APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO INSTITUTO DE PESQUISAS HIDRÁULICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO INSTITUTO DE PESQUISAS HIDRÁULICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS)"

Transcrição

1 APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO INSTITUTO DE PESQUISAS HIDRÁULICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) Apresentamos neste case a implantação do software E3 no Laboratório de Eficiência Energética e Hidráulica da UFRGS NECESSIDADE Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessoria de Comunicação da Elipse Software No último dia 17 de maio, segunda-feira, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) inaugurou o Laboratório de Eficiência Energética e Hidráulica em Saneamento (Lenhs). Localizado no Pavilhão Marítimo do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS, o Lenhs é um projeto financiado pela Eletrobrás voltado ao ensino, pesquisa e extensão. Com isso, busca atender diversos alunos de engenharia tanto da graduação, quanto da pós-graduação e extensão, além das empresas de saneamento como a Corsan, o Dmae e a Comusa, por exemplo. O laboratório tem um grande caráter educativo, onde boa parte da teoria passada nas salas de aula pode ser colocada em prática, dando um embasamento mais sólido ao aluno e também ao público externo que queira participar dos cursos promovidos pelo IPH, explicou o integrante da equipe do Lenhs, o doutorando do IPH/UFRGS Eduardo Pedro Eidt. Figura 1. Laboratório de Eficiência Energética e Hidráulica em Saneamento da UFRGS 1

2 A cerimônia de abertura do Lenhs contou com as presenças do reitor da UFRGS, Carlos Alexandre Netto; do chefe do Departamento de Projetos de Eficiência Energética e do Assistente da Diretoria de Tecnologia da Eletrobras, Fernando Pinto Dias Perrone e Djamil Barbosa; do Diretor do IPH, André Luis Lopes da Silveira; além de toda a equipe do Lenhs coordenada pelo Prof. Engº Marcelo Giulian Marques. O laboratório deve se constituir como uma referência não apenas à cidade de Porto Alegre, mas também ao Estado do Rio Grande do Sul, servindo de suporte para as indústrias e empresas de saneamento da região, afirmou o chefe do Departamento de Projetos de Eficiência Energética da Eletrobras, Fernando Pinto Dias Perrone. Figura 2. Momento que marcou o descerramento das placas comemorativas à inauguração do laboratório. Na frente e mais à direita, Perrone Buscando controlar e monitorar os diferentes equipamentos que integram o laboratório, o IPH decidiu implementar o E3, solução de supervisão e controle desenvolvida pela Elipse Software. No total, foram adquiridas duas licenças do E3, sendo uma de Server, localizada em uma sala próxima ao Lenhs, e outra de Viewer, instalada em um dos computadores do Pavilhão Marítimo. Importante salientar a participação da Unidigital, empresa responsável pela montagem e integração da automação e controle do laboratório. "Desenvolver o software supervisório do laboratório foi uma experiência muito positiva. A solução torna a tarefa de desenvolvimento bastante amigável, em função dos imensos recursos que disponibiliza ao usuário. O apoio técnico da Elipse também é merecedor de elogios, visto estar sempre à disposição do integrador", afirmou o técnico de automação industrial da Unidigital, Delcio Damin. 2

3 SOLUÇÃO O E3 permite que os alunos possam operar toda a planta do laboratório. Para isto, o software coleta e exibe as informações em uma interface gráfica intuitiva, ou seja, de fácil compreensão sob a forma de gráficos e históricos. Através dele, os operadores podem não só monitorar de modo rápido e preciso o processo de abastecimento de água, como também controlar os diferentes equipamentos de medição e atuação que integram o Lenhs. Figura 3. Sala de controle contendo o servidor e o CLP localizada ao lado do laboratório O sistema de monitoração e controle oferecido pelo E3 apresenta, como tela inicial, uma visão panorâmica do laboratório. Através dela é possível acessar qualquer um dos equipamentos mediante um clique apenas sobre o objeto que o operador deseja controlar. Nesta tela, é possível verificar todos os valores verificados em cada um dos instrumentos que compõem o laboratório, 51 no total, sendo 28 de pressão e 23 de vazão. Além destes, existem as válvulas solenoides, proporcionais, motobombas e, por fim, o controle do nível da água armazenada nos reservatórios. 3

4 Figura 4. Vista geral do laboratório O acompanhamento da performance das motobombas é um dos principais recursos oferecidos pelo E3 e que merece ser destacado. Para isto, basta clicar sobre a figura que representa a motobomba e ter acesso, em tempo real, a todas as grandezas elétricas, mecânicas e hidráulicas envolvidas no processo de bombeamento de água (tensão, corrente elétrica, potência ativa, reativa, mecânica, hidráulica, torque, velocidade de bombeamento, entre outras). Figura 5. Tela exibindo o sistema de bombeamento da água 4

5 A próxima tela disponibilizada pelo E3 permite ao usuário monitorar a chamada malha de consumo. Uma área composta por válvulas solenoides que se abrem ou fecham de acordo com a zona que o operador deseja abastecer. O objetivo é simular as melhores práticas de abastecimento de água para atender a região selecionada. Como se este controle já não bastasse, o software também dispõe ao usuário a possibilidade de acompanhar, através do acionamento de câmeras de alta resolução, a imagem real do processo de abastecimento de água. A ideia é gastar a menor quantidade possível de energia e água para atender a demanda escolhida, explicou Jeferson de Jesus, técnico de automação industrial da Unidigital. Figura 6. Tela de controle da malha de consumo. No canto direito, imagem gerada por uma das câmeras exibindo o escoamento da água em direção a um dos reservatórios Outra região do laboratório também controlada pelo software da Elipse é a linha de aferição de vazão. Uma zona composta por diferentes aparelhos de medição dos tipos turbina, eletromagnético, pitometria, calha-parshall, entre outros, todos eles dispostos em uma linha. Desse modo, permitem ao usuário verificar quais dos instrumentos analisados melhor se comporta mediante uma determinada vazão e situação. 5

6 Figura 7. Sistema de aferição da vazão da água O acompanhamento do processo de abastecimento nos reservatórios superior e inferior, permitindo monitorar a quantidade de água armazenada, bem como a situação das válvulas, é outro recurso que pode ser controlado pelo E3. A facilidade de integração aliada aos elementos gráficos disponibilizados pelo software permitem a qualquer usuário visualizar e compreender o funcionamento do laboratório, concluiu Eidt. Figura 8. Tela de controle dos reservatórios 6

7 BENEFÍCIOS Interface de fácil leitura e compreensão por parte dos usuários que acessam o sistema; Possibilidade de acompanhar através de câmeras de alta definição o processo de abastecimento da água; Agilidade na coleta e amostragem das informações; Monitoração e controle dos diferentes equipamentos de medição, válvulas, motobombas, selenoides, reservatórios, enfim, toda a parte instrumental que constitui a estrutura física do laboratório; Capacidade de simular o abastecimento de água em uma determinada região, bairro ou cidade utilizando a menor quantidade de energia possível; Possibilidade de realizar a comparação entre diferentes mecanismos de aferição de vazão; Fácil monitoramento das condições de cada um dos dois reservatórios. CONSIDERAÇÕES FINAIS Figura 9. O doutorando do IPH/UFRGS junto ao seu foco de pesquisa (sistemas de bombeamento) 7

8 Segundo Eidt, o objetivo central do laboratório é revelar quais são as melhores formas para se atingir a maior eficiência energética e hidráulica levando-se em conta a seleção, instalação e operação dos equipamentos. A ideia é simular diversas possibilidades para realização do abastecimento de água e, com isso, mostrar aos alunos, pesquisadores e empresas algumas alternativas de automação para otimizar o processo. Tudo controlado pelo E3, afirmou ele. Para a estudante de mestrado do curso de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental da UFRGS e membro da equipe Lenhs, Fernanda de Carli Tonial, mais do que um simples laboratório, o Lenhs foi criado com o propósito de auxiliar as pessoas a visualizar quais as melhores práticas, programas e equipamentos voltados à área de saneamento. Muitas vezes, as pessoas acham que estão usando a ferramenta errada, quando, na verdade, estão utilizando o equipamento certo, porém no lugar inapropriado ou de forma incorreta. Isto e outros detalhes importantes podem ser observados no laboratório através das telas do E3, afirmou ela. Já em relação aos benefícios proporcionados aos alunos. A partir do instante em que podemos ter uma visão bem mais ampla de todo o processo, graças ao E3, fica muito mais fácil de entendê-lo abrindo um leque muito grande para publicação de trabalhos técnicos sobre o projeto, disse a estudante que inclusive fez seu trabalho de conclusão de curso baseado no Lenhs. FICHA TÉCNICA CLIENTE: Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS INTEGRADOR: Unidigital PACOTE ELIPSE UTILIZADO: Elipse E3 NÚMERO DE CÓPIAS: 2 PLATAFORMA: Windows XP Professional NÚMERO DE PONTOS DE I/O: 700 DRIVER DE COMUNICAÇÃO: ALTUSTCPIP.DLL (Protocolo ALNET ll via TCP/IP) 8

APLICAÇÃO DA SOLUÇÃO ELIPSE E3 NO SISTEMA DE CARREGAMENTO DE GASOLINA E SOLVENTE DO POLO PETROQUÍMICO DE TRIUNFO-RS

APLICAÇÃO DA SOLUÇÃO ELIPSE E3 NO SISTEMA DE CARREGAMENTO DE GASOLINA E SOLVENTE DO POLO PETROQUÍMICO DE TRIUNFO-RS APLICAÇÃO DA SOLUÇÃO ELIPSE E3 NO SISTEMA DE CARREGAMENTO DE GASOLINA E SOLVENTE DO POLO PETROQUÍMICO DE TRIUNFO-RS Augusto Ribeiro Mendes Filho Assessor de Comunicação da Elipse Software Necessidade Figura

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NA LUMINAR TINTAS E VERNIZES LTDA.

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NA LUMINAR TINTAS E VERNIZES LTDA. APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NA LUMINAR TINTAS E VERNIZES LTDA. Este case apresenta a aplicação da solução Elipse E3 para automatizar o controle da dosagem dos componentes utilizados no processo de

Leia mais

APLICAÇÕES DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

APLICAÇÕES DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE APLICAÇÕES DO SOFTWARE ELIPSE E3 NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Este case apresenta a utilização do software Elipse E3 para controlar os setores elétricos e de utilidades do Hospital de Clínicas

Leia mais

MANUAL DE SISTEMAS DE BOMBEAMENTO

MANUAL DE SISTEMAS DE BOMBEAMENTO manual do usuário PROCEL SANEAR MANUAL DE SISTEMAS DE BOMBEAMENTO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA AMT rotação máxima CURVA DA BOMBA ponto de operação curva de rendimento máximo CURVA DO SISTEMA VAZÃO HEBER PIMENTEL

Leia mais

Manual sobre configuração de VPN para acesso completo dos conteúdos digitais fora da rede da Unisul

Manual sobre configuração de VPN para acesso completo dos conteúdos digitais fora da rede da Unisul Manual sobre configuração de VPN para acesso completo dos conteúdos digitais fora da rede da Unisul Configuração de VPN para os sistemas operacionais: Windows 8 Windows 7 Windows X Mac *Atenção: Em caso

Leia mais

Seu manual do usuário SAMSUNG CLP-770ND

Seu manual do usuário SAMSUNG CLP-770ND Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para SAMSUNG CLP-770ND. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA

ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA Solução da Elipse Software provê um controle mais efetivo sobre as usinas fotovoltaicas sediadas em Florianópolis e Palhoça, fazendo

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 PARA AUTOMATIZAR A RELAT - LATICÍNIOS RENNER S/A

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 PARA AUTOMATIZAR A RELAT - LATICÍNIOS RENNER S/A APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 PARA AUTOMATIZAR A RELAT - LATICÍNIOS RENNER S/A Este case apresenta a aplicação da solução Elipse E3 para controlar as diferentes etapas e equipamentos envolvidos no processo

Leia mais

Guia de instalação Por favor, leia as instruções antes de utilizar o produto.

Guia de instalação Por favor, leia as instruções antes de utilizar o produto. Epson Stylus Pro 3800 Guia de instalação Por favor, leia as instruções antes de utilizar o produto. Desembale tudo 1 Certifique-se de que tem todos estes itens: Cabo de eletricidade Manual da impressora

Leia mais

Estas etapas preliminares devem ser executadas para todas as impressoras:

Estas etapas preliminares devem ser executadas para todas as impressoras: Windows NT 4.x Este tópico inclui: "Etapas preliminares" na página 3-26 "Etapas de instalação rápida em CD-ROM" na página 3-26 "Solução de problemas do Windows NT 4.x (TCP/IP)" na página 3-30 Etapas preliminares

Leia mais

Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows

Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows Este arquivo Leiame contém instruções para instalar o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL em sistemas Windows. Os Drivers

Leia mais

Este documento é aplicável a toda a plataforma que executar a versão 4.0 do Windows NT.

Este documento é aplicável a toda a plataforma que executar a versão 4.0 do Windows NT. Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Determine que interrupções são usadas Instalar os drivers Informações Relacionadas Introdução O wizard de instalação do Cisco

Leia mais

CCK 6700E. Gerenciador de Energia Multifuncional

CCK 6700E. Gerenciador de Energia Multifuncional CCK 6700E Gerenciador de Energia Multifuncional CCK Automação - Catálogo - CCK 6700E - 2 DESCRIÇÃO GERENCIAMENTO DE ENERGIA - MEDIÇÃO JUNTO A CONCESSIONÁRIA CONSUMIDORES LIVRES E CATIVOS -Duas portas de

Leia mais

Laboratório 2: Introdução à Planta didática MPS-PA Estação Compacta da Festo

Laboratório 2: Introdução à Planta didática MPS-PA Estação Compacta da Festo Laboratório 2: Introdução à Planta didática MPS-PA Estação Compacta da Festo Objetivos: Estudo dirigido da estação compacta da Festo para experimentos em controle de processos. Além da familiarização com

Leia mais

ATIVIDADE EXTRA COMPONENTE CURRICULAR (AEC)

ATIVIDADE EXTRA COMPONENTE CURRICULAR (AEC) FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FUDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES Isadora Mesquita Julia Gabriella ATIVIDADE EXTRA COMPONENTE CURRICULAR (AEC) Professora: Lúcilia Ribeiro GOIÂNIA, 2016 Isadora Mesquita

Leia mais

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA CLIENTE COM Windows XP SP3 DESCRIÇÃO DO AMBIENTE Iremos utilizar um ambiente virtualizado que funcionará de acordo com a figura: Rede Virtual Servidor (Windows Server

Leia mais

DGA21 SISTEMA FIXO COM SUPERVISÓRIO PARA DETECÇÃO DE GASES NOCIVOS E AMÔNIA IP 65. Manual

DGA21 SISTEMA FIXO COM SUPERVISÓRIO PARA DETECÇÃO DE GASES NOCIVOS E AMÔNIA IP 65. Manual DGA21 SISTEMA FIXO COM SUPERVISÓRIO PARA DETECÇÃO DE GASES NOCIVOS E AMÔNIA IP 65 Manual Apresentação DGA21 Sistema Fixo com Supervisório para Detecção de Gases Nocivos e Amônia foi desenvolvido para atender

Leia mais

Emparelhamento Bluetooth. Guia do Usuário

Emparelhamento Bluetooth. Guia do Usuário Emparelhamento Bluetooth Guia do Usuário Copyright 2012, 2016 HP Development Company, L.P. Microsoft, Windows e Windows Vista são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. A marca comercial

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Conheça nossa empresa. Eduardo Grachten. Automação industrial Telemetria de água e esgoto

Conheça nossa empresa. Eduardo Grachten. Automação industrial Telemetria de água e esgoto Conheça nossa empresa Automação industrial Telemetria de água e esgoto Breve história A Alfacomp foi criada em 1992 para atuar no segmento de automação industrial. Os primeiros sistemas de automação foram

Leia mais

PÁGINA HTML DISPONÍVEL O CCK 6700E disponibiliza através de uma página HTML as principais informações da entrada de energia;

PÁGINA HTML DISPONÍVEL O CCK 6700E disponibiliza através de uma página HTML as principais informações da entrada de energia; CCK 6700E Gerenciador de Energia Multifuncional GERENCIAMENTO DE ENERGIA - MEDIÇÃO JUNTO A CONCESSIONÁRIA - CONSUMIDORES LIVRES E CATIVOS -Duas portas de comunicação com medidores de concessionária com

Leia mais

Boletim de serviços. fevereiro/2010

Boletim de serviços. fevereiro/2010 Boletim de serviços fevereiro/2010 Fernando Haddad Ministro da Educação Eliezer Moreira Pacheco Secretário de Educação Profissional e Tecnológica Cláudia Schiedeck Soares de Souza Reitora pro tempore Giovani

Leia mais

Novo Portal do Agente CVC

Novo Portal do Agente CVC Novo Portal do Agente CVC Convidamos vocês para conhecerem nosso novo Portal do Agente CVC É uma nova plataforma de vendas, unificando os principais acessos e links de busca de pacotes e com um formato

Leia mais

TUTORIAL PARA NAVEGAÇÃO NO MAPA DO HABITASAMPA

TUTORIAL PARA NAVEGAÇÃO NO MAPA DO HABITASAMPA 1 Descrição geral O habitasampa é uma ferramenta dedicada a publicação de mapas através da intra/internet e é utilizada para a integração e o compartilhamento das informações relativas à habitação no município

