Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam"

Transcrição

1 Instituto de Estudos Superiores da Amazonia (Iesam) Sistema de Informação e Biblioteca (Sibiesam) Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam Rosemarie de Almeida Costa 1 (1) Coordenadora do Sibiesam

2 O SIBIESAM Sistema de Biblioteca do IESAM Missão: intermediar o processo acadêmico da instituição, por meio do gerenciamento dos recursos informacionais e controle bibliográfico, objetivando o fornecimento da informação de forma ágil e eficaz Estratégia: utilização dos recursos tecnológicos da informática e da comunicação, aliados às mais recentes técnicas de processamento e disseminação da informação.

3 Infra-estrutura Área Física: F 1.214,28 m 2 Área de atendimento: referência/circulação (empréstimos e devoluções), divulgação (mural e expositor) Área destinada ao usuário: Consulta bibliográfica: cabines para estudo individual; salas de estudo em grupo; Sala de leitura informativa; Terminais de acesso eletrônico: Internet, bases de dados do acervo, consulta a multimeios; Sala de atendimento de referência e consulta multimídia Área de serviços técnicos: coordenação; processamento técnico do acervo; documentação; SAPD.

4 Distribuição do Acervo Acervo de referência: : dicionários, enciclopédias, glossários, anuários, reviews Acervo geral: : livros, folhetos, teses, etc. separatas, TCCs, projetos etc. Multimeios: : mapas, fitas de vídeo, v fitas de áudio disquetes, CDs etc. Periódicos (nacionais e estrangeiros): científicos e de divulgação científica; revistas; jornais etc.

5 Gerenciamento do Acervo Sistema Micro Isis (UNESCO): Winisis BASES DE DADOS BIESAM: acervo geral SERIAL: periódicos SPECI: multimeios PROCIE: Produção Científica do Iesam ACAD: Produção Acadêmica do Iesam HEMERO: Seleção de artigos de jornais e revistas

6 Principais serviços oferecidos aos usuários -Consulta ao acervo (automática) -Empréstimo domiciliar (automático) -Acesso à Internet -Acesso ao documento: localização de itens bibliográficos, pesquisa bibliográfica, empréstimo inter-biblioteca, COMUT -Serviço de Referência e Orientação Bibliográfica: levantamentos bibliográficos; orientação à pesquisa e acesso ao documento; comutação bibliográfica; acesso à fontes eletrônicas de informação, etc.

7 Principais serviços oferecidos aos usuários -Serviço de Documentação: editoração e normalização de trabalhos técnicos e acadêmicos; normalização bibliográfica; orientação na elaboração de projetos; editoração eletrônica de publicações; -Treinamento do usuário: material informativo, palestras, visita orientada; -Disseminação seletiva da informação: circulação de documentos, divulgação de fontes eletrônicas de informação (BVs, periódicos eletrônicos, artigos etc.) -Empréstimos inter-biblioteca

8 Orientação Bibliográfica e Editorial Normalização de publicações: Trabalhos acadêmicos, MCCs, Relatórios de Estágio, Monografias, elaboração de curriculum vitae etc. Referências bibliográficas Documentos convencionais Documentos eletrônicos

9 Recursos Eletrônicos de Informação Site do SIBIESAM <http://sib.iesam-pa.edu.br> pa.edu.br>

10 Orientação para acesso aos recursos da INTERNET Bibliotecas Universitárias rias Federais e Particulares CRUB: Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (www.crub.org.br) Redes e Sistemas de Informação Bases de Dados online Periódicos Eletrônicos Serviços de fornecimento de cópiasc Buscas na WEB Compra de livros online

11 Periódicos Eletrônicos - Portais Site do SIBIESAM - Links Seletivos - Portal da pesquisa SciELO: biblioteca virtual de periódicos científicos brasileiros <www.scielo.br> Portal de Periódicos da CAPES

12 Periódicos Eletrônicos - SIBIESAM Links por área do conhecimento

13 SCIELO -

14 Periódicos Eletrônicos SIBIESAM Portal da Pesquisa <http://sib.iesam-pa.edu.br>

15 Compra de Livros online Buscador MINER

16 Nosso Endereço Av. Gov José Malcher, 1128 Anexo 5 CEP: Belém Pará Brasil Fone: (91) / URL: pa.edu.br

SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ

SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ Normas - O Sistema de Bibliotecas da FAJ - SB-FAJ Faculdade de Jaguariúna, tem como missão dar suporte informacional às atividades educacionais e científicas da Instituição,

Leia mais

PDI DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFPI

PDI DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFPI Ministério da Educação Universidade Federal do Piauí Biblioteca Comunitária Jornalista Carlos Castello Branco Campus Universitário Ministro Petrônio Portella, Bairro Ininga, Teresina, Piauí, Brasil; CEP

Leia mais

CEAD BIBLIOTECA FACULDADES SÃO JOSÉ

CEAD BIBLIOTECA FACULDADES SÃO JOSÉ CEAD BIBLIOTECA FACULDADES SÃO JOSÉ Gerencia a informação e o conhecimento; Organiza, conserva e dissemina todo tipo de informação; Importante fonte de apoio bibliográfico e não bibliográfico para formação

Leia mais

Regulamento da Rede de Bibliotecas Ceuma

Regulamento da Rede de Bibliotecas Ceuma UNIVERSIDADE CEUMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO REDE DE BIBLIOTECAS UNICEUMA BIBLIOTECA PRESIDENTE JOSÉ SARNEY Regulamento da Rede de Bibliotecas Ceuma 2014 Normatizar procedimentos padrão para a disponibilização

Leia mais

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Bibliotecária Juliana Ribeiro de Campos Solla CRB-8 201/2013 Provisório Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8:00 h às 12:00 h e das 17:00 h às 21:00

Leia mais

Recepção de Calouros. Lavras-MG 2º semestre/2014

Recepção de Calouros. Lavras-MG 2º semestre/2014 Recepção de Calouros Lavras-MG 2º semestre/2014 Contatos: (35) 3829-1174/1181 HORÁRIOS DE ATENDIMENTO De segunda a sexta-feira 07h15 às 21h45. Aos sábados 07h15 às 12h45. Qualquer alteração no horário

Leia mais

Recepção de Calouros. Lavras-MG 1º semestre/2015

Recepção de Calouros. Lavras-MG 1º semestre/2015 Recepção de Calouros Lavras-MG 1º semestre/2015 Contatos: (35) 3829-1174/1181 www.biblioteca.ufla.br biblioteca@reitoria.ufla.br informacao@biblioteca.ufla.br www.facebook.com/biblioteca.ufla.br HORÁRIOS

Leia mais

Apresentação. Como usar a Biblioteca

Apresentação. Como usar a Biblioteca Apresentação A Biblioteca FAAP, constituída pela Biblioteca Central e Salas de Leitura localizadas nas unidades de Ribeirão Preto, São José dos Campos e Centro de Excelência, tem por finalidade fornecer

Leia mais

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS A Biblioteca possui atenção especial dos dirigentes da UCSal, por constituirse em um instrumento de apoio valioso aos programas de ensino, pesquisa e extensão. O foco

Leia mais

www.unioeste.br/portaldainformacao

www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE Página de acesso livre ao conhecimento. www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE A P R E S E N T A Ç Ã O O Portal da Informação da Unioeste é

Leia mais

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física BIBLIOTECA CENTRAL A missão da Biblioteca Central Prof. Eurico Back - UNESC é promover com qualidade a recuperação de informações bibliográficas, com enfoque no desenvolvimento das atividades de ensino,

Leia mais

Normas de Funcionamento da Biblioteca. Horário de atendimento: segunda a sexta: 07:30h às 22:30h / sábado: de 8:00h às 12:00h das 14:00h às 18:00h

Normas de Funcionamento da Biblioteca. Horário de atendimento: segunda a sexta: 07:30h às 22:30h / sábado: de 8:00h às 12:00h das 14:00h às 18:00h Normas de Funcionamento da Biblioteca Horário de atendimento: segunda a sexta: 07:30h às 22:30h / sábado: de 8:00h às 12:00h das 14:00h às 18:00h Inscrição de Usuários: Para inscrever-se na Biblioteca

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO BIBLIOTECA. Socioambiental & Sustentabilidade

GUIA DO USUÁRIO BIBLIOTECA. Socioambiental & Sustentabilidade GUIA DO USUÁRIO BIBLIOTECA Socioambiental & Sustentabilidade APRESENTAÇÃO A Biblioteca Nossa Senhora das Mercês Itpac Porto do Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos ITPAC-PORTO proporciona suporte

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Art. 1º A Biblioteca da Faculdade de Tecnologia e Negócios será regida pelo presente Regulamento.

