A EXPANSÃO MARÍTIMA E A CONQUISTA DA AMÉRICA. Prof. Alexandre Goicochea História

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A EXPANSÃO MARÍTIMA E A CONQUISTA DA AMÉRICA. Prof. Alexandre Goicochea História"

Transcrição

1 A EXPANSÃO MARÍTIMA E A CONQUISTA DA AMÉRICA Prof. Alexandre Goicochea História

2 Socio-econômicos: FATORES A ascensão da burguesia + crescimento urbano aumento do consumo de produtos orientais; Ideias renascentistas ajudam no desenvolvimento da técnicas para orienteção e navegação; Buscar novas rotas para chegar as Índias; Políticos: A centralização política (Rei) facilita a expansão; Econômicos: Superar a crise na Europa do século XIV e XV; Metais preciosos para a fabricação de moedas.

3 CICLO PORTUGUÊS - ORIENTAL Pioneiro no processo de expansão mercantil; Formação precoce do Estado nacional (Monarquia) foi um dos fatores para o pioneirismo; A dinastia de Avis sobe ao trono, após a dinastia de Borgonha, apoiada pelos grupos mercantis; Portugal vivia uma paz interna; A geografia favorece a expansão para o Atlântico e costa ocidental da África.

4 AS NAVEGAÇÕES E CONQUISTAS PORTUGUESAS Inicia-se em 1415, onde uma expedição militar conquista Ceuta (noroeste da África) e algumas ilhas do Atlântico, na passagem do Mediterrâneo para o Atlântico; Em 1434 as expedições conquistam Cabo Bojador; Em 1488 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança/das Tormentas; Em 1498 Vasco da Gama chega em Calicute na Índia, completando o Périplo Africano; Em 1500 Pedro Álvares Cabral parte em direção as Índias, mas ventos equatoriais levariam-no para o Brasil.

5

6 CICLO ESPANHOL - OCIDENTAL Motivos do atraso espanhol: Tardia unificação política (1469) casamento entre Fernando, de Aragão e Isabel, de Castella; Em 1492 na Guerra de Reconquista, a monarquia espanhola derruba os últimos mouros/muçulmanos da península Ibérica, na região de Granada; Lutas internas entre reinos cristãos.

7 AS NAVEGAÇÕES ESPANHOLAS Em 1492 Cristóvão Colombo (Genovês), patrocinado por Reis Católicos espanóis, inicia o ciclo Ocidental das Navegações e em 12 de Outubro chega a Ilha de Guananani (São Salvador) e sem querer ele descobre a América; Colombo pensou que tivesse chegado nas Índias e voltou a América mais vezes para procurar as riquezas do Oriente; Em 1499 Vicente Pinzon chega a foz do Rio Amazonas (Mar Dulce); Em 1513 Vasco Balboa, buscando o Oriente, chega no estreito do Panamá e descobre o Oceano Pacífico; Em 1519 inicia-se a 1ª Circunavegação por Fernão de Magalhães (Português), porém é completada por Juan Elcano em 1522; Em 1521 Hernán Cortez chega no México dos Astecas; Em 1531 Pizarro e Almagro conquistam o Império Inca.

8

9 TRATADOS ENTRE ESPANHA E PORTUGAL Tratado de Toledo (1480) Portugal cede a Espanha as ilhas Canárias em troca do monopólio da navegação e comércio no litoral da África; Bula Inter Coetera* (1493) Papa Alexandre VI divide através de uma linha imaginária o Novo Mundo entre Portugal e Espanha, porém D.João II, Rei de Portugal, fica insatisfeito porque ficou com a região do mar alto ; Tratado de Tordesilhas (1494) Portugal fica com as terras do Oriente da linha e a Espanha com as do Ocidente; Tratado ou Capitulação de Saragoça (1529) A chegada dos espanhóis no Oriente faz com que ocorra a demarcação das terras do mundo Oriental a partir das Ilhas Molucas. *Significado: entre outros trabalhos

10 TRATADO DE TORDESILHAS

11 HOLANDA, FRANÇA E INGLATERRA Atraso das expansões devido a instabilidade econômica e política, a falta de uma monarquia centralizada, além das resistências feudais; Inglaterra: Só conseguiu navegar com a dinastia Tudor; França: Por conta da lentidão do processo de centralização, só iniciou as navegações no séc XVI, com a participação de navegadores estrangeiros; Holanda: Apesar da tradição mercantil, os holandeses eram dominados pelos espanhóis.; Em 1581 tornaram-se independentes e só em 1621 a burguesia organizou a Companhia das Índias Ocidentais e iniciou a expansão.

12 CONSEQUÊNCIAS DAS EXPANSÕES MARÍTIMAS Decadência das cidades mercantis italianas e ascensão dos países ibéricos, devido a alteração para o eixo econômico Atlântico-Índico; Fortalecimento das monarquias europeias e da burguesia; Adoção do Mercantilismo como novo sistema econômico; Aumento das riquezas devido a mineração e ao comércio; A montagem da empresa colonial e a volta da escravidão (índios e africanos); Destruição das civilizações pré-colombianas; Expansão do comércio europeu em escala mundial Revolução Comercial (CAPITALISMO); Aumento da acumulação de capital; Revolução dos preços devido ao fluxo dos metais preciosos oriundos da América.

13 Definição: MERCANTILISMO Modelo econômico da Idade Moderna (séc XV ao XVIII) da fase do capitalismo comercial, responsável pela orientação das relações metrópole e colônia.

14 Características: MERCANTILISMO 1. Metalismo; 2. Balança comercial favorável; 3. Posse de colônias; 4. Monopólio/exclusivismo comercial; 5. Pirataria; 6. Protecionismo estatal; 7. Sistema colonial; 8. Intervencionismo.

15 Tipos: MERCANTILISMO Espanhol e português metalismo/bulionismo; Francês colbertismo/industrialismo; Inglês misto manufatura industrial, exportação de artigos baratos e protecionismo; Holandês misto comércio e manufatura.

16 COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA Prof. Alexandre Goicochea História

17 CIVILIZAÇÕES PRÉ- COLOMBIANAS OU ANDINAS Prof. Alexandre Goicochea História

18 OS ASTECAS Localizavam-se na região chamada Aztlán, por isso eram chamados de astecas (toltecas, mexicas ou chichimecas); Poder político teocrático e militarizado; Organizavam-se em clãs (calpullis), onde a terra era coletiva, inesxistindo a ideia de propriedade privada; Eram divididos em classes sociais: Imperador e sua família no topo; Militares e sacerdotes, pertenciam a nobreza; Comerciantes (pochtecas) e os artesãos, classe média ; Camponeses e escravos formavam a base da pirâmide. Principal atividade: Agricultura Produziam milho, feijão, cacau, algodão, entre outros produtos. O comércio também era importante; Estado era o PROPRIETÁRIO das terras e a comunidade pagava impostos sobre a produção; Eram politeístas, ou seja, suas crenças eram em múltiplos deuses. Entre eles: Uitzilopochtli, Tezcatlipoca, Quetzalcoatl.

19

20 OS MAIAS Península de Yucatán, sul do México, parte da Guatemala, de Honduras e El Salvador e também Belize; Poder político hereditário e teocrático; Formação de cidades-estados obedientes ao poder central; Sociedade dividida por classes: No topo: Governante, altos funcionários estatais e comerciantes; No meio: cobradores de impostos, militares e cerimonialistas; Na base: os trabalhadores braçais. Produção agrícola (milho) e comércio compunham a economia; Eram politeístas, tinham como deus principal a Serpente Emplumada (Quetzalcoatl).

21

22

23 OS INCAS Região da atual Bolívia, Peru, Equador, parte do Chile e norte da Argentina; Governo teocrático e militarista; As terras pertenciam ao Estado e algumas a comunidade; Agricultura como base da economia (batata e milho); Comércio desenvolve-se com base na cerâmica, tecidos e artesanato de metais (ouro, prata e bronze); No topo da pirâmide estava o imperador. Na nobreza estavam os familiares do imperador, altos funcionários do Estado e do clero. Os artesãos, médicos, artistas, militares e contadores estavam a abaixo da nobreza. Os camponeses e escravos formavam a base da pirâmide. O ayllu era a base da organização do Estado. Os incas também eram politeístas.

24

25 do Cursinho Pró-ENEM UFMS 2014, vocês já sabem, mas não custa lembrar que caso tenham alguma dúvida quanto a este ou qualquer outro conteúdo falem comigo ou entrem em contato através do e- mail: Estudem bastante que o sucesso estará garantido. Os homens são responsáveis por construir sua própria sorte. Prof. Alexandre Goicochea História

AULA DADA, AULA ESTUDADA!!!

