Perfil Organizacional Organizational Profile. Sobre este Relatório. Mensagem da Diretoria Message from the Executive Management

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perfil Organizacional Organizational Profile. Sobre este Relatório. Mensagem da Diretoria Message from the Executive Management"

Transcrição

1

2

3 6 Sobre este Relatório About this Report 19 Perfil Organizacional Organizational Profile Mensagem da Diretoria Message from the Executive Management Principais Resultados Main Results Missão, Visão, Princípios e Valores Mission, Vision, Principles and Values Atuação Activities Empresas do Grupo Group Companies 24 Legado: 40 anos de História Legacy: 40 Years of History 33 Governança Governance 47 Gestão e Estratégia Management and Strategy 33 Princípios Éticos e Código de Conduta Ethical Principles and Code of Conduct 49 Sistema Integrado de Gestão (SIG) Integrated Management System (IMS) 34 Estrutura de Comando e Decisão Decision Making and Chain of Command 52 Certificações Certifications 39 Gestão de Riscos Risk Management 54 Sustentabilidade Sustainability 40 Práticas Anticorrupção Anticorruption Practices 54 Compromissos com o Desenvolvimento Sustentável Commitment to Sustainable Development 40 Multas e Ações Judiciais Fines and Lawsuits 59 Estratégia Strategy 60 Objetivos e Metas Objectives and Goals 62 Inovação Tecnológica Technological Innovation

4 69 Desempenho Econômico e Financeiro Economic and Financial Performance 83 Desempenho Social Social Performance 69 Conjuntura Econômica Economic Scenario 83 Comunicação com Partes Interessadas Communication with Stakeholders 70 Panorama do Mercado Market Scenario 86 Público Estratégico Strategic Stakeholders 70 Formação de Florestas e Suprimento de Madeira Forestation and Wood Supply 91 Relacionamento com as Comunidades Community Relationship 70 Produção de Celulose Pulp Production 91 Instituto CENIBRA CENIBRA Institute 72 Comercialização Sales 100 Relações Institucionais Institutional Relations 75 Análise do Desempenho Performance Analysis 104 Projetos de Educação Socioambiental Socio-environmental Education Investimentos de Capital Capital Investments Gestão do Endividamento Debt Management Projetos de Capacitação Profissional Professional Capacity Building Projects Comunidades Específicas Specific Communities 77 Geração e Distribuição de Riqueza Wealth Generation and Distribution 107 Fomentados Forestation Incentive Program

5 137 Desempenho Ambiental Environmental Performance 108 Relacionamento com Fornecedores Relationship with Suppliers 137 Manejo Florestal Forest Stewardship Relacionamento com Clientes Relationship with Customers Gestão do Capital Humano Human Capital Management 116 Capacitação e Desenvolvimento Training and Development 119 Programa Qualidade de Vida - Vivendo Melhor Quality of Life Program - Living Better Logística da Madeira Wood Supply Logistic Monitoramento da Fauna Wildlife Monitoring Monitoramento da Flora Vegetation Monitoring Gerenciamento dos Recursos Hídricos Water Resources Management 127 Saúde e Segurança Ocupacional Occupational Safety and Health 143 Recuperação Ambiental Environmental Recovery 130 Remuneração e Benefícios Compensation and Benefits 144 Biodiversidade Biodiversity 130 Relacionamento com Sindicatos Relationship with Unions 150 Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Macedônia Private Natural Heritage Reserve (PNHR) Macedonia Farm

6 165 Portocel Portocel 152 Operações Industriais Industrial Operations 152 Emissões Atmosféricas Atmospheric Emissions 154 Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa Greenhouse Effect Gas Emission Inventory 154 Efluentes Líquidos Liquid Effluents Prêmios Awards Balanço Social Social Report Matriz de Materialidade Materiality Matrix Resíduos Sólidos Solid Wastes Indicadores de Desempenho Ambiental Industrial Industrial Environmental Performance Indicators 176 Índice Remissivo da Global Reporting Initiative - GRI Global Reporting Initiative (GRI) Remissive Index

7 About this RepoRt O Relatório de Sustentabilidade da CENIBRA é produzido anualmente com o objetivo de fornecer às partes interessadas informações sobre a atuação e estratégia corporativas voltadas ao desenvolvimento sustentável. Também é utilizado na gestão das atividades ao avaliar o desempenho e identificar oportunidades para melhorias. Esta publicação reúne os dados referentes ao exercício de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2013 e sucede o Relatório de Sustentabilidade Os dados econômicos e financeiros são divulgados de acordo com as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e os pronunciamentos, orientações e interpretações emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), e estão em conformidade com as normas internacionais de contabilidade emitidas pelo International Accounting Standard Board (IASB). Todos os dados foram auditados previamente pela auditoria externa Price Waterhouse Coopers. O relato dos dados não financeiros segue as diretrizes da Global Reporting Initiative, entidade internacional reconhecida mundialmente como referência em elaboração de relatórios de sustentabilidade. Em relação ao escopo de aplicação das diretrizes, a CENIBRA autodeclara seu enquadramento no nível B da GRI. Foram relatados 45 indicadores de desempenho. Na divisão por dimensões, foram apresentados cinco indicadores econômicos, 20 ambientais e 20 sociais. Adicionalmente, para a elaboração do Balanço Social, utilizou-se o Guia para Elaboração do Balanço Social do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE) e o modelo do Instituto Ethos. O desenvolvimento do Relatório de Sustentabilidade foi conduzido de forma multidisciplinar com a liderança do Comitê de Sustentabilidade e com a parceria efetiva das unidades organizacionais da Empresa. A CENIBRA se cerca de dispositivos visando garantir a assertividade dos dados contidos neste relatório; porém, como decorrência de alterações introduzidas pela legislação brasileira ou por aperfeiçoamento de processos de mensuração, podem ocorrer mudanças nos dados publicados em anos anteriores. Essas mudanças são indicadas nos locais pertinentes. 6 Relatório de Sustentabilidade 2013 Sobre este Relatório

8 CENIBRA s Sustainability Report is issued on a yearly basis with an aim to provide its stakeholders with information about the corporate strategy and actions from the sustainable development standpoint. It is used also to manage the corporate activities by assessing the performance and identifying opportunities of improvement. This publication reports data relative to the fiscal year from January 1 through December 31, 2013, and it supersedes the 2012 Sustainability Report. The financial and economic data are based on Brazil s Securities and Exchange Commission s regulations and take into consideration the directives, guidance and interpretations issued by the Accounting Procedures Committee. Moreover, they comply with the international accounting standards issued by the International Accounting Standard Board (IASB). All the data were previously audited by Price Waterhouse Coopers. The reporting of non-financial data follows the guidelines of the Global Reporting Initiative, an international entity known all over the world as a benchmark in sustainability reporting. As far as the scope of guideline application is concerned, CENIBRA declares itself as Level B of GRI. This Report includes forty five performance indicators, split as follows: 5 economic, 20 environmental and 20 social indicators. Additionally, the Social Report was prepared according to IBASE s (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas) Guide of Social Reporting and Instituto Ethos reporting model. The Sustainability Report was worked out in a multidisciplinary approach, under the leadership of the Sustainability Committee, and relied on an effective cooperation among the Company s organizational units. CENIBRA takes appropriate care to ensure the assertiveness of information disclosed in this Report. Nevertheless, data disclosed in previous years may have been changed as a result of amendments to the Brazilian legislation or due to improvements in the measuring processes. Such changes are indicated in the respective fields. 7 About this Report Sustainability Report 2013

9 Materialidade A fim de identificar os temas mais relevantes a serem tratados no relato de sustentabilidade, a CENIBRA realizou em 2011, com o apoio da consultoria BSD Consulting, um processo de consulta às partes interessadas (empregados, acionistas, clientes, instituições financeiras, fornecedores, comunidades, prefeituras, órgãos ambientais, sindicatos, parceiros florestais e ONGs). Os 52 assuntos prioritários (Matriz de Materialidade) apontados na consulta serviram de base para a elaboração dos relatórios dos anos de 2011 e Para o ano de 2013, utilizamos a mesma base, pois entendemos que as opiniões das partes interessadas não mudaram significativamente. Para facilitar a leitura e a conexão entre as informações contidas no relatório, foi acrescentado um capítulo contemplando a identificação dos 52 assuntos prioritários da Matriz de Materialidade. Avaliação e Contato A versão on-line, incluindo as demonstrações financeiras, pode ser encontrada no site: As solicitações de esclarecimentos adicionais ou sugestões a respeito deste relatório podem ser enviadas para a área de Comunicação Corporativa da CENIBRA 8 Relatório de Sustentabilidade 2013 Sobre este Relatório

10 Materiality In 2011, relying on the support by BSD Consulting and in order to determine the most relevant matters to be dealt with in the Sustainability Report, CENIBRA carried out a research with its stakeholders (employees, shareholders, customers, financial institutions, suppliers, communities, local administrations, environmental agencies, workers unions, partners in forestry activities and NGOs). This research detected 52 priority subjects (Materiality Matrix), which were taken as a basis for preparing the 2011 and 2012 reports. We adopted the same reporting basis for 2013, as we understood the stakeholders opinion has not significantly changed in the period. A specific section in the Report lists 52 priority matters in the Materiality Matrix with an aim to make the reading and the connection among the Report data easier. evaluation and Contact Details The on-line version of this Report, including the financial statements, is available at: Suggestions or requests for additional clarifications with respect to this Report should be addressed to CENIBRA s Corporate Communication department at 9 About this Report Sustainability Report 2013

11 MessAge from the executive MAnAgeMent A CENIBRA obteve resultados operacionais positivos e avanços importantes na área de sustentabilidade em Esses resultados comprovam o acerto de nossas ações em aliar rentabilidade financeira com uma postura social e ambiental responsável e comprometida. Em termos de resultados operacionais, a CENIBRA produziu toneladas de celulose, superando o orçamento do ano. Esse desempenho foi obtido por meio da estabilidade operacional da fábrica, fruto da maturidade das ações para controle e redução de custos. Outro ponto positivo foram as vendas, que totalizaram toneladas de celulose, valor também acima do orçado para o ano. Mesmo com o cenário macroeconômico mundial ainda instável e com muitos desafios para o setor de celulose brasileiro, os fundamentos do mercado mantiveram-se consistentes no ano. Outro destaque em 2013 foram as ações implementadas para o Projeto de Modernização dos Processos Florestais. A Empresa criou alternativas para superar os desafios cada vez mais intensos de ganhos de eficiência, redução de custos, melhoria das condições de trabalho e da segurança dos empregados florestais. Foram realizados investimentos em infraestrutura e adequações no modelo de gestão, que caracterizaram a modernização dos processos de silvicultura e colheita do eucalipto na CENIBRA. Dando continuidade à política de crescimento com responsabilidade socioambiental, a Empresa manteve os seus programas e projetos sociais, além de investir em uma atuação responsável no que se refere à gestão dos impactos de nossas operações no meio ambiente, à utilização de recursos naturais e ao relacionamento com as partes interessadas. Em 2013, ano em que a CENIBRA completou 40 anos, revisitamos nossa estratégia de sustentabilidade. Para repetir o sucesso dos últimos anos, o processo de planejamento estratégico passou a incorporar metas de curto e longo prazo pautadas nos compromissos assumidos com a sustentabilidade do negócio para a próxima década. Por mais desafiador que seja falar de planejamento anos adiante, entendemos que as mudanças necessárias se processarão gradualmente e que é preciso olhar para a realidade com novas lentes, sendo pragmático desde o princípio de qualquer ação. 10 A CENIBRA acredita que o futuro começa agora. Temos lideranças confiantes e equipes motivadas para que a transformação aconteça. Queremos dar continuidade à nossa história com atitudes e ações que assegurem mercado, crescimento e resultados. A trajetória da sustentabilidade não pode ser única, pois é uma construção coletiva. Por isso, procuraremos atrair para nossos objetivos e nossas ações os acionistas, clientes, empregados e parceiros, de modo a compartilhar a responsabilidade na busca da superação de resultados, com o compromisso de criação de valor para toda a cadeia produtiva. Relatório de Sustentabilidade 2013 Mensagem da Diretoria

12 Róbinson félix Diretor Industrial e Técnico Industrial and Technical Director Kazuhiro Yoshida Diretor Comercial Commercial Director paulo eduardo Rocha brant Diretor-Presidente & CEO President Director & CEO naohiro Doi Diretor Vice-Presidente e Diretor Administrativo e Financeiro Director Vice President and Administrative and Financial Director CENIBRA achieved positive operating results and important progress from the sustainability standpoint in Such accomplishments provide evidence of the suitability of our approach of allying financial profitability to a responsible social and environmental attitude. In terms of operational results, CENIBRA produced 1,203,596 tonnes of pulp and outstripped the budget target for the year. Such a performance was the outcome of stable industrial operations and the maturity of cost control and reduction measures. Sales exceeded the 2013 budget too, totaling 1,202,696 tonnes of pulp. Another highlight in 2013 was the implementation of actions under the Forestry Process Modernization Project. The company has created alternatives to cope with the ever-increasing challenges to enhance the efficiency gains, lower costs and improve the work and safety conditions of employees involved in forestry activities. Infrastructure investments and improvements in the management model aimed at modernizing CENIBRA s silviculture processes and eucalyptus harvesting. In continuation of its socially and environmentally responsible growth policy, CENIBRA maintained its social programs and projects, in addition to adopting a responsible approach in the management of the environmental impacts of its operations, the use of natural resources and the relationship with stakeholders. We revisited our sustainability strategy in 2013, the year in which CENIBRA celebrated its 40 th anniversary. Aiming at repeating the success of recent years, our strategic planning process was revised to incorporate both short- and long-term goals based on the commitments taken for the next decade in terms of business sustainability. No matter how challenging it is to talk of planning years ahead, we understand the necessary changes will take place gradually and we must look at the reality with new eyes, in a pragmatic approach since the early stages of any action. CENIBRA believes that the future starts right now. We rely on a confident leadership and motivated teams to materialize the changes. We want to continue our history with attitudes and actions that result in increasing market share, growth and accomplishments. As a collective construction, our route to sustainability cannot be a one-way path. Rather, we shall attract our shareholders, customers, employees and partners to take part in our goals and actions, sharing the responsibility for excelling in the results, with the commitment to create value across the entire production chain. 11 Message from the Executive Management Sustainability Report 2013

13 MAin Results Dados gerais Capacidade Instalada (tsa) Nº de Empregados Próprios Nº de Empregados Terceiros Produção de Celulose (tsa) Dimensão econômica Receita Líquida (R$ mil) EBITDA (R$ mil) Lucro Líquido (R$ mil) Ativo Total (R$ mil) Patrimônio Líquido (R$ mil) Investimentos (R$ mil) Liquidez Corrente (Ativo Circulante / Passivo Circulante) 1,01 0,95 0,99 Endividamento - Passivo Exigível / Total Ativo (%) 41,55 47,71 48,72 Retorno sobre Patrimônio Líquido (%) 13,40 10,02 15,24 Dimensão Ambiental Recursos aplicados em meio ambiente 1 (participação % sobre receita líquida) 0,54 0,35 0,30 Consumo de Energia Comprada (kwh/tsa) 65,30 68,62 66,45 Consumo de Óleo Combustível (kg/tsa) 9,32 5,45 9,35 Consumo de Água (m 3 /tsa) 42,09 42,43 44,85 Emissões CO 2 - Dióxido de Carbono (kg/tsa) Emissões SO 2 - Dióxido de Enxofre (kg/tsa) 6,76 2,61 3,80 Emissões TRS - Total Reduced Sulfer (Enxofre Total Reduzido) (kg/tsa) 0,04 0,02 0,02 Emissões MP - Material Particulado em Suspensão (kg/tsa) 1,74 1,31 1,60 DQO - Demanda Química (kg/tsa) 8,71 8,77 7,51 SST - Sólidos Suspensos (kg/tsa) 1,57 1,9O 1,75 DBO 5 - Demanda Bioquímica de Oxigênio (kg/tsa) 0,85 0,99 0,73 AOX - Haletos Orgânicos Adsorvíveis (kg/tsa) 0,05 0,07 0,05 N - Nitrogênio (kg/tsa) 0,003 0,001 0,004 P - Fósforo (kg/tsa) 0,003 0,004 0,006 Resíduos Sólidos Gerados (kg/tsa) Dimensão social Recursos aplicados em projetos sociais 1 (participação % sobre receita líquida) 13,08 8,28 13,89 Turnover / Rotatividade 2 (%) 0,66 0,82 0,67 Acidentes na Empresa Total de Ocorrências (SPT e CPT) Média de Acidentes / Profissional 0,006 0,005 0,014 Investimento por empregado (R$) Horas de Treinamento por empregado Índice 4 (%) 1,52 1,27 1,56 1 Valores diferentes do publicado anteriormente devido a aperfeiçoamento no processo de mensuração 2 Demitidos / Total de funcionários 3 Com afastamento 4 Considera horas perdidas por faltas justificadas e injustificadas / Horas disponíveis Relatório de Sustentabilidade 2013 Principais Resultados

14 general Data Installed Capacity (ADt) 1, ,190,000 1,190,000 Number of Employees 3,748 1,521 1,447 Outsourced Personnel 3,382 6,087 7,696 Pulp Production (ADt) 1,203,596 1,214,876 1,199,392 economic Dimension Net Revenue (R$ thousand) 1,543,615 1,320,180 1,219,355 EBITDA (R$ thousand) 554, , ,952 Net Profit (R$ thousand) 237, , ,672 Total Assets (R$ thousand) 3,036,962 2,762,764 2,516,094 Stockholders Equity (R$ thousand) 1,775,127 1,444,588 1,290,146 Investments (R$ thousand) 173, , ,574 Current Liquidity (Current Assets / Current Liabilities) Indebtedness - Liabilities / Total Assets (%) Return on Stockholders Equity (%) environmental Dimension Environmental investments 1 (as a proportion of the net revenue) (%) Purchased Energy Consumption (KWh/ADt) Fuel Oil Consumption (kg/adt) Water Consumption (m 3 /ADt) CO 2 Emissions - Carbon Dioxide (kg/adt) 2,886 1,537 2,995 SO 2 Emissions - Sulfur Dioxide (kg/adt) TRS Emissions - Total Reduced Sulfur (kg/adt) Suspended Particulate Matter Emissions (kg/adt) Chemical Oxygen Demand (kg/adt) SST - Suspended Solids (kg/adt) O 1.75 BOD 5 - Biochemical Oxygen Demand (kg/adt) AOX - Adsorbable Organic Halides (kg/adt) N - Nitrogen (kg/adt) P - Phosphorus (kg/adt) Generated solid wastes (kg/adt) social Dimension Investments in Social Projects 1 (as a proportion of the net revenue) Turnover 2 (%) Work Accidents in the Company Total Events (with and without time lost) Average Accident/Employee Investment per Employee (R$) Training Hours per Employee Ratio 4 (%) Figures different from those previously disclosed 2 Dismissed Employees / Total Employees 3 With leave 4 Takes into account work hours lost due to both excused and unexcused absences / Available Hours Main Results Sustainability Report 2013

15

16

17

18

19

20 Missão, visão, princípios e valores Missão, Visão e Princípios e Valores são direcionadores estratégicos da Empresa para a realização de suas atividades e refletem a sua Identidade Organizacional. Esses princípios e valores norteiam todas as ações, decisões e relacionamentos da CENIBRA com as partes interessadas. Mission, vision, principles and values The Mission, Vision, and Principles and Values are strategic guidelines for the Company to perform its activities, and they reflect its Organizational Identity. Such principles and values orient all the actions, decisions and relationships between CENIBRA and its stakeholders. Missão Agregar valores às florestas renováveis com qualidade e competitividade, em parceria com os acionistas, clientes e empregados, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade, em harmonia com o ambiente. Mission Adding value to renewable forests under quality and competitiveness conditions in partnership with the shareholders, customers and employees, while contributing to the society s development in harmony with the environment. visão Avançar na excelência operacional em produtos de base florestal nos mercados interno e externo. vision Outstanding operational excellence in forest-related products in both the domestic and foreign markets. princípios e valores Praticar a verdade e o respeito ao ser humano em todos os relacionamentos; Valorizar a inovação, a competência e o comprometimento dos profissionais; Empenhar em trabalhar com qualidade, confiabilidade e competitividade; Preservar as estratégias e as informações sigilosas da Empresa; Preservar o meio ambiente como base do desenvolvimento; Respeitar as leis e os regulamentos; Respeitar e cumprir acordos firmados; Agir no presente com visão de futuro. principles and values To treat human beings with respect and truth in every relationship; To value employee commitment, skills and innovation; To struggle for quality, reliability and competitiveness; To keep secrecy about the Company strategies and proprietary information; To preserve the environment as the foundation of development; To comply with the laws and regulations; To respect and fulfill the agreements entered into; To act today with a vision of the future. 19 organizational profile Organizational Profile Sustainability Report 2013

