Olimpíadas de Conhecimentos e Jogos Digitais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Olimpíadas de Conhecimentos e Jogos Digitais"

Transcrição

1 Olimpíadas de Conhecimentos e Jogos Digitais Núcleo de Gestão do Porto Digital - NGPD Secretaria de Educação de Pernambuco - SEE 1º Relatório Semestral Novembro 2008

2 Versão Autor Descrição Pedro Lima Criação do Documento Pedro Lima Pedro Lima Pedro Lima Identificação dos Produtos entregues e revisão das seções Inserção dos documentos produzidos neste Relatório Semestral Inserção de cópia das Notas Fiscais e comprovante dos pagamentos efetuados ao consórcio Pedro Lima Revisão final e impressão.

3 Apresentação Este documento é o Relatório Semestral previsto no parágrafo terceiro da cláusula sétima e no item 9.1 da cláusula nona do Contrato Gestão celebrado em 25 de abril de 2008 entre o Governo do Estado, através de suas Secretarias de Educação e Fazenda, e o Núcleo de Gestão do Porto Digital que tem como objeto: o desenvolvimento científico e tecnológico, através do PORTO DIGITAL, de atividades necessárias à criação de projetos educacionais, doravante denominados PROJETOS, capazes de dar suporte à SEE na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de um ambiente tecnológico baseado em jogos educacionais voltado para a melhoria dos indicadores educacionais do Estado de Pernambuco. O Contrato de Gestão tem ainda como objetivos específicos: I - Conceber, elaborar, desenvolver e implementar projetos de Jogos Educacionais, de acordo com as metas relacionadas no ANEXO I; II - Transferir conhecimentos sobre a tecnologia utilizada nesses projetos para os técnicos da SEE; III - Apoiar a gestão estratégica da tecnologia da informação e comunicação na utilização dos Jogos Educacionais desenvolvidos a partir deste contrato. Visando cumprimento das referidas cláusulas, este relatório é constituído dos seguintes itens: Objetivos do período. Neste item são apresentados os objetivos previstos para o período e sua situação. Produtos Entregues. Neste item são apresentados os produtos e documentos entregues no período de referência. Utilização dos Recursos Financeiros. Demonstração dos recursos utilizados no período referente à execução das atividades previstas.

4 Sumário 1 Introdução 4 2 Público Alvo Stakeholders 5 3 Objetivos 5 4 Objetivos do Período 5 5 Produtos Entregues 6 6 Utilização dos Recursos Financeiros 7 7 Considerações Gerais 9 Anexos Principais Produtos Entregues e Produzidos 10 Anexo 1. Cópia do Contrato de Gestão e anexos celebrado entre o Governo do Estado, através das Secretarias de Educação e Fazenda e o Núcleo de Gestão do Porto Digital 11 Anexo 2. Cópia do Ato Convocatório 001/2008 e Anexo 35 Anexo 3. Cópia do contrato celebrado entre o Núcleo de Gestão do Porto Digital e o Consórcio Games - PE 60 Anexo 4. Plano do Projeto v Anexo 5. Documento de projeto da infra-estrutura v Anexo 6. Documento de projeto aplicações de back end v Anexo 7. Protótipo de telas - aplicações de back end v Anexo 8. Documento de projeto - aplicações de front end v Anexo 9. Protótipo de telas - aplicações de front end v Anexo 10. Documento de game design do jogo-mestre v Anexo 11. Documento de game design de mini-jogo 01 - operação: rio limpo v Anexo 12. Documento de game design de mini-jogo 02 imuno v Anexo 13. Plano de marketing da olimpíada beta v Anexo 14. Plano de operação da olimpíada beta v Anexo 15. Regulamento geral da olimpíada beta 352 Anexo 16. Notas Fiscais e Comprovantes de Pagamento 362

5 1 INTRODUÇÃO 1.1 CONTEXTO 1 O Estado de Pernambuco oferece à sua população uma malha educacional ampla e complexa, com cerca de alunos, professores e escolas. Apesar da universalização da oferta, a Rede apresenta sérios problemas de desempenho, conforme repetidamente demonstrado pela performance de seus alunos em exames nacionais tais como SAEB e ENEM. É neste contexto que se fazem necessárias ações voltadas ao fortalecimento de formas diversificadas de ensino e aprendizagem, através da montagem de estratégias no microcosmo da escola que tenham impacto na Rede do ponto de vista macroscópico. Baseado neste cenário a SEE - Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco procurou o Núcleo de Gestão do Porto Digital - NGPD em busca de soluções inovadoras que permitissem a criação de mecanismos pedagógicos que apoiassem as ações de melhoria dos indicadores pedagógicos do Estado. A inclusão de jogos digitais dentro da arquitetura pedagógica da escola faz sentido por várias razões e pode contribuir para o desempenho do sistema como um todo. A combinação destas realidades oferece um conjunto de possibilidades inovadoras e consistentes do ponto de vista educacional. Os jogos eletrônicos e as atividades geradas pelo seu uso, da interação com outros indivíduos aos processos mais elaborados de raciocínio e produção de sentidos encapsulam todo o funcionamento que é típico dos sistemas de informação que instrumentalizam as sociedades contemporâneas e ao mesmo tempo representam um dos melhores exemplos disponíveis de atração dos jovens para a cultura digital. Entretanto, o chamado software educacional é em geral muito pouco atraente para o jovem, e o jogo eletrônico comum (de ação e aventura ) quase nunca lida diretamente com domínios conceituais de interesse da escola e talvez por isso sejam tão atraentes para o jovem. A qualidade e intensidade do engajamento dos jovens com jogos eletrônicos em nossa cultura, notadamente fora da escola, criam excelentes condições de entrada destes indivíduos em ambientes e atividades escolares que são baseadas em jogos e voltadas a aprendizagens significativas, socialmente relevantes e fortemente motivadoras do ponto de vista afetivo. O NGPD promoveu uma articulação entre os diversos elos do cluster de TIC, estabelecendo um fórum de discussão entre representantes da SEE, da Academia e do Setor Privado. As discussões evoluíram e se estruturou uma proposta de solução que culminou com a assinatura do Contrato de Gestão. 1 Texto ajustado do Ato Convocatório 001/2008

6 2 PÚBLICO ALVO STAKEHOLDERS Este documento tem como público alvo os integrantes do NGPD Núcleo de Gestão do Porto Digital, bem como seu conselho de administração, a SEE Secretaria de Educação do Estado e demais órgãos estaduais interessados. 3 OBJETIVOS Este Relatório Semestral tem como objetivo fornecer aos principais stakeholders subsídios para o acompanhamento e aprovação do primeiro semestre de execução do projeto através da apresentação dos marcos realizados, principais produtos entregues e utilização dos recursos financeiros durante o período em questão. 4 OBJETIVOS DO PERÍODO As atividades foram concentradas na contratação de consórcio de empresas de games para execução do Projeto celebrado entre o NGPD e a SEE e a aprovação dos documentos e produtos necessários para lançamento e início da OjE Olimpíada de Jogos e Educação, versão Beta. Esta Olimpíada, que é realizada em caráter experimental, tem como objetivo validar o conceito e a operação do ambiente tecnológico proposto pelo contrato de gestão. Durante operação da OjE Beta serão testados o ambiente atual das 20 escolas participantes, i.e., se estão adequados, se são necessários ajustes na infraestrutura de cada escola participante, a mecânica e jogabilidade 2 do Jogo Mestre e Mini-jogos, as Aplicações de Front End e Back End, a estrutura dos enigmas e promover a construção coletiva dos jogos através das informações e sugestões colhidas junto aos usuários e principais Stakeholders do Projeto 3. Além dos produtos previstos para o lançamento da OjE foi aprovado e assinado por todo o Comitê de Monitoramento o Plano de Projeto que rege e norteia todo o Projeto. Nele consta o escopo, a EAP, o detalhamento da EAP, os indicadores físicos e de qualidade, o cronograma, enfim as informações necessárias para executar, controlar, monitorar e encerrar o Projeto. Este documento é a base contratual para avaliar o andamento e a execução e substitui os Anexo 1 e 2 do contrato de gestão celebrado entre o NGPD e a SEE. 2 Jogabilidade: Tipologia, isto é, a que gênero um jogo pertence e conjunto de atributos que tornam um jogo divertido e o quão divertido ele é. (Alessandro Vieira dos Reis, Game Designer e Analista do Comportamento formado em Psicologia pela UFSC, 3 Stakeholders do Projeto. Plano do Projeto versão 01.00, página 47, Anexo 4 deste documento.

7 5 PRODUTOS ENTREGUES Todos os principais produtos previstos e necessários para execução da OjE, de acordo com o Plano de Projeto, foram executados, entregues e estão apresentados no quadro abaixo. Os produtos e documentos estão anexos a este documento. Quadro II Principais produtos entregues no primeiro semestre de execução do Projeto Atividade/Produtos Objetivo Data Status Produto Anexos 1. Elaborar Ato Convocatório. Convocar todas as empresas de games para apresentar propostas para execução do Projeto. 13/05/2008 Alcançado Ato Convocatório 01/2008 Coleta de Preço 2 2. Elaborar Contrato 3. Plano de Projeto 4. Documento de projeto da infra estrutura 5. Documento de projeto do back end Contratar Consórcio de empresas para execução do Projeto Documento que descreve detalhadamente o plano de projeto e define como o projeto será executado, controlado, monitorado e encerrado.. Documento que dimensiona e especifica a infra-estrutura física necessária para execução da oje pela see. Documento que especifica as aplicações de back end a serem desenvolvidos para o projeto. Define requisitos funcionais e não-funcionais de alto nível, além de planejar as versões do sistema ao longo do projeto e definir como será a integração entre as aplicações de back end e os outros produtos desenvolvidos no projeto (front end, jogo mestre, minijogos, olimpíada e marketing) 26/05/2008 Alcançado 08/08/2008 Alcançado 29/08/08 Alcançado 23/08/08 Alcançado Contrato Anexos e Plano de projeto v01.00 Documento de projeto da infraestrutura v01.00 Documento de projeto Aplicações de back end v Protótipo de tela do back end do projeto 7. Documento de projeto do front end 8. Protótipo de tela do hot site ou front end do projeto Documento que contém os protótipos de telas das aplicações de back end com o propósito de mostrar a arte conceitual e modelo navegacional definidos para o mesmo Documento que especifica os requisitos funcionais e não-funcionais de alto nível, além de planejar as versões do sistema ao longo do projeto e definir como será a integração entre as aplicações de front end e os outros produtos desenvolvidos no projeto (back end, jogo mestre, minijogos, olimpíada e marketing) Documento que contém os protótipos de telas das aplicações de front end com o propósito de mostrar a arte conceitual e modelo navegacional definidos para o mesmo 31/10/2008 Alcançado 23/08/08 Alcançado 31/10/2008 Alcançado Protótipo de telas - aplicações 7 de back end v0100 Documento de projeto - aplicações de front end v Protótipo de telas - aplicações 9 de front end v01.00

8 Quadro II Principais produtos entregues no primeiro semestre de execução do Projeto Atividade/Produtos Objetivo Data Status Produto Anexos 9. Game design do jogo mestre 10. Game design do mini jogo Game design do mini jogo Plano de marketing da olimpíada beta 13. Plano de operação da olimpíada beta 14. Regulamento geral da olimpíada beta 15. Lançamento da OjE Documento que descreve detalhadamente o jogo mestre, incluindo a visão do jogo, descrição do conteúdo e a mecânica envolvida. Documento que descreve detalhadamente o mini jogo 1 usado pelo jogo mestre, incluindo a visão do jogo, descrição do conteúdo e a mecânica envolvida Documento que descreve detalhadamente o mini jogo 2 usado pelo jogo mestre, incluindo a visão do jogo, descrição do conteúdo e a mecânica envolvida Documento que apresenta o plano de marketing da olimpíada na sua versão beta, revelando o processo que será empregado para divulgação e ações de estímulo aos professores e alunos para o engajamento na olimpíada de jogos e educação OjE Documento que apresenta o plano de operação da olimpíada beta, a qual abrange 20 escolas da rede pública estadual de ensino de pe, revelando o processo de desenvolvimento e operacionalização geral (técnica e pedagógica) do projeto Documento que regulamenta o mecanismo de funcionamento da olimpíada de jogos e educação (oje), a ser implementada no período de 20/10/2008 a 08/12/ /09/08 Alcançado 12/09/08 Alcançado 12/09/08 Alcançado 18/10/08 Alcançado 18/09/08 Alcançado Out/2008 Alcançado 24/10/2008 Alcançado Documento de game design do jogo mestre v01.00 Documento de game design de mini jogo 01 - operação: rio limpo v01.00 Documento de game design de mini jogo 02 imuno v01.00 Plano marketing olimpíada v01.00 Plano operação olimpíada v01.00 de da beta de da beta Regulamento geral da olimpíada beta Lançamento evento palácio princesas. do no das UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS O NGPD assinou contrato com a Secretaria de Educação em 25 de abril de 2008 e recebeu, até o presente mês de novembro, R$ ,80 (hum milhão, oitocentos e vinte e seis mil, trezentos e quinze reais e oitenta centavos) que corresponde a aproximadamente 93% da primeira parcela prevista no parágrafo terceiro da cláusula sétima no contrato de gestão.

9 Em 26 de maio de 2008 foi assinado contrato de prestação de serviços com o Consórcio Games-PE. A partir desta data se iniciou a execução e desembolso referente aos produtos/marcos previstos no Anexo 3 do contrato celebrado entre o NGPD e o Consórcio Games PE. O consórcio é formado e distribuído pelas seguintes empresas: a) Jynx Playware LTDA, inscrita no CNPJ sob o nº / , sediada na Rua do Apolo, nº 181, sala 10, no bairro do Recife, nesta Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, com parcela correspondente a 11,8% (onze vírgula oito por cento) do objeto do consórcio. b) Meantime Desenvolvimento e Exportação de Software S.A., inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , sediada na Rua Bione, nº 220, no bairro do Recife, nesta Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, com parcela correspondente a 24% (vinte e quatro por cento) do objeto do consórcio. c) Manifesto Game Studio LTDA, inscrita no CNPJ sob o nº / , sediada na Rua do Apolo, nº 181, sala 06, no bairro do Recife, nesta Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, com parcela correspondente a 6,2% (seis vírgula dois por cento) do objeto do consórcio. d) CESAR - Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife, inscrita no CNPJ sob o nº / , sediado na Rua Bione, nº 220, no bairro do Recife, nesta Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, com parcela correspondente a 13,5% (treze vírgula cinco por cento) do objeto do consórcio. e) Centro de Excelência em Tecnologia de Software SOFTEXRECIFE, inscrito no CNPJ n / sediado na Rua Madre de Deus, nº 27, 2º Andar, no bairro do Recife, nesta Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, com parcela correspondente a 44,5% (quarenta e quatro vírgula cinco por cento) do objeto do consórcio. De acordo com o Anexo 3 do contrato celebrado entre o NGPD e o consórcio Games-PE Anexo 3 deste relatório semestral - as parcelas abaixo referentes aos marcos especificados foram executadas e pagas conforme podem ser visto no Anexo 16 deste Relatório Semestral. Parcela Data Valor R$ Marco Situação 1 Agosto de ,21 Plano de Projeto Parcela Paga Plano de Operação da Olimpíada Parcela Paga 2 Outubro de ,56 Beta

10 7 CONSIDERAÇÕES GERAIS Após apresentação dos produtos entregues demonstrado no item 5 e pagamentos realizados conforme o item 6 acima, o NGPD considera que o projeto está sendo executado de acordo com o Plano de Projeto aprovado pelo Comitê de Monitoramento, e atende perfeitamento as cláusulas contratuais estabelecidas, principalmente as metas estabelecidas no Anexo 1 do Contrato de Gestão celebrado com a SEE. Por se tratar de um projeto invador, podendo-se afirmar inédito no estado e no Brasil, a Olimpíadas de Conhecimento e Jogos Digitais está sujeita a constante mudança. Desta forma, o NGPD entende que ajustes poderão ser necessários, mas seguirão o processo de Controle Integrado de Mudança que consta no Plano de Projeto.

11 ANEXOS PRINCIPAIS PRODUTOS ENTREGUES E PRODUZIDOS

12 Anexo 1. CÓPIA DO CONTRATO DE GESTÃO E ANEXOS CELEBRADO ENTRE O GOVERNO DO ESTADO, ATRAVÉS DAS SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO E FAZENDA E O NÚCLEO DE GESTÃO DO PORTO DIGITAL

13 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 12 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

14 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 13 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

15 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 14 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

16 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 15 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

17 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 16 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

18 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 17 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

19 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 18 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

20 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 19 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

21 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 20 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE

22 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 21 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE ANEXO I Metas, Etapas e Indicadores [META 01] Planejamento e Gestão do Projeto. DESCRIÇÃO DA META: Planejamento, gestão e acompanhamento do projeto.. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Formação do comitê gestor do projeto, envolvendo os Ata ou outro representantes dos diversos envolvidos ( SEE, NGPD, Formação do Comitê documento de Universidades e Empresas). O comitê gestor será a instância Gestor formalização do Comitê máxima do projeto. Será responsável pela aprovação dos produtos Gestor e serviços. Formação do Comitê Técnico-Pedagógico Elaboração e validação do Plano de Projeto Gestão acompanhamento Projeto e do Elaboração e apresentação do Relatório Final do Projeto Formação do comitê técnico-pedagógico do projeto, envolvendo os representantes dos diversos envolvidos ( SEE, NGPD, Universidades e Empresas). O comitê técnico-pedagógico será responsável pela definição e alinhamento das diretrizes pedagógicas e tecnológicas do projeto. Criação e aprovação do Plano de Projeto, documento que detalhará todos os aspectos necessários ao gerenciamento do projeto (escopo, tempo, custo, comunicação, qualidade, etc.) Acompanhamento da execução do projeto. Envolve atividades do Comitê Gestor, do Comitê Técnico-Pedagógico e do Gerente de Projetos. A abordagem para acompanhamento e gestão do projeto será definida no plano de projeto. Outros relatórios poderão ser produzidos de acordo com o plano de projeto. Criação do Relatório Final do Projeto, documento que descreverá os resultados do projeto, lições aprendidas e recomendações para o prosseguimento do projeto. Conterá informações dos diversos relatórios finais produzidos pelo projeto. Ata ou outro documento de formalização do Comitê Técnico-Pedagógico Entrega e aprovação do Plano de Projeto Entrega e aprovação de Relatórios definidos no Plano de Projeto Entrega e aprovação do Relatório Final do Projeto

23 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 22 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE [META 02] Implantação e Operação da Infra-Estrutura de Apoio Seleção, implantação e operação do data center que hospedará os serviços e aplicações DESCRIÇÃO DA META: produzidos, bem como dos serviços e aplicações de apoio ao Jogo. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Montagem e Configuração do Data Center Operação da Infra- Estrutura de Apoio Elaboração e Apresentação do Relatório Final da Operação Dimensionamento, contratação e configuração do data center que hospedará os serviços e aplicações produzidos. Operação do data center durante o andamento do projeto, incluindo operação e administração dos serviços e aplicações desenvolvidos e apoio à equipe técnica da SEE. Serão apresentados relatórios com estatísticas de uso e recomendações. Criação do Relatório Final da Operação, documento que apresentará um resumo das principais estatíscas de uso, lições aprendidas e recomendações para o prosseguimento da operação e um plano de migração do data center para estrutura própria indicada pela SEE. "Relatório" de montagem e configuração do Data Center Entrega de Relatórios de Acompanhamento da Operação da Infra- Estrutura Entrega e aprovação do Relatório Final de Operação da Infra- Estrutura

24 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 23 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE [META 03] Desenvolvimento e Implantação do Jogo Mestre DESCRIÇÃO DA META: Concepção, desenvolvimento e implantação do Jogo Mestre. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Elaboração do documento de Game Design do Jogo Mestre. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do Entrega e aprovação do Elaboração e validação jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte Documento de Game do Game Design conceitual, diretrizes de evolução, planejamento de versões e Design do Jogo Mestre diretrizes para inclusão de jogos tarefa e geração de serviços e aplicações de front-end e back-end. Desenvolvimento e implantação da Versão 01 Desenvolvimento e implantação da Versão 02 Elaboração e validação do refinamento do Game Design Desenvolvimento e implantação da Versão 03 Desenvolvimento e implantação da Versão 04 Elaboração e validação do refinamento do Game Design Desenvolvimento e implantação da Versão 05 Elaboração apresentação Relatório Final e do Criação e implantação da Versão 01 do jogo mestre, de acordo com as especificações contidas no documento de Game Design. Criação e implantação da Versão 02 do jogo mestre, de acordo com as especificações contidas no documento de Game Design. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas duas primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 03 do jogo mestre, de acordo com as especificações contidas no documento de Game Design. Criação e implantação da Versão 04 do jogo mestre, de acordo com as especificações contidas no documento de Game Design. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas quatro primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 05 do jogo mestre, de acordo com as especificações contidas no documento de Game Design. Criação do Relatório Final do Jogo, documento que apresentará um resumo dos principais resultados obtidos pela utilização do Jogo incluindo jogos tarefa e jogos tarefa especiais, lições aprendidas e recomendações para o evolução e manutenção do jogo. Entrega e implantação da Versão 01 do Jogo Mestre Entrega e implantação da Versão 02 do Jogo Mestre Entrega e aprovação do Documento de Refinamento do Game Design do Jogo Mestre Entrega e implantação da Versão 03 do Jogo Mestre Entrega e implantação da Versão 04 do Jogo Mestre Entrega e aprovação do Documento de Refinamento do Game Design do Jogo Mestre Entrega e implantação da Versão 05 do Jogo Mestre Entrega e aprovação do Relatório Final do jogo

25 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 24 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE [META 04] Desenvolvimento e Implantação dos Sistemas e Serviços de Front-End Projeto, desenvolvimento e implantação dos sistemas e serviços de Front-End como Hot Site, DESCRIÇÃO DA META: aplicações de apoio á formação de comunidades, rankings, entre outros. O Hot Site do projeto será desenvolvido prevendo espaços para patrocínio. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Elaboração e validação do Projeto Desenvolvimento e implantação da versão 01 Desenvolvimento e implantação da versão 02 Elaboração e validação do refinamento do projeto Desenvolvimento e implantação da versão 03 Desenvolvimento e implantação da versão 04 Elaboração e validação do refinamento do projeto Desenvolvimento e implantação da versão 05 Elaboração apresentação Relatório Final e do Elaboração do documento de Projeto dos Serviços e Aplicações de Front-End. O documento de projeto descreve as funcionalidades e características dos serviços de front-end, bem como planejamento de versões e as diretrizes de integração com o jogo mestre e com os jogos tarefa. Criação e implantação da Versão 01 dos serviços e aplicações de front-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação da Versão 02 dos serviços e aplicações de front-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas duas primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 03 dos serviços e aplicações de front-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação da Versão 04 dos serviços e aplicações de front-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas quatro primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 05 dos serviços e aplicações de front-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação do Relatório Final dos Serviços e Aplicações de Front- End, documento que apresentará um resumo dos principais resultados obtidos pela utilização dos serviços e aplicações, lições aprendidas e recomendações para o evolução e manutenção dos mesmos. Entrega e aprovação do projeto dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação da Versão 01 dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação da Versão 02 dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e aprovação do Refinamento do Projeto dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação da Versão 03 dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação da Versão 04 dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e aprovação do Refinamento do Projeto dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação da Versão 05 dos Sistemas e Serviços de Front-End Entrega e implantação do Relatório Final dos Serviços e Sistemas de Front-End

