PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO"

Transcrição

1 PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOVEMBRO

2 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO DEVE SER UTILIZADO PARA ELUCIDAÇÕES DIAGNÓSTICAS QUANDO OUTROS MÉTODOS NÃO FORAM EFICAZES OU PARA EVOLUÇÃO DE CASOS GRAVES COMO AVC, TRAUMATISMOS E ESTADIAMENTO DE LESÕES MALÍGNAS EM TRATAMENTO COM RADIO E QUIMIOTERAPIA. Contra-Indicações absolutas:- UTILIZAÇÃO DE IODO EM: alergia em geral e principalmente os alérgicos ao iodo, doentes diabéticos utilizando metformina, doentes com mieloma mutitiplo, doentes idosos, fase aguda das hemorrgias, hipetireoidismo, doença cardíaca severa, insuficiência cardíaca aguda ou crônica, insuficiência renal aguda/crônica, anemia falciforme, traumatismos cranioencefálicos, feocromocitoma, gravidez e anemia falciforme. TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA SEGMENTOS APENDICULARES: BRAÇO, ANTEBRAÇO, COXAS, PERNAS MAÕS, TORNOZELOS OU PÉS Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas, cartilaginosas. ósseas Malformações congênitas. 2

3 CONTRA- maioria dos aparelhos suporta até 120 Kg. c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA. ORIENTAÇÕES: Fisiatra, médico do trabalho, ortopedista, oncologista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DAS ARTICULAÇÕES COXO FEMORAES. Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas, Neoplasias ósseas Malformações congênitas. CONTRA- 3

4 c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA. Fisiatra, médico do trabalho, ortopedista, oncologista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DA COLUNA VERTEBRAL: SEGMENTOS CERVICAL OU TORÁCICO OU LOMBOSACRO Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas e cartilaginosas degenerativas, ósseas e cartilaginosas. Neoplasias ósseas Malformações congênitas Hérnias de discos CONTRA- maioria dos aparelhos suporta até 120 Kg. SINTOMAS DA DOENÇA A1) EXAME NEUROLÓGICO QUANDO SE TRATA DE HERNIA DISCAL OU TUMORES RAQUIMEDULARES B) HIPÓTESES DIAGNÓSTICAS 4

5 c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO- X, LABORATORIAIS ORIENTAÇÕES: EXAME REALIZADO SEMPRE EM 3 NÍVEIS DA COLUNA. Fisiatra, médico do trabalho, neurologista, neurocirurgião, ortopedista, oncologista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE ATM (BILATERAL) Deslocamentos de disco, Doenças articulares degenerativas (osteoartrite), Artrites inflamatórias, Sinovites, Traumas. CONTRA- c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO X das ATM ORIENTAÇÕES: 5

6 Cirurgião Buco-maxilo, cirurgião de cabeça e pescoço, neurologista, otorrinolaringologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE QUARIL OU PELVE Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas, musculares, ligamentares e cartilaginosas. Patologias degenerativas, ósseas, musculares, ligamentares e cartilaginosas. Neoplasias de partes moles e ósseas Malformações congênitas. CONTRA- UTILIZAÇÃO DE IODO EM: alergia em geral e principalmente os alérgicos ao iodo, doentes diabéticos utilizando metformina, doentes com mieloma mutitiplo, doentes idosos, fase aguda das hemorrgias, hipetireoidismo, doença cardíaca severa, insuficiência cardíaca aguda ou crônica, insuficiência renal aguda/crônica, anemia falciforme, traumatismos cranioencefálicos, feocromocitoma, gravidez e anemia falciforme. 6

7 c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO- X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA Cirurgião geral, cirurgião pediátrico, fisiatra, gastroenterologista, ginecologista, médico do trabalho, ortopedista, oncologista, reumatologista, urologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE COTOVELO (UNILATERAL) Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas e cartilaginosas. Neoplasias de partes moles e ósseas Malformações congênitas. CONTRA- c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO- X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA 7

8 Fisiatra, médico do trabalho, oncologista, ortopedista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DOS PUNHOS Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas, e cartilaginosas. Neoplasias ósseas Malformações congênitas. CONTRA- E c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO- X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA Fisiatra, médico do trabalho, oncologista, ortopedista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE: CRÂNIO OU SELA TURCA OU ÓRBITAS OU ORELHAS 8

9 Trauma crânio encefálico; Controle evolutivo de trauma crânio encefálico; Avaliação de fossa posterior ou tronco cerebral; Acidentes vasculares cerebrais isquêmicos e hemorrágicos; Suspeita de aneurisma e má formação vascular; Hidrocefalias e má formações do SNC Estudo das orelhas média, internas e condutos auditivos; Suspeita de tumores(meningeomas, neuroma do acústico; Suspeita de metástases e linfomas; Suspeita de tumores de hipófise; Lesões intra-orbitais ou trato visual; Suspeita de infecções intracranianas (não diagnosticadas por punção lombar - abscessos e empiemas etc); Inflamações não infecciosas dos SNC; Controle evolutivo de tumores malignos em tratamento com Radioterapia e Quimioterapia; CONTRA- UTILIZAÇÃO DE IODO EM: alergia em geral e principalmente os alérgicos ao iodo, doentes diabéticos utilizando metformina, doentes com mieloma mutitiplo, doentes idosos, fase aguda das hemorrgias, hipetireoidismo, doença cardíaca severa, insuficiência cardíaca aguda ou crônica, insuficiência renal aguda/crônica, anemia falciforme, traumatismos cranioencefálicos, feocromocitoma, gravidez e anemia falciforme. 9

10 A1) EXAME NEUROLÓGICO INDISPENSAVEL c) RESULTADOS DOS EXAMES LABORATORIAIS COMO LIQUOR, PROLACTINA E ANGIOGRAFIA CEREBRAL QUANDO NECESSÁRIO. ORIENTAÇÕES: Avaliação de patologia não hemorrágica. Não há indicações para cefaléias hemicranianas e no diagnóstico de enxaqueca. Ideal na delimitação de tumores benignos e malignos (profundidade e margem de ressecção). Não utilização de contraste no TCE cirurgião de cabeça e pescoço, endocrinologista, infectologista, neurologista, neurocirurgião, oftalmologista, oncologista, otorrinolaringologista, psiquiatra ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE OMBRO (UNILATERAL) Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas, Neoplasias ósseas Malformações congênitas. CONTRA- 10

11 c) RESULTADOS DOS EXAMES COMO RAIO- X, LABORATORIAIS E ULTRASONOGRAFIA Fisiatra, médico do trabalho, ortopedista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOMEN SUPERIOR Avaliação morfológica de órgãos abdominais (fígado, pâncreas, vesícula e vias biliares, baço, rins, alças intestinais e estruturas vasculares) para pesquisa e diagnóstico de alterações congênitas, inflamatórias, neoplásicas, degenerativas e/ou traumáticas. - Fígado: o Caracterização de nódulos atípicos ao US e TC. o Detecção de nódulos em pacientes com esteatose Hepática moderada/importante (Sensibilidade maior que o US e TC). o Avaliação Pré-Operatória. o Pacientes com cirrose hepática e suspeita de carcinoma hepatocelular (Sensibilidade Maior que o US e TC). o Avaliação dos nódulos hepáticos pós-tratamento com quimioterapia. o Traumatismo abdominal fechado 11

12 - Pâncreas: o Avaliação pré-operatória. o Pancreatite o Tumores pancreáticos o - Vesícula: o Pesquisa de Complicações da Colecistite Aguda. o Estadiamento dos tumores (sensibilidade maior que a do US). - Vias Biliares: o Avaliar dilatação das vias biliares. o Pesquisa de Obstrução (Colelitíase, Coledocolitíase). o Pesquisa e Estadiamento de tumores o Avaliação Pré-operatória dos Tumores das Vias Biliares. - Renal e vias urinárias: o Pesquisa de fator obstrutivos das vias urinárias (nefrolitiase, estenose, doenças infiltrativas) o Avaliação de tumores renais (estadiamento préoperatório) o Doenças inflamatórias renais o Malformações congênitas o Doadores para TX renal o Patologias de trato digestivo o Doença inflamatória aguda e crônica o Estadiamento de neoplasias do trato digestivo o Malformações congênitas 12

13 o Pesquisa dos fatos obstrutivos - Avaliação do retroperitônio o Patologia vascular arterial (aorta e ramos viscerais) o Estudo de aneurismas vascular abdominal o Patologia da veia cava inferior o Neoplasias do retroperitônio o Estadiamento de doenças linfoproliferativas CONTRA- UTILIZAÇÃO DE IODO EM: alergia em geral e principalmente os alérgicos ao iodo, doentes diabéticos utilizando metformina, doentes com mieloma mutitiplo, doentes idosos, fase aguda das hemorrgias, hipetireoidismo, doença cardíaca severa, insuficiência cardíaca aguda ou crônica, insuficiência renal aguda/crônica, anemia falciforme, traumatismos cranioencefálicos, feocromocitoma, gravidez e anemia falciforme. c) RESULTADOS DOS EXAMES- INDISPENSAVEL- ULTRASOM DE ABDOME SUPERIOR OU PÉLVICO E EXAMES LABORATORIAIS ORIENTAÇÕES: Método sensível para avaliação hepática e pancreática. 13

14 Para avaliação e estadiamento de tumores pélvicos Cirurgião geral, cirurgião pediátrico, endocrinologista, gastrocirurgião, gastroenterologista, infectologista, nefrologista, oncologista, urologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DOS JOELHO Traumas. Patologias inflamatórias, ósseas e cartilaginosas. Neoplasias de partes moles e ósseas Malformações congênitas. CONTRA- c) RESULTADOS DOS EXAMES- RAIO-X E ULTRASOM Fisiatra, médico do trabalho, ortopedista, reumatologista ( ): TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO TORAX 14

15 Avaliação morfológica de órgãos torácicos (Parênquima pulmonar, vasos, cavidades pleurais) para pesquisa e diagnósticos de alterações congênitas, inflamatórias, neoplásicas, degenerativas e ou traumáticas. CONTRA- UTILIZAÇÃO DE IODO EM: alergia em geral e principalmente os alérgicos ao iodo, doentes diabéticos utilizando metformina, doentes com mieloma mutitiplo, doentes idosos, fase aguda das hemorrgias, hipetireoidismo, doença cardíaca severa, insuficiência cardíaca aguda ou crônica, insuficiência renal aguda/crônica, anemia falciforme, traumatismos cranioencefálicos, feocromocitoma, gravidez e anemia falciforme. c) RESULTADOS DOS EXAMES DE RAIO-X DE TÓRAX, Cirurgião geral, cirurgião pediátrico, cirurgião torácico, médico do trabalho. oncologista, pneumologista. 15

16 Comentários: 1- Os exames de TC que compreende o sistema ósteoarticular como por ex. joelhos, tornozelos, punhos, ombros cotovelos, quadril deverão ser realizado somente nos casos de traumas. Visto que a Ressonância Magnética é o método mais indicado. 2- Todas as APAC deverão ter seus campos preenchidos principalmente com o quadro clínico, exames físicos específico, daquela da doença e exame neurológico nos casos específicos e resultados de exames anteriores. 3- As solicitações dos exames acima deverão ser feitas por médicos indicados neste protocolo de exame. 4- Exames de coluna quando solicitado mais de uma vez, para o mesmo segmento da coluna vertebral, deverá conter dados que justifique esta nova solicitação. 16

17 Total de vagas: Bandeirantes 684 vagas reguladas FOR 379 IBCC 479 Sorocabana 372 vagas reguladas Sta Casa de Sto Amaro 555 vagas reguladas BP 75 IAVC 403 AACD 36 17

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOBEMBRO 2007 1 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO

Leia mais

COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE

COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE Resolução nº 48/2009 O COORDENADOR DA COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas e em cumprimento aos dispositivos constantes do seu Regimento Interno, e

Leia mais

Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA 2013 Observações a serem consideradas no preenchimento de todas as solicitações

Leia mais

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011.

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011. Portaria 024/2011 Estabelece protocolos operacionais para a atividade de Regulação e Auditoria no âmbito do IPSEMG. A Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, no

Leia mais

TUSS 3.02 - Modificações

TUSS 3.02 - Modificações 40813185 Angioplastia transluminal percutânea para tratamento de obstrução arterial MÉTODOS DIAGNÓSTICOS POR IMAGEM 13/02/09 15/10/10 SIM Alteração 40901068 Ecodopplercardiograma com contraste para perfusão

Leia mais

TÉCNICA EM RADIOLOGIA

TÉCNICA EM RADIOLOGIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO Hospital Universitário TÉCNICA EM RADIOLOGIA Parte I: Múltipla Escolha Hospital Universitário

Leia mais

Encargo ADSE. Encargo Beneficiário. Código Designação Preço RADIOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO

Encargo ADSE. Encargo Beneficiário. Código Designação Preço RADIOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO RADIOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO 10004 Crânio, uma incidência 5,50 4,40 1,10 10005 Crânio, duas incidências 6,00 4,80 1,20 10010 Sela turca 3,00 2,40 0,60 10024 Mastóides, uma incidência 4,70 3,70 1,00 10025

Leia mais

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE ANGIOGRAFIA RADIODIAGNÓSTICA GRUPO 13 SUBGRUPO DEZEMBRO 2007 1 A ANGIOGRAFIA RADIODIAGNÄSTICA CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E ALTO CUSTO, PORTANTO DEVE

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

ANEXO ÚNICO Fica a Credenciada Camil - Centro de Assistência Médica Itabapoana - Ltda a prestar os seguintes serviços de saúde aos municípios consorciados ao CIM POLO SUL: 001 - Colonoscopia (coloscopia)

Leia mais

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR Aulas teórica s Amb. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL 13:15 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 24/7/2015 Abdome Agudo

Leia mais

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame.

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame. PREPAROS PARA RESSONÂNCIA RESSONÂNCIA CRÂNIO - Trazer exames anteriores (tomografiae ressonância de crânio, rx de crânio, eletroencefalograma). RESSONÂNCIA SELA TÚRCICA - Trazer exames anteriores (tomografia

Leia mais

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny DATA hora AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 25/10/2013 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 DATA SALA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR 6/2/2015 102. D 13:15-14:10 Tratamento

Leia mais

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE RADIOLOGIA Radiologia - CABEÇA E PESCOÇO Crânio, 1 incidência 15,00 1,10 Crânio, 2 incidências 20,00 1,20 Sela turca 10,00 0,60 Mastóides, 1 incidência 30,00 1,00 Mastóides,

Leia mais

18/01/2009 ROTINAS BÁSICAS DE EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EM PEDIATRIA

18/01/2009 ROTINAS BÁSICAS DE EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EM PEDIATRIA 18/01/2009 ROTINAS BÁSICAS DE EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EM PEDIATRIA RESPONSABILIDADE PROF. DR. HENRIQUE M. LEDERMAN COLABORAÇÃO E APOIO DOS DOCENTES E MÉDICOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada SÅo Paulo, 20 de setembro de 2011 Protocolo: 0115/2011 Informo que a partir de 20/09/2011 alguns protocolos de atendimento da especialidade Cirurgia PlÑstica do Hospital das ClÖnicas foram desativados,

Leia mais

TC de pelve deixa um pouco a desejar. Permite ver líquido livre e massas. US e RM são superiores para estruturas anexiais da pelve.

TC de pelve deixa um pouco a desejar. Permite ver líquido livre e massas. US e RM são superiores para estruturas anexiais da pelve. 24 de Outubro de 2006. Professor Amphilophio. Tomografia computadorizada do abdome e da pelve TC de pelve deixa um pouco a desejar. Permite ver líquido livre e massas. US e RM são superiores para estruturas

Leia mais

RADIOLOGIA PESSOALMENTE COM O PEDIDO MÉDICO. PEDIDO MÉDICO COM INDICAÇÃO CLINICA.

RADIOLOGIA PESSOALMENTE COM O PEDIDO MÉDICO. PEDIDO MÉDICO COM INDICAÇÃO CLINICA. Nome do setor/especialidade: Horário de funcionamento: Meios de agendamento oferecidos ao usuário para utilização/acesso aos serviços: Requisitos necessários para a obtenção dos serviços: Serviços oferecidos:

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO O Município de Quatro Irmãos/RS, comunica aos interessados que está procedendo ao CHAMAMENTO PÚBLICO, a partir de 26 de agosto de 2011 até dia 12 de setembro de 2011, no horário

Leia mais

Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM)

Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM) Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM) Dra. Luciana Baptista Artigo originalmente publicado no caderno Application do Jornal Interação Diagnóstica n.01, abril/maio

Leia mais

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo.

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo. PREPAROS PARA TOMOGRAFIA TOMOGRAFIA CRÂNIO - Jejum - 2 horas. - Trazer exames anteriores (tomografia, ressonância e rx de crânio, eletroencefalograma) - Clientes diabéticos e em uso de CLORIDRATO DE METFORMINA

Leia mais

DESPACHO HOMOLOGATORIO DE CONCURSO PÚBLICO- 18 DE DEZEMBRO DE 2014

DESPACHO HOMOLOGATORIO DE CONCURSO PÚBLICO- 18 DE DEZEMBRO DE 2014 DESPACHO HOMOLOGATORIO DE CONCURSO PÚBLICO- 18 DE DEZEMBRO DE 2014 emprego público de MÉDICO(A) - ALERGISTA (nº. 2.167), aberto pelo Edital n 11/2014- emprego público de MÉDICO(A) - ANESTESISTA (nº. 2.168),

Leia mais

Avaliação por Imagem do Pâncreas. Aula Prá8ca Abdome 4

Avaliação por Imagem do Pâncreas. Aula Prá8ca Abdome 4 Avaliação por Imagem do Pâncreas Aula Prá8ca Abdome 4 Obje8vos 1. Entender papel dos métodos de imagem (RX, US, TC e RM) na avaliação de lesões focais e difusas do pâncreas. 2. Revisar principais aspectos

Leia mais

TABELA DA ÁREA M - TABELA DE RADIOLOGIA

TABELA DA ÁREA M - TABELA DE RADIOLOGIA TABELA DE RADIOLOGIA RADIOLOGIA CONVENCIONAL CABEÇA E PESCOÇO 10004 700.5 Crânio, uma incidência 5,13 1,80 10005 084.1 Crânio, duas incidências 5,46 1,80 10010 109.0 Sela turca 2,65 1,80 10024 094.9 Mastóides,

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE ULTRA SONOGRAFIA DESCRIÇÃO

PROCEDIMENTOS DE ULTRA SONOGRAFIA DESCRIÇÃO PROCEDIMENTOS DE ULTRA SONOGRAFIA VALOR A PAGAR UROGRAFIA ESCRETORA R$ 120,00 US ABDOMEM SUPERIOR R$ 65,00 US ABDOMEM TOTAL R$ 100,00 US ABDOMEN INFERIOR FEMININO R$ 60,00 US ABDOMEN INFERIOR MASCULINO

Leia mais

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano Anatomia Geral 1 Filogênese e Ontogênese Humanas 1.1 Filogênese Humana 2 1.2 Ontogênese Humana: Visão Geral, Fecundação e Estágios Iniciais do Desenvolvimento 4 1.3 Gastrulação, Neurulação e Formação dos

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Relação dos POPs PREPAROS DOS EXAMES E PROCEDIMENTOS DE ENFERMAGEM 08.01 Ablação por Cateter com Radiofrequência 08.02 Alergia aos Contrastes Iodados 08.03 Angio Ressonância Abdome

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CÓDIGO Descrição do exame Valor 10000090 PACOTE ABDÔMEN SUPERIOR R$ 943,59 10000137 PACOTE ABDÔMEN SUPERIOR COM CONTRASTE R$ 1.688,24

Leia mais

AMB Descrição - AMB TUSS Descrição - CBHPM Co-participação 32010141 Adenoides: lateral 40801128 Adenóides ou cavum R$ 4,60

AMB Descrição - AMB TUSS Descrição - CBHPM Co-participação 32010141 Adenoides: lateral 40801128 Adenóides ou cavum R$ 4,60 32010141 Adenoides: lateral 40801128 Adenóides ou cavum R$ 4,60 32010206 Arcada Dentaria (por arcada) 40801160 Arcada dentária (por arcada) R$ 4,33 Arcos zigomaticos - malar - estiloides: AP Arcos zigomáticos

Leia mais

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE)

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) DESCRIÇÃO: Aulas interativas ao vivo pela internet. Participe ao vivo, respondendo as enquetes e enviando suas perguntas. Vale pontos para a Revalidação

Leia mais

Site: www.med-rad.med.br

Site: www.med-rad.med.br AMB TUSS PROCEDIMENTO TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DESC PART 34010017 41001109 TOMOG. COMP. ABDOMEN SUPERIOR C/C 550,00 805,00 34010201 41001095 TOMOG. COMP. ABDOMEN TOTAL C/C 750,00 1.030,00 34010025 41001141

Leia mais

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame.

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame. PREPAROS PARA RESSONÂNCIA RESSONÂNCIA CRÂNIO - Trazer exames anteriores (tomografiae ressonância de crânio, rx de crânio, eletroencefalograma). RESSONÂNCIA SELA TÚRCICA - Trazer exames anteriores (tomografia

Leia mais

TABELA PARTICULAR DIMASUL

TABELA PARTICULAR DIMASUL TABELA PARTICULAR DIMASUL DOPPLER V.PART DESC. V. PARCERIA DOPPLER ABDOMINAL 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.INF. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.SUP. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER DOS

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE SANTA CECILIA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: 4/2015. Página: 1/7

ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE SANTA CECILIA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: 4/2015. Página: 1/7 Página: 1/7 1 ANGIOTOMOGRAFIA ABD SUPERIOR UNID CLINICA MEDICA E IMAGEM S/S LTDA - IMED - EPP (8926) 0 520,0000 1 2 ANGIOTOMOGRAFIA PELVE UNID CLINICA MEDICA E IMAGEM S/S LTDA - IMED - EPP (8926) 0 520,0000

Leia mais

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE FRAIBURGO 4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS OBJETO: Credenciamento de empresas do ramo interessadas na prestação de serviços de consultas

Leia mais

TABELA OFICIAL DE PROCEDIMENTOS CIS/AMURES - 2015

TABELA OFICIAL DE PROCEDIMENTOS CIS/AMURES - 2015 PROCEDIMENTO VALOR ADENOAMIGDALECTOMIA R$ 425,32 ANGIO RNM DE AORTA TORÁCICA R$ 540,25 ANGIO RNM DE CRÂNIO R$ 447,75 ANGIO TC DE AORTA TORÁCICA R$ 315,41 ANGIO TC DE TÓRAX R$ 315,41 ANGIOGRAFIA FLOURESCENTE

Leia mais

FÍGADO. Veia cava inferior. Lobo direito. Lobo esquerdo. Ligamento (separa o lobo direito do esquerdo) Vesícula biliar

FÍGADO. Veia cava inferior. Lobo direito. Lobo esquerdo. Ligamento (separa o lobo direito do esquerdo) Vesícula biliar FÍGADO É o maior órgão interno È a maior glândula É a mais volumosa de todas as vísceras, pesa cerca de 1,5 kg no homem adulto, e na mulher adulta entre 1,2 e 1,4 kg Possui a coloração arroxeada, superfície

Leia mais

TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS

TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS Central de Atendimento: 41 3362.3111 solicite através do site: /solicite- RESSONÂNCIA MAGNÉTICA TUSS DESCRIÇÃO (Funsep) DESCRIÇÃO AMB 41101014 Crânio (encéfalo) 36010014

Leia mais

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar:

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar: A cirurgia endovascular agrupa uma variedade de técnicas minimamente invasivas mediante as quais CIRURGIA ENDOVASCULAR = CIRURGIA SEM CORTES! Técnicas Minimamente Invasivas As técnicas de cirurgia endovascular

Leia mais

Manejo da Coinfecção TB-HIV

Manejo da Coinfecção TB-HIV Transcrição da Videoaula Curso: Manejo da coinfecção TB-HIV Unidade: 2 - Manejo Clínico da Coinfecção TB-HIV Atividade: 2.3 - Diagnóstico da tuberculose extrapulmonar em PVHA Docente: Denise Arakaki-Sanchez

Leia mais

Conduta Frente a Casos de Tuberculose Eletânia Esteves de Almeida Infectologista

Conduta Frente a Casos de Tuberculose Eletânia Esteves de Almeida Infectologista Conduta Frente a Casos de Tuberculose Eletânia Esteves de Almeida Infectologista www.ccdionline.com Tuberculose Mycobacterium tuberculosis; Forma pulmonar: responsável pela manutenção da cadeia de transmissão.

Leia mais

Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS DE ALTA COMPLEXIDADE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 2013 Observações a serem consideradas no preenchimento de todas as solicitações

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II 1 O SEMESTRE DE 2015 PROFESSORES: Andréa de Lima Bastos Giovanni Antônio Paiva de Oliveira 1. EMENTA: Procedimentos, Protocolos,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 53

PROVA ESPECÍFICA Cargo 53 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 53 QUESTÃO 26 Jovem de 18 anos, atleta, em partida de futebol foi atingido pelo joelho do adversário em hemitórax direito. Desde então, apresenta dor intensa, que piora com os

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CALÇADO Estado de Pernambuco TERMO DE REFERÊNCIA PREÇO(S) UNITÁRIO(S) E GLOBAL

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CALÇADO Estado de Pernambuco TERMO DE REFERÊNCIA PREÇO(S) UNITÁRIO(S) E GLOBAL Orçamento estimado valor máximo admitido para os itens dos lotes 01 ao 25 - Tipo do julgamento (Menor preço por item*). LOTE 01 Item* ANGIOLAGIA Quantidade* Valor Unitário Valor Total 1 CONSULTA ANGIOLOGIA

Leia mais

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO ABDOME PROTOCOLO DE ABDOME TOTAL POSIÇÃO DORSAL: Paciente em decúbito dorsal, entrando primeiro com a cabeça, apoiada sobre o suporte reto, braços elevados acima da cabeça.

Leia mais

Gaudencio Barbosa R3 CCP Hospital Universitário Walter Cantídio UFC Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Gaudencio Barbosa R3 CCP Hospital Universitário Walter Cantídio UFC Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço Gaudencio Barbosa R3 CCP Hospital Universitário Walter Cantídio UFC Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço Nódulos tiroideanos são comuns afetam 4- a 10% da população (EUA) Pesquisas de autópsias: 37

Leia mais

Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda

Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda Dor abdominal Difusa Localizada Abdome agudo Sem abdome agudo Exames específicos Tratamento específico Estabilizar paciente (vide algoritmo específico) Suspeita

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ANGICAL DO PIAUÍ PI

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ANGICAL DO PIAUÍ PI ANEXO IV PROGRAMA DAS DISCIPLINAS DAS PROVAS CONTEÚDO PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR LÍNGUA PORTUGUESA Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. Reconhecimento de

Leia mais

CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário

CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Sumário NORMAS OPERACIONAIS Atendimento ao Cliente Marcação de Exames Alteração no Programa de Atendimento Gestão de Demanda Admitida Ficha de Convênio Atendimento Prioritário

Leia mais

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia 22 - Como se diagnostica um câncer? Antes de responder tecnicamente sobre métodos usados para o diagnóstico do câncer, é importante destacar como se suspeita de sua presença. As situações mais comuns que

Leia mais

PEC em Radiologia Básca. Acad. José Gomes da Rocha Filho

PEC em Radiologia Básca. Acad. José Gomes da Rocha Filho PEC em Radiologia Básca Acad. José Gomes da Rocha Filho Diagnóstico Acompanhamento evolutivo da doença renal O que é? É um exame que demonstra todo o trato urinário através da injeção endovenosa de uma

Leia mais

Santamália Saúde DIADEMA ALERGOLOGIA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA

Santamália Saúde DIADEMA ALERGOLOGIA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA ALERGOLOGIA DIADEMA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA CONSULTA P/ COLPOSCOPIA ECOCARDIOGRAMA ECODOPPLERCARDIOGRAMA INFANTIL ELETROCARDIOGRAMA

Leia mais

Módulo: Câncer de Rim Localizado

Módulo: Câncer de Rim Localizado Módulo: Câncer de Rim Localizado Caso 1 CAL, 56 anos, masculino Paciente médico, obeso (IMC = 41; peso 120 kg) Antecedentes clínicos: nefrolitíase Antecedentes cirúrgicos: Laparotomia mediana por divertículo

Leia mais

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise.

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Em função de ocorrer dúvidas em relação ao encaminhamento do benefício do passe-livre intermunicipal,

Leia mais

- CURSO PRIMEIROS SOCORROS -

- CURSO PRIMEIROS SOCORROS - - CURSO PRIMEIROS SOCORROS - Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos autorais. (Lei nº 9.610). FRATURAS

Leia mais

5ª Reunião de Casos. www.digimaxdiagnostico.com.br/

5ª Reunião de Casos. www.digimaxdiagnostico.com.br/ 5ª Reunião de Casos www.digimaxdiagnostico.com.br/ Caso 1 Paciente J.M., 81 anos, sexo masculino. TC sem contraste TC com contraste Diagnóstico Aneurisma roto da aorta abdominal, parcialmente trombosado,

Leia mais

RESSONANCIA MAGNÉTICA

RESSONANCIA MAGNÉTICA RESSONANCIA MAGNÉTICA Ressonância Magnética Diagnóstica ( 4.11.01.00-6) 4.11.01.17-0 Abdome superior (fígado, pâncreas, baço, rins, suprarrenais, retroperitônio) 4.11.01.32-4 Angio - RM (crânio ou pescoço

Leia mais

Ressonância Magnética (RM) Abordagem, Dados Técnicos e Posicionamento do Usuário

Ressonância Magnética (RM) Abordagem, Dados Técnicos e Posicionamento do Usuário Ressonância Magnética (RM) Abordagem, Dados Técnicos e Posicionamento do Usuário José Eduardo dos Reis Felix 1 Considerações Iniciais A Ressonância Magnética (RM) é um dos métodos de diagnóstico por imagem

Leia mais

Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal. Aula Prá:ca Abdome 1

Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal. Aula Prá:ca Abdome 1 Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal Aula Prá:ca Abdome 1 Obje:vos Entender como decidir se exames de imagem são necessários e qual o método mais apropriado para avaliação de pacientes com

Leia mais

Tabela 22 - Terminologia de procedimentos e eventos em saúde

Tabela 22 - Terminologia de procedimentos e eventos em saúde de 40801012 RX - Crânio - 2 incidências 40801020 RX - Crânio - 3 incidências 40801039 RX - Crânio - 4 incidências 40801047 RX - Orelha, mastóides ou rochedos - bilateral 40801055 RX - Órbitas - bilateral

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

GRUPO CODIGO PROCEDIMENTO

GRUPO CODIGO PROCEDIMENTO LISTA SINTETIZADA DOS PROCEDIMENTOS, SERVIÇOS / ESPECIALIDADES QUE NECESSITAM DE PRÉVIA AUTORIZAÇÃO ACUPUNTURA CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA CIRURGIAS OFTALMOLÓGICAS AMBULATORIAIS DIÁLISE E HEMODIÁLISE

Leia mais

Objetivo. Exame contrastado Urografia Excretora. Indicações 15/04/2011. Anatomia. Contra-indicação. Preparo do paciente

Objetivo. Exame contrastado Urografia Excretora. Indicações 15/04/2011. Anatomia. Contra-indicação. Preparo do paciente Objetivo Exame contrastado Urografia Excretora É o estudo radiológico contrastado dos rins, ureteres e bexiga e necessita de um ótimopreparo intestinal, na véspera do exame. Indicações Anatomia Cálculo

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES www.shenqui.com.br Na década de 80, após 25 anos de pesquisas, em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o documento Acupuncture:

Leia mais

10 de Outubro de 2007. Professor Amphilophio.

10 de Outubro de 2007. Professor Amphilophio. 10 de Outubro de 2007. Professor Amphilophio. A coluna no estudo do abdome é mal estudada. Para estudar bem a coluna aumenta-se muito a penetração e se queimam as estruturas de partes moles na frente.

Leia mais

DATA hora SALA AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR

DATA hora SALA AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR DATA hora SALA AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

Atualizado em Março/2014.

Atualizado em Março/2014. ANEXO I PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER REGISTRADOS EM BPA INDIVIDUALIZADO DE ACORDO COM A PORTARIA Nº 380, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Atualizado em Março/2014. CÓDIGO NOME 0201010062 BIOPSIA DE BEXIGA 0201010216

Leia mais

Reunião de Casos. www.digimaxdiagnostico.com.br. Camilla Burgate Lima Oliveira Aperfeiçoando de RDI da DIGIMAX (A2)

Reunião de Casos. www.digimaxdiagnostico.com.br. Camilla Burgate Lima Oliveira Aperfeiçoando de RDI da DIGIMAX (A2) Reunião de Casos www.digimaxdiagnostico.com.br Camilla Burgate Lima Oliveira Aperfeiçoando de RDI da DIGIMAX (A2) CASO Paciente S. A., 26 anos. US Morfológico do 2º Trimestre G4 P1 A2 DUM: 20/03/2014 24

Leia mais

#$%& ' % +,+*- %*1.!%2 )% /), '+2 # $%$&# '#( $)*+ 1/23

#$%& ' % +,+*- %*1.!%2 )% /), '+2 # $%$&# '#( $)*+ 1/23 ! " #$%& ' ()#%%*#% % +,+*- +%.%%. -+/+ 0)/+ &.%% %*1.!%2 )% /), /+ 3 )%3%* % +*)% %'+&* '+2 #%3*% 3%* *%%%!%*&*. '/+%,%/+#. 4 3 # $%$&# '#( $)*+ 1/23 56 7,###' # #-#. / 0,#, #. 1,2# 3,###,, #.0, # # 45.

Leia mais

ANEXOS: TABELAS DOS PROFISSIONAIS QUE ENCAMINHARAM (Sob

ANEXOS: TABELAS DOS PROFISSIONAIS QUE ENCAMINHARAM (Sob ANEXOS: TABELAS DOS PROFISSIONAIS QUE ENCAMINHARAM (Sob 1-TABELAS NOAL DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Abdominal Total 125,00 Abd Superior 100,00 Vias Urinárias (Rins E Bexiga) 100,00 Transvaginal 80,00 Tireóide:

Leia mais

Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007)

Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007) Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007) Arndt UP, Van Koningsbruggen PJW, Salden NMA, Visser HS, Van der Wal J, Van Lieshout J traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto

Leia mais

CARDIOLOGIA E ANGIOLOGIA

CARDIOLOGIA E ANGIOLOGIA O Laboratório HERMES PARDINI, através do seu departamento de diagnóstico por imagem, coloca à disposição de seus clientes os mais modernos recursos tecnológicos na área de imagem. IMAGINOLOGIA EQUIPE MÉDICA

Leia mais

PONTO-FINAL CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

PONTO-FINAL CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA PONTO-FINAL CUO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA DERIÇÃO: Cursos presenciais Vale 3,0 pontos para a Revalidação do TEOT PROGRAMAÇÃO: OSTEONECROSE DA CABEÇA BELÉM/ PA 18.05.2007 SEXTA-FEIRA 20:00-20:20

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP Com base no compromisso assumido pelo Governo Brasileiro, quando da realização da 43ª Assembléia Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde, por intermédio da portaria

Leia mais

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT Segundo diretrizes ANS Referencia Bibliográfica: Site ANS: http://www.ans.gov.br/images/stories/a_ans/transparencia_institucional/consulta_despachos_poder_judiciari

Leia mais

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura REGIÃO CERVICAL, OMBROS E MEMBROS SUPERIORES Dor muscular dor decorrente de traumatismo esportivo, por erro de postura e/ou tensão emocional. Exemplo: dor no

Leia mais

Relação de exames realizados no hcraz

Relação de exames realizados no hcraz Relação de exames realizados no hcraz ANATOMO PATOLÓGICO Anátomo Patológico / Punção aspirativa CAPTURA HIBRIDA Citologia oncótica Citologia de líquido Coloração especial Anátomo Patológico Per operatório

Leia mais

02 de Agosto de 2015 (Domingo)

02 de Agosto de 2015 (Domingo) 02 de Agosto de 2015 (Domingo) Horário Programação 8:00: 08:30 Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:45 10:10 MESA REDONDA: AFECCOES VASCULARES FREQUENTES NA PRATICA DIARIA DO CIRURGIAO 8:45-9:00

Leia mais

TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO

TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO TABELA CONVÊNIOS À VISTA COM MEDICAÇÃO CONSULTAS MÉDICAS 10101012 Cardiologia 120,00 10101012 Pneumologia 120,00 10101012 Ginecologia/Obstetrícia 120,00 10101012 Clínico Geral 120,00 10101012 Mastologia

Leia mais

GABARITO DE CIRURGIA GERAL

GABARITO DE CIRURGIA GERAL GABARITO DE CIRURGIA GERAL QUESTÃO 1 Paciente com febre, tosse e escarro purulento bastante fétido, apresenta os exames abaixo. Qual é a conduta mais adequada? A. Antibioticoterapia e fisioterapia. B.

Leia mais

03/05/2012. Radiografia simples do abdome

03/05/2012. Radiografia simples do abdome Radiografia simples do abdome 3 1 Contrastados: Urografia Excretora Injeção EV Contraste iodado Opacificação: 1. Parênquima renal 2. Sistema coletor 3. Bexiga e uretra 4 Litíase urinária Caso cr Rx simples:

Leia mais

Raio X: Radiografia Simples Descoberto em 8 de Novembro de 1895 Físico alemão Wilhelm Konrad Roentgen Radiação emitida pelo tubo de raios catódicos:

Raio X: Radiografia Simples Descoberto em 8 de Novembro de 1895 Físico alemão Wilhelm Konrad Roentgen Radiação emitida pelo tubo de raios catódicos: Prof André Montillo Raio X: Radiografia Simples Descoberto em 8 de Novembro de 1895 Físico alemão Wilhelm Konrad Roentgen Radiação emitida pelo tubo de raios catódicos: Ampola Os raios catódios emitidos

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

Aplicação de protocolos de crânio e face. Profº Claudio Souza

Aplicação de protocolos de crânio e face. Profº Claudio Souza Aplicação de protocolos de crânio e face Profº Claudio Souza Introdução Quando falamos em crânio e face não se tratam apenas de duas peças ou regiões anatômicas temos glândulas, cavidades e uma imensa

Leia mais

Aplicação de protocolos de crânio e face. Profº Claudio Souza

Aplicação de protocolos de crânio e face. Profº Claudio Souza Aplicação de protocolos de crânio e face Profº Claudio Souza Introdução Quando falamos em crânio e face, não estamos falando apenas de duas peças ou região anatômica, temos: glândulas, cavidades e uma

Leia mais

DORES RECORRENTES MOMENTO II Abril 2010 DORES RECORRENTES - DENOMINADOR COMUM ETIOLOGIA: Maioria - dores primárias; Dicotomia: Orgânico x Emocional. Associação de vários tipos de dores; Presença de dores

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Departamento de Cirurgia Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Departamento de Cirurgia Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Departamento de Cirurgia Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço D I R E T R I Z E S 2 0 07 Antonio Jose Gonçalves A Disciplina de Cirurgia de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barro GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.620.396/0001-19

Prefeitura Municipal de Barro GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.620.396/0001-19 ANEXO V PROPOSTA PADRONIZADA A Prefeitura Municipal de Barro, Estado do Ceará. Pela presente declaramos inteira submissão aos preceitos legais em vigor, especialmente os da Lei nº 8.666/93 e Lei nº 10.520/2002,

Leia mais

I Características Técnicas e Funcionais do Curso

I Características Técnicas e Funcionais do Curso Curso: Condutas Médicas em Intercorrências de Pacientes Internados I Características Técnicas e Funcionais do Curso A Tipo: Curso de Aperfeiçoamento, Modular e Baseado em Evidências Médicas População-alvo

Leia mais

Seminário Grandes Síndromes ICTERÍCIA

Seminário Grandes Síndromes ICTERÍCIA Residência Clínica Médica Seminário Grandes Síndromes ICTERÍCIA R1 - Paloma Porto Amorim R2 Mirla de Sá Magalhães Pires Preceptor: Dr. Fortunato Cardoso Definição Coloração amarelada da pele, escleras

Leia mais

EDITAL 02/2011, RETIFICA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO n. º 01/2011, O SEU EXTRATO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS...

EDITAL 02/2011, RETIFICA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO n. º 01/2011, O SEU EXTRATO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS... Cód. de Inscrição Cargo Habilitação Mínima Exigida Jornada de Trabalho Vencimento Básico (R$) Mensal Nº. de Vagas TAXA DE INSCRIÇÃO (em R$) EDITAL 02/2011, RETIFICA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS

POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS Nomenclatura para os posicionamentos Ao posicionarmos o paciente com o propósito de efetuar radiografias, deve-se dar nome a este

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 66.02.01.01 biópsia do colo uterino 4.02.01.01 Biópsia de

Leia mais

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante:

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Declaração de Saúde Nº de Registro da Operadora na ANS 312851 Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Contratante: Responsável Legal: Beneficiário: Para cada doença ou lesão listada abaixo, o declarante

Leia mais

PROTOCOLOS DE ACESSO PARA EXAMES DE IMAGENS

PROTOCOLOS DE ACESSO PARA EXAMES DE IMAGENS GERÊNCIA DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL PROTOCOLOS DE ACESSO PARA EXAMES DE IMAGENS CINTILOGRAFIA DENSITOMETRIA ÓSSEA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NUCLEAR TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA Julho/2013 GERÊNCIA DE REGULAÇÃO

Leia mais