Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento"

Transcrição

1 Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil twitter.com/wcamb ogs.msdn.com/wcamb 1

2 Agenda Ferramentas de produtividade Questões sobre frameworks de desenvolvimento Recursos da Enterprise Library 4.1 aplicáveis para frameworks Conclusões Recursos 2

3 Objetivos da Sessão Apresentar uma visão sobre ferramentas de produtividade para equipes de desenvolvimento. Apresentar uma visão sobre frameworks e ocos de aplicação para o desenvolvimento de soluções. 3

4 4 Produtividade, reuso, padronização, automação

5 Busca da produtividade Na busca pela produtividade no desenvolvimento de software, destacamos o reuso do conhecimento através de ferramentas como: Guias livres de contexto Guias com contexto Guias de automação Arquiteturas de referência Biiotecas e Blocos de Aplicação Frameworks de desenvolvimento Fábricas de Software Linguagens de Domínio-Específico Modelos e Linguagens de Modelagem

6 Busca da produtividade Ao longo do processo, artefatos e templates são construídos e testados, garantindo o uso dos melhores códigos para nossas soluções. Guidelines Patterns Templates Frameworks Guias de Automação Application Blocks 6

7 Frameworks Os frameworks fornecem uma solução inicial para um determinado proema, cuja solução normalmente requer muito tempo para ser desenvolvida a partir do zero. Frameworks sofisticados normalmente incorporam muitos padrões. É comum os frameworks crescerem, implementando partes que antes eram integrantes da própria solução, oferecendo reuso. 7

8 Objetivos de um Framework Objetivos de um Framework Elevar a produtividade no desenvolvimento de software; Diminuir o tempo de desenvolvimento; Minimizar erros de codificação; Padronizar componentes, mecanismos de acesso, uso de recursos, passagem de parâmetros, etc.; Tornar a arquitetura final mais previsível e organizada, para todas as camadas atendidas pelo framework. Existem também diversos desafios na construção de frameworks Equipe, versionamento, adoção, evolução, escalabilidade, etc. 8

9 Biiotecas de classes App1 App3 App4 App2 Domínio de aplicação 9 BL = ocos de aplicação

10 Biiotecas de classes acesso a dados cache cache App1 segurança config logging acesso a dados acesso a dados segurança cache App2 cache App3 logging logging segurança segurança App4 acesso a dados logging Domínio de aplicação 10 Blocos de aplicação implementam componentes ou aspectos comuns para diversos cenários, economizando horas de desenvolvimento.

11 Frameworks Framework de desenvolvimento Caching Security App App Logging App App App App App Configuration Validation Exception Domínio de aplicação

12 Tipos de Frameworks Exemplos de Frameworks Horizontais Frameworks para persistência (Linq, Entity Framework, Nhibernate); Microsoft Foundation Classes (MFC); Frameworks de Middleware (MTS/COM+, ODBC); Windows Presentation Framework (WPF); Windows Communication Framework (WCF); Model-View-Controller (MVC) Sun s Java Foundation Classes (RMI, AWT, Swing), etc. Exemplos de Frameworks Verticais Frameworks para o mercado financeiro; Frameworks para empresas de telefonia (Microsoft Connected Services Framework 3.0 Developer Lite Edition); Frameworks para Recursos Humanos (Microsoft CCF Customer Care Framework); 12

13 Cenários e Arquiteturas envolvidas De acordo com o cenário, frameworks são mais ou menos complexos: Tipos de Aplicações Estilos de Arquitetura Componentes de Arquitetura 13 App Arch Guide 2.0

14 Metadata Services Tratamento de Exceções Validação Logging Segurança authn, authz Caching Monitoração Acesso a dados Frameworks Um exemplo de framework horizontal: Camada de Apresentação Camada de Negócios Camada de Persistência A capacidade de evoluir de forma modular e dinâmica é um grande benefício do uso de frameworks. 14

15 15

16 Principais recursos Tratamento de exceção Validação Logging Segurança Caching Enterprise Library 4.1 Enterprise Library October B F7-B529-3E41584B6CE5&displaylang=en 16 Hands-On Labs for Enterprise Library 4.1 March D99D4B6A&displaylang=en

17 Tratamento de Exceção Desafios Como armazenar os detalhes de exceções? Como propagar as exceções nas camadas da aplicação? Recomendações Identifique os ocos críticos de código Busque revelar os detalhes dos proemas 17

18 Tratamento de Exceção Mensagem de erro para o usuário 18

19 Tratamento de Exceção Exceção logada no EventViewer 19

20 Validação Desafios Transportar/Receber de maneira correta os dados fornecidos pelo usuário através das camadas. Recomendações Assuma que todo input requer atenção Valide os dados conforme tipo, tamanho, formato, limites, etc. Considere existir a validação de inputs na camada de apresentação. 20

21 Validação Exemplo de validação de dados para interfaces de serviços em WCF 21

22 Logging Desafios Armazenar detalhes do comportamento da aplicação Como capturar? Recomendações Utilize sempre que possível os recursos disponíveis na plataforma-alvo, evitando o desenvolvimento duplicado. Identifique os pontos críticos para a coleta de informaçõe. Avaliar a necessidade de logging síncrono ou assíncrono. Soluções assíncronas são mais indicadas para cenários de baixa latência, evitando a espera pelo retorno da ação de logging. 22

23 Logging Escolhendo o Trace Listener para as mensagens de Logging 23

24 Logging Definindo o formato de dados para logging no EventViewer 24

25 Logging Gravando o Log no EventViewer ou TraceListener escolhido 25

26 Segurança Desafios Como identificar ameaças na aplicação? Qual é o cenário de segurança da minha aplicação? Estudo do Modelo STRIDE Spoofing, Tampering, Repudiation, Information), Denial of Service (D.o.S.), Elevation of privilege 26 Recomendações Identifique as ameaças da aplicação Use o modelo STRIDE como referência para essa análise. Com as ameaças identificadas, desenvolver o plano de mitigação e patterns de segurança que serão aplicados. A Enterprise Library 4.1 ajuda em aspectos de segurança, autenticação e autorização.

27 Segurança Definindo o provider de autorização que será usado 27

28 Segurança Usando Authorization Rule Provider Definindo rules de usuários e métodos autorizados 28

29 Segurança Usando Authorization Rule Provider Exemplo de autorização de usuário e rules 29

30 Caching Desafios Identificar quais os dados que devem ir para o cache, em cenários de baixa latência. Recursos disponíveis Enterprise Library 4.1 Velocity Camada de cache unificado para aplicações Recomendações Identificar quais os dados mais indicados para a camada de cache Armazenar os dados mais usados pela aplicação. 30

31 Cache local Chamada para o CacheFactory 31

32 32

33 Conclusões Fique atento aos seguintes desafios no uso de frameworks: Equipe, adoção, evolução, comunicação, cenários Ao construir um framework, identificar os tipos de aplicação e cenários envolvidos: Avaliar os vários componentes de software que serão suportados, como caching, validação, logging, etc Se você já possui um framework operacional, avaliar as novas biiotecas disponíveis. Velocity, LINQ,.NET RIA Services, Enterprise Library 4.1,.NET 3.5 SP1, etc. 33

34 Conclusões Apenas alguns recursos da EntLib 4.1 foram apresentados nessa sessão. Recomenda-se o estudo do Hands-on Labs para complementar as questões aqui apresentadas. A EntLib 4.1 não é apenas indicada para cenários de frameworks de desenvolvimento Avaliar seu uso para aplicações que reconheçam a necessidade de camadas de caching, validação, segurança, tratamento de exceção, etc. 34

35 Recursos Enterprise Library 4.1 October F7-B529-3E41584B6CE5&displaylang=en Hands-On Labs for Enterprise Library 4.1 March FEA1-4FC2-B40C-7867D99D4B6A&displaylang=en Microsoft.NET RIA Services May 2009 Preview milyid=76bb3a b0c bcaabce#filelist Microsoft Project Code Named Velocity Community Technology Preview 3 (CTP3) EEFF-4055-A867-19B5851E7CD2&displaylang=en 35

36 Recursos (cont.) ArqBR.Groups ArqCasts no Channel9/Brasil ebook Arquitetura de Soluções Centro de Arquitetura MSDN 36

37 Microsoft Corporation. All rights reserved. Microsoft, Windows, Windows Vista and other product names are or may be registered trademarks and/or trademarks in the U.S. and/or other countries. The information herein is for informational purposes only and represents the current view of Microsoft Corporation as of the date of this presentation. Because Microsoft must respond to changing market conditions, it should not be interpreted to be a commitment on the part of Microsoft, and Microsoft cannot guarantee the accuracy of any information provided after the date of this presentation. MICROSOFT MAKES NO WARRANTIES, EXPRESS, IMPLIED OR STATUTORY, AS TO THE INFORMATION IN THIS PRESENTATION.

Seja Bem-Vindo. Sharepoint 2007 para Desenvolvedores. Inicio: 19:00 Termino: 22:00

Seja Bem-Vindo. Sharepoint 2007 para Desenvolvedores. Inicio: 19:00 Termino: 22:00 Seja Bem-Vindo Sharepoint 2007 para Desenvolvedores Inicio: 19:00 Termino: 22:00 Intervalo: 15 minutos Marcelo Sincic Consultor / Instrutor msincic@uol.com.br Microsoft como CPLS - Certified Partner Learning

Leia mais

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Luciano Condé Markus Christen Otávio Pecego Coelho Waldemir Cambiucci Azure Academy Markus Christen Arquiteto de Infra-Estrutura Microsoft Brasil http://blogs.technet.com/markus

Leia mais

Seja Bem-Vindo. System Center Family. Inicio: 09:00 Termino: 12:00

Seja Bem-Vindo. System Center Family. Inicio: 09:00 Termino: 12:00 Seja Bem-Vindo System Center Family Inicio: 09:00 Termino: 12:00 Intervalo: 15 minutos Marcelo Sincic Consultor / Instrutor msincic@uol.com.br blog: http://www.marcelosincic.eti.br Microsoft como CPLS

Leia mais

Alcance Adapte-se a mundança. Nome, Título

Alcance Adapte-se a mundança. Nome, Título Alcance Adapte-se a mundança Nome, Título Foco no Consumidor Conectada Modernização Força de Trabalho Entusiastas Visionários Pragmáticos Conservadores Séticos Diferenciação Start-ups e CSVs Corporações

Leia mais

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight. Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight. Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia Links Silverlight 4 runtime http://silverlight.net/getstarted/silverlight4/default.aspx Silverlight

Leia mais

Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM)

Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM) Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM) Clementino de Mendonça Senior Development Consultant Microsoft Services O

Leia mais

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Luciano Condé Markus Christen Otavio Pecego Coelho Waldemir Cambiucci Azure Academy Otavio Pecego Coelho Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil http://blogs.msdn.com/otavio

Leia mais

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Luciano Condé Markus Christen Otávio Pecego Coelho Waldemir Cambiucci Azure Academy Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil http://blogs.msdn.com/wcamb

Leia mais

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil

Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Grupo de Arquitetos Microsoft Brasil Luciano Condé Markus Christen Otávio Pecego Coelho Waldemir Cambiucci Azure Academy Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil http://blogs.msdn.com/wcamb

Leia mais

Centro de Inovação Microsoft-PUCRS

Centro de Inovação Microsoft-PUCRS Centro de Inovação Microsoft-PUCRS O Centro de Inovação Microsoft-PUCRS Coord. Geral: Prof. Bernardo Copstein (FACIN) Coord. Negócios: Profa. Ionara Rech (FACE) Localização: prédio 96b, Tecnopuc O Centro

Leia mais

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight A ENG DTP & Multimídia SP, PR e DF Desde 1983 Desde 2004 Desde 2007 A ENG DTP & Multimídia Evolução Tecnológica 1993 Director & Authorware 1995 Photoshop e

Leia mais

Café com Target. Andrea Leal APS MKT Manager Março, 2009 advertising.microsoft.com/brasil

Café com Target. Andrea Leal APS MKT Manager Março, 2009 advertising.microsoft.com/brasil Café com Target Andrea Leal APS MKT Manager Março, 2009 advertising.microsoft.com/brasil BOM DIA! Mapa de Navegação do Dia 09h00 Café da Manhã 09h30 Abertura 09h35 QUE *($^*#)@(*$ EU ESTOU FAZENDO AQUI?

Leia mais

NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012

NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012 Agenda NetApp Visão Geral Alguns Desafios de uma Infraestrutura em Nuvem Integração com o System Center 2012 Monitoramento, Relatórios e Recomendações Pronto para sua Nuvem: System Center Orchestrator

Leia mais

Microsoft S+S Day Data: 09 de dezembro de 2008

Microsoft S+S Day Data: 09 de dezembro de 2008 Microsoft S+S Day Data: 09 de dezembro de 2008 Otavio Pecego Coelho Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil http://blogs.msdn.com/otavio Expandir para nova localidade Upgrade ao vivo de novas funcionalidades

Leia mais

O poder da cobertura das consultas (Cover Indexes) Estratégias de indexação apropriadas (AND, OR, joins, agregações)

O poder da cobertura das consultas (Cover Indexes) Estratégias de indexação apropriadas (AND, OR, joins, agregações) São Paulo 05 07 Dezembro DAT303 Pré-requisitos (detabe sobre índices cluster) O poder da cobertura das consultas (Cover Indexes) Estratégias de indexação apropriadas (AND, OR, joins, agregações) Outras

Leia mais

Performance Disponibilidade Segurança Gerenciável. On client Partner-hosted Microsoft-hosted

Performance Disponibilidade Segurança Gerenciável. On client Partner-hosted Microsoft-hosted Compreensivo Flexível Global Performance Disponibilidade Segurança Gerenciável Coordinação Consolidação Transformação Sincronização Armazenamento e Pesquisa Federation Composição Monitoriamento Análise

Leia mais

Microsoft Software + Serviços

Microsoft Software + Serviços 9 de Março de 2010 Microsoft Software + Serviços O Poder de Escolha Nas Instalações (On-Premise) Controlo e propriedade Capacidades estratégicas Integração avançada Alojado por Parceiros (Hosting) TI em

Leia mais

Uma introdução sobre MDD Model Driven Design e projeto Oslo

Uma introdução sobre MDD Model Driven Design e projeto Oslo Uma introdução sobre MDD Model Driven Design e projeto Oslo Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil twitter.com/wcamb blogs.msdn.com/wcamb 1 Agenda Modelos e Linguagens Projeto Oslo Linguagem

