Organização proponente Parceiras Título Dia Turno Sala Capac. Código Tradução A Comunidade para o desenvolvimento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organização proponente Parceiras Título Dia Turno Sala Capac. Código Tradução A Comunidade para o desenvolvimento"

Transcrição

1 6. Economia soberanas pelos e para os povos contra o capitalismo neoliberal (I) 6. Sovereign economies for and of people against neoliberal capitalism (I) 6. Économies souveraines pour et par les peuples contre le capitalisme néolibéral (I) 6. Economías soberanas por y para los pueblos Contra el capitalismo neoliberal (I) Organização proponente Parceiras Título Dia Turno Sala Capac. Código Tradução A Comunidade para o desenvolvimento Geração de renda e emprego 28 1 C humano ActionAid International USA ActionAid International, Global AIDS Alliance, Global How the IMF constrains health & education 30 1 I Campaign for Education budgets Aditepp - Associação Difusora de Os desafios dos processos de Educação 28 3 I Treinamentos e Projetos Pedagógicos Popular em Empreendimentos da Economia Solidária Alianza Social Continental Alternativas ao livre comércio: outro tipo de 30 1 I integração é possível American Federation of Labor- Trade and Labor Rights: Social clauses 28 3 I Congress of Industrial Organizations and Worker Rights Protections in the Global Trade System APRODEV - EED BLUE 21, Germany IBASE, Brazil WEED, Germany Foreign Direct Investment, High Risk, Low 29 1 I Reward for Development Articulação Nacional de Movimentos e Saúde, imperialismo e protagonismo 27 3 C Práticas de Educação Popular e Saúde popular Asia Pacific Network on Food Strengthening People's Campaign for Food 28 2 I EN;ID;PT Sovereignty Sovereignty Asociación Latinoamericana de Micro Pequeños y Medianos Empresarios CIVES Y FACIAP de BRASIL CADEPIA Y FEBOPI de BOLIVIA EMPREBOG de COLOMBIA CONUPIA ALAMPYME Micro, Pequeños y Medianos empresarios: modelo de integración y 27 1 I de CHILE CÁMARA DE COMERCIO de CUBA EPEC justicia distributiva de ECUADOR ANIT, CANACINTRA, CONMIPEIN Y ALAMPYME capítulo MÉXICO EMPRESARIOS DEL FRENTE SANDINISTA de NICARAGUA FEPAME de PARAGUAY ANMYPE de URUGUAY EMPREVE, FEDEINDUSTRIA, CONFAGAN Y FEPORCINA de VENEZUELA APYME, Federación Agraria, CEEN e Instituto Movilizador de Fondos Cooperativos, de ARGENTINA 1

2 Asociación Latinoamericana de Micro CIVES Y FACIAP de BRASIL CADEPIA Y FEBOPI ALAMPYME Micro, Pequeños y Medianos 28 3 I Pequeños y Medianos Empresarios de BOLIVIA EMPREBOG de COLOMBIA CONUPIA empresarios: modelo de integración y de CHILE CÁMARA DE COMERCIO de CUBA EPEC justicia distributiva de ECUADOR ANIT, CANACINTRA, CONMIPEIN Y ALAMPYME capítulo MÉXICO EMPRESARIOS DEL FRENTE SANDINISTA de NICARAGUA FEPAME de PARAGUAY ANMYPE de URUGUAY EMPREVE, FEDEINDUSTRIA, CONFAGAN Y FEPORCINA de VENEZUELA APYME, Federación Agraria, CEEN e Instituto Movilizador de Fondos Cooperativos, de ARGENTINA Associação Casa da Economia Popular Associações de Ambulantes de Porto Alegre, Dificuldades e perspectivas no Comércio 27 3 I Solidária do Rio Grande do Sul Sindicato de Ambulantes, Fórum Gaúcho de Eonomia Popular Solidária, CUT/RS, Guayí, CAMP. de Rua Associação Casa da Economia Popular Práticas, concepções e alternativas de 28 1 I Solidária do Rio Grande do Sul comercialização solidária Associação Casa da Economia Popular Práticas, concepções e alternativas de 29 3 I Solidária do Rio Grande do Sul comercialização solidária Associação da Horta Comunitária União - Delegacia Regional do Trabalho - DRT/Brasil; - Empregabilidade da Juventude: 27 1 I dos Operários Organização Mundial do Trabalho - OIT/Brasil Aprendizagem e Primeiro Emprego Associação da Horta Comunitária União - Delegacia Regional do Trabalho - DRT/Brasil; - Empregabilidade da Juventude: 28 3 I dos Operários Organização Mundial do Trabalho - OIT/Brasil Aprendizagem e Primeiro Emprego Asociación de Etnopsicologia y Desarollo Personal de la Autonoma Sociedadde Etnopsicologia y Estudios Cognitivos Associação de Fomento a Economia Projeto Sofware Livre - Bahia (PSL-BA) Associação Solidária de Fomento a Economia solidária (BanSOL) Associação de Fomento a Economia Projeto Sofware Livre - Bahia (PSL-BA) Associação Solidária de Fomento a Economia solidária (BanSOL) Associação dos Empreendimentos Guayí Solidários EMREDE do Rio Grande do Sul Associação Nacional de Trabalhadores ANTEAG junto com os Movimentos Nacionais de e Empresas de Autogestão Empresas Recuperadas da Argentina, Uruguai e Venezuela. Estados modificados de Consciencia, Desarollo Personal y cambio social 30 1 I Economia Solidária e Software Livre: duas 28 2 I faces de uma outra economia Economia Solidária e Software Livre: duas 28 3 I faces de uma outra economia A Experiêmcia dos Empreendimentos Solidários na Construção do Fórum Social Mundial de C Movimento de Empresas Recuperadas e 28 1 I Autogestão 2

3 Associação Nacional de Trabalhadores ANTEAG junto com os Movimentos Nacionais de Movimento de Empresas Recuperadas e 28 2 I e Empresas de Autogestão Empresas Recuperadas da Argentina, Uruguai e Venezuela. Autogestão ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SINDICATO NACIONAL DOS AUDITORES-FISCAIS A efetividade da persecução penal nos 29 1 I PROCURADORES DA REPÚBLICA DA RECEITA FEDERAL - UNAFISCO SINDICAL crimes contra a ordem tributária: análise crítica dos programas de refinanciamento e seus reflexos Associação Nossa América NESCUBA UnB - Núcleo de Estudos sobre Cuba da O Ministro Che Guevara: Testemunho de 29 1 I UnB Comitê pela Liberdade dos 5 patriotas cubanos SP Rede BrasCuba Associação Cultural José Martí RS um Colaborador Associação Proutista Universal Após o capitalismo; Prout alternativa para 27 3 I nova sociedade Associação Proutista Universal Descentralização Econômica e Unidades 30 3 I Socioeconômicas Associação Proutista Universal PROUT - Garantindo as Necessidades 28 3 I Básicas a Todos e Combatendo a Fome Associação Proutista Universal Sociedades Auto-suficientes e 29 3 I Independentes (Samajas) BankTrack Any other organisation involved in finance Equator Principles, Safeguard Policies and 27 2 I campaigning other hollow promises? BankTrack still to decide, organsiations involved in financial How to campaign on private banks? 27 1 I campaigns CEERT Direitos sociais, reforma trabalhista, 27 1 I cooperativismo e os afro-descendentes Center for Economic and Social Center for Economic Research and Social Change No to ALCA/FTAA: Trade Unionists from 29 3 I Research (Chicago); International Socialist Review (Chicago) the U.S. Venezuela, Bolivia and Brazil on International Solidarity Central Unica dos Trabalhadores CEERT, OIT, CIDIS Vida cotidiana e divisão sexual e social do trabalho 28 2 I EN;ES;GN; PT Central Unica dos Trabalhadores Estamos propondo a Observatório Social, CSN- Violencias contra a organizacao sindical 30 1 I Quebec, CGIL Central Única dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul Cives - Associação Brasileira dos Empresários pela Cidadania. Camp - Centro de Educação Popular. ADS/CUT - Agência de Desenvolvimento Solidário da CUT. Desenvolvimento Socioeconômico e o Papel do Estado 28 2 I

4 centre canadien etudes et cooperation RIPESS (Réseau intercontinental de promotion de Commerce juste et solidaire : Les 27 1 I internationale l\'économie sociale et solidaire) Groupe d\'économie producteurs ont la parole, du Sud au Nord, solidaire du Québec Chantier de l\'économie solidaire operationalisation de la distribution du Québec Dix mille Villages Chaire de responsabilité sociale et de développement durable, UQAM Chantiers «Commerce équitable» et «responsabilité sociétale des acteurs économiques», Pôle socioéconomique de l Alliance 21 centre canadien etudes et cooperation RIPESS (Réseau intercontinental de promotion de Commerce juste et solidaire : Les 27 2 I internationale l\'économie sociale et solidaire) Groupe d\'économie producteurs ont la parole, du Sud au Nord, solidaire du Québec Chantier de l\'économie solidaire operationalisation de la distribution du Québec Dix mille Villages Chaire de responsabilité sociale et de développement durable, UQAM Chantiers «Commerce équitable» et «responsabilité sociétale des acteurs économiques», Pôle socioéconomique de l Alliance 21 centre canadien etudes et cooperation RIPESS (Réseau intercontinental de promotion de Commerce juste et solidaire : Les 27 3 I internationale l\'économie sociale et solidaire) Groupe d\'économie producteurs ont la parole, du Sud au Nord, solidaire du Québec Chantier de l\'économie solidaire operationalisation de la distribution du Québec Dix mille Villages Chaire de responsabilité sociale et de développement durable, UQAM Chantiers «Commerce équitable» et «responsabilité sociétale des acteurs économiques», Pôle socioéconomique de l Alliance 21 Centre de Commerce International pour African Trade Network (ATN) Conférence 30 2 I le Développement Centre de Commerce International pour Centre de Commerce International pour le Diplomatie et jeux de puissance en Afrique 27 3 I EN;ES;FR le Développement DéveloppementCECIDE Centro de Assessoria Multiprofissional UFRGS - Departamento de Geografia Faculdade de Econômia Centro de Documentación e Información Bolivia Políticas Locais e Regionais de Desenvolvimento e Os movimentos Sociais 27 3 C exposicion de materiales sobre la 30 2 I geopolitica de los recursos naturales Centro de Estatística Religiosa e ITS, IBASE, FASE, CESE Sustentabilidade das Organizações da 28 3 C Investigações Sociais Sociedade Civil CENTRO DE REFERENCIA EM COOPERATIVISMO E ASSOCIATIVISMO Cáritas Arquidiocesana de Campinas e Puc- Campinas. Economia Solidária: um caminho para a inclusão social 28 2 I

