UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara"

Transcrição

1 UM DIA CHEIO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

2 Tudo começou quando eu queria pescar com meu avô. Ele tinha cinquenta e seis anos de idade e eu apenas nove. Eu adorava pescar, só não gostava quando não pegava nenhum peixe ou quando demorava muito para fisgar um peixe. Meu nome é Juliano e o meu avô se chama Lucas. Em uma bela tarde eu queria muito pescar, claro que junto com meu avô. Eu perguntei: - Vovô, hoje está um ótimo dia, bom para uma pescaria. O que o senhor acha de irmos pescar? E meu avô respondeu: - Claro, meu netinho querido, vamos. agora!

3 - Juliano, tudo tem uma primeira vez na vida. Você aceita me ajudar a pegar minhocas? Eu, meio sem jeito, respondi: - Tudo bem, vovô, eu vou ajudá-lo. Nós pegamos um baldinho e enchemos de minhocas. Mas de repente eu dei um grito bem alto: - Ai! Ai! Que dor! Acho que espetei meu dedo em um espinho! Meu avô respondeu rapidamente: - Calma, eu vou retirar esse espinho.

4 Depois que meu avô retirou o espinho, que por sinal estava doendo muito, fomos brincar. Brincar não, eu acho que fomos pescar. Mas infelizmente o meu avô tinha esquecido a vara dele e então ele me disse: - Meu netinho, você quer ficar aqui pescando ou você quer ir buscar a vara lá em casa comigo? - Então está bem, Juliano, não saia daqui, está bem? - Claro, eu não vou sair deste lugar. - Vovô, eu acho que vou ficar aqui pescando. Espero conseguir muitos peixes.

5 Quando meu avô foi buscar a vara, eu estava com um pouco de sono, então eu tentei pescar um pouco, mas não peguei peixe algum. Resolvi deitar na grama e caí no sono. Meu avô chegou e disse bem baixinho: - Nossa, ele apagou! Vou levá-lo para casa.

6 Chegando a casa, eu nem tomei banho, fui direto para a cama. Dormi e sonhei muito. Quando acordei disse: - Bom dia, vovô, tudo bem? - Uau! Meu netinho, você dormiu demais! - Nossa! Nem parece tanto tempo assim, vovô. Vamos passear?

7 Eu e meu avô fomos ao bosque. Ainda dava tempo de ver o pôr do sol e como sempre o pôr do sol estava muito bonito.

8 Resolvemos ir embora e no caminho eu vi um passarinho lindo. Eu tentei capturá-lo e fiz uma armadilha bem elaborada: coloquei uma gaiola no chão e joguei alpiste dentro para atraí-lo. Fiquei esperando e quando ele entrou na gaiola, eu puxei a corda. No mesmo instante começou a sair uma fumaça das montanhas e eu saí correndo. Parecia um sinal para eu não mexer com o passarinho.

9 vezes. Encontrei com o vovô Lucas e fomos almoçar na casa da tia Chica. A comida estava muito boa e repeti umas três

10 Na hora de voltarmos para casa, resolvemos convidar a tia Chica para passar uns dias no sítio. Ela ficou uma semana conosco, mas depois teve que partir. Fiquei dando tchau para ela um tempão. Eu gostava muito dela.

11 Eu e meu avô fomos pegar frutas e eu levei meu estilingue. Eu sempre atirava a pedra no galho, para que a fruta caísse mais fácil.

12 Depois que colhemos muitas frutas, voltamos para casa. No caminho meu avô encontrou um passarinho que estava muito machucado. Ele cuidou do pobre coitadinho!

13 Quando seguíamos para o sítio, lembrei que tinha que decorar a tabuada. Então comecei a perguntar para o meu avô, quanto é 2x2? E 2x4? Ele não era muito bom de matemática, mas ajudava-me como podia.

14 À noite eu fui estudar um pouco, pois teria um trabalho na escola e meu avô me ajudou muito.

15 Depois de saber tudo de cor, comecei a pular de alegria, achava que poderia tirar uma nota boa no trabalho.

16 No dia seguinte estávamos indo para a casa deu uns amigos de meu avô. Assim que comecei a ver o rio e a floresta, quis saber tudo sobre aquela região.

17 Na casa dos amigos de vovô, durante uma conversa, meu avô começou a falar que eu era um garoto inteligente e exemplar. Seus amigos ficaram encantados comigo.

18 Fomos à casa de um outro amigo de vovô e fiquei o tempo todo só ouvindo a conversa dos dois, sem entender nada.

19 Eu fui crescendo e meu avô tinha muito orgulho de mim.

20 Eu sempre acompanhava meu avô em seus passeios e ele se orgulhava porque eu estava me tornando um homenzinho.

21 Júlia. Eu cresci. Passados alguns anos adotei uma linda menina para me fazer companhia. Ela era um amor e o seu nome era

22 Ela era uma menina adorável e muito doce, era a minha melhor companhia.

Língua Portuguesa. Férias na casa de meu avô. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Camila Vilas Boas Oliveira

Língua Portuguesa. Férias na casa de meu avô. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Camila Vilas Boas Oliveira Férias na casa de meu avô Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Camila Vilas Boas Oliveira Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Num belo dia eu e meu avô João fomos pescar

Leia mais

Língua Portuguesa A GRANDE AVENTURA DE JOÃO PEDRO. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Gustavo Venâncio Sales de Souza

Língua Portuguesa A GRANDE AVENTURA DE JOÃO PEDRO. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Gustavo Venâncio Sales de Souza A GRANDE AVENTURA DE JOÃO PEDRO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Gustavo Venâncio Sales de Souza Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Olá, meu nome é João Pedro, eu moro

Leia mais

Pé na Roça. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Brenda Carneiro de Carvalho. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

Pé na Roça. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Brenda Carneiro de Carvalho. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara Pé na Roça Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Brenda Carneiro de Carvalho Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Em um belo dia de sol, Paulo acordou muito ansioso porque

Leia mais

1 von :36

1 von :36 1 von 22 24.05.2006 16:36 2 von 22 24.05.2006 16:36 Era uma vez, numa aldeia pequenina, uma menininha linda como uma flor; sua mãe gostava muito dela, e sua vovozinha ainda mais. 3 von 22 24.05.2006 16:36

Leia mais

O MENINO FELIZ. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Bryan Ferreira Fernandes. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

O MENINO FELIZ. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Bryan Ferreira Fernandes. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara O MENINO FELIZ Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Bryan Ferreira Fernandes Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Um menino chamado José Vitor morava com seu avô na fazenda

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

Língua Portuguesa. As aventuras com o tio Bruno. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Ana Vitória de Morais Vilas Boas

Língua Portuguesa. As aventuras com o tio Bruno. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Ana Vitória de Morais Vilas Boas As aventuras com o tio Bruno Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Ana Vitória de Morais Vilas Boas Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Olá, vou contar a história de um verão

Leia mais

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela anoitecer 1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela chamado pio,bom o cara e legal mas tem um

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda Matias Miranda Lilico, Um Coelho Atrapalhado Matias Miranda Dedico este livro a você que esta lendo. Jesus te ama e eu também! Lilico era um coelho muito atrapalhado que vivia com sua mãe, seu pai e seus

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Uma vida que floresce

Uma vida que floresce Uma vida que floresce Um gato, um sapato e um susto Feito por : Haylin Certo dia, ao voltar da escola,(quando eu ainda morava com a minha avó), fui correndo para o banheiro e tomei um banho bem gostoso.

Leia mais

Deixo meus olhos Falar

Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1º Edição Maio de 2013 WWW.perse.com.br 1 Tânia Abrão Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão

Leia mais

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1 Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão Nasceu em 09/08/1984 Natural da Cidade de Lapa Paraná

Leia mais

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Era uma vez um elefantinho chamado Tolongo. Ele foi criado na savana com sua mãe e algumas outras famílias de elefantes. Eles percorriam os pastos à procura de

Leia mais

SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO

SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO Esse livro faz parte de uma história em animação que está lá no nananina.com.br Ele traz o ponto-de-vista de outro personagem. Afinal, existem muitas histórias dentro de cada

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 12 por

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes Chiquinho MIOLO 3/8/07 9:34 AM Page 14 Meu nome é Chiquinho Meu pai é alto e magro e se chama Chico. Meu avô é baixo e gordo e se chama Francisco. Eu me chamo Chiquinho e ainda não sei como sou. Já andei

Leia mais

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO *CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO LL PRODUÇÕES O fantástico mundo de L.L A visita a um misterioso mundo 2 Luan Patrick Nascimento da Costa, paraense, nascido em 21/01/2012 em Belém Pará. 3 A visita a um misterioso

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da Volta para a casa: Robinho é apresentado e já quer jogar clássico Presidente entrega a camisa 7 ao ídolo do Santos, que já se coloca à disposição de Oswaldo de Oliveira para o duelo com o Corinthians,

Leia mais

Os Perigos da Floresta

Os Perigos da Floresta Rubens de Almeida Oliveira Os Perigos da Floresta Editora BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens RUBENS DE ALMEIDA OLIVEIRA Os Perigos da Floresta RECIFE -PE JAN/2007 Coordenação

Leia mais

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar As Melhores 313 PIADAS para rir sem parar Excesso de velocidade Depois de mandar parar uma condutora, o polícia de trânsito diz-lhe: Minha senhora, vou multá-la. Vinha a 200 quilómetros à hora! O quê???

Leia mais

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria Ame o seu Próximo Parabéns Rafa. Muitas felicidades, muitos anos de vida! Era o aniversário do Rafa, ele estava fazendo seis anos. Há tempos esperava ansioso por esse dia. Dani, seu melhor amigo, tinha

Leia mais

Midnight Memories. L Chagas

Midnight Memories. L Chagas Midnight Memories L Chagas Aos meus leitores, com gratidão. [...] Você, eu e todos os nossos amigos Não me importo quanto gastamos Querida, isso é do que se trata a noite Eu sei que nada faz sentido

Leia mais

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho A namorada vaidosa Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho Quando a peça se inicia, Julinho está deitado no sofá, totalmente coberto e imóvel. Entram Clarisse e Teresa. Estou furiosa, Teresa! Fu-ri-o-sa!

Leia mais

PSY: Você também tratou muito dela quando viviam as duas. A: Depois não percebe que tem de ir apresentável! Só faz o que lhe apetece!

PSY: Você também tratou muito dela quando viviam as duas. A: Depois não percebe que tem de ir apresentável! Só faz o que lhe apetece! Anexo 3 SESSÃO CLÍNICA - A PSY: Então como tem andado? A:Bem. Fomos as três a Fátima, foi giro. Correu bem, gosto de ir lá. Tirando a parte de me chatear com a minha irmã, mas isso já é normal. Anda sempre

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 3 Data: 18/10/2010 Hora: 19h00 Duração: 22:25 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Capítulo I. Descendo pela toca do Coelho

Capítulo I. Descendo pela toca do Coelho Capítulo I Descendo pela toca do Coelho Alice estava começando a se cansar de ficar sentada ao lado da irmã à beira do lago, sem nada para fazer. Uma ou duas vezes ela tinha espiado no livro que a irmã

Leia mais

IDENTIDADES. Metamorfose. Nome:Stefany Santos

IDENTIDADES. Metamorfose. Nome:Stefany Santos Metamorfose IDENTIDADES Metamorfose Nome:Stefany Santos ÍNDICE O que significa metamorfose? O que significa metamorfose ambulante? Indagações Metamorfose Frase Citação Musica Considerações finais Dedicado

Leia mais

Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola,

Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola, Pátio da escola Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola, quando começara a cair encantadores flocos de neve. Entre eles estava o Bernardo, um menino muito curioso

Leia mais

Nada Falta a Quem Não Desperdiça

Nada Falta a Quem Não Desperdiça Nada Falta a Quem Não Desperdiça Toninho e Carol haviam passado a semana toda pensando na viagem para acampar, e finalmente o final de semana chegou. No sábado de manhã cedo, eles ajudaram o pai e a mãe

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984.

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984. museudapessoa.net P/1 Então, vamos lá. Eu queria que você me falasse seu nome completo. R Meu nome é Karen Fisher. P/1 E onde você nasceu, Karen? R Eu nasci aqui no Rio, Rio de Janeiro. P/1 Na cidade mesmo?

Leia mais

Depois do almoço e do soninho da tarde...

Depois do almoço e do soninho da tarde... Marquinhos e sua querida mãe tiveram uma tarde muito especial. Como será que foi? Vamos ver? Mamãe! Mamãe!! Oi, filho! Mamãe! Hoje, lá na Escola das Escrituras, as professoras pediram que nós orássemos

Leia mais

Walter e Olivia são dois escoteiros muito espertos, que hoje estão indo para uma aventura na Praia. Walter está muito animado: - Não vejo a hora de

Walter e Olivia são dois escoteiros muito espertos, que hoje estão indo para uma aventura na Praia. Walter está muito animado: - Não vejo a hora de Walter & Olive Walter e Olivia são dois escoteiros muito espertos, que hoje estão indo para uma aventura na Praia. Walter está muito animado: - Não vejo a hora de chegar e "pegar jacaré". - Eu quero tomar

Leia mais

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte João e Maria (Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte 2016 As crianças foram com o pai e a madrasta cortar lenha na floresta e lá foram abandonadas. João havia marcado o caminho

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 1 Pólya, G., A arte de resolver problemas (1995) p. xii-xiii. 49 Anexo II - Guião de atuação do professor de matemática elaborado por Lester

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

VIVA O OUTONO. INTÉRPRETES um Avô e dois netos

VIVA O OUTONO. INTÉRPRETES um Avô e dois netos VIVA O OUTONO INTÉRPRETES um Avô e dois netos ANA Que estás a fazer, Avô? Não ouves, Avô? AVÔ Quê?.. Estás aí?.. Estou a tocar, não vês?... Não ouves? ANA Bem vejo, bem oiço, mas não é tocar por tocar,

Leia mais

Aos Poetas. Que vem trazer esperança a um povo tristonho, Fazendo os acreditar que ainda existem os sonhos.

Aos Poetas. Que vem trazer esperança a um povo tristonho, Fazendo os acreditar que ainda existem os sonhos. Aos Poetas Venho prestar homenagem a uma grande nação, Que são os nossos poetas que escrevem com dedicação, Os poemas mais lindos e que por todos são bemvindos, Que vem trazer esperança a um povo tristonho,

Leia mais

YAHUVAH falou com ele mesmo ele

YAHUVAH falou com ele mesmo ele Na casa da vovó da Nina, uma história muito especial foi contada! Que história foi essa? Vamos ver? Um, dois, três e... já!!!! Eba, vovó!! Acabei de comer!! Isso, Nina! Você comeu tudinho, tudinho! A sua

Leia mais

-Oi Vô! Vamos pra água? -Calma! Ainda tem que pintar a canoa!

-Oi Vô! Vamos pra água? -Calma! Ainda tem que pintar a canoa! Sabedoria do mar Pesquisa: Fábio G. Daura Jorge, Biólogo. Leonardo L. Wedekin, Biólogo. Natália Hanazaki, Ecóloga. Roteiro: Maurício Muniz Fábio G. Daura Jorge Ilustração: Maurício Muniz Apresentação Esta

Leia mais

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste.

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste. Era uma vez uma princesa muito bonita mas que sofria imenso por ser baixinha Sempre que ia passear as outras crianças troçavam: É pequenina como um cogumelo, baixinha como a relva É baixinha demais para

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

Nº 5 C Natal e Sagrada Família

Nº 5 C Natal e Sagrada Família Nº 5 C Natal e Sagrada Família Esta semana celebramos nascimento de Jesus, no dia de Natal e depois a festa da Sagrada Família. A Sagrada Família é composta por Maria, José e o Menino Jesus. A Sagrada

Leia mais

Não furtarás. (Shemot 20:15)

Não furtarás. (Shemot 20:15) O que você faria se quisesse muito um brinquedo ou qualquer outra coisa e não desse para comprar? Vamos ver o que a história desta semana nos ensina sobre isso? Filha? Vamos à papelaria com o papai? Eba!!

Leia mais

O Homem De Mil Anos. Natael Noé Santana

O Homem De Mil Anos. Natael Noé Santana O Homem De Mil Anos Natael Noé Santana Sorocaba SP 2014 ISBN: Capa: Natael Noé Santana 2 Agradecimentos Agradeço primeiramente a Deus, a minha Família, a minha Esposa e a todos que apoiaram meu trabalho.

Leia mais

Bruxa Boa em. Casa Nova

Bruxa Boa em. Casa Nova Bruxa Boa em Casa Nova No primeiro livro da Bruxa Boa, uma avó chamada Lilibeth viveu algumas aventuras divertidas com sua neta Tatinha. A luta contra as Bruxas Más, Cara-de-Janela e Cara-de-Panela, o

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO.

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. 1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. CENA 1/CASA DA /NOITE Dizia a lenda que em todo dia 1 de abril aparecia um espírito do mal que aterrorizava

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

Filha, agora que vais casar tens de tratar bem do teu marido, ter a comida sempre pronta, dar banho e não recusar ter relações sexuais sempre que ele

Filha, agora que vais casar tens de tratar bem do teu marido, ter a comida sempre pronta, dar banho e não recusar ter relações sexuais sempre que ele Filha, agora que vais casar tens de tratar bem do teu marido, ter a comida sempre pronta, dar banho e não recusar ter relações sexuais sempre que ele quiser. É isso Rosa, se ele arranjar uma mulher fora,

Leia mais

Após esse relato, como a equipe percebe Miguel?

Após esse relato, como a equipe percebe Miguel? 1 Relato da mãe de Miguel Miguel levantou- se correndo, não quis tomar café e nem ligou para o bolo que eu havia feito especialmente para ele. Só apanhou o maço de cigarros e a caixa de fósforos. Não quis

Leia mais

Para onde a gente está indo?

Para onde a gente está indo? Segunda-feira Para onde a gente está indo? Para a reunião da família Zumbi respondeu minha mãe. Ah, cara, que coisa horrível! Achei que ia passar o resto do verão só jogando video game e comendo bolo.

Leia mais

Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma

Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma Nº 16 C 2º Domingo da Quaresma-21.2.2016 É bom estar com Jesus Jesus, quando os amigos me abandonarem e não tiver ninguém com quem desabafar, Jesus, quando me faltar a coragem para iniciar um novo dia

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

A rapariga e o homem da lua

A rapariga e o homem da lua A rapariga e o homem da lua (conto tradicional do povo tchuktchi) Viveu outrora, entre o povo Tchuktchi, um homem que só tinha uma filha. A filha era a melhor das ajudas que o pai podia ter. Passava o

Leia mais

*PRECCI* Programa de Evangelização e Catequese Católico InfantoJuvenil TiaJane. Roteiro

*PRECCI* Programa de Evangelização e Catequese Católico InfantoJuvenil TiaJane. Roteiro Personagens: J- TIA JANE B- Anjo BENTINHO P- PEDRINHO C- CLARINHA Be- Bebel Roteiro J- É ano novo lalaia, é ano novo lalaia! Vou deixar tudo bonito pra esperar o menino Jesus que vai nascer!!! (cantando

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 Ensino Fundamental e Ensino Médio Sistema de Recuperação Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação de Língua Portuguesa Nível: I F-2 Professor (a):

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume II 03 a 04 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume II 03 a 04 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume II 03 a 04 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME II (03 A 04 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL

Leia mais

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª A Coruja e a Raposa Era uma vez uma coruja que tinha sua bela casa na montanha. A raposa tinha uma casa pequena e feia. Um dia, a coruja convidou a raposa para almoçar em sua

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

O PREÇO DO ALVORECER

O PREÇO DO ALVORECER O PREÇO DO ALVORECER Um amor inesquecível Sabe essas manhãs, quando você não tem nada para fazer e resolver sair sem rumo? Então, uma manhã dessas resolvi sair e fui até uma praça próximo da minha casa,

Leia mais

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre Cartas da Boneca Sofia Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre a viagem inesquecível que realizou, decidiu assim escrever cartas que demostrassem tudo o que ela vivenciou durante

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Entre banjo e Bieber há mais coisas do que uma vã discografia pode comportar. Será?

Entre banjo e Bieber há mais coisas do que uma vã discografia pode comportar. Será? Mumford & Sons: guitarrista promete show dançante e se diz fã de Bieber \'Se não conseguir fazer brasileiros dançarem, largo a música\', diz sobre Lolla. Winston Marshall diz que próximo álbum vai ter

Leia mais

P O D E R D A S C O R E S

P O D E R D A S C O R E S O P O D E R D A S C O R E S Era uma vez uma bruxa chamada Grinalda. Era uma bruxa bondosa que gostava de ajudar as pessoas, independentemente da sua raça ou condição. Era conhecida como a bruxa mais meiga

Leia mais

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito As Aventuras de Derry Pirce Derry Pirse é um adolescente órfão que mora com o tio porque os pais morreram em um incêndio onde tiveram 12 mortos

Leia mais

A Galinha que criava um ratinho

A Galinha que criava um ratinho SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / / 0 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura)

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura) Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso Ano Lectivo 2009/2010 O segredo do rio Trabalho realizado no âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura) Era uma vez um rapaz que morava numa casa no campo.

Leia mais

Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012

Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012 Disciplina LÍNGUA PORTUGUESA Curso ENSINO FUNDAMENTAL II Professor MARIANA Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012 Aluno (a): Número: 1 - Conteúdo: Gêneros narrativos:

Leia mais

Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Texto 1 Meia Palavra Não Basta PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Leia mais

Protocolo da Entrevista a Anália

Protocolo da Entrevista a Anália Protocolo da Entrevista a Anália 1 Pedia-lhe que me contasse o que lhe aconteceu de importante desde que acabou a licenciatura até agora. Então, eu acabei o 4.º ano da licenciatura e tinha o 5.º ano que

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

O Gavião e a Coruja. Espaço TERRA NOVA - BAHIA

O Gavião e a Coruja. Espaço TERRA NOVA - BAHIA O Gavião e a Coruja Espaço TERRA NOVA - BAHIA.p65 1 Apresentação O Bangüê, uma entidade cultural beneficente, instalada no município de Terra Nova, Região do Recôncavo da Bahia, vem elaborando o projeto

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

Evangelismo de Impacto.

Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script DIA DAS MÃES O PRESENTE Teatro Evangélico A arte teatral a serviço do mestre. www.teatroevangelico.com.br 2 O PRESENTE

Leia mais

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA Personagens: NARRADORA: ROMEU: JULIETA: MERCUTIO: FREI LOURENÇO: CAPULETO (Pai de Julieta): SENHORA CAPULETO (Mãe de Julieta): CARLOTA (Irmã de Julieta): AMA

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA SALVADOR(BA), 28/08/99 ESTÚDIO: 15/11/2003 ESTILO: ROMÂNTICO TOM: C (DÓ MAIOR) EU CHEGO LÁ EU VOU TE AMAR. NO TEMPO CERTO EU VOU COLHENDO OS FRUTOS MADUROS E VOU VIVENDO. NA CONJUNÇÃO DA LUA VOU SELECIONANDO

Leia mais

GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio

GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio Monitora 1 Onde é que nós estamos? Alunos 1 Na Fábrica. Monitora 2 Mas em que espaço? Ora reparem à vossa volta. Alunos 2 Numa

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais