PORTARIA N 129/2014-SEFAZ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTARIA N 129/2014-SEFAZ"

Transcrição

1 PORTARIA N 129/2014-SEFAZ - Altera a Portaria n 077/2013-SEFAZ, publicada em 18/03/2013, que dispõe sobre as condições, regras e procedimentos relativos à utilização da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e, do correspondente Detalhe da Venda, bem como do Documento Auxiliar da NFC-e DANFE-NFC-e, e dá outras providências. NOTA EXPLICATIVA: A partir de 1º de agosto de 2014 todas as empresas que realizarem operações internas com consumidor final serão obrigadas a emitir Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e. Assim sendo, a NFC-e deverá ser utilizada pelos contribuintes do ICMS, para acobertar operações e prestações internas, destinadas a consumidor final e ela substituirá a Nota Fiscal de Venda a Consumidor, o Cupom Fiscal emitido por equipamento Emissor de Cupom Fiscal ECF, a Nota Fiscal modelo 1 ou 1-A e a Nota Fiscal Eletrônica NF-e quando utilizada na venda a varejo. A NFC-e somente poderá ser utilizada em operações e prestações realizadas dentro do território mato-grossense, destinadas ao consumidor final, pessoa física ou jurídica, não contribuinte do ICMS, cujo transporte seja realizado pelo próprio adquirente, admitida, ainda, a entrega em domicílio, desde que o fornecedor e o adquirente estejam localizados no mesmo município. É obrigatória a identificação do destinatário quando o valor total da operação for superior ao montante equivalente a R$ ,00 (dez mil reais), quando for solicitada pelo adquirente, nas operações cujo valor total for inferior a R$ ,00 (dez mil reais) e independentemente do valor da operação, quando houver entrega em domicílio do bem ou mercadoria objeto da operação, desde que dentro do mesmo município do fornecedor, hipótese em que também deverá ser informado o endereço do adquirente. Até 31 de dezembro de 2014, somente será obrigatória a indicação correspondente ao capítulo da NCM nas operações com as mercadorias comercializadas com a utilização da NFC-e. A partir de 1 de janeiro de 2015, será obrigatória a identificação completa do correspondente código estabelecido na Nomenclatura Comum do Mercosul - NCM. A referida Portaria trata ainda de outras situações, tais como, o cancelamento, a emissão de NFC-e via contingenciamento e etc. A partir de 1º de agosto de 2014 fica proibido o uso do ECF para emissão de documentos fiscais para acobertar operações de venda para consumidor final. A proibição acima mencionada não se aplica as empresas optantes do Simples Nacional.

2 PORTARIA N 129/2014-SEFAZ Altera a Portaria n 077/2013-SEFAZ, publicada em 18/03/2013, que dispõe sobre as condições, regras e procedimentos relativos à utilização da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e, do correspondente Detalhe da Venda, bem como do Documento Auxiliar da NFC-e DANFE-NFC-e, e dá outras providências. O SECRETÁRIO ADJUNTO DA RECEITA PÚBLICA, no exercício das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso I do artigo 137 combinado com o inciso XIV do artigo 136 do Regimento Interno da Secretaria de Estado de Fazenda, aprovado pelo Decreto n 2.191, de 13 de março de 2014, combinado, ainda, com o estatuído no inciso II do artigo 2 do Decreto n 2.315, de 17 de abril de 2014, que dispõe sobre a estrutura organizacional da Secretaria de Estado de Fazenda; CONSIDERANDO a necessidade de se adequarem as disposições da legislação tributária mato-grossense em decorrência da publicação do Ajuste SINIEF 22/2013, de 6 de dezembro de 2013, publicado no Diário Oficial da União de 12 de dezembro de 2013, e do Ajuste SINIEF 5/2014, de 21 de março de 2014, publicado no Diário Oficial da União de 26 de março de 2014; CONSIDERANDO que os procedimentos relativos às obrigações acessórias, previstos na legislação tributária, devem ser compatíveis como os recursos tecnológicos disponíveis, necessários à respectiva observância; R E S O L V E: Art. 1 A Portaria n 077/2013-SEFAZ, de 14/03/2013 (DOE de 18/03/2013), que dispõe sobre as condições, regras e procedimentos relativos à utilização da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e, do correspondente Detalhe da Venda, bem como do Documento Auxiliar da NFC-e DANFE-NFC-e, e dá outras providências, passa a vigorar com as seguintes alterações:

3 I alterada a anotação exarada ao final do caput do artigo 1, mantido o respectivo texto, na forma assinalada: Art (v. 6 da cláusula primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014)... II acrescentada a anotação contendo a correspondente fundamentação convenial ao final do caput do artigo 2, mantido o respectivo texto, como segue: Art (cf. 1 e 6 e inciso II do 4 da cláusula primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, respeitadas as alterações dadas pelos Ajustes SINIEF 5/2007 e 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014)... III alterada a íntegra do artigo 3, conferindo a redação assinalada: Art. 3 Ressalvada disposição em contrário, nos termos do artigo 2, a NFC-e, modelo 65, será utilizada pelos contribuintes do ICMS, para acobertar operações e prestações internas, destinadas a consumidor final, em substituição aos seguintes documentos: (cf. inciso II do 4 da cláusula primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) I Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2; II Cupom Fiscal emitido por equipamento Emissor de Cupom Fiscal ECF; III Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A, quando utilizada na venda a varejo; IV Nota Fiscal Eletrônica NF-e, modelo 55, quando utilizada na venda a varejo. 1 Nos termos desta portaria, a NFC-e somente poderá ser utilizada em operações e prestações realizadas dentro do território mato-grossense, destinadas a consumidor final, pessoa física ou jurídica, não contribuinte do ICMS, cujo transporte seja realizado pelo próprio adquirente, admitida, ainda, a entrega em domicílio, desde que o fornecedor e o adquirente estejam localizados no mesmo município. (v. inciso III da cláusula décima terceira-b do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) 2 A NFC-e não substituirá o Cupom Fiscal quando emitido em substituição aos seguintes documentos fiscais: (efeitos a partir de 1 de outubro de 2013)

4 I Bilhete de Passagem Rodoviário; II Bilhete de Passagem Aquaviário; III Bilhete de Passagem e Nota de Bagagem; IV Bilhete de Passagem Ferroviário. 3 Em relação ao documento fiscal arrolado no inciso IV do caput deste preceito, nas hipóteses e condições descritas neste artigo, a substituição da NF-e pela NFC-e é facultativa, não havendo impedimento ao uso concomitante dos dois documentos fiscais eletrônicos. (efeitos a partir de 1 de março de 2013) 4 Para fins da emissão da NFC-e, deverá ser observado o que segue: I é obrigatória a identificação do destinatário: a) quando o valor total da operação for superior ao montante equivalente a R$ ,00 (dez mil reais); (cf. inciso I da cláusula décima terceira-b do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) b) quando solicitado pelo adquirente, nas operações cujo valor total for inferior a R$ ,00 (dez mil reais); (cf. inciso II da cláusula décima terceira-b do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) c) independentemente do valor da operação, quando houver entrega em domicílio do bem ou mercadoria objeto da operação, desde que dentro do mesmo município do fornecedor, hipótese em que também deverá ser informado o endereço do adquirente; (cf. inciso III da cláusula décima terceira-b do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) II para fins do disposto nas alíneas a, b e c do inciso I deste parágrafo, a identificação do destinatário será efetuada mediante indicação dos seguintes dados identificativos: a) a partir de 1 de fevereiro de 2014: número de inscrição no CPF, no CNPJ, ou, quando se tratar de adquirente estrangeiro, do documento de identificação admitido na legislação civil; (cf. parágrafo único da cláusula décima terceira-b do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014)

5 b) a partir de 1 de abril de 2014: nome ou razão social e endereço completo, sem prejuízo dos dados arrolados na alínea a deste inciso; III é obrigatório informar a(s) forma(s) de pagamento da transação comercial. IV alterados o caput do artigo 4, o caput do 1, o caput do inciso I, mantidas as respectivas alíneas, e os incisos I, II, III, IV e V do 1 do mencionado artigo, conforme segue: Art. 4 Ficam obrigados ao uso da NFC-e para acobertar operações ou prestações descritas no caput e no 1 do artigo 3, além dos contribuintes participantes da etapa de implantação do referido documento fiscal eletrônico, os contribuintes enquadrados nas hipóteses arroladas no artigo 198-G-1 do Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n 1.944, de 6 de outubro de Em relação à obrigatoriedade de uso do referido documento fiscal, inclusive durante a fase de implantação da NFC-e, será observado o que segue: I na fase de implantação, poderão participar contribuintes que, cumulativamente:... II respeitadas as condições, limites e prazos fixados no artigo 198-G-1 do Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n 1.944, de 6 de outubro de 1989, será admitido o uso alternativo ou concomitante de equipamento Emissor de Cupom Fiscal ECF, desde que regulares perante a Secretaria de Estado de Fazenda; III a participação na fase de implantação ou a obrigatoriedade imposta a um estabelecimento do contribuinte não se estendem aos demais estabelecimentos pertencentes ao mesmo titular; IV ressalvada disposição expressa em contrário, fica vedado o uso concomitante da Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2, no recinto do estabelecimento obrigado ao uso da NFC-e; (cf. 4 da cláusula segunda do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentado pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) V ressalvada disposição expressa em contrário, fica vedado o uso concomitante da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A, no recinto do estabelecimento participante, para acobertar vendas presenciais, no varejo, realizadas dentro do território mato-grossense, destinadas a consumidor final, pessoa física ou jurídica, não contribuinte do ICMS, cujo transporte seja realizado pelo próprio adquirente ou, ainda que a entrega seja efetuada em domicílio, desde que fornecedor e adquirente estejam localizados no mesmo município;...

6 V alterado o caput do artigo 5, como segue: Art. 5 Para emissão da NFC-e, os contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes do ICMS deste Estado, que efetuem operações ou prestações descritas no 1 do artigo 4 deverão providenciar o respectivo credenciamento junto à Secretaria de Estado de Fazenda.... VI acrescentado o parágrafo único ao artigo 6, com a redação adiante indicada: Art Parágrafo único Para fins de identificação da mercadoria comercializada com utilização de NFC-e, será observado o que segue: I a partir de 1 de janeiro de 2015, a identificação das mercadorias comercializadas com a utilização da NFC-e deverá conter o seu correspondente código estabelecido na Nomenclatura Comum do Mercosul NCM. (cf. item 2 da alínea b do inciso V do caput da cláusula terceira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013) II até 31 de dezembro de 2014, será obrigatória somente a indicação do correspondente capítulo da Nomenclatura Comum do Mercosul NCM. (cf. 4 da cláusula terceira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) VII acrescentada a anotação contendo a correspondente fundamentação convenial ao final do caput do 2 do artigo 7, mantido o respectivo texto, nos seguintes termos: Art (cf. 1 da cláusula quarta do Ajuste SINIEF 7/2005)... VIII alterado o 6 do artigo 10, nos seguintes termos: Art

7 6 Quando solicitado, deverá ser encaminhado ou disponibilizado download do arquivo da NFC-e e seu respectivo Protocolo de Autorização ao adquirente, no momento da ocorrência da operação. (cf. inciso II do 7 da cláusula sétima do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014)... IX alterados o inciso I e a anotação convenial exarada ao final do inciso II do artigo 11, mantido o respectivo texto, conforme adiante assinalado: Art I o documento Detalhe da Venda, de que trata o artigo 12; II... (cf. 6 da cláusula primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) X alterada a íntegra do artigo 13, conforme segue: Art. 13 O Documento Auxiliar da NFC-e DANFE-NFC-e, referido no inciso II do artigo 11: (cf. cláusula nona-a do Ajuste SINIEF 7/2005, acrescentada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) I tem como finalidade representar as operações acobertadas por NFC-e ou facilitar a consulta do documento fiscal correspondente no ambiente da Secretaria de Estado de Fazenda; II será impresso conforme leiaute estabelecido no Manual de Orientação do Contribuinte, somente após a concessão da Autorização de Uso da NFC-e, observado o disposto no Ajuste SINIEF 7/2005, bem como no Manual de Orientação do Contribuinte ; III desde que o adquirente não se oponha, o DANFE-NFC-e poderá: a) ter sua impressão substituída pelo envio em formato eletrônico ou pelo envio da chave de acesso do documento fiscal a qual ele se refere; b) ser impresso de forma resumida, sem identificação detalhada das mercadorias adquiridas, conforme especificado no Manual de Orientação do Contribuinte ; IV sua impressão, quando ocorrer, deverá ser feita em papel com largura mínima de 58

8 mm e altura mínima suficiente para conter todas as seções especificadas no "Manual de Orientação do Contribuinte", com tecnologia que garanta sua legibilidade pelo prazo mínimo de 6 (seis) meses; V deverá conter um código bidimensional, conforme padrão estabelecido no Manual de Orientação do Contribuinte ; VI deverá refletir o conteúdo dos campos do arquivo da NFC-e; VII deverá conter o número de protocolo emitido pela Secretaria de Estado de Fazenda quando da concessão da Autorização de Uso da NFC-e, ressalvada a hipótese de contingência prevista no artigo 18; VIII deverá conter impressa a mensagem: Não permite aproveitamento de crédito de ICMS. 1 O código bidimensional de que trata o inciso V do caput deste artigo conterá mecanismo de autenticação digital que possibilite a identificação da autoria do DANFE-NFCe, conforme padrão estabelecido no Manual de Orientação do Contribuinte. 2 Ainda que formalmente regular, não será considerado idôneo o DANFE-NFC-e que tiver sido emitido ou utilizado com dolo, fraude, simulação ou erro que implique, mesmo que a terceiro, o não pagamento do imposto ou qualquer outra vantagem indevida. (cf. 2 da cláusula quarta do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) XI renumerado para 1 o parágrafo único do artigo 16, mantido o respectivo texto, ficando acrescentados os 2 e 3 ao referido preceito, como segue: Art Na ocorrência de cancelamento da NFC-e, o emitente fica obrigado pelo registro do referido evento. (cf. inciso II do caput da cláusula décima quinta-b do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 22/2013 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) 3 Para os fins deste artigo, considera-se evento da NFC-e cada ocorrência relacionada com uma NFC-e. (cf. caput da cláusula décima quinta-a do Ajuste SINIEF

9 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 16/2012 efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2014) XII alterado o caput do artigo 18, conforme indicado: Art. 18 Quando em decorrência de problemas técnicos, não for possível transmitir a NFC-e à Secretaria de Estado de Fazenda ou obter resposta à solicitação de Autorização de Uso da NFC-e, o contribuinte poderá operar em contingência, hipótese em que deverá efetuar geração prévia do documento fiscal eletrônico em contingência e autorização posterior, com prazo máximo de envio de até 24 (vinte e quatro) horas, conforme definições constantes no Manual de Orientação do Contribuinte. (cf. caput e 15 da cláusula décima primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, com as alterações dos Ajustes SINIEF 22/2013 e 5/2014 efeitos a partir de 1 de maio de 2014)... XIII acrescentada a anotação ao final do caput do artigo 19, como segue: Art (cf. 8 da cláusula décima primeira do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 11/2008)... XIV acrescentada a anotação ao final do caput do artigo 20, como segue: Art (cf. cláusula décima primeira-a do Ajuste SINIEF 7/2005, redação dada pelo Ajuste SINIEF 8/2007)... Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação, produzindo efeitos a partir de então, exceto em relação aos dispositivos da Portaria n 77/2013-SEFAZ, de 14/03/2013 (DOE de 18/03/2013), alterados, acrescentados ou revogados na forma do artigo 1 deste ato, com expressa previsão de termo de início de eficácia, hipóteses em que deverão ser respeitadas as datas assinaladas. Art. 3 Revogam-se as disposições em contrário. C U M P R A S E. Gabinete do Secretário Adjunto da Receita Pública da Secretaria de Estado de Fazenda, em Cuiabá MT, 28 de maio de 2014.

10 Ano I, nº 01, 22 de Setembro de 2010

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL Nº 100/2014 Publicado no DOE 9334 de 17.11.2014 SÚMULA: Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e, modelo 65. O DIRETOR DA CRE - COORDENAÇÃO DA

Leia mais

Altera o Livro VI do Regulamento do ICMS (RICMS/00), aprovado pelo Decreto n.º 27.427, de 17 de novembro de 2000, e dá outras providências.

Altera o Livro VI do Regulamento do ICMS (RICMS/00), aprovado pelo Decreto n.º 27.427, de 17 de novembro de 2000, e dá outras providências. Decreto Publicado no D.O.E. de 13.05.2014, pág. 01 Este texto não substitui o publicado no D.O.E Índice Remissivo: Letra R - RICMS DECRETO N.º 44.785 DE 12 DE MAIO DE 2014 Altera o Livro VI do Regulamento

Leia mais

Capítulo II. Da Adesão. Capítulo III

Capítulo II. Da Adesão. Capítulo III Decreto do Estado do Amazonas nº 33.405 de 16.04.2013 DOE-AM: 16.04.2013 Disciplina a emissão da Nota Fiscal Eletrônica a Consumidor Final, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS,

Leia mais

CONSIDERANDO ser necessário o aperfeiçoamento das normas que dispõem sobre a relação de atividades obrigadas ao uso da Nota Fiscal Eletrônica NF-e;

CONSIDERANDO ser necessário o aperfeiçoamento das normas que dispõem sobre a relação de atividades obrigadas ao uso da Nota Fiscal Eletrônica NF-e; PORTARIA N 018/2015-SEFAZ Altera a Portaria n 014/2008-SEFAZ, publicada em 1 /02/2008, que divulga relações de atividades econômicas por CNAE, em que se enquadram os contribuintes mato-grossenses obrigados

Leia mais

Ano I, nº 01, 22 de Setembro de 2010. UEDA Unidade Estratégica de Desenvolvimento Associativo Assessoria Legislativa

Ano I, nº 01, 22 de Setembro de 2010. UEDA Unidade Estratégica de Desenvolvimento Associativo Assessoria Legislativa PORTARIA N 145/2014-SEFAZ - Dispõe sobre a utilização do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais MDF-e e do Documento Auxiliar do MDF-e DAMDFE, e dá outras providências. NOTA EXPLICATIVA: A Portaria

Leia mais

COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Portaria CAT 12, de 04-02-2015

COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Portaria CAT 12, de 04-02-2015 COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Portaria CAT 12, de 04-02-2015 Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e (NF-e, modelo 65) e do Documento Auxiliar da Nota Fiscal

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso das atribuições que lhe confere o art. 78, inciso IV da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso das atribuições que lhe confere o art. 78, inciso IV da Constituição Estadual, e DECRETO Nº 5.257, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013. Publicado no DOE nº 10.993, de 22-02-2013. Institui a Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica

Leia mais

DOE Nº 12.927 Data: 11/04/2013 PORTARIA Nº 036/2013-GS/SET, DE 10 DE ABRIL DE 2013.

DOE Nº 12.927 Data: 11/04/2013 PORTARIA Nº 036/2013-GS/SET, DE 10 DE ABRIL DE 2013. DOE Nº 12.927 Data: 11/04/2013 PORTARIA Nº 036/2013-GS/SET, DE 10 DE ABRIL DE 2013. Institui o Projeto Piloto da Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final (NFC-e), que possibilita a emissão da Nota

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

42 3622-3661. (versão 2.0 atualizada em 26/05/2015)

42 3622-3661. (versão 2.0 atualizada em 26/05/2015) (versão 2.0 atualizada em 26/05/2015) 1. INFORMAÇÕES INICIAIS -O que é a Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e? R: A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e é um documento de existência

Leia mais

Pergunte à CPA NFC-e Mod 65

Pergunte à CPA NFC-e Mod 65 Pergunte à CPA NFC-e Mod 65 http://www.nfce.fazenda.sp.gov.br/nf CePortal/ Informamos que no momento, apenas os contribuintes participantes do piloto da NFC-e no estado de São Paulo estão credenciados

Leia mais

NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e

NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFC-E Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NFC-e? A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e é um documento emitido

Leia mais

Portaria CAT 102, de 10-10-2013

Portaria CAT 102, de 10-10-2013 Publicado no D.O.E. (SP) de 11/10/2013 Portaria CAT 102, de 10-10-2013 Dispõe sobre a emissão do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e, do Documento Auxiliar do Manifesto Eletrônico de Documentos

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e DECRETO N 2.475, DE 31 DE JULHO DE 2014 - Introduz alterações no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n 1.944, de 6 de outubro de 1989, e dá outras providências. NOTA EXPLICATIVA O Fisco estabeleceu,

Leia mais

DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) Altera o Decreto nº 13.780, de 16 de março de 2012, que regulamenta o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação

Leia mais

Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08)

Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08) Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08) Procede à Alteração nº 110 ao Regulamento do ICMS e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no Ajuste

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR DECRETO Nº 4.048, DE 19 DE AGOSTO DE 2008. ALTERA O REGULAMENTO DO ICMS, APROVADO PELO DECRETO Nº 35.245, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1991, IMPLEMENTANDO AS DISPOSIÇÕES

Leia mais

Sumário (versão 2.1 atualizada em 25/06/2015)

Sumário (versão 2.1 atualizada em 25/06/2015) Sumário (versão 2.1 atualizada em 25/06/2015) 1. INFORMAÇÕES INICIAIS... 4 1.1 O que é a Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e?... 4 1.2 Quais os tipos de documentos fiscais em papel que

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais

SUBSEÇÃO IV Da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da NF-e - DANFE

SUBSEÇÃO IV Da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da NF-e - DANFE SUBSEÇÃO IV Da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da NF-e - DANFE Art. 182-A. A Nota Fiscal Eletrônica - NF-e que poderá ser utilizada em substituição a Nota Fiscal modelo 1 ou 1-A,

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA

NOTA FISCAL PAULISTA NOTA FISCAL PAULISTA Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo Lei n. 12.685/2007 DOE 29/08/2007 Decreto n. 54.179/09 DOE 31/03/2009 Portaria CAT n. 85/2007 (e alterações) Artigos

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP SPED, ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD E OS DOCUMENTOS ELETRÔNICOS 2007/2008 Programa: - Sistema Público de Escrituração Digital - SPED - Escrituração Fiscal Digital - EFD - Documentos Eletrônicos do SPED:

Leia mais

119ª CONFAZ Manaus, AM, 30.09.05 P. AJ. 07/05

119ª CONFAZ Manaus, AM, 30.09.05 P. AJ. 07/05 119ª CONFAZ Manaus, AM, 30.09.05 P. AJ. 07/05 AJUSTE SINIEF /05 Institui a Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica. O Conselho Nacional de Política Fazendária CONFAZ e o

Leia mais

Seminário Mensal da Área Fiscal 20 de Março de 2015. Fernanda Silva Helen Mattenhauer

Seminário Mensal da Área Fiscal 20 de Março de 2015. Fernanda Silva Helen Mattenhauer Seminário Mensal da Área Fiscal 20 de Março de 2015 Apresentadores: Fábio Martins Lopes Fernanda Silva Helen Mattenhauer Fábio M. Lopes das 8h30 às 09h20 ECF x CF-e-SAT Fernanda Silva- das 09h20 às 10h15

Leia mais

AJUSTE SINIEF Nº 09, 25 DE OUTUBRO DE 2007 Publicado no DOU de 30.10.07, pelo Despacho 91/07. Manual de Integração do Contribuinte do Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e: Atos COTEPE/ICMS 08/08

Leia mais

Artigo 1 - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT-147, de 05-11-2012:

Artigo 1 - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT-147, de 05-11-2012: Portaria CAT-59, de 11-06-2015, DOE 12-06-2015 Altera a Portaria CAT-147, de 05-11-2012, que dispõe sobre a emissão do Cupom Fiscal Eletrônico - CF-e-SAT por meio do Sistema de Autenticação e Transmissão

Leia mais

AJUSTE SINIEF 9, DE 25 DE OUTUBRO DE 2007. Nota: vide alterações desta norma pelos Ajuste SINIEF 10/2008 e Ajuste SINIEF 04/2009.

AJUSTE SINIEF 9, DE 25 DE OUTUBRO DE 2007. Nota: vide alterações desta norma pelos Ajuste SINIEF 10/2008 e Ajuste SINIEF 04/2009. AJUSTE SINIEF 9, DE 25 DE OUTUBRO DE 2007 Data D.O.U.: 30.10.2007 republicado no D.O.U. de 31.10.2007 Nota: vide alterações desta norma pelos Ajuste SINIEF 10/2008 e Ajuste SINIEF 04/2009. Institui o Conhecimento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS. NFC-e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica. Perguntas e Respostas

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS. NFC-e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica. Perguntas e Respostas GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS NFC-e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Perguntas e Respostas I) INFORMAÇÕES INICIAIS 1. O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Leia mais

AJUSTE SINIEF 07/05 A J U S T E

AJUSTE SINIEF 07/05 A J U S T E AJUSTE SINIEF 07/05 Publicado no DOU de 05.10.05. Republicado no DOU de 07.12.05. Alterado pelos Ajustes 11/05, 02/06, 04/06. Ato Cotepe 72/05 dispõe sobre as especificações técnicas da NF-e e do DANFE.

Leia mais

Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e

Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Novo Leiaute da Nota Fiscal Eletrônica Versão 3.10 e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Agente Fiscal de Rendas Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Secretaria da Fazenda

Leia mais

DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007

DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007 DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007 * Publicado no DOE em 31/10/2007. Acresce dispositivos ao Decreto nº 24.569, de 31 de julho de 1997, que regulamenta e consolida a legislação do Imposto sobre

Leia mais

NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA

NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA Perguntas e Respostas Versão 1.1 Atualizada em 28/08/2013 SUMÁRIO I) INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 1. O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e?... 3

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Palestra SINCOVARP Ribeirão Preto 15/06/2015 Agenda I SAT-CF-e Motivação do projeto Modelo de funcionamento e características do SAT Mudanças na legislação

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) (Ajuste SINIEF 07/05) Estado de Santa Catarina 7º Congresso de Secretários de Finanças, Contadores Públicos e Controladores Internos Municipais Florianópolis SC 15/04/2011

Leia mais

Parâmetros. Instalação

Parâmetros. Instalação Gera Arquivo para a Receita (GeraArq 8) Este aplicativo permite gerar um arquivo para ser enviado à Receita Federal com os registros de nota/ cupons fiscais impressos pelos sistema. Instalação Para fazer

Leia mais

Documentos Fiscais Eletrônicos para o Varejo Paulista SAT-CF-e e NFC-e

Documentos Fiscais Eletrônicos para o Varejo Paulista SAT-CF-e e NFC-e Documentos Fiscais Eletrônicos para o Varejo Paulista SAT-CF-e e NFC-e Marcelo Fernandez Supervisor de Fiscalização 12/06/2013 Agenda Novidades SAT-CF-e Alinhamento do modelo operacional Mudanças na legislação

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Palestra Sindilojas São Paulo 17/03/2015 Agenda I SAT-CF-e Motivação do projeto Modelo de funcionamento e características do SAT Mudanças na legislação Pontos

Leia mais

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Palestra SINDISAN Sindicato das Empresas de Transporte

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e. Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e. Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Marcelo Fernandez Diretor Adjunto - DEAT 2 SAT Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos Modelo de funcionamento do SAT Simplificações

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO N.º 3.497 DE 7 DE MARÇO DE 2012

ESTADO DO ACRE DECRETO N.º 3.497 DE 7 DE MARÇO DE 2012 DECRETO N.º 3.497 DE 7 DE MARÇO DE 2012. Publicado no DOE nº 10.752, de 8-3-2012.. Retificação da data publicada no DOE nº 10753, de 12-3-2012 Acrescenta dispositivos ao Regulamento do ICMS, aprovado pelo

Leia mais

REVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A OBRIGATORIEDADE DE NF-E PARA AS COMPRAS E AQUISIÇÕES NO ÂMBITO DO ESTADO DE SANTA CATARINA*

REVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A OBRIGATORIEDADE DE NF-E PARA AS COMPRAS E AQUISIÇÕES NO ÂMBITO DO ESTADO DE SANTA CATARINA* INFORMAÇÃO GENOC/DCOG N. 038/2011 Florianópolis, 08 de junho de 2011. REVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A OBRIGATORIEDADE DE NF-E PARA AS COMPRAS E AQUISIÇÕES NO ÂMBITO DO ESTADO DE SANTA CATARINA* Trata-se

Leia mais

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Palestra em 30 de julho de 2014 Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Os Layouts e Serviços de Autorização de uso da NF-e Serão os mesmos para NFC-e.

Leia mais

NFC-e NOTA FISCAL DE VENDA A CONSUMIDOR ELETRÔNICA. Perguntas e Respostas. Versão 1.0

NFC-e NOTA FISCAL DE VENDA A CONSUMIDOR ELETRÔNICA. Perguntas e Respostas. Versão 1.0 NFC-e NOTA FISCAL DE VENDA A CONSUMIDOR ELETRÔNICA Perguntas e Respostas Versão 1.0 01/10/2014 SUMÁRIO I) INFORMAÇÕES INICIAIS 1. O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e? 1 2. Quais os tipos

Leia mais

1 de 22 12-04-2013 11:25

1 de 22 12-04-2013 11:25 (*) ESTE TEXTO NÃO SUBSTITUI O ORIGINAL PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO. Subanexo 12 ao Anexo 015 (Versão Atual) DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e) E O DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Leia mais

Receita Estadual. Nota Fiscal de Consumidor eletrônica

Receita Estadual. Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Receita Estadual Nota Fiscal de Consumidor eletrônica PARANÁ 2015 NFC-e: Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Operações de venda presencial ou para entrega em domicílio a consumidor final (pessoa física

Leia mais

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro

Preenchimento da NFC-e. Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Orientações para o contribuinte do Estado do Rio de Janeiro Atualizado em 19 de agosto de 2015 2 Contribuinte, Este manual tem como objetivo ajudá-lo no preenchimento da NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Novo Layout NF-e versão 310

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Novo Layout NF-e versão 310 Segmentos Novo Layout NF-e versão 310 24/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações

Leia mais

Secretaria de Estado de Finanças Coordenadoria da Receita Estadual Gerência de Fiscalização Setor de Documentos Eletrônicos

Secretaria de Estado de Finanças Coordenadoria da Receita Estadual Gerência de Fiscalização Setor de Documentos Eletrônicos Secretaria de Estado de Finanças Coordenadoria da Receita Estadual Gerência de Fiscalização Setor de Documentos Eletrônicos Versão 1.0 Julho/2014 Índice 1. Considerações iniciais... 3 2. Benefícios da

Leia mais

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 (DOE 30-12-2008) Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica - DANFE, o credenciamento de contribuintes e

Leia mais

ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal

ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal INTRODUÇÃO Um dos objetivos do uso de equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF é a automação comercial. O ECF é, sem dúvida, um instrumento importante nesse processo.

Leia mais

NFC-e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

NFC-e CONSIDERAÇÕES INICIAIS NFC-e CONSIDERAÇÕES INICIAIS O Projeto da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e, inicia em 2014 a fase de massificação de uso e já autorizou mais de um milhão de documentos nos Estados do: Acre,

Leia mais

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2015

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2015 ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2015 IPI CRÉDITO DE IPI NAS AQUISIÇÕES DE ESTABELECIMENTOS ATACADISTAS... Pág. 335 ICMS MS/MT/RO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO

Leia mais

Artigo 1 - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT-147, de 05-11-2012:

Artigo 1 - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT-147, de 05-11-2012: Portaria CAT-59, de 11-06-2015 Altera a Portaria CAT-147, de 05-11-2012, que dispõe sobre a emissão do Cupom Fiscal Eletrônico - CF-e-SAT por meio do Sistema de Autenticação e Transmissão - SAT, a obrigatoriedade

Leia mais

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS OBS: 1. Este levantamento foi elaborado com base em cópia de textos do RICMS disponibilizados no site da Secretaria da Fazenda de SC em 05/12/2008 e serve como material de consulta para aqueles que querem

Leia mais

Parecer Técnico. NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações

Parecer Técnico. NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações Parecer Técnico NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações PARECER SOBRE A NT 1.21 NF-e 3.10 2014 Nota Técnica 2013/005 v 1.20/1.21 Alteração no Leiaute de NF-e Em Novembro de 2014 a SEFAZ publicou a Nota Técnica 2013/005

Leia mais

Legislação Comentada. Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14

Legislação Comentada. Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14 Legislação Comentada Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14 2 A foi instituída no Estado do Rio de Janeiro em 13 de maio de 2014 com a publicação do Decreto nº 44.785, que alterou o Anexo

Leia mais

1 de 6 12-04-2013 11:27

1 de 6 12-04-2013 11:27 (*) ESTE TEXTO NÃO SUBSTITUI O ORIGINAL PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO. Decreto Nº 13.537, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera, acrescenta e revoga dispositivos do Subanexo XIII - Do Conhecimento

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Operações com Mercadorias em Hotéis - ICMS ISS - Cupom

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Operações com Mercadorias em Hotéis - ICMS ISS - Cupom Operações com Mercadorias em Hotéis - ICMS ISS - Cupom 24/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1 Incidência dos

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e. Eudaldo Almeida de Jesus Coordenador Geral do ENCAT Sefaz-BA encat@sefaz.ba.gov.

Projeto Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e. Eudaldo Almeida de Jesus Coordenador Geral do ENCAT Sefaz-BA encat@sefaz.ba.gov. Projeto Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final - NFC-e Eudaldo Almeida de Jesus Coordenador Geral do ENCAT Sefaz-BA encat@sefaz.ba.gov.br AGENDA Motivação e Objetivo do Projeto NFC-e Escopo e Premissas

Leia mais

DECRETO Nº 2.535-R DE 14/06/2010 DOE-ES de 15/06/2010

DECRETO Nº 2.535-R DE 14/06/2010 DOE-ES de 15/06/2010 GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DECRETO Nº 2.535-R DE 14/06/2010 DOE-ES de 15/06/2010 Introduz alterações no RICMS/ES, aprovado pelo Decreto n.º 1.090- R, de 25 de outubro de 2002. O GOVERNADOR

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Devolução de Mercadoria/Saída acobertada por Cupom Fiscal São Paulo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Devolução de Mercadoria/Saída acobertada por Cupom Fiscal São Paulo São Paulo 09/02/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 4. Resposta Consulta Tributária da Secretaria de Estado da Fazenda

Leia mais

1 de 28 12-04-2013 11:26

1 de 28 12-04-2013 11:26 (*) ESTE TEXTO NÃO SUBSTITUI O ORIGINAL PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO. Subanexo 13 ao Anexo 015 (Versão Atual) DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CT-e) E DO DOCUMENTO AUXILIAR DO CONHECIMENTO

Leia mais

CONVÊNIO ICMS 113/96 CONVÊNIO

CONVÊNIO ICMS 113/96 CONVÊNIO Publicado no DOU de 18 e 20.12.96. CONVÊNIO ICMS 113/96 Ratificação Nacional DOU de 08.01.97 pelo Ato COTEPE-ICMS../1997/CV001_97.htm01/97. Alterado pelos Convs. ICMS 54/97, 34/98,107/01, 32/03, 61/03.

Leia mais

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Perguntas e Respostas Versão 1.3 Atualizada em 17/04/2014 Página 1 de 22 SUMÁRIO I INF0RMAÇÕES INICIAIS... 5 1 O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Leia mais

Portaria CAT - 54, de 15-7-2002

Portaria CAT - 54, de 15-7-2002 Portaria CAT - 54, de 15-7-2002 Altera dispositivos das Portarias CAT-55/98, de 14/07/98, e CAT-86/01, de 13/11/01, que dispõem sobre o uso, credenciamento e demais procedimentos relativos a equipamento

Leia mais

Página 1 de 14 ICMS - Sped - Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) 16 de Outubro de 2012 Em face da publicação do Despacho SE/Confaz nº 190/2012 - DOU 1 de 04.10.2012, este procedimento foi atualizado

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL FAQ Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Pré-requisitos para ser emissor de MDF-e 02 FAQ - 02 { Obrigatoriedade do MDF-e: Para mais informações

Leia mais

Legislação Tributária Estadual do Estado de São Paulo DOCUMENTOS FISCAIS

Legislação Tributária Estadual do Estado de São Paulo DOCUMENTOS FISCAIS 1 DOCUMENTOS FISCAIS I - MODELOS (art. 124) 1. Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A; 2. Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2; 3. Cupom Fiscal emitido por Equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF; 4. Nota

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e Novidades. Marcelo Fernandez Supervisor Fiscal - DEAT

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO. SAT-CF-e e NFC-e Novidades. Marcelo Fernandez Supervisor Fiscal - DEAT SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Novidades Marcelo Fernandez Supervisor Fiscal - DEAT 03/03/2015 2 SAT Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos Modelo de funcionamento

Leia mais

NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA

NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA Perguntas e Respostas Versão 3.0 Atualizada em 13/07/2015 SUMÁRIO I) INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 1. O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e?... 3

Leia mais

VANTAGENS DA NFC-e PARA O CONTRIBUINTE

VANTAGENS DA NFC-e PARA O CONTRIBUINTE Divulgação INTRODUÇÃO A NFC-e é um documento eletrônico (arquivo de computador) que substituirá as notas fiscais de venda a consumidor, modelo 2 e o cupom fiscal emitido por ECF com grandes vantagens para

Leia mais

PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes

PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com contribuintes 15/05/2012 Agenda Abertura O projeto SAT-CF-e Motivação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Publicada no DOE em 01/12/2011 Dispõe sobre a solicitação eletrônica de baixa de inscrição no Cadastro Geral da Fazenda (CGF), e dá outras providências.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 7.261

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 7.261 Publicado no Diário Oficial Nº 8891 de 04 /02 / 2013 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando os Ajustes SINIEF

Leia mais

NF-e Nota Fiscal Eletrônica - Atualização

NF-e Nota Fiscal Eletrônica - Atualização Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 Page 1 of 31 Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 (DOE 30-12-2008) Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica - DANFE, o credenciamento de contribuintes

Leia mais

!!! Legislação Comentada e Estudo de Casos. Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14. Atualizado em 8 de junho de 2015

!!! Legislação Comentada e Estudo de Casos. Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14. Atualizado em 8 de junho de 2015 Legislação Comentada e Estudo de Casos Anexo II-A da Parte II da Resolução SEFAZ nº 720/14 Atualizado em 8 de junho de 2015 A foi instituída no Estado do Rio de Janeiro em 13 de maio de 2014 com a publicação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N. 18705, DE 20 DE MARÇO DE 2014. PUBLICADO NO DOE Nº 2422, DE 20.03.14

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N. 18705, DE 20 DE MARÇO DE 2014. PUBLICADO NO DOE Nº 2422, DE 20.03.14 DECRETO N. 18705, DE 20 DE MARÇO DE 2014. PUBLICADO NO DOE Nº 2422, DE 20.03.14 Incorpora ao RICMS/RO as alterações oriundas da 152ª reunião ordinária, da 211ª reunião extraordinária do CONFAZ, da 155ª

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007. Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação,

Leia mais

Departamento de Desenvolvimento Profissional

Departamento de Desenvolvimento Profissional Departamento de Desenvolvimento Profissional Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e 65 Samanta Pinheiro da Silva samanta@consultoriainovar.com.br Rio de Janeiro - RJ Março - 2015 Rua 1º de Março, 33

Leia mais

1. os modelos dos documentos e livros fiscais a serem emitidos ou escriturados. pelo sistema;

1. os modelos dos documentos e livros fiscais a serem emitidos ou escriturados. pelo sistema; CONVÊNIO ICMS 57/5 a) Publicado no DOU de 30.06.5. b) Retificação DOU de 14.07.5. c) Ratificação Nacional DOU de 1.07.5 pelo Ato COTEPE-ICMS 05/5. d) Alterado pelos Convs. ICMS 1/5, 115/5, 54/6, 75/6,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL PARECER NORMATIVO Nº 001/2011/GAB/CRE PUBLICADO NO DOE Nº 1687, DE 03.03.11. OBRIGATORIEDADE DO USO DE NOTA FISCAL ELETRONICA NF-e VENDAS PARA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA -INTERPRETAÇÃO. A Coordenadora-Geral

Leia mais

Art. 1º - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT nº 32, de 28 de março de 1996:

Art. 1º - Passam a vigorar com a redação que se segue os dispositivos adiante indicados da Portaria CAT nº 32, de 28 de março de 1996: PORTARIA CAT Nº 92, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2002 (DOE DE 03.01.2003) Altera a Portaria CAT nº 32, de 28 de março de 1996, que dispõe sobre a emissão de documentos fiscais e escrituração dos livros fiscais

Leia mais

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica NFC-e Perguntas e Respostas Versão 1.0 Atualizada em 27/09/2013 Página 1 de 20 SUMÁRIO I INF0RMAÇÕES INICIAIS... 5 1 O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Leia mais

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95

SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Soluções em Gerenciamento e Produtividade SINTEGRA Convênio ICMS 57/95 Ficam obrigados às disposições deste Convênio os seguintes contribuintes: Todas as empresas que emitirem documento fiscal e/ou escriturar

Leia mais

Perguntas Frequentes sobre a NFC-e

Perguntas Frequentes sobre a NFC-e 1 de 12 07/09/2015 22:51 Perguntas Frequentes sobre a NFC-e 1. INFORMAÇÕES INICIAIS 1.1 O que é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e)? A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) é um documento

Leia mais

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO

SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SOLUÇÕES FISCAIS PARA O VAREJO SAT-CF-e e NFC-e Marcelo Fernandez Diretor Adjunto Simone Terra Supervisora Fiscal 2 SAT Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos Modelo de funcionamento

Leia mais

Denegação de NF-e por. Irregularidade Fiscal do Destinatário

Denegação de NF-e por. Irregularidade Fiscal do Destinatário Denegação de NF-e por Irregularidade Fiscal do Destinatário Denegação da Autorização de Uso da NF-e em Razão da Irregularidade Fiscal do Destinatário Junho de 2015 Vs 1.3 1 DO QUE SE TRATA? Trata-se da

Leia mais

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010 Nota Fiscal Eletrônica no Rio Grande do Sul Vinicius Pimentel de Freitas Julho de 2010 SPED ECD EFD NF-e CT-e MC-e NFS-e... Contextualizando: Documentos Fiscais Eletrônicos no Brasil Comunicações e Energia

Leia mais

Além da digitação dos dados citados, o interessado deverá fazer o upload do arquivo com a Nota digitalizada no formato PDF, no mesmo ambiente.

Além da digitação dos dados citados, o interessado deverá fazer o upload do arquivo com a Nota digitalizada no formato PDF, no mesmo ambiente. Esclarecimentos iniciais: O desembaraço das Notas Fiscais modelo 1 ou 1A para as operações ainda autorizadas pelo Protocolo 42/09, descritas mais abaixo, deverão ser feitas com a inclusão dessa Nota na

Leia mais

MANUAL DE NFC-E PARA LOJISTAS

MANUAL DE NFC-E PARA LOJISTAS MANUAL DE NFC-E PARA LOJISTAS O QUE É? A NFC-e é um documento eletrônico (arquivo de computador) que substituirá as notas fiscais de venda a consumidor, modelo e o cupom fiscal emitido por ECF com grandes

Leia mais

Evento Especial da Área Fiscal 21 de maio de 2014. Samyr Qbar

Evento Especial da Área Fiscal 21 de maio de 2014. Samyr Qbar Evento Especial da Área Fiscal 21 de maio de 2014 Apresentadores: Helen Mattenhauer Samyr Qbar NF-e Legislação Ajuste Sinief 07/05 Institui a NF-e e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica; Ato

Leia mais

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010 ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010 IPI ALTERAÇÃO DE ENDEREÇO - ASPECTOS GERAIS Introdução - Emissão de Nota Fiscal/Procedimentos - Utilização Dos Mesmos Livros e Documentos

Leia mais

PORTARIA Nº 392/2015 SÃO LUÍS, 18 DE AGOSTO DE 2015 D.O.E.: 20.08.2015

PORTARIA Nº 392/2015 SÃO LUÍS, 18 DE AGOSTO DE 2015 D.O.E.: 20.08.2015 PORTARIA Nº 392/2015 SÃO LUÍS, 18 DE AGOSTO DE 2015 D.O.E.: 20.08.2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.279, de 10/07/15, e

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e MODELO 65 CARTILHA DE ORIENTAÇÕES Esteja pronto para a maior revolução no varejo dos últimos tempos: A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica! 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 * Publicado no DOE em 28/03/2008. ALTERA OS 14, 15 E 16 DO ART. 13 DO DECRETO Nº 24.569, DE 31 DE JULHO DE 1997, QUE DEFINEM CRITÉRIOS PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÃO

Leia mais

Retrospectiva 2013 Novidades 2014

Retrospectiva 2013 Novidades 2014 Retrospectiva 2013 Novidades 2014 Retrospectiva 2013 Alíquota interestadual de 4% para produtos importados Alíquota de 4% - Res. 13/2012 - Resumo Legislação Resolução do Senado Federal 13/2012; Resolução

Leia mais