5 Centro Ecológico MAELA - Movimento Agroecológico da américa Latina e do Caribe ANA - Articulação Nacional pela Soberanía alimentaria, importancia de los mercados locales de productos ecológicos 29 2 I EN;ES;FR; WO Agroecologia Rede Ecovida de Agroeclogia y las garantías alternativas Centro Paulo Freire estudos e pesquisa Centro Paulo Freire estudos e pesquisas Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal da Paraiba Uma Fênix nordestina, a usina Catende: uma gestão coperativa dos trabalhadores da cana de açucar 29 1 I Chaire de Responsabilité Sociale et de Chaire de Responsabilité Sociale et de Développement Durable Développement Durable de l'université du Québec à Montréal, Chantier de responsabilité sociétale des acteurs sociaux économiques de l'alliance pour un monde solidaire et responsable, Chantiers Développement Durable et International de l'alliance de Recherche Universités-Communautés CIDADE - CENTRO DE ASSESSORIA APRODER (Associação de Produção e E ESTUDOS URBANOS Desenvolvimento da Restinga), Cooperativa UNIVENS (Unidas Venceremos), cooperativas de reciclagem de resíduos sólidos, Rede da Criança e do Adolescente da Restinga e Centro Local de Desenvolvimento de Montreal. Coalicion Rural Coalition Mexico-USA CANTERA VISION DEL PSES COALICION RURAL MEXICO COALITION OF SOCIALLY The Ethical Certification and labelling (ECL) Space RESPONSIBLE SMEs IN ASIA project International Resources for Fairer Trade (IRFT) Collectif Sucre Ethique Collectif Sucre Ethique, Réseau Agriculture Paysannes et Mondialisation, Asociaçao de Entidades para um Açucar Etico Comitê Democrático Palestino - Brasil União da Juventude Socialista Sociedade Árabe Palestina Brasileira - D.F. Comitê de Solidariedade com o Povo Palestino - CSPP Partido Socialismo e liberdade - P-SOL Instituto Che - Guevara de cultura e movimentos populares Comités de Defensa de la Revolución Frente Continental de Organizaciones Comunales (FCOC) y sus organizaciones afiliadas Commerce équitable et responsabilité sociale : modèles alternatifs de commerce international 30 3 I EN;ES;FR Intercâmbio em Economia Social / 30 2 I Montreal - Porto Alegre AUTONOMIA CULTURA Y ECONOMIA SOLIDARIA 28 3 I EN;ES;PT; QU Certifying Ethical Behaviours: Using 28 3 I EN;FR;PT Multistakeholder Mechanisms to Govern Markets Com um mercado açucareiro globaizado, 29 3 I qual tipos de novas politicas empresarias e de relaçoes solidarias norte sul - Face à un marché sucrier globalisé, quels nouveaux types de politiques entreprenariales et de nouvelles solidarités Nord-Sud? A globalização e a natureza de crise social, 28 1 I EN;FR;PT econômica política nos países em desenvolvimento e horizontes futuros Los comunalistas contra la globalización 29 2 I neoliberal 5

6 Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal Confederação Nacional dos Bancários Confederação Nacional dos ISP - Internacional dos Serviços Públicos e outras Trabalhadores em Seguridade Social entidades sindicais da saúde da América Latina da CUT Confederação Nacional dos ISP - Internacional dos Serviços Públicos e outras Trabalhadores em Seguridade Social entidades sindicais da saúde da América Latina da CUT Confederação Nacional dos Esta oficina contará com as entidades: AFL-CIO Trabalhadores no comércio e Serviços (EUA), CONTRACS (Brasil) e sindicatos filiados. da CUT Confederación Europea de Sindicatos CES - CIOSL - CMT - SOLIDAR - Social Alert - Global Progressive Forum Confederación Europea de Sindicatos CES - CIOSL - CMT - SOLIDAR - Social Alert - Global Progressive Forum Confederación Internacional de CIOSL - CES - CMT - SOLIDAR - Social Alert - Organisaciones Sindicales Libres Global Progresive Forum (CIOSL - ICFTU) Confederación Internacional de CIOSL - CES - CMT - SOLIDAR - Social Alert - Organisaciones Sindicales Libres Global Progressive Forum (CIOSL - ICFTU) Confederación Mundial del Trabajo CMT - CIOSL - CES - SOLIDAR - Social Alert - Global Progressive Forum Confederación Mundial del Trabajo CMT - CIOSL - CES - SOLIDAR - SOCIAL ALERT - GLOBAL PROGRESSIVE FORUM O impacto das reformas e do PPP nos Serviços Públicos 29 1 I Serviço Público, servidores e mídia 29 2 I O Papel do Sistema Financeiro num 29 1 I Governo Democrático e Popular Impactos da Globalização e os Tratados de 27 2 I Livre Comércio no Setor Saúde Impactos da Globalização e os Tratados de 30 3 I Livre Comércio no Setor Saúde O Impacto das Multinacionais do comércio 27 1 C no Brasil Dimensión social de la Globalización - Los 28 1 I desafíos sociales de la globalización - Salario, renta básica y protección social Dimensión social de la Globalización - Los desafíos sociales de la globalización - Economía Informal 29 3 I Dimensión social de la Globalización I Economía y Desarrollo sostenible - Contribución de los acuerdos comerciales y procesos de integración regional a una globalización justa Dimensión social de la Globalización: - Los 29 2 I desafíos sociales de la globalización - Migraciones, deslocalizaciones y tercerización (outsourcing) Dimensión social de la globalización - Sesión de apertura 27 1 I EN;ES;FR; PT Dimensión Social de la Globalización I Economía y desarrollo sostenible - Inversiones extranjeras, deuda y ayuda al desarrollo: Cómo lograr un desarrollo con crecimiento y justicia social? 6

7 Confederación Mundial del Trabajo CMT - CIOSL - CES - SOLIDAR - Social Alert - Dimensión Social de la Globalización I Global Progressive Forum Economía y desarrollo sostenible - Responsabilidad social y regulación de los sistemas de producción y servicios Consejo Latinoamericano de Ciencias Presentación del libro Nueva Hegemonía 27 1 I Sociales Mundial y la edición del Socialist Register en español Consejo Latinoamericano de Iglesias Consejo Latinoamericano de Iglesias Federación Lo Ilegítimo y Odioso de la Deuda Externa 30 1 I Luterana Mundial en América Latina y el Caribe Conselho Federal de Economia Conselhos Regionais de Economia. Dois Anos de Governo Lula: onde 28 1 I estávamos, onde estamos, para onde vamos. Conselho Federal de Economia Conselhos Regionais de Economia. Dois Anos de Governo Lula: onde 29 3 I estávamos, onde estamos, para onde vamos. Coop Mutua-Ação - Cooperativa de Forum Brasileiro de Economia Solidaria A DIMENSÃO FEMININA DA ECONOMIA 27 3 I Trabalho na Area de Psicologia SOLIDÁRIA Coop Mutua-Ação - Cooperativa de Forum Brasileiro de Economia Solidaria ORGANIZAÇÃO DA ECONOMIA 30 1 I Trabalho na Area de Psicologia SOLIDÁRIA NUMA PERSPECTIVA SISTÊMICA Cooperativa Central de Crédito Rural Agentes Comunitários de Desenvolvimento 29 1 I com Interação Solidária - Cresol Baser e Crédito - A experiência do Sistema Cresol Cooperativa Central de Crédito Rural Cooperativas de Economia Solidária - A 28 1 C com Interação Solidária - Cresol Baser experiência do Sistema Cresol Coordenação de Movimentos Sociais CUT, MST, UNE, CAMP, Marcha Mundial de Campanha pela Valorização do Trabalho 28 2 I Mulheres e outros movimentos sociais Coordenadora de Centrais Sindicais do Deutscher Gewerkschafts Bund - DGB e Fundação Intercambio de experiencias y conceptos 27 2 I Cone Sul Friedrich Ebert Stiftung - FES. sobre el trabajo sindical hacia la juventud a nivel nacional y regional Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Psicanálise do Capitalismo 27 2 I Cristãos Ctm altromercato Iniciativas politicas y estrategias 27 2 I comerciales para organizaciones de comercio justo Ctm altromercato Ifat (international fair trade asociations) Shasha (India) Otromercado Sur (Argentina) Promover tiendas y redes de comercio justo en paises del Sur del mundo 28 3 I

8 CUT ESTADUAL SÃO PAULO Comissão Nacional de Combate à Discriminação IGUALDADE DE OPORTUNIDADES NO 28 3 I Racial - CUT Nacional MUNDO DO TRABALHO CUT ESTADUAL SÃO PAULO CUT Nacional - Secretaria Nacional do Meio Meio Ambiente e Trabalhadores 27 1 I Ambiente CUT ESTADUAL SÃO PAULO CUT Nacional - Secretaria de Políticas Sociais Prevenção e Erradicação do Trabalho 27 2 I Infantil CUT ESTADUAL SÃO PAULO CUT Nacional - Secretaria de Políticas Sociais Reforma no Ensino Superior 30 2 I Dag Hammarskjöld Foundation Focus on the Global South, ETC Group Confessions of an Economic Hit Man: What Next in economics? 30 2 I EN;FR;JA;P T Danish Confederation of Trade Unions How to create more and better jobs for all 27 3 C in an internationalised global economy working together, and not against, the international institutions Danish Confederation of Trade Unions Ways to fight mass unemployment in a non-neoliberal framework the Danish trade union way 28 3 C Depto. Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos Depto. Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos Desarrollo, Economía, Ecología, Equidad - América Latina / Centro Latino Americano de Ecología Social Desarrollo, Economía, Ecología, Equidad - América Latina / Centro Latino Americano de Ecología Social CESIT - Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho - UNICAMP Seminário sobre o Processo de Distribuição da Renda no Brasil 30 2 I CUT Central Única dos Trabalhadores Força Sindical Seminário/debate Mesa Internacional sobre 29 1 I EN;ES;FR; CGT Confederação Geral dos Trabalhadores CAT a Luta Recente em torno da Jornada de PT Central Autônoma dos Trabalhadores CGTB Central Trabalho Geral dos Trabalhadores do Brasil SDS Social Democracia Sindical Organizações Sindicais de Vários Países Indicador de Riesgo Pais Alternativo C IRPA Integración regional, el impacto de los 29 3 C tratados de libre comercio y la situación del Mercosur DGB Bildungswerk DGB Jugend, CUT Juventude e Sindicalismo 27 3 I DGB Bildungswerk CUT - Commissao de Amazonia Forum Carajás Minas de Bauxita, empresas de Alumino e 28 1 I KoBra - Kooperation Brasilien International Rivers Network hydroelectricas - Quem aproveita dos novos projetos industriaes na Amazonia? DGB Bildungswerk CUT - Commissao de Amazonia Forum Carajás KoBra - Kooperation Brasilien International Rivers Network Minas de Bauxita, empresas de Alumino e hydroelectricas - Quem aproveita dos novos projetos industriaes na Amazonia? 28 2 I

9 DGB Bildungswerk DESER ADS CTA sindicatos e economia solidaria - iniciativas 30 1 I de geracao de emprego e combate a pobreza Eixo Economia Solidária do Convênio Lua Nova- Poa/Brasil Software Livre Mulheres - Mulheres da Economia Solidária e as 28 1 I Franco-Brasileiro entre Coordination SUD e ABONG Poa/Brasil Les Penelopes - Rede RIFES - França Novas Tecnologias da Informação Eixo Economia Solidária do Convênio Lua Nova- Poa/Brasil Software Livre Mulheres - Mulheres da Economia Solidária e as 29 3 I Franco-Brasileiro entre Coordination SUD e ABONG Poa/Brasil Les Penelopes - Rede RIFES - França Novas Tecnologias da Informação Environnement et Développement Réseau International pour la Promotion de Réponses populaires face aux 29 2 I Action l'economie Sociale et Solidaire (RIPESS), Ministère Français des Affaires étrangères privatisations EQUIPO DE FORMACION, Centro de Educación Ambiental,CEA -Porto Alegre, INTERCAMBIO DE EXPERIENCIAS EN 29 1 C INFORMACION Y PUBLICACIONES Brasil Fundación Deixalles - Mallorca,España EFIP - Caracas,Venezuela GESTION DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS FACES DO BRASIL - Fórum de Comercialização no Contexto Inovador do 30 3 I Articulação para o Comércio Ético e Solidário Comércio Ético e Solidário FACES DO BRASIL - Fórum de Regulamentação Pública do Comércio 28 3 C Articulação para o Comércio Ético e Solidário Ético e Solidário no Brasil FACES DO BRASIL - Fórum de A Mesa de Coordenação Latino Americana de Reunião da Mesa de Coordenação Latino 29 2 I Articulação para o Comércio Ético e Solidário Comércio Justo foi estabelecida em Outubro de 2004 Americana de Comércio Justo na ocasião do Primeiro Fórum de Comércio Justo do Peru. Dela participam as seguintes instituições: FACES DO BRASIL GRESP - PERU RELACC - EQUADOR IFATLA - EQUADOR Union Agroalimentaria - COLOMBIA CECI BOLÍVIA Junta del Café - PERU Comércio Justo México Cooperativa de Comércio Justo Chile CLAC - América Latina e Caribe Rede Argentina de Comércio Justo Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional - Fase/MT - Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional; - FORMAD - Fórum Matogrossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento; Impactos socio-ambientais decorrentes da expansão dos complexos agro-indústriais na Amazônia I

10 Federação de Órgãos para Assistência - Fase/MT - Federação de Órgãos para Assistência Impactos socio-ambientais decorrentes da 30 2 I Social e Educacional Social e Educacional; - FORMAD - Fórum Matogrossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento; expansão dos complexos agro-indústriais na Amazônia. FEDERAÇÃO DOS TRABALHADOS DESENVOVLVIMENTO DA 29 3 I NA AGRICULTURA FAMILIAR NA REGIÃO SUL AGRICULTURA FAMILIAR, GARANTINDO A SOBERANIA ALIMENTAR Federação Interestadual de Sindicatos GRUPO DE SOCIOLOGIA E ECONOMIA DO TRABALHO E INCLUSÃO SOCIAL 28 2 C de Engenheiros TRABALHO DA UNICAMP. Federação Nacional dos Metroviários Transporte Metro-Ferroviário como fator de 28 1 C desenvolvimento nas grandes cidades federacion empleados y obreros Trade Unions: ig metall, cnm-cut; social movements, delocalizacion del trabajo y estencion de 29 2 I metalurgicos ngo working on WTO los derechos de los/as trabajadores/as; impacto de la Organizacion Mundial del Comercio; vinculos a las transnacionales y papel sindical internacional y de los movimientos so Fédération Artisans du Monde Nous cherchons des partenaires parmi les Commerce équitable, éthique et solidaire 27 3 I organisations : de groupements de producteurs artisanaux des producteurs paysans et de l'agriculture familiale des organisations de commerce équitable, éthique et solidaire (CEES) des organisations de défense de l'environnement des associations de consommateurs des ONG de développement (CEES) et développement local durable : pour un développement prioritaire des échanges commerciaux EES aux niveaux local, régional, national, au Sud comme au Nord Fédération Artisans du Monde Le CRID (centre de recherche et d'information sur le Pour une agriculture durable et solidaire 27 2 I développement) Nous cherchons en outre à travailler avec : Des mouvements paysans et d'agriculture familiale Des ONG de développement Des associations de consommateurs Des mouvements de défense de l'environnement Fédération Artisans du Monde Nous recherchons à travailler avec des : ONG droits humains, motamments DESC ONG environnement Associations de consommateurs Mouvements de Régulation publique du commerce international, droits des êtres humains et protection de l'environnement : l'omc en 30 3 I commerce équitable Syndicats Mouvements paysans question. ou d'agriculture familiale 10

11 Federation of the Consumer welcome to participate with similar like minded Poison in your Food - Consumer Right to 30 2 I EN;ES;PT Organisations - Tamilnadu & Pondicherry organisations - consumer rights and human rights. Information and Safety Focus on the Global South CEO, Corpwatch, Via Campesina, FOE Latin Strategies to Dismantle the Power of TNCs 29 2 I EN;ES;JA America, ATTAC, Bantay Tubig (Water Vigilance Network), Council of Candians/Blue Planet Project, For Mother Earth, Focus on the Global South, Jubilee South, ESCR working group, IPS, Cornerhouse,FIAN International, Oil Watch, Delhi Science Forum, Alianza Social Continental, REBRIP Focus on the Global South CEO, Corpwatch, Via Campesina, FOE Latin Strategies to Dismantle the Power of TNCs 29 3 I EN;ES;JA America, ATTAC, Bantay Tubig (Water Vigilance Network), Council of Candians/Blue Planet Project, For Mother Earth, Focus on the Global South, Jubilee South, ESCR working group, IPS, Cornerhouse,FIAN International, Oil Watch, Delhi Science Forum, Alianza Social Continental, REBRIP Focus on the Global South - India Possible partners: Barrios de pie/desocupados, Seminar on employment: The right to work 28 2 I Argentina; AIDC, South Africa; Euromarches; HomeNet; textile workers movement (Girni Kamgar Sangharsh Samiti) and the Rojgar Hakka Samittee), Mumbai; Kamani Engg. Workers Cooperative, Mumbai; Kanoria Jute Mills Workers Cooperative, Kolkata; MST Brazil and a livelihood Focus on the Global South - India Seminar on reconstruction: This is not what 27 1 I AR; EN; ES democracy looks like: US FORUM BRASIL DO ORÇAMENTO as 35 entidades do Forum Brasil do Orçamento FBO analisa o Superávit Primário e a 28 3 I Dívida Social Fórum Brasileiro de Economia Solidária Economia Solidária e Estado: 28 2 I ES;FR;PT Radicalização da Democracia (Marco Legal, Gestão e Controle Social) Fórum Brasileiro de Economia Solidária Economia solidária latino-americana e 30 2 I caribenha Fórum Brasileiro de Economia Solidária Economia Solidária: Desenvolvimento 27 3 Auditório Soberano e Sustentável Araújo Viana Fórum Brasileiro de Economia Solidária Economia Solidária: Segurança e Soberania Alimentar - Autonomia dos Povos pela dignidade da Vida 29 1 I FR;PT;WO 11

12 Fórum Brasileiro de Economia Solidária Finanças Solidárias 28 3 I Fórum Brasileiro de Economia Solidária Meio ambiente e economia solidária 30 3 I Fórum Brasileiro de Economia Solidária Movimentos sociais e economia solidária: 27 2 I EN;ES;PT segmentos protagonistas na construção da ES Fórum Brasileiro de Economia Solidária Ordenamento Jurídico da Economia 27 1 I Solidária Fórum Brasileiro de Economia Solidária Redes e Cadeias de Produção, 29 1 I ES;GN;PT Comercialização e Comsumo Fórum Brasileiro de Economia Solidária Redes Internacionais de pesquisa sobre a 29 1 I economia solidária Fórum Brasileiro de Economia Solidária Sistema de comunicação da economia 27 2 I solidária Fórum Brasileiro de Economia Solidária Tecnologia: qualidade do produto, do 29 2 I trabalho e da vida Fórum Brasileiro de Economia Solidária Trocas Solidárias e Moedas Sociais 27 2 I FORUM PAULISTA DE ECONOMIA FRENTE PARLAMENTAR PAULISTA PRÓ- A IMPORTÂNCIA DA ARTICULAÇÃO 30 1 I SOLIDÁRIA ECONOMIA SOLIDÁRIA ANTEAG CÁRITAS REGIONAL SÃO PAULO COOPERINCA ESTADUAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA SOLIDÁRIA Friedrich Ebert Stiftung Observatório Social, FNV Mondial, DGB Atuação sindical frente à responsabilidade 29 1 I Bildungswerk, IG Metall, IG BCE, CUT-CNM, CUT- CNQ, FES social das empresas multinacionais Friedrich Ebert Stiftung ICFTU/ORIT, CCSCS Global and Regional Challenges for Trade 28 3 I Unions in Latin America Friedrich Ebert Stiftung Limits to Privatization 29 3 I Fuerza Bolivariana de Trabajadores Avances de Venezuela en materia social 29 2 I Fundação João Mangabeira Juventude Socialista Brasileira, Mulheres Socialistas, Perspectivas da Esquerda Socialista no 27 3 I Sindicalismo Socialista Brasileiro, Movimento Negro Brasil. Socialista e Movimento Popular Socialista. Fundação João Mangabeira Juventude Socialista Brasileira, Mulheres Socialistas, Perspectivas Políticas e Econômicas da 27 2 I Sindicalismo Socialista Brasileiro, Movimento Negro América do Sul. Socialista e Movimento Popular Socialista. Fundação Solidariedade de Formação e Capacitação de Trabalhadores CRB, ANPB, DIACONIAS, VICARIATOS, PASTORAL DA JUVENTUDE, PASTORAL DA CRIANÇA, PASTORAL OPERÁRIA. MUNDO DO TRABALHO E DESAFIO PASTORAL 29 2 I

13 Fundação Solidariedade de Formação e Capacitação de Trabalhadores Fundação Solidariedade de Formação e Capacitação de Trabalhadores Fundação Solidariedade de Formação e Capacitação de Trabalhadores Fundación Ahora, A.C. Fundacion de Estudios, Accion y Participacion Social CRB, ANPB, COOTRAERGS, PASTORAL DA O MUNDO DO TRABALHO E O DESAFIO 28 1 I CRIANÇA DE VIAMÂO E GRAVATAÍ, DIACONIA DE PASTORAL ALVORADA, GRIFFE MORRO DA CRUZ, PASTORAL DA JUVENTUDE DE CANOAS, PAROBÉ, PASTORAL DA JUVENTUDE RURAL DE SANTO ANTONIO DA PATRULHA. CRB, ANPB, COOTRAERGS, PASTORAL DA O MUNDO DO TRABALHO E O DESAFIO 28 2 I CRIANÇA DE VIAMÂO E GRAVATAÍ, DIACONIA DE PASTORAL ALVORADA, GRIFFE MORRO DA CRUZ, PASTORAL DA JUVENTUDE DE CANOAS, PAROBÉ, PASTORAL DA JUVENTUDE RURAL DE SANTO ANTONIO DA PATRULHA. CRB, ANPB, COOTRAERGS, PASTORAL DA O MUNDO DO TRABALHO E O DESAFIO 28 3 I CRIANÇA DE VIAMÂO E GRAVATAÍ, DIACONIA DE PASTORAL ALVORADA, GRIFFE MORRO DA CRUZ, PASTORAL DA JUVENTUDE DE CANOAS, PAROBÉ, PASTORAL DA JUVENTUDE RURAL DE SANTO ANTONIO DA PATRULHA. PDP/Vida Digna-Tianguis Tlaloc EcoSol México Creación de una Moneda Social Mundial 27 3 I RBSES PACS LGBT South/South Dialogue VIH-SIDA y Libre Comercio 30 2 I Global Policy Network Partners in Global Policy Network Introduction of Book on Informal Work 30 2 I EN;ES;FR Global Progressive Forum Global Progressive Forum - CIOSL - CES - SOLIDAR Dimensión social de la Globalización I Social Alert - CMT Gobernanza, democracia y participación - La sociedad del conocimiento y el acceso a la información - Sesión de clausura: Dimensión Social de la Globalización Grupo Red de Economía Solidaria del Perú Red Intercontinental de promoción de la Economía Social Solidaria (RIPESS)... Grupo Red de Economía Solidaria del Red Intercontinental de promoción de la Economía Perú Social Solidaria (RIPESS)... Grupo Red de Economía Solidaria del Esta tarea viene siendo coordinada entre el Taller Perú Mujeres y Economía del PSES, la Red Intercontinental de Promoción de una Economía Solidaria (RIPESS) y la Marcha Mundial de Mujeres. La economía solidaria, una propuesta de economía al servicio de las personas 28 2 I La economía solidaria, una propuesta de 28 3 I economía al servicio de las personas Noción de riqueza y equidad de género en 28 2 C la economía 13

14 Grupo Red de Economía Solidaria del Actividad co-organizada entre el Taller Mujeres y Perú Economía del PSES, la Red Intercontinental de Promoción de una Economía Solidaria (RIPESS)y la Marcha Mundial de Mujeres. Guayí Associação de Empreendimentos Solidários EMREDE do RS Memsenbroethers Lés Penelopés Instituto de Pesquisa E. Permacultura Lua Nova Escola 8 de Março Quilombolas Rede Ecológica Guayí Associação de Empreendimentos Solidários EMREDE do RS Memsenbroethers Lés Penelopés Instituto de Pesquisa E. Permacultura Lua Nova Escola 8 de Março Quilombolas Rede Ecológica Human Development Organization This Event will take with the partnership of CCFD, NCDHR & Minority groups Human Development Organization This Event will take with the partnership of CCFD, NCDHR & Minority groups Human Development Organization This Event will take with the partnership of CCFD, NCDHR & Minority groups Noción de riqueza y equidad de género en la economía 29 1 I Redes de economia solidária, autogestão 28 2 I dos trabalhadores e a nova economia Redes de economia solidária, autogestão dos trabalhadores e a nova economia 28 3 I Global Minority Groups and MDGs 29 1 I Global Minority Groups and MDGs 29 2 I Global Minority Groups and MDGs 29 3 I IG Metall IG Metall, WEED, Aprodev-EED Globalización mediante inversiones en el 27 1 I extranjero: qué significado tienen para los países emisores y para los receptores IG Metall IG Metall Globalización y formación (sindical) 28 3 I IG Metall IG Metall Wolfsburg Redes sindicales internacionales de base: 27 2 I una propuesta para humanizar la economía mundial Incubadora Tecnológica de Metodologia de incubagem de 30 2 A Cooperativas Populares da Universidade Federal do Paraná empreendimentos de economia solidária Instituto Banco Palmas de Ashoka, SEBRAE, Secretaria Nacional de Economia Mapa da Produçào e do Consumo Local: 29 2 I Desenvolvimento e Socioeconomia Solidária Solidária uma ferramenta para implantação de redes interagas entre produtores e consumidores consicentes Instituto Banco Palmas de Desenvolvimento e Socioeconomia Solidária Banco Palmas, Prefeitura Municipal de Paracuru, ASHOKA, Ministério do Desenvolvimento e Fome Zero, comerciantes e Produtores Locais Moeda social Circulante Local: Uma estratégia de Segurança Alimentar- a experiência do Banco PAR no municipio de PAracurú-CE 28 1 C

15 Instituto Casa Bertolt Brecht Fundación Rosa Luxemburgo, Comisión Nacional en Taller / Workshop: Las Canillas Abiertas de 29 1 I Defensa del Agua y de la Vida (CNDAV) - Uruguay América Latina II - La lucha transcontinental - experiencias y estrategias comunes Instituto de Politicas Alternativas para o Rede Brasileira de Socioeconomia Solidária Rede A Rede Brasileira de Socioeconomia 27 1 I Cone Sul ceareanse de Socioeconomia Solidária Forum de Cooperativismo Popular do RJ Forum Capixaba de ES Solidária em 2005 Instituto de Politicas Alternativas para o Forum Brasileiro de Economia Solidaria Controle Social dos recursos vs liberadede 28 1 I EN;ES;FR; Cone Sul economica PT Instituto de Politicas Alternativas para o Grupos de Trocas do Bbrasil Pacs.Instituto de Grupos de Trocas do Brasil fortalecendo a 27 3 I Cone Sul Politicas Alternativas para o Cone Sul/RJ Amencar.Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente/RS Instituto Palmas/CE Cefuria/RS CEFURIA/PR Grupo de Trocas Guajuviras/RS Grupo de Trocas Escambo/MG GEP.Grupo de Economia Popular/BA Mutirão Quilombo de Teresópolis/RJ Grupo de Economia Popular/BA IMS.Instituto Marista de Solidariedade - UBEE/MG Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP/SP GAMA.Grupo de Apoio ao Meio Ambiente/GO economia solidária Instituto de Politicas Alternativas para o Forum Brasileiro de Economia Solidaria Cooperação Sustenabilidade de empreendimentos 28 2 I Cone Sul de Apoio a Projetos de Inspiração Alternativa -CAPINA Ibase Nappes associativos - viabilidade econômica e gestão democrática Instituto Kairós - Ética e Atuação Convênio SUD - ABONG (convênio franco brasileiro Educação para o consumo responsável, 27 1 C Responsável entre a Coordinatión SUD e a ABONG),Federation Artisans du Monde e Rede Ecológica. Comércio Justo e Economia Solidária: caminhos e estratégias comuns Instituto Popular Porto Alegre Geração de Renda: saberes femininos, 27 3 J valores do saber e a auto-gestão; experiência coletiva de trabalho International Federation of Organic Felipe Iniguez, RASA Mexico Anne Pieppenstock, LOBBYING IN ORGANIC AGRICULTURE 30 3 I Agriculture Movements AGRECOL Andes Edgardo Caceres ANPE Peru Edwin Noriega, AOPEB, Bolivia IN LATIN AMERICA. International Federation of Organic Agriculture Movements Fernando Pia, CIESA, Argentina Fernando Alvarado, RAE, Peru Silvia Wu, EcoLogica Peru Maria Calzada, Cocina de la Tierra, Argentina Carlos Escobar, GALCI, Colombia LOCAL MARKETS AND COMMUNITIES IN ORGANIC AGRICULTURE 30 1 I

16 International Federation of Organic Manuel Amador, Cedeco, Costa Rica Luiz Carlos PARTICIPATORY GUARANTEE 27 1 I Agriculture Movements Rebelatto, Rede Eco Vida, Brazil Alberto Pipo Lernoud, IFOAM, Argentina SYSTEMS AND SMALL FARMERS International Labour Foundation for CUT CCOO COSATU A sustentabilidade e os trabalhadores 30 3 I Sustainable Development International Metalworkers Federation Marcha pelo emprego 29 3 Concentração 937 na av. Praia de Belas às 17 horas International networks of social finance RIPESS (Réseau intercontinental de promotion de Finance sociale et solidaire. Mettre en 28 1 I and solidarity based economy (INAISE,RIPESS,PSES) l\'économie sociale solidaire), PSES (pôle socio éconmie solidaire) réseau les organisations de la finance solidaire pour renforcer le secteur de la finance sociale International South Group Network Africa Women Economic Policy Network (AWEPON) Economic Literacy Training for Grassroots Women 29 3 C EN;FR;PT; QU JUVENTUDE SOCIALISTA - Fundação João Mangabeira; - Mulheres Socialistas; A participação da juventude na política I BRASILEIRA - Sindicalismo Socialista Brasileiro; - Movimento Negro Socialista; - Movimento Popular Socialista. JUVENTUDE SOCIALISTA - Fundação João Mangabeira; - Mulheres Socialistas; Políticas públicas de e para a juventude C BRASILEIRA - Sindicalismo Socialista Brasileiro; - Movimento Popular Socialista; - Movimento Negro Socialista. Korean Government Employees\' Union The Movement of Government Employees' 29 3 I Against Neoliberalism Korean Government Employees\' Union The Movement of government Employees' in South Korea 27 3 I Labor and Worklife Program/Harvard Entidades sindicais Organizações em defesa dos Law School direitos dos trabalhadores Instituições universitárias Land Research Center Habitat International Coalition - Housing and Land Rights Network -HIC- MENA- HLRN Land Research Center Habitat International Coalition - Housing and Land Rights Network -HIC- MENA- HLRN Exame Global do Trabalho - Global Labor Survey 28 2 I House Horticulture - A means to claim and 27 1 I implement the right to land and produce and deliver needed food and water at the time of military closure, and economic punishment House Horticulture - A means to claim and 30 3 I implement the right to land and produce and deliver needed food and water at the time of military closure, and economic punishment 16

17 Liberdade Brasil , ATTAC Brasil, ATTAC France, ATTAC Campanhas internacionais contra a 30 1 I Italia, ATTAC Japão, CADTM, Grito dos Excluídos, Jubileu Sul, Liberdade Brasil, Fundação Rosa Luxemburgo, NIGD, Sina, Tobin Tax Initiative, Unafisco, WEED ditadura financeira Liberdade Brasil , ATTAC Brasil, ATTAC France, ATTAC Campanhas internacionais contra da 30 2 I Italia, ATTAC Japão, CADTM, Grito dos Excluídos, Jubileu Sul, Liberdade Brasil, Fundação Rosa Luxemburgo, NIGD, Sina, Tobin Tax Initiative, Unafisco, WEED ditadura financeira (2) Liberdade Brasil , ATTAC Brasil, ATTAC France, ATTAC Italia, ATTAC Japão, CADTM, Grito dos Excluídos, Ou as Sociedades, ou os Mercados 27 2 I EN;ES;FR; PT Jubileu Sul, Liberdade Brasil, Fundação Rosa Luxemburgo, NIGD, Sina, Tobin Tax Initiative, Unafisco, WEED Liberdade Brasil , ATTAC Brasil, ATTAC France, ATTAC Italia, ATTAC Japão, CADTM, Grito dos Excluídos, Por uma nova ordem financeira internacional 27 3 I EN;ES;FR; PT Jubileu Sul, Fundação Rosa Luxemburgo, NIGD, Sina, Tobin Tax Initiative, Unafisco, WEED Mahatma Gandhi Rural Development Women's Economic Empowerment & Neo 29 2 I EN;FR;PT and Social Changes Trust Liberal Capitalism Mairie de Montreuil Ville de Montreuil - gouvernement malien - coopération sud-sud et autosuffisance 30 1 I FR;PT;WO gouvernement vietnamien - FAO - associations de migrants - Agence de Développement Durable de Yéliamné (ADDY) alimentaire en Afrique marxismo vivo A ALCA e as reformas neoliberais do 28 2 I governo Lula Migrantes y Refugiados en Argentina FERIAS: Experiencia de microcredito con 28 1 I migrantes y refugiados. Migrantes y Refugiados en Argentina FERIAS: Experiencia de microcredito con 28 2 I migrantes y refugiados. Movimiento de la Juventud Agraria IPC, International Planning Comitee on food soberania alimentaria desde una 28 3 C Rural Catolica sovereingnty plattform of NGOs working on food sovereingty and fao see perspectiva de jovenes Movimiento Nacional de Empresas Guillermo Robledo Eduardo Murua Sonia Tobal Espacio de Reflexión sobre la crisis 29 2 I Recuperadas Francisco " Barba" Gutierrez Horacio Tarcus Eduardo monetaria mundial Paladin Sebastian Maissa 17

18 North American Alliance for Fair Employment Observatorio Social Europa Organización Regional Interamericana de Trabajadores Organización Regional Interamericana de Trabajadores Oxfam International Partido Socialista de Izquierda de Noruega Peoples Health Movement Peoples Health Movement Peter Hesse Foundation SOLIDARITY IN PARTNERSHIP for ONE world PEUPLES SOLIDAIRES Pôle de Socioeconomie Solidaire Pôle de Socioeconomie Solidaire To be updated Immigration and the Labor Movement 29 3 I EN;ES;FR; PT Instituto Observatorio Social (Brasil), FNV Mondial (Paises Bajos), DGB Bildungswerk (Alemanha), IG Metall (Alemanha), IG BCE (Alemanha), CUT-CNM (Brasil), CUT-CNQ (Brasil) Central Única dos Trabalhadores - CUT Brasil Central Única dos Trabalhadores - CUT Brasil Oxfam International, ActionAid, Stop Eu-Acp Campaign (Intl), CUT, Alianza Social Continental (Brasil), Rete Lilliput (Italy), CRBM (Italy), Mani Tese (Italy), Crocevia (Italy), Gruppo di Appoggio al Movimento Contadino Africano (Italy), African trade Network (Africa), Traidcraft (UK) - Cecide (Africa), Roba dell'altro Mondo (Italy), Zambia Trade Network Responsabilidad social das empresas: iniciativas sindicais nas empresas Bayer, Bosch, ThyssenKrupp, Philips, Unilever e AkzoNobel no Brasil 29 2 I Libre comercio, integración y derechos 30 2 I laborales: una relación de exclusión - parte 1 Libre comercio, integración y derechos laborales: una relación de exclusión - parte I Economic partnership agreements and 29 2 I their implications Socialist Left Party of Norway PPC; Public - Private - Cooperation? 30 2 I The PHM is itself a very large network and represents Globalisation and Health Care: Challenges 27 2 I EN;ES;FR over a 1000 organisations from across the globe Ahead Health For All Now! : Revisting the promise of Alma Ata 28 3 I Club of Budapest, German section Club of Rome, Global Marshallplan for an eco-social 28 1 I Oecosocial Forum, Europe world-market-system CRID (France), CGT (France), FIDH, Peuples Délocalisations : comment construire des 28 1 I Solidaires (France), UNITE (US), FAT (Mexique), convergences d'interêts entre travailleurs CAT (Mexique) et une ong de Hong Kong. des pays de départ et d'accueil? Chantier Monnaie Sociale du Pôle de SocioEconomie Economie solidaire et gestion associée: 29 1 I Solidaire (PSES) de l'alliance 21 (International) Collectif du projet SOL (France) Coopérative MAG2 travailler en réseaux transversaux pour peser sur les décisions publiques. (Italie) Retecosol (Italie) Documenta (Espagne) Fundacion El prosumidor (Argentine) Chantier Monnaie Sociale du Pôle de Socio- La monnaie sociale pour un 28 1 I EN;ES;FR Economie Solidaire (PSES) de l'alliance 21. développement local soutenable 18

19 Polo de Socio-Economía Solidaria Taller Comercio Justo (PSES), Grupo Red de Comercio Justo : relaciones Norte Sur a 29 3 I Economía Solidaria del Perú (GRESP), Forum de Articulação do Comercio Etico e Solidario do Brasil (FACES do Brasil), Cooperation for Fair Trade In Africa (COFTA), International Fair Trade Association (IFAT) poner al día Polo de Socio-Economía Solidaria Fair Trade Workshops, Municipalities of Brasil Economia Solidaria, Comercio Justo y 28 1 I Autoridades Locales Polo de Socio-Economía Solidaria Chantier Responsabilité Sociétale des Acteurs Responsabilité sociale et commerce 27 3 I Économiques (RSAE) du PSES éthique et solidaire : des pratiques complémentaires Project for Public Spaces Project for Public Spaces The Public Market Collaborative Heifer International Mercados Públicos como Vehículos para la Integración Social y el Desarrollo Económico 29 2 C Public Service International / Internacional de Serviços Públicos Quinton Brasil Red de Educación Popular Entre Mujeres de América Latina y el Caribe Red de Educación Popular Entre Mujeres de América Latina y el Caribe Red LatinoAmericana de Socioeconomia Solidaria Red LatinoAmericana de Socioeconomia Solidaria CONFETAM, CNTSS, FNU, CNTS, FENAPSI, FP- CGIL, outras organizações sindicais Campanha por Serviços Públicos de Qualidade 30 3 I Talassoterapia (Terapia Marinha): o 27 2 I Oceano como fonte de saúde ICAE (International Council for Adult Education) Participación Económica de las Mujeres: 30 1 I Iniciativa Cartagena DAWN (Development Instrumentos para influir en políticas Alternatives with Women for a New Era) Red de Género y Comercio ICAE (International Council for Adult Education) Participación Económica de las Mujeres: 30 2 I Iniciativa Cartagena DAWN (Development Instrumentos para influir en políticas Alternatives with Women for a New Era) Red de Género y Comercio Red Latino Americana de Socioeconomia Solidaria Moneda Social como radicalizacion de la 29 2 I Laboratorio para la Innovacion Social Nodo Obelisco, democracia Red del Trueque Solidario La Estacion, AC Nucleo Colibri Buenos Aires Fundacion El Prosumidor AMENCAR Coletivo Planta Sonhos Laboratorio para la Innovacion Social, Argentina. MONEDA SOCIAL, TERRITORIO Y 30 1 I Fundacion para el Desarrollo Estratégico y la Equidad NUEVAS POLITICAS PUBLICAS Social, Argentina. BePe, Bienaventurados los Pobres, Argentina. La Estacion AC, Argentina. AMENCAR, Brasil. Planta Sonhos, Brasil. Instituto de Ecologia POlitica, Chile 19

20 Red LatinoAmericana de Red Latino Americana de Socioeconomia Solidaria PROYECTO COLIBRI: MASA CRITICA Y 30 1 I EN;ES;PT Socioeconomia Solidaria Laboratorio para la Innovacion Social Nodo Obelisco de la Red del Trueque Solidario La Estacion, AC Fundacion El Prosumidor SUSTENTABILIDAD Red Latinoamericana Mujeres Marcha Mundial de las Mujeres, CLOC-Vía Cambiar la economia, cambiar la sociedad: 29 2 I Transformando la Economia -REMTE- Campesina, Diálogo Sur-Sur LGBT propuestas desde el feminismo REDE BRASIL SOBRE INSTITUIÇÕES REDE BRASIL ALOP UMA AGENDA PARA MUDAR AS 30 1 I FINANCEIRAS MULTILAERAIS RELAÇÕES ENTRE GOVERNOS E IFIs REDE BRASIL SOBRE INSTITUIÇÕES REDE BRASIL ALOP UMA AGENDA PARA MUDAR AS 30 2 I FINANCEIRAS MULTILAERAIS RELAÇÕES ENTRE GOVERNOS E IFIs REDE BRASIL SOBRE INSTITUIÇÕES REDE BRASIL ALOP UMA AGENDA PARA MUDAR AS 30 3 I FINANCEIRAS MULTILAERAIS RELAÇÕES ENTRE GOVERNOS E IFIs Réseau Intercontinental de Promotion de l\'economie Sociale et Solidaire Réseau Intercontinental de Promotion de l\'economie Sociale et Solidaire Réseau Intercontinental de Promotion de l\'economie Sociale et Solidaire Réseau Intercontinental de Promotion de l\'economie Sociale et Solidaire ROBA dell'altro Mondo ROBA dell'altro Mondo Réseau Intercontinental de l'economie Sociale et Solidaire (RIPESS) avec le Réseau Canadien de Développement Economique Communautaire (RCDEC) Économie sociale et solidaire et développement local 28 3 C EN;ES;FR; PT RIPESS et Groupe péruvien d'économie solidaire économie sociale et solidaire et politiques 28 1 I (GRESp) publiques RIPESS et Groupe d'economie Solidaire du Québec Rencontre de la Commission Internationale 27 2 C (GESQ) en collaboration avec l'association de Liaison Internationale des investisseurs dans l'economie Sociale(INAIS) et le Pôle de socioeconomie solidaire. Réseau Intercontinental de Promotion de l'economie semimaire de synthèse sur l'économie 30 3 I EN;ES;FR Sociale et Solidaire avec ses membres : GESQ, sociale et solidaire GRESP, GESS, INAIS, ENDA, DEC Network, CLCR Roba dell'altro Mondo (Italy), Gruppo d'appoggio al Cotton: problem for Wto, challenge on 28 1 I Movimento Contadino Africano (Italy), Tradewatch sustainability for solidary economy (Italy) ROBA dell'altro Mondo (Italy), IFAT, Artisans du Fair Trade and development models: the 28 2 I monde (France), Ideas (Spain), Rete Lilliput (Italy), role of FT in building alternative economics Associazione Botteghe del Mondo (Italy), Tradewatch assuming the decrease as a paradigm (Italy) 20

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Detalhamento sobre as estratégias de captação de recursos Estratégias Detalhamento Recurso estimado

Leia mais

WSF activities on Housing and Land Rights and Right to the City. Day Time Place Activity Organization

WSF activities on Housing and Land Rights and Right to the City. Day Time Place Activity Organization Day Time Place Activity Organization Wednesday 28/01/09 Thursday 29/01/09 Permanent 14:00-15:30 14:30-15:00-18:00 Ob, Sala O1 Afternoon Pavilhão Db, sala D4 8:30-13:00 13:00-15:00 15:00-17: 00- Housing

Leia mais

Basta! Nunca Mais! Chamado Mundial pela Exigência de um Novo Sistema Econômico

Basta! Nunca Mais! Chamado Mundial pela Exigência de um Novo Sistema Econômico A TODOS OS MOVIMENTOS POPULARES, ORGANIZAÇÕES, COALIZÕES E REDES DO MUNDO INTEIRO PARA A ORGANIZAÇÃO DE MOBILIZAÇÕES E AÇÕES CIDADÃS NO DIA 15 DE NOVEMBRO Basta! Nunca Mais! Chamado Mundial pela Exigência

Leia mais

BID.50: CINQUENTA ANOS FINANCIANDO A DESIGUALDADE JÁ BASTA!

BID.50: CINQUENTA ANOS FINANCIANDO A DESIGUALDADE JÁ BASTA! BID.50: CINQUENTA ANOS FINANCIANDO A DESIGUALDADE JÁ BASTA! Os cinqüenta anos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) põem em evidência o fracasso da instituição em cumprir os seus objetivos,

Leia mais

Série de gráficos sobre os participantes do Encontro Internacional sobre o Direito à Cidade. 1. Divisão por Estrangeiros / Brasileiros

Série de gráficos sobre os participantes do Encontro Internacional sobre o Direito à Cidade. 1. Divisão por Estrangeiros / Brasileiros Série de gráficos sobre os participantes do Encontro Internacional sobre o Direito à Cidade 1. Divisão por Estrangeiros / Brasileiros Estrangeiros 38 % Brasileiros 62 % Brasileiros Estrangeiros Estrangeiros

Leia mais

O Papel dos Bancos Públicos na Promoção do Desenvolvimento Sustentável

O Papel dos Bancos Públicos na Promoção do Desenvolvimento Sustentável O Papel dos Bancos Públicos na Promoção do Desenvolvimento Sustentável 10 de maio 2006 Rio de Janeiro www.unepfi.org O que é uma externalidade? Ar limpo Photos Externalidades Rio limpo Algumas externalidades

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org I Forum Social Mundial Da Saude IV Fórum Internacional em Defesa da Saúde dos Povos Saúde para todas

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CURSO DE BACHARELADO EM AGROECOLOGIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CURSO DE BACHARELADO EM AGROECOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CURSO DE BACHARELADO EM AGROECOLOGIA TRADUÇÃO DO TEXTO DA CAMPANHA DOS OBJETIVOS DO MILÊNIO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ANTONIO MANOEL DA SILVA FILHO Orientador:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS APRESENTAÇÃO DA SÉRIE INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS Nesta série estão os documentos concernentes às diretrizes de órgãos internacionais para a política no campo. É composta por sete subséries: Banco Interamericano

Leia mais

Serie de gráficos sobre los participantes del Encuentro Internacional sobre el Derecho a Ciudad. 1. División por Brasileros / Extranjeros

Serie de gráficos sobre los participantes del Encuentro Internacional sobre el Derecho a Ciudad. 1. División por Brasileros / Extranjeros Serie de gráficos sobre los participantes del Encuentro Internacional sobre el Derecho a Ciudad 1. División por Brasileros / Extranjeros Extranjeros 38 % Brasileros 62 % Brasileros Extranjeros Estranjeros

Leia mais

XXVI REUNIÃO DE ALTAS AUTORIDADES EM DIREITOS HUMANOS (RAADH)

XXVI REUNIÃO DE ALTAS AUTORIDADES EM DIREITOS HUMANOS (RAADH) MERCOSUL/RAADH/ATA N 01/15 XXVI REUNIÃO DE ALTAS AUTORIDADES EM DIREITOS HUMANOS (RAADH) Realizou-se na cidade de Brasília, República Federativa do Brasil, no dia 6 de julho de 2015, sob a Presidência

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE ENCONTROS E CONFERÊNCIAS

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE ENCONTROS E CONFERÊNCIAS APRESENTAÇÃO DA SÉRIE ENCONTROS E CONFERÊNCIAS Esta série apresenta encontros, conferências e reuniões entre países da América Hispânica. Atualmente compõe-se de três dossiês: Cumbre de los Pueblos de

Leia mais

Interconexão de Redes Acadêmicas entre Europa e América Latina Resumo de Situação

Interconexão de Redes Acadêmicas entre Europa e América Latina Resumo de Situação Interconexão de Redes Acadêmicas entre Europa e América Latina Resumo de Situação Nelson Simões Maio de 2004 Resumo de situação da participação da RNP no início do Projeto ALICE America Latina Interconectada

Leia mais

Plano de lutas PLENO EMPREGO

Plano de lutas PLENO EMPREGO Plano de lutas PLENO EMPREGO a) Impulsionar, junto com as outras centrais sindicais, a campanha nacional pela redução constitucional da jornada de trabalho sem redução de salários; b) Exigir a restrição

Leia mais

Catalogue des nouvelles acquisitions

Catalogue des nouvelles acquisitions Bulletin Bibliographique Edition Nº 03 Bissau, 18/06/2013 CID Centre d Information et Documentation Nations Unies, Guine-Bissau www.gw.one.un.org www.cidnubissau.net Catalogue des nouvelles acquisitions

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.811, DE 21 DE JUNHO DE 2006. Dispõe sobre a composição, estruturação, competência e funcionamento do Conselho Nacional

Leia mais

Mulher e Participação Política. Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008

Mulher e Participação Política. Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008 Mulher e Participação Política Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008 Eva Alterman Blay Departamento de Sociologia NEMGE Universidade de São Paulo A presença de mulheres em postos

Leia mais

OFICINA SAÚDE, SUSTENTABILIDADE E BEM VIVER

OFICINA SAÚDE, SUSTENTABILIDADE E BEM VIVER OFICINA SAÚDE, SUSTENTABILIDADE E BEM VIVER Universidade Popular dos Movimentos Sociais 14 e 15 de Junho de 2012 Aldeia Velha,Casimiro de Abreu, Fazenda do Bom Retiro Rio de Janeiro, Cúpula dos Povos,

Leia mais

Turno Sala Título da atividade Organização proponente Parceiras Palestrantes Tradução. Palestinian and Golan Heights Coordination for the WSF PNGO

Turno Sala Título da atividade Organização proponente Parceiras Palestrantes Tradução. Palestinian and Golan Heights Coordination for the WSF PNGO Programação do dia 28/01/2005 parte 2 Espaços G a K 28/Jan/2005 Program Part 2 - Terrains G to k Programme du jour 28/01/2005 partie 2 - Espaces G à K Programa del día 28/01/2005 parte 2 - Espacios G a

Leia mais

Futebol para Desenvolvimento - FpD

Futebol para Desenvolvimento - FpD Projeto Futebol para Desenvolvimento - FpD O que é? Não há definição única, acadêmica, certa nem no Aurélio, na Wikipedia ou no Google! Há inúmeras experiências ao redor do mundo algumas muito pequenas

Leia mais

25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres. Carta de Brasília

25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres. Carta de Brasília Anexo VI 25 de novembro - Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres Carta de Brasília Na véspera do Dia Internacional de Combate à Violência Contra as Mulheres nós, trabalhadoras dos

Leia mais

EICOS-UFRJ RIO de JANEIRO

EICOS-UFRJ RIO de JANEIRO UNIVERSITÁRIOS SEM FRONTEIRAS Se "o conhecimento deve ser acessível ao conjunto da humanidade e o ensino superior é um bem público, a nível nacional e internacional", a UNIVERSIDADE sem FRONTEIRAS somente

Leia mais

DATA 22 / 06 / 2006 PÁGINA : 02

DATA 22 / 06 / 2006 PÁGINA : 02 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.811, DE 21 DE JUNHO DE 2006. Dispõe sobre a composição, estruturação, competência e funcionamento do Conselho Nacional

Leia mais

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro Cumbre Judicial Iberoamericana Documento de presentación de proyectos Información del proyecto Nombre del Proyecto: País: Curso à Distância de Direito Ambiental para Juízes Ibero-americanos: Discutindo

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org De 27 de janeiro a 1º fevereiro de 2009 Belém Pará Brasil Pan-Amazônia O que é o Fórum Social Mundial?

Leia mais

Women for Science since Budapest 1999: a view from Brazil. Alice Abreu Director of ICSU-LAC

Women for Science since Budapest 1999: a view from Brazil. Alice Abreu Director of ICSU-LAC Women for Science since Budapest 1999: a view from Brazil Alice Abreu Director of ICSU-LAC Primer Foro Regional sobre Políticas de Ciencia, Tecnología e Innovación en América Latina y el Caribe: Primer

Leia mais

Diálogo para o fomento da Democracia Social

Diálogo para o fomento da Democracia Social A FRIEDRICH-EBERT-STIFTUNG NAS REGIÕES AMÉRICA LATINA E CARIBE Diálogo para o fomento da Democracia Social IDÉIA E MISSÃO No séc. XXI, política de desenvolvimento será sinônimo de política da paz. A Divisão

Leia mais

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza FOME ZERO O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza Seminário Internacional sobre Seguro de Emergência e Seguro Agrícola Porto Alegre, RS -- Brasil 29 de junho a 2 de julho de 2005 Alguns

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS

CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS laboratório associado Encontro de Ciência em Portugal 12 e 13 de Abril de 2007 Fundação Calouste Gulbenkian Lisboa LINHAS ESTRATÉGICAS Boaventura de Sousa Santos Comunidade ces

Leia mais

Movimentos Sociais como alternativas à renovação democrática na América Latina

Movimentos Sociais como alternativas à renovação democrática na América Latina Movimentos Sociais como alternativas à renovação democrática na América Latina por Renata S. Schevisbiski O Medo Certa manhã, ganhamos de presente um coelhinho das Índias. Chegou em casa numa gaiola. Ao

Leia mais

Declaração das ONGs: Ciência e Tecnologia com Inclusão Social

Declaração das ONGs: Ciência e Tecnologia com Inclusão Social III Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Declaração das ONGs: Ciência e Tecnologia com Inclusão Social Muito fizemos entre uma conferência e outra... 2 Não, não tenho caminho novo. O

Leia mais

Negócios Internacionais

Negócios Internacionais Negócios Internacionais Capítulo 3.3 Integração da Economia Regional e Acordos Cooperativos International Business 10e Daniels/Radebaugh/Sullivan 2004 Prentice Hall, Inc Objectivos do Capítulo Definir

Leia mais

Currículo de Pedro Jucá Maciel

Currículo de Pedro Jucá Maciel Currículo de Pedro Jucá Maciel Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco (2002), Mestrado (2005) e Doutorado (2009) em Economia pela Universidade de Brasília e Pós-

Leia mais

15/10/2012. Oficina de Mobilização de Recursos. Apresentação. Estrutura de um Projeto. Programação. Conteúdos

15/10/2012. Oficina de Mobilização de Recursos. Apresentação. Estrutura de um Projeto. Programação. Conteúdos Apresentação Oficina de Mobilização de Recursos 1. Nome 2. Instituição 3. Você conhece os ODM? 4. Já trabalhou com projetos? 5. Expectativas com a Oficina? odm@fiepr.org.br Programação Estrutura de um

Leia mais

Taller sobre remesas, educación financiera y microemprendimiento en Goíanía, Brasil, 26 y 27 de Noviembre 2014.

Taller sobre remesas, educación financiera y microemprendimiento en Goíanía, Brasil, 26 y 27 de Noviembre 2014. Fortalecimiento del diálogo y de la cooperación entre la Unión Europea (UE) y América Latina y el Caribe (ALC) para el establecimiento de modelos de gestión sobre migración y políticas de desarrollo www.migracion-ue-alc.eu

Leia mais

2 de setembro de 2009. Prezado Ministro:

2 de setembro de 2009. Prezado Ministro: 2 de setembro de 2009 Prezado Ministro: Pela presente, nós, representantes de 125 organizações de mais de 50 países, instamos Va. Sa. a representar os interesses de agricultores, trabalhadores, consumidores,

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES Eduardo Augusto Guimarães Maio 2012 Competitividade Brasil 2010: Comparação com Países Selecionados. Uma chamada para a ação África

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Agência Nacional de Vigilância Sanitária Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA n 49/13 Esta resolução tem por objetivo aplicar no âmbito da vigilância sanitária as diretrizes e os objetivos do Decreto nº 7.492,

Leia mais

Contribuição sobre Economia solidária para o Grupo de Alternativas econômicas Latino-Americano da Marcha Mundial das Mulheres Isolda Dantas 1

Contribuição sobre Economia solidária para o Grupo de Alternativas econômicas Latino-Americano da Marcha Mundial das Mulheres Isolda Dantas 1 Contribuição sobre Economia solidária para o Grupo de Alternativas econômicas Latino-Americano da Marcha Mundial das Mulheres Isolda Dantas 1 Economia solidária: Uma ferramenta para construção do feminismo

Leia mais

Grupo Banco Mundial. Construindo um mundo sem pobreza

Grupo Banco Mundial. Construindo um mundo sem pobreza Grupo Banco Mundial Construindo um mundo sem pobreza Enfoque Regional! O Banco Mundial trabalha em seis grandes regiões do mundo: 2 Fatos Regionais: América Latina e Caribe (ALC)! População total: 500

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO FACES DO BRASIL/ AGÊNCIAS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL E NACIONAL PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ÉTICO E SOLIDÁRIO DO BRASIL

PROJETO DE COOPERAÇÃO FACES DO BRASIL/ AGÊNCIAS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL E NACIONAL PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ÉTICO E SOLIDÁRIO DO BRASIL PROJETO DE COOPERAÇÃO FACES DO BRASIL/ AGÊNCIAS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL E NACIONAL PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ÉTICO E SOLIDÁRIO DO BRASIL Brasil, outubro de 2004 1 ÍNDICE JUSTIFICATIVA... 3 OBJETIVO...

Leia mais

CONFERÊNCIA TEMÁTICA DE COOPERATIVISMO SOLIDÁRIO

CONFERÊNCIA TEMÁTICA DE COOPERATIVISMO SOLIDÁRIO CONFERÊNCIA TEMÁTICA DE COOPERATIVISMO SOLIDÁRIO DOCUMENTO PROPOSITIVO Página 1 1. IMPORTÂNCIA DO TEMA PARA A II CONFERÊNCIA NACIONAL 1.1. A construção de um novo Brasil pautado na justiça, equidade e

Leia mais

Também a presença de 30 policiais do Paraná, que vieram vivenciar como é possível conduzir este trabalho de forma articulada à prevenção da violência

Também a presença de 30 policiais do Paraná, que vieram vivenciar como é possível conduzir este trabalho de forma articulada à prevenção da violência 21ª Feira Internacional do Cooperativismo (FEICOOP) 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária (ECOSOL) 14ª Mostra da Biodiversidade e Feira da Agricultura Familiar Plenária Mundial de Luta pela

Leia mais

III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE LA RED MEDAMERICA EXPERIENCIAS DE DESARROLLO REGIONAL Y LOCAL EN EUROPA Y AMERICA LATINA

III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE LA RED MEDAMERICA EXPERIENCIAS DE DESARROLLO REGIONAL Y LOCAL EN EUROPA Y AMERICA LATINA III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE LA RED MEDAMERICA EXPERIENCIAS DE DESARROLLO REGIONAL Y LOCAL EN EUROPA Y AMERICA LATINA TALLER I: ERRADICACIÓN DE LA POBREZA Y DESARROLLO: UN NUEVO PARADIGMA DEL DESARROLLO

Leia mais

DOIS MUNDOS EM UM PLANETA

DOIS MUNDOS EM UM PLANETA DOIS MUNDOS EM UM PLANETA 9. Fluxos Financeiros. 10. Comércio Mundial. 11. Empresas Transnacionais. Geografia em Mapas (pgs. 04 e 05 e 10) 9º ANO 1º BIMESTRE - TU 902 AULA 5 INTRODUÇÃO Recordando Aula

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Territorial - Notícias Territoriais Nº 35

Secretaria de Desenvolvimento Territorial - Notícias Territoriais Nº 35 Notícias em Destaque >> No domingo (13) teve início, no Rio de Janeiro (RJ), o seminário Construção do Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário. O evento foi promovido pela Articulação Nacional de

Leia mais

Panorama da Educação Superior na América Latina e Caribe:

Panorama da Educação Superior na América Latina e Caribe: Panorama da Educação Superior na América Latina e Caribe: a importância da expansão quantitativa e qualitativa da pesquisa e da pós-graduação ANA LÚCIA GAZZOLA OUTUBRO 2008 Cenáriosda da Educação Superior

Leia mais

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento da Presidência da República Brasil - Mercosul Sistema brasileiro de registro

Leia mais

ENCONTRO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL:

ENCONTRO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: ENCONTRO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: Seminário: Encontro em Segurança Alimentar e Nutricional, Canada, Brasil e Angola. Junho de 2006, na Ryerson University, em Toronto, Canada. Participantes

Leia mais

A Cooperação UE no Estado de São Paulo

A Cooperação UE no Estado de São Paulo A Cooperação UE no Estado de São Paulo Informações gerais: Superficië (km²): 248.209,426 População (IBGE 2012): 41.901.219 Produto Interno Bruto - PIB (2008) em R$ milhões: 1.003.016 Indice de Desenvolvimento

Leia mais

Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES. A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro

Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES. A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro A CONTRIBUIÇÃO DO CDES PARA O DEBATE DA CONSOLIDAÇÃO DAS POLÍTICAS SOCIAIS

Leia mais

ANEXO V MERCOSUR/RECYT/COMISIÒN DE APOYO AL DESARROLLO CIENTÍFICO Y TECNOLÓGICO/ACTA Nº 1/03

ANEXO V MERCOSUR/RECYT/COMISIÒN DE APOYO AL DESARROLLO CIENTÍFICO Y TECNOLÓGICO/ACTA Nº 1/03 ANEXO V MERCOSUR/RECYT/COMISIÒN DE APOYO AL DESARROLLO CIENTÍFICO Y TECNOLÓGICO/ACTA Nº 1/03 RECyT Propuesta Argentina Encuentro MERCOSUR de incubadoras de Empresas Objetivo: Identificar mecanismos de

Leia mais

Martin van Gastel. II Seminário Sistema brasileiro de comércio justo e solidário São Paulo, 05-06 de Abril de 2006

Martin van Gastel. II Seminário Sistema brasileiro de comércio justo e solidário São Paulo, 05-06 de Abril de 2006 CLAC - Coordinadora Latinoamericana y del Caribe de Pequeños Productores de Comércio Justo Visão sobre comércio justo e desenvolvimento sustentável Martin van Gastel II Seminário Sistema brasileiro de

Leia mais

Marcha Global contra o Trabalho Infantil Conferência Internacional sobre Trabalho Infantil na Agricultura Washington DC, EUA 28-30 julho, 2012

Marcha Global contra o Trabalho Infantil Conferência Internacional sobre Trabalho Infantil na Agricultura Washington DC, EUA 28-30 julho, 2012 Marcha Global contra o Trabalho Infantil Conferência Internacional sobre Trabalho Infantil na Agricultura Washington DC, EUA 28-30 julho, 2012 MARCO DE AÇÃO A Conferência Internacional sobre Trabalho Infantil

Leia mais

Secretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres 1º Fórum de Violência contra a Mulher: Múltiplos olhares

Secretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres 1º Fórum de Violência contra a Mulher: Múltiplos olhares Secretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres 1º Fórum de Violência contra a Mulher: Múltiplos olhares Campinas, Abril de 2014 Violência contra as Mulheres: dados Internacional: 1 de cada

Leia mais

CURRICULUM VITAE. 2011 Mestre em Derechos Fundamentales pelo IDHBC - UC3M, Getafe, Espanha.

CURRICULUM VITAE. 2011 Mestre em Derechos Fundamentales pelo IDHBC - UC3M, Getafe, Espanha. CURRICULUM VITAE Identificação Nome RAONÍ BELTRÃO DO VALE Nacionalidade brasileiro Data de Nascimento 16/11/1983 Endereço eletrônico raoni13@gmail.com Formação Acadêmica 2011- Candidato a Doutor em Estudios

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

Geografia: ROCHA Globalização A globalização é a mundialização da economia capitalista que forma o aumento do processo de interdependência entre governos, empresas e movimentos sociais. Globalização Origens

Leia mais

CURRICULUM VITAE Resumo. Estela Maria Souza Costa Neves Setembro 2015

CURRICULUM VITAE Resumo. Estela Maria Souza Costa Neves Setembro 2015 CURRICULUM VITAE Resumo Estela Maria Souza Costa Neves Setembro 2015 NOME ESTELA MARIA SOUZA COSTA NEVES ÁREAS DE ESPECIALIZAÇÃO Políticas Públicas de Defesa do Meio Ambiente Capacitação para fortalecimento

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Consulta oficinas grandes Data: 24 Local: Cepuc3 Data: 24 Local: P80-3 Data: 24 Local: Cepuc2 Data:

Leia mais

FÓRUM LIXO&CIDADANIA: extemporâneo face a PNRS?

FÓRUM LIXO&CIDADANIA: extemporâneo face a PNRS? ---------------------------------------- FÓRUM LIXO&CIDADANIA: extemporâneo face a PNRS? Emília Wanda Rutkowski a motivação inicial Diário de Pernambuco, 16.04.1994. 1998 PARCEIROS [17] * ABES - Associação

Leia mais

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013 BRIEF INSTITUCIONAL 2013 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística 5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística Tema: Fortalecimiento e Integración de la Investigación en Turismo en América Latina Objetivo del evento: Contribuir a estrechar los lazos entre

Leia mais

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

RELAÇÕES INTERNACIONAIS RELAÇÕES INTERNACIONAIS Economist Criação with a MBA in Business Strategy Missão from the Getulio Vargas. Has titles Fatos of Master & Números of Financial Economics, University of London and International

Leia mais

COMUNICACION " B " 5640 I 18/07/94

COMUNICACION  B  5640 I 18/07/94 BANCO CENTRAL DE LA REPUBLICA ARGENTINA COMUNICACION " B " 5640 I 18/07/94 A LAS ENTIDADES FINANCIERAS: Ref.: Circular COPEX-1 Cap. III, punto 1.3. Convenios de Pagos y Creditos Reciprocos de la ALADI

Leia mais

Ciclo de Debates Ações Afirmativas: estratégias para ampliar a democracia

Ciclo de Debates Ações Afirmativas: estratégias para ampliar a democracia Ciclo de Debates Ações Afirmativas: estratégias para ampliar a democracia Apresentação O ciclo de debates Ações afirmativas: estratégias para ampliar a democracia, realizado pela (Seppir) e pela Pontifícia

Leia mais

«Poderes públicos e sociedade civil» De 17 a 20 outubro de 2011 Montréal

«Poderes públicos e sociedade civil» De 17 a 20 outubro de 2011 Montréal COMITÊ DE APOIO INTERNACIONAL AO FÓRUM INTERNACIONAL DE ECONOMIA SOCIAL E SOLIDARIA «Poderes públicos e sociedade civil» De 17 a 20 outubro de 2011 Montréal Co-presidência: Laurent Lessard Secretário de

Leia mais

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares Universidade Estadual de Campinas

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares Universidade Estadual de Campinas Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares Universidade Estadual de Campinas Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) Programa de extensão universitária vinculada à Pró Reitoria de

Leia mais

O FÓRUM BRASILEIRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E SUA RELAÇÃO COM O CONSELHO NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1

O FÓRUM BRASILEIRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E SUA RELAÇÃO COM O CONSELHO NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1 O FÓRUM BRASILEIRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E SUA RELAÇÃO COM O CONSELHO NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 1 Benedito Anselmo Martins de Oliveira 2 A Economia Solidária no Brasil, em conformidade com as informações

Leia mais

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo -

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - Itabuna - julho de 2015. 1/3 I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo Objetivo Geral: Fortalecer

Leia mais

II Seminário Internacional de Comércio Justo e Solidário: perspectivas para a consolidação de um mercado consumidor brasileiro

II Seminário Internacional de Comércio Justo e Solidário: perspectivas para a consolidação de um mercado consumidor brasileiro II Seminário Internacional de Comércio Justo e Solidário: perspectivas para a consolidação de um mercado consumidor brasileiro (relatório síntese) (organização: FASE Nacional, Fundação Friedrich Ebert/

Leia mais

Política Nacional de Educação Ambiental

Política Nacional de Educação Ambiental Política Nacional de Educação Ambiental Diretoria de Educação Ambiental Secretaria Executiva Coordenação da PNEA Ministério do Meio Ambiente Órgão Gestor da PNEA Ministério da Educação Diretoria de Educação

Leia mais

Espaço de Formação ITCP/UFV Introdução à Economia Solidária

Espaço de Formação ITCP/UFV Introdução à Economia Solidária Espaço de Formação ITCP/UFV Introdução à Economia Solidária Fernanda Abreu Nagem Mestranda em Extensão Rural/UFV fernandanagem@yahoo.com.br Viçosa, 19/02/2010 Origem... Experiências cooperativistas do

Leia mais

AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO AUMENTA A CONCENTRAÇÃO DE MÉDICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Com um médico para 410 habitantes, taxa cresceu 33% em dez anos, revela levantamento do Cremesp realizado em março de 2010 Aconcentração de médicos

Leia mais

V Plenária Nacional de Economia Solidária

V Plenária Nacional de Economia Solidária V Plenária Nacional de Economia Solidária Relatório para Plenárias Locais e Estadual de Economia Solidária Escreva abaixo de cada tópico. Nome da Atividade V Plenária de Economia Solidária do Estado da

Leia mais

A Cooperação UE ao Nível Federal do Brasil

A Cooperação UE ao Nível Federal do Brasil A Cooperação UE ao Nível Federal do Brasil Informações gerais: Superficië (km²): 8.514.876,599 População (IBGE 2012): 193.946.886 Produto Interno Bruto - PIB (2010) em R$ trilhões (10¹²): 3.675 PIB por

Leia mais

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO - 1 - Viagens do Secretário-Geral Caracas, Venezuela, 2 a 23 de janeiro de 2003 Caracas, Venezuela, 28 de janeiro a 6 de fevereiro de 2003

Leia mais

Palestra: A gestão comunitária do saneamento rural na América Latina e Caribe (ALC)

Palestra: A gestão comunitária do saneamento rural na América Latina e Caribe (ALC) IV SEMINÁRIO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA Desenvolvimento Sustentável, Demandas Contemporâneas e Responsabilidade Socioambiental 18 a 22 de março de 2013, Belo Horizonte - MG Fundação Nacional de Saúde

Leia mais

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL CONVÊNIO DIEESE - FOMIN/BID ATN/ME 11684-BR RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO: VISITA PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO NA PLENÁRIA DA COORDENADORA DAS CENTRAIS

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Secretaria de Relações Internacionais para as Américas

BOLETIM INFORMATIVO Secretaria de Relações Internacionais para as Américas Insegurança alimentar La inseguridad de la seguridad alimentaria, descolonizar el desarrollo como meta universal para construir sostenibilidad alimentaria en América Latina José de Souza Silva/Pesquisador

Leia mais

INTEGRAR Número Temático Emprego e Formação, nº18 Maio/ Agosto 2002, nº19 Setembro / Dezembro 2002

INTEGRAR Número Temático Emprego e Formação, nº18 Maio/ Agosto 2002, nº19 Setembro / Dezembro 2002 Formação e Emprego INTEGRAR - Braille: Volumes 2, 3, 3, 4, 6, 7, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, Volumes 1 e 2 de cada número, Abril/Maio/Junho/Julho 1993, volumes 1, 2, 3, 4 (números especiais)

Leia mais

Comitê de apoio internacional ao Fórum Internacional de economia social e solidaria

Comitê de apoio internacional ao Fórum Internacional de economia social e solidaria Comitê de apoio internacional ao Fórum Internacional de economia social e solidaria «Poderes públicos e sociedade civil» De 17 a 20 outubro de 2011 Montréal Co-presidência: Laurent Lessard Secretário de

Leia mais

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS www.prochile.gob.cl O Chile surpreende pela sua variada geografia. Suas montanhas, vales, desertos, florestas e milhares de quilômetros de costa, o beneficiam

Leia mais

LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento

LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento LUIZ ROS Banco Interamericano de Desenvolvimento A BASE DA PIRÂMIDE É DIFERENTE MUNDIALMENTE POR REGIÃO, POR SETOR MAS SEMPRE UM MERCADO ENORME UMA GRANDE OPORTUNIDADE Na América Latina há cerca de 400

Leia mais

Primeiro Ciclo 2004-2005 Formulário de inscrição

Primeiro Ciclo 2004-2005 Formulário de inscrição INICIATIVA DA CEPAL COM O APOIO DA FUNDAÇÃO W.K. KELLOGG Primeiro Ciclo 2004-2005 Formulário de inscrição Os formulários para a inscrição estão disponíveis na página web da CEPAL, www.cepal.cl, e na do

Leia mais

Dourados (Mato Grosso do Sul, Brasil), 11 a 13 de Novembro de 2014 Faculdade de Ciências Humanas (FCH)- UFGD

Dourados (Mato Grosso do Sul, Brasil), 11 a 13 de Novembro de 2014 Faculdade de Ciências Humanas (FCH)- UFGD V SEMINÁRIO INTERNACIONAL AMÉRICA PLATINA América Platina: fronteiras de diversidade, resistências e rupturas América Platina: fronteras de diversidad, resistencias y rupturas Dourados (Mato Grosso do

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro PROGRAMA EICOS ESTUDOS INTERDISCIPLINARES EM PSICOSSOCIOLOGIA DE COMUNIDADES E ECOLOGIA SOCIAL CÁTEDRA UNESCO DE DESENVOLVIMENTO DURÁVEL da UFRJ Profª. Tania Maciel

Leia mais

Democratizar a democracia

Democratizar a democracia Democratizar a democracia A Abong em 2005 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES Relatório Anual de Atividades - A Abong em 2005-1 SUMÁRIO EIXO 1 Fortalecimento e mobilização da sociedade civil...4 1. Fórum Social

Leia mais

LUÍS ROBERTO BARROSO Email: gabmlrb@stf.jus.br

LUÍS ROBERTO BARROSO Email: gabmlrb@stf.jus.br LUÍS ROBERTO BARROSO Email: gabmlrb@stf.jus.br I. DADOS PESSOAIS - Data de nascimento: 11 de março de 1958 - Nacionalidade: Brasileiro - Naturalidade: Vassouras, RJ - Filiação: Roberto Bernardes Barroso

Leia mais

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Este Tratado, assim como a educação, é um processo dinâmico em permanente construção. Deve portanto propiciar a reflexão,

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento de Capacidade de Governança no Brasil 2008-2011

Projeto de Desenvolvimento de Capacidade de Governança no Brasil 2008-2011 Projeto de Desenvolvimento de Capacidade de Governança no Brasil 2008-2011 Plano de Implementação do Projeto Maio de 2008 Março de 2011 Índice Plano de Implementação do Projeto (PIP): i. Sumário Executivo

Leia mais

THE UNITED NATIONS WORLD WATER ASSESSMENT PROGRAMME

THE UNITED NATIONS WORLD WATER ASSESSMENT PROGRAMME THE UNITED NATIONS WORLD WATER ASSESSMENT PROGRAMME Encarando os desafios JUNTOS PARA UM MUNDO SUSTENTÁVEL Angela R. C. Ortigara UN WWAP UNESCO Foz do Iguaçu, 18 de Março de 2016 Família UNESCO para a

Leia mais

O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE

O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE Marcia Vasconcelos - OIT Reunión de Especialistas Género, Probreza, Raza,

Leia mais

A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar e camponesa

A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar e camponesa Seminário Agrícola Internacional Bruxelas, 4 e 5 de maio de 2009 Bélgica A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar

Leia mais

MATERIAL CANDIDATOS. Textos y Fichas

MATERIAL CANDIDATOS. Textos y Fichas MATERIAL CANDIDATOS Textos y Fichas Comercio Chile - China De acuerdo a un informe de Aduanas, China se consolidó como el principal destino de las exportaciones chilenas con embarques por US$ 8.257 millones

Leia mais

55% da população mundial vive em zonas rurais. 70% da população mundial muito pobre é rural. 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia

55% da população mundial vive em zonas rurais. 70% da população mundial muito pobre é rural. 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia A pobreza rural 55% da população mundial vive em zonas rurais 70% da população mundial muito pobre é rural 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia 1,0 bilhão passa fome 80% dos lugares mais pobres dependem

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

PROJETOS ESPECIAIS DE QUALIFICAÇÃO PROESQs

PROJETOS ESPECIAIS DE QUALIFICAÇÃO PROESQs PROJETOS ESPECIAIS DE QUALIFICAÇÃO PROESQs As metodologias, currículos e demais tecnologias sociais elaborados no âmbito dos PROESQs são de caráter público e encontram-se disponíveis para utilização. Os

Leia mais

Voluntariado e Desenvolvimento Social. Wanda Engel

Voluntariado e Desenvolvimento Social. Wanda Engel Voluntariado e Desenvolvimento Social Wanda Engel Desenvolvimento Humano Sujeito Sujeito Objeto Desenvolvimento Social Desenvolvimento Econômico Desenvolvimento Social Sistema de distribuição de oportunidades:

Leia mais

Patrocínios: Governos Nacionais e Locais, empresas, organismos de cooperação internacional, universidades, doações.

Patrocínios: Governos Nacionais e Locais, empresas, organismos de cooperação internacional, universidades, doações. Criando ferramentas para a garantia ao direito à convivência familiar e comunitária. Documento Preparatório do Seminário Relaf 2013 Fortalecendo os Avanços. Criando ferramentas para a Garantia do Direito

Leia mais