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Art. 1º A Biblioteca da Faculdade de Tecnologia e Negócios será regida pelo presente Regulamento. REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Art. 1º A Biblioteca da Faculdade de Tecnologia e Negócios será regida pelo presente Regulamento. CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. º A biblioteca é uma unidade subordinada,

Leia mais

DADOS TÉCNICOS DA BIBLIOTECA

DADOS TÉCNICOS DA BIBLIOTECA FAHESA - Faculdades de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos Ltda BIBLIOTECA DADOS TÉCNICOS DA BIBLIOTECA Araguaína Março / 2014 1.

Leia mais

Perguntas frequentes sobre a Biblioteca

Perguntas frequentes sobre a Biblioteca Perguntas frequentes sobre a Biblioteca Como funciona o Sistema de Bibliotecas da UFPI? O sistema de Bibliotecas SIBI/UFPI é formado por 01(uma) biblioteca comunitária e 09 (nove) bibliotecas setoriais:

Leia mais

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos.

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. CEP:242742-140 (21)99535-3287 São Gonçalo-RJ (21)3706-4194 Kennyat@yahoo.com.br OBJETIVO PROFISSIONAL: Tem interesse de aumentar seus conhecimentos e experiências

Leia mais

FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL

FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL Endereço http://www.bn.br Órgão vinculado ao Ministério da Cultura, cuida do Livro, da Leitura, e da Biblioteca. Atendimento à distância. A Divisão de Informação Documental

Leia mais

Biblioteca 9. BIBLIOTECA

Biblioteca 9. BIBLIOTECA BIBLIOTECA Biblioteca 9. BIBLIOTECA Desde seu início, em dezembro de 1999, o Sistema de Bibliotecas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, composto pelas bibliotecas dos Campi de Vitória da Conquista,

Leia mais

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014 São Paulo 2015 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZAÇÕES... 3 2.1 Acervo... 3 2.2 Plano de atualização e expansão do acervo... 3 2.3 Divulgação...

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA O êxito dos serviços da Biblioteca está condicionado ao bom uso que dela fizerem. Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA) Biblioteca Irmã Maria Gemma de Jesus

Leia mais

Núcleo de Coordenação de Bibliotecas - NCB. Relatório Biblioteca Penha Shopping

Núcleo de Coordenação de Bibliotecas - NCB. Relatório Biblioteca Penha Shopping Núcleo de Coordenação de Bibliotecas - NCB Relatório Biblioteca Penha Shopping 2015 SUMÁRIO 1 SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS - SIBi... 02 2 NÚCLEO DE COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS - NCB... 02 3 UNIDADE

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA

METODOLOGIA CIENTÍFICA METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Levantamento Bibliográfico LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO Procedimentos para localização e busca metódica dos documentos referentes ao tema Textos Livros Artigos

Leia mais

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Tipos de Dados em Pesquisa Dados Primários: São aqueles coletados em uma pesquisa de campo, ou seja, são dados originais. Por exemplo, um questionário, formulário,

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL Rio de Janeiro 2002 Doenças Infecciosas e Parasitárias na BVS

Leia mais

Sistema Integrado de Biblioteca (SIBi)

Sistema Integrado de Biblioteca (SIBi) Sistema Integrado de Biblioteca (SIBi) - 1 - Sistema Integrado de Biblioteca (SIBi) A UNIGRANRIO possui um Sistema Integrado de Bibliotecas composto por um Núcleo de Coordenação de Bibliotecas, 12 Bibliotecas

Leia mais

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet?

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Material de Apoio ao TCC UFMA/SUS Pesquisa na Internet A Web oferece recursos de busca sobre tópicos atuais que seriam difíceis encontrar em bibliotecas

Leia mais

Título I. Das Finalidades

Título I. Das Finalidades REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA VISCONDE DE SÃO LEOPOLDO Título I Das Finalidades Art. 1º - A biblioteca foi criada em 13 de maio de 1961. A missão é contribuir para a melhoria do ensino, da pesquisa e

Leia mais

PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES: orientações para pesquisa

PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES: orientações para pesquisa UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS Lívia Sandes Mota Rabelo Maria do Carmo Sá Barreto Ferreira PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES: orientações para pesquisa Feira de

Leia mais

FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD

FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD Luciane Meire Ribeiro STRAUD Biblioteca FCAV (Seção Técnica de Referência, Atendimento ao Usuário e Documentação) 1. Introdução: Definição de FI (em

Leia mais

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1. POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1.1. Objetivos Nas últimas décadas as bibliotecas passaram por mudanças

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA MARINGÁ 2012 1 APRESENTAÇÃO O Desenvolvimento de Coleções, qualquer que seja o tipo de biblioteca (pública,

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Estabelece procedimentos para o uso do espaço físico das Bibliotecas das Faculdades Ponta Grossa e dos serviços prestados pelas mesmas. CAPÍTULO I COMPOSIÇÃO E FINALIDADE Art.

Leia mais

18 e 19 de agosto no Campus Itapina

18 e 19 de agosto no Campus Itapina 18 e 19 de agosto no Campus Itapina PROGRAMA 18/09 19/09 Os ventos não sopram na direção daqueles que não sabem para onde vão Busca integrada Descritores ISSN ISBN Periódico Base de dados bibliográfica

Leia mais

2/11/2009. Fontes de informação científica. O que gera ou veicula informação

2/11/2009. Fontes de informação científica. O que gera ou veicula informação Fontes de informação científica Agosto de 2009 Aula 08 O que gera ou veicula informação Fontes mais estruturadas, normalmente publicações em periódicos e livros. Tem mais legitimidade. Normalmente preveem

Leia mais

BIBLIOTECA REGULAMENTO

BIBLIOTECA REGULAMENTO BIBLIOTECA REGULAMENTO Agosto, 2010 SUMÁRIO INFORMAÇÕES GERAIS... 3 DAS FINALIDADES... 4 DA CONSULTA AO ACERVO... 4 DO EMPRÉSTIMO... 5 DOS TIPOS DE EMPRÉSTIMO... 5 DA RENOVAÇÃO... 6 DA RESERVA DE LIVROS...

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA ESTRUTURA BIBLIOTECA FESVV

FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA ESTRUTURA BIBLIOTECA FESVV FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA ESTRUTURA BIBLIOTECA FESVV VILA VELHA 2010 1. BIBLIOTECAS DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ ESPÍRITO SANTO As Bibliotecas da Faculdade Estácio de Sá Espírito Santo, seguem

Leia mais

Guia do usuário Rev.: 04 Data: 04/11/2015 GUIA DO USUÁRIO

Guia do usuário Rev.: 04 Data: 04/11/2015 GUIA DO USUÁRIO CADASTRO GUIA DO USUÁRIO Quem pode efetuar o cadastro na biblioteca? O acesso à Biblioteca é público, qualquer pessoa pode utilizar suas dependências e pesquisar no acervo. Entretanto, a abertura de cadastro

Leia mais

Plano de Utilização do Acervo e Acessos

Plano de Utilização do Acervo e Acessos FACULDADE DE RONDÔNIA INSTITUTO JOÃO NEÓRICO Plano de Utilização do Acervo e Acessos SUMÁRIO 1 OBJETIVO GERAL...2 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS...2 3. ABRANGÊNCIA...2 4. BIBLIOTECA...2 4.1 Espaço Físico...4

Leia mais

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS. Versão Preliminar

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS. Versão Preliminar UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS Versão Preliminar MANUAL 2002 1 Manual editado pela Área de Planejamento da Biblioteca Central da Unicamp. UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR Dispõe sobre o Funcionamento da Biblioteca da Faculdade CNEC Ilha do Governador. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art.

Leia mais

SCIELO, BIREME, PERIODICOS CAPES, PUBMED, MEDLINE, DOAJ,

SCIELO, BIREME, PERIODICOS CAPES, PUBMED, MEDLINE, DOAJ, Apresentação: BIBLIOTECA DAS FIO A Biblioteca/FIO é um setor das Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) que possui no seu acervo obras de várias áreas do conhecimento, com a finalidade de dar suporte

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi)

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) ATRIBUIÇÕES ANALISTAS: BIBLIOTECÁRIOS - Catalogar e classificar documentos; - Orientar a normalização de trabalhos técnicos e/ou publicações editadas pela Universidade;

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO

RELATÓRIO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO RELATÓRIO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO 1 Objetivo 2 Organograma 3 Horário de Funcionamento 4 Acervo 4.1 Total do AcervoInformatização do Acervo 4.2 Informatização do Acervo 4.3 Atualização e Expansão do Acervo

Leia mais

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO A Biblioteca da FAPPES é uma Biblioteca especializada, mantida pela Sociedade

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE VARGINHA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Dr. Wladimir de Rezende Pinto

FACULDADE DE DIREITO DE VARGINHA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Dr. Wladimir de Rezende Pinto FACULDADE DE DIREITO DE VARGINHA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Dr. Wladimir de Rezende Pinto Missão: Promover o desenvolvimento humano e social através da difusão de conhecimento, da formação ética, da competência

Leia mais

Regulamento Interno das Bibliotecas da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus de Erechim

Regulamento Interno das Bibliotecas da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus de Erechim Regulamento Interno das Bibliotecas da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus de Erechim Capítulo I DA ESTRUTURA E DA FINALIDADE Art. 1º Este regulamento disciplina o funcionamento

Leia mais

REGULAMENTO PARA ACESSO E USO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

REGULAMENTO PARA ACESSO E USO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO REGULAMENTO PARA ACESSO E USO DO SERVIÇO DE BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO São Paulo 2014 CONSULTA E EMPRÉSTIMO DO MATERIAL BIBLIOGRÁFICO DAS FINALIDADES Art. 1º -

Leia mais

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Seção de Acesso a Bases de Dados Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Sumário 1. Instrumentos de Busca 2. Bom atendimento ao usuário 3. Conhecimento

Leia mais

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA Art. 1º - A Biblioteca CINTEC da Faculdade Missioneira do Paraná é um órgão suplementar subordinado à

Leia mais

BIBLIOTECA UNIVATES. Área física e serviços prestados pela Biblioteca

BIBLIOTECA UNIVATES. Área física e serviços prestados pela Biblioteca BIBLIOTECA UNIVATES Área física e serviços prestados pela Biblioteca O prédio da Biblioteca tem área total de 2.696,91m². Abriga em seus três pavimentos, além do acervo, espaço para estudos (individual

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS. 000-GENERALIDADES inclui Metodologia da Pesquisa, Informática e Jornalismo

INFORMAÇÕES GERAIS. 000-GENERALIDADES inclui Metodologia da Pesquisa, Informática e Jornalismo INFORMAÇÕES GERAIS O Boletim de Novas Aquisições do Sistema de Informação e Biblioteca do IESAM - SibIESAM destina-se a toda a comunidade acadêmica e tem por objetivo a divulgação dos materiais adquiridos

Leia mais

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIT ITAPEVA, 2015 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE

Leia mais

BIBLIOTECA MÈRE BLANCHOT REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DA BIBLIOTECA. Capítulo I - DISPOSIÇÕES GERAIS

BIBLIOTECA MÈRE BLANCHOT REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DA BIBLIOTECA. Capítulo I - DISPOSIÇÕES GERAIS BIBLIOTECA MÈRE BLANCHOT REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DA BIBLIOTECA Capítulo I - DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Dos Clientes A Biblioteca Mère Blanchot presta serviços à comunidade acadêmica da Faculdade

Leia mais

Como acessar O acesso é através do site da Biblioteca: www.pucrs.br/biblioteca ou diretamente através do endereço http://omnis.pucrs.

Como acessar O acesso é através do site da Biblioteca: www.pucrs.br/biblioteca ou diretamente através do endereço http://omnis.pucrs. A nova ferramenta de busca das Bibliotecas da PUCRS Guia de Consulta Rápida A ferramenta OMNIS permite buscar e acessar milhões de informações de diversas áreas do conhecimento contidas nos documentos

Leia mais

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas A Coordenação de Bibliotecas e a informatização do sistema: onde estamos e o que queremos 1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA A Biblioteca da ESIC - Business & Marketing School tem por objetivo principal reunir informações necessárias ao aprimoramento profissional, educacional e pessoal, preparando-as

Leia mais

BIBLIOTECA: REGULAMENTAÇÃO E NORMAS ELABORAÇÃO: GISÉLIA FERREIRA DA SILVA Bibliotecária CRB-5/469

BIBLIOTECA: REGULAMENTAÇÃO E NORMAS ELABORAÇÃO: GISÉLIA FERREIRA DA SILVA Bibliotecária CRB-5/469 Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães, 222 Ponto Central CEP 44.032-620 Endereço

Leia mais

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999)

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) 1. Introdução Este documento descreve o projeto para o desenvolvimento

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS. 000-GENERALIDADES inclui Metodologia da Pesquisa, Informática e Jornalismo

INFORMAÇÕES GERAIS. 000-GENERALIDADES inclui Metodologia da Pesquisa, Informática e Jornalismo INFORMAÇÕES GERAIS O Boletim de Novas Aquisições do Sistema de Informação e Biblioteca do IESAM - SibIESAM destina-se a toda a comunidade acadêmica e tem por objetivo a divulgação dos materiais adquiridos

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA FAIT

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA FAIT REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA FAIT 0 SUMÁRIO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 02 TÍTULO II DOS USUÁRIOS... 02 TÍTULO III DO FUNCIONAMENTO... 02

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DO INTERIOR PAULISTA FAIP

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DO INTERIOR PAULISTA FAIP REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DO INTERIOR PAULISTA FAIP SUMÁRIO DESCRIÇÃO PÁGINA TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 02 TÍTULO II DOS USUÁRIOS 02 TÍTULO III DO FUNCIONAMENTO

Leia mais

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA As Bibliotecas da Universidade Braz Cubas são destinadas ao Corpo Docente, Discente e aos funcionários administrativos. As Bibliotecas utilizam o sistema Informatizado Pergamum, onde o aluno tem a comodidade

Leia mais

PDI 2014/2017. Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS

PDI 2014/2017. Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS PDI 2014/2017 Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS O Sistema de Bibliotecas do IFRS (SiBIFRS) está em fase de estruturação. Atualmente ele é composto Grupos de Trabalho (GTs) pelas doze Bibliotecas

Leia mais

RESOLUÇÃO N 002/2007 - DG. Regulamenta Procedimentos para o Funcionamento da Biblioteca da FCV.

RESOLUÇÃO N 002/2007 - DG. Regulamenta Procedimentos para o Funcionamento da Biblioteca da FCV. RESOLUÇÃO N 002/2007 - DG Regulamenta Procedimentos para o Funcionamento da Biblioteca da FCV. O Conselho Superior - CONSU, aprovou em 30 de março de 2007, e eu, Prof. José Carlos Barbieri, Diretor da

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA UFMGAprovado pela Congregação da Faculdade de Odontologia em 26/03/2008 CAPÍTULO I

FACULDADE DE ODONTOLOGIA UFMGAprovado pela Congregação da Faculdade de Odontologia em 26/03/2008 CAPÍTULO I FACULDADE DE ODONTOLOGIA UFMGAprovado pela Congregação da Faculdade de Odontologia em 26/03/2008 CAPÍTULO I Da finalidade e administração Art. 1º - A Biblioteca da Faculdade de Odontologia da UFMG tem

Leia mais

Art. 1. O presente regulamento contém as normas que regem e orientam as rotinas dos serviços prestados pelas Bibliotecas da Faculdade FORTIUM.

Art. 1. O presente regulamento contém as normas que regem e orientam as rotinas dos serviços prestados pelas Bibliotecas da Faculdade FORTIUM. REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE FORTIUM I DO REGULAMENTO E SUA APLICAÇÃO Art. 1. O presente regulamento contém as normas que regem e orientam as rotinas dos serviços prestados pelas Bibliotecas

Leia mais

BIBLIO BIBLIOTEC BIBLIO TEC

BIBLIO BIBLIOTEC BIBLIO TEC IBLIOT 7. BIBLIOTECA A missão do sistema de bibliotecas da Instituição consiste em selecionar, organizar, disseminar, incentivar e preservar a informação, primando pela agilidade e excelência na prestação

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PROF. DR. JOÃO FRANCISCO GONSALEZ

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PROF. DR. JOÃO FRANCISCO GONSALEZ REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PROF. DR. JOÃO FRANCISCO GONSALEZ Art. 1º - A Biblioteca Prof. Dr. João Francisco Gonsalez da Faculdade Catuaí é um órgão com administração própria, subordinada diretamente à

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS - UNILESTE SISTEMA DE BIBLIOTECAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS - UNILESTE SISTEMA DE BIBLIOTECAS CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS - UNILESTE SISTEMA DE BIBLIOTECAS APRESENTAÇÃO O Sistema de Bibliotecas do Unileste, em sua estrutura parcialmente centralizada aprovada pelo Conselho Interdepartamental,

Leia mais

Regulamento da Biblioteca Setorial Campus COGEAE Consolação (BCC)

Regulamento da Biblioteca Setorial Campus COGEAE Consolação (BCC) 1 Regulamento da Biblioteca Setorial Campus COGEAE Consolação (BCC) Disposições Gerais A BCC Biblioteca COGEAE Consolação tem por objetivo desenvolver e disponibilizar à comunidade acadêmica serviços e

Leia mais

REGULAMENTO. DO EXPEDIENTE E/OU DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA : Art 2º

REGULAMENTO. DO EXPEDIENTE E/OU DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA : Art 2º DO OBJETIVO : Art 1º As Bibliotecas UNIABEU têm o objetivo geral de contribuir com o processo de ensino e pesquisa desta IES, sendo esta responsável, particularmente, por administrar o acervo da Instituição;

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACIT

FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACIT FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACIT TÍTULO I DAS FINALIDADES Art.1º. O presente documento tem por finalidade estabelecer normas e rotinas para o funcionamento

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AÇÕES DE MELHORIAS NO IESAM INFRA-ESTRUTURA ENSINO DE GRADUAÇÃO ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA INSTITUIÇÃO AÇÕES DE MELHORIAS NO IESAM Comissão Própria de Avaliação (CPA) do IESAM Atem

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES Coordenação do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação Bianca Amaro Coordenação de Atendimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 1.289, DE 11 DE JULHO DE 2012. RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 1.289, DE 11 DE JULHO DE 2012. RESOLVE: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 1.289, DE 11 DE JULHO DE 2012. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO, nomeado através da Portaria MEC nº 265, de 24.03.2009,

Leia mais

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme.

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme. http://www.bvs.br Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação online@bireme.br A BVS como fonte para tomada de decisão em saúde Apresentação e organização Navegação e recursos de

Leia mais

http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line da BVS 11 de janeiro de 2005

http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line da BVS 11 de janeiro de 2005 http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line 11 de janeiro de 2005 Introdução Na arquitetura, fonte de informação é qualquer recurso que responda a uma demanda de informação

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011. Manual do Usuário

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011. Manual do Usuário MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

O espaço físico da Biblioteca da Unidade Santo Agostinho I possui 407 m2, distribuído nos seguintes setores:

O espaço físico da Biblioteca da Unidade Santo Agostinho I possui 407 m2, distribuído nos seguintes setores: 19 BIBLIOTECAS DA FACULDADE NOVOS HORIZONTES 19.1 Espaço Físico 19.1.1 Biblioteca da Unidade Santo Agostinho I O espaço físico da Biblioteca da Unidade Santo Agostinho I possui 407 m2, distribuído nos

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais

BIBLIOTECA DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA GUIA DO USUÁRIO. Luzia Ribeiro BIBLIOTECÁRIA

BIBLIOTECA DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA GUIA DO USUÁRIO. Luzia Ribeiro BIBLIOTECÁRIA BIBLIOTECA DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA GUIA DO USUÁRIO Luzia Ribeiro BIBLIOTECÁRIA 2010 Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá Vila Velha Biblioteca Rua Cabo Aylson Simões, 1170 Centro,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA EDITAL Nº 001/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA EDITAL Nº 001/2015 EDITAL Nº 001/2015 CHAMADA PARA INSCRIÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS DOUTORADO (PNPD/CAPES) O Prof. Dr. Darlon Martins Lima, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Odontologia, no uso de suas atribuições

Leia mais

Gestão de bibliotecas universitárias. Capes Encontro de Diretores de Bibliotecas Universitárias Brasília, 26 e 27 de maio de 2014

Gestão de bibliotecas universitárias. Capes Encontro de Diretores de Bibliotecas Universitárias Brasília, 26 e 27 de maio de 2014 Gestão de bibliotecas universitárias Capes Encontro de Diretores de Bibliotecas Universitárias Brasília, 26 e 27 de maio de 2014 A biblioteca Universitária é a instituição responsável pelos serviços de

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL PARANÁ Campus Curitiba BIBLIOTECA DO CAMPUS CURITIBA RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2012

INSTITUTO FEDERAL PARANÁ Campus Curitiba BIBLIOTECA DO CAMPUS CURITIBA RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2012 INSTITUTO FEDERAL PARANÁ Campus Curitiba BIBLIOTECA DO CAMPUS CURITIBA RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2012 CURITIBA 2013 INSTITUTO FEDERAL PARANÁ Campus Curitiba Equipe responsável pela gestão no ano letivo

Leia mais

PROJETO TÉCNICO DA BIBLIOTECA DO FUTURO DO ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA CANTAGALO, PAVÃO/PAVÃOZINHO SUMÁRIO

PROJETO TÉCNICO DA BIBLIOTECA DO FUTURO DO ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA CANTAGALO, PAVÃO/PAVÃOZINHO SUMÁRIO PROJETO TÉCNICO DA BIBLIOTECA DO FUTURO DO ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA CANTAGALO, PAVÃO/PAVÃOZINHO Este Projeto é uma contribuição, de autoria, da Chefe da Biblioteca Euclides da Cunha/Fundação Biblioteca

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA TÍTULO I DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E INFORMAÇÕES GERAIS Art. 1º - O presente regulamento visa disciplinar, normalizar os serviços e estabelecer procedimentos que possam subsidiar

Leia mais

universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse

universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse Abel L. Packer BIREME/OPS/OMS, Diretor Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde

Leia mais

Como fazer uma Revisão Bibliográfica

Como fazer uma Revisão Bibliográfica Como fazer uma Revisão Bibliográfica Objetivos da Revisão Bibliográfica Aprendizado sobre uma determinada área Levantamento dos trabalhos realizados anteriormente sobre o mesmo tema Identificação e seleção

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 META 1: MELHORIA DOS SERVIÇOS E PRODUTOS... 4 META 2 : EDUCAÇÃO

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA

SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA Sala de Aula A instituição disponibiliza equipadas com todos os recursos multimídias necessários, que são estes: Projetor

Leia mais

REGULAMENTO POLÍTICA DE FUNCIONAMENTO, ESTRUTURA E ACERVO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DO SUDESTE GOIANO

REGULAMENTO POLÍTICA DE FUNCIONAMENTO, ESTRUTURA E ACERVO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DO SUDESTE GOIANO REGULAMENTO POLÍTICA DE FUNCIONAMENTO, ESTRUTURA E ACERVO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DO SUDESTE GOIANO 1. Apresentação Na Faculdade do Sudeste Goiano a biblioteca tem sido alvo de constante atenção, seu

Leia mais

RESOLUÇÃO 001/2013-CD. Aprovar o Regulamento da Biblioteca da Faculdade Intermunicipal do Noroeste do Paraná, conforme anexo.

RESOLUÇÃO 001/2013-CD. Aprovar o Regulamento da Biblioteca da Faculdade Intermunicipal do Noroeste do Paraná, conforme anexo. RESOLUÇÃO 001/2013-CD O Diretor da Faculdade Intermunicipal do Noroeste do Paraná FACINOR Professor Agenor de Oliveira Duarte, tendo em vista a decisão do Conselho Departamental desta Instituição de Ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB 2013 SUMÁRIO 1 DA INTRODUÇÃO... 3 2 DO OBJETIVO... 3 3 DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO...

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2014. CURSO: ADMINISTRAÇÃO 300 HORAS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2014. CURSO: ADMINISTRAÇÃO 300 HORAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2014. CURSO: ADMINISTRAÇÃO 300 HORAS TIPO DE ATIVIDADE ATIVIDADES VINCULADAS AO ENSINO CRITÉRIOS DE ATRIBUIÇÃO DE HORAS Monografia/Dissertações/Teses. Monografias, na IES, cujos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária Regulamento de Empréstimo entre Bibliotecas Art. 1º O presente documento contém as disposições básicas que regulamentam o serviço de Empréstimo entre Bibliotecas na Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Leia mais

Metodologia Científica. Profa. Alessandra Martins Coelho

Metodologia Científica. Profa. Alessandra Martins Coelho Metodologia Científica Profa. Alessandra Martins Coelho julho/2014 Ementa O Sistema acadêmico brasileiro. O conhecimento científico e outros tipos de conhecimento. Virtudes do texto técnico Modalidades

Leia mais

FAE BUSINESS SCHOOL CENTRO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS

FAE BUSINESS SCHOOL CENTRO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS Este Regulamento normatiza os procedimentos a serem observados no tocante aos trabalhos desenvolvidos pelo Setor

Leia mais

AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO. Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação

AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO. Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO / NÃO 1 Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação Registro de sugestões de compra de materiais bibliográficos

Leia mais