FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL Rio de Janeiro 2002

2 Doenças Infecciosas e Parasitárias na BVS A área de Doenças Infecciosas e Parasitárias é parte integrante da Biblioteca Virtual em Saúde para a América Latina e Caribe e promove a operação cooperativa e descentralizada da rede de fontes de informação científica e técnica em Doenças Infecciosas e Parasitárias na Internet. O objetivo é promover o acesso online eficiente, universal e eqüitativo a toda a informação relevante para a saúde e na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias na América Latina e Caribe. BVS em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil A BVS em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil terá sua operação orientada por um comitê formado por especialistas, que atuará como um Comitê Consultivo, promovendo o desenvolvimento de fontes de informação, definindo critérios de seleção, analisando as fontes de informação disponíveis na Internet, certificando-as para que possam integrar a BVS em Doenças Infecciosas e Parasitárias, estabelecendo critérios para a operação de listas de discussão. O Comitê deverá ser formado por um representante da e representantes de instituições envolvidas com o tema Doenças Infecciosas e Parasitárias como: Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde ICICT Instituto Oswaldo Cruz - IOC Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz CPqGM Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - FMTM Instituto Evandro Chagas - IEC Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde - Projetos para o Desenvolvimento da BVS DIP Brasil A estratégia de implantação da BVS DIP Brasil baseia-se em projetos específicos orientados a diferentes produtos e serviços de informação. As propostas de projetos apresentadas abaixo seguem as linhas de ação da 2

3 BVS para a América Latina e Caribe. Para cada projeto inclui-se a descrição, os sub-projetos, os resultados esperados e as instituições responsáveis. Proposta Preliminar de Projetos: BVS DIP Brasil-0: Página Nacional da BVS DIP Brasil BVS DIP Brasil-1: Literatura científica e técnica em Doenças Infecciosas e Parasitárias BVS DIP Brasil-2: Diretórios de Doenças Infecciosas e Parasitárias BVS DIP Brasil-3: Indicadores Numéricos de Doenças Infecciosas e Parasitárias BVS DIP Brasil-4: Desenvolvimento e atualização da terminologia em DIP (*) BVS DIP Brasil-5: Disseminação Seletiva da Informação BVS DIP Brasil-6: Comunicação: notícias e listas de discussão BVS DIP Brasil-7: Banco de imagens (*) BVS DIP Brasil-8: Exposições e seminários virtuais na BVS BVS DIP Brasil-9: LIS-DIP - Localizador de Informação BVS DIP Brasil-10: Capacitação de intermediários e usuários BVS DIP Brasil-11: Marketing BVS DIP Brasil-12: Coleção de obras raras (*) BVS DIP Brasil-14: Espaço da comunidade (*) BVS DIP Brasil-15: Legislação Nacional em Texto Completo (*) Projetos novos BVS DIP Brasil-0: Página Nacional da BVS Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação da página nacional da BVS DIP Brasil. O seu objetivo específico é integrar os sites descentralizados que operam produtos e serviços em Doenças Infecciosas e Parasitárias, destacar as novidades na área, publicar estatísticas de uso da BVS DIP Brasil, etc. A página nacional da BVS DIP Brasil será operada na, como parte da BVS para a América Latina e Caribe. A página nacional da BVS DIP Brasil em operação de modo atualizado. Início da operação piloto: /2004 Início da operação normal: /2005 Comitê Consultivo BVS DIP Brasil-1: Literatura científica e técnica em Doenças Infecciosas e Parasitárias 3

4 Operação de fontes de informação sobre literatura científica e técnica em Doenças Infecciosas e Parasitárias, nacional e internacional. Compreende um amplo conjunto de atividades, produtos e serviços de informação, que são agrupados em diferentes sub-projetos. Muitos já são operados no contexto da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde, coordenada pela. Acesso integrado, eficiente e universal à literatura científica e nacional e internacional em Doenças Infecciosas e Parasitárias. técnica Centros Cooperantes da Rede Brasileira Comitê Consultivo BVS DIP Brasil- 1.1: Controle bibliográfico da literatura nacional em Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação do controle bibliográfico da literatura nacional em Doenças Infecciosas e Parasitárias, incluindo todos os tipos de literatura - revistas científicas, monografias, incluindo livros e teses (mestrado, doutorado e livre docência), documentos governamentais, textos apresentados em congressos e documentos não convencionais. Este controle bibliográfico já é realizado pela Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde. O controle bibliográfico segue a Metodologia LILACS e inclui os processos de localização e coleta de documentos, seleção e a geração do registro com a descrição bibliográfica e indexação para cada documento selecionado e sua organização em base de dados. O controle bibliográfico deverá ser efetuado através de meios eficazes de comunicação entre instituições produtoras de informação na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias e os Centros Cooperantes da Rede para melhorar a captação de documentos para a base de dados. Resultados esperados: Controle exaustivo da literatura em Doenças Infecciosas e Parasitárias produzida no Brasil. Rede nacional ampliada de coleta da literatura em Doenças Infecciosas e Parasitárias, cobrindo instituições de ensino e pesquisa, organismos governamentais, organismos não governamentais, organismos internacionais, etc. Rede nacional ampliada de centros armazenadores e processadores da literatura nacional em Doenças Infecciosas e Parasitárias. 4

5 Centros Cooperantes da Rede Brasileira : a definir Comitê Consultivo BVS DIP Brasil-1.2: Operação online de bases de dados bibliográficas nacionais e internacionais em Doenças Infecciosas e Parasitárias Descrição Operação de bases de dados bibliográficas nacionais e internacionais na BVS, ampliando o acesso às bases que oferecem informações sobre Doenças Infecciosas e Parasitárias. As bases de dados deverão ser operadas na BVS de modo integrado ao Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento (SCAD) e às coleções eletrônicas em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Acesso eficiente e universal aos registros bibliográficos e textos completos da literatura nacional e internacional sobre Doenças Infecciosas e Parasitárias. Centros Cooperantes da Rede Brasileira BVS DIP Brasil-1.3: SCAD - Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento Operação do SCAD Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento para promover o acesso eficiente e rápido aos documentos em papel indexados nas bases de dados bibliográficas nacionais e internacionais. O SCAD é um serviço cooperativo das bibliotecas de saúde do Brasil e demais países da América Latina e Caribe, que possui interface com serviços internacionais de provisão de fotocópias, como o Loansome Doc da National Library of Medicine dos Estados Unidos e a British Library. Na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias é necessário que as instituições ligadas à área de Doenças Infecciosas e Parasitárias participem como centros cooperantes do SCAD, principalmente na área governamental para assegurar acesso a documentos produzidos no e nas Secretarias de Saúde. Acesso eficiente e universal à literatura em Doenças Infecciosas e Parasitárias em papel. 5

