CADERNO DE ESCUTAR RABISCAR O AR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE ESCUTAR RABISCAR O AR"

Transcrição

1 CADERNO DE ESCUTAR RABISCAR O AR Caderno feito com muito carinho para a oficina de Astrologia: A Poética dos Signos e os Quatro Elementos. Terceiro encontro em 24/out/2015. Textos em itálico e ilustrações por Julia Francisca.

2 quando nasce, inflama encarna, com presença até que aprende a nomear pensar o mundo

3 A fala do ser humano tanto pode ser tamponamento como pode ser acolhimento daquilo que se revela. A fala pode estar a serviço de uma tentativa de construir um fechamento da condição humana, de obstruir, de velar a condição ontológica do ser humano, ou ela pode ser acolhimento do que existe, do que se revela. Nesse sentido, em termos de linguagem, a fala pode aparecer como um dizer ou como um dito. Como dito significa que a fala não está aberta ao novo e ao inédito, àquilo que se revela. O dito é o mesmo, é aquilo que já foi. É o falar que, de alguma forma, estanca o devir humano, impedindo o aparecimento do inédito. O dizer é a fala inaugurante, a fala-gesto, a palavra justa que acolhe o acontecimento. O dizer tem qualidades poéticas. É um dizer poético, em que algo de familiar é recriado para explicitar o novo. Fala-paradoxo, em meio ao familiar e ao inédito acontecendo como dizer poético. A palavra torna-se aberta, porosa à criatividade daquele que fala. O dizer poético tem algo de rebelde. Isto porque a palavra assim criada não é passível de ser domada, o seu significado é sempre transbordante. O dizer poético resiste ao intérprete, pois a palavra poética é transcendência em ato. Gilberto SAFRA. Hermenêutica na situação clinica: o desvelar da singularidade pelo idioma pessoal. Edições Sobornost. Pg 32

4 (...) em sua estrutura ontológica, o homem é possibilidade de compreensão. Compreender não é uma faculdade que possa ser adquirida pelo ser humano ao longo da existência, seja por desenvolvimento mental ou aprendizagem. A compreensão é essencialmente originária no ser humano. Trata-se de uma possibilidade dada ao homem, que lá está desde sempre, ou seja, desde o momento em que ele acontece no mundo. Assim sendo, a compreensão é essencialmente originária no ser humano. Trata-se de uma possibilidade dada ao homem, que está lá desde sempre, ou seja, desde o momento em que ele acontece no mundo. Assim sendo, a compreensão não significa necessariamente desenvolvimento mental ou psíquico. Enquanto condição originária do ser humano, ele é anterior a qualquer desenvolvimento psíquico e mental. Gilberto SAFRA. Hermenêutica na situação clinica: o desvelar da singularidade pelo idioma pessoal. Edições Sobornost. Pg 22

5

6 Gêmeos Ar mutável / planeta regente: Mercúrio Imagina se uma baleia desse um tiro em outra baleia? A manchete do jornal seria: baleia baleia baleia!. POEMINHO DO CONTRA Todos esses que aí estão Atravancando o meu caminho, Eles passarão Eu passarinho! Mário QUINTANA poema meu igual vão dizer é experimental Alice Ruiz S. Dois em um. Editora Iluminuras. pelos caminhos que ando um dia vai ser só não sei quando Paulo Leminski

7

8 Libra Ar cardinal / planeta regente: Vênus / símbolo: balança A beleza salvará o mundo Fiodor Dostoievski "Um ato de hospitalidade só pode ser poético" Jacques Derrida Gentileza gera gentileza. José da Trino, vulgo PROFETA GENTILEZA ( ) Blaise Pascal ( ), gênio da matemática, inventor da máquina de calcular, filósofo e místico, percebeu, de golpe, a grande contradição dos tempos modernos que acabavam de se firmar: a desarticulação entre dois princípios que ele chamou de esprit de géométrie e esprit de finesse. Espírito de geometria representa a razão calculatória, instrumentalanalítica, que se ocupa das coisas, numa palavra, a ciência moderna que com seu poder mudou a face da Terra. Espírito de finura que nós traduzimos por espírito de gentileza representa a razão cordial - logique du coeur (a lógica do coração) segundo Pascal - que tem a ver com as pessoas e as relações sociais, numa palavra, com outro tipo de ciência que cuida da subjetividade, do sentido da vida, da espiritualidade e da qualidade das relações humanas. ( ) O espírito de gentileza nunca ganhou centralidade, por isso somos tão vazios e violentos. Hoje ele é urgente. Ou seremos gentis e cuidantes ou nos entredevoraremos. LEONARDO BOFF. Artigo Espírito de Gentileza.

9

10

11 Aquário Ar fixo / planeta regente: Urano / símbolo: aguadeiro Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Artigo I. Nada é impossível de mudar Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, Nada deve parecer natural Nada deve parecer impossível de mudar Bertold Brecht

12 Em devir, a humanidade Aguadeiro ouve os passos pensa caminhos o espírito de sua época sussurra em seus ouvidos vislumbres futuros toma distância procura olhar coletivo que se destina nossa condução Julia Francisca

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM UniSALESIANO - Lins - Curso de Direito MODELOS: ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM UniSALESIANO - Lins - Curso de Direito MODELOS: ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM UniSALESIANO - Lins - Curso de Direito MODELOS: ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS UniSALESIANO LINS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM CURSO DE DIREITO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PÓLO UNIVERSITÁRIO DE RIO DAS OSTRAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PÓLO UNIVERSITÁRIO DE RIO DAS OSTRAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PÓLO UNIVERSITÁRIO DE RIO DAS OSTRAS Nos sítios www.uff.br e no www.puro.uff.br existem muitas informações sobre o funcionamento da universidade e do curso de Serviço Social.

Leia mais

Escola da Cidadania UM PROJETO DE FORMAÇÃO PARA UM CIDADANIA ATIVA

Escola da Cidadania UM PROJETO DE FORMAÇÃO PARA UM CIDADANIA ATIVA Escola da Cidadania UM PROJETO DE FORMAÇÃO PARA UM CIDADANIA ATIVA Escola da Cidadania - origem Objetivo: formar rede para alfabetizar negros a partir da Constituição Federal. Myles Horton Paulo Freire

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS (EMRC) (5ºANO) Unidade letiva 1 (Viver Juntos) Mudar faz parte da vida Os grupos a que pertenço Deus estabelece uma relação com a humanidade A aliança condição facilitadora da relação entre as partes A

Leia mais

Simpatias para o amor com Mel

Simpatias para o amor com Mel Simpatias para o amor com Mel O Mel sempre foi um dos elementos mais poderosos na Natureza para rituais, orações e pedidos que envolvam relacionamentos e amor. Separei para você as principais simpatias

Leia mais

RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE NA PRÁTICA CLÍNICA

RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE NA PRÁTICA CLÍNICA Português RESUMO ESTENDIDO RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE NA PRÁTICA CLÍNICA Dr. SAFRA, Gilberto 1 A clínica contemporânea demanda que possamos fundamentá-la por perspectiva antropológica que supere modelos

Leia mais

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história.

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA Escola Básica Fernando Caldeira Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2016/2017 5 º ANO Unidade Letiva 1 -

Leia mais

Amor e horóscopo: signos que combinam muito. Os signos que mais combinam no Horóscopo do Amor.

Amor e horóscopo: signos que combinam muito. Os signos que mais combinam no Horóscopo do Amor. Amor e horóscopo: signos que combinam muito Os signos que mais combinam no Horóscopo do Amor. Será que a gente combina??? Se o seu amor é geminiano pode apostar que ele conta muito com o seu companheirismo,

Leia mais

Os defeitinhos de cada signo

Os defeitinhos de cada signo Os defeitinhos de cada signo Já falamos das qualidades de cada signo, mas todos nós temos nossos defeitos. Descubra! Uma lista com os principais defeitos de cada signo, que normalmente é relacionado com

Leia mais

Poderosa oração de Cura Interior

Poderosa oração de Cura Interior Poderosa oração de Cura Interior Para levantar o astral, para trazer paz e contentamento. Para curar feridas do corpo e da alma. Doenças conhecidas ou desconhecidas. Jesus traz alívio imediato para o seu

Leia mais

SAÚDE MENTAL: ACOLHIMENTO DA QUEIXA, NECESSIDADE E DEMANDA. Psic. Felipe Faria Brognoli

SAÚDE MENTAL: ACOLHIMENTO DA QUEIXA, NECESSIDADE E DEMANDA. Psic. Felipe Faria Brognoli SAÚDE MENTAL: ACOLHIMENTO DA QUEIXA, NECESSIDADE E DEMANDA Psic. Felipe Faria Brognoli ACOLHIMENTO Dar acolhida, admitir, aceitar, dar ouvidos, dar crédito a, agasalhar, receber, atender, admitir (FERREIRA,

Leia mais

Tratamento com a água de ferro

Tratamento com a água de ferro Tratamento com a água de ferro MAIS ENERGIAS E PODER PARA A SUA VIDA! Uma poderosa fórmula de Tratamento das energias na sua vida. Se você anda se sentindo sem forças, com desânimo exagerado, com uma sequência

Leia mais

Magnetizando e abençoando a água

Magnetizando e abençoando a água Magnetizando e abençoando a água Jarra de água com efeito Cromoterapia e luz Solar Eis uma forma simples, barata (de graça) para melhorar tudo na sua vida: aprenda a Magnetizar a sua água pelas manhãs

Leia mais

O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS

O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS 1. O CONHECIMENTO é uma relação que se estabelece entre o sujeito que conhece e o objeto conhecido. O sujeito que conhece se apropria, de certo modo, do objeto conhecido. Através

Leia mais

Acredita-se que a origem da palavra remete à moeda portuguesa de mesmo nome (o dinheiro).

Acredita-se que a origem da palavra remete à moeda portuguesa de mesmo nome (o dinheiro). Vibração da semana O número 7 vem forte para reger esta semana de 16 a 23/07. Saiba o que essa energia proporciona de bom e de ruim. Um estudo interessante e gratuito para você. Acredita-se que a origem

Leia mais

QUIROMANCIA AULA/ VIVÊNCIA 01 IMAGENS HOME REFLEXOES PROGRAMAÇÃO ESTUDOS PRODUTOS DOWNLOADS ATENDIMENTO

QUIROMANCIA AULA/ VIVÊNCIA 01 IMAGENS HOME REFLEXOES PROGRAMAÇÃO ESTUDOS PRODUTOS DOWNLOADS ATENDIMENTO QUIROMANCIA AULA/ VIVÊNCIA 01 IMAGENS HOME REFLEXOES PROGRAMAÇÃO ESTUDOS PRODUTOS DOWNLOADS ATENDIMENTO OS DEDOS E SUAS REGÊNCIAS PLANETÁRIAS Dedo Polegar: Corresponde a Vênus d Questões e vibrações ligadas

Leia mais

Sol em Sagitário. l y z i a n e m e n e z e s. c o m. b

Sol em Sagitário. l y z i a n e m e n e z e s. c o m. b Sol em Oie! Tudo bem com você? Antes de tudo, quero agradecer por teres feito contato comigo! Estou muito feliz pela nossa conexão. Este material é um pequeno presente que preparei para compartilhar especialmente

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas. Governo dos Açores. 2º Ciclo ENSINO BÁSICO. Planificação Anual de EMRC. 5 º Ano

Escola Básica e Secundária de Velas. Governo dos Açores. 2º Ciclo ENSINO BÁSICO. Planificação Anual de EMRC. 5 º Ano Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas º Ciclo ENSINO BÁSICO Planificação Anual de EMRC 5 º Ano º Periodo Unidade Letiva - Viver juntos Competências chave Metas Curriculares B. Construir

Leia mais

Feriados e datas comemorativas de Dezembro

Feriados e datas comemorativas de Dezembro Feriados e datas comemorativas de Dezembro 03 de dezembro Dia Internacional da Pessoa com Deficiência Histórico No ano de 1982, a Assembleia Geral da ONU Organização das Nações Unidas, criou um programa

Leia mais

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Você está preparado? Pense bem... Curso superior, pós-graduação, dois idiomas... Um Auditor Como qualquer outro profissional,

Leia mais

Pessoas difíceis na sua vida

Pessoas difíceis na sua vida Pessoas difíceis na sua vida o signo dificil na sua vida Você já parou para pensar que existem pessoas de certos signos com quem você tem maior dificuldade de relacionamento? Segundo a Astrologia, há signos

Leia mais

Objetivos. Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos.

Objetivos. Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos. Objetivos Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos. Compreender que Sustentabilidade não é um conceito. Trata-se de um valor a ser incorporado em todas as áreas de atuação

Leia mais

Adolescência. Almir de Castro Neves Filho

Adolescência. Almir de Castro Neves Filho Adolescência Almir de Castro Neves Filho Quem é Rocilda? Rocilda,, uma adolescente Rocilda tem 12 anos, e mora na Vila do Totó: 30 casas de apenas um cômodo sem janelas nem piso, sem luz elétrica, esgoto

Leia mais

Socialização: características, mecanismos e agentes

Socialização: características, mecanismos e agentes Socialização: características, mecanismos e agentes Socialização (conceito): processo dinâmico através do qual os indivíduos aprendem valores, as regras e as práticas próprias da sociedade em que vivem.

Leia mais

Rumo à Solenidade de Nossa Senhora do Carmo (4)

Rumo à Solenidade de Nossa Senhora do Carmo (4) (4) Maria na sua missão de mãe de família, na sua casa de Nazaré Contemplamos Maria como mãe de família, na sua casa em Nazaré, na vida simples de todos os dias, na intimidade do Seu lar de amor, onde

Leia mais

OBJETIVOS E CONTEÚDOS

OBJETIVOS E CONTEÚDOS OBJETIVOS E CONTEÚDOS 1º BIMESTRE SISTEMA INTERATIVO DE ENSINO Matemática 1º ano Capítulo 1 Noções e conceitos Comparar e diferenciar grandezas e medidas (comprimento, massa, capacidade, tempo), estabelecendo

Leia mais

PEDAGOGIA DA AUTONOMIA Saberes necessários à prática educativa Paulo Freire. Observações Angélica M. Panarelli

PEDAGOGIA DA AUTONOMIA Saberes necessários à prática educativa Paulo Freire. Observações Angélica M. Panarelli PEDAGOGIA DA AUTONOMIA Saberes necessários à prática educativa Paulo Freire. Observações Angélica M. Panarelli Freire inicia sua obra esclarecendo o alvo (docentes formados ou em formação), colocando que

Leia mais

O Temperamento. Análise do Temperamento. Escrito por João Ventura, Ph.D. para. Barack Obama. nascido em 04 Agosto 1961 Honolulu USA

O Temperamento. Análise do Temperamento. Escrito por João Ventura, Ph.D. para. Barack Obama. nascido em 04 Agosto 1961 Honolulu USA Análise do Temperamento Escrito por João Ventura, Ph.D. para nascido em 04 Agosto 1961 Honolulu USA Flatangle http://flatangle.com Copyright 2016 Flatangle Version 0.1.0 nascido em 04 Agosto 1961 em Honolulu

Leia mais

Seu signo combina bem com qual signo?

Seu signo combina bem com qual signo? Seu signo combina bem com qual signo? A melhor compatibilidade entre dois signos. Descubra agora! Junte alguém do signo de Câncer com uma pessoa de Capricórnio e pode apostar que vai dar liga. Um equilibra

Leia mais

Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B

Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B Língua Portuguesa Camila 04/12/2017 Artigo Pronomes pessoais e de tratamento. Pronomes possessivos, demonstrativo, indefinidos e interrogativos. Páginas 152 a

Leia mais

A energia dos anjos em cada casa zodiacal

A energia dos anjos em cada casa zodiacal A energia dos anjos em cada casa zodiacal Um estudo mostra a energia de cada anjo nas casas Zodiacais e isso permite que qualquer pessoa, independente do seu signo, possa pedir auxílio ao anjo daquele

Leia mais

Módulo 2. Voz Interior

Módulo 2. Voz Interior Amor-próprio DIANA DUARTE Módulo 2. Voz Interior Lição 4. Erros Cognitivos No Módulo 1. Amor incondicional na Lição 6 e 7 apresentei-te dois erros cognitivos presentes na forma como interpretas as tuas

Leia mais

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º 1.º CEB Agrupamento de Escolas Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º Saber escutar para reproduzir pequenas mensagens e Compreensão do oral Leitura Escrita para cumprir ordens e pedidos Prestar

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): NOME DO LIVRO: O MUNDINHO DE BOAS ATITUDES AUTOR:INGRID BIESEMEYER BELLINGHAUSEN Competências Perceber a importância do auto respeito. Desenvolver o senso critico.

Leia mais

Tentativas de Suicídio: abordagens na Atenção Primária. Prof. Dr. Maurício Eugênio Maliska

Tentativas de Suicídio: abordagens na Atenção Primária. Prof. Dr. Maurício Eugênio Maliska Tentativas de Suicídio: abordagens na Atenção Primária Prof. Dr. Maurício Eugênio Maliska Aspectos Históricos e Culturais O suicídio já foi motivo de admiração, tolerância, discriminação e condenação ao

Leia mais

Magia do anjo Anael para proteção urgente

Magia do anjo Anael para proteção urgente Magia do anjo Anael para proteção urgente Uma poderosa formula para desligar problemas com urgência! Anael é aquele anjo que adora ajudar e solucionar problemas difíceis. Se a situação anda complicada

Leia mais

Filosofia Iluminista. Profª Karina Oliveira Bezerra Unidade 01. Capítulo 04: p Unidade 08. Capítulo 05: pg

Filosofia Iluminista. Profª Karina Oliveira Bezerra Unidade 01. Capítulo 04: p Unidade 08. Capítulo 05: pg Filosofia Iluminista Profª Karina Oliveira Bezerra Unidade 01. Capítulo 04: p.57-58 Unidade 08. Capítulo 05: pg. 442-446 Filosofia da Ilustração ou Iluminismo (meados do século XVIII ao começo do século

Leia mais

Centro de Tecnologia e Sociedade

Centro de Tecnologia e Sociedade Centro de Tecnologia e Sociedade Legislação e Acessibilidade na Web Bruna Castanheira de Freitas bruna.freitas@fgv.br twitter.com/brucastanheiraf Análises Das políticas sobre acessibilidade no cenário

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnecuberaba.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Em tempos de humanidade desumanizada, de desordem sangrenta, nada deve

Leia mais

PRINCÍPIOS ÉTICOS FUNDAMENTAIS Fábio Konder Comparato. I Introdução

PRINCÍPIOS ÉTICOS FUNDAMENTAIS Fábio Konder Comparato. I Introdução 1 A felicidade PRINCÍPIOS ÉTICOS FUNDAMENTAIS Fábio Konder Comparato I Introdução Objetivo supremo da vida humana: aquele que escolhemos por si mesmo, não como meio de alcançar outros fins. A felicidade

Leia mais

INCLUSÃO EM TRANSICIONALIDADE

INCLUSÃO EM TRANSICIONALIDADE INCLUSÃO EM TRANSICIONALIDADE Profa Dra IVONISE FERNANDES DA MOTTA * Profa Dra SANDRA CONFORTO TSCHIRNER ** RESUMO Um tema bastante abordado na contemporaneidade é a inclusão de pessoas com algum tipo

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

A TEORIA SÓCIO-CULTURAL DA APRENDIZAGEM E DO ENSINO. Leon S. Vygotsky ( )

A TEORIA SÓCIO-CULTURAL DA APRENDIZAGEM E DO ENSINO. Leon S. Vygotsky ( ) A TEORIA SÓCIO-CULTURAL DA APRENDIZAGEM E DO ENSINO Leon S. Vygotsky (1896-1934) O CONTEXTO DA OBRA - Viveu na União Soviética saída da Revolução Comunista de 1917 - Materialismo marxista - Desejava reescrever

Leia mais

FUNÇÕES DA LINGUAGEM

FUNÇÕES DA LINGUAGEM FUNÇÕES DA LINGUAGEM 1. Função referencial (ou denotativa) É aquela centralizada no referente, pois o emissor oferece informações da realidade. Linguagem usada na ciência, na arte realista, no jornal,

Leia mais

ANÁLISE DE DISCURSO de origem francesa. Circulação e textualização do conhecimento científico PPGECT maio 2015 Henrique César da Silva

ANÁLISE DE DISCURSO de origem francesa. Circulação e textualização do conhecimento científico PPGECT maio 2015 Henrique César da Silva ANÁLISE DE DISCURSO de origem francesa Circulação e textualização do conhecimento científico PPGECT maio 2015 Henrique César da Silva Por que análise de discurso no campo da educação científica? Análise

Leia mais

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO NA ATUALIDADE Lucinea A. Rezende 1

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO NA ATUALIDADE Lucinea A. Rezende 1 DESAFIOS DA EDUCAÇÃO NA ATUALIDADE Lucinea A. Rezende 1 Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de

Leia mais

LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL

LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL Existem várias formas de comunicação. Quando o homem A! se utiliza da palavra, ou seja, da linguagem oral ou escrita,dizemos que ele está utilizando uma linguagem verbal,

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR 2ª versão A ÁREA DE MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR 2ª versão A ÁREA DE MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR 2ª versão A ÁREA DE MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL Professor fabriciolassi@gmail.com MATEMÁTICA na BNCC COMPLEXIDADE crescente Resolução de Problemas Situações desafiadoras

Leia mais

Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico Metodologia do Trabalho Científico Teoria e Prática Científica Antônio Joaquim Severino Grupo de pesquisa: Educação e saúde /enfermagem: políticas, práticas, formação profissional e formação de professores

Leia mais

Oração de fechar corpo

Oração de fechar corpo Oração de fechar corpo Baseado no livro de Provérbios, uma poderosa forma de fechar o corpo e abrir portas em todos os setores da vida. Experimente por 30 dias, essa oração além de proteger, abre portas

Leia mais

SOCIALIZAÇÃO E CULTURA

SOCIALIZAÇÃO E CULTURA SOCIALIZAÇÃO E CULTURA CULTURA Sentido comum Sentido sociológico -indivíduo com conhecimentos em vários domínios do saber -quando o indivíduo é portador de cultura, que varia de grupo social -cada grupo

Leia mais

Devemos ser livres JULIA FERREIRA 7º A. Devemos ser livres Para andar na rua Sem medo ou desespero Sozinhos ou acompanhados

Devemos ser livres JULIA FERREIRA 7º A. Devemos ser livres Para andar na rua Sem medo ou desespero Sozinhos ou acompanhados Devemos ser livres JULIA FERREIRA 7º A Devemos ser livres Para andar na rua Sem medo ou desespero Sozinhos ou acompanhados Comprar algo caro Sem medo de ser assaltado Ter um carro bom, Mas não para ser

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Acolhimento aos alunos. . Observação de mapas. Observação de imagens

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Acolhimento aos alunos. . Observação de mapas. Observação de imagens ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: Educação Moral e Religiosa Católica ANO: 5.º ANO LETIVO 2013/2014 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

Leia mais

Acessibilidade: mediação pedagógica. Prof. Blaise Duarte Keniel da Cruz Prof. Célia Diva Renck Hoefelmann

Acessibilidade: mediação pedagógica. Prof. Blaise Duarte Keniel da Cruz Prof. Célia Diva Renck Hoefelmann Acessibilidade: mediação pedagógica Prof. Blaise Duarte Keniel da Cruz Prof. Célia Diva Renck Hoefelmann Ementa: Funções Psicológicas Superiores; conceitos; Processos mentais aquisição da alfabetização

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Ano 5º Ano letivo 2013 / 2014 Disciplina EMRC Turmas A, B, C, D, E, F, G, H, I, J Professores:

Leia mais

Alisamento de cabelo dica caseira sem química

Alisamento de cabelo dica caseira sem química Alisamento de cabelo dica caseira sem química A melhor receita caseira de alisamento de cabelos sem química que eu já vi e com dezenas de depoimentos de excelentes resultados. Com o poder da queratina

Leia mais

Lua cheia de doçura. É grátis no seu Seu (obrigatório)

Lua cheia de doçura. É grátis no seu   Seu  (obrigatório) Lua cheia de doçura No dia 25 de Abril teremos a última Lua Cheia do mês e nesse dia especial você pode fazer um ritual simples que não é para pedir nada e acaba trazendo um bem que não tem preço para

Leia mais

» As palavras têm uma história e fazem a história. O peso e o significado das palavras são influenciados pela história

» As palavras têm uma história e fazem a história. O peso e o significado das palavras são influenciados pela história Denis Hendrick » As palavras têm uma história e fazem a história. O peso e o significado das palavras são influenciados pela história» A palavra cultura não tem equivalente na maioria das línguas orais.

Leia mais

Introdução O QUE É FILOSOFIA?

Introdução O QUE É FILOSOFIA? O QUE É FILOSOFIA? A filosofia não é uma ciência, nem mesmo um conhecimento; não é um saber a mais: é uma reflexão sobre os saberes disponíveis. É por isso que não se pode aprender filosofia, dizia kant:

Leia mais

Tema-problema 2.2. A construção do social

Tema-problema 2.2. A construção do social Tema-problema 2.2. A construção do social O que é a sociologia? A sociologia é a parte das ciências humanas que estuda o comportamento humano em função do meio e os processos que interligam os indivíduos

Leia mais

Situação da Filosofia no Mundo Contemporâneo Alain Badiou (Conferência pronunciada na Universidade de São Carlos,1993)

Situação da Filosofia no Mundo Contemporâneo Alain Badiou (Conferência pronunciada na Universidade de São Carlos,1993) Situação da Filosofia no Mundo Contemporâneo Alain Badiou (Conferência pronunciada na Universidade de São Carlos,1993) Situação da Filosofia: herança conceitual da filosofia (SABER) Mundo Contemporâneo:

Leia mais

Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017

Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Perfil de aprendizagens específicas do aluno à saída 1.º Ciclo do Ensino Básico Tendo em atenção as características estruturais e humanas das Escolas

Leia mais

PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO

PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO O direito fundamental à educação inclui receber, na formação integral, a capacitação necessária ao exercício da cidadania. O Ensino religioso tem

Leia mais

Os signos da amizade. Seu nome (obrigatório) Seu (obrigatório) Seu signo é?

Os signos da amizade. Seu nome (obrigatório) Seu  (obrigatório) Seu signo é? Os signos da amizade Não sei porque dizem que os Arianos não são muito fiéis no amor, mas dizem que na amizade, esses são os amigos mais fiéis que você pode ter. Esse estudo que eu vou te presentear, fala

Leia mais

Criar Grupos de Reiki Associação Portuguesa de Reiki. Como criar grupos de Reiki

Criar Grupos de Reiki Associação Portuguesa de Reiki. Como criar grupos de Reiki Como criar grupos de Reiki 1 Como criar grupos de Reiki Os grupos de Reiki são conjuntos de pessoas que, de livre vontade, se encontram e organizam para a prática de Reiki. Este pequeno guia serve para

Leia mais

Auto-retr. caminhos pelo desconhecido. criação. Self-portr a journey through the unknown

Auto-retr. caminhos pelo desconhecido. criação. Self-portr a journey through the unknown Auto-retr etrato caminhos pelo desconhecido criação Self-portr trait a journey through the unknown Se de imediato não vemos auto-retrato, o título sugere procurar um equivalente dele. Ver nas fotografias

Leia mais

A Mística do Educador:

A Mística do Educador: A Mística do Educador: A educação popular é um ato de amor. É um gesto humano e político de entrega a fim de que as pessoas se realizem como gente, como classe e como povo. A missão educativa junto a sujeitos

Leia mais

CEP -CENTRO DE ESTUDOS PSICANALÍTICOS. Curso de Formação em Pasicanálise. Ciclo IV 3ª Noite

CEP -CENTRO DE ESTUDOS PSICANALÍTICOS. Curso de Formação em Pasicanálise. Ciclo IV 3ª Noite CEP -CENTRO DE ESTUDOS PSICANALÍTICOS Curso de Formação em Pasicanálise Ciclo IV 3ª Noite O atravessamento da Psicanálise em meu cotidiano Nathália Miyuki Yamasaki 2014 Chego para análise e me ponho a

Leia mais

O signo duro de engolir na sua vida

O signo duro de engolir na sua vida O signo duro de engolir na sua vida o signo dificil na sua vida Você já parou para pensar que existem pessoas de certos signos com quem você tem maior dificuldade de relacionamento? Segundo a Astrologia,

Leia mais

Sotto voce [Em voz baixa]

Sotto voce [Em voz baixa] Sotto voce [Em voz baixa] Anna Maria Maiolino*1 Meu pseudônimo é Anna. Eu sou uma das sete imãs das Plêiades que habitamos a Constelação de Touro. No céu sou uma e sou muitas e como humana sou tudo e não

Leia mais

Direito Humano à Alimentação Adequada

Direito Humano à Alimentação Adequada Direito Humano à Alimentação Adequada Prof. Luciana Cisoto Ribeiro Curso de Nutrição e Metabolismo FMRP-USP 1 No BRASIL, a subnutrição começou a ser identificada como problema de saúde pública na década

Leia mais

Enterre seus problemas

Enterre seus problemas Enterre seus problemas SEU MAIOR PROBLEMA SERÁ ENTERRADO E SAIRÁ DA SUA VIDA! Um poderoso ritual que usa uma oração em Latim para enterrar literalmente o seu maior problema. Tão forte que só pode ser feito

Leia mais

OS CICLOS DOS 7 ANOS

OS CICLOS DOS 7 ANOS OS CICLOS DOS 7 ANOS Os mistérios que envolvem a nossa vida, desde o nascimento, como as experiências, os fatos, os acontecimentos, bons e ruins, as pessoas que surgem ou desaparecem, de nossas vidas,

Leia mais

Entrevista com o Prof. José Sérgio Fonseca de Carvalho

Entrevista com o Prof. José Sérgio Fonseca de Carvalho Entrevista com o Prof. José Sérgio Fonseca de Carvalho Projeto Revoluções - Como podemos explicar a relação entre educação e direitos humanos? Prof. José Sérgio - Trata-se aqui de uma relação dupla e complementar.

Leia mais

PROPOSIÇÃO TRANSMISSÃO. Patriarcado de Lisboa DA FÉ JUAN AMBROSIO PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO PRESSUPOSTOS 2.

PROPOSIÇÃO TRANSMISSÃO. Patriarcado de Lisboa DA FÉ JUAN AMBROSIO PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO PRESSUPOSTOS 2. PROPOSIÇÃO E TRANSMISSÃO DA FÉ 1. PRESSUPOSTOS 2. QUESTÕES 3. PROPOSIÇÃO E TRANSMISSÃO DA FÉ 4. TPC JUAN AMBROSIO PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano

Leia mais

Para. Luciano Guimarães

Para. Luciano Guimarães Para Luciano Guimarães 17 de agosto de 1993 SUMÁRIO Capítulo 1. INTRODUÇÃO... 3 Capítulo 2. DADOS ASTROLÓGICOS... 4 Capítulo 3. POTENCIAIS ASTRAIS... 5 Capítulo 4. SINASTRIA ASTRAL... 6 Capítulo 5. CONEXÕES

Leia mais

A poderosa Oração de N.S.da Rosa Mística

A poderosa Oração de N.S.da Rosa Mística A poderosa Oração de N.S.da Rosa Mística Uma amiga que passou por todas as dificuldades possíveis, inclusive traição do marido, perdeu a casa, passou muita humilhação em casa de parentes e quase passou

Leia mais

Miniperfil Vocacional. Bob Dylan. por vocacional.com.br

Miniperfil Vocacional. Bob Dylan. por vocacional.com.br Miniperfil Vocacional Bob Dylan por vocacional.com.br Nome Bob Dylan Data de Nascimento 24/05/1941 Horário 21h05 Local de Nascimento Duluth/Mn/USA Email contato@vocacional.com.b Caro(a) Bob, Você está

Leia mais

O que é Linguagem? PROF. RONALDO PINHO

O que é Linguagem? PROF. RONALDO PINHO O que é Linguagem? PROF. RONALDO PINHO Linguagem Sistema de signos que da nome as coisas do mundo. Organiza o pensamento. Possibilita a comunicação. Reflete sentimentos, valores, paixões e pensamentos.

Leia mais

3ª Gustavo Lopes. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

3ª Gustavo Lopes. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 3ª Gustavo Lopes 7º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 3 Foco: Espaço e forma Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da

Leia mais

HOSPITALIDADE DOMÉSTICA A vida privada e a política das relações. O acolhimento em ambientes particulares

HOSPITALIDADE DOMÉSTICA A vida privada e a política das relações. O acolhimento em ambientes particulares HOSPITALIDADE DOMÉSTICA A vida privada e a política das relações O acolhimento em ambientes particulares RELATO DE EXPERIÊNCIA E aí, como é ter que hospedar alguém em casa por um tempo que não é lá tão

Leia mais

EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM. Organizado por Miriam Dusi

EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM. Organizado por Miriam Dusi EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM Organizado por Miriam Dusi A REENCARNAÇÃO OBJETIVOS EXISTENCIAIS Para que nasci? Para onde vou? O que será importante para minha vida?

Leia mais

Uma Reflexão sobre a Criação Original 3º Congresso de Pietro Ubaldi Agosto 1998 Júlio Damasceno

Uma Reflexão sobre a Criação Original 3º Congresso de Pietro Ubaldi Agosto 1998 Júlio Damasceno Deus e Universo Uma Reflexão sobre a Criação Original 3º Congresso de Pietro Ubaldi Agosto 1998 Júlio Damasceno Uma Proposta de Reflexão Atualidade do tema A Visão Cosmogênica de Ubaldi Características

Leia mais

A Liberdade Interior

A Liberdade Interior A Realidade está na sua Consciência No quê Vc. Acredita? Percebendo o Sagrado Porque Vc. Não muda? Saindo do Matrix. A violência não é somente física mas, sobretudo, psicológica. Prof. Instr. Eliseu Mocitaíba

Leia mais

Percepção, Sintonia e Concentração Mental

Percepção, Sintonia e Concentração Mental FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo II Mecanismos da mediunidade Percepção, Sintonia e Concentração Mental Tema 3 Qual o seu entendimento sobre percepção, sintonia

Leia mais

AQUI VIVE A ESPERANÇA!

AQUI VIVE A ESPERANÇA! AQUI VIVE A ESPERANÇA! ANTONIO CARLOS COSTA AQUI VIVE A ESPERANÇA! Re exões Abra-se para a vida, pois esta é a única forma de encontrar a felicidade. Mensagens de incentivo à vida Frases - Pensamentos

Leia mais

França: séc. XX Período entre guerras

França: séc. XX Período entre guerras Michel Foucault França: séc. XX Período entre guerras Nasce 15/10/1926 Morre 02/06/1984 École Normale Supérieure nunca se destacou academicamente Seus estudos iam da psicologia à filosofia Influenciado

Leia mais

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 Índice 1. Significado...3 1.1. Contexto... 3 1.2. Intertextualidade... 3 1.2.1. Tipos de intertextualidade... 3 1.3. Sentido... 4 1.4. Tipos de Significado... 4 1.4.1. Significado

Leia mais

PARA QUEM A ESCOLA GAGUEJA?

PARA QUEM A ESCOLA GAGUEJA? Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai - IDEAU Vol. 5 Nº 12 - Julho - Dezembro 2010 Semestral Artigo: PARA QUEM A ESCOLA GAGUEJA? Autora: Daniela Medeiros 1 1 Licenciada em Educação Especial;

Leia mais

Índice. 1. O Alfabetizador Ao Desenhar, A Criança Escreve?...5

Índice. 1. O Alfabetizador Ao Desenhar, A Criança Escreve?...5 GRUPO 5.4 MÓDULO 2 Índice 1. O Alfabetizador...3 1.1. Contribuições ao Educador-Alfabetizador... 4 1.2. Ações do professor alfabetizador... 4 2. Ao Desenhar, A Criança Escreve?...5 2 1. O ALFABETIZADOR

Leia mais

Psicologia Aplicada à Nutrição

Psicologia Aplicada à Nutrição Psicologia Aplicada à Nutrição Objetivos Abordar alguns conceitos da psicologia existentes no contexto social e da saúde. De psicólogo e louco todo mundo tem um pouco Psicologia e o conhecimento do Senso

Leia mais

A Consciência do III Milênio. Peregrino da Vida. A Volta do Filho Pródigo à Casa Paterna, conscientemente

A Consciência do III Milênio. Peregrino da Vida. A Volta do Filho Pródigo à Casa Paterna, conscientemente Peregrino da Vida A Volta do Filho Pródigo à Casa Paterna, conscientemente A origem do ser significa coesão, união, fraternidade, dignidade. Prof. Instr. Eliseu Mocitaíba da Costa Acesso: www.portaldeaquario.com.br

Leia mais

Linguística As Dicotomias Linguísticas e a Dupla Articulação da Linguagem

Linguística As Dicotomias Linguísticas e a Dupla Articulação da Linguagem Linguística As Dicotomias Linguísticas e a Dupla Articulação da Linguagem Profª. Sandra Moreira Conteúdo Programático As Dicotomias Linguísticas Sincronia versus Diacronia Língua versus Fala Significante

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 16 Teoria da comunicação

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 16 Teoria da comunicação LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 16 Teoria da comunicação COMUNICAÇÃO As duas funções da linguagem: 1- relação entre o indivíduo e o conjunto de suas experiências com a realidade 2- relações

Leia mais

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU A família e os nossos amigos mais próximos, que são como uma família, são muito importantes para nós. Tratam-se todos, de uma comunidade de pessoas ligadas

Leia mais