Leia mais

Aplicação de Sistemas de Controle e Gestão de Redes de Distribuição. Autor: Carlos Rafael Bortolotto Galhardo 6º ENA - Março 2016

Aplicação de Sistemas de Controle e Gestão de Redes de Distribuição. Autor: Carlos Rafael Bortolotto Galhardo 6º ENA - Março 2016 Aplicação de Sistemas de Controle e Gestão de Redes de Distribuição Autor: Carlos Rafael Bortolotto Galhardo 6º ENA - Março 2016 Prolagos S/A Sistema de Água 2 2.460 3.470 222 Captações superficiais km

Leia mais

BAUR Software para a gestão de dados de medição ITS Lite

BAUR Software para a gestão de dados de medição ITS Lite Manual de operação BAUR Software para a gestão de dados de medição ITS Lite (supervisor) Para equipamento para testes de óleo da BAUR B A U R G m b H R a i f f e i s e n s t r. 8 6 8 3 2 S u l z, A u s

Leia mais

Sistema de Controle Um sistema de controle é realizado por meio de hardware e software. Este sistema processa os sinais de entrada e converte estes

Sistema de Controle Um sistema de controle é realizado por meio de hardware e software. Este sistema processa os sinais de entrada e converte estes Sistema de Controle Um sistema de controle é realizado por meio de hardware e software. Este sistema processa os sinais de entrada e converte estes sinais em uma ação ao qual foi programado. O software

Leia mais

Emprint. Guia de Instalação

Emprint. Guia de Instalação Emprint Guia de Instalação 2 PUBLICADO POR ViewPlus Technologies, Inc. 1965 SW AirportAvenue Corvallis, Oregon 97333 U.S.A. Telefone: + 1 541.754.4002 Fax:+ 1 541.738.6505 www.viewplus.com E POR Tecassistiva

Leia mais

Instalação do Oracle VM Virtual Box

Instalação do Oracle VM Virtual Box 1 de 14 09/08/2012 12:56 Instalação do Oracle VM Virtual Box Após fazer download do Oracle VM VirtualBox o próximo passo é a instalação. Seguindo este tutorial passo-a-passo não haverá qualquer dificuldade

Leia mais

Manual DETECTOR NH (11) (62) (11) (62)

Manual DETECTOR NH (11) (62) (11) (62) Manual DETECTOR NH3 1 APRESENTAÇÃO PHANTOM 2000 Sistema Detector Digital de NH3 foi desenvolvido para atender a NR 36 promovendo assim a avaliação, controle e monitoramento dos riscos existentes nas atividades

Leia mais

Você pode acessar as Funções* tocando nas guias ou em Todos os Serviços, por exemplo:

Você pode acessar as Funções* tocando nas guias ou em Todos os Serviços, por exemplo: TELA DE SELEÇÃO POR TOQUE - Exibe todas as funções disponíveis e informações gerais sobre a máquina LIMPAR TUDO - Redefine as funções para suas configurações padrão PAUSA - Interrompe o trabalho atual

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio Autores do Livro Capítulo 1 - Aspectos Hidráulicos e Elétricos Básicos

SUMÁRIO. Prefácio Autores do Livro Capítulo 1 - Aspectos Hidráulicos e Elétricos Básicos SUMÁRIO Prefácio Autores do Livro Capítulo 1 - Aspectos Hidráulicos e Elétricos Básicos 1.1 - Introdução 1.2 - Mecânica dos Fluidos e Hidráulica 1.3 - Viscosidade e Outras Propriedades 1.3.1 - Viscosidade

Leia mais

Guia Rápido Aplicativo TecViewer. Compatível com toda linha T1/THK. Obrigado pela preferência!

Guia Rápido Aplicativo TecViewer. Compatível com toda linha T1/THK. Obrigado pela preferência! Guia Rápido Aplicativo TecViewer Versão 1.0 Compatível com toda linha T1/THK Obrigado pela preferência! Tenha certeza de que estamos sempre trabalhando com empenho para entregar a você equipamentos e serviços

Leia mais

Laboratório Configuração do TCP/IP em uma Rede de PCs

Laboratório Configuração do TCP/IP em uma Rede de PCs Laboratório 1.1.6 Configuração do TCP/IP em uma Rede de PCs Objetivo Identificar as ferramentas utilizadas para descobrir a configuração de redes do computador com vários sistemas operacionais. Coletar

Leia mais

Windows 98 e Windows Me

Windows 98 e Windows Me Este tópico inclui: "Etapas preliminares" na página 3-32 "Etapas de instalação rápida em CD-ROM" na página 3-32 "Outros métodos de instalação" na página 3-33 "Solução de problemas do Windows 98 e Windows

Leia mais

Instalando o driver personalizado de impressora PostScript ou PCL para Windows

Instalando o driver personalizado de impressora PostScript ou PCL para Windows Instalando o driver personalizado de impressora PostScript ou PCL para Windows Este arquivo Leiame contém instruções para instalar o driver personalizado de impressora PostScript ou PCL em sistemas Windows.

Leia mais

CONTROLE DE ROTAÇÃO DE MOTOR TRIFÁSICO USANDO INVERSOR DE FREQUENCIA COMANDADO POR UM TRANSDUTOR DE PRESSÃO

CONTROLE DE ROTAÇÃO DE MOTOR TRIFÁSICO USANDO INVERSOR DE FREQUENCIA COMANDADO POR UM TRANSDUTOR DE PRESSÃO CONTROLE DE ROTAÇÃO DE MOTOR TRIFÁSICO USANDO INVERSOR DE FREQUENCIA COMANDADO POR UM TRANSDUTOR DE PRESSÃO Josinaldo G. de Lima 1, Marcio G. da Silva 2, Antônio S. O. Junior 3, Alberdan S. de Aquino 4.

Leia mais

Impressora Térmica ZP160 WI-FI

Impressora Térmica ZP160 WI-FI Manual de Operação Impressora Térmica ZP160 WI-FI 1. CONTEÚDO DA CAIXA No interior da caixa você deverá encontrar: Uma Impressora; Um Manual de Operação; Um cabo serial 2. CARACTERÍSTICAS Um Certificado

Leia mais

Certifique-se de atender a estes requisitos antes de tentar esta configuração:

Certifique-se de atender a estes requisitos antes de tentar esta configuração: Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Diagrama de Rede Convenções Background Instalação e configuração Exemplo de configuração Instruções passo a passo Verificar Troubleshooting

Leia mais

Manual de Instrução Módulo de Configuração

Manual de Instrução Módulo de Configuração Manual de Instrução Módulo de Configuração NetControl Pacote 49 Versão 2.1 Data 31/01/2017 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Configuração do Módulo... 3 2.1 Configuração do Assistente de Configuração...

Leia mais

IT LOG 80 Datalogger. Manual do Usuário. Rua Fernandes Vieira, 156 Belenzinho - São Paulo/S.P CEP:

IT LOG 80 Datalogger. Manual do Usuário. Rua Fernandes Vieira, 156 Belenzinho - São Paulo/S.P CEP: IT LOG 80 Datalogger Manual do Usuário Rua Fernandes Vieira, 156 Belenzinho - São Paulo/S.P CEP: 03059-023 Tel: (55 11) 3488-0200 Fax:(55 11) 3488-0208 vendas@instrutemp.com.br www.instrutemp.com.br Registrador

Leia mais

Guia de Configuração Rápida da Rede

Guia de Configuração Rápida da Rede Guia de Configuração Rápida da Rede WorkCentre M123/M128 WorkCentre Pro 123/128 701P42078_pt-BR 2004. Todos os direitos reservados. A proteção de copyright aqui reclamada inclui todas as formas e assuntos

Leia mais

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO DO VISUAL CONTAB EM REDE (BANCO DE DADOS MSACCESS)

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO DO VISUAL CONTAB EM REDE (BANCO DE DADOS MSACCESS) TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO DO VISUAL CONTAB EM REDE (BANCO DE DADOS MSACCESS) A primeira coisa a se fazer é escolher o micro Servidor, pois é neste micro que o banco de dados ficará. Para isso, baixe o

Leia mais

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos.

Consulte as Convenções de Dicas Técnicas da Cisco para obter mais informações sobre convenções de documentos. Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurar Diagrama de Rede Configurar a autenticação no CCA com ACS 5.x Configuração ACS5.x Troubleshooting Informações Relacionadas

Leia mais

METODOLOGIAS ÁGEIS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

METODOLOGIAS ÁGEIS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE METODOLOGIAS ÁGEIS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE SUBÁREA OBJETIVOS PRÉ- REQUISITOS PÚBLICO ALVO Desenvolvimento de Software Formação e/ou experiência em desenvolvimento de sistemas de software Experiência

Leia mais

OSCILOSCÓPIOS DIGITAIS - TÓPICOS IMPORTANTES

OSCILOSCÓPIOS DIGITAIS - TÓPICOS IMPORTANTES OSCILOSCÓPIOS DIGITAIS - TÓPICOS IMPORTANTES 1. INTRODUÇÃO Neste texto são fornecidas algumas informações importantes sobre osciloscópios digitais. Os osciloscópios encontrados no laboratório de Eletricidade

Leia mais

Aluno: Aluno: Aluno: Aluno: PLANTA DE NÍVEL FESTO

Aluno: Aluno: Aluno: Aluno: PLANTA DE NÍVEL FESTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DEM Sistemas de Controle (CON) Aula Prática 11 (22/05/2012) Prof. Eduardo Bonci Cavalca

Leia mais

Resultados via Internet

Resultados via Internet O Gerência do Cliente é um espaço destinado ao Cliente S_Line, onde ele poderá obter todas as informações sobre o uso da Solução S_Line, permitindo cadastrar e manter usuários, alterar os dados cadastrais

Leia mais

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP:

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: gigasecurity.com.br Controle de Acesso CT Cartão de Proximidade Ambientes corporativos Condomínios residenciais Áreas restritas GS PROX CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do

Leia mais

SIMULADOR DE REGULADOR DE VELOCIDADE PARA TURBINAS HIDRÁULICAS DE USINAS HIDRELÉTRICAS

SIMULADOR DE REGULADOR DE VELOCIDADE PARA TURBINAS HIDRÁULICAS DE USINAS HIDRELÉTRICAS UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA ÊNFASE EM AUTOMAÇÃO DANILO CANCELA DA ROCHA FELIPE MAIA BARBOSA OLIVEIRA MAURICIO NARDI SIMULADOR DE REGULADOR

Leia mais

Manual de Instrução Módulo de Configuração

Manual de Instrução Módulo de Configuração Manual de Instrução Módulo de Configuração NetControl Pacote 49 Versão 2.0 Data 06/05/2015 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Configuração do Módulo... 3 2.1 Configuração do Assistente de Configuração...

Leia mais

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

TCI 7300-U. Cabo de programação MPI-PC p/ interface USB. Manual de Instalação

TCI 7300-U. Cabo de programação MPI-PC p/ interface USB. Manual de Instalação TCI 7300-U Cabo de programação MPI-PC p/ interface USB Manual de Instalação O cabo de programação TCI 7300-U atende as famílias de PLC s Siemens S7-300 e S7-400 utilizando o protocolo MPI, suporta as taxas

Leia mais

RECALQUE. Prof. Hugo Alexandre Soares Guedes Website: wp.ufpel.edu.br/hugoguedes/

RECALQUE. Prof. Hugo Alexandre Soares Guedes   Website: wp.ufpel.edu.br/hugoguedes/ INSTALAÇÕES DE RECALQUE Prof. Hugo Alexandre Soares Guedes E-mail: hugo.guedes@ufpel.edu.br Website: wp.ufpel.edu.br/hugoguedes/ MÁQUINA DESIGNAÇÃO GENÉRICA DADA A TODO TRANSFORMADOR DE ENERGIA. ELA ABSORVE

Leia mais

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA SERVIDOR COM Windows Server 2003

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA SERVIDOR COM Windows Server 2003 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MÁQUINA SERVIDOR COM Windows Server 2003 DESCRIÇÃO DO AMBIENTE Iremos utilizar um ambiente virtualizado que funcionará de acordo com a figura: Rede Virtual Servidor (Windows Server

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE GRÁFICA PARA UM SISTEMA DIDÁTICO EM CONTROLE DE PROCESSOS

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE GRÁFICA PARA UM SISTEMA DIDÁTICO EM CONTROLE DE PROCESSOS DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE GRÁFICA PARA UM SISTEMA DIDÁTICO EM CONTROLE DE PROCESSOS Ronaldo da Costa Freitas 1 Ágio Gonçalves de Moraes Felipe 2 1 Introdução/ Desenvolvimento O uso da automação nos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SOFTWARE

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SOFTWARE 1 WSAuto MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SOFTWARE CFC-B 2 INTRODUÇÃO O WSauto é o mais novo sistema de gerenciamento de CFC-B, foi criado pela empresa S MARQUES INFORMÁTICA LTDA ME, e lançado o seu primeiro modulo

Leia mais

Plataforma de Jogos e Programas Manual de Instalação e Utilização

Plataforma de Jogos e Programas Manual de Instalação e Utilização VERSÃO 2.50.25.37 MANUAL DE INSTALAÇÃO E ULTILIZAÇÃO Desenvolvido por: Jones Rodrigues Rodrigo Silveira 1 Índice 1. Objetivo do Manual... 02 2. Requisitos... 02 3. Download... 03 4. Instalação... 04 5.

Leia mais

Ministério da Educação EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO PAUTA DE CHAMADA

Ministério da Educação EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO PAUTA DE CHAMADA Data realização: quarta, 22 de junho às 09:30 h Sala: A11 15495675 ALEXANDRA FILIPA SOUSA ALVES 1 15006793 ALINE FERNANDES LOPES 2 15807278 ANA ALEXANDRA COSTA SANTOS 3 15494534 ANA CATARINA BARBOSA BORGES

Leia mais

Scripts de Redundância para Sistema de Supervisão InTouch

Scripts de Redundância para Sistema de Supervisão InTouch Descrição do Produto O padroniza os scripts de redundância no InTouch para comunicação com a arquitetura de CPs redundantes e/ou CPs simples. Eles são utilizados para manter o software de supervisão InTouch

Leia mais

Registro de dados com Genesis HighSpeed. Aquisitor de dados. Alto desempenho, mobilidade, operação intuitiva

Registro de dados com Genesis HighSpeed. Aquisitor de dados. Alto desempenho, mobilidade, operação intuitiva Registro de dados com Genesis HighSpeed Aquisitor de dados Alto desempenho, mobilidade, operação intuitiva Potencial de aplicativo ilimitado GEN3i a solução flexível para os mais diversificados aplicativos

Leia mais

MEDIDOR DE PRESSÃO SONORA DEC-470

MEDIDOR DE PRESSÃO SONORA DEC-470 MEDIDOR DE PRESSÃO SONORA DEC-470 1. INTRODUÇÃO O decibelímetro DEC-470 é um instrumento utilizado para realizar medição de níveis de ruído. O microfone é peça vital no circuito, sendo sua função a de

Leia mais

Comunicado Técnico 09

Comunicado Técnico 09 Comunicado Técnico 09 ISSN 2177-854X Maio. 2011 Uberaba - MG Regulagem de Pulverizadores Agrícolas de Barras Responsável: Paulo Roberto Pala Martinelli E-mail: prpmartinelli@yahoo.com.br Engenheiro Agrônomo;

Leia mais

Online Help????????????????????? SOPAS-SUI SOPAS ET

Online Help????????????????????? SOPAS-SUI SOPAS ET Online Help????????????????????? SOPAS-SUI Versão de software Manual de instalação Software/Tool Função Versão Software para a parametrização de dispositivos V 2.36 Copyright Copyright 2012 SICK AG Erwin-Sick-Str.

Leia mais

Meios de Comunicação de Dados.

Meios de Comunicação de Dados. Meios de Comunicação de Dados www.profjvidal.com Instalação do ELASTIX Configurando a Máquina Virtual Abra o VirtualBox e clique em novo no canto superior esquerdo. Depois selecione conforme na imagem

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA n. 01/2015

CHAMADA PÚBLICA n. 01/2015 CHAMADA PÚBLICA n. 01/2015 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA DOAÇÃO DE FERRAMENTA TECNOLÓGICA AO CAMPUS AVANÇADO NOVO HAMBURGO DO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE Este documento visa estabelecer regras

Leia mais

Candidatos Classificados Até Limite de Vagas - ordem classificação

Candidatos Classificados Até Limite de Vagas - ordem classificação Cargo: 001 - Auxiliar de Saúde Bucal 05Vaga(s) MG11008342 MARCIA DA SILVA DE PAULA 68,900 68,900 15/10/1975 1 M7591112 MARIA CELINA SOARES DE CASTRO 68,400 68,400 21/04/1973 2 15293075 LUANA APARECIDA

Leia mais

As informações neste documento são baseadas nestas versões de software:

As informações neste documento são baseadas nestas versões de software: Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Configurar Etapas da configuração detalhada 1. Integração do CUCM e dos server de MediaSense 2. Permita a gravação no telefone Verificar

Leia mais

Instalações Prediais Aula 2

Instalações Prediais Aula 2 Instalações Prediais Aula 2 Prof. Dr. Alexandre Marques Buttler Identificação Curso: Engenharia Civil Carga horária: 2 h/aula Ano letivo: 2011 Aula teórica: sexta (19:20 21:00) 2 CONTRATO DE TRABALHO Cll

Leia mais

Γ INTRODUÇÃO AO IFIX

Γ INTRODUÇÃO AO IFIX Γ INTRODUÇÃO AO IFIX l O que é o ifix: - Software de automação industrial; - Fornece uma janela para o seu processo ; - Fornece dados em tempo real para a monitoração e aplicações de software. l As funções

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE PLANTA INDUSTRIAL DIDÁTICA UTILIZANDO MATLAB Paulo Afonso Ferreira Junior [Voluntário PIBIC], Bruno Augusto Angélico [Orientador]

AUTOMAÇÃO DE PLANTA INDUSTRIAL DIDÁTICA UTILIZANDO MATLAB Paulo Afonso Ferreira Junior [Voluntário PIBIC], Bruno Augusto Angélico [Orientador] AUTOMAÇÃO DE PLANTA INDUSTRIAL DIDÁTICA UTILIZANDO MATLAB Paulo Afonso Ferreira Junior [Voluntário PIBIC], Bruno Augusto Angélico [Orientador] Coordenação de Engenharia Elétrica (COELT) Campus Cornélio

Leia mais

# Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint #

# Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint # ------------------------------ # Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint # ------------------------------ O Symantec Endpoint Protection 11.0 combina o Symantec AntiVirus

Leia mais

CAESB. Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. PoToPS. Philosophy

CAESB. Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. PoToPS. Philosophy WORKSHOP SOBRE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Aplicação de Inversores de Freqüência em sistemas de Bombeamento CAESB Brasília DF 31/05/2006 Perfect Harmony Drive System 04.10.2006 1 Máquinas de Deslocamento Positivo

Leia mais

RESUMO FORMAÇÃO ACADÊMICA ITEM DESCRIÇÃO ESCOLA LOCAL DURAÇÃO PERÍODO. Universidade Federal de Lavras. Universidade Federal de Minas Gerais

RESUMO FORMAÇÃO ACADÊMICA ITEM DESCRIÇÃO ESCOLA LOCAL DURAÇÃO PERÍODO. Universidade Federal de Lavras. Universidade Federal de Minas Gerais NOME: Alexandre Lindolfo Vianna NACIONALIDADE: N.º CREA: NASCIMENTO: FUNÇÃO: Gerente de T.I. Brasileira 77782 23/03/75 RESUMO Trabalhando a 12 anos na área de Tecnologia da Informação e Automação Industrial,

Leia mais

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel:

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: gigasecurity.com.br Controle de Acesso Leitor Biométrico Ambientes corporativos Áreas restritas GS TOUCH CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473

Leia mais

Plataforma Indicadores de Belo Monte

Plataforma Indicadores de Belo Monte Monitoramento das Condicionantes da UHE Belo Monte para a Câmara Técnica de Monitoramento do PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL DO XINGU PM21 Consultores Associados Ltda. Plataforma Indicadores

Leia mais

Software Luciana

Software Luciana Software Luciana http://intervox.nce.ufrj.br/~beatriz/ O projeto microfênix foi criado pelo professor Antonio Borges, no NCE/UFRJ, em 2004/6, para facilitar o uso do computador pelos portadores de deficiência

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 07/2016 CONCURSO PARA MONITORIA DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 07/2016 CONCURSO PARA MONITORIA DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 07/2016 CONCURSO PARA MONITORIA DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA O Diretor do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Regional de Blumenau, no uso de suas atribuições

Leia mais

Symantec IT Management Suite 8.0 powered by Altiris technology

Symantec IT Management Suite 8.0 powered by Altiris technology Symantec IT Management Suite 8.0 powered by Altiris technology Tarefa Instalar SO Windows A tarefa Instalar SO Windows permite instalar o sistema operacional Windows no computador-cliente. Os campos e

Leia mais

Transdutor Digital MKM-01

Transdutor Digital MKM-01 [1] Introdução O Transdutor é um instrumento digital microprocessado, para instalação em fundo de painel, que permite a medição de até 33 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada (CA). Para

Leia mais

FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PLANILHA DO HORÁRIO DE EXPEDIENTE E DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES GABINETE DA DIREÇÃO DO SETOR

FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PLANILHA DO HORÁRIO DE EXPEDIENTE E DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES GABINETE DA DIREÇÃO DO SETOR GABINETE DA DIREÇÃO DO SETOR Adriane Yoshie Nagano Rado Elaine Pereira Leal 8h às 14h / Controle de Patrimônio e Almoxarifado Aula de Campo/ Controle de Patrimônio e Almoxarifado Gestão de Projetos/ Apoio

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML 1 Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML 1. Conceitos e termos importantes XML Empresarial: é um sistema web (roda

Leia mais

Manual de uso do Programa Cliente - Windows

Manual de uso do Programa Cliente - Windows Manual de uso do Programa Cliente - Windows fevereiro / 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Reitora Prof.ª Dr.ª Wanda Aparecida Machado Hoffmann Vice-Reitor Prof. Dr. Walter Libardi Pró-Reitor de Graduação

Leia mais

Tutorial Produzindo mapas

Tutorial Produzindo mapas www.gismaps.com.br Tutorial Produzindo mapas Autores: Vitor Pires Vencovsky, Rodrigo Viviani 1. Introdução Este tutorial apresenta uma metodologia para a produção de mapas digitais (raster e vetorial),

Leia mais

Iniciativas da Eletrobras para Eficiência Energética no Setor industrial

Iniciativas da Eletrobras para Eficiência Energética no Setor industrial Iniciativas da Eletrobras para Eficiência Energética no Setor industrial São Paulo - SP 23/10/2012 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1 - INTRODUÇÃO 2 - MOTIVAÇÃO TÉCNICA 3 PROCEL INDÚSTRIA 4 - CONCLUSÕES 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

Sistemas Supervisórios- Criação de Sinóticos

Sistemas Supervisórios- Criação de Sinóticos Sistemas Supervisórios- Criação de Sinóticos Prof a. Michelle Mendes Santos michelle@cpdee.ufmg.br Componentes Lógicos de um SCADA Núcleo de processamento; Comunicação com PLCs ou outras unidades remotas;

Leia mais

Kit Educacional Multidisciplinar

Kit Educacional Multidisciplinar Kit Educacional Multidisciplinar - Produto Nacional e inovador. - Ampla cobertura de práticas na execução de cursos nas modalidades de aperfeiçoamento técnico, habilitação técnica e graduação. - Dispõe

Leia mais

Manual do Usuário Windows

Manual do Usuário Windows Manual do Usuário Windows 2016 - Versão 1.2.5 1 Índice 1 Índice... 2 2 O que é Vivo Wi-Fi Seguro... 3 3 Instalar o Vivo Wi-Fi Seguro... 4 4 Logar o Vivo Wi-fi Seguro... 6 5 Utilizar o Vivo Wi-fi Seguro...

Leia mais

Para o desenvolvimento deste projeto foram necessários os equipamentos descritos

Para o desenvolvimento deste projeto foram necessários os equipamentos descritos DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE GERAÇÃO DE ENERGIA UTILIZANDO BICICLETAS PROPOSTA DE PROJETO INTEGRADOR Autores: Felipe JUNG¹, Marina PADILHA¹, Otávio R. SOUZA¹, Renan Jr. BALAN¹, Jessé de PELEGRIN², Marcos

Leia mais

Princípio de Funcionamento

Princípio de Funcionamento Treinamento Princípio de Funcionamento Programa Teclados Chaves Botoeiras IHM s Fins de Curso Sensores etc... Protocolos Padrões Elétricos Tensão Corrente etc... Relés Contatores etc... SKIP BK Descrição

Leia mais

Por despachos do Reitor da Universidade da Beira Interior, foi concedida equiparação a bolseiro fora do País aos seguintes docentes:

Por despachos do Reitor da Universidade da Beira Interior, foi concedida equiparação a bolseiro fora do País aos seguintes docentes: De 09 de Abril de 2010: Doutora Sandra Isabel Pinto Mogo, Professora Auxiliar, no período compreendido entre 10 e 15 de Abril de 2010. De 01 de Julho de 2010: Doutor Paulo Andrew Crocker, Professor Auxiliar,

Leia mais

Baixando o Arquivo de Instalação do Bentley topograph

Baixando o Arquivo de Instalação do Bentley topograph Todos os direitos reservados Bentley Systems - 2016 Introdução Após efetuar a compra do Bentley topograph, você receberá um email com um arquivo PDF anexado. Guarde esse arquivo, pois ele contém as informações

Leia mais

M I N E D U Manual Configuração Rede Sem Fios

M I N E D U Manual Configuração Rede Sem Fios M I N E D U Manual Configuração Rede Sem Fios 1. Configuração do cliente para Windows Exemplo de configuração de 802.1x com Certificados de Servidor para o Windows Vista. Antes de iniciar os passos de

Leia mais

Boletim de Serviços n Publicado em 07/03/2016

Boletim de Serviços n Publicado em 07/03/2016 1. RESOLUÇÃO 1.1. FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS RESOLUÇÃO NÚMERO 40 de 25/03/2015 O CONSELHO DIRETOR DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, da Universidade Federal da Grande Dourados, no uso de suas atribuições

Leia mais

Gestão Energia Elétrica Pelo Lado da Demanda Empregando Tecnologias GPRS e PLC. CELESC / W2B / CEFET-SC Reginaldo Steinbach

Gestão Energia Elétrica Pelo Lado da Demanda Empregando Tecnologias GPRS e PLC. CELESC / W2B / CEFET-SC Reginaldo Steinbach Gestão Energia Elétrica Pelo Lado da Demanda Empregando Tecnologias GPRS e PLC CELESC / W2B / CEFET-SC Reginaldo Steinbach reginaldo@w2b.com.br Parcerias Wireless to Business W2B LTDA Fornece soluções

Leia mais

Acesse seu Ambiente Virtual de Aprendizagem. Abrirá uma tela com o verificador. Escolha a opção Iniciar o teste.

Acesse seu Ambiente Virtual de Aprendizagem. Abrirá uma tela com o verificador. Escolha a opção Iniciar o teste. P R I M E I R O PA S S O P A R A A C E S S A R O A M B I E N T E V I R T U A L É de suma importância que você prepare o seu computador com todos os requisitos de sistemas para assistir suas aulas sem nenhuma

Leia mais

Aplicações com Banco de Dados e Cliente-Servidor

Aplicações com Banco de Dados e Cliente-Servidor Aplicações com Banco de Dados e Cliente-Servidor Aula #231 EBS 211 POO e UML Prof Luiz Fernando S Coletta luizfsc@tupaunespbr Campus de Tupã Roteiro Rede de computadores; Aplicação cliente/servidor; Sockets

Leia mais

A informação neste documento é baseada em Cisco unificou Replicaiton.

A informação neste documento é baseada em Cisco unificou Replicaiton. Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Configurar Configurações Verificar Troubleshooting Introdução Os desribes deste documento como instalar a replicação para Cisco unificaram

Leia mais

AD05: Studio 5000 e Logix Laboratório Introdutório

AD05: Studio 5000 e Logix Laboratório Introdutório AD05: Studio 5000 e Logix Laboratório Introdutório Weltron Oliveira PUBLIC INFORMATION Area Manger A&S woliveira@ra.rockwell.com +55 19 99645-1073 Escalabilidade do Sistema Rockwell Automation Arquitetura

Leia mais

Controle em Cascata. TCA: Controle de Processos 2S / 2012 Prof. Eduardo Stockler Universidade de Brasília Depto. Engenharia Elétrica

Controle em Cascata. TCA: Controle de Processos 2S / 2012 Prof. Eduardo Stockler Universidade de Brasília Depto. Engenharia Elétrica Controle em Cascata TCA: Controle de Processos 2S / 2012 Prof. Eduardo Stockler Universidade de Brasília Depto. Engenharia Elétrica (Exemplo) CONTROLE DE UM REATOR Realimentação Simples O Processo Reação

Leia mais