Sumário. Introdução 02. Símbolo 03. Definição cromática. Alfabeto padrão. Variante de uso ANEXO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. Introdução 02. Símbolo 03. Definição cromática. Alfabeto padrão. Variante de uso ANEXO"

Transcrição

1

2 Sumário Introdução 02 Símbolo 03 Definição cromática Alfabeto padrão Variante de uso Dominante horizontal Dominante central Diagramas de construção Usos preferenciais de cores Reduções Exemplo de uso ANEXO 09 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso da marca e referência à FAPEAM

3 Introdução O Manual FAPEAM de Uso da Marca tem o intuito de orientar os beneficiários de recursos concedidos pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas a utilizarem, de forma adequada e segura, a marca da FAPEAM (incluindo, de forma associada, a da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia SECT/AM e a do Governo do Estado do Amazonas) nas mais diversas situações em que se deva dar publicidade ao apoio que o Governo do Estado do Amazonas, por meio da Fundação, presta a estudantes, pesquisadores e instituições de Ensino e/ou Pesquisa. Entendemos que dar publicidade a ações desta natureza fortalece significativamente não só as instituições cujas marcas são expostas, mas também e, principalmente, o próprio desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (CT&I) no Estado, pois comprova para a sociedade, cada vez que estas marcas são postas em evidência, que os investimentos em CT&I são tão necessários quanto eficazes no sentido de se reverterem em resultados concretos para o seu crescimento. Isto gera o que chamamos de benefício da cumplicidade, essencial para as perspectivas de crescimento da ciência neste início de século. Portanto, este Manual é uma demonstração de comprometimento com o dinheiro público e de compromisso com o avanço científico (CT&I) e social deste Estado.

4 Símbolo Dominante central Diagrama de construção (para utilizar como referência em pintura, madeira e outros materiais)

5 Definição cromática Cores padrão É obrigatório obedecer as especificações cromáticas contidas neste manual, para que integridade da marca seja mantida. C:20 M:0 Y:60 K:0 C:40 M:0 Y:100 K:0 Cores sólidas C:100 M:0 Y:100 K:0 C:100 M:100 Y:0 K:30 C:100 M:88 Y:20 K:10 C:100 M:80 Y:0 K:0 Pantone 376 C Aplicação monocromática - preto 04 C:0 M:0 Y:0 K:100

6 Alfabeto padrão Tipologia A fámilia de tipos gráficos que compõem a logo da Fapeam são: Lauren Normal e ZurIch Cn B.t Lauren Aa, Bb, Cc, Dd, Ee, Ff, Gg, Hh, Ii, Jj,Kk, Ll, Mm, Nn, Oo, Pp, Qq, Rr, Ss, Tt, Uu, Vv, Ww, Xx, Yy, Zz. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, Zurich Cn Bt 05 Aa, Bb, Cc, Dd, Ee, Ff, Gg, Hh, Ii, Jj,Kk, Ll, Mm, Nn, Oo, Pp, Qq, Rr, Ss, Tt, Uu, Vv, Ww, Xx, Yy, Zz. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9,

7 Variantes de uso Dominante central Uso preferencial: Versão policrimática: Positivo / Negativo Uso restrito Versão monocromática: Positivo / Negativo em preto, para uso em formulários, anúncios classificados ou em casos onde não for permitido o uso de. cor 06

8 Variantes de uso Dominante horizontal Dominante central Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas Reduções (obrigatoriamente em livros e impressos) 07 10mm Limite de redução (visibilidade) 15mm Limite de redução completo (visibilidade) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas

9 Variantes de uso Exemplo de uso e visibilidade da marca Apenas uma cor de fundo Fundo colorido Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas Apenas uma cor de fundo Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas 08

10 Variantes de uso Nova disposição da marca junto às assinaturas. Assinatura Conjunta Fapeam, Sect e Governo nos documentos oficiais. Discrição conforme o modelo do manual de identidade do governo do estado 07

11 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM 1) Em banners de Eventos financiados pela FAPEAM 09 Exigência aplicável ao Programa: PAREV Programa de Apoio à Realização de Eventos Orientações: Os beneficiários de eventos financiados pela FAPEAM deverão fazer uso do banner, conforme modelo acima disponibilizado, atendendo as seguintes especificidades: a) Confeccioná-lo em lona vinílica, nas dimensões 90 X 120 cm, em quatro cores (CMYK); b) Posicioná-lo em lugar visível, precisamente à esquerda da entrada principal do Evento; c) Não fazer alterações em relação ao modelo original, como acréscimo de gráficos, imagem ou qualquer outra identidade visual.

12 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM 2) Em banners ou Power Point de apresentações de pesquisadores financiados com passagens pela FAPEAM LOGO Foundation Support of Research the State of Amazonas Foundation Support of Research the State of Amazonas AQUI TÍTULO Exigência aplicável ao Programa: PAPE PROGRAMA DE APOIO À PARTICIPAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS. Orientações: Os beneficiários financiados pela FAPEAM com passagens (aéreas, terrestres ou fluviais) para apresentação de trabalho científico e/ou tecnológico, em território nacional ou no exterior, deverão fazer uso do banner ou de slides (power point), conforme o caso, segundo modelo acima disponibilizado, sem alterações que descaracterizem a marca. 10

13 PAPPE SUBVENÇÃO FINEP AMAZONAS Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM 3) Em Placas de Identificação/Empresas Travessa do Dera, s/n - Flores CEP: Exigência aplicável ao(s) Programa(s): PAPPE SUBVENÇÃO FINEP AMAZONAS Programa Amazonas de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação em Micro e Pequenas Empresas na Modalidade Subvenção Econômica; PAPPE INTEGRAÇÃO Programa de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte na Modalidade Subvenção Econômica. Orientações: As empresas que recebem subvenção econômica por meio dos programas (co)financiados pela FAPEAM deverão fazer referência permanente ao fomento recebido dos órgãos financiadores, com o uso de uma Placa de Identificação, conforme modelo acima disponibilizado, atendendo as seguintes especificidades: a) Confeccioná-la em PVC (5mm), nas dimensões 45 X 60 cm, usando o processo silk de impressão; 11 b) Afixá-la em lugar visível, à entrada principal da empresa; c) Não fazer alterações em relação ao modelo original, como acréscimo de gráficos, imagem ou qualquer outra identidade visual;

14 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM 4) Em livros/ outros produtos gráficos: Capa Usar a marca respeitando sua determinante central, assim como sua cor, forma e limite de redução (15mm) Folha de rosto Apresentar os nomes dos titulares governo do Estado do Amazonas, da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia SECT e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas FAPEAM, seguida das identidades visuais dessas instituições. Apresentar a seguinte frase: Esta obra foi financiada pelo Governo do Estado do Amazonas com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas FAPEAM 12 Esta obra foi financiada pelo Governo do Estado do Amazonas com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas FAPEAM Respeitar sua determinante central, assim como sua forma e limite de redução (15mm) Exigência aplicável ao(s) Programa(s): BIBLOS Programa de Apoio a Publicações Científicas; PUBLICA Ação de Apoio à Publicação Científica e Tecnológica,

15 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM Orientações: Os pesquisadores, no caso do BIBLOS ou projetos que resultem em publicações, ou instituições de ensino e/ou pesquisa, no caso do PUBLICA, que receberem apoio financeiro da FAPEAM para publicação de livros, manuais, números especiais (temáticos) de revistas e coletâneas científicas deverão fazer uso do marca da FAPEAM, atendendo as seguintes exigências: a) Apresentar, obrigatoriamente, em uma das folhas de rosto da obra aprovada, os nomes dos titulares do governo do Estado do Amazonas, da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia SECT e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas FAPEAM, seguida das identidades visuais dessas instituições (conforme modelo acima demonstrado), assim como a seguinte frase: Esta obra foi financiada pelo Governo do Estado do Amazonas com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas FAPEAM; b) Apresentar, obrigatoriamente, em local visível na capa da obra editada a logomarca da FAPEAM conforme modelo, dimensão e inscrição acima disponibilizados; c) Não fazer alterações em relação ao modelo original, como acréscimo de gráficos, imagem ou qualquer outra identidade visual. 13

16 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM 5) Etiquetas Patrimoniais: Registro de tombamento Adesivo em PVC medindo 02 por 04 cm Exigência aplicável a: Bens tombados pela Equipe de Controle de Patrimônio da FAPEAM, relativos a bens de projetos de pesquisa ou de convênios cuja propriedade seja da FAPEAM. Obs.: Somente a Equipe de Controle de Patrimônio da FAPEAM está autorizada a efetivar a adesivação. 6) Outros Casos: 6.1) Referência à condição de Bolsista da FAPEAM: Este trabalho foi desenvolvido com o apoio do Governo do Estado do Amazonas por meio Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, com a concessão de bolsa de estudo Exigência aplicável a: Qualquer auxílio financeiro concedido pela FAPEAM em quaisquer de seus programas ou editais que contenha a exigência: Fazer, obrigatoriamente, referência à sua condição de bolsista da FAPEAM nas publicações, nos trabalhos apresentados em eventos de qualquer natureza e em qualquer meio de comunicação ou ainda a frase: Fazer referência obrigatória, nas publicações decorrentes deste programa, nos trabalhos apresentados em eventos de qualquer natureza e em qualquer meio de divulgação, à condição da FAPEAM como financiadora do programa, utilizando a logomarca da Fundação, a da SECT e a do Governo de Estado, de acordo com o Manual FAPEAM de Uso da Marca. 14

17 Modelos de produtos visuais com uso da marca exigidos pela FAPEAM / orientações e exemplos de uso marca e referência à FAPEAM a) Orientações: Apresentar nas publicações, nos trabalhos apresentados em eventos de qualquer natureza e em qualquer meio de comunicação as logomarcas do Governo do Estado do Amazonas, da SECT e da FAPEAM, conforme modelo, dimensão e inscrição acima disponibilizados, acompanhados da seguinte frase: Este trabalho foi desenvolvido com o apoio do Governo do Estado do Amazonas por meio Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, com a concessão de bolsa de estudo ; b) Não fazer alterações em relação ao modelo original, como acréscimo de gráficos, imagem ou qualquer outra identidade visual. 6.2) Agradecimentos Textuais em Teses e Dissertações: Exigência aplicável a: Teses e Dissertações resultantes de estudos cujos autores receberam bolsas de estudo financiadas pela FAPEAM Orientações: O beneficiário de bolsa de mestrado ou doutorado financiada pela FAPEAM deverá apresentar, em uma das folhas de rosto de sua dissertação ou tese, a seguinte frase: Este trabalho foi desenvolvido com o apoio do Governo do Estado do Amazonas por meio Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, com a concessão de bolsa de estudo. 15

18 Dilma Rousseff Presidenta da República Marco Antonio Raupp Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) Omar Aziz Governador do Estado do Amazonas José Melo de Oliveira Vice-Governador do Estado do Amazonas Odenildo Teixeira Sena Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação - Secti-Am Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro Simão Diretora-Presidenta da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Fapeam Andrea Viviana Waichman Diretora Técnico-Científica - Fapeam Severina de Oliveira dos Reis Diretora Administrativo-Financeira - Fapeam Denison Silvan Chefe do Departamento de Difusão do Conhecimento - DECON Suellen Freitas Rômulo Porto Mackesy Pinheiro Capa/Diagramação Edilson Soares Revisão FAPEAM Travessa do Dera, s/n - Flores CEP 69058, Manaus - AM Tel. (92) /

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES.

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. E a marca HEAVYLOAD transmite essa confiança e, também, cria essa percepção! Em cada momento

Leia mais

Apresentação... 02. Introdução... 04. Marca... 05. Grid de construção... 06. Reserva de integridade... 07. Marca completa e simplificada...

Apresentação... 02. Introdução... 04. Marca... 05. Grid de construção... 06. Reserva de integridade... 07. Marca completa e simplificada... M a n u a l d e I d e n t i d a d e V i s u a l M a n u a l d e I d e n t i d a d e V i s u a l Manual de Identidade Visual Índice Apresentação................................... 02 Introdução.....................................

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 2013 Introdução A MARCA A identidade Visual Corporativa da Cral foi elaborada com a finalidade de promover a padronização da aplicação da Marca, do padrão de pintura Cral em

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO MANUAL 1ASSINATURA ESCALA DE CORES TIPOGRAFIA DE APOIO 2APLICAÇÃO COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL PEÇAS GRAFICAS 2.1 Arejamento/Proteção 2.2 Redução

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ ÍNDICE A marca FAPERJ 01 Malha de construção geométrica 02 Cor institucional 03 Cores monocromáticas 04 Versão preto e branco/negativo 05 Fonte tipográfica padrão 06

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. Marca 1.1 Apresentação 1.2 Versões de assinatura 1.2.1 Recomendações 1.3 Negativo e positivo 1.4 Escala de cinza 1.5 Versão não cromia 1.6 Área de proteção 1.7 Redução

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 313/XII. Exposição de Motivos

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 313/XII. Exposição de Motivos Proposta de Lei n.º 313/XII Exposição de Motivos O XIX Governo Constitucional implementou, ao longo da presente legislatura, importantes e significativas reformas no setor da administração local, em que

Leia mais

Manual de Comunicação

Manual de Comunicação Manual de Comunicação Índice 1 - Os Elementos da Identidade... 3 1.1 - Logotipo...4 - Construção e Proporção... 5 - Área de Segurança e Redução Máxima...6 - Cores... 7 - Versões...8 - Aplicação sobre fundos

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual S Ã O C A R L O S ELEMENTOS INSTITUCIONAIS A Marca............................... 03 Limite de Redução........................ 03 Padrão Cromático......................... 04

Leia mais

Manual de Uso da Marca ISTA Janeiro 2008

Manual de Uso da Marca ISTA Janeiro 2008 Janeiro 2008 Índice 1. Apresentação 2. Logotipo ISTA Versão Policromia 3. Logotipo ISTA Versão Pantone sobre papel fosco 4. Logotipo ISTA Versão Pantone sobre papel brilhante 5. Logotipo ISTA Versão Monocromática

Leia mais

Manual de Identidade Visual RIO +20

Manual de Identidade Visual RIO +20 Manual de Identidade Visual RIO +20 ÍNDICE Introdução 1. O selo 2. Aplicação principal 2.1. Construção 2.2. Aplicação em cores sólidas 2.3. Tons de cinza 2.4. Versões monocromáticas 2.5. Redução máxima

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual 2 Índice Apresentação A Marca Criação da Marca Elementos Tipografia Cores Redução Máxima Área de Proteção Grid de Construção Versão Monocromática Aplicação Aplicação - Fundo Preto Aplicação - Fundo Especial

Leia mais

ni t núcleo de inovação tecnológica Manual de Identidade Visual NIT Mantiqueira

ni t núcleo de inovação tecnológica Manual de Identidade Visual NIT Mantiqueira ni t Manual de Identidade Visual NIT Mantiqueira março de 2015 Introdução A marca é o elemento central de uma identidade visual. Quando bem utilizada, torna-se o item primário para o reconhecimento de

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Programa de Avaliação de Desempenho dos Técnico-Administrativos em Educação da UFJF

Manual de Identidade Visual. Programa de Avaliação de Desempenho dos Técnico-Administrativos em Educação da UFJF Manual de Identidade Visual Apresentação e Variações Manual de Identidade Visual Apresentação e Variações Manual de Identidade Visual Apresentação e Variações Manual de Identidade Visual Apresentação e

Leia mais

Manual de Identidade Visual Cotrijuc

Manual de Identidade Visual Cotrijuc Manual de Identidade Visual Cotrijuc Índice Padrão cromático Monocromia Negativo e Positivo Tons de cinza PB Malha Construtiva Dimensionamentos Limite de redução Aplicações sobre fundos Margem de segurança

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 5 Apresentação da Marca A marca completa, com slogan, deve ser a versão utilizada preferencialmente. Já a versão marca simplificada, sem o slogan, só será utilizada quando não

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA 001

TERMOS DE REFERÊNCIA 001 TERMOS DE REFERÊNCIA 001 CONSULTORIA TÉCNICA PARA PREPARAR INFORMAÇÕES PARA SUBISIDIAR O MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS RELACIONADAS COM O ODM #7 1. Objetivo Contratação

Leia mais

fev 17 MANUAL DA MARCA versão 01.

fev 17 MANUAL DA MARCA versão 01. fev 17 MANUAL DA MARCA versão 01. 4. abal manual da 1. MaRCa elementos Básicos este capítulo define um conjunto de regras e recomendações que garantem a correta implementação dos elementos básicos da abal.

Leia mais

Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1

Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1 1 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 2 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL UNIVERSIDADE F U M E C 2 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 3 O maior patrimônio

Leia mais

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca Apresentação A profissão contábil é um ofício antigo, que evoluiu e continua evoluindo, mas a sociedade não tem consciência dessa visão histórica, nem mesmo da importância dessa profissão para os dias

Leia mais

Sumário. manual da marca Pet Pois

Sumário. manual da marca Pet Pois Sumário. ois Pet Pet Poi ois Pet Pet Poi ois Pet Pet Poi ois Pet Manual da Marca. Pet Poi Marca. conceito. Marca composta pela representação sintética de uma garrafa PET, onde um círculo preenchido com

Leia mais

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios.

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. Apresentação A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. É por meio dela que uma instituição apresenta, seus valores, sua filosofia, sua postura profis-sional, torna-se visível

Leia mais

½ x. ½ x. Manual de identidade visual

½ x. ½ x. Manual de identidade visual Manual de identidade visual SUMÁRIO. Introdução... 02 Primeira Marca Fase Sport... 03 Nova Marca Fase Sport... 04 Evolução da Marca... 05 Composição da Marca... 06 Formação da Marca... 07 Construção da

Leia mais

Código de Identidade Visual

Código de Identidade Visual Manual da Marca Apresentação O manual da marca Academia da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia o Programa, compreendendo os padrões e as regras de aplicação da

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Os símbolos são usados pela humanidade desde o início dos tempos como representações que fortalecem a comunicação ao despertar emoções. Entre esses, encontram-se as marcas.

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação Este manual de marca tem como objetivo orientar o profissional envolvido, direta ou indiretamente na produção e na aplicação da identidade visual da empresa. Para

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS ASCOM 2015 APRESENTAÇÃO Este Manual estabelece as normas, especificações e

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Índice Apresentação 5 A Marca 7 Criação da Marca 8 Elementos 9 Tipografia 10 Cores 11 Redução Máxima 12 Área de Proteção 13 Grid de Construção 14 Versão Monocromática 15 Aplicação

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Logomarca da CBC / Logo de Formação de Atletas Comunicação & Marketing Índice 1 Logomarca da CBC 1.1 Elementos da Logomarca 1.2 Significado 1.3 A Marca 1.4 Variantes de cor

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL PROJETO ESCOLA BRASIL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL PROJETO ESCOLA BRASIL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL LOGOMARCA - VERSÃO PREFERENCIAL VERTICAL 02 LOGOMARCA - VERSÃO SECUNDÁRIA HORIZONTAL 03 LOGOMARCA - VERSÃO TERCIÁRIA HORIZONTAL 04 CORES - PANTONE E QUADRICROMIA Pantone 7406

Leia mais

Manual Resumido Identidade Corporativa Projeto Piatam

Manual Resumido Identidade Corporativa Projeto Piatam Manual Resumido Identidade Corporativa Projeto Piatam Fevereiro de 2007 Manaus - Amazonas Ao Usuário Este documento contém os objetivos da marca Piatam com as regras básicas de sua utilização e aplicação.

Leia mais

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Habilidades:

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Objetivos Este manual estabelece as formas de comunicação e aplicação da marca Balada Segura para aumentar o seu reconhecimento e consistência para o público. A aplicação das

Leia mais

MANUAL. de Identidade Visual

MANUAL. de Identidade Visual MANUAL de Identidade Visual ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS Gráficos Logomarca...04 Malha Construtiva e Arejamento...05 Escala de Cores...06 USO da Marca 2 3 Material de Divulgação Institucional...08 Material

Leia mais

Governador - José Serra

Governador - José Serra Governador - José Serra Secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania - Luiz Antonio Marrey Secretário Adjunto da Justiça e da Defesa da Cidadania - Izaís José de Santana FUNDAÇÃO ITESP Diretor Executivo

Leia mais

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010 1 Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais Manual de Identidade Visual junho 2010 Sumário 2 A marca 3 Introdução 4 Comunicação através de Símbolos

Leia mais

Curso Relações Públicas. Material de Apoio. Manual de Identidade Visual. Produção Gráfica II UNISA

Curso Relações Públicas. Material de Apoio. Manual de Identidade Visual. Produção Gráfica II UNISA Curso Relações Públicas Material de Apoio Manual de Identidade Visual Produção Gráfica II UNISA 1 Identidade visual é o conjunto de elementos formais que representa visualmente, e de forma sistematizada,

Leia mais

Manual de Uso da Marca da Faculdade Sumaré. Marketing - Fevereiro de 2012

Manual de Uso da Marca da Faculdade Sumaré. Marketing - Fevereiro de 2012 Manual de Uso da Marca da Faculdade Sumaré Marketing - Fevereiro de 2012 A PROPOSTA Com o passar do tempo, as empresas conquistam espaço no mercado em que atuam e tornam-se mais conhecidas e respeitadas.

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 514/XII/3.ª

PROJETO DE LEI N.º 514/XII/3.ª Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 514/XII/3.ª ESTABELECE QUE A TAXA MUNICIPAL DE DIREITOS DE PASSAGEM PASSA A SER PAGA DIRETAMENTE PELAS OPERADORAS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS E PREVÊ SANÇÕES PARA O

Leia mais

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual SUMáRIO 03 04 07 08 17 Apresentação Orientações Gerais Fazcultura Aplicações Assinaturas 2 Apresentação Este manual foi desenvolvido para orientar

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O conjunto marca/logotipo é o elemento gráfico e visual pelo qual somos reconhecidos nos diversos meios em que atuamos. As suas formas foram concebidas

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS

INSTRUÇÕES GERAIS ÍNDICE APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO MANUAL 1 2 3 4 5 INSTRUÇÕES GERAIS APLICAÇÃO APLICAÇÃO APLICAÇÃO ORIGINAIS DIGITAIS ASSINATURAS ESCALA DE COR TIPOGRAFIA TIPOGRAFIA DE APOIO COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL PEÇAS

Leia mais

MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL IMPÉRIO C R I A T I V O

MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL IMPÉRIO C R I A T I V O MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL DESENVOLVEDORES: Breno Rodrigues Lucas Xavier ÍNDICE 3 - Conceitos 4 - Marca 4 - Desenvolvimento da marca 5 - Assinaturas 6 - Área de proteção 7 - Tipografia 8 - Dimensionamento

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria - RS

Manual de Identidade Visual. Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria - RS Manual de Identidade Visual Faculdade de Informática Santa Maria - RS Sumário Sumário I Memorial descritivo... 04 1. A Marca Apresentação da marca... Padrão cromático... Padrão tipográfico... Marca em

Leia mais

Manual de Utilização da Marca. Software for Business Excellence

Manual de Utilização da Marca. Software for Business Excellence Manual de Utilização da Marca INTRODUÇÃO O presente manual, conta com as normas e regras estabelecidas pela SoftExpert Software S.A, para a utilização de sua marca SoftExpert - Software for Business Excelence,

Leia mais

Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia

Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia Manual de Comunicação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia 1 Identidade Visual SUMÁRIO 03 04 07 08 21 Apresentação Orientações Gerais Fundo de Cultura Aplicações Assinaturas 2 Apresentação Este manual

Leia mais

ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1.1. Símbolo O símbolo Infraero é um importante elemento da identidade visual da empresa, contribuindo para transmitir os atributos de sua imagem. O deseno do símbolo

Leia mais

NOTIFICAÇÃO DA INVENÇÃO

NOTIFICAÇÃO DA INVENÇÃO NOTIFICAÇÃO DA INVENÇÃO 1- TÍTULO DA INVENÇÃO: (Identificar um título breve que descreva de forma clara a invenção) 2- CARACTERIZAÇÃO DA INVENÇÃO 2.1 Descrever de forma sucinta a solução técnica proposta

Leia mais

MANUAL. de Identidade Visual FACULDADE DE INFORMÁTICA DE PRESIDENTE PRUDENTE

MANUAL. de Identidade Visual FACULDADE DE INFORMÁTICA DE PRESIDENTE PRUDENTE MANUAL de Identidade Visual ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS Gráficos Marca...04 Malha Construtiva e Arejamento...05 Escala de Cores...06 USO da Marca 2 3 Material de Divulgação Promocional...07 Aplicação

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013.

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. Marca Introdução A marca da nossa empresa tem vida: ela reflete nossos valores, cultura e imagem. Por isso, o respeito na aplicação da

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE

MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE Introdução 01 Logotipo / Modulação 1.1 Slogan 1.2 Redução 1.3 Versão 3D 1.4 Construção Modular 1.5 Logotipo

Leia mais

RESOLUÇÃO PPGECEA/UEFS N 02/2008

RESOLUÇÃO PPGECEA/UEFS N 02/2008 U N II V EE R S II D A D EE EE S TT A D U A LL D EE FF EE II R A D EE S A N TT A N A Autorizada pelo Decreto Federal N o 77.496 de 27/04/76 Reconhecida pela Portaria Ministerial N o 874/86 de 19/12/86

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Normas e padrões de utilização

Manual de Identidade Visual. Normas e padrões de utilização Manual de Identidade Visual Normas e padrões de utilização Institucional Assinatura institucional DEFINIÇÃO A logomarca é a assinatura institucional da Venax. REGRAS DE USO É a principal assinatura da

Leia mais

ADITAMENTO E RETIFICAÇÃO DO EDITAL 019/2012-FAPEAM Prêmio FAPEAM de Jornalismo Científico

ADITAMENTO E RETIFICAÇÃO DO EDITAL 019/2012-FAPEAM Prêmio FAPEAM de Jornalismo Científico ADITAMENTO E RETIFICAÇÃO DO EDITAL 019/2012-FAPEAM Prêmio FAPEAM de Jornalismo Científico A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO AMAZONAS FAPEAM, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia

Leia mais

Projeto de Lei n.º 359/XII/2ª

Projeto de Lei n.º 359/XII/2ª Projeto de Lei n.º 359/XII/2ª Procede à 7.ª alteração da Lei n.º 5/2004, de 10 de Fevereiro, que estabelece o regime jurídico aplicável às redes e serviços de comunicações eletrónicas e aos recursos e

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Japan Karate Shotofederation - Brasil

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Japan Karate Shotofederation - Brasil MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Japan Karate Shotofederation - Brasil Introdução Este manual tem como objetivo padronizar o uso da marca Japan Karate Shotofederation na República Federativa do Brasil, bem

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 1. Versão preferencial com decodificador 1.1 Versão padrão Versão de uso preferencial. Deve-se usar a logomarca na cor apresentada sobre fundo branco. No caso do fundo totalmente

Leia mais

CURSO: QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA

CURSO: QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA Distúrbios Relativos à QE 1,5 Tensão [PU] 1 0,5 0-0,5-1 -1,5 Tempo CURSO: QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA WWW.ENGEPOWER.COM TEL: 11 3579-8777 PROGRAMA DO CURSO DE: QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA DIRIGIDO

Leia mais

Manual de uso da marca Revisão: 01 - Janeiro/2011. Este Manual é a primeira publicação disponibilizada para o uso da Marca Marajó

Manual de uso da marca Revisão: 01 - Janeiro/2011. Este Manual é a primeira publicação disponibilizada para o uso da Marca Marajó Manual de uso da marca Revisão: 01 - Janeiro/2011 Este Manual é a primeira publicação disponibilizada para o uso da Marca Marajó 2 Índice 1. Apresentação... 3 2. Missão, Visão e Princípios e Valores...

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Í n d i c e Apresentação........................................................................................ Uso do Manual.....................................................................................

Leia mais

Nossa identidade Um manual completo de normas

Nossa identidade Um manual completo de normas Nossa identidade Um manual completo de normas Versão 1.0 Novembro 2010 2010, Laureate International Universities SUMÁRIO Parte 1 - Bem vindo 03 Laureate International Universities 04 Parte 2 - Aplicação

Leia mais

Manual de Produção Editorial MDA

Manual de Produção Editorial MDA Manual de Produção Editorial MDA República Federativa do Brasil Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República

Leia mais

I CONGRESSO DE PESQUISA E EXTENSÃO I CONPEX CALENDÁRIO

I CONGRESSO DE PESQUISA E EXTENSÃO I CONPEX CALENDÁRIO ANEXO B II SEMINÁRIO DE PÓS-GRADUAÇÃO I ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DO IFRO II SEMINÁRIO DE DISSERTAÇÕES E TESES De 21 a 23/10/2013 Câmpus Colorado do Oeste No final de 2010, o IFRO iniciou sua trajetória

Leia mais

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Apresentação... 3 Marca e

Leia mais

Sistema de Indicadores Online de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. Coordenadora: Profa. Dra. Andrea Viviana Waichman

Sistema de Indicadores Online de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. Coordenadora: Profa. Dra. Andrea Viviana Waichman Sistema de Indicadores Online de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas Coordenadora: Profa. Dra. Andrea Viviana Waichman Patrocínio: Copyright: Introdução Éumaplataformap de informações

Leia mais

Manual de uso das marcas do pronac

Manual de uso das marcas do pronac Manual de uso das marcas do pronac (programa nacional de apoio à cultura) Mecanismos da lei 8.313/91 (Lei Rouanet) Este manual estabelece as regras de aplicação e orienta o uso das marcas do Programa Nacional

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Confiabilidade Confiabilidade será nossa palavra-chave: todas as nossas ações serão no sentido de conquistar o reconhecimento da OniSat como uma grande empresa na área de rastreamento.

Leia mais

SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. MESA: Financiamento à Inovação

SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. MESA: Financiamento à Inovação SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento MESA: Financiamento à Inovação Manaus - AM 29 de de maio de 2012 Contexto de Atuação da FAPEAM 2 Contexto de Atuação

Leia mais

Introdução. A cartilha visa uniformizar o uso da marca pelos órgãos municipais com regras e limites claros.

Introdução. A cartilha visa uniformizar o uso da marca pelos órgãos municipais com regras e limites claros. 1 1 Introdução O Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina apresenta nesta cartilha a marca da administração municipal, criada a partir do brasão oficial do município. A marca é uma modernização

Leia mais

Por que um Manual da Marca

Por que um Manual da Marca Manual da Marca Por que um Manual da Marca A marca é a identidade da empresa. Construída a partir de valores e princípios praticados ao longo do tempo, a marca expressa compromissos, inspira confiança,

Leia mais

PREFEITURA MU ICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MU ICIPAL DE GOVER O

PREFEITURA MU ICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MU ICIPAL DE GOVER O LEI COMPLEMENTAR Nº 273, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera o art. 59 da Lei nº 386, de 17 de fevereiro de 1993, e dá outras providências. O PREFEITO DE PALMAS Faço saber que a Câmara Municipal de Palmas

Leia mais

I SEMANA DE ZOOTECNIA: AS CIÊNCIAS AGRÁRIAS E SUAS INSTITUIÇÕES

I SEMANA DE ZOOTECNIA: AS CIÊNCIAS AGRÁRIAS E SUAS INSTITUIÇÕES I SEMANA DE ZOOTECNIA: AS CIÊNCIAS AGRÁRIAS E SUAS INSTITUIÇÕES A COLABORAÇÃO DA FAPEPI NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO PIAUÍ Dra. BÁRBARA OLIMPIA RAMOS DE MELO PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO

Leia mais

Participação Individual em Congressos no País ou no Exterior

Participação Individual em Congressos no País ou no Exterior Participação Individual em Congressos no País ou no Exterior 1. Objetivo Possibilitar a participação, em congressos técnico-científico, no país ou no exterior, de pesquisadores, autores ou co-autores de

Leia mais

Manual de Identidade Visual. FACEPE Manual de Identidade Visual 1

Manual de Identidade Visual. FACEPE Manual de Identidade Visual 1 Manual de Identidade Visual FACEPE Manual de Identidade Visual 1 1. MARCA Apresentação Aplicação Cores Institucionais Família Tipográfica Reprodução da Marca Usos Incorretos Redução Área de Respiro Aplicação

Leia mais

Manual de identidade visual Versão 1.0 / Abril 2015

Manual de identidade visual Versão 1.0 / Abril 2015 Manual de identidade visual manual_cns_297x210.indd 1 4/30/15 3:05 PM Introdução O Manual da marca 15ª Conferência Nacional de Saúde tem a função de padronizar o signo que distingue e diferencia o evento,

Leia mais

Versão 1. Versão 2. Tipos de aplicação da marca

Versão 1. Versão 2. Tipos de aplicação da marca Aplicações Tipos de aplicação da marca 01 São aceitas duas aplicações, horizontal e vertical, com redução proporcional do letreiro em relação ao desenho no segundo caso. Versão 1 Versão 2 Versão para aplicação

Leia mais

FICHA CADASTRAL DA EFPC PARA INSCRIÇÃO NO QUADRO SOCIAL

FICHA CADASTRAL DA EFPC PARA INSCRIÇÃO NO QUADRO SOCIAL 11 )) IIN FFO RRM AA ÇÇÕ EE SS GG EE RR AA II SS Nome Completo: CAGEPREV FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Nome Reduzido: CAGEPREV Endereço: AV. TREZE DE MAIO, 1116 SALAS 904/905 FÁTIMA Cidade:

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Uso e aplicação do logotipo

Manual de Identidade Visual. Uso e aplicação do logotipo Manual de Identidade Visual Uso e aplicação do logotipo 2 Apresentação O Manual de Identidade Visual da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp, é um documento técnico, elaborado

Leia mais

A extensa região territorial que abrange a estrutura multicampi da Unoesc é fator de orgulho

A extensa região territorial que abrange a estrutura multicampi da Unoesc é fator de orgulho Manual de Marca Apresentação A marca da Unoesc foi desenvolvida a partir de um estudo baseado no perfil histórico representativo da instituição Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), tomando

Leia mais

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria Índice 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Apresentação A logomarca da Prefeitura de Palmas Proporções e medições Zona de exclusão Redução mínima Variantes de cor Cores

Leia mais

Manual de Identidade Visual PRODUTOS PARA CORTE E SOLDA

Manual de Identidade Visual PRODUTOS PARA CORTE E SOLDA Manual de Identidade Visual 2011 ÍNDICE MARCA... 3 Logotipo...3 Cores...4 Aplicações...4 Dimensões...5 Usos Indevidos...5 PAPELARIA...6 Cartões de Visita...6 Envelope...6 Papel Timbrado...6 Capa de CD

Leia mais

Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva

Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva O Manual de Utilização da Logomarca do Centro Universitário Newton Paiva tem o objetivo de cuidar do maior cartão de visitas de uma

Leia mais

Manual simpli cado de Identidade Visual da Marca

Manual simpli cado de Identidade Visual da Marca Manual simpli cado de Identidade Visual da Marca Índice 1. O Festival 1.1 Apresentação...03 1.2 Responsabilidade Sócio-ambiental...04 2. Logo 2.1 Conceito...05 2.2 Equilíbrio...06 2.3 Logotipo...07 2.4

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REITORIA RESOLUÇÃO N o 04/2011 DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Regulamenta a utilização e aplicação da Marca UFU. O CONSELHO

Leia mais

A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu

A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu relacionamento com todos os públicos de interesse, seus

Leia mais

Manual de utilização do selo

Manual de utilização do selo Manual de utilização do selo Introdução O manual do selo Empresa Parceira da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia a parceira, compreendendo padrões e regras de

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual sumário Manual de Identidade Visual EBSERH Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares 3 a marca 4 malha construtiva 5 cores institucionais 6 aplicações em fundo colorido 7

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE PROGRAMA FORMAÇÃO PME

MANUAL DE IDENTIDADE PROGRAMA FORMAÇÃO PME MANUAL DE IDENTIDADE PROGRAMA FORMAÇÃO PME Índice 01 Logótipos 02 Economato Geral 03 Aplicações Gráficas 01.1 FORMAÇÃO PME 03 01.2 ORGANISMO INTERMÉDIO (AEP) 04 01.3 ENTIDADES FINANCIADORAS 05 (POPH, QREN,

Leia mais

Manual UNIPAC. de identidade visual. www.unipac.br. Normas e padrões de utilização

Manual UNIPAC. de identidade visual. www.unipac.br. Normas e padrões de utilização Manual de identidade visual Normas e padrões de utilização www.unipac.br apresentação A Universidade Presidente Antônio Carlos vem, através deste documento, apresentar e consolidar um dos bens mais valiosos

Leia mais

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca.

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca. INTRODUÇÃO Ter uma identidade visual, que passe uma mensagem de qualidade e segurança aos clientes é fundamental para o sucesso da empresa. A identidade visual é a imagem ou, em outras palavras, a roupa

Leia mais

MANUAL APLICAÇÃO LOGOTIPO LINTEC

MANUAL APLICAÇÃO LOGOTIPO LINTEC SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 APRESENTAÇÃO 04 VERSÃO INSTITUCIONAL 05 VERSÃO VERTICAL E HORIZONTAL 06 PRETO E BRANCO 07 PADRÕES CROMÁTICOS 08 MALHA CONSTRUTIVA 09 ÁREA DE PROTEÇÃO 10 REDUÇÃO MÁXIMA 11 APLICAÇÕES

Leia mais

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa neodent.com.br/identidade-corporativa MANUAL Resumo DE MARCA 01 a Componentes da marca Cores da marca As cores podem incitar uma emoção e evocar uma associação com a marca. A importância da cor não está

Leia mais

V - promover a cooperação internacional na área de ciência, tecnologia e inovação;

V - promover a cooperação internacional na área de ciência, tecnologia e inovação; DECRETO Nº 7.642, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 * Programa Ciência sem Fronteiras. * Institui o Programa Ciência sem Fronteiras. A Presidenta da República, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84,

Leia mais

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP PAEP Programa de Apoio a Eventos no País EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação Coordenação

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC

Manual de Identidade Visual. Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC Manual de Identidade Visual Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC 14 de maio de 2002 Este manual foi criado e desenvolvido por Guilherme Corrêa Meyer guilhermecmeyer@hotmail.com - 9121 9171

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário Apresentação 3 Logotipo - Versões Cromáticas 4 Diagrama de Construção, Área de Reserva e Redução 5 Convivência com Outras Marcas 6 Patrocínio 7 Aplicações sobre Fundos 8 Aplicações Incorretas 9

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL L INTRODUÇÃO A marca é a expressão da identidade de uma instituição diante do seu público. Por isso, é importante que todo tipo de comunicação da instituição utilize a identidade

Leia mais

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO AO MANUAL Respeitar às orientações deste manual significa respeitar a imagem da empresa, dentro e fora de sua corporação, e mostra como é importante a apresentação

Leia mais

Manual de Identidade

Manual de Identidade Manual de Identidade Manual de Identidade Índice Apresentação... 02 Logomarca... 03 Reserva de integridade... 04 Variações... 05 Reduções... 06 Cores... 07 Preto e Branco... 08 Usos incorretos... 09 Tipografia...

Leia mais