A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo."

Transcrição

1 Licenciatura Enfermagem Descrição A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo. Enquanto profissão da área da saúde, a Enfermagem visa "prestar cuidados de enfermagem ao ser humano, são ou doente, ao longo do ciclo vital, e aos grupos sociais em que ele está integrado, de forma que mantenham, melhorem e recuperem a saúde, ajudando-os a atingir a sua máxima capacidade funcional tão rapidamente quanto possível" (Decreto-Lei nº161/96). O Curso de Licenciatura em Enfermagem pretende formar os estudantes para o desempenho da profissão de Enfermagem, nos domínios das competências definidas pela Ordem dos Enfermeiros e de acordo com a legislação em vigor para a carreira de Enfermagem. Preconizamos como perfil de saída do Enfermeiro, ao terminar o Curso de Licenciatura em Enfermagem, uma formação técnica e cientifica certificada, com atitude responsável e ética na atuação autónoma e em complementaridade com as equipas de saúde, na intervenção com/e para o indivíduo, família e/ou comunidade, nas várias áreas de Saídas profissionais Centros Hospitalares Gerais e Especializados Centros de Saúde e Unidades de Saúde Familiares Creches Jardins de Infância e Escolas Lares de Idosos Empresas (saúde, higiene e segurança no trabalho) Centros Clínicos ou de Enfermagem Corpo Docente Diretora de Área - Mestre Graça Moraes Rocha Coordenador de Curso - Professora Doutora Isabel Lucas Página 1 de 6

2 Admissões Para um aluno poder ser admitido na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha, tem que reunir as seguintes condições: 12º Ano Exames de ingresso: Biologia e Geologia (mínimo de 95 pontos no Exame Nacional) Cálculo da Média de Candidatura: Nota final do Ensino Secundário: 65% Média dos Exames de Ingresso: 35% Página 2 de 6

3 Plano Curricular 1º ano Ciências de Enfermagem I Pedagogia em Saúde Inglês I Formação Cruz Vermelha 630 horas 40 Anual 35 horas 3 Anual 25 horas 2 Semestral 15 horas 1 Semestral Psicologia do Desenvolvimento Antropologia/ Sociologia I Estatística Inglês II Investigação 65 horas 4 Semestral 40 horas 3 Semestral 50 horas 3 Semestral 25 horas 2 Semestral 40 horas 2 Semestral Investigação Aplicada às Ciências de Enfermagem I Antropologia/ Sociologia II Psicologia da Saúde Cruz Vermelha e Enfermagem 2º ano 650 horas 41 Anual 40 horas 3 Anual 35 horas 3 Semestral 30 horas 3 Semestral 30 horas 2 Semestral Gestão em Saúde Ensino Prático I 50 horas 3 Semestral 130 horas 5 Semestral Página 3 de 6

4 3º ano Investigação Aplicada às 55 horas 4,5 Anual Ensino Prático II Ensino Prático III 395 horas 26,5 Semestral 450 horas 29 Semestral 4º ano Investigação Aplicada às I Ensino Prático IV Ensino Prático V 25 horas 2 Anual 525 horas 29 Semestral 525 horas 29 Semestral Página 4 de 6

5 Regime de Precedências 2º ano Semestre Unidade Curricular Unidade Curricular Precedente Ano / Semestre 1º Semestre Sessões T/P Unidade Curricular 1º Ensino Prático II 2º Ensino Prático III 3º ano Ciências de Enfermagem I Fundamentos de Enf. Cuidados Básicos Enf. Esp. Médicas 1º/A 1º/1º 1º/2º 1º/2º Ensino Prático I 2º / 1º Unidade Curricular Precedente Sessões T/P Enf. Infanto-Juvenil Enf. Saúde Comunitária Enf. Saúde da Mulher Ano / Semestre 2º / 2º 2º/A 2º/1º 2º/1º 2º/1º Enf. Cuidados Intensivos Enf. Esp. Cirúrgicas Enf. Saúde Mental e Psiquiátrica Sessões T/P 2º/2º Ensino Prático II 3º/1º Página 5 de 6

6 4º ano Semestre Unidade Curricular Unidade Curricular Precedente Ano / Semestre 1º Ensino Prático IV Ensino Prático III 3º / 2º 2º Ensino Prático V Ensino Prático IV 4º / 1º Página 6 de 6

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório.

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. Licenciatura Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Cardiopneumologista é o profissional

Leia mais

Fisioterapia Descrição

Fisioterapia Descrição Licenciatura Fisioterapia Descrição Centra-se na análise e avaliação do movimento e da postura, baseadas na estrutura e função do corpo, utilizando modalidades educativas e terapêuticas específicas, com

Leia mais

A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias.

A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias. Licenciatura Radiologia Descrição A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias. É uma área de forte carácter

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DE APOIO À CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM 1º Ciclo CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM Número de vagas: - Ingresso - 30 - Transferência (1) - 01 - Mudança de Curso (1) - 01 - Maiores

Leia mais

Suplemento ao Diploma

Suplemento ao Diploma Suplemento ao Diploma 1. Informação sobre o titular da qualificação 1.1 Apelido(s): Fotografia 1.2 Nome(s) próprio(s): 1.3 Data Nascimento: dd/mm/aaaa 1.4 Número de identificação do estudante: XXXXXXXXXXXXXXXX

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação Intercultural Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de 2015

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 38/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENFERMAGEM, REGIME SERIADO SEMESTRAL, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE

FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE MATRIZ CURRICULAR 2013 1º SEMESTRE Psicologia Ciência e Profissão 4 60 12 Bases Filosóficas da Psicologia 4 72 0 Bases Sócio-Antropológicas da Psicologia 4 60 12 Anatomia Humana 4 36 36 Metodologia de

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 3. Educação em Saúde 30 20 10 02 4. Introdução a Enfermagem

Leia mais

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA. - Que competências? - - Que futuro? -

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA. - Que competências? - - Que futuro? - ENFERMAGEM HUMANITÁRIA - Que competências? - - Que futuro? - Filomena Maia Presidente do Conselho de Enfermagem Regional Norte Vice-Presidente do Conselho de Enfermagem Universidade Fernando Pessoa Porto

Leia mais

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010 Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem Implantação a partir de 2010 Matriz Curricular Currículo Novo 1º SEMESTRE Créditos Anatomia Humana I Citologia 02 Embriologia, Genética

Leia mais

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO Normas Regulamentares As presentes normas visam dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março. Diversa informação relativa a matérias aqui

Leia mais

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira 1 Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira Artigo 1.º Enquadramento jurídico O presente articulado baseia-se

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Administração Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de

Leia mais

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Orientação seguinte:

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Orientação seguinte: NÚMERO: 009/2014 DATA: 03/06/2014 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Autorização para o exercício de Enfermagem do Trabalho Enfermagem do Trabalho Serviços do Ministério da Saúde e Empresas Coordenador

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013.

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. Divulga REVOGAÇÃO de quadros de disciplinas do Ato Normativo nº 006/2013, de 10 de junho de 2013, sobre processo de seleção de professores para ministrar

Leia mais

UM PROJECTO EDUCATIVO A PENSAR EM SI

UM PROJECTO EDUCATIVO A PENSAR EM SI UM PROJECTO EDUCATIVO A PENSAR EM SI ESLA Cursos Científico Humanísticos Alunos que, tendo concluído o 9º ano de escolaridade pretendam prosseguimento de estudos para o ensino superior. 3 anos lectivos

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: História da Educação (Regime a Distância) Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014.

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DISCIPLINA C.H. TOTAL DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS 1º SEMESTRE 80 Bioética

Leia mais

Disciplinas Teórica Prática Estágio Total 2 SEMESTRE MATRIZ CURRICULAR CURSO DE PSICOLOGIA 1º SEMESTRE

Disciplinas Teórica Prática Estágio Total 2 SEMESTRE MATRIZ CURRICULAR CURSO DE PSICOLOGIA 1º SEMESTRE MATRIZ CURRICULAR CURSO DE PSICOLOGIA 1º SEMESTRE Leitura e Produção de Textos Informática Instrumental Introdução à Sociologia Anatomofisologia 1 Psicologia: Ciência e Profissão Fundamentos Históricos

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - DIURNO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - DIURNO 1º SEMESTRE CURRICULAR - DIURNO SALA 512 08:15 09:05 Sociologia Geral 09:05 09:55 Sociologia Geral Processos Psicológicos Básicos Processos Psicológicos Básicos da Personalidade I da Personalidade I Genética

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação Especialização: Liderança e Gestão Intermédia na Escola Edição Instituto de Educação

Leia mais

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente ETEC DOUTORA RUTH CARDOSO SÃO VICENTE PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 194/01/2014 de 03/04/2013.

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXAMES FINAIS ÉPOCA NORMAL 1º SEMESTRE. Ano Letivo 2014/2015. Data Hora 1º Ano Hora 2º Ano Hora 4º Ano

CALENDÁRIO DE EXAMES FINAIS ÉPOCA NORMAL 1º SEMESTRE. Ano Letivo 2014/2015. Data Hora 1º Ano Hora 2º Ano Hora 4º Ano CALENDÁRIO DE EXAMES FINAIS ÉPOCA NORMAL 1º SEMESTRE 02.02.2015 09 Aprender ao Longo da Vida Gestão e Organização de Cuidados de 03.02.2015 Anatomia e Fisiologia Humana 09 Saúde Pública 04.02.2015 Microbiologia

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. COORDENADORA Ângela Maria Soares Ferreira amsoares@ufv.br

EDUCAÇÃO INFANTIL. COORDENADORA Ângela Maria Soares Ferreira amsoares@ufv.br EDUCAÇÃO INFANTIL COORDENADORA Ângela Maria Soares Ferreira amsoares@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 327 Currículo do Curso de Licenciatura ATUAÇÃO O Licenciado em é formado para atender as exigências

Leia mais

CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Científico- Humanísticos. Ensino Superior. Mercado de Trabalho

CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Científico- Humanísticos. Ensino Superior. Mercado de Trabalho CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico- Humanísticos Ensino Superior Cursos Profissionais Mercado de Trabalho CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico- Humanísticos Exames Nacionais (obrigatórios)

Leia mais

Componentes curriculares 1º ANO Primeiro Semestre Código Nome da Disciplina C.H. A.SEM Específico Introdução ao Serviço Social I 68 04

Componentes curriculares 1º ANO Primeiro Semestre Código Nome da Disciplina C.H. A.SEM Específico Introdução ao Serviço Social I 68 04 Componentes curriculares 1º ANO Primeiro Semestre Introdução ao Serviço Social I 68 04 Oficina de Atividades Desportivas, Sociais e Culturais I 34 02 Seminário Temático: a questão da criança e do adolescente

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 272/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Enfermagem, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ENF- 065/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA 1. Saúde Coletiva Enfermagem -- 3 2 45 15 60 Específico Obrigatória 2. Introdução à Enfermagem Enfermagem -- 4 2 60 30 90 Específico Obrigatória 3. Atendimento

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA De acordo com o art. 14 da Lei de Bases do Sistema Educativo e ao abrigo do Capítulo III do Decreto-Lei 74/2006, e para aprovação pelo Conselho

Leia mais

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA 1º SEMESTRE Introdução a 90 60 30 06 Anatomia Humana 90 60 30 06 Biologia Celular e Molecular Embriologia e Histologia Humana Antropologia da Saúde Educação em Saúde Relações Étnico-Raciais Metodologia

Leia mais

Mestrado em Ensino da Física e da Química

Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto 1 5. Estrutura curricular e plano de estudos FORMULÁRIO 1. Estabelecimento

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA CURSO DIREITO PRIMEIRO SEMESTRE HISTÓRIA DO DIREITO B E A C E B A D C C LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO A E D E C A D D A B PSICOLOGIA GERAL B E D C C C A E D B PORTUGUÊS JURÍDICO A D A C B B C C D B SOCIOLOGIA

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Saúde Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Enfermagem

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí RESOLUÇÃO Nº 05 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012 Aprova alteração da matriz curricular do curso de Pedagogia.. A PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DAS FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO IVAÍ, no uso da delegação

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCH UFV PEDAGOGIA. COORDENADORA DO CURSO DE PEDAGOGIA Rita de Cássia A. Braúna rbrauna@mail.ufv.br

Currículos dos Cursos do CCH UFV PEDAGOGIA. COORDENADORA DO CURSO DE PEDAGOGIA Rita de Cássia A. Braúna rbrauna@mail.ufv.br 212 PEDAGOGIA COORDENADORA DO CURSO DE PEDAGOGIA Rita de Cássia A. Braúna rbrauna@mail.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 213 Licenciatura ATUAÇÃO O Licenciado em Pedagogia é habilitado a atuar na docência:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROJETO PRÓ-SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROJETO PRÓ-SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROJETO PRÓ-SAÚDE Florianópolis, 09 de novembro de 2007. Da: Coordenadoria do Curso de Graduação em

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE 1º período Saúde, Trabalho e Meio- Ambiente I 150 10 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE Identificação da relação entre os modos de viver e o processo

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE VIANA DO CASTELO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE VIANA DO CASTELO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE VIANA DO CASTELO I CURSO DE PÓS-LICENCIATURA DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE MENTAL E PSIQUIATRIA 2006/2008 CRITÉRIOS

Leia mais

PROFISSIONAIS CURSOS. Oferta Formativa ANO LECTIVO 2011/2012 ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA

PROFISSIONAIS CURSOS. Oferta Formativa ANO LECTIVO 2011/2012 ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA CURSOS PROFISSIONAIS Oferta Formativa ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA CONTACTOS MORADA: AV. 25 DE ABRIL TORRE DA MARINHA 2840-400 SEIXAL TELEFONE: 21 227 63 60 FAX: 21 227 63 68 E-MAIL:ce@esars.pt

Leia mais

Ficha Técnica (Resumida) Parceria:

Ficha Técnica (Resumida) Parceria: Ficha Técnica (Resumida) ENQUADRAMENTO: O Curso de Pós Graduação em Saúde e Bem Estar no Idoso e na Família insere-se no âmbito da Gerontologia/Geriatria e Saúde Familiar e tem como primordial finalidade

Leia mais

2 2 Especial Médica. 9 9 Técnica Superior. 4 4 Assistente Técnico Administrativa. 2 2 Assistente Operacional Apoio e Vigilância

2 2 Especial Médica. 9 9 Técnica Superior. 4 4 Assistente Técnico Administrativa. 2 2 Assistente Operacional Apoio e Vigilância CRI de Aveiro Especial Médica 9 9 CRI de Castelo Branco /Sociologia/Pol ítica 4 4 Assistente Técnico Administrativa Assistente Operacional Apoio e Vigilância 9.º /12.º 6.º /12.º Especial Médica Geral 6

Leia mais

Cardiopneumologia Descrição

Cardiopneumologia Descrição Mestrado Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura (anatomia) dos sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Mestrado em Cardiopneumologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I RELAÇÃO DAS VAGAS DO PROCESSO SELETIVO POR ÁREA DE CONHECIMENTO, REQUISITOS ESPECÍFICOS

Leia mais

REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR

REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR REGULAMENTO DO XLV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 1. Introdução O Curso de Especialização em Administração Hospitalar (CEAH) da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade

Leia mais

Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Âmbito

Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Âmbito O XVII Governo Constitucional assumiu como um dos objectivos prioritários para a área da Educação a melhoria das condições de estabilidade, motivação e de formação do pessoal docente, adequadas a responder

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado

Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem Portaria n.º 268/2002 de 13 março Instruções para o preenchimento da grelha de candidatura O documento é constituído por duas secções: 1ª Secção

Leia mais

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO SEM DISCIPLINAS CH 1º Cultura Brasileira 40 Filosofia da Educação 40 Fundamentos da Educação 40 Iniciação à Pesquisa

Leia mais

18) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA LICENCIATURA

18) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA LICENCIATURA 18) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA LICENCIATURA 18.1) Matriz curricular do turno matutino Fase 1 a N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas 01 Introdução à informática

Leia mais

Técnico Auxiliar de Saúde

Técnico Auxiliar de Saúde Técnico Auxiliar de Saúde Trabalho elaborado por: Luís Damas Índice Introdução... 3 Técnico Auxiliar de Saúde... 4 O que faz o Técnico Auxiliar de Saúde?... 4 As atividades principais a desempenhar por

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG ANEXO I Com relação ao edital de credenciamento de nº 04/2012, que dispõe sobre o Processo de Credenciamento de Docentes Colaboradores para a Diretoria de Ensino e Pesquisa DEP da Fundação de Educação

Leia mais

COMPOSIÇÃO CURRICULAR Seriado Semestral

COMPOSIÇÃO CURRICULAR Seriado Semestral Universidade Estadual da Paraíba - Centro de Educação- Campus I Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/35/99 Carga horária alterada de

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

EXAMES - ÉPOCA ESPECIAL

EXAMES - ÉPOCA ESPECIAL ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES EDUCATIVAS DIA Horas Ano Disciplina Sala 9 SET 18.30 h 1º Sociologia das Organizações 26 10 SET 18.30 h 1º Teoria da Administração 26 11 SET 18.30 h 1º Financiamento e Gestão

Leia mais

2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA

2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA ESTRUTURA CURRICULAR Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campina Grande - Campus I DIURNO 1º SEMESTRE CARGA HORÁRIA História da Comunicação (básica) 30 02 Filosofia da Comunicação (complementar) 30 02

Leia mais

Curso de Licenciatura em Higiene Oral

Curso de Licenciatura em Higiene Oral 2/2015 14 09 18 Conselho Pedagógico 14 04 7 18 Regimes de precedências, frequência e de faltas 1 - Regime de precedências Curso de Licenciatura em Higiene Oral 1º Ano/2º Semestre 2º Higiene Oral II Higiene

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO 2ª RETIFICAÇÃO DO ANEXO I - RELAÇÃO DAS VAGAS E REQUISITOS ESPECÍFICOS

Leia mais

DIA 18.10.2015 MANHÃ. NÍVEL SUPERIOR - Cargo: ASSISTENTE SOCIAL

DIA 18.10.2015 MANHÃ. NÍVEL SUPERIOR - Cargo: ASSISTENTE SOCIAL NÍVEL SUPERIOR - Cargo: ASSISTENTE SOCIAL 2 22 NULA 23 C 2 25 D 26 A 2 2 29 C 30 C NÍVEL SUPERIOR - Cargo: BIÓLOGO 21 B 22 A 23 A 24 C 2 26 B 27 C 28 C 29 Retificado para D 30 D NÍVEL SUPERIOR - Cargo:

Leia mais

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão Hospital Universitário Walter Cantídio Diretoria de Ensino e Pesquisa Serviço de Desenvolvimento de Recursos Humanos Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão HOSPITAL

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral TURNO DIURNO I - SEMESTRE Psicologia Aplicada ao Servico Social I 60 Economia Politica I 60 Metodologia Cientifica 60 Filosofia I 60 Teoria Sociologica I 60 Fundam.Historico-teorico-metod.do Serv.Soc.I

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Psicologia. Biologia Geral 02/40. Filosofia 02/40. Sociologia 02/40. História da Psicologia 04/80

Matriz Curricular do Curso de Psicologia. Biologia Geral 02/40. Filosofia 02/40. Sociologia 02/40. História da Psicologia 04/80 Matriz Curricular do Curso de Psicologia Biologia Geral Interfaces com Campos afins do Conecimento Filosofia Sociologia 1º Epistemológicos e Históricos Anatomia/Neuroanatomia História da Psicologia Básicos

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br 114 ENFERMAGEM COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 115 Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta como perfil

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR Curso Coordenação CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR ESEnfCVPOA Manuela Ferreira Código: 7236 Descrição Objetivos Atualmente a especialização e a gestão da formação constituem medidas

Leia mais

!"!# N.º Semanas. Sub-Total. (Horas) 15 74 41 115 25 140 5,0 15 74 41 115 25 140 5,0 4 20 106 126 126 - - TOTAIS 442 272 840-840 30,0. 2.

!!# N.º Semanas. Sub-Total. (Horas) 15 74 41 115 25 140 5,0 15 74 41 115 25 140 5,0 4 20 106 126 126 - - TOTAIS 442 272 840-840 30,0. 2. 1.º Introdução Módulo I.I. Biologia Molecular, Celular e do Desenvolvimento Humano e Genética Módulo II.I. Sistemas Orgânicos e Funcionais Módulo III.I. 8 25 17 42-42 1,5 15 74 41 115 25 140 5,0 15 186

Leia mais

Matriz Curricular Atual

Matriz Curricular Atual Faculdades INTA Centro de Ciências da Saúde Curso de Nutrição Matriz Curricular Atual (Em vigor desde Janeiro de 2012) NIVELAMENTO Nº 0 Português Instrumental 45-45 03-1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana I

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015 REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR 2013 / 2015 ÍNDICE 1. Introdução 1 2. Finalidades e objectivos educacionais 2 3. Organização interna do CEAH 2 4. Habilitações de acesso

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM SINOP / MATO GROSSO MATRIZ CURRICULAR ENFERMAGEM 1º SEMESTRE Anatomia Humana I

Leia mais

Estágio Curricular Supervisionado

Estágio Curricular Supervisionado Estágio Curricular Supervisionado CURSO DE ENFERMAGEM O curso de bacharelado em Enfermagem do IPTAN apresenta duas disciplinas em seu plano curricular pleno relativas ao estágio: Estágio Supervisionado

Leia mais

Considerando o disposto no Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de maio, que regula os cursos de especialização tecnológica.

Considerando o disposto no Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de maio, que regula os cursos de especialização tecnológica. Regulamento do Concurso Especial de Acesso aos Cursos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para Titulares de Cursos Médios, Superiores e Pós- Secundários Tendo por base

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITÁPOLIS

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITÁPOLIS Telefones: (16) 3263-8000 EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº: 02/2011 RETIFICAÇÃO 01 Site - www.itapolis.sp.gov.br O Prefeito Municipal de ITÁPOLIS, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições que lhe são

Leia mais

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 1. Denominação do curso de especialização tecnológica: Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 2. Perfil profissional que visa preparar: Técnico (a) Especialista em Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Leia mais

BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2016.1

BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2016.1 3º PATOLOGIA GERAL E DOS SISTEMAS 120 6 4ª AB-CD 3ª CD - 26192 SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA DA SAÚDE E DA DOENÇA 40 2 3ª AB - FUNDAMENTOS JURÍDICOS EM SAÚDE E 40 2 5ª CD - SUPORTE BÁSICO Á VIDA: PRIMEIROS

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br 146 Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 147 Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Artigo 1º Objeto O Regulamento do 2º Ciclo de Estudos Conducentes ao Grau de Mestre em Psicologia Clínica

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS DAS DISCIPLINAS OFERTADAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DOS CURSOS PRESENCIAIS

CALENDÁRIO DE PROVAS DAS DISCIPLINAS OFERTADAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DOS CURSOS PRESENCIAIS CALENDÁRIO DE PROVAS DAS DISCIPLINAS OFERTADAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DOS CURSOS PRESENCIAIS CAMPUS: SÃO PAULO CURSO TURNO SEMESTRE DISCIPLINA DATA HORÁRIO SALA UNIDADE ENFERMAGEM INTEGRAL 2 LINGUAGEM

Leia mais

Data 17/05/2012 Revisão 00 Código R.EM.DE.10

Data 17/05/2012 Revisão 00 Código R.EM.DE.10 Artigo 1º Objectivo e âmbito O Regulamento do Curso de Pós-Graduação em Coordenação de Unidades de Saúde, adiante designado por curso, integra a organização, estrutura curricular e regras de funcionamento

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Quadro I. Disciplinas obrigatórias por carga horária (horas), créditos e pré-requisitos, aprovado na 63ª reunião do CEPE, de 25 de novembro de 2014. 2015/2º 1ª FASE Anatomia Médica I 1 33h20 50h00 83h20

Leia mais

ATIVIDADES DE ENSINO

ATIVIDADES DE ENSINO RELATÓRIO DE 2006 Em 2006 o Vila Fátima ampliou suas instalações físicas, possibilitando assim uma melhor organização das atividades de ensino-serviço. Contudo, esta ampliação não será suficiente, caso

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZÔNIA CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL COORDENAÇÃO DE CURSO CALENDÁRIO DE PROVAS 3º PERÍODO

FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZÔNIA CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL COORDENAÇÃO DE CURSO CALENDÁRIO DE PROVAS 3º PERÍODO Curso: Serviço Social Turma: 430316 Turno: Vespertino - 2015.1 FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZÔNIA CALENDÁRIO DE PROVAS 3º PERÍODO 1ª AVALIAÇÃO REGIMENTAL 25/03/2015 01/04/2015 14:50 17:30h II Ciência

Leia mais

Seminário sobre introdução à credenciação dos profissionais da área da Medicina

Seminário sobre introdução à credenciação dos profissionais da área da Medicina Seminário sobre introdução à credenciação dos profissionais da área da Medicina 1. Pergunta: O curso em Medicina Clínica está disponível nas modalidades de 5 e 7 anos, qual é a diferença? A modalidade

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE MENTAL Código: ENF- 210 Pré-requisito: ENF

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014) 1/10 EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes

Leia mais

REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO E MARKETING

REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO E MARKETING REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO E MARKETING REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO E MARKETING O presente regulamento foi homologado pelo Presidente da ESEV, a 18

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EM SAÚDE Coordenação científica Prof. Inês Pereira Prof. Alexandrina Lobo Prof. Vítor Machado Coordenação

Leia mais

Escola Superior De Enfermagem São Francisco das Misericórdias. Anexos

Escola Superior De Enfermagem São Francisco das Misericórdias. Anexos Escola Superior De Enfermagem São Francisco das Misericórdias Anexos Relatório de atividades 2014 Auditoria Interna Serviços Administrativos Quadro 1 não conformidades e reclamações no período de 13.05.2013

Leia mais

REGULAMENTO CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO E DA ADMINISTRAÇÃO (ISCIA) Disposições Gerais

REGULAMENTO CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO E DA ADMINISTRAÇÃO (ISCIA) Disposições Gerais REGULAMENTO CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO E DA ADMINISTRAÇÃO (ISCIA) Disposições Gerais O presente regulamento visa aplicar o regime estabelecido

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. N. o 184 11-8-1998 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. N. o 184 11-8-1998 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 184 11-8-1998 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 3907 seguem as atribuições e competências que lhes são conferidas pelos respectivos estatutos, aprovados, respectivamente, pelos Decretos-Leis n. os 74/95,

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/08/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36 PSICOLOGIA INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA Psicologia: PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO 36 36 72 Ciência e ANTROPOLOGIA

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

ESCOLA DE ENFERMAGEM DA USP EEUSP PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE

ESCOLA DE ENFERMAGEM DA USP EEUSP PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE ESCOLA DE ENFERMAGEM DA USP EEUSP PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE Resumo do Projeto: A proposta apresentada ao PRÓ-SAÚDE tem como foco principal a superação

Leia mais