EB António Maria Bravo Ano letivo 2016/2017 PLANO DE EMERGÊNCIA PARA ESTABELECIMENTOS ESCOLARES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EB António Maria Bravo Ano letivo 2016/2017 PLANO DE EMERGÊNCIA PARA ESTABELECIMENTOS ESCOLARES"

Transcrição

1 PLANO DE EMERGÊNCIA PARA ESTABELECIMENTOS ESCOLARES ESCOLA BÁSICA DE ANTÓNIO MARIA BRAVO 2016/2017

2 FICHA DE CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO ESCOLA: EB de António Maria Bravo MORADA: Rua Gil Eanes TELEFONE: Fax: FREGUESIA: Odivelas CONCELHO: Odivelas DELEGADO PARA A SEGURANÇA: Professoras Maria José dos Reis Rodrigues e Helena Gonçalves 2. CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO 2.1 TIPO DE ESTABELECIMENTO: Público 2.2 Graus de Ensino Leccionados: 1º, 2º, 3º e 4º Anos de Escolaridade 2.3 População Escolar: Normal 9:00 12:30 / 14:00-16:00 Professores 9 Aux. A. Educativa 4 Alunos HORÁRIO LIMITE DE OCUPAÇÃO: Das 7:30 às 19:0 0m 2.5 TIPO DE OCUPAÇÃO DO EDIFÍCIO: Exclusivamente escolar

3 2.6 DESCRIÇÃO DAS INSTALAÇÕES: Edifício único com 2 pisos 7 Salas de aulas 1 Gabinete (funciona como espaço de reunião de professores, coordenação e como reprografia) 1 Cubículo (no piso rés-do-chão, por baixo das escadas de acesso ao 1º piso, usado pelas senhoras Assistentes operacionais) 1 Cozinha 1 Sala de pequenas dimensões onde funciona o refeitório 1 Biblioteca 1 Gabinete para apoio educativo Instalações sanitárias param alunos e professores 1 Arrecadação 2.7 EQUIPAMENTO TÉCNICO: Equipamento Técnico Q.tde Localização Observações Posto de Transformação Da E.D.P. na rua Quadro Geral Electricidade 2 Entrada da Escola Quadro Parcial Electricidade 3 Cozinha, Gab. dos Professores e piso 2 Depósito de Gás Não existe Válvula de Corte Geral de Gás Não existe Válvula de Segurança do Contador Não existe Botijas de Gás Pátio Entrada Geral de Água Pátio Válvula de Segurança (Contador) Pátio

4 3. ORGANIZAÇÃO INTERNA 3.1 VIGILÂNCIA: Diurna feita pelos Professores e Assistentes Operacionais 3.2 CAPACIDADE DE 1ª INTERVENÇÃO: Diurna 3.3 ALARME: Campainha 3.4 ALERTA: Telefone 4. ACESSOS Normal: Rua Gil Eanes Alternativo: Não existe 5. ORGANISMOS DE APOIO 5.1 Gabinete de Protecção Civil de Odivelas 5.2 Quartel dos Bombeiros de Odivelas 5.3 Centro de Saúde de Odivelas 5.4 PSP de Odivelas 6. IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS INTERNOS Corredores com acesso a uma única escada; Escada com acesso a um único hall de entrada/saída; Falta de meios de combate a incêndio; Falta de sinalização de saída e de sinaléticas de emergência; Falta de detetores de incêndio na cozinha; Saídas da escola para a mesma rua; Uma saída demasiado íngreme; Portas do quadro elétrico em madeira.

5 7. IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS EXTERNOS Proximidade de bombas de gasolina; Não existem acessos alternativos à escola 8. ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA 8.1 ÓRGÃOS DE COMANDO: Chefe de Segurança: Maria José Rodrigues e Helena Gonçalves Avalia a situação de emergência e decide se é necessária a evacuação; Em caso de evacuação avisa os coordenadores de Piso; Dá ordem para avisar os bombeiros; Dá ordem para efectuar os cortes de energia Coordenador de Piso: Anabela Silva R/C Sílvia Palma 1º Piso Coordena a actuação das equipas de intervenção; Dá ordem para serem efectuados os cortes parciais de corrente eléctrica e de gás; Verifica se alguém fica retido nas instalações e informa de eventuais anomalias.

6 8.2 EQUIPAS DE INTERVENÇÃO: ALARME Acciona o sistema acústico de alarme Quatro toques de campainha interrompidos por breves pausas: Manhã Maria do Carmo Escobar Tarde Dina Nunes ALERTA Avisa os Bombeiros: Maria José Rodrigues e/ou Helena Gonçalves EQUIPA DE 1ª INTERVENÇÃO Maria do Carmo Escobar Dina Nunes Utiliza os extintores Acautela a segurança das pessoas CORTE DE ENERGIA E GÁS Cozinheira EVACUAÇÃO: Professores de cada turma cerra fila e um aluno como chefe de fila Coordena a evacuação dos alunos para o exterior; O professor é responsável por auxiliar a evacuação de alunos com deficiência; Certifica-se da saída de todos os alunos da sala; Dirige-se para o ponto de concentração e não permite o regresso ao local sinistrado.

7 8.2.6 INFORMAÇÃO E VIGILÂNCIA PIEDADE DUARTE FERNANDA DIAS Indica aos bombeiros o percurso para a zona acidentada e dá informações sobre eventuais sinistrados; Mantem livres todos os acessos CONCENTRAÇÃO E CONTROLO Maria do Carmo Escobar Dina Nunes Desloca-se para o ponto de concentração de pessoas confere toda a população que abandonou o edifício e informa os bombeiros sobre eventuais desaparecidos 9. PROGRAMAÇÃO DA EVACUAÇÃO 9.1. IDENTIFICAÇÃO DE SAÍDAS: Existem uma saída pela parte da frente do edifício (porta principal) e três saídas pela parte de trás do edifício, duas delas localizadas na cozinha e na sala que serve de refeitório. Para acesso à rua existe um portão principal e um portão de acesso de viaturas, localizado na frente do edifício. O portão de acesso das viaturas poderá funcionar como saída de emergência em caso de sinistro, (demasiado íngreme).

8 9.2. LOCAL DE CONCENTRAÇÃO EXTERNA: Pátio da Escola (em caso de sinistro localizado que não justifique a evacuação para fora do recinto escolar). Parque de estacionamento junto do novo Pavilhão multiusos (em caso de sinistro grave, por ex. incêndio, que justifique a evacuação para fora do recinto escolar) 9.3. DEFINIÇÃO DE CAMINHOS DE EVACUAÇÃO: Biblioteca, cozinha, sala do refeitório, sala 4, sala 1 e sala 2: saída pela porta traseira do edifício devendo sair para a rua pelo portão principal. Sala 5, sala 6, sala 7, sala 8 e gabinete de apoio: saída pela porta da frente do edifício e pelo portão principal do edifício que dá acesso à rua. Gabinete dos professores, e pavilhão têm acesso directo ao pátio da escola devendo sair pelo portão principal do edifício, que dá acesso à rua PROCESSO DE EVACUAÇÃO: A prioridade da ordem de saída depende do local do sinistro e respeitar-se-á, sempre que possível a numeração por ordem crescente do número da sala. Um aluno por turma, que será o chefe de fila, irá à frente e o professor será o cerra fila, que se encarregará dos alunos que tenham deficiência e pela contagem dos alunos no ponto de concentração.

9 Turma 1ºA- chefe de fila - Gustavo cerra fila Maria José Rodrigues Turma 2ºA- chefe de fila - Martim cerra fila Piedade Duarte Turma 2ºB - chefe de fila - Edmilson cerra fila Sílvia Palma Turma 3ºA chefe de fila - Danilo cerra fila Conceição Cravo Turma 3ºB- chefe de fila - Clara cerra fila Sónia Costa Turma 4ºA- chefe de fila - Samuel Rodrigues cerra fila Fernanda Dias Turma 4ºB- chefe de fila - Tomás Pestana cerra fila Anabela Silva A.T.L. - chefe de fila Bruno cerra fila Anabela PONTOS CRÍTICOS: Nos pontos críticos serão colocados sinaleiros de acordo com a seguinte ordem e que orientam as pessoas nos percursos e saídas a utilizar na situação de emergência de modo a evitar grandes concentrações geradoras de pânico. Portão principal- Helena Gonçalves Porta da frente do edifício Assistente Operacional Fátima Portão de acesso das viaturas Assistente Operacional - Maria do Carmo Escobar (manhã) e Dina Nunes (tarde) Porta de trás do edifício Assistente Operacional - Benilde

10 10. REVISÃO DO PLANO O presente Plano de Emergência será revisto, internamente pela Escola, sempre que houver alteração dos pressupostos iniciais (recursos humanos, técnicos, logísticos ou outros) que presidiram à elaboração do referido Plano, mantendo-se, contudo, em caso de aprovação pelas entidades competentes, a estrutura base deste Plano de Emergência. Odivelas, 20 de setembro de 2016

11 Anexos

EVACUAÇÃO GERAL DA ESCOLA > ATITUDES E RESPONSABILIDADES > PROCEDIMENTO DE EVACUAÇÃO > PLANTAS DE EMERGÊNCIA

EVACUAÇÃO GERAL DA ESCOLA > ATITUDES E RESPONSABILIDADES > PROCEDIMENTO DE EVACUAÇÃO > PLANTAS DE EMERGÊNCIA EVACUAÇÃO GERAL DA ESCOLA > ATITUDES E RESPONSABILIDADES > PROCEDIMENTO DE EVACUAÇÃO > EQUIPAS DE INTERVENÇÃO E MEIOS DE SOCORRO > ATITUDES E RESPONSABILIDADES A temática da segurança integra o Projecto

Leia mais

Plano de Emergência Serviço Municipal de Proteção Civil

Plano de Emergência Serviço Municipal de Proteção Civil Plano de Emergência Serviço Municipal de Proteção Civil Escola: EBI Pedras Salgadas CM Vila Pouca de Aguiar Novembro de 2012 CM de Vila Pouca de Aguiar AE Pedras Salgadas Plano de Emergência ÍNDICE Objetivos

Leia mais

PLANO DE PREVENÇÃO EB1 de Fonte da cal - Balugães ÍNDICE

PLANO DE PREVENÇÃO EB1 de Fonte da cal - Balugães ÍNDICE ÍNDICE I FICHA DE CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA 1) Identificação do estabelecimento de ensino 2) Caracterização do espaço 3) Organização interna 4) Espaços livres 5) Acessos 6) Organismos de apoio 7) Características

Leia mais

CENTRO ESCOLAR DA VILA

CENTRO ESCOLAR DA VILA CENTRO ESCOLAR DA VILA Objetivos: -Proporcionar aos alunos um primeiro contacto com as regras e procedimentos a adotar em caso de emergência. -Efetuar o reconhecimento do percurso de evacuação de emergência

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE SEGURANÇA. Estrutura interna de segurança do plano de evacuação Plano de intervenção ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA

ORGANIZAÇÃO DE SEGURANÇA. Estrutura interna de segurança do plano de evacuação Plano de intervenção ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA ORGANIZAÇÃO DE SEGURANÇA Estrutura interna de segurança do plano de evacuação Plano de intervenção ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA Algumas funções podem ser exercidas cumulativamente pela mesma pessoa,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE S. PEDRO DO SUL

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE S. PEDRO DO SUL L ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE S. PEDRO DO SUL 2008 LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA IDENTIFICAÇÃO EM PLANTA DE: ESPAÇO ESCOLAR VIAS DE ACESSO DE VIATURAS DE SOCORRO QUARTEL DOS BOMBEIROS DA ÁREA ESQUADRA DA GUARDA NACIONAL

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMILO CASTELO BRANCO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMILO CASTELO BRANCO PLANO DE EVACUAÇÃO 1. INTRODUÇÃO I O plano de evacuação tem como finalidade promover a saída, o mais rápido possível, de todos os utentes das instalações (alunos, professores, funcionários e pessoas externas).

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres

Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres - Anexo XI Regulamento dos procedimentos de Segurança Artigo 1.º Medidas de autoproteção 1. São consideradas medidas de autoproteção: a) Registos de segurança (relatórios

Leia mais

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GÓIS

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GÓIS DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GÓIS PLANO DE EVACUAÇÃO ANO LETIVO 2016/2017 - Instruções de Segurança Para saber fazer face

Leia mais

Plano de Segurança Interno

Plano de Segurança Interno Regras de Evacuação em caso de Emergência Plantas de Emergência ALFACOOP Coopera>va de Ensino, crl Externato Infante D. Henrique REGRAS DE EVACUAÇÃO A segurança na Escola deve ser uma preocupação comum

Leia mais

PLANO DE EVACUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

PLANO DE EVACUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama Escola Secundária de Sebastião da Gama PLANO DE EVACUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA Escola Secundária de Sebastião da Gama 1 Índice 1 Mapa da região

Leia mais

Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca - Outeiro de São Miguel. Plano de Evacuação - Ano letivo 2016/2017

Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca - Outeiro de São Miguel. Plano de Evacuação - Ano letivo 2016/2017 Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca - Outeiro de São Miguel Plano de Evacuação - Ano letivo 2016/2017 1-Normas práticas - Em cada sala de aula deve haver um aluno, de preferência o Delegado de Turma,

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA ESCOLA 1º CICLO EB DO ESTORIL - OUTUBRO

PLANO DE EMERGÊNCIA ESCOLA 1º CICLO EB DO ESTORIL - OUTUBRO PLANO DE EMERGÊNCIA ESCOLA 1º CICLO EB DO ESTORIL - OUTUBRO 2011 - PLANO DE EMERGÊNCIA ESCOLA 1º CICLO EB DO ESTORIL NÚMEROS EXTERNOS: NÚMERO NACIONAL DE EMERGÊNCIA 112 BOMBEIROS ESTORIL 21 468 01 89 P.S.P.

Leia mais

Ilda Coutinho Manuel Horácio Ferreira 2014/2015

Ilda Coutinho Manuel Horácio Ferreira 2014/2015 Ilda Coutinho Manuel Horácio Ferreira 2014/2015 A Proteção Civil é a atividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e Autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas

Leia mais

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1.1- Enquadramento territorial e contexto físico O concelho da Moita onde se localiza o Agrupamento de Escolas Fragata do Tejo está situado na região de

Leia mais

Plano. de Prevenção e Emergência CENFORFF

Plano. de Prevenção e Emergência CENFORFF Plano de Prevenção e Emergência [ ] só uma população informada pode ter um verdadeiro e indispensável protagonismo num sistema que visa, em última instância, a melhoria da qualidade de vida de todos os

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DOS 1º, 2º E 3º CICLOS DO BOM SUCESSO. PLANO de EMERGÊNCIA

ESCOLA BÁSICA DOS 1º, 2º E 3º CICLOS DO BOM SUCESSO. PLANO de EMERGÊNCIA PLANO de EMERGÊNCIA 1. OBJETIVOS DOTAR A ESCOLA DE UM NIVEL DE SEGURANÇA EFICAZ; LIMITAR AS CONSEQUÊNCIAS DE UM ACIDENTE; SENSIBILIZAR A POPULAÇÃO ESCOLAR PARA A NECESSIDADE DE CONHECER OS PROCEDIMENTOS

Leia mais

FICHA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

FICHA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO A ANEXAR AOS PROJECTOS DE ARQUITECTURA DE EDIFÍCIOS DE OCUPAÇÃO EXCLUSIVA OU MISTA COM UTILIZAÇÕES TIPO DA 1ª E 2ª CATEGORIAS DE RISCO Ficha a ser apreciada pela Câmara Municipal (1ª Categoria) ou pelos

Leia mais

Escola Profissional de Aveiro

Escola Profissional de Aveiro Diretor de Operações Responsável da Segurança (RS) Segurança do Edifício Andreia Fonseca Delegado de Segurança Fernando Marinheiro Manuel Leça Dias Paulo Soares Raúl Duarte Ana Cristina Silva Agente de

Leia mais

Escola E/B do Couto Mineiro Código: Plano de prevenção. Alteração ao plano de prevenção de 1 de Setembro de 2007

Escola E/B do Couto Mineiro Código: Plano de prevenção. Alteração ao plano de prevenção de 1 de Setembro de 2007 Escola E/B do Couto Mineiro Código: 346688 Plano de prevenção Alteração ao plano de prevenção de 1 de Setembro de 2007 Oliveira do Arda, 1 de Setembro de 2016 Escola EB do Couto Mineiro Lugar de Oliveira

Leia mais

Etapas do Manual de Operações de Segurança

Etapas do Manual de Operações de Segurança OPERAÇÕES www.proteccaocivil.pt DE SEGURANÇA CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS ETAPAS LEVANTAMENTO DE MEIOS E RECURSOS ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA PLANO DE EVACUAÇÃO PLANO DE INTERVENÇÃO

Leia mais

Manual de Formação e Informação

Manual de Formação e Informação CURSO DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO NÍVEL III Manual de Formação e Informação Implementação dos procedimentos de uma evacuação mediante um exercício de simulacro , Nível III Local da Manual

Leia mais

Plano de Prevenção e Emergência. Ano letivo 2015/16

Plano de Prevenção e Emergência. Ano letivo 2015/16 Índice para navegação rápida: O que é e para que serve o PPE (4) Responsáveis de Segurança (8) Situações emergência (11) Evacuação(12) O Professor(30) O Assistente Operacional(46) O Coordenador de Piso(55)

Leia mais

CRAS - PRAIA DO CANTO. Coordenadora: Silvia Cristina Caldas. Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n

CRAS - PRAIA DO CANTO. Coordenadora: Silvia Cristina Caldas.   Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n CRAS - PRAIA DO CANTO Coordenadora: Silvia Cristina Caldas E-mail: crpcanto@vitoria.es.gov.br Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n Bairro: Bento Ferreira CEP: 29050-680 Telefone: (27) 3315-2605 Horário de

Leia mais

Página CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0

Página CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo 50 1.1 2º grupo 49 1.2 3º grupo 46 1.3 4º grupo 88 1.4 5º grupo 71 1.5 6º grupo 74 1.6 Dos alunos matriculados, quantos estão no Tempo Integral

Leia mais

Escola Secundária D. Duarte

Escola Secundária D. Duarte 1. CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO 1.1 Localização geográfica A Escola Secundária D. Duarte fica situada na Rua António Augusto Gonçalves em Santa Clara Coimbra. Vias de acesso para socorros exteriores: Protecção

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SÃO JOÂO DO ESTORIL PLANO DE EMERGÊNCIA. S. João do Estoril, Janeiro de 2011 1

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SÃO JOÂO DO ESTORIL PLANO DE EMERGÊNCIA. S. João do Estoril, Janeiro de 2011 1 PLANO DE EMERGÊNCIA S. João do Estoril, Janeiro de 2011 1 ÍNDICE Introdução 1 Contactos em caso de emergência.2 Ficha de caracterização da Escola Identificação do estabelecimento de ensino.3 Caracterização

Leia mais

PLANO DE SEGURANÇA NA ESCOLA. procedimentos

PLANO DE SEGURANÇA NA ESCOLA. procedimentos PLANO DE SEGURANÇA NA ESCOLA procedimentos SEGURANÇA NA ESCOLA A na escola deve ser uma preocupação comum a todos os membros da comunidade educativa. Deverá haver uma cultura de, interiorizando procedimentos

Leia mais

Medidas de Autoprotecção Utilizações Tipo IV - Escolares

Medidas de Autoprotecção Utilizações Tipo IV - Escolares Câmara Municipal da madora Medidas de utoprotecção Utilizações Tipo IV - Escolares CID D E D M D OR madoraeduca Grafismo:.Galvão/GDC/GIRP - Impressão e acabamento: OG/GIRP Minuta Técnica para Elaboração

Leia mais

ACTUAÇÃO EM CASO DE EMERGÊNCIA INSTRUÇÕES GERAIS/ NORMAS DE EVACUAÇÃO O SINAL PARA EVACUAÇÃO GERAL É O TOQUE CONTÍNUO DE SIRENE;

ACTUAÇÃO EM CASO DE EMERGÊNCIA INSTRUÇÕES GERAIS/ NORMAS DE EVACUAÇÃO O SINAL PARA EVACUAÇÃO GERAL É O TOQUE CONTÍNUO DE SIRENE; Escola Secundária de Francisco Rodrigues Lobo ACTUAÇÃO EM CASO DE EMERGÊNCIA INSTRUÇÕES GERAIS/ NORMAS DE EVACUAÇÃO O SINAL PARA EVACUAÇÃO GERAL É O TOQUE CONTÍNUO DE SIRENE; MANTER A CALMA; Não correr,

Leia mais

CENTRO ESCOLAR DE POMARES

CENTRO ESCOLAR DE POMARES CENTRO ESCOLAR DE POMARES Objetivos: -Proporcionar aos alunos um primeiro contacto com as regras e procedimentos a adotar em caso de emergência. -Efetuar o reconhecimento do percurso de evacuação de emergência

Leia mais

Escola Profissional de Aveiro. Auditório Eng.º Vitor Matos da UniTER da EPA 14 de junho de 2017

Escola Profissional de Aveiro. Auditório Eng.º Vitor Matos da UniTER da EPA 14 de junho de 2017 Auditório Eng.º Vitor Matos da UniTER da EPA 14 de junho de 2017 Apresentar o organigrama de emergência; Apresentar as funções e responsabilidades dos meios humanos (equipas de intervenção) contemplados

Leia mais

Escola Secundária da Ramada. Plano de Prevenção e Emergência

Escola Secundária da Ramada. Plano de Prevenção e Emergência Plano de Prevenção e Emergência 2009 1. Introdução A segurança precisa ser pensada. O lema deve ser: antes prevenir que remediar. A comunidade escolar não está minimamente sensibilizada para estas questões.

Leia mais

Introdução Plano de prevenção e emergência: conceito, objectivos e etapas 5

Introdução Plano de prevenção e emergência: conceito, objectivos e etapas 5 ÍNDICE Introdução... 4 1. Plano de prevenção e emergência: conceito, objectivos e etapas 5 1. Conceito. 5 2. Razões para a elaboração de um plano.5 3. Objectivos gerais... 6 4. Objectivos específicos...

Leia mais

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo º grupo º grupo º grupo º grupo 75 1.

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo º grupo º grupo º grupo º grupo 75 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo 20 1.1 2º grupo 72 1.2 3º grupo 75 1.3 4º grupo 100 1.4 5º grupo 75 1.5 6º grupo 85 1.6 Dos alunos matriculados, quantos estão no Tempo Integral

Leia mais

Programas de conservação e manutenção

Programas de conservação e manutenção Caracterização do espaço Identificação de riscos Levantamento de meios e recursos Regras de exploração e comportamento Programas de conservação e manutenção Caderno de registo de segurança Abandonar todos

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO NA ÁREA ESPECÍFICA DE SCIE

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO NA ÁREA ESPECÍFICA DE SCIE CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO NA ÁREA ESPECÍFICA DE SCIE ASPECTOS GERAIS O curso com uma duração de 128 horas é constituído pelas sessões a seguir indicadas. 1 Parte I Teórico prática 1.1

Leia mais

FUNÇÕES DOS AGENTES DE SEGURANÇA

FUNÇÕES DOS AGENTES DE SEGURANÇA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Direção Regional de Educação do Centro PLANO DE SEGURANÇA E s c o l a J o ã o A f o n s o d e A v e i r o FUNÇÕES DOS AGENTES DE SEGURANÇA Responsável pela Segurança da

Leia mais

NOTA TÉCNICA nº 22 Complementar do Regulamento Geral de SCIE Ref.ª VIII.I.02/

NOTA TÉCNICA nº 22 Complementar do Regulamento Geral de SCIE Ref.ª VIII.I.02/ [ NT 22 : NOTA TÉCNICA Complementar do RG-SCIE / Ref.ª VIII.I.02 / 2007-05-31 ] NOTA TÉCNICA nº 22 Complementar do Regulamento Geral de SCIE Ref.ª VIII.I.02/2007-05-31 RESUMO Definir a estrutura das plantas

Leia mais

Funcionários Terceirizados

Funcionários Terceirizados 1. Faixa etária de pessoas atendidas: Todas as idades 2. Bairros Atendidos TODOS 3. Existem critérios para que o espaço seja usado: Sim 3.1 No caso de sim, quais esses critérios: PRÁTICA ESPORTIVA 4. São

Leia mais

Plano de \t. Agrupamento de Escolas de Mira de Aire e Alvados. Emergência

Plano de \t. Agrupamento de Escolas de Mira de Aire e Alvados. Emergência Plano de \t Agrupamento de Escolas de Mira de Aire e Alvados Emergência Plano de Emergência ÍNDICE l-introdução 3 2-OBJECTIVOS 4 3 - CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO 5 3.3-FICHA DE CARACTERIZAÇÃO D A ESCOLA 5

Leia mais

Regimento Interno da Escola Básica da Vila

Regimento Interno da Escola Básica da Vila ÍNDICE Introdução 1-2 Objecto e Âmbito da Aplicação 2 Recursos Humanos da Escola 3 Pessoal Discente 3-4 Acesso ao edifício 4 Acesso às Salas de aula 5 Refeitório 5-6 Calendário Escolar 6-7 Horários de

Leia mais

Escola E.B. 2,3 Rainha Santa Isabel Carreira PLANO DE EMERGÊNCIA

Escola E.B. 2,3 Rainha Santa Isabel Carreira PLANO DE EMERGÊNCIA Escola E.B. 2,3 Rainha Santa Isabel Carreira PLANO DE EMERGÊNCIA ÍNDICE I- Enquadramento do Estabelecimento de Ensino 1. Localização... 4 2. Acesso.... 5 3. Descrição das instalações... 6 II- Caracterização

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA EM CASO DE INCÊNDIO PROFESSORES

PLANO DE EMERGÊNCIA EM CASO DE INCÊNDIO PROFESSORES PROFESSORES Competências dos professores Quando os professores se encontram numa sala de aula com um grupo de alunos, devem: 1. Ao ouvir o sinal de alarme, avisar os alunos para não tocarem nos interruptores

Leia mais

Agrupamento de Escolas Barbosa du Bocage

Agrupamento de Escolas Barbosa du Bocage Agrupamento de Escolas Barbosa du Bocage Avenida de Angola 2900 052 Setúbal (Nº do Código do Agrupamento 171359 Telefone 265 5471120 Fax 265547125) 1 O Plano de Evacuação particulariza as regras básicas/gerais

Leia mais

Ameaça de Bomba_. Princípios Gerais. Serviço de Tráfego Aéreo. Serviço de Socorros. Supervisor de Aeroporto. Serviço de Operações Aeroportuárias

Ameaça de Bomba_. Princípios Gerais. Serviço de Tráfego Aéreo. Serviço de Socorros. Supervisor de Aeroporto. Serviço de Operações Aeroportuárias PrincípiosGerais Planodeemergênciaeevacuação_ ÍNDICE Página_ 1 de 19 PÁGINA 2 ServiçodeTráfegoAéreo ServiçodeSocorros SupervisordeAeroporto ServiçodeOperaçõesAeroportuárias CentralTelefónicadoAeroporto

Leia mais

EB FERNANDO JOSÉ DOS SANTOS EB FERNANDO JOSÉ DOS SANTOS

EB FERNANDO JOSÉ DOS SANTOS EB FERNANDO JOSÉ DOS SANTOS EB FERNANDO JOSÉ DOS SANTOS 2013-2014 1 1. IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA 1.1 Caracterização do Meio A EB Fernando José dos Santos situa-se na Rua Manuel Ambrósio dos Santos 2645-212 Amoreira/Alcabideche, Concelho

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MELGAÇO

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MELGAÇO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MELGAÇO Objetivos: -Proporcionar aos alunos um primeiro contacto com as regras e procedimentos a adotar em caso de emergência. -Efetuar o reconhecimento do percurso de evacuação

Leia mais

PLANOS DE PREVENÇÃO EMERGÊNCIA

PLANOS DE PREVENÇÃO EMERGÊNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA MARIA MAIOR ESCOLA EB1 DO CARMO PLANOS DE PREVENÇÃO E EMERGÊNCIA 2014/2015 Estrada da Papanata S/N 4900-470 VIANA DO CASTELO TEL. 258 824965 FAX 258

Leia mais

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga. .: Fundação: 24/02/2010

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga.  .: Fundação: 24/02/2010 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA Diretora: Sônia Maria Machado Fraga E-mail.: emefgm@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 24/02/2010 Criação: Lei nº 7.883 Endereço: Av Cel José Martins de Figueiredo,

Leia mais

COLÉGIO DE ALFRAGIDE PLANO DE PREVENÇÃO E PLANO DE EMERGÊNCIA

COLÉGIO DE ALFRAGIDE PLANO DE PREVENÇÃO E PLANO DE EMERGÊNCIA COLÉGIO DE ALFRAGIDE PLANO DE PREVENÇÃO E PLANO DE EMERGÊNCIA ANO LECTIVO 2008 2009 ÍNDICE Introdução 1 I Objectivos do Plano de Prevenção e Emergência 5 1. Gerais 5 2. Específicos 5 II Plano de Prevenção

Leia mais

Página 1 CRAS - ITARARÉ. Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini. Endereço: Rua das Palmeiras, 305

Página 1 CRAS - ITARARÉ. Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini.   Endereço: Rua das Palmeiras, 305 CRAS - ITARARÉ Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini E-mail: critarare@correio1.vitoria.es.gov.br Endereço: Rua das Palmeiras, 305 Bairro: Itararé CEP: 29047-550 Telefone: (27) 3215-3132 Horário de Funcionamento:

Leia mais

Gestão e Manutenção de Equipamentos

Gestão e Manutenção de Equipamentos Guia da Reforma Administrativa de Lisboa Gestão e Manutenção de Equipamentos O que são Equipamentos Municipais? São estruturas públicas geridas pela Autarquia. As necessidades da população e a concretização

Leia mais

Planeamento de Exercícios e Simulacros de Evacuação

Planeamento de Exercícios e Simulacros de Evacuação Planeamento de de Evacuação 1. Objetivos Avaliar os procedimentos de prevenção e emergência. Detetar e corrigir possíveis falhas dos procedimentos. Criar rotinas de comportamento dos funcionários face

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/ 3º CEB POETA AL BERTO, SINES PLANO DE EMERGÊNCIA INTERNO

ESCOLA SECUNDÁRIA/ 3º CEB POETA AL BERTO, SINES PLANO DE EMERGÊNCIA INTERNO ALUNOS: Quando soar o sinal de ALARME, deve seguir as instruções do Professor. O aluno nomeado Chefe de Fila deve dirigir-se para porta de saída, procede à sua abertura, segurando-a e mantendo-a aberta.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA ESCOLA BÁSICA DE S. JOÃO DA MADEIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA ESCOLA BÁSICA DE S. JOÃO DA MADEIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA ESCOLA BÁSICA DE S. JOÃO DA MADEIRA Os incêndios podem surgir na sequência de sismos, ser provocados por causas naturais (raios) por deficiências do equipamento

Leia mais

Comprovação de renda mensal compatível aos critérios de recebimento do benefício Bolsa Família. 6. Bairros atendidos

Comprovação de renda mensal compatível aos critérios de recebimento do benefício Bolsa Família. 6. Bairros atendidos CRAS - MARUÍPE Coordenadora: Cremilda Viana Astorga E-mail: cvastorga@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 2001 Endereço: Rua Dom Pedro I, 72 Bairro: Maruípe CEP: 29043-190 Telefone: (27) 3314-5311 Horário

Leia mais

Educação Para a Segurança e Prevenção de Riscos :Operacionalização em contexto escolar - Final

Educação Para a Segurança e Prevenção de Riscos :Operacionalização em contexto escolar - Final Educação Para a Segurança e Prevenção de Riscos :Operacionalização em contexto escolar - Final Objetivos finais do Projeto: -Promoção de escolas seguras e dentro da lei (da segurança); -O DS ser um elo

Leia mais

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA Diretora: Marlinda Haddad Rabello E-mail.: emefacs@vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Lei nº 4.922 Endereço: Rua Presidente Rodrigues Alves, 255 Bairro: República

Leia mais

8. Existe um acompanhamento das famílias já cadastradas Sim (PAIF) Programa de atenção integral à família

8. Existe um acompanhamento das famílias já cadastradas Sim (PAIF) Programa de atenção integral à família CRAS - SANTA MARTHA Coordenadora: Margareth Pereira Bergamin E-mail: crsmartha@vitoria.es.gov.br Fundação: 2010 Endereço: Av leitão da Silva, 3375 Bairro: Andorinhas CEP: 29045-115 Telefone: (27) 3332-7942

Leia mais

Equipas de Apoio de Retaguarda

Equipas de Apoio de Retaguarda Equipas de Apoio de Retaguarda (Fogos Florestais) 2013 PREAMBULO As Equipas de Apoio de Retaguarda / 2013, têm por base a experiência de alguns Agrupamentos no âmbito do apoio às diversas entidades de

Leia mais

Plano de Emergência PLANO DE EMERGÊNCIA

Plano de Emergência PLANO DE EMERGÊNCIA PLANO DE EMERGÊNCIA Índice Plano de Emergência 1. Finalidade... 4 2. Descrição da planta... 4 2.1. Planta... 4 2.2. Localização... 4 2.3. Construção... 4 2.4. Dimensões... 5 2.5. Ocupação... 5 2.6. População...

Leia mais

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF OTTO EWALD JUNIOR Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza E-mail.: emefoej@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Decreto nº 4.922 Endereço: Rua Daniel Abreu Machado, 546 Bairro:

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA. Introdução. Objectivos do PEI. Identificação de Riscos. Constituição do PEI Curiosidades Conclusão

PLANO DE EMERGÊNCIA. Introdução. Objectivos do PEI. Identificação de Riscos. Constituição do PEI Curiosidades Conclusão PLANO DE EMERGÊNCIA Introdução Objectivos do PEI Identificação de Riscos Constituição do PEI Curiosidades Conclusão Introdução O Plano de Emergência Interno (PEI) tem o objectivo fundamental, a protecção

Leia mais

PLANO DE SEGURANÇA E EVACUAÇÃO

PLANO DE SEGURANÇA E EVACUAÇÃO PLANO DE SEGURANÇA E EVACUAÇÃO DA ESCOLA SECUNDÁRIA VITORINO NEMÉSIO Praia da Vitória, Janeiro de 2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO...5 I - PLANO DE PREVENÇÃO...7 1. Identificação e caracterização do Estabelecimento

Leia mais

Plano de Prevenção e Emergência. Escola Básica D. Domingos Jardo

Plano de Prevenção e Emergência. Escola Básica D. Domingos Jardo Plano de Prevenção e Emergência Escola Básica D. Domingos Jardo ÍNDICE Introdução Objetivos Gerais Objetivos Específicos PLANO DE PREVENÇÃO I FICHA DE CARATERIZAÇÃO DA ESCOLA 1. - Identificação do estabelecimento

Leia mais

CADERNO TÉCNICO. normas e especificações

CADERNO TÉCNICO. normas e especificações CADERNO TÉCNICO normas e especificações LOCALIZAÇÃO E CONTATO Av. Gabriel Garcia de Azevedo nº153, Jd. São Fernando, Pouso Alegre - MG. Telefones: 35 3422.5845 35 4102.1877 35 99259.1212 E-mail: atendimento@summithall.com.br

Leia mais

CABREIROS BRG

CABREIROS BRG AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE Projeto de SEGURANÇA - Plano de Prevenção e Emergência - Outubro de 2014 EB2,3 DE CABREIROS Largo João Martins Oliveira, nº5 4705-769 CABREIROS BRG : 253 919 140 :

Leia mais

NOVO REGULAMENTO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

NOVO REGULAMENTO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO NOVO REGULAMENTO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO MANUTENÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS JORGE BERNARDO ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE SAÚDE DE COIMBRA 13 OUTUBRO 2010 TEMAS A

Leia mais

AMBIENTE EM MATOSINHOS ETAR - TRATAMENTO SECUNDÁRIO

AMBIENTE EM MATOSINHOS ETAR - TRATAMENTO SECUNDÁRIO Obra: AMBIENTE EM MATOSINHOS ETAR - TRATAMENTO SECUNDÁRIO PLANO DE ESTALEIRO Elaborado por: Verificado por: Validado por: Aprovado por: Data: Data: Data: Data: Mod I/0871.1 Índice 1 - INTRODUÇÃO... 3 2

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE EVACUAÇÃO PLANO DE EMERGÊNCIA INTERNO

PROCEDIMENTOS DE EVACUAÇÃO PLANO DE EMERGÊNCIA INTERNO PROCEDIMENTOS DE EVACUAÇÃO PLANO DE EMERGÊNCIA INTERNO 16 de Outubro 2013 Escola Secundária de Penafiel A CULTURA DE SEGURANÇA A segurança na Escola deve ser uma preocupação comum a todos os membros da

Leia mais

PLANO DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA

PLANO DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA PLANO DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DA VILA DO TOPO ÍNDICE Introdução 2 Conceito de plano de segurança e emergência 3 Características essenciais 4 Objetivos 4 Objetivos gerais 4 Objetivos

Leia mais

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro VENDIDO Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro em Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME ref. S5154 369.000 6 4 180 m2 393 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

Reunião Conselho Municipal de Educação 20 Março 2012, às 18h00

Reunião Conselho Municipal de Educação 20 Março 2012, às 18h00 Reunião Conselho Municipal de Educação 20 Março 2012, às 18h00 Ordem de Trabalhos 1.Aprovação de ata n.º 14 do Reunião de 10 Novembro de 2011; 2.Informações sobre o Sistema Educativo Local a) Direcção

Leia mais

ÍNDICE. Plano de prevenção da Escola Básica do 1º Ciclo de Celorico-Gare

ÍNDICE. Plano de prevenção da Escola Básica do 1º Ciclo de Celorico-Gare ÍNDICE INTRODUÇÃO... 4 I - OBJECTIVOS DO PLANO DE PREVENÇÃO... 5 II - PLANO DE PREVENÇÃO... 6 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO DE ENSINO E LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA... 6 2.CARACTERIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO

Leia mais

Plano de Evacuação Geral. Abril/2010

Plano de Evacuação Geral. Abril/2010 Plano de Evacuação Geral Abril/2010 A segurança na Escola deve ser uma preocupação comum a todos os membros da comunidade educativa pessoal docente e não docente, alunos, pais e encarregados de educação.

Leia mais

MANUAL DO CENTRO DE PRODUÇÃO DE CASTELO BRANCO CAPITULO IV Procedimento de Emergência

MANUAL DO CENTRO DE PRODUÇÃO DE CASTELO BRANCO CAPITULO IV Procedimento de Emergência 1/11 1. Objectivo Este procedimento é parte integrante do manual do Centro de Produção e estabelece um sistema de coordenação dos recursos humanos e materiais, tanto do Centro de Produção como externos,

Leia mais

Logótipo da Actividade. (TIPO DE ATIVIDADE) Região de Coimbra Agrupamento/Núcleo/ZAP ( ) PLANO DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA

Logótipo da Actividade. (TIPO DE ATIVIDADE) Região de Coimbra Agrupamento/Núcleo/ZAP ( ) PLANO DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA Logótipo da Actividade (TIPO DE ATIVIDADE) Região de Coimbra Agrupamento/Núcleo/ZAP ( ) Local ( ) Data ( ) PLANO DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DEPARTAMENTO REGIONAL DE PROTEÇÃO CIVIL Junta Regional de Coimbra

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FORNOS DE ALGODRES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FORNOS DE ALGODRES TELEFONISTA Graça Maria Monteiro Paulo 08:50-11:00 13:00-17:50 Maria Luísa Ferreira Gaspar 09:00-13:00 15:00-18:00 efetua o atendimento geral e encaminha os utentes aos locais pretendidos; assegura o serviço

Leia mais

Ano letivo 2015/2016. Diretora Técnica: Dra. Fátima Duarte

Ano letivo 2015/2016. Diretora Técnica: Dra. Fátima Duarte Ano letivo 2015/2016 Diretora Técnica: Dra. Fátima Duarte Gabinete da diretora Serviço administrativo Entrada Gabinete de Apoio Pedagógico e Psico- Social Cozinha Refeitório do 1.º ciclo Gabinete do pessoal

Leia mais

INTRODUÇÃO. Este caderno é um anexo ao Plano de Segurança, segundo a Portaria nº1444/2002 de 7 de Novembro, no Artigo 16º, ponto3, alínea c).

INTRODUÇÃO. Este caderno é um anexo ao Plano de Segurança, segundo a Portaria nº1444/2002 de 7 de Novembro, no Artigo 16º, ponto3, alínea c). INTRODUÇÃO Este caderno é um anexo ao Plano de Segurança, segundo a Portaria nº1444/2002 de 7 de Novembro, no Artigo 16º, ponto3, alínea c). 1 Escola E. B. 2,3 Cardoso Lopes Morada: Prolongamento da Av.

Leia mais

Plano de Emergência PLANO DE EMERGÊNCIA. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Porto Alegre

Plano de Emergência PLANO DE EMERGÊNCIA. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Porto Alegre PLANO DE EMERGÊNCIA Índice Plano de Emergência 1. Finalidade...4 2. Descrição da planta...4 2.1. Planta...4 2.2. Localização...4 2.3. Construção...5 2.4. Dimensões...5 2.5. Ocupação...5 2.6. População...5

Leia mais

Moradia V3 no Campo com Piscina e Vista Mar, próxima de Estoi VILLA EM ESTÓI

Moradia V3 no Campo com Piscina e Vista Mar, próxima de Estoi VILLA EM ESTÓI Moradia V3 no Campo com Piscina e Vista Mar, próxima de Estoi VILLA EM ESTÓI ref. TV786 450.000 3 4 196 m2 2.200 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Estói Conceição e Estói Faro, Faro Algarve

Leia mais

DELEGADOS E SUBDELEGADOS DE TURMA

DELEGADOS E SUBDELEGADOS DE TURMA DELEGADOS E SUBDELEGADOS DE TURMA INTRODUÇÃO O Plano de Segurança pretende representar para a comunidade escolar um ponto de referência para uma eventual situação de emergência face a eventuais catástrofes.

Leia mais

DIRECTRIZES DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO PARA A ESCOLA EM ARTICULAÇÃO COM O PLANO DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO

DIRECTRIZES DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO PARA A ESCOLA EM ARTICULAÇÃO COM O PLANO DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO DIRECTRIZES DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO PARA A ESCOLA EM ARTICULAÇÃO COM O PLANO DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO EMPREITADA DE EXECUÇÃO DAS OBRAS DE MODERNIZAÇÃO FASE 3 DO PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DAS ESCOLAS

Leia mais

REDUÇÃO. Moradia de Campo V4, com Piscina perto de Silves VILLA EM SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS

REDUÇÃO. Moradia de Campo V4, com Piscina perto de Silves VILLA EM SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS REDUÇÃO Moradia de Campo V4, com Piscina perto de Silves VILLA EM SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES ref. S2443 675.000 595.000 4 3 230 m2 1.228 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes + São

Leia mais

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria)

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria) Projeto Prevenção de Incêndio TC_042 - CONSTRUÇÃO CIVIL IV PROFESSORA: ELAINE SOUZA MARINHO CONCEITOS

Leia mais

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA PARTAMENTO OBRAS E GESTÃO FICHA TÉCNICA 1. INTIFICAÇÃO Construção do Jardim de Infância de Montes Claros Parque Infantil 2. LOCALIZAÇÃO Rua Virgílio Correia, Stº António dos Olivais Freguesia de Stº António

Leia mais

REABILITAÇÃO DE 3 EDIFÍCIOS NO CENTRO HISTÓRICO DE GUIMARÃES SAAVEDRArquitectura

REABILITAÇÃO DE 3 EDIFÍCIOS NO CENTRO HISTÓRICO DE GUIMARÃES SAAVEDRArquitectura REABILITAÇÃO DE 3 EDIFÍCIOS NO CENTRO HISTÓRICO DE GUIMARÃES email: isabel.saavedra@mail.telepac.pt Rua Dr. Carlos Saraiva nº259, 4810-026 Guimarães, Portugal Telef: (00351) 253 41 27 23 Fax: (00351) 253

Leia mais

MAPA DE ACABAMENTOS Oficina Revestimento cerâmico em mosaico do tipo "Margres" ou equivalente, de cor e dimensão a escolher.

MAPA DE ACABAMENTOS Oficina Revestimento cerâmico em mosaico do tipo Margres ou equivalente, de cor e dimensão a escolher. MAPA DE ACABAMENTOS Designação Pavimento Rodapé Parede Tecto 1 Parque de Viaturas Fornecimento e aplicação de autonivelante do tipo "Sika" ou equivalente, para acabamento de em betão, incluindo preparação

Leia mais

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr.

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. NR-10 Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. pedroarmando@ifsc.edu.br Objetivo Definir procedimentos básicos para execução de atividades/trabalhos

Leia mais

ÍNDICE. 1. Conceito de Plano de Emergência Razões para a elaboração de um Plano de Emergência Objectivos Gerais 7

ÍNDICE. 1. Conceito de Plano de Emergência Razões para a elaboração de um Plano de Emergência Objectivos Gerais 7 AGRUPAMEENTTO DEE ESCOLLAS ALLFFREEDO DA SIILLVA SIINTRA ÍNDICE ÍNDICE 2 INTRODUÇÃO 5 CAPÍTULO I Generalidades 6 1. Conceito de Plano de Emergência 6 2. Razões para a elaboração de um Plano de Emergência

Leia mais

Sessão ordinária da Assembleia Municipal

Sessão ordinária da Assembleia Municipal Sessão ordinária da Assembleia Municipal Data: 30 de junho de 2014 Hora: 14.30 horas Local: Salão Nobre dos Paços do Município DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA I PERÍODO DA ORDEM DO DIA PONTO 1: DISCUSSÃO

Leia mais

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos Data da Visita: Data da Visita: CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA A TERCEIRA IDADE Coordenador(a): Barbara Barros Bastos E-mail: centrodeconvivenciajc@hotmail.com Endereço: Rua Doutor João Batista Miranda Amaral,

Leia mais

Manual. Brigada de Incêndio

Manual. Brigada de Incêndio Manual Brigada de Incêndio Sumário 1. Objetivo...3 2. Características...3 3. Desenvolvimento...4 4. Composição...4 5. Formação - Nível de Treinamento...4 5.1. Parte teórica de combate a incêndio...4 5.2.

Leia mais

Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME

Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME ref. VM714 650.000 5 5 442 m2 18.350 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

(atualizada em 11/2006) NBR 5667-1:06 Hidrantes urbanos de incêndio de ferro fundido dúctil - Parte 1 - Hidrantes de Coluna NBR 5667-2:06 Hidrantes urbanos de incêndio de ferro dúctil - Parte 2 - Hidrantes

Leia mais

Lagos. Vivenda bonita de 3 quartos, na área exclusiva e apenas 3 minutos de carro da praia e Marina VILLA EM LAGOS

Lagos. Vivenda bonita de 3 quartos, na área exclusiva e apenas 3 minutos de carro da praia e Marina VILLA EM LAGOS Lagos. Vivenda bonita de 3 quartos, na área exclusiva e apenas 3 minutos de carro da praia e Marina VILLA EM LAGOS ref. S2762 495.000 3 2 155 m2 515 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTECÇÃO CIVIL DE ELVAS

PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTECÇÃO CIVIL DE ELVAS PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTECÇÃO CIVIL DE ELVAS ELABORADO POR: SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL DO MUNICÍPIO DE ELVAS PMEPC DE ELVAS Parte I ENQUADRAMENTO GERAL ÍNDICE Parte I ENQUADRAMENTO

Leia mais

Nota de Encomenda de Material de SHT. Identificação do cliente Nome: Cont. nº

Nota de Encomenda de Material de SHT. Identificação do cliente Nome: Cont. nº Nota de Encomenda de Material de SHT Colaborador Data Identificação do cliente Nome: Cont. nº Morada: Telefone: Contribuinte: Cliente (Assinatura): Localidade: Código Postal: Modo Entrega* (Prazo de entrega

Leia mais