PROGRAMA DE BOLSA- AUXÍLIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE BOLSA- AUXÍLIO"

Transcrição

1 1 PROGRAMA DE BOLSA- AUXÍLIO COORDENAÇÃO ANA AMÉLIA NOBRE FORTIN SÃO PAULO, MARÇO DE 2014

2 ROTEIRO 2 OBJETIVO DO PROGRAMA ACOMPANHAMENTO APOIO FINANCEIRO ENCONTRO DE BOLSISTAS PESQUISA CURSOS PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SMS AVALIAÇÃO RESULTADO DO PROGRAMA NAS CRECHES

3 OBJETIVO 3 ATINGIR A FORMAÇÃO EXIGIDA PELA LEGISLAÇÃO VIGENTE FUNÇÃO DIRETOR COORDENADOR PEDAGÓGICO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL (VOLANTE) COZINHEIRA AUXILIAR DE COZINHA AUXILIAR DE LIMPEZA FORMAÇÃO EXIGIDA PEDAGOGIA PEDAGOGIA PEDAGOGIA PEDAGOGIA ENSINO FUNDAMENTAL ENSINO FUNDAMENTAL ENSINO FUNDAMENTAL

4 APOIO FINANCEIRO 4 O APOIO FINANCEIRO FOI FEITO POR MEIO DE UMA AJUDA DE CUSTO MENSAL DURANTE OS MESES LETIVOS. O CÁLCULO DO VALOR DA BOLSA ERA FEITO DA SEGUINTE FORMA: VALOR DO TRANSPORTE DO LOCAL DE TRABALHO ATÉ O DE ESTUDO + VALOR DE UM LANCHE + VALOR DO MATERIAL ESCOLAR + CUSTO DE SMS PARA COMUNICAÇÃO COM O INSTITUTO

5 HISTÓRICO ENCONTROS 5 08/2002 INÍCIO DO PROGRAMA 09/2002 I ENCONTRO 8 CRECHES: Bela Vista, Jabaquara, Lar InfanTl, Marina Crespi, Santa Helena, Santo AgosTnho, Santo Amaro, São Francisco 03/2003 II ENCONTRO 03/2009 III ENCONTRO 09/2010 IV ENCONTRO DAS BOLSISTAS 12 CRECHES: Bela Vista, Jardim Guarapiranga I, Jardim Guarapiranga II, Lar de Criança, Lar InfanTl, Misericórdia I, Misericórdia II, Santa Helena, Santo AgosTnho, São Francisco, São Miguel Arcanjo, Universo InfanTl

6 HISTÓRICO ENCONTROS 6 10/2010 V ENCONTRO 08/2011 VI ENCONTRO, INÍCIO ENVIO SMS 03/2012 VII ENCONTRO 08/2012 VIII ENCONTRO 03/2013 IX ENCONTRO VI ENCONTRO VII ENCONTRO VIII ENCONTRO

7 CUSTO TOTAL DO CURSO E CUSTO HORA/AULA (EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS) PESQUISA - PEDAGOGIA 7 Até R$15.000,00 CUSTO TOTAL Entre R$15.001,00 e R$20.000,00 Acima de R$ ,00 R$ 33,600 R$ 36,300 R$ 42,800 7 R$ 12,816 R$ 25,600 R$ 19,800 R$ 18,000 R$ 19,150 R$ 14,000 R$ 16,000 R$ 18,000 R$ 20,140 R$ 14,900 R$ 14,300 R$ FEUSP 4 anos Uninove 3 anos FMU 3 anos Sumaré 4 anos Unisa 3 anos UNIP 3 anos e 1/2 Mozarteum 3 anos Anhembi Morumbi 3 anos Estácio Uniradial 4 anos Singularidades 3 anos Anhanguera 3 anos e 1/2 ISEVEC 3 anos PUC 4 anos Mackenzie 3 anos São Judas 4 anos Carga horária total Data: Jun.2012

8 CUSTO TOTAL DO CURSO E CUSTO HORA/AULA (EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS) PESQUISA PEDAGOGIA 8 CUSTO HORA/AULA Até R$5,00 Entre R$5,01 e R$10,00 R$ R$ R$ Acima de R$10,01 R$ 8.01 R$ 4.00 R$ 4.50 R$ 4.60 R$ 5.00 R$ 5.50 R$ 6.00 R$ 6.20 R$ 6.30 R$ 7.06 R$ 3.00 R$ 0.00 FEUSP Uninove FMU Sumaré Unisa UNIP Mozarteum Singularidad es Anhanguera Estácio Uniradial Anhembi Morumbi ISEVEC PUC Mackenzie São Judas Data: Jun.2012

9 CUSTO TOTAL DO CURSO E CUSTO HORA/AULA (EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS) PESQUISA - ESPECIALIZAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL CUSTO TOTAL Até R$5.000,00 Entre R$5.000,00 e R$10.000,00 R$ 16,500 Acima de R$10.000,01 R$ 9,972 R$ 10,314 R$ 11,600 R$ 12,000 R$ 6,270 R$ 7,219 R$ 2,500 R$ 3,000 R$ 3, Uninove 6 meses Anhanguera 12 meses Sumaré 18 meses FMU 12 meses Metodista 18 meses ISEVEC 18 meses Mackenzie 18 meses Escola da Vila 18 meses Anhembi Morumbi 18 meses Singularidades 30 meses Carga horária total Data: Jun.2012

10 CUSTO TOTAL DO CURSO E CUSTO HORA/AULA (EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS) PESQUISA - ESPECIALIZAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL 10 CUSTO HORA/AULA Até R$10,00 Entre R$10,01 e R$25,00 Acima de R$25,01 $41 $7 $9 $10 $15 $20 $24 $25 $26 $27 Uninove Sumaré Anhanguera FMU Metodista Escola da Vila Singularidades Mackenzie ISEVEC Anhembi Morumbi Data: Jun.2012

11 SMS = TORPEDOS 11 TABELA SMS ü 1o ENVIADO EM 13/06/2011 ü 105 ENVIADOS ATÉ 06/2014 TEMAS DOS SMS ü PRÁTICA PROFISSIONAL ü TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ü VIDA DE ESTUDANTE ü TUDO A VER COM VC

12 RESULTADO DO PROGRAMA NAS CRECHES 12 PERÍODO: 08/2002 A 12/2013 PARTICIPAÇÃO: MULHERES vs. HOMENS CURSOS FINANCIADOS ESCOLARIDADE CRECHES PROGRESSÃO DE CARREIRA BOLSAS CONCLUÍDAS X TOTAL DE BOLSAS, BOLSAS SUSPENSAS/CANCELADAS

13 PARTICIPAÇÃO: MULHERES vs. HOMENS 13 HOMENS 4 MULHERES 146 VALDINEI DA SILVA S HELENA AT GERAL EM 2002 FORMADO ANDERSON MARTINS RIBEIRO MORAES L INFANTIL ADI PEDAGOGIA 2008 CANCELADO WALTER ALVES BENEDITO M CRESPI BV ATENDENTE/PDI PEDAGOGIA 2010 FORMADO LUCAS DIEGO BACHMAM SAO MIGUEL EDUCADOR PEDAGOGIA 2013 CANCELADO

14 CURSOS FINANCIADOS 14 MOVA 3 EF 31 MOVA 2% PÓS GRADUAÇÃO 5% MAGISTÉRIO EM VC Ensino Fundamental 16% PEDAGOGIA PÓS GRADUAÇÃO Ensino Médio 19% PEDAGOGIA 33% MAGISTÉRIO 25%

15 ESCOLARIDADE CRECHES 15 BELA VISTA JD. GUARAPIRANGA I JD. GUARAPIRANGA II 1% 12% 12% 29% 23% 12% 87% 71% 65% LAR DE CRIANÇAS 6% 22% 72% LAR INFANTIL 28% 12% 60% MISERICÓRDIA I 11% 2% 87% OK NÃO OK OK+ *Agosto 2014

16 ESCOLARIDADE CRECHES 16 MISERICÓRDIA II STA. HELENA STO. AGOSTINHO 25% 3% 29% 3% 29% 75% 71% 71% SÃO FRANCISCO SÃO MIGUEL ARCANJO UNIVERSO INFANTIL 26% 7% 29% 5% 2% 72% 93% 71% OK NÃO OK OK+ *Agosto 2014

17 PROGRESSÃO DE CARREIRA LEVANTAMENTO REALIZADO ATRAVÉS DAS PROFISSIONAIS QUE TEMOS CONTATO

18 18 BOLSAS CONCLUÍDAS X TOTAL DE BOLSAS, BOLSAS SUSPENSAS/CANCELADAS 28% 72% BOLSA CONCLUÍDA COM ÊXITO BOLSA CANCELADA TOTAL BOLSAS MOTIVOS DE CANCELAMENTO SAIU DA CRECHE: PEDIU DEMISSÃO OU FOI DEMITIDA PAROU DE ESTUDAR DESISTIU DA BOLSA AVALIAÇÃO RUIM FALTA DE COMUNICAÇÃO COM COORDENADORA DO PROGRAMA FALTA DE ENTREGA DE DOCUMENTOS REPROVADA NO CURSO NÃO SABEMOS SE AS PESSOAS CONCLUÍRAM OU NÃO OS CURSOS MOTIVOS DE BOLSISTAS FORMADAS QUE NÃO ESTÃO MAIS NAS CRECHES SAIU DA CRECHE: PEDIU DEMISSÃO, FOI DEMITIDA, RECEBEU PROMOÇÃO EM OUTRA INSTITUIÇÃO

19 19 OBRIGADA!

PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL

PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL CUSTO HORA/AULA: CUSTO TOTAL DO CURSO EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO CUSTO TOTAL DO CURSO E

Leia mais

PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL

PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL PESQUISA CURSOS DE PEDAGOGIA E ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL CUSTO HORA/AULA: CUSTO TOTAL DO CURSO EM RELAÇÃO À QUANTIDADE TOTAL DE HORAS LETIVAS OBJETIVO PEDAGOGIA 2 As faculdades escolhidas foram:

Leia mais

GRAU DE ESCOLARIDADE INICIO DO PROGRAMA GRAU DE ESCOLARIDADE SAIDA NO PROGRAMA

GRAU DE ESCOLARIDADE INICIO DO PROGRAMA GRAU DE ESCOLARIDADE SAIDA NO PROGRAMA Bolsa cancelada Finalizou o programa com sucesso # 1 1 Adriana Brasil Vieira Sampaio S Agost ADI Pedagogia Pedagogia Pedagogia cursando De 08/2008 a 06/2009 Saiu em maio de 2009, pediu demissão, bolsa

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO GIRASSOL

PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO GIRASSOL PROJETO CUIDAR/EDUCAR CRIANÇAS PEQUENAS NAS CRECHES DA ASA INFANTIL PARA PROFISSIONAIS DAS CRECHES DA ASA Ana Paula Dias Torres Maria Lucia de A. Machado São Paulo agosto 2015 2 A ideia de montar um curso

Leia mais

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS E INFORMAIS DE CONCILIAÇÃO E SEUS ANEXOS

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS E INFORMAIS DE CONCILIAÇÃO E SEUS ANEXOS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS E INFORMAIS DE CONCILIAÇÃO E SEUS ANEXOS 1. COMARCA DA CAPITAL 1.1 FORO CENTRAL VARAS DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL CENTRAL End.: Rua Vergueiro, 835 4º andar (1ª Vara) e 1º andar

Leia mais

GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE Pronatec

GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE Pronatec GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 O que é um curso técnico e quais seus benefícios? Quem pode participar? Os cursos são pagos? Tenho

Leia mais

CONFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E COMPORTAMENTO DO INVESTIDOR DEZEMBRO 2014 FUTURO LEGAL

CONFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E COMPORTAMENTO DO INVESTIDOR DEZEMBRO 2014 FUTURO LEGAL CONFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E COMPORTAMENTO DO INVESTIDOR DEZEMBRO 2014 CLUBE DE INVESTIMENTO EM AÇÕES FUTURO LEGAL 1 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA DEZEMBRO 2014 CLUBE DE INVESTIMENTOS

Leia mais

O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 2001-2009 MARIA LUCIA DE A. MACHADO VERA MARIA RODRIGUES ALVES

O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 2001-2009 MARIA LUCIA DE A. MACHADO VERA MARIA RODRIGUES ALVES 0 O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 2001-2009 MARIA LUCIA DE A. MACHADO VERA MARIA RODRIGUES ALVES SÃO PAULO 2013 1 O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP (2001-2009) OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Projetos de Iniciação Científica 2015/16. Este Edital está em conformidade

Leia mais

CAPÍTULO I Das definições preliminares, das e dos objetivos.

CAPÍTULO I Das definições preliminares, das e dos objetivos. Resolução n.º 03/2010 Regulamenta os Cursos de Pós-Graduação da Faculdade Campo Real. O CONSU Conselho Superior, por meio do Diretor Geral da Faculdade Campo Real, mantida pela UB Campo Real Educacional

Leia mais

Vestibular 2016 Alunos Aprovados

Vestibular 2016 Alunos Aprovados Amanda Macedo Ferreira Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - Fisioterapia Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUCSP - Fisioterapia Amanda Souza Nascimento Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

ALTERAÇÕES NA LDB E REGULAMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ALTERAÇÕES NA LDB E REGULAMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ALTERAÇÕES NA LDB E REGULAMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Encontro Nacional da Uncme Outubro/2013 (arquivo da Creche Carochinha) Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil

Leia mais

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS 1 PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS COORDENAÇÃO ANA AMÉLIA NOBRE FORTIN SÃO PAULO, NOVEMBRO DE 2014 RESULTADO AVALIAÇÕES Abril 2013 PARTICIPAÇÃO 12 CRECHES Bela Vista, Jd. Guarapiranga I, Jd. Guarapiranga

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1. Definição A Iniciação Científica é uma atividade de investigação, realizada por estudantes de graduação, no âmbito de projeto de pesquisa, orientada por

Leia mais

Faculdade Barão do Rio Branco Faculdade do Acre. Regulamento do Programa de Iniciação Científica (PIC)

Faculdade Barão do Rio Branco Faculdade do Acre. Regulamento do Programa de Iniciação Científica (PIC) Faculdade Barão do Rio Branco Faculdade do Acre Regulamento do Programa de Iniciação Científica (PIC) Rio Branco - Acre Agosto - 2008 Regulamento do Programa de Iniciação Científica Regulamenta o Programa

Leia mais

ASSEMBLEIA - MAGISTÉRIO

ASSEMBLEIA - MAGISTÉRIO ASSEMBLEIA - MAGISTÉRIO LEI COMPLEMENTAR N.º 752 DE 30 DE MARÇO DE 2012 Propostas de alterações no estatuto feitas pela Seduc SEÇÃO IV - Da Formação dos Profissionais do Magistério Art. 6º A formação dos

Leia mais

Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI-

Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI- Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI- Página 1 / 8 TÍTULO I Das definições Art. 1º - Projeto de Pesquisa constitui-se em um conjunto de ações que geram conhecimento científico e/ou tecnológico,

Leia mais

ENDEREÇOS DE JUIZADOS :: SÃO PAULO

ENDEREÇOS DE JUIZADOS :: SÃO PAULO ENDEREÇOS DE JUIZADOS :: SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO site: http://www.tj.sp.gov.br/conciliacao/primeirainstancia/setoresconciliacao.aspx POSTOS DE CONCILIAÇÃO PRÉPROCESSUAL Fórum João Mendes

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB RESENDE RJ 2012 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES E OBJETIVOS Art. 1º - O Programa de Iniciação à Pesquisa da AEDB configura-se

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC -

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO PARA OS PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAMEC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1. O Programa de

Leia mais

MUDANDO A ROTINA PARA BRINCAR MAIS

MUDANDO A ROTINA PARA BRINCAR MAIS VERA MARIA RODRIGUES ALVES MARIA LUCIA DE A. MACHADO SÃO PAULO OUTUBRO 2015 DEFININDO OS PASSOS 2 1º - Apresentar o problema Delimitar o problema DEFININDO OS PASSOS Verificar o problema/coletar dados

Leia mais

CENTRO: DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS (CECEN) PROGRAMA DA DISCIPLINA

CENTRO: DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS (CECEN) PROGRAMA DA DISCIPLINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO: DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS (CECEN) CURSO: PEDAGOGIA DEPARTAMENTO: DE EDUCAÇÃO E FILOSOFIA (DEFIL) PROGRAMA DA DISCIPLINA Código Nome Carga horária

Leia mais

MANUAL COMPLEMENTAR DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DA COMISSÃO DE BOLSAS DA ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO (FGV/EESP) 1

MANUAL COMPLEMENTAR DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DA COMISSÃO DE BOLSAS DA ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO (FGV/EESP) 1 MANUAL COMPLEMENTAR DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DA COMISSÃO DE BOLSAS DA ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO (FGV/EESP) 1 2014 1 Ao Manual de concessão de bolsas da Comissão de Bolsas dos Programas de

Leia mais

Orientações de Estágio. Pedagogia 4 Semestre

Orientações de Estágio. Pedagogia 4 Semestre Orientações de Estágio Pedagogia 4 Semestre 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA... 3 1.1 - Responsabilidades da Monitoria do Estágio Supervisionado:... 4 1.2 - Responsabilidades

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA REGULAMENTO DO PROGRAMA UNISC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PUIC e PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E INOVAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS PROJETO ÁGUA DE BEBER Abril e Maio de 2015 COORDENAÇÃO ANA AMÉLIA NOBRE FORTIN São Paulo, 10 de junho de 2015. 2 RESULTADO AVALIAÇÕES Abril e Maio 2015 PARTICIPAÇÃO 12 CRECHES

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação.

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação. Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação. Resolução nº. 047/13-COPPG Curitiba, 06 de dezembro de 2013 O CONSELHO PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA

Leia mais

Como melhorar a Imagem do Ensino Superior?

Como melhorar a Imagem do Ensino Superior? Algumas reflexões e possibilidades. Brasília, 30 de agosto de 2010 Mekler Nunes www.universitybusiness.com Artigo: Todos nós temos públicos diferentes mas todo nós temos que enviar as mesmas mensagens

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS.

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS POFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. Seção 1 Disposições Preliminares Art. 1º- Fica criado o Plano Unificado de

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI EDITAL 03/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI A Pró-reitora de Pesquisa, por meio da Coordenadoria de Pesquisa da Universidade Anhembi Morumbi torna público o

Leia mais

Regulamento de Monitoria

Regulamento de Monitoria Regulamento de Monitoria REGULAMENTO DE MONITORIA CAPÍTULO I Da Monitoria Art. 1º - A monitoria é uma atividade acadêmica auxiliar a docência que é exercida por alunos regularmente matriculados, na Escola

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR

EDITAL DE SELEÇÃO PARA PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PARA PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR Nº 07/2015 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Diretor Acadêmico da Faculdade Adventista da Bahia FADBA, no uso de suas atribuições, torna pública a

Leia mais

RESOLUÇÃO CEP 10/2015 25 de março de 2015

RESOLUÇÃO CEP 10/2015 25 de março de 2015 RESOLUÇÃO CEP 10/2015 25 de março de 2015 Aprova o Regulamento de Educação Continuada Docente. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO, no uso de suas atribuições regimentais,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ)

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ) REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ) CAPÍTULO I DAS FINALIDADES E OBJETIVOS Art. 1 - As normas que seguem visam orientar pesquisadores e bolsistas vinculados a projetos

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba

Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba Faculdade de Tecnologia de Carapicuíba Edital de Abertura n. 05/11 para Inscrições para Transferência Externa, do 1.º Semestre de 12, para os cursos da Fatec de Carapicuíba. A Faculdade de Tecnologia de

Leia mais

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2014

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2014 UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL São Paulo, 05 de maio de 2014. EDITAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2014 A Coordenação de Responsabilidade

Leia mais

COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2015

COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 COORDENAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI São Paulo, 13 de abril de 2015. EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 A Coordenação de Responsabilidade

Leia mais

EDITAL SEDU Nº 031/2016

EDITAL SEDU Nº 031/2016 EDITAL SEDU Nº 031/2016 Processo de seleção e matrícula para ingresso de alunos das escolas públicas estaduais ou alunos de instituições privadas de ensino, na condição de bolsistas integrais, em cursos

Leia mais

Regulamento do Programa de Iniciação Científica Estácio FAMAP CAPÍTULO III. Da Natureza e Finalidades

Regulamento do Programa de Iniciação Científica Estácio FAMAP CAPÍTULO III. Da Natureza e Finalidades Regulamento do Programa de Iniciação Científica Estácio FAMAP CAPÍTULO I Da Natureza e Finalidades Art. 1º. A iniciação científica é um instrumento que introduz o estudante de graduação com potencial promissor

Leia mais

Zona Sul. Total de Vagas: 759. Cargos com maior número de vagas na área operacional

Zona Sul. Total de Vagas: 759. Cargos com maior número de vagas na área operacional Zona Sul Total de Vagas: 759 Cargos com maior número de vagas na área operacional Atendente (114) Requisitos: ensino fundamental ou médio completo (necessário ter experiência anterior) Salário: entre R$

Leia mais

Portaria Normativa nº 03 de 14 de outubro de 2010

Portaria Normativa nº 03 de 14 de outubro de 2010 Portaria Normativa nº 03 de 14 de outubro de 2010 PUBLICA OS VALORES DA ANUIDADE E OUTRAS PROVIDÊNCIAS PARA O PROCESSO DE MATRÍCULA E DE REMATRÍCULA DO COLÉGIO AFAM SÃO MIGUEL ANO LETIVO 2011 O Presidente

Leia mais

NOSSA ESCOLA... 29 ANOS DE TRADIÇÃO E QUALIDADE, FAZENDO HISTÓRIA NO PRESENTE E NO FUTURO!!! Do Maternal I ao 5º ano SERVIÇOS E CURSOS QUE OFERECEMOS

NOSSA ESCOLA... 29 ANOS DE TRADIÇÃO E QUALIDADE, FAZENDO HISTÓRIA NO PRESENTE E NO FUTURO!!! Do Maternal I ao 5º ano SERVIÇOS E CURSOS QUE OFERECEMOS NOSSA ESCOLA... 29 ANOS DE TRADIÇÃO E QUALIDADE, FAZENDO HISTÓRIA NO PRESENTE E NO FUTURO!!! Do Maternal I ao 5º ano SERVIÇOS E CURSOS QUE OFERECEMOS EDUCAÇÃO INFANTIL Maternal I ao jardim II Faixa etária:

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO

PROJETO DE RESOLUÇÃO PROJETO DE RESOLUÇÃO ESTABELECE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA FINS DE PROGRESSÃO E PROMOÇÃO NA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ 1 2015 O Programa de Iniciação Científica da Faculdade Estácio de Belém, doravante denominada Estácio

Leia mais

BOLETIM OFICIAL 03. Jogos Universitários do Estado de São Paulo 2012 Federação Universitária Paulista de Esportes Departamento Técnico.

BOLETIM OFICIAL 03. Jogos Universitários do Estado de São Paulo 2012 Federação Universitária Paulista de Esportes Departamento Técnico. 2012 BOLETIM OFICIAL 03 ome do autor] Jogos Universitários do Estado de São Paulo 2012 Federação Universitária Paulista de Esportes Departamento Técnico Data: 09/05/2012 Site: www.fupe.com.br E-mail: fupe@fupe.com.br

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 16/2012

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 16/2012 PRÓ REITORIA DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 16/2012 Abertura de

Leia mais

Divulgação do curso de Gestão Educacional na modalidade presencial.

Divulgação do curso de Gestão Educacional na modalidade presencial. Divulgação do curso de Gestão Educacional na modalidade presencial. A Faculdade Paulista de Artes oferece uma pós-graduação lato sensu em Gestão Escolar, na modalidade presencial, com carga horária de

Leia mais

Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha

Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha Artigo 1º - O Programa de Iniciação Científica - PIC tem por finalidade despertar o interesse e incentivar vocações

Leia mais

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS O IESUR/FAAr torna público o presente Edital de Seleção de Monitores Voluntários ou Remunerados para o anos de, em conformidade com o

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da FERLAGOS orientam-se pelas normas

Leia mais

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT 1 FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Programa de Iniciação Científica

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO 2013 Coordenação Pedagógica: Prof. Ms José Luiz de Miranda Alves Coordenação do Núcleo de Estágio - NEST: Profª. Ms

Leia mais

Instrução Normativa 001/2014 PROPPG/PROGRAD. Paraná.

Instrução Normativa 001/2014 PROPPG/PROGRAD. Paraná. Instrução Normativa 001/2014 OPPG/OGRAD Estabelece os procedimentos para a realização e acompanhamento de estágios de docência para Discentes de Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu e Pós- Doutoramento

Leia mais

EDITAL Nº 010/2015. 1. Os projetos de pesquisa poderão ser propostos em uma das seguintes modalidades, a seguir descritas:

EDITAL Nº 010/2015. 1. Os projetos de pesquisa poderão ser propostos em uma das seguintes modalidades, a seguir descritas: EDITAL Nº 010/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE PESQUISA FINANCIADOS PELO FUNDO DE INCENTIVO À PESQUISA DA PUC MINAS (FIP/PUC MINAS) Nos termos do art. 38, inciso

Leia mais

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500 ZONA SECCIONAL FISCAL Nº DISTRITO DISTRITOS Oeste Oeste Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP: 05060-000 Tel.(11) 3834-0530 lapa@crosp.org.br Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP:

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/ 2014

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/ 2014 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº / 24 A PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABERÁ, Estado de São Paulo, tendo em vista as necessidades do Serviço Público Municipal, faz saber que realizará na cidade de Itaberá, Concurso

Leia mais

ATO ESPECIAL Nº. 017/2012 Santarém, 29 de março de 2012.

ATO ESPECIAL Nº. 017/2012 Santarém, 29 de março de 2012. ATO ESPECIAL Nº. 017/2012 Santarém, 29 de março de 2012. O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Tapajós FIT, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e, CONSIDERANDO que as Faculdades Integradas

Leia mais

PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013

PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013 PORTARIA Nº, DE FEVEREIRO DE 2013 Define as diretrizes gerais para o processo de avaliação de desempenho para fins de progressão e de promoção das Carreiras do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 07/2012

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 07/2012 Pró Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa Pró Reitoria de Graduação Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID 2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE PIBID 2012/UMESP 07/2012 Abertura de

Leia mais

Disciplina: Projeto Integrador 3 noite

Disciplina: Projeto Integrador 3 noite Anexo Docente 1 PROJETO DE MONITORIA Centro Universitário SENAC: Curso: Curso Tecnológico em Produção Multimidia Disciplina: Projeto Integrador 3 noite Código: Professor Responsável: Nelson Urssi Período

Leia mais

Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015

Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015 Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.015 da Faculdade de Vargem Grande Paulista FVGP. A Diretora da Faculdade

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE Art.1º - O presente Regulamento destina-se a fixar diretrizes

Leia mais

DOS FINS E PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

DOS FINS E PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICÍPIO DE RIO VERDE - GOIÁS SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COMERV RESOLUÇÃO Nº 23/ 04 COMERV, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2004 Dá nova redação à Resolução n.º. 001/99 que normatiza

Leia mais

EMPREGO DOMÉSTICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2013

EMPREGO DOMÉSTICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2013 Abril DE 2014 EMPREGO DOMÉSTICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2013 Em 2013, cresceu o número de diaristas e diminuiu o de mensalistas com e sem carteira de trabalho. Elevou-se o rendimento médio

Leia mais

BOLETIM OFICIAL 18 TABELA do FUTEBOL

BOLETIM OFICIAL 18 TABELA do FUTEBOL 2012 BOLETIM OFICIAL 18 TABELA do FUTEBOL ome do autor] Jogos Universitários do Estado de São Paulo 2012 Federação Universitária Paulista de Esportes Departamento Técnico Data: 03/10/2012 Site: www.fupe.com.br

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre o PCCR

Perguntas e Respostas sobre o PCCR Perguntas e Respostas sobre o PCCR 1) Como é o ingresso na Secretaria Municipal de Educação? O ingresso no Quadro de Pessoal da Secretaria Municipal de Educação, assim como em toda a Administração Pública

Leia mais

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA O Programa de Iniciação Científica da Universidade Nove de Julho UNINOVE destinase a alunos de graduação para desenvolvimento de pesquisa científica (IC) ou tecnológica

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais LEI 15304 2004 Data: 11/08/2004 REESTRUTURA A CARREIRA DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL E INSTITUI A CARREIRA DE AUDITOR INTERNO DO PODER EXECUTO. Reestrutura a carreira de

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 238/2011

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 238/2011 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 238/2011 Dispõe sobre as Normas para Revalidação de Diplomas obtidos no exterior, na Universidade de Taubaté. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo n o PRG-054/11,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTOS ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. 1 Nome da Unidade: 2 Nome do Diretor: 3 Endereço da Unidade:

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTOS ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. 1 Nome da Unidade: 2 Nome do Diretor: 3 Endereço da Unidade: I - PERFIL E FUNCIONAMENTO DA UNIDADE ESCOLAR 1 Nome da Unidade: 2 Nome do Diretor: 3 Endereço da Unidade: 4 Telefone: E-mail: 5 Localização: ( ) área urbana ( ) área rural ( ) área urbana periférica 6

Leia mais

Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro

Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro Não é todo estudante que entende bem a organização do sistema educacional brasileiro e seus níveis de ensino. Nem todos sabem, por exemplo, a diferença

Leia mais

LEI Nº 2.355, DE 16 DE JANEIRO DE 2009

LEI Nº 2.355, DE 16 DE JANEIRO DE 2009 1 LEI Nº 2.355, DE 16 DE JANEIRO DE 2009 DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÕES DOS SERVIDORES DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo.

A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo. Licenciatura Enfermagem Descrição A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo. Enquanto profissão da área da saúde, a Enfermagem visa

Leia mais

FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015

FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015 FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015 A Fundação Fé e Alegria do Brasil Unidade Pernambuco, no uso de suas atribuições resolve

Leia mais

O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 2001-2009

O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 2001-2009 O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP 21-29 MARIA LUCIA DE A. MACHADO VERA MARIA RODRIGUES ALVES SÃO PAULO 213 1 O CONVENIAMENTO DE CRECHES DA ASA COM A PMSP (21-29) OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO DE

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL DE ALTA FLORESTA DO OESTE EDUCAÇÃO ESPECIAL CONVENIADA - CRECHE 2 Filantrópica Municipal

CENTRO EDUCACIONAL DE ALTA FLORESTA DO OESTE EDUCAÇÃO ESPECIAL CONVENIADA - CRECHE 2 Filantrópica Municipal RO ALTA FLORESTA DO OESTE 11046864 CACIONAL DE ALTA FLORESTA DO OESTE EDUCAÇÃO ESPECIAL CONVENIADA - CRECHE 2 Filantrópica Municipal RO ALTA FLORESTA DO OESTE 11046864 CACIONAL DE ALTA FLORESTA DO OESTE

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA PPGE / UCB REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA.

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA PPGE / UCB REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA. UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA PPGE / UCB REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA Brasília-DF CAPÍTULO I Das Disposições Iniciais Art. 1º. O presente

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) RESOLUÇÃO N.º 700/2009 Publicada no D.O.E. de 07-07-2009, p.16 Altera a Resolução nº 507/07 CONSU, que aprova o Regulamento de Monitorias

Leia mais

V CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO

V CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO A Defensoria Pública do Estado de São Paulo comunica que a prova do V CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO será aplicada no dia 19/06/2011, das 9:00 às 12:30 horas,

Leia mais

PORTARIA Nº 08, DE DEZEMBRO DE 2014

PORTARIA Nº 08, DE DEZEMBRO DE 2014 UNICÍPIO DE MARIANA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Rua Bom Jesus, 16 - CENTRO. 35420-000 MARIANA/MG (31) 3557-9030/9068 PORTARIA Nº 08, DE DEZEMBRO DE 2014 Estabelece normas para a organização do Quadro

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Censo Demográfico 2010 Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2012 As presentes publicações dão continuidade à divulgação dos resultados do Censo Demográfico 2010

Leia mais

Instituições Particulares de Solidariedade Social ou equiparadas, respetivas valências, capacidade e frequência, por ilha e concelho - Açores - 2011

Instituições Particulares de Solidariedade Social ou equiparadas, respetivas valências, capacidade e frequência, por ilha e concelho - Açores - 2011 Instituições Particulares de Solidariedade Social ou equiparadas, respetivas valências, capacidade e frequência, por ilha e concelho - Açores - 2011 IlHA CONCELHO INSTITUIÇÃO SERVIÇO/EQUIPAMENTO CAP. FREQ.

Leia mais

Zona Leste. Total de Vagas: 2.143. Operador de Caixa (192) Requisitos: ensino fundamental e médio completo Salário: entre R$ 922 e R$ 1.

Zona Leste. Total de Vagas: 2.143. Operador de Caixa (192) Requisitos: ensino fundamental e médio completo Salário: entre R$ 922 e R$ 1. Zona Leste Total de Vagas: 2.143 Operador de Caixa (192) Requisitos: ensino fundamental e médio completo Salário: entre R$ 922 e R$ 1.100 Auxiliar de Cozinha (85) Requisitos: ensino fundamental completo

Leia mais

Norma sobre Concessão de Bolsas e Acompanhamento de Desempenho Acadêmico

Norma sobre Concessão de Bolsas e Acompanhamento de Desempenho Acadêmico Norma sobre Concessão de Bolsas e Acompanhamento de Desempenho Acadêmico Artigo 1º - As quotas de bolsas do, destinadas aos alunos regulares de tempo integral, serão distribuídas pela Comissão de Distribuição

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG ESCOLA DE DESIGN ED COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO NUCLEO INTEGRADOR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - NIPP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 Aprovado pelo

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/2/2011, Seção 1, Pág. 25. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/2/2011, Seção 1, Pág. 25. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Nacional de Unidades Universitárias Federais de UF: RS Educação Infantil (ANUUFEI) ASSUNTO: Normas de funcionamento das unidades

Leia mais

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCPA Art. 1º Revogar a Resolução 02/2010. CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 2º Respeitada a legislação vigente e as normas específicas

Leia mais

ALUNOS DO ANO DE 2010 QUE INGRESSARAM NAS UNIVERSIDADES EM 2012.

ALUNOS DO ANO DE 2010 QUE INGRESSARAM NAS UNIVERSIDADES EM 2012. ALUNOS DO ANO DE 2010 QUE INGRESSARAM NAS UNIVERSIDADES EM 2012. USP Administração UNESP Administração Pública Mackenzie Engenharia de Produção UNESP Engenharia Mecânica UFF (Federal Fluminense) Engenharia

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU (Em conformidade com a Portaria CAPES n. 181, de 18 de dezembro de 2012 e

Leia mais

A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto

A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto Universidade Agostinho Neto Faculdade de Direito Workshop sobre Formação Pós-Graduada e Orientação A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto Por: Carlos Teixeira Presidente

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL BOMBINHAS-SC

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL BOMBINHAS-SC LEI COMPLEMENTAR Nº 034, de 13 de dezembro de 2005. Institui o Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos do Pessoal do Poder Legislativo do Município de Bombinhas e dá outras providências.. Júlio César Ribeiro,

Leia mais

Apresentação. Esta revista tem como objetivo apresentar os diferentes tipos de questionários utilizados pela Auditoria

Apresentação. Esta revista tem como objetivo apresentar os diferentes tipos de questionários utilizados pela Auditoria Auditoria 2014 Apresentação Esta revista tem como objetivo apresentar os diferentes tipos de questionários utilizados pela Auditoria para gerar a assertividade mensal dos analistas. Nela conterá a definição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2013 Regulamenta as normas para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO / COORDENAÇÃO GERAL DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MONITORIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO / COORDENAÇÃO GERAL DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO / COORDENAÇÃO GERAL DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013.

LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013. LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013. REESTRUTURA O SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO, O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE FAZENDA VILANOVA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. PEDRO ANTONIO DORNELLES, PREFEITO

Leia mais

1.1. Cristina Nacif Alves

1.1. Cristina Nacif Alves 1.1. 1.1.1. Formação Graduação em Pedagogia, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, concluída em Junho de 1992 Especialização em Desenvolvimento e Aprendizagem da criança e do adolescente - Instituto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDERNEIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDERNEIRAS PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 EXTRATO DO EDITAL Nº 001/2015 O Município de Pederneiras, Estado de São Paulo, torna público a realização de Processo Seletivo regido pelo presente Edital, para a contratação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014 Aprova a Resolução Interna que regulamenta normas complementares para o trabalho da Comissão de Bolsas e Acompanhamento

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 ANO VI CONTRATAÇÃO FORNECIMENTO DE TRANSPORTE. Modalidade de Compra Numero Processo Ano TOMADA DE PREÇO 00/2015 VI

EDITAL Nº 02/2015 ANO VI CONTRATAÇÃO FORNECIMENTO DE TRANSPORTE. Modalidade de Compra Numero Processo Ano TOMADA DE PREÇO 00/2015 VI EDITAL Nº 02/2015 ANO VI CONTRATAÇÃO FORNECIMENTO DE TRANSPORTE Modalidade de Compra Numero Processo Ano TOMADA DE PREÇO 00/2015 VI Período Recebimento de Propostas 16/07/2015 27/07/2015 Julgamento 29/07/2015

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DO INSTITUTO SALESIANO DE FILOSOFIA

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DO INSTITUTO SALESIANO DE FILOSOFIA REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DO INSTITUTO SALESIANO DE FILOSOFIA CAPÍTULO I DO CONCEITO E OBJETIVOS Art. 1º. O Núcleo de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, doravante

Leia mais