Red Hat Enterprise Linux 4. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Red Hat Enterprise Linux 4. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e"

Transcrição

1 Red Hat Enterprise Linux 4 Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e IBM eserver zseries

2 Red Hat Enterprise Linux 4: Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e IBM eserver zseries Copyright 2005 por Red Hat, Inc. Red Hat, Inc. 1801Varsity Drive RaleighNC USA Telefone: Telefone: Fax: PO Box 13588Research Triangle Park NC USA rhel-ig-s390(pt)-4-impressão-rhi ( T13:10) Copyright 2005 Red Hat, Inc. Este material pode ser distribuído somente sob os termos e condições definidos na Open Publication License, versão 1.0 ou mais recente (a versão mais recente está disponível em É proibida a distribuição de versões substancialmente modificadas deste documento sem a permissão explícita do titular dos direitos autorais. É proibida a distribuição total ou parcial do trabalho envolvido neste manual, em qualquer formato de livro (papel), para fins comerciais, sem a autorização prévia do titular dos direitos autorais. Red Hat e o logo "Shadow Man" da Red Hat são marcas registradas da Red Hat, Inc. nos EUA e em outros países. Todas as outras marcas referidas neste são de propriedade de seus respectivos titulares. O número do código de segurança GPG em CA B D6 9D FC 65 F6 EC C CD DB 42 A6 0E

3 Índice Introdução...i 1. Convenções de Documentos...i 2. Como utilizar este Manual...iii 2.1. Nós Precisamos de Retorno... iv 3. Soluções de Acessibilidade... iv 1. Passos para Você Começar Preparação Adicional do Hardware do S/390 para as Notas de Instalação Visão Geral Básica do Método de Inicialização Preparando para uma Instalação de Rede Usando Imagens ISO para Instalações via NFS Preparando para uma Instalação no Disco Rígido Instalando sob a z/vm (máquina virtual) Instalando em uma LPAR usando o CD da LPAR do Red Hat Enterprise Linux Instalando em uma LPAR sem os CDs do Red Hat Enterprise Linux para o S/ Instalando em uma LPAR (Passos Comuns) Você tem Espaço Suficiente em Disco? Instalando o Red Hat Enterprise Linux A Interface Gráfica de Usuário do Programa de Instalação A Interface de Usuário do Programa de Instalação em Modo Texto Usando o Teclado para Navegar Executando o Programa de Instalação Instalação usando o Encaminhamento X Instalação usando VNC Instalando pelo Disco Rígido (DASD) Instalando através do NFS Instalando através do FTP Instalando através do HTTP Bem-vindo ao Red Hat Enterprise Linux Dispositivos FCP Seleção do Idioma Configuração do Particionamento de Disco Particionamento Automático Particionando Seu Sistema Display Gráfico do(s) Dispositivo(s) DASD Botões do Disco Druid Campos da Partição Esquema de Particionamento Recomendado Editando Partições Configuração de Rede Configuração do Firewall Suporte a Idiomas Adicionais Configuração do Fuso Horário Definir Senha Root Seleção do Grupo de Pacotes Preparando para Instalar Instalando Pacotes Instalação Concluída Ative Sua Assinatura Prover um Login para a Red Hat Prover Seu Número de Assinatura Conectar Seu Sistema... 35

4 A. Removendo o Red Hat Enterprise Linux B. Amostra de Arquivos de Parâmetros C. Atualizando (upgrade) Seu Sistema Atual C.1. Escolhendo entre Atualizar (upgrade) ou Re-instalar C.2. Atualizando (upgrade) Seu Sistema C.3. Atualizando (upgrade) Pacotes C.4. Atualização (upgrade) Completa D. Resolvendo os Problemas de Instalação do Red Hat Enterprise Linux D.1. Você Não Consegue Inicializar o Red Hat Enterprise Linux D.1.1. Seu Sistema Está Exibindo Erros Signal 11? D.2. Problemas Durante a Instalação D.2.1. Mensagem de Erro Nenhum dispositivo encontrado para instalar o Red Hat Enterprise Linux D.2.2. Problemas com Tabelas de Partição D.2.3. Outros Problemas com o Particionamento D.2.4. Você está Vendo Erros Python? D.3. Problemas Após a Instalação D.3.1. Áreas de Trabalho Gráficas e XDMCP D.3.2. Problemas ao Tentar Autenticar D.3.3. Sua Impressora Não Funciona D.3.4. Serviço / Sendmail baseado no Apache httpd é Suspenso Durante Inicialização E. Opções Adicionais de Inicialização F. Informações Adicionais para Usuários de Sistemas S/390 e zseries F.1. O Sistema de Arquivo sysfs F.2. Usando o Driver zfcp F.3. Usando o mdadm para Configurar o Armazenamento Baseado no RAID e Multi-localidade F.3.1. Criando um Dispositivo RAID com mdadm F.3.2. Criando um Dispositivo Multi-localidade com mdadm F.4. Configurando a IPL a partir de um Dispositivo SCSI F.4.1. IPL no Disco SCSI F.5. Adicionando DASD F.6. Adicionando um Dispositivo de Rede F.6.1. Adicionando um Dispositivo qeth F.6.2. Referências Rápidas para Adicionar Dispositivos de Rede F.7. Informações Relacionadas ao Kernel Índice Remissivo Considerações finais... 77

5 Introdução Bem vindo ao Guia de Instalação do Red Hat Enterprise Linux. Este guia contém informações úteis para auxiliá-lo durante a instalação do Red Hat Enterprise Linux 4. Desde conceitos fundamentais, como a preparação para a instalação, até o processo de instalação passo-a-passo, este manual será um recurso valioso enquanto você instala o Red Hat Enterprise Linux. 1. Convenções de Documentos Ao ler este manual, determinadas palavras estão representadas com fontes, tipos, tamanhos e pesos diferentes. Este destaque é sistemático; palavras diferentes são representadas no mesmo estilo para indicar sua inclusão em uma categoria específica. Os tipos de palavras representadas desta maneira incluem as seguintes: comando Os comandos do Linux (e comandos de outros sistemas operacionais, quando usados) são representados desta maneira. Este estilo indica que você pode digitar a palavra ou frase na linha de comandos e pressionar [Enter] para invocar um comando. Às vezes o comando contém palavras que serão exibidas em um estilo diferente por si só (como nomes de arquivos). Nestes casos, estas são consideradas parte do comando, e então a frase inteira será exibida como um comando. Por exemplo: Use o comando cat testfile para visualizar o conteúdo de um arquivo chamado testfile, no diretório de trabalho atual. nome do arquivo Nomes de arquivos, diretórios, localidades de arquivos e nomes de pacotes RPM são representados desta maneira. Este estilo indica que existe um determinado arquivo ou diretório com aquele nome no seu sistema. Exemplos: O arquivo.bashrc do seu diretório home contém definições da janela de comandos tipo bash e codenomes para seu uso pessoal. O arquivo /etc/fstab contém informações sobre os dispositivos e sistemas de arquivo diferentes do sistema. Instale o RPM webalizer se você quiser usar um programa de análise do arquivo de registro do servidor Web. aplicação [tecla] Este estilo indica que o programa é uma aplicação direcionada ao usuário final (ao contrário do software do sistema). Por exemplo: Use o Mozilla para navegar na Web. Uma tecla do teclado é exibida neste estilo. Por exemplo: Para usar a tecla complementar [Tab] num terminal, digite um caractere e então pressione a tecla [Tab]. Seu terminal exibe uma lista dos arquivos contidos no diretório que começam com esta letra. [tecla]-[combinação] Uma combinação de sequência de teclas é representada desta maneira. Por exemplo:

6 ii Introdução A combinação de teclas [Ctrl]-[Alt]-[Espaço] termina sua sessão gráfica, retornando à tela ou ao console da autenticação gráfica. texto exibido em uma interface GUI (gráfica) Um título, palavra ou frase na tela ou janela da interface GUI é exibida neste estilo. O texto exibido neste estilo é usado na identificação de uma tela GUI específica ou um elemento de uma tela GUI (como o texto associado a uma caixa de verificação ou campo). Exemplo: Selecione a caixa de verificação Solicitar Senha se você deseja que seu protetor de tela solicite uma senha antes de ser desbloqueado. nível superior de um menu em uma tela ou janela GUI Uma palavra neste estilo indica que a palavra está no nível superior de um menu suspenso (pulldown menu). Se você clicar na palavra na tela GUI, o resto do menu deverá aparecer. Por exemplo: Abaixo de Arquivo em um terminal do GNOME, você verá a opção Nova Aba, que permite a você abrir diversos prompts de comando na mesma janela. Se você precisar digitar uma sequência de comandos a partir de um menu GUI, eles são exibidos como o exemplo a seguir: Vá para Botão do Menu Principal (no Painel) => Programação => Emacs para iniciar o editor de texto Emacs. botão em uma tela ou janela GUI Este estilo indica que o texto pode ser encontrado em um botão clicável de uma tela GUI. Por exemplo: Clique no botão Voltar para retornar à última página web que você visitou. output do computador prompt Texto neste estilo indica o texto exibido em uma janela de comandos, como mensagens de erro e respostas a comandos. Por exemplo: O comando ls exibe o conteúdo de um diretório: Desktop about.html logs paulwesterberg.png Mail backupfiles mail reports O output exibido em resposta ao comando (neste caso, o conteúdo do diretório) é apresentado neste estilo. Um prompt (ou janela de comandos), uma forma computacional de dizer que o computador está pronto para você inserir algo (input), será exibido desta maneira. Exemplos: $ # stephen]$ leopard login: input do usuário O texto que o usuário precisa digitar, na linha de comandos ou em uma caixa de texto em uma tela GUI, é apresentado neste estilo. No exemplo a seguir, text é exibido neste estilo: Para inicializar seu sistema no programa de instalação em modo texto, você deve digitar o comando text no prompt boot:.

7 Introdução iii substituível Texto usado para exemplos que devem ser subtituídos com dados providos pelo usuário são apresentados neste estilo. No exemplo a seguir, version-number é exibido neste estilo: O diretório da fonte do kernel é /usr/src/ version-number /, onde version-number é a versão do kernel instalado neste sistema. Adicionalmente, nós utilizamos diversas estratégias diferentes para chamar sua atenção a determinadas partes da informação. De acordo com o quão crucial as informações são para seu sistema, elas são apresentadas como uma nota (lembrete), dica, importante, atenção ou um aviso. Por exemplo: Nota Lembre-se que o Linux é sensível a maiúsculas e minúsculas. Em outras palavras, uma rosa não é uma ROSA nem uma rosa. Dica O diretório /usr/share/doc/ contém documentação adicional para os pacotes instalados em seu sistema. Importante Se você modificar o arquivo de configuração do DHCP, as alterações não terão efeito até que você reinicie o daemon do DHCP. Atenção Não execute tarefas de rotina como root use uma conta de usuário comum, a não ser que você precise usar a conta root para tarefas de administração do sistema. Aviso Cuidado para remover somente as partições necessárias do Red Hat Enterprise Linux. Remover outras partições pode resultar na perda de dados ou num ambiente de sistema corrompido.

8 iv Introdução 2. Como utilizar este Manual Este manual foca na instalação baseada no VM e LPAR e é ideal para usuários (tanto novos como antigos) que desejam uma solução rápida e simples para sua instalação. Ele te ajudará a preparar seu sistema e te guiará através da instalação do Red Hat Enterprise Linux. O Red Hat Enterprise Linux inclui CD-ROMs de instalação múltipla. Note que somente o primeiro CD-ROM (CD 1) é iniciável. Os CD-ROMs de instalação adicionais são necessários até mesmo para uma instalação mínima. A Red Hat também oferece CD-ROMs suplementares contendo RPMs fonte e documentação de todos os pacotes, assim como um CD de Aplicações Linux (LACD). Se você for um usuário experiente e não necessitar de uma revisão das instruções básicas, pode ir direto para o Capítulo 2 para começar o processo de instalação Nós Precisamos de Retorno Se você notar um erro de digitação no Guia de Instalação do Red Hat Enterprise Linux, ou se você pensou em alguma maneira de melhorar este manual, nós adoraríamos saber. Por favor submeta um relatório sobre o componente rhel-ig-s390 no Bugzilla, na URL: Quando submeter um relatório de erro ( bug report ), certifique-se de mencionar o identificador do manual: rhel-ig-s390(pt)-4-impressão-rhi ( T13:10) Se você tiver alguma sugestão para melhorar a documentação, tente ser o mais específico possível ao descrevê-la. Se você encontrou um erro, por favor inclua o número da seção e um trecho do contexto para que possamos localizá-lo facilmente. Se você tiver alguma questão relacionada a suporte (por exemplo: se você precisa de ajuda para configurar o X, ou se você está incerto sobre o particionamento de seu(s) disco(s) rígido(s)), use o sistema de suporte online registrando seu produto em: 3. Soluções de Acessibilidade Enquanto a interface gráfica de usuário (GUI) é conveniente para usuários com visão, frequentemente restringe o uso a pessoas com defeitos visuais, por causa da dificuldade das palavras em sintetizar interpretações gráficas. O Red Hat Enterprise Linux é um sistema operacional ideal para pessoas com limitações visuais porque a GUI não é requerida pelo kernel. A maioria das ferramentas modernas incluindo , notícias, navegadores Web, calendários, calculadoras e outros, podem rodar no Linux sem um ambiente gráfico. O ambiente de trabalho também pode ser personalizado para atender às necessidades de software ou hardware do usuário. A Red Hat, Inc. é a distribuidora escolhida por pessoas com necessidades especiais dado o incrível suporte oferecido com a compra de qualquer produto em caixa. Muitas distribuições do Linux oferecem suporte limitado ou nenhum suporte a seus clientes. O suporte à instalação da Red Hat pode ser feito através de ou telefone, e circunstâncias especiais serão levadas em consideração e resolvidas para usuários com limitações físicas. Os clientes devem informar o técnico de suporte caso necessitem de suporte especializado. Para mais informações, consulte:

9 Introdução v O arquivo README-Accessibility oferece mais informações e instruções sobre o uso de algumas ferramentas disponíveis para usuários com necessidades especiais. Este arquivo pode ser encontrado em /usr/share/doc/redhat-release-x/, onde X é o número da versão de seu produto instalado.

10 vi Introdução

11 Capítulo 1. Passos para Você Começar O processo de instalação assume uma familiaridade básica com as plataformas S/390 e eserver zseries da IBM. Para informações adicionais sobre estas plataformas, consulte os Redbooks da IBM online: Este manual assume que você está familiarizado com os Redbooks relacionados e é capaz de configurar partições lógicas (LPARs) e máquinas virtuais (VMs) num sistema S/390 ou eserver zseries da IBM. Nota Para os recursos mais atualizados da IBM, visite Antes de você instalar o Red Hat Enterprise Linux, deve executar os seguintes passos: 1. Aloque partições DASD 1 ou SCSI 2 suficientes para prover o espaço apropriado em disco (ex.: 2 GB são suficientes para instalações de servidor, enquanto 5 GB é o mínimo para instalar todos os pacotes). 2. Adquira o mínimo de 256 MB de RAM (512 MB são altamente recomendados) para designar para a máquina virtual do Linux. 3. Determine se você precisa de espaço virtual (swap) e, se precisar, de quanto. Apesar de ser possível (e recomendado) atribuir memória suficiente para a z/vm e deixar que esta crie o espaço virtual necessário, há alguns casos nos quais a quantidade de RAM necessária não é previsível. Estas situações devem ser examindas caso-a-caso. 4. Decida em qual ambiente vai rodar o sistema operacional Red Hat Enterprise Linux (numa LPAR ou como um sistema operacional convidado (guest) em uma ou mais máquinas virtuais). 5. Finalmente, é importante rever as seções 3.3 a 3.8 e os capítulos 5 e 6 do IBM Linux for S/390 Redbook, já que explicam as diferentes configurações e cenários de instalação disponíveis na plataforma S/390, assim como a configuração de uma LPAR ou de uma máquina virtual (z/vm) inicial do Linux Preparação Adicional do Hardware do S/390 para as Notas de Instalação A configuração de rede deve ser determinada com antecedência. O Red Hat Enterprise Linux para S/390 suporta dispositivos de rede múltiplos, incluindo o CTC (canal-a-canal), IUCV (veículo de comunicação entre usuários), LCS (estação do canal LAN) e dispositivos ativados pelo QDIO (I/Os Diretas Enfileradas ou Queued Direct I/O). Para os propósitos desta instalação, é recomendado ter, no mínimo, 4 GB de espaço em disco (tal como dois DASD de 2 GB, dispositivo de armazenamento de acesso direto, partições ou LUNs SCSI 1. Dispositivos de Armazenamento de Acesso Direto (ou DASDs) são discos rígidos que permitem o máximo de três (3) partições por DASD. Por exemplo: o dasda tem dasda[123]. 2. Usando o driver zfcp sobre fibra e um comutador dedicado, LUNs SCSI podem ser apresentados

12 2 Capítulo 1. Passos para Você Começar do zseries equivalentes) alocados para o processo de instalação. Todas as localidades de disco DASD devem ser completas antes do processo de instalação. Após a instalação, é possível adicionar ou apagar partições de disco DASD ou SCSI (somente para zseries) conforme for necessário Visão Geral Básica do Método de Inicialização Para a instalação, você deve ter o kernel do Linux (kernel.img), o disco ram (initrd.img), um arquivo de configuiração do CMS (generic.conf) e um arquivo de parâmetros. Arquivos amostra de parâmetros e de configuração do CMS são providos (generic.prm e generic.conf). Você deve editar o arquivo de configuração do CMS e adicionar informações sobre seu DASD. Também pode adicionar informações sobre sua configuração de rede. Após este ser iniciado no S/390, a rede é configurada. Então, você pode usar telnet ou ssh em outro computador para se autenticar na imagem de instalação de seu Red Hat Enterprise Linux. Agora você pode iniciar um script para instalar o Red Hat Enterprise Linux. Nota O arquivo de configuração do CMS é um novo arquivo para o Red Hat Enterprise Linux 4. Usuários de versões anteriores devem atentar para esta adição. Este novo arquivo é detalhadamente explicado no Capítulo Preparando para uma Instalação de Rede A mídia de instalação do Red Hat Enterprise Linux deve estar disponível para uma instalação de rede (via NFS, FTP ou HTTP) ou para uma instalação via armazenamento local. Use os passos seguintes se for executar uma instalação através do NFS, FTP ou HTTP. O servidor NFS, FTP ou HTTP a ser usado para a instalação através da rede deve ser uma máquina separada capaz de prover o diretório RedHat/ completo. Ambos diretórios, RedHat/base/ e RedHat/RPMS/ devem estar disponíveis e conter todos os arquivos de todos os CD-ROMs de instalação. Nota O diretório especificado a seguir refere-se à /localização/do/espaço/emdisco/. Isto significa até este diretório, mas não inclusive o diretório de distribuição RedHat/. Por exemplo: se você tem os arquivos de instalação do Red Hat Enterprise Linux 4 alocados em /export/rhel/ no servidor temporário de instalação, a localização/do/espaço/emdisco/, é /export/rhel/. Para copiar o diretório RedHat/ dos CD-ROMs de instalação para uma máquina Linux, que atua como um servidor da plataforma de instalação, siga estes passos: Para cada CD-ROM binário, execute os seguintes comandos: mount /mnt/cdrom cp -var /mnt/cdrom/redhat /localização/do/espaço/emdisco onde /localização/do/espaço/emdisco é um diretório que você cria, tal como /export/rhel/

13 Capítulo 1. Passos para Você Começar 3 umount /mnt/cdrom/ Saiba que as Notas da Versão não estão inclusas no diretório RedHat. A não ser que estas sejam especificamente copiadas, as Notas da Versão não estarão disponíveis durante a sua instalação do Red Hat Enterprise Linux. As Notas da Versão são formatadas em arquivos HTML localizados na raiz do disco. Copie os arquivos no seu diretório de instalação. Exemplo: cp /mnt/cdrom/release-notes*.html /localização/do/espaço/emdisco/ As Notas da Versão também estão disponíveis online: Em seguida, torne /localização/do/espaço/emdisco/ acessível à instalação em rede via NFS, FTP ou HTTP e verifique o acesso de um sistema cliente. Para o NFS, exporte o diretório adicionando uma entrada no /etc/exports para exportar para um sistema específico: /location/of/disk/space client.ip.address(ro,no_root_squash) Para exportar para todas as máquinas (não apropriado para todos os sistemas NFS), adicione: /location/of/disk/space *(ro,no_root_squash) Inicie o daemon do NFS (numa máquina Red Hat Enterprise Linux, use /sbin/service nfs start). Se o NFS já está rodando, recarregue o arquivo de configuração (num sistema Red Hat Enterprise Linux, use /usr/bin/service nfs reload). Não esqueça de testar a partilha NFS, seguindo as instruções do Guia de Administração de Sistemas Red Hat Enterprise Linux. Se o diretório RedHat/ não aparece no diretório compartilhado do NFS, a localização errada pode ter sido montada e/ou exportada. As instalações via FTP e HTTP também suportam um segundo tipo de estrutura de árvore. Para facilitar o acesso ao conteúdo dos CD-ROMs de instalação, monte cada CD-ROM ou imagem ISO com o seguinte ponto de montagem no servidor FTP ou HTTP (onde X é o número do CD-ROM ou da imagem ISO): /location/of/disk/space/discx/ Por exemplo: mount -o loop CD1.iso /location/of/disk/space/disc1/ Usando Imagens ISO para Instalações via NFS Instalações via NFS podem usar imagens ISO (ou CD-ROM) ao invés de copiar uma árvore de instalação inteira. Após colocar as imagens ISO necessárias (os CD-ROMs binários do Red Hat Enterprise Linux) em um diretório, escolha instalar via NFS. Então, você deve apontar este diretório para o programa de instalação executá-la. Verificar se as imagens ISO estão intactas antes de começar a instalação ajuda a evitar problemas comumente encontrados durante uma instalação via NFS. Para fazer isso, use um programa md5sum (muitos programas md5sum são disponibilizados para diversos sistemas operacionais). Um programa md5sum deve estar disponível na mesma máquina Linux que as imagens ISO. Adicionalmente, se houver um arquivo chamado updates.img no diretório a partir do qual você está instalando, será usado para atualizações do programa de instalação. Consulte o arquivo install-methods.txt no pacote RPM anaconda para obter informações detalhadas sobre as diversas maneiras de instalar o Red Hat Enterprise Linux.

14 4 Capítulo 1. Passos para Você Começar Nota Você pode ter somente as imagens ISO de uma versão e uma variante do Red Hat Enterprise Linux no diretório Preparando para uma Instalação no Disco Rígido Nota Instalações DASD funcionam somente em sistemas de arquivo ext2 ou ext3. Se você tem um sistema de arquivo diferente destes, não poderá efetuar uma instalação DASD. Para preparar seu sistema para uma instalação no disco rígido, você deve configurar o sistema de uma das seguintes maneiras: Usando um conjunto de CD-ROMs Crie arquivos de imagem ISO a partir de cada CD-ROM de instalação. Para cada CD-ROM, execute o seguinte comando num sistema Linux: dd if=/dev/cdrom of=/tmp/file-name.iso Este comando pode ocasionar uma mensagem de erro (que pode ser ignorada) quando o fim dos dados do CD-ROM for atingido. As imagens ISO criadas podem ser usadas agora para a instalação, uma vez copiadas ao DASD correto. Usando imagens ISO transfira estas imagens para o sistema a ser instalado (ou para o DASD correto). Verificar se as imagens ISO estão intactas antes de começar a instalação ajuda a evitar problemas posteriores. Para fazer isso, use um programa md5sum (muitos programas md5sum são disponibilizados para diversos sistemas operacionais). Um md5sum deve estar disponível na mesma máquina Linux que as imagens ISO. Disponibilize os DASDs corretos à nova VM (máquina virtual) ou LPAR (partição lógica), e então prossiga a instalação. Além disso, se houver um arquivo chamado RedHat/base/updates.img no diretório a partir do qual você está instalando, este é usado para atualizações do programa de instalação. Consulte o arquivo install-methods.txt no pacote RPM anaconda para obter informações detalhadas sobre as diversas maneiras de instalar o Red Hat Enterprise Linux e instruções para aplicar as atualizações do programa de instalação Instalando sob a z/vm (máquina virtual) Autentique-se na z/vm com a conta convidada (guest) do Linux. Você pode usar x3270 ou c3270 (do pacote texto x3270 do Red Hat Enterprise Linux) para se autenticar na z/vm de outros sistemas Linux. Alternativamente, use o emulador do terminal 3270 do segundo sistema operacional no console de administração do S/390. Se você está trabalhando numa máquina baseada no Windows, o Jolly Giant (http://www.jollygiant.com/) oferece um emulador 3270 habilitado para o SSL. Se você não está no modo CMS, entre nele agora.

15 Capítulo 1. Passos para Você Começar 5 i cms Se for necessário, adicione o dispositivo contendo as ferramentas TCP/IP da z/vm à lista de discos do seu CMS. Por exemplo: vmlink tcpmaint Se usar algum tipo de conexão de rede baseado no qdio/qeth (tal como OSA express ou hipersockets), desative o parâmetro qioassist da VM convidada: set qioassist off Faça FTP para a máquina contendo as imagens boot do Red Hat Enterprise Linux (kernel.img e initrd.img), autentique-se e execute os seguintes comandos (use a opção repl se você estiver sobrescrevendo os arquivos kernel.img e initrd.img existentes): cd /localização/das/imagens/boot/ locsite fix 80 bin get kernel.img (repl get initrd.img (repl ascii get redhat.parm (repl quit Agora você pode criar o arquivo de parâmetros (redhat.parm, por exemplo). Consulte o Apêndice B para amostras de arquivo parm. A seguir, há uma explicação do conteúdo do arquivo parm. Há um limite de 32 parâmetros no arquivo de parâmetros. Para acomodar as limitações dos arquivos de parâmetros, deve-se usar um novo arquivo de configuração num DASD CMS para efetuar a configuração inicial da rede e especificação do DASD. Um arquivo.parm ainda é necessário para os parâmetros reais do kernel, como root=/dev/ram0 ro ip=off ramdisk_size=40000, e parâmetros separados que não são atrbuídos a variáveis, como vnc. Deve-se adicionar dois novos parâmetros ao arquivo.parm, que apontam o programa de instalação para o novo arquivo de configuração: CMSDASD=191 CMSCONFFILE=redhat.conf CMSDASD é o ID do dispositivo DASD (que contém o arquivo de configuração) formatado pelo CMS. O CMSDASD geralmente é o DASD 191 $HOME do usuário do mainframe. O nome do arquivo de configuração deve ser definido pelo CMSCONFFILE e ter somente minúsculas. A sintáxe de CMSCONFFILE tem o estilo bash com pares variable="value", um em cada linha. Exemplo de arquivo redhat.parm: root=/dev/ram0 ro ip=off ramdisk_size=40000 CMSDASD=191 CMSCONFFILE=redhat.conf vnc Exemplo de arquivo redhat.exec: /* */ cl rdr purge rdr all spool punch * rdr

16 6 Capítulo 1. Passos para Você Começar PUNCH KERNEL IMG A (NOH PUNCH REDHAT PARM A (NOH PUNCH INITRD IMG A (NOH ch rdr all keep nohold i 00c Exemplo de arquivo redhat.conf: HOSTNAME="foobar.zSeries.example.com" DASD=" " NETTYPE="qeth" IPADDR=" " SUBCHANNELS=" , , " PORTNAME="FOOBAR" NETWORK=" " NETMASK=" " BROADCAST=" " SEARCHDNS="example.com:zSeries.example.com" GATEWAY=" " DNS=" " MTU="4096" Os seguintes parâmetros são requisitados e devem ser inclusos no arquivo de parâmetros: DASD= dasd-list Onde dasd-list representa a lista dos dispositivos DASD a serem usados pelo Red Hat Enterprise Linux. Apesar da detecção de DASDs ser feita se este parâmetro for omitido, é recomendado incluir o parâmetro DASD=, já que os números dos dispositivos (e portanto seus nomes) podem variar quando um novo DASD é adicionado ao convidado (guest) do Red Hat Enterprise Linux. Isto pode resultar em um sistema inutilizável. root= file-system onde file-system representa o dispositivo no qual o sistema de arquivo root pode ser encontrado. Para os propósitos da instalação, deve ser definido como /dev/ram0, que é o ramdisk contendo o programa de instalação do Red Hat Enterprise Linux. Os parâmetros a seguir são necessários para configurar a rede: SUBCHANNELS= Provém os IDs de canais de dispositivos necessários para as diversas interfaces de rede. qeth: SUBCHANNELS=" read_device_bus_id, write_device_bus_id, data_device_bus_id " lcs: SUBCHANNELS=" read_device_bus_id, write_device_bus_id " ctc: SUBCHANNELS=" read_device_bus_id, write_device_bus_id " Por exemplo (uma amostra da instância SUBCHANNEL do qeth): SUBCHANNELS= , , Para forçar um protocolo CTC específico, pode-se adicionar outros parâmetros. Por exemplo: CTCPROT= n Onde n é um dos seguintes: 0 para o modo de compatibilidade (usado com outros sistemas operacionais, que não S/390 e zseries) 1 para o modo extendido 2 para tty baseada no CTC (suportada somente em conexões Linux-para-Linux)

17 Capítulo 1. Passos para Você Começar 7 3 para o modo de compatibilidade com os sistemas operacionais S/390 e zseries PEERID= userid Onde userid representa o ID das máquinas convidadas (guest) às quais você deseja conectar. Note que o ID deve ser escrito com letras maiúsculas. Por exemplo: uma conexão PEERID para a máquina de serviço TCP/IP da z/vm deve ser escrita como: PEERID=TCPIP Note que o parâmetro PEERID substitui o parâmetro IUCV usado no kernel versão 2.4 do Linux. Os parâmetros seguintes são opcionais: HOSTNAME= string Onde string é o nome da máquina convidada (guest) do Linux recém-instalada. NETTYPE= type Onde type deve ser um dos seguintes: ctc, iucv, lcs ou qeth. IPADDR= IP Onde IP é o endereço IP do convidado (guest) Linux recém-instalado. NETWORK= network Onde network é o endereço da sua rede. NETMASK= netmask Onde netmask é a máscara de rede. BROADCAST= broadcast Onde broadcast é o endereço de transmissão (broadcast address). GATEWAY= gw Onde gw é o IP da porta de comunicação do seu dispositivo eth ou o endereço IP do sócio ponto-a-ponto (point-to-point partner) ctc/escon/iucv. MTU= mtu Onde mtu é a Unidade Máxima de Transmissão (MTU - Maximum Transmission Unit) para esta conexão. DNS= server1 : server2 :...: servern Onde server1 : server2 :...: servern por vírgulas. Por exemplo: DNS= : SEARCHDNS= domain1 : domain2 :...: domainn é uma lista de servidores DNS, separados Onde domain1 : domain2 :...: domainn é uma lista dos domínios de busca, separados por vírgulas. Por exemplo: SEARCHDNS=example.com:example.org PORTNAME= osa_portname lcs_portnumber Esta variável suporta dispositivos OSA operando nos modos qdio ou não-dqio. Ao usar o modo qdio: qeth_portname é o nome da porta especificado no dispositivo OSA quando opera no modo qeth. PORTNAME somente é necessário para z/vm 4.3 ou mais antiga sem APARs VM63308 e PQ Ao usar o modo não-qdio: lcs_portnumber é usado para passar o número relativo da porta como inteiro no intervalo de 0 a 15.

18 8 Capítulo 1. Passos para Você Começar FCP_ n =" device_number SCSI_ID WWPN SCSI_LUN FCP_LUN " As variáveis podem ser usadas em sistemas com dispositivos FCP para pré-configurar o FCP e podem ser editadas em seguida no anaconda, durante a instalação. Um valor exemplo deve se parecer com o seguinte: FCP_1=" x01 0x c212e9 0x0 4010" n é uma valor inteiro (ex.: FCP_1, FCP_2,...). device_number é usado para especificar o endereço do dispositivo FCP ( para o dispositivo 5000, por exemplo). SCSI_ID é especificado em valor hexadecimal; geralmente valores sequenciais (ex.: 0x01, 0x02... ) são usados nas diversas variáveis FCP_. WWPN é o nome da porta world wide usada para roteamento (frequentemente em conjunto com multi-localidade) e é como um valor hexadecimal de 16 dígitos (ex.: 0x c212e9). SCSI_LUN refere-se ao valor da unidade lógica do SCSI local e é especificado como um valor hexadecimal; geralmente valores sequenciais (ex.: 0x00, 0x01,...) são usados em diversas variáveis FCP_. FCP_LUN refere-se ao identificador da unidade lógica de armazenamento e é especificado como um valor hexadecimal (tal como 0x4010). Nota Cada um dos valores usados nos parâmetros FCP (FCP_1, FCP_2,...) são específicos do site e geralmente providos pelo administrador do armazenamento FCP. O parâmetro seguinte, para instalações kickstart, é opcional: RUNKS= value Onde value é definido como 1 se você deseja executar o programa de instalação no modo não-interativo no terminal 3270, ou 0 no caso contrário. Nota Certifique-se de que seu arquivo kickstart contenha todos os parâmetros requisitados antes de usar esta opção. Se algum dos parâmetros necessários para a rede operar corretamente for omitido do arquivo parm, aparece um prompt durante o processo de inicialização da instalação. Se você fez o log off, reconecte e autentique-se (log in) usando o ID convidado (guest) da z/vm que você configurou para a instalação. Se você não está no modo CMS, entre nele agora. i cms Crie um script executável contendo os comandos necessários para fazer IPL na imagem do kernel e iniciar a instalação. A amostra de script a seguir é um script típico de início (start-up): /* */ CL RDR PURGE RDR ALL SPOOL PUNCH * RDR

19 Capítulo 1. Passos para Você Começar 9 PUNCH KERNEL IMG A (NOH PUNCH REDHAT PARM A (NOH PUNCH INITRD IMG A (NOH CH RDR ALL KEEP NOHOLD IPL 00C CLEAR O script de início pede a você informações sobre sua rede e DASDs, a não ser que você tenha especificado todas as informações necessárias no arquivo parm. Após todas as questões serem respondidas, você está pronto para começar o programa de instalação central, o loader. Para continuar a instalação, consulte o Capítulo 2 para mais instruções Instalando em uma LPAR usando o CD da LPAR do Red Hat Enterprise Linux Siga os seguintes passos ao instalar o Red Hat Enterprise Linux em uma LPAR. Autentique-se no Hardware Master Console (HMC) ou no Support Element Workplace (SEW) como um usuário com privilégios suficientes para instalar um novo sistema operacional em uma LPAR. O usuário SYSPROG é recomendado. Selecione Imagens, e então selecione a LPAR na qual deseja instalar. Use as setas no lado direito da janela para navegar ao menu Recuperação do CPC. Duplo-clique em Carregar do CD-ROM ou Servidor. Na caixa de diálogo seguinte, selecione CD-ROM local e então clique em Continuar. Na caixa de diálogo a seguir, mantenha a seleção default de generic.ins e então clique em Continuar. Pule para a Seção 1.8 para continuar Instalando em uma LPAR sem os CDs do Red Hat Enterprise Linux para o S/390 Autentique-se no Support Element Workplace como um usuário com privilégios suficientes para instalar um novo sistema operacional em uma LPAR. Selecione Imagens e então selecione a LPAR na qual você deseja instalar. Use as setas do lado direito da janela para navegar ao menu Recuperação do CPC. Duplo clique em Carregar do CD-ROM ou Servidor. Na caixa de diálogo a seguir, selecione Fonte FTP e indique as seguintes informações: Computador hospedeiro: Nome da máquina ou endereço IP do servidor FTP a partir do qual você deseja instalar (por exemplo: ftp.redhat.com) ID do usuário: Senha: Seu nome de usuário no servidor FTP (ou anônimo) Sua senha (use seu endereço de se for se autenticar como anônimo)

20 10 Capítulo 1. Passos para Você Começar Conta: Deixe este campo vazio Localidade do arquivo (pode ser deixado em branco): Diretório do servidor FTP que contém o Red Hat Enterprise Linux para S/390 (por exemplo: /pub/redhat/linux/rawhide/s390) Clique em Continar. Na caixa de diálogo seguinte, mantenha a seleção default de redhat.ins e clique em Continuar. Consulte a Seção 1.8 para continuar Instalando em uma LPAR (Passos Comuns) Após o programa de instalação do Red Hat Enterprise Linux ser iniciado (se o campo vermelho atrás do ícone da LPAR está desaparecendo, o programa de instalação começou), selecione a LPAR e duplo-clique em Mensagens do Sistema Operacional. O script de inicialização da instalação inicial questiona a configuração da sua rede e DASD. O Red Hat Enterprise Linux 4 alterou o limite para arquivos de parâmetros e agora aceita trinta e dois (32) parâmetros. As informações que não foram especificadas no arquivo de parâmetros devem ser respondidas no programa de instalação. Uma vez respondidas todas as perguntas, você está pronto para começar o programa de instalação central, loader. Para continuar a instalação, consulte o Capítulo 2 Nota Se você instalar sobre uma rede com FTP ou HTTP, deve executar uma instalação em modo texto Você tem Espaço Suficiente em Disco? Praticamente todos os sistemas operacionais (OS) de hoje usam partições de disco, e o Red Hat Enterprise Linux não é uma exceção. Quando você instala o Red Hat Enterprise Linux, pode ter que trabalhar com partições de disco. O espaço em disco utilizado pelo Red Hat Enterprise Linux deve estar separado do espaço usado por outros sistemas operacionais que você tenha instalado em seu sistema. Para mais informações sobre a configuração de discos e partições, consulte a Seção

Red Hat Enterprise Linux 3. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e

Red Hat Enterprise Linux 3. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e Red Hat Enterprise Linux 3 Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e IBM eserver zseries Red Hat Enterprise Linux 3: Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM S/390 e IBM eserver zseries Copyright

Leia mais

Red Hat Enterprise Linux 4. Guia de Instalação para Arquitetura POWER da IBM

Red Hat Enterprise Linux 4. Guia de Instalação para Arquitetura POWER da IBM Red Hat Enterprise Linux 4 Guia de Instalação para Arquitetura POWER da IBM Red Hat Enterprise Linux 4: Guia de Instalação para Arquitetura POWER da IBM Copyright 2005 por Red Hat, Inc. Red Hat, Inc. 1801Varsity

Leia mais

Red Hat Enterprise Linux 3. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM eserver iseries e IBM eserver pseries

Red Hat Enterprise Linux 3. Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM eserver iseries e IBM eserver pseries Red Hat Enterprise Linux 3 Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM eserver iseries e IBM eserver pseries Red Hat Enterprise Linux 3: Guia de Instalação para as Arquiteturas IBM eserver iseries e IBM

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Criado por: Flavio Henrique Somensi flavio@opens.com.br Revisão: qui, 25 de abril de 2013 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 4 Visão geral da instalação 4 Passo 1: Buscar atualizações 4 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 4 Passo 3: Instalar o Windows no seu

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

Leia antes de instalar Mac OS X

Leia antes de instalar Mac OS X Leia antes de instalar Mac OS X Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações sobre os computadores compatíveis, requisitos do sistema e como instalar o Mac OS X. Para obter

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

Messenger. Novell. Início Rápido 2.0 LOCALIZANDO A DOCUMENTAÇÃO DO NOVELL MESSENGER. \server\docs\readmeen.txt

Messenger. Novell. Início Rápido 2.0 LOCALIZANDO A DOCUMENTAÇÃO DO NOVELL MESSENGER. \server\docs\readmeen.txt Novell Messenger 2.0 www.novell.com Início Rápido O Novell Messenger é um produto corporativo de mensagens instantâneas compatível com várias plataformas e baseado no Novell edirectory TM. Seu sistema

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 NOVELL CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Use os seguintes procedimentos para instalar uma nova versão do SUSE Linux Enterprise 11. Este documento

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA NOVELL Use os seguintes procedimentos

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows Guia do Usuário Serviço de Atendimento ao Cliente/ Suporte Técnico Site: http://www.laplink.com/index.php/por/contact E-mail:

Leia mais

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012 Para WebReporter 2012 Última revisão: 09/13/2012 Índice Instalando componentes de pré-requisito... 1 Visão geral... 1 Etapa 1: Ative os Serviços de Informações da Internet... 1 Etapa 2: Execute o Setup.exe

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático Virtual Box Instalação do Virtual Box Instalação do Extension Pack Criando uma Máquina Virtual Instalando o Windows

Leia mais

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Março de 2013 1 P á g i n a Sumário 1. Introdução... 3 2. Visão Geral...

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Configurando o Sistema Operacional TC-OS

Configurando o Sistema Operacional TC-OS Configurando o Sistema Operacional TC-OS O TC-OS é o Sistema Operacional das soluções Thin Clients da ThinNetworks. Foi desenvolvido especialmente para servir a thin clients possibilitando-os se conectar

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Índice 3 Introdução 4 Requisitos Necessários 5 Visão Geral da Instalação 5 Passo 1: Buscar atualizações 5 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 5 Passo 3: Instalar

Leia mais

INICIANDO A INSTALAÇÃO

INICIANDO A INSTALAÇÃO INICIANDO A INSTALAÇÃO Abra o leitor de CD do computador que será dedicado ao ÚnicoNET. Coloque o CD que acabamos de gravar com o NERO EXPRESS e reinicie o HARDWARE (CTRL+ALT+DEL), caso não consiga reiniciar

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Wake-on-LAN

TeamViewer 9 Manual Wake-on-LAN TeamViewer 9 Manual Wake-on-LAN Rev 9.2-12/2013 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre Wake-on-LAN... 3 2 Requisitos... 4 3 Configuração do Windows... 5 3.1

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Qlik Sense Desktop. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Desktop. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Desktop Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04.

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04. Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Figura 03. Crie um novo disco virtual. Figura 04. 2 Escolha o formato de disco padrão do Virtual Box, VDI. Figura 05. Escolha o disco rígido Dinamicamente Alocado. Figura

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA AULA 07 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA O Utilitário de configuração do sistema, o famoso "msconfig" está disponível nas versões recentes do Windows. Para abrir o

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

SMART Sync 2010 Guia prático

SMART Sync 2010 Guia prático SMART Sync 2010 Guia prático Simplificando o extraordinário Registro do produto Se você registrar o seu produto SMART, receberá notificações sobre novos recursos e atualizações de software. Registre-se

Leia mais

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem 1 1. Introdução / 2. Conteúdo da embalagem 1. Introdução O Repetidor WiFi Multilaser é a combinação entre uma conexão com e sem fio. Foi projetado especificamente para pequenas empresas, escritórios e

Leia mais

Guia de Instalação de Software

Guia de Instalação de Software Guia de Instalação de Software Este manual explica como instalar o software por meio de uma conexão USB ou de rede. A conexão de rede não está disponível para os modelos SP 200/200S/203S/203SF/204SF. Fluxograma

Leia mais

Máquinas Virtuais com o VirtualBox

Máquinas Virtuais com o VirtualBox Máquinas Virtuais com o VirtualBox Marcos Elias Picão www.explorando.com.br No exemplo: Windows XP dentro do Windows 7 Você pode compartilhar livremente sem interesses comerciais, desde que não modifique.

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Instalação em Dual Boot

Instalação em Dual Boot Manual Instalação em Dual Boot tutorial de instalação Dual boot Windows XP e o Linux Educacional 2.0 Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Instalação em Dual

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Baseado na versão 3.0-betha-rc2 por OpenS Tecnologia LTDA. Rua dos Cisnes, 541 Pedra Branca CEP 88137-300 - Palhoça - SC www.opens.com.br

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e

Boot Camp Guia de Instalação e Boot Camp Guia de Instalação e Índice 3 Introdução 4 Requisitos Necessários 5 Visão Geral da Instalação 5 Passo 1: Buscar atualizações 5 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 5 Passo 3: Instalar o Windows

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Guia Rápido de Instalação Ilustrado

Guia Rápido de Instalação Ilustrado Livre S.O. Guia Rápido de Instalação Ilustrado Introdução Este guia tem como objetivo auxiliar o futuro usuário do Livre S.O. durante o processo de instalação. Todo procedimento é automatizado sendo necessárias

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS.

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. PROGRAMA EMBRAPA DE MELHORAMENTO DE GADO DE CORTE MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. MANUAL DE INSTALAÇÃO: 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX José Vitor Nogueira Santos FT5 Introdução: O QUE É O SUSE OpenSUSE, é uma distribuição

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes sobre como instalar o Mac OS X. Requisitos do sistema Para

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Desktop 11 NOVELL CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Use os seguintes procedimentos para instalar uma nova versão do SUSE Linux Enterprise Desktop 11.

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software Introdução HOW TO Página: 1 de 14 Para fazer a migração/instalação do 6.1 Software, é necessária a instalação do Sistema Operacional Linux Fedora Core 8. Explicaremos passo a passo como formatar a máquina,

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS Servidor: O servidor é todo computador no qual um banco de dados ou um programa (aplicação) está instalado e será COMPARTILHADO para outros computadores,

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

DEPARTAMENTO DE VAREJO GUIA DE INSTALAÇÃO PCAUX2075 LINUX

DEPARTAMENTO DE VAREJO GUIA DE INSTALAÇÃO PCAUX2075 LINUX Guia Instalação PCAUX2075 LINUX DEPARTAMENTO DE VAREJO GUIA DE INSTALAÇÃO PCAUX2075 LINUX Goiânia, 28 março Página 1 Guia Instalação PCAUX2075 LINUX O partamento varejo da PC Sistemas inovou seu produto

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais