TOMADA DE PREÇOS AA Nº 02/2011 BNDES ATA DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TOMADA DE PREÇOS AA Nº 02/2011 BNDES ATA DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS"

Transcrição

1 TOMADA DE PREÇOS AA Nº 2/211 BNDES ATA DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS Aos seis dias do mês de janeiro do ano de dois mil e doze (6/1/212), reuniram-se os membros da Comissão Especial de Licitação do BNDES, designados pela Portaria PRESI nº 144/211, de 3/1/211, para o Julgamento das Propostas Técnicas apresentadas pelas Licitantes na Tomada de Preços AA Nº 2/211 BNDES. I. DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS TÉCNICAS A Comissão Especial de Licitação procedeu à análise das Propostas Técnicas apresentadas pelas Licitantes no Tomada de Preços AA Nº 2/211 BNDES, de acordo com os critérios e fórmulas constantes no subitem do EDITAL e no seu ANEXO VIII, conforme exposto abaixo. Foram avaliados os Atestados e Certidões apresentados pelas empresas Archi 5 Arquitetos Associados Ltda., GBM Engenharia e Arquitetura Ltda. e PJJ Malucelli Arquitetura Ltda. II. RESULTADO DA ANÁLISE Considerando os documentos apresentados pelas referidas empresas, foi verificada a seguinte pontuação para cada uma delas: QUADRO RESUMO DAS NOTAS TÉCNICAS Empresa Archi 5 Arquitetos Associados Ltda. GBM Engenharia e Arquitetura Ltda. PJJ Malucelli Arquitetura Ltda. Empresa Equipe Técnica da Proposta Técnica PPT(L) Nota Técnica NT(L) , , A pontuação detalhada alcançada por cada Licitante encontra-se no Anexo desta Ata. III. PONTUAÇÃO DA EMPRESA LICITANTE CRITÉRIOS 1 e 2 III.1. ATESTADOS/CERTIDÕES NÃO PONTUADOS CONSIDERAÇÕES GERAIS O item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, estabeleceu que somente seriam pontuados os Atestados/Certidões cujo objeto compreendesse construção, reforma e/ou amplicação de ambientes compatíveis com o

2 objeto da licitação, assim considerados Auditórios Teatros, Cinemas e Salas de Espetáculos. Os mesmos Critérios de, Anexo VIII do Edital, continham uma provisão para os casos em que tais tipologias de projeto estivessem inseridas em outros edifícios, conforme alínea a do item 2.3 do referido documento: Nos casos de projetos inseridos em outras tipologias de edificação, será considerada exclusivamente a área referente a auditórios, teatros, cinemas e salas de espetáculo (os grifos são nossos). As três Licitantes habilitadas apresentaram Atestados/Certidões em que, embora o projeto de ao menos uma das tipologias compatíveis com o objeto da licitação tenha sido comprovado, não era possível identificar a metragem quadrada a elas dedicada. Em todos os casos em que tal situação foi identificada, não foi atribuída pontuação para o Critério 1 (Extensão) na composição da da Empresa. Enquadram-se no exposto os seguintes atestados/certidões: - Archi 5 Arquitetos Associados Ltda.: 7348/28, 1146/29, 8297/26, 884/27, 1646/29 e 334/26; - GBM Engenharia e Arquitetura Ltda.: 1726/25, 1798/25, 1481/29 e BA ; - PJJ Malucelli Arquitetura Ltda.: 11129/28. III.2. OUTROS ATESTADOS/CERTIDÕES NÃO PONTUADOS ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. Para pontuação da Empresa Licitante no Critério 1 (Extensão) e no Critério 2 (Abrangência) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: - 315/29: não é possível averiguar se ao menos quatro projetos complementares, dentre os previstos no subitem dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital, compuseram o rol de serviços prestados; /28: tipologia da edificação não atende ao disposto no item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, por se tratar de edificação e seu entorno para fins de culto religiosos (sic), e não de auditórios, teatros, cinemas e salas de espetáculos. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Para pontuação da Empresa Licitante no Critério 1 (Extensão) e no Critério 2 (Abrangência) não foi considerado o seguinte Atestado/Certidão: /211: tipologia da edificação não atende ao disposto no item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, por se tratar de edifício corporativo no qual não foi indicada existência de auditórios, teatros, cinemas e/ou salas de espetáculos.

3 IV. PONTUAÇÃO DA EQUIPE TÉCNICA DA EMPRESA LICITANTE CRITÉRIOS 1, 2 e 3 IV.1. ATESTADOS/CERTIDÕES NÃO PONTUADOS CONSIDERAÇÕES GERAIS O item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, estabeleceu que somente seriam pontuados os Atestados/Certidões cujo objeto compreendesse construção, reforma e/ou amplicação de ambientes compatíveis com o objeto da licitação, assim considerados Auditórios Teatros, Cinemas e Salas de Espetáculos. Os mesmos Critérios de, Anexo VIII do Edital, continham uma provisão para os casos em que tais tipologias de projeto estivessem inseridas em outros edifícios, conforme alínea a do item 2.3 do referido documento: Nos casos de projetos inseridos em outras tipologias de edificação, será considerada exclusivamente a área referente a auditórios, teatros, cinemas e salas de espetáculo (os grifos são nossos). As três Licitantes habilitadas apresentaram Atestados/Certidões em que, embora o projeto de ao menos uma das tipologias compatíveis com o objeto da licitação tenha sido comprovado, não era possível identificar a metragem quadrada a elas dedicada. Em todos os casos em que tal situação foi identificada, não foi atribuída pontuação prevista para o Critério 1 (Extensão) na composição da da Equipe Técnica da Empresa. Enquadram-se no exposto os seguintes atestados/certidões: - Archi 5 Arquitetos Associados Ltda. / Roberto de Almeida Nascimento: 7348/28, 1146/29, 8297/26, 884/27, 1646/29 e 334/26; - GBM Engenharia e Arquitetura Ltda. / Georges José Baraúna Milcent: 1726/25, 1798/25, 1481/29 e BA ; - PJJ Malucelli Arquitetura Ltda. / Paulo José de Alpendre Malucelli: 11129/28. IV.2. OUTROS ATESTADOS/CERTIDÕES NÃO PONTUADOS ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. Roberto de Almeida Nascimento Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Roberto de Almeida Nascimento, Arquiteto e Urbanista, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foi considerado o seguinte Atestado/Certidão: /28: tipologia da edificação não atende ao disposto no item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, por se tratar de edificação e seu entorno para fins de culto religiosos (sic), e não de auditórios, teatros, cinemas e salas de espetáculos.

4 ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. Eduardo Manoel de Lemos Rios Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Eduardo Manoel de Lemos Rios, Engenheiro de Segurança do Trabalho, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foi considerado o seguinte Atestado/Certidão: /25: serviços prestados ( projeto executivo de prevenção contra incêndio e pânico ) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital. ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. Abílio Ferreira da Rocha Neto Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Abílio Ferreira da Rocha Neto, Engenheiro Eletricista, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: - SZO-69929: serviços prestados (Instalações Elétricas, de Lógica, de CFTV e de Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; - ABC-3486: serviços prestados ( Instalações elétricas de corrente alternada e contínua, grupo motor e gerador, detecção e alarme de incêndio e demais serviços de projetos relacionados com infraestrutura para telecomunicações ) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; e - ABC-3336 serviços prestados ( instalação de lógica, cabeamento est. para dados e voz, instalação elétrica em baixa tensão, entrada de energia t. cabine primária ) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital. GBM ENGENHARIA E ARQUITETURA LTDA. Cássia Maria do Nascimento Mota Para pontuação da componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Cássia Maria do Nascimento Mota, Engenheira Civil, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões:

5 - 1725/25: serviços prestados (Projetos de Fundações, Estrutura, Contenção, Terraplenagem, Impermeabilização e Instalação de GLP) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital; - BA : serviços prestados (Projetos de Fundações, Irrigação, Drenagem, Proteção contra Incêndio, Estrutura, Impermeabilização e Instalações Hidrossanitárias) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; /25: serviços prestados (Projetos de Terraplenagem, Impermeabilização, Drenagem, Sistema Viário e Pavimentação e Instalações Hidrossanitárias e de Tratamento de Esgoto) não são passíveis de pontuação por não se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.1 dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital; - 12/27: serviços prestados (Projetos de Fundações, Estrutura, Contenção, Drenagem, Proteção contra Incêndio e Catástrofes, Instalações Hidrossanitárias e de GLP) não são passíveis de pontuação por por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; /25: serviços prestados (Projetos de Fundações, Estrutura, Contenção, Terraplenagem, Drenagem, Impermeabilização, Proteção contra Incêndio e Catástrofes, Instalações Hidrossanitárias e de GLP) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital; e - 12/211: serviços prestados (Projetos de Fundações, Estrutura, Contenção, Drenagem, Proteção contra Incêndio e Catástrofes, Instalações Hidrossanitárias e de GLP) por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital.

6 GBM ENGENHARIA E ARQUITETURA LTDA. Francisco Jorge Cavalcante Brito Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Francisco Jorge Cavalcante Brito, Engenheiro Eletricista, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foi considerado o seguinte Atestado/Certidão: - BA211175: serviços prestados (Projetos de Instalações Elétricas, de Lógica, CFTV e Equipamento de Proteção contra Descargas Atmosféricas) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital. Os demais Atestados/Certidões apresentados em nome do profissional (1482/29, 14/27, 1723/25 e 1795/25) não foram considerados para pontuação nos Critérios 1 (Extensão) e 2 (Abrangência) dado que estes são vinculados, respectiva e exclusivamente, à elaboração do Projeto de Arquitetura e à compatibilização do Projeto de Arquitetura com os Complementares, atividades não desenvolvidas por esse componente da Equipe Técnica. GBM ENGENHARIA E ARQUITETURA LTDA. André Oliveira Mota Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante André Oliveira Mota, Engenheiro Mecânico, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: - BA : serviços prestados (Projeto de Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; - BA : serviços prestados (Projeto de Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; /29: serviços prestados (Projeto de Sistemas de Refrigeração e Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital;

7 - 1724/25: serviços prestados (Projetos de Sistemas de Refrigeração e Ar Condicionado e de Serviços Afins e Correlatos em Mecânica) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital; e /25: serviços prestados (Projeto de Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Paulo José Alpendre Malucelli Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Paulo José Alpendre Malucelli, Arquiteto e Urbanista, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foi considerado o seguinte Atestado/Certidão: /211: tipologia da edificação não atende ao disposto no item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, por se tratar de edifício corporativo no qual não foi indicada existência de auditórios, teatros, cinemas e/ou salas de espetáculos. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Roberto Dumas Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Roberto Dumas, Engenheiro Eletricista, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: /29: serviços prestados (Projetos de Instalações Elétricas, de Cabeamento Estruturado e Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital; /211: tipologia da edificação não atende ao disposto no item 2.2 dos Critérios de, Anexo VIII do Edital, por se tratar de edifício corporativo no qual não foi indicada existência de auditórios, teatros, cinemas e/ou salas de espetáculos. Os Atestados/Certidões 2978/21 e 12416/21 somente foram considerados para pontuação no Critério 3 (Experiência Prévia), tendo em vista que os Critérios 1 (Extensão) e 2 (Abrangência) são vinculados, respectiva e exclusivamente, à elaboração do Projeto de

8 Arquitetura e à compatibilização do Projeto de Arquitetura com os Complementares, atividades não desenvolvidas por esse componente da Equipe Técnica. Neste critério, somente foram pontuados os Projetos de Sonorização, considerando a área de formação do profissional, conforme estipulado no item 3.5 dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Jucelli de Andrade Biscaia Para pontuação da componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Jucelli de Andrade Biscaia, Engenheira Civil, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: - 814/28: serviços prestados (Projetos de Instalações Hidrossanitárias, de GLP e Gases, de Aproveitamento de Águas Pluviais e Servidas e de Prevenção contra Incêndio) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; /27: serviços prestados (Projetos de Instalações Hidrossanitárias, de GLP e Gases, de Drenagem, de Águas Pluviais e Servidas e de Prevenção contra Incêndio) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital; /28: serviços prestados (Projetos de Instalações Hidrossanitárias, de Reaproveitamento de Águas Pluviais e de Prevenção contra Incêndio) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Darlo Torno Para pontuação do componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Darlo Torno, Engenheiro Mecânico, nos Critérios 1 (Extensão), 2 (Abrangência) e 3 (Experiência Prévia) não foram considerados os seguintes Atestados/Certidões: /29: serviços prestados (Projeto de Climatização e Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de, Anexo VIII do Edital;