AULA DADA, AULA ESTUDADA!!! AULA DADA, AULA ESTUDADA!!! Expansão Marítima Embarcaremos em uma longa e perigosa viagem a bordo dos navios lusitanos e espanhóis rumo à terra das especiarias. Você vai saber quais foram os fatores das

Leia mais

07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA

07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA 07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA Mercantilismo Surgimento intervenção das monarquias absolutistas na área econômica expandir o comércio aumentar as reservas financeiras se tornarem governos fortes

Leia mais

Ciclo Ocidental e Consequências da Expansão Marítima. Módulo 2

Ciclo Ocidental e Consequências da Expansão Marítima. Módulo 2 Ciclo Ocidental e Consequências da Expansão Marítima Módulo 2 1. Introdução Portugal como pioneiro; Problemas internos de outros países europeus; 2. Empreendimentos Espanhóis Obstáculo político-militar:

Leia mais

A Europa na época das Grandes Navegações

A Europa na época das Grandes Navegações Aula 1 e 2 A Europa na época das Grandes Navegações 1 - Século XV: O Nascimento do Mundo Moderno Setor 1621 2 - A formação do Reino de Portugal 3 - A Expansão Ultramarina Europeia Aula 1 e 2 A Europa na

Leia mais

Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial. Profª Maria Auxiliadora 1º Ano

Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial. Profª Maria Auxiliadora 1º Ano Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial Profª Maria Auxiliadora 1º Ano As Monarquias Ibéricas (Portugal / Espanha) REVOLUÇÃO

Leia mais

ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES

ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES O ESTADO NACIONAL a) A necessidade de reorganização do poder da nobreza frente às s rebeliões camponesas. b) A necessidade de viabilizar

Leia mais

Expansão Marítima Européia.

Expansão Marítima Européia. Aula 07 Expansão Marítima Européia. A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Através das

Leia mais

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP ABSOLUTISMO AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP. 268 A 274 CONTEÚDO EM SALA DE AULA SLIDES PORTAL ROTEIRO NO CADERNO A SOCIEDADE DO ANTIGO REGIME XV-XVIII

Leia mais

Expansão Marítima: Fatores e Ciclo Oriental. Módulo 1

Expansão Marítima: Fatores e Ciclo Oriental. Módulo 1 Expansão Marítima: Fatores e Ciclo Oriental Módulo 1 1. Transição do Feudalismo para o Capitalismo Expansão marítimo-comercial: um dos principais momentos de transição da Idade Média para a Idade Moderna.

Leia mais

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03. Exercício

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03. Exercício Contexto Consequência Motivo Mercantilismo Dificuldades Inovações Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03 Exercício a) Tempo Histórico: Idade Moderna Período: Séc. XV XVII Europa CONTEXTO b) Burguesia (comerciantes)

Leia mais

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO O ABSOLUTISMO ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO Regime político em que o poder está concentrado nas mãos do Rei. Rei: chefe militar, economia, chefe administrativo, controle da Igreja, poder político -> Poder

Leia mais

Potências marítimas: Novas (burguesia) Antigas (nobreza) Portugal Espanha Holanda Inglaterra França

Potências marítimas: Novas (burguesia) Antigas (nobreza) Portugal Espanha Holanda Inglaterra França 1. O tempo do grande comércio oceânico Criação/crescimento de grandes companhias de comércio europeias: - Companhia das Índias Ocidentais (1600 Londres) - Companhia Inglesa das Índias Orientais (Londres

Leia mais

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia;

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; calendários mais precisos que o europeu; centros urbanos magníficos;

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 02 A EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL ATLÂNTICA

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 02 A EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL ATLÂNTICA HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 02 A EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL ATLÂNTICA Fixação 1) (UERJ) Navegar é preciso, viver não é preciso. Este era o lema dos antigos navegadores, pois embarcar nos navios

Leia mais

Prof David Alexandre

Prof David Alexandre Prof David Alexandre Origens Hipótese 1 : Estreito de Bering Hipótese 2 : Via Marítima Civilizações Astecas Maias Incas Quadro Comparativo Brasil Antes de Cabral Grupos Indígenas Brasil Antes de Cabral

Leia mais

REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 7 ANO

REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 7 ANO REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 7 ANO 1) Uns dedicam-se particularmente ao serviço de Deus; outros garantem pelas armas a defesa do Estado; outros ainda a alimentá-lo e a mantê-lo pelos exercícios da paz.

Leia mais

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA 1. A AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA A) A CIVILIZAÇÃO MAIA: Os gregos da América. Atual sul do México, Guatemala e Honduras (península de Yucatan). Auge: séculos IX e X. Política: - Descentralização (cidades-estados).

Leia mais

A Expansão Portuguesa. Portugal e o Mundo nos séculos XV e XVI

A Expansão Portuguesa. Portugal e o Mundo nos séculos XV e XVI A Expansão Portuguesa Portugal e o Mundo nos séculos XV e XVI Na Europa, as terras e povos desconhecidos surgiam em mapas, pinturas, gravuras e livros que influenciaram o pensamento europeu. A acção da

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA História INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA PROFº OTÁVIO Independência da América Espanhola Europa: Formação da América # Formação do Estado Moderno e Antigo Regime # Necessidade de Mercados Consumidores

Leia mais

AMÉRICA PRÉ- COLOMBIANA. Prof. Victor Creti Bruzadelli

AMÉRICA PRÉ- COLOMBIANA. Prof. Victor Creti Bruzadelli AMÉRICA PRÉ- COLOMBIANA Prof. Victor Creti Bruzadelli América Pré-colombiana Há de se fazer uma releitura da História de nosso continente periférico, processo este que implica recuperar a verdadeira história

Leia mais

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento e Reformas 1. As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a

Leia mais

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA ORIGENS DO HOMEM AMERICANO: - Paul Rivet - Tese multirracial Quatro correntes de povoamento: - Asiática: Grupos mongóis pelo estreito de Behring (mais aceita). - Uraliana: Grupos

Leia mais

EXPANSÃO MARÍTIMA OU GRANDES NAVEGAÇÕES Foi um movimento de expansão e conquistas pelo Atlântico Período Início da Idade Moderna Europa século XV XVI

EXPANSÃO MARÍTIMA OU GRANDES NAVEGAÇÕES Foi um movimento de expansão e conquistas pelo Atlântico Período Início da Idade Moderna Europa século XV XVI EXPANSÃO MARÍTIMA OU GRANDES NAVEGAÇÕES Foi um movimento de expansão e conquistas pelo Atlântico Período Início da Idade Moderna Europa século XV XVI O QUE LEVOU OS PAÍSES EUROPEUS A NAVEGAR PELO OCEANO

Leia mais

MUNDIAL. Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons

MUNDIAL. Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons O COMÉRCIO À ESCALA MUNDIAL Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons 9ª AULA - SUMÁRIO O comércio à escala mundial. As novas rotas do comércio intercontinental. A circulação de produtos

Leia mais

A expansão portuguesa do século XV

A expansão portuguesa do século XV A expansão do século XV O gigante Adamastor Águas ferventes e terra plana Motivações da expansão O Motivações sociais: O Clero: expandir a fé cristã entre outros povos O Nobreza: obter recompensas

Leia mais

Portugal nos séculos XV e XVI

Portugal nos séculos XV e XVI Portugal nos séculos XV e XVI Expansão Marítima Conquista de Ceuta A passagem do Cabo Bojador Cabo da Boa Esperança Chegada à América Tratado de Tordesilhas Chegada à Índia Chegada ao Brasil Friso Cronológico

Leia mais

Expansão Marítimo Comercial Europeia Portugal Espanha -França Inglaterra

Expansão Marítimo Comercial Europeia Portugal Espanha -França Inglaterra Expansão Marítimo Comercial Europeia Portugal Espanha -França Inglaterra Fatores que impulsionaram as Navegações europeias O déficit em relação ao comércio com o Oriente O ocidente conseguia do Oriente

Leia mais

Expansão Portuguesa Sécs. XV e XVI

Expansão Portuguesa Sécs. XV e XVI Expansão Portuguesa Sécs. XV e XVI VENHAM COMIGO FAZER UMA VIAGEM PELA EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA! No final, devem saber: Quando começou; Qual foi a 1ª conquista dos Portugueses; Quem era o rei nessa

Leia mais

BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL PROF. DE HISTÓRIA TÁCIUS FERNANDES BLOG:

BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL PROF. DE HISTÓRIA TÁCIUS FERNANDES BLOG: BRASIL PORTUGUÊS PERÍODO PRÉ COLONIAL PERÍODO COLONIAL 1. ESPANHA X PORTUGAL A BULA INTER COETERA ASSINADO EM 1493. LINHA IMAGINÁRIA A 100 LÉGUAS A OESTE DE CABO VERDE. LESTE: PORTUGAL. OESTE: ESPANHA.

Leia mais

CONQUISTA E COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA

CONQUISTA E COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA E COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA 1519 -Hernán Cortez (esposa Malitizin) Império Asteca 500 homens Francisco Pizzaro x Atarruaupa (garroteado) Incas 180 homens e 27 cavalos a superioridade

Leia mais

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01. Exercício MAPA 02 MAPA 03 MAPA T MUNDO CONHECIDO

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01. Exercício MAPA 02 MAPA 03 MAPA T MUNDO CONHECIDO Iniciar Contexto Consequência Motivo Mercantilismo Dificuldades Inovações Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03 MAPA T MUNDO CONHECIDO Exercício a) Tempo Histórico: Idade Moderna Período: Séc. XV XVII Europa

Leia mais

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA AMÉRICA COLONIAL AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA A América foi habitada por grupos de caçadores coletores de origem siberiana, que migraram pelo Estreito de Bering durante a última era glacial. Índio, ameríndio

Leia mais

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO O Absolutismo ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO Regime político em que o poder está concentrado nas mãos do Rei. Rei: chefe militar, economia, chefe administrativo, controle da Igreja, poder político -> Poder

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO: 5º ANO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: A

Leia mais

Profª Adriana Moraes

Profª Adriana Moraes Profª Adriana Moraes Definição: um conjunto de atitudes políticas, econômicas e militares que visam a aquisição de territórios coloniais através da conquista e estabelecimento de colonos. Período: séculos

Leia mais

ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO. Profª Viviane Jordão

ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO. Profª Viviane Jordão ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO Profª Viviane Jordão INTRODUÇÃO As características básicas do sistema econômico e político dominante na Europa ocidental nos séculos XVI e XVII foram: o capitalismo comercial

Leia mais

Transição da Idade Média

Transição da Idade Média Transição da Idade Média para a Idade Moderna I Monarquias Nacionais (Absolutismo) Início da Idade Moderna Expansão Marítima Européia Renascimento Cultural Reforma Protestante Monarquias Nacionais Absolutismo

Leia mais

Lista de exercícios de História - 2º Bimestre. Lista de exercícios

Lista de exercícios de História - 2º Bimestre. Lista de exercícios Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de História - 2º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Romão N.: / /17 OS ESTADOS NACIONAIS MODERNOS ABSOLUTISMO MERCANTILISMO SOCIEDADE DE CORTE

Leia mais

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL Fatores Inovações Técnicas: T (Bússola, Astrolábio, Pólvora, P Caravela, Mapas) Como os europeus enxergavam o mundo... Navegações Portuguesas

Leia mais

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL Fatores Inovações Técnicas: (Bússola, Astrolábio, Pólvora, Caravela, Mapas) Como os europeus enxergavam o mundo... Navegações

Leia mais

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL

SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA METRÓPOLE E PACTO COLONIAL Fatores Inovações Técnicas: (Bússola, Astrolábio, Pólvora, Caravela, Mapas) Como os europeus enxergavam o mundo... Navegações

Leia mais

MERCANTILISMO. A política econômica dos Estados Modernos. Prof.: Mercedes Danza Lires Greco

MERCANTILISMO. A política econômica dos Estados Modernos. Prof.: Mercedes Danza Lires Greco MERCANTILISMO A política econômica dos Estados Modernos Prof.: Mercedes Danza Lires Greco No feudalismo, a riqueza = terra. Entre os séculos XV e XVIII, a riqueza = dinheiro. Principal atividade geradora

Leia mais

DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS. -Atinge as Índias contornando a costa da África

DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS. -Atinge as Índias contornando a costa da África DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) PORTUGAL -Atinge as Índias contornando

Leia mais

BAIXA IDADE MÉDIA. Professora: Schirley Pimentel FATORES: GRANDE FOME; PESTE NEGRA; GUERRAS MEDIEVAIS; REVOLTAS CAMPONESAS;

BAIXA IDADE MÉDIA. Professora: Schirley Pimentel FATORES: GRANDE FOME; PESTE NEGRA; GUERRAS MEDIEVAIS; REVOLTAS CAMPONESAS; Professora: Schirley Pimentel FATORES: GRANDE FOME; PESTE NEGRA; GUERRAS MEDIEVAIS; REVOLTAS CAMPONESAS; FATORES: O esgotamento das terras As cruzadas (mercadores que abasteciam os viajantes com suas

Leia mais

Colégio Equipe de Juiz de Fora

Colégio Equipe de Juiz de Fora Colégio Equipe de Juiz de Fora TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 2017 DISCIPLINA: História PROFESSOR(A) : Maiara e Joice SÉRIE: 4º ANO. TURMA: VALOR: 15,0 PONTOS ALUNO(a): NOTA: ORIENTAÇÕES: _ O TRABALHO DEVE SER

Leia mais

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO Prof. Alexandre Goicochea PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO PRÉ-COLONIAL:1500-1530 Prof. Alexandre Goicochea CARACTERIZAÇÃO Período Pré-colonial período da viagem de Cabral até 1530; Nas primeiras décadas de colonização,

Leia mais

REVISÃO I Prof. Fernando.

REVISÃO I Prof. Fernando. REVISÃO I Prof. Fernando Brasil Colônia 1500: Descobrimento ou Conquista? Comunidades indígenas do Brasil Características: heterogeneidade e subsistência. Contato: a partir da colonização efetiva, ocorreu

Leia mais

América Pré-Colombiana (aula 25) Maias Astecas Incas

América Pré-Colombiana (aula 25) Maias Astecas Incas América Pré-Colombiana América Pré-Colombiana (aula 25) Maias Astecas Incas O império Maia Desenvolveu-se entre séc III e XII. Península de Iucatã (sul do México), atualmente territórios da Guatemala,

Leia mais

Mercantilismo significou a transição entre o modo de produção feudal e o modo de produção capitalista. Acumulação de capital provocada pelo

Mercantilismo significou a transição entre o modo de produção feudal e o modo de produção capitalista. Acumulação de capital provocada pelo MERCANTILISMO Conjunto de ideias e práticas econômicas dos Estados da Europa ocidental entre os séculos XV e XVIII, voltadas para o comércio, principalmente, e baseadas no controle da economia pelo Estado.

Leia mais

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2012 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Ano: 2012 Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI. Atividade de História E. Médio U.E. 08

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI. Atividade de História E. Médio U.E. 08 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI Atividade de História E. Médio U.E. 08 1. Cite a caracterização econômica e social da Idade Média. p.3 2. Em quantos períodos está dividida a Idade Média? Quais são? 3. Dê três

Leia mais

EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL

EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL 1. Contexto Europeu Formação dos Estados Nacionais e o absolutismo Patrocinam as grandes navegações Fortalecimento do Estado Absolutista Mercantilismo O princípio metalista

Leia mais

A colonização da América Espanhola

A colonização da América Espanhola A colonização da América Espanhola O que os Espanhóis encontraram aqui na América... Três grandes impérios, além de dezenas de outros povos, que encontravam-se subjugados aos grandes centros populacionais,

Leia mais

O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I

O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I O IMPÉRIO ULTRAMARINO PORTUGUÊS PROF. FELIPE KLOVAN COLÉGIO JOÃO PAULO I AS CONQUISTAS PORTUGUESAS Prof. Felipe Klovan Maior império colonial europeu entre 1415 1557 Várias formas de relação colonial Relações

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

COLONIZAÇÃO DO BRASIL

COLONIZAÇÃO DO BRASIL COLONIZAÇÃO DO BRASIL Segundo relatos históricos, a colonização do Brasil iniciou quando os portugueses, liderados por Pedro Álvares Cabral, aportaram na terra que hoje chamamos de Brasil. A terra era

Leia mais

Prof. José Augusto Fiorin

Prof. José Augusto Fiorin Alta idade média (Séculos v AO X) Baixa Idade Média (SÉCULOS XI AO XV) CARACTERÍSTICAS GERAIS OS POVOS BÁRBAROS O FEUDALISMO O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS FRANCO O IMPÉRIO BIZANTINO: O IMPÉRIO

Leia mais

O Expansionismo Europeu

O Expansionismo Europeu O Expansionismo Europeu História 8.º ano 1. Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F). Quais os interesses da Coroa portuguesa na expansão marítima? a) Ter acesso a novas fontes

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL 2º CICLO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

- 1453: queda de Constantinopla, conquistada pelos turcos fim do Império Romano do Oriente/Bizantino início da Época/Era Moderna

- 1453: queda de Constantinopla, conquistada pelos turcos fim do Império Romano do Oriente/Bizantino início da Época/Era Moderna - 1453: queda de Constantinopla, conquistada pelos turcos fim do Império Romano do Oriente/Bizantino início da Época/Era Moderna - Condições da expansão cultural: - dinamismo civilizacional do Ocidente

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Disciplina: História Trimestre: 1º Os primeiros tempos da América Portuguesa. A América Portuguesa a partir de meados do século XVI Resistência e definição do território da América

Leia mais

Colonização da América Espanhola

Colonização da América Espanhola Colonização da América Espanhola A Conquista dos Astecas Conquistador: Hernán Cortéz Aliou-se a La Malinche. Aliou-se a povos dominados pelos Astecas. Imperador Asteca: Montezuma. 1519: início da conquista.

Leia mais

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO QUESTÃO 1. Renascimento comercial e urbano. O fim das invasões bárbaras na Europa, por volta do século X, trouxe certa paz ao continente. Do período que

Leia mais

Início da Expansão portuguesa. Tema 5 Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu

Início da Expansão portuguesa. Tema 5 Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Início da Expansão portuguesa Tema 5 Expansão e mudança nos séculos XV e XVI 5.1 O expansionismo europeu A Expansão inicia-se com a conquista de Ceuta, em 1415. Devido à localização estratégica da cidade;

Leia mais

AULA 08. O Sistema Colonial

AULA 08. O Sistema Colonial AULA 08 O Sistema Colonial O chamado Sistema Colonial Tradicional desenvolveu-se, na América, entre os séculos XVI e XVIII. Sua formação está intimamente ligada às Grandes Navegações e seu funcionamento

Leia mais

GEO BRASIL ECONÔMICO Aula II. Objetivo: A expansão marítima europeia e o início da colonização portuguesa no Brasil.

GEO BRASIL ECONÔMICO Aula II. Objetivo: A expansão marítima europeia e o início da colonização portuguesa no Brasil. GEO BRASIL ECONÔMICO Aula II Objetivo: A expansão marítima europeia e o início da colonização portuguesa no Brasil. A) O processo de expansão europeia (XII - XVI). Para se entender o descobrimento do Brasil

Leia mais

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2012 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Ano: 2012 Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre - História Conteúdo: ORIENTE: ÍNDIA, CHINA E JAPÃO AMÉRICA E SEUS POVOS POVOS DO BRASIL COLONIZAÇÃO ESPANHOLA E INGLESA NA AMÉRICA Lista

Leia mais

Colonização Espanhola na América. Módulo 3

Colonização Espanhola na América. Módulo 3 Colonização Espanhola na América Módulo 3 Século XVI: América inserida no contexto mundial de europeização. Racionalização da exploração das terras, organizando-a politicamente e administrativamente. Os

Leia mais

De colônia agroexportadora a país industrializado

De colônia agroexportadora a país industrializado De colônia agroexportadora a país industrializado A formação do espaço brasileiro A chegada do colonizador no final do século XV. Inicialmente não são encontradas riquezas minerais. Os indígenas não produziam

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580)

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) Como pode cair no enem (FUVEST) Sobre a presença francesa na Baía de Guanabara (1557-60), podemos dizer que foi: a) apoiada por armadores franceses

Leia mais

- Século XVI estabeleceu o domínio inglês na costa norte da América do Norte fundam Treze Colônias Atual

- Século XVI estabeleceu o domínio inglês na costa norte da América do Norte fundam Treze Colônias Atual DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) -Atinge as Índias contornando a costa da África PORTUGAL -1500 supera os obstáculos do Atlântico chega ao Brasil ESPANHA

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal Tema 0 - Conhecer o Manual 2012/2013 Aulas previstas-5 1º Período Apresentação Material necessário para o

Leia mais

AS GRANDES NAVEGAÇÕES E O ANTIGO SISTEMA COLONIAL

AS GRANDES NAVEGAÇÕES E O ANTIGO SISTEMA COLONIAL 1 Expansão Marítima América Espanhola América Inglesa AS GRANDES NAVEGAÇÕES E O ANTIGO SISTEMA COLONIAL 2 Expansão Marítima Conceitos gerais Considerações importantes Pioneirismo português Expansão espanhola

Leia mais

BRASIL DE PAÍS AGROEXPORTADOR A PAÍS INDUSTRIALIZADO CAPÍTULO 1 PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE

BRASIL DE PAÍS AGROEXPORTADOR A PAÍS INDUSTRIALIZADO CAPÍTULO 1 PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE BRASIL DE PAÍS AGROEXPORTADOR A PAÍS INDUSTRIALIZADO CAPÍTULO 1 PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE FORMAÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO BRASILEIRO exploradores europeus. colônia de Portugal.

Leia mais

Revisão sobre a Expansão Marítima Comercial. Professora: Martha J. da Silva

Revisão sobre a Expansão Marítima Comercial. Professora: Martha J. da Silva Revisão sobre a Expansão Marítima Comercial Professora: Martha J. da Silva A EXPANSÃO MARÍTIMA COMERCIAL O mundo conhecido pelos europeus até o século XV era bem diferente. Eles conheciam à própria Europa,

Leia mais

Histórico: *Século XV *Grandes Navegações. Expansão Comercial Marítima. Era dos descobrimentos. Econômico:

Histórico: *Século XV *Grandes Navegações. Expansão Comercial Marítima. Era dos descobrimentos. Econômico: Prof: Diego Gomes Histórico: *Século XV *Grandes Navegações Econômico: *Século XV *Mercantilismo Expansão Comercial Marítima Era dos descobrimentos (Quem descobriu a América?) Metalismo Protecionismo Balança

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 1820-1822 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O 7 DE SETEMBRO: A INDEPENDÊNCIA FOI SOMENTE O GRITO DO IPIRANGA? OS SIGNIFICADOS DA INDEPENDÊNCIA Emancipação ou

Leia mais

Povos da América Latina (Maias, Astecas e Incas)

Povos da América Latina (Maias, Astecas e Incas) Povos da América Latina (Maias, Astecas e Incas) Povos da América Latina Alcançaram o mais alto estágio de evolução no período da história Universal ou Idade Média Os Astecas e os Incas ainda estavam neste

Leia mais

CONTEÚDO SSA II UNIDADE. 3ª Série. Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características

CONTEÚDO SSA II UNIDADE. 3ª Série. Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características CONTEÚDO SSA II UNIDADE 3ª Série Disciplina: GRAMÁTICA Cadernos 1, 2, 3, 4 e 5 Disciplina: LITERATURA Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características

Leia mais

A colonização da América

A colonização da América A colonização da América As capitulações eram contratos em que a Coroa concedia permissão para explorar, conquistar e povoar terras, fixando direitos e deveres recíprocos Os adelantados eram colonizadores

Leia mais

MODOS DE PRODUÇÃO COMUNISMO PRIMITIVO

MODOS DE PRODUÇÃO COMUNISMO PRIMITIVO TEMAS DE SOCIOLOGIA Evolução biológica e cultural do homem. A sociedade pré-histórica. O Paleolítico Bandos e hordas de coletores e caçadores. Divisão natural do trabalho. Economia coletora e nomadismo.

Leia mais

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano Ano Letivo 017-018 TEMAS/ CONTEÚDOS Aulas Previstas (* ) TEMA A- A Península

Leia mais

A Administração Colonial

A Administração Colonial A Administração Colonial HISTÓRIA DO BRASIL Prof. Alan Carlos Ghedini O primeiros 30 anos Até 1530 Desinteresse da Coroa Portuguesa pela nova Colônia Comércio das especiarias ainda era o foco Houve apenas

Leia mais

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, 08 / 04/ 2016 PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:8º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

6. (Fuvest 85) Em alguns países da Europa, na segunda metade do século XVIII, surgiram monarcas que emprestaram feição nova ao velho Absolutismo.

6. (Fuvest 85) Em alguns países da Europa, na segunda metade do século XVIII, surgiram monarcas que emprestaram feição nova ao velho Absolutismo. 1. (Fuvest 95) "Após ter conseguido retirar da nobreza o poder político que ela detinha enquanto ordem, os soberanos a atraíram para a corte e lhe atribuíram funções políticas e diplomáticas". Esta frase,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 5 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início:15-21 de setembro 2015 *Fim:17 dezembro 2015 *Início:4

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008 Planificação Anual da Área Curricular de História e Geografia de Portugal 5º Ano 1. Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas

Leia mais

Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions

Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions 1. Idade Média 1.1) Alta Idade Média 1.1 Alta Idade Média 1.1.a Identificar heranças romanas e germânicas eu deram origem ao feudalismo. 1.1.b Compreender

Leia mais

Idade Moderna Parte I

Idade Moderna Parte I Idade Moderna Parte I A expansão marítima europeia Período: séculos XV e XVI. Domínio das rotas mediterrânicas para o Oriente pelas cidades italianas. Busca de rotas alternativas Oceano Atlântico. Reinos

Leia mais

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real.

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. O que foram os movimentos de pré-independência? Séculos XVIII e XIX grandes mudanças afetaram o Brasil... MUNDO... Hegemonia das ideias

Leia mais

Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III

Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 O que é um Fato Histórico? Quando ultrapassa

Leia mais

A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA

A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA Expansão Marítima Revolução Comercial Ásia, África e AMÉRICA. MERCANTILISMO Pacto Colonial Exploração dos nativos americanos. Civilizações: Astecas Maias Incas Brasil

Leia mais

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA E COLONIAL

AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA E COLONIAL AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA E COLONIAL 1 A AMÉRICA PRÉ - COLOMBIANA A) A CIVILIZAÇÃO MAIA: Os gregos da América. Atual sul do México, Guatemala e Honduras (península de Yucatán). Auge séculos IX e X (15 milhões

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO GABARITO 3ª ETAPA MATEMÁTICA COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 5 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA Rua Frei Vidal, 6 São João do Tauape/Fone/Fax: 37-95 www.jovinianobarreto.com.br º ANO Nº TURNO: MANHÃ

Leia mais

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD CANOAS, JULHO DE 2015 DISCIPLINA PRÉ-HISTÓRIA Código: 103500 EMENTA: Estudo da trajetória e do comportamento do Homem desde a sua origem até o surgimento do Estado.

Leia mais

AS TRANSFORMAÇÕES NO SISTEMA FEUDAL

AS TRANSFORMAÇÕES NO SISTEMA FEUDAL AS TRANSFORMAÇÕES NO SISTEMA FEUDAL RELEMBRANDO: A DIVISÃO DA IDADE MÉDIA ALTA IDADE MÉDIA V- X BAIXA IDADE MÉDIA X XIV :enfraquecimento das estruturas feudais, ou seja, das principais caraterísticas do

Leia mais