por favor, leia atentamente estas instruções. ÍNDICE PRECAUÇÕES IMPORTANTES...3 CONTEÚDO DA EMBALAGEM...3

Leia mais

MANUAL ZEDIT 32 Índice:

MANUAL ZEDIT 32 Índice: MANUAL ZEDIT 32 Índice: Configuração Painel -------------------------------------------------------------------- 02 à 04 Criar Novo modelo Painel -------------------------------------------------------------

Leia mais

Programa Acessa Escola Atualização do Sistema das salas Etapa Final

Programa Acessa Escola Atualização do Sistema das salas Etapa Final Programa Acessa Escola Atualização do Sistema das salas Etapa Final As informações contidas neste documento devem ser seguidas para o completo funcionamento dos computadores da Sala do Acessa Escola. LEIA

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI MANUAL DE REFERÊNCIA PANANTEC ATMII COMÉRCIIO E SERVIIÇO LTDA Rua Apuanã, 31 - Jd. Jaçanã cep: 02318-050 São Paulo / SP Brasil Fone: (11) 2243-6194 / 2243-6192 Fax: (11)

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

MANUAL DA BANCADA DE TESTES JET SONIC

MANUAL DA BANCADA DE TESTES JET SONIC MANUAL DA BANCADA DE TESTES JET SONIC São Carlos Maio de 2008 Índice Introdução Características principais Especificações técnicas Ligação do equipamento à rede Solução (líquido) de teste Configuração

Leia mais

PS 9100. Contadora e Classificadora de Moedas

PS 9100. Contadora e Classificadora de Moedas Contadora e Classificadora de Moedas ÍNDICE 1 Identificação : 2 Instalação: 2.1 Conteúdo: 2.2 Desembalagem : 2.3 Instruções de Instalação : 3 Documentos : 3.1 Especificações das Moedas : 3.2 Condições

Leia mais

BV-4000X. Manual Simplificado

BV-4000X. Manual Simplificado BV-4000X Manual Simplificado Este Manual Simplificado têm o intuito de expor as principais funções de seu Planet tab BV-4000X. Pode ser encontrado na memória interna de seu Planet tab ou no site da Bravva,

Leia mais

O não cumprimento dessas instruções bem como as de todo!manual e termo de garantia acarretará a perda total da mesma.

O não cumprimento dessas instruções bem como as de todo!manual e termo de garantia acarretará a perda total da mesma. Manual do Usuário Manual do Usuário 1 A GPTRONICS desenvolve soluções em produtos eletrônicos microcontrolados. É uma empresa 100% nacional, inovadora e focada na satisfação de seus clientes. Oferece um

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-713WP:

Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-713WP: Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO Características do modelo AOM-713WP: Painel de LCD colorido padrão automotivo de alto desempenho de 7 polegadas

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R Manual de Instruções MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R RECURSOS ESPECIAIS Indicador de nível baixo de bateria Exibe 61 gases de refrigeração Exibe temperatura correspondente do ponto de saturação,

Leia mais

dígitos. altura (mm) 10

dígitos. altura (mm) 10 ±,QVWDODomR Este equipamento é de fixação em, por meio de duas presilhas, cujo aperto é realizado por parafuso. As dimensões para a abertura são indicadas na figura1. O esquema de ligação é mostrado na

Leia mais

Usando o computador portátil GIGABYTE pela primeira vez. 2 Conecte o adaptador AC no conector de entrada DC no lado esquerdo do computador portátil.

Usando o computador portátil GIGABYTE pela primeira vez. 2 Conecte o adaptador AC no conector de entrada DC no lado esquerdo do computador portátil. Parabéns por adquirir um Notebook GIGABYTE. Este manual irá ajudá-lo a começar com a configuração do seu computador portátil. A configuração do produto final depende do modelo no momento da sua compra.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press. Guia de impressão

Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press. Guia de impressão Splash RPX-iii Xerox 700 Digital Color Press Guia de impressão 2008 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto.

Leia mais

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Página 1 de 18 MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Controlador: CPG2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO GIGA 24V LCD RTC RS485 CPM2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO MEGA 24V LCD RTC RS485 Acessórios: CJAV07

Leia mais

Manual do Usuário. INCON ELETRÔNICA LTDA. R. Alfeo Ambrogi Nº 735 Vila Mercedes CEP:13570-540 São Carlos - SP Fone: (55) 016 3363-4100

Manual do Usuário. INCON ELETRÔNICA LTDA. R. Alfeo Ambrogi Nº 735 Vila Mercedes CEP:13570-540 São Carlos - SP Fone: (55) 016 3363-4100 CR2010 Desenvolvimento de Softwares Supervisórios; Sistemas Automáticos de Teste; Automação de Máquinas e Processos; Montagem de Painéis; Contadores; Tacômetros; Temporizadores; Encoder s e Sensores; CLP

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA Abaixo seguem os passos necessários para que você possa cadastrar um Equipamento do tipo Balança Topmax S no Software Urano Integra. Passo 1: Acessar

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204 Versão 1.XX / Rev. 1 Índice Item Página 1. Introdução...02 2. Características...02

Leia mais

AVAL 3000 PORTA GIRATÓRIA. 8 áreas. Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br

AVAL 3000 PORTA GIRATÓRIA. 8 áreas. Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br PORTA GIRATÓRIA AVAL 3000 8 áreas Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br 2014 - MINEORO - Indústria Eletrônica Ltda. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com Leandro N.Alem 1351/53 MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE ESPECIFICAÇÕES...3 CONEXÕES ELÉTRICAS...3 OPERAÇÃO...4 CICLO DE CALIBRAÇÃO...4 INDICAÇÃO DE ERRO...4 Leandro N.Alem 1351/53 2 O N320 é um termômetro digital

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Receptor HD ISDB-T

MANUAL DO USUÁRIO. Receptor HD ISDB-T MANUAL DO USUÁRIO Receptor HD ISDB-T Painel Frontal e Traseiro Painel Frontal: USB CH- CH+ POWER 1 2 3 4 Painel Traseiro: RF IN RF OUT COAXIAL R L VIDEO DC IN HD 5 6 7 8 9 10 11 12 1. Porta USB 2.0: Entrada

Leia mais

Manual de Instruções Docuware Adminsitrator. Tipo de Documento: MANUAL DE INSTALAÇÃO NEXTEL OTC. Área do Autor: SUPI Suporte e Implantação de Soluções

Manual de Instruções Docuware Adminsitrator. Tipo de Documento: MANUAL DE INSTALAÇÃO NEXTEL OTC. Área do Autor: SUPI Suporte e Implantação de Soluções 1 NEXTEL OTC Autor: Flávio dos Santos Carlos Área do Autor: SUPI Suporte e Implantação de Soluções Data de Criação: 26/05/2011 Última Atualização: 26/05/2011 Versão: 1.0 Este documento descreve os principais

Leia mais

Câmera frontal. Liga/Desliga. Voltar

Câmera frontal. Liga/Desliga. Voltar MEU AN400 Conector USB Fone de ouvido Receptor Subir/baixar volume Câmera frontal Liga/Desliga LCD Início Menu Voltar Câmera traseira Flash Tampa traseira Viva voz 1 C O N FI GU R A Ç Ã O D O S E U TE

Leia mais