9 - 2471/28: serviços prestados (Projeto de Ar Condicionado) não são passíveis de pontuação por não se tratarem (a) de Elaboração de Projetos de Arquitetura (item 3.1, Critério 1), nem (b) de Compatibilização de Projetos de Arquitetura com Projetos Complementares (item 3.2, Critério 2), e tampouco por se encontrarem no rol de projetos previstos no item 3.3 (Critério 3) dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica, Anexo VIII do Edital. PJJ MALUCELLI ARQUITETURA LTDA. Maria Lúcia de Paiva Lorena Não foram apresentados Atestados ou Certidões vinculados à componente da Equipe Técnica da Empresa Licitante Maria Lúcia de Paiva Lorena. V. CONCLUSÃO Em resumo, os licitantes lograram a seguinte pontuação: LICITANTE NOTA Archi 5 Arquitetos Associados Ltda 78,79 GBM Engenharia e Arquitetura Ltda 98,48 PJJ Malucelli Arquitetura Ltda 1 O resultado deste julgamento será publicado no Diário Oficial da União e disponibilizado, juntamente com esta Ata, na página do BNDES (www.bndes.gov.br), abrindo-se prazo para eventual interposição de recursos. Comissão Especial: BIANCA SPOTORNO DA SILVA Vice-Presidente MÔNICA DOS SANTOS MONTEIRO Membro DANIELA CRISTINA GRISA Membro

10 ANEXO À ATA DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS TOMADA DE PREÇOS AA Nº 2/211 BNDES DETALHAMENTO DAS NOTAS DAS PROPOSTAS TÉCNICAS PONTUAÇÃO DA EMPRESA LICITANTE Empresa: ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. CNPJ/MF nº / CRITÉRIO EXTENSÃO Número da Certidão/ Atestado Extensão da Área (em m²) Obtida 7348/28 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1146/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 8297/26 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 884/27 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1646/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 315/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1279/28 Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de 334/26 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o Total Obtida pela Empresa CRITÉRIO 1

11 2. CRITÉRIO ABRANGÊNCIA Número da Certidão/ Atestado Quant. Proj. Complem. 7348/ / / / /29 8 Identificação dos Projetos Complementares Obtida Instalações Hidrossanitárias, Elétricas, de Cabeamento Estruturado, de Segurança Eletrônica (CFTV), de Sonorização, de Ar Condicionado, de Detecção e Alarme de Incêndio, e de Combate a Incêndio Luminotécnico, de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, de Ar Condicionado, de Detecção e Alarme de Incêndio e de Combate a Incêndio Instalações Hidrossanitárias, Elétricas, de Combate a Incêndio, de Detecção e Alarme de Incêndio, de Cabeamento Estruturado, de Sonorização, de Segurança Eletrônica (CFTV) e de Ar Condicionado Luminotécnico, de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, Cabeamento Estruturado, Ar Condicionado, de Detecção e Alarme de Incêndio e de Combate a Incêndio Luminotécnico, de Tratamento Acústico, de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, de Combate a Incêndio, de Detecção e Alarme de Incêndio e de Ar Condicionado 315/ /28 334/ Total Obtida pela Empresa CRITÉRIO Não é possível identificar os Projetos Complementares que compuseram o escopo dos serviços Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de

12 PONTUAÇÃO DA EQUIPE TÉCNICA Empresa: ARCHI 5 ARQUITETOS ASSOCIADOS LTDA. CNPJ/MF nº / ROBERTO DE ALMEIDA NASCIMENTO / ARQUITETO COORDENADOR GERAL 1.1. CRITÉRIO EXTENSÃO Número da Certidão/ Atestado Extensão da Área (em m²) Obtida 1146/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 8297/26 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1646/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 315/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1279/28 Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de Julgamento da Proposta Técnica 334/26 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o Total Obtida pelo profissional CRITÉRIO 1

13 1.2. CRITÉRIO ABRANGÊNCIA Número da Certidão/ Atestado Quant. Proj. Complem. 1146/ / /29 8 Identificação dos Projetos Complementares Obtida Luminotécnico, de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, de Ar Condicionado, de Detecção e Alarme de Incêndio e de Combate a Incêndio Instalações Hidrossanitárias, Elétricas, de Combate a Incêndio, de Detecção e Alarme de Incêndio, de Cabeamento Estruturado, de Sonorização, de Segurança Eletrônica (CFTV) e de Ar Condicionado Luminotécnico, de Tratamento Acústico, de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, de Combate a Incêndio, de Detecção e Alarme de Incêndio e de Ar Condicionado 315/ /28 334/26 4 Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado e de Ar Condicionado Total Obtida pelo profissional CRITÉRIO Não é possível identificar os Projetos Complementares que compuseram o escopo dos serviços Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de

14 1.3. CRITÉRIO EXPERIÊNCIA PRÉVIA Número da Certidão/ Atestado Atividade/Projeto desenvolvido no serviço atestado obtida 1146/29 Projeto de Arquitetura 2 Projeto Luminotécnico e de Iluminação Cênica /26 Projeto de Arquitetura 2 Projeto de Arquitetura /29 Projeto Luminotécnico e de Iluminação Cênica 1 Projeto de Tratamento Acústico 1 315/29 Projeto de Arquitetura 2 Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a 1279/28 dos Critérios de 334/26 Projeto de Arquitetura 2 Projeto de Arquitetura 1 Final por Projeto Luminotécnico e de Iluminação Cênica 2 Atividade/Projeto desenvolvido Projeto de Tratamento Acústico 1 Total Obtida pelo Profissional EDUARDO MANOEL DE LEMOS RIOS / ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO CRITÉRIO EXPERIÊNCIA PRÉVIA Número da Certidão/ Atestado Atividade/Projeto desenvolvido no serviço atestado obtida 16296/25 Projeto de Prevenção contra Incêndio e Pânico Projeto não compõe rol de atividades passíveis de Total Obtida pelo Profissional

15 3. ABÍLIO FERREIRA DA COSTA NETO / ENGENHEIRO ELETRICISTA CRITÉRIO EXPERIÊNCIA PRÉVIA Número da Certidão/ Atestado Atividade/Projeto desenvolvido no serviço atestado obtida 1. Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de SZO Projetos de Instalações Elétricas e de Ar Condicionado 2. Projeto não compõe rol de atividades passíveis de 1. Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de ABC-3486 Projetos de Instalações Elétricas e Detecção e Alarme de Incêndio 2. Projeto não compõe rol de atividades passíveis de 1. Tipologia da edificação não atende aos itens 2.2 e 2.3.a dos Critérios de ABC-3336 Projetos de Instalações Elétricas e de Cabeamento Estruturado 2. Projeto não compõe rol de atividades passíveis de Total Obtida pelo Profissional

16 PONTUAÇÃO DA EMPRESA LICITANTE Empresa: GBM ENGENHARIA E ARQUITETURA LTDA. CNPJ/MF nº / CRITÉRIO EXTENSÃO Número da Certidão/ Atestado Extensão da Área (em m²) Obtida Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1726/25 Não identificada 1798/25 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o 1481/29 Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o BA ,44m² 4 BA Não identificada Não é possível identificar a metragem quadrada dedicada exclusivamente às tipologias compatíveis com o Total Obtida pela Empresa CRITÉRIO 1 4

