Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012"

Transcrição

1 O amor, como ele é?

2 Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012 A história relatada neste livro, é sobre seu primeiro amor, seu primeiro encontro com a felicidade. Pode parecer um pouco poético e engraçado, mais esse é o amor que todos querem para si, se prepare para entrar no mundo de Richard, Richard, como de costume, passeava pelo bairro de sua cidade, calmamente e pensativo. Quase sempre desapercebido e inquieto, não gostava muito de conversar e expor suas opiniões, era um homem sábio e educado, gostava de ler poesia de Shakespeare, o que o motivou a escrever poesias, sobre o amor, no qual sonhou a vida inteira. Richard, não era um simples homem apaixonado e sim, era um grande poeta, uma pessoa que tinha o desejo de amar o próximo, como se fosse alguém de sua família.

3 Richard, nunca teve muito dinheiro. Sempre foi uma pessoa simples e humilde. Não tinha muito tempo para diversão o que tornava difícil, conhecer o tão sonhado amor, pelo qual ele vivia escrevendo. seus amigos, paulo, Marcelo e renato, sempre fizeram piadas sobre sua personalidade e até aconselharam o Richard a sair mais, afinal, Richard era feliz, mesmo não tendo uma vida socialmente agradável, ele entendia o quão mudaria sua vida, se apaixonar por alguém, mais não fazia nada para mudar isso, não procurava, não saia, apenas esperava naquilo, no qual sempre acreditou merecer. Naquilo, no qual sempre sonhou, escreveu e descreveu aos seus amigos o seu tão sonhado amor. Capitulo 2 Como tudo começou Richard, era gerente em uma empresa de vendas e apos um ano, péssimo para os negócios, teve muita perda de funcionários o que aumentava seu trabalho e o deixava bem estressado com sua rotina..

4 Mesmo com todas as dificuldades do seu dia a dia, Richard, sempre acreditou que um dia séria melhor que o outro e assim por diante, e desta forma filosófica, ele segue sua vida. Apos muito tempo de crise na empresa na qual trabalhava, houve uma melhora no começo de 2013 o que lhe deu o luxo de contratar novos funcionários. Mais a ideia de entrevistar pessoas, o assustava um pouco, ele era tímido e bondoso, sempre procurou ajudar todos que pareciam necessitados. - O dia da entrevistas. Richard, nesse dia acordou um pouco mal e ansioso, não havia dormido direito e sabia que ia enfrentar um processo social, bem diferente do qual estava acostumado. Mais tudo estava ocorrendo tão bem, tinha entrevistado centenas de pessoas, tinha lido diversos curriculum e estava incrivelmente cansado. Porém, havia mais uma pessoa, uma mulher, com um curriculum aplausível, para uma mulher tão jovem. Seu nome era Rachel Geller, tinha apenas 20 anos e era uma linda mulher, incrivelmente esperta.

5 Rachel, era diferente de todas as outras pessoas que ele havia conversado, ela havia mais que um belo curriculum, ela havia uma carisma a qual o deixaria encantado. Ela havia um sorriso o qual, sempre tirava sua atenção admirando e se perguntando, se já tinha visto algo tão lindo antes. A química entre os dois, de princípio foi extremamente importante, para fazer, Richard perder um bom tempo de seu dia, pensando a respeito de tudo que havia acontecido e desejando, saber mais sobre aquela mulher, no qual seu sorriso, sempre lhe deixava sem folego. Capitulo 3 O começo de tudo. Apos um bom tempo trabalhando junto, os dois desenvolveram uma amizade, no qual lhe deu a intimidade para chamar, Rachel para sair. Com medo de sua resposta, Richard, não foi capaz de fazer isso cara a cara, afinal, Richard era um homem muito tímido e não tinha coragem de fazer isso olhando para aquela mulher, no qual, estava completamente encantado.

6 Rachel, não pareceu muito admirada com o pedido, pelo contrário, ela pareceu um pouco aliviada, como se já viesse desejando isso a tempo. Richard, estava nervoso e contente, não sabia, como agir diante daquela mulher e tinha medo de estragar o primeiro encontro, a chance de conhecer aquela pessoa na qual estava encantado de uma forma mais intima, conhecer seus medos e seus sonhos. Os dois, haviam marcado de se encontrar em um restaurante, no qual, havia sempre uma banda cantando músicas românticas o que tornaria o clima perfeito, para o primeiro encontro. Richard, estava incrivelmente feliz, nada o fazia ficar triste, conversou sobre Rachel com seus amigos, Paulo e Marcelo, demonstrava inveja e sempre faziam piadinhas dizendo, Que ela era muito bonita para ele. Ele apenas concordava e sorria, estava feliz, pois, acreditava ser verdade. Rachel, não é só a mulher, na qual tirou meu folego, somente com seu sorriso, ela é inteligente e eu única, ela era incrivelmente perfeita.

7 Apos duas semanas, chegou a data na qual, haviam combinado. Richard, não dormiu de noite, estava muito ansioso, mais sabia que não podia ir cheio de olheiras e tirou uma folga do serviço nesse dia, lhe enviou uma mensagem de bom dia e conversou um pouco com Rachel, -Bom dia, querida Rachel. -Bom dia, estou tão ansiosa. (afirmou Rachel.) Richard, nesse momento, não conseguir esconder seu sorriso, pensou um pouco e se despediu da Rachel, pois, ela estava trabalhando. Então, Richard enviou uma mensagem. - Também estou super ansioso, te vejo a noite, beijos! Respondeu Rachel, de imediato. - Ok, até a noite querido. Neste momento, Richard, extremamente feliz, deitouse e acabou pegando no sono, afinal, estava sem dormir.

8 Capitulo 4 O encontro. Richard, acordou eram 6 horas da tarde, estava completamente descansado e sentia-se, ótimo. Estava hiper ativo e com a pulsação, incrivelmente, acelerada. Caminhava pela casa sorrindo, foi até a padaria e sem nenhum motivo, logo Richard, ser tão tímido, comprimento todos da rua, estava feliz, era perceptível, todos podiam enxergar em seu olhar. Richard, havia marcado de encontrar com Rachel, as 21 horas, no restaurante onde haviam reservado uma mesa, mais decidiu, fazer uma surpresa e ir busca-la. Adiantou-se, Richard, vestiu a melhor roupa que tinha, usou seu melhor perfume, e foi de encontro a mulher que ele tanto desejava, a mulher quem irá, mudar sua vida e fazer dele, um homem novo.

9 Continuação.

UMA HISTÓRIA DE AMOR

UMA HISTÓRIA DE AMOR UMA HISTÓRIA DE AMOR Nunca fui de acreditar nessa história de amor "á primeira vista", até conhecer Antonio. Eu era apenas uma menina, que vivia um dia de cada vez sem pretensões de me entregar novamente,

Leia mais

Nossa companhia foi fundada por meio de uma FILOSOFIA que perpetua há 51 anos: DEUS em primeiro FAMÍLIA em segundo CARREIRA em terceiro Versículo,

Nossa companhia foi fundada por meio de uma FILOSOFIA que perpetua há 51 anos: DEUS em primeiro FAMÍLIA em segundo CARREIRA em terceiro Versículo, Sejam Bem-Vindas Nossa companhia foi fundada por meio de uma FILOSOFIA que perpetua há 51 anos: DEUS em primeiro FAMÍLIA em segundo CARREIRA em terceiro Versículo, Oração e hino do dia Momento Quente

Leia mais

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela do reino. Era também meiga, inteligente e talentosa. Todos a admiravam. Todos queriam estar perto dela. Todos queriam fazê-la feliz, pois o seu sorriso iluminava

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO

DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO EU AMO VOCÊ: DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO Cleber Chaves da Costa 1 O amor é paciente, o amor é benigno, não é invejoso; o amor não é orgulhoso, não se envaidece; não é descortês,

Leia mais

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1 O Livro 3 em 1 Lucyana Mutarelli O Livro 3 em 1 1 Edição Abril de 2013 Introdução Este livro chama-se 3 em 1, pois é a junção das três primeiras obras já publicadas da autora Lucyana Mutarelli. Ele contém

Leia mais

A Menina Que Deixou. De Sonhar. Autora: Waleska Alves

A Menina Que Deixou. De Sonhar. Autora: Waleska Alves A Menina Que Deixou De Sonhar Autora: Waleska Alves 1. Era uma vez uma linda menina que sonhava com o natal, todas as noites antes de dormi ela olhava pela janela de seu quarto e imaginava papai noel em

Leia mais

José Francisco da Rocha

José Francisco da Rocha Saudação a Poesia Biografia José Francisco da Rocha, nasceu no dia 04 de janeiro de 1932 em Cedro de São João SE. Filho de José Francisco da Rocha e Antônia Maria de Santana. Casado com Carmelita Souza

Leia mais

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda Matias Miranda Lilico, Um Coelho Atrapalhado Matias Miranda Dedico este livro a você que esta lendo. Jesus te ama e eu também! Lilico era um coelho muito atrapalhado que vivia com sua mãe, seu pai e seus

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Encarte

Encarte Encarte e letras disponíveis em Encarte www.encartedigitalmk.com.br e letras disponíveis em Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

Henrique era um menino de oito anos de idade...

Henrique era um menino de oito anos de idade... 1 Henrique era um menino de oito anos de idade... Havia muita tristeza no ar por causa da doença de Henrique. Pessoas iam e vinham trazendo água fresca e toalhas limpas para passarem em seu rosto e corpo

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

P O D E R D A S C O R E S

P O D E R D A S C O R E S O P O D E R D A S C O R E S Era uma vez uma bruxa chamada Grinalda. Era uma bruxa bondosa que gostava de ajudar as pessoas, independentemente da sua raça ou condição. Era conhecida como a bruxa mais meiga

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

Língua Por. ortuguesa. Os gnomos e o sapateiro

Língua Por. ortuguesa. Os gnomos e o sapateiro Nome: Ensino: F undamental 3 o ano urma: T Data: 10/8/2009 Língua Por ortuguesa Os gnomos e o sapateiro Era uma vez um sapateiro tão pobre, mas tão pobre que só lhe restava couro para um único par de de

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

Confiante e entusiasta. Divertido. Ama um desafio. EXTREMAMENTE impaciente. Às vezes egoísta. Fusível curto (enfurece facilmente).

Confiante e entusiasta. Divertido. Ama um desafio. EXTREMAMENTE impaciente. Às vezes egoísta. Fusível curto (enfurece facilmente). Muito interessante Confiante e entusiasta. Divertido. Ama um desafio. EXTREMAMENTE impaciente. Às vezes egoísta. Fusível curto (enfurece facilmente). Vivido, inteligência apaixonada e afiada. Gosta de

Leia mais

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Quando o Sol se apaixonou pela Lua Letícia Cruz RA00178896 Linguagem Audiovisual e Games Eliseu Lopes Desenho

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

A alga que queria ser flor

A alga que queria ser flor A alga que queria ser flor Ana Cristina Tavares Ilustração Joana Barata IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA COIMBRA UNIVERSITY PRESS Inquire is funded by the European Union within the 7th Framework Programme

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história:

Você já ouviu a história de uma tal garota legal? Bem, se não, deixeme contar uma história: Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história: Uma garota legal é alguém que se dedica de alma e coração em um relacionamento. Ela é alguém que poderia esperar

Leia mais

Catalogação NINA E O VENTO INGRID DITZEL FELCHAK DESENHOS DE ALDANICE ALVES LOPES

Catalogação NINA E O VENTO INGRID DITZEL FELCHAK DESENHOS DE ALDANICE ALVES LOPES Catalogação NINA E O VENTO INGRID DITZEL FELCHAK DESENHOS DE ALDANICE ALVES LOPES 2 Para Ítalo, Fernanda, Natasha, Milena e Paulo Antonio com amor. 3 4 AGRADECIMENTO Encontrei uma menininha admirando fixamente

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES Dicas para lidar com objeções para agendamento Demonstre o seu ENTUSIASMO Não leve para o lado pessoal as objeções levantadas.

Leia mais

Os e mails de Amy começaram no fim de julho e continuaram

Os e mails de Amy começaram no fim de julho e continuaram CAPÍTULO UM Os e mails de Amy começaram no fim de julho e continuaram chegando durante todo o verão. Cada um deixava Matthew um pouco mais tenso: Para: mstheworld@gmail.com Assunto: Estou feliz! Acabo

Leia mais

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs!

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Era só um sonho. Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Já estava com muita saudades! No dia em que poderia ir em um show, aconteceu

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16 Agrupamento de Escolas de Sampaio JOÃO FRAQUINHO Era uma vez um menino que estava muito fraquinho, não tinha força para nada nem para se pôr de pé. Estava deitado no chão da rua,

Leia mais

Ligue o som e clique pra avançar QUANDO O TEU(TUA) FILHO(A) DISSER: PAI, MÃE NÃO SE METAM NA MINHA VIDA!

Ligue o som e clique pra avançar QUANDO O TEU(TUA) FILHO(A) DISSER: PAI, MÃE NÃO SE METAM NA MINHA VIDA! Ligue o som e clique pra avançar QUANDO O TEU(TUA) FILHO(A) DISSER: PAI, MÃE NÃO SE METAM NA MINHA VIDA! Texto criado por um sacerdote. Hoje que estou aprofundando meus estudos teológicos na Família, seus

Leia mais

"Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus," II Corintios 3:5

Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus, II Corintios 3:5 "Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus," II Corintios 3:5 Não havia no povoado pior ofício do que "porteiro do prostíbulo". Mas

Leia mais

Te encontro lá! Blake Miller.

Te encontro lá! Blake Miller. Eu já deveria ter me acostumado com a personalidade daquele carrasco, mas era um pouco impossível engolir toda aquela arrogância e prepotência. Porém, o que eu podia fazer? Blake era simplesmente irresistível.

Leia mais

Olá queridos leitores!

Olá queridos leitores! Poesias de amor Olá queridos leitores! Meu nome é Nagila da Silva ferreira tenho 15 anos e escrevi este livro para vocês que não sabem expressar seus sentimentos facilmente então sempre que puder leia

Leia mais

História de uma Baleia

História de uma Baleia SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / / 0 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Minha inspiração. A Poesia harmoniza o seu dia

Minha inspiração. A Poesia harmoniza o seu dia Minha inspiração A Poesia harmoniza o seu dia Meu jeito de amar Meu jeito de amar é alegre e autêntico É sincero puro e verdadeiro Meu jeito de amar é romântico Me doo me dedico por inteiro Meu jeito de

Leia mais

1.O livro da minha vida e sua justificação

1.O livro da minha vida e sua justificação ÍNDICE: 1. O livro da minha vida e sua justificação 1 2. Contrato de leitura.2 2.1. 7ºano. 3 2.1.1. As minhas escolhas..3 2.2. 8ºano 4 2.2.1. As minhas escolhas.4 2.2.2Os meus PowerPoint(s)..5 2.2.3As

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza 1 2 3 Poemas de um Fantasma Fantasma Souza 2012 4 5 Fantasma Souza Todos os Direitos Reservados TITULO ORIGINAL POEMAS DE UM FANTASMA Projeto Gráfico Midiartes Capa Erisvaldo Correia Edição e Comercialização

Leia mais

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara UM DIA CHEIO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara Tudo começou quando eu queria pescar com meu avô. Ele tinha

Leia mais

ESSÊNCIAS DE POESIAS. Cristina Goulart

ESSÊNCIAS DE POESIAS. Cristina Goulart ESSÊNCIAS DE POESIAS Cristina Goulart 1ª EDIÇÃO LONDRINA- PARANÁ 2013 1 TUDO SE MOVE EM TORNO DAS PALAVRAS. SUA VIDA, SEU MOMENTO E SUA CRIATIVIDADE. TUDO SE TRANSFORMA ATRAVÉS DE DEUS, SEU BEM MAIOR.

Leia mais

O que já foi um verdadeiro romance O que seria do amor sem o encontro romântico ou um passeio de mãos dadas pela pracinha, sem a inocência do

O que já foi um verdadeiro romance O que seria do amor sem o encontro romântico ou um passeio de mãos dadas pela pracinha, sem a inocência do Namorar Namorar é o amor, o amor que se compartilha, o amor que se vive, o amor que é mágico, é estar com quem se gosta, com quem se ama... Às vezes, você se esquece do mundo, só pensa na pessoa amada

Leia mais

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Peça de Carlos José Soares Revisão Literária Nonata Soares Personagens: Ricardo

Leia mais

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre Cartas da Boneca Sofia Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre a viagem inesquecível que realizou, decidiu assim escrever cartas que demostrassem tudo o que ela vivenciou durante

Leia mais

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003 De Antoine De Saint Exupéry

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003  De Antoine De Saint Exupéry O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão RECONTO Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt Este

Leia mais

SOE - Serviço de Orientação Educacional

SOE - Serviço de Orientação Educacional SOE - Serviço de Orientação Educacional Projeto Aprendendo a Ser para Aprender a Conviver Tema: Amizade e Conflito 3º AT Marise Miranda Gomes - Orientadora Educacional - Psicopedagoga Clínica e Institucional

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Poema Mais um dia. Mais um dia a pensar em ti No teu rosto no teu olhar Nos momentos que contigo vivi Que não consigo deixar de me lembrar

Poema Mais um dia. Mais um dia a pensar em ti No teu rosto no teu olhar Nos momentos que contigo vivi Que não consigo deixar de me lembrar Poema Mais um dia. Mais um dia a pensar em ti No teu rosto no teu olhar Nos momentos que contigo vivi Que não consigo deixar de me lembrar Penso em ti o dia inteiro Penso em toda a tua beleza Se ser bonita

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

O COELHO QUE QUERIA DORMIR. O livro mágico. que vai adormecer. os seus filhos. Carl-Johan Forssén Ehrlin. Irina Maununen. Raquel Dutra Lopes

O COELHO QUE QUERIA DORMIR. O livro mágico. que vai adormecer. os seus filhos. Carl-Johan Forssén Ehrlin. Irina Maununen. Raquel Dutra Lopes Carl-Johan Forssén Ehrlin O COELHO QUE QUERIA DORMIR O livro mágico que vai adormecer os seus filhos ilustrações de Irina Maununen Tradução de Raquel Dutra Lopes Isenção de responsabilidade: Ainda que

Leia mais

Como pegar mulheres gatas na balada em 10 passos Bruno Giglio

Como pegar mulheres gatas na balada em 10 passos Bruno Giglio 1 Introdução A maioria dos homens acredita que ter sucesso com mulheres envolve muito tempo, prática e Desenvolvimento Pessoal. Se você é um desses caras, você está totalmente certo! Mas isso não impede

Leia mais

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS APOSTILA CRIANÇAS GUIA DE ATIVIDADES ATIVIDADES PREPARATÓRIAS Escolher a atividade mais adequada ao seu grupo de alunos. Cada professor poderá elaborar sua própria atividade se assim o desejar. Abaixo

Leia mais

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 A Família Desaparecida Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 NUMA BELA MANHÃ DE PRIMAVERA, UM MENINO CAMI NHAVA JUNTO A UM RIO E OLHAVA

Leia mais

Agradecimentos. Sobretudo, agradeço a Deus pela inspiração que me faculta para extravasar tudo que eu sinto nos momentos de devaneio;

Agradecimentos. Sobretudo, agradeço a Deus pela inspiração que me faculta para extravasar tudo que eu sinto nos momentos de devaneio; Índice 01 Índice; 02 Agradecimentos; 03 Senhor... 04 Sigmund Freud; 05 Para Tânia; 06 DEUS sobre todas as coisas; 07 Alucinações; 08 Visão Geral; 09 A escritora; 15 O velho casarão; 20 Mês de agosto; 25

Leia mais

Personalidade das horas

Personalidade das horas Personalidade das horas Diga a que horas você nasceu e eu te direi como você é! O Horóscopo das Horas revela um pouco da personalidade de cada um de nós. Aproveite para conhecer o perfil dos amigos, parentes

Leia mais

Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um

Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um time e tornar- se uma Diretora rapidamente e pergunta

Leia mais

Era uma vez Um conto da felicidade de um jovem casal

Era uma vez Um conto da felicidade de um jovem casal Era uma vez Um conto da felicidade de um jovem casal Era uma vez Assim começa um conto de verdade. E o que segue embaixo é um conto que o mundo raramente viu igual. O conto começa na Dinamarca. Era uma

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI A SABEDORIA DO SAMURAI 2ª feira, dia 24 de outubro de 2016 Esta semana vamos aceitar um conselho do Papa Francisco e uma norma de boa educação muito antiga:

Leia mais

História de Carmem Biancho Flores

História de Carmem Biancho Flores História de Carmem Biancho Flores Nascimento: 14 de julho de 1953 Falecimento: 6 de outubro de 2013 Foi no dia 14 de julho de 1953 que Valdemar e Alda Biancho tiveram sua filha Carmen, que passou muitas

Leia mais

O LENHADOR E OS CAJUEIROS

O LENHADOR E OS CAJUEIROS O LENHADOR E OS CAJUEIROS Eduardo B. Córdula e Rafael T. Guerra Uma família de retirantes vinda de uma região castigada pela seca no alto sertão paraibano, onde nada nascia e a água era pouca e ruim, procurava

Leia mais

SEM DESTINO. (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso

SEM DESTINO. (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso Índice 01 Índice; 02 SEM DESTINO (Contos) 03 Agradecimentos; 04 SENHOR... 05 Sigmund Freud; 06 Para Tânia; 07 DEUS sobre todas as coisas; 08 Beberam do próprio veneno; 12 A falta de experiência; 16 Um

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 12 por

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

DATA: / / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: %

DATA: / / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 203 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

- É verdade, em alguns setores da economia as mudanças são tão rápidas que no prazo de três a quatro anos muda quase tudo, complementa Marilda.

- É verdade, em alguns setores da economia as mudanças são tão rápidas que no prazo de três a quatro anos muda quase tudo, complementa Marilda. Conversa de Amigos Um casal de amigos está a conversar. Recordam o tempo de estudante, as suas caminhadas pela vida profissional, a velocidade das mudanças no campo da ciência e no campo profissional em

Leia mais

2 UMA NARRATIVA ESPECIAL! UMA EXPERIÊNCIA EM

2 UMA NARRATIVA ESPECIAL! UMA EXPERIÊNCIA EM 2 UMA NARRATIVA ESPECIAL! UMA EXPERIÊNCIA EM ASSIS Ana Maria Ramos Sanchez Varella A narrativa escrita é uma tentativa de dar acesso a um percurso interior que evolui correlativamente para um percurso

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

como diz a frase: nois é grossa mas no fundo é um amor sempre é assim em cima da hora a pessoa muda numa hora ela fica com raiva, triste, feliz etc.

como diz a frase: nois é grossa mas no fundo é um amor sempre é assim em cima da hora a pessoa muda numa hora ela fica com raiva, triste, feliz etc. SEGUIR EM FRENTE seguir sempre em frente, nunca desistir dos seus sonhos todos nós temos seu nivel ou seja todos nós temos seu ponto fraco e siga nunca desistir e tentar até voce conseguir seu sonho se

Leia mais

Gabriel Arruda Burani. EstilhACos. de Mim

Gabriel Arruda Burani. EstilhACos. de Mim EstilhACos de Mim Gabriel Arruda Burani EstilhACos de Mim Copyright 2013 by Gabriel Arruda Burani Todos os direitos reservados. 1ª Edição A reprodução não autorizada desta publicação em sua totalidade

Leia mais

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares TIPOS DE DISCURSO DISCURSO DIRETO = REPRODUÇÃO O próprio personagem fala. Paulo disse a ele: _ Venha cá. DISCURSO INDIRETO = TRADUÇÃO O autor

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE RIO DE MOURO PADRE ALBERTO NETO QUESTIONÁRIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE RIO DE MOURO PADRE ALBERTO NETO QUESTIONÁRIO QUESTIONÁRIO Após teres lido o livro O GUARDA DA PRAIA de Maria Teresa Maia Gonzalez, com atenção, assinala a afirmação com V se for verdadeira ou com F se for falsa. 1. A história deste livro centra se

Leia mais

Olhares. Rosângela Trajano. 2 - Por que não permitimos que os outros se aproximem de nós? 4 O que são as coisas mais simples do mundo para você?

Olhares. Rosângela Trajano. 2 - Por que não permitimos que os outros se aproximem de nós? 4 O que são as coisas mais simples do mundo para você? Olhares Ando pelas ruas e a multidão quase esbarra em mim. Tenho certeza que se me deitasse no chão seria pisoteada. As pessoas não olham mais para o chão, aliás as pessoas não olham mais nem para si mesmas.

Leia mais

coleção Conversas #24 Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #24 Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #24 Eu Posso sou me G ay. curar? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar

Leia mais

Este livro pertence a

Este livro pertence a Cristais em meus olhos Este livro pertence a Em seu consultório, a médica está explicando tudo sobre cistinose para Bruno. Seu corpo é feito de milhares e milhares de células pequeninas, ela disse. Imagine

Leia mais

exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço,

exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço, 36 A turma do Neco resolveu organizar algumas expedições exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço, ~ contrar os lugares das histórias contadas por Annetle, uma bela mulher que visitara

Leia mais

Que Nevão! Teresa Dangerfield

Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Mamã, Mamã, está tudo branquinho lá fora! gritou o Tomás muito contente assim que se levantou e espreitou pela janela. Mariana, vem ver depressa!

Leia mais

Professor - Sim, Tomás, e podem usar materiais como o desenho, colagens, fotografias, textos e tudo o que a vossa imaginação ditar! O trabalho mais or

Professor - Sim, Tomás, e podem usar materiais como o desenho, colagens, fotografias, textos e tudo o que a vossa imaginação ditar! O trabalho mais or Lili e o jogo das profissões Naquele dia, o professor Mocho tinha uma grande surpresa para os nossos amiguinhos: um jogo que nenhum deles iria querer perder! Professor Mocho - Bom dia, meus queridos alunos!

Leia mais

DESCUBRA. SE VOCÊ PRECISA Meditar

DESCUBRA. SE VOCÊ PRECISA Meditar DESCUBRA SE VOCÊ PRECISA Meditar QUEM SOU? Eu sou Amanda Dreher e neste ebook especial você vai descobrir se nível de energia interna e se você precisa praticar meditação para acalmar a mente equilibrar

Leia mais

Exercício Extra 31. Nome: Turma:

Exercício Extra 31. Nome: Turma: Exercício Extra 31 Nome: Turma: LÍNGUA PORTUGUESA 3º ano do Ensino Fundamental Data: 10/10/2016 Data de devolução: 17/10/2016 História meio ao contrário [...] Foi um alívio geral. Então, o rei completou,

Leia mais

Coisas De Pré- Adolescentes!

Coisas De Pré- Adolescentes! Coisas De Pré- Adolescentes! Um pouco sobre mim e a minha página! Oie Amores! Tudo bem? Meu nome é Kylianne, tenho 12 anos! Eu fiz essa página para poder falar tudo que nós adolescentes amamos! Coisas

Leia mais

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco...

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco... Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Joga a bola, papai! Joga a bola!! Está bem, Carlinhos! Pode deixar que eu jogo!! Um, dois, três

Leia mais

CARTAS E POEMAS DE AMOR ANGÉLICA DA SILVA ARANTES

CARTAS E POEMAS DE AMOR ANGÉLICA DA SILVA ARANTES CARTAS E POEMAS DE AMOR ANGÉLICA DA SILVA ARANTES PRIMEIRA EDIÇÃO / 2011 1 Sumário SINOPSE... 4 UMA HISTÓRIA REAL... 5 AO MEU CRIADOR... 6 CARTA AO MEU AMOR... 7 CARTA AO MEU AMADO... 8 AO MEU QUERIDO

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 3 Data: 18/10/2010 Hora: 19h00 Duração: 22:25 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016

Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016 Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016 Digamos onde acordou tudo alegre e assim permaneceu. Acho completamente impossível tentar descrever nas palavras o sentimento que sinto aqui dentro

Leia mais

Escrita. Por Ricardo Fonseca

Escrita. Por Ricardo Fonseca Escrita Por Ricardo Fonseca FUGA MEDOS GRATIDÃO MISSÃO Sonhos VIVER DOENÇA FAMÍLIA Amor DÚVIDAS PAIXÃO Escrever SAÚDE RECUPERAÇÃO TRISTEZA ABUNDÂNCIA PERDA Luto REALIZAÇÃO VITÓRIA FELICIDADE ABANDONO CRISE

Leia mais

Discurso in verso. Jeanne Barros Leal de Pontes Medeiros*

Discurso in verso. Jeanne Barros Leal de Pontes Medeiros* Discurso in verso Jeanne Barros Leal de Pontes Medeiros* Boa noite minha gente Permitam que me apresente Sou Jeanne concludente Escolhida para falar Venho da Educação Doutora em primeira mão De uma turma

Leia mais

Uma Biblioteca de Sensações e Emoções

Uma Biblioteca de Sensações e Emoções Uma Biblioteca de Sensações e Emoções Patrícia Cristóvão Em Maio de 2006, Maria era a única menina a morar numa pequena aldeia do concelho de Proença-a-Nova. Com 8 anos, era uma menina muito inteligente

Leia mais

Mensagem do dia 01 de Janeiro: Silêncio por favor

Mensagem do dia 01 de Janeiro: Silêncio por favor Mensagem do dia 01 de Janeiro: Silêncio por favor A mensagem deste primeiro dia do ano fala de uma necessidade do ser humano atual: ouvir a si mesmo! Neste ano que se inicia, já decidi: vou aprender a

Leia mais

JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15

JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15 JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15 1 1. Objetivos: Ensinar a cada aluno que Deus estava com Jacó mesmo quando tinha feito coisas más. Ensinar que Deus promete nos amar e ser com aqueles que acreditam e tentam

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil

Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt

Leia mais

Sumário. Sobre a Autora. Sobre o livro. Introdução

Sumário. Sobre a Autora. Sobre o livro. Introdução Author or Company Sumário 4 5 6 7 9 11 Sobre a Autora Sobre o livro Introdução Capítulo 1 Oportunidades Capítulo 2 Crise com Oportunidades Capítulo 3 Como ser Decoradora de Festas Infantis e Vender a Festa

Leia mais

Identificação. ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência

Identificação. ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 Identificação ML01 Duração da entrevista 21:39 Data da entrevista 4-8-2012 Ano de nascimento (Idade) 1953 (59) Local de nascimento/residência

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro

Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro Interessante nosso caso! Nosso amor parece ter encontrado a pitada certa O tempero no ponto exato, Pois não é doce demais, tampouco salgado... Ele é algo difícil de

Leia mais

HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano

HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO Professora: Batasina Colombari Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano Tudo começou numa fazenda no Sul da Turquia onde morava um menino chamado Vigor. Vigor era um menino

Leia mais