21 Atuação Localizada no leste de Minas Gerais e constituída em 13 de setembro de 1973, a Celulose Nipo-Brasileira S.A. (CENIBRA) é uma empresa de capital fechado controlada pela Japan Brazil Paper and Pulp Resources Development Co., Ltd. (JBP). A JBP é formada pelas principais empresas do setor de celulose e papel do Japão, liderada pela Oji Paper Co., Ltd. e Itochu Corporation. A CENIBRA opera com uma unidade industrial no município de Belo Oriente (MG), com duas linhas de produção de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto e capacidade instalada de toneladas/ano; três regionais de manejo florestal no estado de Minas Gerais (Guanhães, Nova Era e Rio Doce); um terminal portuário especializado, em Barra do Riacho (ES), com participação acionária de 49%; e um escritório corporativo e comercial em Belo Horizonte. A CENIBRA tem 94% de sua produção direcionada ao mercado externo, atendendo principalmente a Ásia, a Europa e a América do Norte. Para atender seus clientes, a CENIBRA utiliza centros de distribuição e escritórios comerciais e de representação espalhados pela Ásia, Europa e América do Norte. A unidade industrial é abastecida com madeira de áreas próprias, arrendadas, e de madeira adquirida de pequenos produtores em sistema de fomento florestal (representando 15% da madeira consumida na indústria). O Programa Fomento Florestal para Produtor Rural da CENIBRA está presente em 89 municípios mineiros. A Empresa tem atualmente empregados próprios e terceiros e atua em 54 municípios, onde desenvolve projetos socioambientais, parcerias com entidades locais e iniciativas que proporcionam a geração de renda e a integração, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da região. Activities Founded on September 13, 1973 and located in eastern Minas Gerais, Celulose Nipo-Brasileira S.A. (CENIBRA) is a privately held company controlled by Japan Brazil Paper and Pulp Resources Development Co., Ltd. (JBP). JBP is made up of the main Japanese pulp & paper companies led by Oji Paper Co., Ltd. and Itochu Corporation. CENIBRA s industrial plant is located in Belo Oriente, state of Minas Gerais. It comprises two bleached short-fiber eucalyptus pulp production lines with a total installed capacity of 1.19 million tonnes/year and three regional forest stewardship units in the state of Minas Gerais (Guanhães, Nova Era and Rio Doce). Moreover, it has a dedicated port terminal in Barra do Riacho (ES), in which it holds a 49% interest, and a corporate and commercial office in Belo Horizonte. CENIBRA ships 94% of its production to foreign markets, mainly Asia, Europe and North America. Distribution centers and representation & sales offices are established in these areas to meet the customers requirements. The industrial plant is supplied with wood from the Company s own lands and leased lands, as well as from small farmers that plant eucalyptus under a forestation incentive arrangement (the latter answers for 15% of the plant s overall wood consumption). CENIBRA s Forestation Incentive Program is implemented in 89 municipalities in the state of Minas Gerais. With a headcount of 7,130 employees and contractors personnel, the Company operates in 54 municipalities, where it is engaged in several social and environmental projects, partnerships with local entities and other integration and income-generating initiatives with an aim to support the region s sustainable development. 20 Relatório de Sustentabilidade 2013 Perfil Organizacional

22 Ásia Asia Europa Europe Japan Japan EUA USA Brasil Brazil Mercados Markets Escritório Corporativo Corporate Office Portocel Portocel Unidade Industrial Industrial Plant Regionais de Manejo Florestal Regional Forest Stewardship Units 21 Organizational Profile Sustainability Report 2013

23 empresas do grupo group Companies CELULOSE PULP Celulose Nipo- Brasileira S.A. - CENIBRA LOGÍSTICA LOGISTIC PORTOCEL - Terminal Especializado de Barra do Riacho S.A. CENIBRA Logística Ltda. AGENCIAMENTO DE CELULOSE PULP TRADING CENIBRA Internacional Serviços e Comércio (Sociedade Unipessoal) LDA. CENIBRA Trading LTD. CENIBRA Inc. 22 SOCIAL SOCIAL Instituto CENIBRA Associação Atlética CENIBRA - AAC Associação Cachoeira Campestre Clube LEGENDA: KEY: Controladora Controlling company Coligada Affiliated Subsidiária Subsidiary Entidade Entity Relatório de Sustentabilidade 2013 Perfil Organizacional

24

25 24 legacy: 40 YeARs of history Organizational Profile Sustainability Report 2013

26 1973 Constituição da CENIBRA. Establishment of CENIBRA Navio Belo Oriente Maru faz sua 1ª viagem transportando a celulose da CENIBRA para o mercado externo. In her maiden voyage, the ship Belo Oriente Maru takes CENIBRA s pulp to foreign markets Criação da Superintendência Florestal da CENIBRA. Creation of CENIBRA s Forestry Division Inauguração do Sistema de Controle Ambiental. Kick-off of the Environmental Control System Start-up da fábrica - Linha 1 Production Line 1 start-up A CENIBRA recebe o Prêmio Minas Exporta. CENIBRA is awarded the Minas Exporta Prize. 25 Criação do Terminal Especializado de Barra do Riacho (Portocel). Set up of the specialized port terminal of Barra do Riacho (Portocel) A CENIBRA assina acordo com a Sociedade de Pesquisa do Manejo e da Reprodução da Fauna Silvestre para o início do Projeto Mutum na Fazenda Macedônia. CENIBRA enters into an agreement with the Wildlife Reproduction and Stewardship Research Society to start up the Mutum Project at Macedonia Farm. Relatório de Sustentabilidade 2013 Perfil Organizacional

27 1992 Início de operação da Caldeira de Recuperação 2 e do Projeto de Revegetação das Margens do Rio Doce. Start-up of Recovery Boiler no. 2 and the Doce River revegetation program Inauguração do Viveiro Florestal. Opening of the Seedling Nursery Start-up da Linha 2. Production Line 2 start-up Inauguração da Estação de Tratamento Biológico (ETB). Commissioning of the Biological Treatment Station (BTS) Fazenda Macedônia é reconhecida pelo IBAMA como Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN. Macedonia Farm is recognized by IBAMA as a Private Natural Heritage Reserve (PNHR) A CENIBRA recebe a certificação ISO Controle de Impactos Ambientais. CENIBRA is certified to ISO Environmental Impact Control A Japan Brazil Paper and Pulp Resources Development Co., Ltd. (JBP) passa a ser detentora do controle acionário total. A CENIBRA é eleita pela revista EXAME a melhor empresa do setor brasileiro de papel e celulose. Japan Brazil Paper and Pulp Resources Development Co. Ltd. (JBP) takes over 100% of CENIBRA equity. CENIBRA is chosen by EXAME Magazine as the best Brazilian pulp & paper player.

28 2003 A CENIBRA completa 30 anos. A CENIBRA é eleita (2ª vez) pela revista EXAME a melhor empresa do setor brasileiro de papel e celulose. CENIBRA celebrates its 30 th anniversary. For the second time, CENIBRA is chosen by EXAME Magazine as the best Brazilian pulp & paper player A CENIBRA inicia a utilização da metodologia da Global Reporting Initiative - GRI - na elaboração do Relatório de Sustentabilidade. CENIBRA begins to use the Global Reporting Initiative (GRI) methodology in the preparation of its Sustainability Report Recebimento simultâneo das certificações do Conselho de Manejo Florestal (Forest Stewardship Council - FSC ) e do Programa Nacional de Certificação Florestal (CERFLOR). Simultaneous certification by the Forest Stewardship Council (FSC ) and Brazil s National Forest Certification Program (CERFLOR) A CENIBRA é eleita (3ª vez) pela revista EXAME como a melhor empresa do setor brasileiro de papel e celulose. For the third time, CENIBRA is chosen by EXAME Magazine as the best Brazilian pulp & paper player Criação do Instituto CENIBRA. Establishment of CENIBRA Institute Conclusão do projeto de aumento da capacidade produtiva, com o incremento de 200 mil tsa/ano. Completion of the production capacity increase project, which raised the production by 200,000 ADt/year Comemoração de 20 anos do Projeto Mutum. Celebration of the 20 th anniversary of Mutum Project A CENIBRA completa 40 anos. Lançamento do Plano de Sustentabilidade de Longo Prazo Plano CENIBRA CENIBRA celebrates its 40 th anniversary. Launch of the CENIBRA Long-Term Sustainability Plan. 27 Organizational Profile Sustainability Report 2013

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Relembrando conceitos de sustentabilidade Desenvolvimento Econômico Responsabilidade Social Maximização do retorno do

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade. Sustainability Report

Relatório de Sustentabilidade. Sustainability Report Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 7 Sobre este Relatório 11 Temas Materiais 21 About this Report Material Issues Mensagem da Diretoria Message from the Executive Management

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA SUMÁRIO Apresentação ISO 14001 Sistema de Gestão Ambiental Nova ISO 14001 Principais alterações e mudanças na prática Estrutura de alto nível Contexto

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

MENSAGEM DA DIRETORIA PERFIL ORGANIZACIONAL ORGANIZATIONAL PROFILE PERFIL DO RELATÓRIO PRINCIPAIS RESULTADOS MAIN RESULTS GOVERNANÇA GOVERNANCE

MENSAGEM DA DIRETORIA PERFIL ORGANIZACIONAL ORGANIZATIONAL PROFILE PERFIL DO RELATÓRIO PRINCIPAIS RESULTADOS MAIN RESULTS GOVERNANÇA GOVERNANCE RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2012 SUSTAINABILITY REPORT 2012 6 MENSAGEM DA DIRETORIA MESSAGE FROM THE EXECUTIVE MANAGEMENT 17 PERFIL ORGANIZACIONAL ORGANIZATIONAL PROFILE 9 14 PERFIL DO RELATÓRIO REPORT

Leia mais

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Global Reporting Initiative Contabilidade financeira: Generally accepted accounting principles (GAAP) Objetivo do GRI: Generally accepted sustainability

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas

A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas Prof. Mestre Renato silva 1 Resumo: Este artigo tem o propósito de apresentar a importância da contabilidade gerencial no contexto da geração

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

ANNUAL REPORT 2011-12-13

ANNUAL REPORT 2011-12-13 ANNUAL REPORT 2011-12-13 Member organizationʼs name: Beraca Sabará Quimicos e Ingredientes - Divisão HPC Main address: Rua Emilia Marengo, 682 segundo andar Jardim Analia Franco, São Paulo SP Brasil CEP

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal 10 ANOS DO IPCG O GOVERNO SOCIETÁRIO EM PORTUGAL O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal Lisboa, 09 de Julho de 2013 SUMÁRIO 1. Acontecimentos empresariais e governance 2. Fatores normativos

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

Mega-events and democracy: Risks and Opportunities

Mega-events and democracy: Risks and Opportunities Mega-events and democracy: Risks and Opportunities at Siemens A global turnaround Peter Andreas Gölitz Regional Office 24 de outubro 2012 Regional Office Brasil Página 1 O quê um escândalo de corrupção

Leia mais

Política Institucional Gerenciamento de Capital

Política Institucional Gerenciamento de Capital P a g e 1 1 P a g e 2 Índice: 1. Objetivos... 2 2. Estrutura... 3 Diretoria BNY Mellon Serviços Financeiros Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A e BNY Mellon Banco S.A... 4 Diretor Responsável

Leia mais

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL MARÇO, 2015 ÍNDICE OBJETIVO 3 ESCOPO 3 DEFINIÇÕES Risco Inerente 4 DEFINIÇÕES Risco Operacional 4 DEFINIÇÕES Evento de Risco Operacional 4 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES

Leia mais

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANALYSIS OF ALIGNMENT AMONG SOCIAL BALANCE AND SUSTAINABILITY REPORT OF THREE

Leia mais

Estrutura de Governança Corporativa

Estrutura de Governança Corporativa Estrutura de Governança Corporativa Conselho de Administração Composto de nove membros, sendo dois independentes (sem vínculos com os acionistas signatários do acordo de acionistas, na forma da regulamentação

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework. José Maria de Macedo

Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework. José Maria de Macedo Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework José Maria de Macedo Chief Distribution and Sales Officer May 2008 1/XX Cemig Distribuição in numbers Indicator

Leia mais

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy Compartilhando Energia Humana Sharing Human Energy A Chevron Brasil tem como estratégia e valor um plano de investimento social voltado para o incentivo à qualificação profissional e ao empreendedorismo

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

Services IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY IMPORT EXPORT UNDER ORDER IMPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS

Services IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY IMPORT EXPORT UNDER ORDER IMPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS Services IMPORT IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY UNDER ORDER IMPORT EXPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS OUTSOURCING, PROCUREMENT, PURCHASING AGENT, Import: 7 TRADEX is updated to current

Leia mais

Consultoria em Direito do Trabalho

Consultoria em Direito do Trabalho Consultoria em Direito do Trabalho A Consultoria em Direito do Trabalho desenvolvida pelo Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados compreende dois serviços distintos: consultoria preventiva (o

Leia mais

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil O Compromisso Crescimento e a Sustentabilidade na Secil GONÇALO SALAZAR LEITE CEO GRACE - Encontro Temático Crescimento 1 Ponto de Partida O cimento é um bem essencial ao conforto, segurança e património

Leia mais

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009.

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a Caso FIAT AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. DAVIDE NICASTRO FIAT REVI / Grupo FIAT Caso FIAT Modelo de controle interno

Leia mais

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage.

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage. Preâmbulo Para a elaboração da Política de Sustentabilidade do Sicredi, foi utilizado o conceito de Sustentabilidade proposto pela abordagem triple bottom line (TBL), expressão que reúne simultaneamente

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção Ações da iniciativa privada no combate à corrupção IBRADEMP Instituto Brasileiro de Direito Empresarial Reunião da comissão Anticorrupção e Compliance São Paulo, 09 de agosto de 2012 Siemens no mundo Compromisso

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

Estratégia de Manutenção e Gestão de Ativos como Fator de Garantia Operacional em Aciarias. Ricardo Sodré, MSc, PMP. ArcelorMittal Tubarão

Estratégia de Manutenção e Gestão de Ativos como Fator de Garantia Operacional em Aciarias. Ricardo Sodré, MSc, PMP. ArcelorMittal Tubarão Estratégia de Manutenção e Gestão de Ativos como Fator de Garantia Operacional em Aciarias Ricardo Sodré, MSc, PMP. ArcelorMittal Tubarão Cenário Siderurgia Visão AMT Mercado favorável Pessoal experiente

Leia mais

A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2.

A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2. A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2.000 consultores que se dedicam de forma integral à gestão de riscos

Leia mais

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades Agenda 15h00 15h15 15h45 Boas vindas e enquadramento espap A Governação de Projetos no Setor Público Melhor Estado, Maior valor entregue à sociedade Nuno Ponces de Carvalho, Perito Internacional na área

Leia mais

AUDITORIA GOVERNAMENTAL

AUDITORIA GOVERNAMENTAL AUDITORIA GOVERNAMENTAL 416 Dayane Cristina da Silva, Irene Caires da Silva Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, Curso de MBA Auditoria e Perícia Contábil, Presidente Prudente, SP. E- mail: irene@unoeste.br

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Gerenciamento do Risco Operacional. Gerenciamento do Risco Operacional

Gerenciamento do Risco Operacional. Gerenciamento do Risco Operacional Gerenciamento do Risco Operacional Controle do documento Data Autor Versão Outubro/2010 Compliance 001 Dezembro/2011 Compliance 002 Dezembro/2012 Compliance 003 Agosto/2014 Compliance 004 Revisão do documento

Leia mais

FREDERICO JOSÉ STRAUBE

FREDERICO JOSÉ STRAUBE FREDERICO JOSÉ STRAUBE R. Xavier de Toledo, 316, 5º andar São Paulo - SP - Brasil Tel.: 55 11 3255-8744 straube@straube.com.br Advogado e Árbitro. Foi Presidente do CAM-CCBC (Centro de Arbitragem e Mediação

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015

Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015 Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015 um Eixo Prioritário territorial EIXO PRIORITÁRIO 1: Promover as capacidades de inovação no Mediterrâneo para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Práticas Corporativas

Práticas Corporativas Práticas Corporativas Nível 1 de Governança Corporativa Fontes: Estatuto Social Código de Conduta Relatório de Sustentabilidade Formulário de Referência Política de divulgação e negociação Atualizado em

Leia mais

ISACA Capítulo São Paulo

ISACA Capítulo São Paulo Tendências e Certificações Profissionais da ISACA ISACA Capítulo São Paulo Fabio Penna Curto, CGEIT, CISM, Diretor Cristiano Borges, Diretor ISACA SP Carmen Ozores, Vice presidente ISACA SP Contato: info@isaca.org.br

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance O Compliance e as metodologias para monitorar riscos de não conformidade 14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance 11 de novembro 2014 14 horas Agenda Os principais objetivos do nosso encontro 1.

Leia mais

Apresentar benchmarks considerando: Como os auditores internos avaliam suas competências atuais Quais competências necessitam de aprimoramento Como

Apresentar benchmarks considerando: Como os auditores internos avaliam suas competências atuais Quais competências necessitam de aprimoramento Como 1ª Pesquisa Protiviti/Audibra sobre as Tendências da Auditoria Interna no Brasil Junho, 2010 Objetivo da Pesquisa Apresentar benchmarks considerando: Como os auditores internos avaliam suas competências

Leia mais

Pronta para se tornar uma das 20 maiores produtoras de cimento do mundo

Pronta para se tornar uma das 20 maiores produtoras de cimento do mundo 06 Governança TRANSPARÊNCIA 23 Corporativa e Gestão Conselho de Administração O Conselho de Administração da Camargo Corrêa Cimentos é composto de até seis membros, sendo um presidente, três vice-presidentes

Leia mais

ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL

ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL ISO 14000 GESTÃO AMBIENTAL JOSÉ, Clodoaldo SILVA, Gabriel de Oliveira da PROENÇA, Leandro Gomes JUNIOR, Luiz Antonio Martins RESUMO ISO 14000 é uma norma desenvolvida pela ISO e que estabelece diretrizes

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais

MATHEUS DE ALMEIDA GOMES NATHAN DANIEL GOMES SANTOS RENAN HENRIQUE SANTOS DA SILVA ITIL/COBIT

MATHEUS DE ALMEIDA GOMES NATHAN DANIEL GOMES SANTOS RENAN HENRIQUE SANTOS DA SILVA ITIL/COBIT MATHEUS DE ALMEIDA GOMES NATHAN DANIEL GOMES SANTOS RENAN HENRIQUE SANTOS DA SILVA ITIL/COBIT São Paulo 2015 Faculdade de Tecnologia de São Caetano do Sul ITIL/COBIT Monografia submetida como exigência

Leia mais

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 I. FINALIDADE A finalidade do Comitê de Auditoria da AGCO Corporation (a Empresa ) é auxiliar o Conselho Diretor (o Conselho )

Leia mais

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente BEMVENUTI, Abel; NAIME, Roberto Harb Súmula Considerando algumas premissas clássicas de gestão em meio ambiente, são apresentados alguns

Leia mais

Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada. Política de Gerenciamento de Risco Operacional

Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada. Política de Gerenciamento de Risco Operacional Western Asset Management Company Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Limitada Política de Gerenciamento de Risco Operacional Ratificada pela Reunião de Diretoria de 29 de abril de 2014 1 Introdução

Leia mais

Governança Corporativa Corporate governance

Governança Corporativa Corporate governance Governança Corporativa Corporate governance Transparência e perenidade Transparency and continued business Estrutura de Governança Acionistas Governance Structure Shareholders No Aché, a tomada de decisão

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização

Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização Marcelo Theoto Rocha matrocha@esalq.usp.br 1 2 O Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

Ambiental. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Ambiental. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Ambiental Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Temos forte atuação na gestão de pleitos perante as agências ambientais e o Ministério

Leia mais

Declaração de Posicionamento do IIA: AS TRÊS LINHAS DE DEFESA NO GERENCIAMENTO EFICAZ DE RISCOS E CONTROLES

Declaração de Posicionamento do IIA: AS TRÊS LINHAS DE DEFESA NO GERENCIAMENTO EFICAZ DE RISCOS E CONTROLES Declaração de Posicionamento do IIA: AS TRÊS LINHAS DE DEFESA NO GERENCIAMENTO EFICAZ DE RISCOS E CONTROLES JANEIRO 2013 ÍNDICE DE CONTEÚDOS Introdução...1 Antes das Três Linhas: Supervisão do Gerenciamento

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT LONDRINA - PR 2015 ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT Trabalho de Conclusão

Leia mais

Atuação da Auditoria Interna na avaliação e na mensuração de riscos AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009.

Atuação da Auditoria Interna na avaliação e na mensuração de riscos AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. IBC realizada em 18 de agosto de 2009. A sua circulação, cópia ou distribuição, total ou parcial, para outros fins deve ser previamente autorizada, por escrito, pela Claro. Atuação da Auditoria Interna

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM CADERNO DE QUESTÕES NOTA FINAL MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM Before reading the text, pay attention to these important and essential remarks. All the answers must be written in

Leia mais

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DA FILOSOFIA LEAN CONSTRUCTION EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE ABSTRACT

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DA FILOSOFIA LEAN CONSTRUCTION EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE ABSTRACT ANÁLISE DA APLICAÇÃO DA FILOSOFIA LEAN CONSTRUCTION EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE ANALYSIS OF APPLICATION OF PHILOSOPHY IN LEAN CONSTRUCTION COMPANIES

Leia mais

"Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece!

Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece! "Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece! Conceito: A Pesquisa Fenabrave de Relacionamento com o Mercado nasceu em 2003, com base em pesquisa similar

Leia mais

1. COMISSÃO EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS

1. COMISSÃO EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS Governança Corporativa se faz com Estruturas O Itaú se orgulha de ser um banco essencialmente colegiado. A Diretoria atua de forma integrada e as decisões são tomadas em conjunto, buscando sempre o consenso

Leia mais

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Wagner S. Almeida Departamento de Supervisão de Bancos e Conglomerados Bancários Divisão de Equipes Especializadas I Comissão

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais