Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009"

Transcrição

1 A Família Desaparecida Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009

2 NUMA BELA MANHÃ DE PRIMAVERA, UM MENINO CAMI NHAVA JUNTO A UM RIO E OLHAVA ATENTAMENTE PARA A ÁGUA PARA VER SE ENCONTRAVA UM PEIXE MUITO ESPECIAL. HÁ MUITO TEMPO ATRÁS, UMA BRUXA MALVADA TINHA TRANSFORMADO O SEU IRMÃOZINHO NUM PEIXINHO DOURADO QUE AGORA NADAVA NAQUELAS ÁGUAS. TODAVIA, ENQUANTO PROCURAVA SURGE UM LEÃO E A CRIANÇA CHEIA DE MEDO COMEÇA A GRITAR: - SOCORRO, SOCORRO, PRECISO DE AJUDA! As Nossas Histórias 2

3 NAQUELE MOMENTO, APARECEU UMA FADA QUE FALOU COM O LEÃO E LHE PEDIU PARA DEIXAR A CRIANÇA. O LEÃO TINHA UM SEGREDO PARA CONTAR AO MENINO E À FADA. PORÉM SÓ A FADA O CONSEGUIA PERCEBER E SÓ LHE CONTOU A ELA, DESAPARECENDO EM SEGUIDA. A FADA TAMBÉM VOLTOU PARA A SUA CASA E A CRIANÇA CONTINUAVA À PROCURA DO PEIXE POIS SENTIA FALTA DO SEU IRMÃO. ENQUANTO PROCURAVA APARECEU A BRUXA MAL- VADA QUE LHE PERGUNTOU SE TINHA VISTO UM ANEL E A CRIANÇA RESPONDEU-LHE QUE NÃO. COMO NÃO FICOU CONVENCIDA A RES- POSTA, A BRUXA DECIDIU LEVAR A CRIANÇA PARA O SEU CASTELO A Família Desaparecida 3

4 QUE FICAVA DO OUTRO LADO DO RIO. PARA ATRAVESSAR O RIO, A BRUXA USOU UM BARCO ANCORADO JUNTO À MARGEM. QUANDO CHEGOU AO CASTELO PRENDEU A CRIANÇA NUMA JAULA POIS QUE- RIA QUE A CRIANÇA LHE DISSESSE ONDE ESTAVA O ANEL. MAS A FADA AO SABER QUE A CRIANÇA ESTAVA PRESA FOI ATÉ AO OUTRO LADO DO RIO, ENTROU NO CASTELO PÉ ANTE PÉ, MAS REPAROU QUE A BRUXA ESTAVA LÁ. DECIDIU ENTÃO ESCONDER-SE ATÉ QUE A BRUXA SAÍSSE DO CASTELO. PASSADO ALGUM TEMPO, A BRUXA SAIU PARA IR ÀS COMPRAS E A FADA PODE ENTÃO SALVAR A As Nossas Histórias 4

5 CRIANÇA E LEVÁ-LA PARA UM CAMPO ONDE SABERIA QUE ESTARIA EM SEGURANÇA. ASSIM FEZ! A FADA DEIXOU A CRIANÇA NUM GRANDE CAMPO VERDEJANTE, PERTO DA CASA ONDE ELA VIVIA COM OS PAIS E COM O IRMÃOZINHO DESAPARECIDO. A CRIANÇA AGRA- DECEU À FADA E AO CAMINHAR PELO CAMPO VIU ALGO BRILHANTE NO CHÃO: ERA UM ANEL, AQUELE QUE A BRUXA TANTO PROCURAVA. PENSOU LOGO QUE AQUELE ANEL DEVIA SER MÁGICO E POR ISSO PEGOU NELE E GUARDOU-O NO BOLSO. COMO ESTAVA CANSADO, RESOLVEU SENTAR-SE DE BAIXO DE UMA GRANDE ÁRVORE ONDE ESTEVE DURANTE ALGUM TEMPO A CONTEMPLAR A PAISAGEM. A Família Desaparecida 5

6 COMO TINHA SAUDADES DO LOCAL ONDE VIVERA, DECIDIU IR ATÉ À SUA CASA. E ASSIM FEZ, PÔS-SE A CAMINHO. QUANDO CHEGOU À SUA CASA, PREPAROU ALGO PARA COMER E LEMBROU-SE DO ANEL. PÔS A MÃO NO BOLSO MAS O ANEL TINHA DESAPARECIDO. PENSOU MUITO, E DECIDIU CORRER ATÉ AO LOCAL ONDE TINHA ESTADO. QUANDO LÁ CHEGOU ENCONTROU O ANEL NO CHÃO, TINHA CAÍDO DO SEU BOLSO! PEGOU NELE NOVAMENTE E ELE TRANSFORMOU-SE NUM PEIXE PEQUENINO. MUITO AFLITO, COR- REU PARA CASA O MAIS RÁPIDO QUE PODE E COLOCOU O PEIXINHO NUM POTE COM ÁGUA. MAS QUANDO O COLOCOU NA ÁGUA O As Nossas Histórias 6

7 PEIXINHO TRANSFORMOU-SE EM ANEL NOVAMENTE. TIROU-O ENTÃO DA ÁGUA E PÔ-LO A SECAR. COMO JÁ ERA TARDE, FOI DEI- TAR-SE. NA MANHÃ SEGUINTE, DEPOIS DE MUITO DORMIR E SONHAR, A CRIANÇA PROCUROU O ANEL MAS ELE TINHA DESAPARE- CIDO OUTRA VEZ. COMO FICOU PREOCUPADO, CHAMOU A FADA QUE APARECEU LOGO. A CRIANÇA EXPLICOU-LHE O QUE TINHA ACONTE- CIDO E A FADA DISSE-LHE QUE DEVIA TER SIDO A BRUXA A ROUBAR O ANEL MAS QUE NÃO LHE TINHA ACONTECIDO NADA POIS ELA TINHA O PROTEGIDO COM UM FEITIÇO. FOI NESSA ALTURA QUE OS DOIS DECIDIRAM IR AO CASTELO DA BRUXA POIS A FADA SABIA A Família Desaparecida 7

8 QUE A BRUXA COM AQUELE ANEL FICAVA AINDA MAIS PODEROSA. QUANDO LÁ CHEGARAM VIRAM A BRUXA QUE USAVA O ANEL. COMO SOZINHOS NÃO IAM SER CAPAZES DE LHE TIRAR O ANEL, A FADA LEMBROU-SE DE PEDIR AJUDA AO LEÃO PARA DERROTAREM A BRUXA E REAVEREM O ANEL. FALARAM COM O LEÃO QUE CONCORDOU EM AJUDAR. O LEÃO ERA O PAI DO MENINO QUE TINHA SIDO ENCAN- TADO HÁ ALGUM TEMPO ATRÁS. QUANDO SE APROXIMOU DA CRIANÇA SÓ QUERIA PEDIR-LHE AJUDA PARA SALVAR A MÃE TAM- BÉM ELA TRANSFORMADA EM LEÃO E O SEU IRMÃO, O PEIXINHO. QUANDO O MENINO SOUBE O QUE TINHA ACONTECIDO À FAMÍLIA FICOU MUITO CONTENTE E A FADA DISSE QUE A ÚNICA FORMA DE As Nossas Histórias 8

9 OS LIBERTAR DO FEITIÇO ERA TRANSFORMAR A BRUXA NUMA ROSA BRANCA E GUARDAR PARA SEMPRE O ANEL NO COFRE DA ROSA, MAS PARA ISSO PRECISAVAM DE USAR O ANEL PARA LANÇAR O MAIS PODEROSO FEITIÇO À BRUXA. JUNTOS VOLTARAM AO CASTELO, O LEÃO MORDEU A BRUXA NUM BRAÇO, O ANEL CAIU, O MENINO APA- NHOU-O, DISSE AS PALAVRAS MÁGICAS E A BRUXA TRANSFORMOU- SE NUMA ROSA BRANCA. A FADA PEGOU ENTÃO NO ANEL E FECHOU- O MUITO BEM NO COFRE DA ROSA. O PEIXINHO VOLTOU A SER UMA MENINO, E OS DOIS LEÕES OS PAIS. VOLTARAM PARA A SUA CASA NO PRADO VERDE E VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE. A FADA, BEM, ESSA CONTINUOU A PROTEGER QUEM MAIS PRECISAVA! A Família Desaparecida 9

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

O tempo passou. Branca de Neve cresceu e tornou-se uma jovem ainda mais bonita. Certo dia, ao perguntar sobre sua beleza ao espelho, a vaidosa rainha

O tempo passou. Branca de Neve cresceu e tornou-se uma jovem ainda mais bonita. Certo dia, ao perguntar sobre sua beleza ao espelho, a vaidosa rainha Branca de Neve E ra uma vez uma princesa, muito bela e de pele branquinha, chamada Branca de Neve. A mãe de Branca de Neve, uma bondosa rainha, havia morrido quando ela era ainda um bebê. Alguns anos depois,

Leia mais

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof. Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.ª Karen Bulgareli, como produto final do projeto Contos de fadas, do programa

Leia mais

"agora boa historia" assinado:maria Clara

agora boa historia assinado:maria Clara Fadas e magia Quiz fazer esse livro em homenagem de um desenho que adoro assistir e nesse desenho tem varias fadas não se esqueçam não fiz a historia do filme só fiz uma homenagem "agora boa historia"

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

Adaptação: Sueli Maria de Regino IRMÃO E IRMÃ

Adaptação: Sueli Maria de Regino IRMÃO E IRMÃ Adaptação: Sueli Maria de Regino IRMÃO E IRMÃ Era uma vez dois irmãos, um menino e uma menina, que tinham perdido a mãe e eram maltratados pela madrasta. O irmão, cansado de apanhar todos os dias, pegou

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Tema Transversal: Cultivar e guardar a Criação Disciplina: Língua Portuguesa / ESTUDOS AUTÔNOMOS Ano: 2º - Ensino Fundamental Aluno(a): N o : Turma: Professora: Data: 14 / 6 / 2017

Leia mais

AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES

AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES 1ºB - 2011 APRESENTAÇÃO AO LONGO DESTE SEMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM EM DUPLA UM TRABALHO DE PRODUÇÃO

Leia mais

1ª Edição. Ana Gonçalves. Cândida Santos. Ilustração de. Vítor Silva

1ª Edição. Ana Gonçalves. Cândida Santos. Ilustração de. Vítor Silva 1ª Edição Ana Gonçalves Cândida Santos Ilustração de Vítor Silva Era uma vez uma casa velha no meio de um prado verde. O seu telhado era velho, as paredes eram brancas e à volta da porta e de todas as

Leia mais

Adaptação: Sueli Maria de Regino RAPUNZEL

Adaptação: Sueli Maria de Regino RAPUNZEL Adaptação: Sueli Maria de Regino RAPUNZEL Era uma vez um casal que desejava muito ter um filho, mas os anos se passavam e seu sonho não se realizava. Um dia, a mulher percebeu que ia ter uma criança e

Leia mais

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma!

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma! Durante as aulas no Laboratório de Informática, os alunos e alunas do 1º ano A montaram cenários de contos de fadas utilizando o software Oficina de Histórias e elaboraram textos de autoria sobre o tema.

Leia mais

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte João e Maria (Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte 2016 As crianças foram com o pai e a madrasta cortar lenha na floresta e lá foram abandonadas. João havia marcado o caminho

Leia mais

O PRÍNCIPE SAPO OU ENRIQUE DE FERRO

O PRÍNCIPE SAPO OU ENRIQUE DE FERRO Adaptação: Sueli Maria de Regino O PRÍNCIPE SAPO OU ENRIQUE DE FERRO Há muito tempo, quando os desejos se realizavam, vivia um rei com suas três lindas filhas em um grande castelo. A mais bela das três

Leia mais

A madrasta obrigava Cinderela a vestir roupas velhas e remendadas, mas, mesmo assim, a moça era sempre obediente e gentil. O tempo passava e a vida

A madrasta obrigava Cinderela a vestir roupas velhas e remendadas, mas, mesmo assim, a moça era sempre obediente e gentil. O tempo passava e a vida Cinderela E ra uma vez uma bela jovem chamada Cinderela que vivia feliz com a mãe e o pai. Um dia, porém, a morte da mãe interrompeu a alegria dessa família. A tristeza foi grande. Algum tempo depois,

Leia mais

A Boneca de Porcelana

A Boneca de Porcelana A Boneca de Porcelana Uma garota muito triste tinha acabado de se mudar para uma nova cidade e as coisas estavam dificil para ela,a uma semana ela tinha perdido seu querido cachorro Francisco,na escola

Leia mais

Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil

Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão SIMPLIFICADA Leitura Fácil Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt

Leia mais

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003 De Antoine De Saint Exupéry

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003  De Antoine De Saint Exupéry O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão RECONTO Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt Este

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

AS DOZE PRINCESAS DANÇARINAS

AS DOZE PRINCESAS DANÇARINAS Adaptação: Sueli Maria de Regino AS DOZE PRINCESAS DANÇARINAS Era uma vez um rei que tinha doze filhas. As moças eram muito lindas e dormiam em doze camas, todas no mesmo quarto. Quando as princesas iam

Leia mais

Que Nevão! Teresa Dangerfield

Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Mamã, Mamã, está tudo branquinho lá fora! gritou o Tomás muito contente assim que se levantou e espreitou pela janela. Mariana, vem ver depressa!

Leia mais

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste.

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste. Era uma vez uma princesa muito bonita mas que sofria imenso por ser baixinha Sempre que ia passear as outras crianças troçavam: É pequenina como um cogumelo, baixinha como a relva É baixinha demais para

Leia mais

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16 Agrupamento de Escolas de Sampaio JOÃO FRAQUINHO Era uma vez um menino que estava muito fraquinho, não tinha força para nada nem para se pôr de pé. Estava deitado no chão da rua,

Leia mais

UM MONSTRO EM MINHA ESCOLA Iara M. Medeiros Adaptação da história de.

UM MONSTRO EM MINHA ESCOLA Iara M. Medeiros Adaptação da história de. UM MONSTRO EM MINHA ESCOLA Iara M. Medeiros Adaptação da história de http://growingkinders.blogspot.com.br/ QUANDO RUI ENTROU NO ÔNIBUS PARA IR À ESCOLA, PERCEBEU QUE LÁ DENTRO TINHA UM MONSTRINHO E FICOU

Leia mais

Majestade, o Marquês de Sacobotas, meu patrão, encarregou-me de oferecer-lhe este coelho caçado em matas de propriedade

Majestade, o Marquês de Sacobotas, meu patrão, encarregou-me de oferecer-lhe este coelho caçado em matas de propriedade O gato de botas U m lavrador, ao falecer, deixou de herança um sítio para o filho mais velho, um burrinho para o filho do meio e um gato para o filho mais novo. O caçula não ficou nada satisfeito com o

Leia mais

O soldadinho de chumbo

O soldadinho de chumbo O soldadinho de chumbo U m menino ganhou de presente de aniversário uma caixa de papelão com vinte e cinco soldadinhos de chumbo, todos iguaizinhos. Um deles era perneta, pois durante a fabricação havia

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES

Bíblia para crianças apresenta A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Bíblia para crianças apresenta A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Unidade 9 Compreensão de texto Nome: Data: Leia o conto de fadas a seguir para responder às questões de 1 a 15. Rapunzel Era uma vez um lenhador e sua mulher.

Leia mais

A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES

A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Bíblia para crianças apresenta A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES

A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Bíblia para crianças apresenta A MENINA QUE VIVEU DUAS VEZES Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Versão PICTOGRÁFICA (SPC)

Versão PICTOGRÁFICA (SPC) O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão PICTOGRÁFICA (SPC) Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Tradução e adaptação para pictogramas (SPC) Carlos Pereira e Ana Silva

Leia mais

Adaptação: Sueli Maria de Regino OS DOZE CAÇADORES

Adaptação: Sueli Maria de Regino OS DOZE CAÇADORES Adaptação: Sueli Maria de Regino OS DOZE CAÇADORES Há muito tempo, um príncipe que viajava pelo mundo conheceu uma linda princesa. Os dois se apaixonaram, mas quando festejavam o noivado, veio a notícia

Leia mais

Rosa Alva e Rosa Carmim

Rosa Alva e Rosa Carmim Rosa Alva e Rosa Carmim E ra uma vez uma viúva que vivia em uma cabana no campo e cultivava duas belas roseiras: uma branca e a outra vermelha. A viúva tinha duas filhas, moças lindas e boas, que se chamavam

Leia mais

A alga que queria ser flor

A alga que queria ser flor A alga que queria ser flor Ana Cristina Tavares Ilustração Joana Barata IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA COIMBRA UNIVERSITY PRESS Inquire is funded by the European Union within the 7th Framework Programme

Leia mais

Aventuras de Flavia e Viviane

Aventuras de Flavia e Viviane Aventuras de Flavia e Viviane As aventuras de Flavia e Viviane Flavia e Viviane estavam no quintal sem fazer nada ate que caiu uma maquina esquisita do céu elas estranharam mas,flavia intrometida já foi

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta.

Bíblia para crianças apresenta. Bíblia para crianças apresenta DAVI, O PASTORZINHO Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Lazarus O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem de Hoje 1998 - Sociedade

Leia mais

Certa manhã, todos foram para a mata apanhar lenha e frutas silvrestres, mas os sete irmãos acabaram se perdendo

Certa manhã, todos foram para a mata apanhar lenha e frutas silvrestres, mas os sete irmãos acabaram se perdendo O pequeno Polegar E ra uma vez um casal de lenhadores muito pobre, com sete filhos pequenos. O caçula era magro e fraco, mas também esperto e inteligente. Ele recebeu o apelido de Polegar por ser muito

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS Livro digital recontando a história A Bonequinha preta da autora Alaíde Lisboa de Oliveira, livro escrito no ano de 1930, porém só foi publicado no ano de 2004 BELO

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA

Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

A rapariga e o homem da lua

A rapariga e o homem da lua A rapariga e o homem da lua (conto tradicional do povo tchuktchi) Viveu outrora, entre o povo Tchuktchi, um homem que só tinha uma filha. A filha era a melhor das ajudas que o pai podia ter. Passava o

Leia mais

O príncipe foi andando até que chegou a uma sala de jantar onde havia uma mesa preparada para dois e, em uma poltrona, estava uma gata branca de pêlo

O príncipe foi andando até que chegou a uma sala de jantar onde havia uma mesa preparada para dois e, em uma poltrona, estava uma gata branca de pêlo O príncipe e a gata E ra uma vez um rei, pai de três corajosos príncipes, que estava em dúvida sobre qual deles deveria lhe suceder no trono. Por isso, reuniu os filhos e disse a eles que aquele que trouxesse

Leia mais

A RAINHA DAS ABELHAS

A RAINHA DAS ABELHAS Adaptação: Sueli Maria de Regino A RAINHA DAS ABELHAS Em uma terra distante, vivia um homem que tinha três filhos. Os dois mais velhos eram fortes e valentes, porém, arrogantes e meio desmiolados. O mais

Leia mais

UM PÉ DE TATAJUBEIRA QUE APARECE UM ENCANTO

UM PÉ DE TATAJUBEIRA QUE APARECE UM ENCANTO UM PÉ DE TATAJUBEIRA QUE APARECE UM ENCANTO Dona Francisca da Tribo Tremembé contou que há muito tempo atrás, existia um pé de Tatajubeira que aparecia um encanto. Quando as pessoas passavam por lá viam

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta DAVI, O PASTORZINHO

Bíblia para crianças apresenta DAVI, O PASTORZINHO Bíblia para crianças apresenta DAVI, O PASTORZINHO Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Diariamente, após ter limpado a casa toda, preparado o almoço e cuidado dos animais, a caçula ia até a fonte, bem longe da casa, para encher uma

Diariamente, após ter limpado a casa toda, preparado o almoço e cuidado dos animais, a caçula ia até a fonte, bem longe da casa, para encher uma Os presentes da fada E ra uma vez uma viúva que vivia com suas duas filhas. A mais velha era muito parecida com ela, pois era gananciosa e convencida. A filha mais nova havia herdado do falecido pai boas

Leia mais

Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho.

Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho. Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho. Viu um Coelho Branco, que corria e repetia sem arar: - Vou chegar tarde,

Leia mais

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho A menina Gotinha de Água Papiniano Carlos Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho Fichas de leitura Ficha 1 Lê até ao fim da página 9. Depois da leitura, responde às questões. 1. Qual

Leia mais

A Professora de Horizontologia

A Professora de Horizontologia A Professora de Horizontologia Já tinha parado a chuva e Clara Luz estava louca que a Gota voltasse. Felizmente a Fada-Mãe veio com uma novidade: Minha filha, hoje vem uma professora nova. Você vai ter

Leia mais

Os quatro filhos de Mosias deixaram Zaraenla e

Os quatro filhos de Mosias deixaram Zaraenla e AMON: O GRANDE SERVO Capítulo 23 Os quatro filhos de Mosias deixaram Zaraenla e foram ensinar o evangelho aos lamanitas. Cada um foi a uma cidade diferente. Alma 17:12 13 Amon foi à terra de Ismael. Assim

Leia mais

Nome: Dariane 4ª Série 2ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. O cachorro e o gato

Nome: Dariane 4ª Série 2ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. O cachorro e o gato Nome: Dariane 4ª Série 2ª O cachorro e o gato Era uma vez um gato e um cão. Um dia, o cachorro comentou com o gato que estava em apuros. O gato falou: O que houve? E o cachorro disse: Nada. Ha! ha! Porém,

Leia mais

A Ressurreição de Jesus

A Ressurreição de Jesus A Ressurreição de Jesus Fonte: Lc 24,13-32 ; 24, 50-53; Jo 20,24-29; 21,1-15 Introdução: Antes de morrer, Jesus disse que iria ressuscitar, mas nem todos entenderam! Domingo, de manhã cedo, Maria Madalena

Leia mais

O Príncipe Feliz O PRÍNCIPE FELIZ. Uma estória comovente. de amizade, amor, e. altruísmo.

O Príncipe Feliz O PRÍNCIPE FELIZ. Uma estória comovente. de amizade, amor, e. altruísmo. O PRÍNCIPE FELIZ Uma estória comovente de amizade, amor, e altruísmo. Organização Biblioteca Outeiro e Manuel A. Pina Professora Bibliotecária Natércia Nilariça O Príncipe Feliz A Sua Organização Biblioteca

Leia mais

JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15

JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15 JACÓ VIAJA PARA HARÃ Lição 15 1 1. Objetivos: Ensinar a cada aluno que Deus estava com Jacó mesmo quando tinha feito coisas más. Ensinar que Deus promete nos amar e ser com aqueles que acreditam e tentam

Leia mais

istória de Natal História de Natal do Seu Oscar

istória de Natal História de Natal do Seu Oscar A História de Natal do Seu Oscar Era inverno. O gelo se prendia aos galhos desnudos das árvores, e ali víamos Márico, um lindo e felpudo esquilinho cinza que vivia com sua família numa toca aconchegante

Leia mais

Portuguese. Os Animais Cavam Um Poço João Carlos Brito

Portuguese. Os Animais Cavam Um Poço João Carlos Brito Portuguese Os Animais Cavam Um Poço João Carlos Brito 1 Aconteceu um ano a chuva deixar de cair. As árvores secaram e morreram. Os rios desapareceram e a água evaporou. As pessoas e os animais começaram

Leia mais

João Carlos Brito. Portuguese. Os Animais Cavam Um Poço. Author - Um conto tradicional dos Manyungwes de Moçambique

João Carlos Brito. Portuguese. Os Animais Cavam Um Poço. Author - Um conto tradicional dos Manyungwes de Moçambique You are free to download, copy, translate or adapt this story and use the illustrations as long as you attribute in the following way: Os Animais Cavam Um Poço Author - Um conto tradicional dos Manyungwes

Leia mais

Os Perigos da Floresta

Os Perigos da Floresta Rubens de Almeida Oliveira Os Perigos da Floresta Editora BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens RUBENS DE ALMEIDA OLIVEIRA Os Perigos da Floresta RECIFE -PE JAN/2007 Coordenação

Leia mais

g4 tarde THAIS ANI luciana AILDA

g4 tarde THAIS ANI luciana AILDA g4 tarde THAIS ANI luciana AILDA ERA UMA VEZ UMA MÃE E TRÊS FILHAS. A MÃE SABIA QUE ELA IA MORRER LOGO, DAÍ ELA CHAMOU AS TRÊS FILHAS E DISSE: FILHAS, QUANDO EU MORRER, PROCUREM OS SEUS TIOS E PEÇAM AJUDA

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Engraçadinha... Bem, nós vamos contar algumas histórias pra vocês...

Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Engraçadinha... Bem, nós vamos contar algumas histórias pra vocês... Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Oi! Eu sou a Giovanna, a Nana! NINA - E eu sou a Nina! NANA - Ah, fala o teu nome inteiro, né, Marina! NINA - Ué, pra quê? Você acabou de dizer! NANA

Leia mais

1 von :36

1 von :36 1 von 22 24.05.2006 16:36 2 von 22 24.05.2006 16:36 Era uma vez, numa aldeia pequenina, uma menininha linda como uma flor; sua mãe gostava muito dela, e sua vovozinha ainda mais. 3 von 22 24.05.2006 16:36

Leia mais

''TU DUM, TU DUM, TU DUM'' este era o barulho do coração de uma mulher que estava prestes a ter um filho, o clima estava tenso, Médicos correndo de

''TU DUM, TU DUM, TU DUM'' este era o barulho do coração de uma mulher que estava prestes a ter um filho, o clima estava tenso, Médicos correndo de ''TU DUM, TU DUM, TU DUM'' este era o barulho do coração de uma mulher que estava prestes a ter um filho, o clima estava tenso, Médicos correndo de lá para cá sem descanso, até que um choro é ouvido, sim,

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua

O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua De Pedro Santos de Oliveira Versão COMPLETA Por Pedro Santos de Oliveira Ilustrações de Luis de Lacerda Estrela PLIP009 www.plip.ipleiria.pt 2013 O Pequeno Trevo e os

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS

O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS helenaconectada.blogspot.com.br erto dia, Kika estava na escola e durante o recreio viu um lindo arco-íris no céu e disse: Olha! Um arco-íris! Seus coleguinhas olharam para o céu

Leia mais

Depois, levou os filhotes para o pátio do castelo. Todos parabenizaram a pata: a sua ninhada era realmente bonita... Exceto um: o patinho das penas

Depois, levou os filhotes para o pátio do castelo. Todos parabenizaram a pata: a sua ninhada era realmente bonita... Exceto um: o patinho das penas O patinho feio A mamãe pata havia feito um ninho no meio da folhagem, perto do velho castelo. Finalmente, após longa espera, os ovos se abriram, um após o outro, e surgiram patinhos amarelos. Porém, de

Leia mais

Língua Portuguesa. O pequeno e grande Miles. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Ronaldo Rodrigues Júnior

Língua Portuguesa. O pequeno e grande Miles. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Ronaldo Rodrigues Júnior O pequeno e grande Miles Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Ronaldo Rodrigues Júnior Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Era uma vez um menino que se chamava Miles Upshur.

Leia mais

As pedras magicas e a profecia :em Atlântida

As pedras magicas e a profecia :em Atlântida As pedras magicas e a profecia :em Atlântida A muito tempo uma geração de vilões e guerreiros estavam atrás das pedras magicas dos elementos, sendo eles : Água, Ar, Fogo, Terra, Luz e Trevas. Os vilões

Leia mais

Quando Acontece... A Intriga

Quando Acontece... A Intriga A Intriga A Intriga Marcia Pimentel 2 Marcia Pimentel Quando Acontece... A Intriga Marcia Pimentel 3 A Intriga Marcia Pimentel 4 Copyright 2010 By Marcia Pimentel Título: Quando Acontece... A Intriga Todos

Leia mais

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA S.I. DE CHAVILLE JUNHO 2009/ JUIN 2009 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA EPREUVE DE LANGUE PORTUGAISE 6 ème- IDENTIFICAÇÃO (A preencher pelo aluno) Nome do aluno: Data de nascimento: Nacionalidade: Morada: Nome

Leia mais

VICTOR DE CARVALHO e EVANDRO DE CARVALHO. Capa e ilustração de Victor de Carvalho SELVA. RECIFE PE OUT/2006 Coleção Selvagem

VICTOR DE CARVALHO e EVANDRO DE CARVALHO. Capa e ilustração de Victor de Carvalho SELVA. RECIFE PE OUT/2006 Coleção Selvagem VICTOR DE CARVALHO e EVANDRO DE CARVALHO Capa e ilustração de Victor de Carvalho SELVA RECIFE PE OUT/2006 Coleção Selvagem Coordenação e Realização Márcia C. Miranda Lyra mlira@ladjanebandeira.org 2 PROJETO

Leia mais

Uma Coisa Especial. fisgar e prender peixes grandes, sendo muito usado na pesca da baleia.

Uma Coisa Especial. fisgar e prender peixes grandes, sendo muito usado na pesca da baleia. PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Leia atentamente o texto: Uma

Leia mais

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO *CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO LL PRODUÇÕES O fantástico mundo de L.L A visita a um misterioso mundo 2 Luan Patrick Nascimento da Costa, paraense, nascido em 21/01/2012 em Belém Pará. 3 A visita a um misterioso

Leia mais

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE Há muito tempo, no País dos Números, só havia os algarismos 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9. Nem sempre os números eram muito simpáticos uns com os outros. Os números maiores gostavam

Leia mais

O casarão cheio de convidados pra festa - a nata da sociedade e também a Mimi, toda arrumadinha, com fita no cabelo, sapatinho de verniz, um chiquê!

O casarão cheio de convidados pra festa - a nata da sociedade e também a Mimi, toda arrumadinha, com fita no cabelo, sapatinho de verniz, um chiquê! Mimi e o casamento de Teteia (Edmir Gagliardi) A vila onde Mimi morava progrediu. Agora tinha banco e um palacete, esse último construído por um dos fazendeiros da redondeza, Zeca Jiboia. Nele residia

Leia mais

Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas

Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas doloridas, mas permanece atento a tudo o que acontece: ele é

Leia mais

1.O livro da minha vida e sua justificação

1.O livro da minha vida e sua justificação ÍNDICE: 1. O livro da minha vida e sua justificação 1 2. Contrato de leitura.2 2.1. 7ºano. 3 2.1.1. As minhas escolhas..3 2.2. 8ºano 4 2.2.1. As minhas escolhas.4 2.2.2Os meus PowerPoint(s)..5 2.2.3As

Leia mais

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura)

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura) Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso Ano Lectivo 2009/2010 O segredo do rio Trabalho realizado no âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura) Era uma vez um rapaz que morava numa casa no campo.

Leia mais

Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer

Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer No Inverno, não há no vale dos ursos nem cogumelos, nem amoras, nem o mel das abelhas. Em vez disso, só há neve,

Leia mais

Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver.

Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver. Fé é colocar seu sonho a prova, e esperar sem garantias. Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver. Não há ódio que o amor não o faça desaparecer. Nem há tristeza

Leia mais

Este livro pertence a

Este livro pertence a Cristais em meus olhos Este livro pertence a Em seu consultório, a médica está explicando tudo sobre cistinose para Bruno. Seu corpo é feito de milhares e milhares de células pequeninas, ela disse. Imagine

Leia mais

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª A Coruja e a Raposa Era uma vez uma coruja que tinha sua bela casa na montanha. A raposa tinha uma casa pequena e feia. Um dia, a coruja convidou a raposa para almoçar em sua

Leia mais

NOSSO ACERVO DE HISTÓRIAS

NOSSO ACERVO DE HISTÓRIAS NOSSO ACERVO DE HISTÓRIAS QUEM QUISER QUE CONTE OUTRA... INFANTIL 3C AGRADECIMENTOS Agradecemos aos nossos pais, por acompanhar e participar desta obra tão especial. AUTORES ANNA JULIA ARTHUR AUGUSTO ANDRÉ

Leia mais

A Galinha que criava um ratinho

A Galinha que criava um ratinho SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / / 0 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt-

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- Era uma vez um menino chamado Miguel. Num dia sua mãe falou: - Olha, filho, hoje você vai para escola de ônibus. E o Miguel falou: - Mas eu não sou pequeno?

Leia mais

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 1 Pólya, G., A arte de resolver problemas (1995) p. xii-xiii. 49 Anexo II - Guião de atuação do professor de matemática elaborado por Lester

Leia mais

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO POÇO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

1ª Leitura - Hb 12,1-4

1ª Leitura - Hb 12,1-4 1ª Leitura - Hb 12,1-4 Empenhemo-nos com perseverança no combate que nos é proposto. Leitura da Carta aos Hebreus 12,1-4 Irmãos: 1Rodeados como estamos por tamanha multidão de testemunhas, deixemos de

Leia mais

Língua Portuguesa UMA HISTÓRIA COMO AS OUTRAS. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Beatriz Fátima da Silva Santos

Língua Portuguesa UMA HISTÓRIA COMO AS OUTRAS. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Beatriz Fátima da Silva Santos UMA HISTÓRIA COMO AS OUTRAS Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Beatriz Fátima da Silva Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Era uma vez um menino chamado Pedro. Ele

Leia mais

O Peixinho e a Minhoca

O Peixinho e a Minhoca O Peixinho e a Minhoca Arádia Raymon Era uma vez... Um lindo peixinho chamado Garibaldi. Garibaldi era um lambari muito esperto. Ele morava no fundo da lagoa, lá na fazenda do Sebastiãozinho. Um dia, Garibaldi

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO

Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO POÇO Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano

Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano Avaliação de Diagnóstico Português 4º ano Lê o texto com atenção Um pardal ferido 1 Mãe e filho viviam felizes. Mas o José, gorducho e olhos esbugalhados, de vez em quando desobedecia às suas ordens para

Leia mais

O MENINO FELIZ. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Bryan Ferreira Fernandes. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

O MENINO FELIZ. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Bryan Ferreira Fernandes. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara O MENINO FELIZ Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Bryan Ferreira Fernandes Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara 2015 Um menino chamado José Vitor morava com seu avô na fazenda

Leia mais

O MENINO DO DEDO VERDE Maurice Druon

O MENINO DO DEDO VERDE Maurice Druon O MENINO DO DEDO VERDE Maurice Druon Tistu era um menino com cabelos louros e crespos nas pontas. Tinha grandes olhos azuis e faces rosadas e macias. Todo mundo o beijava. Mas Tistu não ficava vaidoso.

Leia mais

Shué. o pequeno canário

Shué. o pequeno canário Shué o pequeno canário 35 Shué era um pequeno canário. Nasceu num ninho feito de raízes, que os pais construíram entre dois ramos de uma árvore. Na quinta em que vivia havia imensa comida. Todas as manhãs

Leia mais

P O D E R D A S C O R E S

P O D E R D A S C O R E S O P O D E R D A S C O R E S Era uma vez uma bruxa chamada Grinalda. Era uma bruxa bondosa que gostava de ajudar as pessoas, independentemente da sua raça ou condição. Era conhecida como a bruxa mais meiga

Leia mais

Nome: ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA

Nome: ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Com ajuda de sua professora, leia este texto. ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA Longe, muito longe, num reino perto da China, viviam Aladim e a mãe dele. Um dia,

Leia mais

PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS

PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS FERNANDO CAETANO TAVOLARO - RA00147628 TRABALHO DE LINGUAGEM AUDIOVISUAL E GAMES STORYBOARD SÃO PAULO 2014 INTRODUÇÃO DA HISTÓRIA

Leia mais