Classes de palavras: o nome

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Classes de palavras: o nome"

Transcrição

1 Classes de palavras: o nome

2 O nome O nome pertence a uma classe aberta de palavras, o que significa que a evolução da língua acrescenta constantemente novos vocábulos a esta classe. O nome tem diversas subclasses e pode variar em género, número e grau.

3 A. Subclasses do nome Nome próprio Nome comum Nome comum contável Nome comum coletivo contável Nome comum não contável Nome comum coletivo não contável

4 Nome próprio Designa um ser, pessoa, entidade ou região única e individual. Ex.: Filipe, Torre de Belém, Portugal Nome comum Designa seres ou entidades não individualizados. Ex.: pirata, coroa, amizade

5 Nome comum contável Nome que admite ser contado ou pluralizado. Ex.: castelo/castelos rei/reis espada/espadas pessoa/pessoas

6 Nome comum coletivo contável Nome que, no singular, designa um conjunto de seres ou objetos da mesma espécie e que admite ser contado ou pluralizado. Ex.: arquipélago (arquipélagos) cacho (cachos) constelação (constelações) pinhal (pinhais) rebanho (rebanhos)

7 Nome comum não contável Nome que indica objetos ou entidades que não se podem decompor em partes individualizadas. Esses objetos ou entidades não têm parte singular nem parte plural. Ex.: a água o milho o sal o arroz o amor a satisfação a melancolia a alegria Porto Editora

8 Nome comum coletivo não contável Nome coletivo que não admite plural. Assim, não nos podemos referir a vários conjuntos destes seres ou objetos. Ex.: fauna flora gente rapaziada passarada Porto Editora

9 Em alguns casos, só é possível saber se um nome é contável ou não contável pelo contexto em que se insere. Ex.: A música é uma arte que sempre me apaixonou. música é nome comum não contável pois refere-se à arte da música, que é indivisível. O Paulo compôs uma música maravilhosa. música é nome comum contável, pois, neste contexto, admite pluralização (duas/dez músicas).

10 Subclasses do nome

11 Subclasses do nome Nome próprio designa seres/referentes individuais. Ex.: Ana, Beja Nome comum designa seres/entidades não individualizados. Ex.: árvore, coragem, farinha contável admite ser contado ou pluralizado. Ex.: árvore, lápis contável coletivo aplica-se a um conjunto de objetos ou entidades do mesmo tipo, admitindo ser contado ou pluralizado. Ex.: pomar, alcateia não contável indica objetos ou entidades que não se podem decompor em partes individualizadas. Ex.: coragem, farinha não contável coletivo aplica-se a um conjunto de objetos ou entidades do mesmo tipo, não admitindo ser contado ou pluralizado. Ex.: fauna, flora

12 B. Flexão do nome 1. Flexão em género 1.1. Nem todos os nomes variam em género, como, por exemplo, os que se referem a seres inanimados (a cadeira, o lápis) cujo género é atribuído pela própria língua (género gramatical).

13 B. Flexão do nome 1. Flexão em género 1.2. Nos nomes biformes, a flexão em género faz-se de várias formas: o substituindo a terminação -o por -a. Ex.: tio/tia o acrescentando -a aos nomes terminados em consoante. Ex.: juíz/ juíza o os nomes terminados em -ão formam o feminino em -ã, -a, -ona, -ana. Ex.: irmão/irmã ladrão/ladra comilão/comilona sultão/sultana

14 B. Flexão do nome 1. Flexão em género o os nomes terminados em -tor e -dor formam o feminino em -triz e em -triz, -dora, -deira, respetivamente. Ex.: ator/atriz embaixador/embaixatriz tecedor/tecedora ou tecedeira o os nomes terminados em -eu formam o feminino em -eia. Ex.: europeu/europeia o a certos nomes, adicionam-se os sufixos -esa, -essa, -ina, -inha, -isa. Ex.: marquês/marquesa maestro/maestrina galo/galinha profeta/profetisa

15 Há femininos formados por palavras de radicais diferentes. Ex.: bode/cabra perdigão/perdiz homem/mulher pai/mãe genro/nora zangão/abelha cavalo/égua

16 1.3. Há, ainda, nomes que são uniformes quanto ao género, isto é, cujo feminino é idêntico ao masculino. Estes podem ser: a) Nomes epicenos Designam animais e apresentam a mesma forma para ambos os sexos; (distinguem-se acrescentando as palavras macho e fêmea.) Ex.: um tigre (macho ou fêmea) uma cobra (macho ou fêmea)

17 b) Nomes sobrecomuns Têm apenas uma forma, independentemente de quem designem. Ex.: a criança a testemunha a vítima o cadáver o cônjuge

18 c) Nomes comuns de dois apresentam uma única forma para o masculino e para o feminino, distinguindo-se pelos determinantes ou quantificadores. Ex.: o artista/a artista o estudante/a estudante o jovem/a jovem o colega/a colega

19 1.4. Os nomes compostos formam o feminino de três modos: os que são constituídos por nomes ou nomes e adjetivos, tendo cada elemento o mesmo valor para o significado final, têm flexão em todos os elementos. Ex.: autor-compositor/autora-compositora os que são constituídos por nomes ou nomes e adjetivos em que o segundo elemento determina o primeiro têm flexão no primeiro elemento. Ex.: aluno-modelo/aluna-modelo os que são constituídos por uma forma verbal e um nome ou adjetivo têm a distinção de género marcada pelos determinantes ou quantificadores. Ex.: o porta-voz/a porta-voz

20 1.5. Casos particulares: o a marca de género gramatical distingue palavras de significado completamente diferente. Ex.: o selo a sela a marca de género o gramatical estabelece uma diferença de forma ou de grandeza. Ex.: o barco a barca o a marca de género gramatical estabelece uma diferença de quantidade (algo individual por oposição a algo coletivo). Ex.: o fruto a fruta

21 2. Flexão em número 2.1. Nomes uniformes São nomes que apresentam uma única forma para o singular e para o plural, cuja distinção em número é marcada pelos determinantes ou quantificadores que os precedem. Ex.: o lápis/os lápis

22 2. Flexão em número 2.2. Nomes biformes Nos nomes biformes, a flexão em número faz- -se de várias formas: o os nomes terminados em vogal/ditongo ou em consoante formam o plural acrescentando-se -s e -es, respetivamente. Ex.: mesa/mesas rei/reis capuz/capuzes

23 2. Flexão em número o os nomes terminados em -al, -ol, -ul formam o plural, respetivamente, em -ais, -óis, -uis. Ex.: jornal/jornais caracol/caracóis paul/pauis o os nomes terminados em -el formam o plural em -éis ou -eis. Ex.: papel/papéis cordel/cordéis

24 2. Flexão em número o os nomes terminados em -il formam o plural em -is ou -eis. Ex.: funil/funis réptil/répteis o os nomes terminados em -zito ou -zinho formam o plural flexionando-se o nome de base no plural, retirando-se o -s final e flexionando-se o sufixo (-zito ou -zinho) no plural. Ex.: móvel/moveizinhos cão/cãezinhos

25 2. Flexão em número 2.3. Nos nomes compostos a flexão em número faz-se de quatro modos: o os nomes compostos por nomes ou nomes e adjetivos, tendo cada elemento o mesmo valor para o significado final do composto, têm flexão em todos os elementos. Ex.: autor-compositor/autores-compositores o os nomes compostos por nomes ou por nomes e adjetivos em que o segundo elemento determina o primeiro têm flexão no primeiro elemento. Ex.: aluno-modelo/alunos-modelo

26 2. Flexão em número o os nomes compostos por uma forma verbal e um nome ou adjetivo têm a distinção de número marcada ou pela flexão do segundo elemento ou pelos determinantes ou quantificadores. Ex.: porta-voz/porta-vozes o limpa-vidros/os limpa-vidros o os nomes constituídos por dois nomes ligados por preposição têm a distinção de número marcada pela flexão do primeiro elemento. Ex.: estrela-do-mar/estrelas-do-mar

27 2. Flexão em número 2.4. Casos particulares: o há nomes que têm significado diferente no singular e no plural. Ex.: costa costas o há nomes que só se utilizam no singular. Ex.: o ouro o leite o há nomes que só se utilizam no plural. Ex.: os arredores as núpcias

28 3. Flexão em grau 3.1. O grau diminutivo pode fazer-se por meio de sufixos diminutivos (-inho, -ito, -acho, -ebre, -eco, -ela, -ete, -ito, -zito, -ote, -isco, -ola ). Ex.: vozinha cãozito riacho casebre, casita soneca ruela florzita velhote chuvisco rapazola

29 3. Flexão em grau 3.2. O grau aumentativo pode fazer-se por meio de sufixos aumentativos (-ão, -alhão, -(z)arrão, -aça, -aço, -uça, -anzil, -arra, -orra ). Ex.: caldeirão grandalhão homenzarrão barcaça ricaço dentuça corpanzil bocarra cabeçorra

30 Em síntese: Subclasses Flexão em género Flexão em número Flexão em grau Próprio Comum: contável coletivo contável não contável coletivo não contável Biformes: Formam-se a partir do masculino Palavras completamente diferentes do masculino Uniformes: epicenos comuns de dois sobrecomuns Biformes: Acrescenta-se um -s Uniformes: Nomes que só têm plural Normal Aumentativo Diminutivo

31 all?id=gint23_13_00009&from=search

Classes de palavras: o nome

Classes de palavras: o nome Classes de palavras: o nome O nome O nome pertence a uma classe aberta de palavras, o que significa que a evolução da língua acrescenta constantemente novos vocábulos a esta classe. O nome tem diversas

Leia mais

Classe de palavras: o nome

Classe de palavras: o nome Classe de palavras: o nome A classe do nome é uma classe aberta de palavras, pois é constituído por um número ilimitado vocábulos à qual a evolução da língua portuguesa acrescenta novos membros. O nome

Leia mais

Flexão nominal. 1. Flexão em género. Flexão nominal Ausência de variação de género Variação em género nomes biformes

Flexão nominal. 1. Flexão em género. Flexão nominal Ausência de variação de género Variação em género nomes biformes Os nomes podem flexionar em género, número e grau. 1. Flexão em género Em português, há dois valores de género: masculino e feminino. 1.1. Ausência de variação de género Os nomes que se referem a entidades

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. SUBSTANTIVO 6º Ano. Prof.ª: Caliana Medeiros

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. SUBSTANTIVO 6º Ano. Prof.ª: Caliana Medeiros COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE SUBSTANTIVO 6º Ano Prof.ª: Caliana Medeiros DEFINIÇÃO Classe de palavra variáveis que designam seres, coisas, lugares, instituições, nações, estados, qualidades e ações. Concretos

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves SUBSTANTIVO Colômbia, bola, medo, trovão, paixão, etc. Essas palavras estão dando nome a lugar, objeto, sensação física, fenômenos da natureza, emoções, enfim as coisas em geral. Esses nomes são chamados

Leia mais

Classes de palavras: o adjetivo

Classes de palavras: o adjetivo Classes de palavras: o adjetivo O adjetivo pertence a uma classe aberta de palavras e, geralmente, acompanha o nome. Quais são as subclasses do adjetivo? qualificativo numeral relacional O adjetivo qualificativo

Leia mais

O substantivo faz parte da classe de palavras variáveis da língua portuguesa. Isso quer dizer que pode apresentar flexões de gênero, número e grau.

O substantivo faz parte da classe de palavras variáveis da língua portuguesa. Isso quer dizer que pode apresentar flexões de gênero, número e grau. s O substantivo faz parte da classe de palavras variáveis da língua portuguesa. Isso quer dizer que pode apresentar flexões de gênero, número e grau. A definição de substantivo é: a palavra que dá nome

Leia mais

Como se identifica um nome?

Como se identifica um nome? Língua Portuguesa 7º Ano Como se identifica um nome? Um nome admite quase sempre ser acompanhado de um artigo definido. Mesmo que o artigo não esteja presente, experimentamos colocá-lo antes da palavra.

Leia mais

AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I. POLÍCIA CIVIL de São Paulo

AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I. POLÍCIA CIVIL de São Paulo AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I POLÍCIA CIVIL de São Paulo Professor Marlus Geronasso CLASSES GRAMATICAIS São reconhecidas normativamente dez classes gramaticais pela maioria dos gramáticos: substantivo;

Leia mais

SUBSTANTIVO. Profa. Luana Lemos

SUBSTANTIVO. Profa. Luana Lemos SUBSTANTIVO Profa. Luana Lemos CONCEITO Dá-se o nome de SUBSTANTIVO a todas as palavras que nomeiam seres, lugares, objetos, sentimentos e outros. Em relação à formação das palavras podem ser simples,

Leia mais

Nomes (Substantivos)

Nomes (Substantivos) Nomes (Substantivos) Regra geral Nome género terminados em o masculinos: terminados em a femininos: o aeroporto a casa 1 Masculinos alguns nomes terminados em a: o clima, o dia, o mapa, o planeta, o poema,

Leia mais

Substantivos. Funções Sintáticas: Sujeito: Vendas crescem no final do ano. Predicativo do Sujeito: Ele é engenheiro.

Substantivos. Funções Sintáticas: Sujeito: Vendas crescem no final do ano. Predicativo do Sujeito: Ele é engenheiro. Classes Gramaticais Substantivos Funções Sintáticas: Sujeito: Vendas crescem no final do ano. Predicativo do Sujeito: Ele é engenheiro. Objetos: Compraram livros / Acredita-se em duendes. Complemento

Leia mais

CLASSES DE PALAVRAS. Concreto Ex.: mesa, lâmpada, fada, Argentina. X Abstrato Ex.: amor, angústia, felicidade.

CLASSES DE PALAVRAS. Concreto Ex.: mesa, lâmpada, fada, Argentina. X Abstrato Ex.: amor, angústia, felicidade. CLASSES DE PALAVRAS SUBSTANTIVO Próprio: refere-se a um determinado ser da espécie. Ex.: Rodolfo, Argentina, Facebook. X Comum: nomeia todos os seres e coisas. Ex.: mesa, cadeira, menino, mulher. Concreto

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA CLASSE DE PALAVRAS

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA CLASSE DE PALAVRAS CLASSE DE PALAVRAS a) Variáveis Substantivo Adjetivo Artigo Numeral Pronome Verbos b) Invariáveis Interjeição Advérbio Preposição Conjunção Na Língua Portuguesa, temos 10 classes de palavras: SUBSTANTIVO

Leia mais

SUBSTANTIVO. Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho

SUBSTANTIVO. Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho SUBSTANTIVO Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho Não há oposição ou diferenças entre os autores quanto à divisão e descrição das classes gramaticais. Segundo Cegalla (2000), há dez classes de palavras

Leia mais

SUBSTANTIVOS. Professora Isabel oliveira

SUBSTANTIVOS. Professora Isabel oliveira SUBSTANTIVOS Professora Isabel oliveira Paraguai Miguel vidro coragem amor relâmpago Campo Grande vidraçaria boneca escola SUBSTANTIVOS Essas palavras estão dando nome a lugares, objetos, sensações físicas,

Leia mais

Disciplina: LLV 9005 Morfologia do Português FLEXÃO NOMINAL E FLEXÃO VERBAL

Disciplina: LLV 9005 Morfologia do Português FLEXÃO NOMINAL E FLEXÃO VERBAL Disciplina: LLV 9005 Morfologia do Português FLEXÃO NOMINAL E FLEXÃO VERBAL Prof. Felício Wessling Margotti Profa. Rita de Cássia Mello Ferreira Margotti Os vocábulos que se submetem aos processos de flexão

Leia mais

Substantivo é a palavra responsável por nomear as coisas reais e irreais!

Substantivo é a palavra responsável por nomear as coisas reais e irreais! Substantivo é a palavra responsável por nomear as coisas reais e irreais! Um substantivo pode fazer parte de mais de uma classificação. Ex. Casa é um substantivo comum (pois existem diversas casas),

Leia mais

Classes de palavras. Substantivo Adjetivo Artigo Numeral

Classes de palavras. Substantivo Adjetivo Artigo Numeral Classes de palavras Substantivo Adjetivo Artigo Numeral Substantivo É a classe variável que nomeia objetos, pessoas, sentimentos, lugares... Classificação Primitivos: Criam outras palavras. Ex.: terra,

Leia mais

Português. 2.º Ciclo 5.º 6.º anos

Português. 2.º Ciclo 5.º 6.º anos Português 2.º Ciclo 5.º 6.º anos Oo Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo Português, língua materna 16 Português, língua padrão 17 Outras variedades do português 18 Formas de tratamento em diferentes

Leia mais

O jovem brasileiro tornou-se participativo. O brasileiro jovem enfrenta dificuldades para ingressar no mercado de trabalho.

O jovem brasileiro tornou-se participativo. O brasileiro jovem enfrenta dificuldades para ingressar no mercado de trabalho. ADJETIVO Possui estreita relação com o substantivo. CARACTERIZA O SUBSTANTIVO, atribuindo qualidades (ou defeitos) e modos de ser, ou indicando-lhe o aspecto ou estado. O jovem brasileiro tornou-se participativo.

Leia mais

Morfossintaxe: forma e função

Morfossintaxe: forma e função O Substantivo Substantivo são palavras que designam seres visíveis ou não -, ações, estados, sentimentos, desejos, idéias. Morfossintaxe: forma e função Falar é uma atividade tão habitual e natural, que

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves SUBSTANTIVO No tutorial anterior vimos que o substantivo sofre flexões para indicar o gênero (masculino ou feminino), número (singular ou plural) e grau (diminutivo ou aumentativo) das palavras. Vimos

Leia mais

Plural dos substantivos

Plural dos substantivos Substan(vos simples A formação do plural geralmente ocorre com o acréscimo da letra s ao final dos substan8vos. Alguns substan8vos, no entanto, formam plural de modos diferentes, de acordo com a terminação

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 SUMÁRIO Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 1.1. Tipos de texto, 22 1.2. Gênero de texto, 26 1.3. Tipos de discurso, 27 1.3.1. Discurso direto, 27 1.3.2. Discurso indireto, 28 1.3.3. Discurso indireto

Leia mais

CVIČENÍ - PODSTATNÁ JMÉNA

CVIČENÍ - PODSTATNÁ JMÉNA CVIČENÍ - PODSTATNÁ JMÉNA Indicar o género dos substantivos seguintes: júri velhice chaminé ardina cárcere lã tribu fome árvore sé sangue lume lei arroz vale divã cruz moto cal cartaz ordem cútis giz programa

Leia mais

Construe uma família de palavras a partir de cada uma das seguintes formas: Forma Chave Belo Fácil Plantar Colher

Construe uma família de palavras a partir de cada uma das seguintes formas: Forma Chave Belo Fácil Plantar Colher MORFOLOGIE CVIČENÍ Segmente as seguintes palavras em morfemas e explique o sentido dessas: inoportuno oportunidade motorista importante papelzinho cavalo padrinho influência cultura Construe uma família

Leia mais

FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

Flexão nominal e verbal. Aula 05

Flexão nominal e verbal. Aula 05 Flexão nominal e verbal Aula 05 Os substantivos São termos que podem ser flexionados: 1. em gênero (masculino e feminino); 2. número(singular e plural) 3. grau (aumentativo e diminutivo). 1. GÊNERO Masculino/Feminino

Leia mais

Língua. Portuguesa. Substantivo

Língua. Portuguesa. Substantivo Língua Portuguesa Substantivo Substantivo Os Substantivos são classes de palavras que nomeiam os seres, objetos, fenômenos, lugares, qualidades, ações, dentre outros. Substantivo São termos que podem ser

Leia mais

6. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Dinanci Silva Prof. a Risonilde Araújo

6. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Dinanci Silva Prof. a Risonilde Araújo 6. o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Dinanci Silva Prof. a Risonilde Araújo A A Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. Aula 13.1 Conteúdo Substantivo Coletivo Habilidade Identificar e classificar

Leia mais

Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome. Grau

Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome. Grau OBJECTIVO Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome Grau 1) Atenta nas seguintes frases: Normal Diminutivo Aumentativo a) João reencontrou o homem que lhe salvara a vida. b) João reencontrou

Leia mais

Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros.

Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros. Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros. Habilidades: - Identificar os elementos para a construção da forma feminina dos substantivos. - Classificar e reconhecer as características

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 PROFESSOR ALUNO ÉRICA PINHEIRO DISCIPLINA Português TURMA SIMULADO: P4 301 Questão 1 Cachos é o coletivo

Leia mais

Língua Portuguesa II: Morfologia I

Língua Portuguesa II: Morfologia I Língua Portuguesa II: Morfologia I Autor Denilson Matos 2009 2008 IESDE Brasil S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito dos autores e do detentor

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE- C.D.S. Adjetivo. 2º Bimestre. Profª: Caliana Medeiros. Caicó/ RN

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE- C.D.S. Adjetivo. 2º Bimestre. Profª: Caliana Medeiros. Caicó/ RN COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE- C.D.S Adjetivo 2º Bimestre Profª: Caliana Medeiros. Caicó/ RN O QUE ADJETIVO? É a palavra variável em gênero, número e grau que caracteriza o substantivo, indicando-lhe qualidade,

Leia mais

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING Aluno(a) Nº Campo Grande, de de º ano Gramática Profª. NATÁLIA TIEZZI

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING Aluno(a) Nº Campo Grande, de de º ano Gramática Profª. NATÁLIA TIEZZI COLÉGIO ALEXANDER FLEMING Aluno(a) Nº Campo Grande, de de 2013. 6º ano Gramática Profª. NATÁLIA TIEZZI Nota/ Visto Bateria de Gramática 2º Bimestre OBSERVAÇÕES: I. O cabeçalho deve ser preenchido por extenso.

Leia mais

Ex: claro, triste, grande, vermelho. - derivados: são formados a partir de outros radicais. Ex: infeliz, azulado.

Ex: claro, triste, grande, vermelho. - derivados: são formados a partir de outros radicais. Ex: infeliz, azulado. Adjetivo é a palavra variável que designa uma especificação ao substantivo, caracterizando-o. Os adjetivos podem ser classificados em: - primitivos: radicais que por si mesmos apontam qualidades. Ex: claro,

Leia mais

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas.

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Classes Gramaticais Adjetivos SIMPLES grande, belo, manso, leal. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. PRIMITIVOS bom, humano, fácil. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Gêneros

Leia mais

Substantivos. É a palavra que dá nome a seres ou coisas. Pode ser classificado em nove categorias.

Substantivos. É a palavra que dá nome a seres ou coisas. Pode ser classificado em nove categorias. PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. Substantivos É a palavra que dá nome a seres ou coisas. Pode ser classificado em nove categorias. Comum: nomeia seres de uma espécie

Leia mais

Indicar o género dos substantivos seguintes:...animal... cidade...favor

Indicar o género dos substantivos seguintes:...animal... cidade...favor CVIČENÍ - PODSTATNÁ JMÉNA Indicar o género dos substantivos seguintes:...animal... cidade...favor júri velhice chaminé...aula...austríaco...europa ardina cárcere lã tribu fome árvore...parede...sala...sofá...cartaz...lâmpada...televisão...companhia...brinde...carne

Leia mais

Contribuições de Mattoso Câmara e de Bybee para o estudo da morfologia verbal e nominal 1

Contribuições de Mattoso Câmara e de Bybee para o estudo da morfologia verbal e nominal 1 Contribuições de Mattoso Câmara e de Bybee para o estudo da morfologia verbal e nominal 1 Crisciene Lara Barbosa-Paiva 2 Introdução Este trabalho tem como objetivo analisar as gramáticas tradicionais,

Leia mais

AULA: 66 TEMA: Cidadania e Cultura

AULA: 66 TEMA: Cidadania e Cultura CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I AULA: 66 TEMA: Cidadania e Cultura 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Leia mais

SUBSTANTIVOS Prof ª Giovana Uggioni Silveira

SUBSTANTIVOS Prof ª Giovana Uggioni Silveira SUBSTANTIVOS Prof ª Giovana Uggioni Silveira SUBSTANTIVO GÊNERO MASCULINO E FEMININO NÚMERO SINGULAR E PLURAL GRAU AUMENTATIVO E DIMINUTIVO Quanto à formação Primitivo casa, pedra e jornal. Derivado casarão,

Leia mais

Por. Semana. Raphael Hormes (Rodrigo Pamplona) escrito. Todos escrito. os direitos Todos reservados.

Por. Semana. Raphael Hormes (Rodrigo Pamplona) escrito. Todos escrito. os direitos Todos reservados. Semana 6 Raphael Hormes (Rodrigo Pamplona) Este conteúdo Este pertence conteúdo ao pertence Descomplica. ao Descomplica. Está vedada Está a vedada a cópia ou a cópia reprodução ou a reprodução não autorizada

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 1 o DESAFIO CENM - 2013 LÍNGUA PORTUGUESA Direção: ANO: 4 EF 1- Complete a cantiga de roda, escrevendo nas linhas nomes de cinco colegas de classe que iniciem

Leia mais

A FLEXÃO DE GÊNERO DOS SUBSTANTIVOS Antônio Sérgio Cavalcante da Cunha (UERJ)

A FLEXÃO DE GÊNERO DOS SUBSTANTIVOS Antônio Sérgio Cavalcante da Cunha (UERJ) A FLEXÃO DE GÊNERO DOS SUBSTANTIVOS Antônio Sérgio Cavalcante da Cunha (UERJ) sergio03@ism.com.br INTRODUÇÃO O objetivo deste trabalho é examinar diversas propostas acerca da flexão de gênero dos substantivos.

Leia mais

SINTAGMA? O SINTAGMA NOMINAL SINTAGMA?

SINTAGMA? O SINTAGMA NOMINAL SINTAGMA? SINTAGMA? O SINTAGMA NOMINAL Prof. Valter de Carvalho IFBA Campus Simões Filho O dicionário digital Aulete o define: (sin.tag.ma) sf. 1. Ling. Unidade sintática que, na hierarquia da estrutura gramatical

Leia mais

Classes. de Palavras

Classes. de Palavras Classes de Palavras Classes de Palavras 1. Nome 2. Adjetivo 3. Verbo 4. Advérbio 4.1. Locução adverbial 5. Pronome 6. Determinante 7. Quantificador 8. Conjunção 9. Preposição 9.1. Locução prepositiva 10.

Leia mais

Gramática Morfologia CLASSES DE PALAVRAS. Vídeo aula 1 de Gramática Professora Carolina

Gramática Morfologia CLASSES DE PALAVRAS. Vídeo aula 1 de Gramática Professora Carolina Gramática Morfologia CLASSES DE PALAVRAS Vídeo aula 1 de Gramática Professora Carolina CLASSES DE PALAVRAS Toda vez que nós abrimos a boca para expressar pensamentos, opiniões, ideias, estamos usando os

Leia mais

Aula 01 - Conhecendo o novo porteiro do Condomínio Brasil

Aula 01 - Conhecendo o novo porteiro do Condomínio Brasil Aula 01 - Conhecendo o novo porteiro do Condomínio Brasil Objetivos Reconhecer a estrutura geral de um texto biográfico, identificando introdução, desenvolvimento e conclusão; contar histórias pessoais

Leia mais

UNIDADE 07 O PLURAL DOS SUBSTANTIVOS SIMPLES E COMPOSTOS (PRIMEIRA PARTE)

UNIDADE 07 O PLURAL DOS SUBSTANTIVOS SIMPLES E COMPOSTOS (PRIMEIRA PARTE) UNIDADE 07 O PLURAL DOS SUBSTANTIVOS SIMPLES E COMPOSTOS (PRIMEIRA PARTE) PLURAL DOS SUBSTANTIVOS Em português, há dois números gramaticais: O singular, que indica um ser ou um grupo de seres; O plural,

Leia mais

COLÉGIO MONJOLO QUIZ N / 1 BIMESTRE PORTUGUÊS PROFESSORA HELLEN

COLÉGIO MONJOLO QUIZ N / 1 BIMESTRE PORTUGUÊS PROFESSORA HELLEN COLÉGIO MONJOLO QUIZ N 02 2017 / 1 BIMESTRE PORTUGUÊS PROFESSORA HELLEN Aluno(a): Data da entrega: 03/03/2017. Série: 7 ano Flexão dos substantivos Conceito: Os substantivos fazem parte das classes gramaticais

Leia mais

O GÊNERO MASCULINO NOS LIVROS DIDÁTICOS

O GÊNERO MASCULINO NOS LIVROS DIDÁTICOS O GÊNERO MASCULINO NOS LIVROS DIDÁTICOS Gabriela Albano Christofoli (Autora) Leandro Zanetti Lara 1 (Orientador) Resumo O presente trabalho tem por objetivo analisar como ocorre a descrição do gênero masculino

Leia mais

FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS PROF.º PAULO SCARDUA

FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS PROF.º PAULO SCARDUA FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS PROF.º PAULO SCARDUA FLEXÃO DE GÊNERO O gênero dos SUBSTANTIVOS pode ser marcado de duas formas: Pela presença de uma desinência nominal (indicada por -O ou -A); Ou por influência

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da Realização: 05/08/2013

Disciplina: Língua Portuguesa Data da Realização: 05/08/2013 Ficha da semana 4º Ano A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a Professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

ESTRUTURA E FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Profa Giovana Uggioni Silveira

ESTRUTURA E FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Profa Giovana Uggioni Silveira ESTRUTURA E FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Profa Giovana Uggioni Silveira MORFOLOGIA É o estudo da estrutura, da formação e da classificação das palavras. PALAVRAS COGNATAS Domínio: do latim dominium, significa

Leia mais

Escola Adventista de Americanópolis

Escola Adventista de Americanópolis Escola Adventista de Americanópolis Cronograma de Avaliações 2º Bimestre/2017 Professora: Givailde Turma: 5º ano A/C Disciplina Data Conteúdo Onde Encontrar Português e Produção textual 11/05/2017 18/05/2017

Leia mais

Língua Portuguesa para ANTAQ Teoria e questões comentadas Prof. Fabiano Sales Aula 01 Comum designa, genericamente, o nome dos seres de uma espécie.

Língua Portuguesa para ANTAQ Teoria e questões comentadas Prof. Fabiano Sales Aula 01 Comum designa, genericamente, o nome dos seres de uma espécie. Língua Portuguesa para ANTAQ Teoria e questões comentadas Prof. Fabiano Sales Aula 01 Comum designa, genericamente, o nome dos seres de uma espécie. Exemplos: metrópole, homem, país. Concreto designa seres

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos:

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos: 2 Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 18.2 Conteúdos: Modos Verbais; O conceito de Flexão Verbal. 3 Habilidades: Observar os usos dos modos verbais; Compreender o conceito de flexão

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

PROFESSOR JAILTON

PROFESSOR JAILTON www.professorjailton.com.br PROFESSOR JAILTON Classe de palavra que serve para designar os seres em geral: os do universo natural(pedra, árvore, casa); e os do universo mental (dragão, centauro, fada,saci).

Leia mais

Critérios de classificação das palavras: Substantivo Adjetivo Numeral Artigo Pronome Verbo Advérbio Preposição Conjunção Interjeição

Critérios de classificação das palavras: Substantivo Adjetivo Numeral Artigo Pronome Verbo Advérbio Preposição Conjunção Interjeição Critérios de classificação das palavras: Substantivo Adjetivo Numeral Artigo Pronome Verbo Advérbio Preposição Conjunção Interjeição Exemplos: Este menino é um ótimo estudante. pron. subst. V art. adj.

Leia mais

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Conceituando Os adjetivos são palavras que atribuem características (qualidades, estados, aparência) aos seres. Nas frases, funcionam como especificadores do substantivo (do

Leia mais

6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes

6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes 6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes 6.1. Os Numerais Numerais são palavras que nos indicam a quantidade exacta de coisas, pessoas ou animais, assim como a ordem (posição) da sua colocação. Existem

Leia mais

Os substantivos são palavras variáveis - possuem gênero masculino ou feminino - que nomeiam os seres, pessoas, objetos, ações, lugares, sentimentos e

Os substantivos são palavras variáveis - possuem gênero masculino ou feminino - que nomeiam os seres, pessoas, objetos, ações, lugares, sentimentos e Os substantivos são palavras variáveis - possuem gênero masculino ou feminino - que nomeiam os seres, pessoas, objetos, ações, lugares, sentimentos e estados. No que diz respeito às pessoas e aos animais,

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos O SUBSTANTIVO TEM GÊNERO, O ADJETIVO RECEBE GÊNERO POR MEIO DE FLEXÃO 31 José Mario Botelho (UERJ e ABRAFIL) botelho_mario@hotmail.com RESUMO As nossas gramáticas normativas e compêndios gramaticais procuram

Leia mais

Conteúdos. Identificação do adolescente com a sua turma tribo. Gírias. Linguagem coloquial e culta. Atividade de Revisão Área: Linguagens

Conteúdos. Identificação do adolescente com a sua turma tribo. Gírias. Linguagem coloquial e culta. Atividade de Revisão Área: Linguagens Conteúdos Identificação do adolescente com a sua turma tribo. Gírias. Linguagem coloquial e culta. Atividade de Revisão Área: Linguagens Conteúdos 1º Fortalecendo Conceitos do 2º Bimestre Área: Linguagens

Leia mais

Considerações sobre o morfema de gênero -a

Considerações sobre o morfema de gênero -a Considerações sobre o morfema de gênero -a Alexsandra Ferreira da Silva Introdução Como afirma Câmara Jr. (1985), a flexão de gênero é exposta de uma maneira incoerente e confusa nas gramáticas tradicionais

Leia mais

A CLASSE DOS DETERMINANTES. Nome:... Nº:. Ano / Turma:... Data: DETERMINANTES. Ex: Uma criança sorriu.

A CLASSE DOS DETERMINANTES. Nome:... Nº:. Ano / Turma:... Data: DETERMINANTES. Ex: Uma criança sorriu. LÍNGUA PORTUGUESA A CLASSE DOS DETERMINANTES Nome:....... Nº:. Ano / Turma:... Data: DETERMINANTES São palavras que determinam o género e o número dos seres referidos pelos nomes que acompanham. Colocam-se

Leia mais

Professores: Karen( Puxa Sakú) Carlos(Hobbit) Monitor: Leonardo(Dú-contra)

Professores: Karen( Puxa Sakú) Carlos(Hobbit) Monitor: Leonardo(Dú-contra) Professores: Karen( Puxa Sakú) Carlos(Hobbit) Monitor: Leonardo(Dú-contra) Serve para nomear: Pessoas; Objetos; Fenômenos; Lugares; Sentimentos; Estados; Qualidades; Ações. ARTHUR, SOFIA, BERNARDO, MESA,

Leia mais

Língua Portuguesa. Profª. Fernanda Machado

Língua Portuguesa. Profª. Fernanda Machado Língua Portuguesa Profª. Fernanda Machado Classes de palavras são agrupamentos de palavras que mantêm características comuns. Na Língua Portuguesa existem 10 classes de palavras: Substantivo Adjetivo Artigo

Leia mais

Turistas enchem Lisboa e prometem voltar à capital. Filipe Morais, Diário de Notícias, 11 de Agosto de 2006

Turistas enchem Lisboa e prometem voltar à capital. Filipe Morais, Diário de Notícias, 11 de Agosto de 2006 Turistas enchem Lisboa e prometem voltar à capital Filipe Morais, Diário de Notícias, 11 de Agosto de 2006 Vêm de todo o lado, atraídos pela lendária hospitalidade portuguesa, mas sobretudo pelo clima,

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Ensino Fundamental II 2º Bimestre. Verbo. Professora: Caliana Medeiros.

Colégio Diocesano Seridoense Ensino Fundamental II 2º Bimestre. Verbo. Professora: Caliana Medeiros. Colégio Diocesano Seridoense Ensino Fundamental II 2º Bimestre Verbo Professora: Caliana Medeiros. Verbo é a palavra que indica ação (física ou mental praticada ou sofrida pelo sujeito), fato (de que o

Leia mais

Substantivos. Clarice Francisco de Paula Maria Júlia Costa da Silva Nelma Rodrigues Rocha Lopes Rosicléia dos Santos Amorim

Substantivos. Clarice Francisco de Paula Maria Júlia Costa da Silva Nelma Rodrigues Rocha Lopes Rosicléia dos Santos Amorim Substantivos Clarice Francisco de Paula Maria Júlia Costa da Silva Nelma Rodrigues Rocha Lopes Rosicléia dos Santos Amorim Faculdade Iseib BH 2º semestre/2013 SUBSTANTIVO É a palavra que dá nome a pessoas,

Leia mais

Cuiabá, de de REVISÃO DE LINGUA PORTUGUESA.

Cuiabá, de de REVISÃO DE LINGUA PORTUGUESA. Cuiabá, de de 2016. REVISÃO DE LINGUA PORTUGUESA. 1- Observe os exemplos e continue o exercício: caderno caderninho anel anelzinho a) colcha b) pacote c) faca d) pescoço e) régua f) lago g) lâmpada h)

Leia mais

ADJETIVO. Profa. Luana Lemos

ADJETIVO. Profa. Luana Lemos ADJETIVO Profa. Luana Lemos Aprendendo adjetivo A professora pergunta a classe o que é adjetivo, e ninguém responde. A professora decide mostrar um exemplo e pede para que todos prestem atenção. - atenção,

Leia mais

4.º. Objetivos e descritores de desempenho

4.º. Objetivos e descritores de desempenho 4.º Ficha Objetivos e descritores de desempenho 2 4 5 6 7 O Responder, de forma completa, a questões sobre o texto. Exprimir uma opinião e justificá-la. Identificar ideias-chave de um texto. Reconhecer

Leia mais

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação.

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. PREPOSIÇÃO É a classe de palavras que liga palavras entre si;

Leia mais

Manuseio correto; Cooperação; Participação; Interesse; Tolerância; Convivência grupal.

Manuseio correto; Cooperação; Participação; Interesse; Tolerância; Convivência grupal. ROTEIRO DE AVALIAÇÕES do 2 ANO DA IV UNIDADE PROCESSUAL ATIVIDADES DATAS ASPECTOS A SEREM AVALIADOS/ ENCAMINHAMENTOS Atividades de casa e de classe Durante a unidade Pontualidade; Participação; Interesse;

Leia mais

ESTUDO DA CRÔNICA SEXA DE LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO Sexa. In: Comédias para se ler na escola. R. Janeiro: Objetiva, pg

ESTUDO DA CRÔNICA SEXA DE LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO Sexa. In: Comédias para se ler na escola. R. Janeiro: Objetiva, pg 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Departamento de Letras e Artes DLET Curso de Licenciatura em Letras com a Língua Inglesa JOÃO BOSCO DA SILVA ESTUDO DA CRÔNICA SEXA DE LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS R RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 6º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português TEXTO I 1) O anúncio de telefone celular acima apresenta a palavra dancei em situações diferentes. Leia

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense- CDS Ensino Fundamental II 2º Bimestre. Substantivo. Profª: Caliana Medeiros.

Colégio Diocesano Seridoense- CDS Ensino Fundamental II 2º Bimestre. Substantivo. Profª: Caliana Medeiros. Colégio Diocesano Seridoense- CDS Ensino Fundamental II 2º Bimestre Substantivo Profª: Caliana Medeiros. Substantivo É a classe de palavra que nomeia os seres, objetos, fenômenos, lugares, qualidades,

Leia mais

Unidade 1. Capítulo 1 Sílaba Capítulo 2 Acentuação gráfica: os acentos gráficos

Unidade 1. Capítulo 1 Sílaba Capítulo 2 Acentuação gráfica: os acentos gráficos Gramática Unidade 1 Capítulo 1 Sílaba Capítulo 2 Acentuação gráfica: os acentos gráficos Capítulo 1 Sílaba Sílaba - é uma sequência de sons que se pronunciam numa só emissão de voz. Divisão silábica -

Leia mais

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO)

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Instituto de Educação Infantil e Juvenil 9º ANO Inverno, 2017. Londrina, de. Nome: PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Leia a frase abaixo e reescreva-a utilizando as normas gramaticais. O

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE 1º Período: 21 de setembro a 17 de dezembro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE GESTÃO DE CONTEÚDOS Ensino Básico 1.º Ciclo Português 4.º Ano Domínios Subdomínios Conteúdos programáticos Nº Tempos previstos

Leia mais

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO CONTEÚDOS COMPREENSÃO DO ORAL Vocabulário (sinónimos, antónimos, famílias de palavras, instruções, indicações)

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 11 Sintaxe IV CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo coletivo,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 6. Morfologia II. Professora Rosane Reis

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 6. Morfologia II. Professora Rosane Reis LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 6 Morfologia II FLEXÃO DAS PALAVRAS Chamamos de flexão o acréscimo de sufixos formadores de plural e feminino, nos nomes e tempo, modo, número e pessoa nos

Leia mais

Avaliações Mensais - 1º bimestre Conteúdo Mensal do 1 Bimestre

Avaliações Mensais - 1º bimestre Conteúdo Mensal do 1 Bimestre CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO FUNDAMENTAL 2 ANO - VESPERTINO Mensais - 1º bimestre 2014 Leitura e interpretação de texto Alfabeto págs. 16 a 21 Escrevendo certo p ou b págs. 22 e 23 Ordem alfabética págs.

Leia mais

ESTRUTURA DAS PALAVRAS. A palavra é subdivida em partes menores, chamadas de elementos mórficos. infelizmente = in + feliz + mente

ESTRUTURA DAS PALAVRAS. A palavra é subdivida em partes menores, chamadas de elementos mórficos. infelizmente = in + feliz + mente Haroldo de Campos ESTRUTURA DAS PALAVRAS A palavra é subdivida em partes menores, chamadas de elementos mórficos. Exemplos: gatinho = gat + inh + o infelizmente = in + feliz + mente ELEMENTOS MÓRFICOS

Leia mais

7. Plural metafônico Alguns substantivos, além de receberem a desinência -s na formação do plural, trocam o o tônico fechado (ô) pelo o tônico aberto

7. Plural metafônico Alguns substantivos, além de receberem a desinência -s na formação do plural, trocam o o tônico fechado (ô) pelo o tônico aberto 7. Plural metafônico Alguns substantivos, além de receberem a desinência -s na formação do plural, trocam o o tônico fechado (ô) pelo o tônico aberto (ó). É o chamado plural metafônico: aposto apostos

Leia mais

Revisão de Língua Portuguesa para o CMPA Profª Cleusa

Revisão de Língua Portuguesa para o CMPA Profª Cleusa Revisão de Língua Portuguesa para o CMPA Profª Cleusa Encontros vocálicos: - ditongo: v + sv ou sv + v na mesma sílaba (noi-te) Pode ser: oral: sé-rie nasal: não crescente: sv+v á-gua/ de-lí-cia decrescente:

Leia mais

Odi et amo Quaere id faciam? Fortasse requiris Nescio Sed fieri sentio et excrucior. (Catulo)

Odi et amo Quaere id faciam? Fortasse requiris Nescio Sed fieri sentio et excrucior. (Catulo) Odi et amo Quaere id faciam? Fortasse requiris Nescio Sed fieri sentio et excrucior. (Catulo) Ai, flores, ai flores do verde pino Se sabedes novas do meu amigo, Ai, Deus, e u é? Ai, flores, ai flores do

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CEGO DO MAIO PLANIFICAÇÃO ANUAL DISCIPLINA: Português Ano4 Ano letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CEGO DO MAIO PLANIFICAÇÃO ANUAL DISCIPLINA: Português Ano4 Ano letivo 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CEGO DO MAIO PLANIFICAÇÃO ANUAL DISCIPLINA: Português Ano4 Ano letivo 2016/2017 Oralidade Unidade Didáctica Calendarização Conteúdos Programáticos 1º Período COMPREENSÃO DO ORAL

Leia mais

Currículo e Aulas Previstas

Currículo e Aulas Previstas Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, N.º 8 Telef. 231 920 454/5 Fax: 231 920 300 Sítio web http://www.aemrt.pt E-mail aemortagua@aemrt.pt Ano Letivo 2013/2014 Português Currículo e Aulas Previstas 3 º Ano TEMAS

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONCEPÇÃO DE CÂMARA JR. ACERCA DO GÊNERO DO SUBSTANTIVO EM PORTUGUÊS

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONCEPÇÃO DE CÂMARA JR. ACERCA DO GÊNERO DO SUBSTANTIVO EM PORTUGUÊS 77 CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONCEPÇÃO DE CÂMARA JR. ACERCA DO GÊNERO DO SUBSTANTIVO EM PORTUGUÊS Introdução José Mario Botelho (FFP-UERJ e ABRAFIL) O assunto sobre variação de gênero dos nomes vinha recebendo

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO T2 III UNIDADE FUNDAMENTAL I

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO T2 III UNIDADE FUNDAMENTAL I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO T2 III UNIDADE FUNDAMENTAL I 2º ANO Português 29/09 (Segunda-feira) Substantivo masculino e feminino Pág.: 156; Palavras com mb ou mp e n antes de consoantes Pág.: 172; Acento agudo

Leia mais

Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático

Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático 2º ano do Ensino Fundamental Componente Curricular Conteúdo Leitura e interpretação textual; Ordem alfabética; Bilhete; Carta; Convenções gráficas.

Leia mais