17 2. CRITÉRIO ABRANGÊNCIA Número da Certidão/ Atestado Quant. Proj. Complem. 1726/ / /29 9 BA BA Identificação dos Projetos Complementares Obtida Projetos de Tratamento Acústico, Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, Detecção e Alarme de Incêndio, Combate a Incêndio, Sonorização, Ar Condicionado e Segurança Eletrônica (CFTV) Projetos de Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, Prevenção e Detecção de Incêndio, Combate a Incêndio, Cabeamento Estruturado, Sonorização, Ar Condicionado e Segurança Eletrônica (CFTV) Projetos de Tratamento Acústico, Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, Detecção e Alarme de Incêndio, Combate a Incêndio, Sonorização, Ar Condicionado e Segurança Eletrônica (CFTV) Projetos de Tratamento Acústico, Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, Detecção e Alarme de Incêndio, Combate a Incêndio, Sonorização, Ar Condicionado e Segurança Eletrônica (CFTV) Projetos Luminotécnico, Instalações Elétricas, Hidrossanitárias, de Cabeamento Estruturado, Detecção e Alarme de Incêndio, Combate a Incêndio, Ar Condicionado e Segurança Eletrônica (CFTV) Total Obtida pela Empresa CRITÉRIO 2 28

TABELA REFERENCIAL DE PREÇOS DE PROJETOS DESCRIÇAO DO SERVIÇO

TABELA REFERENCIAL DE PREÇOS DE PROJETOS DESCRIÇAO DO SERVIÇO PROJETOS PARA EDIFICIOS EDUCACIONAIS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO PROJETO ARQUITETÔNICO R$ 17,10 LEVANTAMENTO ARQUITETÔNICO R$ 3,45 PROJETO ESTRUTURAL, INCLUSIVE FUNDAÇÃO R$ 10,35 PROJETO DE ESTRUTURA METÁLICA

Leia mais

CAPÍTULO 18 ERRATA DE 14/01/2011 RELAÇÃO DE DESENHOS

CAPÍTULO 18 ERRATA DE 14/01/2011 RELAÇÃO DE DESENHOS CAPÍTULO 18 ERRATA DE 14/01/2011 RELAÇÃO DE DESENHOS 18.1 ESTRUTURA - EST... 2 18.2 ARQUITETURA - ARQ... 5 18.3 INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS - ÁGUA IHA... 6 18.4 IRRIGAÇÃO - IRR... 8 18.5 INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS

Leia mais

A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação Técnica alínea b) exige:

A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação Técnica alínea b) exige: COP-148/2009 Processo nº 000578-14.89/09-2 Assunto: Esclarecimento A empresa Expernet Telemática Ltda., solicita os seguintes esclarecimentos: Questionamento 1. O subitem 2.3 Documentos Relativos à Qualificação

Leia mais

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Ao: Pró Reitor de Desenvolvimento Institucional ANTÔNIO A. RAITANI JÚNIOR Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense Assunto:

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2011 - BNDES JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS

CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2011 - BNDES JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS CONCORRÊNCIA AA Nº 03/2011 - BNDES JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS No dia trinta de setembro do ano de dois mil e onze (30/09/2011), reuniram-se os membros da Comissão Especial de Licitação do BNDES,

Leia mais

= CONSTANTE x CUB PR x M2

= CONSTANTE x CUB PR x M2 1 TABELA DE HONORÁRIOS MÍNIMOS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICAS E TELEFONIA, TUBULAÇÃO DE ALARME/CFTV/LÓGICA/SOM/TV E SPDA (SISTEMA PROTEÇÃO CONTRA DESCARGA ATMOSFÉRICA). PRESCRIÇÕES

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS 01/2015 PLANILHAS EM EXCEL ANEXOS III E VIII QUESTIONAMENTOS E RESPOSTAS

TOMADA DE PREÇOS 01/2015 PLANILHAS EM EXCEL ANEXOS III E VIII QUESTIONAMENTOS E RESPOSTAS TOMADA DE PREÇOS 01/2015 Contratação de empresa especializada em engenharia ou arquitetura para elaboração de projetos básicos e executivos de arquitetura e complementares, destinados à construção do edifício-sede

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Superintendência de Urbanismo e Produção Habitacional Coordenação de Projetos PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA,

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA A APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE - MI (PROJETOS DE ENGENHARIA)

SOLICITAÇÃO PARA A APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE - MI (PROJETOS DE ENGENHARIA) BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO REPRESENTAÇÃO NO BRASIL SOLICITAÇÃO PARA A APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE - MI (PROJETOS DE ENGENHARIA) MI 001-2014 PRÉDIO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Nº

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI)

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) AGOSTO/2011 1 ÍNDICE GERAL 1. PROJETO DE ARQUITETURA... 5 2. PROJETO DE URBANISMO... 5 3. PROJETO DE URBANISMO PAISAGÍSTICO...

Leia mais

Comissão Permanente de Licitação

Comissão Permanente de Licitação ATA DE ABERTURA DOS ENVELOPES CONTENDO A PROPOSTA TÉCNICA, JULGAMENTO E SUSPENSÃO DA CONCORRÊNCIA N.º 3.001/2012-CPL/MP/PGJ PROCEDIMENTO INTERNO N.º 602272/2011 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROJ.: BÁSICOS DA AITY (INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM)

PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROJ.: BÁSICOS DA AITY (INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM) PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 1 Projetos arquitetônicos, com programa de necessidades, antiprojeto e todos os detalhamentos necessários para o pleno entendimento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Projeto executivo para construção do prédio das Promotorias da Infância e Juventude. 2. OBJETIVOS O presente Termo de Referência tem como objetivo nortear a contratação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Título do Projeto: Reforma e Ampliação das Promotorias de Justiça de Direitos Constitucionais e Patrimônio Público e Promotorias de Justiça de Ações Constitucionais

Leia mais

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS COMPLEMENTARES

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS COMPLEMENTARES LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE 01 NOSSOS SERVIÇOS Após 35 anos de experiência na área de edificações para o mercado imobiliário gaúcho, a BENCKEARQUITETURA, juntamente com a BENCKECONSTRUÇÕES,

Leia mais

CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER

CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER CARTILHA CAU/RS 2014 INSTRUÇÕES PARA ARQUITETURA DE INTERIORES SHOPPING CENTER APRESENTAÇÃO O CAU/RS Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul, na qualidade de Autarquia Federal deve na

Leia mais

CONVITE N.º 01/2015 BNDES ATA DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO

CONVITE N.º 01/2015 BNDES ATA DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO CONVITE N.º 01/2015 BNDES ATA DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO Aos vinte e quatro dias do mês de março do ano de dois mil e quinze (24/03/2015), reuniram-se os membros da Comissão Especial de Licitação do

Leia mais

O bom síndico deixa seu condominio sempre em ordem. Manual do Síndico

O bom síndico deixa seu condominio sempre em ordem. Manual do Síndico O bom síndico deixa seu condominio sempre em ordem Manual do Síndico O que é o CREA-RO? O C o n s e l h o R e g i o n a l d e E n g e n h a r i a e Agronomia do Estado de Rondônia - CREA- RO é uma autarquia

Leia mais

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito.

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito. Ecologicamente correto Economicamente viável Socialmente justo Culturalmente aceito. ENERGIA SEGURANÇA ETE FIBRA-ÓTICA DADOS TELEFONIA PAVIMENTAÇÃO VIAS PROJETADAS GÁS ETA SINALIZAÇÃO EQUIP. URBANOS ACESSIBILIDADE

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012 ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012 Aos 4 dias do mês de outubro de 2012, reuniram-se o Pregoeiro e os integrantes da Equipe de Apoio para análise e julgamento

Leia mais

Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia

Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia Há 25 anos, a Engepred associa o conhecimento sobre o mercado imobiliário à experiência de promover o melhor funcionamento de shoppings centers, prédios

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. Processo: CONVITE N.º 007/2008 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE.

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. AO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CPL - Comissão Permanente de Licitação SAS Quadra

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil RELATÓRIO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil RELATÓRIO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS RELATÓRIO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS 1. EDITAL: Edital de Concorrência Pública N o 022/2010 Contratação de empresa de consultoria para realização de serviços de apoio técnico ao gerenciamento

Leia mais

MARIA LÚCIA DE FÁTIMA LEAL MELÃO Presidente da CPL

MARIA LÚCIA DE FÁTIMA LEAL MELÃO Presidente da CPL Ofício nº 75/2006/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 14 de julho de 2006. Às Empresas interessadas, Referência: TOMADA DE PREÇOS Nº 02/2006. Assunto: CONTRA-RAZÕES Prezados Senhores, Pelo presente encaminhamos as

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria das Cidades

Governo do Estado do Ceará Secretaria das Cidades NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 TOMADA DE PREÇOS Nº 20130004 - CIDADES OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS EXECUTIVOS DE ENGENHARIA DO ATERRO

Leia mais

PROC IBR EDIF 028/2014 Análise das especificações, quantidades e preços das Instalações de Prevenção à Incêndio e Pânico

PROC IBR EDIF 028/2014 Análise das especificações, quantidades e preços das Instalações de Prevenção à Incêndio e Pânico INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC IBR EDIF 028/2014 Análise das especificações, quantidades e preços das Instalações de Prevenção

Leia mais

Revisão da legislação de Segurança Contra Incêndio na visão das Universidades

Revisão da legislação de Segurança Contra Incêndio na visão das Universidades Comissão Especial de Revisão e Atualização das Leis de Segurança, Prevenção e Proteção contra Incêndios Revisão da legislação de Segurança Contra Incêndio na visão das Universidades Contribuições das universidades

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS

INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS 1 OBJETIVO Revisão 00 fev/2014 1.1 Estas Instruções Normativas de Projeto apresentam

Leia mais

Projetando um. Futuro Sustentável.

Projetando um. Futuro Sustentável. Projetando um Futuro Sustentável. UMA NOVA FORMA DE PENSAR. UMA NOVA FORMA DE PENSAR O TODO. UTILITASfuncional Todo projeto tem a finalidade de transformar ideias e necessidades dos clientes em resultados

Leia mais

CREDENCIAMENTO PROFISSIONAIS FBF

CREDENCIAMENTO PROFISSIONAIS FBF CREDENCIAMENTO PROFISSIONAIS FBF Relação de Profissionais credenciados e aptos para a Prestação de Serviços de Emissão de Laudos de Vistoria de Engenharia em Estádios de Futebol, conforme Termo de Cooperação

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS 01/2015 QUESTIONAMENTOS E RESPOSTAS

TOMADA DE PREÇOS 01/2015 QUESTIONAMENTOS E RESPOSTAS TOMADA DE PREÇOS 01/2015 Contratação de empresa especializada em engenharia ou arquitetura para elaboração de projetos básicos e executivos de arquitetura e complementares, destinados à construção do edifício-sede

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE CUSTOS

ANEXO III PLANILHA DE CUSTOS ANEXO III PLANILHA DE CUSTOS Estimativa Mensal de Desembolso Discriminação Valor Produtos Previstos para o 1º Mês 5.643.171,71 Produtos Previstos para o 2º Mês 1.760.889,12 Produtos Previstos para o 3º

Leia mais

PORTFÓLIO CORPORATIVO

PORTFÓLIO CORPORATIVO PORTFÓLIO CORPORATIVO SOBRE A EMPRESA A ELJ Engenharia Ltda foi criada com o compromisso de proporcionar aos seus clientes, qualidade, prazo e excelentes custos praticados, tudo isto e possível através

Leia mais

PAC CIDADES HISTÓRICAS. Natal /RN

PAC CIDADES HISTÓRICAS. Natal /RN PAC CIDADES HISTÓRICAS Natal /RN INTRODUÇÃO O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), iniciado em 2007, é uma inciativa do governo federal coordenada pelo Ministério do Planejamento que promoveu a

Leia mais

ANEXO XIII ORÇAMENTO REFERENCIAL DA OBRA

ANEXO XIII ORÇAMENTO REFERENCIAL DA OBRA ANEXO XIII ORÇAMENTO REFERENCIAL DA OBRA Este ANEXO tem como objetivo fornecer uma estimativa referencial dos valores da obra de modernização do COMPLEXO DO MINEIRÃO. Utilizou-se como referência para construção

Leia mais

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital.

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Senhor Licitante, Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Atenciosamente, Vera Lucia M. de Araujo Pregoeira

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS AA Nº 02/2010 - BNDES

TOMADA DE PREÇOS AA Nº 02/2010 - BNDES TOMADA DE PREÇOS AA Nº 02/2010 - BNDES ATA DA SESSÃO PÚBLICA DE RECEBIMENTO DOS ENVELOPES DE HABILITAÇÃO, DE PROPOSTAS TÉCNICAS E DE PREÇO, SEGUIDO DO JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO Aos vinte e oito dias do

Leia mais

DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES

DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES Processo nº 00862-5.2015.001 Objeto: Contratação de empresa de engenharia e arquitetura para a execução de serviços comuns de gerenciamento de obras, compreendendo o

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA Dezembro de 2013 SUMÁRIO 1. OBJETO... 3 2. GENERALIDADES... 3 3. DO EDIFÍCIO... 4 4. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, ELETRÔNICAS, DADOS E VOZ... 4 5. INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO...

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO IMPUGNAÇÃO Concorrência nº01/2015 1 TATIANE WAGNER ARQUITETURA EIRELI, pessoa jurídica de direito privado estabelecida nesta cidade

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

Manual do Síndico. Síndico bom é aquele que mantém o seu condomínio sempre em ordem.

Manual do Síndico. Síndico bom é aquele que mantém o seu condomínio sempre em ordem. Manual do Síndico Síndico bom é aquele que mantém o seu condomínio sempre em ordem. Conheça o papel do Crea Ao fiscalizar o exercício profissional da Engenharia, Arquitetura, Agronomia, Geologia, Geografia,

Leia mais

PROJETO BÁSICO OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO ENDEREÇO: AVENIDA PRESIDENTE VARGAS, LOTE 34, QUADRA Q, SETOR CENTRAL, CERES - GOIÁS

PROJETO BÁSICO OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO ENDEREÇO: AVENIDA PRESIDENTE VARGAS, LOTE 34, QUADRA Q, SETOR CENTRAL, CERES - GOIÁS PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO PARA: OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO OBJETO DA LICITAÇÃO: O objeto da presente licitação é a OBRA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO DA AC CERES - DR/GO, na forma de

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. Universidade de Cuiabá

ENGENHARIA CIVIL. Universidade de Cuiabá ENGENHARIA CIVIL Universidade de Cuiabá CURSO: ENGENHARIA CIVIL Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

A AngoBIM é uma empresa de direito Angolano, sedeada em Talatona, que tem como atividade principal o desenvolvimento de projetos de Arquitectura e de

A AngoBIM é uma empresa de direito Angolano, sedeada em Talatona, que tem como atividade principal o desenvolvimento de projetos de Arquitectura e de A AngoBIM é uma empresa de direito Angolano, sedeada em Talatona, que tem como atividade principal o desenvolvimento de projetos de Arquitectura e de Engenharia, bem como Assistência Técnica e Fiscalização

Leia mais

COMISSÃO DE LICITAÇÃO DE OBRAS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS

COMISSÃO DE LICITAÇÃO DE OBRAS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS COMISSÃO DE LICITAÇÃO DE OBRAS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS Processo nº 005098-9.2015.001 Objeto: Contratação de empresa de engenharia para realizar a construção do Juizado Especial Cível e

Leia mais

RDC 2013/11190 (9600), RDC 2013/11192 (9600), RDC 2013/11193 (9600) e RDC 2013/11194 (9600). Respostas aos questionamentos 1 a 16

RDC 2013/11190 (9600), RDC 2013/11192 (9600), RDC 2013/11193 (9600) e RDC 2013/11194 (9600). Respostas aos questionamentos 1 a 16 RDC 2013/11190 (9600), RDC 2013/11192 (9600), RDC 2013/11193 (9600) e RDC 2013/11194 (9600). Respostas aos questionamentos 1 a 16 Questionamento 1: Com relação ao edital do RDC 2013/11190 (9600) é de Questionamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Assessoria de Infraestrutura - INFRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Assessoria de Infraestrutura - INFRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Assessoria de Infraestrutura - INFRA Petrolina Junho de 2013 APRESENTAÇÃO A Assessoria de Infraestrutura INFRA é um órgão da administração superior da Univasf

Leia mais

Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC).

Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC). Infra-estrutura de Internet Data Center (IDC) Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC). Pollette Brancato Diretora de

Leia mais

Autor: Alexandre Marques Andrade Lemos

Autor: Alexandre Marques Andrade Lemos TABELA PRÁTICA DE RETENÇÃO DE INSS DOS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL NAS ATIVIDADES DE CONSTRUÇÃO CIVIL Autor: Alexandre Marques Andrade Lemos Atualizada até 20 de outubro de 2014 (É proibida a reprodução

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 19 TOMADA DE PREÇOS Nº 02/2007 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 DO OBJETO Contratação de Escritório Técnico para elaboração e desenvolvimento dos projetos do edifício que irá abrigar a futura sede da,

Leia mais

ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS Nº 003/LCIC-2/2014 27/05/2014 CONCORRÊNCIA Nº 004/DALC/SBCT/2014

ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS Nº 003/LCIC-2/2014 27/05/2014 CONCORRÊNCIA Nº 004/DALC/SBCT/2014 ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS Nº 003/LCIC-2/2014 27/05/2014 CONCORRÊNCIA Nº 004/DALC/SBCT/2014 CONCESSÃO DE USO DE ÁREAS DESTINADAS À IMPLANTAÇÃO E EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE HOTEL NO AEROPORTO INTERNACIONAL

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Manaus. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Manaus. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Manaus Setembro/2013 Manaus: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 53389/2015 CAEMA REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital da Concorrência nº. 008/2015, o qual tem por objeto a contratação

Leia mais

CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL

CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL CENTRO DE SERVIÇOS DE LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) CREDENCIAMENTO CSL SÃO PAULO (SP) N.º 2011/00262 (7421) SL OBJETO: Credenciamento de pessoa jurídica, inclusive empresa individual devidamente registrada

Leia mais

Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações

Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações KARLA COLOCAR COMO PANO DE FUNDO, PLANTA DE ENGENHARIA, COMO NO SITE DA PROJETAR Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações Projetar - Projetos e Consultoria Ltda.

Leia mais

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO ESPECIFICAÇÃO

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO ESPECIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÃO 1. O PROJETO Projeto básico e executivo para construção do prédio das Promotorias de Justiça de Parauapebas. 2. OBJETIVOS O presente Termo de Referência tem como objetivo nortear a contratação

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Automação Predial Serviços dos Edifícios HIDRÁULICOS Água Fria; Água Gelada; Água Quente; Sistemas de Aquecimento (solar etc.); Esgotos Sanitários; Águas Pluviais; Drenagem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO (SPCI), DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (SPDA), E DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO ( GLP)

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO (SPCI), DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (SPDA), E DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO ( GLP) TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO (SPCI), DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (SPDA), E DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO ( GLP) EDIFÍCIO SEDE TERRACAP DITEC Diretoria Técnica e de Fiscalização

Leia mais

Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no

Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no Energia ao seu alcance Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no desenvolvimento de projetos elétricos, laudos,

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 04/2013 - BNDES ATA DA REUNIÃO DE JULGAMENTO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO

CONCORRÊNCIA AA Nº 04/2013 - BNDES ATA DA REUNIÃO DE JULGAMENTO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO CONCORRÊNCIA AA Nº 04/2013 - BNDES ATA DA REUNIÃO DE JULGAMENTO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO Aos doze dias do mês de junho do ano de dois mil e quatorze, reuniram-se os membros da Comissão Especial de

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº. 073/2012 COMUNICADO

CONCORRÊNCIA Nº. 073/2012 COMUNICADO CONCORRÊNCIA Nº. 073/2012 COMUNICADO A Comissão de Licitação do Sistema Findes comunica que houve alteração no Edital da Concorrência acima mencionada, conforme itens descritos abaixo: Itens 3.3.1.2 e

Leia mais

TABELAS DE HONORÁRIOS DE SERVIÇOS DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL

TABELAS DE HONORÁRIOS DE SERVIÇOS DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL DE SERVIÇOS DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL Por: Odilo Almeida Filho Coordenador e relator Palmas- To, 26.03.2015 Quais os assuntos que serão abordados? 1.Princípios básicos e definições: 2.Módulo

Leia mais

Roccato. Um guia para construir oque é necessário antes de começar a obra. Documentos obrigatórios Licenças, ART s, Projetos e Profissionais

Roccato. Um guia para construir oque é necessário antes de começar a obra. Documentos obrigatórios Licenças, ART s, Projetos e Profissionais Um guia para construir oque é necessário antes de começar a obra Documentos obrigatórios Licenças, ART s, Projetos e Profissionais Aprovações necessárias Copel, Sanepar, Prefeitura, Bombeiros Descubra

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014 CADERNO TÉCNICO SÃO PAULO, JANEIRO DE 2015 ALVARA DE AUTORIZAÇÃO

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL CLIENTE SPRING WIRELESS ESTUDO ANALISE DE RISCO 2 Emitido em: 4/12/212 SUMÁRIO 1. LISTAGEM DOS RISCOS 2. DEFINIÇÃO DOS RISCOS 3. CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS 4. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Automação de Processos de Engenharia na Progen

Automação de Processos de Engenharia na Progen Ricardo Vidotti Progen Gustavo Dessotti - Progen Apresentar todo o histórico de automação dos processos de engenharia na Progen, com a utilização da Tecnologia BIM, apresentando alguns casos de uso em

Leia mais

ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS CARGO SALÁRIO* REQUISITOS

ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS CARGO SALÁRIO* REQUISITOS ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS ANALISTA I - ADMINISTRATIVO CARGO SALÁRIO* REQUISITOS ANALISTA I - BIBLIOTECA ANALISTA I - CONTABIL ANALISTA I - GRAVACAO MUSICAL ANALISTA I - SISTEMAS ANALISTA

Leia mais

Linha 17 Ouro. Ligação do Aeroporto de Congonhas à Rede Metroferroviária. Linha 17 Ouro

Linha 17 Ouro. Ligação do Aeroporto de Congonhas à Rede Metroferroviária. Linha 17 Ouro Ligação do Aeroporto de Congonhas à Rede Metroferroviária CARACTERÍSTICAS CARACTERÍSTICA PRINCIPAL Sistema de Monotrilho Trem com tração elétrica e sustentação por pneus, que se desloca sobre uma viga,

Leia mais

Serviços e Projetos em Engenharia para todos os segmentos.

Serviços e Projetos em Engenharia para todos os segmentos. Apresentação da Empresa Sumário 02 Quem Somos 03 Urbanismo e Infraestrutura 04 Arquitetura e Paisagismo 05 Área de Estruturas 06 Proteção contra Incêndio 07 Área de Hidráulica 08 Instalações Elétricas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO. Este termo de referência tem por objetivos:

TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO. Este termo de referência tem por objetivos: TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO Este termo de referência tem por objetivos: 1.1. Caracterizar o objeto a ser contratado; 1.2. Estabelecer método de planejamento gerencial das atividades; 1.3. Estabelecer

Leia mais

11. CONSIDERAÇÕES FINAIS

11. CONSIDERAÇÕES FINAIS Detalhes de execução ou instalação dos sprinklers; Detalhes de todos os furos necessários nos elementos de estrutura e suporte da instalação, e das peças a ser embutidas; Detalhes de fixação dos extintores

Leia mais

Métodos e Processos na Execução de Instalações

Métodos e Processos na Execução de Instalações Eficiência da Mão de Obra e Otimização das Instalações Elétricas através da Substituição dos Cabos Alimentadores por Barramentos Blindados em Prédio Comercial Métodos e Processos na Execução de Instalações

Leia mais

Em cumprimento ao Art. 48 1º da Lei 8.666/93, foi verificada a exeqüibilidade dos preços acima propostos.

Em cumprimento ao Art. 48 1º da Lei 8.666/93, foi verificada a exeqüibilidade dos preços acima propostos. Aos 12 dias do mês de agosto do ano de dois mil e oito, a Comissão Permanente de Licitação designada através da Portaria número 005/2008, da Direção do Foro deu prosseguimento aos trabalhos relativos à

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. ENDEREÇO Av. Beira-Mar Norte, Agronômica, Florianópolis, SC. ENTREGA DA OBRA Data: outubro de 2017

MEMORIAL DESCRITIVO. ENDEREÇO Av. Beira-Mar Norte, Agronômica, Florianópolis, SC. ENTREGA DA OBRA Data: outubro de 2017 MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO ENDEREÇO Av. Beira-Mar Norte, Agronômica, Florianópolis, SC ENTREGA DA OBRA Data: outubro de 2017 DESCRIÇÃO Subsolo - 3 cisternas, sendo 1 de reaproveitamento de

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO 1.1. O objetivo deste Termo de Referência é disponibilizar aos interessados em atender a solicitação de propostas da PPP ESPLANADA SUSTENTÁVEL

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Processo n.º 0.00.002.001198/2014-32 Edital do Pregão Eletrônico nº 43/2014 Contratação de serviços técnicos continuados de operação do sistema de automação, remanejamento e instalação de equipamentos

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02 RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE Julho 2011 Revisão 02 2 INTRODUÇÃO Os Centros de Saúde incluídos nesta categoria são unidades que foram construídas recentemente e que

Leia mais

SHCN CL Quadra 202 bloco B lojas 11/25. Brasília, DF. 70832-550. (061) 3326-2198. webmaster@reis.arq.br

SHCN CL Quadra 202 bloco B lojas 11/25. Brasília, DF. 70832-550. (061) 3326-2198. webmaster@reis.arq.br A Reis Arquitetura é uma empresa de projetos e consultoria, sediada em Brasília-DF, onde atua nas áreas de arquitetura, urbanismo e arquitetura de interiores A coordenação geral dos projetos é de responsabilidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA EDITAL Nº 002/2012 CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE ENGENHARIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA EDITAL Nº 002/2012 CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE ENGENHARIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA EDITAL Nº 002/2012 CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE ENGENHARIA O SECRETÁRIO DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA SEINFRA,

Leia mais

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011... RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FEITOS PELA EMPRESA AVANSYS TECNOLOGIA LTDA, CNPJ MF sob nº 04.181.950/0001-10,

Leia mais

PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE

PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE DOCUMENTO COMPLEMENTAR 05 PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTROS DE SAÚDE ÍNDICE A. INTRODUÇÃO...

