Aula 1 Parte 1 Componentes Automotivos Elementares SCCS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 1 Parte 1 Componentes Automotivos Elementares SCCS"

Transcrição

1 Aula 1 Parte 1 Componentes Automotivos Elementares Introdução Todo sistema de eletrônica embarcada precisa ser conectado ao menos à bateria do veículo. A grande maioria, além de receber a alimentação, precisa também ter conectadas suas entradas e saídas, e algumas dessas saídas precisam ser conectadas aos relés. Da mesma forma, alguns dos circuitos utilizados nesses sistemas necessitam ser protegidos de sobrecargas e curtos-circuitos. 1 2 Introdução Esta aula trata dos componentes que cuidam dessas tarefas. Aborda os chicotes elétricos, os fusíveis e os relés. Ao contrário do que pensa a maioria das pessoas, os fusíveis são instalados para proteger os chicotes elétricos, e não os componentes elétricos e eletrônicos ligados a ele. Apesar de parecerem elementares e serem esquecidos por grande parte das pessoas, são eles que garantem a conectividade e proteção dos sistemas embarcados. 3 A Tabela a seguir exibe alguns exemplos de correlação entre valores de corrente elétrica que circula pelos condutores e os respectivos valores especificados para os fusíveis. 4

2 Correlação entre corrente em condutores e capacidade de fusíveis. Corrente máxima no circuito (A) Valor do Fusível (A) Perceba que especificamos cada fusível considerando capacidade 20% acima da corrente máxima no circuito protegido. Se o fusível fosse utilizado para proteger os módulos conectados aos circuitos, atrelaríamos seus valores às especificações técnicas de cada módulo. 5 6 No geral, os fusíveis utilizados nos veículos são do tipo "blade". Imagens de minifusíveis Entre eles, podemos destacar os minifusíveis e os maxifusíveis. A seguir são mostrados alguns minifusíveis e as dimensões normalmente utilizadas em projeto. 7 8

3 Dimensões de minifusíveis(mm) Imagens de maxifusíveis 9 10 Dimensões de minifusíveis(mm) Na Figura é possível ver alguns mini e maxifusíveis instalados em um veículo; A imagem mostra uma caixa de relés e fusíveis localizada no compartimento do motor de um veículo de passeio

4 Percebe-se que os fusíveis instalados no veículo em questão são de cores diferentes. As cores representam valores de corrente. As Tabelas a seguir descrevem a codificação de cores normalmente utilizada pelas montadoras de veículos. 13 Código de Cores de Minifusíveis Corrente elétrica (A) Código de cor 2 Cinza 3 Roxo 4 Rosa 5 Marrom-claro 7,5 Marrom-escuro 10 Vermelho 15 Azul 20 Amarelo 25 Branco 30 Verde 14 Código de Cores de Maxifusíveis Corrente elétrica (A) Código de cor 20 Amarelo 25 Cinza 30 Verde 35 Marrom-escuro 40 Laranja 50 Vermelho 60 Azul 70 Marrom-claro 80 Branco Um dos principais atuadores elétricos em um automóvel é o relé. Esse componente é utilizado para comandar os mais variados tipos de sistemas; de lâmpadas a motores elétricos. Quando um módulo eletrônico precisar, por uma de suas saídas, comandar algum sistema de potência, e essa saída não for eletricamente capaz de fazê-io, um relé deve ser utilizado

5 As Figuras a seguir mostram, respectivamente, a imagem de um relé automotivo, suas dimensões externas, a numeração de seus terminais e seu circuito interno. Pode-se dizer que o tipo de simbologia a ser apresentado é padrão entre os fabricantes de relés automotivos, o que facilita bastante a análise de catálogos e esquemas elétricos dos automóveis em geral. Da mesma forma é a numeração dos terminais. Relé automotivo Dimensões Relé(mm) Numeração de Terminais Circuito interno 19 20

6 O exemplo em questão é de um relé simples, com contato normalmente aberto, utilizado no comando de lâmpadas, buzinas e do sistema desembaçador do vidro traseiro, entre outros. As Tabelas a seguir relacionam os números possíveis de terminais e as suas respectivas funções em um relé automotivo. Como mencionado, a numeração dos terminais é padrão, adotada pela maioria das montadoras de veículos. A numeração em um relé automotivo pode ser encontrada na base do relé, ao lado de cada terminal Numeração 84 84a 84b a 86b 87 87a 87b 87c Função Entrada - acionamento e contato do relé Saída -acionamento Saída -contato do relé Saída -acionamento(final da bobina) Entrada -acionamento(início da bobina) Início da bobina (ou 1ªbobina) Derivação na bobina (ou 2ªbobina) Entrada (relénormal fechado "NF") 1ªsaída (lado NF) (relénormal fechado "NF") 2ªsaída (relénormal fechado "NF") 3ªsaída (relénormal fechado "NF") 23 Numeração 87z 87y 87x 88 88a 88b 88c 88z 88y 88x Função 1ªentrada (relénormal fechado "NF") 2ªentrada (relénormal fechado "NF") 3ªentrada (relénormal fechado "NF") Entrada (contato de relénormal aberto "NA") 1ªsaída (contato de relénormal aberto "NA") 2ªsaída (contato de relénormal aberto "NA") 3ªsaída (contato de relénormal aberto "NA") 1ªentrada (contato de relénormal aberto "NA") 2ªentrada (contato de relénormal aberto "NA") 3ªentrada (contato de relénormal aberto "NA") 24

7 Os chicotes são os fios elétricos que interligam os componentes eletro-eletrônicos em um automóvel. Distribuição dos Um veículo de passeio chega a ter centenas de metros de cabos espalhados por sua carroceria. A Figura a seguir exibem os principais chicotes existentes em um veículo de passeio convencional Exemplo de um Chicote Exemplo de um Chicote 27 28

8 Repare que, no geral, os chicotes automotivos possuem um tronco principal e desse tronco partem alguns ramos secundários e terciários. Essa forma de criar um chicote não é regra. Depende apenas de critérios de engenharia que, normalmente, buscam facilitar a montagem do veículo, garantir a qualidade do produto final e, certamente, otimizar os custos da peça. 29 Como mencionado anteriormente, a quantidade de chicotes elétricos em um automóvel é imensa. Pela Figura a seguir é possível observar a distribuição dos chicotes pela carroceria de um típico veículo de passeio. Quase todas as regiões da carroceria têm contato com, ao menos, um ramo do chicote 30 Diagramas Elétricos Distribuição dos 31 Os sistemas de eletrônica embarcada, para operarem de forma correta, devem seguir um esquema de ligações, o chamado diagrama elétrico do veículo. Existem várias formas de criar um diagrama elétrico. As variações são basicamente relacionadas aos softwares utilizados para desenhar os diagramas e à simbologia adotada para representar os componentes e sistemas do veículo. 32

9 Diagramas Elétricos Exemplo de diagrama elétrico - sistema lavador dos vidros Diagramas Elétricos Exemplo de diagrama elétrico - acendedor de cigarros e tomada de força Diagramas Elétricos Exemplo de diagrama elétrico - ligação entre módulo e interruptores Comentários finais Os chicotes, fusíveis e relés são componentes fundamentais em um veículo. Sem eles, os atuais sistemas de eletrônica embarcada não existiriam. 35 O entendimento desses componentes, mesmo que superficial, é fundamental para os profissionais que desejam atuar na área de sistemas embarcados. 36

Prática 1: Dispositivos de Comando de Iluminação

Prática 1: Dispositivos de Comando de Iluminação Prática 1: Dispositivos de Comando de Iluminação 1 Objetivo básico Conhecer os principais dispositivos de acionamento de iluminação. Fundamentos teóricos Uma instalação elétrica residencial deve disponibilizar

Leia mais

Fusíveis SUBSTITUIÇÃO DE UM FUSÍVEL

Fusíveis SUBSTITUIÇÃO DE UM FUSÍVEL Fusíveis SUBSTITUIÇÃO DE UM FUSÍVEL CUIDADOS Desligue sempre o sistema de ignição e o circuito eléctrico afectado antes de substituir um. Instale fusíveis de substituição aprovados pela Jaguar com a mesma

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Design e Tecnologia incomparáveis Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um único local.

Leia mais

Informativo de Assistência Técnica

Informativo de Assistência Técnica Prezado Instalador - O Fiat Stilo é um veículo com um grande volume de tecnologia eletrônica e a utilização de ferramental inadequado pode causar sérios danos ao sistema elétrico. IMPORTANTE: Antes de

Leia mais

TELE - VENDAS: (0xx41) FAX GRÁTIS:

TELE - VENDAS: (0xx41) FAX GRÁTIS: TELE - ENDAS: (0xx41) 2102-1100 - FAX GRÁTIS: 0800-704 2080 PROA DE LÂMPADAS Testando a Lâmpada Com a lâmpada fora do soquete, encoste uma ponta de prova no encaixe e a outra ponta no pólo como é mostrado

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor Leonardo Gonsioroski

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor Leonardo Gonsioroski UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor Leonardo Gonsioroski Sistemas Elétricos Pode-se dizer que os sistemas elétricos são divididos em 4 grandes

Leia mais

SOM AUTOMOTIVO ESQUEMA DE LIGAÇÃO AUTOMOTIVO

SOM AUTOMOTIVO ESQUEMA DE LIGAÇÃO AUTOMOTIVO SOM AUTOMOTIVO ESQUEMA DE LIGAÇÃO AUTOMOTIVO Esquema de ligação para sons básicos: Vibe, Silver, Wave, Rock, One, Talk, Royal, Max e Beats.. 3 e 4 Esquema de ligação sons com tela: Class, Class TV, Explorer,

Leia mais

Estrutura dos esquemas elétricos

Estrutura dos esquemas elétricos Alternador, Regulador de tensão, Bateria Estrutura dos esquemas elétricos Descrição dos componentes utilizados na página Central Elétrica e suas ligações internas, fusíveis e relés 50 500 4 Seção média

Leia mais

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2 UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO Módulo 3 Módulo FRENTE MEDIDAS: Comprimento Total 2,0 m Comprimento módulo, m Comprimento módulo 2,00 m Comprimento módulo 3,0 m Largura 2,3 m

Leia mais

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES PEA - Eletrotécnica Geral 1 DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES OBJETIVO LIGAR/DESLIGAR EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS À DISTÂNCIA, DE UM OU MAIS LOCAIS; CONHECER A SITUAÇÃO OPERATIVA DO EQUIPAMENTO (LIG/DESLIG/

Leia mais

NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico

NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico Elaborado: Prof. Luís Caldas Visão de comando elétrico; Normas e procedimentos e segurança; Conceitos componentes elétricos; Aplicações e exemplos.

Leia mais

ELETRICIDADE AUTOMOTIVA ESQUEMAS E CIRCUITOS ELÉTRICOS

ELETRICIDADE AUTOMOTIVA ESQUEMAS E CIRCUITOS ELÉTRICOS ELETRICIDADE AUTOMOTIVA ESQUEMAS E CIRCUITOS ELÉTRICOS SENAI - PR, 2003 CÓDIGO DE CATÁLOGO : 0010XA0107102 Trabalho elaborado pela Diretoria de Tecnologia do Departamento Regional do SENAI - PR, através

Leia mais

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores e Isolantes Isolantes Materiais que não conduzem eletricidade; Condutores

Leia mais

Eletrotécnica básica Atividade prática

Eletrotécnica básica Atividade prática Eletrotécnica básica Atividade prática 1 SUMÁRIO Apresentação... 3 Identificação dos terminais de motor trifásico... 5 Chave de Partida direta automática (com contator)... 7 Comando com acionamento de

Leia mais

Curso Técnico de Eletrotécnica Disciplina: Prática de acionamentos elétricos I Prof. Epaminondas de Souza Lage

Curso Técnico de Eletrotécnica Disciplina: Prática de acionamentos elétricos I Prof. Epaminondas de Souza Lage Indicações para os traçados e a utilização de diagramas Para se saber como os elementos são interligados e também para um perfeito entendimento dos comandos elétricos é necessária a correta interpretação

Leia mais

Introdução... 3 Características... 3 Fios e conectores... 4 Diagramas de Instalação... 6 Controlador + Trava magnética... 6

Introdução... 3 Características... 3 Fios e conectores... 4 Diagramas de Instalação... 6 Controlador + Trava magnética... 6 Manual NTCP007 1 ÍNDICE 1) Introdução... 3 2) Características... 3 3) Fios e conectores... 4 4) Diagramas de Instalação... 6 a) Controlador + Trava magnética... 6 b) Controlador + Trava Bolt... 8 c) Controlador

Leia mais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais Descrição Descrição As lâmpadas de demarcação lateral podem ser conectadas de diferentes maneiras, desde que o veículo venha preparado para tanto de fábrica: É possível adicionar lâmpadas de demarcação

Leia mais

Comandos Elétricos Parte 1 Prof. Mauricio Martins Taques CAMPUS JOINVILLE

Comandos Elétricos Parte 1 Prof. Mauricio Martins Taques CAMPUS JOINVILLE Comandos Elétricos Parte 1 Prof. Mauricio Martins Taques CAMPUS JOINVILLE Fevereiro/2016 1 SUMÁRIO Simbologia...4 Lista de Tarefas...8 Tarefas....10 Simbologia Fases Fusível Interruptor Simples de 1 tecla

Leia mais

AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala

AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala AULA 04 Tensão e Corrente alternada Ondas senoidais Ondas quadradas Ondas triangulares Frequência e período Amplitude e valor

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 2013 Agilidade e criatividade nas instalações Esquema de ligação Interruptor Simples - A/250V~ LÂMPADA RETORNO Permite comandar uma ou mais lâmpadas exclusivamente de um único local. Utiliza-se

Leia mais

Informativo de Assistência Técnica

Informativo de Assistência Técnica Informativo de Assistência Técnica Circular N.º: 018/03 Responsável: André Betarello Data: 06/01/2005 Revisão: 003 Para: Técnicos PST Eletrônica e Instaladores Assunto: Instruções de Instalação para o

Leia mais

Simulador de sonda lambda inteligente

Simulador de sonda lambda inteligente t65 Simulador de sonda lambda inteligente APRESENTAÇÃO E CARACTERÍSTICAS O Simulador de sonda lambda inteligente T65 é um módulo eletrônico desenvolvido para efetuar a simulação do sinal do sensor de sonda

Leia mais

Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento. Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento

Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento. Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento Motores de indução trifásicos e dispositivos de acionamento - Tipos e características de motores trifásicos; -. Introdução com rotor gaiola de

Leia mais

AUTOMATIZADOR - SENTRA

AUTOMATIZADOR - SENTRA Manual de Acessórios AUTOMATIZADOR - SENTRA Part Number: PRT89 - SENTRA Execute a operação descrita utilizando os seguintes itens: A B Fusível Amarelo mini 0A Scotchlok Cabo complementar de alimentação

Leia mais

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito DISPOSITIVOS Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores Contra Sobrecarga De Proteção Contra Curto-Circuito Relé Térmico Fusíveis Sobrecarga - corrente elétrica acima da corrente nominal projetada

Leia mais

1 TERMOS DE USO. Página 3

1 TERMOS DE USO. Página 3 Página 1 Sumário 1 TERMOS DE USO... 3 2 INTRODUÇÃO:... 4 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:... 5 4 ESQUEMA DE LIGAÇÃO... 6 5 DICAS ANTES DA INSTALAÇÃO... 9 6 GARANTIA... 10 Página 2 1 TERMOS DE USO Este manual

Leia mais

PEA 2401 LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I

PEA 2401 LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I PEA 2401 LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I 1 OBJETIVO DA DISCIPLINA A disciplina tem por objetivo apresentar as bases teóricas e as aplicações dos principais dispositivos, materiais e equipamentos

Leia mais

Painel de comando da suspensão a ar adicional. Descrição

Painel de comando da suspensão a ar adicional. Descrição Descrição Descrição O painel de comando padrão da suspensão a ar está localizado na lateral do banco do motorista. O nível do veículo pode ser ajustado usando o painel de comando. Durante o tratamento

Leia mais

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos ELETRICIDADE INDUSTRIAL Dispositivos de Acionamentos Elétricos Contatos Em acionamentos, as chaves podem assumir duas posições: NA (normalmente aberto) inglês NO Os pinos recebem dígitos 3 e 4 NF (normalmente

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Módulo Transformador para Iluminação de Emergência, até 2 Lâmpadas, Autonomia 1,5 h. Código AFILSI-NICAD Equipamento com a função de transformar uma ou mais luminárias fluorescentes comuns, instalada em

Leia mais

1 TERMOS DE USO 2 INTRODUÇÃO: 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:

1 TERMOS DE USO 2 INTRODUÇÃO: 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: Página 1 Sumário 1 TERMOS DE USO... 3 2 INTRODUÇÃO:... 3 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS:... 3 4 ESQUEMA DE LIGAÇÃO... 4 5 DICAS ANTES DA INSTALAÇÃO... 7 6 GARANTIA... 7 Página 2 1 TERMOS DE USO Este manual

Leia mais

Novo Corsa AA

Novo Corsa AA Manual Kit Trava Elétrica Novo Corsa AA.42.0001 www.softautomotiva.com.br Novo Corsa A Soft coloca a disposição para o mercado automotivo o Kit Trava Elétrica para Novo Corsa (4P mono). A mais moderna

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Ensino Secundário ANO LECTIVO 01/013 Total de Aulas Previstas (45 min) 17 1º Período 13 SET / 13 DEZ 91 º Período 03 JAN / 14 MAR 7 3º Período 0 ABR / 1 ABR 18 1. Unidade Modular N.º 0 Instalações Elétricas

Leia mais

AA e AA

AA e AA Manual Kit Trava Elétrica UP (a partir 2014) AA.42.0114 e AA.42.0115 www.softautomotiva.com.br UP (4P e 2P) A Soft coloca a disposição para o mercado automotivo o Kit Trava Elétrica para o UP a partir

Leia mais

Manual de instruções Sensores capacitivos

Manual de instruções Sensores capacitivos Manual de instruções Sensores capacitivos 700 / 00 0 / 009 Índice Instruções de segurança... Utilização prevista... Montagem.... Notas sobre a montagem faceada e não faceada... Conexão elétrica.... Sistemas

Leia mais

Prática de Acionamentos e Comandos Elétricos II

Prática de Acionamentos e Comandos Elétricos II Data: / / 20 Aluno(a): 1ª Aula Prática: Partida de motores de indução monofásicos com contatores. Prof. Epaminondas de Souza Lage 1 - Objetivos: -Identificar as partes constituintes do motor de indução

Leia mais

FI 81. Punto Palio, Siena e Palio Weekend Stilo Tempra Palio, Siena, Strada e Palio Weekend 2007> Brava e Marea...

FI 81. Punto Palio, Siena e Palio Weekend Stilo Tempra Palio, Siena, Strada e Palio Weekend 2007> Brava e Marea... Introdução... 05 Diagrama geral... 07... 09 Procedimentos de... 10 e 11 Conexões para Vidros Elétricos Astra < 95... 12 Astra > 99, Meriva e Zafira... 13 Corsa e Tigra... 14 Ômega Nacional < 98 e Vectra

Leia mais

IDM-6 Ignition Driver Module

IDM-6 Ignition Driver Module Manual do Usuário IDM-6 Ignition Driver Module 8 de Janeiro de 2014 GARANTIA PRODUTOS PRO TUNE Os Produtos Pro Tune têm garantia de 1 ano (3 meses referentes à garantia legal mais extensão de 9 meses de

Leia mais

Sérgio Ferreira de Paula Silva

Sérgio Ferreira de Paula Silva Instalações Elétricas 1 Projeto de Instalações Elétricas Projetar uma instalação elétrica para qualquer tipo de prédio ou local consiste essencialmente em selecionar, dimensionar e localizar, de maneira

Leia mais

PARABÉNS! Temos procurado aprimorar o produto constantemente, proporcionando maior segurança e confiabilidade ao sistema.

PARABÉNS! Temos procurado aprimorar o produto constantemente, proporcionando maior segurança e confiabilidade ao sistema. CAPA PARABÉNS! O sistema de segurança que você adquiriu é o que há de mais avançado no mercado, pois une à tecnologia dos modernos micro-controladores a experiência de nossos técnicos e engenheiros de

Leia mais

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem duas saídas

Leia mais

Continuar. PE B A Edição: 05/03. Esquema elétrico: Preliminar Accelo 915 C ( ) Indicações gerais de segurança

Continuar. PE B A Edição: 05/03. Esquema elétrico: Preliminar Accelo 915 C ( ) Indicações gerais de segurança Esquema elétrico: Preliminar Accelo 915 C (979.046) Validade: Desde início de produção Tensão da instalação elétrica: 24 Volts Código de cores dos cabos elétricos: bl = azul br = marrom ge = amarelo gn

Leia mais

FSA 450 Equipamento móvel e universal para Teste de Sistemas

FSA 450 Equipamento móvel e universal para Teste de Sistemas FSA 450 Equipamento móvel e universal para Teste de Sistemas O novo Equipamento para Testes de Sistemas FSA 450 da Bosch é uma combinação prática de: Multímetro com display digital e gráfico Osciloscópio

Leia mais

Transformações da energia elétrica. Maria do Anjo Albuquerque

Transformações da energia elétrica. Maria do Anjo Albuquerque Transformações da energia elétrica A passagem da corrente elétrica nos condutores produz efeitos cuja aplicabilidade prática É IMPORTANTÍSSIMA. Identifica os efeitos magnéticos, químicos e térmico que

Leia mais

RT-1000 Manual de Instalação, Operação e Programação

RT-1000 Manual de Instalação, Operação e Programação Introdução O é um amplificador de 50W / 100W criado para comandar todas as funções acústicas e visuais de um veiculo adaptado com barra sinalizadora e sirene. Possui entradas e saídas digitais que permitem

Leia mais

Aula 9 Desenho de instalações elétricas: simbologias e convenções

Aula 9 Desenho de instalações elétricas: simbologias e convenções Aula 9 Desenho de instalações elétricas: simbologias e convenções 1. INTRODUÇÃO Quando vamos executar uma instalação elétrica qualquer, necessitamos de vários dados como: localização dos elementos, percursos

Leia mais

CAPÍTULO 16. A unidade central opera no modo emergência quando um sensor falha, assim o motorista conseguirá levar o carro até a oficina.

CAPÍTULO 16. A unidade central opera no modo emergência quando um sensor falha, assim o motorista conseguirá levar o carro até a oficina. 1 of 32 21/07/2014 19:28 CAPÍTULO 16 AUDI A4 1.6 ADP 1995 em diante COMO FUNCIONA ESTE SISTEMA Este sistema é Mutliponto sequencial, com 4 válvulas injetoras que possui autodiagnose ou seja que caso tenha

Leia mais

Aceleração manual remota. Descrição. Generalidades. Condições. Ativação

Aceleração manual remota. Descrição. Generalidades. Condições. Ativação Descrição Descrição Generalidades A função de aceleração manual remota é usada para controlar de modo remoto as funções de aceleração manual, aceleração manual limitada e marcha lenta elevada. Condições

Leia mais

CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS

CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS WWW.ENGEPOWER.COM TEL: 11 3579-8777 PROGRAMA DO CURSO A PROTEÇÃO E A SELETIVIDADE EM SISTEMAS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS DIRIGIDO A : Engenheiros

Leia mais

Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas

Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas Aula 06 Esquema de ligação dos condutores Diagramas multifiliar e unifiliar Prof. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino 2016 Condutores Geralmente, a

Leia mais

CARACTERÍSTICAS E MODOS DE FUNCIONAMENTO MODOS DE OPERAÇÃO DOS BOTÕES PROTEÇÃO ANTIESMAGAMENTO ALÍVIO DE PRESSÃO INTERNA

CARACTERÍSTICAS E MODOS DE FUNCIONAMENTO MODOS DE OPERAÇÃO DOS BOTÕES PROTEÇÃO ANTIESMAGAMENTO ALÍVIO DE PRESSÃO INTERNA CARACTERÍSTICAS E MODOS DE FUNCIONAMENTO Os módulos da linha TOTALSAFE PRO foram desenvolvidos para agregar além de conforto, segurança total na automação dos vidros elétricos. Essa linha de produtos oferece

Leia mais

Partida de Motores Elétricos de Indução

Partida de Motores Elétricos de Indução Partida de Motores Elétricos de Indução 1 Alta corrente de partida, podendo atingir de 6 a 10 vezes o valor da corrente nominal. NBR 5410/04: a queda de tensão durante a partida de um motor não deve ultrapassar

Leia mais

Informativo de Assistência Técnica

Informativo de Assistência Técnica Prezado Instalador, O Fiat Stilo é um veículo com um grande volume de tecnologia eletrônica e a utilização de ferramental inadequado pode causar sérios danos ao sistema elétrico. IMPORTANTE: Antes de começar

Leia mais

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara 1 COMANDOS NDUSTRAS AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta Prof. Marcio Kimpara UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul FAENG Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia

Leia mais

Professor: Gabriel Alves

Professor: Gabriel Alves Professor: Gabriel Alves Questão 01 - (IFPE/2016) Em muitas casas brasileiras, para um maior conforto, é comum ter instalado um chuveiro elétrico. Seu funcionamento se dá graças à resistência presente

Leia mais

Exercícios de Física Associação de Resistores

Exercícios de Física Associação de Resistores Questão 01 - Dada a associação de resistores abaixo, a resistência equivalente entre os terminais A e B vale: b) 4 A e 250 Ω c) 1 A e 150 Ω d) 5 A e 100 Ω Questão 03 - Calcule a resistência equivalente

Leia mais

Máquinas e Acionamentos Elétricos Acionamentos de Motores de Indução Trifásicos CHAVES DE PARTIDA

Máquinas e Acionamentos Elétricos Acionamentos de Motores de Indução Trifásicos CHAVES DE PARTIDA CHAVES DE PARTIDA 1 PARTIDA DIRETA O motor parte com valores de conjugado (torque) e corrente de partida plenos, pois suas bobinas recebem tensão nominal (fig. 1.1). Fig. 1.1 (a) Ligação e tensão em triângulo

Leia mais

MÓDULO DE REDUNDÂNCIA DE FONTE MRF-100

MÓDULO DE REDUNDÂNCIA DE FONTE MRF-100 MÓDULO DE REDUNDÂNCIA DE FONTE Manual do usuário Série: A MÓDULO DE REDUNDÂNCIA DE FONTE MAN-DE- Rev.: 01.00-10 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso MÓDULO DE REDUNDÂNCIA DE FONTE. Para garantir

Leia mais

Robô segue luz. Vanderlei Alves S. da Silva. Introdução

Robô segue luz. Vanderlei Alves S. da Silva. Introdução Robô segue luz Vanderlei Alves S. da Silva Introdução O mundo da robótica é algo realmente fascinante e podemos encontrar uma série de robôs capazes de fazer coisas incríveis. Alguns bem complexos de serem

Leia mais

02 - Material Eléctrico

02 - Material Eléctrico 02 - Material Eléctrico 0210006 Terminal n/isolado Olhal 0210010 Terminal Olhal p/cabo Bateria 0210016 Terminal Olhal p/cabo 16mm2 02100161 Terminal Olhal M10 16mm2 0210025 Terminal Olhal p/cabo 25mm2

Leia mais

MANUAL DAS CAIXAS DE CONEXÃO PARA OS TORQUÍMETROS T20 E T22

MANUAL DAS CAIXAS DE CONEXÃO PARA OS TORQUÍMETROS T20 E T22 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA LABORATÓRIO DE MÁQUINAS, ACIONAMENTOS E ENERGIA MANUAL DAS CAIXAS DE CONEXÃO PARA OS TORQUÍMETROS T20

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 2013 Design e Sofisticação com Personalidade Esquemas de Ligação Interruptor Simples - 16A/250V~ Interruptor Simples: 2 Bornes para conexão elétrica. Permite comandar uma ou mais lâmpadas

Leia mais

Aplicativos JEEP MPI. O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas certas falhas.

Aplicativos JEEP MPI. O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas certas falhas. 1 Aplicativos JEEP MPI JEEP CHEROKEE 4.0L Código de Falhas A unidade central incorpora uma função de diagnóstico O Indicador de mau funcionamento (mil) no painel de instrumento iluminará se são reconhecidas

Leia mais

18. SISTEMA DE IGNIÇÃO

18. SISTEMA DE IGNIÇÃO 18. DIAGNOSE DE DEFEITOS 18-1 INFORMAÇÃO DE SERVIÇOS 18-1 VELA DE IGNIÇÃO 18-3 BOBINA DE IGNIÇÃO 18-3 UNIDADE DE C.D.I. 18-3 ALTERNADOR 18-4 DIAGNOSE DE DEFEITOS Motor gira mas não pega Interruptor de

Leia mais

Manual de montagem. Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro. Última atualização: V

Manual de montagem. Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro. Última atualização: V Manual de montagem Conjunto completo equipamento básico frontal e traseiro Última atualização: V4.20160114 30322558-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

Tomadas & Interruptores. Seu lar com o seu estilo

Tomadas & Interruptores. Seu lar com o seu estilo Tomadas & Interruptores Seu lar com o seu estilo Índice APRESENTAÇÃO Uma nova linha pensada para combinar com seu estilo. BENEFÍCIOS Várias características que irão surpreender no olhar e no toque. MÓDULOS

Leia mais

Para o perfeito funcionamento e conservação dos componentes instalados, siga as recomendações abaixo:

Para o perfeito funcionamento e conservação dos componentes instalados, siga as recomendações abaixo: t1200 apresentação e características A Micro comutadora t1200 é um módulo eletrônico desenvolvido para facilitar a instalação do Kit GNV. Essa comutadora é programada somente para veículos providos de

Leia mais

Este boletim tem por finalidade apresentar uma análise de defeitos comuns do VF50F/E.

Este boletim tem por finalidade apresentar uma análise de defeitos comuns do VF50F/E. Este boletim tem por finalidade apresentar uma análise de defeitos comuns do VF50F/E. Introdução Os equipamentos VF50F/E são conhecidos pela complexidade de seus esquemas elétricos, isso se deve ao fato

Leia mais

Manual de Referência e Instalação

Manual de Referência e Instalação ELOCK-B100 Manual de Referência e Instalação Características A série das fechaduras Elock-B100 eletromagnéticas oferece soluções de baixo custo e de fácil instalação. Adequado para várias aplicações. Não

Leia mais

Segurança, Tecnologia e Qualidade

Segurança, Tecnologia e Qualidade , Tecnologia e Qualidade Tudo o que se espera em material elétrico Quando suas instalações precisam de plugues, cigarras, interruptores e tomadas de sobrepor, é aí que a qualidade FAME aparece, pois a

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 0 Simplicidade, beleza e harmonia. Identificação Esquema de ligação Interruptor Simples - 0A/50V~ RETORO Permite comandar uma ou mais lâmpadas exclusivamente de um único local. Utilizase

Leia mais

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL 02 - PARTIDA DIRETA E REVERSORA 1 REVISÃO BIBLIOGRAFICA

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL 02 - PARTIDA DIRETA E REVERSORA 1 REVISÃO BIBLIOGRAFICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Campus Araranguá Curso: Eletromecânica Disciplina: Instalações Elétricas Local: Laboratório de Eletrotécnica Professor: Giovani Batista

Leia mais

CARREGADOR DE BATERIA CHARGER 250E

CARREGADOR DE BATERIA CHARGER 250E CARREGADOR DE BATERIA CHARGER 250E *Imagens meramente ilustrativas Manual de Instruções www.v8brasil.com.br Prezado Cliente Este Manual tem como objetivo orientá-lo na operação e informações gerais de

Leia mais

Laboratório de Eletropneumática e Eletrohidráulica. Prof. Dr. Emílio Carlos Nelli Silva Prof. Dr. Rafael Traldi Moura MSc. Ruben Andres Salas

Laboratório de Eletropneumática e Eletrohidráulica. Prof. Dr. Emílio Carlos Nelli Silva Prof. Dr. Rafael Traldi Moura MSc. Ruben Andres Salas Laboratório de Eletropneumática e Eletrohidráulica Prof. Dr. Emílio Carlos Nelli Silva Prof. Dr. Rafael Traldi Moura MSc. Ruben Andres Salas Objetivo e Considerações Objetivos: O laboratório tem por principal

Leia mais

Gol/Voyage/Saveiro Esquema de circuito de corrente Nº 5 / 1

Gol/Voyage/Saveiro Esquema de circuito de corrente Nº 5 / 1 https://poal.cpn.vwg/elsapro/elsaweb/ctr/wdshowcontent/document819565 Page 1 of 9 24/02015 Copyright VW AG Esquemas Eletricos Nº do processo ElsaPro: 20879 Nº da ordem DMS: undefined FIN: Ano modelo: 2012

Leia mais

Manual de instalação do Controle de cargas à distância. Instalação do Sistema de Controle.

Manual de instalação do Controle de cargas à distância. Instalação do Sistema de Controle. Manual de instalação do Controle de cargas à distância Instalação do Sistema de Controle. A RPS agradece sua escolha por este produto.estamos certos que o Controle de cargas à distância (CCD-064), irá

Leia mais

PRÁTICA 2 - PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO DO MOTOR DE INDUÇÃO TRIFÁSICO

PRÁTICA 2 - PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO DO MOTOR DE INDUÇÃO TRIFÁSICO Comandos Industriais Professor: Marcio Luiz Magri Kimpara Introdução PÁTICA - PATIDA ETELA-TIÂNGULO DO MOTO DE INDUÇÃO TIFÁICO A chave estrela-triângulo é um dispositivo auxiliar de partida de motores

Leia mais

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem uma saída

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Aluno: Data: 01) Faça a montagem dos circuitos abaixo: a) Interruptor simples b) Interruptor paralelo. c) Interruptor intermediário.

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Tudo o que se espera em material elétrico Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um

Leia mais

Prática de Acionamentos e Comandos Elétricos I

Prática de Acionamentos e Comandos Elétricos I Data: / / 20 Aluno(a): Aula 9 : Partida de MIT com chave estrela/triângulo através de dispositivos de comandos. 1 - Objetivo Executar a montagem da ligação indireta de motores trifásicos através da partida

Leia mais

Associação de Resistores

Associação de Resistores Associação de Resistores Objetivo: Medir a corrente elétrica e a diferença de potencial em vários ramos e pontos de um circuito elétrico resistivo. Materiais: (a) Três resistências nominadas R 1, R 2 e

Leia mais

Eletricidade de Automóveis - Sistemas de Iluminação e Sinalização

Eletricidade de Automóveis - Sistemas de Iluminação e Sinalização Eletricidade de Automóveis - Sistemas de Iluminação e Sinalização Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco Presidente Jorge Wicks Côrte Real Departamento Regional do SENAI de Pernambuco Diretor

Leia mais

Segurança, Tecnologia e Qualidade

Segurança, Tecnologia e Qualidade , Tecnologia e Qualidade Tudo o que se espera em material elétrico Quando suas instalações precisam de plugues, cigarras, interruptores e tomadas de sobrepor, é aí que a qualidade FAME aparece, pois a

Leia mais

Chevrolet Omega/Suprema 2.0/2.2/3.0/4.1

Chevrolet Omega/Suprema 2.0/2.2/3.0/4.1 Diagnóstico da injeção eletrônica Chevrolet Omega/Suprema 2.0/2.2/3.0/4.1 Autoria: Fernando Furini Mauro Perides Colaboração: Gustavo Frezza Junior - Overspeed Helder Muller Versão 1.3-17/04/2006 Pág 1

Leia mais

18. PARTIDA ELÉTRICA INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 18-1 NX-4 FALCON INTERRUPTOR DO RELÉ DE PARTIDA 18-9 DIODO DA EMBREAGEM DIODO DO PONTO MORTO 18-11

18. PARTIDA ELÉTRICA INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 18-1 NX-4 FALCON INTERRUPTOR DO RELÉ DE PARTIDA 18-9 DIODO DA EMBREAGEM DIODO DO PONTO MORTO 18-11 NX-4 FALCON 18. PARTIDA ELÉTRICA DIAGRAMA DO SISTEMA 18-0 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 18-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 18-2 MOTOR DE PARTIDA 18-4 INTERRUPTOR DO RELÉ DE PARTIDA 18-9 DIODO DA EMBREAGEM 18-11 DIODO

Leia mais

Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas

Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas Curso Técnico em Eletroeletrônica Instalações Elétricas Aula 03 Padrão de entrada. Ramal de ligação, poste particular e pontalete. Quadro de medição. Quadro de distribuição. Prof. Dra. Giovana Tripoloni

Leia mais

PROTOTIPAGEM ELETRÔNICA DO IMD PENTATRONIX

PROTOTIPAGEM ELETRÔNICA DO IMD PENTATRONIX PROTOTIPAGEM ELETRÔNICA DO IMD PENTATRONIX 1) CONCEITO DE PROTOBOARD Fonte: Fritzing http://fritzing.org/home/ adaptado por Fátima Rosas. Protoboard ou matriz de contato é uma placa com diversos furos

Leia mais

CARBAT Carregador de Bateria CARBAT Safesoft Ltda. Ver Safesoft Ind. E Com. De Equip. Eletrônicos

CARBAT Carregador de Bateria CARBAT Safesoft Ltda. Ver Safesoft Ind. E Com. De Equip. Eletrônicos .. CARBAT- 0661 Carregador de Bateria CARBAT-0661 Safesoft Ind. E Com. De Equip. Eletrônicos Avenida dos Pinheirais, 999 Araucária - PR CEP: 83705-570 Tel: (41) 3031-8800 / 3031-8801 / 3031-8813 Cel: (41)

Leia mais

GERENCIE SEUS VEÍCULOS E REDUZA CUSTOS

GERENCIE SEUS VEÍCULOS E REDUZA CUSTOS 1 CONTEÚDO POR VEÍCULO A B C D E F G 1 Módulo Rastreador 1 Antena GPS 1 Antena GSM 1 Chicote elétrico com botão de pânico 1 Leitor de Chave do Motorista (opcional) Chaves do motorista (opcional) Relê de

Leia mais

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL Experiência 1: Medidas Elétricas. Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos.

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL Experiência 1: Medidas Elétricas. Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos. 1 1. Objetivos Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos. 2. Conceito 2.1 Matriz de contatos Uma grande parte dos circuitos eletrônicos, especialmente os digitais, quando

Leia mais

ACIONAMENTO DE MÁQUINAS

ACIONAMENTO DE MÁQUINAS Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Sinop Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas ACIONAMENTO DE MÁQUINAS ROGÉRIO LÚCIO LIMA Sinop Novembro de 2016 Essa chave alimenta as bobinas do motor

Leia mais

2 Materiais e Equipamentos Elétricos Capítulo 9 Mamede

2 Materiais e Equipamentos Elétricos Capítulo 9 Mamede 2 Materiais e Equipamentos Elétricos Capítulo 9 Mamede 1 De modo geral para a especificação de materiais e equipamentos, é necessário conhecer: Tensão nominal; Corrente Nominal; Frequência nominal; Potência

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Técnico em Mecatrônica na modalidade Concomitante

PLANO DE ENSINO. Técnico em Mecatrônica na modalidade Concomitante PLANO DE ENSINO 1. CURSO Técnico em Mecatrônica na modalidade Concomitante 2. DISCIPLINA / COMPONENTE CURRÍCULAR NOME: Instalações e Comandos Elétricos CARGA HORÁRIA: 60 h (80horas/aulas) MÓDULO OU FASE:

Leia mais

ELOCK-B100. Imagem Meramente Ilustrativa. Manual de Referência e Instalação

ELOCK-B100. Imagem Meramente Ilustrativa. Manual de Referência e Instalação ELOCK-B100 Imagem Meramente Ilustrativa Manual de Referência e Instalação Características A série das fechaduras Elock-B100 eletromagnéticas oferece soluções de baixo custo e de fácil instalação. Adequado

Leia mais

B D B D

B D B D B D - 2 5 0. 1 B D - 2 5 0. 2 02... Especificações técnicas 03... Unidades de entrada e saída 04... Exemplos de entrada 05... Exemplos de ligação BD-250.1 06... Exemplos de ligação BD-250.2 07... Sistema

Leia mais

A idéia é o piloto monitorar quão próximo do limite de giros está chegando.

A idéia é o piloto monitorar quão próximo do limite de giros está chegando. Rua Sigfredo Day, 50 - Sobreloja CIC. CEP 81.170-650 CURITIBA PR Fone / Fax: (41)3014-3536. E-mail: vendas@guster.com.br INSTRUMENTOS AUTOMOTIVOS MONITORAMENTO DE VEÍCULOS ******************************************************************

Leia mais

Questão 4. Questão 5. Questão 6

Questão 4. Questão 5. Questão 6 Questão 1 Por uma bateria de f.e.m. (E) e resistência interna desprezível, quando ligada a um pedaço de fio de comprimento Ø e resistência R, passa a corrente i (figura 1). Quando o pedaço de fio é cortado

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial 1 2 a AULA Controlador Lógico Programável: Características de software.

Leia mais

SISTEMA PARA ESTUDO E TREINAMENTO NO ACIONAMENTO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS COM INVERSOR DE FREQUÊNCIA E AQUISIÇÃO DE DADOS

SISTEMA PARA ESTUDO E TREINAMENTO NO ACIONAMENTO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS COM INVERSOR DE FREQUÊNCIA E AQUISIÇÃO DE DADOS DLB MAQCA 1893 SISTEMA PARA ESTUDO E TREINAMENTO NO ACIONAMENTO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS COM INVERSOR DE FREQUÊNCIA E AQUISIÇÃO DE DADOS Este conjunto didático de equipamentos foi idealizado para possibilitar

Leia mais