6 Centros Cooperantes da Rede Brasileira BVS DIP Brasil-1.4: Publicação eletrônica de textos em Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de uma rede de coleções de textos completos em formato eletrônico, incluindo livros e monografias em geral, documentos governamentais, teses, anais de congressos, etc. A publicação eletrônica dos textos deverá obedecer a uma metodologia comum, derivada da Metodologia SciELO para periódicos eletrônicos. A médio prazo os textos das coleções serão operados de modo descentralizado por instituições produtoras de literatura na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias incluindo instituições de ensino e pesquisa, sociedades científicas, e organismos governamentais, OPAS e demais organismos internacionais, organizações não governamentais, etc. Inicialmente, as coleções serão operadas pela e em um núcleo de instituições a serem definidas. Posteriormente a metodologia e a experiência do núcleo inicial serão transferidas a outras instituições. Metodologia para a publicação eletrônica de coleções de textos completos. Acesso eficiente e universal às coleções de textos completos em Doenças Infecciosas e Parasitárias. BVS DIP Brasil-1.5: Acesso cooperativo a coleções de periódicos internacionais em Doenças Infecciosas e Parasitárias em formato eletrônico Estabelecimento e operação de iniciativas tipo consórcio para a operação do acesso compartilhado a periódicos internacionais em formato eletrônico. O projeto deve ser compatível com outras iniciativas em operação ou que venham a ser promovidas em futuro próximo. 6

7 O projeto deve identificar e operar com a coleção de periódicos considerados essenciais em Doenças Infecciosas e Parasitárias e que deverão fazer parte da BVS DIP Brasil. Acesso online eficiente e universal à coleção de periódicos internacionais em Doenças Infecciosas e Parasitárias em formato eletrônico BVS DIP Brasil-2: Diretórios de Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de catálogos online que descrevem instituições, especialistas, projetos, cursos e eventos em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil. A operação de cada um dos catálogos constitui um sub-projeto específico. Muitos dos catálogos serão alimentados de forma aberta na Internet. As bibliotecas e centros de documentação da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde deverão ter participação ativa na promoção e operação dos catálogos. Estes serão integrados à coleção de catálogos da América Latina e Caribe representados na BVS. Acesso eficiente e universal aos catálogos relativos a especialistas, projetos, cursos e eventos na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil. BVS DIP Brasil-2.1: Diretório de instituições da área de Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de um catálogo nacional online na Internet de instituições na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias, incluindo organismos governamentais nacionais, estaduais e municipais, instituições de ensino e pesquisa, sociedades científicas, organismos não governamentais, bibliotecas e centros de documentação, etc. O registro de uma instituição no catálogo incluirá a identificação precisa da instituição, seu responsável principal, endereço geográfico e na Internet e sua área de atuação em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Este catálogo deverá ser alimentado de forma semi-aberta na Internet, com controle para certificação dos registros. 7

8 Acesso online eficiente e universal a um catálogo exaustivo das instituições brasileiras na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias. BVS DIP Brasil-2.2: Diretório de profissionais da área de Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de um catálogo nacional online na Internet de profissionais da área de Doenças Infecciosas e Parasitárias. O registro de um profissional no catálogo incluirá a sua identificação, endereço geográfico e na Internet, especialidades e tipos de atuação na área. Este catálogo deverá ser alimentado de forma aberta na Internet. Acesso online eficiente e universal a um catálogo de profissionais de Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil. BVS DIP Brasil-2.3: Diretório de projetos de pesquisa da área de Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de um catálogo nacional online na Internet de projetos de pesquisa na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias nos diversos Estados, subsidiados pelo Programa Integrado de Doenças Endêmicas do CNPq. O registro de um projeto no catálogo incluirá a sua identificação, descrição, início e fim previstos, especialidades, pesquisadores responsáveis, instituições patrocinadoras, URL de documentação online sobre avanços e resultados do projeto. Este catálogo terá sua alimentação de forma aberta na Internet. 8

9 Acesso online eficiente e universal a um catálogo nacional de projetos de pesquisa em Doenças Infecciosas e Parasitárias para informação ã comunidade científica em particular e ao cidadão de modo geral. BVS DIP Brasil-2.4: Diretório de cursos em Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de um catálogo nacional online na Internet de cursos em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Inclui todos os tipos de cursos. O registro de um curso no catálogo incluirá a sua identificação, instituições responsáveis, tipo do curso, descrição, especialidade, público alvo e requisitos, início e fim previstos, endereço geográfico e URL. Este catálogo terá sua alimentação de forma aberta na Internet. Acesso online eficiente e universal a um catálogo nacional de cursos em Doenças Infecciosas e Parasitárias. BVS DIP Brasil-2.5: Diretório de eventos em Doenças Infecciosas e Parasitárias Operação de um catálogo nacional online na Internet de eventos em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Inclui todos os tipos de eventos, exceto cursos. O registro de um evento no catálogo incluirá a sua identificação, instituições responsáveis, especialidade, público alvo e requisitos, datas de início e fim, local do evento e URL do evento. Este catálogo terá sua alimentação de forma aberta na Internet. Acesso online eficiente e universal a um catálogo nacional de eventos em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Instituições a definir 9

10 BVS DIP Brasil-3: Indicadores numéricos de Doenças Infecciosas e Parasitárias Definição do conjunto de indicadores básicos de Doenças Infecciosas e Parasitárias para sua posterior operação na BVS. Coleção de indicadores de saúde. Instituição responsável: BVS DIP Brasil- 4: Desenvolvimento e atualização da terminologia em Doenças Infecciosas e Parasitárias Inclusão de termos específicos de Doenças Infecciosas e Parasitárias no vocabulário controlado da Descritores em Ciências da Saúde (DeCS), um dos componentes integradores da Biblioteca Virtual em Saúde. Acesso eficiente e universal às informações de Doenças Infecciosas e Parasitárias através da atualização do DeCS e da disseminação dos termos de Medicinal Tropical para tratamento das fontes de informação desta área. Maior revelância e revogação na recuperação dos registros bibliográficos referentes à Doenças Infecciosas e Parasitárias BVS DIP Brasil- 5: Disseminação Seletiva de Informação em Doenças Infecciosas e Parasitárias Serviço de disseminação seletiva de informação via e/ou PUSH, que consiste no envio automático de informação atualizada a usuários, de acordo com perfis temáticos previamente definidos. Toda a operação do serviço será realizada na Internet. Caberá a um conjunto selecionado de bibliotecas e centros de documentação em Doenças Infecciosas e Parasitárias a responsabilidade da elaboração e atualização dos perfis temáticos. 10

11 Acesso eficiente e universal ao serviço de disseminação seletiva de informação em Doenças Infecciosas e Parasitárias. BVS DIP Brasil-6: Comunicação: notícias e listas de discussão em Doenças Infecciosas e Parasitárias Registro e operação na BVS DIP Brasil das fontes de informação resultantes de comunicação direta entre usuários, incluindo serviços de notícias sobre a BVS DIP Brasil e sobre Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil, teleconferências para discussão e difusão de temas e programas em Doenças Infecciosas e Parasitárias e listas de discussão. Acesso eficiente e universal aos serviços de notícias, teleconferências e listas de discussão. Instituição responsável: Instituição a definir BVS DIP Brasil-6.1: Parasitárias Clipping de notícias em Doenças Infecciosas e Operação de uma base de dados de clipping de notícias em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Brasil, que deverá basear-se nos principais jornais do país, disponíveis em formato eletrônico. O projeto inclui a promoção de acordos com os principais jornais do país para automatizar a operação do clipping. Acesso eficiente e universal a um clipping de notícias em Doenças Infecciosas e Parasitárias. Instituição a definir BVS DIP Brasil-6.2: Notícias sobre a BVS DIP Brasil 11

12 Operação de um serviço de notícias sobre o desenvolvimento e operação da BVS DIP Brasil com o objetivo de disseminar novas fontes de informação, novas instituições participantes e promover a integração da BVS DIP Brasil. Disseminação eficiente e universal da operação da BVS DIP Brasil BVS DIP Brasil-6.3: Listas de discussão Operação de um diretório de listas de discussão nacionais e internacionais, relacionadas com Doenças Infecciosas e Parasitárias. O catálogo descreve o assunto da lista, público alvo e seu endereço na Internet. Acesso eficiente e universal a um catálogo de listas de discussão Instituição responsável: BVS DIP Brasil-6.4: Servidores de listas de discussão Operação de servidores de lista de discussão na BVS DIP Brasil abertos à comunidade, com o objetivo de promover amplamente o uso desta fonte de informação. O estabelecimento e operação das listas serão de responsabilidade expressa de instituições, grupos ou indivíduos identificados. Os critérios para o estabelecimento e operação de listas de discussão na BVS DIP Brasil serão definidos por seu Comitê Consultivo. Acesso eficiente e universal às listas de discussão BVS DIP Brasil-7: Banco de Imagens 12

13 Operação de imagens diversas relacionadas ao estudo das Doenças Infecciosas e Parasitárias para uso de professores e pesquisadores em palestras e aulas sobre o tema. Resultados esperados: Acesso eficiente e universal a imagens de boa qualidade para divulgação do conhecimento na área de Doenças Infecciosas e Parasitárias. BVS DIP Brasil-8: Exposições e seminários na BVS DIP Brasil Operação periódica de exposições e seminários virtuais sobre temas específicos de Doenças Infecciosas e Parasitárias. Além de promover a disseminação do conteúdo da BVS DIP Brasil em temas específicos, este projeto visa a geração de novas fontes de informação mediante trabalhos encomendados e discussões entre especialistas. As exposições e seminários podem operar durante um período de 1 a 3 meses e o seu conteúdo permanece na BVS após a sua finalização. As exposições e seminários serão realizados por diferentes instituições. Os temas das exposições e seminários serão determinados pelo Comitê Nacional da BVS DIP Brasil assim como a instituição ou instituições responsáveis. Realização de exposição anual Para cada exposição haverá uma ou mais instituições responsáveis. BVS DIP Brasil-9: LIS-DIP - Localizador de Informação em Doenças Infecciosas e Parasitárias na Internet Operação de um portal ou catálogo de recursos de Doenças Infecciosas e Parasitárias na Internet, registrados segundo o padrão Localizador de Informação em Saúde (LIS) da BVS. Os recursos são ingressados no LIS de acordo com critérios de seleção pré-estabelecidos. A alimentação do LIS será feita por uma rede de centros cooperantes. O LIS-DIP-BR será integrado ao LIS regional para a América Latina e Caribe. 13

14 Acesso eficiente e universal a um portal ou catálogo atualizado de fontes de informação em Doenças Infecciosas e Parasitárias disponíveis na Internet. Centros Cooperantes da Rede Brasileira Comitê Consultivo BVS DIP Brasil-10: Capacitação de intermediários e usuários Fortalecer a capacidade nacional no que se refere à produção e operação de fontes de informação na Internet com a realização de cursos para a operação da BVS DIP Brasil para bibliotecários e demais intermediários e usuários finais (especialistas e representantes das instituições). Promoção de 6 cursos de acesso e operação das fontes de informação na BVS. BVS DIP Brasil-11: Marketing Formulação e implantação de um plano de marketing da BVS de acordo com plano estabelecido pelo Comitê Consultivo. 14

15 Resultados esperados: Ampla disseminação da BVS entre profissionais da área e o público em geral como espaço para o acesso a informação de qualidade. Todas as instituições envolvidas na construção da BVS BVS DIP Brasil-12: Coleção de Obras Raras Operação de um catálogo online na Internet de obras raras referentes às Doenças Infecciosas e Parasitárias existentes no acervo das Bibliotecas especializadas na área. Acesso online eficiente e universal ao texto e às ilustrações das obras raras, garantindo sua preservação física. BVS DIP Brasil-14: Espaço da Comunidade Operação de serviços de informação organizados e orientados para o cidadão, tais como textos estruturados sobre temas de interesse e com linguagem dirigida ao leigo, consultas temáticas a especialistas, respostas a questões e dúvidas mais frequentes e fóruns temáticos relacionados às doenças tropicais. Resultados esperados: Propiciar o acesso a recursos de informação à comunidade de modo geral e promover um sistema interativo de comunicação entre especialistas e cidadãos sobre as formas de contágio, evolução e tratamento de doenças tropicais. Comitê consultivo 15

16 BVS DIP Brasil : Espaço da comunidade Sala de leitura Textos estruturados com temas de interesse da comunidade. Resultados esperados: Coleção de textos sobre temas de interesse e com linguagem dirigida ao cidadão. Comitê Consultivo BVS DIP Brasil : Espaço da Comunidade - Consulta a especialistas Operação de serviços relativos a responder dúvidas específicas e orientar os cidadãos sobre doenças tropicais. Resultados esperados: Maior interação entre especialistas e o cidadão, atendimento especializado no esclarecimento de dúvidas específicas e orientação segura sobre as doenças tropicais. Comitê Consultivo BVS DIP Brasil : Espaço da Comunidade - Faq(s) por Coleção de perguntas e respostas elaboradas a partir dos textos estruturados, consultas a especialistas e fórum. Resultados esperados: Acesso eficiente e rápido por parte do cidadão às respostas para suas dúvidas mais freqüentes em relação às doenças tropicais. 16

17 Comitê consultivo BVS DIP Brasil-15: Legislação Nacional em Texto Completo Identificação e estabelecimento do controle bibliográfico da legislação brasileira em Doenças Infecciosas e Parasitárias e registro desta legislação em texto completo. Controle exaustivo da legislação brasileira em texto completo relacionada com a área de Doenças Infecciosas e Parasitárias. 17

Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde

Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde Objetivo: Apresentar o Modelo da BVS: conceitos, evolução, governabilidade, estágios e indicadores. Conteúdo desta aula

Leia mais

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999)

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) 1. Introdução Este documento descreve o projeto para o desenvolvimento

Leia mais

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme.

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme. http://www.bvs.br Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação online@bireme.br A BVS como fonte para tomada de decisão em saúde Apresentação e organização Navegação e recursos de

Leia mais

Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO

Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO Versão Março 2008 1 Introdução Este documento tem por objetivo

Leia mais

BIREME / OPAS / OMS. Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde

BIREME / OPAS / OMS. Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde BIREME / OPAS / OMS Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde Acesso às fontes de informação da Biblioteca Virtual em Saúde Versão 2 São Paulo - Março 2008 Copyright Março

Leia mais

Biblioteca Virtual em Medicina Veterinária e Zootecnia

Biblioteca Virtual em Medicina Veterinária e Zootecnia Biblioteca Virtual em Medicina Veterinária e Zootecnia Elaborado por: Rosa Maria Fischi São Paulo 2008 Coordenação: Universidade de São Paulo Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Biblioteca Virginie

Leia mais

Projeto BVS-SP-4 Fontes de informação de apoio a tomadores de decisão em saúde pública (15 de outubro de 1999)

Projeto BVS-SP-4 Fontes de informação de apoio a tomadores de decisão em saúde pública (15 de outubro de 1999) BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública Projeto BVS-SP-4 Fontes de informação de apoio a tomadores de decisão em saúde pública (15 de outubro de 1999) 1. Introdução Este documento descreve o projeto para a pesquisa

Leia mais

BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública. Projeto BVS-SP-7 Atualização da terminologia e áreas temáticas em saúde pública (01 de julho de 2002) 1.

BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública. Projeto BVS-SP-7 Atualização da terminologia e áreas temáticas em saúde pública (01 de julho de 2002) 1. BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública Projeto BVS-SP-7 Atualização da terminologia e áreas temáticas em saúde pública (01 de julho de 2002) 1. Introdução Este documento descreve o projeto para atualização

Leia mais

Evolução da BVS nos Países eportuguêse. Cláudia Guzzo BIREME/PAHO/WHO - São Paulo

Evolução da BVS nos Países eportuguêse. Cláudia Guzzo BIREME/PAHO/WHO - São Paulo Evolução da BVS nos Países eportuguêse Cláudia Guzzo BIREME/PAHO/WHO - São Paulo FATOS HISTÓRICOS Set. 2005 - Pontos focais do eportuguêse se reúnem em GT durante o 9º Congresso Mundial de Informação em

Leia mais

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ Paulo Gadelha Vice-presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho Fundação Oswaldo Cruz 1900: Instituto Soroterápico Federal Objetivo

Leia mais

Biblioteca virtual sobre bioética e diplomacia em saúde Virtual library on bioethics and diplomacy in health

Biblioteca virtual sobre bioética e diplomacia em saúde Virtual library on bioethics and diplomacy in health Biblioteca virtual sobre bioética e diplomacia em saúde Virtual library on bioethics and diplomacy in health Tyara Kropf Barbosa Gerente, Subsecretaria de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão.

Leia mais

Plano de Trabalho 2014-2016

Plano de Trabalho 2014-2016 Plano de Trabalho 2014-2016 Indicação das Prioridades da Rede para a BVS Brasil http://brasil.bvs.br/reuniao-redebvs-2014/ #bvsbrasil2014 Equipe MIP Modelo.bvs@bireme.org Produção de Fontes de Informação

Leia mais

Reunião do Comitê Consultivo da BVS Enfermagem Brasil

Reunião do Comitê Consultivo da BVS Enfermagem Brasil Reunião do Comitê Consultivo da BVS Enfermagem Brasil Apresentação O presente documento tem como objetivo registrar e documentar a Reunião do proposto Comitê Consultivo da BVS Enfermagem realizada no dia

Leia mais

Questionário para mapear o desenvolvimento da BVS no Brasil e identificar oportunidades de cooperação, fortalecimento e sustentabilidade da Rede.

Questionário para mapear o desenvolvimento da BVS no Brasil e identificar oportunidades de cooperação, fortalecimento e sustentabilidade da Rede. BVS Brasil Questionário para mapear o desenvolvimento da BVS no Brasil e identificar oportunidades de cooperação, fortalecimento e sustentabilidade da Rede. Identificação da Instância BVS Dados gerais

Leia mais

http://www.bvs.br/ Projeto 3A Capacitação no acesso às Fontes de Informação da BVS Saúde Pública 14 de janeiro de 2004

http://www.bvs.br/ Projeto 3A Capacitação no acesso às Fontes de Informação da BVS Saúde Pública 14 de janeiro de 2004 http://www.bvs.br/ 14 de janeiro de 2004 Introdução Este documento descreve o projeto para continuidade do programa de capacitação de produtores, intermediários e usuários na operação e uso da Biblioteca

Leia mais

universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse

universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse universalização do acesso à informação científica em saúde: desafios da rede BVS eportuguêse Abel L. Packer BIREME/OPS/OMS, Diretor Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde

Leia mais

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia Fabiana Montanari Lapido Projeto SciELO FAPESP, CNPq, BIREME, FapUNIFESP 27ª Reunião Anual da SBPqO Águas de Lindóia, 9 setembro 2010 Apresentação

Leia mais

A pesquisa textual em bases de dados e os recursos disponíveis no âmbito da Biblioteca Virtual em Saúde - BVS

A pesquisa textual em bases de dados e os recursos disponíveis no âmbito da Biblioteca Virtual em Saúde - BVS A pesquisa textual em bases de dados e os recursos disponíveis no âmbito da Biblioteca Virtual em Saúde - BVS Competência informacional é um conjunto de competências de aprendizagem e pensamento crítico

Leia mais

CONCEITOS ELEMENTARES: BUSCA BIBLIOGRÁFICA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE NA INTERNET

CONCEITOS ELEMENTARES: BUSCA BIBLIOGRÁFICA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE NA INTERNET CONCEITOS ELEMENTARES: BUSCA BIBLIOGRÁFICA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE NA INTERNET São Paulo, 2008 2008 INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA ARMÊNIO CRESTANA Superintendente: Dra. Norma Araujo Assessor Executivo: Clóvis

Leia mais

Gestão de Informação e Intercâmbio de Conhecimento O papel da Biblioteca Virtual em Saúde e Redes Associadas

Gestão de Informação e Intercâmbio de Conhecimento O papel da Biblioteca Virtual em Saúde e Redes Associadas II Seminário sobre tecnologia, gestão da informação e conhecimento em saúde pública Brasília, 08-10 junho, 2010 Gestão de Informação e Intercâmbio de Conhecimento O papel da Biblioteca Virtual em Saúde

Leia mais

BVS Site. Aplicativo para geração de portais BVS. Cláudia Guzzo Patrícia Gaião

BVS Site. Aplicativo para geração de portais BVS. Cláudia Guzzo Patrícia Gaião BVS Site Aplicativo para geração de portais BVS Cláudia Guzzo Patrícia Gaião Gerência de Produção de Fontes de Informação / Projetos e Instâncias da BVS BIREME/OPAS/OMS Biblioteca Virtual em Saúde (BVS)

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério

Leia mais

PROJETO FEDERAÇÃO LUSÓFONA DE BIBLIOTECAS DIGITAIS EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO

PROJETO FEDERAÇÃO LUSÓFONA DE BIBLIOTECAS DIGITAIS EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO PROJETO FEDERAÇÃO LUSÓFONA DE BIBLIOTECAS DIGITAIS EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO Ferreira, S. M. S.P. 1 Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações de Artes Weitzel, S. R. 2 Universidade Federal do

Leia mais

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção Seleção SciELO Brasil: critérios e procedimentos para a admissão e permanência de periódicos científicos na coleção Fabiana Montanari Lapido BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO VI Encontro Internacional de

Leia mais

Localizador de Informação em Saúde - LIS

Localizador de Informação em Saúde - LIS Localizador de Informação em Saúde - LIS Fontes de Informação Referenciais - FIR/PFI BIREME/OPAS/OMS Catálogo de fontes de informação disponíveis na Internet na área da saúde. Definição Descreve o conteúdo

Leia mais

PESQUISA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS E CIENTÍFICAS NA INTERNET. OLIVEIRA, Simone Lucas Gonçalves de

PESQUISA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS E CIENTÍFICAS NA INTERNET. OLIVEIRA, Simone Lucas Gonçalves de PESQUISA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS E CIENTÍFICAS NA INTERNET OLIVEIRA, Simone Lucas Gonçalves de SUMÁRIO ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES... 3 1. INTRODUÇÃO... 4 2. CONCEITOS SOBRE A INTERNET... 4 3. ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Avaliação da BVS Homeopatia

Avaliação da BVS Homeopatia Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde Organização Pan-Americana da Saúde Organização Mundial da Saúde Documento Base de Avaliação de Instância da BVS São Paulo - Dezembro

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet?

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Material de Apoio ao TCC UFMA/SUS Pesquisa na Internet A Web oferece recursos de busca sobre tópicos atuais que seriam difíceis encontrar em bibliotecas

Leia mais

Como fazer uma Revisão Bibliográfica

Como fazer uma Revisão Bibliográfica Como fazer uma Revisão Bibliográfica Objetivos da Revisão Bibliográfica Aprendizado sobre uma determinada área Levantamento dos trabalhos realizados anteriormente sobre o mesmo tema Identificação e seleção

Leia mais

PROJETO BIBLIOTECA VIRTUAL-DIGITAL

PROJETO BIBLIOTECA VIRTUAL-DIGITAL GOVERNO DO ESTADO DO EspíRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO - SEP INSTITUTO JONES DOS SANTOS NEVES PROJETO BIBLIOTECA VIRTUAL-DIGITAL Vitória, 2011 GOVERNO DO ESTADO DO EspíRITO

Leia mais

ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024

ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024 ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024 O Diretor de Programa/DIPE/SE/MS, torna pública a abertura do Edital nº 18/2006, do Projeto do Projeto BRA/97/024

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS DENOMINAÇÃO DO CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO: C DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES TÍPICAS DO CARGO: Organizar, manter e disponibilizar os acervos bibliográficos para docentes, técnicos e alunos;

Leia mais

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIT ITAPEVA, 2015 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE

Leia mais

www.unioeste.br/portaldainformacao

www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE Página de acesso livre ao conhecimento. www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE A P R E S E N T A Ç Ã O O Portal da Informação da Unioeste é

Leia mais

Biblioteca Virtual em Saúde - Bireme

Biblioteca Virtual em Saúde - Bireme Biblioteca Virtual em Saúde - Bireme O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, também conhecido pelo seu nome original Biblioteca Regional de Medicina (BIREME), é um centro

Leia mais

18 e 19 de agosto no Campus Itapina

18 e 19 de agosto no Campus Itapina 18 e 19 de agosto no Campus Itapina PROGRAMA 18/09 19/09 Os ventos não sopram na direção daqueles que não sabem para onde vão Busca integrada Descritores ISSN ISBN Periódico Base de dados bibliográfica

Leia mais

INTERAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DA BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE (BVS)

INTERAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DA BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE (BVS) INTERAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DA BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE (BVS) Joanita Barros 1, Juliana Sousa 2 1 Bibliotecária, Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPAS/OMS),

Leia mais

Documentos produzidos pelo Prossiga

Documentos produzidos pelo Prossiga Documentos produzidos pelo Prossiga CHASTINET, Yone. Prossiga: Programa de Trabalho para o exercício do 2º semestre de 1999 e 1º semestre de 2000. Rio de Janeiro, p.1-20, maio 1999. (MCT/CNPq/Prossiga

Leia mais

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~ _áääáçíéå~ `ÉåíêçÇÉfåÑçêã~ çéoéñéêæååá~ DIRETRIZES PARA A SELEÇÃO E AQUISIÇÃO DE LIVROS, MONOGRAFIAS E SIMILARES PARA A BIBLIOTECA DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA/ USP 1. INTRODUÇÃO O fluxo crescente de

Leia mais

Orientações para pesquisas na área de Ciências da Saúde

Orientações para pesquisas na área de Ciências da Saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria-Executiva Subsecretaria de Assuntos Administrativos Orientações para pesquisas na área de Ciências da Saúde Série A. Normas e Manuais Técnicos Brasília DF 2007 2007 Ministério

Leia mais

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Bibliotecária Juliana Ribeiro de Campos Solla CRB-8 201/2013 Provisório Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8:00 h às 12:00 h e das 17:00 h às 21:00

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: CURSO EAD DE METODOLOGIA LILACS PARA OS CENTROS COOPERANTES DA BVS-VET

RELATO DE EXPERIÊNCIA: CURSO EAD DE METODOLOGIA LILACS PARA OS CENTROS COOPERANTES DA BVS-VET RELATO DE EXPERIÊNCIA: CURSO EAD DE METODOLOGIA LILACS PARA OS CENTROS COOPERANTES DA BVS-VET Rodrigo Moreira Garcia 1, Stela Madruga, Patrícia Tomisawa, Luiz Pierotti 5 1 Mestre em Ciência da Infomação,UNESP/FFC,

Leia mais

(MINUTA) - Estruturação da Biblioteca Nacional de Saúde de Moçambique (BNS), aperfeiçoamento e ampliação das ações da BVS Moçambique

(MINUTA) - Estruturação da Biblioteca Nacional de Saúde de Moçambique (BNS), aperfeiçoamento e ampliação das ações da BVS Moçambique TERMO DE COOPERAÇÃO ENTRE O INSTITUTO NACIONAL DE SAÚDE DE MOÇAMBIQUE (INS) E O INSTITUTO DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE DA FIOCRUZ (ICICT/FIOCRUZ- MS - BRASIL) NO MARCO

Leia mais

Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações

Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações Página 144 VIII/11. Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações A Conferência das Partes, Informando-se sobre o relatório do Secretário Executivo sobre as atividades do

Leia mais

PROJETO INTEGRAÇÃO DOS CENTROS DE INFORMAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PAULISTA

PROJETO INTEGRAÇÃO DOS CENTROS DE INFORMAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PAULISTA PROJETO INTEGRAÇÃO DOS CENTROS DE INFORMAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PAULISTA São Paulo Julho/2008 Projeto Integração dos Centros de Informação da Administração Paulista SUMÁRIO 1. Sumário executivo...

Leia mais

Estação BVS-Psi do CRP-03: realizações e plano de trabalho para 2010

Estação BVS-Psi do CRP-03: realizações e plano de trabalho para 2010 Estação BVS-Psi do CRP-03: realizações e plano de trabalho para 2010 Brasília, 12 de novembro de 2009 Sara Torres - biblioteca@crp03.org.br Roteiro Apresentação CRP-03 Breve apresentação BVS-Psi Breve

Leia mais

Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção

Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção Programa 0508 Biodiversidade e Recursos Genéticos - BIOVIDA Objetivo Promover o conhecimento, a conservação e o uso sustentável da biodiversidade e dos recursos genéticos e a repartição justa e eqüitativa

Leia mais

São Paulo, 22 de novembro de 2005 SES-SP BIREME/OPAS/OMS

São Paulo, 22 de novembro de 2005 SES-SP BIREME/OPAS/OMS Projeto de Gestão de Informação Técnico- Científica para a Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo sob Coordenação da Coordenadoria de Controle de Doenças. São Paulo, 22 de novembro de 2005

Leia mais

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS

BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS BIBLIOTECA 1.1 INFORMAÇÕES GERAIS A Biblioteca possui atenção especial dos dirigentes da UCSal, por constituirse em um instrumento de apoio valioso aos programas de ensino, pesquisa e extensão. O foco

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

MARKETING DE SERVIÇOS: experiência da biblioteca do Instituto Biomédico da Universidade Federal Fluminense

MARKETING DE SERVIÇOS: experiência da biblioteca do Instituto Biomédico da Universidade Federal Fluminense TRABALHO ORAL EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Qualidade dos serviços e foco no usuário MARKETING DE SERVIÇOS: experiência da biblioteca do Instituto Biomédico da Universidade Federal Fluminense

Leia mais

http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line da BVS 11 de janeiro de 2005

http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line da BVS 11 de janeiro de 2005 http://www.bvs.br/ Projeto 8 Servidor de estatísticas de desempenho on-line 11 de janeiro de 2005 Introdução Na arquitetura, fonte de informação é qualquer recurso que responda a uma demanda de informação

Leia mais

- fortalecer a colaboração na área da informação e capacitação em saúde;

- fortalecer a colaboração na área da informação e capacitação em saúde; O eportuguêse é uma plataforma para: - apoiar o desenvolvimento de recursos humanos para a saúde nos países de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé

Leia mais

BIREME / OPAS / OMS. Guia da BVS 2011. Versão 19. Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde

BIREME / OPAS / OMS. Guia da BVS 2011. Versão 19. Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde BIREME / OPAS / OMS Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde Guia da BVS 2011 Versão 19 São Paulo - Março 2011 Copyright Março 2011 - BIREME / OPAS / OMS Guia da BVS 2011

Leia mais

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR ORGANIZAÇÃO, POLÍTICA DE AQUISIÇÃO, EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO A Biblioteca da FAPPES é uma Biblioteca especializada, mantida pela Sociedade

Leia mais

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Centro de Documentação e Informação da FAPESP São Paulo 2015 Sumário Introdução... 2 Objetivos...

Leia mais

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Encontro Internacional de Arquivos Universidade de Évora 3-4 de Outubro

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência,

Leia mais

Anexo 05. Fontes de Informação Referenciais (LILACS, LEYES, LIS, DirEve, SeCS) BVS

Anexo 05. Fontes de Informação Referenciais (LILACS, LEYES, LIS, DirEve, SeCS) BVS Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde Organização Pan-Americana da Saúde Organização Mundial da Saúde Anexo 05 Fontes de Informação Referenciais (LILACS, LEYES, LIS, DirEve,

Leia mais

Relato da Iniciativa

Relato da Iniciativa 1 Relato da Iniciativa 5.1 Nome da iniciativa ou projeto Novo portal institucional da Prefeitura de Vitória (www.vitoria.es.gov.br) 5.2 Caracterização da situação anterior A Prefeitura de Vitória está

Leia mais

Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil Sistema de Informação Especializado na Área de Odontologia SIEO

Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil Sistema de Informação Especializado na Área de Odontologia SIEO Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil Sistema de Informação Especializado na Área de Odontologia SIEO Lúcia Maria S.V. Costa Ramos SDO/FOUSP BIREME - Centro Latino-Ameriano e do Caribe

Leia mais

Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo

Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo Desafios e Perspectivas para o Orçamento Participativo A Experiência de Belo Horizonte Claudinéia Ferreira Jacinto Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento, Orçamento e Informação Prefeitura de Belo

Leia mais

Como navegar no mar de informações para atender as demandas de um escritório jurídico e seus clientes case Escritório Veirano

Como navegar no mar de informações para atender as demandas de um escritório jurídico e seus clientes case Escritório Veirano Como navegar no mar de informações para atender as demandas de um escritório jurídico e seus clientes case Escritório Veirano Cristina Lerina Patrícia Rocha Eusebia Diniz Simone Bispo edoc 2015 Rio de

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES FACISA. Itamaraju, 2011.2

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES FACISA. Itamaraju, 2011.2 POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES FACISA Itamaraju, 2011.2 Bibliotecário Emanuel Vieira Pinto CRB-5/1618 POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES FACISA Itamaraju, 2011.2 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 5

Leia mais

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos.

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. CEP:242742-140 (21)99535-3287 São Gonçalo-RJ (21)3706-4194 Kennyat@yahoo.com.br OBJETIVO PROFISSIONAL: Tem interesse de aumentar seus conhecimentos e experiências

Leia mais

O Projeto de Preservação e Disponibilização Eletrônica do Acervo Contemporâneo da Fundação Bienal Mercosul

O Projeto de Preservação e Disponibilização Eletrônica do Acervo Contemporâneo da Fundação Bienal Mercosul O Projeto de Preservação e Disponibilização Eletrônica do Acervo Contemporâneo da Fundação Bienal Mercosul O NDP Núcleo de Documentação e Pesquisa é um setor institucional e permanente da Fundação Bienal

Leia mais

Reunião online sobre fontes de informação da BVS SP

Reunião online sobre fontes de informação da BVS SP Reunião online sobre fontes de informação da BVS SP Data: 9/04/2010 Participantes: 1. Cláudia Guzzo, BIREME/OPS/OMS 2. Bárbara Uehara BIREME/OPS/OMS 3. Patrícia Santos - BIREME/OPS/OMS 4. Sarah Viola -

Leia mais

Projeto Implantação do Sistema Integrado de Bibliotecas da SESAB:

Projeto Implantação do Sistema Integrado de Bibliotecas da SESAB: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE ESTUDOS E PESQUISAS SUB-COORDENAÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Projeto Implantação

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP

POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1. POLÍTICA DE EXPANSÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DA BIBLIOTECA DA FAIP 1.1. Objetivos Nas últimas décadas as bibliotecas passaram por mudanças

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 066/2011 Dispõe sobre a estrutura da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e dá outras providências. O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

Atualização sobre os produtos e serviços da BVS

Atualização sobre os produtos e serviços da BVS Atualização sobre os produtos e serviços da BVS http://brasil.bvs.br/reuniao-redebvs-2014/ #BVSBrasil2014 Renato Murasaki murasaki@paho.org Metodologias e Tecnologias de Informação Administração de Fontes

Leia mais

Plano de Trabalho BVS Brasil https://goo.gl/d3eccm

Plano de Trabalho BVS Brasil https://goo.gl/d3eccm Plano de Trabalho BVS Brasil https://goo.gl/d3eccm Linha estratégica 1: Fortalecimento da Rede BVS Brasil Prioridade 1.1 Ampliação das alianças e das redes que atuam na informação científica e técnica

Leia mais

Gestão do Conhecimento Case Documentar

Gestão do Conhecimento Case Documentar Gestão do Conhecimento Case Documentar GESTÃO DO CONHECIMENTO CASE DOCUMENTAR Empresa: Documentar Tecnologia e Informação Localização: R. Barão de Macaúbas 460 20º Andar Santo Antônio BH/MG Segmento: Tecnologia,

Leia mais

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES EDITAL Nº 056/2013 Prêmio Emerald/Capes 2013 de Pesquisa nas áreas de Ciência da Informação e Administração e Gestão A Fundação Coordenação

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 MANUAL DO USUÁRIO Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 Rio de Janeiro INPI/CEDIN 2014 BIBLIOTECA DO INPI Vinculada ao Centro de Disseminação da Informação Tecnológica (CEDIN),

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 006/2011 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: WEB O Projeto BRA/06/032 comunica que estará

Leia mais

Ministério da Saúde. Documentação e Informação

Ministério da Saúde. Documentação e Informação Ministério da Saúde Documentação e Informação CGDI Preservando o passado, Planejando o Futuro Esplanada dos Ministérios, Bloco G, Edifício Anexo, 4.º andar, Ala B, sala 406 CEP: 70058-900, Brasília DF

Leia mais

DirEve - Manual de Entrada de Registros

DirEve - Manual de Entrada de Registros BIREME / OPAS / OMS Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde DirEve - Manual de Entrada de Registros Versão 1.1 São Paulo - 2005 Copyright 2005 - BIREME / OPAS / OMS DirEve

Leia mais

Características das revistas científicas da área de saúde pública

Características das revistas científicas da área de saúde pública Características das revistas científicas da área de saúde pública Fórum de Editores Científicos da Área de Saúde Pública 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva º Congresso Mundial de Saúde Pública Rio

Leia mais

Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil

Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil Reunião Técnica da Biblioteca Virtual em Saúde Pública - Brasil São Paulo, 31 de maio de 2011, das 10h00 às 16h00 Local: BIREME/OPAS/OMS Introdução A Reunião Técnica da BVS Saúde Pública Brasil foi realizada

Leia mais

Como acessar O acesso é através do site da Biblioteca: www.pucrs.br/biblioteca ou diretamente através do endereço http://omnis.pucrs.

Como acessar O acesso é através do site da Biblioteca: www.pucrs.br/biblioteca ou diretamente através do endereço http://omnis.pucrs. A nova ferramenta de busca das Bibliotecas da PUCRS Guia de Consulta Rápida A ferramenta OMNIS permite buscar e acessar milhões de informações de diversas áreas do conhecimento contidas nos documentos

Leia mais

Guia Portal de Periódicos CAPES

Guia Portal de Periódicos CAPES Guia Portal de Periódicos CAPES Manaus, abril de 2010 ACESSO AO PORTAL CAPES DE PERIÓDICOS APRESENTAÇÃO A Biblioteca Aderson Dutra do Centro Universitário Nilton Lins disponibiliza um moderno conjunto

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011. Manual do Usuário

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011. Manual do Usuário MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICAP Educação a Distância

ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICAP Educação a Distância Fundação Oswaldo Cruz ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICAP Educação a Distância Lucia Dupret Coordenação Geral Programa de Educação a Distância Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca Fundação Oswaldo

Leia mais

Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial

Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Programa 0049 DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Objetivo Ampliar e melhorar a oferta de atendimento aos portadores de necessidades educativas especiais. Público Alvo Alunos com necessidades educativas

Leia mais

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência Programa Momento do Programa: Momento LOA+Créditos Tipo de Programa: Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Direitos da Cidadania e Movimentos Sociais R$ 50.000.000 Notas de usuário para Programa

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA

METODOLOGIA CIENTÍFICA METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Levantamento Bibliográfico LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO Procedimentos para localização e busca metódica dos documentos referentes ao tema Textos Livros Artigos

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013

UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013 UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE COLABORATIVO TIDIA-AE PELO GRUPO DE GERENCIAMENTO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DO SIBiUSP - BIÊNIO 2011-2013 Adriana Nascimento Flamino 1, Juliana de Souza Moraes 2 1 Mestre em Ciência

Leia mais

PENSAR O LIVRO 6. Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo e acesso a material digital em bibliotecas

PENSAR O LIVRO 6. Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo e acesso a material digital em bibliotecas PENSAR O LIVRO 6 Fórum Ibero-americano sobre o livro, a leitura e as bibliotecas na sociedade do conhecimento Junho 2009 Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo

Leia mais

Metas e Linhas de Ação do CRESESB

Metas e Linhas de Ação do CRESESB Metas e Linhas de Ação do CRESESB Missão do CRESESB Promover o desenvolvimento das energias solar e eólica através da difusão de conhecimentos, da ampliação do diálogo entre as entidades envolvidas e do

Leia mais

Avanços após o I Seminário sobre tecnologia, gestão da informação e conhecimento em saúde pública: compartilhando experiências.

Avanços após o I Seminário sobre tecnologia, gestão da informação e conhecimento em saúde pública: compartilhando experiências. Avanços após o I Seminário sobre tecnologia, gestão da informação e conhecimento em saúde pública: compartilhando experiências. II Seminário sobre tecnologia, gestão da informação e conhecimento em saúde

Leia mais

Políticas de Acesso Aberto e a Fiocruz

Políticas de Acesso Aberto e a Fiocruz Políticas de Acesso Aberto e a Fiocruz Rodrigo Murtinho Vice-diretor de Informação e Comunicação do ICICT Políticas de Acesso Aberto 1 Políticas de Acesso Aberto Observações sobre o cenário brasileiro

Leia mais

Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam

Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam Instituto de Estudos Superiores da Amazonia (Iesam) Sistema de Informação e Biblioteca (Sibiesam) Recursos de Informação e Servicos do Sibiesam Rosemarie de Almeida Costa 1 (1) Coordenadora do Sibiesam

Leia mais