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 20/05/2013 a 24/05/2013. Local: Hotel Windsor Guanabara Av. Presidente Vargas, 392 Centro Rio de Janeiro RJ Tel.

ISO 9001 : 2008. De 20/05/2013 a 24/05/2013. Local: Hotel Windsor Guanabara Av. Presidente Vargas, 392 Centro Rio de Janeiro RJ Tel. ISO 9001 : 2008 Segurança em Instalações de TI (Data Center) De 20/05/2013 a 24/05/2013 Local: Hotel Windsor Guanabara Av. Presidente Vargas, 392 Centro Rio de Janeiro RJ Tel.: (21) 2195-6000 Carga Horária:

Leia mais

RUA DA PALESTINA 12A, SALA 101, CEP: 40450-570, URUGUAI, SALVADOR-BAHIA. TEL/FAX: (0**71) 34988505 / (0**71)8757-7249E-MAIL:

RUA DA PALESTINA 12A, SALA 101, CEP: 40450-570, URUGUAI, SALVADOR-BAHIA. TEL/FAX: (0**71) 34988505 / (0**71)8757-7249E-MAIL: Prezado(a) Senhor(a), A ELÁDIO CONTRUÇÕES LTDA presta serviços de consultoria, planejamento, administração e construção de obras industriais, comerciais e rurais, entre outras, exercendo também assessoria

Leia mais

NEWSET COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA., - CNPJ nº 01.492.566/0001-40, representada pelo senhor Wellington Moreira da Silva, CREA MG nº 64876-D;

NEWSET COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA., - CNPJ nº 01.492.566/0001-40, representada pelo senhor Wellington Moreira da Silva, CREA MG nº 64876-D; ATA DE RECEBIMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS DE PREÇOS E LANCES E SUSPENSÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 5.005/2012-CPL/MP/PGJ PROCEDIMENTO INTERNO Nº 558002/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

PARECER Nº 02/2008 Em 29.02.2008

PARECER Nº 02/2008 Em 29.02.2008 PARECER Nº 02/2008 Em 29.02.2008 DE: Comissão Técnica da Concorrência AA 03/2007 PARA: Ana Paula Roma Moura Martins Chefe de Departamento AA/DEJUR ASSUNTO: Concorrência AA 03/2007 CONSIDERAÇÕES INICIAIS:

Leia mais

NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 16280. Reforma em edificações - Sistema de gestão de reformas - Requisitos PRIMEIRA EDIÇÃO 18/03/2014

NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 16280. Reforma em edificações - Sistema de gestão de reformas - Requisitos PRIMEIRA EDIÇÃO 18/03/2014 NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 16280 PRIMEIRA EDIÇÃO 18/03/2014 VÁLIDA A PARTIR DE 18/04/2014 Reforma em edificações - Sistema de gestão de reformas - Requisitos Prefácio Introdução 1 Escopo 2 Referências 3

Leia mais

FICHA TECNICA CONTRA RISCO DE INCENDIOS EM EDIFICIOS HABITACIONAIS COMERCIAS E INDUSTRIAIS

FICHA TECNICA CONTRA RISCO DE INCENDIOS EM EDIFICIOS HABITACIONAIS COMERCIAS E INDUSTRIAIS Página 1/5 INSTALAÇÃO ELETRICA CONTADOR ENERGIA / ACE Verificação da não violação do selo do contador Verificação da existência de limitador de potência do distribuidor / Fatura QUADRO ELECTRICO Verificação

Leia mais

ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO

ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO O Grupo de Trabalho de Sustentabilidade da AsBEA, às vésperas de completar seu primeiro ano de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 12 DE 11 DE NOVEMBRO DE 1992

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 12 DE 11 DE NOVEMBRO DE 1992 SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 12 DE 11 DE NOVEMBRO DE 1992 O Conselho Municipal do Meio Ambiente COMAM, no uso das atribuições

Leia mais

A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO

A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO A preencher pelos Serviços Código da Empresa: A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO 1. IDENTIFICAÇÃO DA PESSOA SINGULAR OU PESSOA COLETIVA NIF Firma ou Denominação Social 2. RELAÇÃO NOMINAL 2.1 Inicial

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL EDITAL

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL EDITAL BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL EDITAL CONCORRÊNCIA AA Nº 02/2013 BNDES OBJETO: Contratação de empresa especializada para execução de obras de reforma e prestação de serviços de engenharia

Leia mais

PIE - Prontuário das Instalações Elétricas

PIE - Prontuário das Instalações Elétricas PIE - Prontuário das Instalações Elétricas Autor: Masatomo Gunji - Engº Eletricista e de Segurança do Trabalho: O PIE é um sistema organizado de informações pertinentes às instalações elétricas e aos trabalhadores

Leia mais

RECORRIDO: COMISSÃO ESPECÍFICA DE AVALIAÇÃO E JULGAMENTO

RECORRIDO: COMISSÃO ESPECÍFICA DE AVALIAÇÃO E JULGAMENTO DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO ATO CONVOCATÓRIO ABHA N.º 009/2013 MODALIDADE: COLETA DE PREÇOS TIPO: TÉCNICA E PREÇO RECORRENTE: EPSILON ENGENHARIA LTDA. RECORRIDO: COMISSÃO ESPECÍFICA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: ATLAS CONSTRUÇÕES ELÉTRICOS LTDA - EPP. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas

Leia mais

Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel

Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel Relatório de Vistoria Técnica com Cadastramento do Imóvel REFORMA DA SEDE DA SUBSEÇÃO DA OAB/BA NO MUNICÍPIO DE GUANAMBI/BA Avenida Presidente Castelo Branco, nº 271, Aeroporto Velho Guanambi/BA Foto:

Leia mais

IT - 35 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFICAÇÕES HISTÓRICAS

IT - 35 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFICAÇÕES HISTÓRICAS IT - 35 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFICAÇÕES HISTÓRICAS SUMÁRIO 1 - Objetivo 7 - Exposição ao risco de incêndio 2 - Referências normativas 8 - Risco de incêndio 3 - Símbolos 9 - Fatores de segurança

Leia mais