Leia mais

Nova geração de certificações Microsoft: SQL Server 2005/2008 Visual Studio 2008/2010

Nova geração de certificações Microsoft: SQL Server 2005/2008 Visual Studio 2008/2010 Nova geração de certificações Microsoft: SQL Server 2005/2008 Visual Studio 2008/2010 Alexandre Lopes MCDBA MCSE MCTS MCITP MCT alopes@sqlserverday.com.br http://alopes.sqlserverday.com.br Agnaldo Diogo

Leia mais

Mobilize seu negócio com a Microsoft. Mário Abreu Technology Specialist, Windows Phone Microsoft Brasil

Mobilize seu negócio com a Microsoft. Mário Abreu Technology Specialist, Windows Phone Microsoft Brasil Mobilize seu negócio com a Microsoft Mário Abreu Technology Specialist, Windows Phone Microsoft Brasil Como você leva seu negócio para novas alturas? Crie novas ferramentas que informam e deleitam clientes

Leia mais

Bernardo Patrão Technical Manager Critical Software

Bernardo Patrão Technical Manager Critical Software Bernardo Patrão Technical Manager Critical Software 10 Dezembro 2009 Instituto de Estudos Superiores Militares A problemática da protecção de informação crítica A Segurança nas Organizações Ameaças Modelo

Leia mais

Recomendações para a construção de serviços com WCF

Recomendações para a construção de serviços com WCF Recomendações para a construção de serviços com WCF Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil twitter.com/wcamb blogs.msdn.com/wcamb 1 Agenda Recomendações para a construção de serviços

Leia mais

O importante é o utilizador. A tecnologia é o suporte. Todas as tarefas comuns são mais fáceis de fazer

O importante é o utilizador. A tecnologia é o suporte. Todas as tarefas comuns são mais fáceis de fazer É TEMPO DE MUDANÇA O importante é o utilizador. A tecnologia é o suporte. Todas as tarefas comuns são mais fáceis de fazer Usam a tecnologia Ambos os sexos Pragmáticos Sociais Dinâmicos Conectados O Windows

Leia mais

Software as a Service (SaaS)

Software as a Service (SaaS) Software as a Service (SaaS) Estratégias para acessar mais usuários Otavio Pecego Coelho Arquiteto Soluções DPE Microsoft Brasil otavioc@microsoft.com Agenda Introdução ao tema Software as a Service (SaaS)

Leia mais

Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural

Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural Sobre entidades externas ao sistema Quais sistemas externos devem ser acessados? Como serão acessados? Há integração com o legado a ser feita?

Leia mais

Mitos Desfeitos sobre Prevenção a Perda de Dados

Mitos Desfeitos sobre Prevenção a Perda de Dados Mitos Desfeitos sobre Prevenção a Perda de Dados Vladimir Amarante Principal Systems Engineer CISSP IR B06 - DLP Myths Debunked 1 Mitos sobre Data Loss Prevention Mito #1: Mito #2: Mito #3: Mito #4: Mito

Leia mais

Uma introdução sobre WF Windows Workflow Foundation

Uma introdução sobre WF Windows Workflow Foundation Uma introdução sobre WF Windows Workflow Foundation Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil twitter.com/wcamb blogs.msdn.com/wcamb 1 Agenda O que é o WF? Cenários recomendados de utilização

Leia mais

Data Loss Prevention. Uma abordagem estratégica. Vladimir Amarante, CISSP Manager, Systems Engineering. @VladAmarante

Data Loss Prevention. Uma abordagem estratégica. Vladimir Amarante, CISSP Manager, Systems Engineering. @VladAmarante Data Loss Prevention Uma abordagem estratégica Vladimir Amarante, CISSP Manager, Systems Engineering @VladAmarante Agenda Conceitos e propósito Capacidades básicas Considerações para um projeto de sucesso

Leia mais

Rogério Molina Consultor e instrutor rogeriomolina@green.com.br

Rogério Molina Consultor e instrutor rogeriomolina@green.com.br Rogério Molina Consultor e instrutor rogeriomolina@green.com.br Parte 1 Instalação e Configuração Quais opções são possíveis Requisitos para instalação Demo de upgrade Considerações para migração Demo

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

WebCast TechNet Wiki Brasil. Março/2013

WebCast TechNet Wiki Brasil. Março/2013 WebCast TechNet Wiki Brasil Março/2013 Apresentação/Moderação Luciano Lima [CISSP]-[MVP Enterprise Security]-[MCSA Security]-[MCSE Security] TechNet Wiki Advisory Board Member @LucianoLima_mvp lucianolima.org

Leia mais

Solução Symantec de Gerenciamento de Armazenamento e Proteção de Dados Ministério Rodrigo Pinheiro

Solução Symantec de Gerenciamento de Armazenamento e Proteção de Dados Ministério Rodrigo Pinheiro Solução Symantec de Gerenciamento de Armazenamento e Proteção de Dados Ministério Rodrigo Pinheiro Gerente Regional - DF 1 Agenda 1 Contratação 2 Desafios 3 Solução 4 Resultados 2 Contratação - Proteção

Leia mais

Marcelo Sincic Consultor e instrutor msincic@green.com.br

Marcelo Sincic Consultor e instrutor msincic@green.com.br Marcelo Sincic Consultor e instrutor msincic@green.com.br Marcelo Sincic Consultor / Instrutor msincic@uol.com.br blog: http://www.marcelosincic.eti.br Marcelo Sincic Consultor e instrutor msincic@green.com.br

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM MARÇO / 2015 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Fernanda Fauze Carlos Advogada Trench, Rossi e Watanabe Advogados Agenda 1 Introdução 2 Contexto: Combate à Corrupção no Brasil Prisões por crimes

Leia mais

Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana

Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana Senior Systems Engineer 1 SYMANTEC VISION 2013 2 SYMANTEC VISION 2013 3 Valor da conectividade Era

Leia mais

Guia E-Learning Acesso dos estudantes aos cursos de e-learning e ao Sistema de Gerenciamento da Aprendizagem

Guia E-Learning Acesso dos estudantes aos cursos de e-learning e ao Sistema de Gerenciamento da Aprendizagem Guia E-Learning Acesso dos estudantes aos cursos de e-learning e ao Sistema de Gerenciamento da Aprendizagem 1 2006 Microsoft Corporation. All rights reserved. Microsoft is either a registered trademark

Leia mais

Case Ativas eflex Enhanced

Case Ativas eflex Enhanced Case Ativas eflex Enhanced Raphael Pereira Gerente de Segurança da Informação Vantagens do modelo de licenciamento Symantec 1 Tópicos da Apresentação Overview Institucional ATIVAS Infra-estrutura de TI

Leia mais

Seminário Tecnológico Microsoft Biztalk Server

Seminário Tecnológico Microsoft Biztalk Server Seminário Tecnológico Microsoft Biztalk Server 30 de Outubro José Grilo (jose.grilo@microsoft.com) 1 Agenda 2 9:15 Biztalk: Integração Simplificada Orador: Rui Pereira, Microsoft 10:30 O Potencial da Interoperabilidade

Leia mais

Gerenciando Mobilidade: Usuários e Dispositivos Seguros

Gerenciando Mobilidade: Usuários e Dispositivos Seguros Gerenciando Mobilidade: Usuários e Dispositivos Seguros Arthur Cesar Oreana Senior Systems Engineer Valor da conectividade Era da Interação Mobilidade e Nuvem Alavancando o Valor da Conectividade 3.0%

Leia mais

a. A plataforma recomendada é Web, com arquitetura Microsoft.Net; b. A linguagem recomendada para codificação de Sistemas de Informações é C#;

a. A plataforma recomendada é Web, com arquitetura Microsoft.Net; b. A linguagem recomendada para codificação de Sistemas de Informações é C#; 1. OBJETIVO O objetivo deste documento é definir as normas e os padrões que deverão ser adotados pelos desenvolvedores da equipe interna e externa (fornecedores) que venham a desenvolver soluções de software

Leia mais

Perguntas e respostas

Perguntas e respostas Autodesk Revit Autodesk Revit Architecture Autodesk Revit MEP Autodesk Revit Structure Autodesk Revit LT Perguntas e respostas Este documento fornece perguntas e respostas sobre como usar o software Autodesk

Leia mais

Porto Editora acentua ganhos de produtividade e eficiência com investimento em tecnologia Microsoft

Porto Editora acentua ganhos de produtividade e eficiência com investimento em tecnologia Microsoft Microsoft Exchange Server 2007 Caso de Estudo Microsoft Porto Editora Porto Editora acentua ganhos de produtividade e eficiência com investimento em tecnologia Microsoft Sumário País Portugal Sector Cultura

Leia mais

Windows Azure. Uma plataforma para Cloud Computing. I Innovation Day Curitiba 2010. Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil

Windows Azure. Uma plataforma para Cloud Computing. I Innovation Day Curitiba 2010. Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil I Innovation Day Curitiba 2010 Windows Azure Uma plataforma para Cloud Computing http://blogs.msdn.com/wcamb/ http://twitter.com/wcamb/ Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil 27 de Março

Leia mais

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS Este anexo apresenta uma visão geral das seguintes plataformas: 1. Plataforma Microsoft.NET - VB.NET e C#; 2. Plataforma JAVA; 3. Plataforma Android, ios e Windows

Leia mais

10Pro Soluções em Tecnologia. Programar de novo: é investir novamente o que já foi investido em codificação...

10Pro Soluções em Tecnologia. Programar de novo: é investir novamente o que já foi investido em codificação... 10Pro Soluções em Tecnologia Programar de novo: é investir novamente o que já foi investido em codificação... Produtos que se encaixam ao seu negócio... 10Pro Facebook Data Explorer 10Pro Code Injector

Leia mais

Fábrica de Software 29/04/2015

Fábrica de Software 29/04/2015 Fábrica de Software 29/04/2015 Crise do Software Fábrica de Software Analogias costumam ser usadas para tentar entender melhor algo ou alguma coisa. A idéia é simples: compara-se o conceito que não se

Leia mais

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP Know-how setorial e global pré-configurado Índice 1.Disponibilidade dos pacotes SAP Best Practices 2.Efetuar

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

Julio Ramos. Gerente de Soluções Móveis para América Latina Microsoft Corporation

Julio Ramos. Gerente de Soluções Móveis para América Latina Microsoft Corporation Julio Ramos Gerente de Soluções Móveis para América Latina Microsoft Corporation Base instalada em milhões 2,700 800 850 1,100 1,300 1,400 1,500 Source: http://communities-dominate.blogs.com/brands/2007/01/putting_27_bill.html

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR PADRÕES MVC E DAO EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR PADRÕES MVC E DAO EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB PADRÕES MVC E DAO Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender o conceito de Padrões de Projeto Compreender o Padrão MVC Conhecer o princípio de alguns dos

Leia mais

Nova Geração de Recursos de Rede no Windows Vista

Nova Geração de Recursos de Rede no Windows Vista Nova Geração de Recursos de Rede no Windows Vista Yuri Diogenes (MCTS Windows Vista, MCITP, MCSE+Security, Security+, Network+, CCNP) Support Engineer Microsoft Corporation http://blogs.technet.com/latam

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Segurança de Sistemas SISINFO Profs. Hederson Velasco Ramos Henrique Jesus Quintino de Oliveira quintino@umc.br Spoofing Tampering Repudiation Information Disclosure Denial of Service Elevation of Privilege

Leia mais

Responsabilidade pelos Danos e Riscos Causados por Falhas de Segurança

Responsabilidade pelos Danos e Riscos Causados por Falhas de Segurança Responsabilidade pelos Danos e Riscos Causados por Falhas de Segurança Cassio Goldschmidt Gerente Senior, Segurança de Produtos 1 O que é Software? 2 Por que isso importa?!?! 3 A Importância de Revêr Nossas

Leia mais

Novas Tecnologias Microsoft. http://formacao.rumos.pt/

Novas Tecnologias Microsoft. http://formacao.rumos.pt/ Novas Tecnologias Microsoft http://formacao.rumos.pt/ Rich Internet Applications (RIA) Carlos Lima carlos.lima@rumos.pt Agenda Objectivos da sessão O que é uma RIA O que é o Silverlight Software necessário

Leia mais

Business Critical Services todo!

Business Critical Services todo! Business Critical Services todo! Mauricélio Lauand Diretor Executivo Caso de Sucesso Contax CIO Engage 1 Tópicos da Apresentação 1 2 3 4 5 6 7 Overview Institucional Contax e todo! Infraestrutura de TI

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Segurança de Sistemas SISINFO Profs. Hederson Velasco Ramos Henrique Jesus Quintino de Oliveira quintino@umc.br Spoofing Tampering Repudiation Information Disclosure Denial of Service Elevation of Privilege

Leia mais

Autodesk. SketchBook INK. Dicas e truques. Android

Autodesk. SketchBook INK. Dicas e truques. Android Autodesk SketchBook INK Dicas e truques Android Índice analítico Dicas antes de começar 3 Guia de Introdução 4 Criar uma tela 4 Cor 5 Personalizar a paleta de cores 5 Como selecionar uma cor 6 Como capturar

Leia mais

12/7/2007. Realizar uma consulta em um banco de dados? Renomear todos os arquivos com extensão.htm para a extensão.html?

12/7/2007. Realizar uma consulta em um banco de dados? Renomear todos os arquivos com extensão.htm para a extensão.html? São Paulo 05 07 Dezembro DEV301 Entender o que são DSLs (linguagens de domínio específico) Compreensão do conceito de modelagem visual Assimilar o suporte ferramental do VS para a criação de DSLs Criar

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA SUMÁRIO Introdução Comunicação entre objetos distribuídos Eventos e Notificações 1.INTRODUÇÃO Middleware oferece: Transparência de localização Independência de protocolos

Leia mais

ASP.NET MVC em Ação. Jeffrey Palermo Ben Scheirman Jimmy Bogard. Novatec. Prefácio de Phil Haack

ASP.NET MVC em Ação. Jeffrey Palermo Ben Scheirman Jimmy Bogard. Novatec. Prefácio de Phil Haack ASP.NET MVC em Ação Jeffrey Palermo Ben Scheirman Jimmy Bogard Prefácio de Phil Haack Novatec Sumário Prólogo...11 Prefácio...13 Agradecimentos...17 Sobre este livro...20 Sobre os autores...26 Sobre a

Leia mais

MVC e Camadas - Fragmental Bliki

MVC e Camadas - Fragmental Bliki 1 de 5 20-03-2012 18:32 MVC e Camadas From Fragmental Bliki Conteúdo 1 Introdução 2 Camadas: Separação Entre Componentes 3 MVC: Interação Entre Componentes 4 Conclusão 5 Referências Introdução A Arquitetura

Leia mais

Argo Navis J931 - Padrões de Design J2EE. Introdução. Objetivos de aprender padrões J2EE. Conhecer padrões para uso na plataforma J2EE

Argo Navis J931 - Padrões de Design J2EE. Introdução. Objetivos de aprender padrões J2EE. Conhecer padrões para uso na plataforma J2EE Padrões de Projeto J2EE J931 Introdução Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br Objetivos de aprender padrões J2EE Conhecer padrões para uso na plataforma J2EE Padrões permitem maior reuso, menos

Leia mais

COMUNICADO. O Governo do Amazonas não contraiu nenhum tipo de obrigação quanto à aquisição de todos os produtos na Ata de Registro de Preços.

COMUNICADO. O Governo do Amazonas não contraiu nenhum tipo de obrigação quanto à aquisição de todos os produtos na Ata de Registro de Preços. COMUNICADO A Apresentação a seguir trata do contrato Select que foi assinado entre o Governo do Amazonas e a Microsoft para aquisição de licenças com preço reduzido para Governos; O Governo do Amazonas

Leia mais

Patrocinadores. Agenda. Introdução ao BizTalk Server 2006. CTS01 O que há de novo no BizTalk Server 2006? Perspectiva Histórica

Patrocinadores. Agenda. Introdução ao BizTalk Server 2006. CTS01 O que há de novo no BizTalk Server 2006? Perspectiva Histórica Microsoft TechDays 2005 Aprender, Partilhar, Experimentar CTS01 O que há de novo no BizTalk Server 2006? Patrocinadores Agenda CTS01 is RATED: NO CODE Introdução ao BizTalk Server 2006 Perspectiva histórica

Leia mais

Vazamento de Dados - Entendendo o Contexto para uma Resposta mais Precisa

Vazamento de Dados - Entendendo o Contexto para uma Resposta mais Precisa Vazamento de Dados - Entendendo o Contexto para uma Resposta mais Precisa Leonardo Nassif System Engineer NÚMERO DE INCIDENTES IDENTIDADES EXPOSTAS (Milhões) Violação de Dados Alguns Números pelo Mundo

Leia mais

Dados em Java. Introdução

Dados em Java. Introdução Interface Gráfica e Banco de Dados em Java Introdução Java and all Java-based marks are trademarks or registered trademarks of Sun Microsystems, Inc. in the U.S. and other countries. Licença para uso e

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) J2EE () Sumário Introdução J2EE () APIs J2EE Web Container: Servlets e JSP Padrão XML 2 J2EE é Uma especificação para servidores

Leia mais

Para os. edition: AutoCAD. Mechanical. Showcase. Autodesk. Autodesk. SketchBook. Designer. Mudbox Vault. Autodesk. Autodesk. Ultimate.

Para os. edition: AutoCAD. Mechanical. Showcase. Autodesk. Autodesk. SketchBook. Designer. Mudbox Vault. Autodesk. Autodesk. Ultimate. Autodesk Product Design Suite Standard 20122 Requisitoss de sistema Persona e fluxo de trabalho típicos Para os projetistas e engenheiros responsáveis pela criação de produtos memoráveis, o Autodesk Product

Leia mais

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Serviço Service Requisitante Consumer Service Serviço Provider Provedor consumidores processos business e processes negócios Coreografia process choreography

Leia mais

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Microsoft Dynamics CRM Online Customer Solution Case Study IDC Portugal IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Sumário País Portugal

Leia mais

Desafios das Empresas. Maior Lucratividade

Desafios das Empresas. Maior Lucratividade Disclaimer 2013 Microsoft Corporation. All rights reserved. Microsoft, Windows, Windows Vista and other product names are or may be registered trademarks and/or trademarks in the U.S. and/or other countries.

Leia mais

Conecte-se THE AGILE BUSINESS. conectando pessoas informações dispositivos

Conecte-se THE AGILE BUSINESS. conectando pessoas informações dispositivos Conecte-se THE AGILE BUSINESS conectando pessoas informações dispositivos Operacionalizando e Otimizando Intersecções Intra e Extra Organizacionais Bruno Nowak Soluções para Manufatura Agenda Tendências

Leia mais

OpenACS e as Comunidades Virtuais

OpenACS e as Comunidades Virtuais OpenACS e as Comunidades Virtuais Eduardo Santos eduardo.edusantos@gmail.com eduardosantos@previdencia.gov.br www.softwarepublico.gov.br www.eduardosan.com O que é o OpenACS Uma comunidade de desenvolvedores

Leia mais

E-mail empresarial para PMEs

E-mail empresarial para PMEs E-mail empresarial para PMEs Agenda Perspectiva Geral A Oportunidade Email Empresarial Outras Oportunidades associadas (up sell) Boas Práticas de vendas de Hosted Exchange Como obter sucesso Recursos disponíveis

Leia mais

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB)

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) RELATÓRIO DE ENTREGA DO PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) PARA A ELABORAÇÃO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PMGIRS PARA OS MUNICÍPIOS DE NOVO HORIZONTE, JUPIÁ, GALVÃO,

Leia mais

Instituto de Inovação com TIC. [Junho/ 2009]

Instituto de Inovação com TIC. [Junho/ 2009] Instituto de Inovação com TIC [Junho/ 2009] Segurança em aplicações WEB: A nova fronteira rodrigo.assad@cesar.org.br Redes de Computadores (Histórico) Segurança de Redes (Histórico) Robert Tappan

Leia mais

System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos

System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos Microsoft System Center Essentials 2007 Caso de Sucesso Cintra System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos Sumário País Portugal Sector

Leia mais

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK MVC PROGRAMMING AND ZEND FRAMEWORK Rodolfo Vinícius Moimas Dias Centro Universitário Filadélfia de Londrina UniFil Rafael Francovig Cavicchioli Centro Universitário Filadélfia

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014 1 Características da Plataforma.NET A plataforma.net Framework 4.0 (.NET 4.0) é uma plataforma de softwares que fornece

Leia mais

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com)

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) ARQUITETURA DE SISTEMAS Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) Roteiro Definição Documento de arquitetura Modelos de representação da arquitetura Estilos arquiteturais Arquitetura de sistemas web Arquitetura

Leia mais

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P06.002 Revisão v. 2014 Plataformas Web 2. PUBLICAÇÃO Recursos Tecnológicos Versão Data para adoção Publicação v. 2014 23 de dezembro de 2014 PORTARIA N Nº 225 de

Leia mais

Reuso. Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior

Reuso. Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Reuso Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Reutilização de Software Na maioria das áreas de engenharia de software, sistemas são desenvolvidos

Leia mais

Uma ( pequena ) volta pelo.net Framework 4. Diego Rodrigo Neufert Coordenador de Sistemas Logísticos ALL América Latina Logística

Uma ( pequena ) volta pelo.net Framework 4. Diego Rodrigo Neufert Coordenador de Sistemas Logísticos ALL América Latina Logística Uma ( pequena ) volta pelo.net Framework 4 Diego Rodrigo Neufert Coordenador de Sistemas Logísticos ALL América Latina Logística Novidades Visual Studio 2010 Funcionalidades Visual Studio Compelto Ultimate

Leia mais

Tedch-Ed 2007 vem aí! Web. Next

Tedch-Ed 2007 vem aí!  Web. Next Tedch-Ed 2007 vem aí! www.techedbrasil.com.br Web.Next: Tendências para a Web Otavio Pecego Coelho Arquiteto de Soluções otavioc@microsoft.com blogs.msdn.com/otavio DPE - Microsoft Brasil Blogs Search

Leia mais

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge. Projeto Demoiselle Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.net Palestrantes: Antônio Carlos Tiboni Luciana Campos Mota 20/07/2009

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA DESTAQUES A infraestrutura do RSA Security Analytics Arquitetura modular para coleta distribuída Baseada em metadados para indexação, armazenamento

Leia mais

^ 4 Introdução ao Programa SAP Extended Business 4 Objetivo do Programa 4 Seu Papel. ^ 5 Soluções SAP. 9 SAP Business One. SAP Business All-in-One

^ 4 Introdução ao Programa SAP Extended Business 4 Objetivo do Programa 4 Seu Papel. ^ 5 Soluções SAP. 9 SAP Business One. SAP Business All-in-One Programa SAP Extended BusinessProgram Guide Manual do Programa Junho 2008 CONTEÚDO ^ 4 Introdução ao Programa SAP Extended Business 4 Objetivo do Programa 4 Seu Papel ^ 5 Soluções SAP 5 SAP Business One

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

Miguel Teixeira miguel.teixeira@microsoft.com Unified Communications Solutions-Product Manager Microsoft Portugal

Miguel Teixeira miguel.teixeira@microsoft.com Unified Communications Solutions-Product Manager Microsoft Portugal Miguel Teixeira miguel.teixeira@microsoft.com Unified Communications Solutions-Product Manager Microsoft Portugal Trabalhar em conjunto em tempo real Manter equipas globais sincronizadas Partilhar informação

Leia mais

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Raul Arozi Moraes Technical Specialist AUBR-63 Inovação e Colaboração Móvel Sobre a Autodesk +10 milhões usuários em mais de 800,000

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari).

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari). OPORTUNIDADES CWI: Analista - Experiência mínima de 2 anos com ASP.NET (C Sharp). - Experiência com atendimento a usuários na resolução de problemas com sistemas já existentes. - Experiência em desenvolvimento

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais