POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE: WWW.CACHORROSURTADO.BLOGSPOT.COM"

Transcrição

1 POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE: COPYLEFT 2010

2 O QUE SÃO?

3 É UMA FORMA DE ARTE QUE CONJUGA TEXTO E IMAGENS COM O OBJETIVO DE NARRAR HISTÓRIAS DOS MAIS VARIADOS GÊNEROS E ESTILOS. SÃO, EM GERAL, PUBLICADAS NO FORMATO DE REVISTAS, LIVROS OU EM TIRAS, QUE APARECEM GERALMENTE NOS JORNAIS.

4 COMO TUDO COMEÇOU...

5 ESCRITA PICTÓRICA?

6 ESCRITA HIEROGRÁFICA?

7 CÓDIGOS CONTIDOS EM PINTURAS?

8 CONSTRUÇÃO PASSO-À-PASSO

9 PASSO 1: O ROTEIRO...

10 ROTEIRO NADA MAIS É DO QUE UM PLANEJAMENTO. ELE PODE SER FORMAL (COLOCADO NO PAPEL) OU INFORMAL (APENAS IMAGINADO)

11 COMO SURGIU O ROTEIRO? ALGUNS ESCRITORES TINHAM GRANDE ADMIRAÇÃO PELOS QUADRINHOS. MAS NÃO SABIAM DESENHAR! ENTÃO PASSARAM A CONTRATAR DESENHISTAS PARA ILUSTRAR SUAS HISTÓRIAS.

12 O PRIMEIRO DESSES ESCRITORES FOI LEE FALK, AUTOR DE MANDRAKE E FANTASMA. ELE ESCREVIA ROTEIROS BASTANTE DETALHADOS, CAPAZES DE ORIENTAR O DESENHISTA A ILUSTRAR SUAS HISTÓRIAS EXATAMENTE COMO ELE AS HAVIA IMAGINADO.

13 OS DOIS TIPOS OFICIAIS DE ROTEIROS SÃO: -FULL SCRIPT (DETALHADO) - ARGUMENTO OU MARVEL WAY (SIMPLES)

14 EXEMPLO DE ROTEIRO DO TIPO FULL SCRIPT: PÁGINA 1: IMAGEM EXTERNA, DIA, PLANO GERAL, ALTURA NORMAL. EM PRIMEIRO PLANO VEMOS JOÃO, O PROTAGONISTA DA HISTÓRIA, QUE APARECE NESTE PAINEL. ELE ESTÁ ANDANDO PELA CALÇADA DA AVENIDA DE UMA GRANDE CIDADE. ELE É MOSTRADO DE FRENTE NESTE PRIMEIRO PLANO, PARA QUE O LEITOR, POSTERIORMENTE, TENHA BASTANTE FAMILIARIDADE COM A SUA APARÊNCIA... BACKGROUND: PRÉDIOS DE ESCRIUTÓRIOS, LOJAS DE DEPARTAMENTO, LANCHONETES E AFINS PODEM SER VISTOS DE AMBOS OS LADOS DA RUA...

15 EXEMPLO DE ROTEIRO DO ARGUMENTO OU MARVEL WAY: O TOCHA HUMANA FOGE DO QUARTETO FANTÁSTICO E OS OUTROS INTEGRANTES COMEÇAM A PROCURÁ-LO PELA CIDADE. ELE, VESTIDO COMO UMA PESSOA NORMAL, ENTRA EM UMA POCILGA E LÁ ENCONTRA NAMOR, QUE ESTÁ DESMEMORIADO. O TOCHA JOGA O COITADO NO MAR E ELE RECUPERA A MEMÓRIA E DECIDE SE VINGAR DOS HUMANOS CONVOCANDO UM MOSTRO MARINHO. O COISA RESOLVE O CONFLITO ENTRANDO COM UMA BOMBA NUCLEAR DENTRO DO BICHO E EXPLODINDO-A LÁ DENTRO.

16 PASSO 2: FAÇA AS CONTAS...

17 VEJA QUANTOS QUADRINHOS SUA HISTÓRIA INTEIRA VAI TER. AÍ TENTE DESCOBRIR DE QUANTAS PÁGINAS ELA PRECISA.

18 PASSO 3: DIAGRAMAÇÃO...

19 DIAGRAMAR É DECIDIR A FORMA E O TAMANHO DOS QUADRINHOS, LEMBRANDO QUE UM PODE SER O DOBRO DOS OUTROS E OCUPAR UMA TIRA INTEIRA, POR EXEMPLO.

20 PASSO 4: CONHECENDO A LINGUAGEM DOS QUADRINHOS

21 LETRAS: SEMPRE MAIÚSCULAS. PODEM SER FEITAS À MÃO OU NO COMPUTADOR. NESTE CASO, PROCURE FONTES DE LETRAS PARECIDAS COM AS LETRAS MANUSCRITAS.

22 BALÕES: NAS HQS, OS DIÁLOGOS SÃO MARCADOS POR BALÕES, COMO OS MOSTRADOS ABAIXO. A NARRAÇÃO É MARCADA POR FORMAS MAIS GEOMÉTRICAS.

23 ONOMATOPÉIAS: SÃO PALAVRAS QUE IMITAM SONS. PODEMOS USÁ-LAS DENTRO OU FORA DOS BALÕES.

24 PASSO 5: COMO DESENHAR?

25 SE VOCÊ ACHA DIFÍCIL DESENHAR OU INVENTAR PERSONAGENS, NÃO SE PREOCUPE. QUALQUER COISA QUE EXISTE PODE VIRAR UM PERSONAGEM DE QUADRINHOS. MESMO BEM SIMPLES. BASTA UM PAR DE OLHOS, DUAS PERNAS OU QUALQUER CARACTERÍSTICA DOS SERES HUMANOS PARA ANIMAR ALGO QUE NÃO TEM VIDA.

26

27

28

29 MELHORAR O DESENHO NO COMPUTADOR, PODE?

30

31

32

33

34

35 ( DESENHO DE VITOR SOUZA )

36

37

38

39

40

41 ( DESENHO DE VITOR SOUZA )

42 CRIANDO UMA HISTÓRIA À PARTIR DE UM POEMA...

43 SENTADO NUM MURO BAIXO, DE TÃO GASTA QUE FOI A VIDA O VELHO ENCANTA OS OLHOS O VELHO OLHA A PRAÇA, O MAR O VELHO TOCA A AREIA COM OS PÉS DESCALÇOS TRISTES A AREIA TOCA FELIZ OS PÉS DE TANTOS CAMINHOS O VELHO CONTEMPLA O TEMPO O VELHO CONTEMPLA O TEMPLO QUE PRA ELE SERÁ O MAR CAMINHA ATRAVÉS DA PRAÇA ENTRA NA ÁGUA FRIA E NUNCA MAIS SAI DE LÁ. AUTOR: LEANDRO DURAZZO

44 QUADRO UM: (SENTADO NUM MURO BAIXO, DE TÃO GASTA QUE FOI A VIDA) VELHO SENTADO, TRISTE, PENSATIVO. QUADRO DOIS: (O VELHO ENCANTA OS OLHOS) OLHO DO VELHO EM CLOSE, FUNDO, CANSADO, ENVELHECIDO, LACRIMEJADO. QUADRO TRÊS: (O VELHO OLHA A PRAÇA) PRAÇA COM MAR AO FUNDO, UMA LUA REFLETINDO SUA LUZ NA ÁGUA. QUADRO QUATRO: (O MAR) MESMA IMAGEM ANTERIOR, MAS COM CLOSE NO MAR E NA LUA. QUADRO CINCO: (O VELHO TOCA A AREIA COM OS PÉS DESCALÇOS TRISTE. A AREIA TOCA FELIZ OS PÉS DE TANTOS CAMINHOS) PÉS DO VELHO EM CLOSE. QUADRO SEIS: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPO) MESMA IMAGEM DO QUADRO UM, MAS COM DESTAQUE NO ROSTO DO VELHO. VÁRIAS IMAGENS DA SUA VIDA ATRÁS DELE. QUADRO SETE: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPLO QUE PRA ELE SERÁ O MAR) O MAR, COM O ROSTO DO VELHO SENDO PROJETADO SOBRE ELE. QUADRO OITO: (CAMINHA ATRAVÉS DA PRAÇA) O VELHO É MOSTRADO ATRAVESSANDO A PRAÇA, DE COSTAS. QUADRO NOVE: (ENTRA NA ÁGUA FRIA) O VELHO CONTINUA SENDO MOSTRADO DE COSTAS, COM METADE DO CORPO DENTRO DA ÁGUA. QUADRO DEZ: (E NUNCA MAIS SAI DE LÁ) AGORA APARECE SOMENTE O MAR, COM A LUA REFLETIDA.

45 QUADRO UM: (SENTADO NUM MURO BAIXO, DE TÃO GASTA QUE FOI A VIDA) VELHO SENTADO, TRISTE, PENSATIVO. QUADRO DOIS: (O VELHO ENCANTA OS OLHOS) OLHO DO VELHO EM CLOSE, FUNDO, CANSADO, ENVELHECIDO, LACRIMEJADO. QUADRO TRÊS: (O VELHO OLHA A PRAÇA) PRAÇA COM MAR AO FUNDO, UMA LUA REFLETINDO SUA LUZ NA ÁGUA. QUADRO QUATRO: (O MAR) MESMA IMAGEM ANTERIOR, MAS COM CLOSE NO MAR E NA LUA. QUADRO CINCO: (O VELHO TOCA A AREIA COM OS PÉS DESCALÇOS TRISTE. A AREIA TOCA FELIZ OS PÉS DE TANTOS CAMINHOS) PÉS DO VELHO EM CLOSE. QUADRO SEIS: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPO) MESMA IMAGEM DO QUADRO UM, MAS COM DESTAQUE NO ROSTO DO VELHO. VÁRIAS IMAGENS DA SUA VIDA ATRÁS DELE. QUADRO SETE: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPLO QUE PRA ELE SERÁ O MAR) O MAR, COM O ROSTO DO VELHO SENDO PROJETADO SOBRE ELE. QUADRO OITO: (CAMINHA ATRAVÉS DA PRAÇA) O VELHO É MOSTRADO ATRAVESSANDO A PRAÇA, DE COSTAS. QUADRO NOVE: (ENTRA NA ÁGUA FRIA) O VELHO CONTINUA SENDO MOSTRADO DE COSTAS, COM METADE DO CORPO DENTRO DA ÁGUA. QUADRO DEZ: (E NUNCA MAIS SAI DE LÁ) AGORA APARECE SOMENTE O MAR, COM A LUA REFLETIDA.

46 QUADRO UM: (SENTADO NUM MURO BAIXO, DE TÃO GASTA QUE FOI A VIDA) VELHO SENTADO, TRISTE, PENSATIVO. QUADRO DOIS: (O VELHO ENCANTA OS OLHOS) OLHO DO VELHO EM CLOSE, FUNDO, CANSADO, ENVELHECIDO, LACRIMEJADO. QUADRO TRÊS: (O VELHO OLHA A PRAÇA) PRAÇA COM MAR AO FUNDO, UMA LUA REFLETINDO SUA LUZ NA ÁGUA. QUADRO QUATRO: (O MAR) MESMA IMAGEM ANTERIOR, MAS COM CLOSE NO MAR E NA LUA. QUADRO CINCO: (O VELHO TOCA A AREIA COM OS PÉS DESCALÇOS TRISTE. A AREIA TOCA FELIZ OS PÉS DE TANTOS CAMINHOS) PÉS DO VELHO EM CLOSE. QUADRO SEIS: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPO) MESMA IMAGEM DO QUADRO UM, MAS COM DESTAQUE NO ROSTO DO VELHO. VÁRIAS IMAGENS DA SUA VIDA ATRÁS DELE. QUADRO SETE: (O VELHO CONTEMPLA O TEMPLO QUE PRA ELE SERÁ O MAR) O MAR, COM O ROSTO DO VELHO SENDO PROJETADO SOBRE ELE. QUADRO OITO: (CAMINHA ATRAVÉS DA PRAÇA) O VELHO É MOSTRADO ATRAVESSANDO A PRAÇA, DE COSTAS. QUADRO NOVE: (ENTRA NA ÁGUA FRIA) O VELHO CONTINUA SENDO MOSTRADO DE COSTAS, COM METADE DO CORPO DENTRO DA ÁGUA. QUADRO DEZ: (E NUNCA MAIS SAI DE LÁ) AGORA APARECE SOMENTE O MAR, COM A LUA REFLETIDA.

47

48 (TEXTO: LEANDRO DURAZZO / DESENHOS: VITOR SOUZA

49 (VITOR SOUZA REVISTA BEATBRASILIS N 1 SETEMBRO/2009 PÁGINA 38)

50 19 DE ABRIL TODO DIA ERA DIA DE ÍNDIO......ANTES QUE O HOMEM AQUI PISASSE AGORA ELES SÓ TÊM O DIA 19 DE ABRIL (VITOR SOUZA REVISTA POSITIVA N 2 ABRIL/2006 PÁGINA 10)

51 ALGUNS TRABALHOS FEITOS POR GRANDES MESTRES...

52

53

54

55

56 (Robert Crumb, Blues, Editora Conrad, 2004)

57

58 MAURÍCIO DE SOUSA EM 2003 DURANTE A ABERTURA DA EXPOSIÇÃO "HISTÓRIA EM QUADRÕES". NA GRAVURA DA REPRODUÇÃO DE "LIÇÃO DE ANATOMIA", DE REMBRANDT

59 RAFAEL SENRA

60 VAMOS PARA A PRÁTICA??

PLANO DE AULA. Abnegação: negar as coisas a si mesmo. Devotamento: servir aos necessitados, sem cansar.

PLANO DE AULA. Abnegação: negar as coisas a si mesmo. Devotamento: servir aos necessitados, sem cansar. ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 38 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: Abnegação e Devotamento. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: As crianças

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais

Ensino Fundamental 5º. Português (lição de férias) Termine a história. Lição de férias

Ensino Fundamental 5º. Português (lição de férias) Termine a história. Lição de férias Ensino Fundamental 5º Termine a história Português (lição de férias) Lição de férias Olá pessoal!!! As férias chegaram...vamos aproveitar bastante para descansar, passear, brincar... mas reserve um tempinho

Leia mais

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA Ficha técnica no. 2.1 Atividade Principal 2.1 SENTINDO A NATUREZA Objetivo da 2 Os escoteiros estão trabalhando por um mundo onde o habitat natural seja suficiente para suportar as espécies nativas. Objetivos

Leia mais

Andrade & Alexandre (2008) In Prática da Escrita Histórias em Quadrinhos

Andrade & Alexandre (2008) In Prática da Escrita Histórias em Quadrinhos Ler HQs além de ser uma atividade que pode ser desenvolvida observando-se todas as estratégias de leitura, é também levar os leitores a momentos que antecedem a própria leitura das letras, pois a estrutura

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

ORALIDADE E ESCRITA: ANÁLISE DE HISTÓRIA EM QUADRINHOS

ORALIDADE E ESCRITA: ANÁLISE DE HISTÓRIA EM QUADRINHOS ORALIDADE E ESCRITA: ANÁLISE DE HISTÓRIA EM QUADRINHOS Ana Letícia Vaz Pereira 1 Natália Canuto do Nascimento 2 Orientador Prof. Ms. Artarxerxes Modesto RESUMO: Este trabalho tem como objetivo analisar

Leia mais

INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA

INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA Carolina e, acompanhados de, estão na biblioteca, no mesmo lugar em que o segundo episódio se encerrou.os jovens estão atrás do balcão da biblioteca,

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

A LEITURA EM QUADRINHOS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS. Material elaborado por Aline Oliveira, Eliana Oiko e Ghisene Gonçalves

A LEITURA EM QUADRINHOS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS. Material elaborado por Aline Oliveira, Eliana Oiko e Ghisene Gonçalves A LEITURA EM QUADRINHOS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS Material elaborado por Aline Oliveira, Eliana Oiko e Ghisene Gonçalves DOAÇÃO DE LIVROS À: BIBLIOTECA PÚBLICA (APROX. 150 LIVROS) UNIDADES

Leia mais

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras.

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras. 6 6 NOME DA AULA: 6 Algoritmos Duração da aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10-25 minutos (dependendo da disponibilidade de tangrans prontos ou da necessidade de cortá-los à mão) Objetivo principal:

Leia mais

Roteiro de HQ Autores: Marcello Fontana e Christiane Santos Título: Mochileiros 01 http://quadro-a-quadro.blog.br Número de páginas: 02

Roteiro de HQ Autores: Marcello Fontana e Christiane Santos Título: Mochileiros 01 http://quadro-a-quadro.blog.br Número de páginas: 02 Roteiro de HQ Autores: Marcello Fontana e Christiane Santos Título: Mochileiros 01 http://quadro-a-quadro.blog.br Número de páginas: 02 Página 01 Quadro 01 Recordatório: Uma das sub-espécies humanas que

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Atividade: Leitura e interpretação de texto Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Orientações: 1- Leia o texto atentamente. Busque o significado das palavras desconhecidas no dicionário. Escreva

Leia mais

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?)

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ação nº41/2012 Formadora: Madalena Moniz Faria Lobo San-Bento Formanda: Rosemary Amaral Cabral de Frias Introdução Para se contar histórias a crianças,

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas

Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas Aula 5 Modelo de Roteiro Para Ser Usado nas Suas Entrevistas OBS: Tudo que estiver nessa formatação: [vermelho] são os espaços onde você deve preencher com informações pertinentes ao seu projeto (avatar,

Leia mais

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86.

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86. Coleção ABCD - Lição 3 Lição 3 O Chicote Para que idade? A partir dos 8 anos. Quantos podem brincar? Desde 5 jogadores. De que precisamos? De nada. Como é que se joga? Tira-se a sorte para ver quem será

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 PEDRA NO RIM Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 E-mails: baeta99@hotmail.com abraaoab@globo.com Telefones: (21) 7576-6771 HOMEM: tem aproximadamente trinta anos, bonito, atraente,

Leia mais

Conteúdos: O anúncio. Recursos para redução e ampliação de texto.

Conteúdos: O anúncio. Recursos para redução e ampliação de texto. Conteúdos: O anúncio. Recursos para redução e ampliação de texto. Habilidades: - Compreender as funções do texto descritivo usado no gênero anúncio. - Identificar estratégias persuasivas, argumentativas

Leia mais

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO.

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO. SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ... 2 DICAS PEDAGÓGICAS:... 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO... 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD... 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO... 3 PASSO 3 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO... 4 CRIANDO NOVAS

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

A criança e as mídias

A criança e as mídias 34 A criança e as mídias - João, vá dormir, já está ficando tarde!!! - Pera aí, mãe, só mais um pouquinho! - Tá na hora de criança dormir! - Mas o desenho já tá acabando... só mais um pouquinho... - Tá

Leia mais

Canais ou Sistemas Representacionais (VAC)

Canais ou Sistemas Representacionais (VAC) Canais ou Sistemas Representacionais (VAC) Exercícios de Aplicação: Exercício 1 Calibração Visual Parte 1 Vá a um local próximo de sua casa ou local de trabalho em que você possa sentar-se e ficar tranqüilo

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho alternativo, onde encontra com um sujeito estranho.

Leia mais

QUADRINHOS, UMA JANELA PARA AVENTURAS!!!

QUADRINHOS, UMA JANELA PARA AVENTURAS!!! OFICINA Nº: 01 (PARTE 1) QUADRINHOS, UMA JANELA PARA AVENTURAS!!! ÁREA: Língua Portuguesa FAIXA ETÁRIA: 08 a 12 anos. CARGA HORÁRIA: 03 horas. OBJETIVO: Conhecer a estrutura de histórias em quadrinhos.

Leia mais

Colégio Nomelini Ensino Fundamental II LISTA Nº 04 9º ANO

Colégio Nomelini Ensino Fundamental II LISTA Nº 04 9º ANO Trazer a tarefa resolvida no dia: 22/03/2013 (Sexta-feira) Prof. Vanessa Matos Interpretação de textos LISTA Nº 04 9º ANO DESCRIÇÃO: A seleção de atividades é para a leitura e interpretação. Responda os

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show.

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show. PLANEJAMENTO Folclore Professor (a): Vanessa da Rosa Competências Leitura; Oralidade; Produção textual, Ortografia, Ritmo e Memória. Avançar em seus conhecimentos sobre a escrita, ao escrever segundo suas

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista Uma longa viagem começa com um único passo. - Lao-Tsé Ser Otimista não é uma tarefa fácil hoje em dia, apesar de contarmos hoje

Leia mais

1 EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM A GALINHA RUIVA. Guia Didático do Objeto Educacional Digital

1 EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM A GALINHA RUIVA. Guia Didático do Objeto Educacional Digital Guia Didático do Objeto Educacional Digital LINGUAGEM 1 EDUCAÇÃO INFANTIL A GALINHA RUIVA Este Objeto Educacional Digital (OED) está relacionado ao tema da Unidade 3 do Livro do Aluno. LINGUAGEM A GALINHA

Leia mais

Prof. Engº. Mauricio Raymundo de Cunto ESTUDOS FORENSES #17 DISCUSSÃO SOBRE A PAREIDOLIA

Prof. Engº. Mauricio Raymundo de Cunto ESTUDOS FORENSES #17 DISCUSSÃO SOBRE A PAREIDOLIA ESTUDOS FORENSES #17 DISCUSSÃO SOBRE A PAREIDOLIA 1 Aspectos Iniciais 1.1 Eu, Mauricio de Cunto Perito Forense, às vezes recebo certos vídeos, gravações de áudio e imagens para serem periciadas que, segundo

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS COPYRIGHT MIKAEL SANTIAGO mikael@mvirtual.com.br RUA ITUVERAVA, 651/305 JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO - RJ (21)9879-4890 (21)3186-5801

Leia mais

JONAS RIBEIRO. ilustrações de Suppa

JONAS RIBEIRO. ilustrações de Suppa JONAS RIBEIRO ilustrações de Suppa Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva Deu a louca no guarda-roupa Supl_prof_ Deu a louca no guarda roupa.indd 1 02/12/2015 12:19 Deu a louca

Leia mais

ANIMAÇÕES WEB AULA 3. princípios da animação. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

ANIMAÇÕES WEB AULA 3. princípios da animação. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com ANIMAÇÕES WEB AULA 3 princípios da animação professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com Animação - conceito É a técnica que cria a ilusão de movimento a partir de uma sequência de desenhos ou imagens.

Leia mais

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR TURMA 801 Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR Nós habitamos um mundo tridimensional. Ou seja, vemos o mundo em três dimensões: a altura, a largura e a profundidade. É por conta da profundidade que dizemos a árvore

Leia mais

Tutorial de animação

Tutorial de animação Tutorial de animação Uma animação nada mais é que uma sequência de imagens estáticas que, quando mostradas rapidamente, dão a ilusão de movimento. Selecionamos um conjunto de dicas para você, professor(a),

Leia mais

Contexto Espiritual.

Contexto Espiritual. Contexto Espiritual. Senisio Antonio 2 Contexto Espiritual Contexto Espiritual. 3 Senisio Antonio Projeto Força de Ler Senisio Antonio. 37980-000 Cássia MG Responsabilidade pela revisão: Maria Aparecida

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO A COMUNICAÇÃO NA INTERNET PROTOCOLO TCP/IP Para tentar facilitar o entendimento de como se dá a comunicação na Internet, vamos começar contando uma história para fazer uma analogia. Era uma vez, um estrangeiro

Leia mais

PASSEIO NO BOSQUE. Página 1 de 8-10/04/2015-11:18

PASSEIO NO BOSQUE. Página 1 de 8-10/04/2015-11:18 PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA E GEOGRAFIA 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== PASSEIO NO BOSQUE

Leia mais

Algumas ideias para a produção textual!!!

Algumas ideias para a produção textual!!! Algumas ideias para a produção textual!!! O que é texto? Desmitificar as tradicionais aulas de produção de texto Produção escrita de diversos gêneros de textos Ter ou não aulas específicas para produção

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar:

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: Meditação Crianças de 7 a 9 anos NOME:DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4) 2-

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Instruções gerais: Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Roteiro sobre Projeto Final do curso Metodologia para Desenvolvimento de Objetos de Aprendizagem

Roteiro sobre Projeto Final do curso Metodologia para Desenvolvimento de Objetos de Aprendizagem Roteiro sobre Projeto Final do curso Metodologia para Desenvolvimento de Objetos de Aprendizagem Este roteiro tem como objetivo apresentar o projeto final do curso. Você deverá elaborar um projeto para

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

Vamos explorar temas como:

Vamos explorar temas como: Esse curso tem o objetivo de aprofundar a prática e o estudo de desenho no formato cartoon para utilização em registros visuais, facilitação gráfica, ilustração e outras aplicações. Ao longo desses 2 meses

Leia mais

internetsegura.fde.sp.gov.br

internetsegura.fde.sp.gov.br PROJETO: HISTORIA: PÁGINA: ANO:! internetsegura.fde.sp.gov.br Internet Segura. Bom para você! Olá! A campanha Internet Segura. Bom para você! apresenta duas histórias em quadrinhos em que seus personagens

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 8º ANO

LISTA DE RECUPERAÇÃO 8º ANO 1 Nome: nº Data: / /2012 ano bimestre Profa.: Denise LISTA DE RECUPERAÇÃO 8º ANO Nota: 1) A arte barroca ganhou espaço e passou a inaugurar um novo período na arte européia, que já havia experimentado

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

Escrito por Administrator Qua, 21 de Outubro de 2009 00:29 - Última atualização Qua, 05 de Maio de 2010 01:17

Escrito por Administrator Qua, 21 de Outubro de 2009 00:29 - Última atualização Qua, 05 de Maio de 2010 01:17 O filme O Diabo Veste Prada, dirigido por David Frankel e baseado no livro de Lauren Weisberger, mostra a história de uma jovem jornalista Andrea. Recém formada em uma das melhores universidades dos Estados

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva O Convite Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e Gisele Christine Cassini Silva FADE OUT PARA: Int./Loja de sapatos/dia Uma loja de sapatos ampla, com vitrines bem elaboradas., UMA SENHORA DE MEIA IDADE,

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER*

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* * Microsoft Windows MovieMakeré um programa da Microsoft Corporation. A versão utilizada é a 5.1 que já vem instalada no Microsoft Windows

Leia mais

História em Quadrinhos e Fanzine na Escola

História em Quadrinhos e Fanzine na Escola História em Quadrinhos e Fanzine na Escola Aula 2 2ª parte Programa Nas Ondas do Rádio Secretaria Municipal de Educação SP 2014 O que é HQ? Histórias em quadrinhos são registros imagéticos que compreendem

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa G eoff Rees Be neat h t he re ef, 199 2, s er igr af i a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas sugeridas, espera-se que os alunos possam

Leia mais

TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA. (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico)

TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA. (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico) TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico) Januária setembro/2011 CENÁRIO: Livre, aberto, porém, deve se haver por opção uma cadeira, uma toalha e uma escova

Leia mais

Exposição Matemática Viva (piso 0)

Exposição Matemática Viva (piso 0) Exposição Matemática Viva (piso 0) Departamento Educativo PNE A Matemática está bem viva e presente em quase todas as actividades do nosso dia-a-dia, ainda que muitas vezes disso não nos dêmos conta. E

Leia mais

JANEIRO DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. escrito por: Antפnio Carlos Calixto. Filho. Personagens: Dana de. Oliveira uma moça. simples ingênua morena

JANEIRO DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. escrito por: Antפnio Carlos Calixto. Filho. Personagens: Dana de. Oliveira uma moça. simples ingênua morena OSUTERBOS DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. JANEIRO escrito por: Antפnio Carlos Calixto Filho Personagens: Dana de Oliveira uma moça simples ingênua morena olhos pretos como jabuticaba,1.70a,sarad a cabelos

Leia mais

Homens. Inteligentes. Manifesto

Homens. Inteligentes. Manifesto Homens. Inteligentes. Manifesto Ser homem antigamente era algo muito simples. Você aprendia duas coisas desde cedo: lutar para se defender e caçar para se alimentar. Quem fazia isso muito bem, se dava

Leia mais

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER)

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER) REGÊNCIA DO ALÉM FADE IN SEQUÊNCIA # 01: CENA 01: EXT. IMAGENS DA CIDADE DE ARARAS DIA. Imagem do Obelisco da praça central da cidade, da igreja Matriz, Centro Cultural, rodoviária, Lago Municipal e cemitério.

Leia mais

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto?

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto? RÓTULOS Rótulo é toda e qualquer informação referente a um produto que esteja transcrita em sua embalagem. O Rótulo acaba por ser uma forma de comunicação visual, podendo conter a marca do produto e informações

Leia mais

Ciências da Natureza I Ensino Médio Oficina Espelhos Material do aluno

Ciências da Natureza I Ensino Médio Oficina Espelhos Material do aluno Caro aluno, Este material foi produzido objetivando que você aprofunde seus conhecimentos sobre os espelhos planos e os espelhos esféricos côncavos e convexos. Antes de iniciar as atividades desta oficina

Leia mais

Histórias em Quadrinhos

Histórias em Quadrinhos Histórias em Quadrinhos Apresentação baseada no texto Profa. Denise Castilhos Profa. Marilene Garcia Histórias em quadrinhos: imaginação traduzida visualmente para encantar e apaixonar gerações As HQ começaram

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação. Porto Alegre 2012

EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação. Porto Alegre 2012 EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação Porto Alegre 2012 Jacqueline Gomes de Aguiar jacqueaguiar@smed.prefpoa.com.br Profª de Educação Infantil, alfabetizadora, de Língua e Literatura,

Leia mais

Curso Intermediário de LIBRAS

Curso Intermediário de LIBRAS Curso Intermediário de LIBRAS 1 Curso Intermediário de LIBRAS 2 Unidade 2 Fazer as compras Sábado foi dia de ir ao Tok Stok. Nós, casal, fomos passear e dar uma voltada para olhar os moveis e objetos.

Leia mais

A jornada do herói. A Jornada do Herói

A jornada do herói. A Jornada do Herói A Jornada do Herói Artigo de Albert Paul Dahoui Joseph Campbell lançou um livro chamado O herói de mil faces. A primeira publicação foi em 1949, sendo o resultado de um longo e minucioso trabalho que Campbell

Leia mais

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games 4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games Este Capítulo apresenta o levantamento realizado dos cursos de nível superior no Brasil voltados para a formação de Designers de

Leia mais

PARTE DOS MATERIAL COLOCADO NESTA EDIÇÃO TEM A Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

PARTE DOS MATERIAL COLOCADO NESTA EDIÇÃO TEM A Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. PARTE DOS MATERIAL COLOCADO NESTA EDIÇÃO TEM A Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. DESENHE POR DINDO LIMA (MÓDULO-1) O CORPO HUMANO OLÁ GALERA, EU SOU DINDO LIMA, E VOU ENCINAR A VOCÊS PASSO À PASSO

Leia mais

MINHA PRIMEIRA BIBLIOTECA

MINHA PRIMEIRA BIBLIOTECA CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA I PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL MINHA PRIMEIRA

Leia mais

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté 1 Conteúdo TIPOS DE PLANOS... 3 PLANO GERAL... 3 PLANO MÉDIO... 3 PLANO AMERICANO... 4 PRIMEIRO PLANO OU CLOSE-UP... 4 PRIMEIRÍSSIMO PLANO... 4 MOVIMENTOS DE CÂMERA... 5 PANORÂMICAS - PANS... 5 PANORÂMICA

Leia mais

existe um tsunami avançando sobre as nossas famílias

existe um tsunami avançando sobre as nossas famílias existe um tsunami avançando sobre as nossas famílias + 23% + 108% (em 20 anos a taxa é superior a 200%) 15% das mulheres e 65% dos homens brasileiros já tiveram ao menos uma experiência sexual fora do

Leia mais

PLANOS CINEMATOGRÁFICOS BÁSICOS Introdução aos estudo do cinema e sua linguaguem v1.0

PLANOS CINEMATOGRÁFICOS BÁSICOS Introdução aos estudo do cinema e sua linguaguem v1.0 PLANOS CINEMATOGRÁFICOS BÁSICOS Introdução aos estudo do cinema e sua linguaguem v1.0 Os planos cinematográficos são formas de descrever a posição da câmera em relação ao foco da cena, não apenas de personagens

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1 - Área de trabalho e personalizando o sistema... 3 A área de trabalho... 3 Partes da área de trabalho.... 4 O Menu Iniciar:...

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO Ideia: Produção realizada a partir de um fato marcante e em algumas situações ocorre a mesclagem entre narrações e demonstrações de cenas. Personagens: A filha da doméstica

Leia mais

casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço.

casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço. A UUL AL A A casa Nesta aula vamos examinar a planta de uma casa. Será uma casa simples, situada em terreno plano, com, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço. Introdução terreno 20 m rua 30

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO

ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO Disciplina : Língua Portuguesa Professora: Nilceli Barueri, / 08 / 2010 2ª postagem Nome: n.º 4º ano ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO Queridos alunos, aqui está a segunda postagem de Língua Portuguesa.

Leia mais

Projeto Minha Identidade

Projeto Minha Identidade Projeto Minha Identidade Esta apostila é a primeira a ser desenvolvida com as crianças do Espaço Voar e tem como objetivo fortalecer o senso de identidade da criança como indivíduo, oferecendo situações

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

GRÁFICOS Exemplos de jogos 2D (com simulação do 3D)

GRÁFICOS Exemplos de jogos 2D (com simulação do 3D) Femur Online GRÁFICOS Exemplos de jogos 2D (com simulação do 3D) Como resultado de buscas na internet, tendo como base os jogos 2D mais famosos do mundo, obtive como resultado três tipos diferentes de

Leia mais

Textos e imagens / Mónica G. Zoppi Fontana. Caro Aluno:

Textos e imagens / Mónica G. Zoppi Fontana. Caro Aluno: 1 Caro Aluno: Essa atividade pós-exibição é a quarta, de um conjunto de 7 propostas, que têm por base o segundo episódio do programa de áudio Hora de Debate. As atividades pós-exibição são compostas por

Leia mais

A amizade abana o rabo

A amizade abana o rabo RESENHA Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: Marina relata, nessa história, seu encontro com cães especiais, que fazem parte de sua vida: Meiga, Maribel e Milord. A história

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

A.C. Ilustrações jordana germano

A.C. Ilustrações jordana germano A.C. Ilustrações jordana germano 2013, O autor 2013, Instituto Elo Projeto gráfico, capa, ilustração e diagramação: Jordana Germano C736 Quero-porque-quero!! Autor: Alexandre Compart. Belo Horizonte: Instituto

Leia mais