26 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 25 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE [META 05] Desenvolvimento e Implantação dos Sistemas e Serviços de Back-End Projeto, desenvolvimento e implantação dos sistemas e serviços de Back-End como serviços DESCRIÇÃO DA META: de administração do jogo, estatísticas, conectividade, administração de usuários, entre outros. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Elaboração e validação do Projeto Desenvolvimento e implantação da versão 01 Desenvolvimento e implantação da versão 02 Elaboração e validação do refinamento do projeto Desenvolvimento e implantação da versão 03 Desenvolvimento e implantação da versão 04 Elaboração e validação do refinamento do projeto Desenvolvimento e implantação da versão 05 Elaboração apresentação Relatório Final e do Elaboração do documento de Projeto dos Serviços e Aplicações de back-end. O documento de projeto descreve as funcionalidades e características dos serviços de back-end, bem como planejamento de versões e as diretrizes de integração com o jogo mestre e com os jogos tarefa. Criação e implantação da Versão 01 dos serviços e aplicações de back-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação da Versão 02 dos serviços e aplicações de back-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas duas primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 03 dos serviços e aplicações de back-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação da Versão 04 dos serviços e aplicações de back-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Refinamento do documento de Game Design com base na experiência adquirida nas quatro primeiras versões do jogo mestre. Criação e implantação da Versão 05 dos serviços e aplicações de back-end, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação do Relatório Final dos Serviços e Aplicações de Back-End, documento que apresentará um resumo dos principais resultados obtidos pela utilização dos serviços e aplicações, lições aprendidas e recomendações para o evolução e manutenção dos mesmos. Entrega e aprovação do projeto dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação da Versão 01 dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação da Versão 02 dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e aprovação do Refinamento do Projeto dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação da Versão 03 dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação da Versão 04 dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e aprovação do Refinamento do Projeto dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação da Versão 05 dos Sistemas e Serviços de Back-End Entrega e implantação do Relatório Final dos Serviços e Sistemas de Back-End

27 Relatório Semestral Novembro Contrato Gestão SEE/NGPD 26 Núcleo de Gestão do Porto Digital Rua do Apolo, 181 3º Andar, Bairro do Recife, Recife-PE [META 06] Desenvolvimento de 10 Jogos Tarefa DESCRIÇÃO DA META: Concpeção, desenvolvimento e implantação de 10 jogos tarefa integrados ao jogo mestre. ETAPAS DESCRIÇÃO INDICADOR FÍSICO Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 01. O Elaboração e validação Entrega e aprovação do documento de Game Design descreve o projeto de construção do Game Design do Game Design do Jogo do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, Jogo Tarefa 01 Tarefa 01 arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 02 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 01 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 02 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 03 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 04 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 03 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 04 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 05 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 06 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 05 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 06 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 07 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 08 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 07 Desenvolvimento e implantação do Jogo Tarefa 08 Elaboração e validação do Game Design do Jogo Tarefa 09 Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 02. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Criação e implantação do Jogo Tarefa 01, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação do Jogo Tarefa 02, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 03. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 04. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Criação e implantação do Jogo Tarefa 03, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação do Jogo Tarefa 04, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 05. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 06. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Criação e implantação do Jogo Tarefa 05, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação do Jogo Tarefa 06, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 07. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 08. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Criação e implantação do Jogo Tarefa 07, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Criação e implantação do Jogo Tarefa 08, de acordo com as especificações contidas no documento de Projeto. Elaboração do documento de Game Design do Jogo Tarefa 09. O documento de Game Design descreve o projeto de construção do jogo mestre, incluindo aspectos como temática, jogabilidade, arte conceitual e diretrizes de integração com o jogo mestre. Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 02 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 01 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 02 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 03 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 04 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 03 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 04 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 05 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 06 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 05 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 06 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 07 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 08 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 07 Entrega e implantação do Jogo Tarefa 08 Entrega e aprovação do Game Design do Jogo Tarefa 09

EDITAL PARA APOIO A PROJETOS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E PUBLICAÇÃO DE LIVROS E COLEÇÕES janeiro/2011

EDITAL PARA APOIO A PROJETOS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E PUBLICAÇÃO DE LIVROS E COLEÇÕES janeiro/2011 CGI.br EDITAL PARA APOIO A PROJETOS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E PUBLICAÇÃO DE LIVROS E COLEÇÕES janeiro/2011 O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) comunica e convoca Entidades brasileiras com interesse

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº /2012. Anexo II PROGRAMA DE TRABALHO

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº /2012. Anexo II PROGRAMA DE TRABALHO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº /2012 Anexo II PROGRAMA DE TRABALHO Este anexo estabelece o programa de trabalho e resultados para a OSCIP com a fixação de direitos, obrigações, prazos de execução e critérios

Leia mais

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE AUDITORIA NO TERMO DE PARCERIA ENTRE A SOFTEX E A PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE NO PERÍODO DE JULHO A SETEMBRO DE 2007 Í N D I C E Páginas 1 PARECER DA AUDITORIA... 3 e 4 2 IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

CARTA CONVITE 005/SESCOOP - UNICAFES/2013

CARTA CONVITE 005/SESCOOP - UNICAFES/2013 CARTA CONVITE 005/SESCOOP - UNICAFES/2013 1. DO PREÂMBULO A UNIÃO NACIONAL DE COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA (UNICAFES), inscrita no CNPJ sob o n o 07.738.836/0001-37, na oportunidade

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012)

CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012) CHAMADA PÚBLICA PARA INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO PORTO DIGITAL (CP 01/2012) 1. APRESENTAÇÃO O Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 O, com sede na Av. Martin Luther King, s/n.º, Cais do Apolo, Recife, PE, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 24.130.072/0001-11, neste ato representado pelo Diretor da Secretaria

Leia mais

Universidade Paulista

Universidade Paulista Universidade Paulista Ciência da Computação Sistemas de Informação Gestão da Qualidade Principais pontos da NBR ISO/IEC 12207 - Tecnologia da Informação Processos de ciclo de vida de software Sergio Petersen

Leia mais

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir:

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir: Termo de Referência 1. Objeto Contratação de empresa especializada em gestão de saúde para execução de atividades visando a reestruturação do modelo de atenção à saúde, objetivando diagnosticar novas proposituras

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1 DA CONVOCAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA 1 DA CONVOCAÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA N 0102/2015 PROCESSO N : 003002/2015 CV 004/2015-IDESQ-SPD TIPO DA LICITAÇÃO: Menor Preço ( Maior Desconto sobre a taxa de administração da contratada) DATA DA REALIZAÇÃO: 05/11/2015 Das

Leia mais

O uso de processos de 'gamificação' pode ajudar a transformar a vida escolar em uma aventura imersiva de aprendizagem.

O uso de processos de 'gamificação' pode ajudar a transformar a vida escolar em uma aventura imersiva de aprendizagem. O uso de processos de 'gamificação' pode ajudar a transformar a vida escolar em uma aventura imersiva de aprendizagem. Luciano Meira, Ph.D. em Educação Matemática (Revista Pátio Ensino Médio, ano 5, no.

Leia mais

Plano de Trabalho 2013/2015

Plano de Trabalho 2013/2015 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FUNDAP SEADE CEPAM CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM ANEXO I Plano de Trabalho 2013/2015 OUTUBRO DE 2013 I. JUSTIFICATIVAS

Leia mais

COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 02/2015 EDITAL Nº 02/2015

COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 02/2015 EDITAL Nº 02/2015 COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 02/2015 EDITAL Nº 02/2015 Convênio MTE/SENAES nº 78/2012 SICONV 776109/2012 COTACAO PREVIA DE PREÇO nº 02/2015 Modalidade melhor técnica e preço-serviço Técnico de Consultoria

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 Instituto Marca de Desenvolvimento Socioambiental - IMADESA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 >> Leia com atenção o Edital antes de preencher o formulário para apresentação de projetos. I.

Leia mais

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE;

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A LOCAÇÃO DE GERADOR JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO A realização dos eventos RECGASTRÔ Food Truck no Parque e Mercado do Artesão, ambos no Parque Santana, situado

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO

ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO SEMJUV EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE JUVENTUDE TERESINA 2013 SEMJUV, pessoa jurídica de direito público, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS da

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONTRATANTE : Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - Senac - Administração Nacional ENDEREÇO : Av. Ayrton Senna, 5.555 TEL.: (21) 2136-5799 BAIRRO

Leia mais

Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2014.

Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2014. 1. Objeto EDITAL DE PROJETOS FUNDAÇÃO APERAM ACESITA 2014 REGULAMENTO GERAL Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da 2014. São objetivos do presente

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 14/2013

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 14/2013 COTAÇÃO PRÉVIA Nº 14/23 TERMO DE REFERÊNCIA O Instituto Aliança com o Adolescente, associação civil sem fins lucrativos e qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público OSCIP, MJ

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO 2012 EDUCAÇÃO: CARTÃO INSTITUTO HSBC SOLIDARIEDADE REGULAMENTO Criado em 2006, o é responsável por gerenciar o investimento social do Grupo HSBC Brasil e tem como missão contribuir para

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP A Fundação Faculdade de Medicina, entidade filantrópica, de direito privado, sem fins lucrativos, vem convidar V. Sas a participar do processo de Pedido de Cotação

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h 1.0.OBJETO 1.1 Contratação de Empresa Especializada para Locação, Implantação, Treinamento de Pessoal e

Leia mais

EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE

EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE A VALE S.A., no cumprimento de sua missão de transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável, tem implementado

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015

EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015 EDITAL DE LEILÃO Nº 003/2015 LEILÃO PÚBLICO DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA BTG PACTUAL COMERCIALIZADORA DE ENERGIA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sede na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n.º

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº. 001/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº. 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº. 001/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº. 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº. 001/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº. 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO 1. PREÂMBULO A Cooperativa dos Profissionais em Atividades Gerais COOPAGEL, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS

DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS A Coordenação da Área de Ciências Jurídicas e Sociais, composta pelos Cursos de Direito, Relações Internacionais e Ciência Política,

Leia mais

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE INCUBADORAS DE EMPRESAS EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE Brasília, 2015 O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE, entidade associativa de Direito

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO 1 GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR INSTRUMENTO DE CHAMADA PÚBLICA Nº 01 /2015 GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR Chamada Pública

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO - 1 - PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar o investimento social

Leia mais

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO ABERTO EM 10/02/2012

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO ABERTO EM 10/02/2012 FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA OS PROGRAMAS DE PRÉ-INCUBAÇÃO DE PROJETOS E PROGRAMA

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO

CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO Pelo presente instrumento particular, de um lado, FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, entidade de direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização Social de Saúde,

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/CENTRAC Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/CENTRAC Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/ Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA O Centro de Ação Cultural, organização civil de direito privado, sem fins lucrativos, situada à Rua Rodrigues

Leia mais

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO PROJETO CONCEITO DESENVOLVIMENTO PRODUTO + = Todo projeto inicia-se com a necessária clareza sobre seu escopo e os documentos: o termo de abertura a declaração do

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO A Associação Paulista dos Criadores de Suínos APCS - SP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PROCEDIMENTO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 07 01/12/2011 01/12/2011 APROVADO POR Marcio Adriano Franco SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 3 3. OBJETIVO...

Leia mais

Republicada por motivos técnicos. TOMADA DE PREÇO nº08/2012 DESENVOLVIMENTO DE SITES INSTITUTO PENSARTE

Republicada por motivos técnicos. TOMADA DE PREÇO nº08/2012 DESENVOLVIMENTO DE SITES INSTITUTO PENSARTE Republicada por motivos técnicos TOMADA DE PREÇO nº08/2012 DESENVOLVIMENTO DE SITES INSTITUTO PENSARTE A Organização Social de Cultura Instituto Pensarte, por meio de recursos públicos recebidos por ocasião

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016 CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015 Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016 Porto Alegre 2015 2 PREÂMBULO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO REGIMENTO INTERNO SUMÁRIO CAPITULO I Do fundamento legal CAPITULO

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2012 Chamamento Público para o Programa 2040 GESTÃO DE RISCOS E RESPOSTA A DESASTRES Ação 8172

Leia mais

REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE )

REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE ) REF.: PROPOSTA COMERCIAL DE SOLUÇÃO DE PBX IP PARLABOX ( SOFTWARE ) São partes neste CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE, na qualidade de LICENCIANTE, a empresa PARLACOM TELECOMUNICAÇÕES E INFORMÁTICA

Leia mais

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM Serviço Autônomo Municipal de Saneamento Básico SAMAE Travessa Theodoro Junctum, 124 - Bairro Centro RIO NEGRINHO - SC - Santa Catarina 85.908.309/0001-37 89.295-000 L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO PMI - Project Management Institute Capítulo Goiânia Goiás Brasil PROGRAMA DE VOLUNTARIADO GOIÂNIA GOIÁS 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Justificativa... 3 4. O Trabalho Voluntário... 4

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/12 PROCESSO N. 004393-09.00/12-3 ATA AJDG Nº 01/13 Nesta data, compareceu à sede da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE

Leia mais

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7 PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7 1. OBJETIVO Orientar a condução dos processos de Coordenação e controle de obras, executadas pela Brookfield Incorporações S/A, de forma a garantir

Leia mais

Sumário. Antecedentes legais. Atividades relevantes. O que é o SIGAP. Estrutura simplificada do SIGAP. Principais benefícios

Sumário. Antecedentes legais. Atividades relevantes. O que é o SIGAP. Estrutura simplificada do SIGAP. Principais benefícios Sumário Antecedentes legais Atividades relevantes O que é o SIGAP Relevância do SIGAP para o acompanhamento de projetos Estrutura simplificada do SIGAP Principais benefícios Atividades em desenvolvimento

Leia mais

DIRETRIZ ORGANIZACIONAL

DIRETRIZ ORGANIZACIONAL TÍTULO: REQUISITOS DE MEIO AMBIENTE, SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA DO TRABALHO PARA CONTRATADAS Área Responsável: Gerência Geral de Meio Ambiente Saúde e Segurança 1. OBJETIVO Este procedimento tem como

Leia mais

EDITAL 12/2012 COTAÇÃO PREVIA DE PREÇO. Componente: Coordenação, Consultoria em Monitoramento e Assessoria

EDITAL 12/2012 COTAÇÃO PREVIA DE PREÇO. Componente: Coordenação, Consultoria em Monitoramento e Assessoria EDITAL 12/2012 COTAÇÃO PREVIA DE PREÇO Componente: Coordenação, Consultoria em Monitoramento e Assessoria PROCESSO SELETIVO Nº 12/2012 Projeto de Organização da Produção Agroecológica, Integrada e Sustentável

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROAF N.º 009 / 2006

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROAF N.º 009 / 2006 ASSUNTO: Guia de Requisição de Serviços de Hospedagem Considerando a necessidade de regulamentar a solicitação dos serviços de Requisição de Serviços de Hospedagem (convidados e/ou visitantes) no âmbito

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 014/2015. ESTADO DE PERNAMBUCO Contrato do Processo Administrativo nº 009/2015, Concorrência nº 005/2015, com amparo no Artigo 40, 2º, inciso III da Lei 8.666/93, destinado a aquisição de Material

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos!

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! 2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer: estamos comemorando 10 anos do Programa Parceria Social! Ao longo desses anos o Instituto Embraer pôde,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC.

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras,

Leia mais

2. - Recebimento das propostas: de 16 de Fevereiro de 2012 até 25 de Fevereiro de 2012 através do e-mail: rcarnevalli@reprolatina.org.

2. - Recebimento das propostas: de 16 de Fevereiro de 2012 até 25 de Fevereiro de 2012 através do e-mail: rcarnevalli@reprolatina.org. Reprolatina Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva CNPJ nº 03.416.439/0001-98 Rua Maria Teresa Dias da Silva, 740 Cidade Universitária Campinas SP CEP 13083-820 Telefone (19) 3289-1735 EDITAL

Leia mais

EDITAL ITA DE EMPREENDEDORISMO. São José dos Campos

EDITAL ITA DE EMPREENDEDORISMO. São José dos Campos EDITAL ITA DE EMPREENDEDORISMO 2013 São José dos Campos 2013 SUMÁRIO 1 DENOMINAÇÃO, OBJETIVO E GOVERNANÇA... 4 1.1 Denominação... 4 1.2 Objetivo do Desafio... 4 1.3 Conceito... 4 1.3.1 Desenvolvimento

Leia mais

CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA

CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ESPORTIVOS, EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA APLICADA NA FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 06/12 PROCESSO N. 340-09.00/12-7 AJDG Nº 29/12 Nesta data, compareceu à sede da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus.

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015 Tipo: Menor preço total Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade

Leia mais

Aula 3 Fase de Iniciação de projetos

Aula 3 Fase de Iniciação de projetos Aula 3 Fase de Iniciação de projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula são, basicamente, apresentar as atividades que constituem a fase inicial dos projetos. Alem disso, vamos discorrer sobre

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010. Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail:

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010. Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: 1 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010 Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Fone: Fax: Pessoa para contato: RECEBEMOS ATRAVÉS DO: ACESSO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FGV DIREITO RIO. Capítulo I OBJETIVOS E ATRIBUTOS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FGV DIREITO RIO. Capítulo I OBJETIVOS E ATRIBUTOS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FGV DIREITO RIO Capítulo I OBJETIVOS E ATRIBUTOS Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é um componente curricular obrigatório (RESOLUÇÃO CNE/CES

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1 Tipo do Serviço e Especificação do Veiculo

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1 Tipo do Serviço e Especificação do Veiculo TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO ELETRÔNICA DE PREÇO Nº 017/2013 TIPO: MENOR PREÇO A Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil FETRAF-BRASIL/CUT, entidade de direito

Leia mais

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes;

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes; CONVÊNIO DE INCUBAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, DE ACORDO COM A SELEÇAO PÚBLICA REALIZADA ATRAVÉS DO EDITAL 01/2011 DA INCUBADORA

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014. Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014. Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014 Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris Porto Alegre 2014 2 PREÂMBULO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SEBRAE/RS,

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE XAXIM

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE XAXIM 1 INSTRUMENTO CONTRATUAL N.0050/2013. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SISTEMAS N.0050/2013. O Município de Xaxim, Estado de Santa Catarina, inscrito no CNPJ/MF sob o número N. 82.854.670/0001 30 -

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARE 1 - IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE: {Razão social}, com sede em {Cidade}, na {Endereço}, Bairro {Bairro}, Cep {CEP}, no Estado de {Estado}, inscrita no C.N.P.J. sob

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE AUDITORIA NO TERMO DE PARCERIA ENTRE A SOFTEX E A PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE NO PERÍODO DE ABRIL A JUNHO DE 2007 Í N D I C E Páginas 1 PARECER DA AUDITORIA... 3 e 4 2 IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO... 5

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º

TERMO DE REFERÊNCIA N.º MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

TÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

TÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO DO NAE - NÚCLEO DE ACOMPANHAMENTO AO EGRESSO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS TÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º. O presente Regulamento dispõe sobre a estrutura e modo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 2 INFRAESTRUTURA DE TI Para garantir o atendimento às necessidades do negócio, a área de TI passou a investir na infraestrutura do setor, ampliando-a,

Leia mais

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Breve Currículo do Palestrante Filme Ilustrativo O Veleiro Objetivos do Tema : Projeto e Gestão Teoria x Prática de Gestão

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento estabelece as normas relativas às disciplinas Trabalho

Leia mais

EDITAL Nº 06 SECAD/MEC, DE 1º DE ABRIL DE 2009

EDITAL Nº 06 SECAD/MEC, DE 1º DE ABRIL DE 2009 EDITAL Nº 06 SECAD/MEC, DE 1º DE ABRIL DE 2009 SELEÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PARA FOMENTO DA REDE DE EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE NO ÂMBITO DO SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB A União,

Leia mais

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE PROJETOS DE GRUPOS DE ESTUDOS DOS DOCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLÓRIANÓPOLIS.

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO DE PROJETOS E PLANO DE NEGÓCIOS. Contatos Valter Fernandes (Gerente do Projeto)

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N. 670-09.00/13-5

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N. 670-09.00/13-5 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N. 670-09.00/13-5 Contrato AJDG N. 023/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do MINISTÉRIO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES.

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será uma das âncoras do plano de revitalização da região portuária da cidade

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 26/2015, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 776999/2012

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 26/2015, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 776999/2012 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 26/2015, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 776999/2012 O, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Praça da Bandeira, nº 100, Sala 01 Condomínio

Leia mais

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO ACEITAÇÃO DO TERMO O CONTRATANTE que pretenda utilizar os serviços da TREVISAN TECNOLOGIA deverá aceitar os termos e condições gerais do contrato e todas as políticas e os princípios que o regem. Caso

Leia mais

PLANEJAMENTO DO PROJETO

PLANEJAMENTO DO PROJETO PLANEJAMENTO DO PROJETO 1 APRESENTAÇÃO DO PROJETO O presente projeto foi aberto para realizar a gestão de todos os processos de prestação de serviços de informática, fornecimento de licença de uso perpétua,

Leia mais

3. DAS MODALIDADES DE BOLSA, BENEFÍCIOS E DURAÇÃO. 3.1 No PIBITI, as 02 (duas) cotas institucionais tem a duração de 11(onze) meses, podendo ser

3. DAS MODALIDADES DE BOLSA, BENEFÍCIOS E DURAÇÃO. 3.1 No PIBITI, as 02 (duas) cotas institucionais tem a duração de 11(onze) meses, podendo ser EDITAL N.º 012/2013 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO À INOVAÇÃO DO IFPR (PIBIN) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO DO CNPq

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE EMPRESAS PARA A SEGUNDA EDIÇÃO DO PROGRAMA DESIGN EXPORT EDITAL Nº 1/2016

PROCESSO SELETIVO DE EMPRESAS PARA A SEGUNDA EDIÇÃO DO PROGRAMA DESIGN EXPORT EDITAL Nº 1/2016 PROCESSO SELETIVO DE EMPRESAS PARA A SEGUNDA EDIÇÃO DO PROGRAMA DESIGN EXPORT EDITAL Nº 1/2016 1. Considerações iniciais O Centro Brasil Design (CDB) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de

Leia mais

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2011 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014

CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014 1 CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014 Projeto de Qualificação de Credenciados de Serviços de Consultoria e Instrutoria do SEBRAE/RS Porto Alegre 2014 2 PREÂMBULO O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais